Page 1

TEATRO DE BONECOS

FESTIVAL TRAZ 70 ESPETÁCULOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS PARA CURITIBA PÁG. 11 CURITIBA Quarta-feira, 3 de julho de 2013 Edição nº 546, ano 3 MÍN: 8°C MÁX: 18°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sunny www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Plebiscito é ameaçado por prazo apertado hazy

showers

Reforma política. Dilma envia texto com cinco temas-base para consulta à população. TSE pede 70 dias para organizar a votação, que ocorreria em setembro. Restaria menos de um mês para que o Parlamento aprovasse a reforma a tempo de valer para a próxima eleição PÁG. 06

Rodovias passaram o dia fechadas | ROBERTO CUSTODIO/AGP

Caminhoneiro protesta em rodovias do PR Houve bloqueios em estradas de 10 Estados. Manifestantes pedem subsídio ao diesel e fim de pedágio PÁG. 04

AGORA É PARA VALER

Massa de ar frio espanta a chuva e baixa as temperaturas PÁG. 03 Curitiba deve amanhecer hoje com apenas 80C | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

Imóvel tem alta de 6% neste ano nas principais capitais Ganho real é de 2,8%. Curitiba está entre as cidades com maiores aumentos PÁG. 10


1 FOCO

Apoio

Casa da Mulher

A ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres, disse ontem em Brasília que Curitiba vai receber uma obra do programa “Casa da Mulher Brasileira”, de apoio contra a violência doméstica. O anúncio oficial será dia 26 de julho, em Curitiba.

Cotações Dólar + 0,84% (R$ 2,25) Bovespa - 4,24% (45.228 pts) Euro + 0,17% (R$ 2,91) Selic (8,00%)

Salário mínimo (R$ 678)

|02|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Quinto prefeito é afastado na RMC

Sanepar

Cônjuges podem ser inscritos nas faturas Ontem a Sanepar anunciou que os clientes interessados em incluir o nome do cônjuge na fatura de água já podem fazê-lo. Para isso, é preciso ir até uma das centrais da empresa com os documentos pessoais e a certidão de casamento ou comprovante de união estável.

Justiça Eleitoral. Por problemas com o vice, prefeito de Quatro Barras teve que deixar o cargo ontem. Em duas cidades da Região Metropolitana, vereadores comandam a administração O prefeito Loreno Tolardo (PSD), de Quatro Barras, região Metropolitana de Curitiba, deixou ontem o cargo após ser cassado pela Justiça Eleitoral. Ele não teve nenhum problema judicial, mas seu vice, Olair Ribeiro Lago (PSDB), ex-presidente da Câmara Municipal, teve suas contas reprovadas em 2003, o que gerou a decisão. Tolardo foi o quinto prefeito eleito na RMC a ser afastado desde as eleições de 2012 – fato que acaba deixando administrações provisórias nos municípios. Em Fazenda Rio Grande, é o presidente da Câmara Municipal, Marcio Wosniack (PSDB) que comanda a Prefeitura, mesma situação de Quatro Barras. Na última semana Luiz Carlos Assunção (PSB), eleito em Campina Grande do Sul, que havia sido cassado em primeira instância, retornou ao cargo, mas apenas por decisão liminar. Anteriormente, foram os

METRO CURITIBA

Táxis

Urbs promove audiência pública

Problemas em Quatro Barras (foto), Campina Grande do Sul, Fazenda Rio Grande, Colombo e Campo Magro

prefeitos de Colombo, Beti Pavin (PSDB) e Louvanir Menegusso (DEM de Campo Magro, que tiveram que garantir os seus mandatos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A decisão final sobre quem comandará as prefeituras da RMC deve se arrastar até o final do ano. É o que espera o advogado Alexandre Zolet, da coligação Ficha Limpa, que contesta as eleições em Cam-

pina Grande do Sul. “Nossa expectativa é de que em 90 ou 120 dias teremos uma decisão final”, diz, no caso da situação só ser resolvida em Brasília. Em Fazenda Rio Grande, o caso já está no TSE, enquanto o TRE -PR (Tribunal Regional Eleitoral) ainda vai julgar as eleições de Campina Grande do Sul e Quatro Barras. Todos eles não têm data marcada. Somente o TSE registrou,

Prefeitura quer apoio das empresas para transporte O secretário de governo da Prefeitura de Curitiba, Ricardo Mac Donald, disse ontem que a proposta municipal de universalizar o vale-transporte e o tornar obrigatório para todos os trabalhadores depende do apoio dos empresários, que terão aumento de gastos. “Temos que convencer as empresas de que é uma ideia boa. Em troca eles terão abatimento nos custos operacionais e do imposto de renda”, defendeu, em entrevista para o Band Cidade. A sugestão foi enviada ao governo federal na segunda-feira, como uma forma de aumentar os recursos para o

Vale seria obrigatório para todos, o que aumentaria gastos| RODRIGO F.LEAL/METRO

sistema de transporte. “Hoje é o VT é eventual a pessoa pega se quiser. Se conseguirmos universalizar e o tornar obrigatório, aumentamos a massa de receita e vamos ampliar os serviços e baixar a passagem”, diz.

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9200

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

O modelo é copiado da cidade do Lyon, na França, que tem 1,3 milhões de habitantes. Para ser colocado em prática no Brasil, ele teria que ser aprovado no Congresso Nacional. METRO COM BAND CURITIBA

Ocorre amanhã, às 14 horas, uma audiência pública sobre o aumento da frota de táxis em Curitiba. Devem ser colocados 750 novo carros na cidade até o final do ano. METRO CURITIBA

| DIVULGAÇÃO

nas últimas eleições, 7.781 processos questionando as candidaturas no Brasil, número é superior ao de municípios no País (5.564). De acordo com TSE, 99% dos casos já foram julgados, mas neste mês a corte entrou em férias e só retorna em agosto.

RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

THIAGO MACHADO

Aumento da frota

METRO CURITIBA

CPI. Vereadores TCE. Contratos receberão o de iluminação presidente são suspensos da Urbs Foram suspensos ontem pelo O presidente da Urbs, Roberto Gregório será recebido na primeira reunião da CPI do Transporte Coletivo, na Câmara Municipal, amanhã às 14 horas. Ele foi convidado para entregar, na Casa, o relatório final da Comissão de Análise da Tarifa, da qual ele também é o presidente. No mesmo dia, a expectativa é de que o documento seja entregue para o prefeito Gustavo Fruet (PDT). O relatório aponta sugestões para o sistema de transporte e deve balizar o trabalho da CPI. METRO CURITIBA

TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) os contratos de iluminação de Colombo e de São José dos Pinhais. O corregedor-geral,conselheiro Ivan Bonilha, aceitou o pedido da empresa Trajeto Engenharia e Comércio, que questionava os contratos. O argumento é de que em Colombo a prefeitura não aceitou uma proposta da Trajeto pelo serviço, que seria mais barata. Em São José dos Pinhais, o problema seria a não-abertura de uma licitação. As prefeituras têm prazo de 15 dias para se defender.

EXPEDIENTE

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145). Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071). Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli.

METRO CURITIBA

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP: 80820-070, Curitiba. Tel.: 041/3069-9200 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Chuva dá trégua e situação nas cidades começa a melhorar Inverno. Massa de ar frio deixa o tempo seco e temperaturas caem. Pode gear no Sul. Nível dos rios está abaixando e número de desalojados e de desabrigados começam a cair As chuvas que atingem o Paraná desde 20 de junho cessaram ontem em todas as regiões – com exceção do Litoral, onde ainda havia garoa –, fazendo com que o nível dos rios começasse a baixar e muitas famílias pudessem retornar às suas casas. Balanço da Defesa Civil das 12h de ontem mostra que o número de pessoas em abrigos públicos caiu de 1.191 para 859 e o de desalojados (que estão em casa de amigos ou parentes), de 1.542 para 1.164. “Em algumas cidades, que foram afetadas superficialmente, será mais fácil se reestabelecer. Em outras, vai demorar mais”, comenta o capitão Dorico Borba, da Defesa Civil. Segundo ele, o monitoramento continua. “Sem chuva, começamos a ter acesso a alguns locais que estavam isolados, como fazendas de gado que ficaram comprometidas no Noroeste. Também recebemos novas notificações e subiu de 93 para 103 o número de munícipios atingidos”, conta o capitão. As áreas mais atingidas estão recebendo donativos, incluindo kits de cozinha, cama, mesa e banho, alimentos, colchões, cobertores, roupas e fraldas. Nove caminhões foram enviados pelo governo do Estado ao interior na última segunda-feira. Acima da média O mês de junho terminou com chuvas acima da média

Curitiba deve amanhecer hoje com termômetros marcando apenas 8˚C | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

em todas as regiões do Paraná, conforme balanço do Instituto Tecnológico Simepar. Guarapuava, na região central, registrou uma diferença de 323 milímetros entre a média climatológica (138 milímetros) e o volume em junho (461 milímetros), a mais alta entre as 33 cidades monitoradas. Em seguida está Pinhão, no Sul, com uma diferença de 320 milímetros, e Santa Helena, no Oeste, com 298 milímetros. Na capital, choveu 338 milímetros – 222 milímetros acima da média climatológica de 116 milímetros. Previsão A trégua das chuvas veio com a chegada de uma massa de ar frio. “A frente fria

foi embora para o oceano e uma massa de ar mais frio ingressou pelo Sul, trazendo um ar mais seco, mas mantendo a nebulosidade”, explica Lisandro Jacobsen, meteorologista do Simepar. Com isso, as temperaturas caíram e há, inclusive, possibilidade de geada hoje. “O resfriamento ocorre, mas, se ainda estiver úmido, pode haver formação de nevoeiro, que impede geada. No entanto, no Sul pode gear porque o tempo está aberto na região de General Carneiro e de Palmas”, explica Jacobsen. Ontem, a região de Palmas registrou mínima em torno de 5ºC. CAMILA CASTRO

Situação Conforme último boletim, das 12h de ontem: • Afetados. 114.786 pessoas desde 20 de junho. Dez ficaram feridas e houve duas mortes. • Desabrigados. Caiu de 1.191 para 859 o número de pessoas que ainda estão em abrigos. No total, foram registradas 1.729 desabrigados. • Desalojados. O número de pessoas que estão em casa de amigos ou parentes diminuiu, de 1.542 para 1.164. Ao todo, foram 13.492.

Na BR-373, Km 424, próximo a Foz do Jordão, há interdição total devido à queda de barreira. Mesmo motivo que levou à interdição de meia pista na BR-153, na altura do Km 480, na região de General Carneiro. Já a BR-373, no Km 460, próximo ao município de Candói, há trecho interditado, com desvio de tráfego, conforme informações da PRF-PR (Polícia Rodoviá-

Beneficente. Entidades vendem convites para eventos no fim de semana Quatro eventos beneficentes vão acontecer neste fim de semana. As entidades já estão vendendo os convites. No sábado, a Afece (Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial) promove o Sopa Amiga, no Buffet du Batel. Serão dez tipos de sopa elaboradas pelo Jungle Juice, além de música, leilões, sorteios e brincadeiras. O evento começa às 19h30. Os convites custam R$ 25 – R$ 12,50 para crianças de 6 a 10 anos. Eles podem ser adquiridos na sede da Afece (rua Paulo Turkiewicz, 160, no Tarumã) ou no Jungle Juice do Alto da XV (Augusto Stresser, 1.800). A entrada é gratuita para crianças até 5 anos. Também no sábado, a partir das 12h, acontece a Feijoada Beneficente promovida pe-

los Amigos do HC (Hospital de Clínicas). Será no Clube Curitibano – Sede Concórdia, com convites a R$ 70. Eles podem ser comprados pelos 30911000 e 3091-1013. No ano passado, 450 pessoas participaram do evento. No domingo, o Pequeno Cotolengo promove seu tradicional churrasco, mas com tema julino. O evento começa às 10h com a Santa Missa. Haverá apresentações de quadrilha e shows com William & Renan, Jota Júnior & Rodrigo e Álvaro & Daniel, além dos grupos Trio Destilado e Forró Maneiro. O evento traz ainda barracas vendendo comidas típicas. A entrada na festa é gratuita – a instituição pede apenas a doação de um quilo de alimento não perecível. METRO CURITIBA

Obras. Sete de Setembro terá bloqueio amanhã A pista lenta da Avenida Sete de Setembro, entre as ruas Barão do Rio Branco e Desembargador Westphalen, será totalmente bloqueada amanhã, entre as 9h e as 17h. O motivo são as obras de desalinhamento das estações tubo do eixo Norte – Sul. O bloqueio acontece no sentido bairro (Praça do Japão). O desvio de trânsito poderá ser realizado pela Direitos humanos

rua Barão do Rio Branco, pela Avenida Visconde de Guarapuava e pela Rua 24 de Maio. De acordo com a Setran (Secretaria de Trânsito), o tráfego nas ruas Lourenço Pinto, Mal. Floriano Peixoto, Desembargador Westphalen e Alferes Poli não será afetado durante as obras. Agentes da Setran estarão no local para orientar os motoristas. METRO CURITIBA Lapa

Fundo Brasil apoia dois projetos no PR

Obras no Parque do Monge serão retomadas

O Fundo Brasil vai apoiar dois projetos no Paraná: “Pescadores artesanais de Superagui: Direito ao território, à natureza e à vida”, do Movimento dos Pescadores Artesanais do Litoral; e “Combate à violação do direito à educação de crianças e adolescentes sem terra dos acampamentos do Estado do Paraná”, do setor de Educação do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra). Com eles, o Fundo alcança 11 grupos de defesa de direitos humanos selecionados por edital no Estado. METRO CURITIBA

Fechado para reforma desde 2008 e com restrição de visitação desde 2010, o Parque do Monge terá suas obras retomadas. O governador Beto Richa (PSDB) anunciou ontem o lançamento da licitação para contratar a empresa. O parque leva esse nome por ser o local onde, no século 19, teria vivido o monge João Maria, personagem central da Guerra do Contestado. A área é uma Unidade de Conservação, gerenciada pelo IAP (Instituto Ambiental do Paraná). METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

Ainda há rodovias fechadas O Paraná ainda tem trechos de rodovias interditados devido a erosões, alagamentos e deslizamentos causados pelas chuvas. O maior número está nas federais. Na BR-476, a região do Km 329, próximo a Paulo Frontin, está totalmente interditada devido à erosão. O asfalto chegou a rachar. Erosão também deixa o tráfego em meia pista no Km 303 da BR-476, próximo a Fluviópolis.

|03|◊◊

ria Federal) repassadas na tarde de ontem. Estaduais Apenas dois trechos de rodovias estaduais ainda estão interditados, de acordo com dados das 18h de ontem da PRE. Na região de Realeza, o tráfego está impedido na PR-182, Km 460. Interdição também acontece na PR-780, no Km 280, em Clevelândia. METRO CURITIBA

Ainda há sete trechos interditados | DIVULGAÇÃO


|04| Determinação

Governo manda PRF desbloquear estradas Após três dias consecutivos de protestos de caminhoneiros, o ministro dos Transportes, César Borges, determinou que a PRF (Polícia Rodoviária Federal) atue para desbloquear as rodovias federais. “São vias públicas, onde não é possível interditar, salvaguardando o direito de ir e vir do cidadão brasileiro”, salientou. A preocupação do governo é que a interdição prejudique o escoamento da produção e provoque o desabastecimento principalmente de algumas cidades atendidas somente pelo transporte terrestre. O governo defende os contratos de concessão para permitir a duplicação de rodovias e afirma que o combustível é subsidiado. “Vamos criar uma câmara pra discutir os problemas inerentes ao transporte de cargas”, prometeu César Borges. METRO

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Protestos interditam quatro rodovias do PR Manifestações. Caminhoneiros bloqueiam duas rodovias estaduais e uma federal. Movimento dos Trabalhadores Sem Terra também fecha uma estrada na região central. Ontem, houve congestionamento em alguns trechos Quatro rodovias foram bloqueadas ontem no Paraná, sendo três estaduais e uma federal, por causa do protesto nacional realizado por caminhoneiros e também por integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra). O trecho da BR-277 no quilômetro 338, em Guarapuava, na região central do Estado, foi liberado ontem às 17h pela polícia, depois de ficar quase 24 interditado. De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o congestionamento no local nos dois sentidos chegou a cerca de 12 quilômetros. “Só passaram veículos de passeio, de emergência, de cargas perecíveis e os ônibus. Os manifestantes não deixaram os caminhões passarem”, contou o agente da

10

Estados tiveram bloqueios de estradas feitos por caminhoneiros. Além do Paraná, registraram interdições São Paulo, Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins. PRF, Cristiano Mendonça. Nas rodovias estaduais, até às 17 de ontem, havia interdição no quilômetro 178 da PR-280, em Clevelândia, no interior do Paraná e também na PR-182, no quilômetro 462, no trevo entre Realeza e Capitão Leônidas Marques, no sudoeste. Em nenhuma das estradas houve registro de confusão. Apenas foram colocados caProcesso Seletivo

Seleção do IML tem mais de 3 mil inscritos

Protesto reúne 300 pessoas

O 6º ato pela redução da tarifa de ônibus realizado ontem à noite em Curitiba reuniu cerca de 300 pessoas, segundo a Polícia Militar. Três pessoas foram detidas por depredação ao patrimônio. | RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

O Processo Seletivo Simplificado do IML (Instituto Médico-Legal) do Paraná teve 3.041 inscritos. São 112 candidatos para 55 vagas de médico legista, 727 para a vaga de 60 motoristas e 2.202 interessados para 45 vagas de auxiliar de perícia. O edital de classificação provisória dos candidatos foi publicado no site www.seguranca.pr.gov.br. METRO CURITIBA Tibagi

PRF apreende 300 kg de maconha Dentro de um carro roubado, a Polícia Rodoviária Federal aprendeu 300 kg de maconha na BR376, em Tibagi, interior do Estado, na segunda-feira. O veículo estava abandonado, após ter saído da pista. A droga foi encontrada em um matagal. METRO CURITIBA

minhões atravessados nas pistas para impedir a passagem. A categoria reivindica subsídio no preço do óleo diesel, isenção do pagamento de pedágios em todas as rodovias do país e a criação da Secretaria do Transporte Rodoviário de Cargas, vinculada diretamente à Presidência da República, nos mesmos moldes das atuais Secretarias dos Trabalhadores e das Micro e Pequenas Empresas. Além do protesto dos caminhoneiros, manifestantes do MST se aproveitaram da situação e decidiram bloquear os dois sentidos do quilômetro 170 da PR-364, entre o Distrito de Guará e Inácio Martins, na região central. LINA HAMDAR METRO CURITIBA

Caminhoneiros protestaram pacificamente no Estado |ROBERTO CUSTODIO / AGP

Laudo deve comprovar que Tayná foi estuprada A previsão é que fiquem prontos até a segunda-feira os laudos que devem comprovar que a adolescente Tayná Adriane da Silva, de 14 anos, encontrada morta na última sexta-feira, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, foi mesmo estuprada. Ontem à tarde, delegados e a perita do Instituto de Criminalística se reuniram para discutir o caso. “Temos a convicção de que a linha de investigação está correta e aponta para a autoria dos suspei-

tos presos. Falta agora definir a participação de cada um”, afirmou ao Metro o delegado chefe da Divisão de Polícia Metropolitana da Polícia Civil do Paraná, Agenor Salgado Filho. Ontem, a perita Jussara Joeckel, havia dito que a jovem poderia não ter sido violentada sexualmente. “Ela foi mal interpretada. Disse, na verdade, que pode não ter havido violência física”, afirmou o delegado. Quatro homens foram presos suspeitos de cometer o crime. Eles eram

funcionários de um parque de diversão do município. Três deles confessaram que cometeram o estupro. Ela foi morta por estrangulamento. O corpo da jovem foi encontrado depois de 15 horas de buscas em uma vala próximo ao parque. O caso estava com o delegado titular da Delegacia do Alto Maracanã, Silvan Rodney Pereira, mas como ele está de ferias a investigação agora está com o delegado Fábio Amaro, da Delegacia de Pinhais. METRO CURITIBA

Guarda faz operação simultânea A Guarda Municipal de Curitiba fez no final da tarde de ontem uma ação simultânea em 27 praças espalhadas por toda a cidade. Participam da ação cerca de 100 agentes e 30 viaturas. Na Praça Espanha, um rapaz foi detido por tráfico de

drogas e encaminhado ao 3º Distrito Policial. Com ele, a Guarda encontrou 29 buchas de maconhas, preparadas para a comercialização. Esta é a 9ª edição da operação. “Com frequência de uma ou duas vezes por semana, sempre em caráter

de surpresa, sem data ou local previamente divulgados, as praças de Curitiba têm recebido a visita de nossas equipes”, disse o diretor da Guarda Municipal, inspetor Cláudio Frederico de Carvalho. METRO CURITIBA


|06|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Senado aprova exigência de ficha limpa para servidores A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que prevê a extensão das exigências da Lei da Ficha Limpa aos servidores públicos foi aprovado, no início da noite de ontem, em primeiro turno, no Senado. Caso a PEC passe em 2º turno e seja aprovada na Câmara dos Deputados em dois turnos, os funcionários (concursados ou ocupando cargos em comissão) também não poderão ter sido condenados

em decisão colegiada de órgão judicial, mesmo que ainda não tenha transitado em julgado (quando não há mais possibilidade de recursos. “A importância dessa PEC é a a defesa da moralidade, da probidade, da honestidade cívica, do dever fundamental de ser honesto”, disse o senador Pedro Taques PDT-MT), que pretendia que as novas regras valessem apenas para os comissionados. METRO

Pedro Taques (PDT-MT): “Defesa da moralidade” | VALTER CAMPANATO/ABR

Sem apoio, projeto de ‘cura gay’ será arquivado Pressionado, o presidente da bancada evangélica, deputado João Campos (PSDB-GO), decidiu ontem retirar de tramitação o polêmico projeto que autoriza o tratamento para reverter a homossexualidade – a chamada ‘cura gay’.

O projeto foi apresentado em 2011 para suspender uma resolução do Conselho Federal de Psicologia, que proíbe a prática, e foi aprovado na Comissão de Direitos Humanos. O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo

Alves (PMDB-RN), queria que o projeto fosse levado direto ao plenário para ser derrotado. A avaliação dos evangélicos, no entanto, é que o projeto é impopular e poderia trazer prejuízos nas eleições de 2014. METRO BRASÍLIA

Médicos vão às ruas contra contratação de estrangeiros A decisão da presidente Dilma Rousseff de autorizar a contratação de médicos formados fora do país para trabalhar nas cidades do interior levará às ruas os profissionais de saúde. Marchas estão marcadas para hoje nos 26 Estados e no Distrito Federal. A principal queixa é quanto à falta de infraestrutura nas cidades suburbanas e a ausência de uma carreira de Estado para permitir

que o médico se sinta atraído para o trabalho em condições inferiores aos das cidades maiores. Em Curitiba e em pelo menos outras dez cidades paranaenses haverá manifestações. Na capital, o ato terá concentração às 10h na Boca Maldita. Médicos e estudantes passarão pelo calçadão da Rua das Flores em direção ao prédio histórico da UFPR (Universidade Federal do Paraná), na Praça Santos Andrade. METRO

Prazo apertado é barreira para plebiscito Reforma política. Governo revela os cinco temas que deseja ver avaliados pela população. TSE pede 70 dias para fazer consulta popular A reforma política começa a ser desenhada, mas precisará de um esforço extra da Câmara e do Senado para ser aprovada até 5 de outubro e valer nas eleições de 2014, como deseja o governo. A presidente Dilma Rousseff encaminhou ontem ao Congresso uma mensagem com cinco sugestões de itens da lei eleitoral e dos partidos políticos que gostaria de ver submetidas à avaliação popular. Em resposta à consulta do governo, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), porém, informou que precisará de, no mínimo, 70 dias para organizar a votação. O trabalho inclui convocar mesários, organizar os colégios eleitorais e programar as urnas eletrônicas. A data do plebiscito seria 8 de setembro. Antes, uma campanha deverá ser feita para explicar as perguntas. “Não podemos menosprezar a capacidade de o povo brasileiro entender as questões”,

defendeu o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O Congresso poderá incluir ou extinguir as sugestões. O início do processo, porém, depende de um decreto legislativo, que encontrará resistências dos parlamentares, e que começará a tramitar pela Câmara. Após o resultado das urnas, deputados e senadores teriam menos de um mês para aprovar as mudanças. Alternativa Prevendo dificuldades, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), convocou uma comissão especial para apresentar uma proposta alternativa de reforma política em até 90 dias. “O plebiscito pode não avançar”, admitiu. No Senado, o governo tem mais apoio. O presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), argumentou que o fim dos suplentes, que

governo sugere OS CINCO PONTOS Omudanças na lei eleitoral

DA REFORMA POLÍTICA e dos partidos políticos SISTEMA ELEITORAL

Para pedir melhores condições de trabalho | VALTER CAMPANATO/ABR

1

Cada Estado (e município) tem um determinado número de vagas, definido conforme a população São Paulo, por exemplo, o mais populoso do país, tem o maior número de cadeiras na Câmara dos Deputados, 70. O eleitor vota em candidatos que disputam todo o eleitorado do Estado ou do município para vagas de vereadores, deputados estaduais e deputados federais. As cadeiras são distribuídas proporcionalmente à quantidade de votos obtida pelo candidato e pelo partido (ou por coligações partidárias) Se o voto proporcional permanece; se será o voto distrital (cada Estado seria dividido em distritos, com os candidatos disputando os votos dos eleitores de áreas específicas); ou se haverá um sistema misto, em dois turnos (uma parte das vagas seria reservada para votação em partidos, que apresentariam as suas listas de candidatos; a outra parte das cadeiras em disputa continuaria distribuída conforme a votação em candidatos específicos)

FINANCIAMENTO DE CAMPANHA

2

As empresas e as pessoas físicas estão autorizadas a fazer doações livremente para candidatos e partidos políticos Se mantém o atual sistema; permitindo doações apenas públicas ou privadas; ou se autorizará contribuições mistas, mas com valores limitados SUPLENTE

hoje ocupam 10 das 81 cadeiras de senadores, e o fim do voto secreto, são temas com tramitação adiantada. Sem consenso A oposição fez críticas à proposta e voltou a defender um referendo, quando a população é consultada após a medida ser aprovada. “O que Dilma busca fazer é convidar o Congresso para um passeio de primeira classe numa cabine do Titanic”, criticou o senador Aécio Neves (PSDB-MG). A proposta não tem consenso também na base aliada. O PMDB, por exemplo, se posicionou contra uma consulta feita às pressas. “A bancada da Câmara quer que o plebiscito seja realizado em 2014 para valer em 2016 e 2018”, afirmou o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RR). MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

COMO É O QUE O ELEITOR DECIDIRÁ

VOTO SECRETO NO CONGRESSO

3

Os deputados e senadores mantêm secreto o voto em caso de cassação de mandato, escolha de autoridades, como membros do Poder Judiciário e chefes de missão diplomática, vetos presidenciais Se é favorável a manter a votação fechada COLIGAÇÕES

4 5

Os senadores escolhem livremente os dois suplentes, que ocupam o cargo em caso de vacância, mesmo sem ter conseguido um voto

Os partidos podem compor chapas conjuntas na eleição para deputados e vereadores. O voto vai para a coligação e não somente para a legenda escolhida pelo eleitor

Se é a favor ou não à manutenção da suplência

Se o sistema deverá ser mantido ou proibido


|08|

Acusada de racismo

Líder da direita francesa perde imunidade VINCENT KESSLER/REUTERS

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Presidente egípcio rejeita deixar o poder

Revolta. Isolado politicamente, embora com apoio de parte da população, Mohamed Mursi rechaçou o ultimato dado pelas Forças Armadas. Confrontos entre governistas e oposicionistas deixaram ao menos sete mortos

Marine Le Pen disse que apenas mencionou o que todos pensam

Marine Le Pen, líder da FN (Frente Nacional, partido francês de extrema-direita), perdeu sua imunidade no Parlamento Europeu. Com isso, ela terá de enfrentar na Justiça as acusações de racismo feitas por uma entidade de defesa dos direitos civis. Em 2010, Marine disse que ver muçulmanos orando nas ruas era semelhante à ocupação nazista na Segunda Guerra Mundial. METRO Em Santiago

Avenida volta a ter o nome de antes do golpe A avenida Once de Septiembre, uma movimentada rua de Santiago, capital do Chile, voltará a se chamar Nova Providência. Em 1980, sete anos depois do golpe militar, o regime estabeleceu que o local seria conhecido por Once de Septiembre, em homenagem à data na qual Augusto Pinochet derrubou o governo de Salvador Allende. A direita chilena condenou a retomada do antigo nome. METRO Guerra na Síria

Padre católico é decapitado por radicais rebeldes O Vaticano confirmou a morte de um padre católico, decapitado por rebeldes jihadistas no norte da Síria. François Murad, 49, foi assassinado em 23 de junho, durante um ataque ao convento onde ele estava refugiado. O sacerdote era da ordem franciscana e responsável pela custódia de locais cristãos no Oriente Médio. Com o avanço do conflito na Síria, minorias étnicas e religiosas têm sido duramente afetadas. METRO

A menos de 24 horas para o fim do prazo dado pelo Exército para a solução da crise egípcia, o presidente Mohamed Mursi negou que pretenda deixar o cargo. O mandatário também disse que não vai aceitar ordens e culpou o antigo regime pelos problemas do país. “Tivemos eleições livres, justas e democráticas. Nossa Constituição é grande e foi aprovada pela vontade do povo. Se a legitimidade não é suficiente para vocês, o que é?”, questionou Mursi, em rede nacional. As declarações incendiaram, ainda mais, governistas e opositores. Durante a noite de ontem, choques entre os dois grupos já haviam deixado ao menos sete mortos e 140 feridos. Desde domingo, 23 pessoas perderam a vida nas manifestações. Mesmo com o apoio de membros da Irmandade Muçulmana nas ruas, Mursi está cada vez mais isolado politicamente. Seis ministros já renunciaram, e a grande parte dos opositores se recusa a negociar. “O presidente acredita que já dialogou e, com isso, cumpriu sua obrigação. O problema é que não há mais

Análise

País tem nova oportunidade democrática

Apoiadores do mandatário param manifestação para rezar, no Cairo | KHALED ABDULLAH/REUTERS

confiança alguma da oposição”, diz Nezar Al Sayyad, professor egípcio da Universidade de Berkeley, nos EUA. Os EUA e as Nações Unidas expressaram preocupação com a crise. Segundo a Casa Branca, o presidente Barack Obama ligou para Mursi e disse que apoia “o processo democrático no Egito e não um grupo em particular.”

Planos militares O Exército não voltou a falar sobre como pretende intervir, caso Mursi e a oposição não cheguem a um acordo. Segundo a agência Reuters, entretanto, o plano dos militares incluiria a suspensão da Constituição e a dissolução do Parlamento, que tem maioria islâmica. “Se Mursi continuar tei-

moso, provavelmente, haverá um golpe”, afirma o professor Al Sayyad. O especialista acredita que haverá muito caos nas ruas nos próximos dias. Também é possível, diz, que a Irmandade Muçulmana ganhe ainda mais força. CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

Vaticano confirma segundo milagre O papa João Paulo 2º pode se tornar oficialmente santo até o fim deste ano. A Santa Sé aprovou ontem o segundo milagre do falecido pontífice, uma das últimas etapas para que ele seja canonizado. Os cardeais e bispos da Congregação para as Causas dos Santos consideraram que a cura de uma enfermeira em 1º de maio de 2011 foi cientificamente inexplicável. Nesse mesmo dia, mais cedo, João Paulo 2º havia sido beatificado devido a um outro milagre. Não há detalhes sobre o segundo caso, que foi avaliado por uma comissão médica ligada à Santa Sé. A paciente sofreria de uma doença incurável e teria rezado pela intercessão de João Paulo 2º. Especialistas ouvidos pela

Preparação para JMJ

Papa afirma que protestos são justos

João Paulo 2º pode ser canonizado em dezembro | MAX ROSSI/AQUIVO/REUTERS

agência Ansa acreditam que o pontífice será canonizado em dezembro. Falta apenas a assinatura de um decreto pelo papa Francisco e a convocação de um consistório, para anunciar a data da

canonização. A cerimônia encerraria o processo mais rápido de canonização dos últimos 500 anos na Igreja. João Paulo 2º faleceu em 2005, aos 84 anos. METRO COM AGÊNCIAS

O papa Francisco, que se prepara para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, no fim deste mês, mudou o discurso que fará no evento. Segundo o jornal “El País”, o pontífice fez alterações no texto após ser informado sobre a natureza dos protestos que tomaram as ruas do país. O papa teria dito que as manifestações são justas e estão de acordo com o Evangelho. METRO

O presidente Mohamed Mursi está procurando estabelecer um acordo no qual ele não renuncie e, ao mesmo tempo, faça concessões à oposição. O Exército, por sua vez, tenta fazer com que Mursi ouça as pessoas e crie um sistema no qual elas acreditem. Muitos egípcios estão com raiva, pois o governo não conseguiu os incluir. Eu acredito que essa seja uma nova oportunidade democrática para o Egito. Mas os próximos dias são muito incertos, porque os militares não vão recuar, e os protestos devem continuar fortes em todo o país. THOMAS CAROTHERS

Vice-presidente do Carnegie Endowment for International Peace

Snowden. Brasil rejeita pedido de asilo O governo brasileiro “não vai responder” ao pedido de asilo político feito pelo técnico em informática Edward Snowden. A solicitação foi enviada por fax à embaixada do Brasil em Moscou na noite de segunda-feira. O país é um dos 21 aos quais Snowden recorreu, segundo informações do site WikiLeaks. O jovem, que delatou o programa de monitoramento de civis do governo americano, está há 10 dias em uma área de trânsito de um aeroporto da capital russa. Entre as nações que responderam, a maioria rechaçou o pedido de Snowden. As exceções são o Equador e a Bolívia. O governo italiano disse estar avaliando a solicitação. METRO COM AGÊNCIAS


|10|

Bolsa. Bovespa cai mais de 4% com novas perdas da OGX, de Eike Batista O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em baixa de 4,24%, aos 45.228,95 pontos. É a menor pontuação desde 22 de abril de 2009, quando a Bolsa fechou aos 44.888,20 pontos. A queda acentuada foi influenciada pela divulgação de dados fracos de produção industrial e por mais um dia de perdas das ações do grupo EBX, de Eike Batista. Na última segunda-feira, os papéis da petrolífera do empresário, a OGX, recuaram quase 30% com o anúncio de que vai suspender os planos de exploração de três poços de petróleo do campo de Tubarão Azul. No pregão de ontem, as ações da OGX caíram 19,64%, a R$ 0,45, após dois bancos cortarem o preço-alvo de suas ações para R$ 0,10. Para piorar o cenário, a agência de classificação de risco Standard & Poor’s rebaixou as notas de crédito da empresa para o nível de pré-calote. METRO

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Preço de imóveis sobe 6% no 1º semestre Mercado imobiliário. Aumento real do valor do m2 ficou em 2,8%, segundo o índice FipeZap. Expectativa é que altas continuem acima da inflação nos próximos meses

Bolsa voltou ao menor nível desde 2009 | ELISA RODRIGUES/FUTURA PRESS

Câmbio

Dólar fecha em R$ 2,25 O dólar comercial fechou em alta de 0,84%, para R$ 2,25 na venda, o maior valor desde 20 de junho (R$ 2,258). Os investidores estavam preocupados, aguardando a divulgação de dados de emprego nos Estados Unidos nesta semana. METRO

Com uma valorização de 1,1% em junho, o preço do m2 dos imóveis no país fechou em alta de 6,1% no primeiro semestre do ano, segundo o Índice FipeZap. O resultado representa um aumento real de 2,8%, considerando a projeção de 3,2% para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) no período. O valor médio nas 16 cidades pesquisadas chegou a R$ 6.824. E a tendência é que o mesmo padrão de alta se mantenha nos próximos meses. “Mas não esperamos um deslocamento dos preços do imóveis como ocorreu em 2010, quando o aumento ficou bem acima da inflação”, diz Priscila Fernandes Ribeiro, economista da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

EM ALTA

11,6%

é a valorização dos imóveis em 12 meses, 4,5% acima da inflação. Segundo a economista, os preços reduziram o ritmo de alta no final do ano passado, mas voltaram a subir bem acima da inflação a partir de abril. “Algumas cidades têm surpreendido. Vitória, por exemplo, vem apresentando taxas elevadas devido aos investimentos em construção civil e infraestrutura.” Curitiba, Rio de Janeiro e Vitória tiveram maior alta nos últimos seis meses. O preço médio ficou entre R$ 9.285 (Rio) e R$ 3.583 (Vila Velha). METRO

MÉDIA NACIONAL RIO DE JANEIRO BRASÍLIA SÃO PAULO NITERÓI RECIFE BELO HORIZONTE FORTALEZA SÃO CAETANO DO SUL FLORIANÓPOLIS PORTO ALEGRE SANTO ANDRÉ CURITIBA SALVADOR VITÓRIA SÃO BERNARDO DO CAMPO VILA VELHA FONTE: FIPEZAP

1º SEM.

12 MESES

6,1% 7,7% 0,7% 5,9% 5,4% 6,1% 4,3% 6,6% 3,5% 7,2% 5,9% 5,0% 14,3% 5,2% 7,5% 4,2% 5,3%

11,6% 14,9% -0,7% 13,9% 15,1% 10,2% 6,3% 10,6% 9,2% 6,0% 13,8% 9,7% 11,3% 12,1% 9,9% 10,6% 5,0%

Variação do valor dos imóveis PREÇO DO M2 EM JUNHO

R$ 6.824 R$ 9.285 R$ 8.381 R$ 7.268 R$ 6.790 R$ 5.429 R$ 5.163 R$ 5.063 R$ 4.893 R$ 4.704 R$ 4.499 R$ 4.293 R$ 4.218 R$ 4.192 R$ 4.133 R$ 4.091 R$ 3.583


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Teatro de bonecos toma conta de Curitiba Festival. 19ª edição do Festival Espetacular de Teatro de Bonecos começa neste fim de semana. Grupos nacionais e internacionais apresentam 70 espetáculos pela capital

CULTURA

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A magia do teatro de bonecos toma conta de Curitiba mais uma vez, a partir deste sábado. É a 19ª edição do Festival Espetacular de Teatro de Bonecos, que traz atrações nacionais e internacionais em 70 apresentações pela cidade. A abertura acontece no sábado, às 10h30, com o Grupo Mundaréu, que vai percorrer o calçadão da Rua 15 de Novembro até a Praça Santos Andrade com o “Cortejo Mundaréu”. Em seguida, a companhia mineira de Teatro Kabana entra na folia com “Êh Boi”, nas escadarias do prédio histórico da UFPR. O espetáculo também será apresentado no domingo, nas Arcadas de São Francisco. Promovido pelo governo do Estado, através do Teatro Guaíra, o festival tem apoio da Associação Paranaense de Teatro de Bonecos. METRO CURITIBA

“Circo Móvil”, espetáculo dos espanhóis Angeles de Trapo, será apresentado dia 10 de julho na BPP

Programação Confira os primeiros espetáculos do festival, com entrada franca, e ingressos a R$ 10 nos teatros: • 6 de julho, às 10h30 e às 12h. Rua 15 de Novembro e Praça Santos Andrade. ‘Cortejo Mundaréu’ (PR) • 6 de julho, às 14h e 17h30. Teatro José Maria Santos (R$ 10). ‘A Menina e o Lampião’, da Cia Filhos da Lua (PR) • 6 de julho, às 16h e 19h. Guairinha (R$ 10). ‘Criaturas de Papel’, do Bricoleiros Teatro de Bonecos (CE) A peça argentina “Beatriz, a história de uma mulher inventada” terá duas apresentações no Guairinha, no dia 8 de julho

• 7 de julho, às 10h30. Arcadas de São Francisco. ‘Êh Boi’, do Grupo Teatro Kabana (MG)

2


|12|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Miranda Otto e Gloria Pires em “Flores Raras”, longa que vai abrir a edição deste ano do festival

Ensaio. ‘Sobre Vestígios’ no Museu da Fotografia O fotógrafo curitibano Maurício Savrassof assina o ensaio “Sobre Vestígios”, que ocupa a partir de amanhã a galeria do Museu da Fotografia (Solar do Barão). Com oito imagens, a exposição registra aspectos do Edifício Teixeira Soares, antiga sede da extinta Rede Ferroviária Federal, localizado na Rua João Negrão, no Centro de Curitiba, e repassado à UFPR (Universidade Federal do Paraná) em 2008. “Investigo os rastros de uma memória latente, em um espaço degradado pelo abandono e pela ação do tempo”, explica o artista, que usa a fotografia digital para captar a história do imóvel. A mostra tem entrada franca e vai até 11 de agosto, aberta de segunda a sexta, das 9h às 18h. METRO CURITIBA

Mostra de Maurício Savrassof é gratuita | MAURÍCIO SAVRASSOF/DIVULGAÇÃO

Cena Hum. Últimos dias de inscrição em processo Termina nesta sexta o prazo de inscrição para o processo seletivo para o Curso Técnico Profissionalizante de Ator da Cena Hum Academia de Artes Cênicas, com sede em Curitiba. As inscrições acontecem exclusivamente na secretaria da escola (R. Sen. Xavier da Silva, 166), no São Francisco. A taxa é de R$ 30. A seleção será realizada no dia 13 de julho, das 14h às 17h. O processo envolve realização de prova escrita e entrevista em grupo. O curso tem dois anos e meio de duração e oferece 60 vagas por semestre, sendo 20 por período. METRO CURITIBA

Os títulos de Gramado

A próxima edição do Festival de Cinema Gramado – no período de 9 a 17 de agosto – foi anunciada ontem e gerou boas expectativas. Sempre a mais concorrida, a seleção de longas-metragens nacionais foi definida como “diversa” pelos curadores Marcos Santuário e Rubens Ewald Filho. Entre os Longas nacionais • “A Bruta Flor do Querer” (SP), de Andradina Azevedo e Dida Andrade • “A Coleção Invisível” (BA), de Bernard Attal • “Até Que a Sbórnia nos Separe” (RS), de Otto Guerra e Ennio Torresan Jr. • “Éden”, de Bruno Safadi • “Os Amigos (SP), de Lina Chamie” • “Primeiro Dia de Um Ano Qualquer” (RJ), de Domingos Oliveira • “Revelando Sebastião Salgado” (RJ), de Betse de Paula • “Tatuagem” (PE), de Hilton Lacerda

oito títulos está a aguardada animação “Até que a Sbórnia nos Separe”, do gaúcho Otto Guerra, que adapta para a telona o longevo espetáculo “Tangos & Tragédias”. Também estão na mostra competitiva alguns nomes veteranos, como Lina Chamie, que concorre com “Os Amigos” (protagonizaLongas latinos Mostra traz 6 inéditos no país: • “A Oeste do Fim do Mundo (Argentina/Brasil), de Paulo Nascimento • “Cazando Luciérnagas” (Colômbia), de Roberto Flores Prieto • “El Padre de Gardel” (Uruguai), de Ricardo Casas • “Puerta de Hierro - El Exilio de Perón” (Argentina), de Dieguillo Fernández e Víctor Laplace • “Repare Bem” (Portugal), de Maria de Medeiros • “Venimos de Muy Lejos” (Arg.), de Ricardo Piterbarg

Cinema. Festival gaúcho já conhece os filmes protagonistas da sua 41ª edição, marcada para o mês que vem. Filme de Bruno Barreto será exibido na abertura

do por Marco Ricca e Dira PAes), e Domingos Oliveira, que dirige Maitê Proença e Clarisse Falcão em “Primeiro Dia de Um Ano Qualquer”, enquanto o estreante Bernard Attal dirige o último filme com o ator Walmor Chagas. A diretora Betse de Paula compete com o único documentário da seleção: “Revelando Sebastião Salgado”, que mostra o cotidiano de um dos fotógrafos mais famosos do mundo.

DIVULGAÇÃO

Latinos em evidência Diferentemente da edição passada, a mostra de filmes latinos promete ganhar em relevância neste ano. Um dos títulos que chama a atenção é “Repare Bem”, da atriz e diretora portuguesa Maria de Medeiros, que documentou a trajetória das mulheres de três gerações de uma família que sofreu as consequências da ditadura brasileira. Também há duas co-produções brasileiras nesta se-

Curtas nacionais Tradicionalmente limitada a 14 filmes, a mostra terá 16 títulos neste ano: • “A Navalha do Avô” (SP) • “A Voz do Poço” (SP) • “Acalanto” (MA) • “Arapuca” (SP) • “Arremate” (BA) • “Carregadores de Monte Serrat” (SP) • “Colostro” (SP) • “Faroeste: um Autêntico

Western” (GO) • “Merda!” (MG) • “O Matador de Bagé (RS) • “Os Filmes Estão Vivos” (RS) • “Os Irmãos Mai” (SP) • “Pouco Mais de Um Mês” (MG) • “Sanã” (MG) • “Simulacrum Praecipiti” (SP) • “Tomou Café e Esperou” (RS)

leção: o filme “El Padre de Gardel”, com o Uruguai, que investiga a paternidade do famoso tangueiro, e “A Oeste do Fim do Mundo”, que o diretor gaúcho Paulo Nascimento rodou no lado argentino dos Andes. ‘Flores Raras’ na abertura O filme escolhido para abrir o Festival de Cinema de Gramado, no dia 9 de agosto, é “Flores Raras”, do diretor Bruno Barreto. A produção ganhou elogios no Festival de Berlim, quando foi exibido pela primeira vez. Com estreia no Brasil prevista para 16 de agosto, o 19º filme do cineasta desvenda o romance entre a poeta Elisabeth Bishop (papel da atriz norte-americana Miranda Otto) e a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares, vivida por Gloria Pires. Quase todo falado em inglês, o filme é ambientado entre os anos 1950 e 1960, no Rio de Janeiro. METRO POA

Fnac. Inscrições abertas para maratona fotográfica Serão abertas hoje as inscrições para a Maratona Fotográfica Fnac 2013. O evento será realizado no próximo dia 13, simultaneamente em nove cidades do país, premiando os melhores fotógrafos amadores que realizarem fotos no cenário urbano durante um único dia. Além de Curitiba, o evento ocorre em São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Goiânia e Brasília. Os candidatos são desafiados a fotografarem sua cidade de acordo com quatro temas surpresa que serão revelados pouco antes da partida. Em Curitiba, a maratona terá largada às 10h e chegada às 17h, na Fnac (ParkShopping Barigui). O retorno acontece no mesmo local.

Evento acontece no dia 13 de julho em Curitiba e oito cidades | DIVULGAÇÃO

As inscrições são limitadas – 75 vagas para Curitiba – vão até 10 de julho (ou até o fim das vagas) e devem ser feitas pelo www.facebook. com/FnacBrasil/maratona. METRO CURITIBA

Cena HQ tem ‘Noite de luz’ no palco da Caixa Cultural O projeto Cena HQ apresenta hoje o quadrinho “Noite Luz”, de Marcelo d’Salete, com sessão, às 20h, na Caixa Cultural. A direção de leitura cênica é de Guenia Lemos, com atuações de Simone Magalhães, Vida Santos, Cleydson Nascimento e Nawbert Cordeiro. Após a sessão, o público participa ainda, de um bate-papo com os realizadores. Em “Noite Luz”, todos estão mortos e o protagonista é um onipresente sentimento de fatalidade, nas pessoas que vagam pela noite, pelas ruas ou que estão presas às suas condições sociais. A intenção da HQ é discutir a violência, a urbanidade e a possível fantasmagoria das

Projeto Cena HQ realiza leitura sobre a violência nas grandes cidades | MARCO NOVACK

pessoas nas grandes cidades. Apesar da temática, que resvala para a marginalidade crua e simples, a arte de Marcelo não é marginal. Seu traço é uma síntese esquemática

e artística do mundo ao redor. METRO CURITIBA

Na Caixa Cultural (R. Cons. Laurindo, 280). Hoje, às 20h. Gratuito (doação de livro ou HQ)


|14|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Wi-vi ‘vê’ através da parede

Os invasores

Cascata desativada 2

Cruzadas

Radar. Sistema desenvolvido nos EUA detecta movimento por meio de sinal Agora, não é preciso ser um super-herói para ver através das paredes. Um projeto desenvolvido em uma das principais universidade de tecnologia dos Estados Unidos, a MIT (Massachusetts Institute of Technology), rastreia pessoas e objetos atrás das paredes com auxílio do Wi-Fi. O Wi-vi, como foi nomeado, é uma tecnologia sem fio e de baixo custo desenvolvida pela professora do Instituto Dina Katabi, em parceria com o estudante Adib Fadel. O sistema funciona do mesmo jeito que um radar ou sonar. O Wi-vi capta a presença do corpo desconhecido e transmite dois sinais inversos via wi-fi. A

Leitor fala

Com relação à queixa do leitor Edgard França, sobre a situação da Praça da Nogueira, publicada na edição de ontem, a prefeitura esclarece que está revisando todos os contratos com as empresas que, até o fim do ano passado, prestaram serviços de limpeza, roçada e manutenção nas áreas de lazer de Curitiba. Equipes do município vêm atuando provisoriamente em todos os bairros da cidade, em sistema de rodízio. A situação será normalizada a partir do fim deste mês, quando entrarão  em vigor os novos contratos com as empresas prestadoras desses serviços. SECRETARIA MUNICIPAL DA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Corte de gastos dos Poderes

reflexão dos sinais torna visível a pessoa ou objeto em movimento e produz uma imagem de baixa resolução, com os contornos do que se deseja ver. A tecnologia ainda não está disponível, mas a ideia é liberá-la para ser usada no futuro em smartphones – como uma ferramenta para segurança pessoal – ou por policiais e bombeiros em resgates, por exemplo. Assim, seria possível detectar em tempo real um possível criminoso, ainda que o sistema não apresente grande definição. Mas, antes que isso aconteça é preciso determinar uma legislação sobre o uso da ferramenta, a fim de evitar abusos ou perda da privacidade. METRO

Tomei conhecimento do pronunciamento do “presidenciável” Aécio Neves, em que ele sugeriu uma série de cortes dos gastos do poder Executivo. Claro que concordamos, mas o senador não propôs nenhum corte no poder Legislativo. Penso que o número de políticos é exagerado, muito acima do necessário. Que tal um corte de 30% nas esferas do Legislativo? JOSÉ TIAGO RODRIGUES - CURITIBA

Metro pergunta

Sudoku

A Fifa evitou comentar Siga o Metro manifestações no país e no Twitter: deu nota 8 ao Brasil pela @jornal_metroCTB organização da Copa das Confederações. Você considera a nota justa? @WTarcisio

Manifestações são uma coisa, e organização é outra. Eu concordo. @comedyph

Não. Acesso horrível aos estádios. 6 é o justo. @augustorb

Sim. É melhor que as minhas notas na faculdade esse ano, portanto é uma boa nota.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sistema detecta movimento e emite sinais via wi-fi | REPRODUÇÃO VÍDEO/DIVULGAÇÃO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Esteja atento para não agir de forma intolerante com os valores das pessoas. Há costumes dos outros que poderemos levar tempo para compreender.

O trabalho traz tendências para maior envolvimento emocional e necessidade de ponderar antes de tomar decisões importantes. Contenha a ansiedade.

Muitas vezes uma conquista ou bons momentos a dois se dá muito mais pela simplicidade de gestos e ideias do que por algumas sofisticações.

A Lua segue em seu signo, indicando posturas sentimentais mais intensas de sua parte. Cuide para não se exceder nos cuidados e esquecer de si mesmo.

Estudos e atividades que enriqueçam o intelecto são sempre bem vindas e serão mais frequentes de vivenciar. Priorize bom humor e positivismo na vida afetiva.

Momentos de lazer serão mais frequentes e positivos para tirar o stress de problemas. As situações sociais, como eventos e festas, estarão mais favoráveis.

Uma atenção extra ao corpo e a mente será essencial para revitalizar suas energias na rotina. Nas relações, dedique-se se mais às pessoas que merecem.

Momentos do seu dia voltados a temas espirituais, religião, meditação, terapia ou o que sirva de combustível para revitalizá-lo serão essenciais.

A paciência será determinante para compreender certos padrões e costumes das pessoas que convive. Período propício para esclarecer antigos assuntos afetivos.

Momento propício para conversas sobre a sua individualidade e a de pessoas que se relaciona, seja na vida amorosa, familiar ou amizades.

Há mais chances para decisões junto a quem se relaciona afetivamente. Quem está em nova conquista ou paquera chegou a hora de expor mais o que sente.

Período para ocupar a mente com estudos, gostos culturais, leituras, e-mails, correspondências e conversas com pessoas que alegrem sua rotina.


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Saída de Rafinha deve ser anunciada hoje

Árabe. Segundo presidente do clube, Vilson Ribeiro, Rafinha deve deixar o Coxa Uma reunião ontem da diretoria do Coritiba e representantes do meia Rafinha praticamente selou a saída do jogador do Alto da Glória. Após o encontro, o presidente do clube, Vilson Ribeiro de Andrade, não confirmou que o negócio já estivesse fechado, mas adiantou que o Coxa tem um “compromisso moral” de negociar o jogador. “Veio uma proposta para o Rafinha que era muito interessante para ele. O Coritiba não podia impedir porque tinha um compromisso moral com o atleta”, afirmou, em entrevista à imprensa. Especula-se que a negociação para o Al-Shabab, dos Emirados Árabes, vá render aos cofres do clube em torno de R$ 5 milhões. Os últimos detalhes que atrasam a nego-

3 ESPORTE

“Faltam pequenos detalhes. Se forem definidos – da forma que eu acho que deve ocorrer, o Rafinha vai para o futebol árabe.” VILSON RIBEIRO, PRESIDENTE DO CORITIBA

ciação seriam os percentuais que cada um dos envolvidos deveria receber. Entre o clube árabe e o jogador, o acordo já está fechado. METRO CURITIBA

Meia deve render R$ 5 milhões ao Coritiba | HEULER ANDREY / FOLHA PRESS

Paraná. Lateral vai a julgamento

Com acordo, Atlético começa a demolir prédios

Expulso na terceira rodada da Série B, o lateral-direito Roniery, do Paraná Clube, será julgado no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) hoje. O atleta pode pegar até seis jogos de suspensão, após ter sido expulso em uma simulação. Roniery vinha sendo titular no esquema do técnico Dado Cavalcanti, mas agora pode ficar de fora do jogo contra o América-MG, sexta-feira, em Belo Horizonte. O time teve três semanas para realizar apenas treinamentos, e ontem os trabalhos foram em dois turnos na Vila Capanema. “A equipe está bem e o desempenho dos atletas me agrada”, afirmou o treinador. METRO CURITIBA

Um dia depois de assinar um acordo com o Exército, o Atlético começou ontem a retirar portas e janelas dos prédios recém-desapropriados na rua Buenos Aires – área que foi incorporada à Arena da Baixada para a Copa do Mundo de 2014. Segundo o clube, o trabalho de demolição das estruturas só deve começar a ocorrer daqui a duas semanas. Os quatro edifícios eram habitados por famílias de militares e foram entregues ao Atlético por meio de um termo de entrega provisória. A partir de agora, diz o clube, a demolição será prioridade no projeto da Copa e um grande número de operários será alocado para atender o cronograma pre-

Área era usada por famílias de militares | DIVULGAÇÃO

visto das obras. “Foram longos seis anos de trabalho e persistência para que conseguíssemos essa posse. Estamos com

o prazo apertado, mas estamos trabalhando”, disse o presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia. METRO CURITIBA

Time tem quatro desfalques contra Grêmio Com a confirmação da lesão do atacante Douglas Coutinho, ontem, o Atlético deverá ter quatro desfalques para o jogo de sábado, contra o Grêmio, no retorno dos jogos do Brasileirão. Coutinho teve uma fissura no osso da bacia e só deve voltar a campo em setembro. Com isso, serão pelo menos 11 jogos em recuperação. Completam a lista de baixas o atacante Bruno Forlán, o volante Deivid e o zagueiro Cleberson. Já os laterais Pedro Botelho e Léo estão em fase final de recuperação. Eles vêm sendo poupados dos treinamentos, mas devem ter condições na próxima partida. METRO CURITIBA

Pitaco

“A Espanha não teve sorte porque a competição foi disputada no Brasil. Se o jogo fosse em campo neutro, o Brasil não teria vencido.” DIEGO MARADONA, SOBRE A FINAL DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES


|16|

Torcida padrão Perfil. Pesquisa mostra que torcida que foi à final da Copa das Confederações, domingo, no Maracanã, tem média de idade de 33 anos, boa escolaridade, renda familiar entre 11 e 20 salários mínimos e trabalha principalmente no setor privado

Fifa

PERFIL DO TORCEDOR DA FINAL GÊNERO

FAIXA ETÁRIA 16,9 %

Até 24 anos

50,3 %

Entre 25 e 34 anos

16,2 %

Entre 35 e 44 anos

12,8 %

Entre 45 a 59 anos Acima de 60 anos Média de idade

3,7 %

27,42 %

72,58 %

33,3 anos

Masculino

ESCOLARIDADE Fundamental

Feminino

Cidade do Rio de Janeiro

4,37 %

31,80 %

ONDE MORAM

13,36 %

Médio

14,06 %

53,46 %

Superior completo

14,29 %

Pós-graduação

Outras cidades do Brasil

Outros países

1,38 %

OCUPAÇÃO PRINCIPAL 10,3 %

Estudante Funcionário do setor público

$

16,6 %

Funcionário do setor privado

52,76 %

RENDA FAMILIAR MENSAL 25,2 %

47,5 %

Profissional liberal/artista

14 %

10,1 %

Micro, pequeno ou médio empresário

9,4 %

Grande empresário

1,2 %

Desempregado

0,9 %

Dona de casa

1,2 %

Aposentado

Fora da cidade do Rio, mas no Estado do Rio de Janeiro

14,52 %

Superior incompleto

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

13,7 %

*SM= SALÁRIO MÍNIMO

29,9 %

Entre 4 e 5 SM*

boa parte dos entrevistados veio de fora do Rio de Janeiro: 52,76%. Dos 31,80% que moram na cidade do Rio, a maioria reside na zona sul (37,8%) e na zona norte (30,4%). Os números mostraram ainda que quase um terço (29,9%) da renda familiar dos torcedores varia entre 11 e 20 salários mínimos (de R$ 7.470 a R$ 13.570). Do restante, 25,2% recebem salários que variam de 6 a 10 salários mínimos (de R$ 4 mil a R$ 6,8 mil) e 15,9% ganham acima de 21 salários mínimos, ou mais do que R$ 14 mil mensais. Apenas 1,2% recebe R$ 678, valor do salário mínimo no Brasil. A torcida mostrou sua indignação com o preço das obras da construção dos estádios para a Copa do Mundo: 96,8% consideraram o investimento alto. Desses, 73,8% acharam as reformas desnecessárias. O preço dos ingressos também foi reprovado pelas arquibancadas. Mais da metade (52%) considerou o valor alto, enquanto 24,7% dos entrevistados acharam o preço justo.

64,8%

434

dos entrevistados disseram não ter participado de nenhuma manifestação política ou dos protestos que ganharam as ruas do Brasil no mês de junho. Análise

15,9 %

1,2 % Até 1 SM* Entre 2 e 3 SM*

Pesquisa encomendada pela Clave de Fá Pesquisas e Projetos, com consultoria da Aham Comunicação Interativa e da Plus Marketing, em parceria com a Band, feita domingo, na final da Copa das Confederações entre Brasil e Espanha, no Maracanã, revelou o perfil da torcida que foi ao estádio na decisão. Mais de dois terços dos de 73.531 torcedores que lotaram o Maracanã são do sexo masculino (72,58%), contra 27,42% do sexo feminino. A média de idade da torcida é de 33,3 anos, sendo que a maioria (50,3%) tem idade entre 25 e 34 anos. De acordo com a pesquisa, 64,8% do público que estava no Maracanã não participaram de nenhum dos protestos e das manifestações que ganharam as ruas do Brasil nas últimas três semanas. O grau de escolaridade do torcedor da Seleção que assistiu à decisão é alto: mais da metade tem curso superior (53,46%) e 14,29% disseram ter pós-graduação. A maioria trabalha em empresas privadas (47,5%). Os funcionários do setor público aparecem em segundo lugar (16,6%), seguidos por estudantes (10,3%) e profissionais liberais e artistas (10,1%). A pesquisa apontou que

Entre 6 e Entre 11 e Acima de 10 SM* 20 SM* 21 SM*

‘Torcedores elitizados’ A mudança no perfil do público que frequenta o Maracanã vem sendo paulatinamente feita com as transformações nos estádios desde 2000. A tendência é de padronizar o comportamento destes torcedores elitizados. Cantar músicas “legais”, bater bastonetes de plástico, somente incentivar seu time, não falar palavrões ou mal dos juízes fazem parte de uma ladainha ideológica do politicamente correto. Dentro desta nova lógica empresarial, o estádio fica cada vez mais direcionado para o consumo, para os turistas e para os megaeventos.

2,8 %

ÁLVARO VICENTE DO CABO

doutorando em História Comparada pela UFRJ BRUNA PRADO/METRO RIO

PATRÍCIA TRINDADE METRO RIO

pessoas foram entrevistadas pela pesquisa antes da final, todas maiores de 15 anos. A margem de erro é de 4,2 pontos percentuais para mais e para menos.

Fifa promete 50 mil ingressos para a população mais carente Em nota, o Ministério do Esporte informou que não é possível identificar, neste momento, alteração no perfil do torcedor do Maracanã ou de qualquer outro estádio. Será necessária, primeiro, a volta à rotina dos campeonatos estaduais e nacionais. No entanto, há uma preocupação do Ministério do Esporte com o risco de elitização do público do futebol no Brasil. Para a Copa do Mundo, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, fez um pedido, atendido pela Fifa, de ingressos gratuitos para os beneficiários do Bolsa Família e para as populações indígenas. Serão distribuídos 50 mil ingressos para esses dois grupos, como forma de assegurar a presença de setores mais carentes da população brasileira nos estádios do Mundial. METRO RIO

20130703_br_metro curitiba  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you