Page 1

SIMON TAYLOR/REPRODUÇÃO

‘Meus Cases de Sucesso’

Jokers recebe mostra do cartunista Simon Taylor PÁG. 10

INDY 300 TEM NOVO DONO COM ULTRAPASSAGEM NA ÚLTIMA CURVA, HINCHCLIFFE VENCE NO ANHEMBI PÁGS. 14 E 15 CURITIBA Segunda-feira, 6 de maio de 2013 Edição nº 495, ano 3 MÍN: 18°C MÁX: 11°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

sunny www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Integração com a RMC vai além do transporte hazy

showers

Planejamento. Curitiba dará suporte a cidades vizinhas no desenvolvimento de projetos em diferentes áreas, como educação, saúde, esporte e meio ambiente. Mais de 16 mil servidores públicos serão treinados. Georreferenciamento vai ajudar na definição de obras PÁG. O2

Alvos são usuários de crack | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

Congresso vota internação compulsória Projeto autoriza em todo o país tratamento involuntário de dependentes químicos PÁG. 06

Sub-23 deu susto no Coritiba, que só conseguiu empatar o jogo no fim | GERALDO BUBNIAK / FOTOARENA

Primeira decisão termina em 2x2

Paranaense. Em clássico emocionante na Vila Olímpica, time sub-23 do Furacão quase arrancou a vitória do Coritiba. Alviverde segue com vantagem na decisão PÁG. 16

Guarda Municipal fará rondas em parques e praças Agentes estarão em 54 pontos em um único dia. Prioridade serão locais com mais reclamações da população PÁG. 05


1

|02|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

FOCO

Curitiba e municípios vizinhos assinam convênio para realizar projetos conjuntos em várias áreas | MAURILIO CHELI/SMCS

Curitiba e RM ampliam projetos de integração Convênio. Curitiba vai dar curso de formação para 16 mil servidores de 13 cidades da região metropolitana. Projeto Metrogeo levanta dados para georreferenciamento

Congresso

Cidades digitais

A secretária de Inclusão Digital do Ministério das Comunicações, Lygia Pupatto, participará da rodada do 1º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, que será realizada dia 23 de maio, em Curitiba. Oito municípios do Paraná foram selecionados no programa federal, que busca aumentar o acesso à internet e fomentar a economia criativa.

Cotações Dólar + 0,00% (R$ 2,01) Bovespa + 0,30% (55.488 pts) Euro + 0,34% (R$ 2,63) Selic (7,50%)

Salário mínimo (R$ 678)

O Imap (Instituto Municipal de Administração Pública) de Curitiba vai ministrar nos próximos meses cursos de formação para servidores públicos de 13 cidades da região metropolitana. O trabalho é um dos primeiros resultados concretos da disposição das prefeituras de Curitiba e das cidades metropolitanas de trabalhar de maneira integrada em outras áreas, além do transporte coletivo. Na semana passada, um convênio foi assinado para formalizar as ações em conjunto. Segundo o secretário de Assuntos Metropolitanos

de Curitiba, Valfrido Prado, “não tem como planejar Curitiba esquecendo da região metropolitana”. Assim, a intenção é ampliar para todas as áreas da administração os projetos integrados. Curitiba, como a capital e a mais rica das cidades, vai entrar com a experiência, as equipes especializadas e até mesmo com recursos, em alguns casos. Nesta primeira fase, a Secretaria de Assuntos Metropolitanos está desenvolvendo o Metrogeo, um projeto de georreferenciamento que deve aju-

dar os prefeitos a planejar as obras e ações. As primeiras áreas pesquisadas são saúde e educação. Em seguida, virão outras, como transporte e meio ambiente. “Estamos reunindo as informações dos órgãos já existentes para não ficar apenas com trabalhos isolados”, diz Prado. O secretário municipal adianta também que está em andamento um levantamento para identificar de onde vem a demanda da Cohab. “Muitos dos que estão na fila moram nas cidades vizinhas”, aponta.

A lei que isenta do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) o óleo diesel usado no transporte público será sancionada hoje pelo governador Beto Richa (PSDB).

A medida visa reduzir o impacto do imposto no custo da tarifa do transporte público. Será aplicada em 21 municípios, incluindo Curitiba, onde se discute a renovação do subsídio esta-

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9200

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

dual para a RIT (Rede Integrada de Transporte). Na última sexta-feira, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) anunciou que Curitiba arcará, por um mês, com esse custo. METRO CURITIBA

1 2 3

Imap vai treinar 16 mil servidores de 13 cidades Setran ajuda cidades em problemas de trânsito

Curitiba vai aderir ao Consórcio Metropolitano de Saúde e ceder área para centro de especialidades

“Curitiba tem que ouvir os municípios vizinhos na hora de fazer seu planejamento.” VALFRIDO PRADO, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ASSUNTOS METROPOLITANOS

METRO CURITIBA

Isenção de ICMS do diesel será sancionada hoje

Integrando

4

Trabalham juntas na destinação do lixo 22 cidades

5

Vem aí a Copa Metropolitana de Futebol Amador

6

Região tem projeto de georreferenciameno

Esporte

Meio Ambiente

Audiência discute lei de incentivo

Desastres naturais entram em pauta

A Lei Paranaense de Incentivo ao Esporte será discutida na quarta-feira, às 9h, em audiência pública na Assembleia Legislativa com a participação do ex-pugilista Acelino “Popó” Freitas e a ginasta Danielle Hipólito. METRO CURITIBA

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara de Vereadores discute amanhã, às 14h30, o Plano de Gestão de Risco, que pretende evitar desastres como enchentes e desabamentos. METRO CURITIBA

EXPEDIENTE

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071). Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP: 80820-070, Curitiba. Tel.: 041/3069-9200 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Óleo de peixe será testado em casos de lesão na medula Pesquisa. Objetivo é verificar se o uso do produto 72h após o trauma ajuda a reduzir o processo inflamatório e as possíveis sequelas Pesquisa realizada por um pós-doutorando do Departamento de Fisiologia da UFPR (Universidade Federal do Paraná) pode ajudar no tratamento de pessoas que sofreram lesão na coluna. A ideia é verificar se a administração do óleo de peixe nas 72 horas após o trauma na medula ajuda a reverter o processo inflamatório e as sequelas, como a paralisação dos membros e futuros problemas de saúde que podem ocorrer. “Dentro desse período, a lesão pode aumentar por causa da inflamação e as consequências podem ser ainda maiores. O óleo de peixe já é reconhecido em alguns campos da medicina pelas propriedades inflamatórias, mas nunca foi testado em lesão medular”, explica o pesquisador Ricardo Tanhoffer. Os testes começarão a ser feitos primeiramente em ratos. Foi desenvolvido em um laboratório um equipamento que vai forçar as lesões nesses animais. “A medula espinhal ficará exposta, vão ser tiradas pele e osso. É como se fosse uma cirurgia” adianta.

“Quando se tem uma lesão, é menor a capacidade de resposta do sistema imunitário. Essas pessoas tem mais índices de infecção do que a população não cadeirante.” LUIZ FERNANDES, ORIENTADOR DA PESQUISA

Dependendo dos resultados, o estudo poderá ser aplicado em seres humanos. “Primeiro vamos fazer nos animais para testar a segurança e se existem pontos negativos”, explicou Tanhoffer. Ideia O pesquisador tem 43 anos e conta que começou a pensar nesse estudo depois de sofrer um acidente de carro há 15 anos que o deixou tetraplégico. Segundo ele, uma das coisas que já verificou é que o uso de um aminoácido chamado glutamina, produzido pelo músculo, é muito importante para a manu-

tenção do sistema de defesa. “Se uma pessoa ficou em uma cadeira, não mexe os músculos do corpo e diminui a massa muscular, a produção desse aminoácido pode ser menor”, comenta. O que também chama a atenção é que, na visão dele, a menor das consequências nesses casos é não pode andar. “É o problema mais óbvio, mais visível. Porém, existem outros secundários associados à parte fisiológica como, por exemplo, o funcionamento do coração mais devagar e as mudanças na pressão arterial e na produção de hormônios. Problemas muito maiores do que a paralisia propriamente dita”, aponta. Resultados De acordo com o orientador diretor do Setor de Ciências Biológicas da UFPR e orientador da pesquisa, Luiz Claudio Fernandes, dentro de até um ano e meio será possível avaliar os resultados desse estudo. LINA HAMDAR METRO CURITIBA

Ricardo ficou tetraplégico há 15 anos | MARCOS SOLIVAN

Laboratório da pesquisa | MARCOS SOLIVAN

Avenida das Torres volta a ter trânsito bloqueado Ela é referência para 16,5 mil pessoas | CESAR BRUSTOLIN/SMCS

Reforma. US Santa Quitéria será reaberta Fechada para reforma desde 18 de abril, a Unidade de Saúde Santa Quitéria reabre suas portas amanhã. Foram trocados o piso, o telhado e o forro da unidade. A unidade passará a atender com quatro equipes multiprofissionais do programa Saúde da Família. METRO CURITIBA

Festa do trabalhador Brincadeiras, oficinas, shows e teatro reuniram dezenas de famílias no Parque Barigui ontem, em evento em alusão ao Dia do Trabalho, celebrado em 1º de maio | RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

A partir de amanhã, o tráfego será parcialmente bloqueado na Avenida das Torres, no trecho entre a rua Guabirotuba e o viaduto da Linha Verde, em razão de obras de pavimentação. Os trabalhos serão feitos entre 9h e 17h. A previsão é que tudo fique pronto até o dia 15 de maio. De acordo com a prefeitura, no sentido São José dos Pinhais haverá bloqueio de duas faixas e liberação de outras duas para o trânsito. Já o sentido Centro, que conta com três faixas com fluxo, poderá ter, em alguns momentos, apenas uma faixa liberada para circulação. A orientação do município é para que os motoristas busquem caminhos alterna-

Trabalhos devem terminar até 15 de maio | RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

tivos porque o tráfego na região deve ficar lento. Agentes da Setran (Secretaria de Trânsito) farão rondas para monitorar a situação e tam-

bém orientar quem circula por ali. Mais informações podem ser obtidas no www.curitiba.pr.gov.br. METRO CURITIBA


|04|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Casos de intoxicação sobem 78% em Curitiba Curitiba. No ano passado, Centro de Controle de Envenenamentos teve 2.907 notificações. Problema mais comum é com medicamentos De 2000 até o ano passado, cresceram 78% os casos por intoxicações atendidos no Centro de Controle de Envenenamentos de Curitiba. Em 2012 foram 2.907 registros, enquanto que, em 2000, foram 1.632. Para a supervisora médica do centro, Marlene Entres, o acréscimo reflete um melhor controle dos registros, e não necessariamente o aumento de casos. “A população cresceu e com ela os problemas, mas acreditamos que os casos estão mais ou menos estáveis. O que ocorreu foi uma melhoria das notificações”, afirma ela. Os principais problemas ocorreram com substâncias comuns nas casas, como medicamentos e produtos de limpeza, e as crianças são as principais vítimas dos casos não intencionais. Mas a médica alerta que, nos últimos anos, vem chamando a atenção o crescimento das intoxicações graves com raticidas clandestinos. “Os produtos regulares são anticoagulantes e o animal tem que voltar para a colônia para morrer. Estes são feitos com agrotóxicos, e matam mais rápido”, explica.

“Nos últimos anos houve uma aracnofobia na cidade. Muitas pessoas acabaram desconfiando de que foram picadas, mas não houve grande aumento de casos reais.” MARLENE ENTRES, MÉDICA

Outro caso que tem sido frequente são os acidentes com plantas ornamentais. Foram 21 atendimentos em 2012. “A ‘Não-Me-Toque’ é uma das mais comuns. As pessoas compram sem saber que são tóxicas e as crianças acabam entrando em contato”, diz. O centro de Curitiba recebe as informações que são repassadas obrigatoriamente pelos médicos do Estado, por determinação do Ministério da Saúde, e também instrui os profissionais sobre o melhor atendimento em casos de envenenamentos. Além disso, dá informações para as pessoas intoxicadas pelo telefone (leia mais ao lado). THIAGO MACHADO

Centros

Ligações vêm de todo o Brasil O Centro de Controle de Envenenamentos de Curitiba acaba recebendo ligações de todo o Brasil. Por ter um número telefônico gratuito, ele se tornou umas das formas mais fáceis de acesso às informações. “Deveriam existir centros em todo os Estados, mas sabemos que em muitos lugares isso não ocorre. Então, as pessoas acham nosso número na internet. Atendemos normalmente todas as ligações”, diz a médica Marlene Entres. Em Curitiba, o centro atende 24 horas pelo número 0800-410-148 (gratuito) e pelo 3248-9969. No Paraná existem outros três centros: em Londrina, (43) 3371-2244 e (43) 33712668; em Maringá, (44) 2101-9127; e em Cascavel, no 0800-645-1148 (gratuito). METRO CURITIBA

Produtos guardados sem cuidado são a principal causa de intoxicações | DIVULGAÇÃO

CASOS NOTIFICADOS EM CURITIBA Veja quais os principais riscos

MEDICAMENTOS 920.000000

613.333333

PICADAS DE ARANHAS 640.000000

635 479

330

250.000000

158

306.666667

213.333333

140

180

AGROTÓXICO DE USO AGRÍCOLA

284

220

426.666667

166

110

2.907

3000

PRODUTO QUÍMICO INDUSTRIAL

554

793

TOTAL

218

166.666667

109

124

2500

1.931

2000

1.632

83.333333

1500 0.000000

2000

2005

0.000000

2012

PICADAS DE COBRAS

2000

2005

180

122

83

METRO CURITIBA

0.000000

95

60

2000

2005

2012

0

2005

211

173.333333

145

2005

0.000000

2012

2000

2005

2012 1000

PRODUTOS DE LIMPEZA 220.000000

177 146.666667

500

145 101

121 73.333333

86.666667

2000

0.000000

2012

RATICIDAS

139 120

83.333333

2000

260.000000

200 106

0

OUTROS ANIMAIS PEÇONHENTOS

250.000000

166.666667

2012

2000

2005

0.000000

2012

2000

2005

2012

0

2000 2005 2012

FONTE: CIT (CENTRO DE INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS)

Orientação é buscar informações sempre

Centro fica no Hospital de Clínicas e atende 24 h por telefone | RODRIGO F. LEAL / METRO

Como os sintomas de intoxicação são variáveis, o Centro de Controle de Envenenamentos de Curitiba pede para que as pessoas entrem em contato sempre que houver contato com substâncias tóxicas. “A nossa orientação é para que liguem sempre. Assim podemos avaliar a gravidade e fazer o melhor encaminhamento”, reforça a médica Marlene Entres. Segundo ela, alguns dos sintomas mais preocupantes de envenenamento são convulsões ou quando a vítima fica com uma coloração arroxeada. Mas reações menos importantes também necessitam de atenção médica urgente. “O envenenamento por raticida, por exemplo, tem a fase crítica nas primeiras seis horas”.

De acordo com os dados do Sinitox (Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas), os medicamentos respondem por 28% dos casos de intoxicação no Brasil, e as crianças menores de 5 anos representam o maior grupo, com 35% dos casos. Dicas Para evitar intoxicações domésticas, a recomendação é ter cuidado com produtos como alvejantes, querosene, polidores de móveis, tintas, solventes, detergentes e inseticidas, que representam a maior parte dos acidentes. Os envenenamentos também ocorrem com mais frequência em período das férias, quando há mudanças de rotina na família ou visitas na casa. METRO CURITIBA

Prevenção Veja como evitar acidentes • Remédios. Devem ficar fora do alcance de crianças. Cuidado com remédios de uso infantil e de adulto com embalagens muito parecidas, pois erros de identificação podem causar intoxicações graves. • Produtos domésticos. Devem ser guardados em locais apropriados e as instruções do rótulo devem ser seguidas atentamente. Nunca guardar em embalagens de refrigerantes ou sucos. • Plantas tóxicas. Ensinar as crianças que não se deve colocar

plantas na boca. Quando lidar com plantas venenosas, o uso de luvas é necessário, bem como a lavagem das mãos após a atividade. Em caso de acidente, guardar a planta para identificação. • Animais peçonhentos. Usar calçados e luvas para a jardinagem. Examinar e sacudir calçados e roupas, antes de usá-las. Não acumular lixo orgânico, entulhos e materiais de construção no terreno. Baratas e cupins devem ser combatidos, pois são alimentos preferidos das aranhas . Em caso de picada, lavar com água e sabão e procurar um médico.


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

‘Farofada no GM vai monitorar Manifestação. Granito’ reúne 80 no Batel mais de 50 praças e parques por dia Segurança. Rondas serão pela manhã e à tarde nos pontos com mais reclamações de mendicância, assaltos e furtos e uso de drogas A GM (Guarda Municipal) fará rondas em 54 praças, parques e jardinetes em apenas um dia. É a chamada abordagem simultânea, que será adotada em pontos que tenham mais problemas quanto à segurança. A partir de hoje, a GM começa a desenhar a estratégia. “Vamos determinar quais os dias da operação, que terá caráter de surpresa”, diz o diretor da Guarda, inspetor Cláudio Frederico de Carvalho. Segundo ele, as ações vão acontecer nas nove regionais muncipais. Em cada uma delas haverá três viaturas e nove guardas. “Serão 27 pontos pela manhã e ou-

“As pessoas reclamam que só o Centro tem sido visto, mas estamos olhando para todos os lados, já que os bairros também têm pontos com problemas.” CLÁUDIO FREDERICO DE CARVALHO, DIRETOR DA GUARDA MUNICIPAL

tros 27 à tarde. Eles podem, inclusive, se repetir”, adianta o inspetor. Os locais serão definidos conforme reclamações dos usuários. “A maioria

delas envolve mendincância, assaltos e furtos e uso e tráfico de drogas”, conta Carvalho. Ele diz ainda a prioriedade serão pontos onde haja concentração de crianças e adolescentes, já pensando na educação. A ideia da Guarda Municipal é que a operação aconteça uma vez por semana ou, pelo menos, a cada 15 dias. O projeto piloto foi realizado na praça Eufrásio Correia, onde também foi instalado um módulo móvel, que ficará no local por um mês. CAMILA CASTRO

Eles chegaram a bloquear a Bispo Dom José ontem | RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

Organizada pelo Facebook, a ‘Farofada no Granito’ começou tímida por volta das 12h de ontem. Mais de 7 mil pessoas confirmaram presença no evento, mas às 16h30 havia cerca de 80 se manifestando contra o polêmico uso de granito nas calçadas da rua Bispo Dom José, no Batel. Segundo a prefeitura, o metro quadrado custou R$ 149. “Enquanto isso, os bairros e periferia de Curitiba, carentes de infra-estrutura básica, são esquecidos e desprezados, junto com a riqueza cultural que acompanha eles”, coloca a organização do evento na sua página no Facebook.

As pessoas também protestaram contra Renan Calheiros (PMDB) e o deputado federal Marco Feliciano (PSC), pediram igualdade de classes, gêneros, raças e orientação sexual, alertaram sobre a importância do voto consciente e a fiscalização da aplicação de recursos públicos, entre outras bandeiras. Os manifestantes chegaram a bloquear parte da rua. Alguns usaram biquínis e exibiram mensagens no próprio corpo. Outros levaram cadeiras de praia, frango assado, maionese e farofa. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

|05|◊◊

Tragédia. Carro invade contramão e mata dois Depois de invadir a contramão e entrar na rua José de Oliveira, no Bairro Alto, um carro que estaria participando de um sequestro relâmpago colidiu de frente contra uma motocicleta e matou Antônio Luis Siqueira e sua namorada, Maria Aparecida Rocha, mãe da ex-apresentadora do programa Jogo Aberto, da TV Band Curitiba, Nadia Kelly Rocha. O acidente aconteceu na noite de sábado e será investigado pela Dedetran (Delegacia de Delitos de Trânsito). As primeiras informações apontam que o motorista do veículo estaria sequestrando uma mulher de 20 e uma adolescente de 14 anos. Segundo a Polícia Civil, as duas ficaram feridas e serão chamadas para depor assim que forem liberadas do hospital. No acidente, a motocicleta também foi atingida por trás, por um segundo veículo que não conseguiu frear a tempo. Na confusão, o bandido fugiu. METRO CURITIBA

Aeroporto. Homem engole 80 cápsulas de cocaína

Operação surpresa será simultânea nas nove regionais municipais | JAELSON LUCAS/SMCS

Começa hoje campanha para segurança no trânsito Começa hoje a 2ª Semana Internacional de Segurança Viária que, neste ano, tem foco no pedestre. Em Curitiba, a Setran (Secretaria do Trânsito) vai promover atividades com o objetivo de evitar mortes por atropelamento. As ações serão feitas em horários de grande fluxo, com faixas estendidas e entrega de folhetos. Para sensibilizar os condutores sobre a importância do respeito à faixa de pedestre e da circu-

lação segura, as abordagens serão feitas com a participação de pessoas com deficiência física e visual, crianças e idosos. “Também faremos uma pesquisa sobre a percepção de risco e o comportamento do pedestre, que muitas vezes também contribui para a ocorrência de acidentes no trânsito”, adiantou o diretor de Educação no Trânsito, Cassiano Novo. METRO CURITIBA

Neste ano, foco está no pedestre | RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

Um homem de 38 anos engoliu cerca de 80 cápsulas de cocaína e tentou embarcar na tarde de ontem no aeroporto Afonso Pena. Ele e um casal que auxiliava a operação foram presos em flagrante pela PF-PR (Polícia Federal), que monitorava denúncia anônima em conjunto com a Polícia Militar. O homem passou por uma cirurgia para retirar as

cápsulas, que equivalem a 1 quilo de cocaína. Ele ganharia R$ 10 mil pelo serviço. Segundo a polícia, o homem veio de Mogi das Cruzes (SP) e seguiria para Lisboa (Portugal), com escala em São Paulo. Na casa da mãe dele, a PF encontrou uma máquina para prensar as cápsulas e luvas cirúrgicas, que envolviam a droga dentro do estômago. METRO CURITIBA

Mãe de ex-apresentadora da TV Band morreu | ARQUIVO PESSOAL


|06|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Contra crack, reação será a internação compulsória Saúde. Câmara colocará em votação esta semana projeto que submete dependentes químicos a tratamento involuntário em todo o país BETO OLIVEIRA/AGÊNCIA CÂMARA

OSMAR TERRA Autor da proposta, o deputado acredita em maior eficiência no tratamento de usuários de drogas Qual a principal mudança? O dependente passará por desintoxicação por um prazo de 15 a 45 dias, no máximo, e depois que a confusão mental diminuir, ele decide o que vai fazer. Como evitar que a pessoa volte a usar a droga? A recaída é a regra. O trabalho a ser feito é manter a abstinência. Eu defendo que o usuário vá para uma comunidade terapêutica por 9 meses a um ano com um protocolo técnico. Se ele conseguir, tem mais facilidade de continuar livre da droga O projeto ataca o problema das cracolândias? A idéia é que as pessoas se tratem antes de chegar às cracolândias. METRO BRASÍLIA Maranhão

A ausência de uma política pública eficiente de apoio aos dependentes químicos poderá ter como resposta a autorização de internação compulsória em todo país. Com o aval do governo, a Câmara colocará em votação nesta quarta-feira o projeto que cria o novo sistema Nacional de Políticas sobre Drogas. O alvo são os usuários de crack, que fazem parte de uma triste realidade da maioria das cidades brasileiras. São Paulo e Rio de Janeiro foram pioneiros ao criar uma política de tratamento forçado dos usuários. Na capital paulista, porém, as famílias é que têm procurado tratamento para os parentes, sem a necessidade de intervenção do Estado. Despreparada para a alta demanda de pacientes, leitos para tratamento psiquiátrico estão sendo usados para atendimento de usuário de drogas. No Rio, os centros de tratamento foram insuficientes. Havia apenas três unidades, quando a necessidade era de, pelo menos, 50 centros. A precariedade do ser-

Uso de crack é comum em plena luz do dia | VAGNER CAMPOS/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

viço gerou, inclusive, advertência do Ministério Público. Novo projeto A internação compulsória - tratada como ‘involuntária’ no texto da propos-

ta - deverá ter prazo máximo de 90 dias. A família ou os médicos e assistentes sociais - em caso de moradores de rua - serão responsáveis pelo pedido de tratamento. Atualmente,

a medida só pode ser autorizada por uma decisão de um juiz. Caso o dependente necessite, o governo financiará o tratamento em comunidades terapêuticas. A crítica feita por diversos setores é quanto ao perfil dessas entidades - a maioria com cunho religioso. Os especialistas afirmam que 60% dos usuários de drogas - mesmo depois de passar por tratamento desenvolvem outros tipos de doenças, como transtorno bipolar e deficit de atenção, que deveriam ser avaliados por profissionais de saúde mental, como psicólogos ou psiquiatras. Há uma preocupação com o retorno dos usuários à sociedade. A proposta fixa, por exemplo, percentuais mínimos de vagas nas escolas profissionalizantes e no mercado de trabalho. Caso seja aprovado na Câmara, o projeto ainda precisará ser votado no Senado, antes de virar lei. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Ponto a ponto Confira as principais mudanças do projeto 7.663/2010 • Internação. Deverá ser feita a pedido da família ou de um especialista em saúde, sem a necessidade

Rio de Janeiro

Dois presos dormem em caixa d’água

Polícia ainda procura suspeito de estupro

Fotos de dois presos cumprindo pena em caixa d’água de um presídio no Maranhão resultaram no afastamento do diretor do Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas, em São Luís. Também foi determinada a abertura de uma sindicância, segundo reportagem do jornal “Folha de S. Paulo”. METRO

A polícia continua a procura do criminoso que estuprou uma mulher de 30 anos em assalto a um micro-ônibus na avenida Brasil, no Rio de Janeiro, na sexta-feira. A polícia solicitou as imagens das câmeras e disse que vai tentar identificar o suspeito pelo DNA coletado no corpo da vítima. METRO

de autorização judicial. • População de rua. A internação poderá pedida por um agente público do sistema de saúde ou sistema de proteção social.

• Ressocialização. 10% das vagas de ensino profissional devem ser destinadas a pessoas em tratamento previstos pela política nacional sobre drogas.

• Mercado de trabalho. As empresas que têm contratos ou prestadoras de serviços públicos deverão destinar 5% das vagas de emprego para ex-dependentes.

ARQUIVO PESSOAL

MAURÍCIO FIORE O doutor em ciências sociais alerta que a medida pode ser prejudicial ao tratamento de dependentes. Qual o risco de adotar a internação compulsória? É a tentativa de transformar a internação contra a vontade em grande solução para a dependências de drogas, que se confunde com o risco de tirar muita gente que está nas ruas. Se opta pelo caminho mais fácil, porque tira o problema da vista da pessoas. Existe uma solução? O crack se instala na vida das pessoas porque elas perderam outras motivações. Tem que ter assistência social, retorno ao mercado de trabalho, tentativa de refazer laços familiares e afetivos. Isso demora. O tempo é um adversário? Sim, porque os governos fazem higienismo, sem dar qualidade à política. METRO BRASÍLIA

Peritos da PF chegam a Porto Alegre Dez peritos da PF (Polícia Federal) desembarcam hoje em Porto Alegre (RS) para integrar o trabalho da Operação Concutare. São profissionais de diversos estados brasileiros que realizarão perícias ambientais e nos licenciamentos liberados especialmente em Porto Alegre, região metropolitana e litoral norte. Um dos delegados que comanda as investigações da PF, Roger Cardoso, destaca que, com o início das perícias ambientais e financei-

ras, será possível fazer um levantamento mais apurado de todo o dano causado pelos esquemas. Sexta-feira os policias foram surpreendidos com a decisão da juíza Karine da Silva Cordeiro, da 1a Vara Federal Criminal de Porto Alegre, que considerou insuficientes os motivos apresentados pela polícia para manter os 18 presos ainda detidos. A decisão não foi muito bem recebida pela PF. Para o delegado, que é titu-

lar da Delegacia do Meio Ambiente e Patrimônio Histórico, o temor é justamente de que os envolvidos soltos possam interferir no restante da investigação. Cardoso acredita que, por serem pessoas públicas e com influência, os investigados possam coagir algumas testemunhas. O policial destaca, porém, que caso isso efetivamente ocorra, a PF estará pronta inclusive para solicitar a prisão preventiva dos envolvidos. BANDNEWS E METRO POA

Presos foram liberados | GABRIELA DI BELLA/METRO


|08|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BCAETANO@SEBRAESP.COM.BR

TUDO PRONTO PARA O DIA DAS MÃES? A segunda data mais importante para o comércio – atrás apenas do Natal – se aproxima: o Dia das Mães. O comércio pela internet deve movimentar mais de R$ 1 bilhão, 15% acima do registrado em 2012, segundo a consultoria e-bit. Os shoppings preveem aumento de 6% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop). Você já preparou a sua loja (o site também) para aproveitar a data? Como em qualquer ocasião de apelo comercial forte, essa ação vai além de colocar uma faixa alusiva ao dia na fachada ou decorar a vitrine com motivos afins. Falando em vitrine, saiba que ela tem aproximadamente 30 segundos para chamar a atenção do público. Seja ousado, mas sem excessos ao montá-la. Exageros viram poluição visual. Explore a iluminação na área frontal da loja, com cores e letreiros. Valorize este espaço. As pessoas querem um lugar confortável para comprar. Se o consumidor escolheu entrar no seu estabelecimento, não o espante. Elimine barreiras físicas que atrapalham a circulação (inclusive dos cadeirantes) ou a visualização dos produtos. Mantenha a temperatura entre 22 e 26 graus e providencie aromatização agradável. Cuidado com o som ambiente, ele nunca deve ser um incômodo. Considere estender o horário de funcionamento. Para decidir, observe o comportamento dos clientes e veja se há necessidade. Monte kits promocionais, dê brindes, ofereça descontos para compras acima de determinado valor e não deixe o consumidor tomar chá de cadeira na fila do caixa ou do pacote. A demora para pagar e pegar o que comprou irrita qualquer um. Isso faz parte do atendimento. Oriente seus funcionários para seguirem um procedimento padronizado, mas não robotizado. A equipe deve ser atenciosa, simpática e tem de demonstrar interesse real em auxiliar quem chega. Ufa! O consumidor pode entrar na sua loja pela primeira vez em uma data comemorativa, mas a experiência de compra é que o fará retornar. É a hora de conquistá-lo. Medidas adotadas para um dia especial podem ser incorporadas definitivamente, melhorando o negócio. Se para este Dia das Mães você não planejou nada especial, comece já a pensar nas próximas ocasiões. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Impostos. Câmara estuda ‘tax free’ para estrangeiros A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados analisa um projeto de lei que prevê o ressarcimento de impostos federais a turistas estrangeiros. Os visitantes poderão pedir a restituição do IPI, do PIS e do Cofins de compras a partir de R$ 100 quando forem deixar o Brasil. O valor será reembolsado em até 90 dias. A prática, conhecida como “tax free” já existe em diversos países. METRO

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Após boom, ganhos com fundo imobiliário devem ficar estáveis Seu bolso. Com manutenção da Selic e aumento da oferta de imóveis, os rendimentos tendem a ficar mais ‘realistas’. Especialistas recomendam avaliação de vantagens e riscos Vedetes das aplicações no ano passado (com rentabilidade de mais de 40%), os fundos imobiliários tiveram uma queda desde o início de 2013. De janeiro a abril, os FIIs (Fundos de Investimento Imobiliário) registraram variação de -1,55%. Isso não quer dizer que as carteiras se tornaram ruins, apenas que ficaram mais próximas da realidade, segundo especialistas. Os fundos viveram um boom em 2012 devido a dois fatores: a carência de imóveis em algumas cidades e a queda da taxa Selic. Com os juros mais baixos, muitos brasileiros deixaram a poupança para investir nos FIIs, que são corrigidos conforme os contratos de aluguel. “Essas duas coisas cessaram agora. Não há mais espaço para a queda da Selic, e o preço dos imóveis está se estabilizando”, observa Arthur Vieira de Moraes, especialista em fundos imobiliários. “Não é razoável acreditar que os FIIs continuarão com a mesma rentabilidade.” Embora o cenário seja determinante para o rendimento dos FIIs, há também gestores fazendo maus negócios. “Muitos fundos compraram lançamentos imobiliários caríssimos, pagando R$ 18 mil pelo metro quadrado. É preciso ficar atento”, diz Luiz Augusto Pacheco, da Inva Capital. Ao pequeno poupador, os analistas recomendam cautela. “Procure auxílio de uma corretora. O custo de aquisição da cota pode não compensar o retorno financeiro”, lembra Fabricio Campanille, da UM Investimentos. METRO

ENTENDA

Um fundo imobiliário é mais ou menos como um clube, no qual cotistas unem aplicações, que são administradas por um agente profissional

VANTAGENS

RISCOS Duração dos contratos de aluguel: muitas vezes, o contrato termina e o investidor fica sem o rendimento até que haja novos inquilinos

Não é preciso desembolsar muito dinheiro. Em vez de pagar R$ 100 mil por uma sala comercial, o investidor compra “partes” da sala e recebe o equivalente à sua parcela em rendimentos É possível aplicar em diversos imóveis ao mesmo tempo

Qualidade dos locatários: para que o imóvel vai servir? Um prédio que abriga um hospital, por exemplo, pode dar dor de cabeça, uma vez que há regras específicas para mudanças

Em tese, é mais seguro do que alugar um apartamento para um família, por exemplo. Os locatários são pessoas jurídicas, com menos chance de dar um calote

Localização: o local do imóvel pode afetar o rendimento dos aluguéis. Fique atento aos detalhes do contrato

A principal vantagem: os rendimentos estão livres do imposto de renda

COMPARE OS RENDIMENTOS ACUMULADO DOS ÚLTIMOS 12 MESES

DE JANEIRO A ABRIL

17,47% 7,47%

6,17%

5,20%

2,23%

2,02%

-1,55%

-8,27%

-10,11% FUNDO CDI IMOBILIÁRIO (RENDA FIXA)

POUPANÇA POUPANÇA BOVESPA ANTIGA NOVA

FUNDO CDI IMOBILIÁRIO (RENDA FIXA)

POUPANÇA POUPANÇA BOVESPA ANTIGA NOVA

Brasileiro ‘confia’ demais Os imóveis aparecem no topo da lista de investimentos mais confiáveis para os brasileiros. De acordo com uma pesquisa da Franklin Templeton, por aqui, há a expectativa de que o desempenho médio dos fundos imobiliários fique em 21,3% ao ano pelos próximos 10 anos. “Isso seria o mesmo que multiplicar o capital por quase sete vezes”, diz Marcus Vi-

nícius Gonçalves, da Franklin Templeton Brasil. “É algo fora da realidade.” Para Gonçalves, a “fé” nos imóveis é uma herança da época de inflação e taxa de juros altas. Além disso, há, em toda a América Latina, um percepção muito forte sobre o valor da casa própria. “Daqui para frente, o investidor precisa adequar suas expectativas.” METRO

“A expectativa é que a carteira renda 21,3% ao ano ao longo de toda a próxima década. Isso é algo fora da realidade para qualquer aplicação.” MARCUS GONÇALVES, DA FRANKLIN TEMPLETON

Tecnologia. Apps nacionais concorrem a prêmio mundial

Fila para passar pela imigração em Cumbica | JORGE ARAÚJO/ARQUIVO/FOLHAPRESS

Quatro aplicativos brasileiros estão na semifinal do concurso AppMyCity!, que elege o melhor aplicativo urbano do mundo. O Brasil foi o país com o maior número de indicados (quatro de 10). Os projetos nacionais incluem o Colab, que

1,66%

permite a avaliação dos serviços públicos pelo cidadão, e o Paprika, que promove a criação de “redes sociais instantâneas e personalizadas”. Os três finalistas e o vencedor serão anunciados amanhã. O melhor ganha US$ 5 mil. METRO COM AGÊNCIAS

Colab é um programa criado no Recife | DIVULGAÇÃO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

|09|◊◊

Síria afirma que ataque de Israel é declaração de guerra Oriente Médio. Após dois bombardeios no fim de semana, país árabe prometeu retaliação. ONU está alarmada com a crise na região Em menos de 48 horas, dois ataques aéreos atribuídos a Israel sacudiram o subúrbio de Damasco, capital da Síria, e inflamaram o conflito na região. “A noite virou dia”, contou à Reuters um homem que vive perto de um dos alvos, a base militar de Jamraya. O governo do ditador Bashar Al Assad reagiu prontamente e acusou os israelenses de conspirarem contra o país. “Essa é uma declaração de guerra”, definiu Faisal Al Mekdad, vice-ministro de Relações Exteriores da Síria, em entrevista à CNN. Mekdad prometeu uma retaliação. Israel, como em episódios anteriores, não confirmou a operação militar. Não está claro se o governo israelense tentou intervir na guerra civil da Síria ou se expandiu sua campanha para evitar a transferência de armas do país árabe para o grupo radical libanês Desabamento

Mortos em Bangladesh somam 610 O número de vítimas fatais no desabamento de um prédio em Bangladesh subiu para 610, com a retirada de 38 corpos dos escombros. As equipes de resgate não sabem quantas pessoas continuam desaparecidas, e o número de mortos deve aumentar. Mais de três mil trabalhadores estavam no local na hora do desabamento. METRO Malásia

Coalizão governista vence eleição A Frente Nacional venceu a eleição na Malásia, perpetuando um governo que já dura 56 anos. O líder opositor, Anwar Ibrahim, acusou os rivais de fraude generalizada. METRO

Diz John McCain

Ofensivas pressionam Barack Obama

Soldado israelense nas Colinas de Golã, fronteira com a Síria

Hezbollah. Ainda assim, as tropas israelenses nas fronteiras com o Líbano e com a Síria foram colocadas em estado de alerta. O Exército também enviou duas baterias defensivas anti-

| BAZ RATNER/REUTERS

mísseis para o norte do país, e o espaço aéreo para voos civis na região foi fechado. A Síria mandou uma carta à ONU (Organização das Nações Unidas) relatando dezenas de mortes nas ex-

plosões e exigindo a condenação de Israel. A entidade disse estar alarmada com a situação. “O secretário-geral manifesta a sua profunda preocupação com relatos de ataques aéreos.” METRO

tuação muito delicada”, argumentou. Na semana passada, o secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, disse que Washington estava Os últimos bombardeios considerando a possibiliisraelenses na Síria pres- dade de armar os rebeldes sírios. Há, porém, o temor sionam o governo americano a intervir no país de que os artefatos caiam árabe, na avaliação do se- nas mãos de extremistas, já infiltrados na guerra cinador republicano John vil do país árabe. McCain. O presidente Barack “Precisamos de uma Obama disse, no sábado, ação para mudar o jogo, estabelecer uma zona de que Israel tem o direito de se proteger contra segurança e fornecer armas para as pessoas cer- a transferência de armas tas”, defendeu o político, para o Hezbollah (grupo iminido dos israelenses). durante o programa de Até o fechamento desTV “Fox News Sunday”. ta edição, contudo, o go“A cada dia que pasverno americano não sa, o Hezbollah aumenhavia comentado os atata a sua influência e o ques aéreos do fim de sefluxo de jihadistas radimana. METRO cais na Síria torna a si-

Papa Francisco pede coragem para Reino Unido. Parlamentar enfrentar abusos contra crianças nega acusação de estupro Sem mencionar os escândalos de pedofilia na Igreja, o papa Francisco fez um apelo para que toda a sociedade se envolva com a luta pelos direitos humanos e com a proteção das crianças vítimas de abusos. “Dirijo o meu pensamento a aqueles que sofreram e sofrem com abusos”, disse o pontífice, diante de uma multidão na Praça São Pedro. “Queria pedir com força que todos se comprometam com a transparência e a valentia para que todas as pessoas, especialmente as crianças, sejam sempre defendidas.” Antes de discursar, Francisco percorreu a praça a bordo papamóvel e abraçou fiéis. Ele também comemorou a beatificação de Francisca de Paula de Jesus, a Nhá Chica, a primeira mulher negra a receber o título religioso no Brasil. METRO COM AGÊNCIAS

O vice-presidente do Parlamento britânico, Nigel Evans, negou as acusações de estupro e de agressão sexual contra dois homens pelas quais foi preso, no sábado. Evans afirmou que as denúncias são “completamente falsas”. “Não consigo entender por que apresentaram essas acusações”, disse ele, um dos políticos mais importantes do Partido Conservador, do premiê David Cameron. Evans assumiu sua homossexualidade este ano. METRO

Evans é um político proeminente de seu partido | NIGEL RODDIS/REUTERS

Califórnia. Limusine pega fogo e mata cinco mulheres

Pontífice falou para multidão, que o aguardava debaixo de chuva | TONY GENTILE/REUTERS

Uma limusine pegou fogo, matando cinco mulheres e ferindo quatro, na noite de sábado. O acidente ocorreu enquanto o veículo atravessava a Ponte San Mateo, em São Francisco, no Estado

americano da Califórnia. As autoridades ainda não sabem as causas do acidente, que começou com uma fumaça na parte traseira da limusine. Apenas o motorista saiu ileso. METRO


2 CULTURA

Agenda

Confira

Mostra: No Jokers Bar (R. São Francisco, 164). Abertura: Quarta, 8 de maio, às 19h. Gratuito. Livro: “Meus Cases de Sucesso”: 38 págs, Crt S Comunicação, R$20, à venda na loja Itiban ou pelo e-mail simon@ simontaylor.com.br

|10|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

‘Meus Cases de Sucesso’ tem nova exposição Charges. Jokers recebe mostra, nesta quarta, com os trabalhos do cartunista Simon Taylor O Jokers Bar recebe a partir de quarta-feira, às 19h, a mostra “Meus Cases de Sucesso”, com os trabalhos do cartunista Simon Taylor que compõem o livro homônimo lançado no início deste ano. A obra é resultado da exposição virtual feita em 2011 em que Taylor lançava um personagem por dia em charges que relacionavam os excessos cometidos nas mais variadas profissões. “Eu sempre tento mesclar humor com crítica social”, conta ele. O público poderá conferir figuras como Duílio Sconzarella, o “administrador de empresas”, o boleiro Seymar e a socialite Barbinna Botox. Todas desenhadas de próprio punho e depois, digitalizadas. “Trabalho o dia todo com Photoshop e acho que o programa é uma ferramenta mui-

SIMON TAYLOR

“Muitos desenhistas abusam do Photoshop, que acaba padronizando tudo. O programa é uma ferramenta ótima, mas é um meio e não um fim.” SIMON TAYLOR, CARTUNISTA

to importante, mas desta vez quis voltar às origens, ao desenho manual, em preto e branco. É uma certa arejada artística”, explica o cartunista. A mostra fica em cartaz por, pelo menos, um mês, e dá continuidade à exposição feita no Museu Guido Viaro, no lançamento do livro. “A primeira mostra superou minhas expectativas, tanto de público, quanto de venda dos livros”, conta. METRO CURITIBA

GABRIEL GOVONI

Os excessos das profissões inspiraram as charges | REPRODUÇÃO/SIMON TAYLOR

Exposição é gratuita

| REPRODUÇÃO/SIMON TAYLOR

Este é o seu primeiro livro? Publicado, sim. Mas já tenho um livro pronto, de 250 páginas, com charges políticas que foram publicadas entre agosto de 2007 e agosto de 2010. Chamado “Charge Agora ou Cale-se para Sempre”. Ainda não publiquei por falta de patrocínio. Há outros projetos em andamento? Atualmente, no meu tempo livro, estou agora escrevendo uma história em quadrinhos e também produzindo o livro infantil “Alice que e mdisse”, com ideias da minha filha Alice, de quase 6 anos. METRO CURITIBA


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

VINCENT CASSEL Ator francês, que mora desde janeiro no Rio com a mulher, Monica Bellucci, e as duas filhas, conta ao Metro sobre sua paixão pelos ladrões em um português perfeito. Ele vive um desse tipo no longa ‘Em Transe’, de Danny Boyle, em cartaz nos cinemas

‘FILMES ESTÚPIDOS ME INCOMODAM’ Como foi trabalhar com Danny Boyle? Foi muito fácil. Ele gosta dos atores, é alguém que vem do mundo do teatro. Isso foi uma surpresa para mim. Seu personagem é um vilão, e você tem feito uma série desses. O que te atrai neste tipo de papel? Quando eu era mais jovem, esse era o tipo de papel que eu gostava de ver na tela. Sempre gostei de “Taxi Driver” (1976), de papéis complicados, com algum mistério forte, tentando esconder fraquezas. Esses são os personagens mais interessantes. Apesar de seu personagem ser um vilão, ele é ambíguo como tudo no filme. Como você encara essa característica? Em primeiro lugar, como um presente. É sempre interessante ter algo que muda dentro do tempo do filme. Foi uma das razões para eu fazer o filme, porque eu poderia

1

Resenha

Reviravoltas marcam longa “Em Transe” traz James McAvoy como um leiloeiro que se envolve no furto de um valioso quadro. O problema é que algo dá errado no golpe, e ele esquece onmudar totalmente a imagem [do personagem], mas [isso funciona] não só para mim, mas para todos os papéis. Porque todos não são bem o que parecem, não é? Ninguém é. Na vida real também. Exatamente. Gosto muito mais desse tipo de papel exatamente porque ele representa muito mais a realidade. Você atua com James McAvoy e Rosario Dawson, e to-

de guardou a pintura. Ameaçado pelo ladrão vivido por Vincent Cassel, sua única saída para trazer a lembrança à tona é submeter-se à hipnose da médica interpretada por Rosario Dawson. As sessões vão revelar uma intricada rede cheia de reviravoltas pela frente. METRO dos vocês têm nacionalidades diferentes. De que forma essa multiculturalidade ajuda o filme? Penso que a visão do Danny da Inglaterra é assim. Indianos, americanos, russos… Tudo é supermisturado. Ele é um diretor da classe trabalhadora. Misturar faz parte da vontade dele de representar o povo da Inglaterra de hoje. Você é um ator internacional, mas não se considera de Hollywood. Esse sistema te incomoda?

Não. O que me incomoda são os filmes estúpidos. Hollywood faz filmes incríveis também. A única coisa é que os blockbusters invadem o cinema e muitas vezes você não tem espaço para o filme nacional porque é invadido pelo último do Tom Cruise. Morar no Brasil mexeu de alguma forma com a sua carreira e a de Monica? Não, nada. Depois de certo ponto, você pode estar em qualquer parte do mundo. Estou escrevendo muito e coescrevendo, coproduzindo e vou coestrelar o filme “A Samba Drama”. Vai acontecer, mas não sei quando. Mas, morando no Rio, tenho o estilo de vida que sempre quis. E qual é esse estilo? Você conhece o Rio? Então sabe qual é. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Garanta seu ingresso

3

5

Confira alguns dos shows e espetáculos que chegam a Curitiba neste mês. As entradas já estão à venda. Programe-se!

‘Hamlet’, com Thiago Lacerda

O espetáculo estrelado por Thiago Lacerda será encenado de 17 a 19 de maio, no Guairinha. Sob a concepção e direção de Ron Daniels, que volta ao Brasil depois de 12 anos, a peça coloca em cena 15 atores para contar a tragédia de um dos mais enigmáticos personagens do teatro. Ingressos: R$35 e R$70. METRO CURITIBA

De 17 a 19 de maio | JOÃO CALDAS

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Yes traz principais álbuns em turnê

Os sucessos de Fábio Jr. na turnê ‘Íntimo’

Ícone do rock progressivo, a banda britânica Yes desembarca em Curitiba no dia 21 de maio para apresentação única da turnê “Spring Tour 2013”, no Teatro Positivo. O repertório traz na íntegra três dos principais álbuns do grupo. Ingressos: de R$125 a R$380. METRO CURITIBA

Fábio Jr. traz sua turnê “Íntimo”, em apresentação única no Teatro Bradesco, no dia 15 de maio. O show está repleto de novidades, além dos grandes sucessos da carreira do cantor, que dão o toque especial de romantismo para os fãs. Ingressos a partir de R$70. METRO CURITIBA

2 4

‘Shrek – O Musical’

Inspirado na saga cinematográfica, o musical “Shrek” da Broadway terá sua versão brasileira apresentada no Teatro Positivo de 15 a 19 de maio, sob a direção de Diego Ramiro e Marcelo Castro. Shrek, Fiona, Burro e Lord Farquaad são interpretados, respectivamente, por Diego Luri, Sara Sarres, Rodrigo Sant’Anna e Marcel Octavio. Ingressos: de R$55 a R$185. METRO CURITIBA

Apresentação única no dia 21

DIVULGAÇÃO

Cidade Negra chega com show ‘Hei, Afro’

A banda Cidade Negra chega à capital no dia 18 de maio. A apresentação do CD “Hei, Afro” será no Curitiba Master Hall, com o grupo Terceiro Estado fazendo o show de abertura. O disco traz 13 faixas, a maioria inédita e autoral, e marca o retorno de Toni Garrido. Ingressos a partir de R$30. METRO CURITIBA

Cheio de romantismo

DIVULGAÇÃO


|12|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Canal de TV para cachorros

Os invasores

Homofobia 2 A carta “Homofobia”, do leitor Mauro Gessen (edição nº492, de 30/4), é a mais cristalina expressão da verdade. Concordo integralmente: não sou e nunca serei obrigado a aceitar a prática homossexual. Agora, quem quer ser homossexual que seja. O problema é seu. Mas não venham incomodar quem abomina esta prática. EDGAR L. C. FRANÇA - CURITIBA

Cruzadas

Caixas de correios e telefones A cada dia se vê mais frouxidões administrativas e operacionais. As empresas telefônicas e os Correios estão tirando das ruas os telefones públicos, bem como caixas de coletas de locais centrais de Curitiba. E nada se vê em substituição, com várias consequências ao povo. Já que a cada dia está mais difícil a mobilidade no Centro, para se ir até uma agência telefônica ou dos Correios, por que não existem mais caixas de coleta e telefones públicos como antes? Na R. André de Barros, os Correios tiraram todas as caixas centrais, até a do Terminal Guadalupe, um absurdo. É preciso que se tomem providências sobre estes fatos, para que isso não continue a acontecer.

Pets. Objetivo é manter seu cão distraído e relaxado enquanto ele estiver sozinho Se você achava que hotel e produtos de beleza eram o máximo que podiam inventar para os cachorros, agora saiba que existe um canal de TV dedicado a eles. O conteúdo da programação é feito para manter o cão relaxado e entretido enquanto o dono está fora de casa. Atualmente, o DogTV está disponível somente em San Diego, na Califórnia. Mas os brasileiros podem assistir o canal pela internet, no dogtv.com/online. Segundo os produtores do canal, o conteúdo da programação é desenvolvido com a ajuda de treinadores especialistas e também

Leitor fala

de estudos científicos. De acordo com a médica veterinária Tânia Parra Fernandes, os cães, em canais comuns, enxergam as cores de uma forma limitada se comparada com a do humano e a definição das imagens também é menor. Já as imagens da DogTV, segundo os produtores, são captadas sob o ponto de vista do cachorro e há um trabalho especial para realçar detalhes e colorir a imagem. As músicas são adaptadas para a audição do cão, que têm ouvidos mais sensíveis que o ser humano. Tudo é feito para captar o máximo de atenção do cachorro. METRO

JOÃO S. SANTOS - CURITIBA

Metro Pergunta

Sudoku

Curitiba deve pensar o Siga o Metro planejamento de sua no Twitter: rede de transportes de @jornal_metroCTB forma integrada com os municípios da região metropolitana? Por quê? @ubiratan_slay

Sim...Traz um desenvolvimento maior para a capital e as cidades vizinhas. Seria bom se fosse bilhete único igual a São Paulo. @yamadactbageo

Muitos trabalhadores moram fora de Curitiba. Integrar o transporte público pode diminuir o desemprego facilitando o acesso.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Canal prende a atenção dos cachorros | DIVULGAÇÃO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Alto astral apesar de pequenas dificuldades e mudanças que poderão acontecer a contragosto. Você é criativo o suficiente para se moldar e ser vitorioso.

Não deixe as pessoas se afastarem muito de você. Dê a elas a chance de encontrarem pontos em comum entre vocês para que todos possam juntar os seus esforços.

Adapte-se. Encontre novos caminhos para fazer as coisas. Mesmo que você não mude os seus objetivos precisarão mudar o seu jeito de agir para atingi-los.

O dia está pedindo mais flexibilidade para que você possa superar suas limitações e atingir os seus objetivos pessoais. Insista até você resolver tudo.

Modere seus pensamentos. Tente reavaliar as suas metas para que elas se tornem mais plausíveis. Não adianta querer mudar o mundo sem ter forças para isso.

Decisões radicais poderão provocar rejeições ou sabotagens por parte dos outros. Procure explicar melhor as suas ideias e acalmar os seus parceiros e amigos.

Reveja os seus planos. Procure se adequar melhor à realidade dos fatos. Você pode estar sendo teimoso e deixando algumas oportunidades passarem em branco.

Procure aceitar melhor as mudanças que as pessoas estão realizando para que o grupo possa ficar mais entrosado. Você depende deles e eles dependem de você.

Evite se atropelar com as suas próprias ideias. Tente ser um pouco mais disciplinado para que os seus esforços realmente levem você até onde você deseja ir.

Dia de inovar para garantir que a grana chegue nas suas mãos. Siga em frente e não tenha medo de ser um pouco mais ousado para conseguir o que você quer.

Tendência ao exagero em situações que exijam novas atitudes ou mais ousadia. Tente equilibrar um pouco as coisas para você não desagradar o seu público.

Tente entender que as pessoas têm ideias diferentes e que sempre chega uma hora que elas precisam fazer algo por si que não atende às suas expectativas.


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

Livro reúne crônicas de romance imperial Literatura. Historiadora Mary del Priore lança obra na qual aborda relação da princesa Isabel com seu marido, Conde d’Eu A escritora e historiadora Mary del Priore lançou recentemente mais uma obra literária que se aprofunda na vida de personagens marcantes da história brasileira. Assim como em seu último trabalho, “A Carne e o Sangue – a Imperatriz d. Leopoldina, D. Pedro 1º e Domitila, a Marquesa de Santos”, que retratou o nobre triângulo amoroso entre os personagens do título, o foco continua sendo o período imperial. Em “Castelo de Papel”, Priore traça uma biografia da princesa Isabel (18461921) e de seu marido, o Conde D’Eu (1842-1922). Isabel Cristina Leopol-

dina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon, assim batizada, foi a última princesa imperial, filha de D. Pedro 2º. Ainda jovem, apaixonou-se e casou-se com o nobre europeu D. Luís Filipe Maria Fernando Gastão de Orléans, neto do último rei da França. É a partir do amor entre os dois membros da realeza que o livro revela um mundo em transição. A premiada escritora trata das monarquias europeias em crise e sua luta na defesa dos arranjos familiares ao mesmo tempo em que conta como os descendentes do trono português

lidaram com a Guerra do Paraguai e uma monarquia com bases cada vez mais enfraquecidas. Também ganha destaque, a partir de vasta documentação, o papel da princesa Isabel na implementação da Lei Áurea, que, em 1888, extinguiu a escravidão no país. Ao longo da carreira, Priore já publicou mais de 20 livros. METRO BH

“CASTELO DE PAPEL” MARY DEL PRIORE ROCCO R$ 34,50

Vencedores do Festival de Stuttgart no Guairinha O Guairinha recebe hoje, às 20h30, a apresentação dos premiados no Festival Internacional Solo Dança-Teatro (Internationales Solo-Tanz-Theater Festival Stuttgart), competição realizada anualmente na cidade de Stuttgart, na Alemanha. O evento tem como objetivo estimular talentos da dança e promover a carreira de seus ganhadores. Ingressos à venda no local, por R$10 e R$20. Curitiba foi escolhida como uma das cidades entre os países em que a turnê passará neste ano. O evento é promovido pela Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra. METRO CURITIBA

A primeira fase do concurso Miss Paraná 2013 está chegando. Passadas as inscrições e a seleção, as 60 candidatas participarão da etapa de Maringá – que vai de 12 a 15 de maio, e contará com a presença da Miss Brasil Gabriela Markus como jurada. “Estamos com 48 misses

Escritora narra fatos históricos de modo palatável | ROGÉRIO CONDE/DIVULGAÇÃO

Stand-up

Marcos Castro se apresenta no Santa Comédia

Mostra itinerante

Miss Paraná tem 60 candidatas eleitas em seus municípios, e mais 12 candidatas indicadas pelas prefeituras para representá-las. Ao todo, foram 200 inscrições, mas só metade se enquadrava nos quesitos, como ser solteira e não ter filhos”, conta o coordenador do concurso, Wall Barrionuevo. METRO CURITIBA

“Tivemos cerca de 200 inscritas, mas só metade se enquadrava nos quesitos, como ser solteira e não ter filhos.” WALL BARRIONUEVO, COORDENADOR DO CONCURSO MISS PARANÁ 2013

|13|◊◊

Lançamentos “MARIA ANTONIETA” STEFAN ZWEIG ZAHAR 504 PÁGS. R$ 60

Um dos primeiros autores a abordar seu biografado com um viés psicanalítico, Stefan Zweig (1881-1942) publicou em 1932 este aprofundado retrato da alienada rainha francesa diante da Revolução Francesa. Sua visão acaba por propor uma reflexão sobre os episódios que levariam à 2ª Guerra Mundial. A edição tem prefácio e posfácio escritos por Alberto Dines. “VENCECAVALO E O OUTRO POVO” JOÃO UBALDO RIBEIRO ALFAGUARA 160 PÁGS. R$ 37

O Bar Santa Marta (R. Bispo Dom José, 2.030) apresenta hoje o show de humor “Santa Comédia”, comandada por Marco Zenni e Afonso Padilha, com o humorista convidado Marcos Castro, idealizador do projeto de stand-up “Comédia Carioca”. A apresentação acontece a partir das 21h, com ingressos à venda no local por R$20. METRO CURITIBA

Apresentação acontece hoje, às 20h30 | DIVULGAÇÃO

{CULTURA}

Vencedor do Prêmio Camões – mais importante honraria da literatura em língua portuguesa –, Ribeiro tem sua obra reeditada pela Alfaguara. O livro deste mês é uma reunião de cinco contos, publicados originalmente em 1974, em que o autor se vale de inspirações surrealistas para criticar o regime ditatorial brasileiro de então.

TV Band. Emissora recebe homenagem A TV Band Curitiba recebeu, na sexta-feira, uma menção honrosa concedida pela Câmara Municipal em reconhecimento ao trabalho e à audiência da emissora. A homenagem foi entregue pelo vereador Pedro Paulo (PT) e recebida pelo diretor de Jornalismo Amado Osman. “A Câmara vive um novo momento, de transparência com a população, e a TV Band tem papel fundamental. Os fatos são abordados de forma dinâmica, inovadora e diferenciada”, elogia o vereador. METRO CURITIBA

Menção honrosa pelo trabalho desempenhado | TV BAND CURITIBA

Araucária recebe exposição de Guilherme Glück

Humor. Livraria Cultura realiza mostra de cinema

A Casa da Cultura (Pça. Dr. Vicente Machado, 258) de Araucária recebe hoje, às 18h, a exposição “Memória e Imagem nas Lentes de Guilherme Glück”, com visita guiada do curador Éderson Prestes Santos. A entrada é gratuita. A mostra faz parte do “Museus Paraná”, programa de exposições itinerantes do Estado. METRO CURITIBA

Começa amanhã, às 19h, e vai até 12 de maio a Semana da Europa Curitiba 2013, com a Mostra de Cinema de Humor, realizada na Livraria Cultura do Shopping Curitiba. O evento é gratuito, com 96 lugares para o público, e contará com a presença do crítico de cinema Marden Machado, comentando cada um dos cinco longas-metragens, durante a exibição dos trailers na noite de abertura.

A programação inclui o título espanhol “La Comunidad”, o polonês “Mój Rower”, o francês “Ensemble c’est Trop”, o alemão “Soul Kitchene”, e o italiano “Il comandante e la Cicogna”, que serão exibidos mais de uma vez, em diferentes horários. Todas as cópias apresentadas são legendadas. Mais informações pelo 3026-1000 ou pelo site: www.shoppingcuritiba.com.br. METRO CURITIBA


3

|14|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Sob nova direçã

ESPORTE

1

Cenas 1 . PATRÍCIA CRUZ/METRO 2 . CLAUDIO CAPUCHO/FOTOARENA 3 . ANDRÉ AMERICO/METRO

Em um final de prova emocionante no Anhembi, Hinchcliffe ultrapassa Takuma Sato nos metros finais para conquistar a etapa brasileira da Fórmula Indy |

PATRÍCIA CRUZ/METRO

Novo campeão. Canadense James Hinchcliffe consegue ultrapassagem sobre Takuma Sato na última volta, conquista a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé e tira reinado de Will Power. Pilotos brasileiros sofrem com problemas e vão mal

2 3 1 - Carro número 12, de Will Power, é resgatado. 2 - Pneu da Penske de Helinho ficou destruído após toque de Bourdais. 3 - Bia estava bem na prova, mas teve de abandonar.

Antes da largada, os olhos do público na Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé miravam Will Power, vencedor de todas as edições anteriores da etapa brasileira. Mas o australiano da Penske não passou nem perto de conquistar a quadra e perdeu o seu reinado. No final de corrida mais emocionante da história da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, o canadense James Hinchcliffe levou a melhor no circuito do Anhembi. O piloto era o 3o colocado até as últimas voltas, mas superou Josef Newgarden e travou um duelo emocionante com Takuma Sato até os metros finais. O japonês terminou em 2o, com uma diferença de três décimos para o líder da prova. Mas o resultado valeu a liderança no campeonato a Sato, que superou o brasileiro Helio Castroneves na classificação. Marco Andretti completou o pódio. Tony Kanaan acabou protagonizando uma cena dramática. O brasilei-

75

voltas foram dadas na quarta edição da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, na tarde de ontem, no circuito do Anhembi.

Hinchcliffe (1o), Sato (2o) e Andretti (3o) formaram o pódio | ANDRÉ AMERICO/METRO

ro, que liderou a prova duas vezes e correu no sacrifício, com a mão direita lesionada, parou na volta 56, sem combustível por causa de um erro de cálculo da equipe KV. O carro do baiano parou bem em cima da faixa final do Sambódromo. Mesmo desolado, com as mãos no rosto, foi ovacionado pela torcida, que aplaudia o piloto do carro número 11 a cada volta. Kanaan ainda conse-

guiu retornar e acabou em 21º lugar. “A gente ganha junto e perde junto. Oportunidades como essa a gente não pode perder. Saio de cabeça erguida, o que eu pude fazer eu fiz. Dei meu sangue, dei meu coração, mas vamos para próxima”, disse o piloto, emocionado. Já Helio Castroneves, da Penske, teve um final de semana para esquecer. Depois de não poder completar seu treino qualifica-

tório no sábado, que o fez largar apenas na 18o colocação – por conta de uma bandeira vermelha que seguiu até o final da tempo regulamentar – teve ontem uma corrida acidentada, e acabou perdendo a liderança da temporada. Ele quase bateu em dois momentos no “S do Samba” e ainda foi tocado duas vezes, por Scott Dixon e Sebastián Bourdais. Resultado: terminou a prova apenas no 13º lugar e caiu para 3o no campeonato. “Aconteceu de tudo comigo nessa corrida e foi uma pena. Quero agradecer aos torcedores pelo apoio. Eu nunca tinha sentido isso antes e foi muito bacana. Para falar a verdade, foi esse apoio que nos fez brigar tanto. Infelizmente, não foi como a

gente queria”, lamentou o dono do carro número 3. Bia Figueiredo, a terceira representante brasileira no grid, não foi muito longe. A piloto da Dale Coyne teve um início de corrida animador, mas abandonou com problemas no câmbio após apenas seis voltas. “Quebrou o exaustor, e isso provocou um aquecimento da fiação e, por consequência, da caixa de câmbio, por isso eu não conseguia trocar as marchas”, disse a brasileira. A prova também marcou o fim do reinado de Will Power em São Paulo. Após vencer todas as três edições da prova, o australiano largou em 22º e ainda conseguiu alguma reação. Mas sofreu com problemas mecânicos e abandonou com 15 voltas. A torcida brasileira comemorou no circuito. A Indy retorna no próximo dia 26, de volta aos EUA para a tradicional 500 Milhas de Indianápolis. Uma semana antes, acontecem os treinos para a prova. METRO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

ão

{ESPORTE} PATRÍCIA CRUZ/METRO

Classificação

2º 3º 4º 5º 6º

JAMES HINCHCLIFFE

“Eu não estava certo até a linha de chegada. Na última relargada, saí junto com o Takuma Sato, mas perdi algumas posições. Por sorte, o carro estava bom, os pneus, ótimos. E eles (os primeiros) começaram a perder velocidade. Eu sabia que era possível. Mas até a última curva eu não sabia se conseguiria. Ganhar na última curva, na última volta, foi a melhor sensação que eu poderia ter. Vou lembrar para o resto da minha vida. Quando eu estava vindo para cá (sala de coletivas), vi que todo o público ficou de pé. Eles são demais. Mas também ou te amam, ou te odeiam. É legal quando o público sente isso. E vocês deviam estar cansados de ver o Will Power vencer, não é?”. METRO

Guerreiro até o final

Takuma Sato (JAP) A. J. Foyt Enterprises Marco Andretti (EUA) Andretti Autosport Helio Castroneves (BRA) Team Penske

136

James Hinchcliffe (CAN) Andretti Autosport Scott Dixon (NZE) Target Chip Ganassi Racing Ryan Hunter-Reay (EUA) Andretti Autosport Justin Wilson (ING) Dale Coyne Racing

112

123

94 91

76

14º

Josef Newgarden (EUA) Sarah Fisher Hartman Racing Graham Rahal (EUA) Rahal Letterman Lanigan Racing

15º

Dario Franchitti (ESC) Target Chip Ganassi Racing

70

16º

JR Hildebrand (EUA) Panther Racing

70

17º

69

18º

Tony Kanaan (BRA) KV Racing Technology Will Power (AUS) Team Penske

19º

Alex Tagliani (CAN) Barracuda Racing

68

20º

Sebastien Bourdais (FRA) Dragon Racing Tristan Vautier (FRA) Schmidt Peterson Motorsports

65

James Jakes (ING) Rahal Letterman Lanigan Racing Ed Carpenter (EUA) Ed Carpenter Racing

53 36

26º

Sebastian Saavedra (COL) Dragon Racing Bia Figueiredo (BRA) Dale Coyne Racing AJ Allmendinger (EUA) Team Penske

27º

Mike Conway (ING) Rahal Letterman Lanigan Racing

10º 11º 12º 13º

21º 22º 23º 24º 25º

FOTOS: ANDRÉ AMERICO/METRO

101

89

Quem esteve por lá

116

Oriol Servia (ESP) Panther DRR Simona de Silvestro (SUI) KV Racing Technology Charlie Kimball (EUA) Novo Nordisk Chip Ganassi Racing E. J. Viso (VEN) Andretti Autosport Simon Pagenaud (FRA) Schmidt Hamilton HP Motorsports

Queridinho da galera

Imagens Pontos

|15|◊◊ |14|◊◊

86 80

Emerson Fittipaldi

80 80 74

Legenda de recortes João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, com a esposa, Claudia Saad

68

Geraldo Alckmin, governador do Estado de São Paulo

56 43 26 18

Da esq. para dir.: Ricardo Saad e Walter Ceneviva, do Grupo Bandeirantes; Juan Carlos Marroquín, da Nestlé, e sua esposa, Rocio Marroquín

5

Azar logo no início Aldo Rebelo, ministro do Esporte

Agnelo Queiroz, governador do Distrito Federal, e Fernando Haddad, prefeito de São Paulo

PATRÍCIA CRUZ/METRO

VICTOR ELEUTÉRIO/FOTOARENA

PATRÍCIA CRUZ/METRO

“Queria tanto ter conseguido essa vitória para a galera que me apoiou o final de semana inteiro aqui no Anhembi. Infelizmente a pane seca foi uma realidade.”

“Aconteceu de tudo nessa corrida. Fiquei triste porque as coisas não deram certo. E mais ainda porque eu não consegui retribuir com vitória o carinho que recebi aqui.”

“Foi uma decepção muito grande. Nós vínhamos em um fim de semana muito bom, correndo rápido e melhorando a todo o momento. Agora é levantar a cabeça.”

TONY KANAAN, DA KV RACING

HELIO CASTRONEVES, DA PENSKE

BIA FIGUEIREDO, DA DALE COYNE

Caio Luiz de Carvalho (à esq.), da Enter, Lilian Miranda, da Nestlé, e Marcelo Meira, do Grupo Bandeirantes

Sabrina Sato e Renata Fan, da Band


|16|

1 Cenas

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

1 . GERALDO B./FOTOARENA 2 . GERALDO B./ FOTOARENA 3 . DIVULGAÇÃO

Interior. Operário sai na frente pelo título

21 OPERÁRIO

2 3

1

Sumido. Alex não faz bom jogo. O meia do Coritiba admitiu, ao final da partida, a má atuação. “(Meu futebol) foi muito ruim, horrível. Muito abaixo do que o time precisa”, afirmou. METRO CURITIBA

2

Tentativas. Coutinho erra muito. O atacante Douglas Coutinho, do Atlético, tentou muitos chutes de fora da área, mas também não conseguiu criar perigo. METRO CURITIBA

3

Confusão. Escudero

O zagueiro Escudero entrou no segundo tempo e se envolveu em duas confusões. Primeiro em lance com Crislan sem a bola, e depois em falta em cima de Léo, que lhe rendeu um cartão amarelo. METRO CURITIBA

Tudo igual no primeiro Atletiba Mesmo sem jogar bem, Coritiba conseguiu manter a vantagem de empate para a próxima decisão

| RODOLFO BUHRER / FOTOARENA

Paranaense . Furacão toma empate no fim da partida, mas dá sufoco no Coritiba Terminou empatado ontem em 2x2 o clássico Atletiba na Vila Olímpica do Boqueirão. O jogo foi emocionante, com o Coritiba saindo na frente e depois tomando a virada do Atlético. Mas um gol de Geraldo, aos 40’ da etapa final, acabou garantindo o bom resultado para o Alvi-verde. Mantendo a vantagem na decisão, agora o Coxa pode levantar a taça do Paranaense com um empate no Couto Pereira, no domingo. Apesar de chegar à final em desvantagem, o time sub23 do Atlético saiu de campo aplaudido pela sua torcida, que comemorou o bom jogo. “Por vacilo nosso tomamos um gol no fim. Mas mostramos que não tem nada perdido”, disse o meia Zezinho à rádio oficial do Atlético.

O jogo O Coritiba abriu o placar logo em seu primeiro ataque, aos 4’. Robinho escapou pela direita e cruzou para Deivid, que cabeceou sem chances para o goleiro Santos. Logo depois, no entanto, o Furacão descontou. Aos 12’, Crislan cruzou na área e Patric tentou tirar, mas marcou contra. No segundo tempo, os times diminuíram o ritmo e o Furacão virou o jogo aos 33’. Em cobrança de escanteio, Hernani venceu a zaga e completou para o gol. A salvação do Coxa veio no final da partida, dos pés do angolano Geraldo. Ele apareceu em velocidade, antecipou o zagueiro e chutou forte no canto. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

2 2 •

Santos; Léo , Rafael Zuchi, Bruno Costa e Renato (Elivelton); Renan Foguinho , Hernani e Zezinho ; Edigar Junio, Douglas Coutinho e Crislan. Técnico: Arthur Bernardes

ATLÉTICO

Vanderlei ; Gil, Leandro Almeida, Chico e Patric (Escudero ); Willian, Sérgio Manoel (Geraldo), Robinho e Alex (Lincoln); Rafinha e Deivid. Técnico: Marquinhos Santos

CORITIBA

Gols. Deivid aos 4’ e Patric (contra) aos 12’ do 1º, Hernani, aos 33’ e Geraldo, aos 40’ do 2º T •Arbitragem. Edivaldo Elias da Silva, com Rafael Trombetta e Adair Carlos Mondini.

“A vantagem vai ser importante na decisão. Hoje foi um jogo de detalhes, criamos algumas chances, mas faltou o gol.”

“Muitas pessoas acham que o que estamos fazendo é milagre. Não é, é trabalho, mas com um time sub-23.”

MARQUINHOS SANTOS, TÉCNICO DO CORITIBA

ARTHUR BERNARDES, TÉCNICO DO ATLÉTICO

Briga acaba com dois guardas feridos Dois guardas municipais ficaram feridos, ontem, em uma briga entre torcedores do Coritiba e do Atlético, no Água Verde. Um dos grupos era escoltado pela Guarda Municipal em um ônibus do transporte coletivo, quando o veículo pas-

sou por cerca de 200 torcedores que se dirigiam a pé para o jogo. “Eles começaram a atirar pedras e fogos de artifícios contra o ônibus”, conta o diretor da Guarda, Claudio Frederico de Carvalho.

Um dos agentes teve que levar pontos na perna e outro sofreu uma luxação na mão. “Eles usaram de munição de balas de borracha para dispersar os grupos”, diz. Outras doze viaturas foram acionadas para aten-

der a ocorrência, mas ninguém foi preso. Terminal No Terminal do Santa Cândida, a Guarda Municipal dispersou um começo de briga pela manhã. Não houve feridos. METRO CURITIBA

LONDRINA

Jogando em casa, o Operário venceu ontem o Londrina por 2x1, no estádio Germano Kruger. Apesar de ter pior campanha que o rival, o resultado deixou o Fantasma com a vantagem do empate no próximo jogo, que será no Estádio do Café, em Londrina, no domingo. Um gol relâmpago de Rone Dias, aos 30 segundos de jogo, deixou o Fantasma com boa vantagem durante a partida. O time se beneficiou ainda do destempero do Tubarão, que estava muito nervoso e acabou tendo o atacante Alexandre Oliveira expulso ainda no primeiro tempo. O jogador agrediu um gandula, que supostamente atrasou o retorno da bola a campo. No segundo tempo, o Londrina conseguiu empatar com um gol de Wéverton aos 14’. Com um jogador a menos, no entanto, o time era dominado pelo Operário. Aos 29’, Paulo Sérgio recebeu de frente para o gol e decretou a vitória do Fantasma. METRO CURITIBA

Go Skate Day. Prefeitura vai apoiar evento A Prefeitura de Curitiba anunciou que vai apoiar a 5ª edição do Go Skate Day, que será realizado no dia 23 de junho. O pedido foi feito pela organização do evento, que é realizado em comemoração ao Dia Mundial e Municipal do Skate. O Go Skate Day é uma passeata que tem concentração na Praça Afonso Botelho e destino final a Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico. O evento contará com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer, além da Guarda Municipal, Secretaria Municipal da Saúde e Fundação Cultural. METRO CURITIBA

20 mil

pessoas devem participar da passeata deste ano, segundo a expectativa dos organizadores.

20130506_br_metro curitiba