Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

LEMBRA DO HENFIL? ‘REVISTAS DO FRADIM’ SÃO ENFIM RELANÇADAS PÁG. 14

RIO DE JANEIRO Segunda-feira, 18 de novembro de 2013 Edição nº 769, ano 4 MÍN: 17°C MÁX: 33°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj sunny showers

thunder showers

windy

Poder de compra cai, mas comércio tem alta no Natal hazy

showers

Apesar da inflação. Fecomércio prevê aumento de 4% no faturamento de fim de ano no Estado, chegando a R$ 1,2 bilhão. Na capital fluminense, segundo o Clube dos Diretores Lojistas, crescimento será de 8%. Há 32 mil vagas temporárias no setor, com salário médio de R$ 1,1 mil PÁG. 07

Mensaleiros devem ir para o semi-aberto STF define situação de presos hoje. José Genoino passa mal e é atendido por médico particular PÁG. 06

Boeing explode em aterrissagem e mata 50 na Rússia

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

SONHOS

NO LIXO

Com o fechamento do aterro, catadores de Gericinó vivem incerteza de seu próprio reaproveitamento PÁGS. 02 E 03

Prefeitura vai pagar R$ 13,9 mil a cada trabalhador após fim do lixão da zona oeste, em março: grupo reivindica criação de central de triagem em Bangu | BRUNA PRADO/ METRO RIO

Piloto ainda tentou abortar pouso, mas não conseguiu evitar acidente no aeroporto de Kazan PÁG. 10

Gol no último minuto dá vitória ao Fluminense Time venceu o São Paulo por 2 a 1. No Pacaembu, Vasco fica no 0 a 0 com o Corinthians. Fla perde no Sul PÁGS. 18, 19 E 20


1 FOCO

|02|

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Aterros sanitários têm melhores condições A PNRS também indica que todos os resíduos sólidos devem ser despejados em aterros sanitários. Um terreno desse tipo funciona, há dois anos, em Seropédica, região metropolitana do Rio. Será ele que receberá o volume diário que hoje vai para Gericinó. Os aterros sanitários oferecem melhores condições para o gerenciamento dos detritos do que as dos lixões e aterros controlados. Em Seropédica, por exemplo, o tratamento completo do chorume – líquido resultante da putrefação de materiais orgânicos – começará a funcionar em 2014. Com o processo, o chorume será transformado em água. “O lixo residencial quase não vem mais para Gericinó. A dificuldade para encher as lonas com garrafas e papelão é cada vez maior. É preciso pensar um pouco na vida de quem trabalha aqui”, adverte Custódio da Silva. METRO RIO

E

NA EDIÇÃO DE AMANHÃ, VEJA A DIFICULDADE DE REINSERÇÃO DAS CATADORAS NO MERCADO DE TRABALHO.

246

“Tenho sofrido com problemas no coração por causa do fechamento.” CUSTÓDIO DA SILVA, PRESIDENTE DA COOPERGERICINÓ

Gramacho: catadores receberam fundo

Com o fechamento do aterro de Jardim Gramacho, na zona oeste, em junho do ano passado, 1,8 mil trabalhadores que coletavam lixo no local foram afetados. Os catadores receberam o benefício R$ 13.980 cada um.

ntulhadas

Coleta de lixo. Único aterro ainda com catadores no Rio, Gericinó vai fechar em março. Prefeitura fará licitação para a captação de gás no local

catadores de Gericinó foram credenciados pela prefeitura para receber o fundo de capacitação, que será de R$ 13.900.

Ano passado

speranças

“O dinheiro não vai ajudar em muita coisa, mas eu vou acabar de construir a minha casa.” WILLIAM TABISIEIRI, CATADOR E MORADOR DA ZONA OESTE

“O acúmulo de lixo foi aumentando o tamanho da montanha do aterro. Hoje, ela tem 60 metros.” LUCIO VIANNA, COORDENADOR DE PROJETOS DA COMLURB

Entre sonhos e lixo, catadores já planejam como será reconstruir suas vidas sem o aterro controlado de Gericinó, em Bangu, na zona oeste. A área, onde hoje trabalham 246 pessoas, fechará em menos de cinco meses. A Comlurb, responsável pela administração do local, planeja abrir licitação para terceirizar a captação de gás, produzido na deterioração dos resíduos. “Passo 11 horas por dia aqui. Trabalhei a minha vida inteira em Gericinó e não consigo me imaginar trabalhando em outro lugar. Será muito difícil para mim”, desabafa Edgar Ramos, 35 anos. O catador é morador da Vila Catiri,

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

que fica muito próximo ao aterro, em Bangu, e concentra um grande número das pessoas que trabalham na coleta de lixo. Para que o impacto na vida das famílias que vivem desse trabalho não seja maior com a interdição, a Cooperativa de catadores locais (Coopergericinó) reivindica a criação de uma central de triagem e seleção de materiais recicláveis na própria Vila Catiri. “Os professores foram à Brasília e conseguiram repercussão. Nos-

sos pedidos também vão fazer barulho no Governo Federal”, planeja Custódio da Silva, presidente da Coopergericinó, que afirma ter apresentado ao Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência Gilberto Carvalho um documento com reivindicações da classe. Até o ano que vem, convênio entre o Governo Federal e cooperativas de catadores vai levar a colégios da rede pública do Rio um projeto de conscientização sobre o papel do cidadão sustentável nos dia de hoje.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|02|◊◊ |03|◊◊

FOTOS: BRUNA PRADO/METRO RIO

Edgar Ramos não imagina sua vida longe do aterro

Catador caminha contra o fluxo de caminhões de lixo: fechamento do aterro de Gericinó está previsto para março

Comlurb aguarda licença ambiental para usar terreno ao lado do aterro, emergencialmente, como depósito de resíduos

Sem lixões até o fim de 2014 A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), publicada em setembro de 2011, tem como meta o fechamento de todos os lixões do país até 2014. O aterro de Gericinó receberá uma camada de argila na última fase do processo de finalização. Atualmente, a prefeitura administra quatro estações de transferência na cidade. Esses centros têm como objetivo separar o volume inicial antes da chegada aos destinos finais. Na quinta-feira passada, a SuperVia, concessionária responsável pelos trens fluminenses, criou uma rede de reciclagem que dará emprego a 120 catadores em Cascadura, na zona norte. “O aproveitamento do gás é viável. No aterro de Gramacho, a concessão valeu R$ 260 milhões. Mas, para que o projeto sustentável dê certo, é preciso que haja engajamento da indústria e das pessoas”, alerta Lúcio Vianna, coordenador de projetos da Comlurb.

Lixão de Gericinó começou a receber resíduos em 1988

Diariamente, 2,5 t de lixo entram pelos portões do aterro. A prefeitura promete um fundo de capacitação de R$ 13,9 mil para cada trabalhador. A Coopergericinó, contudo, pede que o pagamento seja antecipado para antes do fechamento do aterro sanitário. A medida ajudaria na reestruturação da vida e na programação das futuras atividades dos catadores. “Tenho que conseguir um trabalho com carteira assinada. Aqui não temos garantias. Qualquer corte pode virar uma coisa mais séria e, se paramos de trabalhar, não tem como botar dinheiro em casa”, conta o catador Luís Alberto Pinto, 30 anos. Morador do conjunto habitacional Nova Sepetiba, também na zona oeste, Luís fica, diariamente, por cerca de sete horas debaixo do sol de Bangu catando resíduos que ainda podem ser utilizados pela indústria. Área emergencial é “paliativa” A Comlurb aguarda a licença ambiental de um terreno ao lado de Gericinó para a criação de uma célula emergencial para continuar a receber detritos. “É uma medida paliativa. O ideal é que não exista uma área como essa. Tudo depende da maneira como será planejado o espaço. O projeto nacional já prevê coleta seletiva nos bairros”, explica Gustavo Nogueira Lemos, engenheiro florestal da ONG WWF-Brasil. METRO RIO

Tubo de onde sai gás metano: autoridades abrirão licitação para captação

‘Plano é muito avançado’, diz especialista

Presidente da Coopergericinó, Custódio pede adiantamento do fundo de capacitação

“Esse programa do Governo Federal tem como objetivo erradicar os lixões. O lado mais avançado dessa política é o aspecto social”, garante Gustavo Nogueira Lemos. De acordo com o engenheiro florestal, não há fiscalização efetiva por parte da União. Contudo, os municípios que não cumprirem o plano não vão ter acesso à verba do Ministério do Ambiente. “Cerca de 50% dos resíduos são orgânicos. Essa parte tem que virar adubo. Isso diminuiria o volume de resíduos”, prevê o especialista. METRO RIO


|04|

Galeão. MPF-RJ pede suspensão do leilão de aeroporto O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ) pediu a suspensão do leilão de concessão para manutenção, ampliação e exploração do aeroporto internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), que está marcado para sexta-feira. Os procuradores da República Sérgio Luiz Pinel Dias e Marta Cristina Pires Anciães entraram com ação civil contra a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) na quinta-feira, alegando que o edital não prevê melhorias na segurança do aeroporto. A ação ainda pede a instalação de maior quantidade de câmeras de monitoramento no Galeão. No texto da ação, os procuradores citam que há apenas 149 câmeras para cobrir os terminais 1 e 2 e que não há câmeras nas áreas externas. Segundo o MPF, caso a Anac não acrescente as intervenções solicitadas será pedida a anulação do edital de concessão do aeroporto. METRO RIO

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Via Binário já tem faixa reversível hoje no Porto

Alterações. Mudança de sentido acontece das 6h às 11h, no trecho entre a rua da Gamboa e o de acesso à Perimetral O trânsito de automóveis na região portuária sofre mais uma transformação hoje. A via Binário – criada para ser uma alternativa para o tráfego com o fechamento do elevado da Perimetral – ganha uma faixa reversível. O trecho funcionará entre a alça de acesso da Perimetral e a rua da Gamboa, no sentido Aterro do Flamengo. A rua Sacadura Cabral também terá novo sentido e dará mão para a Praça da Harmonia. De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), as mudanças auxiliarão os motoristas que têm como destino o Centro. Segundo a prefeitura, nos últimos dias foram realizados testes e medições para atestar a viabilidade

700

operadores de tráfego trabalharão na região portuária hoje para controlar o trânsito após as alterações no local. das alterações. Além disso, foi aberto um novo acesso para a Perimetral. Para as intervenções, a CET-Rio, a Guarda Municipal e a concessionária Porto Novo disponibilizam 700 operadores de tráfego, 50 motociclistas, 40 painéis de mensagens informativos variáveis e 14 reboques designados a remover da via veículos envolvidos em irregularidades.

Perimetral

Implosão já no próximo domingo É somente o princípio de uma semana de grandes mudanças no Porto. No domingo, a operação de implosão do elevado da Perimetral. Serão os primeiros 1.050 metros dos 4.790 que passarão pelo mesmo processo. Inicialmente, o prefeito Eduardo Paes havia anunciado que a explosão aconteceria no dia 17. Segundo a prefeitura, era preciso mais tempo para a preparação do local. METRO RIO

METRO RIO

Além da via Binário, haverá alteração na rua Sacadura Cabral | BRUNA PRADO/ METRO RIO

Cariocas enfrentam chuvas fortes na volta do feriado Quem seguiu o conselho do prefeito Eduardo Paes para evitar os engarrafamentos e retornou do feriado ontem encarou mais problemas, além das mudanças no tráfego: a chuva e a falta de luz. Trechos dos bairros Campo Grande, Jacarepaguá, Urca, Cosme Velho e Penha ficaram sem energia na noite de ontem. A Light alegou que a falta de luz aconteceu por causa da queda de árvores e outros objetos na rede elétrica. De acordo com o Centro de Operações, em Guaratiba, zona oeste, a velocidade dos ventos superou 76 km/h. Já os maiores registros de chuva foram na Rocinha (11,8 mm), em Copacabana (11,2 mm) e Campo Grande (9,8 mm). Segundo a rodoviária Novo Rio, a circulação de passageiros foi normal na volta do feriadão. A administração do terminal afirma que as alterações no trânsito do Porto não afetarão suas operações. As mudanças acontecem somente no trecho a partir da rua Silvino Montenegro e da avenida Professor Pereira Reis. A estimativa é que 46 mil passageiros passaram pelo ponto de parada nos 1,7 mil ônibus que tiveram como

Circulação de passageiros foi normal na rodoviária | PAULO CAMPOS/ FUTURA PRESS

parada a rodoviária ontem. Bloqueios na rodoviária A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) avalia a possibilidade de realizar bloqueios para evitar a entrada de mais ônibus do que a rodoviária comporta. Segundo o Secretário Carlos Roberto Osório, ocorre a prática de overbooking [sobrevendas], o que prejudica ainda mais o trânsito na região portuária. A concessionária responsável pelo terminal esclarece que sempre opera dentro da sua capacidade até mesmo durante os feriados considerados de pico, como Carnaval e Réveillon. Afirma ainda que

76 km/h

foi a velocidade do vento registrada ontem em Sepetiba, na zona oeste. Os aeroportos do Galeão e Santos Dumont operaram com auxílio de instrumentos devido ao mau tempo. está funcionando com 78 plataformas atualmente. A BR-116, em Teresópolis, região serrana, registrou 3 km de engarrafamento ontem, na altura do quilômetro 133, sentido Rio. O congestionamento extremo foi observado por volta das 15h. METRO RIO


|06|

{BRASIL}

Mensalão: defesa pede semiaberto Justiça. Vara de Execuções do DF definirá local para cumprimento de penas. Defesas de Dirceu e Genoino reclamam de indefinição. Supremo deve decretar prisão de mais 13 réus Os condenados no processo do mensalão que tiveram a prisão decretada pelo ministro Joaquim Barbosa na última sexta ainda não entraram oficialmente no sistema penitenciário. Nove deles, incluindo José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, e José Genoino, ex-presidente do PT, estão, desde o último sábado, sob custódia da Polícia Federal no presídio da Papuda. Já Kátia Rabello, ex-presidente do Banco Rural, e Simone Vasconcelos, ex-sócia de Valério, esperam na superintendência da PF em Brasília o despacho judicial que deve enviá-las para celas na Colmeia, presídio feminino do DF. A demora nessa definição revoltou os advogados de condenados que devem cumprir

Vasconcelos expedirá hoje as guias de recolhimento. “Me reuni com ele para pedir pressa porque a situação é ilegal. E ele já está trabalhando na papelada que recebeu do STF de madrugada”, revelou.

Dirceu bate no peito ao se entregar, na sexta | NACHO DOCE/REUTERS

penas, pelo menos a princípio, em regime semiaberto. “Já reclamei ao STF e amanhã (hoje) vou a Brasília falar com o responsável pela Vara de Execuções Penais”, afirma José Luiz de Oliveira, que re-

presenta Dirceu, referindo-se ao juiz Ademar Vasconcelos. Apesar da pressa, Oliveira não acredita que a situação se resolva antes de amanhã. O deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF), porém, crê que

Mais prisões O Supremo Tribunal Federal deve decidir, nos próximo dias, pela prisão de outros 13 réus já condenados, incluindo os deputados João Paulo Cunha (PT-SP) e Valdemar Costa Neto (PR-SP), e o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ). Já a apreciação dos embargos infringentes de réus como Dirceu, que pede a absolvição do crime de formação de quadrilha, vai ficar para o ano que vem. METRO BRASÍLIA

Em cela na Papuda, Genoino passa mal O deputado federal licenciado José Genoino (PT-SP), que fez uma cirurgia cardíaca em julho deste ano, passou mal na madrugada de ontem e recebeu o atendimento de um médico particular na cela que ocupa na Papuda. Luiz Fernando Pacheco, advogado de Genoino, já entrou com um pedido no STF para que ele cumpra a pena em regime domiciliar. Segundo Pacheco, o parlamentar corre o risco de morrer na prisão. Se o pedido for negado, Genoino deverá cumprir a condenação em regime semiaberto. Nesse caso - e no de José Dirceu a defesa deverá pedir, então, a transferência para estabelecimentos prisionais no Estado de São Paulo, onde os dois vivem. Em entrevista à rádio BandNews FM, o pai do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato diz que está magoado e triste com a fuga de seu filho para a Itália. Pedro Pizzolato, de 85 anos, afirmou que não sabia da fuga do filho, com quem não fala há 3 ou 4 meses. Ele mora na cidade de Concórdia, em Santa Catarina METRO BRASÍLIA

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

JOAQUIM DEIXARÁ STF COM POSSE DE LEWANDOWSKI.

“ELES NÃO VÃO AGUARDAR SEREM CONDUZIDOS DEBAIXO DE VARA”

O ministro Joaquim Barbosa não pretende permanecer “um só dia” no Supremo Tribunal Federal, após a posse, em sua presidência, do ministro Ricardo Lewandowski, por quem ele sentiria “verdadeiro horror”, segundo amigos próximos. Barbosa ainda não se entusiasma com a ideia de disputar a presidência da República, por isso não é um eventual projeto eleitoral que o desestimula a continuar no STF. DATA MARCADA. O carioca Ricardo Lewandowski, amigo pessoal de Lula, presidente que o nomeou, assume a presidência do STF em março de 2014. DIFERENÇAS. Joaquim Bar-

bosa e Ricardo Lewandowski sempre deixaram claras as diferenças durante o julgamento do mensalão.

PROTAGONISMO. Lewandowski procurar dar protagonismo suas funções de revisor do processo, tentando rivalizar com a atuação de Barbosa, o relator. CARRAPATO

MINISTRO MARCO AURÉLIO, PARA QUEM OS MENSALEIROS DEVEM SE ENTREGAR ÀS AUTORIDADES

mista de regulamentação da Constituição. Alegam que ele até parece filiado ao PMDB, de tanto fazer o jogo do partido. MISSÃO IMPOSSÍVEL. O vice Michel Temer viaja na próxima quarta (21) ao Rio Grande do Sul para tentar conter a dissidência que se alastra pelo PMDB, cada vez mais convencido sobre apoiar Eduardo Campos (PSB) em 2014.

AUTORIZOU.

Diretor-geral do Senac, Sidney Cunha driblou veto da Controladoria-Geral da União, que proibiu o órgão de bancar o aluguel de onde mora, no Rio. O ônus passou à Confederação Nacional do Comércio, sob ordens do “dono”, Antonio Santos, há 33 anos agarrado ao cargo.

Michel Temer | VALTER CAMPANATO/ABR

BRIGA PETISTA. Senadores

do PT querem destituir deputado Cândido Vaccarezza (SP) da comissão

PERGUNTA

NA

TRIAGEM.

O Lula vai ligar a cobrar para o Dirceu na cadeia?

PODER SEM PUDOR

Troféus políticos Ex-senador, o pernambucano Ney Maranhão sempre guardou como autênticos troféus os jornais que publicaram sua foto, em 1969, ao ser preso pela ditadura militar, após ter caçado o seu mandato de deputado fede-

ral. Não o constrangia nem o detalhe de aparecer na foto vestido de presidiário: - De jornal, eu admito tudo. Só não podem me chamar de corno, ladrão e frango. Senão vão ter que engolir a página...

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

|07|◊◊

Comércio do Rio vai faturar R$ 1,2 bilhão no fim de ano Festas. Estudo da Fecomércio-RJ prevê aumento de 4% nas vendas em relação a 2012. Cerca de 32 mil serão contratados

Oportunidade Quem está contratando:

Ainda pairam dúvidas sobre o futuro da economia no Brasil por causa do efeito da inflação, que diminui o poder de compra do consumidor. Nos últimos 12 meses, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulou alta de 5,58%. Mesmo assim, a expectativa do comércio para as vendas no fim de ano é otimista. Segundo o levantamento da Fecomércio-RJ, o faturamento dos estabelecimentos comerciais do Estado no período será superior a R$ 1,2 bilhão, o que equivale a um crescimento médio das vendas em torno de 4% em relação ao Natal de 2012. A pesquisa ouviu 313 empresários do comércio fluminense entre os dias 16 e 29 de

outubro. Para o economista Christian Travassos, da Fecomércio-RJ, os fatores que mais contribuem para o otimismo dos empresários são o recuo da inadimplência, a oferta de crédito ao consumidor e o grau de formalização do mercado de trabalho. “Há menos informalidade hoje, o que significa que mais gente está ganhando 13o salário. Ainda que o consumidor esteja tirando o pé por causa da inflação, a oferta de crédito será maior porque a inadimplência está em queda desde o ano passado”, concluiu. Na capital fluminense, de acordo com o presidente do Clube dos Diretores Lojistas (CDL-Rio de Janeiro), Aldo Gonçalves, a proje-

Lojas de shoppings estão contratando

ção é de que as vendas aumentem 8% neste ano em comparação ao ano passado. “No caso do comércio de rua, só me preocupo com o efeito das manifestações no faturamento, principalmente nas lojas do Centro se os

| ALE SILVA/FUTURA PRESS - 24/12/2012

protestos retornarem”, teme Aldo Gonçalves. Emprego temporário Segundo a Fecomércio-RJ, 24% dos empresários pretendem aumentar o quadro de funcionários. Ao to-

do, a estimativa é que sejam contratados aproximadamente 32 mil funcionários temporários neste fim de ano no Estado, com salário médio de R$ 1,1 mil. Além disso, três em cada quatro estabelecimentos irão efetivar pelo menos um dos temporários. Na cidade do Rio, de acordo com o CDL-RJ, cerca de 25 mil vagas temporárias serão abertas para interessados em trabalhar neste período. O número apresenta um crescimento de 2% em relação à quantidade de vagas no mesmo período do ano passado. JULIO CALMON METRO RIO

• Rio Sul. Rua Lauro Muller, 116, Botafogo Tel.: 35277256. www.riosul.com.br. 700 vagas. • Botafogo Praia Shopping. Praia de Botafogo, 400. Tel.: 3171-9872. www. botafogopraiashopping. com.br. 550 vagas. • Madureira Shopping. Estrada do Portela, 222, Madureira. Tel.: 2488-1342. www.madureirashopping. com.br. 500 vagas. • NorteShopping. Av. Dom Hélder Câmara, 5.474, Cachambi. Tel.: 2178-4444. www.norteshopping.com. br. 460 vagas.


|08|

ONDE PASSAR O ANO NOVO? Os destinos mais procurados Nacional

Internacional 12,55% 10,28% 8,90% 6,85% 6,28% 6,09% 5,68% 5,07% 3,91% 3,35%

RIO DE JANEIRO FORTALEZA SALVADOR RECIFE NATAL FLORIANÓPOLIS MACEIÓ PORTO SEGURO SÃO PAULO JOÃO PESSOA

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

10,2% 6,8% 5,3% 4,5% 3,9% 3,5% 3,1% 2,7% 2,5% 2,4%

BUENOS AIRES MIAMI SANTIAGO ORLANDO NOVA YORK MONTEVIDÉU PARIS LISBOA CANCÚN LONDRES

Rio e Buenos Aires são hits do Ano Novo Destinos. Levantamento mostra também variação de preços de passagens para os principais destinos fora do país

Evolução do preço médio das passagens, em R$ DO RIO

DE JANEIRO PARA...

12.000

8.000

6.973 6.912

8.267 8.195

9516

8.681

8.833

9.568

7.741

7.543

PARIS NOVA YORK

4.000

0

1.279

1.484

1.463

1.804

1.516

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

DE SÃO

BUENOS AIRES

PAULO PARA...

12.000

8.000

4.000

0

5.891 5.491

7.175 6.843

8.196 7.869

7.166

8.802

6.456

6.999

1.120

1.475

1.894

2.282

2.600

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

FONTE: MUNDI

PARIS NOVA YORK

BUENOS AIRES

Rio de Janeiro e Buenos Aires são os destinos mais procurados pelos internautas brasileiros para passar o Ano Novo, de acordo com levantamento do Mundi (www.mundi.com. br), comparador online de preços de viagens. A pesquisa tem base em buscas feitas entre os meses de junho a outubro, com data de ida que varia de 26 a 29 de dezembro e volta de 2 a 5 de janeiro. “Não necessariamente as buscas vão se converter em vendas”, explica Rodrigo Waissman, diretor de marketing do Mundi. “Mas indicam um desejo dos viajantes e um farol do que podem ser os destinos que vão ‘bom-

“O menos arriscado ainda é comprar com antecedência.” RODRIGO WAISSMAN, DIRETOR DE MARKETING DO MUNDI

bar’ no Ano Novo.” A pesquisa lista os dez destinos nacionais e internacionais mais procurados pelos viajantes brasileiros, além de mostrar variações de preços mínimos e médios de passagens. Quem parte de São Paulo sofre com as maiores variações de preços. Uma passagem para Buenos Aires custava em média R$ 1.120, em junho, e em outubro bateu R$ 2.600. Para Paris, a variação é ainda maior: R$ 5.891, em junho, para R$ 8.802, em outubro. Para quem embarca do Rio, as variações são um pouco menores, mas os preços são mais altos. Em junho, o viajante que saía para Buenos Aires pagava R$ 1.279, enquanto em outubro pagou R$ 1.516, depois de variações positivas e negativas ao longo do período. METRO

Juros. Taxa para pessoa física tem sexta alta no ano As taxas das operações de crédito subiram no mês de outubro, segundo pesquisa da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) divulgada na sexta. Para pessoa física, houve crescimento de 0,03 ponto percentual na taxa de juros, em relação a setembro deste ano. No mês passado, a taxa ficou em 5,56%, ao passo que, em setembro, foi 5,53%. Essa é a sexta alta registrada este ano. A taxa de juros média geral para pessoa jurídica também apresentou elevação de 0,03 ponto percentual no mês de outubro, na comparação com setembro. A taxa ficou em 3,21%, enquanto setembro foi 3,18%. METRO

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

AS RESPONSABILIDADES DO DONO DA EMPRESA Você montou seu negócio e agora pode dizer: “A empresa é minha, faço o que quero”. Sinto informar-lhe, mas não é bem assim. Por mais autonomia que empreender proporcione, toda empresa tem uma função social a cumprir, que se desdobra em responsabilidades com clientes, fornecedores, funcionários, poder público, meio ambiente e sociedade em geral. O desrespeito às regras acarreta sérias consequências. Entre as penalidades estão autuação, multa, atividades suspensas e nome sujo. Dependendo da infração, o responsável pela empresa pode ser obrigado a indenizar eventuais prejudicados e responder civil e até criminalmente. O simples fato de o negócio extrapolar o contrato social também é passível de penalidade. É o caso em que, na ânsia de aumentar receita, a empresa passa a vender produtos quando seu registro só permite prestação de serviço. Outro ponto a ser pensado é a relação entre o negócio e os bens pessoais dos responsáveis. O grande medo de qualquer empreendedor é falir e se atolar em dívidas. Na sociedade limitada – maioria dos micro e pequenos negócios – os donos não respondem com seus bens pessoais para arcar com as pendências. Porém, constatada alguma irregularidade legal, o patrimônio particular deles será requisitado para o pagamento. Ao comprovar-se que houve má-fé, a coisa piora podendo haver implicações criminais. Clássico exemplo é o do empresário que não recolhe INSS dos funcionários mesmo quando comprovadas as condições financeiras para isso. Quando se trata da falência de empresa individual convencional e de dívidas do Microempreendedor Individual (MEI) o patrimônio pessoal é considerado. Nessas situações, a responsabilidade do empresário é ilimitada. A única forma de atuação individual em que há separação entre patrimônio pessoal e negócios é na Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI). Diante disso, não vale a pena descumprir as obrigações. É a reputação e a sobrevivência da empresa que estão à prova. A sociedade não tolera e o poder público, principalmente o Fisco, está bem equipado para monitorar as empresas. Informe-se sobre as regras do jogo, cumpra seus deveres, reivindique seus direitos e lembre-se de que querer “levar vantagem em tudo” é uma péssima opção. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

BNDES

Serasa

Lucro líquido chega a R$ 4,8 bi até setembro

Procura por crédito aumenta 6,5% em outubro

O lucro líquido do BNDES totalizou R$ 4,88 bilhões entre janeiro e setembro, superando em 3,5% o resultado apurado no mesmo período de 2012, quando atingiu R$ 4,72 bilhões. Os números foram divulgados hoje (14). O financiamento concedido a projetos de investimento do setor produtivo foi o principal fator para o desempenho no período. METRO

A procura por crédito aumentou 6,5% em outubro, segundo o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Em setembro houve queda de 9,8% na demanda. Em outubro de 2012, também houve retração de 5,2%. Segundo especialistas, a alta em outubro poderia ter sido maior se a greve dos bancários não tivesse ido até dia 14. METRO


|10|

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{}

Avião cai na Rússia e mata 50 pessoas Tragédia. Boeing 737-500 vinha de Moscou e aterrissaria em Kazan, no Tartaristão Um Boeing 737-500 caiu ontem durante a aterrissagem na cidade russa de Kazan, matando todas as 50 pessoas a bordo. O piloto do voo da companhia aérea do Tartaristão, vindo de Moscou, estava tentando abortar o pouso com o objetivo de fazer uma segunda abordagem, mas explodiu ao atingir a pista, matando os 44 passageiros e 6 tripulantes a bordo, disseram autoridades do Ministério de Emergências. O voo U363 decolou do aeroporto Domodedovo de Moscou às 18h25 locais (12h25 de Brasília) e caiu pouco mais de uma hora depois. O avião tinha 23 anos. De acordo com relatos de testemunhas, o Boeing perdeu altitude rapidamente e seu tanque de combustível explodiu com o impacto. Havia ventos fortes e o céu estava nublado no aeroporto. As temperaturas estavam abaixo de zero. Executivos da Boeing

Cena do local onde o avião caiu no aeroporto de Kazan | MIN. RUSSO/REUTERS

LETÔNIA

ONDE FICA Kazan,

LITUÂNIA

(Tartaristão)

BELARUS

Rússia

POLÔNIA UCRÂNIA

CAZAQUISTÃO ROMÊNIA Mar Cáspio

Mar Negro

presentes no Dubai Airshow recusaram-se a comentar o acidente. Um porta-voz da agência de supervisão da aviação disse que as autoridades buscariam gravações do voo. “O avião tocou o solo e explodiu em chamas”, disse Sergei Izvolsky. à agência Reuters “A causa do acidente por enquanto é

desconhecida.” A Rússia e as antigas repúblicas soviéticas combinadas tiveram um dos piores registros de segurança de tráfego aéreo do mundo em 2011, com uma taxa de acidentes quase três vezes maior que a média mundial, de acordo com a Iata. METRO

Doenças se espalham nas Filipinas

Mais vulneráveis a doenças, crianças vagam pela cidade | EDGAR SU/REUTERS

A organização Médicos sem Fronteiras diz ter identificado os primeiros casos de tétano em Guiuan, na Ilha de Samar, a primeira a ser atingida pelo tufão Haiyan e uma das últimas a receber assistência humanitária. Segundo o mais recente balanço oficial, o Tufão Haiyan, um dos mais poderosos que atingiu as Filipinas há uma semana, matou 3.974 pessoas. “Antecipamos um au-

3.974

é o número de pessoas mortas pela ação do tufão Haiyan, nas Filipinas. mento significativo de complicações respiratórias e de diarreia entre a população infantil”, disse o presidente da MSF na Espanha, José Antonio Bastos, alertando para

a existência de um número expressivo de feridos, com diferentes graus de gravidade, com “potencial enorme” de piorar, caso não recebam tratamento. O presidente Benigno Aquino disse ontem à agência Associated Press que ficará em Tacloban até que veja progressos no esforço de ajuda humanitária. Não se sabe onde ele ficará, já que boa parte da cidade está em ruínas. METRO


2 CULTURA

‘Ghost’

Agora na TV Sucesso em 1990 com Demi Moore e Patrick Swayze (foto), o longa sobre amor além da vida será adaptado em formato de série.

|14|

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Revivendo Henfil

De volta às prateleiras. Aniversário de 25 anos de morte do cartunista motiva reedição de 30 volumes da revista do Fradim, responsável por alguns dos trabalhos mais emblemáticos do autor do bordão ‘Diretas Já!’ O traço aparentemente simples e o humor ácido e politizado de Henfil estão prontos para serem conferidos por uma nova geração com o relançamento de 30 volumes da revista do Fradim. Publicadas originalmente nas décadas de 1970 e 1980, os volumes ganham reedição por ocasião do aniversário de 25 anos de morte de Henrique de Souza Filho (1944-1988). A iniciativa é de Ivan Cosenza de Souza, filho de Henfil e administrador do instituto que leva o nome do pai. “Parece que a mensagem e o jeito como ele passava aquela rebeldia e indignação próprias da juventude faz o pessoal mais jovem ainda se identificar muito. O trabalho com a obra dele tem sido muito gratificante por causa desse carinho”, afirma Ivan, que, com a coleção, atende uma cobrança antiga de fãs do pai. Para acompanhar a reedi-

Henrique de Souza Filho, o Henfil, em retrato de 1982 | DERLY MARQUES/FOLHAPRESS

ção, ele idealizou ainda um “volume 0”, que apresenta os personagens e temas a serem tratados por Henfil em cada número da coleção. Editadas em parceria com a ONG Henfil Educação e Sustentabilidade, as 15 primeiras revistas já estão à venda e seguem o sucesso dos livros infantis do artista protagonizados pelo personagem Sapo

Ivan. A segunda leva da Coleção Fradim ficou para 2014. Reler as tiras de personagens como Baixim, Cumprido, Zeferino, Bode Francisco Orelana e Graúna, algumas publicadas no auge da repressão da ditadura, reforçam a atualidade do discurso do cartunista mineiro, autor do bordão “Diretas Já” e um dos principais articu-

ladores do movimento pela anistia no Brasil. “Para mim, ele foi um dos maiores políticos do Brasil, um dos que mais influenciaram a história social sem nunca ter sido político profissional. Infelizmente, por ironia, ele mesmo nunca votou para presidente”, diz Ivan. Hemofílico, Henfil morreu um ano antes da primeira eleição direta após contrair AIDS em uma transfusão de sangue. Para Ivan, os personagens da Coleção Fradim são críticos cada um a sua maneira. “Os fradinhos seguem mais uma crítica social e de comportamento, abordando preconceitos. Já a Graúna bate um pouco mais forte na parte política. Acho que ele separou essas duas histórias, que se complementam.” AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

‘COLEÇÃO FRADIM’ HENFIL ONG HENFIL EDUCAÇÃO R$ 15 (CADA) OU R$ 50 (PACOTE COM 4) À VENDA NO SITE LOJAVIRTUAL. CURSINHOHENFIL. ORG.BR

Jabuti. Verissimo Lançamento. Literatura ganha prêmio interativa com trilha rock’n roll Livro do Ano

Luis Fernando Verissimo | BRUNO VEIGA/ DIVULGAÇÃO

“Diálogos Impossíveis” (Alfaguara), de Luis Fernando Verissimo, recebeu o título de Livro do Ano de ficção da 55ª edição do Prêmio Jabuti, a mais importante premiação literária do país. O anúncio foi feito em cerimônia realizada na noite de quinta-feira em São Paulo. O autor gaúcho de 77 anos, que já havia conquistado o primeiro lugar na categoria de contos e crônicas, saiu como grande vencedor. O título de Livro do Ano de não ficção foi para o jornalista Audálio Dantas, primeiro lugar da categoria reportagem com “As Duas Guerras de Vlado Herzog: da Perseguição Nazista na Europa à Morte sob Tortura no Brasil” (Civilização Brasileira). Além de troféus, os dois escritores receberam R$ 35 mil cada um. METRO

Numa época de interações confusas de uma geração conectada, o jornalista Paulo Henrique Ferreira, 34 anos, faz sua estreia literária falando justamente para estes leitores. “Álbum duplo”, que acaba de ser lançado pela editora Record, é repleto de referências à cultura pop. Além de elaborar um site para o livro e perfis em redes sociais, Paulo selecionou uma trilha sonora com 51 faixas para serem escutadas enquanto o leitor devora as 176 páginas sobre Marlo Riogrande, um professor de história autodestrutivo que tem dificuldades de encarar a vida adulta após sofrer um revés amoroso. Um cara bem rock’n roll, que tinha Lou Reed, morto há duas semanas, como um tipo de guru espiritual. “Por isso que o Marlo é um personagem forte, porque ele tem muito do Lou. E eu também busco isso, cada vez mais, em minha vida. Ser autêntico. E o ‘Álbum Duplo’ fala disso, de virar a chave para a vida adulta, que demanda força de caráter, autenticidade, demanda virar homem. E, acima de rótulos e clichês, o Lou Reed é o Lou Reed”, diz Paulo Henrique. Fã de Nick Hornby e Fernando Sabino, o autor ten-

Paulo Henrique faz sua estreia | PAULO MARCOS / DIVULGAÇÃO

ta unir as trilhas dos mestres para inserir o gênero rock-romance na biblioteca brasileira. “Além de sentir falta de livros como o ‘O Encontro Marcado’ – provocativos, porém simples e diretos –, não via referências de ficção na literatura brasileira que envolvessem tão explicitamente o rock’n roll”, explica.

“ÁLBUM DUPLO” PAULO HENRIQUE FERREIRA EDITORA RECORD R$ 28

JULIO CALMON METRO RIO


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Allen equilibra comédia e drama em ‘Blue Jasmine’ Em cartaz. Cate Blanchett interpreta socialite falida em busca de nova ascensão no 43º longa do diretor Em “Blue Jasmine”, que está em cartaz nos cinemas, Woody Allen acompanha a decadência e possível ascensão de uma socialite nova-iorquina vivida por Cate Blanchett. Diferentemente de outros trabalhos do diretor, que costuma distinguir bem comédias de dramas, a 43ª produção da carreira dele transita bem justamente

pelos dois gêneros. Ao longo da projeção, Allen destila uma série de personagens paranoicos e problemáticos, cada um à sua maneira. A Jasmine de Blanchett não para de falar e de se entupir de antidepressivos após ter ido à bancarrota com a prisão e suicídio do marido corrupto (Alec Baldwin). Para se reencontrar, ela vai morar com a irmã Ginger (Sally Hawkins), uma caixa de mercearia, em São Francisco. A graça não se dá exatamente da diferença de classes, mas da forma como cada uma vê o mundo. Apesar de começar a trabalhar e estudar, o que mais

Jasmine quer é repetir a sua própria história – mesmo que errática – e encontrar outro ricaço disposto a bancá-la. Enquanto isso, Ginger só consegue se relacionar com tipos classificados pela irmã como “perdedores” e passa a rever suas decisões a partir do olhar de Jasmine. O que Allen expõe no filme é o conflito entre aparência e essência e como lidamos de formas diferentes com essas facetas. Pode não encantar tanto quanto um “Meia-Noite em Paris” (2011), mas deixa o espectador com muito mais o que pensar após deixar a sala escura. METRO

Atuação de Cate Blanchett se destaca em ‘Blue Jasmine’, euq está em cartaz nos cinemas | DIVULGAÇÃO

|15|◊◊


|16|

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Beyoncé faz photobomb em show

Os invasores

Acorda, Brasil

Cruzadas

Às avessas. Fã tenta entrar de penetra em foto com cantora e é surpreendida Quem nunca olhou uma foto e pensou: gostaria de fazer parte desse momento. Para acabar com as lamúrias e saudosismos, o Photobomb resolve essa angústia rapidamente. Os adeptos do movimento fazem uma montagem sobre a imagem original acrescentando sua foto de uma maneira bem-humorada. Em outubro, o feitiço virou contra o feiticeiro. Enquanto uma fã se preparava para aparecer de penetra junto com Beyoncé, durante apresentação da tournê The Mrs Carter Show, nos Estados Unidos, a diva pop

Leitor fala

Enfadonho e incomensurável o deboche do ministro Marco Aurélio Mello dirigido ao ministro presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa. Senti vergonha em saber que na Corte Suprema do meu querido Brasil, ainda temos juízes assim. Os momentos inesperados desse magistrado foram totalmente incompatíveis com os demais ministros. Não estou conseguindo engolir o ministro dizendo: “No supremo tudo pode, principalmente Sua Excelência”. LEÔNIDAS MARQUES - RIO DE JANEIRO, RJ

surpreendeu a menina, e, em segundos, se jogou no momento da captura. A garota declarou não esperar que ela olhasse para seu telefone e invadisse a própria foto de que era alvo. Não é preciso dizer que a imagem virou viral e fez bombar o Tumblr da garota. Essa é uma prática já dos anos 1970, porém com uma pegada menos tecnológica. Nessa época, o norte-americano Rollen Stewart, ou Rainbow Man, como ficou conhecido, tinha o hábito colocar uma peruca colorida e se intrometer em transmissões esportivas. METRO

Lei mais dura para criminosos Quando ocorrem crimes tão covardes, como o assassinato do menino Joaquim, em São Paulo, fico me perguntando se não deveria haver pena de morte no Brasil. Talvez, a medida reduzisse tantos casos de atrocidade. Mas, no mínimo, o país deveria aplicar penas mais duras para esses bandidos, e ter um sistema prisional mais rígido, porque do jeito que está não dá. MARLON DIAS – RIO DE JANEIRO, RJ

Metro Pergunta

Pesquisa diz que Rio tem o Siga o Metro terceiro pior trânsito do no Twitter: @jornal_metroRJ mundo. Para você, as medidas da prefeitura conseguirão conter os engarrafamentos? Sudoku

@maiconight

De jeito nenhum. O trânsito está cada vez mais insuportável com esse pátio de obras a céu aberto. @biofaramos

Não. E optar pelo transporte público significa passar sufoco, pois temos que viajar espremidos como numa lata de sardinha. Beyoncé faz um photobomb com sua fã

@Realuborges

| REPRODUÇÃO/TUMBLR

Será possível se a população colaborar deixando o carro em casa.

Agora é tarde Metro web

DANILO GENTILI

Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br

Excepcionalmente hoje o Metro Jornal não publica a coluna de Danilo Gentili.

Horóscopo

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Período positivo para estudos, palestras e atividades que sirvam para aperfeiçoar o que sabe. Boas conversas marcarão a vida afetiva.

Tendências para ampliar o contato com novas amizades e para retomar convivências especiais. Evite posturas radicais nas relações.

A presença da Lua em Gêmeos, seu signo oposto, proporciona oportunidades para entendimentos com pessoas que pensam diferente de você.

Atente-se para não se comportar de maneira pegajosa afetivamente. Tendências para mais conversas sobre as manias de quem se relaciona.

Este é um período para refletir sobre projetos a longo prazo. Seja paciente para que a ansiedade não antecipe algo antes do programado.

Período essencial para lidar com despesas mais emergenciais e úteis que envolvam sua rotina. Tenha mais cuidado com o consumismo.

A Lua está em seu signo, deixando você mais ativo para se dedicar a estudos, interesses culturais e vivências sociais.

O contato com pessoas mais velhas, experientes e que sinta confiança para tratar assuntos íntimos contribuirá para decisões especiais.

Momento para deixar de lado posturas antissociais e valorizar o contato com pessoas e ambientes que façam se sentir bem.

A capacidade de cuidar de quem gosta é notória em seu signo e estará acentuada. Atente-se para não se esquecer de si mesmo.

Tendências a lidar com confidências e esclarecimentos nas relações. Evite se portar de forma controladora em momentos da vida afetiva.

Pendências domésticas e assuntos familiares tomarão dedicação extra. Bom momento para ajustes materiais e conversas com parentes.


3 ESPORTE

|18|

Vasco só empata e perigo aumenta Desespero. Jogando mal, equipe fica no 0 a 0 com o Corinthians, em São Paulo, e não consegue sair da zona do rebaixamento

00 CORINTHIANS

Vôlei

Mais um

A Copa dos Campeões, conquistada ontem pelo Brasil, foi o quinto título do ano da seleção feminina em 2013. O título veio com vitória sobre as japonesas, as donas da casa, por 3 a 0. A campanha brasileira foi invicta na competição. Com 14 pontos, a oposta Sheila (foto) foi eleita a melhor jogadora da final.

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

VASCO

Em um jogo muito fraco tecnicamente, Corinthians e Vasco ficaram em um empate sem gols ontem, no Pacaembu, em São Paulo. Pior para o time de São Januário, que precisava da vitória para tentar sair da zona do rebaixamento. O Vasco apostou na estratégia defensiva. O time se fechou atrás e buscou os contra-ataques para vencer. Até chegou perto da meta algumas vezes, mas faltou objetividade ao ataque cruzmaltino. Agora, o Vasco jogará to-

A partida teve muitas jogadas ríspidas | RODRIGO COCA/ FOTOARENA

Seleção

Felipão aprova ‘estreias’ no time Após a goleada por 5 a 0 sobre Honduras, sábado, em Miami, nos EUA, o técnico Luiz Felipe Scolari aprovou a entrada dos jogadores que ainda não haviam atuado sob o seu comando. No duelo, nomes como o do zagueiro Marquinhos e dos atacantes Robinho e Willian ganharam oportunidades e agradaram. “Todos impressionaram e, no decorrer do jogo, quem teve mais tempo teve mais chance de aparecer. É bom ter opções, podemos colocar a nossa ideia com um ou outro jogador”, disse Felipão. Amanhã, às 23h, o Brasil volta a campo, contra o Chile, no Canadá, para fazer o seu último jogo de 2013. METRO MARCIO CAVALCANTI/FUTURA PRESS

das as suas fichas nos próximos três jogos. Sábado, às 19h30, no Maracanã, o adversário será o Cruzeiro. Depois, o time de São Januário ainda enfrentará o Náutico em casa e o Atlético-PR em Curitiba. METRO RIO

“O empate não foi bom. A vitória seria o ideal para a gente. Agora, temos que levantar a cabeça para os próximos jogos.” MARLONE

Robinho agradou no seu retorno à Seleção Brasileira

Eliminatórias

Camarões está classificado para a Copa do Mundo Camarões jogará a sua sétima Copa do Mundo em 2014, no Brasil. Com direito a uma goleada sobre a Tunísia por 4 a 1, os Leões Indomáveis carimbaram seu passaporte. Na partida de ida, houve empate por 0 a 0. METRO Rugby

Brasil perde amistoso contra Portugal A Seleção Brasileira masculina de rugby não resistiu à experiência de Portugal e acabou derrotada por 68 a 0 no amistoso realizado na última sexta-feira, na Arena Barueri. Apesar da derrota, a equipe foi muito aplaudida pela torcida. METRO


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Time reserva não resistiu ao Grêmio Derrota. Com os titulares poupados para a final da Copa do Brasil, o Flamengo perdeu por 2 a 1 para o time gaúcho, em Porto Alegre. Rubro-negros ainda correm risco de rebaixamento

21 GRÊMIO

FLAMENGO

Com 45 pontos na tabela, o Flamengo precisava ao menos de um empate ontem, em Porto Alegre, para se ver livre da ameaça do rebaixamento. Não deu. O Grêmio contou com a boa atuação do jovem uruguaio Maxi Rodríguez, que marcou todos os gols do time gaúcho, e venceu a equipe rubro-negra por 2 a 1. João Paulo descontou para o Fla. “Era difícil, mas a gente chegou perto e fez um bom

O uruguaio Maxi Rodríguez marcou dois | CARLOS EDUARDO DE QUADROS / FOTOARENA

jogo”, lamentou o meia Luiz Antônio. Com a cabeça já na primeira partida da final da

Copa do Brasil, na quarta-feira, às 21h50, contra o Atlético-PR, o time rubro-negro poupou todos os ti-

tulares. O único jogador que esteve em campo e tem sido escalado normalmente era o goleiro Paulo Victor. Mesmo assim, na decisão, há possibilidade de Felipe voltar a defender a meta rubro-negra. Além dos compromissos pela Copa do Brasil, o Flamengo ainda tem três jogos pelo Brasileiro para espantar de vez o fantasma do rebaixamento. No domingo, às 17h, o adversário será o Corinthians, no Maracanã. Depois, a equipe rubro-negra viaja até Salvador para enfrentar o Vitória e, na última rodada, pega o Cruzeiro no Rio de Janeiro. METRO RIO

|19|◊◊

Vettel beija troféu conquistado em Austin | ADREES LATIF/REUTERS

Formula 1. Vettel vence a oitava corrida seguida Em matéria de recordes, o piloto da RBR Sebastian Vettel é especialista. Tetracampeão da Fórmula 1 por antecipação, o alemão utiliza o restante da temporada para adicionar mais alguns à sua coleção. Ao chegar ao lugar mais alto do pódio no GP dos EUA, ontem, em Austin, ele alcançou a oitava vitória seguida em uma mesma temporada. A marca supera a conquista que o compatriota e ídolo Michael Schumacher havia alcançado, em 2004. Na ocasião, Shumacher venceu sete corridas consecutivas. No GP -- o penúltimo do ano --

sem surpresas e grandes ultrapassagens, Vettel dominou com tranquilidade. Grosjean, da Lotus, veio em segundo e Webber completou o pódio. O próximo GP é o de Interlagos, no Brasil, no domingo, para fechar a temporada. Largando em sexto, Alonso terminou em quinto. Felipe Massa largou em 13º e logo no começo perdeu três posições. Após leve batida de Adrian Sutil, a corrida foi paralisada. No retorno, o brasileiro conseguiu se recuperar e terminou na mesma posição do grid de largada. METRO


|20|

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A P V GP SG 1º CRUZEIRO 75 23 74 42 2º GRÊMIO 60 17 40 6 3º GOIÁS 59 16 47 11 4º ATLÉTICO-PR 58 16 53 8 5º BOTAFOGO 57 16 50 12 6º VITÓRIA 54 15 52 4 7º ATLÉTICO-MG 52 14 41 8 8º SÃO PAULO 49 14 38 1 9º CORINTHIANS 49 11 27 7 10º SANTOS 48 12 45 8 11º INTERNACIONAL 45 11 51 -1 12º FLAMENGO 45 11 39 -2 13º PORTUGUESA 44 11 48 3 14º CRICIÚMA 42 12 47 -12 15º FLUMINENSE 42 11 39 -4 16º BAHIA 42 10 33 -9 17º CORITIBA 41 10 39 -5 18º VASCO 38 9 45 -10 19º PONTE PRETA 35 9 36 -16 20º NÁUTICO 17 4 20 -51 Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

Fogo. Dankler entra no lugar de Bolívar O Botafogo tem a semana livre somente para preparar a equipe para o jogo contra o São Paulo, no domingo, no Morumbi, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Expulso na vitória de sábado sobre o Atlético-PR, por 4 a 0, Bolívar desfalca o time. O técnico Oswaldo de Oliveira já tem o seu substituto. “O Bolívar tem muita experiência, e isso acaba atrapalhando a sequência. Mas o Dankler sempre o substituiu muito bem. Jogou partidas difíceis, estou tranquilo”, disse o técnico, que contará com os retornos de Marcelo Mattos e Lodeiro. METRO RIO

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Fluminense arranca vitória no fim e vê degola mais longe Sofrimento. Com gol de Gum, time vence o São Paulo de virada e abre distância da zona do rebaixamento. Diretoria confirma a contratação de Conca pelo telão do Maracanã A torcida do Fluminense sofreu, mas saiu feliz ontem do Maracanã. Com um gol no último minuto, o time das Laranjeiras venceu o São Paulo por 2 a 1 e se distanciou um pouco mais da zona do rebaixamento. Na próxima rodada, o Flu enfrentará o Santos, em Presidente Prudente, no domingo. Antes de a bola rolar, a diretoria tricolor ainda deu um presente para a torcida que enfrentou a chuva e compareceu em bom número ao Maracanã. Pelo telão do estádio, o meia Conca confirmou sua volta ao time. A animação da torcida passou para o campo. O Fluminense começou o jogo pressionando o São Paulo. Logo aos dois minutos, quase Wagner marca ao concluir dentro da área. Aos poucos, no entanto, o time foi dan-

2 1 • •

“A torcida veio, sofreu e aplaudiu. Parabéns também para o Dorival que chegou levantando o astral da galera.”

Brasileirão 35ª rodada SÁBADO

BOTAFOGO

CORITIBA

X

1

X

ATLÉTICO-PR

2

X

0

X

2

X

2

X

2

X

3

X

0

X

2

X

FLUMINENSE

VITÓRIA

CRUZEIRO

GRÊMIO

GOIÁS

METRO RIO

NÁUTICO

Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum , Leandro Euzébio e Digão; Edinho , Jean, e Wágner; Rhayner (Biro Biro) e Rafael Sobis (Anderson) e Samuel (Marcelinho). Técnico: Dorival Junior.

FLUMINENSE

PORTUGUESA

Denis, Lucas Silva (Mateus Caramelo ), Rafael Toloi, Lucas Evangelista; Fabricio (Maicon), Wellington , João Schmidt, Jadson; Osvaldo, Welliton (Ademilson). Técnico: Murici Ramalho.

SÃO PAULO

2

CRICIÚMA

1

SÃO PAULO

CORINTHIANS

do espaço aos visitantes, que abriram o placar em um bonito gol de Welliton, aos 17. O empate veio rápido, sete minutos depois, com Jean aproveitando de cabeça após o goleiro Denis falhar. O Fluminense batalhou muito pelo gol da virada, dominando as ações no segundo tempo. Mas a redenção só veio mesmo no fim da partida. Aos 44, Gum se antecipou e completou de cabeça para o fundo das redes.

0

ONTEM

GUM

Gols. No primeiro tempo, Welliton, aos 17’, e Jean, aos 24’. No segundo tempo, Gum, aos 44’. Árbitro. Marcio Chagas Sila (RS).

4

0 0

VASCO

SANTOS

2

PONTE PRETA

1

FLAMENGO

1 1

BAHIA

0

ATLÉTICO-MG

17 gols O zagueiro Gum comemora o gol da vitória do Flu | CELSO PUPO / FOTOARENA

INTER

já foram marcados pelo atacante Éderson, do Atlético Paranaesnse, artilheiro do Brasileirão.


20131118_br_metro rio