Page 1

TOM JOBIM EM LETRAS E RITMOS Gibi da Mônica repaginado

LIVRO CELEBRA AS COMPOSIÇÕES QUE PROJETARAM A MÚSICA BRASILEIRA MUNDO AFORA PÁG. 08

Mineiros criam novos traços para os personagens PÁG. 11

BELO HORIZONTE Segunda-feira, 29 de abril de 2013 Edição nº 387, ano 2 MÍN: 13°C MÁX: 26°C

www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh

Centro e Sul podem perder delegacias de plantão Polícia Civil. Projeto em vias de ser colocado em prática prevê o encerramento das atividades noturnas nas duas seccionais e a transferência da demanda para a regional leste, que concentrará ainda todas as ocorrências da cidade nos feriados e fins de semana PÁG. 03

Mensaleiros tentam reduzir penas com últimos recursos

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

VANTAGEM AMPLIADA Cruzeiro atropela o Villa Nova e praticamente se garante na final PÁG. 16 Diego Souza (camisa 10) marcou dois gols na vitória por 4 a 0 sobre o Leão | SAMUEL COSTA/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

Processo chega à fase dos embargos. Em seguida, serão expedidos os mandados de prisão PÁG. 04

‘Os Donos da Bola’ estreia hoje na Band Nova atração mistura jornalismo esportivo e entretenimento, com muita descontração PÁG. 16

‘Nova mulher’ paga mais por seguro de automóvel Mudança no perfil feminino faz com que custo da proteção fique igual ao dos homens, principalmente para jovens de até 25 anos. Segundo as seguradoras, elas estão trabalhando, estudando e saindo mais à noite. E consumindo mais álcool PÁG. 06


|02|

1 FOCO

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Capital tem seis pontos de ‘desova’ de animais Direitos. Abandono de bichos será o tema do primeiro encontro da comissão especial criada na Câmara Municipal Ativistas que atuam na defesa dos direitos dos animais estão ansiosos com a audiência pública que marca hoje, às 19h, o início das atividades da Comissão Especial de Estudos Sobre Políticas de Proteção e Defesa dos Animais, na Câmara Municipal. Para o Movimento Mineiro pelos Direitos Animais, uma das prioridades do encontro será discutir a situação dos cerca de 10 mil cavalos utilizados atualmente por carroceiros na capital. “Há um despreparo por parte significativa dos carroceiros. Vamos pedir ao poder público que assuma a responsabilidade de proporcionar uma alternativa de trabalho para que esses cidadãos possam se sustentar sem explorar os animais”, defende Adriana Araújo, integrante do movimento. Vereadores e ativistas discutirão ainda o comércio de

10 mil cavalos são utilizados por carroceiros em BH, segundo o Movimento Mineiro pelos Direitos Animais. animais em estabelecimentos que vendem alimentos, além da oferta gratuita de vacinas contra a leishmaniose e o abandono de animais. “Temos hoje seis pontos de desova de animais na capital”, alerta Adriana. O presidente da comissão, Sérgio Fernando Tavares (PV), avalia que a capital já alcançou importantes avanços na defesa da causa, como a proibição do emprego de animais em espetáculos públicos e circenses. GUSTAVO CUNHA METRO BELO HORIZONTE

José Elias Murad

Cidade Jardim é reconhecido como patrimônio da cidade

Legado social O corpo do ex-deputado federal e ex-vereador de Belo Horizonte José Elias Murad foi enterrado ontem na capital. Ele morreu no sábado, aos 89 anos, em decorrência de uma pneumonia. Há dois anos, Murad vinha sofrendo de uma doença pulmonar. O político deixa um legado por sua atuação na formulação de políticas públicas antidrogas.

Cotações Dólar - 0,14% (R$ 1,99) Bovespa - 1,28% (54.252 pts) Euro - 0,44% (R$ 2,60) Selic (7,50%)

Salário mínimo (R$ 678)

Ativistas protestam contra venda de animais no Mercado Central | ALISSON GONTIJO/O TEMPO/FOLHAPRESS

Criado nas décadas de 1940 e 1950, o bairro Cidade Jardim, na região Centro-Sul da capital, foi reconhecido como patrimônio da cidade e terá mais de 100 imóveis e bens tombados pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural. A arquitetura modernista das edificações, implantadas pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek, foi uma das justificativas para os tombamentos. O perímetro do bairro está protegido desde 2008 como Área de Diretrizes Especiais,

Inseticida pode salvar ficus Um inseticida orgânico pode ser a salvação dos ficus ameaçados pela praga da mosca-branca. O produto já foi testado pela Prefeitura de BH e teve alta eficiência, mas, para ser aplicado, ainda precisar ser liberado pela Anvisa | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

104 edificações e bens culturais, além de uma árvore da espécie ficus italiano, serão protegidos.

Fachada do colégio Loyola, na Contorno, é um dos bens tombados | LOYOLA/DIVULGAÇÃO

com a proibição da construção de prédios acima de três andares e de instalações comerciais na maioria das ruas. Segundo publicação no Diário Oficial do Município, qualquer intervenção nas

áreas interna ou externa dos imóveis deverá ser submetida à análise do Conselho. A Fundação Municipal de Cultura não soube informar a data efetiva dos tombamentos. METRO BH


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

BH terá só uma delegacia de plantão nos fins de semana Polêmica. Polícia Civil planeja encerrar atividades noturnas nas regionais Centro e Sul e transferir toda a demanda para a seccional Leste Um projeto em vias de ser colocado em prática pela Superintendência da Polícia Civil de Minas Gerais prevê a concentração, em apenas uma delegacia regional, de todas as ocorrências criminais registradas em Belo Horizonte durante os fins de semana e os feriados. A proposta preocupa os servidores da corporação, que denunciam o risco de sobrecarga nos atendimentos e lentidão no andamento das investigações. Conforme o projeto, as atividades noturnas realizadas de segunda a sexta-feira nas delegacias Centro e Sul seriam encerradas e passariam a ser acumuladas pela seccional Leste. Já aos sábados, domingos e feriados, a unidade receberia também as demandas das regionais Barreiro, Venda Nova e Noroeste, tornando-se a única opção disponível. “Se a Polícia Militar prender um suspeito na divisa com Nova Lima, por exemplo, vai ter que deslocar o autor e as testemunhas para encerrar a ocorrência lá no bairro Floresta. Com isso, a região dessa viatura vai ficar sem cobertura durante esse intervalo, que Acidente

vai ser maior devido à falta de estrutura para se fazer tudo em um lugar só”, prevê um inspetor que pediu para não ser identificado. Segundo um investigador que também pediu anonimato, a previsão informada pela chefia é que a nova rotina seria implantada já em maio. “Isso é líquido e certo. O pessoal já começou a ser remanejado”, garantiu. Por meio de sua assessoria, a Polícia Civil confirmou o projeto, mas o classificou como um “estudo experimental” e alegou que a mudança está em fase de planejamento. O objetivo seria “otimizar o atendimento à população” por meio da criação de uma central de plantões. “Ainda não sabemos se será algo ruim. Vai mudar a rotina de trabalho, mas é algo que precisa ser testado antes dessa avaliação. Se der errado, com certeza vamos fazer esse debate”, afirmou Adilson Bispo, diretor do sindicato dos policiais civis.

“Serão dois delegados e quatro escrivães para cobrir metade de BH no plantão, e a cidade toda no fim de semana. A população vai sofrer. As polícias não têm estrutura para isso.” INSPETOR QUE PEDIU ANONIMATO

“Em relação a escalas e horários, temos recebido muitas reclamações, devido ao risco de sobrecarga. Já sobre a parte operacional, a gente só vai saber depois que for testado.” ADILSON BISPO, DIRETOR DO SINDIPOL-MG

6

COM TV BAND MINAS

CRISTIANO MARTINS METRO BELO HORIZONTE

Demandas serão encaminhadas à 4ª Delegacia Regional de Policia Civil, na região leste

| OMAR FREIRE/IMPRENSA MG

é o número de delegacias regionais da Polícia Civil em Belo Horizonte: as seccionais Centro, Barreiro, Venda Nova, Leste, Sul e Noroeste.

Na Lagoinha

Viatura da PM bate em van e cinco morrem

Jovens picham praça que sequer foi inaugurada

Uma batida envolvendo uma viatura da Polícia Militar e uma van deixou cinco mortos e 16 feridos na madrugada de ontem na MG-329, em Ponte Nova, na Zona da Mata. A viatura com dois militares seguia para a cidade levando um acusado de furto. A vítima e uma testemunha também estavam no carro. O motorista teria perdido a direção do veículo e batido de frente na van. Todos os cinco ocupantes da viatura morreram no local. O motorista da van e 15 passageiros, que voltavam de um show evangélico, foram socorridos com ferimentos, alguns deles graves. METRO BH

A Polícia Militar prendeu ontem quatro jovens acusados de pichar uma praça que ainda nem foi inaugurada, perto do Complexo da Lagoinha, na capital. Com eles, foram encontradas 30 latas de spray. METRO BH Após proposta

Guarda Municipal encerra greve Com a promessa de análise das reivindicações, a Guarda Municipal de BH encerrou neste fim de semana a greve que, desde a última quarta-feira, vinha causando transtornos na cidade. METRO BH

Defesa de Bola quer anular júri A defesa do ex-policial Marcos Aparecidos do Santos, o Bola, recorrerá da sentença que o condenou a 22 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes. O advogado Ércio Quaresma anunciou que pedirá a anulação do julgamento. A sentença foi lida pela juíza Marixa Fabiane no fim da noite de sábado, no Fórum de Contagem. Bola foi condenado a 19 anos em regime fechado pela morte de Eliza e a mais 3 anos em regime aberto pela ocultação do cadáver. O réu nega participação nos crimes. A condenação foi comemorada pelo promotor Henry Wagner. “Estou satisfeito, mais uma vez, com sentimento de dever cumprido, no limite das energias”, disse, após seis dias de

22 anos foi a pena ao ex-policial, por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver. julgamento. A localização do corpo de Eliza e a forma como ela foi morta ainda são mistérios no caso. O ex-policial foi o quarto condenado pela morte de Eliza. Em março, o goleiro Bruno, apontado como mandante do crime, foi sentenciado a 22 anos e três meses. Luiz Henrique Romão, o Macarrão, condenado por participação na trama, pegou 15 anos de cadeia. Fernanda Castro, ex-amante de Bruno, foi sentenciada a cinco anos em regime aberto, por sequestro e cárcere privado de Eliza e o filho dela. METRO BH/BAND NEWS FM

Ex-policial chorou ao ouvir a sentença | RENATA CALDEIRA/TJMG


|04|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Supremo recebe recursos de mensaleiros até quinta Julgamento. Advogados tentam reverter sentenças argumentando inconsistência de provas e erro no tamanho das penas impostas Os 25 condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no processo do mensalão tem até a próxima quinta-feira para tentar amenizar as condenações que foram impostas pelos ministros do supremo. Com a publicação do acórdão na última segunda-feira, começou a correr o prazo para a última oportunidade de defesa. A argumentação contra as sentenças se centrará em duas questões: a ausência de provas contra os acusados e o tamanho das penas impostas, a chamada dosimetria. Apesar dos quase cinco meses de julgamento, vários advogados de defesa ainda insistem que falta clareza na espinha dorsal da denúncia que trata do esquema de compra de apoio parlamentar. Para eles, ainda não está provado que o mensalão existiu. Outro argumento será sobre a aplicação da chamada continuidade delitiva. Uma interpretação da lei penal sustenta que o réu que comete o mesmo cri-

“As leis penais brasileiras são liberais. São penas aplicadas com motivação. Foram justificadas, porém foram rigorosas e deverão ser questionadas.” CARLOS VELOSO, EX- MINISTRO DO STF

me na sequência só poderá ser punido pela pena maior imposta, jamais pela soma de condutas criminosas, como fez o STF. Outra queixa comum será a omissão de 1,3 mil trechos no acórdão que trouxe, em 8.045 páginas, o resultado do julgamento. “Votos tão grande e prolixos, neste momento, são favoráveis para a defesa encontrar contradições”, avaliou o professor de direito da FGV (Fundação Getúlio Vargas) Pedro Abramovay. Os embargos (recursos) apresentados pelos advoga-

A ESTRATÉGIA DA DEFESA DOS CONDENADOS

25 é o número de condenados pelo STF no julgamento do mensalão. Penas serão cumpridas no regime semiaberto. dos poderão ser de declaração, cujo objetivo é contestar eventuais dúvidas, correções ou pontos que ficaram sem clareza, ou infringentes, que podem garantir o direito a um novo julgamento a 12 dos acusados. Essa será a antepenúltima fase da ação penal. Em seguida, os recursos serão julgados um a um pelo plenário do STF, antes da expedição dos mandados de prisão. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, antecipou que pedirá, após o fim do julgamento do recursos não aceitos, o início imediato do cumprimento das penas. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

PENA JOSÉ DIRCEU

Formação de quadrilha e corrupção ativa Ausência de provas da existência do esquema de compra de apoio político

JOÃO PAULO CUNHA

TESE DA DEFESA

JOSÉ GENOINO

10 anos e 10 meses

DELÚBIO SOARES

6 anos e 11 meses

8 anos e 11 meses

Formação de quadrilha e corrupção ativa

Formação de quadrilha e corrupção ativa

Ausência de provas da existência do esquema de compra de apoio político

A distribuição de recursos foi feita como “caixa dois” e deveria ser tratado como crime eleitoral

MARCOS VALÉRIO

PEDRO HENRY

40 anos, 2 meses e 10 dias

9 anos e 4 meses

7 anos e 2 meses

Corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato

Formação de quadrilha, corrupção ativa, peculato e lavagem de dinheiro

Corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Os contratos de publicidade com a SMP&B foram legítimos, mas desconsiderados como prova

Falta de prova sobre a existência de quadrilha e ilegalidade na aplicação do crime de corrupção

Denúncia se baseou apenas no papel dele como líder do partido, já que não era responsável pelas finanças

ROBERTO JEFFERSON

BISPO RODRIGUES

7 anos e 14 dias

VALDEMAR C. NETO

6 anos e 3 meses

7 anos e 10 meses

Corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Desconsideração da figura do delator e ilegalidade na relatoria do ministro Joaquim Barbosa

O dinheiro repassado serviu para pagar dívidas de campanha e a denúncia não abrange crime eleitoral

A movimentação de recursos foi feita como parte de um acordo eleitoral com o PT

Lei Seca. Cachoeira é detido após recusar teste Solto há cerca de cinco meses, Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi detido ontem, na BR-060, após se recusar a fazer o teste do bafômetro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ele foi abordado por uma blitz da Lei Seca em Anápolis (GO). Procurado pelo Metro, o advogado de Cachoeira, Nabor Bulhões, disse que ainda não tinha sido avisado do ocorrido por seu cliente. Cachoeira retornava de um show quando foi abordado durante a madrugada. Ao recusar o bafômetro, foi levado a uma delegacia. Para ser liberado, precisou pagar uma fiança de R$ 22 mil. Cachoeira passou nove meses detido e cumpre pena em regime semiaberto. METRO

CRIMES

Educação. Aluno cotista tem rendimento inferior

Neonazistas detidos por bater em nordestino Os neonazistas presos na manhã de sábado acusados de agredir o nordestino Cirley Santos, 33 anos, no Centro de Niterói (RJ), vão responder por racismo, corrupção de menor, porte de arma branca, injúria por preconceito e formação de quadrilha. Todos os crimes são inafiançáveis. Segundo a Polícia Militar do Rio, três deles já possuem antecedentes criminais em São Paulo e Minas Gerais. | IVALDO ANASTÁCIO/FUTURA PRESS

Universitários beneficiados por programas de cotas têm apresentado desempenho acadêmico inferior na comparação com os demais estudantes, segundo pesquisa recente. O levantamento aponta que a diferença de notas vai até o fim dos cursos e costuma ser maior em carreiras de ciências exatas. Alunos de graduação que ingressaram em instituições públicas federais por meio de ações afirmativas tiraram, em média, nota 9,3% menor que a dos demais em conhecimentos específicos do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), que avalia cursos superiores. No caso das estaduais, cotistas tiveram nota, em média, 10% menor. Segundo a “Folha de S.Paulo”, os dados são parte de um estudo dos pesquisadores Fábio Walten-

berg e Márcia de Carvalho, da Universidade Federal Fluminense, com base no Enade de 2008. Segundo Waltenberg, com a ampliação de cotas nas instituições federais, que terão um acréscimo de 50%, é provável que essa diferença entre as notas se amplie. Os pesquisadores analisaram o desempenho de 167.704 alunos que estavam concluindo a graduação em 13 cursos avaliados no Enade daquele ano. Outra pesquisa, feita pelo economista Alvaro Mendes Junior, da Universidade Cândido Mendes, revela que o nível de evasão entre os cotistas é menor do que os demais estudantes. Ele acompanhou o progresso de alunos que entraram na Universidade do Estado do Rio de Janeiro no ano de 2005, em 43 cursos da instituição. METRO


|06|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BCAETANO@SEBRAESP.COM.BR

CONECTE SEU NEGÓCIO COM AS GERAÇÕES Y E Z Com os Ys e Zs tudo gira em torno da internet. Estão on-line permanentemente, costumam fazer várias atividades ao mesmo tempo como interagir nas redes sociais, ver TV e estudar. Mas o fato de a empresa estar na web não basta para sensibilizá-los. A plataforma digital precisa estar adaptada a smartphones e tablets, pois esse público exige mobilidade. Os integrantes dessas gerações pedem rapidez e respostas instantâneas. Para eles, o e-mail está ultrapassado e não satisfaz seu imediatismo. Portanto busque outros canais de comunicação. Mas a coisa não para aí: a versão virtual do negócio deve ser calcada nas imagens. Esses potenciais clientes privilegiam o aspecto visual e não o texto. Apesar de acompanharem os mais variados assuntos, a leitura não é aprofundada e o foco muda facilmente. Seja ágil se quiser entrar no radar deles e prime pela eficiência, porque trata-se de um público infiel a marcas. A empresa também não pode descuidar da transparência e da integridade. Os Ys e Zs são movidos pelo efeito de rede, ou seja, a opinião é formada com base no grupo, que por sua vez tem raízes nas comunidades virtuais. A recomendação é mais forte do que a propaganda. Um deslize e a crítica se espalha em alta velocidade. Eles querem participar da construção dos produtos, buscam itens personalizados, que ao mesmo tempo os insiram na coletividade e os diferenciem entre seus semelhantes. A empresa que souber explorar tal ponto vai sobressair. Permita a esses consumidores testarem o que você vende. Eles já fazem isso na web com aplicativos, programas etc. e exigem que essa condição se estenda ao mundo físico. Por fim, se a geração Y tem pleno poder de decisão na compra, a Z, que reúne adolescentes e crianças, exerce forte influência no consumo bancado pelos pais. Não se esqueça deles, pois serão os líderes de amanhã.

Mulher já paga o mesmo que homem por seguro de carro Pesquisa. Diferença entre valores para jovens de até 25 anos é nula em algumas seguradoras. Maior consumo de álcool entre as mulheres está entre os motivos para equiparação de preços Mudanças de comportamento estão reduzindo a diferença entre o valor do seguro de carro pago por mulheres e homens. Segundo um levantamento feito pela corretora online Minuto Seguros, entre o janeiro e abril, o valor médio cobrado de mulheres até 25 anos subiu 30%, enquanto os preços se mantiveram estáveis. Com isso, o desconto, em média de 20% para o público feminino, já é quase nulo em algumas seguradoras. De acordo com o sócio-diretor do site, Mar-

MULHERES X HOMENS Preços de seguros (em R$)

CARRO POPULAR HOMENS

Seguradora 1

ÃO PAULO

Seguradora 2

3.558,75 3.359,22

PREÇO MÉDIO EM JANEIRO Seguradora 1

RIO DE JANEIRO

Seguradora 2 Seguradora 1

BELO HORIZONTE

BRASÍLIA

2.584,70 2.421,70

PREÇO MÉDIO EM JANEIRO Seguradora 2

2.393,30 2.373,04

PREÇO MÉDIO EM JANEIRO Seguradora 1

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

celo Blay, fatores como o aumento do consumo de álcool entre as jovens e a maior inserção no mercado de trabalho estão mudando o comportamento das mulheres no volante. “Elas estão comprando mais carros, saindo mais à noite e bebendo mais. Também estão trabalhando e estudando à noite, quando estacionam o carro perto da faculdade. E isso eleva o índice de roubos e furtos”, argumenta o executivo. Na maior parte dos casos, a diferença ainda é grande.

Seguradora 2

2.409,49 2.249,41

PREÇO MÉDIO EM JANEIRO

VOLKSWAGEN GOL 1.0 TOTAL FLEX 8V 4P G5 (2012/2012)

MULHERES DIFERENÇA

30% foi o aumento registrado no valor de seguros de carros para mulheres de até 25 anos entre janeiro e abril deste ano. Mas ao comparar o preços cobrados por duas seguradoras que representam 20% do mercado, o levantamento mostra uma diferença de apenas R$ 3,96, em São Paulo, por exemplo, entre o valor cobrado de mulheres e P E R F I

homens até 25 anos, para um Gol 1.0. No Rio, Brasília e Belo Horizonte, é possível encontrar seguros de carros para jovens com o mesmo perfil com diferenças de R$ 6,30, R$ 12,32 e R$ 14,26, respectivamente, no caso de um hatch pequeno como o Hyundai HB 20. Segundo o executivo, as mulheres acima de 25 anos continuam encontrando descontos de 20% no seguro do carros. “As mulheres mais velhas costumam ter ser mais cuidadosas com o carro”, diz Blay. METRO

A S C U L IN   E M IN IN O

Solteiro(a), 25 anos, sem filhos, residente em casa com portão automático, garagem no trabalho e na faculdade, utilização para ida e volta do trabalho e da faculdade, assistência básica 24 horas, danos materiais e corporais de R$ 50 mil, cobertura completa de danos e vidros

HATCH PEQUENO HOMENS

HYUNDAI HB20 1.6 16V FLEX MANUAL 5P (2012/2013)

MULHERES DIFERENÇA

SUV

RENAULT DUSTER DYNAMIQUE 2.0 16V 4X4 FLEX MANUAL 5P (2012/2012)

HOMENS

MULHERES DIFERENÇA

3.554,79 3.363,44 2.269,77

3,96 -4,22 1.288,98

2.148,93 2.068,59

2.114,82 2.053,02 1.872,59

34,11 15,57 196,00

3.407,31 3.326,78

3.265,60 3.198,52 2.655,52

141,71 128,26 671,26

2.413,75 2.271,77 1.849,25

170,95 149,93 493,51

2.125,58 2.002,77

2.119,28 2.008,24 1.874,73

6,30 -5,47 189,30

3.412,79 3.259,91

3.386,93 3.246,35 2.007,17

25,86 13,56 1.309,47

2.104,84 2.103,64 1.775,46

288,46 269,40 328,78

1.968,96 1.960,45

1.954,70 1.958,75 1.795,42

14,26 1,70 161,3

2.977,59 3.027,12

2.951,47 3.010,82 2.152,45

26,12 16,30 828,70

2.177,87 2.044,55 1.800,19

231,62 204,86 311,02

2.107,11 1.949,63

2.094,79 1.954,68 1.598,91

12,32 -5,05 425,82

3.036,47 2.901,70

3.007,95 2.882,83 1.895,21

28,52 18,87 1.050,18

FONTE: MINUTO SEGUROS

Crédito. Taxa de juros recua em março, diz BC A taxa média de juros no crédito livre caiu de 26,5% ao ano em fevereiro para 26,1% ao ano em março, de acordo com dados divulgados na última sexta-feira pelo Banco Central. Para pessoa física, a taxa média recuou de 35,1% ao ano em fevereiro para 34,5% ao ano em março. Para a pessoa jurídica, a taxa média ficou praticamente estável, mas caiu de 19% ao ano para 18,8%

ao ano na mesma base de comparação. Entre as principais linhas de crédito livre para a pessoa física o destaque é o cheque especial, cuja taxa passou de 138,5% ao ano para 137,9% ao ano na mesma comparação. Para o crédito pessoal, recuou de 37,9% ao ano para 37,1% ao ano. Para veículos, os juros caíram de 20,5% ao ano para 19,7% ao ano. METRO

Prazo para declarar IR termina amanhã

Multa para quem atrasa é de, no mínimo, R$ 165,74 | GETTY IMAGES

O prazo para entregar a declaração do IR (Imposto de Renda) 2013 termina as às 23h59min59s (horário de Brasília) de amanhã. Quem ainda não acertou as contas com o Leão corre o risco de enfrentar dificuldades por causa do grande número de acessos, que pode deixar o site lento. “O contribuinte pode enviar a declaração incompleta e depois que passar o prazo de entrega, buscar com calma as documentações

que faltam para uma declaração retificadora. Mas é importante não postergar muito a entrega, senão as chances de cair na malha fina são muito grande”, recomenda o diretor executivo da Confirp Contabilidade Richard Domingos. A multa para quem entrega a declaração fora do prazo é de 1% ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do imposto devido. Segundo a Receita, até sábado, cerca de

19 milhões de declarações já tinham sido entregues, pouco mais de 73% dos 26 milhões esperados pela Receita Federal para este ano. A principal forma de envio da declaração é pela internet. Os programas estão disponíveis no site da Receita (www.receita.fazenda. gov.br). O envio pode ser feito durante o todo o dia, menos entre 1h e 5h da manhã. Nesse período, o sistema da Receita entra em manutenção. METRO


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

|07|◊◊

Tiros deixam 3 feridos em posse na Itália Roma. Autor de disparos, Luigi Preiti, queria atingir políticos, diz promotor

Luigi Preiti, de 49 anos, foi preso imediatamente |

MASSIMO PERCOSSI/REUTERS/ANSA

Uma mulher grávida e dois policiais ficaram feridos ontem em um tiroteio em frente à sede do governo da Itália enquanto Enrico Letta tomava posse como novo primeiro-ministro do país. Segundo a polícia, um homem de 49 anos atirou seis vezes contra policiais em frente ao palácio Chigi, em Roma. O homem, que foi preso logo após o incidente, foi identificado como Luigi Preiti, um desempregado com origem na Calábria, no sul do país. Sem antecedentes criminais, o homem sofreria de problemas mentais, segundo o “La Repubblica”. “Sua intenção era acertar políticos”, disse Pierfilippo Laviani à “Reuters”, promotor da justiça italiana. No momento em que Preiti rea-

lizou o ataque, Letta prestava juramento no palácio do Quirinale, sede da Presidência da República, que fica a cerca de 500 metros do lugar dos disparos. “Não foi um ato de terrorismo, mas o clima dos últimos meses, com certeza, não ajudou”, disse Gianni Alemanno, prefeito de Roma. A Itália passou dois meses sem um governo na prática, pois um impasse político não permitia a formação de uma coalizão. A escolha de um governo com membros dos três principais partidos, sob a liderança de Letta, foi a solução encontrada. O ministro do interior, Angelino Alfano, disse que “uma investigação inicial sugere que esse possa ser um caso isolado”. METRO

Obama ‘assume’ franja O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez brincadeiras no sábado, durante o jantar anual de correspondentes da Casa Branca. Acompanhado da mulher, falou dos penteados de Michelle Obama e mostrou imagens suas com as mesmas franjas. Ele também provocou os republicanos. “Sei que os republicanos ainda estão discutindo o que aconteceu em 2012, mas uma coisa com a qual eles todos concordam é que precisam trabalhar melhor para alcançar as minorias”, disse | REUTERS


|08|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

2 CULTURA

Tom já havia participado de vários LPs até que, em 1963, foi protagonista de “The Composer of Desafinado Plays”: “Ele mostrou que é possível fazer música de qualidade e ser reconhecido”, diz Wagner | DIVULGAÇÃO

Clássico cinquentão Homenagem. Livro conta histórias sobre Tom Jobim e relata como foi a composição do clássico ‘The Composer of Desafinado Plays’

Na telona

Amy Winehouse Um documentário sobre a cantora, morta em 2011, aos 27 anos, está sendo produzido pelo diretor Asif Kapadia, do premiado documentário “Senna”, que retratou a vida do piloto brasileiro. O filme trará cenas inéditas de Amy.

O primeiro disco internacional do maestro que globalizou a música brasileira comemora cinco décadas. “The Composer of Desafinado Plays” foi a obra responsável por consolidar a bossa nova no mercado norte-americano. O LP continha algumas das canções mais famosas da dupla Tom e Vinicius. O músico brasileiro já era reconhecido nos EUA: Stan Getz e Astrud Gilberto tinham gravado composições do maestro. Apesar de já ter participado da gravação de outros discos, esse foi o primeiro no qual Tom assumia o posto de protagonista. “‘Chega de Saudade’ [de João Gilberto] é o big ben da bossa nova. Mas o ‘The Composer of Desafinado Plays’ foi o responsável por começar a fincar a bandeira da música brasileira nos Estados Unidos”, explica Wagner Homem, 62, que escreveu com o maestro Luiz Roberto Oliveira o livro “Tom Jobim – Histórias das Canções”, que conta co-

Ídolo

‘Tom era importante para mim’

“‘The Composer of Desafinado Plays’ foi o responsável por fincar a bandeira do Brasil nos Estados Unidos.” WAGNER HOMEM, ESCRITOR

mo as principais músicas de Tom foram compostas. O álbum-marco contém os maiores sucessos da parceria com o poeta Vinícius de Moraes: “Água de Beber”, “Chega de Saudade”, “O Morro Não Tem Vez” e a versão em inglês de “Garota de Ipanema”, feita por Norman Gimbel. A última ficou, durante um longo período da década de 1960, em segundo lugar nas paradas norte-americanas: apenas atrás de “Yesterday”, dos Beatles.

Vinicius e Tom: sucessos da dupla em “The Composer of Desafinado Plays” | DIVULGAÇÃO

METRO RIO

“TOM JOBIM – HISTÓRIA DAS CANÇÕES” LEYA, R$ 44,90

Livro “Histórias das Canções” relembra as parceiras com Chico Buarque | DIVULGAÇÃO

Logo nas primeiras páginas do livro “Tom Jobim – História das Canções”, o escritor relembra o momento em que soube da morte do músico. “Eu sempre gostei da música do Tom, mas só fui perceber como Tom era importante para mim quando ele se foi. Até chorei”, revela Wagner Homem, que também escreveu um livro contando as histórias das músicas de Chico Buarque. Segundo o autor, a parceria com Luiz Roberto Oliveira serviu para ajudar a explicar ao leitor as nuances musicais. Luiz Roberto também conviveu com Tom. “Para mim, Tom Jobim é o maior músico brasileiro depois do maestro Villa-Lobos”, declara Wagner Homem. METRO RIO


|10|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Leminski ainda é pop Literatura. ‘Toda Poesia’, com a obra completa do escritor curitibano, alcança ótimas vendagens, surpreendendo até a editora que o lançou

Na internet

Vídeo com leitura faz sucesso O fenômeno Paulo Leminski pode ser observado também fora das livrarias. Na internet, um vídeo promocional de “Toda Poesia”, produzido pela Companhia das Letras, traz a voz do músico Arnaldo Antunes lendo versos do escritor. O filme foi visto por mais de 34 mil pessoas entre o fim de fevereiro e o início de abril, quando a média mensal de visualizações de filmes do tipo beira 600. O vídeo pode ser conferido no link goo.gl/UJ2C1. METRO

O mercado editorial brasileiro tem observado um fenômeno inusitado nas últimas semanas. “Toda Poesia” (424 págs., R$ 46), edição que reúne as obras completas do escritor Paulo Leminski (1944-1989), tem ocupado ótimas posições no ranking dos livros mais vendidos no país. Em um mês, mais de 16 mil cópias foram comercializadas. Levando em conta que se trata de um livro de poesias já previamente publicadas e escritas por um autor morto há mais de 20 anos, os números impressionam. A própria editora do livro, a Companhia das Letras, se diz surpresa com a performance mercadológica do lançamento. “Já imaginávamos que o livro fosse vender mais que de costume entre os lançamentos de poesia, por isso saímos com uma tiragem inicial mais substanciosa –

16 mil exemplares do livro “Toda Poesia” já foram vendidos no território nacional em apenas um mês. o dobro dos demais livros de poesia. Mas, mesmo assim, não há como não se surpreender com tamanha popularidade”, diz Sofia Mariutti, editora do volume. “Especialmente hoje em dia, diante do sucesso dos romances eróticos”, acrescenta. Ela se refere a obras como “50 Tons de Cinza”, fenômeno editorial habitué das primeiras posições nas listas de ficções mais vendidas, mas que, em meados de março, foi superado pelo título de Leminski, que chegou a liderar o ranking (atualmente, o livro está em quinto lugar).

“Começamos com 5 mil e, na próxima semana, chegaremos a 36 mil exemplares impressos. Partimos para a sexta reimpressão”, diz. Segundo a editora, vários fatores colaboram para o sucesso do livro. “Em primeiro lugar, há a grandeza da poesia do Leminski. E também o carisma do autor, que soube muito bem transar sua criatividade com o universo pop, conquistando milhares de fãs”, afirma Mariutti. O fato de a edição recuperar livros há muito tempo esgotados e fora de catálogo, como “Caprichos & Relaxos” (1983), também contribuiu. “E acho que a capa feita pela Elisa V. Randow é muito acertada, conquista de cara o leitor”, completa a editora. Além dos poemas de Leminski, “Toda Poesia” traz alguns textos analíticos da obra do curitibano. Um deles, de

Paulo Leminski e seu icônico “bigodão” | PAULO RICARDO/DIVULGAÇÃO

1983, foi escrito pela professora da USP especializada em literatura Leyla Perrone-Moisés, que crê na continuidade da modernidade da obra dele. “Seus melhores poemas conservam todo o frescor, como se acabassem de ser escritos. É uma obra brasileira sem ser nacionalista,

é moderna sem ser modinha”, diz Leyla. “O tempo é o único juiz do valor das obras literárias; a de Leminski resiste ao tempo por ele ser um grande poeta. E a gente volta a crer na inteligência dos leitores por reconhecerem isso.” METRO


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Turminha de cara nova Quadrinhos. Mineiros criam releitura dos personagens clássicos da Turma da Mônica com novos traços e personalidades. Gibi integra série especial e chega às bancas em junho “A essência dos personagens está toda ali, e qualquer leitor notará isso. A ideia é justamente mostrar o quanto esse escopo pode ser ampliado.” SIDNEY GUSMAN, DA MAURICIO DE SOUSA PRODUÇÕES

Fãs da turma da Mônica desde pequenos, os irmãos Luciana Cafaggi e Vitor Cafaggi sabem muito bem do desafio que está, literalmente, diante de suas mãos. A missão: desenhar uma nova versão para as clássicas aventuras criadas por Mauricio de Sousa. O resultado dessa empreitada chega às bancas em junho. “É a Turma da Mônica de sempre, mas com nossa cara. E não só na parte visual, mas também pudemos mos-

trar outras características que sempre enxergamos neles”, explica Luciana. A saga começou há dois anos, quando a Mauricio de Sousa Produções anunciou os selecionados para retratar personagens como Mônica, Cascão, Cebolinha, Magali, Chico Bento e o Astronauta em graphic novels. “Nosso cuidado principal foi em criar uma história que mantivesse todo o espírito original da Turma, para

que esses leitores continuassem identificando os personagens que eles sempre conheceram e com quem aprenderam tanto durante toda uma vida”, completa o irmão Vitor. Na trama “Laços”, publicada pela Panini Comics, os amigos se juntam para desvendar o mistério envolvendo o sumiço do cachorro Floquinho. A primeira graphic novel do projeto foi lançada em outubro do ano passado pelas mãos de Danilo

Beyruth, que trouxe uma releitura ousada do personagem Astronauta. Mais dois gibis sairão do forno até novembro como parte do selo “Graphic MSP”. “Os autores conhecem bem os personagens e fazem essas releituras sem perder sua essência”, diz o diretor de planejamento editorial da Mauricio de Sousa Produções, Sidney Gusman. A experiência deu tão certo que, no fim do ano, a MSP anunciará uma segunda edição do projeto durante o Festival Internacional de Quadrinhos, em Belo Horizonte.

Da esquerda para a direita: Magali, Mônica, Cebolinha e Cascão

DIVULGAÇÃO

“LAÇOS” LU CAFAGGI E VITOR CAFAGGI PANINI COMICS R$ 29,90

GUSTAVO CUNHA METRO BELO HORIZONTE

Ansiedade

Aprovado pelo ‘pai’ da Turma Os irmãos Cafaggi admitem que, vez ou outra, surgia aquela dúvida: será que o “pai” da Mônica aprovará a revistinha? “Sentimos ansiedade para saber o que o Mauricio ia achar, mas não sentimos medo de estar errando a mão”, conta Vitor. Todos os passos da aventura foram supervisionados pelo diretor de planejamen-

Os traços mudam, mas a essência se mantém

to editorial Sidney Gusman. E será que o resultado foi aprovado pelo criador da Turma da Mônica? “O Mauricio adora essas versões. Imagino que, para ele, é mágico ver o que seus personagens inspiram em outros autores. Se depender do Mauricio, o intervalo entre uma graphic novel e outra será bem menor”, diz Gusman. O lançamento ocorre em meio às comemorações dos 50 anos da personagem Mônica. GC

DIVULGAÇÃO

Inclusão de idosos pode travar meia-entrada O direito à meia-entrada em eventos esportivos e espetáculos culturais deverá ser garantido para 40% dos ingressos da bilheteria. A criação da cota foi aprovada na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados. A proposta deveria ir a votação no Senado, mas um grupo de parlamentares quer levar a discussão para o plenário da Câmara – o que deve atrasar a entrada em vigor da lei. A polêmica está na restrição do benefício para idosos. Os deputados Espiridião Amim (PP-SC) e Hugo Leal (PSC-RJ) são contra a inclusão de maiores de 65 anos dentro da cota. “Estamos reduzindo em 60% a possibilidade de o idoso exercer um direito que ele tem”, justificou Amin, lembrando que Secretaria de Direitos Hu-

“Se excluirmos os idosos, cai por terra o entendimento entre a classe artística e os estudantes.” EDUARDO AZEREDO (PSDB-MG)

Segundo lei, só 40% dos ingressos serão vendidos como meia | SEAN GALLUP/DIVULGAÇÃO

manos foi contra a medida por considerá-la restritiva. “Se excluirmos os idosos, cai por terra o enten-

dimento entre a classe artística e os estudantes”, protestou o deputado Eduardo Azeredo (PSDB-

-MG), autor da proposta. Para manter o acesso ao benefício, os estudantes terão que retirar uma Carteira de Identificação Estudantil, que deverá ter um modelo único. O documento só poderá ser emitido pela UNE (União Nacional de Estudantes), ANPG (Associação Nacional de Pós-Graduandos) e Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas). Fraudes na emissão gerarão a perda imediato do direito à nova carteirinha. METRO BRASÍLIA

TIRE SUAS DÚVIDAS Qm terá direito à meia-entrada? Estudantes (munidos de uma carteirinha específica, a ser criada), deficientes, idosos e jovens de baixa renda até 29 anos (que deverão pedir inclusão em cadastro do governo federal)

1

Do total de ingressos disponíveis para um evento, qual o percentual que poderá ser vendido pela metade do preço? No máximo, 40% do total de ingressos

2

3

O que falta para a lei entrar em vigor? O projeto foi aprovado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara e será, em breve, levada para votação no Senado

Na Copa de 2014, haverá limite para meias-entradas? A regra não valerá para a Copa das Confederações, a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016

4

5

A adoção das novas regras poderá afetar o preço dos ingressos em geral? Os autores do projeto acreditam que os valores em geral poderão ser reduzidos em até 35% (hoje são mais caros do que deveriam, pois já levam em conta que uma parte expressiva será vendida pela metade do preço)

As meias-entradas para idosos também estarão embutidas na cota dos 40%? A questão causou polêmica na CCJ e ainda não está definida

6


|12|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Ecoinovação

Leitor fala

Aumento de radares em rodovias

ANDRÉ J. A. GABRIEL

O QUE É BIOMIMÉTICA? A biomimética é a ciência que pesquisa as soluções inteligentes presentes na natureza. O objetivo é usar a natureza como fonte inspiradora e não como fonte de matérias-primas. Da inspiração surgem tecnologias para o desenvolvimento de produtos com design e serviços inovadores e eficientes. A biomimética é apontada com uma das áreas da ciência que mais cresce. E ela já está no nosso dia-a-dia há algum tempo. Em 1948, por exemplo, o engenheiro suíço George de Mestral observou a estratégia do carrapicho arrancado de suas calças depois de uma caminhada e descobriu que seus espinhos formavam minúsculos ganchos. Foi assim que inventou o velcro, usado na primeira cirurgia cardíaca artificial e em vestimentas para viagens ao espaço. A folha de lótus possui a superfície naturalmente limpa, embora viva em lodaçais. Isso ocorre devido a nanoestruturas cristalinas que conferem um formato esférico às gotículas de água que entram em contato com elas, proporcionando uma rolagem mais fácil e o transporte da sujeira. A partir desta observação, chamada “efeito lótus”, foram criadas tintas e tecidos autolimpantes e à prova d’água. A observação de animais também são o ponto de partida para grandes descobertas, como o vôo do pássaro, que inspirou o avião; o movimento dos golfinhos e baleias, que influenciou o design de peças para moinhos mais eficiente; o radar, que reproduziu o sistema pelo qual os morcegos detectam obstáculos; e até mesmo os carros, que melhoraram sua aerodinâmica imitando a forma dos peixes. O número de produtos inspirados na natureza dobra a cada ano e é a partir desse olhar que poderemos encontrar soluções para questões globais como fome, uso da água, demandas de energia e efeito estufa.

Cruzadas

Nada contra radares em rodovias, mas vejo que a redução da velocidade ao longo do trecho fiscalizado vai aumentar, ainda mais, o engarrafamento nas estradas. Antigamente, eu gastava, entre João Monlevade e Belo Horizonte, um tempo máximo de duas horas, sem correria. Agora, o tempo de viagem costuma chegar a cinco horas dependendo da época. A redução de velocidade também faz com que o gasto com gasolina aumente. Eu tenho um automóvel 2.0 automático e já observei que o consumo médio do carro cai para menos de 7 km por litro depois de Caeté, vindo para Belo Horizonte. ANTONIO MARCIO SILVA DE SOUZA – BELO HORIZONTE

Desviando dos radares Ao passar pela BR-381/262, de BH até João Monlevade, constatei que alguns veículos leves vão para a contramão para não precisarem reduzir a velocidade nos locais onde há radares. Assim, os equipamentos não atuam, pois o veículo passa no sentido contrário que será fotografado. Um absurdo! Vocês sabiam disso? HELSON ROCHA RASLAN – IBIRITÉ

Metro Pergunta

Câmara e STF protagonizam uma disputa de poder. Siga o Metro no Twitter: O Legislativo deve interferir nas questões @jornal_metroBH do Judiciário? Sudoku

@KevinRTW

Não mesmo. Acho um absurdo o que a Câmara está fazendo. Atitude digna de ditadura. @Charlie.m

Não acho que o Legislativo deva ter esse poder de interferência. Espero que isso não aconteça. @br_pedroo

Não, acho que cada um já tem seu espaço de atuação e não deveriam interferir.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br

André J. A. Gabriel é coordenador do curso de Engenharia Ambiental da Universidade Metodista de São Paulo. É engenheiro químico (UFRRJ), especialista em psicologia junguiana (IJEP), mestre em química orgânica (UFRRJ) e doutor em ciências (USP).

Horóscopo

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Procure aprimorar os seus conhecimentos, estude os acontecimentos e deixe para agir quando tiver mais certeza do que você está fazendo. Não seja afoito.

Procure ser mais diplomático com as pessoas para não dar motivos a elas para sabotarem os seus objetivos. Seja mais discreto e não crie novas inimizades.

Não há realizações sem sacrifícios e muita dedicação. Procure se empenhar mais para que você possa atingir os seus objetivos pessoais ou profissionais.

Evite se afastar demais das pessoas, não ache que apenas você sabe como fazer a coisa certa. Tente trocar mais ideias e aprender novidades com o seu grupo.

Evite fazer pressões que acabem desagradando as pessoas, procure por um caminho mais tranquilo para poder conseguir o que você quer sem irritar os outros.

Sua mente pode estar com muitas ideias e novas concepções que até podem ser muito positivas, mas nem todo mundo é obrigado a estar pensando igual a você.

Procure ser mais disciplinado, deixe novos interesses de lado e concentre-se mais no que você realmente precisa fazer. Foque mais nos objetivos atuais.

Existem limites até mesmo para você, algumas exigências podem ser demais para as pessoas com as quais você convive. Tente respeitar mais a opinião delas.

Muito o que realizar e pouca ajuda dos parceiros. Você sabe o que fazer e tem condições de realizar as coisas sozinho, mas pode não ser positivo se isolar.

Muita atividade mental e certas emoções contidas, algumas dificuldades podem exigir atitudes que firam os seus sentimentos. Prepare-se melhor antes de falar.

Evite os extremos, procure fazer as coisas com mais tranquilidade para que as pessoas possam compreender melhor o seu ponto de vista e também a apoiarem.

Procure adiantar os seus afazeres para ter mais tempo para cuidar de si mesmo. Tente do seu jeito mesmo, um pouco de originalidade pode lhe ser favorável.


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{SAÚDE}

|13|◊◊

+ SAÚDE

Teor alcoólico

No copo Organismo feminino é menos resistente aos efeitos do álcool do que o masculino | IMAGE SOURCE/LAURA DOSS/ FOLHA PRESS

Álcool afeta a beleza Efeitos no organismo. Consumo de bebidas alcoólicas pode provocar o envelhecimento precoce da pele, além de deixar as unhas fracas e aumentar a incidência de caspa, por exemplo Quem nunca exagerou um pouco no vinho, na caipirinha ou naquela margarita caprichada? O consumo de bebidas é, sem dúvida, muito prazeroso para a grande maioria das pessoas, sobretudo, quando acontece ao lado dos amigos, num happy hour após o expediente ou no churrasco de fim de semana. Os efeitos do álcool no organismo, porém, vão muito além das consequências já bem conhecidas, como o comprometimento da coordenação motora e o surgimento de doenças no fígado. O álcool etílico, o tipo mais comum contido nas bebidas, pode tirar o brilho e a beleza da pele e provocar o

“Mesmo que o consumo seja pequeno, o álcool é um agente dilatador dos vasos sanguíneos, o que provoca alterações nas células da pele, provocando uma série de consequências além do envelhecimento precoce”. SHEILA GONÇALVES, COSMETÓLOGA

surgimento de doenças nas unhas, entre outros malefícios. A cosmetóloga Sheila Gonçalves , diretora técnica da Medicatriz Dermocosméticos, alerta que a bebida alcoólica é um verdadeiro “veneno” para quem busca

prolongar a juventude e retardar o surgimento dos sinais de envelhecimento. “Mesmo que o consumo seja pequeno, o álcool é um agente dilatador dos vasos sanguíneos, o que provoca alterações nas células da pele, provocando uma série de consequências além do envelhecimento precoce, como dermatite seborreica, aumento de incidência de caspa, aumento do tamanho da glândula sebácea, resultando mais oleosidade na face, unhas fracas e com manchas brancas, vermelhidão facial, desidratação, que pode levar a descamação, principalmente nos cotovelos e joelhos”, diz a cosmetóloga. PORTAL DA BAND

Cuidado

Mulheres são as mais prejudicadas Os efeitos negativos do consumo de bebidas alcoólicas são mais intensos nas mulheres, uma vez que elas são mais suscetíveis por serem menos resistentes à substância. “O álcool se mistura com a água do corpo e, como as mulheres pos-

suem proporcionalmente menos água do que os homens, a concentração e os efeitos da bebida são maiores”, explica a cosmetóloga Sheila Gonçalves. A sugestão da especialista é que elas deixem de consumir álcool e substituam por outras bebidas. O ideal é trocar a cerveja por chás, por exemplo. É uma bebida estimulante, refrescante e praticamen-

te sem calorias, se tomada pura. Além das substâncias antioxidantes, o chá contém bioflavonóides, que podem reduzir o risco de câncer, doenças do coração e derrames. “Os chás em geral ajudam a reduzir a oleosidade da pele, além de ajudar na cicatrização e combater o envelhecimento”, observa a especialista. PORTAL DA BAND

Quem não resistir a um bom drink a dica é consumir bebidas com menos teor alcoólico, como a cerveja. Com 5% de concentração ela fica atrás dos vinhos, com 12%, e dos destilados, como o uísque, com 40% do volume alcoólico.


|14|

3 ESPORTE

Força bruta

Estrela O ator Arnold Schwarzenegger foi a estrela do Arnold Classic Brazil 2013, que ocorreu fim de semana no Rio de Janeiro. O evento contou com fisiculturistas de diversas nacionalidades.

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Máquinas da Indy já estão a caminho do Brasil No Anhembi. Cerca de 200 toneladas de equipamentos da prova paulistana começam a chegar hoje As mais de 200 toneladas de equipamentos das equipes da Fórmula Indy para a realização da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé já estão a caminho do Brasil. A carga foi enviada ao país em dois aviões 747-400F-cargo até a cidade de Campinas, no aeroporto de Viracopos. Já outros equipamentos foram transportados via marítima. Para um dos chefes de logística da equipe Andretti Autosport, Paul Harcus, o trabalho de envio dos equipamentos acaba ganhando um adicional que exige uma logística dobrada: a preparação para as 500 Milhas de Indianápolis, etapa seguinte à de São Paulo. “Temos algumas pessoas que ficarão na fábrica finalizando o trabalho para as 500 Milhas. E

Prefeito de SP Fernando Haddad visita o circuito do Anhembi | GUSTAVO EPIFANIO/FOTOARENA

elas estarão prontas quando o equipamento chegar de volta, provavelmente no dia

7 de maio”, explica. Os equipamentos e materiais da Indy chegam ao

Brasil hoje e serão transportados para o Anhembi até amanhã.

Aprovado O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, participou no último sábado de uma vistoria do circuito do Anhembi, onde será disputada a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, no dia 5 de maio. Haddad afirmou que está acompanhando os trabalhos da organização e disse que esta é uma “prova segura e um investimento importante para a cidade de São Paulo”. Ainda segundo o prefeito, “a cidade está orgulhosa em promover um evento deste porte”. Durante a vistoria, Haddad acrescentou que sabe que o circuito São Paulo é o mais apreciado pelos pilotos da categoria. METRO


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Rombo do tamanho do Maracanã Evento-teste. Quatro meses após o previsto, governo do Rio entrega estádio 97% pronto. Inauguração aconteceu no sábado, com apenas um terço da capacidade Com quatro meses de atraso, o governo do Rio entregou, na última quarta-feira, o novo Maracanã. O primeiro evento-teste foi neste sábado, no jogo entre Amigos de Bebeto x Amigos de Ronaldo Fenômeno, aberto apenas para funcionários e suas famílias. Só um terço da capacidade total de 79 mil cadeiras foi liberado. A abertura oficial está marcada para 2 de junho, no amistoso entre Brasil e Inglaterra, a menos de duas semanas da Copa das Confederações. O clima é de festa, mas deveria ser de indignação. O Maracanã será a segunda arena mais cara da Copa de 2014, ape-

nas atrás do estádio Mané Garrincha, em Brasília – R$ 882 milhões, contra R$ 1,2 bilhão. Quando o Maracanã foi fechado para as obras, em setembro de 2010, a estimativa era que custaria R$ 600 milhões. Segundo o último relatório do TCU (Tribunal de Contas da União), no início de abril, já haviam sido gastos R$ 882 milhões com a reforma, ou 47% a mais do que o previsto inicialmente. “No cronograma inicial, não estava prevista a demolição e a construção da nova cobertura, o que foi feito por motivos de segurança”, justificou o presidente da Empresa Municipal de Obras Públi-

cas (Emop), Ícaro Moreno. Se consideradas as obras recentes no estádio, os números ficam ainda mais exorbitantes: em 14 anos, foram gastos mais de R$ 1,5 bilhão. Em 2000, o estádio foi fechado para se adequar às obras exigidas pela Fifa para sediar o Mundial Interclubes e, em 2007, novamente reformado para o Pan-Americano. Para se construir o Maracanã do zero, entre 1948 e 1950, foram gastos 2 anos, 4 meses e 26 dias, menos do que os 2 anos e 7 meses que o governo precisou de setembro de 2010 até a última quarta-feira para reformá-lo. Ainda assim, o Maracanã

não estava 100% pronto no sábado. Restam ainda 30 mil cadeiras para serem fixadas. Problemas O jogo – vitória do Fenômeno por 8 a 5 – foi marcado por falhas de estrutura e organização. Os elevadores que davam acesso às áreas Vips e da imprensa quebraram com uma hora de uso. No caminho, havia funcionários com rodos na mão, lutando contra um vazamento no sistema de refrigeração, e ainda faltou água em alguns banheiros.

A apenas 20 dias da inauguração, o estádio Mané Garrincha (Brasília) enfim ganhará o tapete verde. A colocação começou no sábado e deve terminar hoje. | ANDRÉ SOUSA/GDF

ESTÁDIO DE R$ 1,5 BI Gasto inicial

600 milhões de reais

Data inicial de entrega

Quando ele foi entregue

Dezembro

27 de abril

2012 2013

Gasto até agora

882 milhões de reais

Total em reformas nos últimos 14 anos

237

R$ milhões

é uma estimativa do quanto foi gasto na reforma de 2000, para o Mundial de Clubes

100 mil 1,516 R$ 97 bilhão de reais

397

R$

milhões

R$ milhões

é uma estimativa do quanto foi gasto para o Pan-Americano de 2007

é quanto será gasto por mês na manutenção do novo gramado é quanto o TCU (Tribunal de Contas da União) economizou no orçamento da reforma, após apontar irregularidades

PATRÍCIA TRINDADE METRO RIO

Paulistão

Corrida contra o tempo no Mané Garrincha

|15|◊◊

Carioca

Gaúcho

Semifinal terá mais um clássico

Flu e Botafogo decidem Taça Rio

Inter fica a um jogo do título

As semifinais do Paulistão estão decididas. O primeiro a se garantir foi o Santos, que bateu o Palmeiras nos pênaltis. O rival do Peixe será o Mogi Mirim, que goleou o Botafogo de Ribeirão por 6 a 0. Já o Corinthians arrasou a Ponte Preta por 4 a 0 e pegará o São Paulo, que sofreu mas venceu o Penapolense por 1 a 0.

O Fluminense goleou o Volta Redonda ontem por 4 a 1 e fará a final da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, contra o Botafogo. Rafael Sobis, duas vezes, Wellington Nem e Thiago Neves anotaram os gols do Tricolor. Já o Alvinegro se classificou após derrotar o Resende por 5 a 0, no sábado, em Volta Redonda.

O Internacional derrotou o Veranópolis por 1 a 0 ontem e avançou para a final do segundo turno do Campeonato Gaúcho, com gol marcado por Willians. O adversário do Colorado na finalíssima será o Juventude. Como venceu o primeiro turno da competição, o Inter garante o título do Estado em caso de vitória contra o time alviverde. METRO

METRO

METRO


|16|

Nova atração. ‘Os Donos da Bola’ estreia hoje na Band Jornalismo e entretenimento com quem entende mesmo de futebol. É essa a proposta de “Os Donos da Bola”, nova atração da TV Band, que estreia hoje às 13h, ao vivo, em rede nacional. Muito mais do que um jornal de esportes, o programa foi criado para ser uma extensão do “Jogo Aberto”, promovendo uma resenha do dia-a-dia do esporte mais querido do Brasil e do Mundo. “Os Donos da Bola” é baseado no debate dos temas atuais do futebol, com convidados conhecidos do grande público. E, como não poderia deixar de ser, cada região do país contará com sua programação local. No caso da TV Band Minas, o foco estará nos grandes times da capital, seus principais jogadores e tudo que acontece nos bastidores dos clubes. Mas também haverá muito espaço para a descontração e a opinião, com artistas, personalidades e esportistas entre os convidados, além de várias novidades como a participação dos torcedores pela internet e diversos quadros que vão aproximar ainda mais o torcedor do seu clube do coração e seus grandes ídolos. METRO BH

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Cruzeiro goleia e amplia vantagem sobre o Villa Mineiro. Raposa atropela o Leão e coloca os dois pés na final do Estadual Com um futebol convincente e uma enorme superioridade técnica, o Cruzeiro não deu nenhuma chance para o Villa Nova e praticamente se garantiu de maneira antecipada na decisão do Campeonato Mineiro. Jogando no estádio Castor Cifuentes, o “Alçapão do Bonfim”, em Nova Lima, a Raposa aplicou uma goleada por 4 a 0 sobre o Leão e aumpliou ainda mais a vantagem sobre o adversário da semifinal. A goleada dá à equipe celeste a possibilidade de perder por uma diferença de até quatro gols na partida da volta e ainda assim carimbar o passaporte para a decisão do torneio, por ter feito uma melhor campanha da primeira fase. O segundo jogo será disputada na quarta-feira dia 8 de maio, às 20h30, no estádio Mineirão. Antes, o elenco celeste volta a campo pela Copa do Brasil contra o Resende, em Volta Redonda (RJ), às 21h50 desta quarta-feira dia 1º de maio.

Time celeste não deu chances para o Villa, mesmo jogando fora de casa. Everton Ribeiro e Diego Souza comandaram a goleada | PAULO FONSECA/FUTURA PRESS

Os destaques da equipe azul na partida de ontem foram os meias Diego Souza e Everton Ribeiro, que anotaram dois gols cada um e comandaram o passeio em campo. O Cruzeiro abriu o placar logo aos 21 minutos, após ter mandado duas bolas na trave, e foi para o intervalo já com uma vantagem de três gols. METRO BH

“Há quatro jogos não tomamos gols e criamos muito. Não foi perfeito, mas não deixamos dúvidas e ratificamos a condição de melhor ataque e defesa.” MARCELO OLIVEIRA, TÉCNICO DO CRUZEIRO

0 4

William Nobre; Rodrigo Dias , Heitor, Marco Tiago e Hyago (Maurim); Cleber Monteiro, Marcelo Rosa (Evaldo), Max Carrasco e Tchô; Rafael Gomes (William Araújo) e Eraldo. Técnico: Alexandre Barroso.

VILLA NOVA

Fábio; Maike, Léo, Bruno Rodrigo e Everton; Leandro Guerreiro , Nilton , E. Ribeiro (Tinga) e Diego Souza; Dagoberto (R. Goulart) e Anselmo Ramon (V. Araújo). Técnico: Marcelo Oliveira.

CRUZEIRO

G Everton Ribeiro, aos 21, e Diego Souza, aos 23 e aos 36 minutos do 1º tempo; Everton Ribeiro, aos 16 minutos do 2º tempo. L ca Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima.

Copa do Brasil

América e Betim só empatam em jogo-treino

Reforços do Galo passam no teste

De olho na seguda fase da Copa do Brasil, o América encerrou a série de quatro treinos táticos da semana passada com um jogo amistoso contra o Betim, na manhã de sábado, partida que terminou com um empate em 1 a 1. Os gols foram marcados pelo zagueiro Lula, no primeiro tempo, e pelo volante Thiago Resende, já na etapa final. As duas equipes são as únicas duas sobreviventes do interior mineiro na Copa do Brasil. O Coelho volta a campo pela competição diante do Avaí, enquanto o Tigre pega o Crac-GO. METRO BH

Atlético derrotou o Tombense por 2 a 0 na primeira partida da semifinal

| ANGELO PETTINATI/O TEMPO/FUTURA PRESS

Os atacantes Bernard e Diego Tardelli, que vinham de lesões, estão confirmados nos planos do técnico Cuca para o primeiro jogo do Atlético contra o São Paulo, nesta quinta-feira, pelas oitavas de final Taça Libertadores, no estádio Morumbi. Os dois jogadores participaram da vitória do Galo diante do Tombense no sábado, por 2 a 0, pelas semifinais do Campeonato Mineiro, e foram aprovados pelo departamento médico e pela comissão técnica. Bernard chegou a dar um susto na torcida ao acusar dores do ombro esquerdo, motivo de seu afastamento por três semanas. Ontem, porém, ele realizou um exame, e o risco de uma nova “geladeira” foi descartado. Já Tardelli se mostrou totalmente recuperado. “Me

“Não vamos pensar ainda no segundo jogo contra o Tombense. O foco mudou, agora é Libertadores. Fizemos o Bernard, o Gilberto Silva e Diego Tardelli jogarem 90 minutos, ritmo que eles têm que adquirir.” CUCA, TÉCNICO DO ATLÉTICO

senti muito bem, à vontade. Não senti nenhum incômodo, nenhuma dor, o que me deixa confiante”, disse. O técnico Cuca comemorou o resultado, mas reclamou muito do gramado do estádio Almeidão, em Tombos. O segundo jogo da semifinal do Mineiro será no domingo, dia 5 de maio. METRO BH

20130429_br_metrobh  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you