Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

FLÁVIO TAVARES/FOLHAPRESS

AMÉRICA

EMPATE NO FIM 1 X 1 FOI “PUNIÇÃO” PÁG. 16

CRUZEIRO

HOJE TEM!

LÍDER PEGA OUTRO DESESPERADO PÁG. 16

ENTRE AMIGOS LUNA LUNERA INAUGURA TEATRO DO CCBB NA SEXTA COM DRAMA PÁG. 13 BELO HORIZONTE Quarta-feira, 9 de outubro de 2013 Edição nº 501, ano 3 MÍN: 13° C MÁX: 24° C partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

showers sunny showers www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh sunny

hazy

snow

rain

showers

É SÓ O COMEÇO ...

Motoristas de BH já sofrem com tráfego lento em horário de pico PÁG.03

windy

FMI projeta crescimento menor para o Brasil Expectativa. Relatório divulgado ontem pelo Fundo Monetário Internacional diz que o Brasil terá o pior desempenho entre os membros do BRICs. Previsão para 2013 foi mantida em 2,5%, mas estimativa para 2014 foi reduzida de 3,2% para 2,5% PÁG. 06

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Petrobras diz que preço da gasolina ainda pode subir

Trânsito no fim de tarde travou a 10 quilômetros por hora no Centro de BH | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Presidente da estatal, Graça Foster, disse apenas que alta do combustível vão ocorrer ainda neste ano, mas sem data definida. Investimentos da Petrobras em 2013 devem chegar a US$ 50 bilhões PÁG 07

Polícia desmantela grupo de extermínio em Minas Gerais Bando chefiado por ex-PM atuava no Vale do Aço e é responsável por pelo menos dez homicídios PÁG 02

PM de SP vai endurecer contra black blocks Governo paulista quer identificar mascarados e autoriza a volta das balas de borracha em manifestações PÁG 04


1 FOCO

Preocupação

Momento delicado

O senador mineiro pelo PSDB e presidenciável Aécio Neves disse ontem em Nova York que o Brasil passa por momento delicado, fruto da exagerada intervenção do estado em setores como energia e petróleo. Na opinião do senador, a aliança entre Marina Silva e Eduardo Campos traz vigor à oposição, pois os dois políticos foram ministros de Lula e hoje são opositores ao governo do PT. Perguntado sobre a indicação do vice na chapa do PSDB, Aécio disse que ainda é cedo para essa definição, pois o momento é de estabelecer uma conexão com a sociedade brasileira, descobrindo suas reais necessidades e as alianças partidárias “virão com naturalidade”.

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Grupo de extermínio é desmantelado em MG Medo no interior. Operação ‘Ultimato’ põe fim a série de crimes comandados por policial reformado, que também atuava como vereador na região do Vale do Rio Doce Mais um grupo de extermínio foi desmontado no interior de Minas, depois que uma operação desmantelou um esquema de queima de arquivo, no qual um vereador, ex-sargento da PM foi apontado como integrante da quadrilha de homicidas. A quadrilha conhecida como “Ciranda da Morte” atuava desde 2011, em Central de Minas, no Sul do Estado, onde o grupo responde a pelo menos 10 assassinatos. Entre os cinco suspeitos que foram presos ontem, está o vereador Fabiano Bino da Costa (Sargento Fabiano, do PDT), apontado pelas investigações como o líder da organização de criminosos. Além das cinco pessoas presas, a polícia cumpriu nove mandados de busca e apreensão. Segundo informações do Ministério Público, um crime ocorrido em dezembro de 2012 desencadeou o início das investigações, quando um homem de 48 anos foi morto no centro do município de central de Minas, por ter informações sobre outros homicídios do grupo. Após o crime,

Outro grupo de extermínio foi investigado no Vale do Aço | LEONARDO MORAIS/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

10 homicídios foram realizados, pelo menos, pelo grupo de extermínio no Vale do Rio Doce, segundo as investigações.

Dólar - 0,18% (R$ 2,20) Bovespa - 0,20% (52.312 pts) Euro - 0,24% (R$ 2,99) Salário mínimo (R$ 678)

o vereador teria assumido a quadrilha no lugar de outro policial militar, também envolvido na trama de homicídios. Outro caso Um episódio similar foi o caso envolvendo a morte

do jornalista Rodrigo Neto, em Ipatinga. As investigações da Polícia Federal comprovaram envolvimento de funcionários da própria corporação nos crimes de extermínio. Dos 14 inquéritos instaurados, nove já foram concluídos. METRO BH

Novidade. Cine Brasil já está aberto para visitas

Museu fechará por 50 dias

Cotações

Selic (9% a.a.)

|02|

O Museu Histórico Abílio Barreto, no bairro Cidade Jardim, ficará fechado para o público até o dia 27 de novembro, quando será inaugurada a exposição “O Museu e a Cidade sem Fim”. Durante o período, a mostra será montada. | DIVULGAÇÃO/BELOTUR

FALE COM A REDAÇÃO leitor.bh@metrojornal.com.br /- COMERCIAL: /-

O jornal Metro circula em  países e tem alcance diário superior a  milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de  mil exemplares diários.

Ele está de volta ao coração de Belo Horizonte. Com uma festa à altura, o Cine Theatro Brasil Vallourec foi reaberto ontem à noite em evento para convidados. Quem passou pela Praça Sete teve a chance de admirar o letreiro luminoso instalado na parte de fora do prédio. A partir de hoje, o público poderá entrar no Cine Brasil para conferir como ficou a restauração dos sete pavimentos, de graça. E ainda conferir a primeira atração, a obra máxima de Portinari, “Guerra e Paz”. METRO BH

Vale do Aço. Violência de policiais é investigada Após 50 anos, a Comissão Nacional da Verdade investiga o caso de violência praticado por policiais contra milhares de trabalhadores em Ipatinga, no Vale do Aço. Ontem, 18 vítimas e testemunhas prestaram depoimento à comissão em audiência pública sobre os 50 anos do episódio ocorrido em 1963, que ficou conhecido como o Massacre de Ipatinga. A Usiminas e a Polícia Militar foram chamadas para prestar esclarecimentos. O representante da companhia siderúrgica, Afonso Álvares, não respondeu às questões da Comissão, mas disse que “a Usiminas não se furtará a prestar informações”. Já a Polícia Militar entregou cópia do inquérito policial que tramitou entre os anos de 1963 e 1964. A PM mineira indiciou 20 policiais militares e encaminhou os resultados de investigação à Justiça Militar em 1964. Nenhum militar, porém, foi condenado pela justiça. BANDNEWS FM Centro-Sul

Sequestro no bairro São Bento Um homem foi vítima de sequestro relâmpago ontem no São Bento, em BH. Ele foi levado para Contagem, onde foi obrigado a fazer saques. A vítima não conseguiu tirar dinheiro e foi liberada. Ninguém foi preso. METRO BH Lavras

Prefeito é cassado pela quarta vez

Letreiro luminoso foi ligado no prédio reformado | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: .). Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB .). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende. Editor-Executivo: Luiz Fernando Rocha. Editor de Arte: Cláudio Machado. Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado.

A Justiça Eleitoral determinou a cassação do prefeito de Lavras, Marcos Cherem (PSD), pela quarta vez. Ele foi condenado por abuso de poder econômico e uso indevido de meio de comunicação. A decisão é sujeita a recurso. METRO BH

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, , São Bento, CEP: -, Belo Horizonte, MG. Tel.: /-. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. . exemplares


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Editorial

TERRA DE NINGUÉM?

Cruzamento da rua Espírito Santo com avenida Amazonas ficou confuso e muito lento

Chuva faz seu ‘1º ato’ no trânsito da capital | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

O vandalismo gratuito e revoltante voltou a tomar conta de áreas centrais do Rio e de São Paulo deixando as populações indignadas. É uma violência sem limites, que cresce na exata medida em que as autoridades demonstram incapacidade técnica e receio político de atuar para manter a ordem sem desrespeitar a lei. As manifestações legítimas acabam deformadas pela ação de baderneiros irresponsáveis. Mascarados ou não, eles espantam a classe média das ruas e atraem o repúdio da população indefesa. Já depredaram prédios públicos e privados, impediram o funcionamento de instituições e, de afronta em afronta, parecem intimidar cada vez mais as autoridades. A questão é saber até onde vai isso? O poder público vai permitir que nossas cidades se transformem em terra de ninguém? O medo da população é natural e compreensível. Já o medo dos governantes – que têm o poder legítimo de polícia – é vergonhoso. Grupo Bandeirantes de Comunicação

Prepare-se. Temporada que deve concentrar grande volume de chuvas já registra tráfego lento Em sua primeira aparição durante toda a tarde na capital nesta temporada, a chuva deixou o já conturbado trânsito ainda mais tumultuado. No horário de pico das 18h chegou a ser registrada uma lentidão de 135 km em Belo Horizonte, um volume quase 50% maior que o anotado usualmente na capital. Como de costume, a região que sofreu mais com o congestionamento foi a Central. Para se ter uma ideia, a empresa de monitoramento de tráfego Maplink registrou uma velocidade média de 10 km/h na avenida do Contorno entre 17h30 e 19h30. As avenidas Antônio Carlos e Cristiano Machado também tiveram lentidão durante o período. Já o Anel Rodoviário, na altura do Betânia, um acidente deixou o tráfego parado por mais de 30 minutos.

Período chuvoso

Primeira morte é confirmada

Viaduto da Floresta ficou travado | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Intervenções As modificações feitas pela BHTrans no entorno da Praça da Estação, mais uma vez, causaram confusão no trânsito. Filas de veículos se formaram e a lentidão se estendeu até o Complexo da Lagoinha. METRO BH

10 km/h foi a velocidade média registrada na avenida do Contorno, ontem, entre 17h30 e 19h30, pela empresa Maplink.

O lavrador Romário Rocha Cazarim, 22 anos, foi a primeira vítima deste período chuvoso. A Defesa Civil confirmou ontem que sua morte, na Zona da Mata, foi causada por um raio, no último dia 5. Ontem, a chuva contribuiu para diversos acidentes nas BRs mineiras. Na BR-381, em Caeté, uma carreta tombou e deixou a pista fechada por sete horas. A BR-040, em Sete Lagoas, também ficou interditada após um acidente. METRO BH

Cidade do Sul de Minas chega a registrar 6,9ºC

Mínima prevista para hoje em Minas é de 6o, no Sul | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Inusitada para a primavera, a temperatura mínima em Maria da Fé, ficou em 6,9º ontem. Ao mesmo tempo, os ponteiros da capital registraram mínima de 14,2º. O frio que estacionou sobre o estado é provocado por uma massa de ar polar, que está sobre o Atlântico.

“A frente fria começa a interagir com o continente, diminuindo as temperaturas e trazendo a chuva”, explica o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia, Manoel Rangel. Segundo Rangel, a formação só começa a deixar Minas a partir da próxima segunda-feira. METRO BH

Desabamento atinge carros A queda do muro de uma residência danificou três veículos no bairro Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. A casa já havia sido interditada pela Defesa Civil no dia 20 de setembro, mas o isolamento foi retirado. Apesar do dano material, ninguém ficou ferido. | ALEX DE JESUS/O TEMPO/FOLHAPRESS


|04|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

PM de SP voltará a usar balas de borracha contra black blocs

Segurança. Governo de São Paulo cria força-tarefa para identificar mascarados que cometem atos de vandalismo durante manifestações Um dia depois de um protesto ter terminado mais uma vez em atos de vandalismo, o governo paulista decidiu endurecer a repressão policial contra grupos de mascarados (black blocs) que provocam depredações durante manifestações. O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Fernando Grella, afirmou ontem que a tropa de choque da PM (Polícia Militar) voltará a usar balas de borracha durante os atos na capital. O uso da munição especial havia sido suspenso em 17 de junho pelo próprio Grella, após ações da PM na capital deixarem dois jornalistas lesionados no olho durante um protesto. Também será criada força-tarefa, com a participação de promotores, para agilizar a conclusão das investigações relativas aos atos

Pilares do Masp foram pichados | NELSON ANTOINE/FOTOARENA/FOLHAPRESS

“Ela [a bala de borracha] não retorna contra manifestantes. Estamos falando em grupos de vândalos.” SECRETÁRIO FERNANDO GRELLA

de vandalismo e agressões, inclusive as cometidas contra policiais. “Esse grupo [força-tarefa] tem como missão impedir que uma minoria de baderneiros atrapalhe o livre direito democrático de manifestação”, disse Grella. Onze manifestantes foram detidos nos atos de segundafeira, que terminaram com agências bancárias e lojas depredadas. Um carro da Polícia Civil foi virado pelos manifestantes. Os pilares do Masp também foram pichados. Na noite de ontem, somente

dois deles permaneciam detidos. De acordo com o delegado Luis Tuckumantel, o pintor Humberto Caporelli, de 24 anos, e sua namorada, Luana Bernardo Lopes, de 19, vão responder por infringir Lei de Segurança Nacional. Promulgada em 1983 na ditadura militar, no governo do então presidente General João Figueiredo, ela define como crime “depredar, provocar explosão ou incendiar para manifestar inconformismo político ou manter organizações subversivas”. O advogado dos dois disse que eles não participaram das depredações. A manifestação, que começou pacífica, era em apoio aos protestos dos professores do Rio de Janeiro. HENRIQUE BEIRANGÊ METRO SÃO PAULO

Conselho Federal recua Marina diz que não troca e aceita o Mais Médicos valores por minutos na TV O Conselho Federal de Medicina e as principais entidades médicas do país anunciaram ontem que aprovaram as mudanças no texto da medida provisória que criou o programa federal Mais Médicos. O Ministério da Saúde passa a ser o responsável por emitir o registro provisório dos médicos formados no exterior, e não mais os conselhos regionais de medicina. A votação na Câmara ficou marcada para a noite de ontem, mas os partidos DEM e PPS pediram a retirada da proposta da pauta. Até às 22h de ontem, o assunto ainda era discutido. Se aprovado, o texto seguirá para o Senado. A mudança na posição do conselho aconteceu após os ministros da Saúde, Alexandre Padilha, e da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, afirmarem que 300 dos 600 médicos estrangeiros que vieram ao Brasil para trabalhar no programa estão recebendo sem trabalhar. Ideli afirmou que os médicos estão aptos a exercer a profissão e já entregaram toda a documentação necessária, mas os conselhos de medicina se recusam a entregar o registro. Padilha

Médicos do Rio de Janeiro protestaram

disse que estão sendo pedidos documentos além dos previstos no programa. Os profissionais têm direito a uma bolsa de R$ 10 mil, mas como ainda não receberam o registro, não podem atuar. O governo ameaça processar os conselhos para reaver o dinheiro das bolsas pagas sem que o serviço tenha sido prestado. Protestos Médicos do Rio de Janeiro, da Bahia e do Amapá realizaram ontem protestos contra o programa Mais Médicos.

| FERNANDO MAIA/UOL/FOLHAPRESS

Eles pedem a comprovação técnica da capacidade de atuar dos médicos formados no exterior. Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos do Rio, Jorge Darze, dos 22 estrangeiros contratados para trabalhar no estado, apenas 10 foram ao Cremerj ( Conselho Regional de Medicina) para tirar registro provisório. E nenhum teria entregue a documentação necessária. Médicos do Amapá suspenderam parcialmente os atendimentos pelo SUS nas unidades de Mapacá entre 7h e 19h. METRO

Recém-filiada ao PSB, a ex-senadora Marina Silva disse ontem que o tempo de propaganda política na TV não vai influenciar a coligação que ela pretende formar para disputar com Eduardo Campos, presidente da sigla, as eleições para a presidência. “Não pode ser o tempo de televisão que vai nos aprisionar a uma lógica política que não nos dá a chance de mudar”, afirmou. As declarações foram dadas ao “Blog do Josias” no portal UOL. “Nosso desafio é fazer a

Ex-senadora não quer ganhar para ser refém | JOSÉ CRUZ/ABR

renovação política”, disse Marina. Antes da filiação dela, Campos negociava uma coligação nacional com par-

tidos como o PDT de Carlos Lupi, envolvido em denúncias recentes no Ministério do Trabalho. Para ela, essas negociações ficaram no passado, quando o governador de Pernambuco enfrentava dificuldades para viabilizar sua candidatura. “Agora temos outra inflexão, que terá que ser metabolizada no PSB”, afirmou. Marina lembrou ainda que conseguiu 20 milhões de votos na última eleição com apenas um minuto e vinte segundos de tempo diário na TV. METRO

Barbosa diz que acórdão do mensalão está pronto O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, disse ontem que o acórdão com o resultado oficial do julgamento dos embargos de declaração do processo do mensalão deverá ser publicado ainda neta semana. O documento, segundo Barbosa, já

está pronto, mas passa por revisão. “Problema de data, coisinha boba”, disse. Após a publicação, a defesa do réus terá 30 dias para protocolar os embargos infringentes daqueles que foram condenados por placares apertados. O processo deles, então, será revisto. METRO

Falta apenas a revisão, diz ministro | NELSON JR./STF


|06|

{ECONOMIA}

Brasil vai crescer menos em 2014 Expectativa. O Fundo Monetário Internacional reduziu a previsão de crescimento do país e acredita que a economia terá o menor crescimento entre os países do Brics O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu a previsão de crescimento do Brasil para 2014 e acredita que a economia do país não vai acelerar até lá. Seria o segundo pior desempenho entre os países da América do Sul analisados pela instituição. O país terá também o menor crescimento entre os países do Brics (Rússia, Índia, China, África do Sul). Os números estão no relatório Perspectiva Econômica Mundial., divulgado pelo FMI ontem. A projeção do Produto Interno Bruto (PIB) foi mantida em 2,5% para 2013. Mas a estimativa para o próximo ano foi reduzida de 3,2%, em julho, para 2,5%. Se confirmada, a economia do Brasil somente vai crescer mais do que a da Venezuela, com expansão

Para FMI, economia do Brasil não acelera até 2014 | FERNANDO DONASCI/FOLHAPRESS

de 1,7% no próximo ano, e ficará muito atrás dos 5% previstos para a Bolívia. Entre os países do Brics, a Rússia crescerá 3%, a Índia, 5,1%, a China, 7,3% e a África do Sul, 2,9%. Já o crescimento global foi projetado em 2,9%, em 2013, subindo para 3,6% em 2014. Segundo o FMI, grande parte do crescimento de-

verá ser impulsionada pelo avanço das economias consideradas desenvolvidas. Por outro lado, o crescimento nos principais mercados emergentes, embora ainda forte, deverá ser mais fraco do que a previsão anterior. O Brasil, que cresceu apenas 0,9% no ano passado, enfrenta inflação persistentemente alta mesmo num

momento em que a economia tem dificuldades para decolar. “A inflação mais alta reduziu a renda real e pode pesar sobre o consumo, enquanto restrições de oferta e incerteza política podem continuar a conter a atividade”, informou o FMI. O fundo, no entanto, considera um movimento natural, após os estímulos para o enfrentamento da crise. A organização destaca ainda que os gargalos estruturais na infraestrutura, mercados de trabalho e de investimento também têm contribuído para desaceleração em muitos mercados emergentes. Para a América do Sul, o FMI calcula que a economia crescerá 3,2% este ano e vai repetir o desempenho em 2014, com expansão de 3,1%. METRO

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

Economia mundial deve desacelerar A economia mundial também deve crescer menos, de acordo com o FMI. É a sexta vez desde o começo do ano passado, que o orgão diminui a projeção. De acordo com o Fundo, a maior expansão nas economias desenvolvidas não compensará a desaceleração nos mercados emergentes. As perspectivas para países emergentes, que vinham sendo o motor da recuperação global, ficou mais obscura por fatores estruturais e cíclicos, afirmou o FMI no relatório Perspectiva Econômica Mundial.

Os EUA estão conduzindo grande parte da recuperação global e a produção norte-americana deve acelerar mais no próximo ano contanto que a política interna não atrapalhe, informou o FMI. Para 2013, o FMI espera agora que a atividade econômica global cresça apenas 2,9%, abaixo de sua estimativa de julho de 3,1%, o que se concretizado seria o ano mais lento de expansão desde 2009. O FMI previu uma aceleração modesta no próximo ano para 3,6%, abaixo da estimativa de julho, de 3,8%. METRO

Apresentação do relatório na sede do Fundo | STEPHEN JAFFE/FMI


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

|07|◊◊

Inflação

IPC-S tem aumento de 0,38% no mês O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) teve alta de 0,38% na primeira prévia de outubro, variação de 0,08% acima do fechamento de setembro (0,30%). Quatro dos oito grupos pesquisados apresentaram acréscimos, com destaque para alimentação que subiu de 0,14% para 0,41%. METRO Motos

Salão Duas Rodas apresenta lançamentos Começou ontem, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, , em São Paulo, o 12º Salão Duas Rodas. O evento acompanha o mercado de motocicletas e bicicletas no Brasil, hoje um dos maiores consumidores de veículos de duas rodas no mundo, e apresenta os principais lançamentos. METRO Lâminas

Gerdau inicia produção de aços planos no país A Gerdau, maior produtora de aços longos das Américas, deve iniciar nas próximas semanas as vendas no país de aços planos produzidos por sua usina em Minas Gerais. O laminador de bobinas a quente da marca tem capacidade de produção de 800 mil toneladas por ano. METRO Empresa

Petrobrás já desinveste US$ 4,3 bi O programa de desinvestimentos da Petrobras já soma US$ 4,3 bilhões em 2013, disse ontem a coordenadora da área de Exploração e Produção da estatal, Rafaela Monteiro. O plano de negócios da Petrobras para o período 2013-2017 prevê a venda de ativos em um volume de US$ 9,9 bilhões. METRO

A presidente da estatal no Senado: combustível deve subir | PEDRO LADEIRA/FOLHAPRESS

Petrobrás. Preço da gasolina ainda pode subir, diz Graça Foster O preço da gasolina pode subir este ano, mas não há uma data definida, disse ontem a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, após um evento em São Paulo. “A gasolina pode subir este ano. Não tem data. Como aconteceu todos os anos, a gente tem aumento de preço. E, quem sabe, pode acontecer algum movimento abrupto inesperado. O Brent cai, o câmbio desce e aí tem redução no preço da gasolina. Ou seja, a previsão de aumento é possível, é previsível, mas não tem data”, disse a executiva a jornalistas, ontem. A estatal precisa de caixa para fazer frente a um dos mais robustos plano de negócios do mundo. A Petrobras deve encerrar o ano de 2013 com investimentos de cerca de US$ 50 bilhões, disse a presidente da estatal na mesma ocasião. “Investimos US$ 45 bilhões em 2012 e este ano estamos caminhando para algo próximo de US$ 50 bi-

lhões”, disse Graça. Em meio à necessidade de pesados investimentos no desenvolvimento das áreas do pré-sal, a Petrobras realiza um programa expressivo de corte de custos. Graça Foster disse que há previsão de fechar 38 escritórios no exterior até 2015, o que, segundo ela, não significa sair dos países. “É questão de otimização de custos e simplificação da estrutura societária da Petrobras”, afirmou. Plataforma A plataforma de extração de petróleo e gás P-55, cuja exportação somou US$ 1,9 bilhão e puxou o superávit de US$ 1,85 bilhão da balança comercial, não deixará o Brasil. A plataforma saiu do Rio Grande do Sul no domingo e será utilizada na Bacia de Campos (RJ). A ‘exportação trata-se de um tipo de operação em que as plataformas são adquiridas por subsidiárias da estatal no exterior e depois utilizadas no próprio país. METRO

Correios. TST determina volta ao trabalho na 5ª Os funcionários dos Correios terão que voltar ao trabalho na quinta-feira. O Tribunal Superior do Trabalho julgou ontem o dissídio coletivo, aprovou a proposta apresentada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e determinou o encerramento da greve. O TST manteve o reajuste oferecido pelos Correios, de 8% nos salários e de 6,27% nos benefícios. O aumento será retroativo a

agosto. Ficou decidido que os dias parados serão compensados até que a entrega de cartas e encomendas seja normalizada, no prazo de 180 dias. Embora algumas paralisações da categoria tenham começado em 12 de setembro, a greve geral aprovada pelos sindicatos associados à Fentect foi deflagrada oficialmente em todo o país em 17 de setembro. METRO


|08|

Venezuela. Maduro deve obter ‘poderes de Chávez’ O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi ao parlamento pedir a aprovação da chamada Lei Habilitante, que lhe garantirá poderes legislativos para “combater a corrupção e os sabotadores da economia nacional”. O recurso foi usado várias vezes por seu antecessor, Hugo Chávez. A expectativa é que Maduro consiga o apoio da Assembleia Nacional, uma vez que o chavismo tem maioria de dois terços na Casa. Henrique Capriles, governador do estado de Miranda e principal rival de Maduro, disse que, caso a lei seja aprovada, vai convocar a população a não reconhecê-la. Em pronunciamento em seu programa Diplomacia 1

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Na UTI, Cristina se recupera de cirurgia Argentina. Presidente, que retirou um coágulo na cabeça, deve ficar internada por uma semana. Condição pode gerar simpatia da população, mas não deve mudar resultados eleitorais

Mural exibe o rosto do ex-presidente em Caracas | JORGE SILVA/REUTERS

de TV, ele defendeu que o governo não necessita de mais poder e negou que a ferramenta ajude no combate à corrupção. METRO Diplomacia 2

Grã-Bretanha e Irã ensaiam reaproximação

Canadá está preocupado com espionagem

Após dois anos de afastamento, o Irã e a Inglaterra devem restabelecer os laços diplomáticos e reabrir suas embaixadas. Segundo o governo britânico, o primeiro passo será a nomeação de encarregados de negócios não residentes dos dois países. As relações estremeceram em 2011, quando a embaixada do Reino Unido em Teerã foi invadida. METRO

O premiê canadense, Stephen Harper, expressou preocupação com as acusações de que a agência de inteligência de seu país espionou dados estratégicos do Brasil. “As autoridades estão em contato pró-ativo com seus homólogos (brasileiros)”, disse. Documentos obtidos por Edward Snowden revelaram o monitoramento do Ministério de Minas e Energia. METRO

A presidente argentina, Cristina Kirchner, foi submetida ontem a uma operação para a retirada de um hematoma na cabeça. De acordo com o porta-voz do governo, o procedimento não teve complicações e foram descartados riscos de problemas cardiovasculares decorrentes da intervenção. “A presidente já está no quarto (da UTI), com muito ânimo, cumprimentou a todos, agradeceu à equipe médica e a todos que estão rezando por ela”, informou o secretário de Comunicação, Alfredo Scoccimarro, na porta do hospital Fundação Favaloro, em Buenos Aires. Cristina deve permanecer até, pelo menos, amanhã de manhã na UTI e, depois, mais uma semana no quarto, segundo o jornal “La Nación”. O hematoma foi diagnosticado no sábado, quando a presidente procurou o hospital com fortes dores de cabeça. Em princípio, os médicos haviam recomendado apenas repouso de 30 dias, mas, como a mandatária sentiu formigamento no braço esquerdo, optaram pela intervenção. O procedimento para a retirada desse tipo de coágulo é bastante comum e consi-

Apoiadores da mandatária festejaram o sucesso da intervenção | MARCOS BRINDICCI/REUTERS

derado de baixo risco. Ainda assim, a recuperação deve demorar ao menos um mês. Incertezas O afastamento de Cristina ocorre em um momento crucial para o kirchnerismo. O país vizinho está na reta final para eleições legislativas e, caso os aliados de Cristina percam espaço, a Casa Rosada pode ver se-

pultada a ideia de mudar a Constituição para dar um novo mandato à presidente. “As condições de saúde dela podem gerar uma certa simpatia, o que poderia ajudar seus candidatos, mas é improvável que isso se materialize em uma mudança das preferências eleitorais”, escreveu Daniel Kerner, analista do Eurasia Group. METRO

61,7%

dos argentinos mantêm o mesmo sentimento por Cristina. Porcentagem semelhante (61,4%) não acredita que estado de saúde da presidente vá afetar o resultado das eleições de 27 de outubro. Os números são da Polldata com o diário “Clarín”

Cientistas da ‘partícula de Deus’ levam Nobel Confirmando as expectativas, o Prêmio Nobel de Física deste ano foi para cientistas que criaram a teoria do bóson de Higgs. Também conhecido como “partícula de Deus”, o bóson explica a existência de massa em todas as outras partículas que compõem o universo. Os agraciados foram o britânico Peter Higgs e o belga François Englert. Ambos previram o bóson em estudos da década de 60, mas os experimentos que comprovaram sua existência só foram realizados recentemente, no colisor de partículas do Cern (sigla para Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear).

“Eu estou extremamente lisonjeado por receber esse prêmio”, disse Higgs, que costuma fugir dos holofotes e não apareceu em público no dia de ontem. O anúncio dos premiados ocorreu com uma dose de suspense -- e um pouco de decepção. A divulgação atrasou em mais de uma hora, gerando especulações sobre a indecisão dos jurados. Embora Higgs e Englert sejam merecedores, cientistas manifestaram desconforto pela falta de reconhecimento. Havia a expectativa de que o Cern, como um todo, recebesse a honraria. METRO

O belga François Englert foi um dos agraciados | FRANCOIS LENOIR/REUTERS


2

|10|

{CULTURA}

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

Em busca de um novo gestor para o Museu das Minas

CULTURA

Futuro do MMM está sendo decidido | DIVULGAÇÃO

Acervo. Com saída da EBX, de Eike Batista, Circuito Cultural Praça da Liberdade negocia parceria com novas empresas para gerir o Museu A Secretaria de Estado de Cultura espera fechar contrato até dezembro com a nova empresa que fará a gestão do MMM (Museu das Minas e do Metal). Em crise e passando por uma reestruturação, a EBX, do ex-bilionário Eike Batista, optou por não renovar contrato com o Circuito Cultural Praça da Liberdade, abrindo mão de administrar o espaço interativo dedicado às riquezas do solo mineiro. “Temos mais de um interessado, inclusive da área da mineração. Estamos trabalhando para que isso se conclua o mais rápido possível. Independente disso, o Estado garante a manutenção e o pleno funcionamento do Museu”, esclarece a gestora do Circuito, Cristiana Kumaira. O convênio entre a EBX e o Governo de Minas já esta-

va marcado para terminar no fim do ano, disse a gestora. Com a saída do Circuito, todo o acervo material e imaterial do Museu será repassado ao Estado até 30 de novembro. “Isso compreende todo o investimento feito na reforma do prédio tombado da antiga Secretaria de Educação, o nome e a marca, os equipamentos, mobiliário, tecnologia e acervo museológico, entre outros bens, num valor total estimado em R$ 30 milhões”, afirma Cristiana. Em nota, a EBX afirmou estar feliz em ter participado da criação do Circuito e destacou os investimentos feitos no Museu das Minas e do Metal em cinco anos de patrocínio. GUSTAVO CUNHA METRO BELO HORIZONTE

As tendências para o friozinho O tradicional desfile de abertura do Minas Trend, na segunda à noite, mostrou aos mineiros as apostas dos estilistas para o Outono/Inverno 2014, com destaque para os tons escuros. Os desfiles e rodadas de negócio vão até sexta no Expominas. | DIVULGAÇÃO


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

Formato promissor Série. ‘Sessão de Terapia’ estreia segunda temporada no GNT amparada pelo sucesso de público em seu primeiro ano na TV A produção brasileira de séries de ficção aumentou sensivelmente após o início da vigência da nova lei da TV paga, que obriga a exibição semanal de 3h30 de conteúdo nacional em horário nobre em cada canal. Apesar de esse mercado ainda engatinhar, alguns títulos já provam que ele é, sim, promissor. O principal exemplo desse movimento é “Sessão de Terapia”, que acaba de estrear sua segunda temporada no GNT, com uma terceira leva de episódios já engatilhada para o ano que vem. Dirigida por Selton Mello, a série fez tanto sucesso em seu primeiro ano (o canal contabiliza 9,5 milhões de espectadores) que se desdobrou em subprodutos. Adaptada da franquia israelense “BeTipul”, “Sessão de Terapia” se destaca pelo formato. A série é exibida de segunda a sexta e, a cada

“Fazer uma série dessas é um desafio grande. Costumo chamá-la de ‘antidramaturgia televisiva’.” ROBERTO D’ÁVILA, PRODUTOR

dia, o público acompanha a consulta de um paciente diferente, que retorna na semana seguinte, fazendo com que o espectador mergulhe aos poucos na história dele assim como o faz o protagonista dr. Théo (Zécarlos Machado). Na segunda temporada, novos pacientes entram na jogada. “Fazer uma série dessas é um desafio grande. Costumo chamá-la de ‘antidramaturgia televisiva’, porque nossa aposta é contrária ao que se vê normalmente na TV. É uma aposta na performance dos atores”, afirma o produtor Roberto D’Ávila, numa re-

ferência ao fato de a ação da série consistir, basicamente, nos diálogos. Requisitado pelo cinema brasileiro, Selton não se queixa de abandonar suas outras atividades por cinco meses para se dedicar às gravações. “A segunda temporada foi mais trabalhosa do que a primeira porque eu queria ir mais longe. Tenho o maior orgulho de fazer isso”, diz Selton Mello, que se diz viciado na série americana “Mad Men”. O diretor dedica a exibição do novo ano a Claudio Cavalcanti, morto na semana passada. “Foi um susto. Mas pensei muitas coisas nesses dias e cheguei à conclusão de que poucos atores tiveram a oportunidade de deixar um trabalho tão lindo e poderoso em sua saída de cena”, conclui. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

{CULTURA}

|11|◊◊

+ terapia

Livro

1 2 3

“Sessão de Terapia” (Ed. Arqueiro, 280 págs., R$ 30) é a condensação de mais de 1.700 páginas de roteiro de Jaqueline Vargas para a 1a temporada.

DVD

Os 45 episódios da primeira temporada estão em uma caixa com nove discos (Som Livre, R$ 165) com venda exclusiva na Saraiva.

Trilha sonora Após a parceria no longa “O Palhaço”, Selton convocou Plinio Profeta para compor a trilha da série, que estará por streaming no site do GNT e à venda pelo iTunes. METRO

Zécarlos Machado é o terapeuta Théo | DIVULGAÇÃO/JORGE BISPO


|12|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Espaço X

Pistas de viaduto sumiram

JADER KALID 13º Minas Trend Na última segunda (7), o público recebeu a 13ª edição do prestigiado Minas Trend – semana de moda mineira que promove os lançamentos de vestuário, calçados e acessórios para a temporada outono/inverno 2014. A noite foi invadida pela sonoridade de Wagner Tiso, com participação da Orquestra da Câmara do Sesi Minas e de ritmistas da Mangueira. Promovido pela Fiemg, o evento vai até sexta-feira (11) e tem como tema “Parceria e mercado”. Cerca de 200 marcas participam do salão de negócios e 13 integrarão o line up de desfiles: Ammis, Apartamento 03, Áurea Prates, E. Store, Fabiana Milazzo, GIG, Jardin, LLAS, Lucas Magalhães, Patrícia Motta, Plural, Victor Dzenk e Vivaz. FOTO: DANIEL CASTELO BRANCO

2 FOTO: PATRÍCIA PENNA

FOTO: FRANCISCO DUMONT

NA SEMANA:

1 3

Leitor fala

Cruzadas

Paulo Henrique (PHV Engenharia), Mariana Vasconcelos, Antonio Anastasia e Léo Burguês (1), em jantar para as candidatas ao Miss Brasil 2013, no Palácio da Liberdade

Paulo Navarro com a jornalista Sabrina Santos (2), comemorando o sucesso de seu programa na Band, na abertura da Casa Cor 2013.

RENAN PINTO DOMINGOS – BELO HORIZONTE/MG

Metro Pergunta

Sudoku

FOTO: KIKA DARDOT

4

FOTO: FRANCISCO DUMONT

Brasil tem a tarifa de celular mais cara do mundo. Você considera o valor elevado? @lilamenini

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobh

Se o celular pegasse, eu poderia te responder... ;)

A Miss Santa Catarina 2013, Francielle Kloster (3), em festa do Miss Brasil 2013, na Wood’s.

@arthurfigueired

Na Inglaterra pagava cerca de £0,07 (R$0,21) por minuto pra falar com minha família no Brasil. Hoje, pago 0,70 aqui. @jottafbh

A poderosa rede de academia Runner chegou a BH e contou com a presença das lindas ex-BBB’s Renata Dávila, Kelly Medeiros e Natália Casassola (4).

Uma vergonha o Brasil ter a tarifa de celular mais cara do mundo! Você mal recarrega o celular e os créditos já acabam.

A Miss Brasil 2013, Jakelyne de Oliveira, entre os sócios da Wood’s Alexandre Pampolini e Gustavo Tasca (5), na festa do Miss Brasil 2013.

5

Sou morador do Cidade Nova e estou estupefato com a seguinte situação: as pistas do Viaduto Murilo Rubião, que dão acesso à Avenida Cristiano Machado para quem vem pela Avenida José Cândido da Silveira, em direção ao Centro, simplesmente desapareceram. Já havia um problema com este viaduto antes do BRT, pois as duas pistas se transformavam em uma, quando do cruzamento com a Cristiano Machado. Após as obras do BRT, não há mais pista alguma. Para agravar esse fato, por si só já absurdo, o motorista que vem pelo viaduto corre o risco de ser prensado contra uma grade, que isola a Cristiano Machado das pistas do BRT. Se diminui a marcha, corre o sério risco de ser batido na traseira, pois não há nenhuma sinalização alertando o motorista para este “cruzamento” em plena via de trânsito rápido. Os veículos que vêm pelo viaduto só conseguem ver o fluxo de veículos que vêm da Cristiano quando já estão nela, visto que existe a mureta do lado direito do viaduto, que não permite a visão dos carros. Já acionei a BHTrans e não obtive resposta. Os poderes públicos vão esperar alguma tragédia acontecer para fazerem algo. A falta de planejamento do BRT fez com que uma passarela, próxima à Feira dos Produtores, fosse retirada pouco depois de instalada. Entretanto, sumir com as pistas foi o “supra-sumo” da desorganização.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Jader Kalid é sócio-diretor da revista Exclusive

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Período mais propenso para se dedicar a interesses culturais, estudos, planos para viagens e contatos à distância.

Período especial para exercitar sua autoexpressão, seja com atividades culturais, vivências em grupo ou hobbies que sirvam como terapia.    

A Lua rege as emoções e em seu signo, torna você mais espontâneo(a) do que já é. Evite exagerar em exigências e dramas.       

Há tendências para esclarecer segredos e assuntos pendentes com quem têm mais convivência e vínculo afetivo.

Momento especial para retomar assuntos que envolvam familiares. Algumas lembranças serão vividas de forma especial na vida afetiva.

Os temas que envolvam crenças, espiritualidade e outros apelidados de “zen” tomarão sua atenção e farão muito bem.

Propensões para tratar parcerias de maneira mais intensa. Mudanças serão mais frequentes no rumo de alguma que possua.   

Boa ocasião para conversas com pessoas que há tempos não convive ou deve uma visita. Librianos sabem agradar e surpreender socialmente.  

Dia positivo para projetos e contatos que envolvam inovações. Novas ideias estão favorecidas para serem colocadas em prática.

Gestos prestativos e atitudes simples farão diferença em momentos de conquista ou para retomar hábitos especiais na vida afetiva.  

Momento propício para identificar gastos com o que não tem tanta utilidade e mesmo repensar objetivos materiais.

Os assuntos profissionais recomendam ponderação para que decisões não sejam tomadas por envolvimento emocional.


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

|13|◊◊

Um reencontro de amigos inaugura o teatro do CCBB Estreias. ‘Prazer’, da Cia. Luna Lunera, finalmente chega à cidade e fará temporada de dois meses no novíssimo teatro da Praça da Liberdade Quatro amigos se reencontram no exterior e passam a questionar o sentido da vida, do trabalho, das noções de felicidade e a traçar planos para o futuro. “Prazer”, dos mineiros da Cia. Luna Lunera, foi a peça escolhida para inaugurar o teatro do CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) nesta sexta. Após ter sido apresentado nos CCBBs de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, o espetáculo fará temporada de dois meses na cidade. “O público vai descobrindo os dilemas de cada um deles. Depois de alguns anos separados, onde é que eles estão? Cada um está num momento muito especial da vida, por motivos diferentes: seja problemas amorosos, na família, ou porque está tudo certo” revela a atriz Isabela Paes.

“Tem o aflorar das questões humanas e profundas com a descoberta de prazeres simples, fortes e íntimos.” ISABELA PAES, ATRIZ

A trama se desenrola enquanto os amigos se preparam para um jantar – e, sim, há um fogão no palco, com o prato sendo preparado e saboreado ao vivo pelos atores. A montagem teve base na obra de Clarice Lispector. “Foi um alimento humano e poético. Não tivemos pretensão de adaptar as histórias. Procuramos as obras como leitores, a exemplo de ‘Uma aprendizagem ou o Livro dos Prazeres’”. O espetáculo teve direção compartilhada entre os atores – além de Isabela, integram o

elenco Cláudio Dias, Marcelo Souza e Silva e Odilon Esteves, com codireção de Zé Walter Albinati. Colaboradores como Jô Bilac e Éder Santos deram sua contribuição com novas propostas artísticas. “Estamos super felizes com a oportunidade, é uma casa muito aguardada por nós”, confessa Isabela, ansiosa em inaugurar o palco do novo teatro da capital, com capacidade para 270 lugares. No CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil (Praça da Liberdade). Estreia na sexta-feira. Até 22/12. Sextas, às 20h. Sábados e domingos, às 19h. De R$ 5 a R$ 10.

GUSTAVO CUNHA METRO BELO HORIZONTE

Realidade diante das câmeras: o melhor do fotojornalismo

Luzes e escuridão no Inhotim | FOTOS: GUSTAVO ANDRADE/METRO BH/ARQUIVO

Duas imagens produzidas pelo fotógrafo Gustavo Andrade para o Metro BH foram selecionadas para a nova edição do livro “O Melhor do Fotojornalismo Brasileiro”. O quinto volume acaba de chegar às prateleiras e reúne as imagens mais marcantes de 2012. As novidades do Instituto Inhotim, em Brumadinho, foram destaque na edição de 31 de agosto de 2012. A foto escolhida para integrar o livro, publicada na capa da edição do jornal, registra a nova galeria da artista Lygia Pape. Fios dourados atravessam a sala escura de cima a baixo atraindo os olhares dos espectadores. A vitória do Atlético sobre o América e sua sagração como campeão do Mineiro foi o principal assunto da edição de 14 de maio de 2012. O clique escolhido para o livro eterniza a alegria dos jogadores diante da conquista – e foi destaque de capa. METRO BH

“O MELHOR DO FOTOJORNALISMO BRASILEIRO” EDITORA EUROPA, 420 PÁGS., R$ 89,90

Jogadores atleticanos comemoram conquista do Mineiro com “peixinho”

Os quatro atores em cena: temporada vai até o fim de dezembro | ADRIANO BASTOS/DIVULGAÇÃO


3

|14|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

CARLOS ROBERTO/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

ESPORTE

Vaza nova camisa da Seleção

RAFAEL SAPO Belo-horizontino ganha primeira chance de estrelar uma das lutas principais do evento e acredita que vitória pode colocá-lo no Top 10 dos pesos-médios

POR UM SALTO NO UFC Olho grande

“Consegui me controlar, não sentir a pressão e fazer a minha parte. Mesmo com as pessoas me observando mais, levei o Mundial. Ser campeão olímpico fez diferença, teve um peso bem maior. E agora só vai piorar, porque talvez eu seja mais visado”. ARTHUR ZANETTI, CAMPEÃO MUNDIAL E MEDALHISTA DE OURO NAS ARGOLAS

Após superar o sueco Tor Troeng no “UFC Fight Night Belo Horizonte”, Rafael foi convidado pela primeira vez para uma luta principal do evento, para a qual se prepara em Nova York. O duelo será no “UFC Fight for the Troops 3”, contra Tim Kennedy (EUA), em 6 de novembro. Com 17 vitórias e 4 derrotas, ele acredita que um triunfo pode colocá-lo entre os principais nomes da categoria peso-médio, que reúne brasileiros consagrados como Anderson Silva, Lyoto Machida e Vitor Belfort. Será a primeira vez na sua carreira que você vai lutar cinco rounds. O que isso muda na sua preparação? É uma experiência nova. Vamos acelerar mais os treinos, exigir mais em cada round, e acho que o mais importante é lutar com inteligência. Tem que dosar nos rounds para não gastar a energia no inicio. Como tenho um bom condicionamento, acho que esse vai ser um ponto positivo para o meu lado.

As suas últimas vitórias vieram por decisão, e não por nocaute ou finalização. Isso te frustra de alguma forma? Ficava um pouco frustrado no início, mas não fico mais. Claro que vou sempre buscar a finalização ou o nocaute, mas se não vier, tudo bem. O importante é vencer, e é assim que tem sido. O UFC tem um nível muito alto, é difícil chegar lá e fazer o trabalho rápido. E, mesmo vencendo por decisão, o UFC vem reconhecendo meu trabalho e é isso que importa.

Sua última luta foi em 4 de setembro, e a próxima será menos de dois meses depois. Não é pouco? Normalmente, o intervalo é de uns quatro meses em média. Os treinos são muito exaustivos, e o corpo precisa desse tempo para se recuperar. Mas às vezes temos oportunidades que não podemos deixar escapar. O UFC viu que estou num bom momento, por isso me ofereceu a luta. Vai ser a minha quarta neste ano. Depois, quero ver se descanso um pouco.

Você vem de três vitórias seguidas e será um dos astros principais do próximo evento. É cedo para falar em disputa de cinturão? O cinturão é o objetivo de todo lutador, e comigo não é diferente. Trabalho duro todos os dias para conseguir alcançá-lo. Acho que, depois desta luta, se Deus quiser, minha carreira tomará um rumo novo. Essa luta pode ser um divisor de águas, me colocando entre os Top 10 da minha categoria.

Como é a sua rotina de treinos em Nova York? Treino de segunda-feira a sábado, e tiro sempre o domingo de folga. São entre dois e três atividades por dia, sempre procurando descansar entre uma e outra. Você treina de acordo com o adversário ou o trabalho é sempre o mesmo? Sempre treino de tudo, porque os adversários podem mudar. Isso já aconteceu comigo várias vezes. Teve luta

que chegou a trocar três vezes em menos de um mês. Mas é claro que treinamos focados no adversário. Procuro sempre fazer um plano de luta e executar no treino para que dê certo na luta. Você disse que a torcida fez diferença na vitória em BH, mas o público foi considerado pequeno. Isso pode dificultar a realização de novos eventos na cidade? Acho que não. Eles [UFC] sabiam que era difícil ter um bom público aqui em uma quarta-feira. Tenho certeza de que voltarão ao Brasil e a BH com mais eventos. Há algum tempo, Dana White [presidente do UFC] disse que o MMA vai ser o maior esporte do mundo. Você acha que ele tem mesmo chance de passar o futebol? O esporte está crescendo assustadoramente. Não é uma tarefa fácil, mas os números mostram que o MMA está chegando com tudo para ultrapassar ou se igualar ao futebol. METRO BH

O site uruguaio “Todo sobre camisetas” divulgou ontem, em parceria com o “Globoesporte.com”, a suposta camisa da Seleção Brasileira para a Copa de 2014. A principal mudança está na gola do uniforme. | REPRODUÇÃO

Fórmula 1

Ferrari dá os parabéns a Vettel A Ferrari reconheceu que é muito difícil tirar o tetracampeonato da Fórmula 1 do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull. “Precisamos ser realistas. Parabéns a Vettel e pelo o que eles estão fazendo”, disse o chefe da Ferrari, Stefano Domenicali. O espanhol Fernando Alonso, principal piloto do time italiano, está a 77 pontos do alemão. METRO MMA

Brasil recebe hoje mais uma edição do UFC O ginásio José Corrêa, em Barueri (SP), será o palco de mais uma edição do UFC no Brasil. O card principal tem início previsto para as 20h, enquanto o card preliminar começa às 17h30. A luta mais importante da noite é entre o brasileiro Demian Maia e o american Jake Shields. METRO


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Galo se poupa para o clássico Precaução. De olho no líder Cruzeiro, técnico Cuca deve escalar um time repleto de reservas para o jogo de hoje, contra a Ponte Preta Após ter goleado os reservas da Ponte Preta por 4 a 0 há uma semana, em partida atrasada válida pela 8ª rodada, o Atlético volta a encarar o time paulista hoje, em Campinas, pela 27ª rodada do Brasileirão. Desta vez, porém, é a equipe mineira que não poderá contar com seus principais atletas. Com diversos jogadores machucados, suspensos e pendurados, o técnico Cuca deve escalar um “time alternativo”, como ele gosta de dizer, para não perder mais peças importantes para o superclássico contra o líder Cruzeiro, no domingo.

Dentre os jogadores que jogaram no empate diante o Corinthians em 0 a 0, apenas o goleiro Giovanni, o volante Lucas Cândido, o atacante Alecsandro e o zagueiro Emerson devem iniciar entre os titulares. “Se eu fosse técnico, pouparia. Não que o jogo contra a Ponte não seja importante, mas todo jogador quer jogar o clássico”, declarou o defensor. Dos demais relacionados para o jogo, oito estão pendurados com dois cartões amarelos: Diego Tardelli, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Leandro Donizete, Pierre, Josué, Luan e Rosinei. METRO BH

PONTE PRETA Roberto; César, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Alef, Fernando Bob (Fernando) e Adrianinho (Elias); Rildo e William. Técnico: Jorginho

ATLÉTICO Giovanni; Carlos César, Emerson, Jemerson e Júnior César; Leandro Donizete, Lucas Cândido, Rosinei e Leleu; Neto Berola e Alecsandro. Técnico: Cuca • •

Estádio. Moisés Lucarelli, às 21h Arbitragem. Felipe Gomes da Silva, com Neuza Ines Back e Lincoln Ribeiro Taques.

Mesmo pendurado, volante Leandro Donizete deve ser uma das novidades no time titular | BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

Mundial terá sorteio hoje O Atlético vai conhecer hoje à noite seus prováveis adversários no Mundial de Clubes da Fifa, disputado em dezembro, no Marrocos. O sorteio será realizado a partir das 19h no congresso da entidade, realizado desde ontem em Marrakesch. Juntamente com o Bayern de Munique, o Galo já entra classificado para as semifinais. Estão também garantidos no torneio o Raja Casablanca (representante do país-sede), o Auckland City (campeão da Oceania) e o Monterrey (campeão América Central e do Norte).

“Está tudo mapeado no site da Fifa, uma coisa muito bem feita. Isso aqui não é o Olimpia, não é o Paraguai”. ALEXANDRE KALIL, PRESIDENTE DO GALO

Falta ainda a definição dos campeões continentais da África (Al-Ahly, Coton Sport, Espérance Tunis ou Orlando Pirates) e da Ásia (Seoul ou Guangzhou). Já confirmada, a pré-venda de ingressos para o Mundial começa no próximo dia

14 de outubro, no site da Fifa. “São ingressos setorizados. Temos entradas de 300 euros, 180 euros, 100 euros, 40 euros. Está tudo mapeado no site da Fifa. A melhor maneira de resolver é entrando logo”, revelou o presidente atleticano Alexandre Kalil, em entrevista à rádio Itatiaia. O diretor de futebol do Atlético, Eduardo Maluf, e a diretora executiva, Adriana Branco, também estão no Marrocos. Ontem, eles definiram o hotel em que a delegação do clube vai se instalar, a partir do dia 10 de dezembro. METRO BH


|16| Brasileirão 27ª rodada HOJE 19h30

X GRÊMIO

CRICIÚMA 19h30

X CORITIBA

SANTOS 21h

X BAHIA

VITÓRIA 21h

X PONTE PRETA

ATLÉTICO 21h50

X VASCO

FLUMINENSE 21h50

X CORINTHIANS

ATLÉTICO-PR 21h50

X NÁUTICO

BOTAFOGO 21h50

X CRUZEIRO

SÃO PAULO AMANHÃ 19h30

X PORTUGUESA

GOIÁS 21h

X FLAMENGO

INTERNACIONAL

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A P 1º CRUZEIRO 59 2º GRÊMIO 48 3º ATLÉTICO-PR 44 4º BOTAFOGO 43 5º ATLÉTICO 39 6º VITÓRIA 37 7º INTERNACIONAL 37 8º SANTOS 36 9º CORINTHIANS 35 10º PORTUGUESA 34 11º FLUMINENSE 34 12º FLAMENGO 34 13º GOIÁS 34 14º BAHIA 33 15º CORITIBA 31 16º SÃO PAULO 30 17º VASCO 29 18º CRICIÚMA 26 19º PONTE PRETA 23 20º NÁUTICO 17

V 18 14 12 12 10 10 9 9 8 9 9 8 8 8 7 8 7 7 6 4

GP SG 58 37 32 11 45 10 37 7 32 6 32 6 38 1 32 4 22 5 40 2 31 -2 31 0 28 -4 27 -5 29 -6 24 -5 35 -7 32 12 26 -14 17 -28

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

15 gols

tem Ederson, do Atlético-PR, artilheiro do Brasileirão

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 9 DE OUTUBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Cruzeiro enfrenta algoz desesperado Em casa. São Paulo foi a última equipe a derrotar a Raposa no estádio Mineirão Ainda sem saber o que é ser derrotado no “novo” Mineirão – já são 20 vitórias e apenas um empate –, o Cruzeiro se reencontra hoje com a torcida celeste. E com o desesperado São Paulo. Apesar do mau momento, o Tricolor traz más recordações. Dos últimos dez duelos, a Raposa venceu apenas um e foi derrotada sete vezes, quatro delas como mandante. E foi justamente o São Paulo o último adversário a bater o time azul no Gigante da Pampulha, em 2010. Pelo Brasileirão, o Cruzeiro voltou a vencer os paulistas no primeiro turno deste ano (3 a 0 no Morumbi) após 17 jogos, quebrando um tabu de nove anos. “Estamos muito bem em casa e temos que manter essa escrita.”, alerta o meia Éverton Ribeiro. O time será o mesmo que goleou o Náutico por 4 a 1, à exceção de Egídio, que estava suspenso e volta à lateral esquerda. METRO BH

CRUZEIRO Fábio; Ceará, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Ricardo Goulart e Éverton Ribeiro; Willian e Borges. Técnico: Marcelo Oliveira

SÃO PAULO Denis; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Édson Silva e Reinaldo; Fabrício, Wellington, Maicon e Ganso; Ademílson e Aloísio. Técnico: Muricy Ramalho • •

“A torcida está feliz, e é lógico que ficamos entusiasmados, mas isso tem que ir para dentro do campo. Temos feito isso, com os pés nos chão.” Zagueiro Léo segue no lugar de Dedé, que está com a Seleção

| WASHINGTON ALVES/VIPCOMM

GILVAN TAVARES, PRESIDENTE DO CRUZEIRO

América volta a tropeçar na Arena Independência

11

AMÉRICA

CHAPECOENSE

Após dois triunfos fora de casa, o Coelho frustrou o torcedor que enfrentou a chuva para acompanhar o duelo contra a vice-líder Chapecoense. Com um futebol morno, os dois times só empataram pela 28ª rodada da Série B. Foi o quatro tropeço seguido do América no Independência. Elvis abriu o placar aos 40 minutos, premiando um primeiro tempo de domínio do time mineiro. Mas o rendimento caiu, e o castigo veio aos 35 min da etapa final, em pênalti discutível convertido por Bruno Rangel. METRO BH

Estádio. Mineirão, às 21h50 Arbitragem. Jailson Macedo Freitas, com Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta.

Flamengo

Mano acerta as contas com o clube

David Luiz vira o xerife do Brasil

O empresário de Mano Menezes conseguiu encerrar a pendência do treinador com o Flamengo. A dívida era relacionada à multa rescisória que o técnico era obrigado a pagar por conta do seu pedido de demissão, em setembro. De acordo com o jornal “Extra”, Mano pagará R$ 400 mil ao clube rubro-negro. METRO

Sem Thiago Silva, que não foi convocado por conta de uma lesão, David Luiz terá a missão de liderar a defesa da Seleção Brasileira nos amistosos contra a Coreia do Sul (sábado, em Seul) e Zâmbia (no dia 15, em Pequim, na China). “Ficamos tristes por conta da contusão de um companheiro, mas o Brasil não tem só 11 jogadores, mas sim 23. E todos preparados”, disse o defensor do Chelsea.

Internacional

Novo técnico está na mira

Equipes apresentaram um futebol morno

| CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS

Seleção

O Inter quer um treinador de ponta e que esteja livre no mercado. O clube gaúcho já fez contato com Celso Roth para um acerto até o fim do ano. METRO

METRO

David Luiz já está em Seul com a Seleção


20131009_br_metrobh