Issuu on Google+

DIVULGAÇÃO

VELOCIDADE MÁXIMA

Show está marcado para as 21h

Jorge Vercillo em Paulínia Cantor mostra sucessos amanhã no Premium

PÁG. 20

‘RUSH’ RETRATA A SELVAGEM DISPUTA ENTRE HUNT E LAUDA NA F-1 PÁG. 23

Chris Hemsworth é James Hunt

Daniel Brühl é Niki Lauda

CAMPINAS Sexta-feira, 13 de setembro de 2013 Edição nº 834, ano 4 MÍN: 15° MÁX: 30° sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.readmetro.com | leitor.camp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrocps sunny

hazy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

showers

EMPATE NO STF: 5 X 5 Secretaria do

ELE DECIDE

Cabe agora ao ministro Celso de Mello, que no ano passado se manifestou de forma favorável aos recursos que beneficiam os réus do mensalão, o voto final que garante um novo julgamento. Sessão será na próxima quarta PÁG. 12

Verde começa multar crimes ambientais Enquanto que em 2011 e 2012 nenhuma multa foi feita, em 2013 já são 27, que somam R$ 633 mil PÁG. 04

Servidor do Paço também vai assumir contratos A exemplo do que fez a Câmara, Executivo dividirá responsabilidade de gestão com funcionários PÁG. 02

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Muricy afunda Ponte na crise O ministro Celso de Mello, o decano do Supremo Tribunal Federal, durante a sessão de ontem, que terminou empatada | JOEL RODRIGUES/FRAME/FOLHAPRESS

Na reestreia de Muricy, São Paulo vence Ponte Preta por 1 a 0 e complica ainda mais os campineiros PÁG. 28

PAULO PINTO/FOLHAPRESS

Técnico foi ovacionado pelos milhares de são-paulinos que lotaram o Morumbi


1 FOCO

Eleições 2014

Apoio de Alckmin

Chamando Aécio Neves de “amigo e irmão”, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou ontem que o mineiro pode contar com o apoio do diretório paulista para ser o candidato tucano na corrida presidencial no ano que vem.

Cotações Dólar - 0,25% (R$ 2,27) Bovespa - 0,49% (53.308 pts) Euro - 0,66% (R$ 3,03) Selic (9%)

Salário mínimo (R$ 678)

|02|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

Servidor agora irá ser gestor de contratos De olho. Prefeitura avalia que divisão de responsabilidade aumenta fiscalização A Prefeitura de Campinas vai dividir a responsabilidade dos contratos dos gestores políticos – prefeito e secretários – com os servidores municipais. O prefeito Jonas Donizette (PSB) publicou ontem um decreto sobre licitações, contratações e convênios que obriga o funcionário público a assinar contratos de serviços e de compras. Antes, a assinatura era apenas do prefeito e dos secretários municipais, segundo o secretário de Administração Silvio Bernardin Os responsáveis pelo governo jonista entendem que, ao carimbar a assinatura nos contratos, os servidores passam a ser co-autores da medida e, portanto, por se tornarem responsáveis,

R$ 650

mil é o valor do contrato que terá de ter a autorização do gabinete do prefeito. terão interesse em fiscalizar os contratos. “A responsabilidade não fica apenas nas costas do prefeito. Como eles assinam, também terão mais cuidado”, disse Bernardin. Ele explicou ainda que, para dar celeridade aos processos, o funcionário assina os contratos e os secretários autorizam as despesas. A medida deve reduzir em pelo menos 15 dias a tramitação dos processos. METRO CAMPINAS

De novo. Prefeitura recorre a contrato emergencial A Prefeitura de Campinas recorre, de novo, a contratação emergencial. Desta vez, o governo Jonas Donizette (PSB) contratou por R$ 4,4 milhões duas empresas para transportar alunos da Rede Municipal de Ensino. Essa é a segunda contratação, sem licitação, para o mesmo serviço apenas nesta gestão. O novo contrato vale por até 90 dias. A justificativa é a de que não poderia deixar os alunos sem transporte. O contrato anterior era de R$ 6,4 milhões por um período de seis meses. Na nova contratação foram acrescentadas 16 novas viagens por dia. Antes eram feitas 90 viagens diariamente e agora serão 106. Na mesma publicação em que foram contratadas

3

mil é o número de alunos das escolas municipais que são transportados por veículos contratados pela prefeitura as duas empresas, a prefeitura abriu uma sindicância interna para investigar responsabilidades sobre os motivos que fizeram com que a Educação tivesse que recorrer mais uma vez à contratação sem licitação. “Vamos apurar porque deu causa, já que a regra geral para o poder público é ter licitação. Até porque há que se dar explicações ao TCE (Tribunal de Contas de São Paulo) sobre as contratações emergenciais”, disse. METRO

Prefeitura muda regras para aumentar fiscalização contra irregularidades em contratos | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

Urbanismo

Revisão da Lei de Uso e Ocupação mais próxima O “Diário Oficial” de Campinas publicou ontem a habilitação de duas empresas que querem prestar assessoria para a revisão da Lei de Uso e Ocupação do Solo. São elas: Demacamp Planejamento, Projeto e Consultoria S/S Ltda.; e Oliver Arquitetura Ltda. Esse é mais um passo para a alteração de uma legislação que há 25 anos não foi atualizada pelo Executivo. O trabalho terá o custo de R$ 80 mil. Agora, a prefeitura vai definir quem ficará com o contrato. Foram inabilitadas outras duas empresas que terão dois dias para recorrer. METRO CAMPINAS

Limpeza. Vencedor da licitação pode sair hoje A Prefeitura de Campinas marcou para hoje a abertura dos envelopes para o novo contrato de limpeza pública, orçado em R$ 96 milhões. A abertura será feita um dia depois de a Secretaria de Administração ter mantido as impugnações contra participantes da licitação. Com isso, dos quatro grupos que participam, continuam na disputa apenas dois: Renova Ambiental – consórcio formado por empresas que atualmente prestam o serviço à prefeitura – e o Revita & Corpus. A prestação do serviço de limpeza está sendo feita por meio de um contrato emergencial de até 180 dias. A decisão foi tomada após o TCE-SP (Tribunal de Contas de Sao Paulo) suspender, em

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 019/3779-7421

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145). Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor de Arte: Vitor Iwasso.

leitor.camp@metrojornal.com.br 019/3779-7518

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação Metro Campinas. Editora-Executiva: Zezé de Lima (MTB: 16.231). e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Editor de Arte: Gustavo Moura. Gerente Comercial: Simone Monfardini. Grupo Bandeirantes de Comunicação Campinas - Diretor Geral: Rodrigo V. P. O. Neves. ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Resíduo vai para o aterro Delta A | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

fevereiro deste ano, a licitação por denúncias de que o processo estaria dirigido. A prefeitura refez o edital. METRO CAMPINAS

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, 2799, CEP 13045-541, Jardim São Gabriel. Tel.: 019/3779-7421. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A.

A tiragem e distribuição desta edição de 32.000 exemplares são auditadas pela BDO.


|04|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

Verde pesa a mão e começa a multar crimes ambientais No bolso. Enquanto que em 2011 e 2012 nenhuma multa foi aplicada pela pasta, em 2013 já são 27, totalizando mais de R$ 600 mil Sem aplicar nenhuma multa entre 2011 e 2012 por crimes ambientais, a Secretaria do Verde e Desenvolvimento Sustentável este ano resolveu apertar o cerco e, até o último dia 6, a equipe de oito fiscais já havia flagrado 27 infrações no município, que somaram R$ 633.592,70 em multas aplicadas, parte recebida, outra parte ainda aguardando julgamento de recurso e outras já inscritas na dívida ativa do município. A mão pesada da pasta, segundo o seu titular, Rogério Menezes, parte de uma determinação do prefeito Jonas Donizette (PSB): não aliviar para infratores, doa a quem doer. Rogério diz que a fiscalização tem centrado fogo em descartes irregulares de produtos sólidos, contaminação de cursos de

200 mil reais dos mais de R$ 600 mil aplicados em multas já foram recolhidos ao fundo

água e extração sem autorização de vegetação. Assim, até agora, construtoras respondem por um terço das autuações, mas há também transportadores, indústrias e mesmo auto mecânicas. A UPA (União Protetora dos Animais) também está entre os multados pela secretaria, neste caso, por despejar direto em um córrego a água usada para limpar os canis onde ficam recolhidos os animais. Até o momento, o maior valor de multa unitária aplicada foi de R$ 193.700,00 a

Descartes irregulares e extração de vegetação sem autorização estão na mira | THOMAZ MAROSTEGAN / METRO CAMPINAS

uma construtora que ainda recorre da punição. Menezes disse que os valores arrecadados vão para o Proamb – fundo de meio Ambiente –, que, depois de ter os seus integrantes nomeados no ano passado, está a pleno vapor. Atualmente são cerca de R$ 1,4 milhão depositados para cobrir projetos voltados para a causa verde. Outras fontes de recursos são taxas e repasses do Estado e União. Um dos projetos que serão bancados com o fundo é o monitoramento ambiental da cidade por meio de drones – aviões não tripulados e controlados remotamente – equipados com câmera espectral para realizar voos de até cinco mil metros de altura. Os equipamentos começarão a operar em 2014. METRO CAMPINAS

Pasta quer 25% de taxa que fica com Ibama A prefeitura vai criar uma lei que permite que 25% da TCFA (Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental) e do CTAA (Cadastro Técnico Ambiental de Atividades), recursos que hoje vão diretamente para o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), fiquem no município. O projeto é parte de um

pacote de medidas ambientais que será enviado ao Legislativo, segundo o secretário do Verde e do Desenvolvimento Sustentável, Rogério Menezes. A taxa é cobrada de empresas com atividades potencialmente poluidoras no município. O valor arrecadado irá para os cofres do Proamb – fundo municipal destinado à recupera-

ção, manutenção e preservação do meio ambiente. Em contrapartida, o município será responsável pela fiscalização das atividades potencialmente poluidoras em seu território. Menezes estima que R$ 3,5 milhões por ano serão revertidos para ações ambientais em Campinas com os recursos da TCFA. “A arrecadação da taxa não vai

R$ 1,2

milhão foram depositados este ano no Proamb pela prefeitura para começar a acertar um débito que passa de R$ 10 mi representar um acréscimo na contribuição dos empreendedores. Haverá ape-

Justiça reintegra área privada invadida no Jardim do Lago II A PM (Polícia Militar) apoiou ontem o cumprimento do mandado de reintegração de posse no Jardim do Lago II. A gleba foi invadida em julho por cerca de 60 famílias. Não houve confronto. Na operação foram removidas 120 moradias improvisadas, distribuídas em cerca de 40 lotes, demarcados na área de cerca de oito mil metros quadrados. A área particular, que tem diversos donos, foi invadida duas vezes em julho: no dia 14 e no dia 21. Na primeira vez, eles fica-

ram dois dias no local e saíram depois de realizarem o cadastramento na Cohab (Companhia Municipal de Habitação Popular). A invasão seguinte, pelas mesmas famílias, só foi encerrada ontem. Segundo a assessoria de imprensa da Cohab, todas as famílias são moradoras da região, que pagam aluguel ou vivem como agregados em casas de parentes. Dessa forma, as famílias se responsabilizaram pela retirada e guarda dos seus pertences. METRO CAMPINAS

Gleba tem vários proprietários | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

nas, uma redistribuição dos recursos que antes ficavam concentrados no Ibama”. Reestruturação Ontem, na Câmara, Menezes apresentou a nova estrutura da secretaria. O projeto do Executivo prevê a criação de seis novos departamentos. Hoje, o órgão tem apenas um departamento, o que dificulta a

execução de ações ambientais no município. Além do atual Departamento Sustentável, a secretaria terá ainda o Departamento de Licença Ambiental, o Departamento Administrativo, o Departamento de Fiscalização Ambiental, o Departamento do Verde e o Departamento de Proteção e Bem Estar Animal. METRO CAMPINAS

Estiagem. Umidade do ar fica abaixo dos 30% A URA (Umidade Relativa do Ar) em Campinas ontem estava em 27.4% às 16h10, conforme dados divulgados pelo Cepagri (Centro de Pesquisas Metereológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp. O índice colocou a cidade em estado de atenção, que é quando a URA fica entre 20% e 30%. A falta de chuva tem derrubado a URA na cidade. Na terça-feira, a Defesa Civil decretou estado de alerta por causa do índice abaixo dos 20%, de 19,9%. Este ano, foram emitidos 21 boletins sobre a Umidade Relativa do Ar, segundo o di-

retor da Defesa Civil, Sidnei Furtado, “porque Campinas esteve 18 dias com a umidade abaixo dos 30%, entrando em estado de atenção, e outros três com índice menor do que 20%, ficando em estado de alerta”. Nessas ocasiões, é necessário ficar atento à prática de esportes, evitar qualquer tipo de queimada e fazer intensa hidratação ao longo do dia. “Os danos à saúde, muitas vezes, chegam despercebidos”, diz Furtado. As principais vítimas, são crianças e idosos, mais vulneráveis a problemas respiratórios. METRO CAMPINAS


|06|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

Proteção de promotores é reforçada após ameaças Ousadia. Cartas chegaram ao Ministério Público após vazamento de informações sobre investigação que envolveu policiais civis Uma série de ameaças feitas contra os promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Campinas durante as investigações sobre as ligações de policiais civis com o tráfico trouxeram ontem à cidade o procurador-geral do Estado, Márcio Elias Rosa. Em reunião no Ministério Público, ficou acertado o reforço da segurança dos promotores com policiais militares e também civis. As cartas, postadas em São Paulo, em maio, foram endereçadas ao promotor Amaury Silveira e traziam ameaças a ele e também a um colega do MP mas que não teve o nome colocado nos textos.

11

Dos 23 réus no processo que envolve extorsão e tortura de traficantes são policiais civis, dois deles de Campinas. Em um dos tópicos da carta, que foi impressa, estava escrito: “Mais um polícia (sic) do Denarc que você sacanear, vamos mandar esquartejar a vaca da sua mãe. Você vai acha-la em pedaços em cada canto de Campinas. E a hora que você estiver saindo na sua caranga nova, você vai levar tanto tiro de AR15 que a perícia não vai nem conseguir contar as perfurações”. Junto com uma das car-

tas estavam anexadas fotos de edifícios onde os bandidos acreditam que morava a família de Silveira e também dados pessoais, inclusive o CPF, além das placas dos veículos particulares do promotor. A operação que provocou as ameaças foi iniciada no ano passado. Em junho, foram realizadas prisões temporárias que envolveram até um dos delegados da inteligência do Denarc, em São Paulo, Clemente Castiglioni. Na última sexta-feira, 23 pessoas foram denunciadas à Justiça e 22 tiveram a prisão preventiva decretada depois que a denúncia foi aceita pela 6ª Vara Criminal de Campinas. METRO CAMPINAS

Extorsão era praticada contra traficantes do bairro São Fernando, foco da operação do MP |THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

PUC-Campinas avalia integrar a CIMCamp A CIMCamp (Central Integrada de Monitoramento) e a PUC-Campinas iniciaram ontem negociações para instalação do sistema de câmeras do órgão municipal nos arredores do Campus 1. Hoje há 180 câmeras internas gerenciadas pela equipe de segurança da instituição de ensino nos campi. A PUCC quer ampliar a segurança externa no campus do Parque das Universidades. Um dos pontos com problema é a avenida Ana Maria Silvestre Haddad, on-

de há sequestros-relâmpagos, furtos de veículos, saidinhas de banco, roubos a pedestres e ataques a agências bancárias. Se o acordo for confirmado após estudos de viabilidade técnica e financeira a cargo da universidade, a PUCC integrará o convênio “Câmera Cidadã”, da CIMCamp. Através dele, o interessado entra com os custos de equipamentos e sua instalação. Já a CIMCamp assume o monitoramento, a operação e manutenções posteriores.

Hoje, agências do Banco Itaú, a Sanasa e a Câmara de Vereadores de Campinas estão integrados ao sistema. A vantagem é a intervenção imediata da PM (Polícia Militar) e da GM (Guarda Municipal) em casos de crimes. O encontro ontem foi entre o diretor da Cimcamp, Nelson Cayres; o pró-reitor de Administração da PUC, Ricardo Pannain; e o vereador Tico Costa (PP), da Comissão de Segurança da Câmara. METRO CAMPINAS

Viracopos exigirá mais policiais federais na cidade 1,25t O delegado-chefe da Polícia Federal em Campinas, Sebastião Pujol, disse ontem na Câmara que assim que começarem mais voos internacionais no aeroporto de Viracopos o quadro da corporação terá de ser aumentado para dar conta do combate ao tráfico. O aumento vai depen-

de drogas foi apreendida pela PF em Campinas em 2012. Foram 500 quilos de maconha e 750 quilos de cocaína.

der do número de voos internacionais que a cidade

vai passar a receber. Hoje Viracopos opera um único voo, para Portugal, com partidas três vezes por semana. De acordo com Pujol, em 2011 foram 34 prisões em Viracopos de pessoas com drogas ingeridas, em 2012, 17, e, este ano, três. METRO CAMPINAS


|08|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Deputados defendem extinção da reeleição O grupo de trabalho que discute a reforma política na Câmara dos Deputados propôs ontem que os mandatos de presidente da República, governadores, deputados federais, estaduais e distritais, prefeitos e vereadores tenha duração de cinco anos a partir das eleições de 2018. A comissão sugeriu ainda o fim da possibilidade de reeleição para cargos do poder Executivo e a realização de eleições para todos os cargos ao mesmo tempo. Se a proposta for aprovada, prefeitos e vereadores eleitos em 2016 cumprirão um mandato tampão de apenas dois anos até 2018. O deputado Ricardo Berzoini (PT-SP) votou contra a proposta, mas não conseguiu convencer

os colegas. “Passar cinco anos sem eleições é muito tempo. O povo ser consultado com mais periodicidade é algo bom para a democracia”, argumentou. Impasse no Senado O grupo de parlamentares instituído em julho com o objetivo de construir uma alternativa à sugestão de plebiscito sobre a reforma política que havia sido proposta pela presidente Dilma Rousseff (PT) em resposta às manifestações

populares só não chegou a uma conclusão em relação ao tamanho do mandato dos senadores. “Além de a alteração do mandato de senador ter de ser feita por meio de Pro-

posta de Emenda à Constituição, que exige tramitação diferenciada, a pergunta que se faz é: os senadores concordarão em reduzir o seu tempo de mandato de oito para

“Não havendo mais o direito de reeleição (para o Executivo), o mandato de quatro anos ficaria curto.” MARCELO CASTRO (PMDB-PI), DEPUTADO

Berzoini foi voto vencido contra mandato mais longo | LUIS MACEDO/AGÊNCIA CÂMARA

cinco anos?”, esquivou-se o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI). A alternativa seria dar aos senadores mandatos de dez anos de duração. A comissão especial de-

Reforma política. Proposta que ainda irá a plenário sugere também mandatos de cinco anos para cargos no Executivo e eleição unificada verá apresentar um relatório geral em 30 de setembro e encerrar suas atividades em 17 de outubro. Não serão discutidas propostas para serem aplicadas já em 2014. METRO


|10|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Afastamento de diretor da USP Leste não vale, diz reitoria Solo contaminado. Após autuar universidade, Cetesb diz que não há risco de contaminação no local. Novos estudos serão realizados A notícia de que a USP Leste não cumpriu exigências de despoluição do solo, que tem metano, gás inflamável, e foi autuada pela Cetesb (agência ambiental do Estado), provocou uma crise na universidade. Depois de a congregação da USP Leste, em reunião aberta, aprovar o afastamento do diretor da unidade José Jorge Boueri Filho, a reitoria da universidade afirmou que o órgão não poderia tomar essa decisão, que é prerrogativa do reitor. Desde a autuação da Cetesb, na segunda-feira, alunos, professores e funcionários entraram em greve. Entre as exigências da

“A comunidade do campus foi surpreendida por uma placa falsa alertando para o risco de contaminação” ALFREDO ROCCA, DA CETESB

Cetesb estão a instalação de sistema de extração de gases, além de avaliações de risco à saúde. A USP tem 60 dias para atender às recomendações. Ontem, representantes da USP Leste e da Cetesb se reuniram para discutir a situação. No encontro, os técnicos do órgão ambiental afirmaram que não há riscos de contaminação para

as pessoas que trabalham e circulam pelo local. De acordo com o gerente de avaliação ambiental e processos, Alfredo Rocca, o problema se concentra no subsolo. Ele afirmou que, por conta disso, há restrições ao uso da água subterrânea e ao contato direto com o solo. Para esclarecer todos as dúvidas sobre a situação do terreno que abriga a USP Leste, por onde passam cerca de 6 mil pessoas por dia, a Cetesb irá realizar estudos complementares de contaminação. Além disso, uma apresentação sobre a situação do local será feita na próxima quarta-feira no auditório do campus da USP Leste. METRO

Alunos protestam após pedido de afastamento do diretor da USP Leste | CID BARBOSA/SIGMAPRESS/FOLHAPRESS


|12|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Celso de Mello indica que vai acatar recursos de réus Mensalão: 5 a 5. Após empate ontem, decisão sobre a possibilidade de novo julgamento para 12 condenados está nas mãos do decano do Supremo Tribunal Federal. Sessão será na quarta O ministro mais antigo do STF (Supremo Tribunal Federal) decidirá, na próxima quarta-feira, se os 12 réus condenados no processo do mensalão, incluindo o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, poderão ter direito a um novo julgamento por terem sido sentenciados em placares apertados. Celso de Mello enfrentou um batalhão de repórteres logo após a sessão que terminou empatada em 5 a 5 e, apesar de dizer que não iria antecipar voto, deu a entender que vai acatar os embargos infringentes. Votaram a favor do novo julgamento o revisor do mensalão, Ricardo Lewandowski, e os ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Dias Toffoli. Acompanharam o presidente do STF e relator do caso, Joaquim Barbosa, os ministros Luiz Fux,

fringentes, o ministro Ricardo Lewandowski leu, em sua argumentação, partes dos votos de Mello ao longo do julgamento e teceu elogios ao decano da Corte. Contrário aos recursos, Marco Aurélio, último a votar, repetiu a fórmula e avisou, olhando para o ministro que vai decidir a questão: “os olhos da nação estão voltados para o Supremo Tribunal Federal.”

Com amigos e o advogado, Dirceu assiste ao julgamento

Carmen Lúcia, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello. O decano da Corte lembrou que já havia se posicionado sobre o tema no início do julgamento, em agosto de 2012. Na época, ele afirmou que a “proteção judicial efetiva” de réus de ações penais julgadas pelo Supremo

| PAULO WHITAKER/REUTERS

era garantida por esse tipo de recurso. Apesar de ter dito ainda acreditar que entendimentos não evoluem, Mello deve sofrer intensa pressão nos próximos dias. Pressão que começou antes mesmo de a votação de ontem acabar. Favorável a admissão dos embargos in-

Nova chance Se os embargos forem efetivamente aceitos, réus como José Dirceu, apontado como chefe da quadrilha, José Genoino, presidente do PT na época dos supostos repasses ilegais à base aliada, e Delúbio Soares, ex-tesoureiro do partido, terão seus processos reabertos e podem escapar (nos casos de Dirceu e Delúbio) da prisão em regime fechado. METRO BRASÍLIA

“Não vejo razão para mudar (meu entendimento). Eu tenho meu texto já pronto, preparado, ouvi atentamente todas as razões constantes dos votos, formei minha convicção e na irei expor de maneira muito clara. MINISTRO CELSO DE MELLLO

Dirceu viu sessão e gostou do resultado O ex-ministro José Dirceu, condenado a 10 anos e 10 meses de prisão por formação de quadrilha e corrupção ativa, assistiu ao julgamento em sua casa na zona sul de São Paulo, de acordo com “O Estado de S. Paulo”. Ele acompanhou a sessão ao lado da ex-mulher, Maria Ângela Saragoça, e da cineasta, Tata Amaral, que prepara um documentário sobre a vida do petista. Segundo amigos do ex-ministro que também acompanhavam o julgamento, ele fez poucos comentários durante a divulgação dos votos dos ministros do STF. O advogado de Dirceu, José Luis de Oliveira Lima, disse não temer a pressão sob o ministro. Ele acredita que Mello votará de acordo com sua consciência. METRO

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

ESTÁDIO DE MS SOB SUSPEITA DE SUPERFATURAMENTO. O governo de Mato

“NÃO VEJO RAZÃO PARA MUDAR [O VOTO]”

Grosso do Sul contratou por R$ 19,4 milhões a empresa Kango Brasil Ltda, única licitante, para fornecer e instalar 44,5 mil cadeiras na Arena Pantanal, construída em Cuiabá para a Copa de 2014. A mesma empresa cobrou bem menos, de R$ 12,7 milhões, para fornecer quase o dobro (72,4 mil cadeiras) ao Estádio Mané Garrincha, de Brasília, tantas vezes acusado de custar mais que os outros. ZORRA TOTAL. Depois do

vale-cultura, vem aí o vale-tudo, caso o Supremo adie ou talvez até revogue a cadeia para os mensaleiros do governo Lula.

FINAL DE COPA. A reta fi-

nal do julgamento do mensalão liderou a audiência das TVs no Ibope. E o volume de tráfego de dados deixou a internet mais lenta.

PODER DE EX. Além de manter influência sobre decisões na Fundação Banco do Brasil, como demonstram telefonemas gravados com autorização judicial, o petista Jacques Pena manda no Banco de Brasília, o BRB, que também presidiu. E deixou sua turma em postos estratégicos.

MINISTRO CELSO DE MELLO (STF) SINALIZANDO QUE ACATARÁ OS EMBARGOS INFRINGENTES

BOM ENTENDEDOR. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a fusão das marcas de preservativos Olla e Jontex, diz seu presidente, porque é dever do Estado estimular o “crescimento” dos produtos. DESVIO DE FOCO. Não é

a espionagem americana que preocupa Dilma, mas a galopante deterioração das contas do Brasil, ameaçado de rebaixamento pelas agências internacionais de rating e de um retorno amargo ao FMI.

SÓ AGORA? Após denúncias de corrupção, o ministro Manoel Dias (Trabalho) tem repetido o mantra de que fará uma “devassa” em cerca de mil contratos. Seu chefe, ex-ministro Carlos Lupi, pode não gostar disso...

Dilma Rousseff | ANTÔNIO CRUZ/ABR

PODER SEM PUDOR

Ppapappapa

Sem dinheiro para a campanha à reeleição, em 1954, o deputado Paulo Pinheiro Chagas (PSD-MG) acertou uma espécie de “cheque especial” com um primo, gerente de banco em Belo Horizonte. Precisou, passava cheque. Ao final da campanha, gastou mais do

que o gerente esperava. Mas foi salvo por um bilhete premiado de loteria, que lhe daria uma quantia maior que a dívida. Jogou o papelzinho sobre o birô do primo, num gesto teatral: - Carrasco dos endividados, receba, pague e credite!

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|16|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Preço de remédio chega a variar até 371% na cidade Farmácias. Pesquisa foi feita em 19 de agosto pelo Procon de Campinas em parceria com Procon/SP. Diferença maior é do Losartana Pesquisa comparativa de preços de medicamentos feita pelo Procon de Campinas e pelo Núcleo Regional Campinas da Fundação Procon/SP aponta que o genérico para controlar hipertensão Losartana potássica 50mg, com 30 comprimidos, tem diferença de preço de até 371% nas farmácias. Já o medicamento de referência Cozaar, com a mesma substância, varia até 39%. O levantamento de 19 de agosto em nove drogarias comparou 56 medicamentos, 28 de referência e o restante de genéricos. Em uma comparação entre os preços médios dos genéricos e os de referência de mesma apresentação foi constatado que, em média, os genéricos são 47% mais baratos do que os de referência. Entre as diferenças de preço encontradas, o diclofenaco sódico (50mg – 20

56 itens

É o número de medicamentos pesquisados em nove farmácias e drogarias de Campinas em agosto comprimidos) tem variação de 370% entre as farmácias. A Drogaria Campeã apresentou o menor preço: R$ 2,99 e a Drogaria São Paulo e a Drogasil o maior: R$ 14,05. O Voltaren, que é o remédio referência, chega a ter uma diferença de 33,3%. O paracetamol (200mg/ml – gotas 15ml) varia 328% e o medicamento de referência Tylenol até 25%. “A diferença de valores é muito significativa. Por isso, voltamos a afirmar que é importante que o consumidor pesquise os preços”, diz Lúcia Helena Magalhães, diretora do

Procon de Campinas. O consumidor também deve consultar a lista de Preços Máximos dos medicamentos no site da Anvisa (www.anvisa.gov.br). A consulta também poderá ser feita nas listas de preços que devem estar disponíveis nas farmácias/drogarias, conforme determina Resolução da CMED. Drogarias Outro dado abrangido pela pesquisa do Procon foi o abastecimento das drogarias. Dos 56 itens pesquisados, a Drogaria São Paulo tinha 55 itens (98,21%); a Farmáxima – 50 itens (89,29%); a Drogaria Campeã – 50 itens (89,29%); a Drogaria Familiar – 49 (87,50%); a Drogal – 49 (87,50%); a Drogão Super – 48 (85,71%); a Drogasil – 43 (76,79%); a Drogabel – 40 (71,43%) e a Dromed – 25 (44,64%). METRO CAMPINAS

Genéricos são, em média, 47% mais baratos do que os de referência | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Varejo tem o melhor resultado em 18 meses Crédito. Juros sobem pelo quarto mês consecutivo As vendas varejistas cresceram 1,9% entre junho e julho, impulsionadas por móveis e eletrodomésticos e pelas compras em supermercados. Foi o melhor desempenho desde janeiro de 2012 (2,8%), segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado superou as expectativas de analistas. Para o ministro da Fazenda, Guido Mantega, os resultados comprovam que há uma “recuperação do consumo”. “A queda da inflação já está possibilitando que o consumidor tenha mais poder aquisitivo. O crédito também está melhorando um pouquinho”, disse. Já o setor avalia que o re-

sultado foi positivo, mas pode ter sido influenciado pela base de comparação. Em junho, parte do comércio fechou as portas por conta das manifestações. “Temos que aguardar o desempenho de agosto, que vai mostrar se existe uma tendência de recuperação para o segundo semestre ou se é um pico passageiro”, diz Roque

Pellizzaro Junior, presidente da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas). Em relação ao mesmo mês do ano anterior, as vendas do varejo avançaram 6%. Nessa comparação, todas as atividades registraram crescimento. O principal impacto veio de móveis e eletrodomésticos, com participação de

Minha Casa Melhor estimula venda de eletrodomésticos | FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR

22,4% na taxa global do varejo após o aumento de 11% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o IBGE, esse setor está sendo favorecido pelo Minha Casa Melhor, lançado em 12 de junho pelo governo. O programa financia a compra de eletrodomésticos e móveis por beneficiários do Minha Casa, Minha Vida. Outro destaque foi o grupo supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, que teve participação de 21,8% no desempenho do varejo. Com a queda de 0,33% nos preços do alimentos em julho, as vendas no segmento tiveram alta de 2,6% sobre igual mês de 2012. METRO

Os juros para pessoas físicas subiram pela quarta vez seguida, segundo pesquisa da Anefac (Associação Nacional de Executivos de Finanças Administração e Contabilidade). A taxa média passou de 5,48% em julho para 5,51% em agosto, a maior desde novembro de 2012. Das seis linhas pesquisadas, cinco registraram aumento nas taxas. A maior alta foi verificada no financiamento de veículos (CDC), cuja taxa mensal passou de 1,58% para 1,61% no período.

Para o coordenador de estudos econômicos da entidade, Miguel Ribeiro de Oliveira, a elevação pode ser atribuída ao último aumento da taxa básica de juros, de 8,50% para 9% ao ano. Para a próxima reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), em outubro, a expectativa é de uma nova alta da Selic. “Por conta disso, é provável que as taxas de juros das operações de crédito voltem a ser elevadas nos próximos meses”, diz. METRO


|18|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

EUA alertam contra manobras Crise na Síria. Após diálogo inicial sobre saída diplomática, secretário de Estado americano lembra que o uso da força não está descartado O primeiro dia de negociações entre Estados Unidos e Rússia sobre a crise na Síria terminou com um alerta americano contra eventuais táticas do regime de Bashar Al Assad para atrasar a entrega de seu arsenal tóxico. Ao mesmo tempo, a Síria disse ter aderido à convenção das Nações Unidas sobre armas químicas, uma das promessas do ditador. O secretário de Estado americano, John Kerry, rejeitou a proposta síria de entregar as armas após um prazo de 30 dias da assinatura da convenção. “Nós acreditamos que não há um padrão sobre esse procedimento, em razão da maneira como o regime agiu. As palavras do governo sírio simplesmente não são suficientes”, disse. Kerry também voltou a lembrar que uma intervenção no país árabe não está descartada. “Se a diplomacia falhar, o uso da força será necessário”, ressal-

“Isso não é um jogo. Tem de ser real. Tem de ser confiável. E deve haver consequências se a transferência de armas não ocorrer.” JOHN KERRY, SECRETÁRIO DE ESTADO

Kerry disse não ser possível confiar na palavra do ditador Bashar Al Assad | LARRY DOWNING/REUTERS

tou. “É muito cedo para dizer que esses esforços serão bem-sucedidos.” Do lado russo, o chanceler Sergei Lavrov -- responsável pela proposta de uma solução diplomática para a crise -- criticou o colega americano. “Entendemos

que, para a solução do problema, não é necessário nenhum ataque contra a República Árabe da Síria.” O governo russo tem sido o mais ferrenho aliado de Assad, bloqueando, junto à China, todas as resoluções que condenariam o

ditador no Conselho de Segurança das Nações Unidas. Mais cedo, Assad afirmou, em entrevista a um jornal russo, que estava colocando suas armas químicas à disposição da comunidade internacional devido à iniciativa russa, e

não por conta das ameaças americanas. Segundo o “Kommersant”, além de aderir à convenção, o plano de Assad inclui a revelação dos locais de produção e armazenagem do arsenal tóxico. O terceiro passo seria autorizar a entrada no país dos inspetores internacionais, que auxiliariam na destruição das armas. John Kerry e Sergei Lavrov continuam hoje as negociações sobre a saída diplomática, em Genebra, na Suíça. O ataque químico, em 21 de agosto, matou mais de mil pessoas em um subúrbio de Damasco. METRO

Cartum provoca fúria japonesa

Voluntário demonstra os efeitos da cebola para os olhos | REPRODUÇÃO

Em Harvard. IG Nobel premia cientistas que fazem rir e pensar A organização Improbable Research premiou ontem os vencedores do IG Nobel, que reconhece anualmente as pérolas do mundo acadêmico. A cerimônia, repleta de shows e risadas, ocorreu em um auditório da Universidade de Harvard, nos EUA. Entre os vencedores da 23ª edição, está um grupo de japoneses, que levou o IG Nobel de Química. Eles descobriram que o processo bioquímico que faz com que as pessoas chorem ao cortar cebola é mais complexo do que os cientistas haviam imaginado até então.

Outro laureado da noite foi o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukachenko, com o IG Nobel da Paz. Recentemente, ele proibiu aplausos em paradas militares, e a polícia chegou a prender cidadãos que se atreveram fazer o gesto. Piadas à parte, o IG Nobel tenta trazer leveza à dura rotina acadêmica, aos mesmo tempo em que abre portas para questões interessantes. Tem se tornado um dos eventos mais concorridos do calendário, e já houve prêmio Nobel de verdade ganhando o IG Nobel. METRO

O governo japonês criticou duramente dois cartuns publicados pelo semanário francês “Le canard enchainé”. A revista satiriza a escolha de Tóquio para sediar as Olimpíadas de 2020, relacionando a competição com o vazamento na usina nuclear de Fukushima. “Esse tipo de caricatura fere os sentimentos das vítimas do desastre e dá a im-

pressão errada sobre o problema das águas residuais”, reclamou o porta-voz Yoshihide Suga. O primeiro cartum mostra dois lutadores de sumô muito magros, um com três braços, outro com três pernas, em frente à usina japonesa. No segundo quadrinho, duas pessoas estão usando uniformes antirradiação ao lado de uma piscina. METRO

No balão: ‘Graças à Fukushima, o sumô é esporte olímpico| REPRODUÇÃO/INTERNET

No NY Times

Putin diz que intervenção é perigosa Enquanto seu chanceler trabalhava no diálogo com os EUA, o presidente russo Vladimir Putin inflamou a opinião pública americana contra a intervenção. Em um artigo publicado pelo “New York Times”, Putin afirmou que uma operação militar na Síria espalharia o conflito. “O potencial ataque dos EUA, (que tem a) oposição de muitos países e dos principais líderes políticos e religiosos, causará mais vítimas inocentes”, argumentou. O líder russo culpou os rebeldes sírios pelo ataque químico de agosto. METRO

Senador boliviano

Saboia voltará ao trabalho O Itamaraty autorizou a volta do diplomata Eduardo Saboia ao trabalho. Ele foi afastado de suas funções como encarregado de negócios em La Paz depois de ter auxiliado o senador boliviano Roger Pinto Molina na sua fuga para o Brasil. Saboia vai atuar na sede do Itamaraty, em Brasília. Ontem, o Senado suspendeu o exame da indicação de um novo embaixador brasileiro para a Bolívia. Os senadores querem aguardar as investigações sobre o caso de Roger Pinto. METRO COM AGÊNCIAS Coreia do Norte

Reator nuclear teria sido ligado

Navio Costa Concordia será desvirado Começa na segunda a operação para colocar o Costa Concordia na vertical. Será a primeira etapa para a retirada da embarcação do local do acidente, na costa italiana. O navio naufragou em janeiro de 2012, matando 32 pessoas. | ALESSANDRO BIANCHI/REUTERS

Imagens de satélite obtidas por um centro de pesquisa americano sugerem que a Coreia do Norte religou um reator capaz de produzir plutônio para a construção de armas. Caso seja confirmada, a operação pode reacender a crise acerca do desenvolvimento do programa nuclear de Pyongyang. METRO


2 CULTURA

|20|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

CULTURA

A maré boa de

Audiovisual ‘Face de Narciso’ é a nova aposta de repertório

Jorge Vercillo

em Paulínia Apresentação. Aos 44 anos, cantor carioca, em entrevista ao Metro, relembra o passado no futebol, os grandes sucessos da carreira e apresenta reflexão sobre o amor Não era incomum andar pelas ruas no início da década passada e escutar alguém cantarolando os seguintes versos: “A saudade bateu, foi que nem maré / Quando vem de repente / De tarde, invade / E transborda esse bem me quer / A saudade é que nem maré”. Um dos hits mais reproduzidos nas rádios brasileiras em 2002, “Que Nem Maré”, apoiada em um refrão marcante, foi a música que impulsionou nacionalmente a carreira de Jorge Vercillo. Mais de dez anos se passaram, mas a maré continua boa para o cantor carioca, que faz show no Premium

Paulínia às 21h de amanhã. Embora reconheça “Que Nem Maré” como o grande sucesso dos mais de 20 anos de estrada, Vercillo, em conversa com o Metro por telefone, atribui a aceitação no meio artístico a diversas canções. “Não tem muito a ver comigo ser um artista de uma música só. Foi a música que mais teve destaque na televisão, mas “Final Feliz”, por exemplo, já estava indo muito bem”, conta. “Final Feliz”, gravada em parceria com Djavan, marcou o início das comparações entre o timbre de Vercillo e do cantor alagoano.

75%

dos ingressos para o show já foram comercializados pela organização do Premium Paulínia até a tarde de ontem Antes da imersão no mundo da música, Vercillo tentou a sorte no mundo do futebol. O bom desempenho nas areias da praia do Leme, no Rio de Janeiro, o conduziu aos treinos no Flamengo, seu time. Conciliar a bola com os acordes da MPB, no entanto, não foi possível. “Ainda bem que eu fui para a música. Às vezes, rola um futebolzinho na praia no final de tarde. Outro dia, bati uma bola com os pescadores na beira da praia de Fortaleza”, disse. Com 75% dos ingressos vendidos até ontem – os preços giram entre R$

25 e R$ 130 –, Jorge Vercillo apresentará uma canção “questionadora” sobre o amor, tema que “para uns, é chave; para outros, foi prisão”. “Face de Narciso” é um dos principais destaques de “Luar de Sol”, seu show atual. Prioridade ao longo dos 44 anos do cantor, a música pode, eventualmente, dividir espaço com o futebol, hobby antigo, na visita a Paulínia. Não se surpreenda se Vercillo, além de fazer seu papel no palco, marcar presença em um campo de futebol da região. METRO CAMPINAS

O Metro indica A peça conta, de uma maneira divertida e interativa, a história da luta do povo da floresta contra um perigoso inimigo, a poluição. Av. Aquidabã/R. Cel. Quirino, n° 2 (Centro). Sábado, às 15h. Domingo, às 11h e às 15h. As apresentações estão programadas para todos os finais de semana até o final de setembro. Os ingressos custam R$ 5 ou R$ 10.

J.K. Rowling

Na onda do sucesso de ‘Harry Potter’ A Warner Bros divulgou ontem que o estúdio e a escritora firmaram parceria para a produção de filmes baseados em livros que o personagem leu no primeiro volume da saga. A estreia acontece com “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, ainda sem data para chegar aos cinemas.

Música

Gilberto de Syllos no Sesc. No projeto “30 Anos Tocando Baixo”, Gilberto de Syllos aborda a carreira e discorre sobre a profissão de músico. Um dos enfoques principais é sobre o trabalho didático que o músico desenvolve, como o Play Along de Roberto Menescal, lançado recentemente pela Editora Souza Lima. Amanhã, 14h. Sala Corpo e Arte. 20 vagas. Idade: 14 anos. Grátis. Inscrições na Central de Atendimento.

Teatro infantil

‘O Tesouro Verde’. O teatro do Bosque dos Jequitibás apresenta o espetáculo Infantil “O Tesouro Verde”.

Brasil. As músicas da artista de 29 anos já rendem parcerias com nomes internacionais, como Taylor Swift. “Long Live” – resultado da união com a cantora americana –, “Eu sem Você”, “Pássaro de Fogo”, “Pra Você”, “Barco de Papel”, “Se o Coração Viajar” e “Cuidar Mais de Mim”, todas muito executadas nas rádios da região, são os destaques do repertório apresentado em Sumaré. Amanhã, às 21h. Chapéu Brasil. Avenida Eletrometal, 550 - Jardim Dal’Orto, Sumaré. Os ingressos são vendidos a partir de R$ 30.

Música

Paula Fernandes

Show em Sumaré. A cantora mineira aproveita o bom momento na carreira e vem amanhã à noite à região para cantar seus sucessos. Consolidada no ramo com seu estilo calmo e as músicas que falam do campo, Paula faz show no Chapéu

Big Band no Taquaral. O Auditório Beethoven, também conhecido como Concha Acústica, na Lagoa do Taquaral, será palco para uma apresentação gratuita neste domingo do grupo de música instrumental. O local será palco da estreia da programação do Projeto Música na Praça, cuja primeira atração é a Big Band Banda Urbana. Domingo, às 16h. Concha Acústica, na Lagoa do Taquaral. A entrada é gratuita.

MIS terá oficina de produção de fotofilmes A partir de amanhã, estarão abertas as inscrições para a oficina Movimento Estático, que tem como objetivo ensinar a população da região a produção de fotofilmes – vídeos realizados a partir de fotografias, unindo cinema, fotografia e artes visuais. Composto por oito aulas, das 10h às 14h aos sábados, o curso será iniciado no dia 28 deste mês e se estende até 16 de novembro. Roteiristas, fotógrafos e artistas serão os responsáveis por ministrar as aulas. Ao término do curso, os alunos desenvolverão seus próprios fotofilmes, que serão exibidos em uma mostra do MIS (Museu da Imagem e do Som), onde será realizada a oficina. Os interessados podem se inscrever até o dia 27 pelo site do evento (www.mostracurta.art. br/?page_id=1305). Cinquenta vagas estão à disposição dos interessados. METRO CAMPINAS

Teatro. ‘Atreva-se’ segue em cartaz Dirigido por Jô Soares e protagonizado por Marcos Veras, ator que faz participações no Porta dos Fundos, o espetáculo “Atreva-se” segue em cartaz no Teatro Brasil Kirin, em Campinas, até o dia 22 deste mês. No palco, Veras é acompanhado pela esposa, Júlia Rabello – conhecida por também ter papéis espinhosos no Porta dos Fundos –, Mariana Santos e Carol Martin. O enredo remete a épocas diferentes e conta histórias permeadas de suspense, que estão ligadas entre si. “O jogo é driblar o espectador. O suspense está presente o tempo todo, nunca acaba e não se explica. O humor do nonsense, do absurdo, me agrada muito”, explica Jô Soares. Às sextas-feiras e sábados, a peça tem início às 21h. Aos domingos os atores entram em cena às 19h. Os preços dos ingressos variam entre R$ 30 e R$ 70. METRO CAMPINAS


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|23|◊◊

Em busca da glória das pistas Estreia. ‘Rush’ revive temporada histórica da F-1 estrelada por James Hunt e Niki Lauda “Rush – No Limite da Emoção” faz o espectador se perguntar por que não há tantos filmes sobre Fórmula 1 quanto de beisebol. Afinal, tensão, glamour e rivalidade costumam render sempre boas tramas para Hollywood. Dirigido por Ron Howard (“Uma Mente Brilhante”), o longa tem como pano de

“A estrutura do filme é interessante porque, no fim, você não tem um herói ou um vilão, mas sente empatia pelos dois”. DANIEL BRÜHL, ATOR

fundo a era de ouro dessas competições, quando era “normal” dois ou três pilotos não conseguirem chegar vivos ao fim da temporada. O roteiro de Peter Morgan (“Frost/Nixon”) se detém especificamente na de 1976, marcada pelo acirramento da rivalidade entre duas estrelas em ascensão da F-1: o britânico James Hunt (vivido por Chris Hemsworth) e o austríaco Niki Lauda (interpretado por Daniel Brühl). O longa se constrói basicamente a partir da oposição de personalidade dos dois. O primeiro é festeiro e inconsequente. O segundo, cerebral e disciplinado.

Niki Lauda (Daniel Brühl) e James Hunt (Chris Hemsworth) batem um papo em ‘Rush’ DIVULGAÇÃO

Estreia. Novo filme da Pixar, ‘Aviões’ segue fórmula de ‘Carros’ Com o sucesso do primeiro filme da série “Carros”, a Pixar aproveitou para abrir o leque de veículos falantes e criou “Aviões”, animação que estreia hoje no Brasil. O filme conta a história de Dusty, um avião pulverizador que passa os dias jogando fertilizantes em lavouras. Porém, seu sonho mesmo é ser um avião de corrida. Frustrando expectativas, ele sai bem em uma seletiva e passa a integrar uma competição pelo mundo com as mais velozes aeronaves. De narrativa simples,

“Aviões” incomoda por ter uma história muito parecida com a de “Carros”, que investe o tempo todo no discurso da necessidade da superação para a conquista dos sonhos. Até personagens são parecidos, como Skipper, uma velha aeronave da Marinha que lembra o carro Doc Hudson com suas lições de vida. Dublado no original por nomes como Teri Hatcher e Val Kilmer, o filme tem em sua versão em português a voz da cantora Ivete Sangalo para a aeronave Carolina Santos Duavião. METRO

Outra estreia ‘Dose Dupla’ [EUA, 2013], de Baltasar Kormakur. Com Denzel Washington e Mark Wahlberg Bobby e Stig são dois agentes à paisana escalados para roubar um banco de fachada da máfia. Acontece que um não sabe da real identidade do outro. Quando descobrem, os dois são demitidos e ficam à mercê dos bandidos.

DIVULGAÇÃO

Hunt se torna um adversário preocupante para Lauda quando conquista a vaga de Emerson Fittipaldi na McLaren e se torna a única ameaça real ao campeonato do austríaco pela Ferrari. Isso o faz se ver forçado a correr em condições inadequadas, o que acaba resultando em um dos mais graves acidentes

da história da Fórmula 1. O episódio não é suficiente para parar Lauda e ressalta o que há de comum a ele e a Hunt: uma incrível paixão pela adrenalina das pistas. O diretor consegue mostrar com habilidade, fazendo o espectador criar uma forte identificação com os personagens.

“A estrutura do filme é interessante porque, no fim, você não tem um herói ou um vilão, mas sente empatia pelos dois”, comentou Brühl ao Metro Internacional durante o Festival de Toronto. O barato da produção está no fato de ela resultar em um filme clássico ao extremo, cheio de fórmu-

las, mas muito bem azeitado. Prepare-se para se segurar na cadeira diante das perigosas ultrapassagens e torcer por um dos dois (mesmo já sabendo o resultado da história real). AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO


|24|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

VARIEDADES} Os invasores

Receita Minuto

Camelôs

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

BOLO DE MILHO COBERTO COM CREME DE CANELA

Cruzadas

Descoberto no México há mais de 7 mil anos, o milho tem como significado ‘sustento da vida’. Usado pelos incas, maias e astecas, o grão foi a base da alimentação das sociedades antigas. A receita que desenvolvemos exclusivamente para nossos leitores e espectadores é o melhor bolo de milho que já fizemos: é cremoso, mas do tipo que o creme fica bem separado e à mostra. Fácil de fazer e mais fácil ainda de comer. Ótimo fim de semana a todos!

Mensalão Vê-se que os três novos ministros nomeados pela presidente Dilma (Fux não conta, porque sua indicação já havia sido definida pelo ex-presidente Lula) estão cumprindo fielmente o papel para o qual foram colocados na Suprema Corte, qual seja, o de livrar a cara dos companheiros pegos no mensalão. Realmente é um ultraje à moral e, principalmente, à dignidade de um povo, a constatação de que nossa última fonte de esperança por restabelecimento da vergonha nacional também tenha sido “aparelhada”.

Cobertura: 1 lata de creme de leite com soro ½ litro de leite 1 colher (sopa) de margarina 3 gemas 1 xícara (chá) de açúcar ½ colher (café) de essência de baunilha 5 colheres (sopa) de amido de milho 1 colher (café) de canela em pó

FERNANDO MARIN - CAMPINAS, SP

Para polvilhar: 1 colher (sopa) de canela em pó Modo de Preparo: Para a massa: bata no liquidificador por 3 minutos todos os ingredientes da massa e transfira para uma assadeira retangular untada com margarina e polvilhada com fubá. Leve ao forno quente (180º) por aproximadamente 1 hora ou até que esteja dourado e assado. Retire do forno, desenforme e reserve para amornar. Para a cobertura: bata todos os ingredientes no liquidificador e transfira para uma panela. Mexa sem parar em fogo moderado até que fique um creme espesso. Coloque sobre o bolo, polvilhe um pouco mais de canela e sirva ainda morno.

É um absurdo um representante da Acic concordar com um camelô. Esse sujeito deveria representar uma categoria oficial e agir de acordo com o que seu posto exige. Alguns camelôs chegam a ganhar mais de R$ 10 mil por mês sem pagar nenhum imposto, além de venderem mercadorias duvidosas. A Acic deveria punir seu funcionário, pedindo para ele se retratar, inclusive. JORGE LUIZ SILVA - CAMPINAS, SP

CLARISSA MIRZEIAN

INGREDIENTES Massa: 5 espigas de milho (só os grãos) 3 xícaras (chá) de açúcar 1 ½ xícara (chá) de leite 1 xícara (chá) de margarina amolecida 150g de queijo minas padrão ralado 6 ovos caipiras 6 colheres (sopa) de farinha de trigo 1 ½ colher (sopa) de fermento químico em pó

Leitor fala

Metro Pergunta

A entrega das armas químicas vai resolver o conflito na Síria?

Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @Jornal_MetroCPS

@MaranhaoAntonio

A retirada das armas químicas certamente tranquiliza os representantes do governo norte-americano. @fari_sfc

Espero que, até pelo envolvimento de outros países, o conflito seja amenizado. As armas químicas representam uma grande ameaça. @caperazzolo

Creio que sim. Gostei da atitude do governo Obama, que preferiu adiar o ataque e apostar na diplomacia.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.camp@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Período importante para projetos a longo prazo. Situações que envolvam novas responsabilidades marcarão o momento profissional.

Valorize a sexta e o final de semana para cuidados com o corpo, saúde e para recompor-se de desgastes causados pela rotina.

Muitas vezes é essencial se desfazer de lugares e pertences que somos apegados para dar espaço ao que é diferente e renovar energias.  

Este é um dia positivo para vivenciar seu intelecto, para se empenhar a leituras ou hobbies que façam bem a mente.

Aproveite o final desta semana para se divertir mais e desviar a mente de preocupações que ocuparam sua atenção na semana.

Momento propício para empenho e solução de problemas das pessoas que mais gosta. Apenas evite se dedicar mais do que pode.

Seja cuidadoso com a maneira de tratar alguns assuntos íntimos ou que envolvam as emoções de quem se relaciona.

Assuntos ligados a familiares são propensos a tomar uma atenção extra. Dia em que está propenso a organizar os ambientes que vive.     

Tenha atenção para não agir com posturas antissociais que façam se afastar de bons amigos ou desagradar pessoas.

A influência da Lua em seu signo oposto, Capricórnio, trará uma sensibilidade diferente para perceber o que as outras pessoas precisam.

A vida amorosa recomenda paciência e jeito para lidar com certas conversas. Procure compreender mais os pensamentos de quem gosta.

O envolvimento com amigos tende a ser mais intenso e prazeroso. Também é um fim de semana para quem gosta de causas voluntárias.


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|25|◊◊

‘Quem Fica em Pé?’ volta com mais diversão

Datena comanda o programa | DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

AMANDA SEYFRIED Fazer cenas de sexo foram uma ‘bobagem’ para a atriz, que deixa as mocinhas de lado para viver estrela pornô em ‘Lovelace’ A estrela de musicais como “Mamma Mia” e “Os Miseráveis” também já atuou em filmes mais transgressores, como “Alpha Dog” e “Chloe”. Em “Lovelace”, que estreia hoje, ela encarna Linda Boreman, mais conhecida pelo sobrenome artístico Lovelace. Primeira dona de casa a se tornar estrela pornô, Boreman foi forçada a fazer o clássico “Garganta Profunda” pelo marido abusivo (interpretado por Peter Sarsgaard). Como sua percepção de Linda mudou após o filme? Ela foi uma mulher presa às circunstâncias erradas. Fez algumas más escolhas, se perdeu, mas tentou se encontrar e nunca desistiu. Ela é bem mais forte do que as pessoas acreditam, mas teve uma vida terrível. A única salvação dela eram seus dois filhos, que representaram uma experiência definidora para ela. Você teve dúvidas sobre fazer o papel? Não. Quer dizer, no início, sim, porque você sempre pensa se o filme que você faz é melhor do que outro que você poderia estar fazendo. Depois de conhecer [os diretores] Rob [Epstein] e Jeff

[Friedman], acreditei que eles poderiam contar a história dela de uma forma bonita. Boreman não é uma personagem lá muito autônoma. Linda era muito tímida, ingênua e tinha pouco estudo. Ela cometeu um erro ao escapar de uma casa repressiva e estritamente católica para cair nos braços de alguém que, em vez de salvá-la, a fez afundar ainda mais. É difícil interpretar sentimentos sem diálogos? Acho que às vezes é mais fácil quando não há falas, porque você pode convencer bastante apenas pela forma como reage às coisas. Foi fácil para a minha personagem reagir diante do de Peter. As cenas de sexo foram muito difíceis? Isso é uma bobagem. Toda cena de sexo é fácil. As cenas de violência, por sua vez, não têm nada de bobas e não foram nem um pouco fáceis. Mas também não foram aterradoras, porque há uma estrutura. Tudo é coreografado. MATT PRIGGE

METRO INTERNACIONAL

Estreia neste domingo, às 20h, na Band, a segunda temporada de “Quem Fica em Pé?”, gameshow comandado por José Luiz Datena. A disputa mantém o formato: um desafiante enfrenta dez participantes com perguntas de conhecimentos gerais. Quem não responder no tempo certo ou errar a resposta sai do jogo ao cair em um buraco

misterioso. O jogador que conseguir ficar até o final ganha R$ 100 mil. “Este prêmio pode resolver a vida de muita gente, é gratificante poder ajudar essas pessoas”, afirma Datena. “Saio mais feliz após as gravações do programa, mas a dificuldade mesmo é eu ficar em pé por tantas horas”, brinca. Um novidade desta no-

va temporada é a utilização do Segunda Tela, aplicativo para celular e tablet (iOS e Android) que permite ao telespectador também fazer as vezes de participante e brincar simultaneamente à exibição do programa – mas sem poder influenciar no jogo. Para baixar o jogo, basta acessar o site band.com.br/segundatela. METRO


3 ESPORTE

|26|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Contra Alemanha, Brasil tenta seguir na Copa Davis Tênis. Repescagem para Grupo Mundial da competição começa hoje, no país europeu O Brasil inicia hoje a luta para se manter no grupo de elite da Copa Davis, principal torneio por equipes no tênis mundial. Em Ulm, na Alemanha, o time brasileiro tentará permanecer no Grupo Mundial da competição diante dos donos da casa. Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, abre o dia de confrontos às 9h (horário de Brasília) contra Philipp Kohlschreiber. Em seguida, Thomaz Bellucci duela com Florian Mayer. No sábado, é a vez dos duplistas. Marcelo Melo e Bruno Soares encaram Daniel Brands e Martin Emmrich às 8h. Por fim, no domingo, Bellucci e Rogerinho voltam à quadra. Bellucci enfrenta Philipp Kohlschreiber às 8h; Silva faz o quinto e último jogo com Florian Mayer logo depois.

“A expectativa é de grandes partidas, vamos precisar jogar em alto nível se quisermos vencer este confronto. Para se manter no Grupo Mundial, o nível de tênis tem de ser intenso e superior”, afirmou o capitão da equipe brasileira, João Zwetsch. Regulamento Eliminado na primeira fase do Grupo Mundial – perdeu para os EUA por 3 a 2, em fevereiro –, o Brasil precisa vencer para continuar entre as 16 equipes que disputam a fase internacional da Copa Davis. Caso vença a Alemanha (derrotada pela Argentina, por 5 a 0, também na primeira fase) na repescagem, o país segue na elite. Se perder, disputará a Zona Americana em 2014, uma espécie de divisão de acesso ao Grupo Mundial. METRO

F-1. Massa quer papel de liderança em novo time Sem equipe até o momento para a temporada 2014 de Fórmula 1 após anunciar que não continuará na Ferrari, Felipe Massa busca uma escuderia em que possa desempenhar “papel de liderança”, segundo o empresário do piloto, Nicolas Todt. “Ele nunca irá para um time menor para ser segundo Seleção

Basquete

México

A Seleção Mexicana foi campeã da Copa América de Basquete após vencer Porto Rico por 91 a 89, em Caracas, na Venezuela. O destaque da partida foi o pivô Gustavo Ayron (foto), considerado o melhor atleta da competição. Na final, ele anotou 20 pontos e pegou 16 rebotes.

piloto. Precisamos encontrar um carro que permita a ele desenvolver um papel de liderança na F-1.” O agente confirmou que o paulista pode correr pela Lotus, equipe atual do finlandês Kimi Raikkonen, que vai substituí-lo na Ferrari: “É a melhor vaga disponível, sem dúvidas”, disse. METRO Eliminatórias

Brasil sobe para 8º no ranking da Fifa

Irregularidade bane Cabo Verde

Em bom momento, a Seleção Brasileira subiu para o 8º lugar no ranking divulgado ontem pela Fifa. A Espanha, que ainda não garantiu vaga na Copa do Mundo, continua na liderança, seguida por Argentina e Alemanha (em 2º e 3º lugares, respectivamente). Completam o top 10: Itália (4º), Colômbia (5º), Bélgica (6º), Uruguai (7º), Holanda (9º) e Croácia (10º).

A Seleção de Cabo Verde foi banida do grupo africano que disputa as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. O motivo é que a equipe escalou o zagueiro Fernando Varela, que havia sido expulso em jogo anterior, para o confronto com a Tunísia, ocorrido no último sábado. A partida, vencida pelos cabo-verdianos por 2 a 0, terminou em derrota por W.O.

METRO

METRO

João Zwetsch, Bruno Soares, Marcelo Melo, Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva | DIVULGAÇÃO/CBT

Shevchenko vira golfista Ex-atacante de Milan e Chelsea, o ucraniano Andriy Shevchenko vai estrear em um torneio profissional de golfe, o Kharkov Superior Cup, neste fim de semana. “É muito diferente do futebol. Comecei a jogar golfe para escapar da pressão de jogar futebol. Achei um esporte onde posso focar em me balancear mentalmente”, disse o ex-jogador de futebol. METRO

Shevchenko, agora, se dedica às tacadas | ROSS KINNAIRD/GETTY IMAGES

Palmeiras. Henrique e Mendieta estão de volta Para o jogo de amanhã contra o América-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, o técnico Gilson Kleina terá dois reforços importantes: o zagueiro Henrique e o meia Mendieta. O defensor estava na Seleção e foi desfalque nos dois últimos duelos pela Série B. Já o paraguaio cumpriu dois jogos da suspensão imposta pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Alguns atletas, no entanto, podem ser poupados por

conta do desgaste físico, como já adiantou Kleina, sem citar nomes. Mas, se optar por preservar Wesley, o treinador pode “comprar uma briga”, já que o volante deixou claro que vai fazer de tudo para estar em campo diante dos mineiros. “Se o professor optar por me poupar, eu vou brigar com ele, no bom sentido. Eu tive um 2012 complicado e não quero ficar fora”, afirmou Wesley. METRO

Meia Mendieta reforça a equipe | CESAR GRECO/FOTOARENA


|28|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Santos. Derrota no Rio breca a reação alvinegra Depois da vitória diante do Inter, na terça-feira, o Santos tinha planos de, no mínimo trazer um ponto do duelo de ontem contra o Flamengo, no Rio, para seguir em busca do G-4 do Brasileiro. Faltou, porém, combinar com o time carioca. Com desfalques importantes e desgastado pela maratona de jogos, o Peixe acabou derrotado por 2 a 1. E o primeiro gol rubro-negro, aos 19 minutos, contou com um azar enorme da defesa. Em jogada pela di-

2 1 • •

reita, Léo Moura “tabelou” com a zaga santista e Hernane ajeitou para o lateral fuzilar para as redes. Aos 9 da etapa final, veio o segundo do Flamengo, com Hernane, após boa triangulação do ataque. Mas, três minutos depois, Cícero anotou de pênalti e colocou o Peixe de novo no jogo. A reação alvinegra, no entanto, não veio. O Flamengo conseguiu segurar o resultado e sair do Maracanã com os três pontos na contagem. METRO

Paulo Victor; Léo Moura (Luiz Antonio), Wallace, Samir e André Santos; Cáceres, Elias , Paulinho (João Paulo) e Gabriel (Rafinha); Carlos Eduardo e Hernane. Técnico: Mano Menezes

FLAMENGO

Mais longe...

Aranha; Cicinho , Gustavo Henrique, Durval e Mena (Emerson); Alison (Gabriel ), Renê Júnior, Renato Abreu e Cícero; Thiago Ribeiro e Everton Costa (Willian José). Técnico: Claudinei Oliveira

SANTOS

Gols. Léo Moura aos 19 minutos do 1º tempo; Hernane aos 9 e Cícero aos 12 minutos do 2º tempo. Arbritagem. Sandro Meira Ricci (PE)

Série C. Bugre pega Macaé para manter a liderança Amanhã, às 16h, no Brinco de Ouro, o Guarani recebe o Macaé para manter a liderança do grupo B da Série C do Brasileiro. André Alves e Thiago Souza devem compor a zaga, apesar do mistério do técnico Tarcísio Pugliese. No meio campo a boa noCLASSIFICAÇÃO P V GP SG 1º CRUZEIRO

43 13 44 25

2º BOTAFOGO

39 11 33 12

3º GRÊMIO

37 11 28 9

4º ATLÉTICO-PR

35 9 35 10

5º INTERNACIONAL 31 7 34 5

tícia é o retorno do volante Edmílson, que terá a companhia de Elyeser. A meta do Guarani é abrir vantagem maior para o 5º colocado, já que quatro equipes avançam. O Mogi, que ocupa a quarta posição, tem 20 pontos, contra 22 do Bugre. METRO CAMPINAS

Brasileirão 21ª rodada AMANHÃ 18h30 CRUZEIRO X ATLÉTICO-PR 21h X PORTUGUESA

FLUMINENSE

6º CORINTHIANS

30 7 19 10

7º SANTOS

28 7 23 6

8º CORITIBA

28 7 23 0

9º GOIÁS

26 6 20 -4

10º ATLÉTICO-MG

25 6 21 -1

11º FLAMENGO

25 6 21 -3

12º CRICIÚMA

24 7 27 -6

13º VITÓRIA

24 6 25 -4

14º VASCO

24 6 29 -5

15º BAHIA

24 6 20 -6

16º FLUMINENSE

23 6 23 -4

17º PORTUGUESA

22 5 28 -4

18º SÃO PAULO

21 5 18 -4

Série B

19º PONTE PRETA

15 4 20 -11

22ª rodada

20º NÁUTICO

9 2 9 -25

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

DOMINGO 16h VASCO CORINTHIANS PONTE PRETA CRICIÚMA CORITIBA

X X X X X

SÃO PAULO GOIÁS FLAMENGO INTERNACIONAL BAHIA

18h30 VITÓRIA GRÊMIO SANTOS

X NÁUTICO X ATLÉTIC0-MG X BOTAFOGO

AMANHÃ 16h20 AMÉRICA-MG

X PALMEIRAS

Baraka lamenta gol sofrido pelo time, marcado pelo atacante Luis Fabiano | LEVI BIANCO/BRAZIL PHOTOPRESS/FOLHAPRESS

Drama. Ponte Preta perde para o São Paulo na estreia de Muricy e fica ainda mais longe de sair da zona de perigo. Distância para o 1º time fora do Z-4 é de 8 pontos A situação da Ponte Preta ficou ainda mais dramática no Campeonato Brasileiro. Ontem a equipe iniciou o 2º turno com derrota para o São Paulo no Morumbi, por 1 a 0. O time agora está a oito pontos da primeira equipe fora da degola. O primeiro tempo teve amplo domínio do São Paulo, que obteve mais de 70% de posse de bola e chances de gol que contaram com outra boa atuação do goleiro Roberto. A Macaca tentava no contra-ataque, mas sem nenhum resultado. No intervalo, o placar não agradava a nenhum dos lados. Na segunda etapa, o Tricolor tratou de confirmar o bom desempenho no primeiro tempo com um gol logo no início, aos dois minutos. Após belo passe de Ganso, Luis Fabiano só des-

1 0 • •

Cenas

1 . NELSON ANTOINE/FOTOARENA 2 . MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS 3 . LEVI BIANCO/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

15

1

pontos tem a Ponte Preta na competição. A equipe precisa vencer 10 partidas de um total de 18 para não cair locou Roberto para deixar o time do Morumbi na frente. A Macaca respondeu pelo alto com César de cabeça, mas Rogério Ceni pegou. Roberto também trabalhou bem no chute de Fabuloso minutos depois. A Ponte ainda levou perigo em outra jogada aérea, que o desvio da zaga são-paulina quase deixou a bola nas redes de Rogério Ceni, mas a pressão final acabou sem ser efetiva para os campineiros. METRO CAMPINAS

Rogério Ceni; Caramelo (Jadson), Paulo Miranda , Antonio Carlos e Reinaldo; Rodrigo Caio, Denilson , Maicon e Ganso (Lucas Evangelista); Welliton (Negueba) e Luis Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho

SÃO PAULO

Roberto; Artur, César, Ferron e Uendel; Baraka , Magal (Rildo), Fellipe Bastos e Adrianinho (Brian Sarmiento); Chiquinho (Adaílton) e William. Técnico: Jorginho

PONTE PRETA

Gol. Luis Fabiano aos 2 minutos do 2º tempo. Arbritagem. Marcelo Aparecido de Souza (SP), auxiliado por Herman Vani (SP) e Daniel Luis Marques (SP).

2

1

Em casa.

Depois de quatro anos da última passagem no clube, Muricy voltou ao Morumbi.

2

‘É Muricy’.

Os mais de 43 mil tricolores ovacionaram o novo treinador nas arquibancadas.

3

Aqui é trabalho.

Até o mascote se rendeu: vestiu uma camisa com o bordão do técnico.

3


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|29|◊◊

No Timão, título ‘ficou muito difícil’ Má fase. Há três jogos sem vencer, Corinthians considera troféu do Brasileiro pouco provável

Taça dará a volta ao mundo Campeões mundiais pelo Brasil, Marcos, Zagallo, Rivellino, Amarildo e Bebeto lançaram ontem, no Rio de Janeiro, o “Tour da Taça”. A partir do próximo dia 19, o troféu passará por 89 países. A Copa começa em 12 de junho. | BRUNA PRADO/METRO RIO

Depois de 20 rodadas do Brasileiro, a distância do Corinthians para o líder Cruzeiro já é de 12 pontos. Com a diferença, o lateral-direito Alessandro praticamente jogou a toalha em relação à conquista do campeonato. “Está complicado brigar por título. Contra o Internacional perdemos em uma infelicidade, no desvio de uma bola. Contra o Náutico, a equipe estava desconfigurada. Contra o Botafogo, perdemos com um gol no final. Ficou muito difícil”, lamentou. Para ele, o Corinthians precisa voltar a vencer partidas – coisa que não aconteceu nas últimas três rodadas – para começar a sonhar

Nove

gols levou o Timão no Brasileiro – é o time menos vazado. Por outro lado, o alvinegro tem o 4o pior ataque, com 19 gols. com objetivos maiores na tabela de classificação. A dificuldade para chegar ao hexacampeonato em 2013 também é compartilhada pelo diretor-adjunto corintiano Duílio Monteiro Alves. “No Brasileiro não vivemos um bom momento, é verdade, mas é difícil, faz parte do futebol. Tem outros 19 clubes trabalhando para chegar”, concluiu o dirigente alvinegro. METRO

Para Alessandro, time precisa de sequência de vitórias | MAURO HORITA/AGIF/FOLHAPRESS


CAMPINAS - SEXTA-FEIRA, 13 DE SETEMBRO DE 2013



20130913_br_metro campinas