Issuu on Google+

BELO HORIZONTE - SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013


O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

DIVULGAÇÃO

“Os Pássaros será exibido hoje no Palácio em bate-papo com Zé do Caixão

Um viradão aterrorizante Sem parar, 32 horas de filmes de Hitchcock

PÁG. 17

EM PASSOS INDIANOS

SESC CIA. DE DANÇA ESTREIA NOS PALCOS COM BALÉ SOBRE PAIXÃO JUVENIL NO ORIENTE PÁG. 14 BELO HORIZONTE Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 Edição nº 468, ano 2 MÍN: 16°C MÁX: 29°C sunny

snow

rain

partly

www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh sunny

hazy

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Inflação alta derruba renda pela quinta vez

showers

IBGE. Números mostram queda na média de rendimentos do trabalhador brasileiro com carteira assinada no mês de julho, em relação a junho e ao mesmo período de 2012. Belo Horizonte contraria a média nacional e tem ligeira alta no mesmo período PÁG. 05

Mortes por atropelamento no Anel de BH superam 2012

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

COMPLICOU

Galo saiu na frente, mas cedeu a virada e diferença de dois gols PÁG. 16 Gol no fim do jogo reacende as esperanças alvinegras, que precisará reverter resultado de 4 a 2

| LUCIANO BELFORD/FUTURAPRESS

Supremo mantém a pena de Delúbio Soares no mensalão Ex-tesoureiro do PT foi condenado a quase 9 anos de prisão; STF já rejeitou pedidos de 13 réus PÁG. 04

Mais Médicos supre De janeiro a agosto, 12 pessoas perderam a vida atropeladas no Anel 5% da demanda Rodoviário, contra 11 em todo o ano passado. Trecho mais perigoso é a Secretário Nacional de Atenção à ocupação da Vila da Luz, onde seis Saúde diz que programa precisa ser mortes foram registradas PÁG. 02 mantido para alcançar objetivos PÁG 03


1 FOCO

Expansão

Mães de Minas

Lançado em 2011, o projeto do governo estadual chegou a 100 mil mães cadastradas, meta que estava prevista apenas para o fim do ano. Para celebrar a marca e incentivar novas inscrições, o Estado firmou parceria com uma empresa de telefonia celular para a impressão de 50 mil cartões de recarga com a marca do programa.

Cotações Dólar - 0,78% (R$ 2,43) Bovespa +1,97% (51.397 pts) Euro + 1,33% (R$ 3,26) Selic (8,50%)

Salário mínimo (R$ 678)

|02|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Anel já é palco de 12 mortes por atropelamento em 2013 Perigo. Levantamento da polícia revela que, até agosto, já houve mais óbitos do que o registrado em todo 2012 O número de mortes por atropelamento no Anel Rodoviário cresceu neste ano. Até agosto, já foram anotados 12 óbitos após esse tipo de acidente, quantidade maior que a registrada durante todo o ano passado, quando 11 morreram na via. A Polícia Militar considera a estatística preocupante. O último levantamento divulgado pelos militares aponta que 43 atropelamentos ocorridos na rodovia deixaram 44 feridos neste ano, uma média de cinco machucados a cada 30 dias. “O pedestre tem preguiça de gastar um tempinho a mais para subir a passarela. Ele não perde o tempo, mas acaba não avaliando os riscos”, diz o comandante do policiamento no Anel Rodoviário, tenente Geraldo Donizete. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, as vítimas normalmente são pessoas mais velhas. “Temos ainda o agravante quando, próximo às passarelas, tem algum bar ou estabelecimento que venda bebidas alcoólicas. É comum pessoas embriagadas serem atropeladas justamente nos trechos em frente a esses comércios”, afirma o policial militar rodoviário.

GERALDO DONIZETE Comandante do Policiamento do Anel Rodoviário, tenente Geraldo Donizete. Qual a explicação para o alto índice de atropelamentos? O pedestre tem preguiça de andar um pouco mais, de perder dois ou três minutos e acaba não avaliando os riscos. O que o cidadão não pensa é que ele pode estar economizando a vida.

Polícia já registrou neste ano 43 atropelamentos na rodovia | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Trecho da morte A polícia aponta que o trecho da rodovia entre os Km 25 e 26 é o mais perigoso. “Ali está a ocupação irregular Vila da Luz e tem um número maior de pessoas morando. Em 2012, 50% das mortes ocorreram no trecho”, diz. METRO BH

154 mil 90% veículos passam diariamente pelo Anel Rodoviário, conforme levantamento feito pela Polícia Militar Rodoviária no final do ano passado.

Militar participava de roubos Duas quadrilhas especializadas em roubo a bancos e empresas foram apresentadas ontem pela Polícia Civil. Os suspeitos de efetuarem pelo menos 17 crimes em Minas contavam com a ajuda de um policial militar, que também foi preso. De acordo com as investigações, os dois grupos causaram um prejuízo de R$ 1 milhão. Após rastreamentos, a polícia conseguiu planejar um cerco às duas quadrilhas, que tentavam assaltar agências nas cidades de Bom Sucesso e Igarapé.

Quadrilhas roubaram até R$ 1 milhão | RICARDO BASTOS/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

O militar envolvido nos esquemas não atuava diretamente nos assaltos, mas avisava aos comparsas sobre os deslocamentos da polícia, facilitando a ação dos

FALE COM A REDAÇÃO leitor.bh@metrojornal.com.br /- COMERCIAL: /-

O jornal Metro circula em  países e tem alcance diário superior a  milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de  mil exemplares diários.

assaltantes. Sete membros das quadrilhas foram presos, e outras 16 pessoas ainda devem ser indiciadas por envolvimento com os crimes. METRO BH

dos atropelamentos são causados por displicência do pedestre, segundo levantamento da Polícia Militar Rodoviária. No Anel, são 23 passarelas em 26 km de via. Incêndio

Os acidentes são próximos a passarelas? A maioria dos 12 óbitos e dos feridos foi socorrida embaixo de passarela. A explicação é que onde tem a estrutura também existe uma aglomeração maior de pessoas na região. Qual trecho mais perigoso? No trecho onde está a ocupação irregular Vila da Luz. Lá, foram registradas seis das 11 mortes por atropelamento em 2012. METRO BH Lei Seca

Fogo ameaça residências do bairro Buritis

Novas 12 cidades mineiras terão operações

Os Bombeiros registraram pelo menos 24 focos de incêndio ontem em Belo Horizonte e região metropolitana. O ponto mais crítico foi na Mata da Copasa, no bairro Buritis, onde o fogo ameaçou atingir algumas casas. Segundo a corporação, dez dos chamados não puderam ser atendidos por falta de efetivo. METRO BH

A partir do mês que vem, mais 12 cidades do interior de Minas passarão a ter as operações “Sou pela vida, dirijo sem bebida”, que coíbem a embriaguez ao volante. Hoje, será realizado um treinamento com militares e policiais civis dos municípios. Entre as cidades estão Contagem, Betim e Uberlândia. METRO BH

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: .). Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB .). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende. Editor-Executivo: Luiz Fernando Rocha. Editor de Arte: Cláudio Machado. Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, , São Bento, CEP: -, Belo Horizonte, MG. Tel.: /-. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. . exemplares


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

‘Mais Médicos’ atende a 5% da demanda de Minas Saúde. Primeira etapa do programa do governo federal atende a um número aquém do que o Estado precisaria O balanço do fim da primeira etapa do programa “Mais Médicos” revelou que ainda falta muito para o sistema de saúde mineiro chegar ao número de profissionais ideal. O Ministério da Saúde informou ontem que apenas 5% da demanda do Estado foi cumprida com o reforço. Em mais uma visita a Belo Horizonte, o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães, afirmou que Minas precisa de um número 20 vezes maior que os 88 profissionais que reforçarão o atendimento no Estado. O número é abaixo até da última previsão do governo federal feita neste mês, quando afirmou que o Minas poderia receber 169 pro-

“Os números mostram a evidente escassez de médicos. É uma amostra que faltam médicos e que temos de persistir nesse caminho.” HELVÉCIO MAGALHÃES, SECRETÁRIO DE ATENÇÃO À SAÚDE DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

fissionais da saúde. E o reforço pode sofrer ainda mais baixas, já que os médicos estrangeiros – 16 dos 88 – passarão por um período de preparação (veja mais na pág. 4). “A questão estrutural é importante, estamos melhorando a estrutura do SUS. Mas isso é ao longo do tempo, a gente precisa de médico e a população não

pode ficar desassistida”, explicou Helvécio Magalhães. Treinamento O secretário visitou a capital mineira para fazer um treinamento e capacitar os gestores municipais (secretários e prefeitos) a acolher os médicos que chegarão. “Está tendo uma receptividade muito grande dos prefeitos, até porque esse programa vem atender a uma demanda deles”, afirmou o secretário. “Nosso município é carente de certos recursos. Esse reforço vem como auxílio”, confirma a secretária de Saúde de Caratinga, Sueli Amorim. Os profissionais brasileiros já estarão à disposição no dia 2 de setembro. METRO BH

SUELI AMORIM Secretária de Saúde de Caratinga, Sueli Amorim. A cidade receberá 5 médicos. Como a cidade recebe o reforço desses profissionais? Com ansiedade. Temos déficit no número de equipes da Saúde da Família e tivemos dois médicos que pediram demissão. Eles virão para suprir essa demanda.

Programa precisará se reforçar para atender aos municípios | RAMON JADER/SES

É difícil atrair médico? Extremamente. É muito difícil quando você exige que o médico cumpra as 40 horas semanais, enquanto outras cidades descumprem essa norma. METRO BH


|04|

Gol. Pedir atestado foi correto, diz sindicato O SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas) afirmou ontem que a tripulação da Gol seguiu a lei ao pedir o atestado médico à família da coreógrafa Deborah Colker na segunda-feira. O neto de Deborah, de 3 anos, tem uma doença de pele genética, a epidermólise bolhosa. A coreógrafa estava com a família em um voo da Gol. Já dentro do avião, foram abordados por um comissário que exigia um atestado médico comprovando que a doença do menino não era contagiosa. Segundo Deborah, a abordagem foi “nitidamente discriminatória, preconceituosa”. Em nota, o SNA afirmou que cumpriu o Código Brasileiro de Aeronáutica. “Reitera repudiar qualquer forma de discriminação ou preconceito, independentemente da situação. Estas regras devem ser cumpridas, mesmo que contrárias à vontade dos passageiros.” METRO

Reforma. Deputados definem o que vai à votação A ameaça de esvaziamento das discussões levou o grupo de trabalho da Reforma Política a antecipar a apresentação das primeiras conclusões sobre mudanças na legislação eleitoral. As audiências públicas, previstas para as duas próximas semanas, foram adiadas e, a partir da próxima quinta-feira, os deputados passarão a votar os pontos que já foram discutidos. O presidente da comissão, deputado Cândido Vaccarrezza (PT-SP), cedeu aos apelos dos integrantes para destravar o andamento dos trabalhos. A principal divergência é o financiamento de campanha. Representante do PT, o deputado Ricardo Berzoini (SP) quer a votação fatiada para permitir que o ponto vá ao plenário da Câmara e do Senado, a tempo de entrar em vigor nas eleições de 2014. METRO BRASÍLIA

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

STF mantém a pena de ex-tesoureiro do PT Mensalão. Ministros negaram embargos de Delúbio Soares e Ramon Rollerbach. Enivaldo Quadrado terá que prestar serviços comunitários O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares teve o recurso negado ontem pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e mantida a pena de 8 anos e 11 meses de prisão. O petista pediu revisão da sentença porque entendia que admitiu ter praticado o crime de repasse ilegal de dinheiro para o esquema. “O réu distribuiu R$ 55 milhões. Confessou um de seus crimes depois de eles terem sido descobertos pelas autoridades”, rebateu o presidente do STF e ministro relator do caso, Joaquim Barbosa. O argumento foi aprovado por unanimidade. Pela primeira vez, porém, a Corte admitiu um recurso. Condenado a 3 anos e 6 meses de prisão por lavagem de dinheiro, Enivaldo Quadrado conse-

“As circunstâncias do crime revelaram o desprezo do embargante, Delúbio Soares, pela coisa pública.” JOAQUIM BARBOSA, RELATOR DA AÇÃO PENAL E PRESIDENTE DO STF

guiu reverter a sentença e cumprirá pena alternativa. O sócio da corretora Bônus-Banval terá que pagar multa de 300 salários minimos e prestar serviços comunitários de uma hora por dia. “Considero aplicável a substituição da pena”, decidiu Barbosa. Ramon Rollerbach, ex-sócio de Marcos Valério, manteve a condenação de 29 anos e 7 meses de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O STF começou ainda a julgar o recurso do operador do mensalão, Mar-

cos Valério, condenado a 40 anos de prisão. Uma divergência sobre o cálculo da multa aplicada, que foi de R$ 2,7 milhões, adiou a discussão para a próxima quarta-feira. Ao todo, 14 dos 25 recursos já foram julgados. Embargos infringentes Os recursos de 11 réus que tiveram quatro votos pela absolvição e que poderão dar direito a novo julgamento foram criticados. “Seria mais uma jabuticaba, mais uma idiossincrasia”, opinou o ministro Gilmar Mendes. METRO BRASÍLIA

Delúbio Soares foi condenado a 8 anos e 11 meses de prisão | LULA MARQUES/FOLHAPRESS

Médicos cubanos começam no dia 16

Médicos fizeram vários protestos contra o programa | SÉRGIO LIMA/FOLHAPRESS

Os estrangeiros que participarão do programa Mais Médicos vão começar a trabalhar no dia 16 de setembro em Unidades Básicas de Saúde. Antes, eles participam de um treinamento de três semanas sobre o funcionamento do SUS (Sistema Único de Saúde). A informação foi divulgada ontem pelo secretário nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa. Os 400 médicos cubanos, que chegarão ao país na segunda-feira, também começam a trabalhar no mesmo dia. A maioria deve ir para cidades do Norte e Nordeste. Até o final do ano, deverão ser 4 mil médicos cubanos no país. Segundo Barbosa, qualquer um desses médicos, brasileiro ou estrangeiro, pode ser desclassificado se for reprovado nas avaliações, feitas por universidades públicas. Barbosa rebateu as críticas do CFM (Conselho Federal de Medicina), que

afirma que o trabalho dos profissionais de Cuba tem características de escravidão, “Os médicos virão voluntariamente. Não é escravidão. Eles receberão salários que já ganham em Cuba. Nós não podemos pagar diretamente. O governo cubano só aceita sob forma de acordo bilateral”, disse. O governo vai repassar a Cuba, via OPAS, R$ 10 mil mensais por cada médico, mesmo valor pago aos que se inscreveram individualmente no programa. Além do CFM, a iniciativa também é criticada pela AMB (Associação Médica Brasileira). O presidente da entidade, Florentino Cardoso, afirmou que a população de baixa renda será a mais afetada com a vinda de médicos cubanos. Segundo ele, o baixo grau de instrução e informação sobre a própria doença contribuirão mais ainda para a desinformação. “Vai ser uma tragédia”, afirmou. METRO


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Com inflação alta, renda cai pela quinta vez Mercado de trabalho. Rendimento médio do trabalhador brasileiro recua para R$ 1.848,40 em julho. Número de reajustes salariais com ganho real é menor neste ano do que em 2012 A inflação está corroendo o poder de compra do brasileiro. O valor ficou 0,9% abaixo do registrado em junho, segundo o IBGE. “Há uma contribuição da inflação, além de perda no poder de compra com redução no salário”, disse Cimar Azeredo, coordenador de trabalho e rendimento do IBGE. Com a inflação alta e as projeções de crescimento menor da economia, menos empresas estão concedendo ganhos reais nas negociações salariais. De 328 acordos feitos no primeiro semestre, 8,5% tiveram reajuste abaixo da inflação. Em 2012, o percentual foi de 0,9%. Já as negociações que conseguiram reajuste superior caíram para 84,5%, contra 96,3% em 2012. O aumento médio real ficou em 1,19%, o menor desde 2009 (0,73%).

Desemprego tem 1a queda Entre junho e julho, a taxa de desemprego caiu pela primeira vez neste ano, passando de 6% para 5,6%. Mas ficou um pouco acima do nível re-

gistrado em igual mês do ano passado (5,4%). “O número de pessoas que está entrando no mercado não tem sido suficiente para reduzir a taxa. Há uma estabilidade em relação

RENDIMENTO MÉDIO REAL (em R$) 1.876,9 1.858,9

jan

TAXA DE DESEMPREGO (em %)

1.867,2

5,4 1.848,4

mar

mai

a 2012”, disse Azeredo. Na quarta, o governo informou que o Brasil criou 41.463 vagas formais de trabalho em julho, o pior resultado para o mês desde 2003. METRO

jul

JULHO/12 JUNHO/13 JULHO/13 1.344,3 1.348,7 1.350,7

EM QUEDA POR REGIÃO RECIFE

jan

5,7

5,8

5,6

mar

mai

jul

JULHO/12 JUNHO/13 JULHO/13 6,5 6,5 7,6

1.455,1

1.446,1

1.432,6

SALVADOR

6,7

8,8

9,3

1.839,9

1.776,8

1.821,0

BELO HORIZONTE

4,4

4,1

4,3

1.874,8

1.979,2

1.949,5

RIO DE JANEIRO

5

5,3

4,7

1.935,8

1.982,3

1.954,7

SÃO PAULO

5,7

6,6

5,8

1.764,6

1.872,2

1.856,7

PORTO ALEGRE

3,8

3,9

3,7

|05|◊◊

Análise

PIB fraco não traz boas perspectivas A queda no nível de desemprego em julho não significa que está havendo uma recuperação da atividade econômica. Isto porque algumas análises indicam que esse recuo está ocorrendo muito mais pela queda na oferta de mão de obra, ou seja, dado o ambiente econômico pelo qual o país está passando, muitos jovens estão protelando a sua entrada no mercado de trabalho. De qualquer maneira, é importante observar que paira no ar certa preocupação com relação às perspectivas econômicas para o segundo semestre deste ano, pois a cada mês que passa as projeções do PIB são menores. Isto significa dizer que o nível de consumo das famílias, os investimentos das

empresas e o volume de exportações tendem a serem menores comparativamente ao primeiro semestre. Isto fará com que as empresas reduzam o seu ritmo de produção, o que possivelmente repercutirá na diminuição do uso de recursos produtivos (capital, matérias-primas e mão de obra), que desembocará na redução da empregabilidade no país. Apesar de a atividade produtiva apresentar um aquecimento no início do segundo semestre em função das festas de fim de ano, o nível de confiança do consumidor, que também apresenta uma tendência de queda, faz com que as perspectivas para o mercado de trabalho não sejam das melhores.

OTTO NOGAMI

Professor de economia do Insper


|06|

Egito

STRINGER/REUTERS

O ex-ditador, de 85 anos, sofre de problemas cardiovasculares

Ex-ditador Hosni Mubarak vai para hospital militar Sob forte escolta policial, o ex-ditador Hosni Mubarak deixou a prisão de Tora, no Cairo. Ele foi levado de helicóptero para um hospital militar da capital. Mubarak, que teve a prisão domiciliar decretada pelo governo interino, ainda aguarda um novo julgamento sob o qual é acusado de não ter impedido a morte de manifestantes durante as revoltas populares de 2011. METRO Vindos do Líbano

‘Domo de Ferro’ intercepta três foguetes O Exército israelense confirmou o lançamento três foguetes em seu território, vindos do sul do Líbano. Dois foram interceptados pelo sistema de defesa, o Domo de Ferro, e caíram em zonas abertas e um terceiro caiu no mar. Até o fechamento desta edição, nenhum grupo havia reivindicado a autoria do ataque. Yoav Mordechai, um porta-voz militar israelense, disse ao jornal “Yediot Ahronot” que há “elementos jihadistas” no episódio. METRO Em julgamento

Ex-líder chinês Bo Xilai se diz vítima de armação Bo Xilai, ex-dirigente do Partido Comunista chinês, defendeu-se de forma inflamada de uma das acusações de corrupção a que responde. Xilai se disse vítima de uma armação e afirmou que teria admitido a culpa contra sua vontade. Para especialistas, o tom desafiador de Xilai demonstra que ele pode ter feito um acordo com o partido para o veredicto. A imprensa estrangeira não foi autorizada a acompanhar o julgamento. METRO

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

ONU pede que Assad autorize inspetores Síria. Comunidade internacional pressiona o regime para verificar se houve ataque com gás tóxico Diante da falta de consenso sobre uma eventual intervenção na Síria, a comunidade internacional se esforça para garantir, ao menos, a chegada dos inspetores da ONU (Organização das Nações Unidas) ao local onde supostamente houve um ataque com armas químicas. Ontem, o secretário-geral da entidade, Ban Ki-moon, pediu ao ditador Bashar Al Assad que autorize a circulação dos investigadores. Ban Ki-moon “espera receber uma resposta positiva e sem demora”, informou a ONU. As evidências do uso de gás tóxico se perdem com o passar do tempo. A ONU também ressaltou que os inspetores vão se concentrar apenas na utilização ou não dos agentes químicos, sem investigar responsabilidades. O uso de tais artefatos é considerado um crime de guerra. Na tentativa de intimidar Assad, a França endureceu o discurso sobre o episódio. O

Análise

Solução complicada

Homem lamenta destruição de prédio por tropas de Assad, em um outro subúrbio de Damasco | BASSAM KHABIEH/REUTERS

ministro de Relações Exteriores, Laurent Fabius, disse que as potências mundiais devem responder “com força” se for comprovada a autoria do ataque letal. Israel e Turquia disseram não ter dúvidas da responsabilidade de Assad. Ainda assim, os Estados Unidos -- cujo apoio é considerado essencial na hipótese de uma intervenção -- disseram ser incapazes de determinar, “conclusivamente”, se o ataque ocorreu. Um porta-voz do

Departamento de Estado limitou-se a dizer que fontes de inteligência estavam trabalhando no assunto. O regime sírio e a oposição têm trocado acusações sobre a autoria da ofensiva, na madrugada de terça para quarta-feira. Segundo os rebeldes, 1,3 mil pessoas morreram, entre elas, crianças. CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

Polícia londrina diz que arquivos de brasileiro são muito ‘sensíveis’

ONDE FICA

O ataque teria ocorrido na região de Goutha, perto de Damasco T U RQ U I A Mar Mediterrâneo

SÍRIA

I R AQ U E

Creio que todos os lados envolvidos estão, gradualmente, se acostumando à ideia de que essa guerra é um desastre e que seria melhor chegar a uma solução de compromissos. Tal proposta exigiria concessões não apenas da Rússia, da China e do Irã (apoiadores de Assad), mas também dos EUA, da Arábia Saudita, da Turquia e do Qatar (que armam a oposição). O problema é que a guerra tornou-se tão internacionalizada que se amarra em um monte de outras questões, como o papel regional do Irã e a política no Líbano e no Iraque. Isso cria ainda mais obstáculos -- como se já não existissem problemas suficientes.

Goutha Damasco J O R DÂ N I A I S R A EL

ARON LUND

Analista sueco independente, especialista em Síria

Manning. Soldado quer começar terapia hormonal para viver como mulher

A polícia de Londres afirmou Um dia depois de ter sido que o material apreendido condenado a 35 anos de pricom o brasileiro David Misão por vazar documentos randa, no fim de semana, é secretos dos EUA, o solda“altamente sensível” e, se redo Bradley Manning anunvelado, “pode colocar vidas ciou que pretende viver coem risco”. Miranda namora o mo uma mulher. jornalista do “The Guardian” “Como uma transição paGleen Greenwald, que revera essa nova fase da minha lou o programa de espionavida, eu quero que todos cogem do governo americano. nheçam o verdadeiro eu. Eu A Scotland Yard também sou Chelsea Manning, eu comunicou a abertura de sou uma mulher”, disse ele, uma “investigação criminal” em um comunicado lido no após uma análise preliminar programa “Today” da emisdos arquivos que estavam sora NBC. Miranda (à dir.) com o companheiro, na chegada ao Brasil | RICARDO MORAES/REUTERS com Miranda. Os advogaAlém de apresentar seu dos do rapaz disseram haver novo nome, o soldado disse EXPEDIENTE FALE COM A REDAÇÃO Metro Brasil. (MTB: .). leitor.bh@metrojornal.com.br ras Presidente: retido Cláudio em Costa umBianchini aeroporexceção, porém, que poucos detalhes sobre esse uma que quer começar a terapia Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB .). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. /- to de Londres, no último do-e Operações: permite a análise “por razões inquérito. comLuizhormônios Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia Mendes Junior. femininos COMERCIAL: /- Adamo. interrogado mingo,Ricardo sendo Miranda conseguiu ontem de segurança nacional”. Gerente Executivo: “o mais rapidamente posCoordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. pelas autoridades. O episódio sível”. Seu advogado afirA liminar dámilhões à Scotland uma liminar na em Justiça britâO jornal Metro circula  países e tem alcance diário superior a  de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação irritou oGerente governo brasileiro, nica que impede o governo e Yard prazo até 30 de agosto Metro Belo Horizonte. Executivo: Pedro Lara Resende.mou que vai pressionar o da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda que cobrou ofiaeapolícia de “inspecionar, co- para a análise do conteúdo para fornecer o Editor-Executivo: Luiz Fernandoexplicações Rocha. Editor de Arte: Cláudio Exército Machado. sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. ciais, e gerou críticas da opo- tratamento. arquivos. piar e compartilhar” o mateABC, Santos e Campinas, somando mais de dos mil exemplares diários. Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado. sição britânica. METRO O brasileiro ficou nove horial apreendido com ele. Há Um porta-voz das Forças

Defesa apresentou foto do militar de peruca e batom | U.S. ARMY/DIVULGAÇÃO

Armadas declarou, no entanto, que a entidade ofereEditado e distribuído pornão Metro Jornal Endereço: avenida RajatampouGabáglia, ce osS/A.hormônios, , São Bento, CEP: -, co uma eventual cirurgia de Belo Horizonte, MG. Tel.: /-. mudança de sexo. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonteo Gráfica e Editora. Durante julgamento, a defesa de Manning arguA tiragem e distribuição mentou que ele destasofria edição sãode um auditadasde pela BDO. grave transtorno identi. exemplares dade de gênero. METRO


+ MOTOR

|08|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{TECNOLOGIA}

WAZE (iOS e Android)

Trata-se de um aplicativo de navegação social. Ou seja, ele usa informações geradas pelos próprios usuários e compartilhadas entre eles para aprimorar o sistema. Além de contar com instruções faladas em português, o Waze permite troca de mensagens entre usuários, marca encontros e informa a localização das pessoas. O Waze também registra o lugar onde o seu carro está e informa o preço do combustível em postos situados ao longo do trajeto. Foi eleito pela Apple “o aplicativo do ano” em 2012 e já conta com mais de 2 milhões de usuários no Brasil.

NAVFREE (ANDROID)

Outro exemplo de navegador GPS social, que traz informações compartilhadas por usuários. Esta característica permite que rotas e pontos de referência sejam atualizados constantemente. O app também possibilita que os mapas sejam arquivados no aparelho, o que dispensa uma conexão 3G. Porém, a localização de endereços depende que o telefone esteja conectado à rede.

App amigo Na ponta dos dedos. Aplicativos ajudam motoristas a se livrar de congestionamentos e até a escolher o combustível certo Engana-se quem ainda pensa que o telefone celular seja apenas um fator de distração no trânsito. Hoje, com a avalanche dos aplicativos para dispositivos móveis, você pode tirar proveito do seu aparelho e até lucrar, desde que, obviamente, você não faça uso dele enquanto dirige. A cada instante um novo aplicativo surge para facilitar a vida do motorista. Há centenas deles e com as mais diversas funções. Os mais populares funcionam como navegador GPS, informam

onde há congestionamentos e pontos de alagamento em dias de chuva, ajudam a encontrar o carro em estacionamentos ou indicam qual é o combustível mais vantajoso ao abastecer um carro flex, por exemplo. O Metro elaborou uma lista com os melhores apps para quem curte automóveis e é usuário dos sistemas iOS ou Android. E o melhor é que todos podem ser baixados de graça pelas lojas do iTunes (iOS) e Google Play (Android). Confira a lista. METRO

IWRECKED (Android)

Diante de um acidente de trânsito, o fundamental é manter a calma, sempre. Outra atitude importante é anotar todas as informações sobre o ocorrido para evitar dores de cabeça mais tarde. O iWrecked ajuda a organizar os dados - local do acidente, nome dos envolvidos, números de documentos e placas e imagens dos danos - por meio de um formulário disponibilizado pelo aplicativo e que pode ser gerado em formato PDF.

KD MEU CARRO (iOS)

Voltado para motoristas que sempre se esquecem de identificar a vaga onde o carro ficou estacionado. O app também marca o tempo de permanência estimado, o que permite que você seja avisado com antecedência sobre a hora de retirar o veículo.

11 APLICATIVOS PARA TRAFEGAR MELHOR ESTACIONE (iOS)

Ele poupa o trabalho de encontrar estacionamentos próximo a você. Além de localizar onde parar, o app fornece outras informações, como telefone e bandeira da rede de estacionamento.

BRASILFLEX 2.0 (IOS)

Além de permitir ao dono de um carro flex saber quando é mais vantajoso abastecer com gasolina ou álcool, o aplicativo calcula quanto o veículo consome, em média, além de informar sobre outros gastos do carro, entre eles, os relacionados à manutenção.

Aplicativos

Gratuitos

Todos os aplicativos mostrados nesta página podem ser baixados de graça pelas lojas do iTunes (iOS) e Google Play (Android).

MAPLINK TRÂNSITO (ANDROID)

AUTO CARE (IOS E ANDROID)

Hoje, não basta conhecer a rota mais rápida ou mais curta. É preciso saber onde há lentidão, acidentes etc. E tudo em tempo real. O app do website especializado em trânsito MapLink traz tudo isso e oferece uma interface simples e de fácil manuseio.

Outra ferramenta de controle de gastos relacionados ao veículo, como abastecimento e manutenção. Permite calcular médias de consumo e avisa o motorista sobre o momento ideal para levar o carro à oficina para uma revisão. Recebeu melhorias recentemente, com base em sugestões enviadas por usuários brasileiros.

OLHO NA ESTRADA (IOS E ANDROID)

RADAR DROID LITE (ANDROID)

Avisa o motorista, por meio de alertas sonoros, sobre a localização de radares fixos de fiscalização de velocidade nas vias. Também informa qual é a velocidade máxima permitida naquela rua ou avenida.

O nome diz tudo. Com a ajuda das câmeras das empresas administradoras das rodovias, o usuário assiste ao que acontece na pista em tempo real, evitando ser pego de surpresa em congestionamentos. O app permite monitorar as principais estradas que ligam São Paulo ao litoral e a outros Estados, como Paraná.


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{SERVIÇO}

Sem reserva Abastecimento. Adotar a prática de rodar com pouco combustível pode comprometer o funcionamento do veículo

Os riscos de rodar com o tanque na reserva vão além de ver o carro parar na rua por falta de combustível. A prática pode causar problemas sérios em alguns componentes vitais do veículo, como a bomba de combustível e os dutos de alimentação do motor. A bomba tem a função de deslocar o combustível que está no reservatório para o sistema de alimentação. Como boa parte dos veículos em circulação no país possui motor com injeção eletrônica, o bombeamento é ativado por um pequeno motor elétrico e, por conta disso, precisa de refrigeração constante. E, na maioria dos casos, isso é feito pelo próprio combustível, já que a peça fica instalada dentro do tanque, imersa no líquido, conforme explica Gerson Burin, especialista técnico de pesquisa e desenvolvimento do Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária).

5 a 10

litros é o que comporta a reserva. Quantidade suficiente para chegar ao posto de abastecimento mais próximo Quando há pouco combustível na reserva, a bomba trabalha sem arrefecimento, ou seja, sem a troca de calor com o líquido. E quando isso se torna constante, o superaquecimento da bomba compromete sua vida útil. Baixo desempenho e falhas no motor por conta da diminuição da vazão ou da pressão insuficiente são alguns dos sintomas mais comuns de mau funcionamento da bomba. E como reparos não são recomendados para esse tipo de componente, ao menor sinal de problemas, ele deve ser substituído, o que pode custar, em média, R$ 400. “A recomendação é que o

motorista rode com o indicador do nível de combustível acima de ¼ da capacidade. O ideal é nunca chegar na reserva e sempre abastecer antes”, enfatiza Burin. Ao contrário do que muitos imaginam, a reserva não é um reservatório à parte, como o tanquinho de partida à frio, presente em muitos modelos flex. O nível é identificado por meio de uma boia e de um variador de resistência. Se o nível estiver baixo, o sistema alerta o condutor por meio de sinais sonoros e luminosos que o nível “entrou na reserva”. Outro problema comum provocado pelo hábito de andar com o tanque na reserva é a entrada de ar na tubulação de alimentação do motor. Isso ocorre quando o carro enfrenta subidas íngremes, curvas acentuadas ou freadas bruscas. A presença de ar nos dutos também provoca aquecimento da bomba e falhas no motor. METRO

Multa Além do risco de ver o carro parado atrapalhando o trânsito, rodar com o tanque na reserva e ficar sem combustível também pode pesar no bolso. A infração por pane seca, prevista no Código de Trânsito Brasileiro, prevê multa de R$ 85,13 e soma quatro pontos na carteira nacional de habilitação.

|09|◊◊


|10|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

Bê-á-bá para obter

benefícios Especiais. Deficientes físicos são isentos de impostos Portadores de deficiência física podem comprar automóveis novos com desconto de até 25% sobre o preço de tabela do veículo. Esse benefício, previsto na Lei nº 8.989, de fevereiro de 1995, isenta o motorista deficiente do pagamento de impostos como IPI, IOF, ICMS e IPVA e o libera do rodízio municipal. No caso de veículo guiado por outra pessoa, sem deficiência, mas adquirido em nome do deficiente, a isenção vale apenas para o IPI e para o rodízio. A lista de deficiências que dá direito às isenções engloba vários tipos de paralisia, amputações, membros com deformidade congênita e algumas doenças, como câncer de mama, caso esteja comprovada de perda de força nos membros, artrose e tendinite. Portadores de deficiências visual e

mental, por exemplo, a síndrome de Down, tetraplegia, ou paralisia dos quatro membros, ou autismo, necessitam de um condutor para guiar o veículo, pois a limitação o impede dessa tarefa. Nesse caso, apenas o pagamento do IPI e o rodízio estão dispensados. Mas para ter direito ao benefício é preciso reunir vários documentos e passar por avaliações exigidas pelos órgãos de trânsito. O processo é trabalhoso e pode durar cerca de dois meses. O primeiro passo a ser dado é comprovar as limitações ou a impossibilidade de dirigir, por exames e laudos médicos. A avaliação é feita por um perito, que também indicará o modelo ideal de automóvel a ser adquirido pelo deficiente. O passo seguinte é a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria de ha-

bilitado especial. Para isso, é preciso procurar um CFC (Centro de Formação de Condutores) para realizar aulas práticas e o exame em um veículo adaptado. A isenção do IPI e do IOF deve ser requerida junto à Receita Federal. Com a autorização do Fisco em mãos, o solicitante já pode ir a uma concessionária e dar entrada na aquisição do veículo escolhido, desde que ele seja equipado com câmbio automático e faça parte da lista de modelos até R$ 70 mil. A revenda, por sua vez, elabora uma declaração com informações sobre o carro, e com o documento em mãos o interessado deve ir à secretaria da Fazenda para solicitar os descontos referentes ao ICMS e IPVA. Alguns despachantes se incumbem de todo o processo cobrando, em média, R$ 500 pelo serviço. METRO

25%

é o desconto máximo concedido aos portadores de deficiência física para comprar carros novos. Também há isenção de impostos

Motoristas devem ter CNH na categoria de habilitado especial DIVULGAÇÃO


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{BEM-ESTAR}

|11|◊◊

Ritmo do exercício pode ser melhorado

+ BEM-ESTAR

Malhação. Música pode ser uma grande aliada, ela ajuda as pessoas a relaxarem, explica a personal trainer da Madonna

Nicole Winhoffer, a treinadora da Madonna | Rafael Hupsel/Folhapress

Além das quatro paredes, a música também pode ser uma grande aliada na malhação. Na hora de se exercitar, não dispense uma boa trilha sonora. Ela pode fazer toda a diferença na sua motivação. Sobre esse poder das canções, a personal trainer da cantora Madonna, Nicole Winhoffer, explica que “a música é uma maneira encontrada pela mente para fugir dos problemas”. “Quando as pessoas estão dançando com os seus amigos elas estão muito mais entusiasmadas do que quando estão na academia. A ideia é trazer essa empolgação para o uni-

verso do exercício”, completa Nicole. É importante que as pessoas dediquem a mesma quantidade de energia que dedicam para se divertir, para cuidar do seu corpo. Ela acrescentou também a importância de expor as emoções que costumam ficar escondidas. “Sem a música, você vai precisar buscar motivação internamente, e isso é difícil para a maioria das pessoas. As canções ajudam também a desenterrar emoções que escondemos, como a raiva, a frustração e a ansiedade, que são combatidas e descarregadas durante o exercício físico.” METRO INTERNACIONAL

Academia

Sensações

Cuidar do corpo é importante, tanto quanto se divertir, e a música pode ser uma motivação constante para quem está desanimado.


|12|

PINGUE

PONGUE

O promotor do esporte no Brasil, Gabriel Rodrigues, o Gargamel, falou ao Metro. A quadra que vocês jogam no Ibirapuera tem as mesmas dimensões da quadra competitiva oficial? A quadra oficial é muito parecida com a do hockey, então dá para treinar legal por aqui, já que o Brasil tem uma tradição de hockey de salão.

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{NOVIDADE}

DOS CAVALOS ÀS MAGRELAS O polo sobre duas rodas ganha adeptos no Brasil, com equipes de nível internacional

Como você se envolveu com o esporte em São Paulo a ponto de se tornar um militante da causa, organizando eventos, divulgando, fazendo contatos internacionais? Eu me apaixonei pelo esporte quando fui para Barcelona em 2010. Fiquei na casa de um amigo que é um grande jogador na Europa. Quando cheguei aqui, já havia um pessoal praticando há cerca de um ano, mas era uma coisa totalmente “for fun”. Daí eu me envolvi e comecei a querer elevar o nível da coisa. Quais os Estados mais fortes na prática do bike polo no Brasil? Até aqui, São Paulo e Rio de Janeiro. No último sul-americano participaram sete equipes brasileiras, entre times paulistas e cariocas. Mas tem gente praticando atualmente em Belo Horizonte, Brasília, Recife, Curitiba e Porto Alegre. Quanto um interessado deve investir para ter uma bike de nível competitivo? O investimento pode variar de uma bike simples, de cerca de R$ 800, até uma mais invocada, de mais ou menos R$ 3 mil. Existe um calendário nacional de bike polo? Sim. Temos um evento amistoso em São Paulo, que acontece sempre no último domingo de cada mês, o Sunday Challenge, que a gente trata como se fosse um campeonato paulistano. Este ano vamos sediar o sul-americano em setembro, nos dias 20, 21 e 23 – o do ano que vem será em Bogotá. E teremos, também, o primeiro campeonato brasileiro agora nos dias 18 e 19 de maio. METRO

SAIBA MAIS http://bikepolosp.wordpress.com/

FOTOS: ANDRÉ PORTO/METRO

N

ão se engane. O chamado bike polo, esporte que teve sua primeira competição oficial nos Estados Unidos, em 1996, guarda poucas semelhanças com o polo propriamente dito. À exceção de que a bicicleta faz o papel do cavalo e os jogadores utilizam tacos para conduzir os passes, nenhuma outra fissura estabelece parentesco entre os dois. Segundo descreve o jogador e promotor da modalidade no Brasil, Gabriel Rodrigues, o Gargamel, “a coisa é muito mais tensa, difícil e cansativa”. Isto explica o curtíssimo tempo de duração de cada partida: 10 minutos ou cinco gols, sen-

do que cada equipe conta com apenas três jogadores, sem reserva. “As regras do esporte nem são muitas ou complexas, mas é uma atividade que empolga pelo seu nível de ação e esforço.” No Brasil, o primeiro jogo que se tem notícia ocorreu não faz muito, no exato dia de 24 de outubro de 2009, quando um grupo de amigos de São Paulo decidiu realizar encontros semanais para treinar. Numa quadra da Vila Madalena, a galera começou a formar times, investir em equipamentos e na customização das bikes. De meia dúzia de jogadores, no final de 2011, a turma já reunia 35 adeptos, e os trei-

nos passaram a acontecer no parque Ibirapuera. É lá que rolam os treinos hoje, às terças e quintas, sempre a partir das 21h. “Apesar do pouco tempo de prática no Brasil, times de Sampa e do Rio já mostram nível competitivo internacional. Tanto que saímos vice-campeões no primeiro sul-americano no Chile e, no ano passado, fomos bicampeões na Argentina”, relata Gargamel, sem esconder o orgulho de ver a jovem equipe se destacar no panorama mundial. EDUARDO RIBEIRO METRO SÃO PAULO


2 CULTURA

|14|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Amor vingativo

Peça é inspirada no romance “Falar”, de Edmundo Novaes | DIVULGAÇÃO

Em “Atrás dos olhos das meninas sérias”, o público conhecerá a história de Ana. A moça decide romper o silêncio e falar sobre tudo que a reprimiu durante a vida. E com intuito de vingar a separação conjugal, decide sequestrar o ex-marido. E mais do que isso, o tortura física e verbalmente, expondo lembranças, segredos,

experiências amorosas e sexuais, realidade e invenção. O espetáculo abre as comemorações dos 20 anos de fundação da Cia. Pierrot Lunar. Encenações de hoje a 1º/9, às sextas, sábados e domingos, no Espaço Aberto Pierrot Lunar (r. Ipiranga, 137 – Floresta). Ingressos de R$ 10 (meia) a R$ 20 (inteira). METRO BH

Grupo pretende mesclar danças clássicas e contemporâneas | DEH CARVALHO/DIVULGAÇÃO

Sesc estreia companhia de dança com ‘La Bayadère’ Novidade. Balé clássico integra repertório da primeira apresentação da nova companhia, hoje à noite, de graça, no Sesc Palladium Minas Gerais acaba de ganhar uma nova companhia de dança. É a Sesc Cia. de Dança, que promove hoje à noite sua primeira apresentação ao grande público. Para a estreia, os 21 bailarinos prepararam uma coreografia de dança contemporânea criada especialmente para a companhia pelo renomado artista Henrique Rodovalho. O coreógrafo buscou valorizar as potencialidades de cada bailarino. O repertório apresenta ainda a suíte de “La Bayadère”, um balé de repertório clássico com coreografia de Marius Petipa – a primeira encenação foi em São Petersburgo, Rússia, em 1877. A obra foca na paixão de dois jovens em meio a uma série de intrigas. A Sesc Cia. de Dança foi formada em novembro de

2012. No começo do ano, os bailarinos chegaram a integrar o elenco da ópera “Fedra e Hipólito”. Mas a tão aguardada estreia oficial é nesta noite. Após a apresentação, a companhia pretende rodar o interior do Estado. Uma turnê nacional já está programada. O grupo deverá mesclar os passos do balé clássico com as novidades da dança contemporânea. “A companhia é formada por jovens bailarinos selecionados pela sua capacidade técnica e artística”, diz a coordenadora geral do grupo, Maria Elisa Medeiros. METRO BH No Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420 – Centro). Hoje, às 21h. Gratuito, com retirada do ingresso duas horas antes do início do espetáculo.


|16|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Receita Minuto

Leitor fala

Gatos de TV serão prioridade?

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

TORTA DE POLENTA Algumas literaturas são categóricas em afirmar que a polenta tem origem na região norte da Itália. Era feita principalmente de farinha de aveia, mas podiam ser utilizadas farinhas de outros cereais, como o trigo. Pouco depois da chegada dos espanhóis ao Caribe, em 1492, o milho foi introduzido na Europa. Na Itália, o cereal passou a ser cultivado primariamente no norte, onde as chuvas são abundantes. Por isso trago a vocês um prato que é a mistura da culinária do norte e nordeste brasileiro com a culinária italiana. Trata-se de uma torta bem especial onde usamos a carne seca como recheio e a polenta deliciosa como massa. É isso: uma receita que é tudo junto e misturado!

Cruzadas

Claro que toda ilegalidade deve ser combatida, inclusive os gatos. Mas será que a polícia tem policiais sobrando, e não tem mais nada a fazer, tal como prender os ladrões de banco, de rua, e tantas outras ilegalidades piores? E ainda: invadir uma residência sem mandado de busca, e sem uma razão realmente séria para isto? Apenas para proteger as “desprotegidas” empresas de TV a cabo, que prestam um serviço “tão essencial” para a nossa sociedade? O que o delegado quis dizer com “flagrante delito”, suficiente para a polícia entrar na residência sem mandado? E para prender alguém por 4 anos, que é um prazo que alguns dos acusados do “mensalão” ficarão presos (se ficarem)? Quem disse que quem usa o decodificador causa um prejuízo imenso às empresas de TV a cabo? De quanto é este prejuízo? Maior do que nós temos quando somos assaltados, ou quando somos até assassinados em nossa própria casa? O gato de TV a cabo freia a geração de empregos? Quantos empregados temos nas empresas de TV a cabo que justifiquem tamanho empenho da polícia? Se alguém ligar para a polícia dizendo que há um ladrão armado invadindo a sua residência, é capaz de atenderem apenas depois de todos os moradores serem mortos, e ainda soltarem o criminoso na semana seguinte. Só mesmo no Brasil! RONALDO BANDEIRA – BELO HORIZONTE/MG

INGREDIENTES Polenta: 2 colheres (sopa) de manteiga 1 dente de alho picado 1 cubo de caldo de legumes 1 ½ litro de água 3 xícaras (chá) de fubá (aproximadamente) 100g de queijo parmesão ralado Recheio: 3 colheres (sopa) de manteiga de garrafa 2 cebolas picadas

½ kg carne seca dessalgada, cozida e desfiada 2 tomates sem sementes e picados 1 pimenta dedo de moça picada (com sementes) 6 folhas de couve finamente fatiadas 300g de catupiri

Metro pergunta

Sudoku

Como você avalia o estado de conservação dos ônibus Siga o Metro no Twitter: que fazem transporte @jornal_metrobh coletivo em BH e região? @tostes_br

Os ônibus de Lagoa Santa para BH são velhos, dão sempre defeito e não cumprem os horários. Não existe fiscalização!

Cobertura: 100g de parmesão ralado

@AgnesSilveira

São péssimos. Sujos e velhos.

Modo de Preparo: Para a polenta: doure o alho na manteiga. Coloque o cubo de caldo de legumes, a água e depois de ferver acrescente aos poucos e polvilhando o fubá ; misture até que fique uma polenta cremosa e densa. Tire do fogo, acrescente o parmesão, misture e reserve. Para o recheio: refogue as cebolas na manteiga, coloque a carne seca, os tomates, a pimenta, a couve, misture e reserve. Monte sua torta, coloque metade da polenta no fundo de uma assadeira redonda e untada com óleo. Alise com uma espátula, espalhe o catupiry, alise novamente, coloque o recheio de carne e por fim cubra com o restante da polenta, alise e aperte e leve ao forno quente (200º) por 15 minutos. Desenforme e sirva com folhas verdes.

@tande1971

Dentro da cidade, até que os ônibus são bem conservados. Os problemas são os horários, a lotação e os intervalos. Tudo mal distribuído. Metro web Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Por ansiedade, pode deixar de observar o que é importante para pessoas especiais. Exercite seu poder de observação diante das relações.

Fique atento para evitar gestos pegajosos e de ciúme com quem tem vínculo afetivo. Assuntos financeiros propensos a ajustes.

Momento especial para a comunicação e troca de informações no trabalho. Tendências para uma conduta com mais preciosismo em projetos.  

Tendências a momentos mais intensos de lazer, vivência de novos círculos sociais e tudo que afaste qualquer ideia de isolamento.

Com Mercúrio em seu signo, sua postura detalhista e observadora estará acentuada em diversos assuntos. Evite se exceder nas críticas.

O envolvimento com atividades culturais, religiosas, espirituais e que enriqueçam seus conhecimentos preencherá seu dia positivamente.

Mercúrio, que rege seu signo, ingressa em Virgem, um período para exercitar a compreensão com as manias de outras pessoas.

Período para superar receios em lidar com assuntos e sentimentos, especialmente na vida amorosa. Dedique-se mais a suas crenças.

Cuide para dosar sua dedicação aos problemas de pessoas que possui mais convivência. É bom deixá-las que resolvam assuntos sozinhas.

Informações precisas devem ser priorizadas. Não crie alardes por falsas especulações, especialmente em trabalho e finanças.

O envolvimento com grupos e mesmo a retomada de convívio com amizades será mais frequente e algo que fará muito bem.

Os assuntos associados a parcerias estão propensos a tomar empenho mais intenso para novos objetivos profissionais.


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|17|◊◊

32 horas de

suspense

Hitchcock em cartaz de “Os Pássaros”: um dos filmes mais aterrorizantes do cineasta inglês | REPRODUÇÃO

Mostra. Viradão exibe 13 obras de Hitchcock em sessões sem parar com destaque para ‘Disque M para Matar’ em 3D e debate com Zé do Caixão Quem aprecia os filmes de Alfred Hitchcock – ou deseja se aprofundar na obra do cineasta inglês – poderá conferir a maratona de suspense organizada pelo Cine Humberto Mauro do Palácio das Artes. Serão 32 horas de sessões sem parar, desta tarde até a noite de sábado, inclusive com exibições pela madrugada. Os filmes mais significativos do diretor estarão lá. E recomenda-se que o cinéfilo não tenha medo de escuro e esqueça o relógio em casa. O aterrorizante “Os Pássaros”, por exemplo, será exibido às 23h. Se não bastasse o horário, a sessão será comentada pelo mestre do suspense José Mojica Marins, criador do personagem Zé do Caixão. Logo em seguida, outro clássico do suspense: “Disque

Programe-se • Hoje. 15h. “Os 39 Degraus” 16h30. “Rebecca, a Mulher Inesquecível” 19h15. “Ladrão de Casaca” 21h30. “Chantagem e Confissão” 23h. “Os Pássaros” • Próxima madrugada e decorrer de sábado. 2h. “Disque M Para Matar” 4h. “Um Corpo que Cai” 7h. Café da manhã 8h. “Pacto Sinistro” 11h. “Janela Indiscreta” 14h. “Festim Diabólico” 16h. “Sombra de uma Dúvida” 18h15. “O Inquilino Sinistro” 20h45. “O Terceiro Tiro”

M para Matar”, com exibição em 3D – isso mesmo, pouca gente sabe mas Hitchcock experimentava captar os movimentos dos atores em cena em três dimensões. “Um Corpo que Cai”, “Pacto Sinistro”, “Festim Diabólico” e “Inquilino Sinistro” também estão na maratona cinematográfica. Na exibição de “Chantagem e Confissão”, filme mudo, haverá execução de trilha sonora ao vivo. Para ninguém perder o apetite, será servido às 7h um café da manhã aos cinéfilos que decidirem largar a balada para passar a noite e a madrugada no cinema. A programação é gratuita. O viradão integra a mostra “Hitchcock é o Cinema”, que promove sessões diárias com filmes do cineasta até o próximo dia 5. METRO BH

Três shows para curtir no fim de semana em BH:

1 2 3

Zeca Pagodinho

Zizi Possi

Péricles Garcia

O sambista festeja o sucesso da carreira com o show do álbum “Zeca Pagodinho, 30 Anos: Vida que Segue”. No repertório, sucessos como “Judia de Mim”. Amanhã, às 22h, no Chevrolet Hall. A partir de R$ 50. METRO BH

A cantora traz amanha o show “Tudo se Transformou” com repertório variado e composições de Arnaldo Antunes, Noel Rosa e Itamar Assumpção. Será no Palácio das Artes (Centro), às 21h. De R$ 40 a R$ 120. METRO BH

O roqueiro lança seu terceiro disco acompanhado de uma banda e com participação do parceiro Affonsinho. O show é hoje, às 21h, no Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 – Floresta). De R$ 15 a R$ 30. METRO BH


|18|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

JOSS WHEDON Diretor de ‘Os Vingadores’ deixa a ação de lado e realiza um desejo antigo ao filmar ‘Muito Barulho por Nada’, nova adaptação cinematográfica para o texto de William Shakespeare que estreia hoje

SONHO REALIZADO O diretor Joss Whedon não se importa em ter muito trabalho, principalmente quando é para realizar o desejo de criar a sua versão cinematográfica de uma das peças de Shakespeare. Filmado ao longo de doze dias em sua casa, imediatamente após finalizar “Os Vingadores”, Whedon aparece com a comédia “Muito Barulho por Nada”, que estreia hoje nos cinemas.

ETHAN MILLER/GETTY IMAGES

Quanto tempo levou para colocar a ideia em prática? Eu sonhava fazer algo assim há décadas. Sempre pensei que era essa peça que eu gostaria de filmar, mas nunca

me senti como se tivesse algo a dizer sobre o texto. E então, em algum ponto bem no final de “Os Vingadores”, tudo mudou. Em um momento pensei: “Oh, sei exatamente o que eu tenho a dizer sobre isso e como eu gostaria de fazer.” Eu tinha uma semana de férias e aproveitei. Como foi esse momento? Eu me entreguei à escuridão da peça. Há uma enorme quantidade de decepção e drama, e realmente alguns caminhos são terríveis para alguns personagens, mas ao mesmo tempo há uma grande comédia absurda. Tu-

O Metro indica

Teatro

Infantil

“Os Ancestrais”. O Teatro Invertido retorna com a história de uma família que vê sua casa ruir e é obrigada a pensar em uma nova micro-ordem social. O espetáculo aborda os laços familiares e as noções de propriedade de terra. No Galpão Cine Horto (r. Pitangui, 3.613 – Horto). Hoje e amanhã, às 21h. Domingo, às 19h. De R$ 7 (meia) a R$ 14 (inteira).

“A Fantástica Floresta”. De uma forma bem divertida, um garotinho descobre a importância de cuidar do meio ambiente. Tudo começa quando ele entra na floresta em busca do avô desaparecido. Lá, encontra animais que lhe ajudarão na jornada. No Teatro Bradesco (r. da Bahia, 2.244 – Lourdes). Domingo, às 16h. De R$ 5 (meia) a R$ 10 (inteira). “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”. Todos tinham medo do Gato Malhado. Exceto a bela andorinha Sinhá. Um dia, ela decide fazer amizade com o bichano, a contragosto dos demais habitantes da comunidade. A relação vira um caso de amor impossível, condenado pela vizinhança. O texto é do célebre escritor baiano Jorge Amado. No Teatro Nossa Senhora das Dores (av. Francisco Sales, 77 – Floresta). Só amanhã e domingo, às 17h. De R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira).

Duelo de MCs. MCs de oito Estados disputam o título de campeão do Duelo Nacional em evento que marca os seis anos da edição belo-horizontina. “Real da Rua e Duelo de MCs – 6 anos de existência”: hoje, às 19h. “Duelo de MCs Nacional – Grande Final”: domingo, às 14h. No Viaduto Santa Tereza (Centro). Gratuito.

Agito

Pimp my House. A festa chega à 5ª edição com atrações internacionais e inéditas: DJs Zegon e Nuts, duo Roots Rock Revolution e Tássia Reis. No Trevo do Seis Pistas (alameda da Serra, 18 – Nova Lima). Amanhã, às 20h. A partir de R$ 25.

Música

Odilara. A banda que mistura samba com rock e pop lança novo disco que faz uma síntese do momento atual vivido pelos integrantes. No Granfinos (av. Brasil, 326 – Santa Efigênia). Amanhã, às 22h. De R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira). Alexandre Andrés. O cantor grava DVD ao lado de Mônica Salmaso, André Mehmari, Tatiana Parra e Uakti. No Teatro Bradesco (r. da Bahia, 2.244 – Lourdes). Hoje, às 21h. De R$ 5 (meia) a R$ 10 (inteira). Tania Libertad. A peruana-mexicana faz única apresentação do show que celebra a música feita na América Latina. No Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420 – Centro). Domingo, às 18h. De R$ 5 (meia) a R$ 10 (inteira).

Exposição

Festival Internacional de Fotografia. Até domingo, cinco espaços de Belo Horizonte abrigam obras que fazem parte da exposição internacional “Espaços Compartilhados da Imagem”. Obras em exposição gratuita no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia, Museu Mineiro e estações Calafate, Central e São Gabriel do metrô. Site: www.fif.art.br.

do começou a fazer sentido, principalmente ligando às situações desagradáveis – a ideia de um casal que é trapaceado por não se amar, e outro que quer ficar junto, mas é impedido. Há um sentido de exibicionismo em usar sua própria casa como um set? Bem, você sabe, este não é um lugar palaciano. A casa foi projetada por minha esposa, que é arquiteta, e não é como aquelas mansões cheias de pilares. Nós queríamos nos sentir em casa e ao mesmo tempo como esses caras que curtem a vida.

Por que você escolheu filmar em preto e branco? Parte disso é porque eu queria dar um clima de anos 1960, com todos bêbados o tempo todo. E algumas das decisões nesse filme só poderiam ser feitas muito bêbado. Então, nós queríamos dar um pouco dessa sensação “old-fashioned”. Na parte técnica, também significou que nós poderíamos filmar usando luz artificial quando estivesse escuro e não nos preocuparmos se ficaria diferente. NED EHRBAR

METRO INTERNACIONAL

Literatura. Prêmio Cidade de Belo Horizonte anuncia os vencedores A Fundação Municipal de Cultura anunciou ontem os vencedores do Prêmio Cidade de Belo Horizonte 2012, um dos mais antigos do país, focado em revelar novos autores. Na categoria poesia, a vencedora é Mônica de Aquino (BH), com “Fundo Falso”. Nessa categoria, foram concedidas menções honrosas para “Signiliquidificador”, de Carlos José dos Santos Linhares (BH), e “Haicais simplesmente”, de Magnos Augusto Baeta Castanheira (SP). Na categoria dramaturgia, o vencedor é Vinicius Jatobá (RJ), com “Primeiro amor”. As menções honrosas foram para “Sinfonia infernal”, de Rui Werneck Capistrano (PR), “Da

mais bela que tive”, de Daniele Cordeiro da Veiga (SP), e “Segundo Jesus Caverá”, de Alexandre Alderete Alves (RS). Já na categoria conto, os vencedores foram Paulo Roberto Assis Paniago e Paulo Renato Souza Cunha (ambos de Brasília), com a obra “Quando Termina”. “A face serena”, de Maria Valéria de Rezende (PB), recebeu menção honrosa. Por fim, na categoria romance, João Batista Melo (BH) foi escolhido como vencedor com “Malditas Fronteiras”. Menções honrosas para “Condomínio Solidão”, de Jorge Fernando dos Santos (BH), e “Personae”, de autoria de Ruy Reis Tapioca (RJ). METRO BH

Incentivo. Sai resultado do edital ‘Filme em Minas’ A Secretaria de Estado de Cultura divulgou ontem o resultado do “Filme em Minas”, projeto de fortalecimento e estímulo da cadeia produtiva do setor audiovisual no Estado. Dos 260 projetos inscritos, 31 foram eleitos em sete cate-

gorias. Os investimentos totalizam R$4,5 milhões. Entre os projetos selecionados há trabalhos de Eryk Rocha, Adirley Queiroz e André Severo. A lista está disponível para consulta no cultura.mg.gov.br. METRO BH


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

América. Nova chance para entrar no G-4 A apenas um ponto do G-4 desde a 13ª rodada, o América volta a campo amanhã, às 16h20, com a quarta chance seguida de ingressar na zona de acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Para isso, o time mineiro espera repetir, contra o Atlético-GO, pela 17º rodada, o bom aproveitamento que vem demonstrando como mandante na Série B (quatro vitórias em oito jogos). A principal preocupação do técnico Paulo Comelli é com as finalizações, devido às chances desperdiçadas na derrota por 2 a 0 para a Chapecoense. “Foram gols que não poderíamos perder, e muito menos tomar”, disse ele após o jogo – somente o terceiro no qual o ataque alviverde passou em branco. Para o duelo de amanhã, Comelli não poderá contar com o atacante Tiago Alves, lesionado. Ainda sem condições físicas ideais, os reforços apresentados pelo Coelho nesta semana também devem ficar de fora. METRO BH Fórmula 1

|19|◊◊

De olho no Flamengo, Raposa poupa titulares Precaução. Técnico minimiza gol sofrido em casa, mas quer força máxima na Copa do Brasil

Júlio Baptista pode começar jogando pela primeira vez | JULIANA FLISTER/VIPCOMM

Tênis

Massa põe futuro à prova na Bélgica

Bellucci estreia contra espanhol

O futuro de Felipe Massa é um dos assuntos mais discutidos na F-1. O desempenho irregular neste ano levantou especulações sobre possíveis companheiros do espanhol Fernando Alonso na equipe em 2014. Domingo, no GP da Bélgica, o brasileiro terá nova chance. A corrida ocorre às 9h (de Brasília). “Estou confiante. Não me importo com o que as pessoas dizem”, disse. METRO

O brasileiro Thomaz Bellucci enfrentará o espanhol Roberto Bautista na estreia do Aberto dos Estados Unidos, o último Grand Slam do tênis nesta temporada. Se vencer, Bellucci pode ter pedreira já na segunda fase: o também espanhol David Ferrer. A chave feminina terá o desfalque da russa Maria Sharapova, fora do torneio por conta de uma lesão no ombro direito. METRO

Atletismo

{ESPORTE}

MMA

Wada ameaça tirar a Jamaica dos Jogos de 2016

Lyoto Machida desce para os médios do UFC

A Agência Mundial Antidoping (Wada) divulgou ontem que, se a Jamaica não for mais rigorosa nos exames feitos pela sua equipe de atletismo, o país poderá ficar de fora das Olimpíadas de 2016, que serão disputadas no Rio de Janeiro. Com isso, o astro Usain Bolt, recordista e campeão mundial dos 100m rasos, ficaria fora dos Jogos. METRO

Após perder para Phil Davis no último dia 3, o brasileiro Lyoto Machida passará a lutar em nova categoria no UFC: em vez dos meio-pesados (até 93 kg), ele vai para os pesos médios (até 84 kg). A estreia na nova categoria já tem mês e adversário definidos: em novembro, contra o americano Tim Kennedy. METRO

Brasileirão 16ª rodada AMANHÃ SANTOS X VITÓRIA FLAMENGO X GRÊMIO PONTE PRETA X CRUZEIRO CRICIÚMA X CORITIBA DOMINGO ATLÉTICO VASCO SÃO PAULO BAHIA ATLÉTICO-PR

X X X X X

PORTUGUESA CORINTHIANS FLUMINENSE NÁUTICO BOTAFOGO

CLASSIFICAÇÃO 1º BOTAFOGO

P V GP SG 29 8 27 10

2º CRUZEIRO

28 8 31 17

3º GRÊMIO

25 7 21 6

4º CORINTHIANS

25 6 14 8

5º ATLÉTICO-PR

24 6 26 4

6º CORITIBA

24 6 19 4

7º VITÓRIA

22 6 21 0

8º INTERNACIONAL 22 5 24 3 9º GOIÁS

21 5 14 -4

10º BAHIA

20 5 13 -3

11º VASCO

19 5 22 -4

12º FLAMENGO

19 4 17 1

13º FLUMINENSE

18 5 18 -2

14º ATLÉTICO

16 4 13 -5

15º SANTOS

16 3 14 2

16º PONTE PRETA

15 4 18 -4

17º CRICIÚMA

14 4 19 -8

18º PORTUGUESA

13 2 17 -7

19º SÃO PAULO

11 2 13 -4

20º NÁUTICO

8 2 8 -14

Apesar de ter exaltado a boa atuação do Cruzeiro e minimizado o gol sofrido na vitória sobre o Flamengo por 2 a 1, pela Copa do Brasil, o técnico Marcelo Oliveira revelou que vai escalar um time misto amanhã, às 18h30, contra a Ponte Preta, pelo Brasileirão. O objetivo é dar um prazo maior de descanso aos titulares para o segundo e decisivo jogo contra o rubro-negro, na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro. “Entrará um time muito forte, para defender as primeiras colocações. Vamos defender com toda garra essa posição e até melhorá-la”, disse o treinador, lembrando que a Raposa pode retomar a liderança, a depender dos resultados da rodada. Ele, porém, não revelou quais jogadores serão poupados. Dentre os atuais reservas, quem pode ganhar uma

“Ganhamos, jogamos bem e podemos repetir isso lá [no Rio] . Não podemos lamentar.”

3 ESPORTE

MARCELO OLIVEIRA, TÉCNICO DO CRUZEIRO

chance de começar jogando é Júlio Baptista. Ele estreou contra o Flamengo, mas teve atuação pra lá de discreta. “Eu esperava mais, porque era uma situação favorável. Me pareceu que faltou um pouco de ritmo. Coincidentemente, aconteceu o gol logo depois, o que atrapalhou”, avaliou Oliveira. Já o atacante Luan, que entrou no segundo tempo contra o Flamengo e saiu machucado, deve ficar de fora por algumas semanas. Ontem, exames detectaram uma lesão de ligamento do joelho do jogador. METRO BH

Basquete

Aposentado Melhor jogador da NBA em 2001, o armador Allen Iverson está se aposentando aos 38 anos. Onze vezes selecionado para o All-Star Game, ele estava no basquete turco.


|20|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Pedra no sapato

Alívio. Inter vence e alivia a cobrança

Galo volta para Belo Horizonte com complicada desvantagem, tendo como alento os dois gols marcados fora de casa, que podem fazer a diferença no Horto | WAGNER MÉIER/AGIF/FOLHAPRESS

Preocupação. Time de Cuca começou bem e até saiu na frente, mas cometeu erros de marcação e ficou no prejuízo O fantasma do Botafogo volta a rondar os pesadelos atleticanos. Ontem, o time carioca bateu o Atlético por 4 a 2, dificultando a vida dos mineiros na Copa do Brasil. Se quiser avançar na competição, o Galo terá que ganhar por dois ou mais gols de diferença em BH, desde que também não sofra dois gols. O Atlético começou melhor, tentando tirar proveito da ausência do craque Seedorf. O primeiro gol saiu de um contra-ataque fulminante aos 19 minutos, após cobrança de escanteio do Fogão. Victor saiu de soco e a bola sobrou para Luan, que fez a abertura para Ronaldinho. O meia recebeu pela direita do ataque e encontrou Marcos Rocha entrando livre. O lateral dominou na meia-lua e fuzilou na saída de Jefferson, fazendo 1 a 0. O gol, que poderia desestabilizar o Botafogo, acabou servindo para acordar o time carioca e equilibrar a partida. Aos 29 minutos, Lodeiro recebeu uma bola espirrada na entrada da área

4 2 • •

e tocou com muita categoria por cima de Victor, empatando a partida. O segundo tempo começou diferente. Logo aos três minutos, Lodeiro recebeu na esquerda, superou Marcos Rocha e centrou rasteira para a área do Atlético. Na tentativa de cortar, Leonardo Silva se esticou e desviou a bola para o fundo do gol, decretando a virada botafoguense. O Galo ainda tentou apertar a marcação na defesa adversária, mas a estratégia não deu resultado. O terceiro gol saiu aos 10 minutos. Bola rolada na entrada da área, Rafael Marques chegou batendo firme, sem chances de defesa para Victor. O quarto gol veio já no final, aos 39 minutos. Pierre errou a saída de bola e Vitinho bateu de fora da área. Quando parecia que a fatura estava liquidada, aos 43, Guilherme voltou a acender as esperanças alvinegras. O atacante recebeu de R10 e tocou por cima de Jefferson, diminuindo a conta do prejuízo atleticano. METRO BH

Jefferson; Gilberto , Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos , Gabriel , Lodeiro, Vitinho (Lucas Zen) e Rafael Marques; Alex (Henrique). Técnico: Oswaldo de Oliveira Victor; Marcos Rocha, ATLÉTICO-MG Leonardo Silva, Réver e Junior Cesar; Pierre, Josué (Guilherme), Ronaldinho, Fernandinho (Neto Berola), Luan e Jô (Alecsandro). Técnico: Cuca Gols. M. Rocha - 19’ e Lodeiro - 29’ do 1º t; Leo Silva (c) - 4’, R. Marques - 10’, Vitinho - 40’ e Guilherme - 44’ do 2º t. Arbitragem. Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC), auxilidado por Herman Brumel Vani (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)

BOTAFOGO

Após quatro tropeços seguidos, o Internacional fez as pazes com a vitória ontem ao superar o Salgueiro-PE por 3 a 0, em casa, no primeiro jogo entre os times pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Com o resultado, o Colorado praticamente se garante nas quartas de final contra o vencedor de Palmeiras x Atlético-PR, uma vez que pode até perder por dois gols de diferença na partida de volta, na semana que vem. Após um primeiro tempo cheio de oportunidades desperdiçadas e vaias na saída para o intervalo, o time do técnico Dunga voltou diferente para a etapa final, com o atacante argentino Scocco no lugar do volante Ygor. O marcador foi inaugurado logo aos 3 minutos, em pênalti convertido por D’Alessandro, e Scocco ampliou aos 21 minutos. O golpe final também teve o tempero sul-americano, com Diego Forlán, de cabeça, aos 42 minutos. METRO

Copa do Brasil Oitavas de final JOGOS DE IDA NACIONAL SANTOS PALMEIRAS FLUMINENSE CRUZEIRO LUVERDENSE INTER BOTAFOGO

0X2 1X0 1X0 1X0 2X1 1X0 3X0 4X2

VASCO GRÊMIO ATLÉTICO-PR GOIÁS FLAMENGO CORINTHIANS SALGUEIRO ATLÉTICO

Sul-Americana

Bahia vence a Portuguesa no Canindé por 2 a 1 A partida de estréia do tricolor baiano e da Lusa na Copa Sul-Americana, ontem à noite no Canindé, foi definida com um gol aos 45 minutos do 2º tempo. O primeiro gol foi marcado por Wallyson, aos 40 minutos da primeira etapa. A Portuguesa empatou apenas aos 14 do 2º tempo, com Carlos Alberto pegando rebote de Marcelo Lomba. Já no fim do jogo, Obina recebeu cruzamento e tocou de cabeça, fazendo 2 a 1 para o Bahia. O jogo de volta é quarta-feira, em Salvador. METRO BH



20130823_br_metrobh