Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

PARA O ALTO E SEMPRE AVANTE NO SALTO COM VARA, ISINBAYEVA É TRI NO MUNDIAL DA RÚSSIA. MURER FICA EM 5º PÁG. 15 RIO DE JANEIRO Quarta-feira, 14 de agosto de 2013 Edição nº 702, ano 3 MÍN: 15°C MÁX: 26°C sunny

snow

rain

partly

www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj sunny

BRUNA PRADO/ METRO RIO

hazy

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Impasse entre vereadores trava a CPI

showers

Ônibus. Grupo de parlamentares tenta anular sessão de escolha do presidente e do relator da Comissão. Relator diz que não houve ilegalidade e que trabalhos começam amanhã. Ontem, manifestantes que ocupam a Câmara saíram do plenário e foram para as galerias PÁG. 03

Análise de recursos dos condenados no mensalão começa Com dois novos ministros, réus esperam conseguir mudar sentenças PÁG. 06

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Ato na Alerj | MARCELO FONSECA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Presidente de Honra, Monarco quer cuidar da escola que deve R$ 12 milhões

DEU ÁGUIA NA CABEÇA

Monarco comemora 80 anos de amores com a Portela

PÁG. 12

Amarildos do Estado chegam a 5.934 casos Quantidade é relativa a desaparecidos em 2012. Comissão da Alerj quer investigar casos como o do pedreiro que sumiu em UPP há um mês PÁG. 04

Espionagem está dentro da lei dos EUA, afirma John Kerry Secretário americano diz que ‘todas as nações’ agem da mesma forma PÁG. 10

Desfalcado, Flu sofre pressão da torcida Sem Fred e Jean, que enfrentam a Suíça com a Seleção, Tricolor pega o Corinthians no Maracanã PÁG. 16


1 FOCO

|02|

Para governador, há ‘coação à democracia’ Laranjeiras. Sérgio Cabral critica ação de manifestantes após protesto que deixou bancos depredados. Professores reclamam de truculência O cenário nos bairros de Laranjeiras, Largo do Machado e Catete era de destruição na manhã de ontem, por causa dos atos de vandalismo praticados por algumas pessoas que estavam no protesto contra o governador Sérgio Cabral, em frente ao Palácio Guanabara, na noite de segunda-feira. Três agências bancárias na rua do Catete foram invadidas e depredadas. Mais dois bancos tiveram os vidros quebrados na rua das Laranjeiras. O toldo de uma lanchonete, na esquina da rua Dois de Dezembro, também foi parcialmente destruído pelos manifestantes. Pelo menos seis pessoas ficaram feridas, sendo dois PMs. O protesto teria começado na Cinelândia, no fim da tarde, e seguiu até o Palácio Guanabara, onde o vice-governador Luiz Fernando Pezão estava reunido com representantes do Sindicato Es-

Segurança em letras

Demissão

APO sem comando

O presidente da APO (Autoridade Pública Olímpica) da Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016, Marcio Fortes, entregou ontem a carta de demissão à presidente Dilma Rousseff. A entidade é responsável pela organização dos jogos Olímpicos. Fortes teria entrado em divergência após o orçamento inicial do evento extrapolar os R$ 28 bilhões previstos. Segundo o último balanço, os jogos devem consumir R$ 29,2 bilhões, sendo que algumas obras ainda não têm o custo definido.

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

MÁRIO SÉRGIO DUARTE MARIO.DUARTE @METROJORNAL.COM.BR

O coronel Mário Sérgio Duarte, autor do livro “Liberdade Para o Alemão - O Resgate de Canudos”, escreve às quartas-feiras.

6 pessoas ficaram feridas durante a manifestação de segunda-feira, em Laranjeiras, entre elas estão dois policiais militares.

“ “Essas pessoas tentam coagir a democracia. É uma visão distorcida do que é manifestação. Não é assim que se constrói uma democracia.” GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL

tadual dos Profissionais de Educação (Sepe). Alguns professores tentaram permanecer no local e foram expulsos pela PM, irritando alguns manifestantes que estavam do lado de fora. Em nota, o sindicato disse que era inaceitável a truculência com que os manifestantes

foram tratados e que repudia a ação da PM. Governador critica Ontem, o governador Sérgio Cabral criticou a posição dos professores. Ele afirmou que não houve truculência por parte da polícia e que o radicalismo de poucos não reflete a serenidade da maioria dos professores. “O grupo que protestou ontem [segunda-feira] não tinha nada a ver com professores. O desejo era gerar caos. Pessoas com rosto escondido, mascarados, não têm nada a ver com professores, que são civilizados”, comentou Sérgio Cabral. METRO RIO

DESAPARECIDOS As recentes manifestações populares com protestos dirigidos às autoridades por respostas que esclareçam o mistério do desaparecimento de Amarildo, ocorrido na favela da Rocinha, têm colocado novamente em pauta o tema dos desaparecidos no Estado do Rio de Janeiro. Desaparecimentos são situações extremamente dramáticas. Eu creio que há algo na existência humana que regula dispositivos emocionais de perda exigindo rituais de despedida. Suponho que isso seja da nossa natureza, e não uma faceta comportamental socialmente construída. Para selar a separação eterna, o ser humano necessita despedir-se fisicamente; precisa ver, abraçar, acarinhar “quem se vai”. Um morto sem corpo é pesadelo sem fim. Não são poucos os registros de desaparecimentos no Rio de Janeiro, e como temos uma estatística confiável no Instituto de Segurança Pública, onde trabalham cientistas sociais e técnicos respeitáveis, sabemos que o número vem aumentando, o que faz crescer o interesse de diferentes setores. Esses agregam do pesquisador verdadeiramente preocupado em conhecer sintomas e causas do preocupante fenômeno, para descrevê-lo cientificamente, ao “ativista” especulador, sem compromisso com as regras que validam as verdades gerais.

FALE COM A REDAÇÃO leitor.rj@metrojornal.com.br /- COMERCIAL: /-

O jornal Metro circula em  países e tem alcance diário superior a  milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de  mil exemplares diários.

Morador fotografa banco depredado no Rio | LEVY RIBEIRO/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Greve

Sindicato e secretaria divergem Segundo o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, cerca de 80%

dos professores aderiram à greve. Já a Secretaria de Estado de Educação afirma que o movimento tem menos de 1% de adesão e que os profissionais que não foram trabalhar terão os dias descontados. METRO RIO

Insisto que o drama familiar de um desaparecido é uma dor insuperável, e eu mesmo suponho que a imensa e esmagadora maioria de quem desaparece para sempre não age assim porque quer, mas porque está morta, e em alguns casos pelas mãos de agentes do Estado que enlamearam as corporações que servem com o barro onde enterraram suas vítimas. Mas, verdadeiramente declaro que alguns organismos que debatem os desaparecimentos no Rio de Janeiro integram o grupo dos especuladores, e não dos estudiosos do tema. Eles fazem questão de fazer a população pensar que a grande maioria dos desaparecidos nunca mais foi encontrada, e isso não é verdade. Na inédita pesquisa realizada pelo ISP em 2009, constatou-se que mais de 71% das pessoas registradas como desaparecidas em 2007, retornaram aos seus lares ou foram encontradas, sem que isso tenha sido registrado nas delegacias como “reaparecimento”. Isso significa que dos 4.641 registros de desaparecidos, o número sob suspeita de integrar uma lamentável lista de mortos cai para 1.342 pessoas, o que, mesmo não sendo muito animador, porque muito grande, exibe uma realidade bem diferente da que se pensava até então. Desaparecidos não são uma mera categoria estatística, é bom que se diga; são pessoas que se vão deixando vazios impensáveis. Os que voltam não interessam a “ativistas”, porque não são entes politizáveis, e os que desaparecem para sempre nunca se vão do pensamento de quem ficou.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: .). Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: .) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto. Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos. Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro Rio é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Impasse toma conta da CPI dos Ônibus

|03|◊◊

Câmara. Vereadores da oposição vão entrar com mandado de segurança para anular sessão que escolheu cargos mais importantes da comissão. Parlamentares da base dizem que não renunciam O início dos trabalhos da CPI dos Ônibus continua em impasse. Ontem, oito vereadores da oposição se reuniram para discutir os nomeados para integrar a comissão, que pretende investigar os contratos firmados pela prefeitura com as empresas que operam os coletivos da cidade. Eles querem a anulação da sessão que escolheu os cargos mais importantes da CPI, o presidente e o relator, que são Chiquinho Brazão e Professor Uóston, ambos do PMDB, respectivamente. Os parlamentares da oposição também exigem a renúncia deles e dos outros dois integrantes, Jorginho da SOS (PMDB) e Renato Moura (PTC), já que nenhum assinou o pedido de instalação da comissão. “Primeiro, queremos que eles sejam substituídos por outros vereadores que assinaram o requerimento. Segundo, que a presidência seja entregue ao proponente da CPI, que, no caso, sou eu”, disse Eliomar Coelho (PSOL), que também integra a comissão. No entanto, os outros parlamentares, todos vereadores da base governista, afirmam que não irão renunciar. Em nota, Uóston afirmou que a sessão de instalação “transcorreu conforme prevê o regimento interno da Casa” e que ela foi presidida pelo membro mais velho, Eliomar, que “inclusive votou em si mesmo para a presidência”. “Por fim, existe uma ata de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito que foi assinada por todos os membros, não cabendo, portanto, qualquer dúvida quanto à sua legalidade”, reiterou. Brazão também frisou que não há a possibilidade de ele pedir a renúncia da presidência, porque a eleição foi democrática. Os dois garantem que a primeira sessão da CPI se-

Prédio histórico irá se tornar Centro de Cultura Indígena | BRUNA PRADO/METRO RIO

Antigo Museu do Índio. Começam reuniões que definirão futuro do local Eliomar (C) em reunião com vereadores da oposição | LEVY RIBEIRO / BRAZIL PHOTO PRESS /FOLHAPRESS

“Esta Casa não pode continuar desse jeito. Há um clamor público, uma insatisfação generalizada ao que está acontecendo.” ELIOMAR COELHO (PSOL), VEREADOR

rá realizada amanhã, às 10h, na qual o calendário dos trabalhos será elaborado e os nomes dos convocados, eleitos. À noite, os vereadores da oposição se reuniram com o procurador-geral de Justiça do Estado do Rio, Marfan Martins Vieira, para discutir a anulação da sessão inicial da CPI. Porém, após ouvirem que o Ministério Público não pode fazer “absolutamente nada” para interferir no regimento interno da Câmara Municipal, eles vão seguir o conselho de Marfan. O procurador sugeriu que eles entrem com mandado de segurança para anular a sessão, o que, segundo Eliomar, será feito hoje. Antes, o grupo se reuniu com o presidente da OAB do Rio, Felipe Santa Cruz, que disse estudar criar um grupo especial para analisar o regimento da Câmara. METRO RIO

Câmara segue ocupada por manifestantes | ARMANDO PAIVA/FOTOARENA

Ocupação

Manifestantes permanecem na Câmara Dez manifestantes, sendo nove homens e apenas uma mulher, continuam ocupando o plenário da Câmara Municipal, na Cinelândia, no Centro. Ontem, após acordo com vereadores, eles saíram para a rea-

lização dos trabalhos na Casa. Alguns acompanharam os discursos dos parlamentares das galerias. No fim do dia, voltaram para dentro do plenário. Do lado de fora, cerca de 50 manifestantes, sendo que alguns estavam acampados, protestaram contra a nomeação dos vereadores, que não assinaram requerimento da CPI, para integrá-la. METRO RIO

Ato por salários congestiona a BR-040 Uma manifestação de funcionários da Produman, empresa prestadora de serviços da Reduc, interditou o trânsito na rodovia Washington Luís (BR-040), na altura de Duque de Caxias, na Bai-

xada Fluminense, na manhã de ontem. Os manifestantes reivindicam salários atrasados. De acordo com a concessionária de administra a via, a pista sentido Rio,

ficou interditada por dez minutos, causando um engarrafamento de seis quilômetros. Os manifestantes alegam que ninguém recebe desde junho. Ao todo, são 1,8

mil funcionários. A empresa que presta serviços à Petrobras informou que iria regularizar os pagamentos até hoje. Já a estatal informou que não vai falar sobre o assunto. METRO RIO

Lideranças indígenas e o Governo do Rio seguem dialogando para definir as diretrizes do Centro de Cultura Indígena que será implementado no prédio do antigo Museu do Índio, no Maracanã, zona norte. No fim da tarde de ontem, o grupo de trabalho responsável por tratar de questões jurídicas relativas à regularização fundiária do prédio se reuniu na Secretaria de Estado de Cultura. O encontro ainda acontecia até o fechamento desta edição. Composto por quatro representantes de lideranças indígenas, representantes da OAB, da Defensoria Pública da União, da Procuradoria do Estado e da Secretaria, o grupo de trabalho jurídico é apenas um dos três GTs criados para debater os assuntos ligados à Aldeia Maracanã. Um outro grupo ficará responsável pela discussão do conteúdo da futura instituição e é formado por seis representantes de lideranças indígenas, mais dois observa-

dores da sociedade civil e representantes da Secretaria. Eles têm um encontro programado para hoje, no antigo museu. O terceiro GT irá tratar das questões emergenciais quanto ao uso provisório do espaço e é composto por dois observadores da sociedade civil e representantes da Secretaria Estadual de Cultura, além de seis representantes de lideranças indígenas. O grupo tem reunião marcada para o dia 21 desse mês, na Fundação Darcy Ribeiro. A semana foi boa para os componentes do Complexo do Maracanã. Na segunda, o Diário Oficial do Município publicou não só o tombamento definitivo do antigo prédio do Museu do Índio, como também o tombamento provisório da Escola Municipal Friedenreich. Além disso, o destombamento do parque aquático Julio Delamare e do estádio de atletismo Célio de Barros foram cancelados por Eduardo Paes. METRO RIO

Rocinha. Ação desmonta barracas e reboca carros Uma operação Choque de Ordem nos acessos da Rocinha, em São Conrado, realizada por agentes da Subprefeitura da Zona Sul e pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), desmontou seis barracas de ambulantes que trabalhavam sem autorização. Dois veículos em situação irregular foram rebocados. Desde quinta-feira, cinco veículos em situação irregular

Choque de ordem na comunidade | BRUNO MENEZES/SUBPREFEITURA DA ZONA SUL

ou de abandono foram retirados da favela. METRO RIO


|04|

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Deputados querem banco de dados de desaparecidos Dor da perda. Comissão de Direitos Humanos da Alerj pretende investigar desaparecimentos no Estado. Caso Amarildo completa um mês Durante a abertura da quinta audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania sobre casos de desaparecidos no auditório da Assembleia Legislativa do Rio, no Centro, realizada ontem, o deputado Marcelo Freixo (PSOL) confirmou que 5.934 pessoas desapareceram no ano passado. Do lado de fora da Alerj, a ONG Rio de Paz fez um ato nas escadarias com atores. Com pneus, o grupo fez uma réplica do chamado “forno micro-ondas”, simbolizando as vítimas de desaparecimento que tiveram o corpo queimado. Também estiveram presente familiares da engenheira Patrícia Amieiro, desaparecida após um acidente de carro, e do pedreiro Amarildo Souza, que sumiu na Rocinha após abordagem policial no

“A estatística oficial de homicídio doloso está aquém da realidade. Nós estamos certos que existe cemitérios clandestinos de lugares de desova.” ANTÔNIO CARLOS COSTA, COORDENADOR DA ONG RIO DE PAZ

dia 14 de julho. A comissão irá criar um grupo de trabalho para fazer um levantamento de dados dos casos de desaparecimentos. “Não temos clareza de informações. No dia do desapa-

recimento do Amarildo, sua mulher foi à 15ª DP (Gávea) e foi destratada. Isso não é aceitável”, afirmou Freixo.

16 acusados de tráfico têm prisão decretada

Amarildo Durante a audiência, a irmã de Amarildo, Maria Eunice Dias, disse que a família tem recebido ameaças de PMs. De acordo com ela, todos continuam a morar na favela por medo de represálias ao se afastarem do foco das investigações. Ela ainda afirmou que moradores têm medo de denunciar casos de violência. Em nota, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora afirmou que os moradores de comunidades pacificadas podem fazer denúncias através do Disque UPP 2334-7599 ou pelo telefone da Ouvidoria das Polícias Civil e Militar 3399-1199. METRO RIO

A 35ª Vara Criminal da Justiça do Rio decretou a prisão preventiva de 16 acusados de participação no tráfico de drogas da Rocinha, além dos crimes de associação para o tráfico, formação de quadrilha e concurso material. A mulher de Amarildo, Elizabeth Gomes, citada no inquérito, não estava entre eles. A decisão, divulgada ontem, foi proferida no último dia 9, quase um mês depois da deflagração da operação policial Paz Armada, que prendeu suspeitos de movimentar o tráfico de entorpecentes na Rocinha, mesmo depois da instalação da UPP. METRO RIO

Comperj terá replantio de 7 milhões de árvores A Petrobras assinou ontem um compromisso para antecipar o plantio de 7 milhões de árvores nativas da Mata Atlântica no entorno do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, até os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. O plantio estava previsto para ter início no segundo semestre de 2014, mas foi antecipado para o mês que vem. Foi assinado também um convênio entre a Petrobras, a Secretaria de Estado do Ambiente e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca para a elaboração do Plano de Estruturação Territorial da Região Leste Fluminense.

Minc mostra a área de replantio | CARLOS MAGNO/DIVULGAÇÃO

“Já havíamos cravado nas exigências para emissão de licença ambiental do Comperj, o compromisso com a replantio na região e o reflorestamento das matas ciliares dos rios Macabu e Caceribu. Também era exigência o investi-

mento em saneamento nos municípios do entorno, como em Maricá, cujas obras de implantação de redes e elevatórias de esgoto já começaram”, explicou o secretário de Ambiente, Carlos Minc. METRO RIO

Atores fazem ato em frente à Alerj. Freixo (D) preside comissão | ERBS JR./FRAME/FOLHAPRESS

Sequestrada. Bebê já está Chacina. Quatro jovens vivendo na casa do pai A bebê Jenifer da Silva Araújo, sequestrada no dia 5, no Recreio dos Bandeirantes, zona norte, finalmente retornou para os braços do pai, o pedreiro Francisco de Assis. Ontem, a criança de 21 dias de idade passou sua primeira noite em casa depois de ter alta do Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, onde estava internada para a realização de exames médicos. “Dá para ver que ela está feliz. É um momento muito especial. Não é uma felicidade completa como se estivesse com a mãe dela do meu lado, mas ela está aqui. Agora é batalhar para criar”, disse o pai, com a filha nos braços. Jenifer foi raptada por Michele Vieira de Melo, de 24

são mortos em São Gonçalo

Francisco segura a filha Jenifer nos braços | REPRODUÇÃO / BAND

anos. A mulher sequestrou Jenifer após matar a mãe da bebê, Diana Oliveira da Silva, 33, encontrada asfixiada em um matagal próximo ao posto de saúde. Michele foi indiciada por homicídio e sequestro qualificado, e poderá pegar até 35 anos de prisão. METRO RIO

A Divisão de Homicídios de São Gonçalo investiga os assassinatos de quatro jovens na noite de segunda-feira, no município da região metropolitana. A chacina ocorreu no bairro Vista Alegre. De acordo com as investigações, as mortes teriam sido cometidas por homens que estavam em motocicletas. Paulo Roberto dos Santos e Robert Francisco de Almeida, ambos de 17 anos, estavam às margens da via. Dois quilômetros depois foram achados Carlos Henrique da Cunha Correia e outro menor identificado apenas como Renan, ambos de 16 anos. METRO RIO


|06|

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Mensalão volta à pauta hoje no STF Embargos. Supremo retoma hoje o julgamento analisando os recursos apresentados. Condenados apostam principalmente na nova composição da Corte para reduzir as penas

Plenário terá a ausência do ministro Teori Zavascki hoje | CARLOS HUMBERTO/STF

Passados 240 dias do fim do julgamento, o STF (Supremo Tribunal Federal) voltará a discutir hoje o escândalo do mensalão. Começam a ser julgados os recursos apresentados pelos 25 condenados, que tentarão, pelo menos, reduzir as penas aplicadas pela prática dos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa, peculato, gestão fraudu-

lenta, corrupção passiva, evasão de divisas e formação de quadrilha. A principal aposta dos condenados é na nova composição da Corte. Os ministros Teori Zavascki e Roberto Barroso não participaram do julgamento e podem dar nova interpretação sobre as sentenças. Caso isso ocorra, poderá haverá redução de pena.

São, ao todo, 26 embargos de declaração, que não podem mudar a condenação, mas servem para o acusado apontar omissões, contradições e obscuridades do acórdão -- o resumo da sentença. Na penúltima sessão como procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que conclui o mandato amanhã, defenderá que todos os recursos

sejam rejeitados. “Todos os fatos e todas as provas foram cabalmente examinados em todos os votos”, sustenta. Ao contrário do julgamento, as defesas não farão sustentação oral. Vencido todos os embargos declaratórios, os ministros começarão a analisar os embargos infringentes. Terão direito ao recurso os 11 condenados que tiveram pelo menos 4 votos pela absolvição. Nestes caso, os acusados podem ter direito a um novo julgamento, inclusive, com a redistribuição do processo a um novo relator. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, espera concluir a fase dos recursos em dois meses e pode convocar sessões extras às segundas-feiras. METRO BRASÍLIA Pena menor

Tolentino será o primeiro O recurso apresentado pela defesa do advogado Rogério Tolentino abrirá a sessão de julgamento de hoje e poderá beneficiar os condenados por corrupção ativa. Os advogados de Tolentino sustentam que houve um erro. O cálculo da fixação da pena considerou a lei, em vigor desde novembro de 2003, que trata a corrupção ativa como crime a partir do ato de oferecimento da vantagem indevida. A lei que era aplicada na época dos fatos era menos rigorosa e tinha punição máxima de oito anos. O STF, porém, editou uma súmula afirmando que crimes continuados devem receber a pena mais rigorosa. METRO BRASÍLIA

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

GOVERNO SUSPEITA QUE EUA ESPIONARAM PRÉ-SAL.

“SE É IMPOSITIVO, QUE SEJA NAQUILO QUE A POPULAÇÃO MAIS QUER.”

A área de inteligência do governo suspeita que os Estados Unidos espionaram a Petrobras e os planos brasileiros para a exploração do pré-sal. A suspeita provocou indignação da presidenta Dilma Rousseff e foi dita claramente ao embaixador norte-americano em Brasília, que negou a espionagem. O governo trabalhava apenas com a hipótese, tornada pública, de “monitoramento” de cidadãos brasileiros.

AJUDA PRIVADA. O governo suspeita que os EUA obtiveram planos do Brasil para o pré-sal com ajuda de empresas americanas fornecedoras da Petrobras. PENSANDO BEM... ...o go-

vernador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, nem pedir para sair pode. Tem protesto do lado de fora. CAUSA E EFEITO. O perdão do Brasil aos 98% da dívida externa da Guiné Equatorial fez a feroz e miserável ditadura africana anunciar o crescimento de seu PIB, de 1,9% em 2010 para 4,8%, em 2012. Será? E o nosso PIB, ó...

MINISTRA IDELI SALVATTI (ARTICULAÇÃO) CONDICIONANDO AS EMENDAS À ÁREA DE SAÚDE

Temer, disputar o Senado ou o governo paulista, com Lula e Alexandre Padilha no palanque. VENDENDO CONFIANÇA. Após recusar convi-

te para visitar Campina Grande (PB) nos festejos juninos, o presidenciável tucano Aécio Neves desistiu de ir a um evento do PSDB em Caruaru (PE). Até parece que é conhecido no Nordeste.

TEMPOS MODERNOS. Só mesmo no Brasil o trem-bala atrasa antes mesmo de sair do papel. CENÁRIOS PARA 2014. Líderes do PT atribuem o sumiço de Eduardo Campos (PSB) à retomada do seu projeto de ser vice de Lula, em 2014. Para acalmar o PMDB, seria oferecida ao atual vice, Michel

Aécio Neves | DIVULGAÇÃO

PODER SEM PUDOR

O deputado mala O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) é do tipo distraído, que usa meias de cores diferentes e esquece o inesquecível. Certa vez, quando deputado federal, ele foi a Belo Horizonte para um congresso do PT e, chegando no hotel, deu por falta da mala. Reclamou na recepção, ligou para assessores, enfim,

deu um show, imaginando ter sido roubado. Um menino que assistia a cena cutucou o deputado, que, impaciente, soltou um “o que você quer, garoto?” - Uai, sua mala não é essa aí, não? – disse o menino, apontado para seu lado, no chão. Era. E Cardozo morreu de vergonha.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

Alckmin vai processar Siemens Cartel. Governador de São Paulo afirma que os documentos enviados pelo Cade não apontam envolvimento de agentes públicos O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) disse ontem que o governo estadual irá à Justiça contra a empresa alemã Siemens por “lesão aos cofres públicos” na formação de um cartel para disputar licitações do Metrô e da CPTM, entre os anos de 1998 e 2007. Segundo o governador, a decisão foi tomada após o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) enviar ao Estado os dados da investigação do suposto cartel. “A empresa é ré confessa. Ela vai indenizar centavo por centavo.” A quantia a ser requisitada na ação judicial ainda não foi definida. O Estado criou um grupo de trabalho para

levantar o prejuízo causado por conta do sobrepreço nas concorrências públicas para reforma de trens e compra de material. Além da Simens, que fez um acordo de leniência com o Cade para evitar punições administrativas, o Estado pode processar outras 19 empresas, caso fique comprovado que elas também participaram os acordos ilegais. Alckmin afirmou que os documentos enviados pelo órgão federal, após o Estado recorrer à Justiça Federal, não apontam participação de agentes públicos na formação do cartel. “Se algum agente público participou da fraude, ele será responsabilizado.” METRO

{BRASIL}

Saúde. Prorrogada inscrição para o Mais Médicos

ENTENDA O CASO INVESTIGAÇÃO Após acordo com a Siemens, Cade começou a investigar a existência de cartel em licitações do Metrô e da CPTM

ACORDO DE LENIÊNCIA Em troca do fornecimento de informações, a Siemens fica livre de punições do Cade

COMO FUNCIONAVA O ESQUEMA Combinação Empresas concorrentes definiam previamente os valores que seriam apresentados nas licitações e dividiam os contratos do Estado

ENVOLVIMENTO DE AUTORIDADES MP abriu inquérito criminal para apurar se autoridades foram beneficiadas pelo esquema

Divisão dos contratos Consórcio vencedor repassava parte do serviço para os derrotados por meio de subcontratações

NÚMERO DE CONTRATOS SOB SUSPEITA

4 TOTAL DE EMPRESAS QUE PARTICIPARAM DAS OBRAS

LINHAS Linha 12-Safira (CPTM) Linha 5-Lilás (CPTM) Linha 2-Verde (Metrô)

|07|◊◊

PERÍODO INVESTIGADO PELO CADE 1998 a 2007

20

O governo precisou ampliar o prazo de inscrição por mais 24 horas e fazer contato com todos os profissionais estrangeiros inscritos para evitar que se repetisse uma baixa adesão no programa Mais Médicos. No prazo final, boa parte dos 521 médicos estrangeiros não conseguiu assumir uma vaga em nenhum das seis cidades escolhidas e a tendência era desistir da participação. O Ministério da Saúde prorrogou o período para confirmação da inscrição até as 23h59 de ontem e ligou para todos os desistentes. Na ligação, era oferecida a oportunidade de trabalhar no sistema de saúde de uma cidade próxima à qual foi demonstrado interesse. O resultado será conhecido hoje. Num primeiro momento, o programa Mais Médicos vai oferecer bolsa de R$ 10 mil para até 2.020 médicos, número suficiente para preencher, no máximo, 13,1% das vagas oferecidas pelos 3.511 municípios. METRO


|08|

Consumidores de 30 a 39 anos são maioria entre inadimplentes | JOSÉ CRUZ/ABR

Comércio. Quase metade dos caloteiros deve mais de R$ 500 A inadimplência no comércio, em julho, ficou concentrada nas dívidas com valores acima de R$ 500, segundo pesquisa do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito). O mês de julho apresentou a primeira queda no ano. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a retração foi de 1,94%. Para a entidade, o resultado reflete o baixo índice de confiança do consumidor, influenciado pela expectativa da inflação e pela retomada do encarecimento do crédito, que têm inibido o consumo. A análise dos dados mostra que 48,97% da inadimplência em julho está concentrada em valores acima de R$ 500. Dívidas entre R$ 250 e R$ 500 representam 16,24% dos atrasos. Valores entre R$ 100 e R$ 250 refletiram 18,55% dos casos. American Airlines

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Já as contas de até R$ 100 representaram 16,24% das contas em atraso. Por faixa etária, o levantamento revelou que a maior parte dos cadastros negativos concentra-se em CPFs de consumidores entre 30 e 39 anos de idade (23,30%) seguido de perto pelos que tem mais de 65 anos (22,28%). O gerente financeiro do SPC Brasil, Flávio Borges, afirma que, na faixa dos 30 anos, as pessoas já são chefes de família e têm um número maior de compromissos a pagar, como aluguel, água e luz. “Todos esses fatores, aliados à falta de planejamento orçamentário, que ainda não faz parte da cultura do brasileiro, impactam negativamente na capacidade de pagamento”, diz Borges. METRO Superou o Itaú

EUA contestam fusão da AA com a USA Airways

BB tem maior lucro da história dos bancos

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos e autoridades de defesa da concorrência contestaram a proposta de US$ 11 bilhões para a fusão da American Airlines e US Airways. A transação resultou na criação da maior companhia aérea do mundo. As autoridades avaliaram que o negócio pode causar danos aos consumidores americanos, que teriam de arcar com preços maiores de bilhetes aéreos e tarifas devido à menor concorrência no setor. A principal preocupação se concentra no aeroporto de Washington, onde as duas companhias teriam 63% dos voos diretos. METRO

O Banco do Brasil teve o maior lucro da história dos bancos no país: R$ 10,03 bilhões no primeiro semestre. Com isso, superou o Itaú Unibanco entre os maiores lucros de bancos no país. METRO Smartphone

Chinesa Huawei inicia produção local de aparelhos A chinesa Huawei iniciou a produção de smartphones no Brasil, por meio da Compal Electronics, em Jundiaí (SP). O aparelho nacional custará a partir de R$ 699. METRO

Governo avalia novo reajuste de combustível

Gasolina. Lobão diz que isso não significa que pedido da Petrobras será atendido. Estatal quer alinhar preços com mercado internacional. Governo está preocupado com inflação O governo avalia o pedido da Petrobras sobre o reajuste de preços de combustíveis, mas isso não significa que a reivindicação da estatal será atendida pelo seu controlador. A informação é do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. “A Petrobras está permanentemente pedindo aumentos de seus preços, até porque estão defasados há muitos anos. Mas isso não significa que se vá acordar (sobre o assunto)”, afirmou ontem Lobão a jornalistas em Brasília. A preocupação do governo é com o impacto na inflação de eventuais aumentos de preços de combustíveis. “Nenhum aumento de preço é bom”, comentou o ministro. Na segunda-feira, o diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, afirmou que a estatal busca “intensamente alinhar os preços internos de derivados de petróleo aos internacionais”. Após a valorização do

Preços estão defasados há muitos anos, diz Lobão | ANTÔNIO CRUZ/ABR

dólar frente ao real, a Petrobras teve anulados os efeitos dos reajustes de combustíveis realizados no ano passado e no início deste ano. E a empresa continua vendendo combustíveis no Brasil a preços inferiores aos do mercado externo.

Defasagem quintuplicou Estudo feito pela RC Consultores mostra que a diferença no litro da gasolina saltou de R$ 0,08 em abril para R$ 0,40 em agosto. Isto significa que o preço de realização nas refinarias brasileiras está 22,9% infe-

Sem intervenção do BC, dólar volta a ficar acima de R$ 2,30 O dólar fechou ontem em alta de 1% ante o real, voltando ao patamar de R$ 2,31. A moeda norte-americana avançou 1,08%, para R$ 2,3107 na venda, maior alta desde 24 de julho passado, quando a divisa ganhou 1,27%, cotada a R$ 2,2505. Dados positivos nos Estados Unidos renovaram preocupações com a provável redução do estímulo monetário no país e a consequente redução na liquidez global. As vendas no varejo nos EUA subiram 0,5% no mês passado, mais do que o esperado. Apesar da alta do dólar, o Banco Central não atuou o dia todo, o que deixou os investidores ainda mais atentos à possíveis intervenções no mercado de câmbio à frente, a fim de evitar mais

MOEDA MAIS CARA Evolução do dólar comercial, em R$

2,311

2,337 2,252

2,131

2,167

2,082

2,021

1,947

1,997 1,911

13/8/12

30/11/12

8/3/13

13/8/13

FONTE: CMA

pressões inflacionárias. Na quinta-feira a autoridade monetária pegou o mercado de surpresa ao anunciar um leilão, quando a divisa norte-americana já caía 1% ante o real. E, após o fechamento daquele pregão, fez pesquisa de demanda para no-

vo leilão, que acabou sendo realizado na sexta-feira. Para parte dos especialistas, a ação do BC mostrou que a autoridade monetária não quer o dólar na casa de R$ 2,30 justamente para não pressionar ainda mais a inflação. METRO

rior ao praticado no mercado internacional. Segundo os economistas da consultoria, o aprofundamento da diferença de preços se deve principalmente à desvalorização de 14,4% do real no período. METRO

Free shop. Limite de compra isenta pode subir para US$ 1,2 mil O valor autorizado para as compras de passageiros que desembarcam no Brasil em free shop, sem o pagamento de impostos, pode ser elevado dos atuais US$ 500 para US$ 1,2 mil. A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou ontem, em decisão terminativa, um projeto que estabelece o novo limite. A nova regra ainda precisa de aprovação da Câmara. Para o relator do projeto, senador Armando Monteiro (PTB-PE), a elevação do teto atual “representa um fomento legítimo à atividade das lojas francas, cuja atratividade vem sendo progressivamente diminuída com o aperto decorrente da falta de atualização”. METRO BRASÍLIA


|10|

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Kerry defende espionagem Diplomacia. Em Brasília, secretário de Estado americano diz que os Estados Unidos não deixarão de vigiar dados de ninguém

Que tal viajar em um tubo a 1.220 km/hora? O criador do Paypal, Elon Musk, apresentou um conceito de transporte capaz de levar passageiros de Los Angeles a San Francisco (cerca de 610 km) em menos de meia hora. O Hyperloop teria ímãs e ventiladores que impulsionariam cápsulas flutuantes em tubos pressurizados. Parace ficção? Pois já tem uma empresa americana, a ET3, preparando um protótipo. | TESLA MOTORS/DIVULGAÇÃO VIA REUTERS

Califórnia terá lei que protege transexuais A partir de janeiro do ano que vem, o Estado americano da Califórnia terá uma lei que permite aos estudantes transexuais a escolha do banheiro e do vestiário conforme sua orientação de gênero. A nova regra foi san-

cionada esta semana pelo governador, Jerry Brown. Entidades de defesa dos direitos das minorias sexuais comemoraram a decisão. Grupos contrários a classificaram como “extrema”. “Não é porque eles estão confusos que têm que con-

fundir os outros também”, disse à CNN Maria Garcia, mãe de um estudante. Outros dois Estados dos EUA já têm mecanismos de proteção de transexuais, mas a Califórnia é o primeiro a aprovar uma lei específica. METRO

A polêmica sobre o programa de espionagem do governo dos Estados Unidos dominou a visita do secretário de Estado americano, John Kerry, a Brasília. Kerry disse que vai dar as explicações demandadas pelo Brasil, mas descartou qualquer chance de seu país interromper o monitoramento. “Os Estados Unidos usam a inteligência, como fazem todas as nações, para proteger os cidadãos”, argumentou o secretário. “Nossas atividades são respaldadas por lei”, frisou. O caso veio à tona após denúncia do técnico em informática Edward Snowden, que prestava serviços à NSA (sigla em inglês para Agência Nacional de Segurança). Segundo Snowden, os EUA vigiam milhões de dados telefônicos e de internet de cidadãos brasileiros - bem como de americanos. A espionagem é permitida pelo Ato Patriota, uma lei aprovada nos EUA após os atentados de 11 de Setembro. A legislação dá ao governo americano acesso aos registros telefônicos e outras comunicações, dentro e fora do país. No exterior, parcerias com empre-

Patriota (D) pediu para que ações sejam mais “transparentes” | SÉRGIO LIMA/FOLHAPRESS

sas de telecomunicações garantem a espionagem. Respostas Kerry prometeu dar ao Brasil respostas sobre o programa de monitoramento. As explicações, entretanto, não são o bastante, segundo o chanceler brasileiro, Antonio Patriota. “Não podemos minimizar o tema da espionagem”, disse Patriota, argumentando que o assunto poderia trazer uma “sombra” às relações entre os dois países. “Consideramos que os EUA não encontraram me-

Venezuela. Maduro quer ‘poderes especiais’ e oposição faz críticas O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, busca o apoio de três quintos da Assembleia Nacional para obter “poderes especiais”, que lhe permitam governar por meio de decretos. Atualmente, o governo conta com 98 deputados aliados, um a menos que o necessário para aprovar a chamada lei habilitante. A ampliação dos poderes servirá para que Maduro continue a “luta contra a corrupção” e “reforme leis”. Nas últimas semanas, 50 pessoas foram presas no país na caça ao corruptos. Nenhuma delas, porém, faz parte do governo. Henrique Capriles, o principal opositor de Maduro, disse que a manobra servirá apenas para distrair a população

Maduro assistiu à destruição de armas confiscadas | CARLOS RAWLINS/REUTERS

dos problemas reais. “Os que estão falando de combate à corrupção exploram o Estado há 15 anos”, disse. Hugo Chávez, padrinho de Maduro, governou por vários meses com a lei habilitante. METRO

lhor parceiro no combate ao terrorismo, na medida em que elas (as ações) sejam levadas a cabo de forma transparente”, apontou o brasileiro. Apesar do mal-estar, é improvável que a discordância entre Brasil e EUA se traduza em algo concreto. “Eu acho que há um certo exagero, não só do Brasil, como de toda a comunidade internacional nesse assunto”, diz Cristina Pecequilo, professora de Relações Internacionais na Unifesp. “Os EUA estão fazendo a parte deles, cabe ao Brasil criar mecanismos de proteção.” METRO

Egito. Islâmicos e liberais entram em confronto Apoiadores do presidente deposto do Egito Mohamed Mursi entraram em choque com liberais, agravando a crise política no país, que já se arrasta há seis semanas. Forças de segurança usaram bombas de gás lacrimogêneo para dispersar a multidão. Segundo a Irmandade Muçulmana, grupo que apoia Mursi, policiais à paisana abriram fogo contra os islâmicos. Cinco pessoas ficaram feridas. As autoridades confirmaram as ocorrências, mas disseram não saber de onde partiram os tiros. O governo liberal, apoiado pelo Exército, adiou os planos de remoção dos acampamentos pró-Mursi no Cairo. Na segunda-feira, o Judiciário prolongou a detenção de Mursi por 15 dias. METRO


2 CULTURA

Quadra da Portela

Festa para Monarco

Paulinho da Viola, Teresa Cristina, Nilze Carvalho, Sururu na Roda, Família Diniz e a bateria da Portela são atrações confirmadas na festa em homenagem a Monarco, que será realizada neste sábado, a partir das 13h, na quadra da escola de samba azul e branca (rua Clara Nunes, 81, Madureira). R$ 10 + 1 kg de alimento nãoperecível. Toda a renda será revertida para o Carnaval da Portela.

|12|

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

BRUNA PRADO/ METRO RIO

Soberano do samba, Hildemar Diniz, o Monarco, completa 80 anos neste sábado. E ele abre seu coração ao Metro, relembrando a carreira e o orgulho de manter-se fiel ao samba de raiz e à Portela. Que balanço o senhor faz desses 80 anos de vida? Sinto muita alegria no coração. Minha trajetória foi um caminho espinhoso, de alegrias, decepções, mas valeu. Deus foi muito generoso. Lembro-me da emoção de, aos 17 anos, ver meu primeiro samba, ‘Retumbante Vitória’, sendo cantado pelo povo na Praça Onze. Foi o samba mais cantado naquele ano... Hoje, eu ganho alguns trocadinhos. Mas quase passei fome. Antigamente, samba do morro era marginalizado, só depois que foram vendo que era uma cultura bonita, que Cartola, Paulo da Portela, Zé Ketti e outros faziam. Depois, veio Martinho da Vila, Paulinho da Viola e essa garotada nova para segurar isso aqui. Sofri ao lado desse samba, e hoje estão me dando os louros em vida, me idolatram.

MONARCO

Prestes a completar 80 anos, sábado, o Presidente de Honra da Portela, que ganhou o troféu de Melhor Cantor de Samba no 24º Prêmio da Música Brasileira, está com planos de um novo disco de inéditas e confiante que sua escola, que acumula dívidas de R$ 12 milhões, vá se reerguer

‘SEMPRE FUI FIEL AO SAMBA’

Do que mais se orgulha? Sempre fui fiel ao samba. O sambista do morro sofreu. Mas, nem por isso, fui para outro lado, caí para o modismo. Sofri, mas não me prostituí. Não procurei fazer samba de apelo, de duplo sentido. Minha linha sempre foi de respeito, desilusão amorosa, falando da minha Portela, de uma estrela brilhando no céu... E tenho orgulho de minha prole [o maestro Mauro Diniz e o compositor Marquinhos Diniz], de meus netos [Juliana, Thereza e João Matheus] seguindo esse caminho. Que avaliação faz do atual momento do samba no cenário musical do país? Hoje, o samba é patrimônio cultural do Brasil, é respeitado lá fora, o samba de terreiro também. Fui para os Estados Unidos, França, Japão, e só vendo o respeito que eles têm com nosso samba. O senhor é o Presidente de Honra da Portela. Como vem lidando com a crise financeira da escola? É triste você ver a escola que ama passar por tantos percalços [atualmente, a dívida acumulada é de R$ 12 milhões, e o fornecimento de água foi

suspenso na quadra e no barracão, devido à dívida de R$ 600 mil com a Cedae]. Eu abria o jornal, e não tinha coisas positivas: o barracão cruzou os braços porque não tinha dinheiro, é a Polícia Federal investigando, o Ministério Público... Agora, a Portela está nas mãos de quem ama verdadeiramente a es-

cola, com boas intenções. As pessoas que vinham administrando pensavam só no seu lado. Daqui, eu não quero nada, ganho meu dinheirinho por fora. Tenho fé que a escola – que não ganha título no Grupo Especial desde 1984 – está indo em direção ao lugar onde ela sempre esteve, ali na frente, disputando.

Quais são os seus planos daqui para a frente? Quero fazer um disco de sambas inéditos que estão em meu baú. Meu filho, Mauro [Diniz], vai garimpar as músicas comigo e vamos para o estúdio. Tenho de 30 a 40 inéditas, material para uns três discos. E quero fazer com 14, 15 canções. Será o

‘Baú do Monarco’. E vou chamar o Martinho da Vila, o Zeca Pagodinho, o Paulinho da Viola... Terminando os festejos de meu aniversário, vamos batalhar para isso. GISLANDIA GOVERNO METRO RIO


RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Noite de Sbórnia!

Rock in Rio

Venda de ingressos extras começa dia 19

Nas telas. Animação de Otto Guerra é o destaque na mostra competitiva de longas nacionais. ‘Até que a Sbórnia nos Separe’ estreia depois de quase oito anos em produção Uma das produções gaúchas mais aguardadas da última década estreia hoje em Gramado. Projeto vencedor da última edição do Prêmio RGE de Cinema, em 2005, a versão animada de Otto Guerra para “Tangos e Tragédias” mudou de nome algumas vezes, teve vários tratamentos de roteiro e bateu num orçamento de R$ 4 milhões. Mas o cineasta está empolgado com o resultado, principalmente depois de ver o teste de projeção de “Até que a Sbórnia nos Separe” na tela do Palácio dos Festivais. “Ainda não tinha visto com o som finalizado. Mas agora tenho certeza de que o filme está funcionando muito bem”, ressalta. O tom de alívio na declaração de Otto Guerra não é à toa. Levar para a tela do cinema um dos espetáculos mais duradouros e queridos da cena gaúcha foi um projeto muito pessoal deste realizador, que faz animação há mais de 30 anos. “Quando vi

O lote de ingressos extras para quem é cadastrado no site do Rock in Rio ou adquiriu pacote especial começa a ser vendido a partir das 12h, do dia 19 de agosto até o término dos bilhetes. O código de acesso será enviado a partir de amanhã, por email, para que a compra possa realizada no site do evento. METRO RIO

o “Tangos e Tragédias” pela primeira vez, em 1984, me identifiquei com aquela expressão cultural gaudéria. Os personagens são supergaúchos, mas fazem uma grande brincadeira com o RS”, recorda. Otto Guerra destaca ainda o timming da dupla Hique Gomes e Nico Nicolaiewsky, que vivem Kraunus Sang e Maestro Pletskaya. “Eles são completamente antagônicos, inclusive na vida real, e isso se reflete no palco. É um encontro perfeito”, acrescenta. Público conhece a Sbórnia Assim como a peça, o filme também é uma comédia. O público vai conhecer o pequeno país chamado Sbórnia, os amigos dos personagens, suas família e seus amores e ouvir músicas como “Copérnico” e “Hino da Sbórnia”. O grande conflito se dá quando o muro que separa a Sbórnia do continente desaba e a população se divide entre aceitar as novidades ou se manter na mesmice.

|13|◊◊

Evento

Diogo Vilela é o convidado do projeto ‘Em Cena’ “Até que a Sbórnia nos Separe” é baseada no sucesso de “Tangos e Tragédias” nos palcos | DIVULGAÇÃO

Mais festivais pela frente Depois de Gramado, a animação vai seguir a trajetória dos festivais. Como o público de outros lugares vai receber um fenômeno tão gaúcho ainda é uma incógni-

ta. “Aposto nos personagens, que são geniais e marcantes. Também há muita paixão de todos os envolvidos, animadores, montadores, equipe de som”, avalia. Crítico

da falta de bons roteiros no cinema gaúcho, Otto Guerra considera que este é o seu melhor filme. “Acho que conseguimos fazer o feijão com arroz”, brinca. MÔNICA KANITZ

O ator Diogo Vilela participa hoje da série “Depoimentos – Em Cena”, realizada sempre às terças e quartas, às 19h, no Sesc Ginástico (av. Graça Aranha, 187, Centro. Tel.: 2220-8394). Grátis. Senhas a partir das 18h. METRO RIO


|14|

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Vigilância positiva pela internet

Os invasores

Acabou a moleza

Cruzadas

Urbano. Site disponibiliza câmeras pelo Brasil para auxiliar no fluxo das grandes cidades A ideia do Grande Irmão, que vigia constantemente a vida dos habitantes de uma cidade, é uma criação de 1949, do escritor inglês George Orwell, no livro “1984”. Mas nos dias atuais, com a vida moderna, a população aproveita a vigilância para se informar sobre o trânsito, passeatas, greves, catástrofes climáticas e interdições viárias. Mais do que dominação política, é um método preventivo. Pensando nisso, Cristian Aquino criou o site VejoaoVivo, no início de 2012, em Joinville, Santa Catarina, para acompanhar, com auxílio de câmeras, os acontecimentos da comunidade.

Leitor fala

As sucessivas manifestações no Centro da cidade estão mostrando aos nossos governantes que protestar não é só uma coisa de momento, como muitos pensaram. O povo está de olho em tudo que acontece, principalmente na esfera política. Os tempos de moleza para nossos deputados e vereadores acabou. Acho que muitos deles devem estar pensando bem se vão querer se reeleger e trabalhar com toda essa pressão popular que está ocorrendo nos últimos meses. LEONARDO FERREIRA - RIO DE JANEIRO, RJ

Atualmente, o projeto está presente em 11 Estados, com 600 câmeras instaladas por meio de uma parceria entre a plataforma - que fornece o material - e empresários que fornecem o local de instalação.

Ingressos caros No último domingo, após tanto tempo, tivemos um Fla-Flu no Maracanã. Porém, apesar da saudade, dessa vez, não pude ir ao estádio, pois gastaria uma fortuna com os caríssimos ingressos que estão sendo vendidos. Esse preço alto só irá afastar o torcedor do estádio e aumentar o número de pessoas que preferem assistir do sofá.

Manutenção Apesar da iniciativa ter a praticidade de disponibilizar aplicativos para iOS e Android, nem sempre as câmeras estão disponíveis por dependerem de conexão com a internet para a reprodução das imagens. “A internet em alguns lugares oscila muito ou não há permanência de sinal 24 horas”, justifica a empresa. METRO

VALDOMIRO GUERRA – RIO DE JANEIRO, RJ

Metro pergunta

O Ministro do Esporte, Siga o Metro Aldo Rebelo, afirmou que no Twitter: @jornal_metroRJ é preciso acelerar as obras dos estádios da Copa. Acredita que todos ficarão prontos a tempo? @gabi.rtl

Sudoku

Não, mas vão acabar estendendo o prazo como sempre acontece com as obras no Brasil. @jorge.bfr13

Sim, mas a maioria deles vai terminar com o custo de obra bem mais elevado que o previsto. @yan_menezess

Acho que vão acabar dando um jeito, com uma maquiada ali e outra lá. A Fifa deve estar preocupada com esse mundial.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

VejoaoVivo disponibiliza câmeras em várias cidades do Brasil | DIVULGAÇÃO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Evite correr riscos em negociações financeiras. Valorize pesquisas antes de tratar temas materiais e seja estratégico no trabalho.

Assuntos domésticos tendem a tomar sua dedicação com mais intensidade. Um novo momento para a relação com familiares.

Tendências a refletir mais sobre o que sente. Dia para se dedicar a terapias, temas espirituais ou temas que recomponham energias.

A Lua Crescente que acontece em seu signo oposto, Escorpião, influencia para definir sociedades em negócios e temas da vida conjugal.

Um bom aspecto de seu regente Mercúrio com Urano tende a favorecer mudanças no ambiente de trabalho e projetos autônomos.

Os amigos e as situações em grupo são propensas a marcar este momento da semana. Retome contatos com pessoas especiais.

Mercúrio, que rege seu signo, passa a fazer bom aspecto com Urano, proporcionando notícias inesperadas e inovações no cotidiano.

Procure agir de forma cuidadosa com suas despesas. Há uma tendência para o consumismo e para despesas extras com temas da rotina.

Um bom aspecto de Mercúrio com seu regente Urano favorece os estudos e empenho a atividades culturais que tenha interesse em se dedicar.

Situações sociais serão mais frequentes e positivas a serem vivenciadas. Bom momento para quem tem filhos esclarecer assuntos com eles.

A Lua Crescente acontece em seu signo. Influência positiva para a sequência de projetos e mais exposição das emoções nas relações.

Bom momento para contatos à distância, planos para viagens e interesses que mudem um pouco a rotina dos últimos dias.


RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Coluna do Garotinho

JOSÉ CARLOS ARAÚJO JOSE.ARAUJO@METROJORNAL.COM.BR

Ele foi curto e grosso. Após o vexame do Fla-Flu, Vanderlei Luxemburgo mandou o recado para o time, que se apresentou mais sonolento do que nunca. “Precisa ralar o rabo no chão”, querendo dizer que todos têm que se empenhar, se entregar o tempo todo. Mas não foi isso que a gente viu. Pelo contrário. No papel, o time tem uma cara parecida com aquele que conquistou antecipadamente o Campeonato Brasileiro. Mas, caindo na real, não é isso que a gente tem visto. No domingo, Fred parecia desinteressado ou com a cabeça voltada somente para a Seleção. E hoje, diante do Corinthians, no Maraca, fica sem o camisa 9, sem Jean – também na Seleção -– e Carlinhos, que está suspenso. Se os caras entenderam o recado do Luxa podem até se superar, mesmo com os desfalques. Importante é lutar do início ao fim. Pode crer. Por que será que o Seedorf se irritou tanto com os inúmeros microfones ao final do jogo de sábado, em Brasília? Nunca o vi assim, e é motivo de preocupação para a torcida. O Botafogo depende muito do seu camisa 10. Há quem credite o estresse ao excessivo número de partidas. Foram 5 em 13 dias. Aí, o pavio fica cada vez mais curto... Na rodada de hoje, Vasco e Fluminense vão sentir os desfalques. Na Vila Belmiro, o Vasco vai sem Juninho e Pedro Ken, dois dos destaques da vitória de domingo, em Curitiba. E o Flamengo precisa mostrar uma regularidade. A boa exibição no Fla-Flu nos faz crer que o Mano Menezes está encontrando uma cara para o time. Não há mais dúvida que André Santos, pelo meio, vai cumprir o papel que deveria ser do Carlos Eduardo. Este não emplacou mesmo. O “Globo Esporte” está completando 35 anos no ar. O programa entrou no ar num 14 de agosto de 1978, e lá já estava a voz marcante do Léo Batista. Vida longa para o programa da TV-Globo. Recebemos algumas reclamações de cadeirantes que desejavam passar o dia dos pais no Maracanã. Com direito à gratuidade, funcionários do consórcio exigiam carteirinha dos acompanhantes, sem nenhum tipo de aviso. Resultado: todos voltaram para casa, devido ao despreparo dos que ali estavam para “facilitar o acesso”. Uma pena! José Carlos Araújo escreve às quartas-feiras. É também comunicador das rádios Bradesco Esportes e Bandnews FM e apresentador do “ Donos da Bola “, na tela da Band.

Amistoso abençoado em Roma As seleções de Argentina e Itália disputam hoje um amistoso em homenagem ao Papa Francisco, em Roma. Ontem, as duas equipes foram recebidas pelo Sumo Pontífice, no Vaticano. Esta será a primeira vez que as duas seleções se enfrentarão na capital italiana após 12 anos. Lesionado, o argentino Lionel Messi (foto) não irá jogar. | OSSERVATORE ROMANO/REUTERS

Base mantida

3 ESPORTE

Fred segue como dono da camisa 9 de Felipão | BRUNO DOMINGOS/MOWA PRESS

Amistoso. Contra a Suíça, Felipão repete formação campeã. Só David Luiz é dúvida O Brasil enfrenta a Suíça, hoje, às 15h45 (de Brasília), na Basiléia, em mais um amistoso preparatório para a Copa do Mundo do ano que vem, com uma equipe bem conhecida pela torcida brasileira. Sem mistério, o técnico Luiz Felipe Scolari escalou, ontem, o time titular com praticamente a mesma formação que conquistou o título da Copa doas Confederações no dia 30 de junho, no Maracanã, com a vitória por 3 a 0 sobre a Espanha.

A única dúvida é o zagueiro David Luiz, do Chelsea, que ficou no hotel fazendo tratamento muscular, após sentir incômodo no joelho direito. Se não puder jogar, Dante começará como titular. Este é o primeiro desafio do Brasil após a conquista sobre os espanhóis. Contra a Suíça, a Seleção Brasileira defende uma invencibilidade de 11 jogos consecutivos na ‘Era Felipão’. A única derrota foi na estreia, para a Inglaterra. METRO RIO

SUÍÇA Benaglio; Lichsteiner, Senderos, Von Bergen e Rodriguez; Dzemalli, Behrami, Shaqiri e Xhaka; Stocker e Gavranovic. Técnico: Ottmar Hitzfeld

BRASIL Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz (Dante) e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Neymar, Oscar e Hulk. Técnico: Luiz Felipe Scolari • •

Estádio. St. Jakob, na Basileia (Suíça), às 15h45 Transmissão. Globo, Sportv e Bradesco Esportes FM (91,1)

Atletismo. Murer fica fora do pódio e Isinbayeva brilha no Mundial da Rússia Ela está de volta. Depois de fracassar em Londres e nos dois últimos mundiais, a russa Yelena Isinbayeva conquistou o ouro na prova de salto com vara do Mundial de Atletismo em casa, em Moscou, ontem, após ser a única a conseguir saltar 4,89m. A norte-americana Jennifer Shur e a cubana Yarisley Silva ficaram com as medalhas de prata e bronze, respectivamente. Atual campeã mundial na prova, a brasileira Fabiana Murer não conseguiu ultrapassar a marca de 4,75m e terminou em quinto lugar. Isinbayeva é a recordista mundial da prova com 5,06m. Ela acabou com um jejum de seis anos em mundiais – ficou com o ouro da competição nas edições de 2005, em Helsinque, e 2007, em Osaka. Já com o ouro garantido, Isinbayeva incendiou a torcida no Estádio Olímpi-

co de Moscou ao tentou bater o próprio recorde mundial, com a altura fixada em 5,07m. Chegou perto na segunda tentativa, mas não conseguiu. Na comemoração, ovacionada pela torcida, ela fez a festa na pista: abraçou o mascote, deu uma “estrela” e distribuiu sorrisos e beijos. Fabiana Murer foi às lágrimas ao explicar a quinta colocação na Rússia: “Acreditava que era possível passar dos 4,75m, estava tranquila na prova. Queria mostrar o que posso fazer. Fiquei chateada”, admitiu a brasileira. METRO RIO

Botafogo

“O Botafogo não depende de mim. Prova disso foi a boa atuação contra o Atlético-MG.”

5,06m

é o atual recorde mundial imposto pela russa Yelena Isinbayeva no salto com vara. Ontem, depois de garantir a medalha de ouro da prova no Mundial, ela tentou saltar 5,07m, mas não conseguiu.

Isinbayeva tentou bater o recorde, mas não conseguiu

PAUL GILHAM/GETTY IMAGES

RECADO DO LUXA

SEEDORF, DANDO CRÉDITO AO ELENCO ALVINEGRO PELA BOA CAMPANHA NO CAMPEONATO BRASILEIRO. O GLORIOSO, VICE-LÍDER DO TORNEIO, ENFRENTA O INTERNACIONAL, AMANHÃ, ÀS 21H, NO MARACANÃ, PELA 14ª RODADA.


|16|

À beira da crise, Flu encara o Corinthians

Brasileirão 14ª rodada HOJE 19h30

X CRICIÚMA

NÁUTICO 19h30

X ATLÉTICO-MG

BAHIA 19h30

X SANTOS

VASCO 21h

X VITÓRIA

PONTE PRETA 21h

X CORITIBA

PORTUGUESA 21h50

X FLUMINENSE

CORINTHIANS 21h50

X GRÊMIO

CRUZEIRO 21h50

X GOIÁS

RIO DE JANEIRO, QUARTA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

FLAMENGO AMANHÃ

Pressão. Sem Fred, Jean e Carlinhos, tricolor pega rival embalado no Maracanã, às 21h50 A derrota no clássico contra o Flamengo, domingo, por 3 a 2, ainda repercute negativamente no Fluminense. Na véspera do jogo contra o Corinthians – hoje, às 21h50, no Maracanã, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro –, a torcida protestou nas Laranjeiras. Ontem, cerca de 40 torcedores expuseram faixas com os dizeres “Fora Edinho”, “Jogadores, honrem a camisa e respeitem a nossa tradição”, na arquibancada. Constrangidos, os jogadores entraram no gramado para o treino sob o coro de “time sem vergonha”. O técnico Vanderlei Luxemburgo acabou dando apenas um treino rápido. Além de Edinho, Diguinho, Leandro Euzébio e Wagner foram os que mais sofreram com as ofensas dos torcedores. Luxemburgo lamentou os protestos e a falta de privacidade nas Laranjeiras. “Ficamos um pouco impedidos de traba-

lhar, gera desconforto”, reclamou o técnico. “Mas também é bom para os jogadores verem o que está acontecendo, faz parte da vida e eles entenderam um pouco porque os torcedores estão protestando.” Desfalques O treinador tem problemas para escalar o Flu. Sem Carlinhos, que cumpre suspensão por cartão amarelo, e Fred e Jean, que enfrentam a Suíça, em amistoso pela Seleção Brasileira, a tendência é que Ronan entre na lateral-esquerda, Diguinho ganhe a posição no meio-campo e que o garoto Samuel, criado nas categorias de base do clube, substitua o camisa 9 no ataque. O Fluminense ocupa a 14ª posição do Brasileiro, com 14 pontos. O Corinthians, que vem fazendo uma campanha de recuperação na tabela, ocupa a quarta colocação, com 21. METRO RIO

Luxemburgo conversa com Diego Cavalieri, em dia de protestos nas Laranjeiras |

“É ruim [haver protestos] porquenão tem centro de treinamento. E, com a manifestação, ficamos um pouco impedidos de trabalhar, gera desconforto.”

FERNANDO CAZAES/PHOTOCAMERA

FLUMINENSE Diego Cavalieri; Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Ronan; Edinho, Diguinho, Felipe e Eduardo; Rafael Sobis e Samuel. Técnico: Vanderlei Luxemburgo • •

CORINTHIANS Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Guilherme e Renato Augusto; Emerson, Romarinho e Alexandre Pato. Técnico: Tite

Estádio. Maracanã, às 21h50 Transmissão. Sportv, Rádio Bradesco Esportes FM (91,1) e Rádio BandNews FM (94,9)

VANDERLEI LUXEMBURGO

19h30

X SÃO PAULO

ATLÉTICO-PR 21h

X BOTAFOGO

INTERNACIONAL

Hernane segue como titular, Vasco. Regularizado, apesar do retorno de Moreno Montoya pode estrear

5 gols

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A P 1º CRUZEIRO 25 2º BOTAFOGO 25 3º CORITIBA 23 4º CORINTHIANS 21 5º ATLÉTICO-PR 20 6º INTERNACIONAL 20 7º GRÊMIO 19 8º VITÓRIA 19 9º BAHIA 19 10º VASCO 18 11º FLAMENGO 17 12º GOIÁS 17 13º PONTE PRETA 15 14º FLUMINENSE 14 15º SANTOS 14 16º ATLÉTICO-MG 12 17º PORTUGUESA 12 18º CRICIÚMA 11 19º SÃO PAULO 9 20º NÁUTICO 8

V 7 7 6 5 5 5 5 5 5 5 4 4 4 4 3 3 2 3 2 2

GP SG 25 15 21 8 18 5 13 7 23 3 21 3 15 3 17 2 13 -1 19 -3 16 1 12 -5 17 -1 17 -3 13 2 11 -7 15 -5 15 -10 12 -4 8 -10

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

em seis clássicos marcou o atacante Hernane até agora com a camisa do Flamengo. Foram três contra o Fluminense, um contra o Vasco e um contra o Botafogo. No total, ele tem 18 gols em 29 partidas pelo rubro-negro. GOIÁS Mano Menezes conversa com os seus jogadores | ALEXANDRE VIDAL/FLA IMAGEM

O atacante boliviano Marcelo Moreno já foi liberado pelo departamento médico do Flamengo. Mas, como tirar o “Brocador” Hernane do time, depois dos dois gols marcados na vitória por 3 a 2 sobre o Fluminense, domingo, no Maracanã? Esse é o dilema do técnico Mano Menezes, que deve manter o camisa 9 como titular contra o Goiás, hoje, às 21h50, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Moreno, que ainda não

está 100% fisicamente, deve retornar ao time domingo, quando o rubro-negro enfrenta o São Paulo, no Mané Garrincha. Até lá, Hernane espera convencer Mano Menezes de que pode fazer dupla de ataque com o boliviano. “Tem jogo que dá para jogar os dois, dependendo do adversário. O próprio Mano já disse isso”, revelou o “Brocador”. O rubro-negro ocupa a 11ª posição na tabela, com 17 pontos. METRO RIO

Renan; Vitor, Rodrigo, Ernando e Eron; Amaral, David, Paulo e Renan Olveira; Tartá e Walter. Técnico: Enderson Moreira

FLAMENGO Felipe; Léo Moura, Chicão, Wallace e João Paulo; Cáceres (Luiz Antonio), Elias, André Santos e Gabriel; Nixon e Hernane. Técnico: Mano Menezes • •

Estádio. Serra Dourada, em Goiânia (GO) às 21h50 Transmissão. Band, Globo, Bradesco Esportes FM (91,1) e BandNews FM (94,9)

Sem Juninho Pernambucano e Pedro Ken, que levaram o terceiro cartão amarelo na vitória sobre Coritiba, na última rodada, o meia colombiano Santiago Montoya pode ser a novidade do Vasco contra o Santos, hoje, às 19h30, na Vila Belmiro, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 15 dias de atraso, o jogador de 21 anos foi finalmente regularizado junto à Frej (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). O técnico Dorival Junior terá uma novidade no banco de reservas: o zagueiro Cris, apresentado segunda-feira como reforço, vindo do Grêmio. O cruzmaltino ocupa a décima posição na tabela, com 18 pontos. Guiñazu Após exames feitos ontem, o departamento médico do Vasco concluiu que não haverá necessidade de operar o volante Guiñazu, que tem uma lesão na coxa direita. Ainda assim, a previsão do seu retorno aos campos é de pelo menos três meses. METRO RIO

Cris já foi inscrito na CBF e deve ficar no banco | MARCELO SADIO/DIVULGAÇÃO

SANTOS Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Léo; Alison, Alan Santos, Cícero e Montillo; Neilton e Willian José. Técnico: Claudinei Oliveira

VASCO Diogo Silva; Fagner, Jomar, Rafael Vaz e Henrique; Abuda, Wendel e Fillipe Soutto, Montoya; André e Eder Luis. Técnico: Dorival Junior • •

Estádio. Vila Belmiro, em Santos, às 19h30 Transmissão. Sportv, Rádio Bradesco Esportes FM (91,1) e BandNews FM (94,9)

20130814_br_metro rio  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you