Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

VERISSIMO LANÇA

COLETÂNEA DE CONTOS E DÁ OPINIÃO SOBRE FUTEBOL PÁG. 19

GRUPO INOVA

COM PEÇA INTERPRETADA NO ESTACIONAMENTO DE UMA SUPERQUADRA PÁG. 16

A VELHICE, POR MAITÊ

EM PEÇA ESCRITA E DIRIGIDA POR ELA MESMA, ATRIZ DIVAGA SOBRE A PASSAGEM DO TEMPO PÁG. 16 BRASÍLIA Quarta-feira, 27 de novembro de 2013 Edição nº 391, ano 2 MÍN: 18°C MÁX: 25°C

www.readmetro.com | leitor.bsb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobsb

Laudo descarta prisão domiciliar para Genoino Destino dos mensaleiros. Junta médica conclui que a doença cardíaca do deputado petista não é grave e, portanto, não é imprescindível que ele seja tratado em casa. Enquanto isso, José Dirceu pede autorização para assumir emprego como gerente de hotel, com salário de R$ 20 mil PÁG. 02

Congresso aprova o voto secreto para cassações Sigilo está mantido em votações para a Mesa Diretora e para indicações de cargos públicos PÁG. 03

PPCUB sofre novo revés na Câmara

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Comissão interrompe tramitação de projeto até decisão da Justiça sobre legalidade de conselho PÁG. 06

População ficou refém do transporte pirata

| ANDRESSA ANHOLETE/ METRO BRASÍLIA

Greve faz GDF acelerar troca da frota de ônibus

Papa critica capitalismo e defende reforma na Igreja Francisco

Transporte. Paralisação surpresa dos rodoviários travou divulga suas o DF ontem e levou governo a reafirmar promessa de ideias em garantir empregos na migração para novas empresas PÁG. 06 documento PÁG. 10


|02|

1 FOCO

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Laudo permite que Genoino volte à Papuda Mensalão. Cardiologistas concluem que doença do petista pode ser controlada por remédios e afastam necessidade de prisão domiciliar

Dirceu ganhará R$ 20 mil como gerente de hotel

Em prisão domiciliar provisória desde a última quinta-feira, o deputado licenciado José Genoino (PT-SP) não precisará ficar em casa para tratar seu problema cardíaco. O laudo médico solicitado pelo ministro Joaquim Barbosa foi entregue ontem e, em nove páginas, os cinco cardiologistas da UnB (Universidade de Brasília) afirmam que a cardiopatia do petista não ‘se caracteriza como grave’. Os médicos recomendam uso rigoroso de remédios para controle da pressão arterial, dieta de alimentos com pouco sal, restrição de atividade física intensa e evitar situações de estresse, mas atestam que não é imprescindível que Genoino esteja em casa para se tratar. O documento aponta para necessidade de acompanhamento ambulatorial permanente. “O paciente vem apresentando um conjunto de manifestações clínicas sintomáticas, de forte componente psicossomático”, diz o laudo

Aos 67 anos, José Dirceu aguarda somente a autorização do STF (Supremo Tribunal Federal) para estrear no ramo da hotelaria. O ex-ministro assinou o ‘contrato de experiência’ na última sexta-feira como gerente administrativo do Hotel Saint Peter, no setor hoteleiro sul, dará expediente das 8h às 17h, com uma hora de almoço, e terá um salário mensal de R$ 20 mil. Cumprindo pena no presídio da Papuda em regime semiaberto, Dirceu poderá trabalhar durante o dia. Caso tenha o pedido aprovado, o petista deverá dormir no CPP (Centro de Progressão Penitenciária), destinado a condenados que fazem trabalhos externos. Para ter o currículo aceito, Dirceu informou ser advogado, católico e praticante de caminhada. Revela ainda que procurou o trabalho por ‘necessidade e por apreciar hotelaria e área administrativa. A Vara de Execuções Pe-

Genoino foi para a casa da filha no domingo | MARLENE BERGAMO/FOLHAPRESS

“Medicamentos devem ser rigorosamente mantidos, não sendo imprescindível, para tanto, a permanência domiciliar fixa do paciente.” LAUDO DA JUNTA MÉDICA ASSINADO POR CINCO CARDIOLOGISTAS

sustentando que erros na dose dos medicamentos podem ter causados sangramentos. O retorno à penitenciária, que depende de decisão do ministro Barbosa, não havia sido definido até o fechamento desta edição.

Apesar do laudo, a defesa vai insistir no benefício domiciliar. “A cadeia não apresenta condições mínimas para seu completo tratamento e recuperação”, afirmou em nota o advogado Luiz Fernando Pacheco. METRO BRASÍLIA

Câmara discutirá aposentadoria ‘Tremsalão’

Demissão de Cardozo O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), pediu ontem a demissão do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, acusando-o de usar politicamente documentos que implicam pessedebistas no caso dos contratos do Metrô de São Paulo. Cardozo encaminhou à Polícia Federal um documento da Siemens que envolveria no esquema caciques tucanos como o senador Aloysio Nunes (SP).

Hotel 4 estrelas tem 382 quartos com varanda | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

À revelia da Justiça, a Câmara autorizou que uma outra junta médica fizesse um exame no deputado José Genoino (PT-SP) antes de decidir sobre o pedido de concessão da aposentadoria por invalidez. A conclusão do laudo é aguardada para hoje pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Por estar cumprindo a pena em prisão domiciliar, a Secretaria Geral da Câmara encaminhou a consulta mesmo sem o aval do STF (Supremo

Tribunal Federal). “O STF mandou fazer a sua perícia como Poder Judiciário e esta Casa quer também fazer a sua análise como Poder Legislativo. São coisas diferentes”, justificou Henrique Eduardo Alves. Se for aposentado, Genoino mantém o salário de R$ 26,7 mil e deverá escapar do processo de perda de mandato, previsto para ser aberto amanhã. A primeira constatação de que a doença não é grave, porém, pode prejudicar a manobra. METRO BRASÍLIA FALE COM A REDAÇÃO leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4607 COMERCIAL: 061/3966-4615

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Henrique Alves decidirá futuro de Genoino | ZECA RIBEIRO/AGÊNCIA CÂMARA

O que diz a lei A Lei de Execução Penal fixa regras de pagamento: O d da remuneração pelo trabalho deverá atender: - indenização dos danos causados pelo crime, desde que determinados judicialmente e não reparados por outros meios; - assistência à família; - pequenas despesas pessoais; Re a ada a aplicações legais, a parte restante será depositada em caderneta de poupança, que será entregue ao condenado quando posto em liberdade.

nais do Distrito Federal analisará o pedido. O aval para o emprego deve sair até a próxima semana. METRO BRASÍLIA

Pizzolato segue sendo procurado pela PF no país Sem informações oficiais sobre o paradeiro de Henrique Pizzolato, a PF (Polícia Federal) mantém a mobilização para localizar pistas no Brasil da suposta fuga para a Itália. Com base em informações extraoficiais, a deputada brasileira no Parlamento italiano, Renata Bueno, levantou a suspeita de que o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil possa ter conseguido o passaporte usado na fuga no consulado da Itália em Madri, capital da Espanha, ainda em

2010, antecipando a intenção de fugir usando a dupla cidadania. Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. O Banco do Brasil analisará a ação penal do mensalão antes de decidir se pedirá o ressarcimento aos cofres públicos dos R$ 73 milhões, que teriam sido desviado do fundo Visanet para abastecer o esquema. METRO BRASÍLIA

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor-Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075) Diagramação: Natalia Xavier. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar, CEP 70070-120, Brasília, DF, Tel.: 061/3966-4615. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura.

Filiado ao


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

|03|◊◊

Aplicativo mede desempenho masculino e causa alvoroço Guerra dos sexos. O Lulu permite que mulheres avaliem os homens - entre outros quesitos, pela boa educação e desenvoltura sexual. Brincadeira provoca polêmica na rede, brigas entre casais e reflexões sobre antigas questões de gênero Há cerca de dois meses, a rede foi chacoalhada por uma campanha que alegava que as mulheres estavam fartas de serem qualificadas na rua. Não queriam saber mais de gritos de “gostosa” e pediam o “Chega de Fiu Fiu”. O tema do momento agora é o Lulu, aplicativo exclusivo para garotas, vinculado ao Facebook, que permite que elas avaliem os conhecidos em quesitos como boa educação, higiene pessoal e desempenho sexual. Não tardou para que a brincadeira virasse polêmica. De segunda para ontem, o aplicativo ficou congestionado por sobrecarga de acessos. Alguns homens queriam saber o que estava sendo dito sobre eles, outros, reclamavam de se sentirem objetos. “O que mais incomoda os homens, neste caso, é serem avaliados com a mesma moeda com que avaliam as mulheres”, opina Miryam Moreira Mastrella, pesquisadora da UnB (Universidade de Brasília) e do Anis Instituto Bioética de Direitos Humanos e Gênero. Entre os adjetivos que eles recebem, organizados em hashtags pré-definidas, estão #NãoFazNemCócegas, #MãosMágicas, #CozinheiroDeMãoCheia, #SabeEscrever, #NãoLigaNoDiaSeguinte e #NãoSabeNemFritarOvo. “Depois de muito pensar, cheguei à conclusão de que é apenas um aplicativo bobo.

Twitter @anderssauro Porque do jeito que está, o Lulu é apenas um lugar onde clientes reclamam para outros clientes e não para a empresa que vai resolver o problema.

@Cardoso Lulu: Aplicativo que está preocupando a todos os homens que nunca repararam que as mulheres sempre vão juntas ao banheiro.

@pittyleone Eu ando tão sem tempo para usar a internet que só hoje eu me toquei que o Lulu que vocês falavam tanto não era o Santos.

À direita, perfil masculino no Lulu, à esquerda, avaliação de um homem feita por mulheres anônimas | REPRODUÇÃO

As hashtags são infantis até”, opina Isabella Haru, 21, estudante. “Mas ele foi bom em algum sentido: os homens puderam sentir, ao menos uma vez, como as mulheres se sentem ao serem tratadas como objetos. Nós vivemos o Lulu todos os dias.” Machismo de saia? Na contramão, estão aqueles (e aquelas) que acreditam que o aplicativo não passa de uma reprodução de um comportamento machista por parte das mulheres. “O Lulu está longe de ser feminista. Não quere-

mos o mesmo direito de humilhar e ‘objetificar’ que os homens têm há séculos, mas mudar mentes”, opina Sara Castilho, 24, professora. Para Mastrella, a discussão devia superar as questões de gênero. “Temos que perceber que ‘coisificar’ pessoas na internet não é um comportamento de homem ou de mulher. É um erro enquanto ser humano, mais do que um erro de gênero.” NANA QUEIROZ

Funções

Violência contra mulher Um questionamento colocado por algumas pesquisadoras é se o aplicativo não poderia ser usado para que mulheres alertassem outras sobre homens controladores, violentos e estupradores potenciais. O temor é que isso abrisse espaço para calúnias de ex-namoradas raivosas.

@mahhvieira Tem muita menina que reclama quando o menino comenta algo sobre ela e agora está aí avaliando todo mundo no Lulu. Podre.

@luisfelipelino Nada pessoal contra o aplicativo Lulu, mas se ele se chamasse Bolinha e fosse de homens avaliando sexo, as feministas estariam nas ruas marchando.

@maripollone Meninas, vamos nos ajudar... Todas baixando o aplicativo Lulu e avaliando os meninos, dessa forma eles não terão mais como nos enganar! #girlpower

METRO BRASÍLIA

Lei de Anistia

Congresso acaba com o voto secreto para cassação e vetos O Senado aprovou ontem a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que acaba com o voto secreto, mas apenas nas votações para cassação de mandatos e de análise dos vetos presidenciais. O texto foi aprovado, em segundo turno, por 58 votos a favor, 4 votos contra e nenhuma abstenção. O sigilo nas votações está mantido para demais decisões do Poder Legislativo, como eleição da Mesa Diretora, e votação de in-

dicação de autoridades como ministros do Poder Judiciário e procurador-geral da República, diretores de autarquias e agências reguladoras. A decisão valerá para o Congresso, Câmara, Senado, Assembleias Legislativas dos Estados, à Câmara Legislativa do Distrito Federal e às Câmaras Municipais. A parte que será promulgada e entrará em vigor ainda será discutida pela Câmara e Senado. “Não é

automático porque só parte da proposta foi votada em dois turnos nas duas casas. Há uma outra parcela que foi alterada e essa continua a tramitar se essa for a decisão das duas mesas”, explicou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O texto original da PEC, aprovada em setembro na Câmara, previa o fim do voto secreto em todas as votações, mas os senadores decidiram pela votação por temas.

Com a decisão, os processos de cassação dos deputados condenados no julgamento do mensalão Valdemar Costa Neto (PR-SP), João Paulo Cunha (PT-SP), Pedro Henry (PP-MT) e José Genoino (PT-SP) deverão ocorrer em votação aberta. A tramitação da proposta foi acelerada após as manifestações de junho e da manutenção do mandato deputado preso Natan Donadon (sem partido-RO). METRO BRASÍLIA

Fraude em SP

Comissão da Verdade não pedirá revisão

MP investigará se máfia agiu na gestão Serra

A punição de agentes de Estado que cometeram violação dos direitos humanos durante a ditadura não deverá constar no relatório final da CNV (Comissão Nacional da Verdade). A revisão da Lei de Anistia é o ponto mais polêmicos do trabalho do colegiado. “Isso não é papel da Comissão”, disse o novo coordenador da CNV, Pedro Dallari. A denúncia, segundo ele, deverá partir do Ministério Público. METRO BRASÍLIA

O MP (Ministério Público) vai investigar se a máfia do ISS operava pelo menos desde 2005, ainda na gestão José Serra (PSDB). Até então, a investigação apontava que o esquema tinha se iniciado em 2007, durante o governo Gilberto Kassab (PSD). Em depoimento anteontem, o fiscal Eduardo Barcellos disse que o auditor Amílcar Cançado, apontado como o mentor do esquema, já fraudava a arrecadação do ISS ainda em 2005. METRO


|04|

Política

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

GENOINO ‘POBRETÃO’ É FARSA: DEPUTADO GANHA BEM O estado de saúde de José Genoino (PT-SP) não é a única farsa na história do mensalão. Ele faz pose de coitadinho, divulga que mora na mesma casa financiada pela Caixa há trinta anos, blá-bla-blá, mas recebe salários de marajá (R$ 26.723,13), como deputado federal há 27 anos, além da Cota mensal para Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), de R$ 31.301. Entre janeiro e setembro, embolsou R$ 522 mil.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

INCONTESTÁVEIS É muito qualificada a junta médica que atestou a farsa do presidiário José Genoino, atestando que a cardiopatia não é grave, nem impõe prisão domiciliar. Todos têm PhD e alentados currículos.

JÁ ERA

“Ou demite o ministro ou ela é cúmplice desse dossiê aloprado 2” AÉCIO NEVES (PSDB) SOBRE A PRESIDENTA DILMA E O “USO POLÍTICO” DO ESCÂNDALO NO METRÔ-SP

TUDO POR NOSSA CONTA Como deputado, Genoino tem auxílio moradia de R$ 3.800 em espécie, verba para passagens aéreas e cota para correios e telefone.

DÁ DE SOBRA

Valdemar Costa Neto | LEONARDO PRADO/AGÊNCIA CÂMARA

Aos 64 anos, Valdemar Costa Neto (PR) vê na prisão seu fim político. Condenado a 7 anos e 10 meses de cadeia e inelegível por mais 8 anos, o mensaleiro só pode disputar eleição outra vez aos 80 anos.

MÃO NA MASSA José Genoino | ANTONIO ARAÚJO/AGÊNCIA CÂMARA

A multa a que Genoino foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (R$ 468 mil) é bem menos do que ele recebe como deputado por ano.

DIRETO NO BOLSO Deputado recebe verba mensal de gabinete no valor de R$ 78 mil para contratar assessores, mas na maioria dos casos fica com quase tudo.

PÉ DE CHUMBO

Na tentativa de conquistar apoio de dissidentes do PMDB em 2014, o vice Michel Temer encaminha esta semana aos ministérios um calhamaço de pedidos de prefeitos e vereadores do Rio Grande do Sul.

PRIORIDADE Atolado em denúncias, o ex-diretor do DNIT Luiz Antonio Pagot (PTB) quer abandonar a candidatura a deputado federal para coordenar a campanha do senador Pedro Taques (PDT-MT) ao governo em 2014.

PEDALA!

Da cota Ceap de R$ 31,3 mil, Genoino dispõe de R$ 4,5 mil para torrar com combustíveis e outros R$ 4,5 mil em “segurança pessoal”.

O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), pediu a Décio Lima (PT-SC), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, para votar já nesta quarta (27) a proposta de orçamento impositivo.

PT TENTA NEGOCIAR CASSAÇÃO POR APOSENTADORIA

DESMORALIZADO

O vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), e o líder do PT, José Guimarães (CE), negociam a aposentadoria “por invalidez” do deputado José Genoino (PT-SP) antes que a mesa diretora inicie o processo de cassação. Mas a tese perdeu força com o laudo da junta médica designada pelo Supremo Tribunal Federal, atestando não ser grave o estado de saúde do deputado presidiário, como ele fez parecer.

LOTERIA Se a aposentadoria por invalidez vingar, o deputado corrupto receberá salários integrais de R$ 26 mil e se livrará da cassação.

TEM PRESSA Esperto, Genoino enviou na quarta (20) à Câmara um pedido para antecipar a avaliação da junta médica, marcada apenas para janeiro.

QUALQUER UM Senadores do PTB tentaram obter de Dilma garantia de um ministério: “Queremos a Integração, mas aceitaríamos Portos”, diz um deles.

PODER SEM PUDOR COLÉ DERROTOU BRIZOLA

Líder do PROS, Givaldo Carimbão (AL) desceu a lenha na “inércia do Parlamento”, em reunião do conselho político com a presidenta Dilma. Há mais de três semanas a Câmara empurra votações com a barriga.

RETÍFICA CH Os serviços dos Correios são uma porcaria, numa decadência de dar dó, mas a média de espera por atendimento em suas agências de São Paulo e Brasília, segundo a ONG ProTeste, é de 8 minutos e meio e de 2 minutos, respectivamente, e não horas, como publicamos.

EMENDAS A Comissão de Constituição e Justiça escolheu “órgãos mais pobres” para destinar verba ao Orçamento de 2014. Serão R$ 300 milhões para AGU, R$ 180 milhões ao Ministério Público Federal, de R$ 45 a R$ 55 milhões à Defensoria, e mais R$ 20 milhões à Justiça Federal de RO.

O HOMEM DA MALA Já se sabe o que o ex-ministro José Dirceu vai fazer no Hotel Saint Peter: carregar malas.

No início dos anos 1980, o deputado gaúcho Getúlio Dias ofereceu um jantar em Brasília a Leonel Brizola, recém-chegado do exílio, e à pequena bancada do PDT. Brizola garantiu: - Eu não perco eleição. Depois contou sua “única e imperdoável” derrota, 30

anos antes, para a prefeitura de Porto Alegre, atribuindo-a à desastrada contratação de Osvaldo Sargentelli e suas mulatas para animar os comícios, um escândalo na época. - Mas não foi Sargentelli e sim Colé – corrigiu Enio Meneghetti, neto de Ildo Meneghetti, o vencedor.


|06|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

GDF acelera migração de rodoviários para as novas empresas Transporte. Governo responde a pressão de sindicato com promessa de trocar logo a frota Com o PPCUB, W3 terá novos lotes | GLAÚCYA BRAGA/METRO BRASÍLIA

Após os brasilienses passarem 24 horas à mercê do transporte pirata ou espremidos em vagões superlotados do Metrô por causa de uma greve surpresa dos rodoviários, o governo se comprometeu a intensificar o processo de demissão dos funcionários das empresas que estão deixando o sistema e a imediata contratação deles por aquelas que vão substituí-las. Já para hoje estão previstas 150 demissões de trabalhadores de empresas como a Viplan e sua migração para a Piracicabana, que têm centenas de ônibus novos já esperando para rodar. Até o final da semana, serão entre 100 e 200 demissões diárias para que, no próximo dia 6 de dezembro, seja colocado em prática o plano de colocar mil novos veículos nas ruas. Atualmente há 540 novos ônibus em circulação, mas a meta é trocar quase três mil veículos ainda este ano para que o sistema comece a ser reformulado em janeiro.

Um dia de caos Com a intensificação da migração, o governo busca acalmar a categoria que parou ontem para protestar contra ações do Ministério Público do DF e da Ordem dos Advogados do Brasil, que tentam derrubar na Justiça a lei distrital que dá ao poder público permissão para arcar com os direitos trabalhistas de 12 mil rodoviários -- coisa que as empresas que estão saindo alegam não ter condições de fazer. “Essa solução foi construída com a ajuda do Ministério Público do Trabalho e a concordância do governo e das empresas. É preciso dar segurança à categoria”, pede João Osório, do sindicato. Por causa da greve, a única nova frota que os brasilienses viram ontem nas ruas foi a de centenas de veículos piratas que circularam livremente e foram a única opção para quase um milhão de pessoas. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Suspenso. Distritais param tramitação do PPCUB até decisão judicial sobre atas

Metrô ficou superlotado | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Piratas foram opção inevitável | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Em reunião da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) ontem, os deputados distritais decidiram interromper a tramitação do PPCUB (plano de preservação do conjunto urbanístico de Brasília) na casa. Eles aguardarão uma decisão da Justiça em relação as atas do Conplan (Conselho de Planejamento Territorial do DF) que foram anuladas. O PPCUB obrigatoriamente só pode ser aprovado com o aval do conselho, que tem sua validade questionada pelo MP. De acordo com a decisão da CCJ, agora o plano só voltará a tramitar dentro da Câmara Legislativa depois que a Justiça emitir uma decisão final sobre as possíveis irregularidades no Conplan. Segundo a denúncia, o conselho só

tinha membros indicados pelo governador à época da elaboração do PPCUB. Além do impasse na Justiça, os deputados apontaram problemas de ordem técnica no processo, entre elas a dificuldade na compreensão das planilhas enviadas pela Secretaria de Habitação. “A aprovação é uma responsabilidade muito grande e o projeto tem que ser condizente com os anseios da população”, afirmou o relator da matéria na CCJ, Aylton Gomes (PR). “Precisamos esclarecer ainda muitos pontos”, disse Eliana Pedrosa (PPS). Os pontos mais polêmicos da lei, como o loteamento do Monumental, foram retirados do texto na semana passada pelo governador Agnelo Queiroz. METRO BRASÍLIA Propostas

Patrício vai relatar processo contra Benedito O deputado Patrício (PT) será o responsável por sugerir a cassação do colega Benedito Domingo (PP) ou arquivar o processo contra ele sem que o assunto seja discutido pelo plenário da Câmara Legislativa. O petista foi sorteado ontem relator, na Comissão de Ética da Casa, do processo que investiga Benedito por quebra do decoro parlamentar por ser réu em uma ação judicial que o acusa de ter usado sua influência para fazer com que a empresa do filho ficasse com contratos de iluminação pública natalina em 2008. Benedito deve ser notificado hoje sobre o andamento do processo e terá 30 dias para apresentar sua defesa. O prazo, porém, será interrompido durante o reces-

Distrital nega irregularidades | RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIA

so parlamentar, que começa em 13 de dezembro, e só voltará a contar em fevereiro do ano que vem. Depois, Patrício terá mais um mês para apresentar o relatório com suas conclusões à Comissão de Ética. METRO

“É bom a sociedade entender que enquanto estivermos de recesso os prazos param. Julgamento, se houver, só em 2014” PATRÍCIO (PT), DEPUTADO DISTRITAL

Cartões. PF prende bando que desviou R$ 3 milhões A Polícia Federal (PF) desarticulou ontem duas quadrilha especializadas em clonagens de cartões que atuavam em parceria no DF. Ao longo de cinco anos os criminosos desviaram dinheiro das contas de brasilienses. De acordo com as estimativas da corporação, só nos últimos dois anos foram roubados cerca de R$ 3 milhões de correntistas de vários bancos, em sua maioria da Caixa. Foram expedidos 11 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão para a ‘Operação Sacador’. No DF foram presos criminosos de um núcleo na rede no Paranoá e no Itapoã. Os outros membros do bando foram detidos nos municípios goianos de Pirenópolis e Alexânia. As investigações começa-

Detran abre edital para educação no trânsito no DF O Detran-DF está recebendo projetos para novos programas educativos de trânsito da capital. Os interessados têm até 10 de dezembro para entregar as propostas na sede do órgão. METRO BRASÍLIA Todo o dia

Fraudadores estão presos na sede da PF | MARCELLO CASAL/ABR

ram em maio, quando foram presos quatro brasilienses em Pirinópolis ao tentarem fazer saques usando cartões clonados no DF. A quadrilha posteriormente depositava as quantias em contas pessoais dos membros do bando. Todos estão presos provisoriamente na Superintendência da PF. METRO BRASÍLIA

Eleições para diretor nas escolas A eleição do corpo diretor das 654 escolas públicas do DF será realizada hoje. Pais, professores e alunos podem votar até as 21h nos próprios colégios. O mandato é de três anos. METRO BRASÍLIA


|08|

Gasolina. Reajuste não pode criar indexação da economia, diz Mantega O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou ontem que a decisão sobre a fórmula de reajuste dos preços dos combustíveis não pode ser tomada “de improviso”. Ele disse ainda que esse modelo não pode ser inflacionário. “É algo que tem que ser muito cauteloso para que se tenha uma metodologia que não seja inflacionária, que não indexe a economia”, disse. A diretoria da Petrobras aprovou e submeteu ao conselho de administração uma proposta de nova política de preços que prevê reajustes automáticos e periódicos dos combustíveis. Mas o governo resiste à ideia, temendo que se torne um peso extra à inflação. O conselho da Petrobras deve avaliar a proposta em sua próxima reunião, na sexta-feira. “Estamos amadurecendo uma modalidade, não vou dizer nem uma fórmula, para eventual reajuste do combustível. Não pode ser uma indexação”, afirmou Mantega.

A taxa básica de juros deve voltar à casa dos dois dígitos esta semana. O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central encerra hoje a sua última reunião do ano. A previsão do mercado é de uma elevação da Selic de 9,5% para 10% ao

Patrão que não registrar doméstica poderá pagar multa Carteira de trabalho. Projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e segue para sanção presidencial. Lei entra em vigor 120 dias após sua publicação

“Estamos trabalhando no Brasil para desindexar, para reduzir a inflação e não podemos ter um mecanismo dessa natureza” MINISTRO DA FAZENDA, GUIDO MANTEGA

Questionado se haverá reajuste de preços dos combustíveis neste ano, o ministro apenas respondeu que essa é uma decisão da direção da Petrobras. METRO

Aperto monetário

Taxa de juros volta a dois dígitos hoje

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

ano. Com isso, os juros retornarão ao patamar de dois dígitos, algo que não era registrado desde o início de março de 2012. Para tentar conter pressões inflacionárias, o Banco Central iniciou em abril deste ano um ciclo de aperto monetário, que deve continuar em 2014. Economistas esperam mais dois novos aumentos no ano que vem, que deve fechar com uma taxa de 10,50% ao ano. METRO

A Câmara dos Deputados aprovou ontem um projeto de lei que fixa multa para quem descumprir normas sobre trabalho doméstico. Uma das sanções é para quem não registrar a carteira de trabalho do empregado. O texto foi aprovado, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e se não receber recurso para ser votado em plenário, segue para sanção da presidente Dilma Rousseff (PT). Pela proposta, a punição para a falta de registro será de cerca de R$ 294, valor definido na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), elevado em pelo menos 100% (R$ 588). Esse percentual poderá ser reduzido se o empregador reconhecer voluntariamente o tempo de serviço do empregado, com a efetivação das anotações e o recolhimento das contribuições previdenciárias. O valor arrecadado com a multa será destinado ao trabalhador prejudicado. A ideia do projeto é combater a impunidade dos empregadores que descumprem a lei. Segundo dados de parlamentares, cerca de 4,9 milhões de trabalhadores do-

Cerca de 4,9 milhões de domésticos não têm carteira assinada | MARCELLO CASAL JR/ABR

mésticos não têm a sua carteira assinada. A lei vai entrar em vigor 120 dias após a data de sua publicação. O texto recomenda que o Executivo lance uma campanha de esclarecimento sobre o registro dos domésticos. O relator na CCJ, deputado Luiz Couto (PT-PB), apresentou parecer pela constitucionalidade do

R$ 294 será a punição por falta de registro, segundo projeto aprovado ontem pela Câmara dos Deputados projeto. Couto destacou que a proposta aplica ao empregador doméstico as penalidades previstas na

STF começa a julgar ações ENTENDA de planos econômicos O CASO O STF (Supremo Tribunal Federal) começa a julgar hoje a validade dos planos econômicos das décadas de 80 e 90. A decisão terá repercussão em quase 400 mil ações no Judiciário que pedem o ressarcimento por perdas na caderneta de poupança. Segundo o ministro Ricardo Lewandowski, relator de um dos processos, o julgamento será iniciado, mas não sabe se haverá tempo

de ser concluído neste ano. “Não sei se continua na outra semana. Mas estou pronto não só para proferir meu relatório como meu voto também”, disse. Na semana passada, o governo afirmou que uma decisão pró-poupadores causaria aos bancos prejuízo de R$ 149 bilhões - um quarto do capital do sistema financeiro. A retração no crédito chegaria a R$ 1 trilhão.

Já o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) estima um valor bem inferior: R$ 8,465 bilhões. Segundo o órgão, o cálculo do governo está superestimado porque não levou em consideração uma série de fatores. Entre eles a jurisprudência desfavorável aos poupadores no caso do Plano Collor 1, que corresponde a 54% do valor apresentado pelo governo. METRO

PLANO

Quem teria direito  

o para a ação

Perdas estimadas pelos bancos e BC TOTAL: R$ 149,9 bi FONTE: BC, IDEC E FEBRABAN

CLT pelo descumprimento da legislação trabalhista, igualando, nesse ponto, os direitos entre empregados domésticos e celetistas, segundo a “Agência Câmara”. “Não vislumbramos, portanto, qualquer afronta aos direitos mínimos concedidos aos trabalhadores urbanos e rurais ou aos princípios constitucionais”, disse. METRO

O QUE OS POUPADORES PEDEM NA JUSTIÇA O ressarcimento das perdas provocadas nas aplicações por planos econômicos implantados pelo governo entre 1987 e 1991 para combater a inflação

BRESSER

VERÃO

COLLOR 1

COLLOR 2

(1987)

(1989)

(1990)

(1991)

Poupança com aniversário de 1º a 15 de junho de 1987

Poupança com aniversário de 1º a 15 de janeiro de 1989

Poupança com aniversário de 1º a 15 de abril de 1990

Poupança com aniversário de 1º a 15 de janeiro de 1991 (há outras datas)

31 de março de 2007

31 de dezembro 2008

31 de março de 2010

31 de janeiro de 2011

R$

20,5 bi

R$

48 bi

R$

74 bi

R$

7,27 bi


|10|

Evangelii Gaudium. No documento, Francisco ataca economia selvagem e consumismo O papa Francisco pediu uma renovação na Igreja Católica, chamou o capitalismo desenfreado de uma “nova tirania” e pediu aos líderes mundiais que combatam a pobreza e o crescimento desigual, no primeiro grande trabalho de sua autoria desde que foi eleito pontífice. O documento de 84 páginas, denominado “Exortação Apostólica”, equivale a uma plataforma oficial do papado, com base em opiniões que ele tem expressado em sermões e comentários desde que tornou-se, em março, o primeiro pontífice não europeu em 1.300 anos. No texto, Francisco foi além de criticar o sistema econômico mundial, ao atacar a “idolatria ao dinheiro” e implorar aos políticos que garantam a todos os cidadãos “trabalho, atendimento de saúde e educação dignos”. Ele também pediu às pessoas ricas que compartilhem sua riqueza. “Do mesmo modo como o mandamento ‘Não matarás’ estabelece um claro limite para salvaguardar o valor da vida humana, hoje nós também temos de dizer ‘Não deverás’ para uma economia de exclusão e desigualdade. Esse tipo de economia mata”, escreveu Francisco no documento divulgado ontem. “Como pode ser que não seja assunto para notícia quando uma pessoa sem teto morre por abandono às intempéries, mas é notícia quando o mercado de ações perde 2 pontos?”. O papa disse que a renovação da Igreja não poderá ser adiada e que o Vaticano e sua arraigada hierarquia “também precisam ouvir o chamado da conversão pastoral”. “Eu prefiro uma Igreja que esteja machucada, ferida e suja porque tem saído às ruas do que uma Igreja doente por estar confinada e se agarrar à própria segurança”, escreveu. Em julho, Francisco encerrou uma encíclica iniciada pelo papa Bento 16, mas deixou claro que era de modo geral o trabalho de seu antecessor, que renunciou em fevereiro. Chamada “Evangelii Gaudium” (A Alegria do Evangelho), a exortação é apresentada no estilo de pregação simples e caloroso de Francisco, distinto dos escritos acadêmicos de papas anteriores, e enfatiza a missão central da Igreja de pregar “a beleza do amor salvador de Deus ma-

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

O pap a está mais pop No primeiro documento escrito inteiramente pelo papa Francisco, ele pede a renovação da Igreja e a volta à evangelização, além de atacar a economia predatória | STEFANO RELLANDINI/REUTERS

Análise

Missão é cuidar dos pobres

A exortação apostólica encadernada nas mãos do bispo Carlo Maria Celli, no Vaticano | ALESSANDRO BIANCHI/REUTERS

nifestada em Jesus Cristo”. Nele, Francisco reitera afirmações anteriores de que a Igreja não pode ordenar mulheres ou aceitar o aborto. O sacerdócio exclusivo para os homens, disse ele, “não é uma questão aberta à discussão”, mas as mulheres têm de ter mais influência na liderança da igreja católica. A desigualdade econômica é um dos temas com os quais Francisco, de 76 anos, mais se preocupa no texto. O papa pede uma mudança no sistema financeiro e alerta que a distribuição desigual das riquezas inevitavelmente conduz à violência. METRO

Destaques O que o papa Francisco aborda no “Evagelii Gaudium” (A Alegria do Evangelho): Re açã a Ig e a Católica. A Igreja precisa transformar-se de forma missionária e ir ao encontro das pessoas, sobretudo as mais sofridas. Ca i a i de e f ead é “nova tirania”. Francisco ataca a “idolatria ao dinheiro” e implora aos políticos que garantam a todos os cidadãos

“trabalho, atendimento de saúde e educação dignos”. O ace d ci é e c i para os homens. Mas, na opinião do papa, as mulheres têm de ter mais influência na liderança da Igreja. C a i ha e da riqueza. “Hoje, nós também temos de dizer ‘Não deverás’ para uma economia de exclusão e desigualdade. Esse tipo de economia também mata”, escreve o papa.

O Papa Francisco divulgou hoje a exortação apostólica “A Alegria do Evangelho”, apelando a todos os cristãos para viverem a alegria que vem da boa notícia que o Evangelho proporciona. O documento já era muito esperado porque é o resultado do Sínodo dos Bispos, ocorrido ainda no papado de Bento 16. O tema do Sínodo foi “A Nova Evangelização para a transmissão da fé”. No entanto, o documento tem fundamento nas intuições mais profundas do Papa Francisco. A importância está no estímulo a todos os católicos para se engajarem na missão da Igreja e ajudarem a superar as dificuldades que ela encontra em nosso tempo, como também contribuir para que o mundo supere as grandes crises que hoje enfrentamos. Acaba sendo uma exortação ao mundo. Toda a perspectiva do papa Francisco é modelar uma Igreja para o fu-

turo que seja uma “Igreja de pobres para os pobres”. Essa linguagem estava desaparecendo, mas agora volta com todo o vigor, pois não podemos esquecer de que o grito do pobre chega até o coração de Deus. O documento fala da exclusão global que pesa sobre os pobres. A vocação da Igreja sempre foi a que o papa Francisco aponta em nosso tempo. Portanto, a ênfase para o futuro será a evangelização e o cuidado com os pobres, em contraposição à exclusão global dos que não conseguem competir com o modelo implantado na economia global, economia de mercado e consumo obsessivo. Para o Brasil, será muito benéfico o documento. Precisamos abrir as portas e ser mais acolhedores. Precisamos nos dedicar mais à evangelização profunda, pois muitos foram evangelizados de forma insuficiente. Por outro lado, a Igreja precisa se comunicar mais e não deixar os templos na maior parte do dia fechados. PE. VALERIANO DOS SANTOS COSTA Diretor da Faculdade de Teologia, PUC-SP


BRASÍLIA Quarta-feira, 2 7 de novembro de 2 0 1 3

EDUCAÇÃO

leitor.bsb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobsb

Lição: economia Aprender a negociar valores na escola e ter recursos em caixa é fundamental P Á G. 14


+ EDUCAÇÃO

Fique atento

Chega de comparação Na hora de avaliar o desempenho do seu filho, evite compará-lo com um irmão ou colega. Isso prejudica a melhoria nos estudos e até a autoestima da criança.

|12|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{EDUCAÇÃO}

Notas baixas no último boletim. STOCK.XCHNG

E agora? Comportamento. Má avaliação deve ser encarada com calma pelo pais; boa relação com os filhos pode evitar que isso ocorra O último boletim do seu filho chegou e traz muitas notas vermelhas. Antes de sair esbravejando com ele e falando em repetência, tente parar um pouco e entender o motivo. Notas baixas são o resultado de um processo posto em prática durante o ano. Daí é hora de se questionar: será que você acompanhou o estudo das crianças em casa com atenção? O primeiro passo para entender o que deu errado é ouvir a justificativa da criança. “Em geral, elas sabem exatamente onde falharam”, diz Edson Daddil, orientador educacional do Colégio Vértice, em SP. Em seguida, é indispensável procurar os profissionais que acompanham o estudante no ambiente escolar: a professora, orientadora pedagógica ou coordenadora da série para ver se ele não está passando por mudanças ou dificuldades dentro do ambiente escolar. “Um boletim cheio de notas baixas pode não significar, necessariamente, um descaso do aluno”, analisa Maria Angélica Durães Mendes de Almeida, diretora e coordenadora do Colégio Hugo Sarmento. Por último, é preciso rever e mudar algumas atitudes em casa, de forma a estimulá-lo a superar possíveis barreiras. Perfis escolares Antes de agir, examine como

“Um boletim cheio de notas baixas pode não significar, necessariamente, um descaso do aluno” MARIA ANGÉLICA ALMEIDA, DIRETORA

é o comportamento do seu filho. Por exemplo, se ele sempre foi um bom aluno e as notas baixaram repentinamente em várias matérias, é possível que sua autoestima esteja abalada por conta de conflitos com colegas. Daí a importância de manter um diálogo mais aberto em casa, pronto a ouvi-lo e livre de julgamentos. Agora, se ele for indiferente a apenas uma matéria ou outra, talvez seja o momento de procurar um reforço escolar. Mas não adianta só pagar por aulas particulares. É necessário que os pais também fiscalizem e confiram as tarefas. “Acho que, nesse quesito, o ponto principal é ajudar o seu filho a organizar o tempo, priorizando os estudos, mas sem tirar o lazer”, aponta Marta Campos, coordenadora do Ensino Fundamental e Médio da Escola Viva. Conversar com a criança ajuda a vencer as frustrações

Com o


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{EDUCAÇÃO}

|13|◊◊

Leitura nas férias: SXC.XCHNG

incentive seu filho Amigo dos livros. Dê exemplo, faça atividades simples e estimule o novo leitor

Quem lê em casa, estimula o hábito nas crianças

Os benefícios que os livros oferecem são amplamente conhecidos. Quem lê adquire cultura, passa a escrever melhor, tem mais senso crítico, amplia o vocabulário e tem melhor desempenho escolar, entre muitas outras vantagens. Por conta disso, é importante ter contato com a literatura desde os primeiros meses de vida. Mas como fazer com que crianças pequenas se interessem pelos livros? É verdade que, em meio a brinquedos cada vez mais lúdicos e cheios de recursos tecnológicos essa não é uma tarefa fácil, principalmente quando as férias estão chegando. Mas pequenas ações podem fazer muita diferença para criar o hábito. “O comportamento da família influencia diretamente nos costumes da criança”, afirma Rosane Lunardelli, doutora em Estudos da Linguagem e professora da UEL (Universidade Estadual de Londrina). “Se os pais estão sempre lendo em casa, a tendência natural é que o filho também adquira e

conserve esse gosto.” Encantamento De acordo com Lucinea Rezende, que é doutora em Educação e também professora da UEL, os pais devem mostrar que a leitura é uma atividade prazerosa, e não apenas uma obrigação. “Crianças precisam ser encantadas pela leitura”, diz. Os familiares devem promover atividades com a criança para que ela entenda o ato de ler como um momento divertido. Para ajudar, a leitura deve ser misturada com as brincadeiras, tanto no período da alfabetização como antes e um pouco depois dessa etapa. Um exemplo que funciona é fazer representações da história lida, incentivando a criança a criar os próprios livros e ilustrar personagens. “Para seduzir os pequenos, é essencial brincar com o livro”, diz a coordenadora do Centro de Estudos da Leitura da Uesb, Maria AfonCom o sina Matos.


|14|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{EDUCAÇÃO}

STOCK.XCHNG

Investimento deve ser encarado como parte do orçamento familiar

Hora

de negociar a matrícula

A educação dos filhos é um dos investimentos mais importantes feitos pelos pais e, por isso, deve ser uma despesa planejada ao longo do ano, considerando o valor das mensalidades e também da matrícula. Para as famílias que foram pegas de surpresa pelo alto valor da matrícula, ou que tiveram imprevistos com o orçamento, vale a pena tentar pedir descontos às escolas. Na verdade, quanto mais os pais se programarem e se anteciparem com relação a isso, maior é a chance de conseguir uma negociação favorável. “É importante saber que toda escola tem seus limites financeiros, mas também fará de tudo para não perder um aluno”, orienta Reinaldo Domingos, educador financeiro e presidente da DSOP Educação Financeira. Com o

Desconto. Especialistas explicam que pedir abatimento é uma opção para quem está com dificuldades no saldo

Dicas para barganhar O educador Reinaldo Domingos, e Luis Carlos Ewald, consultor da Fundação Getúlio Vargas, ensinam como conseguir um bom desconto na escola

Por quê? Pedir desconto deve ser considerado como algo normal. É interessante que os pais tentem não apenas baixar o valor da matrícula, mas também uma bolsa para o filho. “Mas alerto que toda escola tem suas políticas, e respeitá-las é de bom grado”, diz Domingos.

1

2

4

Como?

Preparação

Para um bom negócio, é preciso pesquisar. “Consulte outras escolas com qualidade equivalente para ter um parâmetro de valores e custos”, alerta Reinaldo Domingos. Também é preciso gastar tempo e simpatia, além de mostrar como o desconto seria benéfico.

A fidelidade à escola não é uma boa moeda de troca. Ewald explica que as escolas são empresas que querem a garantia de que serão pagas o ano todo. “Por isso é bom focar na negociação para quitar o ano inteiro já na matrícula e garantir um bom desconto”.

Quando? “Quanto mais cedo tentar baixar o valor, mais tempo terá para negociar”, diz Domingos. E a época da matrícula é a hora certa. “Além disso, é bom fazer uma reserva e contar com o 13º para poder pagar todas as mensalidades juntas com desconto”, explica Ewald.

3

Planejamento É importante que os pais incluam valores de mensalidades e matrícula no orçamento mensal. Para quem foi pego desprevenido, vale barganhar, mas o melhor é planejar. “É preciso inserir o IPVA no orçamento, mas também a matricula escolar”, afirma Reinaldo Domingos.

5


|16|

2 CULTURA

Maitê Proença em versão dramaturga Teatro. A atriz revela outras facetas em “À Beira do Abismo me Cresceram Asas”, que reflete sobre a velhice com poesia e humor Maitê Proença ainda está jovem para pensar no fim. Aos 54 apenas, porém, ela escolheu o tema da velhice quando decidiu dirigir sua primeira peça. “À Beira do Abismo me Cresceram Asas” entra em cartaz nesta sexta-feira, no Teatro Brasil 21 Cultural. Ao contrário do que possa parecer, porém, não se trata de uma peça sobre a morte, mas sobre a vida. “São velhas porretas, sem caretice, e com aquele sem cerimônia que os velhos tem e que resulta cômico no palco”, explica ela. Em seu texto, busca a mulher de 15, 20, 40 e 60 anos escondida em cada uma das idosas. “Coloquei no texto tudo que andava pensando na época em que escrevi a peça”, conta Maitê. “Há duas senhoras muito diferentes, uma é extrovertida, debochada, aparentemente mais feliz, mas carrega um grande segredo. A outra é mais fechada e carrancuda, menos complexa, mas também melhor resolvida, mais sábia talvez.” Maitê confessa que nunca pensou em dirigir, mas ficou satisfeita com o resultado, que deve agradar também aos fãs da artista. Ao lado de Cla-

Fernanda Montenegro

Não é um Oscar, mas... A atriz conquistou o Emmy Internacional de melhor atriz em cerimônia realizada na noite da última segunda, em Nova York, por seu papel no especial “Doce de Mãe”. Em 1999, a atriz chegou a ser indicada ao Oscar pelo filme “Central do Brasil” (1998), com o qual venceu o Urso de Prata do Festival de Berlim. Outro prêmio conquistado pela TV brasileira no Emmy foi o de melhor telenovela por “Lado a Lado”, da Globo.

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

“Não escolhi a velhice para falar da decrepitude e do fim, mas para falar da vida. Uma mulher de 80 tem também 15 e 23 e 48 e 60 anos.” “Há muito humor, porque ele é a melhor maneira de se evitar a lamúria, a autopiedade, e outras pieguices. E há poesia, porque beleza nunca é demais.” MAITÊ PROENÇA, ATRIZ, DRAMATURGA E DIRETORA

risse Derzié Luz, ela se dá por conhecer inteira: atriz, dramaturga, diretora, mulher. No Teatro Brasil 21 Cultural (Setor Hoteleiro Sul, ao lado da Torre de TV). Sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 18h. De R$ 40 a R$ 100.

NANA QUEIROZ METRO BRASÍLIA

Maitê está acompanhada de Clarisse Derzié Luz | DIVULGAÇÃO

Santiago Caruso na Caixa Cultural O artista plástico argentino Santiago Caruso mostra, a partir da noite de hoje, seus traços obscuros na Caixa Cultural (SBS, quadra 4). Em “Na obscuridade aberta”, ele exibe 37 ilustrações que dialogam com a obra da poetisa Alejandra Pizarnik, sua conterrânea. A proposta é colocar as artes visuais para dialogar com a literatura. Abertura: hoje, das 19h às 22h. Acesso livre. Visitação: de amanhã a 12 de janeiro de 2014, de terça a domingo, das 9h às 21h. Grátis. Classificação: 18 anos. | REPRODUÇÃO

Teatro. Espetáculo ocupa entrequadra 205/6 Norte Uma mãe sai à procura do filho perdido em “Encontros”. O caminho que toma para essa busca, porém, é inusitado: a peça se passa no estacionamento da entrequadra da 205/6 Norte. As figuras que ela cruza pelo caminho mudam sua direção interna e externa. O elenco é premiado e o cenário caprichado. Dina Brandão, por exemplo, levou título de melhor atriz no Festival de Cinema Brasileiro em Miami, EUA. Recursos audiovisuais, câmeras, luzes e projeções criam uma estrada imaginária. METRO BRASÍLIA No estacionamento da 205/6 Norte. De hoje a 1º de dezembro e de 6 a 8/12. Às

Cena de “Encontros” | DIVULGAÇÃO

22h de quarta a sábado, e às 21h aos domingos. Ingressos: R$ 20. Classificação indicativa: 14 anos. Tel.: 3349-3937.


|18|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Motorista vira músico com app

Os invasores

Rodoviários egoístas

Cruzadas

Música. Montadora transforma carro em instrumento musical e cria set list pessoal Esqueça as digitais. Agora, única mesmo, será a trilha sonora da sua vida, ao menos daquela criada a partir das curvas... em Santos? Não, dentro do seu carro. Isso porque a maneira como cada um dirige é muito particular, mas pode ser eternizada se o aplicativo para smartphones desenvolvido pela montadora alemã Volkswagen for posto à venda. O sistema de áudio do carro cria músicas inspiradas no estilo de direção do motorista. O app é conectado ao

Leitor fala

computador de bordo do veículo e analisa a rota do GPS, as rotações do motor, velocidade, aceleração e tudo mais que envolva a dirigibilidade do carro em movimento. Assim, o carro se transforma em instrumento e o motorista em música, diz o vídeo de divulgação vinculado pela empresa. Se animou? Então, segure a onda, porque você só vai saber se é heavy metal, pop, axé ou clássico no dia em que a montadora colocar a tecnologia no mercado. METRO

Os rodoviários fizeram paralisação para reclamar das condições de trabalho, que querem ter garantia de contratação nas novas empresas. Pois não pensam é nos outros trabalhadores, não é? Durante a greve, fiquei duas horas na parada de ônibus tentando entrar em conduções que já vinham lotadas do Entorno, que eram as únicas disponíveis para quem mora naquela região. É um absurdo que eu chegue três horas atrasada no trabalho só para beneficiar os rodoviários, deveriam colocar todos eles na rua. E o meu emprego, quem garante? SIONEI MENDONÇA - SOBRADINHO (DF)

Metrô de mal-educados Não consigo entender por que tanta gente gosta de ficar parada na porta do metrô. Eles atrapalham quem quer descer nas estações, além de ser proibido ficarem encostados nas portas. Deveriam ter pessoas capacitadas para organizar a coisa no metrô, ali quando chega 18h vira um caos na terra. Um pouquinho mais de educação e nossa vida seria mais fácil. CELSO PEREIRA - ÁGUAS CLARAS (DF)

Metro Pergunta

Dilma disse que a sociedade brasileira ainda é sexista e preconceituosa. Você concorda?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobsb

Sudoku @laineribas

Com certeza. Nunca vi tantos casos de agressão contra mulheres como nos últimos tempos. É brutal. @WTarcisio

Não. Tenho visto mulheres vencendo em diversos aspectos e sem interferência masculina. @CEvalentim

Concordo plenamente. Infelizmente, a realidade ainda é de luta para a mulher.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

App cria música com estilo de direção do motorista | REPRODUÇÃO VÍDEO PROMO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Período importante para projetos a longo prazo. Situações que envolvam novas responsabilidades marcarão o momento profissional.

Valorize este momento para cuidados com o corpo, saúde e para recompor-se de desgastes causados pela rotina.

Muitas vezes é essencial se desfazer de lugares e pertences que somos apegados para dar espaço ao que é diferente e renovar energias. 

O momento é para novos estudos e atividades que façam se envolver mais socialmente. Fará bem exercitar habilidades e hobbies.

Aproveitar ocasiões para boas conversas e contatos sociais amenizará desgastes. Será também um modo de retomar convivências especiais.

Momento propício para empenho e solução de problemas das pessoas que mais gosta. Apenas evite se dedicar mais do que pode.

Seu regente Mercúrio faz bom aspecto com Vênus, influência para mais cuidado com sua vaidade. Favorece boas conversas na vida afetiva.

Regente de seu signo, Vênus faz bom aspecto com Mercúrio, o que despertará sua vontade para retomar conversas e expor pensamentos. 

Tenha atenção para não se comportar com posturas antissociais que façam se afastar de bons amigos ou pessoas que gosta.

Boas tendências para expor o que pensa e sente de maneira mais franca para esclarecer assuntos. Período para mais romantismo a dois.

A vida amorosa recomenda paciência e jeito para lidar com certas conversas. Procure compreender mais os pensamentos de quem gosta.

O envolvimento com amigos tende a ser mais intenso e prazeroso. Também é um momento especial para quem gosta de causas voluntárias.


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Entre

DIVULGAÇÃO/ BRUNO VEIGA

Contos e crônicas

País fértil para contos e crônicas

atensão e aleveza

Sucessor de uma geração de mestres em narrativas curtas, o escritor gaúcho cita como principais influências para a construção sintética e divertida que ele utiliza nomes como Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Antonio Maria e Stanislaw Ponte Preta. “Acho que o fator econômico é importante, livros maiores são mais caros, e hoje o leitor também é obrigado a economizar tempo, neste redemoinho em que a gente vive”, acredita Luis Fernando Verissimo. E avisa. “A intenção é ser claro e, na medida do possível, produzir uma leitura atraente, experimentando com várias formas. Acho que todos os nossos bons cronistas conseguiram isso, uns mais e outros menos”, afirma o autor.

Retorno. Escritor gaúcho enfrenta temas delicados no livro ‘Os Últimos Quartetos de Beethoven e Outros Contos’, primeira obra que chega às livrarias após sua internação Luis Fernando Verissimo, de 77 anos, desafia sua sutileza literária ao abordar a loucura, a política e a memória no recém-lançado livro “Os Últimos Quartetos de Beethoven e Outros Contos”. O resultado pode ser experimentado por quem mergulhar nas páginas da obra, publicada pela Editora Objetiva: gargalhadas, nós na garganta e reflexões que só um gênio como Verissimo pode proporcionar. Esse é o primeiro livro do autor que chega às livrarias após a grave infecção que o abateu no ano passado. “Uma experiência como a que eu tive – quase morri, assassinado por uma bactéria -– só serve para nos convencer da nossa fragilidade, mas não tem nenhum efeito literário”, garante Verissimo, em entrevista por e-mail ao Metro Rio. No conto “Os Últimos Quartetos de Beethoven”, que dá nome ao livro, ele

“Não consigo imaginar como o que eu escrevo possa influenciar o comportamento de políticos” LUIS FERNANDO VERISSIMO

experimenta uma mistura entre a história da música e a memória. Já no instigante conto “A Mancha”, o autor revela que as feridas da ditadura militar ainda permanecem vivas na sociedade brasileira, apesar das tentativas de esquecer. “A Mancha”, de certa forma é a razão de ser do livro. O texto já tinha saído numa edição da Companhia das Letras e a Objetiva achou que ele merecia outra saída. É um conto em que nossa história recente, e o que fazer com ela, estão bem presentes. Política e memória são duas coisas que me interessam”, revela o escritor.

|19|◊◊

A maneira como a geração que viveu a luta contra o regime militar convive hoje com o passado também está presente em “O Expert” e em “O Pôster”. Política e Copa do Mundo Embora o futebol não esteja em nenhuma das narrativas curtas da obra, o tema ainda faz parte do cotidiano do contista – e não imagine que a paixão nacional passe longe de sua crítica visão política. “No momento, com a colocação do Internacional na tabela do Brasileirão, perto do porão, minha relação com o futebol é de temor e angústia. Mas penso que o Brasil não fará feio no Mundial. Temos bons jogadores e um técnico que, se não é nenhum grande estrategista, é um empolgador. Quanto às manifestações, ninguém previu que elas viriam e ninguém pode prever o que virá durante a Copa.” METRO RIO

METRO RIO

“OS ÚLTIMOS QUARTETOS DE BEETHOVEN E OUTROS CONTOS” LUIS FERNANDO VERISSIMO ED. OBJETIVA, R$ 29,90

Autor visita a obra do escritor russo Nabokov Verissimo também dialoga com o romance “Lolita”, do escritor Vladimir Nabokov, em uma das realidades ficcionais reunidas em “Os Últimos Quartetos de Beethoven e Outros Contos”. “‘Lo’ é uma versão pelo avesso de ‘Lolita’ do Na-

bokov, um livro e um autor que eu admiro muito. O próprio Nabokov aparece na história, com o pseudônimo que usava quando fazia poesia”, explica Luis Fernando Verissimo. O intrigante livro de Nabokov gerou controvér-

sias quando publicado, ainda no século passado, por tratar de temas como a pedofilia. Em “Lo”, o fato que desencadeia a história é o encontro entre um jovem nordestino e uma mulher madura da Europa. METRO RIO


|20|

3 ESPORTE

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Barça perde primeiro jogo na temporada Liga dos Campeões. Apesar da derrota para o Ajax, time já está classificado para as oitavas A quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa resultou na primeira derrota do Barcelona na temporada. O time sentiu a ausência de Messi, que está lesionado, e perdeu por 2 a 1 para o Ajax, mas já tem pontuação para ir às oitavas de final da competição. Neymar, apesar de ter cavado o pênalti que resultou no único gol dos espanhóis, não conseguiu brilhar. O Chelsea também perdeu ontem para o Basel, por 1 a 0. Mesmo com o resultado, no entanto, os ingleses estão classificados para as oitavas. Ainda pelo Grupo E, o Schalke 04 empatou sem gols com o Steaua Bucareste. No Grupo H, o Zenit ficou no 1 a 1 com o Atlético de Madrid. O Porto obteve o mesmo

placar contra o Áustria Viena. Também ontem, o Milan venceu o Celtic por 3 a 0 -um dos gols marcados por Kaká -- e ficou muito perto da vaga para as oitavas. Atual vice-campeão, o Borussia Dortmund ganhou fôlego no Grupo F: venceu o Napoli por 3 a 1 em casa e chegou aos mesmos nove pontos do rival. O líder é o Arsenal, que bateu o Olympique na Inglaterra por 2 a 0. Hoje, a rodada terá os seguintes confrontos: Bayer Leverkusen x Manchester United; Real Madrid x Galatasaray; Paris Saint Germain x Olympiacos; Manchester City x Viktoria Plzen e CSKA Moscou x Bayern de Munique. Todos os jogos são às 17h45 de Brasília, com exceção do último, que será às 15h. METRO

Neymar sofreu com a marcação holandesa | DEAN MOUHTAROPOULOS/GETTY IMAGES

Fittipaldi aprova Massa na Williams

Alex não jogará hoje | BRITO JUNIOR/ACC CEUB

Basquete. Desfalcado, UniCeub enfrenta Boca MMA

Toquinho Após ser demitido do UFC no mês passado, o lutador mineiro Rousimar “Toquinho” Palhares assinou com o World Series of Fighting (WSF), torneio rival da competição de Dana White. O lutador estreará em março de 2014, já que ainda cumpre suspensão por não ter soltado a perna de Mike Pierci, em sua última luta. mesmo após desistência do mesmo.

O UniCeub/BRB começa hoje a campanha no Final Four Sul da Liga Sul-Americana, que será realizado no Uruguai. O primeiro jogo do quadrangular será entre o time brasiliense e o Boca Juniors, da Argentina. A partida será às 18h45, no horário de Brasília. Quem vencer este primeiro duelo enfrenta o campeão do jogo entre Aguada (URU) x Bauru (SP), que também se enfrentam amanhã, às 21h. Depois de sofrer a segunda derrota no NBB, no

último sábado, contra o Mogi das Cruzes, o UniCeub tem uma dura missão pela frente, já que entrará em quadra desfalcado de Arthur, Alírio e Alex. Este último machucou ainda no sábado. Com um estiramento na coxa, o capitão -- peça fundamental no time -- vai ficar de fora por pelo menos dez dias. “Fico muito triste por não poder ajudar a equipe nessa final, mas confio muito nos meus companheiros e tenho certeza que vai dar tudo certo”, disse ele. METRO

O bicampeão de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi acredita que a parceria entre Felipe Massa e a Williams tem tudo para dar certo – o brasileiro defenderá a equipe inglesa por três temporadas, a partir de 2014. O ex-piloto avalia que a tradição do time, aliada à experiência de Massa, pode render bons resultados. “Um está motivando o outro. É um casamento perfeito dos dois. A Williams Brasileiro do Betis

tem tradição e competência, mas precisa de um piloto bom. O Felipe leva a experiência de quase dez anos de Ferrari para dentro da Williams, além do que ele tem de talento, performance e velocidade”, disse Fittipaldi ao globoesporte.com. Massa se despediu da Ferrari domingo, no GP do Brasil, em que acabou na sétima colocação. Já a Williams terminou o ano com apenas cinco pontos conquistados. METRO Gymnasiade

Fittipaldi crê em sucesso de Massa | FÁBIO GUINALZ/FOTOARENA

Basquete

Blatter condena atos racistas na Espanha

Atletas terminam de chegar na tarde de hoje

Suspensão de Senegal pode abrir vaga na Copa

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, se manifestou pelo Twitter sobre os atos racistas de torcedores do Betis contra o jogador do clube, o brasileiro Paulão, no duelo com o Sevilla. Alguns membros começaram a imitar um macaco após sua expulsão. “Condeno suas ações, que foram vistas por milhões de pessoas.” METRO

Até o fim do dia de hoje, todos os 1.700 participantes da Gymnasiade, os Jogos Mundiais Escolares, terão chegado em Brasília. Ontem, foi a vez de atletas de países como Rússia, Índia, Inglaterra e alguns integrantes da delegação brasileira. A cerimônia de abertura será amanhã, no Ginásio Nilson Nelson, às 16h. METRO

A suspensão da federação senegalesa de basquete – que descumpriu regras da Federação Internacional de Basquete – deve fazer com que um quinto convite seja disponibilizado para a Copa do Mundo da Espanha de 2014. A vaga extra poderá beneficiar o Brasil, que não conseguiu a classificação pela Copa América. METRO


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|21|◊◊

Tite afirma que gostaria de ter ajudado mais Adriano Imperador De saída do Corinthians, o técnico Tite relembrou ontem duas situações que, se pudesse, teria mudado em sua trajetória de mais de três anos – ele assumiu a equipe em outubro 2010 – no Parque São Jorge.

Aloísio está confirmado no ataque tricolor | LÉO PINHEIRO/FUTURA PRESS

Sem Luis Fabiano, Tricolor joga hoje Copa Sul-Americana. Em Mogi, São Paulo tem páreo duro contra a Ponte Preta na volta da semifinal. Macaca venceu o primeiro confronto, no Morumbi, por 3 a 1 “Não tem que fazer muita coisa, só alguns detalhes. É posicionar o time e jogar.” Foi desta forma que o técnico Muricy Ramalho confirmou ontem que não fará mudanças no São Paulo que enfrentará hoje a Ponte Preta, às 21h50, em Mogi Mirim. O jogo vale pela semifinal da Copa Sul-Americana. Para chegar à decisão, o Tricolor terá de suar. Semana passada, no Morumbi, a equipe de Campinas venceu por 3 a 1 e obriga o São Paulo a vencer hoje pelo placar mínimo de 3 a 0. “É difícil falar o tamanho, mas é uma vantagem boa. Além dos números, tem também o aspecto emocional. Apesar de não estar bem no outro campeonato, nessa competição a Ponte está muito bem”, afirmou o comandante, referindo-se ao fato de a Macaca estar na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Muricy apostará no entrosamento são-paulino. O treinador não cedeu às reclamações do atacante Luis Fabiano,

“A vantagem [da Ponte Preta] é muito grande, mas podemos brigar bastante ainda para chegar na final.” MURICY RAMALHO, TÉCNICO DO TRICOLOR

que se queixou de ter ficado no banco de reservas nos últimos jogos. Hoje, o Fabuloso seguirá de fora. Ademilson e Aloísio vão compor a linha de frente e serão os encarregados de colocar a bola na rede. E, segundo Muricy, farão isso sem loucuras. “Gosto muito de basquete e, quando você está perdendo por 20 pontos, não pode tirar em uma cesta só. É cesta a cesta, não tem loucura, é time organizado, porque senão vira uma pelada, uma bobagem, algo que a gente não quer”, disse o treinador tricolor. Quem passar para a final, encara Lanús (ARG) ou Libertad (PAR) na decisão. Os clubes se enfrentam amanhã, na Argentina. METRO

“Uma era ter ajudado mais o Adriano, mas tenho consciência que fizemos tudo que era possível”, disse, sobre a passagem do Imperador pela equipe, entre 2011 e 2012. “Outra coisa, eu não queria que tivesse acontecido o

jogo em Oruro (BOL), na morte do menino” [Kevin Beltrán Espada], morto após ser atingido por um sinalizador vindo da torcida do Corinthians no dia 20 de fevereiro deste ano, pela Taça Libertadores. Tite ainda afirmou que não

se arrepende de ter indicado o meia Ibson para o time. Os dois últimos jogos do técnico no clube serão contra Internacional (sábado, no Pacaembu) e Náutico (dia 8, em Pernambuco), pelo Campeonato Brasileiro. METRO


|22|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Noite é de decisão na Copa do Brasil No Maracanã. Flamengo e Atlético-PR se enfrentam por vaga direta na Libertadores No início da Copa do Brasil, em abril, nem o mais fanático torcedor do Flamengo apostaria que o time estaria disputando a final do torneio que dá vaga para a Libertadores do ano que vem hoje, contra o Atlético-PR, às 21h50, no Maracanã. Na verdade, nem os jogadores acreditavam. “Se eu falar que a gente esperava estar nesta final, serei injusto. Mas coisas foram mudando. O grupo foi se tornando forte e aí sim passamos a cogitar, começamos a acreditar em uma final. No Campeonato Brasileiro, foi mais complicado, mas a Copa do Brasil foi ficando mais fácil. Graças à competência do elenco, conseguimos”, disse o lateral e capitão Léo Moura, que fazia parte do grupo que conquistou a segunda Copa do Brasil do clube da Gávea, em 2006. O Flamengo foi campeão também em 1990. Depois do empate em 1 a 1 no jogo de ida, semana passada, em Curitiba (PR), o rubro-negro levanta a taça com um empate em 0 a 0, hoje. Novo 1 a 1 leva a decisão pa-

13

10

Se não tomar gol, hoje, Felipe garante a terceira Copa do Brasil do Flamengo | ALVINHO DUARTE/FOTOARENA

“Se eu falar que a gente esperava estar nesta final, serei injusto. Não imaginávamos, principalmente lá no início, quando passamos por várias situações.”

FLAMENGO Felipe; Leo Moura; Samir, Wallace e André Santos; Amaral, Luiz Antônio, Elias e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida E ádi Maracanã, às 21h50 Ta i ã Globo e Band A bi age Leandro Vuaden (RS)

LÉO MOURA, CAPITÃO DO FLAMENGO

ATLÉTICO-PR Wéverton; Juninho, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho (Leo); Deivid, Zezinho, Paulo Baier e Felipe; Marcelo e Éderson. Técnico: Vagner Mancini

Léo foi absolvido no STJD | GUSTAVO OLIVEIRA / SITE OFICIAL DO CAP

JOGOS

O caminho da final

12

F  TÓ R I A

3/4 17/4 1/5 15/5 10/7 17/7

EMPATES

2

DERROTAS

Apoio no Paraná O Atlético-PR pediu e a torcida lotou ontem o aeroporto Afonso Pena, para apoiar os atletas que embarcaram em busca do título da Copa do Brasil - inédito na história do Furacão. Cerca de 400 rubro-negros foram até o local, com faixas, bandeiras e até bateria. O técnico Vagner Mancini espera que a injeção de confiança dos torcedores faça a diferença no jogo. “Tenho passado para os atletas que o aspecto emocional é, talvez, mais importante do que tudo em um jogo como esse, em que qualquer detalhe pode ser super importante”, afirmou, em entrevista à TV Cap. METRO

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) absolveu ontem por unanimidade de votos o lateral-direito Léo, do Atlético-PR. O jogador, que estava suspenso por dois jogos, está liberado para a partida de hoje contra o Flamengo. O Furacão, no entanto, ainda aguarda um pronunciamento definitivo do presidente da corte, Flávio Zveiter, para confirmar a escalação, o que deve acontecer hoje. O atleta havia sido suspenso por tomar um cartão vermelho após o apito final, na semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio. Ele discutiu com Kléber. Ontem o advogado do clube, Domingos Moro, argumentou que, como o gremista não vai cumprir a suspensão, seria injusto que o atleticano cumprisse. Com Léo, o única dúvida na escalação é sobre quem será o substituto de Everton, suspenso. METRO

COPA DO BRASIL

JOGOS

VITÓRIAS

ra os pênaltis. Quem vencer, leva. Qualquer empate acima de 1 a 1 dá o título para o Furacão. O único desfalque do técnico Jayme de Almeida é o zagueiro Chicão, que se machucou no jogo de ida e foi vetado ontem pelo departamento médico. Samir começará jogando.

Lateral Léo poderá jogar pelo Furacão

Remo Flamengo Campinense Flamengo ASA Flamengo

0 3 1 2 0 2

x x x x x x

1 0 2 1 2 1

Flamengo Remo Flamengo Campinense Flamengo ASA

VITÓRIAS

6

EMPATES

5

O I TAV    

1

DERROTAS

Cruzeiro Flamengo

2 x1 1 x0

Flamengo Cruzeiro

Botafogo Flamengo

1 x1 4 x0

Flamengo Botafogo

Goiás Flamengo

1 x2 2 x1

Flamengo Goiás

20/11

Atlético-PR

1 x1

Flamengo

Hoje

FLAMENGO

21/8 28/8

1

Q U A R T    

GOLS

25/9 23/10

GOLS

SEMIFINAL

30/10 6/11 PRÓ

24

CONTRA SALDO

15

9

Hernane 7 gols

às 21h50

ONTRA

17

FINAL

ARTILHEIRO

PRÓ

ATLÉTICO-PR

SALDO

11

ARTILHEIRO Ederson 4 gols

6


BRASÍLIA - QUARTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2013


20131127_br_brasilia  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you