Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

SOLO E BEM ACOMPANHADO HUMBERTO GESSINGER VOLTA À CAPITAL COM O SHOW DO SEU PRIMEIRO CD DE INÉDITAS PÁG. 10

BELO HORIZONTE Quinta-feira, 21 de novembro de 2013 Edição nº 531, ano 3 MÍN: 19°C MÁX: 31°C sunny

snow

rain

partly

sunny www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Decisão da Câmara pode livrar Genoino da cassação hazy

showers

Manobra. Ao optar por iniciar processo administrativo para decidir sobre a perda de mandato do mensaleiro, Mesa Diretora da Câmara dos Deputados enfrenta Supremo Tribunal Federal e concede tempo para que o petista consiga aposentadoria por invalidez PÁG. 04

LIXO ACUMULADO

Empresa contratada suspende coleta nas regiões Norte, Venda Nova e Pampulha; SLU prepara serviço emergencial

PÁG. 02

Aumento de combustível fica para depois Encontro do conselho de administração da Petrobras que definiria reajuste foi adiado de amanhã para dia 28 PÁG. 06

Negros ganham 75% do salário de brancos em BH Levantamento do Dieese mostra que média salarial de negros na região metropolitana é R$ 500 menor PÁG. 03

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Prefeitura promete dobrar número de câmeras do olho vivo Pedestres disputam espaço com sacos e caixas empilhados em esquina da rua Padre Pedro Pinto, em Venda Nova | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Licitação anunciada ontem prevê investimento de R$ 16,5 milhões para 183 novos equipamentos PÁG. 02


1 FOCO

|02|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Esvaziada, operação de Natal começa na capital Enxuta. Com 800 homens a menos do que em 2011, Operação Natalina é lançada pela PM À partir de hoje, a capital contará com 700 policiais a mais nas ruas para reforçar a segurança nos principais centros comerciais. Apesar de expressivo, o contingente disponibilizado neste ano para reforçar o efetivo na cidade é menor do que o deslocado nos anos anteriores. Em 2012 foram 900 e em 2011, foram 1.500 militares a mais na Operação Natalina. De acordo com o comando geral da PM, o motivo da redução é a entrada progressiva, ao longo dos anos, de militares na reserva. “O efetivo é das escolas e da administração. Com o passar dos anos, este efetivo tem sofrido um decréscimo. Alguns militares entraram para a reserva e isso impacta no serviço administrativo”, explica o Comandante Geral da Polícia Militar em Minas, Márcio Sant`Ana.

Espectativa é de 6% de aumento das vendas no comércio da capital | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Atuação O foco da PM em 2013 será a região central de Belo Horizonte, onde a expectativa é que os militares façam o patrulhamento de motocicleta ou a pé. Além disso, panfletos vão alertar as pessoas e os lojistas sobre condutas

O investimento previsto pela Secretaria Municipal de Segurança Pública para a instalação das 183 novas câmeras do Olho Vivo é de R$ 16,5 milhões. O processo de licitação foi anunciado ontem no Diário Oficial do Município. De acordo com a secretaria, a Polícia Militar será responsável por operar os equipamentos. Atualmente, já existem 178 câmeras funcionando na capital, sob o comando da PM. Outros 43 equipa-

Empresa, que publica a revista quinzenal Viver Brasil, cresceu 300% desde sua entrada no mercado. O presidente da VB, Paulo César de Oliveira, recebeu ontem dezenas de empresários e políticos na sede da empresa para um almoço de confraternização.

Bovespa - 2,35% (53.032 pts) Euro + 0,48% (R$ 3,07) Selic (9,5% a.a.)

Salário mínimo (R$ 678)

comportamentos que dificultam a ação de bandidos. “É importante conscientizar as pessoas, pois quem não cuida da sua segurança passa a ser alvo fácil do ladrão”, analisa o vice presidente da CDL-BH, Anderson Rocha. METRO BH

“O consumidor precisa ter cuidado com os seus pertences, como os aparelhos celulares, que são objetos cobiçados” MÁRCIO SANT’ANA, COMANDANTE GERAL PM

Olho Vivo. Número de câmeras vai dobrar em BH

VB Comunicação faz 5 anos

Dólar - 0,33% (R$ 2,27)

Policiais civis são baleados por militar na capital As corregedorias das polícias Civil e Militar investigam uma tentativa de homicídio envolvendo policiais das duas corporações. Um escrivão e um investigador, da Polícia Civil, foram baleados por um militar no bairro Juliana, região Norte. Segundo o governo, os policiais civis atuavam em uma operação, quando o militar, que estava à paisana, atirou pensando que se tratava de um assalto. METRO BH ‘Nova BH’

Aniversário

Cotações

Bairro Juliana

16,5 mi

é o valor do investimento para o processo de instalação das 183 novas câmaras de monitoramento do olho vivo. mentos de monitoramento para a segurança são operados pela Guarda Municipal. As novas câmeras devem começar a funcionar em 12 meses. METRO BH

Prefeitura justifica falta em audiência A prefeitura de BH justificou a ausência em audiência convocada pelo MP, ontem, pela falta de tempo disponibilizado. O objetivo era apresentar o projeto Nova BH, que deve, dentre outras medidas, facilitar a verticalização na cidade. METRO BH Amanhã

Novos gorilas já poderão receber visitas no Zoo Os dois gorilas que vieram da Europa em outubro poderão ser visitados a partir de amanhã no Zoológico da capital. Leon e Lou Lou ficaram mais de 30 dias de quarentena e estão completamente ambientados com a gorila Imbi, que já estava no recinto. METRO BH Penitenciária

Greve suspende coleta de lixo

Bloqueador de celular em MG

Os moradores das regiões Pampulha, Norte e Venda Nova não contaram com o serviço de coleta de lixo ontem. O motivo da interrupção foi a paralisação dos funcionários. A suspensão nas três regiões já havia ocorrido em agosto. A prefeitura afirmou que o problema é com a empresa terceirizada, já que mantém seus pagamentos em dia. | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

O Complexo Penitenciário Público Privado, em Ribeirão das Neves, é a primeira unidade a ter bloqueador de celular, que já está em operação. METRO BH

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719 COMERCIAL: 031/3508.5720

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

BH terá novas câmeras | GUSTAVO ANDRADE/METRO BH/ARQUIVO

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende Editor-Executivo: Luiz Fernando Rocha. Editor de Arte: Cláudio Machado Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

|03|◊◊

{FOCO}

Negros ganham R$ 500 a menos na Grande BH

Discriminação em números. Levantamento do Dieese revela que abismo causado pelo racismo está longe de ser superado na região

– R$ 1.112 ante R$ 1.504. O estudo, coordenado pelo economista Alexandre Loloian, conclui que a desigualdade racial é visível no setor público: 17% dos ocupados não negros são servidores, enquanto a proporção de negros não passa dos 12%. A pesquisa sugere que a diferença pode estar vinculada à escolaridade exigida para o ingresso no serviço público.

THIAGO RICCI METRO BELO HORIZONTE

PERFIL

Veja as principais características dos trabalhadores negros e não negros na região. Os dados têm 2011 e 2012 como base

POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA

35%

65%

TAXAS DE DESEMPREGO

SETOR DE ATIVIDADE

55%

60 %

19%

18%

14%

7,5 %

7,3% 6,4

5,3% 5,3

4,2

10 %

6,3% 4,8% 2011

FONTE: SEADE DIEESE

2012

7%

Negro Não negro

RENDIMENTO MÉDIO REAL POR HORA

Serviços

RODRIGO DE JESUS, COORDENADOR DO PROGRAMA AÇÕES AFIRMATIVAS DA UFMG

Evolução O estudo, que compara números de 2011 com 2012, mostra um dado animador para o combate à discriminação. A taxa de desemprego de negros caiu de 7,3% para 5,3%, queda maior que a de não negros – 6,3% para 4,8%. “O crescimento econômico foi o grande responsável pela redução das desigualdades, mas isso não basta. Efetivamente há necessidade de ações que tornem as oportunidades mais iguais”, diz Loloian. “Se a sociedade não reconhecer o racismo, não vamos combatê-lo”, completa o professor Rodrigo de Jesus.

Comércio

“Tivemos algum avanço, mas estamos longe de solucionar o racismo porque ele ainda é negado pela sociedade.”

Outros Construção Indústria

Na semana em que é comemorado o Dia da Consciência Negra, um levantamento da média salarial na região metropolitana revela que ainda falta muito para que a discriminação racial seja superada. O estudo, feito pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), mostra que o homem negro recebe R$ 475 a menos na Grande BH. Nas 34 cidades que compõem a região metropolitana, a média do salário mensal do negro é de R$ 1.427, ante R$ 1.902 do “não negro”. Entre as mulheres, o abismo é maior proporcionalmente. Enquanto o negro ganha 75% do “não negro”, a negra ganha 74%

R$ 8,92 R$ 11,89

POR SETOR Indústria R$ 8,77 R$ 10,73

13% Comércio

R$ 7,60

7%

R$ 8,95

Serviços

5%

R$ 9,99 R$ 13,80


|04|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Câmara contraria STF e pode salvar mandato de Genoino Manobra. Mesa diretora define que decisão sobre o mandato do petista deve ser tomada pelo plenário, o que abre brecha para que o mensaleiro consiga se aposentar por invalidez

PSD confirma apoio a Dilma O partido de Gilberto Kassab foi o primeiro da base a formalizar a aliança com o PT para a reeleição da presidente em 2014. Segundo a legenda, 24 dos 27 diretórios estaduais vão apoiar a candidatura de Dilma. | ALAN MARQUES/FOLHAPRESS

Senado. ‘Minirreforma’ eleitoral é aprovada O Senado aprovou ontem o projeto de lei que introduz pequenas mudanças na legislação eleitoral. O texto, que traz medidas que visam reduzir o custo das campanhas, segue para sancão da presidente Dilma Rousseff. De acordo com a proposta, ficam limitados os gastos com alimentação a 10% da receita da campanha e, com combustível, a 20%; proíbe “envelopamento de carros” com adesivos e veta pintura de muros e uso de cavaletes em vias públicas. Também fica vedado o

uso de bonecos, placas, faixas, cartazes, bandeiras e pinturas em bens particulares. O autor da proposta, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), explicou que os proprietários recebem dinheiro para colocar placas e faixas na frente de casa. Manifestações em redes sociais não serão consideradas campanha e o autor de ofensa poderá responder civil e criminalmente. Além disso, o projeto autoriza comício até a madrugada das eleições. METRO

Mesmo preso há quase uma semana, o deputado José Genoino (PT-SP) só perderá o mandato se essa for a vontade de seus pares na Câmara. Contrariando decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que prevê cassação imediata do mandato de parlamentar com sentença definitiva, a Mesa Diretora decidiu abrir processo disciplinar contra o petista, o que determina que a cassação deverá ser apreciada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e pelo plenário em votação secreta. A decisão abre brecha para que Genoino consiga se aposentar como deputado antes que a votação sobre seu futuro político ocorra. A Diretoria-Geral da Câmara tem um parecer que proíbe julgamento ético de parlamentar licenciado. No caso de Genoino, o tempo para a tramitação do processo de cassação começaria a correr em janeiro, mês no qual expira a licença médica conseguida em junho deste ano para tratamento médico. O PT trabalhará para que Genoino seja beneficiado pela aposentadoria por invalidez antes do fim da licença, ou seja, antes que o processo administrativo de cassação chegue ao final. A possibilidade de manter presos com mandatos foi cri-

R$ 26,7

mil é o valor estimado da aposentadoria que deverá ser paga a Genoino, além da manutenção do plano de saúde ticada no STF. “Essa ideia de fazer com que o parlamentar negocie (seus horários) com o carcereiro parece um pouco complicada”, disse o ministro Gilmar Mendes. O laudo feito pelo IML (Instituto Médico Legal) apontou que Genoino, portador de problemas no coração, tem a saúde delicada e que inspira cuidados. O documento que embasará a decisão de Joaquim Barbosa sobre a concessão ou não da prisão domiciliar pode reforçar o pedido de aposentadoria. Visita Ontem, pela primeira vez no mandato, o governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), foi à Papuda. O petista visitou os condenados do mensalão, mas alegou que estava lá para “averiguar as instalações e acomodações dos sentenciados”. MARCELO FREITAS

Militantes fazem vigília na porta da Papuda | GLÁUCYA BRAGA/METRO BRASÍLIA

Dilma

‘Preocupação humanitária’ A presidente Dilma Rousseff alegou ontem que o princípio constitucional da independência entre os poderes a impede de fazer comentários sobre o julgamento do mensalão, mas que “convicções pessoais” permitem a avaliação sobre a prisão do deputado

José Genoino (PT-SP). “Me manifestei, de fato, com uma grande preocupação humanitária em relação à saúde do Genoino. Fiz porque eu sei as condições de saúde dele. Ele teve uma doença extremamente grave do coração e sei que toma anticoagulante.”, declarou. Dilma citou ainda ter relação pessoal com a família de Genoino e disse que, durante a ditadura, ficou presa com a esposa do deputado licenciado. METRO

METRO BRASÍLIA

Acordo permite extraditar Pizzolato Vista previamente como uma barreira, a dupla cidadania de Henrique Pizzolato poderá facilitar o pedido de extradição para que a pena de 12 anos de prisão imposta a ele no julgamento do mensalão seja cumprida. A Secretaria Nacional de Justiça divulgou que o artigo 13 do tratado assinado pelos dois países prevê a prisão preventiva de procurados pela Interpol, e as convenções de Palermo e Mérida permitem a troca de informações e até mesmo o pedido de execução de sentenças. Antes, a interpretação era que a extradição de nacio-

Paradeiro de Henrique Pizzolato é desconhecido | ANTONIO CRUZ/ABR

nais seria facultativa. O Ministério da Justiça ainda não decidiu se pedirá a extradi-

ção do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil. Pizzolato divulgou que fugiu para Itália. A falta de provas, porém, levou os representantes brasileiros no Parlamento da Itália a se manifestarem. O senador Fausto Longo e a deputada Renata Bueno, ambos brasileiros, buscarão informações junto às autoridades locais para comprovar se, de fato, Pizzolato está na Itália. A principal versão é a de que ele cruzou a fronteira do Brasil com o Paraguai, seguiu para a Argentina de carro e depois embarcou com destino a Roma. METRO


|06|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Petrobras adia reunião sobre reajuste

Gasolina. Mudança de data reflete divergências entre governo e estatal. Encontro do conselho que ocorreria amanhã será dia 28 A reunião do conselho de administração da Petrobras para analisar uma nova metodologia de reajuste automático dos preços dos combustíveis foi adiada para 28 novembro. O encontro estava inicialmente previsto para ocorrer amanhã. Além da decisão sobre a adoção do novo sistema de reajuste automático dos combustíveis, havia

a expectativa do anúncio de um novo aumento dos combustíveis até o fim desta semana. A nova metodologia de reajuste foi proposta pela Petrobras na reunião de outubro do conselho. O objetivo da estatal com a medida é dar maior previsibilidade ao alinhamento dos preços domésticos do diesel e gasolina e às cotações internacionais. No entanto, o ministro da Fazenda e presidente do conselho da estatal,

Guido Mantega, vem dizendo que é necessário uma análise mais profunda sobre essa fórmula e que uma decisão sobre o tema não pode ser tomada de forma rápida. Segundo a “Reuters”, membros do governo temem que uma regra fixa de reajuste automático dos preços dos combustíveis possa gerar maior inflação e contribuir para o aumento dos níveis de indexadação na economia brasileira. METRO

Natal. Brasil é destino turístico mais caro para compra de presentes Quem planeja viajar para fora do país neste final de ano pode aproveitar para fazer as compras de Natal no exterior. Segundo pesquisa realizada pela Hoteis.com, o Brasil ficou no final da lista de 29 locais onde os consumidores conseguem os melhores preços para comprar presentes. O levantamento de Natal da Hoteis.com considera o preço dos 13 presentes mais populares para a época disponíveis globalmente. A pesquisa foi realizada em 29 países e gerou um índice de gastos do consumidor, considerando desde iPads até a Casa dos Sonhos da Barbie.

Taiwan apresentou o melhor valor: R$ 3.396,23, contra R$ 11.051,54 da lista brasileira. O preço nacional superou em mais de R$ 4 mil a média global, de R$ 6.774,60. “Para os brasileiros, uma excelente opção é a Argentina, que ficou na terceira colocação”, disse Carolina Piber, diretora de marketing da Hoteis.com para a América Latina. O país vizinho obteve um preço médio de R$ 4.795,09. O valor é inferior ao encontrado nos Estados Unidos, que ficaram na 13º posição na lista, com um preço médio de R$ 6.491,52. METRO

RANKING PAÍS

PREÇO MÉDIO DA CESTA

Taiwan

Japão

R$ 3.396,23 R$ 4.776,70

Argentina

R$ 4.795,09

Coreia do Sul

R$ 4.837,17

Tailândia

R$ 4.957,58

Suíça

R$ 5.221,19

Hong Kong

R$ 5.898,88

Canadá

R$ 6.102,91

Índia

R$ 6.263,04

10º

Cingapura

R$ 6.349,89

11º

Rússia

R$ 6.359,50

12º

Suécia

R$ 6.421,83

13º

Estados Unidos

R$ 6.491,52

14º

Austrália

R$ 6.711,61

15º

Colômbia

R$ 6.754,59

29º

Brasil

R$ 11.051,54 A cesta é composta pelos 13 presentes mais populares para o Natal >> iPad Air | iPad com display de retina | Luvas femininas de couro legítimo | Perfume masculino Jean Paul Gaultier “Le Male” 75 ml | Meias Calvin Klein | iPhone 5S | Perfume feminino Chloe 75 ml | Lancheira do Homem-Aranha | CD Susan Boyle “Home for Christmas” | Casa dos Sonhos da Barbie | Box de DVD da Sétima Temporada da série How I Met Your Mother | Calça jeans masculina Levis 501 | Box de livros da série Harry Potter

FONTE: HOTEIS.COM


|08|

{MUNDO}

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

Brasileira deixa a prisão Ao sair, Ana Paula sorri e exibe uma folha com a inscrição “Libertem o Ártico”

| DMITRI SHAROMOV/GREENPEACE

Rússia. Pelo Twitter, presidente Dilma festeja e diz que vai acompanhar o caso A brasileira Ana Paula Maciel, 31 anos, deixou ontem o Centro de Detenções onde estava presa, em São Petersburgo, por participar de um protesto contra a exploração de petróleo no Ártico pela Rússia, em 18 de setembro. A bióloga foi a primeira do grupo de 28 ativistas e dois jornalistas presos a ganhar liberdade após pagamento de fiança. Os cerca de R$ 140 mil fixados pela Justiça russa foram pagos pelo Greenpeace, mas ela vai continuar no país para responder ao processo. Ao sair do prédio, Ana Paula sorriu para os jornalistas e exibiu uma folha de papel com a inscrição “Libertem o Ártico”. Questionada sobre como se sentia, ela disse simplesmente “feliz”, antes de ser levada por um representante do Greenpeace. Pelo Twitter, a presidente Dilma Rousseff comemorou a libertação e informou que o Ministério das Relações Exteriores vai continuar acompanhando o caso. Rosangela Maciel, mãe de Ana Paula, comemorou a notícia. “Sabemos que o caso ainda não terminou, mas minha filha é uma guerreira e superará tudo isso.” A Justiça russa consentiu a liberdade provisória, sob fiança, a 18 pessoas do grupo. Onze pessoas ainda aguardam suas audiências.

Liberdade

Capitão de navio tem fiança fixada Um tribunal russo estipulou ontem fiança para o capitão do navio usado no protesto de 18 de setembro contra a exploração de petróleo no Ártico. O norte-americano Peter Willcox, 60 anos, é ativista do Greenpeace há mais de 30 anos e terá de pagar US$ 61,1 mil para aguardar o julgamento em liberdade. O Greenpeace alega que o protesto de 18 de setembro tinha o objetivo de chamar a atenção para o impacto no meio ambiente da perfuração no Ártico. Em 1985, Willcox comandava o navio Rainbow Warrior, do Greenpeace, quando a embarcação foi bombardeada e afundada pelo serviço secreto francês. METRO Um deles, o australiano Colin Russell, teve a prisão estendida por três meses. Durante o protesto, alguns ativistas tentaram escalar a plataforma de petróleo. Os 30 envolvidos podem enfrentar sete anos de prisão se forem condenados por acusações de vandalismo. METRO

Nobel. Morre precursor do mapeamento do genoma Fred Sanger, um bioquímico britânico duas vezes ganhador do prêmio Nobel, cujo trabalho foi pioneiro na pesquisa sobre o genoma humano, morreu aos 95 anos, afirmou ontem a Universidade de Cambridge. Sanger, que se descreveu como “apenas um homem que se divertia em seu laboratório”, trabalhou com colegas para desenvolver um método rápido para o sequenciamento do DNA, uma maneira de “ler o DNA”, que se tornou o precursor do mapeamento do

genoma humano. Ele ganhou seu primeiro prêmio Nobel de Química em 1958 pelo trabalho na identificação da estrutura da insulina, e outro Nobel na mesma categoria 22 anos mais tarde pelo seu trabalho sobre DNA, o material que carrega todas as informações sobre como os seres vivos são e funcionam. O professor de neurociência e filosofia em Cambridge Colin Blakemore disse que Sanger era “um herói” da ciência britânica do século 20. METRO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|09|◊◊

Um panorama do cinema documental Gratuito. De hoje ao dia 1º, Forumdoc.bh exibe mais de 80 títulos com homenagem aos cineastas Jonas Mekas e Aloysio Raulino As novidades do cinema documental e etnográfico ganham as telas da capital no 17º Forumdoc.bh, que será aberto hoje à noite com uma homenagem ao cineasta brasileiro Aloysio Raulino, morto em abril. Quatro curtas rodados por ele nos anos 1970 serão exibidos: “Lacrimosa”, “Teremos Infância”, “Arrasta a Bandeira Colorida” e “O Tigre e a Gazela”. Em seguida, colegas de trabalho e familiares debaterão temas comuns presentes em sua obra – como a vida de trabalhadores, migrantes e excluídos sociais. Outro documentarista homenageado é o lituano Jonas Mekas, responsável

Onde assistir – Cine Humberto Mauro (av. Afonso Pena, 1.537 – Centro). – Cine 104 (praça Ruy Barbosa, 104 – Centro). – UFMG campus Pampulha (nas unidades FAE e Fafich).

por criar grupos de preservação e distribuição do cinema underground nos Estados Unidos. A retrospectiva terá dez obras e sessões comentadas com o crítico francês Yann Beauvais. As mostras competitivas nacionais e internacionais, com o que há de mais recente na produção documental, exibirão 24 títulos de vários

Estados brasileiros e países. Entre as estreias desta edição, estão “Já Visto, Jamais Visto”, “Riocorrente”, “Sobre o Abismo” e filmes de realizadores indígenas da etnia Maxakali, como “Espíritos Batizam Crianças” e “Cantos do Putuxop”. “Nossa intenção é exibir um panorama diversificado de filmes, com um viés autoral, e fazer com que o participante reflita e se aprofunde na trajetória de autores essenciais para o cinema. É uma oportunidade para o espectador se aproximar e conhecer diversas linhas de pensamento e conceitos”, destaca a coordenadora Júnia Torres. METRO BH

Renomado maestro John Neschling conduz concerto Uma presença ilustre. Responsável por reestruturar a Osesp (Orquestra Sinfônica de São Paulo) e atualmente na direção artística do Theatro Municipal de São Pau-

lo, o ilustre maestro John Neschling conduzirá o concerto da Orquestra Filarmônica de Minas desta noite. Neschling e os instrumentistas da Filarmôni-

Neschling foi o responsável por reestruturar a Osesp | LAILSON SANTOS/DIVULGAÇÃO

ca executarão a “Sinfonia Manfredo, op. 58” de Tchaikovsky (Rússia, 1840-1893). A peça estreou em 1886 e é baseada no poema dramático “Manfredo”, de Lord Byron, que acompanha a trajetória de um nobre torturado por uma culpa misteriosa. A obra é constituída por vários movimentos – um início dramático que cede lugar à delicadeza e se encerra com muita agitação. O repertório segue com uma peça que está completando 110 anos: o “Concerto para violino em ré menor, op. 47” de Jean Sibelius (Finlândia, 1865-1957). E a execução será com outra presença especial: do violinista Nicolas Koeckert. Nascido em uma tradicional família de violinistas da Alemanha, Nicolas já venceu diversos concursos e atuou como solista de importantes grupos do Canadá, Rússia e Brasil. Há dois anos, ele leciona no Conservatório de Viena. METRO BH No Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1.537 – Centro). Hoje, às 20h30. Ingressos de R$ 15 (meia/plateia superior) a R$ 60 (inteira/plateia I).

2 CULTURA

Show inédito

Jazz e choro O pianista Antonio Adolfo (foto) presta uma homenagem à música do compositor Ernesto Nazareth em show hoje, às 20h, no CCBB (Praça da Liberdade). De R$ 5 a R$ 10.

“A Batalha do Passinho” será exibido domingo no Palácio | DANIEL NEVES/DIVULGAÇÃO


|10|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

GUSTAVO VARA/DIVULGAÇÃO

HUMBERTO GESSINGER ‘Guerra e Paz’ amplia horário para despedida

Em turnê solo, vocalista da banda Engenheiros do Hawaii apresenta faixas do disco ‘Insular’ em show amanhã à noite no Chevrolet Hall

Os grandiosos painéis “Guerra e Paz” se despedem dos mineiros neste domingo no Cine Theatro Brasil (Praça Sete). Mais de 65 mil pessoas já conferiram de perto a obra máxima de Cândido Portinari – que de Belo Horizonte seguirá para Paris, antes de ser devolvida à sede da ONU, em Nova York. Os horários de visitação serão ampliados nesta semana final. Os painéis podem ser vistos hoje, das 10h às 19h, amanhã e no sábado, das 10h às 22h, e no domingo, das 10h às 19h. A entrada é gratuita. | NEREU JR./DIVULGAÇÃO

COM SOTAQUE REGIONAL Às vésperas de completar 50 anos, o gaúcho Humberto Gessinger volta aos palcos com um novo disco, o 20º de uma carreira de quase 30 anos. “Insular” é um trabalho solo, mas quase não se diferencia dos lançados durante os muitos anos com os Engenheiros do Hawaii ou dos discos recentes com Duca Leindecker. A novidade é que o acento pop, agora, tem um sotaque mais regional, e as letras refletem mais sobre o passar do tempo. Quem perdeu o show de lançamento do disco no início do ano em Belo Horizonte terá mais uma oportunidade de conferir o músico de perto, amanhã à noite. Apesar da longa trajetória com os Engenheiros, seu trabalho como compositor sempre se destacou. O que este disco tem de diferente? Do ponto de vista da composição, não há ruptura com o que sempre fiz. As músicas do “Insular” poderiam estar num disco dos EngHaw. Mas ele se difere de meus trabalhos anteriores pela diversidade de músicos que participam e foi por isso que resolvi lançar como disco solo, já que cada faixa tem uma formação diferente. Convidei músicos que admiro da cena gaúcha e amigos que me acompanharam em duas fases dos EngHaw.

Show em BH No Chevrolet Hall (av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi). Amanhã, às 22h. Último lote: de R$ 60 (meia) a R$ 120 (inteira).

Seu disco soa bastante “gaúcho”, com pegadas bem regionais. O CD solo facilitou isso? Desde o primeiro disco dos EngHaw havia referências à música do Rio Grande do Sul, seja nas composições ou nas participações especiais. Mas reconheço que no “Insular” a origem gaúcha está mais explícita. Acho que a razão disso é meu amadurecimento como produtor. Outro detalhe é sua parceria com vários músicos gaúchos: Nico Nicolaiewsky, Frank Solari, Bebeto Alves, Luiz Carlos Borges… Só recentemente me dei conta de que sempre fui muito fechado no meu trabalho. O nome do disco, “Insular”, vem desta percepção, acho que todo artista cria um mundo próprio com sua arte, é uma ilha. Mas o bacana é que estas ilhas/artistas se conectem sem que cada um perca o que tem de mais singular. Sem ter planejado, o disco acabou traçando um painel das coisas

que eu acho mais interessantes no som do sul. As letras sempre foram muito reflexivas, mas neste disco você fala muito sobre o passar do tempo, sobre a idade. Este “envelhecer” está sendo interessante para você, musicalmente? Eu me relaciono muito bem com a passagem do tempo. Tenho orgulho das rugas no rosto e dos calos nas mãos, gosto de ver os cabelos ficando grisalhos. O tempo é a matéria prima da música, seja os três tempos de um compasso, os três minutos de uma canção ou as três décadas de uma carreira. Trabalhar com arte é uma bênção. Se eu fosse centroavante, já estaria aposentado. Como músico, ainda me sinto um iniciante. Algum novo projeto (musical ou literário) em vista? A carreira solo veio para ficar? Sim, veio pra ficar. Mas pontualmente posso fazer alguma coisa com o Pouca Vogal ou mesmo como EngHaw. Quanto a novos projetos, as músicas não param de pintar. E eu estou sempre pronto a seguir os rumos que elas indicarem. MÔNICA KANITZ METRO PORTO ALEGRE


|12|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Na ponta do lápis

Leitor fala

Desabafo de uma motorista Meu Deus, não aguento mais este trânsito congestionado de Contagem! Um trecho de cerca de 4 km demorando mais de meia hora. O que a prefeitura está fazendo para melhorar isso?

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

SUELEM CABRAL – CONTAGEM/MG

SEGUROS HABITACIONAIS: PESAM, MAS COMPENSAM

Siglas ‘importadas’ dos EUA Cruzadas

Indispensáveis. Para obter um financiamento imobiliário em qualquer banco, seja dentro ou fora do Sistema Financeiro de Habitação, é obrigatória a contratação de dois tipos de seguro habitacional:

ANDRÉ PENNA CERAVOLO – BELO HORIZONTE/MG

DFI (Danos Físicos ao Imóvel): protege o imóvel de incêndio, enchente, vendaval e outros sinistros que possam danificar sua estrutura física (mas não seu conteúdo, como móveis e equipamentos).

Dia da Consciência Negra Meu posicionamento não é contrário à data, mas sim ao fato de que ainda é preciso ter uma data para que os negros sejam lembrados e respeitados. Lembrando Martin Luther King Jr., eu também tenho um sonho em que todos os povos de todas as nações não sejam julgados pela cor de sua pele, mas sim pelo seu caráter, e isso depende apenas de nós!

MIP (Morte e Invalidez Permanente): com o falecimento ou a invalidez permanente do comprador/devedor, o saldo em aberto ficará automaticamente quitado. Se houver mais de um comprador, somente será quitada a parte do saldo referente ao comprador que morrer ou ficar inválido. Sempre juntos. DFI e MIP são coberturas distintas, com duas apólices separadas. Como ambas são compulsórias, muitos bancos se referem a seu valor somado apenas como “seguro habitacional”. O custo dever ser somado a amortização e juros da parcela para compor o valor da prestação.

TIAGO GUIMARÃES – BELO HORIZONTE/MG

Metro Pergunta

Imprescindíveis. Na prática, esses seguros encarecem as parcelas, mas há vantagens: 1) durante todo o financiamento ficará protegido o imóvel que, sim, ainda é do banco, mas um dia será seu, e 2) garante-se a tranquilidade e a segurança de todos na família – desde a primeira parcela! – de ter suas obrigações financeiras relativas à casa própria devidamente honradas, aconteça o que acontecer. Na ponta do lápis. Por exemplo, para um comprador do sexo masculino de 30 anos que queira financiar R$ 220 mil pelo SFH, o prêmio (mensalidade) do DFI ficará em cerca de R$ 35,00 mensais por todo o financiamento, pois o risco relativo ao imóvel ser manterá constante, mês após mês.

Esse negócio de bus way, BRT, sinal em flash é ridículo. Será que temos que colocar tudo em inglês? É mais chique? Adoro os EUA, mas não moramos lá. Devíamos usar a nossa língua e não ficar colocando nomes em inglês para tudo.

Prefeitura promete entregar obras do BRT do Centro antes do Siga o Metro Natal. Mas início da operação é no Twitter: adiada para fevereiro. O que @jornal_metrobh você acha disso? @Roneysap

Sudoku

Lamentável, mas infelizmente esperado! Afinal, promessa de político tem tanta verdade quanto uma nota de 3 reais! @klangoso

Cai-cai. Já o prêmio do MIP começará mais alto, algo em torno de R$ 50,00 mensais, mas cairá gradativamente até zerar na última parcela (valor médio de R$ 25,00). O risco de morte pode aumentar com a idade, é fato, mas a cobertura cairá acentuadamente com a redução do saldo devedor a cada mês.

Normal. Prazo de testes operacionais e para ajustes. Melhor que descobrir no primeiro dia de operação.

Compensam! Somando o valor mensal estimado de R$ 35,00 do seguro DFI com o valor médio de R$ 25,00 de prêmio do MIP, temos a mensalidade de R$ 60,00 para os seguros habitacionais. Considerando um financiamento em 360 parcelas, o ônus total do seguro atingirá R$ 21,6 mil (= R$ 60,00 x 360). Isso dará 10% a mais num financiamento de R$ 220 mil, mas é um custo que vale a pena.

@theobaltor

@BiluDaMassa

As obras do BRT são um inferno. O que sempre digo: esse país é uma piada, e de muitíssimo mau gosto!

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Tendências para esclarecer assuntos familiares e problemas domésticos. Estará propenso a atitudes mais sentimentais e saudosistas.

Valorize os momentos sociais e a convivência com amizades, especialmente com quem não tem estado próximo há um bom tempo.

O momento é especial para interesses espirituais, terapias ou temas que recomponham energias. Confidências marcarão algumas relações.

A vontade de expor opiniões estará mais intensa. Reflita antes para não dizer coisas por impulso em qualquer grau de relacionamento.

Procure pensar de forma mais positiva diante de alguns projetos. Muitas vezes é o que faz diferença para certas conquistas.

Com a Lua em Câncer, seu signo oposto, há tendências para definir assuntos que envolvam parcerias. Decisões marcarão a vida afetiva.

Aproveite para relaxar mais e evite se desgastar com assuntos sem importância diante das relações mais próximas.

Novas metas ao longo da semana trarão motivações. Possibilidades para levar mais a sério assuntos que antes não dava real importância.

Se dedicará a assuntos essenciais que antes estava desatento. A parte física, da saúde e temas do lar são os mais propensos.

A Lua em seu signo tende a transparecer seus sentimentos com mais intensidade. Não deixe que pequenos problemas alterem seu humor.

Algumas descobertas farão mudar sua postura na maneira de lidar com relações de maior vínculo. Reflita sobre alguns sentimentos.

Aproveite para se divertir e aproveitar ocasiões que amenizem desgastes. Retomar momentos de lazer em família fará muito bem.


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

Galo. Médico demonstra otimismo Após ter revelado preocupação com a lesão do zagueiro Réver, o médico do Atlético, Rodrigo Lasmar, adotou um tom mais otimista. Ontem, ele afirmou que todo o elenco – à exceção de Richarlyson – estará à disposição do técnico Cuca para o Mundial de Clubes, em dezembro. “Não foi uma lesão simples. Ele [Réver] ainda está com o tornozelo inchado, mas temos um bom prazo”, disse Lasmar, confirmando que o meia Ronaldinho e o volante Leandro Donizete voltam aos treinos na semana que vem. Já o meia-atacante Guilherme só retoma os trabalhos após o Brasileirão. Ontem, uma comissão médica da Fifa aplicou exames antidoping nos 35 jogadores atleticanos pré-inscritos no torneio. METRO BH

{ESPORTE}

Tudo igual no primeiro capítulo da finalíssima Copa do Brasil. Atlético-PR e Flamengo só empatam, e decisão fica mesmo para o Maracanã

11 ATLÉTICO-PR

No jogo de ida da final da Copa do Brasil, entre Atlético-PR e Flamengo, ficou tudo igual. O confronto, marcado por dois belos gols de fora da área e muita disputa, acabou melhor para os cariocas, que ficarão com o caneco se não levarem gol na volta. Apesar de sofrer a pressão da Vila Capanema lotada, foi o Flamengo quem teve o controle do jogo nos minutos iniciais. Mas, apesar de muita correria, as equipes pecavam na finalização. O primeiro chute a gol da partida, aos 17, deixou o Furacão na frente do placar: Marcelo recebeu pelo lado esquerdo e, livre de marca-

Vôlei

Seleção tenta engatar a terceira A equipe masculina encara o Japão amanhã, às 8h10 (de Brasília), pela terceira rodada da Copa dos Campeões, na casa do adversário. O time do técnico Bernardinho venceu os dois primeiros jogos: 3 a 1 contra o Irã e 3 a 0 sobre os EUA. METRO

Se depender dos discursos no Cruzeiro, o torcedor celeste pode ficar animado. Após a renovação de contrato do técnico Marcelo Oliveira, o diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, garantiu ontem que permanece na Toca, negando os boatos de que estaria de saída. “Somos profissionais, outras equipes começam a se interessar. Mas nunca houve dúvida em relação à minha permanência”, declarou Mattos, um dos responsáveis diretos pela montagem do elenco campeão brasileiro. Outra renovação anunciada ontem foi a do zagueiro Bruno Rodrigo, cujo vínculo

Sul-americana

Complicou

Jogo na Vila Capanema foi bastante truncado | HEDESON ALVES/VIPCOMM

ção, soltou a bomba. Mas a vantagem não durou muito tempo. Aos 29, quem teve liberdade foi o volante Amaral. De fora da área, ele chutou forte, sem

“Jamais uma proposta financeira de alguma equipe me tiraria do projeto do Cruzeiro”. ALEXANDRE MATTOS, DIRETOR DE FUTEBOL DA RAPOSA

se encerraria em dezembro. A diretoria evita falar em reforços, porém já prometeu manter as estrelas do time. “Recebemos sondagens, mas já dissemos que não vamos vender. Eles [atletas] querem ficar, jogar a Libertadores, e isso alia as duas coisas”, disse o presidente Gilvan de Pinho Tavares. METRO BH

Fórmula 1

GP do Brasil vale ‘título’ para Massa O piloto paulista Felipe Massa se despede da Ferrari neste domingo, no Grande Prêmio do Brasil, em Interlagos. “Para um brasileiro, vencer essa corrida é como ser campeão mundial”, afirmou Massa, titular na escuderia desde 2006. No ano que vem, ele vai para a Williams. METRO

3 ESPORTE

FLAMENGO

Cruzeiro. Manutenção da base é prioridade na Toca Clube recebeu visita surpresa dos médicos da Fifa | BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

|13|◊◊

Diretor de futebol garantiu que fica no clube

| WASHINGTON ALVES/VIPCOMM

chances para Weverton. No segundo tempo, os donos da casa partiram para cima. Até chegavam à área carioca, mas faltava acertar o pé. O Flamengo se postava

na defesa e buscava os contra-ataques, mas também sem muita eficiência. O jogo de volta acontece na próxima quarta-feira, no Maracanã. METRO

A noite de festa de Rogério Ceni acabou mal para o São Paulo, que perdeu para a Ponte por 3 a 1 no jogo de ida da semifinal. Com 1.116 jogos, o goleiro se igualou a Pelé como jogador que mais vestiu a camisa de um mesmo clube no Brasil.


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

O ‘CRAQUEÔMETRO’ DA COPA

AN

D

I

I I I I

I

I I I I

I

I

I

I

I

II

I

I

I

I

I

I

I

I

MESSI (ARG)

FORLÁN (URU)

OSCAR (BRA)

ROBBEN (HOL)

NEYMAR (BRA)

PIRLO (ITA)

ROONEY (ING)

RIBÉRY (FRA)

ETO'O (CAM)

CAVANI (URU)

CRISTIANO RONALDO (POR)

• Américas. Brasil, Argentina, Colômbia, Chile, Equador e Uruguai; EUA, Costa Rica, Honduras e México.

I

INIESTA (ESP)

I

I

• Ásia. Japão, Austrália, Irã e Coreia do Sul.

I I

I I

I

I

HAZARD (BEL)

I

II I

BALOTELLI (ITA)

I

I

I

I

FALCAO GARCÍA (COL)

As 32 seleções

• Europa. Holanda, Itália, Bélgica, Suíça, Alemanha, Espanha, Inglaterra, Rússia, Bósnia, Portugal, França, Grécia e Croácia.

I

I I I I

P

I

E

I

I I I I

I

I

I

I

I

I

I

I

I

I

I

AS

VO

DROGBA (CIV)

I I

QU

DE I

I I I I

DIEGO COSTA (ESP)

I

I

GÖTZE (ALE)

DA

I

OCI

I

VEL

I I I

A LTA I I I I

O

NDO

O

AR

D AN

LERA

I

ACE

Confira o potencial de ‘decisibilidade’ das principais estrelas que estarão no Mundial de 2014, no Brasil

I I I I

|14|

• África. Nigéria, Costa do Marfim, Camarões, Gana e Argélia.

I I

I

Recheada de campeões SCHWEINSTEIGER (ALE)

KLOSE (ALE)

Eles vêm aí! Com a vaga uruguaia assegurada ontem, todos os oito detentores de títulos mundiais estarão presentes na Copa de 2014 Todas as seleções campeãs mundiais estarão na Copa de 2014, no Brasil. A última das oito a confirmar presença foi o Uruguai, que ontem despachou a Jordânia após o empate por 0 a 0, em Montevidéu – no jogo de ida, 5 a 0 para a Celeste Olímpica.

De todas as campeãs, porém, quem teve mais dificuldades para carimbar o passaporte foi a França. Derrotados pela Ucrânia por 2 a 0 no jogo de ida da repescagem, os “Bleus’ protagonizaram uma virada épica na partida de volta: 3 a 0.

O Brasil já estava garantido por ser o país-sede. Argentina, Inglaterra, Espanha (atual campeã), Itália e Alemanha se classificaram sem passar por grandes sufocos. Se a presença das maiores seleções do planeta, por si só, já faz com que o even-

Seleção: últimas vagas A Seleção Brasileira fechou 2013 quase definida para a Copa. Dos 23 atletas que estarão no Mundial, o técnico Luiz Felipe Scolari já tem cerca de 20 nomes escolhidos. As maiores dúvidas são o terceiro goleiro, o quarto zagueiro e um último atacante. Os triunfos nos amistosos contra Honduras (5 a 0) e Chile (2 a 1) abriram espaço para Robinho, que marcou o gol da vitória sobre os chilenos. “Ele fez o que eu esperava. Foi convocado para mostrar o seu potencial e mostrou qualidade”, disse Felipão. Neymar, Hulk, Jô e Fred estão praticamente certos no setor, mas Willian também entrou bem nos amistosos e pode embolar a lista. No gol, Julio Cesar e Jefferson têm lugar cativo, enquanto Diego Cavalieri (Fluminense) e Victor (Atlético) brigam pela vaga restante. A zaga também é disputada. Marquinhos foi chamado para os dois últimos jogos e agradou, aumentando a concorrência com Réver (Atlético-MG), Dedé (Cruzeiro) e Henrique (Palmeiras). A lista final será divulgada em 7 de maio. Antes, em 5 de março, o Brasil enfrenta a África do Sul, em Johannesburgo. METRO

Robinho voltou a ter espaço na equipe de Felipão

| MOWA PRESS

Os 20 escolhidos Quem está praticamente garantido na Copa: • Goleiros. Julio Cesar (QPR) e Jefferson (Botafogo). • Laterais. Daniel Alves (Barcelona), Maicon (Roma), Marcelo (Real Madrid) e Maxwell (PSG). • Zagueiros. T. Silva (PSG), David Luiz (Chelsea) e

Dante (B. de Munique). • Meias. Luiz Gustavo (Wolfsburg), Lucas Leiva (Liverpool), Paulinho (Tottenham), Ramires, Oscar (Chelsea), Hernanes (Lazio) e Bernard (Shakhtar). • Atacantes. Neymar (Barcelona), Hulk (Zenit), Jô (Atlético) e Fred (Fluminense).

to tenha um peso diferente, a galeria de craques que desembarcarão por aqui darão brilho extra à disputa. Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar chegam como os grandes craques do momento. Balotelli, Rooney e Robben, nomes badalados

do futebol atual, chegam para comprovar a alcunha. Há também aqueles que podem desequilibrar a qualquer momento, caso de Falcao García. Isso sem contar figurinhas carimbadas como Klose e Forlán, melhor jogador do último Mundial. METRO

8

países já ganharam a Copa e estarão presentes: Brasil, Argentina, Espanha, Inglaterra, Itália, França, Alemanha e Uruguai.


BELO HORIZONTE - QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2013


20131121_br_metrobh  
Advertisement