Issuu on Google+

CRUZEIRO TRICAMPEÃO COM CAMPANHA IMPECÁVEL, TIME BATE VITÓRIA E GARANTE TÍTULO PÁG. 48

DOUGLAS MAGNO/O TEMPO/FOLHAPRESS

FERIADO NA TELONA

SÃO PAULO

‘JOGOS VORAZES 2’ E NOVO DE WOODY ALLEN ESTREIAM PÁGS. 28 E 30

Quinta-feira, 14 de novembro de 2013 Edição nº 1.674, ano 7

PRÊMIO JABUTI

MÍN: 14°C MÁX: 26°C

LUIS F. VERÍSSIMO E AUDÁLIO DANTAS SÃO OS VENCEDORES PÁG. 02

www.metrojornal.com.br | leitor.sp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro

MENSALEIROS: JÁ PARA CADEIA! Em sessão confusa e tumultuada, STF decide que ao menos 19 condenados do mensalão devem iniciar o cumprimento imediato de suas penas; ministro Barbosa promete esclarecer dúvidas hoje PÁGS. 08 E 10

Roberto Jefferson ex-deputado (PTB-RJ), delator do mensalão

Marcos Valério publicitário, operador do esquema

Delúbio Soares ex-tesoureiro do PT

José Genoino deputado (PT-SP)

José Dirceu ex-ministro da Casa Civil

ARTE: CAIO GRAÇA/METRO

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Ex-secretário terá bens investigados

Justiça cassa liminar e IPTU volta a subir TJ aceitou recurso apresentado pela Câmara e pela prefeitura. Entidades prometem guerra judicial PÁG. 04

Venda de 150 planos de saúde é suspensa pela ANS

Fraude no ISS. MP analisará evolução patrimonial de Antonio Donato, que pediu afastamento após auditor dizer que ele recebia 41 operadoras descumpriram prazos ‘mesada’ do grupo. Vereador Aurélio Miguel (PR), também acusado estabelecidos para atendimentos e realização de exames PÁG. 16 de receber dinheiro de fiscais, pode ter sigilo quebrado PÁG. 02

PÁG.06


|02|

1 FOCO

Contrabando

Sheik O MPF (Ministério Público Federal) do Rio de Janeiro pediu a condenação do atacante do Corinthians Emerson Sheik por contrabando. Ele é acusado de ter importado ilegalmente uma BMW X6 em 2010.

Em função do feriado da Proclamação da República, o Metro Jornal não circula amanhã, voltando normalmente na segunda-feira, dia 18. Cotações Dólar + 0,04% (R$ 2,33) Bovespa + 0,82% (54.154 pts) Euro - 0,89% (R$ 3,11) Selic (9,5% a.a.)

Salário mínimo (R$ 678)

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

MP vai avaliar evolução patrimonial de Donato vestigação. Secretário de Governo, que pediu afastamento anteontem, é acusado por fiscal que participava do esquema de fraude no ISS de receber ‘mesada’ de R$ 20 mil A Promotoria do Patrimônio Público vai investigar a evolução de patrimônio do ex-secretário de Governo, Antonio Donato, que pediu afastamento anteontem. Em depoimento ao promotor Roberto Bodini, o auditor fiscal Eduardo Barcellos disse que Donato recebeu, entre dezembro de 2011 e setembro de 2012, mesada de R$ 20 mil para financiar sua campanha a vereador. Barcelos é um dos quatro ex-auditores apontados como operadores de um esquema de propina na arrecadação do ISS de construções, que pode ter desviado R$ 500 milhões entre 2007 e 2012, na gestão Kassab. Barcelos afirmou que o ex-secretário desconhecia que o dinheiro vinha do esquema. Segundo ele, a quantia foi dada para garantir cargos na administração petista. A Promotoria agora quer saber se os ganhos do ex-secretário são compatíveis com seus bens. A medida também será tomada no caso do ex-auditor Fábio Remesso, que também é acusa-

“Formaram um QG de arrecadação na prefeitura” PROMOTOR ROBERTO BODINI

do de participar do esquema. Foi investigando a evolução patrimonial que a Controladoria do Município descobriu que quatro ex-auditores acumularam patrimônio de R$ 80 milhões. Donato nega as acusações e diz que é alvo de uma orquestração por parte dos servidores envolvidos para atrapalhar o curso das investigações. Ele reassumiria o mandato de vereador, mas decidiu pedir licença de 13 dias para tratar de problemas pessoais. O MP também quer saber se as construtoras beneficiadas pela fraude eram extorquidas ou participavam do esquema. Segundo Barcellos, as empresas é que procuravam os servidores para obter desconto nos impostos devidos. Pelo menos 15 empresas serão ouvidas. Outra medida tomada pela Promotoria foi o sequestro e bloqueio de bens do ex-

Promotor Roberto Bodini | LUIZ CARLOS MURAUSKAS/FOLHAPRESS

-auditor Amílcar Cançado. Ele é apontado como o mentor do esquema. Ontem, o promotor Roberto Bodini disse que quer ouvir o ex-secretário de Finanças Mário Ricardo. Ele era o chefe dos auditores, mas os funcionários negam que Ricardo tivesse conhecimento do esquema. Segundo o promotor, o dinheiro da propina era guardado em armários em uma

Câmara aprova enterro de pets em cemitérios municipais A Câmara Municipal aprovou ontem, em segunda votação, projeto de lei que autoriza o enterro de animais de estimação nos cemitérios públicos da capital. O texto segue agora para sanção ou veto do prefeito Fernando Haddad (PT). De autoria dos vereadores Roberto Trípoli (PV) e Antônio Goulart (PSD), o projeto autoriza proprietá-

rios de jazigos a sepultar os bichos junto dos familiares. A proposta autoriza apenas a realização dos enterros, mas não permite velórios para os animais. Com relação aos cemitérios, o projeto prevê que eles terão liberdade para definir se aceitam ou não o sepultamento e quais regras serão adotadas para colocar a iniciativa em prática. FALE COM A REDAÇÃO leitor.sp@metrojornal.com.br 011/3528-8522 COMERCIAL: 011/3528-8549

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Cidade Limpa Os parlamentares também aprovaram, em primeira votação, projeto que altera as regras da Lei Cidade Limpa, autorizando publicidade nos ônibus que circulam pela ruas da capital. O texto, que ainda precisa passar por nova votação antes de seguir para Haddad, prevê a publicidade na parte de trás dos coletivos. METRO

sala na sede da prefeitura. Para Bodini, dentro da sala funcionava uma “subsecretaria de arrecadação pessoal”. “Eles montaram naquela sala um QG para arrecadar dinheiro. O gabinete funcionou como subsecretaria de receita pessoal deles”, disse o promotor. HENRIQUE BEIRANGÊ METRO SÃO PAULO

Aurélio Miguel pode ter seu sigilo bancário quebrado A Promotoria do Patrimônio estuda pedir à Justiça a quebra do sigilo bancário do vereador Aurélio Miguel (PR) e de empresas dele. A decisão foi tomada após o auditor fiscal Eduardo Horle Barcellos, integrante do grupo que fraudou o ISS, afirmar em depoimento ao MP (Ministério Público) que o parlamentar recebeu dinheiro de Ronilson Bezerra Rodrigues, apontado como chefe do esquema. O dinheiro teria sido usado para financiar a campanha de Aurélio Miguel à Câmara Municipal. A denúncia foi feita depois que Barcellos fechou um acordo de delação premiada com o MP. Em nota, Aurélio Miguel nega ter recebido dinheiro de qualquer envolvido no esquema e afirma que sua relação com Ronilson é exclusivamente no âmbito institucional, na condição de vereador membro da Comissão de Finanças e Orçamento. METRO

Jabuti. Luis Fernando Veríssimo ganha Livro do Ano “Diálogos Impossíveis” (Alfaguara), de Luis Fernando Veríssimo, recebeu o título de Livro do Ano de ficção da 55ª edição do Prêmio Jabuti, a mais importante premiação literária do país. O anúncio foi feito em cerimônia realizada ontem à noite na Sala São Paulo. O autor gaúcho de 77 anos, que já havia conquistado o primeiro lugar na categoria de contos e crônicas, saiu

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro São Paulo. Editores-Executivos: Ariel Kostman e Lara De Novelli (MTB: 31.369) Editor de Arte: Tiago Galvão. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Tabapuã, 81, 14º andar, Itaim, CEP 04533-010, São Paulo, SP. Tel.: 3528-8500. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda.

como grande vencedor. Já o título de Livro do Ano de não ficção foi para o jornalista Audálio Dantas, primeiro lugar da categoria reportagem com “As Duas Guerras de Vlado Herzog: da Perseguição Nazista na Europa à Morte sob Tortura no Brasil” (Civilização Brasileira). Além de troféus, os dois escritores receberam R$ 35 mil cada um. METRO

Filiado ao


|04|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Justiça cassa liminar e libera aumento do IPTU Tributos. Com a decisão, prefeitura pode reajustar o imposto em até 35% no ano que vem. Entidades prometem guerra judicial O TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo cassou ontem liminar que suspendia o aumento do IPTU na capital. A decisão, que ainda pode ser contestada judicialmente, libera a administração municipal para aumentar o valor do imposto em até 35%, para os imóveis comerciais, e até 20%, para os residenciais, no ano que vem. A partir de 2015, os tetos serão reduzidos para 15% e 10%, respectivamente. O recurso contra a decisão da 7a Vara da Fazenda Pública, que havia anulado o resultado da sessão da Câmara que aprovou o reajuste, foi apresentado pelo presidente do Legislativo, José Américo (PT), e pelo secretário de Negócios Jurídicos, Luiz

Massoneto. Segundo o presidente do TJ, Ivan Sartori. a suspensão do aumento afetaria diretamente a capacidade financeira da prefeituras. “Suspender a revisão da Planta Genérica de Valores poderá reduzir, no mínimo, a arrecadação do município em R$ 800 milhões, prejudicando áreas como a da educação e da saúde.” Autor da ação que questionou a legalidade da sessão do Legislativo, o promotor Maurício Ribeiro Lopes disse que, agora, cabe a Procuradoria-Geral de Justiça entrar com novo recurso. Mas a briga em torno do reajuste do IPTU ainda não terminou. Associações de bairro e entidades ligadas ao comércio já se prepa-

ram para uma verdadeira batalha judicial. Capitaneadas pela Ame Jardins, 25 associações irão entrar com uma ação coletiva contra o aumento. Do lado dos empresários, a tentativa de suspender os efeitos da lei partirá da Associação Comercial de São Paulo e da Federação do Comércio. Em entrevista à rádio BandNews FM, o advogado tributarista Fernando Zilveti, professor da Fundação Getúlio Vargas, afirmou que a decisão não é definitiva. Segundo ele, a iniciativa da prefeitura “crucifica a classe média” e não tem critério. DAVI FRANZON METRO SÃO PAULO

MAIORES REAJUSTES 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

ALTO DE PINHEIROS 19,8% SÉ VILA MARIANA CACHOEIRINHA REPÚBLICA SANTA CECÍLIA BELA VISTA JARDIM PAULISTA MOEMA BRÁS

19,8% 19,8% 19,7% 19,7% 19,6% 19,5% 19,5% 19,5% 19,4%

11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

LIBERDADE CONSOLAÇÃO ITAIM BIBI PINHEIROS PERDIZES SANTANA LAPA SAÚDE CAMPO BELO MORUMBI

QUAL SERÁ O AUMENTO MÁXIMO NO ANO QUE VEM?

19,2% 19,1% 19,1% 19,1% 19% 18% 17,5% 17,4% 17,1% 17%

PREVISÃO PARA 2 0 1 4

20% IMÓVEIS IMÓVEIS RESIDENCIAIS COMERCIAIS

 o médio na cidade

14% QUEM TERÁ RESÍDUO DESSE AUMENTO?

ARRECADAÇÃO

ARRECADAÇÃO EM 2 0 1 3

35%

R$ 5,5 BILHÕES

R$ 6,7 BILHÕES

AUMENTO

21,8%

50% dos 3 milhões de contribuintes pagarão sobras por quatro anos


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.oo . o. 

{FOCO}

Feriado tira 1,3 milhão de veículos da capital Rodovias. Motoristas devem evitar pegar a estrada entre 14h e 22h de hoje. Tamoios terá interdição durante a madrugada de amanhã Os paulistanos que forem viajar no feriado da Proclamação da República devem se preparar para enfrentar grandes congestionamentos. Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), 1,3 milhão de veículos devem deixar a cidade rumo ao litoral e ao interior. Apenas nas rodovias que seguem para as praias, são esperados 602 mil veículos. A melhor opção é pegar a estrada de madrugada ou após as 12h de amanhã, evitando sair da cidade entre 14h e 22h de hoje. Ontem, o trânsito na capital já ficou acima da média durante toda a tarde. Por volta das 19h30, a cida-

de tinha 232 km de filas. A marginal Tietê concentrava 15 km de lentidão, na pista expressa, no sentido Ayrton Senna. A fila de carros começava na rodovia Castello Branco e ia até a ponte da Vila Guilherme, na zona norte. Quem for utilizar a rodovia dos Tamoios, com destino ao litoral norte, deve ficar atento. A via, que está sendo duplicada, será totalmente interditada na madrugada de amanhã (entre 0h e 4h30) do km 10,9 ao km 36,3, e do km 34,5 ao km 60,5, para detonações de rocha. A alternativa é usar as rodovias Mogi-Bertioga ou Oswaldo Cruz. Para reforçar a segu-

rança, a Polícia Militar vai aumentar o efetivo no litoral entre amanhã e domingo: 1.320 homens que atuam na capital seguirão para o litoral. Outros 207 policiais militares que atuam nos serviços administrativos serão deslocados para atuar nas ruas durante o feriado. Tempo O feriado começa com tempo aberto e calor. As máximas podem ultrapassar os 30oC em todo o Estado amanhã. No sábado, o calor deve continuar, mas podem ocorrer chuvas isoladas, inclusive no litoral. Domingo, o tempo vira com a chegada de uma frente fria. METRO

ABRE E FECHA BANCOS

POUPATEMPO O s p o st o s n ã o f u n ci o s á b a d o. O f u n ci o n a r

d e n a s s n a

P o u p ate m p o m a m a n h ã e e r v i ç o s v o lt a m a s e g u n d a.

A s a g ê n ci a s fe c h a d a s a m v e n ci m e n t o s er p a g a s s e

RODÍZIO O r o d ízi o m u n ici p a l d e v e í c u l o s e a s r e s t ri ç õ e s p a r a c a min h õ e s e st a r ã o s u s p e n s a s a m a n h ã.

t a d e tr e n s fr o t a s e r á d a a.

n c á ri a s e s t a r ã o h ã. C o nta s c o m s e xta p o d e m n d a -f e ir a .

SHOPPINGS L oja 1 4 h a li m d a s

s a bre m e 2 0 h. A e nta ç ã o 1 1 h à s 2

TRANSPORTE O m e tr ô t e r á s u a fr o r e d u zid a a m a n h ã. A s e m e l h a n t e à u t ili z a n o s fi n a i s d e s e m a n

b a a n n a g u

a m a n h ã e n tr e s pra ç a s d e f u n ci o n a m 3 h.

CICLOFAIXA A s cicl o f d a ci d a d a ti v a d a s e d o min

aix a e s e a m g o,

s d e la z e r rã o a n h ã d a s 7 h à s 1 6 h.

|05|◊◊

Rodízio será suspenso e ciclofaixas, ativadas Por conta do feriado, o rodízio municipal de veículos será suspenso amanhã. Assim, carros com placas finais 9 e 0 poderão circular normalmente. Mas quem for voltar à cidade na segunda-feira deve prestar atenção porque a operação será retomada, restringindo a circulação de veículos com placas finais 1 e 2 das 7h às 10h e entre 17h e 20h. As vagas de zona azul também serão liberadas amanhã. As ciclofaixas de lazer, ativadas normalmente apenas aos domingos, também irão funcionar amanhã, das 7h às 16h. A única excessão é a ciclofaixa da região central. O transporte público também terá alterações. Com a redução no número de passageiros, o metrô irá circular com frota reduzida no feriado. Na segunda-feira, as linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha abrem mais cedo (4h) para facilitar a volta para casa. METRO


|06|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Padrasto depõe e diz que não matou Joaquim Violência. Guilherme Longo prestou depoimento ontem em Ribeirão Preto. Advogado vai pedir revogação da prisão hoje

A tentativa de roubou foi na frente de uma base da GCM | AVENER PRADO/FOLHAPRESS

Ladrões atacam dinamarquês na frente do quartel da GCM O motorista de um executivo dinamarquês foi baleado em uma tentativa de assalto na avenida Santos Dumont, na região do Bom Retiro, por volta das 21h20 de anteontem. Ele foi contratado para acompanhar o vice-presidente mundial do Laboratório Roche, Thomas Kudsk, de 39 anos, que tinha aca-

bado de chegar dos Estados Unidos e seguia do aeroporto para um hotel na avenida das Nações Unidas, na zona sul. Dois bandidos se aproximaram do Hyundai Azera em que o executivo estava e anunciaram o assalto. O motorista acelerou o carro e os bandidos atiraram, mas fugiram ao perceber

que estavam em frente do quartel da GCM (Guarda Civil Metropolitana). O disparo acertou a mão do motorista, que foi encaminhado para a Santa Casa, onde passou por uma cirurgia. O executivo não ficou ferido e nada foi roubado. Até as 22h de ontem, nenhum suspeito ainda havia sido detido. METRO

O advogado do padrasto do menino Joaquim Pontes Marques, de três anos, morto e depois jogado em um rio de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, afirmou ontem que ele é inocente. Guilherme Longo depôs por cerca de cinco horas na tarde de hoje. “Ele continua dizendo que é inocente. Na noite em que o menino sumiu, ele vendeu o celular para comprar quatro cápsulas de cocaína e, quando chegou em casa, injetou 30 doses de insulina em seu corpo”, afirmou Antônio Carlos de Oli-

veira após o depoimento. Anteontem, a mãe e o padrasto do menino Joaquim tiveram sigilo telefônico quebrado, segundo o delegado do caso, João Osinski Júnior. Os dois são os principais suspeitos de terem matado e, depois, jogado a criança no rio em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. O delegado afirmou, em entrevista ao Brasil Urgente, que todas as hipóteses estão sendo investigadas e que Natalia Ponte e Guilherme Longo se contradisseram em depoimentos, o que

Mônica. Imagens podem identificar suspeitos A Polícia Civil pediu aos comerciantes da rua Oscar Freire, nos Jardins, zona oeste, imagens de câmeras de segurança para identificar quem furtou uma estátua da Mônica, instalada no local na sexta-feira passada. Até a noite de ontem, a polícia ainda não havia recebido as imagens. Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), o inquérito já foi instaurado e o delegado Rodrigo Fiacadori, do 78o DP (Distrito Policial)

será o responsável pelas investigações. Pelo menos outras 5 das 50 obras espalhadas pela cidade foram danificadas, como a que fica próxima ao Masp, na avenida Paulista. Criadas por artistas plásticos em comemoração ao meio século da personagem, as obras ficarão em exposição até o dia 8 de dezembro. Ao final, as esculturas vão ser leiloadas e o valor arrecadado será destinado à Unicef. METRO

motivou a prisão dos dois no último domingo. Na segunda-feira, o delegado afirmou acreditar que a morte do menino Joaquim deve ser esclarecida antes do fim da prisão temporária dos suspeitos. Segundo ele, é muito estranho que o menino tenha desaparecido de madrugada, mesmo estando sob os cuidados da mãe e do padrasto. O corpo da criança, de três anos, desaparecida na semana passada, foi encontrado em Barretos. O menino foi enterrado na segunda-feira. BRASIL URGENTE Tecnologia

Polícia receberá denúncias pela internet O governador Geraldo Alckmin anunciou ontem que, nas próximas semanas, será possível usar o Disque Denúncia (181) pela internet. Os relatos poderão ser feitos por computadores, tablets e celulares. O serviço, que funcionará 24 horas, terá mecanismos de segurança para garantir o anonimato dos denunciantes. METRO USP

Royal. Ativistas roubam ratos em nova invasão Mesmo fechado, o Instituto Royal, em São Roque, foi novamente invadido por ativistas na madrugada de ontem. Desta vez, os invasores levaram a maioria dos ratos que ainda permaneciam no local. De acordo com o instituto, os ativistas estavam mascarados e renderam os vigias, que disseram terem sido ameaçados e sofrido torturas psicológicas.

As portas foram arrombadas pelo grupo, que danificou instalações do local. Os roedores não haviam sido levados na primeira invasão, no dia 18 de outubro. Naquela ocasião, 178 cães da raça beagle e alguns coelhos foram levados. No dia 6 de novembro, o Royal anunciou o encerramento das atividades da unidade por falta de segurança. METRO

Alunos presos em reintegração de posse são soltos A Justiça concedeu na tarde de ontem liberdade aos dois estudantes da USP presos durante a reintegração de posse do prédio da reitoria, que aconteceu anteontem. João Campos e Inaue de Almeida haviam sido levados na manhã de ontem ao Centro de Detenção Provisória de Osasco, indiciados por furto e formação de quadrilha. METRO


|08|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Agora resta apenas a cadeia Mensalão. STF decide pela prisão imediata de pelo menos 19 réus. Na lista estão o ex-ministro José Dirceu e o deputado José Genoino O STF (Supremo Tribunal Federal) determinou ontem o cumprimento da pena de prisão para pelo menos 19 condenados no processo do mensalão. Mesmo após o fim da confusa sessão que durou oito horas, os ministros não souberam informar o número exato de prisões que deverão ser decretadas a partir de hoje. “Se fosse fácil entender a gente não tinha passado tanto tempo debatendo”, reconheceu o ministro Roberto Barroso. O STF vai checar o número e o nome dos condenados antes de oficiar a Justiça Federal, que será responsável por pedir à polícia que faça as prisões nos domícilios declarados pelos acusados. A prisão imediata - em regime fechado ou semiaberto, - é para os condenados que têm crimes nos quais não há possibilidade de alteração pelos recurso. O ex-ministro Jo-

sé Dirceu, por exemplo, cumprirá 7 anos e 11 meses por corrupção ativa em regime semiaberto, mas aguardará o julgamento do embargo infringente sobre o crime de formação de quadrilha, que deverá ocorrer no primeiro semestre de 2014. Na lista dos que serão presos imediatamente estão o operador do esquema, Marcos Valério, o delator do mensalão, Roberto Jefferson, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, e o deputado José Genoino (PT-SP). Divergência Joaquim Barbosa pedia a derrubada imediata dos embargos infringentes de condenados que não tiveram pelo menos quatro votos a favor da absolvição, mas por 6 votos a 5 foi voto vencido. A maioria acatou o argumento de Teori Zavascki. O ministro entendeu que a pos-

“É uma chicana consentida. O Tribunal se vale de firulas para postergar. Quando uma instituição se degrada, uma nação se degrada.” JOAQUIM BARBOSA, PRESIDENTE DO STF

sibilidade de recursos pendentes impede a declaração do trânsito em julgado. a Corte não poderia decretar as prisões daqueles que ainda têm recursos pendentes. O recurso foi usado por alguns advogados alegando que a exigência de quatro votos pela absolvição é questionável quando o plenário estava com 10 dos 11 ministros. “Beiramos o ridículo. Abrimos o guichê dessa Corte para este tipo de manobra”, protestou Gilmar Mendes. Recursos Na sessão de ontem, os ministros decidiram também rejeitar oito dos dez embargos de declaração, que apon-

tam contradição na sentença. Os ministros derrubaram pedidos como desmembramento do processo, recálculo de penas e até o perdão judicial, feito pela defesa de Roberto Jefferson (leia mais na pág.10) Os argumentos foram considerados ‘protelatórios’. Somente conseguiram mudar a sentença os condenados Breno Fischberg - que teve a pena convertida em prestação de serviços -, e o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), que conseguiu reduzir a multa de R$ 1 milhão para R$ 536 mil e se manter em liberdade. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Joaquim Barbosa durante a tumultuada sessão do STF | GERVÁSIO BAPTISTA/STF


|10|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Delator do esquema tem recurso negado Mensalão. Ministros rejeitaram pedidos de redução de sentença, prisão domiciliar e perdão judicial para o ex-deputado Roberto Jefferson. Ele cumprirá pena em regime semiaberto Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitaram ontem, durante a análise dos recursos dos réus do mensalão, os pedidos feitos pela defesa do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), responsável pela delação do escândalo, em 2005. Condenado a sete anos e 14 dias de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, Jefferson apresentou embargos declaratórios com três pedidos: redução de pena, perdão judicial, sob a justificativa de que foi o responsável pela divulgação dos crimes, e a conversão da pena em prisão domiciliar por conta de problemas de saúde. Para justificar a recusa dos pedidos, o presidente do STF, minstro Joaquim Barbosa, afirmou que Jefferson não colaborou com as investigações. “A contribuição do embargante se limitou ao momento pré-processual”, declarou Barbosa. No caso específico da prisão domiciliar, Joaquim Barbosa disse que o pedido não pode ser aceito porque a forma de cumprimen-

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

FALHAS E FRAUDES NO BB CRESCERAM 21% EM 2013.

“VAMOS DEIXAR DE LADO ESTAS MANOBRAS, MINISTRO LEWANDOWSKI”

O Banco do Brasil divulgou o lucro líquido do terceiro trimestre, mas escondeu a informação de que seus custos com fraudes e falhas de segurança chegaram a R$ 208,5 milhões de janeiro a setembro de 2013. O dinheiro perdido com cartões clonados, saques irregulares e outros golpes foi 21% maior que a perda de R$ 172,3 milhões de 2012. O prejuízo consta no relatório como “outras despesas operacionais”.

MINISTRO JOAQUIM BARBOSA ENFATIZANDO SEU REPARO À ATUAÇÃO DO COLEGA DO STF

CRIME COMPENSOU. Os

Ex-deputado federal Roberto Jefferson revelou o esquema do mensalão em 2005 | CARLOS CECCONELLO/FOLHAPRESS

autores dos golpes contra o BB faturaram mais, até setembro, que o prêmio da Mega da Virada, atualmente estimado em R$ 200 milhões. FECHANDO A CONTA. Se

“Não tenho nada contra concessão de atendimento médico, mas isso será definido no momento certo.” MINISTRO JOAQUIM BARBOSA

to da pena só será decidido no momento da definição da sentença. “Os embar-

gos apresentados têm como principal caráter protelar a definição das decisões.” Dos 11 ministros, somente Marco Aurélio votou a favor da concessão da prisão domiciliar. Já Luiz Fux declarou que o benefício só poderia ser aprovado após uma verificação das condições do estabelecimento prisional onde a pena será cumprida.

Redução No julgamento realizado no STF durante o segundo semestre do ano passado, Roberto Jefferson teve a pena atenuada em um terço por ter delatado o esquema. Com a decisão, o ex-deputado passou do regime fechado de prisão para o semiaberto. Para os ministros, a alteração já foi uma concessão de benefício. METRO

investisse em ações que evitassem saques fraudulentos e cartões clonados, o BB arredondaria seu lucro do trimestre para R$ 3 bilhões. QUESTÃO DE ‘SEGURANÇA’. Apesar das brechas

em sua segurança, que permitiram os golpes, o BB não comenta o rombo “por razões de segurança”. Ah, bom.

PDT no Congresso, seu presidente e ex-ministro Carlos Lupi avisou o Planalto que depende da manutenção do seu afilhado Manoel Dias, no cargo de ministro do Trabalho, o apoio do que restou do partido à reeleição da presidenta Dilma. A exigência virou motivo de piada, mas o tempo de TV do PDT ainda é considerado importante pelo PT.

CONVENIÊNCIAS. Pré-can-

Operação em favelas do Rio prende 25 acusados de tráfico Uma operação policial cumpriu 25 do 51 mandados de prisão expedidos contra traficantes de duas facções criminosas que atuam no complexo de favelas da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação, chamada de Netuno, contou com 240 policiais, que encontraram um corpo em estado de decom-

posição em uma vala e fecharam um imóvel onde drogas eram preparadas. Houve troca de tiros. Foram apreendidos drogas, munições, armas e acessórios que transformam pistolas em submetralhadoras. Um carro roubado foi recuperado. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as investigações duraram seis meses e apontaram que, com a morte do chefe do tráfico local, Márcio José Sabino Pereira, conhecido como Matemático, outro criminoso assumiu o controle de vendas de armas e drogas na comunidade. O bando também vendia drogas para criminosos no Espírito Santo. Dois mandados de prisão eram para tra-

didatos a governador, o senador Pedro Taques (MT) e o deputado Vieira da Cunha (RS) querem o PDT fora do governo Dilma. PDT CONDICIONA APOIO A DILMA A MANTER MINISTRO. Mesmo desgastado,

Carlos Lupi

após a recente “lipoaspiração” na bancada do

| WILSON DIAS/AGENCIA BRASIL

PODER SEM PUDOR

Excessos de campanha

Policiais foram recebidos a tiros na Maré | REPRODUÇÃO / BAND

ficantes de lá, que viajavam até a Maré para comprar drogas e revender. UPP próxima Segundo o secretário estadual de Segurança, José Ma-

riano Beltrame, a região vai receber a implantação de quatro UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) no primeiro trimestre do ano que vem, com efetivo de 1,5 mil PMs. METRO RIO

O falecido ex-ministro Saulo Ramos foi a Ribeirão Preto (SP), em campanha para deputado, em 1990, quando fez uma pausa no festejado bar “Pinguim”. - O sr. está me reconhecendo? – perguntou um homem, na mesa ao lado. - Claro! – respondeu Ra-

mos, evitando uma desfeita ao suposto eleitor. - Não está, não. Ou não estaria fumando, bebendo e comendo leitão na minha frente... Só aí Saulo Ramos reconheceu o médico que o socorrera anos antes, no Instituto do Coração de São Paulo.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|12|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Restos mortais de Jango seguem para Brasília História. Equipe de 12 peritos, de 5 nacionalidades, vai investigar as causas da morte do ex-presidente, derrubado pelo golpe militar Os restos mortais do ex-presidente João Goulart foram localizados ontem e estão em boas condições. Esse foi o primeiro passo dado no trabalho da equipe formada por 12 peritos, de cinco nacionalidades, que vai investigar as causas da morte de Jango e verificar a hipótese que repercute de que Jango teria sido vítima da ditadura militar. Oficialmente, Jango morreu em decorrência de problemas do coração. Há quem suspeite de envenenamento. Das 7h até, pelo menos, as 20h de ontem, a equipe trabalhou na exumação de Jango no Cemitério Jardim da Paz, em São Borja (RS), na fronteira com a Argentina, a 581 km de Porto Alegre.

O mistério que cerca o caso é mantido pela equipe que, em poucas palavras, informou que muitos protocolos internacionais estão sendo seguidos no trabalho definido como rigoroso. Ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário esteve em São Borja, assim como o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo e o governador Tarso Genro. Médico, João Marcelo Goulart, neto de Jango, acompanhou de perto o trabalho. Os filhos João Vicente e Denise também estiveram presentes. A mulher do ex-presidente, Maria Teresa, é esperada hoje em Brasília, para onde seguem os restos mortais que serão recebidos com honras de chefe de Estado, pela pre-

sidente Dilma Rousseff. A saída de São Borja estava prevista ainda para a noite de ontem, com destino à base aérea de Santa Maria, de onde a equipe deve seguir viagem, hoje, para Brasília. Na capital federal, o Instituto Nacional de Criminalística da PF irá assumir o caso. As análises mais complexas serão enviadas para diferentes países mantidos sob sigilo. No próximo dia 5, voltarão ao Rio Grande do Sul, com uma cerimônia oficial. No dia seguinte, data que marca os 37 anos de Jango, os restos voltam a São Borja para serem enterrados com honras de chefe de Estado, o que não aconteceu à época. METRO POA

Equipe formada por 12 peritos trabalhou ontem em São Borja | EDSON VARA/REUTERS


|16|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

ANS suspende venda SUPENSÃO PARTIR DE SEGUNDA 41 150 de 150 planos de saúde TOTAL DE OPERADORAS

TOTAL DE PLANOS

OPERADORAS COM MAIOR NÚMERO DE PLANOS SUSPENSOS

Direito do consumidor. Medida atinge 41 operadoras e vale a partir da próxima segunda. Empresas descumpriram prazos estabelecidos para atendimento e realização de exames A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) vai suspender, a partir da próxima segunda-feira, a venda de 150 planos de saúde de 41 operadoras. A medida é resultado do sétimo ciclo de monitoramento da garantia de atendimento dos planos. A suspensão é determinada a partir de descumprimentos de prazos e das negativas indevidas de cobertura assistencial. De acordo com a ANS, devido aos problemas assistenciais apontados pelos consumidores, estão sendo aplicadas suspensões preventivas, por um período de três meses, até o anúncio do próximo ciclo de monitoramento. De 19 de julho a 18 de setembro, a ANS recebeu 15.158 reclamações sobre 516 operadoras de planos

de saúde. Entre as empresas com vendas vetadas estão Amil, que teve o maior número de planos suspensos (54), e Golden Cross. A atual suspensão beneficia 4,1 milhões de consumidores, que já contrataram esses planos mais reclamados e agora deverão ter seus problemas assistenciais saneados. Ao todo, 37 planos de 7 operadoras que solucionaram totalmente seus problemas assistenciais estão sendo reativados neste ciclo. Em nota, a FenaSaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar) diz que aguarda decisão do Superior Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal sobre o pedido para a revisão da suspensão da comercialização dos planos. A ação se refere ao sexto ciclo de mo-

“Estas medidas preventivas têm servido para produzirmos o efeito pedagógico e disciplinar necessários junto às operadoras” ANDRÉ LONGO, PRESIDENTE DA ANS

nitoramento da ANS, que suspendeu 212 planos de 21 operadoras em agosto. Segundo a federação, no último dia 11 foi publicada, no Diário Oficial da União, portaria da ANS que cria grupo técnico com representantes de operadoras, defensoria pública e outras entidades do setor, para estudar os critérios adotados pela agência para a suspensão da venda de planos. “Este grupo precisa iniciar os trabalhos com a máxima urgência, para uma ampla e profunda revisão deste processo”, afirma a federação. Procurada, a Amil disse apenas que se pronunciaria por meio da federação. A Golden Cross não havia se posicionado até a conclusão desta edição. METRO

Quantidade de beneficiários

AMIL GOLDEN CROSS VIVA PLANOS DE SAÚDE

2.294.304 310.146 1.577

Número de produtos suspensos

54 10 9

O QUE DETERMINA A REGRA SOBRE AGENDAMENTO Tipo de serviço Consulta básica (pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia) Consulta nas demais especialidades Consulta/sessão com fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta Consulta e procedimentos realizados em consultório/clínica com cirurgião-dentista Serviços de diagnóstico por laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial (como exames de sangue) Demais serviços de diagnóstico e terapia em regime ambulatorial Procedimentos de alta complexidade, como tomografia computadorizada e hemodiálise Atendimento em regime de hospital (dia de internação em hospital psiquiátrico) Atendimento em regime de internação eletiva (programada com antecedência) Urgência e emergência Consulta de retorno FONTE: ANS

Prazo máximo (em dias úteis) 7 14 10 7 3

10 21 10 21 Imediato A critério do médico


|18|

Corte de gastos. Dilma faz apelo à base aliada A presidente Dilma Rousseff propôs a aliados do Congresso o fechamento de um pacto para evitar a aprovação de projetos que tenham impacto orçamentário neste e no próximo ano, segundo líderes da Câmara dos Deputados. Os deputados se reuniram ontem com a presidente e ouviram dela e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, um apelo para que as contas públicas não fossem pressionadas por novas leis que criassem pisos salariais para servidores ou gerassem novas despesas para os cofres do governo. “É um pacto político pela manutenção da responsabilidade fiscal”, disse o líder do Pros, Givaldo Carimbão (AL), após a reunião. O governo vem tendo dificuldades para atingir suas metas fiscais neste ano e Mantega já admitiu que a meta de superávit primário pode ficar abaixo do 2,3% do PIB prometidos para 2013. METRO

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Moto-X Varejo reduz ritmo Smartphones. ganha versão mais barata de crescimento Desaceleração. Vendas aumentaram 0,5% em setembro e ficaram abaixo das expectativas. Inflação e câmbio explicam resultado fraco As vendas no varejo cresceram pelo sétimo mês seguido em setembro ao avançarem 0,5% ante agosto - mas em ritmo menor - , segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Sobre setembro de 2012 houve expansão de 4,1%, o pior desempenho para o mês desde 2003 (-2,8%). Segundo o IBGE, os resultados mais fracos são explicados pela combinação de inflação, câmbio e economia morna. Em agosto, a expansão havia sido de 0,9% e em julho, de 2,1%. “Os números são positivos mas não no patamar que se esperava”, avaliou o economista do IBGE Reinaldo Pereira. Na comparação mensal, cinco das oito atividades pesquisadas no varejo restrito tiveram crescimento. Os principais destaques fo-

A Motorola lançou ontem uma versão mais barata do seu smartphone Moto X, chamada Moto G. O aparelho começa a ser vendido hoje no Brasil e em parte da Europa. O anúncio mundial foi feito durante evento em São Paulo. No Brasil, a versão básica (8 Gbytes) custará R$ 649. Nos EUA, ela chega só em janeiro, por US$ 179. Um dos destaques do Moto X é sua traseira remo-

vível com várias opções de cores, uma espécie de versão barata das opções de personalização do Moto X. O aparelho vem com o Android Jelly Bean 4.3 instalado e, segundo a Motorola, receberá a atualização para a versão 4.4 KitKat até janeiro de 2014. No Brasil, haverá uma opção com duas entradas para SIM cards. Ainda serão lançadas versões mais caras, de até R$ 999. METRO Configuração P ce ad Snapdragon 400 com 4 núcleos de 1.2 GHz.

Vendas de supermercado cresceram 0,6% em setembro | TÂNIA RÊGO/ABR

ram outros artigos de uso pessoal e doméstico, com avanço de 2,4%, e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos, com alta de 1,3%. Já o avanço do setor de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, de 0,6%, foi afetado pela alta do dólar e pela infla-

ção, segundo a “Reuters”. Isso porque embora a alta dos preços tenha dado recentemente sinais de arrefecimento, a inflação vem sendo pressionada pelos alimentos. Em 12 meses até setembro, a inflação acumulou alta de 5,86%, enquanto a alta de preços de alimentos chegou a 8,7%. METRO

Te a HD (329 ppi) de 4,5 polegadas Si e a e aci a Android Jelly Bean 4.3. Me ia 1 Gbyte de RAM Novo aparelho custa a partir de R$ 649 | DIVULGAÇÃO

Câ e a i ci a 5 Mpixels.


|20|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Ilhas sofrem com saques Caos. Sobreviventes se desesperam com a falta de água, comida e remédios. Depois dos armazéns, alvo agora são as casas O desespero tomou conta das ilhas atingidas pelo tufão Haiyan, ontem, nas Filipinas. Os saques se disseminaram e os sobreviventes entraram em pânico com a falta de água, comida e remédios. O último balanço do governo contabiliza 2.275 mortos e 80 desaparecidos. Cinco dias depois que o tufão atingiu cidades e vilarejos do centro das Filipinas, a revolta e a frustração estavam em ebulição. Sobreviventes rabiscavam cartazes com o apelo: “Ajudem-nos”. Rachel Garduce disse que a ajuda -- 3 quilos de arroz e 1 litro de água por domicílio -- não era suficiente em seu bairro. Sua tia em Manila, 580 quilômetros ao norte, estava viajando de trem e balsa para trazer mantimentos. “Esperamos que ela não seja sequestrada”, disse. Em Alangalang, a 17 quilômetros de Tacloban, oito pessoas morreram no desabamento de um armazém

Sobreviventes vagam pelas ruas de Tacloban em busca de água e comida

“A pilhagem não é criminalidade. É autopreservação” TECSON JOHN LIM, PREFEITO DE TACLOBAN

de arroz que estava sendo saqueado pela multidão. Em busca de água, as pessoas desenterravam os encanamentos das construções destruídas. “Não sabemos se é seguro. Nós precisamos fervê-la. Pelo menos, temos alguma coisa”, disse Christopher Dorano, 38 anos. “Muita gente morreu aqui.” O prefeito de Tacloban, Tecson John Lim, declarou que 90% da cidade de 220 mil habitantes, foi destruída, e somente 20% dos moradores recebem ajuda. As casas estão agora sendo saqueadas porque os depósitos estão vazios, disse ele. “A pilhagem não é criminalidade. É autopreservação”, declarou. METRO

ONDE FICA FILIPINAS Tailândia

Oceano Pacífico

TACLOBAN

Camboja Vietnã

EDGAR SU/ REUTERS

Aeroportos estão tomados Milhares de filipinos tentaram sair ontem de Tacloban, que continua com muitos cadáveres ainda não retirados dos escombros deixados pela tempestade. A situação tornou-se insustentável e o que se vê é um ambiente ca-

da vez mais tenso devido à lenta chegada de ajuda. Sobreviventes filipinos causaram tumulto pela manhã no aeroporto, implorando para embarcarem em um dos raros aviões que deixam a cidade.

“Entram todos em pânico. Dizem que não há comida, que não há água e querem partir”, disse o capitão Emily Chang, um médico militar que tenta tratar os feridos no complexo do aeroporto. METRO

2013 já é o sétimo ano mais quente desde 1850 Calor. Os nove primeiros meses registraram medições semelhantes a 2003, com temperaturas 0,48oC mais altas

Vira-lata escala o Everest Rupee, vira-lata resgatado de um lixão na Índia, se tornou o primeiro cão do mundo a escalar o Monte Everest, anunciou ontem sua dona, a golfista Joanne Lefson. | REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O ano de 2013 é o sétimo mais quente desde que começaram os registros, em 1850, de acordo com informações divulgadas ontem pela OMM (Organização Meteorológica Mundial). O acúmulo de gases na atmosfera significa que um futuro mais quente é inevitável, disse Michel Jarraud, secretário-geral da entidade. Em uma leitura parcial, os nove primeiros meses do ano representaram o sétimo período mais quente já registrado, junto com o de 2003, que contou com temperaturas na superfície terrestre de 0,48oC acima da média do período 1961-1990. “Este ano, mais uma vez, dá continuidade à tendência de longo prazo em direção a temperaturas mais altas causadas pelo aquecimento global”, disse Jarraud. Para a OMM, é provável que 2013 termine entre os dez anos mais quentes

Michel Jarraud exibe gráfico de aquecimento | MIGUEL VILLAGRAN/GETTY IMAGES

3,6oC mais quente ficará a Terra se os países continuarem a emitir gases estufa na superfície do planeta, segundo AIE em registro desde 1850. Entre os episódios extremos deste ano estão o supertufão Haiyan que atingiu as Filipinas, ondas de calor recordes na Austrália e en-

chentes do Sudão à Europa, listou a OMM. No Japão registrou-se o verão mais quente da história. Conferência O mundo ficará 3,6ºC mais quente se os governos mantiverem os seus objetivos atuais, alertou ontem, a AIE (Agência Internacional de Energia). Os representantes da agência participam em Varsóvia, na Polônia, das discussões sobre as alterações climáticas. METRO

Maternidade

Prematuros lutam para sobreviver O Centro Médico Regional do Leste de Visayas continua sendo o único recurso para a maioria dos sobreviventes de Tacloban. Muitos dos 80 bebês nascidos no hospital desde o tufão foram prematuros porque o trauma induziu as mães a entrarem em trabalho de parto. Na capela do hospital público, sete bebês prematuros sofrem com o forte calor, observados por mães preocupadas e por um Cristo de madeira. Um oitavo, nascido dois dias depois da passagem do Haiyan, é mantido vivo graças à avó que continua bombeando manualmente ar para os pulmões do bebê. Só um dos recém-nascidos, com o rosto marcado pela ação do fórceps, tem força para chorar. Os outros se mantêm silenciosos, lutando pela sobrevivência em um hospital sem energia e água limpa. METRO

Irã. Novas sanções dos EUA podem minar acordo Se o Congresso dos Estados Unidos impuser novas sanções contra o Irã, isso poderia “romper” as negociações internacionais em andamento destinadas a conter o suposto programa de armas nucleares de Teerã, disse ontem o secretário de Estado norte-americano, John Kerry. “O risco é que se o Congresso agir unilateralmente para aumentar as sanções. Isso poderia quebrar a confiança nestas negociações e verdadeiramente encerrá-las e rompê-las”, afirmou Kerry a repórteres antes da reunião com senadores norte-americanos sobre o assunto. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, advertiu que um “mau acordo” entre as potências mundiais e o Irã poderia levar à guerra. O governo israelense afirmou que a oferta de uma “modesta” amenização das sanções, iria na verdade neutralizar em até 40% do impacto das sanções, reduzindo a pressão sobre Teerã para abandonar o programa. METRO


|22|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

P YOT R PAVL ENSK Y O artista russo de 29 anos preso por “pregar-se” com um martelo aos paralelepípedos da Praça Vermelha, em Moscou, foi liberado pela polícia depois de ser encaminhado a um hospital no im de semana

“UM ATO DE HUMIL DADE ” Como você fez isso? Percebi que havia segurança em todos os lugares, mas eu tinha uma vantagem, porque todo protesto realizado na praça é marcado por bandeiras que são muito visíveis. A polícia pode reagir a esses eventos.

MAXIM ZMEYEV/REUTERS

Qual foi a mensagem por trás do protesto? Ouvi dizer que quando as condições das prisões são ruins os presos se pregam às paredes. A isso, queria acrescentar um ato de humildade diante de meu país. As pessoas estão cons-

Currículo Pyotr Pavlensky, 29, pregou o seu saco escrotal com um martelo ao chão da praça mais famosa da Rússia em sinal de protesto contra a apatia geral. Antes de prendê-lo, a polícia o levou pa-

cientes do abuso, as coisas que os ferem, mas não fazem nada. Você falou com os médicos sobre as consequências de seu ato? Eu não vi nada de errado

duas vezes mais intensos. ra o hospital. Na segunda-feira, a Justiça rejeitou as acusações contra ele. O Metro Internacional falou com o jovem que se atreveu a fazer este protesto ousado e impressionante.

Como você se preparou? Eu pensei muito na minha roupa. Tentei me despir rapidamente. Eu tinha que ter certeza de tirar tudo em menos de 40 segundos. Caso contrário, a façanha teria falhado.

com a minha saúde. Você entende, não ia pregar o meu olho! Quando eu estava pregando o meu saco escrotal não senti medo, mas quando eu estava me preparando, senti que meus medos e fobias eram

Deve ter sido muito difícil pregar seus genitais, não? O medo é um sentimento natural. A única coisa que importava era não pegar uma veia. Eu não queria transformar o protesto em uma sangria. METRO


|26|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CONSUMO

+ é o que há!

Onda geek Figuras Pop! Os Vingadores Preço sugerido R$ 69,90 cada www.lojamundogeek.com.br

PLUS

Pop e divertido. Das HQs e filmes para itens como camisetas e canecas, insígnias de heróis e vilões dominam o comércio online e agradam tanto fãs antigos quanto novatos

Rádi Ba a DC C ic Preço sugerido R$ 85 www.furianerd.com.br

C ca e he i DC C ic Preço sob consulta www.wondercakes.com.br

X ca a de ce a a Superman Preço sugerido R$ 76,90 (kit com 8 peças) www.lojamundogeek.com.br

Ca i e a Vade S a Wa Preço sugerido R$ 79 (Cupom de desconto 20%: METROUCVFV4P3) www.linuxmall.com.br

Ca ci ha Ba a DC C Preço sugerido R$ 39,90 www.studiogeek.com.br

S i a a ce a iPh e e Superman e Wonder Woman Preço sugerido R$ 39,90 cada www.furianerd.com.br

ic

Ca i e a Fe i i a Superman Preço sugerido R$ 79,90 www.studiogeek.com.br

B e a a iad Preço sugerido R$ 3,90 cada www.redbug.com.br

Na TV

Inspiração nerd A série “The Big Bang Theory”, que está na sétima temporada, tem colaborado para o sucesso do universo geek. Na foto, o personagem Sheldon Cooper com sua camiseta do The Flash.

M e i e he i DC C ic Preço sugerido R$ 21,90 cada www.lojamundogeek.com.br

Ca i e a B ea i g Bad Preço sugerido R$ 49,90 www.nerdstore.com.br

F e de id D Preço sugerido R$ 15 cada www.osegredodovitorio.com.br


|28|

2 CULTURA

‘Ghost’

Agora na TV Sucesso em 1990 com Demi Moore e Patrick Swayze (foto), o longa sobre amor além da vida será adaptado em formato de série.

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Allen equilibra comédia e drama em ‘Blue Jasmine’ Estreia amanhã. Cate Blanchett interpreta socialite falida em busca de nova ascensão no 43º longa do diretor Em “Blue Jasmine”, que estreia amanhã, Woody Allen acompanha a decadência e possível ascensão de uma socialite nova-iorquina vivida por Cate Blanchett. Diferentemente de outros trabalhos do diretor, que costuma distinguir bem comédias de dramas, a 43ª produção da carreira dele transita bem justamente pelos dois gêneros. Ao longo da projeção, Allen destila uma série de personagens paranoicos e problemáticos, cada um à sua maneira. A Jasmine de Blanchett não para de falar e de se entupir de antidepressivos após ter ido à bancarrota com a prisão e suicídio do marido corrupto (Alec Baldwin). Para se reencontrar, ela vai morar com a irmã Ginger (Sally Hawkins), uma caixa de mercearia, em São Francisco.

A graça não se dá exatamente da diferença de classes, mas da forma como cada uma vê o mundo. Apesar de começar a trabalhar e estudar, o que mais Jasmine quer é repetir a sua própria história – mesmo que errática – e encontrar outro ricaço disposto a bancá-la. Enquanto isso, Ginger só consegue se relacionar com tipos classificados pela irmã como “perdedores” e passa a rever suas decisões a partir do olhar de Jasmine. O que Allen expõe no filme é o conflito entre aparência e essência e como lidamos de formas diferentes com essas facetas. Pode não encantar tanto quanto um “Meia-Noite em Paris” (2011), mas deixa o espectador com muito mais o que pensar após deixar a sala escura. METRO

Atuação de Cate Blanchett se destaca em ‘Blue Jasmine’ | DIVULGAÇÃO


|30|

Pegando fogo com Jennifer Lawrence Estreia amanhã. Agora com um Oscar em mãos, atriz retorna ao papel de heroína no segundo episódio da franquia ‘Jogos Vorazes’ Muito mudou na vida de Jennifer Lawrence desde que estrelou “Jogos Vorazes” no início do ano passado. De lá para cá houve um Oscar de melhor atriz, por “O Lado Bom da Vida”, e um corte de cabelo joãozinho que está dando o que falar. “Estou tal como uma gata pós-pet shop: tão insegura! Preciso do máximo de reforço positivo que eu possa conseguir”, diz ela ao Metro Jornal a respeito da novidade. Frases como essa ajudaram-na a se tornar a superestrela mais adorável do momento. É com essa fama que ela protagoniza “Em Chamas”, o segundo episódio da adaptação da saga literária de Suzanne Collins, que estreia amanhã nos cinemas. No longa, a atriz é Katniss Everdeen, habitante de um mundo distópico prestes a entrar em revolução. No longa anterior, ela saiu vencedora dos temidos “Jogos Vorazes”, em que jovens de diferentes distritos são obrigados a lutar entre si até a morte. Dessa vez, em turnê devido à vitória, Katniss se vê como gatilho das transformações que podem derrubar a Capital. Esse fator faz com que a franquia esteja repleta de mensagens, mesmo sendo puro entretenimento. “Esse

“Estou tal qual uma gata póspet shop: tão insegura! Preciso do máximo de reforço positivo que conseguir [sobre o novo cabelo].” JENNIFER LAWRENCE, ATRIZ

papel representa o perigo de uma oligarquia privilegiada com mais contundência do que qualquer coisa que eu tenha visto em muito tempo”, diz Donald Sutherland, que vive o presidente-vilão Snow. Outra colega de cena de Lawrence, Elizabeth Banks adora o fato de ter uma “protagonista durona e mulher”. “Estou nessa estrada há mais tempo e sei que há muitos papéis de namoradas e de esposas por aí bem menos interessantes do que Katniss”, diz. Enquanto isso, Lawrence teme ser julgada por sua normalidade acachapante. “Passei a noite pensando que todo mundo vai se encher das coisas malucas que falo. Então fiz um esforço para amadurecer.” E funcionou? “Não”, responde ela aos risos. METRO INTERNACIONAL

Novos personagens da franquia

Finnick Odair (Sam Caflin)

Johanna Mason (Jenna Malone)

É um atraente e ágil ex-competidor dos Jogos que usa sua aparência para conseguir o que quer. METRO

Vencedora dos Jogos Vorazes, a personagem é hábil com um machado e tem talento especial para o drama. METRO

1 2

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Lawrence volta a viver Katniss Everdeen em ‘Jogos Vorazes: Em Chamas’ | DIVULGAÇÃO


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

|31|◊◊

‘Tatuagem’ vê contracultura sob viés afetivo Estreia amanhã. Roteirista renomado, Hilton Lacerda estreia na direção em longa que revive grupo teatral pernambucano dos anos 1970

Jesuíta Barbosa e Irandhir Santos em cena do filme dirigido por Hilton Lacerda | FLÁVIO GUSMÃO/DIVULGAÇÃO

Roteirista de longa data de filmes pernambucanos, Hilton Lacerda encontrou em “Tatuagem” o projeto certo para sua estreia solo na direção, já experimentada com Lírio Ferreira em “Cartola – Música para os Olhos”. “Tenho uma parceria de muita cumplicidade com os outros [diretores], mas chega um momento em que você quer que as coisas sejam o mais próximo do que você escreveu”, diz. Para o diretor, “Tatuagem”, que estreia amanhã, é seu projeto mais pessoal e afetivo. Ainda assim, não sinaliza uma guinada exclusiva dele rumo à direção. Situado em 1978, em meio à ditadura militar, o longa retrata uma trupe chamada Chão de Estrelas, que busca trazer para o dia a dia os ideais libertários vividos na arte. “Quis fazer uma reconstrução daquelas ideias, e não uma recriação”, afirma Lacerda, que se inspirou livremente na atuação do grupo de teatro Vivencial, no mesmo período, também no Recife. No centro do conjunto está Clécio (Irandhir Santos), que se envolve com o jovem soldado Fininha (Jesuíta Barbosa), provocando ciúmes em Paulete, seu antigo affair (Rodrigo Garcia). “Irandhir tem uma sagacidade e uma devoção do cor-

“É meio triste que as questões do filme continuem no forno.” IRANDHIR SANTOS, ATOR

po em relação ao personagem que admiro muito”, pontua o diretor. Não à toa, a atuação dele levou um dos quatro prêmios do filme no último Festival de Gramado, entre eles o de melhor longa. Santos, que também viveu um “agitador cultural” no longa mais recente de Cláudio Assis (“Febre do Rato”), diferencia os dois personagens. “Zizo tinha um sentimento de solidão. Já Clécio é o oposto. Ele tem um senso de coletividade muito forte”, diz. Esse aspecto é o aspecto do personagem que mais marca o ator. “Quando eu estava estudando [teatro], o que mais queria era pertencer a um grupo, mas a maior parte das coisas aconteciam por projeto. Isso era muito frustrante.” “O filme me deixa esperançoso por apontar o que as pessoas queriam de futuro, mas é meio triste que as questões levantadas por ele continuem no forno”, lamenta o ator. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Cinema. Longa narra jornada multicultural de adolescente Primeiro longa de María Florencia Álvarez após uma carreira muito premiada de curtas, “Habi, a Estrangeira” mostra a incursão inesperada da jovem argentina Analía pelo universo da cultura muçulmana. Seduzida pela possibilidade de viver um mistério, a adolescente decide assumir uma nova identidade: Habi. O longa, que foi exibido na Mostra de São Paulo, é uma coprodução entre Argentina e Brasil. METRO

Martina Juncadella protagoniza ‘Habi’ | DIVULGAÇÃO


|32|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CULTURA

Ocupações Satyrianas Arte. Tradicional festival na região da praça Roosevelt chega à 14a edição com exibição ao vivo de espetáculos de outros países em telões Um dos principais eventos artísticos da cidade, o Satyrianas começa hoje levando dezenas de espetáculos teatrais, shows, filmes e outras atividades a alguns pontos do centro de São Paulo. A abertura acontece às 18h, em diferentes espaços, com apresentações dos grupos Show Escola de Samba – Conexão Balanço, Taikô, WOOP’Z e Fábrica de Ani-

mais. Às 23h tem a Gambiarra, festa oficial do evento, no Grand Metrópole. Uma das novidades do Satyrianas é o projeto Conexões Internacionais, que vai transmitir via internet e exibir em telões espetáculos de outros países. Haverá ainda exposições, sarau, discotecagens e o Satyrianinhas, com teatro infantil, entre outros eventos.

O festival celebra também os 25 anos do Grupo Satyros, responsável por organizar o Satyrianas. METRO Serviço Na pça. Roosevelt. Das 18h de hoje às 23h59 de dom. Ingresso: pague quanto puder. Programação completa em satyros.com.br/satyrianas.

Luis Miranda e Gero Camilo no espetáculo ‘Aos Baianos e Novos Caetanos’, que integra a programação | DIVULGAÇÃO

Em destaque

Cinema. Longas do Festival do Rio chegam amanhã a SP

Veja algumas atrações imperdíveis apresentadas durante as 78 horas do festival Satyrianas deste ano: Peça “Inferno na Paisagem Belga”. No Satyros I. Hoje, às 20h.

Com a decisão da Mostra de Cinema de São Paulo de exibir apenas títulos internacionais inéditos no país, os cinéfilos da capital perdem títulos importantes pinçados pelo Festival do Rio. A lacuna será preenchida de amanhã até o dia 28 no Cinesesc, onde a mostra carioca apresenta 32 filmes de sua seleção. Boa parte dessa leva é composta por documentários, como “O Espírito de 45”, de Ken Loach (amanhã, às 14h30), e “Sacro Gra”, premiado no Festival de Veneza (amanhã, às 17h), mas há ainda espaço para a cópia restaurada do clássico do expressionismo “Dr. Mabuse” (1921), de Fritz Lang (dia 22, às 21h) e retrospectivas dos cineastas Ulrike Ottinger e Claire Simon. Confira a programação completa no site sescsp. org.br. METRO

Fi e Sa ia a Horas em 78 Minutos”. Na Matilha Cultural. Hoje, às 20h16. Sh A Baia e Novos Caetanos’”. Na Tenda Sensorial da pça. Roosevelt. Sex., às 23h. Pe f a ce a ica de A e a d a D i g e Guizado e Karina Buhr. No MIS-SP, como parte da Mostra Hors Pistes. Sex., às 19h. Peça U S C a ad no Céu da Boca”. Na Tenda Teatro da praça Roosevelt. Sáb., às 14h30.

Foto de manifestações leva 58a edição do Prêmio Esso

Cena do documentário ‘O Espírito de 45’, que integra mostra de filme do Festival do Rio | DIVULGAÇÃO

Em um ano conturbado por manifestações e quebradeiras em todo o país, uma foto emblemática entre polícia e manifestante foi escolhida a melhor na categoria da 58a edição do Prêmio Esso. “PM Ferido Afasta Agressores”, de Victor Dragonetti Tavares, o Drago, foi feita para o jorna “Folha de S.Paulo” durante os protestos de junho na capital, quando a população pedia a diminuição da passagem do transporte público. A imagem mostra o policial mi-

litar ferido na cabeça, imobilizando um manifestante e apontando uma arma em direção a um grupo que havia acabado de agredi-lo. Já os jornalistas José Luís Costa, Humberto Trezzi, Marcelo Perrone e Nilson Mariano, do jornal “Zero Hora”, conquistaram o prêmio principal com a reportagem “Os Arquivos Secretos do Coronel do Doi-Codi”, baseada nos arquivos do coronel da reserva do Exército Julio Miguel Molinas Dias, do Rio de Janeiro, nos anos

1980, morto em tentativa de assalto em Porto Alegre, em 2012. O Prêmio Esso de Telejornalismo ficou com a equipe da Rede Record pela reportagem especial “As Crianças e a Tortura”. O prêmio de reportagem foi para Roberto Kaz, José Casado e Glenn Greenwald, com “Na Mira dos EUA”, publicado no jornal “O Globo”. Os premiados serão homenageados no dia 4 de dezembro durante um jantar no Rio de Janeiro. METRO


|34|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Lira Paulistana através dos tempos FOTOS: DIVULGAÇÃO

Estreia amanhã. No embalo da chegada aos cinemas do documentário ‘Lira Paulistana e a Vanguarda Paulista’, o Metro Jornal reuniu filhos de personagens do histórico teatro dos anos 1980 que herdaram a vocação artística

Porta de entrada do lendário Lira Paulistana

Um dos mais prolíficos e cultuados espaços culturais de São Paulo, o Lira Paulistana ganha uma justa homenagem a partir de amanhã com a estreia nos cinemas do documentário “Lira Paulistana e a Vanguarda Paulista”. A direção do filme é de Riba de Castro, um dos cinco fundadores do espaço cultural, que foi atrás dos amigos para recuperar imagens, fotos e lembranças do lugar que deu luz a algumas das principais bandas da década de 1980. “Busquei mostrar a importância do lugar, que foi um catalisador de toda aquela agitação política e cultural que tomava a cidade na época”, explica. Em pouco mais de uma hora, nomes como Marcelo Tas, Maurício Kubrusly, Fernando Meirelles, Luiz Tatit, Ná Ozetti, Kid Vinil, Wandi Doratiotto e Nelson Ayres, entre tantos outros, dão depoimentos com lembranças e causos acontecidos no teatro localizado na rua Teodoro Sampaio, em Pinheiros, entre 1979 e 1986 – tudo intercalado por fotos e vídeos raros da época. É possível ver os jovens Titãs do Iê Iê, Ultraje a Rigor, Inocentes, Premeditando o Breque, Rumo, Itamar Assumpção, Paranga e vá-

“Estar na frente da praça Benedito Calixto, no meio do caminho entre a USP e a PUC, foi fundamental para atrair a moçada”

Show dentro do Lira Paulistana

RIBA DE CASTRO, DIRETOR

rios outros que são referência quando o assunto é Lira Paulistana. “A importância do Lira está no resultado, não só na música, mas culturalmente: no jornal que criamos, nas artes plásticas e nas ocupações de espaço público que fazíamos na época”, diz Castro, lembrando algumas vezes que foi preciso levar os artistas da casa para espaços maiores, como praça Benedito Calixto. Outro ponto marcante foi o legado. Além de ser influência para muitos músicos que vieram depois, a “turma do porão“ se tornou referência para alguns de seus próprios filhos, que hoje trilham o caminho dos pais e levam nas veias um pouco da efervescência cultural do Lira Paulistana.

Ensaio ‘sensual’ do Língua de Trapo

Lançamento do icônico disco ‘Beleléu’

Homenagem a Elis

PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

FILHOS DO LIRA Lia Marques Filha dos líderes do Grupo Paranga, Negão dos Santos e Renata Marques, a cantora acaba de lançar seu primeiro álbum, “Se Perfume Tivesse Cor, a Rosa Seria Beija-Flor”.

Danilo Moraes Filho de Wandi Doratiotto, do grupo Premeditando o Breque (Premê), é um dos destaques da nova safra de compositores e lançou recentemente o álbum “Danilo Moraes e os Criados Mudos”. Camilo Frade Filho de Nhô Lambis, do Grupo Paranga, ele tem apenas 16 anos e já lançou seu primeiro disco, “Por que Nós?”. Luz Marina Filha de Alzira Espíndola, lançou este ano seu primeiro disco, homônimo, financiado coletivamente por crowdfunding.

Cartaz de show do Grupo Um

Show na praça Benedito Calixto

Iara Rennó Filha de Alzira Espíndola e Carlos Rennó, lançou este ano seu primeiro disco, “I A R A”.

Tulipa Ruiz Filha de Luiz Chagas, guitarrista do Isca de Polícia, banda que acompanhava Itamar Assumpção, ela é hoje um dos principais nomes da nova música brasileira. Anelis Assumpção Filha de Itamar Assumpção, se dedica à música e a projetos culturais. Lançou em 2011 o disco “Sou Suspeita Estou Sujeita Não sou Santa”. Serena Assumpção Irmã de Anelis, é produtora cultural e também cantora. Já gravou e fez shows ao lado de músicos como Arnaldo Antunes, entre outros.

Livro do selo do Lira

Turma na escadaria do Lira


|36|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CULTURA} O Metro indica

Show Blubell. A cantora apresenta as canções de seu recém-lançado terceiro disco, “Diva É a Mãe”. No Sesc Pompeia (r. Clélia, 93, tel.: 3871-7700). Dom., às 19h. R$ 16.

homenagem ao músico capixaba Sérgio Sampaio seguida pela Festa Odara. No Memorial da América Latina (av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, tel.: 38234600). Dom., às 19h. R$ 20. Roberta Gomes. A vocalista da banda Os Opalas apresenta músicas de seu primeiro álbum solo, “O Meu Lugar”. No Grazie a Dio (r. Girassol, 67, tel.: 3031-6568). Amanhã, às 21h. R$ 30.

Teatro Lirinha. O ex-vocalista do Cordel do Fogo Encantado apresenta o show LIRA, cheio de guitarras, teclados e psicodelias. Na Funarte (al. Nothmann, 1.058, tel.: 3662-5177). Dom., às 18h. R$ 10.

Quadro sai por US$ 142,4 mi em leilão recorde O valor alcançado anteontem pelo tríptico “Três Estudos de Lucian Freud” (1969), de Francis Bacon (1909-1992), fez com que a obra de arte se tornasse a mais cara já arrematada na história dos leilões ao superar os US$ 119,9 milhões conquistados por “O Grito”, de Edvard Munch, em maio do ano passado. | CHRISTIE’S IMAGES LTD/REUTERS

Marina Lima. A cantora apresenta seus sucessos na turnê “Maneira de Ser”. No Tom Jazz (av. Angélica, 2.331, tel.: 3255-3635). Amanhã e sáb., às 22h. R$ 120. Circo Paratodos. Os artistas Gustavo Galo, Juliano Gauche e Tatá Aeroplano fazem

‘White Rabbit, Red Rabbit’. Denise Del Vecchio (foto), Maria Fernanda Cândido e Celso Frateschi são alguns dos 20 atores que se revezam de forma aleatória nas sessões do espetáculo. No Teatro Ágora (r. Rui Barbosa, 672, tel.: 3284-0290). Qui., sex., sáb., às 21h; dom. às 20h. R$ 40.

Dança ‘Para seu Governo’. A Caleidos Cia. de Dança reflete no palco sobre os paradoxos da sociedade de consumo. No Instituto Caleidos (r. Mota Pais, 213, tel.: 3021-7510). De hoje até sáb., às 20h; dom., às 19h.

TV ‘A Banda de Casamento’. A série tem Brian Austin Green (de “Barrados no Baile”) como o protagonista Tommy, baixista de uma banda em busca do sucesso. No TBS, hoje, às 22h05.

Festa XXXPerience. A tradicional festa de música eletrônica chega a sua 17a edição. Na Arena Maeda (rod. do Açúcar, km 18,6, tel.: 40098888). Das 20h de sáb. às 12h de dom. De R$ 115 a R$ 225.


|38|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Na ponta do lápis Antonio Donato

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO: GARIMPANDO A MENOR TAXA

Cruzadas

Ao ler a reportagem do Metro Jornal de ontem “Donato diz que foi alvo de uma ação orquestrada”, fiquei na dúvida: orquestrada por quem? Acredito que ele deve ter se sentido muito mal em receber R$ 20 mil por mês. Quem não deve, não teme, em minha opinião. Se ele saiu, é porque alguma coisa deve. MARIA VIEIRA - SÃO PAULO, SP

Menor é melhor, lógico! As taxas de juros do financiamento imobiliário oferecido no âmbito do SFH costumam oscilar entre 8% (0,64% ao mês) e 12% ao ano (0,95% ao mês). Com a queda recente dos juros básicos brasileiros, vários bancos reduziram suas taxas e já há instituições com taxas inferiores a 8% ao ano (resguardadas as condições de bom relacionamento de cada cliente com seu banco).

USP O quadro deixado pelos estudantes da USP após 42 dias de ocupação da reitoria é chocante, pelo o que vi no Metro Jornal de ontem. Não tiro o direito de reivindicarem melhorias, mas a forma como foi feita é condenável. Vandalismo é crime. O ideal seria que esses responsáveis fossem identificados e os gastos com esses estragos saíssem dos seus próprios bolsos, só então eles dariam valor ao local onde estudam.

Com que banco financiar? Considerando que o financiamento habitacional pelo Sistema Financeiro de Habitação é praticamente igual em qualquer instituição financeira, você não precisa fechar contrato com seu atual banco, não. Pesquise as taxas em pelo menos três instituições, e dê preferência àquela em que as porcentagens forem mais baixas (diferente da poupança, que paga igual em qualquer banco).

DENIS DOS SANTOS - SÃO PAULO, SP

Na ponta do lápis. Um móvel no valor de R$ 350 mil, dos quais R$ 280 mil tenham sido financiados em 360 meses pelo SAC (80% financiados com 20% de entrada), com juros anuais de 8% (cerca de 0,64% ao mês), custará o total de R$ 602 mil. Já com juros anuais de 12% (0,95% ao mês), custará nada menos que R$ 758 mil no total. Portanto, R$ 156 mil ou cerca de 26% a mais, uma enorme diferença!

Metro Pergunta

Taxa-relacionamento: mais baixa. Praticamente todos os bancos oferecem taxa mais baixa no empréstimo para clientes com quem têm “bom relacionamento” ou “reciprocidade bancária”. O titular de conta-corrente com pacote especial de serviços (e – melhor ainda – com conta-salário), terá taxa menor. Na Caixa Econômica Federal, a taxa-balcão era de 8,51% ao ano no início de 2013, caindo para 7,8% anuais para clientes com relacionamento. No Banco do Brasil, a taxa descia de 8,9% para 7,9%.

@alvarodiogo

A comercialização de 150 planos de saúde foi suspensa. Os serviços prestados são bons?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

É preciso investir pesado em saúde pública para diminuir cada vez mais as áreas de atuação destes péssimos planos privados.

Sudoku www.metrojornal.com.br

VOCÊ JÁ VISITOU O SITE DO METRO HOJE? 

Meno male. A taxa-relacionamento reduzida é um consolo para quem pretende tomar empréstimo imobiliário, já que praticamente todos os bancos “obrigam” os clientes do financiamento a serem também correntistas do banco, alegando que precisam da conta para fazer o débito automático. Mas... não poderiam dar carnê? Há questionamentos na Justiça a respeito, mas a questão é mesmo polêmica.

Acesse metrojornal.com.br e confira as reportagens em andamento que estão na área “Faça o Metro de Amanhã” na nossa página inicial. 

Compare o que interessa. Custo Efetivo Total ou CET é a taxa final que engloba todos os custos de um financiamento, não apenas amortização e juros, mas também seguros e tarifa de administração do contrato. Pesquise direito, pois um banco com menor taxa nominal pode ter um CET maior!

Aqui, você irá além dos comentários. Sua participação vai nos ajudar no desenvolvimento de reportagens que também serão publicadas – com a sua assinatura – na versão impressa do Metro. Para falar com a redação:

leitor.sp@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

A Lua está em seu signo, influência capaz de despertar envolvimento com assuntos de quem gosta. Atente-se para não intervir demais.

Temas envolvendo burocracias, justiça ou documentos tendem a tomar empenho nas finanças. Bom período para retomar contatos à distância.

Atente-se com empolgações ou posturas exageradas ao se expressar. Não são todos que possuem a sua disposição para certos assuntos.

Tenha uma atenção dobrada com suas finanças, especialmente para não ter contratempos por se dedicar a vários interesses juntos.

Propensões para expressar suas emoções de forma mais intensa e esclarecer assuntos íntimos com quem tem vínculo afetivo.

Uma conjunção entre Vênus e Plutão em seu signo recomenda cuidado com posturas extremas nas relações. Mudanças marcarão convivências.

Momento especial para esclarecer assuntos que envolvam amizades, mas com atenção para não agir de forma precipitada junto a elas.

Regente de seu signo, Vênus forma aspectos tensos no céu, o que requer um exercício de diplomacia e paciência nas relações mais íntimas.

Regente de seu signo, Urano está em aspecto tenso com Vênus, o que traz tendências para mudar hábitos diante de suas relações.

Mudanças marcarão a maneira de conviver com suas relações. Período em que deverá reconsiderar assuntos mal esclarecidos.

Bom momento para algumas arrumações nos ambientes que mais vive. Momentos mais tranquilos para o com o corpo e a saúde serão vitais.

Tendências para repensar sua convivência com grupos. Mudanças na direção de projetos serão mais frequentes no trabalho e em negócios.


|40|

SĂƒO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

3

DIVULGAĂ‡ĂƒO/CBRU

Seleção Brasileira de rugby 15 treina o ‘scrum’, formação de reinĂ­cio de jogo, antes de encarar os portugueses

ESPORTE

Tem Tupi no rugby Rugby 15. Brasil desafia a força de Portugal em amistoso que acontece amanhĂŁ, Ă s 20h, na Arena Barueri. Jogo, que tem entrada franca, ĂŠ chance para ter contato com o esporte A Seleção Brasileira de Rugby 15 terĂĄ amanhĂŁ, Ă s 20h, seu maior desafio na temporada. O amistoso diante de Portugal na Arena Barueri – e com entrada gratuita – ĂŠ um teste de fogo para os Tupis (como sĂŁo chamados os brasileiros), que ocupam o 34o lugar no ranking da IRB (International Rugby Board). Nossos patrĂ­cios, os Lobos, estĂŁo em 22o. “SerĂĄ difĂ­cil, mas queremos mais jogos como esse, pois temos de nos desenvolver e evoluirâ€?, disse o neozelandĂŞs Brent Frew, treinador do Brasil. A ideia de enfrentar uma

equipe com nĂ­vel tĂŠcnico superior com o intuito de melhorar o jogo brasileiro ĂŠ compartilhada pelo vice-presidente da Confederação Brasileira de Rugby, Werner Grau. “Eu acompanho os Lobos e podemos esperar um jogo difĂ­cil. E do Brasil vocĂŞs verĂŁo 100% de dedicação para

buscar a vitória�, garantiu. A partida marca ainda a estreia do novo uniforme nacional, que agora tem o símbolo do Tupi, e vai ao encontro a uma das tradiçþes do rugby, de buscar apelidos tradicionais de cada país. A rådio Bradesco Esportes FM e o canal SporTV 3 transmitem o duelo.

PLANETA OVAL

Pelo mundo Apesar de não ser familiar a muitos brasileiros, o rugby Ê o segundo esporte mais difundido no mundo, presente em 120 países, com mais de cinco milhþes de jogadores. Originårio da Inglaterra, tem como principais potências a Nova Zelândia, à frica do Sul, Austrålia e França, alÊm dos próprios ingleses. Na AmÊrica do Sul, os argentinos são os bichos-papþes da modalidade. Jå no Brasil, onde o esporte retornarå ao programa olímpico nos Jogos do Rio de Janeir em 2016, são cerca de 100 mil atletas e 200 agremiaçþes. METRO

LUIZ PIRES/FOTOJUMP/CBRU

DANIEL DANIELEWICZ Capitão da Seleção Brasileira de Rugby 15, Daniel Danielewicz, o Nativo, sabe que o time não terå vida fåcil diante dos portugueses. Em entrevista ao Metro Jornal, o atleta fala sobre o confronto. Qual Ê a expectativa para a partida? Vai ser um jogo muito duro, atÊ porque eles são melhor ranqueados, jogam com time permanente que atua na liga inglesa, têm uma equipe muito preparada. Mas vamos sem medo. Qual Ê o atual momento da Seleção Brasileira? O esporte Ê amador no Brasil, mas os atletas são muito comprometidos e dedicados. Não tivemos um ano muito bom e trabalhamos dia a dia para melhorar o nível. E, para isso acontecer, queremos jogar sempre contra os melhores para testar nossa força. METRO Anålise

Tupis x Lobos PRINCIPAIS ELEMENTOS O CAMPO De preferĂŞncia, em grama, mas a e f cie a bĂŠ de e e areia, barro, neve ou grama artiďŹ cial

In Goal

A BOLA Feita de couro ou a e ia i ĂŠ ic In Goal

5,6 m 3m

Felipe Massa O piloto brasileiro farĂĄ sua penĂşltima corrida pela Ferrari, domingo, Ă s 17h (horĂĄrio de BrasĂ­lia), no GP dos Estados Unidos. Em 2014, o paulistano vai correr pela Williams. Depois da corrida americana, a temporada 2013 da FĂłrmula 1 faz sua Ăşltima parada em Interlagos, dia 24, no GP do Brasil. O tĂ­tulo, porĂŠm, jĂĄ tem dono: Sebastian Vettel, da Red Bull.

Febol americano

144 m Comprimento mĂĄximo

EQUIPAMENTOS OBRIGATĂ“RIOS Ca i e a ca çã eia e ch ei a J gad e podem utilizar caneleiras, tornozeleira, luvas (sem dedos), protetor de ombro, protetor bucal, capacete exĂ­vel, bandagens e ďŹ tas para proteção

DIFERENÇAS ENTRE RUGBY 15 E SEVENS Rugby 15 É a da idade ai tradicional do rugby, a forma mais disputada do esporte Sã a ea e i e É di ad e d i e de 40 minutos O c e i a ea U a fa a g a e Ê ida cartão amarelo, que deixa o jogador fora de campo por 10 i O e e h a icad por reincidência ou falta gravíssima, expulsa o jogador

BOLA A b a de f eb a e ica ĂŠ igei a e e dife e e da ada gb A ĂŠ d f a ĂŠ e ai d a e ai e e



3,4 m

70 m Largura mĂĄxima

FĂłrmula 1

RUGBY X FUTEBOL AMERICANO

Rugby Sevens É a da idade ica e estarĂĄ presente nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016 SĂŁ e e a e a e i e É di ad e d i e de sete minutos (nas ďŹ nais, cada etapa tem 10 minutos) O c e ĂŞ a ea U gad id c amarelo desfalca sua equipe d a ed i i O e eh e c i a e ad campo de jogo

E  Enquanto 15 atletas (ou sete) jogam o rugby, o futebol americano conta com 11 E AMENTOS Em vez das proteçþes exíveis do rugby, no futebol americano são usadas proteçþes rígidas. Capacetes são obrigatórios TEMPO DE JOGO No futebol americano são quatro tempos de 15 minutos PASSES É permitido dar um passe para a frente com as mãos. No rugby, os passes são para o lado ou para trås

Em busca de voos mais altos, a Seleção Brasileira de Rugby vai encarar Portugal pela primeira vez na história. O duelo vale pontos para o ranking mundial, onde o Brasil ocupa a 34ª colocação, 12 abaixo dos portugueses. Um jogo inÊdito, desafiante e motivador para o esporte que tem atraído a atenção dos brasileiros e que agora se coloca à prova contra uma equipe recheada de atletas profissionais – e com a experiência de uma Copa do Mundo. Sonhos que a cada dia parecem mais próximos para nossa seleção, que jå foi escalada para o duelo com um time bastante jovem. O Brasil aproveita para estrear sua nova camisa com o símbolo Tupi. O espírito guerreiro da tribo que mais resistiu à colonização portuguesa não poderia vir em melhor hora. BRUNO ROMANO Editor-chefe da revista Rugbier e comentarista do BandSports


|42|

{ESPORTE}

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

Uruguai e México se aproximam da Copa Repescagem. Seleções goleiam e deixam classificação para o Mundial encaminhada

Cavani deixou sua marca na goleada do Uruguai | BUDA MENDES/GETTY IMAGES

Peralta marcou dois gols na vitória do México | EDGARD GARRIDO/REUTERS

Uruguai e México praticamente confirmaram presença na Copa do Mundo de 2014 ontem, na primeira rodada da repescagem mundial. Os países golearam, respectivamente, Jordânia e Nova Zelândia e estão muito próximos de se juntarem às 21 equipes já classificadas. Disputando a repescagem pela quarta vez seguida, os sul-americanos foram os primeiros a entrar em campo. Em Amã, capital do país asiático, a Celeste não deu chance aos anfitriões: goleou por 5 a 0. Na quarta-feira que vem os times se enfrentam novamente, desta vez, em Montevidéu. Em casa, os mexicanos não tiveram dificuldades com a Nova Zelândia e venceram o país da Oceania por

5 a 1, na Cidade do México. No dia 20, a partida de volta acontece em Wellington. Europa e África Oito seleções europeias iniciam amanhã a batalha pelas últimas quatro vagas no continente – nove países já se classificaram. Às 17h45 (de Brasília) jogam Portugal x Suécia, Ucrânia x França e Grécia x Romênia. Às 15h, Islândia x França. As partidas de volta são na terça-feira. As cinco vagas na África serão decididas entre sábado e terça-feira. No sábado, jogam Nigéria x Etiópia (13h) e Senegal x Costa do Marfim (17h). Domingo é a vez de Camarões x Tunísia (12h). Na terça, jogam Egito x Gana (14h) e Argélia x Burkina Fasso (16h15). METRO

Fúria: vermelha por inteiro A Seleção Espanhola apresentou ontem o uniforme que usará na Copa do Mundo de 2014. Feito pela Adidas, o conjunto tem calção vermelho em vez do tradicional azul. Xabi Alonso (14), Iniesta (6) e Pedro (11) foram alguns dos ‘modelos’. | SERGIO PEREZ/REUTERS


|44|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Peixe encara o Bahia sonhando com o G-4 Reforçado. Atacante Thiago Ribeiro e lateral-direito Cicinho estão de volta à equipe hoje

Gilson Kleina chegou ao Palmeiras em setembro de 2012 | CESAR GRECO/FOTOARENA

Kleina. Renovação fica para depois do título Após a recusa do técnico argentino Marcelo Bielsa, a diretoria do Palmeiras colocou a renovação de Gilson Kleina como prioridade. Mas a decisão ficou para a próxima semana. Isso porque o comandante alviverde pediu para que as negociações fossem retomadas somente após o Verdão confirmar o título da Série B. Para isso, basta que o time apenas empate com o Boa Esporte, sábado, no Pacaembu.

“Tivemos uma rápida reunião. Mas por opção minha preferi deixar as coisas para serem resolvidas depois que o titulo for conquistado”, afirmou Kleina. O discurso foi acompanhado pelo diretor executivo Luiz Carlos Brunoro. “Nós tivemos uma conversa, entre a diretoria e o departamento de futebol, mas foi uma coisa rápida, e não ficou nada definido. Ainda é assunto interno e não temos nenhuma novidade para divulgar.” METRO

Thiago Ribeiro está confirmado na linha de frente | IVAN STORTI/DIVULGAÇÃO SANTOSFC

Embora as chances sejam pequenas, o Santos segue sonhando com um lugar no G-4 e na Taça Libertadores de 2014. Para isso, é fundamental vencer o Bahia, hoje, às 19h30, no Pacaembu, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O alvinegro soma 45 pontos. “Matematicamente temos chances, como outras equipes também sonham com isso. Temos de tentar vencer os cinco jogos. Fazer a nossa parte. No resultado dos outros times não podemos fazer nada. Vamos buscar esses 15 pontos nos últimos jogos para sonhar com a vaga”, disse o atacante Thiago Ribeiro, que volta à equipe após se recuperar de um edema na coxa esquerda. Além do camisa 9, o lateral-direito Cicinho retorna

SANTOS

BAHIA

Estádio. Pacaembu, às 19h30 Ta i ã Rádio Bandeirantes

ao time titular. Já o atacante Willian José está vetado por conta de uma torção no tornozelo esquerdo – mesma lesão que tirara Cicinho de combate. Assim, o Peixe de Claudinei Oliveira deve entrar em campo hoje com a seguinte formação: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson Palmieri; Alison, Arouca, Cícero e Montillo; Geuvânio e Thiago Ribeiro. METRO


|46|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Tricolor bate Flamengo e ganha fôlego pelo G-4 Guilherme anotou o gol corintiano

| GERALDO BUBNIAK/FOTOARENA

Sobe! Vitória sobre os cariocas por 2 a 0 deixa São Paulo na 7a colocação, com 49 pontos

20

Embalo. Corinthians engata a segunda

01 CORITIBA

CORINTHIANS

Há tempos o torcedor corintiano não via seu time ganhar duas partidas seguidas. Mas, depois de bater o Fluminense na rodada do fim de semana, o Timão visitou o Coritiba e trouxe mais uma vitória na bagagem: 1 a 0, com gol anotado por Guilherme. Com Pato de titular no ataque, ao lado de Emerson e Romarinho, o Corinthians

foi montado para explorar o nervosismo do Coritiba, que ainda luta para se safar da zona do rebaixamento. E, apesar de o goleiro Walter sido obrigado a realizar excelente defesa em cabeçada de Julio Cesar, o Timão teve mais volume de jogo e criou boas oportunidades de abrir o placar. Na volta do intervalo, o alvinegro foi mais efetivo. Chegou lá aos 19 minutos com o volante Guilherme, que recebeu passe de Romarinho na entrada da área e, livre, encheu o pé para anotar o gol da vitória. METRO

SÃO PAULO

Ceni anotou o gol que abriu caminho para vitória

| MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS

FLAMENGO

A sequência são-paulina no Brasileiro foi interrompida no último jogo, com a derrota para o Atlético-PR. Mas, se tem algo que o Tricolor de Muricy Ramalho mostrou ser capaz nesse campeonato, é reagir. E, ontem, o time deu mais uma prova disso. Diante do Flamengo, em Itu, a equipe venceu por 2 a 0, chegou aos 49 pontos e, sim, segue vivo na briga por uma vaga no G-4. Nenhum dos times tinha grandes ambições no duelo, mas nem por isso deixaram de disputar cada jogada. Até demais. Em jogo bastante truncado, em que a marcação

se sobressaiu ao ataque, as chances de gol foram poucas. A mais perigosa saiu dos pés do goleiro Rogério Ceni, que cobrou falta que passou muito perto do gol. Na etapa complementar, no entanto, o capitão foi para as redes. Logo aos três minutos, Luis Fabiano foi derrubado na área por Elias e o árbitro anotou pênalti. Ceni se apresentou para a cobrança e converteu – deixando no passado os últimos quatro erros em penalidades. Depois disso, o Flamengo se lançou ao ataque em busca do empate. E deu trabalho para o camisa 01 são-paulino, que segurou o ímpeto rubro-negro. Mas o Tricolor queria mais. E conseguiu. Aos 16, Ganso deu lindo passe para Ademilson, que só tirou do goleiro para ampliar o placar. METRO


|48|

SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Brasileirão 35ª rodada

SÁBADO 19h30

X BOTAFOGO

ATLÉTICO-PR 21h

X CORITIBA

CRICIÚMA

DOMINGO 17h

X FLUMINENSE

SÃO PAULO 17h

X CORINTHIANS

VASCO 17h

X VITÓRIA

SANTOS

Tudo azul Jogadores do Cruzeiro fazem a festa no gramado do Barradão, após triunfo sobre o Vitória | DUDU MACEDO / FOTOARENA

17h

X CRUZEIRO

PONTE PRETA 19h30

X GRÊMIO

FLAMENGO 19h30

X GOIÁS

INTER 19h30

X NÁUTICO

BAHIA 19h30

X PORTUGUESA

ATLÉTICO-MG

Série B 36ª rodada SÁBADO 16h20

X PALMEIRAS

B BOA

ESPORTE CLUBE

BOA ESPORTE

É tri. Cruzeiro supera Vitória por 3 a 1 e conquista o Campeonato Brasileiro com quatro rodadas de antecedência. Troféu, que vai se juntar aos de 1966 e 2003, deve ser entregue no duelo contra o Bahia, na 37ª rodada, no Mineirão O Cruzeiro precisou de apenas 45 minutos para sacramentar o título antecipado do Campeonato Brasileiro. Independentemente do triunfo parcial por 1 a 0 sobre o Vitória, construído com gol do atacante Willian aos 35 minutos, a Raposa já teve o 2º tempo de campeão. Isso porque o Atlético-PR perdeu para o Criciúma, em Santa Catarina – o jogo terminou no intervalo de Vitória x Cruzeiro. Assim, os mineiros poderiam até perder no Barradão que, mesmo assim, o tri estava garantido. Talvez esse seja o motivo da bobeada no início do 2º tempo de um time que sobrou em todo o nacional. Após falha na saída de bola da defesa azul, o rubro-negro baiano chegou à igualdade com o atacante Dinei aos 5 minutos.

13 VITÓRIA

CRUZEIRO

A fatura já estava liquidada, não era preciso esforço. Mas o Cruzeiro queria a vitória. Julio Baptista – talvez o nome mais badalado do time, mesmo no banco – pôs o time na frente aos 25 minutos do 2º tempo. Ricardo Goulart fechou o caixão aos 35. Dez anos após se tornar o primeiro campeão brasileiro da era dos pontos corridos, a Raposa voltou a dominar o futebol brasileiro, após conquistar a coroa em 1966 e 2003. Se não teve nomes do quilate de Ronaldinho Gaúcho, do rival Atlético-MG, a Raposa teve a eficiência para assegurar, com sobras, o tri. METRO

“Estamos muito felizes, um grupo que deu tudo de si e conseguiu conquistar um título que parecia ser algo inalcançável”

RAIO X DA RAPOSA Vitórias Empates Derrotas

PONTOS

23 5 6

74

GOLS MARCADOS

72 GOLS SOFRIDOS

30

MARCELO OLIVEIRA, TÉCNICO Artilheiro

BORGES

10

GOLS

“Não tenho nem palavras. Chegar de fora e conquistar um título como esse, é para ficar gravado mesmo na nossa memória”

“Tenho mais um ano de contrato e estou muito feliz no Cruzeiro. Quero continuar para disputar também a Libertadores aqui nesse clube”

JULIO BAPTISTA, MEIA

BORGES, ATACANTE

APROVEITAMENTO

72,5%


20131114_br_metro sao paulo