Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

RIO DE JANEIRO Terça-feira, 16 de abril de 2013 Edição nº 620, ano 3 MÍN: 16°C MÁX: 28°C

www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj

TERROR

EM BOSTON Duas bombas explodiram no final da maratona matando três e deixando ao menos 141 feridos. Garoto de 8 anos é um dos mortos PÁG. 08

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Policiais correm em direção ao local da segunda explosão e passam por corredor que havia sido derrubado pelo impacto da primeira bomba próximo à chegada da 117ª Maratona de Boston | JOHN TLUMACKI/THE BOSTON GLOBE/GETTY IMAGES

Sem vans, frota de ônibus recebe reforço Secretaria de Transportes promete reforçar algumas linhas em até 80%, após superlotação e passageiros reclamarem de falta de informação no primeiro dia da proibição de vans e kombis na zona sul PÁG. 03

Irmãos de gerente teriam feito chacina Polícia diz que eles são responsáveis por assassinatos em concessionária PÁG. 04

O BOM GOURMET SÉRIE ‘HANNIBAL’ RETOMA TRAJETÓRIA DO SERIAL KILLER PÁG. 11

Dedé troca a Colina pela Toca da Raposa Cruzeiro oferece salário de R$ 400 mil ao Mito e cede 3 jogadores ao Vasco PÁG. 15

Mads Mikkelsen é Hannibal Lecter no seriado do AXN


|02|

1 FOCO

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Procon-RJ está de olho nas TVs pagas Serviço. Consumidores podem registrar reclamações pela central 1746. Procon Estadual detém sétimo motorista que não parou para idoso O Procon Carioca, órgão da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, começou a receber reclamações sobre problemas relacionados a TVs por assinatura. Os consumidores que se sentirem prejudicados podem ligar para a Central de Atendimento, pelo número 1746, ou acessar o site www.1746.rio.gov.br. Os clientes poderão registrar queixas sobre parcelamento de débito, lançamento de crédito e desbloqueio. Em um ano, o órgão registrou mais de 2 mil atendimentos

“É público que os motoristas não param para os idosos. A orientação provavelmente é dada pelos donos das empresas.” CIDINHA CAMPOS, SECRETÁRIA ESTADUAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

sobre o desrespeito aos prazos para agendamentos por planos de saúde, problemas de compras pela web e desrespeito à Lei da Fila do Banco.

Operação Salomé No terceiro dia de operações estaduais de combate à irregularidades em ônibus que transportam passageiros, mais um motorista foi detido ontem. Cléber Vinícius Lima dirigia um veículo da linha 425 e não parou para uma idosa em São Gonçalo, região metropolitana. A Viação Mauá, responsável pela frota, foi multada. Com a autuação, sobe para sete o número de detidos pelo Procon Estadual na operação Salomé. METRO RIO

Rede Zona Sul recebe multa

Lei Seca

Joanna tem a carteira apreendida A cantora Joanna teve sua habilitação apreendida pela blitz da Lei Seca na avenida Lúcio Costa, na Barra, zona oeste, no sábado à noite. A apreensão aconteceu porque a cantora se negou a fazer o teste do bafômetro. Ela terá que pagar R$ 1.915,30 de multa pela recusa.

A rede de supermercados Zona Sul foi condenada pela 1ª Vara Empresarial da Capital por más condições sanitárias. A decisão é decorrente de uma Ação Civil Pública, ajuizada pelo titular da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte, promotor Carlos Andresano Moreira. De acordo com o MP, a

Conversa carioca

XICO VARGAS XICOVARGAS@CONVERSACARIOCA. COM.BR

Cotações Dólar + 1,47% (R$ 1,99)

O jornalista Xico Vargas mantém a coluna ‘Conversa Carioca’ diariamente na rádio BandNews Fluminense FM, além da coluna ‘Ponte Aérea’ em xicovargas.uol.com.br. Ouça os comentários em conversacarioca.com.br.

ação foi proposta depois de ter sido constatado que o supermercado, mesmo após várias fiscalizações, descumpria condições de higiene para exercer a atividade comercial, pondo em risco a saúde do consumidor. A empresa também teria infringido o Código de Defesa do Consumidor. A sentença determina que a empresa resolva irregulari-

dades, como manipular e expor produtos de modo a não favorecer a presença e proliferação de insetos; não expor produtos prontos para o consumo, em sistema “self-service”, sem refrigeração; e não expor carne moída e preparada sem certificado. A rede está sujeita à multa diária de R$ 10 mil por descumprimento. METRO RIO

EXISTE PM QUE PERGUNTA ANTES DE ATIRAR Se já não havia o que justificasse, os registros do 38º Batalhão sepultam de vez a cultura que permite à PM do Rio apertar o gatilho antes de qualquer pergunta. É não é por falta de trabalho que os PMs do 38º estão há quase dois anos e meio sem disparar um único tiro. Além da sede, em Três Rios, perseguem o crime em mais quatro cidades, o que os torna responsáveis por uma área onde vivem mais de 400 mil pessoas. Nada, porém, que os tenha impedido de, só no ano passado, colecionar números como 118 suspeitos presos e mais de 450 apreensões de drogas. Tudo isso, sem um único disparo, poderia alimentar a impressão de que a violência na região está associada à impunidade crescente. Longe disso: os índices estão em queda acentuada. Assassinatos, por exemplo, caíram mais de 70% em quatro anos. Na contramão desse sucesso, cresce na capital a folha de crimes atribuídos a PMs. Além dos que tiveram comprovada a participação de policiais militares, como o desaparecimento da engenheira Patrícia Amieiro ou o assassinato do menino Juan, o carioca não atravessa semana sem o registro de envolvimento da PM na morte de alguém. Geralmente mo-

Fiéis fizeram da praia de Copacabana uma praça esportiva no domingo |DIVULGAÇÃO

A menos de 100 dias. Rio faz últimos acertos para a JMJ Até o fim de abril, a maioria dos preparativos da Jornada Mundial da Juventude já estará acertada. Entre os dias 23 e 26 deste mês, um enviado do Papa Francisco se encontrará com membros do Comitê Organizador Local (COL) para resolver as últimas questões de logística e para fechar o calendário do pontífice no Rio. Alberto Gasbarri, responsável pela agenda do papa, deve ainda se encontrar com autoridades do Governo do Estado e da Prefeitura do Rio. Nas reuniões será confirmado onde Francisco ficará hospedado. A Prefeitura anunciou um esquema especial de circulação para a vigília. Serão

criados quatro bolsões fora do município para receber os fiéis. O esquema contará com cerca de 25 mil ônibus. Para diminuir os transtornos no trânsito, será decretado feriado nos dias 25 e 26. O dia 29, segunda-feira após a Jornada, será um recesso parcial, até o meio-dia. No domingo, a organização convocou e os atletas católicos usaram a praia de Copacabana, na zona sul, como arena para mostrar suas habilidades esportivas. Estiveram presentes surfistas, jogadores de futebol e de vôlei, entre outros. A ação aconteceu para comemorar uma data especial: faltavam exatos cem dias para o começo da jornada. METRO RIO

rador de área de baixa renda. No episódio mais recente, Alielson, jovem da favela do Jacaré, morreu à noite com um tiro na nuca quando comprava um cachorro quente num trailer, na favela. Crime de Alielson: havia chegado do trabalho minutos antes e decidiu parar na carrocinha a caminho de casa. Matou-o um policial da UPP local em reação ao protesto de um grupo contra a prisão de um morador. Não fosse a Unidade de Pacificação na favela, seria apenas mais um episódio em que a polícia da capital exibiria a desenvoltura com que serve ao extermínio. A existência da UPP, no entanto, não só carrega o crime de agravantes como evidencia que o processo de pacificação não pode prescindir da figura do mediador de conflitos. Deixar apenas nas mãos da PM é convite ao desastre. A facilidade com que PMs em geral apertam o gatilho – até diante do mais inocente protesto – tem semeado desgraças não apenas nas favelas. Há pouco mais de um ano um bebê foi morto na Tijuca porque a polícia confundiu o carro que a mãe dirigia com um Fiat roubado. Nem conversou, encheu o automóvel de tiros. No asfalto ou na favela tragédias fruto da cultura do gatilho têm a mesma dimensão. Mas, nas áreas sob processo de pacificação, soma-se à possibilidade de ver desaparecer pelo ralo a única tentativa bem sucedida nos últimos 40 anos de integrar a cidade. Pode-se evitar isso ensinando à PM carioca que tudo começa pela civilidade. Até a ação policial.

Bovespa - 3,66% (52.949 pts) FALE COM A REDAÇÃO

Euro + 0,04% (R$ 2,58) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

leitor.rj@metrojornal.com.br /- COMERCIAL: /-

O jornal Metro circula em  países e tem alcance diário superior a  milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de  mil exemplares diários.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: .). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: .). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: .) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Janaína Orlani. Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos. Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro Rio é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO

em processo de filiação


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Após transtornos, prefeitura determina novo reforço de frota Sem vans. Hoje, algumas linhas terão até 80% de aumento na quantidade de ônibus. Demanda por transporte foi maior em São Cristóvão e Rocinha. Protesto de motoristas congestionou ruas No fim do primeiro dia da proibição da circulação de vans e Kombis em 11 bairros da zona sul, a prefeitura anunciou um novo reforço na frota de ônibus. A partir de hoje, segundo a Secretaria de Transportes (SMTR), foi determinado que os consórcios operadores do sistema de ônibus urbanos aumentem, em até 80%, em relação à frota normal, o número de coletivos das linhas que ligam a zona sul a outras regiões da cidade. O dia foi de transtornos e tumulto, tanto para motoristas, quanto para passageiros. Pontos de ônibus ficaram lotados e os coletivos, com superlotação. Já o trânsito ficou lento e o congestionamento chegou até a Barra da Tijuca. De acordo com o Rio Ônibus, as demandas maiores por transporte foram verificadas em linhas que têm sua origem fora da zona sul. Os principais problemas ocorreram em pontos da Leopoldina e São Cristóvão e na área da Rocinha. Por conta disso, linhas regulares que atendem a Rocinha e o Vidigal e a 557 (Rio das Pedras–Copacabana, via Joá) terão aumento de 80% da frota. Linhas que saem de São Cristóvão–Leopoldina (460 e 461), Cidade de Deus (550), Rio das Pedras (555) em direção à zona sul,

Motoristas protestaram contra o prefeito Eduardo Paes | FÁBIO TEIXEIRA/FUTURA PRESS

Pontos ficaram lotados de passageiros, que reclamaram de superlotação nos ônibus | REYNALDO VASCONCELOS/FUTURA PRESS

400 coletivos, num total de 130 linhas, reforçaram a frota para atender passageiros que utilizavam vans na área proibida, segundo o Rio Ônibus. e a 2115 (Pechincha–Castelo) terão reforço de 50%. As linhas 110 e 111 (Rodoviária– Jardim de Alah) terão acréscimo de 30% da frota. Ontem, mesmo os veículos do transporte alternativo que estavam autorizados a rodar em duas linhas específicas (Rocinha/Vidigal–Jar-

dim de Alah) não saíram às ruas. As vans ficaram paradas em protesto ao decreto municipal. Em nota, a secretaria divulgou que “as linhas que circulam apenas dentro da zona sul não sofrerão modificações, uma vez que a frota normal atende à demanda”. Já na Rocinha e no Vidigal, o “número poderá ser redimensionado durante o dia, caso as vans autorizadas a circular nas duas comunidades voltem a operar”, informou a SMTR. Trajetos sem demanda Os motoristas das duas comunidades dizem que ho-

je farão os trajetos pré-determinados, mas reclamam que esses têm pouca demanda. Antes, eram cerca de 250 veículos, de três cooperativas, fazendo o percurso Rocinha–Vidigal–Leme, via Copacabana e Botafogo. Cerca de 100 condutores dessas cooperativas fizeram um protesto contra o decreto, que proíbe as vans de circular em Botafogo, Humaitá, Urca, Leme, Copacabana, Ipanema, Leblon, Lagoa, Gávea, Jardim Botânico e São Conrado. Eles saíram da Rocinha e caminharam até o prédio da SMTR, em Botafogo, passando pela orla da zona sul. METRO RIO

Nenhuma van flagrada em bairros proibidos A força-tarefa montada pela prefeitura para barrar vans e Kombis de entrarem nos 11 bairros proibidos da zona sul, ontem, não flagrou nenhum veículo desrespeitando o decreto. A Coordenadoria Especial de Transporte Complementar do município montou 24 pontos de bloqueio e interceptação, mas apreendeu apenas 18 veículos – entre vans, micro-ônibus e ônibus piratas – por irregularidades. Em virtude das manifestações, o delegado Cláudio Ferraz, que coordena a fiscalização, decidiu se reunir hoje com uma comissão de motoristas para ouvir quais são as reivindicações. Tragédia

Manhã de caos também nos trens Passageiros dos trens da SuperVia também enfrentaram uma manhã de caos. Picos de energia atingiram o pátio da Central do Brasil e da estação de Deodoro, segundo a concessionária, fazendo com que as composições tivessem que aguardar nas plataformas. A Agetransp, agência reguladora do transporte, abriu um boletim de ocorrência para apurar as circunstâncias do problema e afirmou que a falta de energia nos sistemas de controle da SuperVia afe-

tou a circulação em todos os ramais, por volta das 11h. Mais cedo, dois ramais já tinham apresentado problemas. Uma vistoria em um equipamento, que possibilita a mudança de linha na via, afetou a circulação no ramal Santa Cruz entre 8h30 e 9h, segundo a SuperVia, mas passageiros relataram que ficaram parados mais de uma hora. No ramal Saracuruna, o desarme na subestação paralisou a circulação dos trens de 6h20 até 7h30. METRO RIO

Problemas afetaram circulação em todos os ramais | ALE SILVA/FUTURA PRESS

“O mais importante foi que os motoristas, apesar dos protestos, entenderam que o decreto deve ser respeitado.” CLÁUDIO FERRAZ, COORDENADOR DE TRANSPORTE COMPLEMENTAR

Apesar dos protestos, Ferraz considerou positivo o balanço, já que nenhum motorista tentou furar o bloqueio, mas admitiu que houve problemas na demanda do atendimento à população. A operação de fiscalização continua hoje, com cerca de 300 homens. METRO RIO Órgãos doados

Morre 8ª vítima do ônibus que caiu na av. Brasil

Atropelada por coletivo em Quintino morre

Subiu para 8 o número de mortos em consequência do acidente com o ônibus da linha 328 (Bananal–Castelo), que caiu do viaduto Brigadeiro Trompowski sobre a Av. Brasil, no dia 2. Um jovem de 18 anos, que estava no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, com traumatismo craniano, morreu no sábado. METRO RIO

Médicos do Hospital Salgado Filho constataram, na noite de domingo, a morte de Tatiana Ferreira Lúcio, 29 anos. Ela é uma das quatro pessoas atingidas pelo ônibus da linha 685 (Méier–Irajá), que invadiu um posto de gasolina em Quintino, na quarta-feira. A morte cerebral dela já havia sido constatada na sexta-feira. METRO RIO


|04|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Caso Acioli: policial será julgado hoje Crime. PM é o quinto réu acusado de execução de juíza em Niterói. Ele vai responder por homicídio triplamente qualificado A execução da juíza Patrícia Acioli ganha mais um capítulo hoje, quando mais um réu será julgado no 3º Tribunal do Júri de Niterói, na região metropolitana da capital fluminense. O policial militar Carlos Adílio Maciel Santos vai responder pelo crime de homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha armada. Durante o julgamento, estão previstos depoimentos de oito testemunhas. Patrícia foi executada com 21 tiros na porta de casa, em um condomínio em Piratininga, em Niterói, quando voltava do Fórum de São Gonçalo, em 2011. Ela era responsável pelo Tribunal do Júri de São Gonçalo e conhecida por atuar no combate a crimes cometidos por milicianos e policiais. Além de Carlos Adílio, quatro PMs já foram condenados pela morte da juíza e outros seis também acusados de participação aguardam julgamento. Em dezembro de 2011, o cabo da PM Sérgio Costa Júnior, um dos executores do crime, foi o primei-

Ciclone trará ondas de até 4 metros ao Rio Juíza foi morta com 21 tiros após combater policiais e milicianos | REPRODUÇÃO

47 anos tinha Patrícia Acioli quando foi assassinada na porta de sua casa, no dia 11 de agosto de 2011, em Niterói. ro réu a ser julgado. Como havia decidido colaborar com as investigações, ele obteve o benefício da delação premiada e teve a pena reduzida em 15 anos. Costa Júnior foi condenado a 21 anos de prisão em

regime fechado. Em janeiro deste ano, a Justiça havia condenado mais três policiais por participação no crime – todos por homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha. Eles receberam penas distintas, em regime de reclusão inicialmente fechado. O cabo Jefferson de Araújo Miranda foi condenado à maior pena, 26 anos de prisão. Jovanis Falcão foi condenado a 25 anos e seis meses, e o soldado Júnior Cezar de Medeiros, a 22 anos e seis meses. METRO RIO

Petrópolis. Estado quer comprar casas em risco

34 morreram em Petrópolis em março | LUIZ ROBERTO LIMA/FUTURA PRESS - 19/03/2013

O Governo do Estado pretende reassentar 1,5 mil famílias que hoje vivem em áreas de risco máximo em Petrópolis, na Região Serrana. A ideia é recorrer ao sistema de compra assistida, ou seja, o governo comprará as casas localizadas em áreas de risco e, com isso, ajudará os moradores a adquirir um novo imóvel. A casa comprada será demolida. O dinheiro vai ser repassado pelo Ministério das Cidades. O projeto é preparado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e deve ser entregue ao Governo Federal em até 15 dias. Segundo a presidente do Inea, Marilene Ramos, a intenção do Governo do Estado é concluir a remoção das famílias que vi-

vem em área de risco de deslizamentos de encostas no prazo de um ano. “A ideia é trabalhar nas áreas de risco máximo, em que não é possível a permanência das moradias, não há obra de contenção que possa ser feita e que garanta a segurança. São áreas em que temos que controlar a ocupação daqui para a frente e não permitir que ela se expanda”, disse a presidente do Inea. Marilene Ramos faz hoje a última reunião com representantes do Departamento de Recursos Minerais do Rio de Janeiro (DRM-RJ), que fez o mapeamento das áreas de risco do Estado, e com a prefeitura de Petrópolis, para fechar detalhes do projeto. METRO COM AGÊNCIA BRASIL

Uma frente fria chegou ontem ao litoral carioca e trouxe ressaca às praias. Segundo o Climatempo, hoje o céu permanecerá encoberto o dia inteiro. A previsão é de máxima de 28o C e de mínima de 16oC. O mar deve ficar agitado por causa da chegada de um ciclone extratropical, que avança pelo Rio de Janeiro até o Espírito Santo. O fenômeno pode causar ondas de até 4 metros durante a semana. | LUIZ GOMES/FUTURA PRESS

Irmãos de gerente são procurados por chacina Foram enterradas na tarde de ontem, no cemitério municipal de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, três das quatro vítimas da chacina de sábado em Vila Valqueire, na zona norte. Além de Pablo Gama da Silva, 20 anos, Douglas Santos da Silva, 19, e Willians de Souza Pereira, 45, enterrados ontem, o jovem Taylor Vinicius Pires da Silva, 15, foi enterrado no domingo, no Cemitério do Caju. Segundo investigação da Divisão de Homicídios, os responsáveis pela chacina foram dois irmãos do gerente da Miguel Veículos, que estão foragidos. Bruno Guimarães dos Santos, 32 anos, e Marcelo Guimarães dos Santos, 44, já têm mandados de prisão temporária. Já o gerente Milton Maciel dos Santos Filho foi preso pelos agentes na manhã de domingo e, em depoimento, ele disse que contou aos irmãos sobre a discussão por um carro e os culpou pelas mortes. De acordo com a DH, os assassinatos foram motivados por causa de uma dívida. Pâmela Silva, que havia

Agência teria dívida de R$ 2 mil com uma das vítimas | ARION MARINHO/FUTURA PRESS

dado uma entrada de R$ 2 mil para a compra de um carro em dezembro, não recebeu o veículo e foi à loja cobrar a devolução do dinheiro. Após discussão, ela seguiu para outra loja com mais quatro pessoas de sua família, além de um amigo. No local, três homens che-

garam em um carro e atiraram contra o grupo. O carro utilizado pelos criminosos era roubado e foi encontrado pelos agentes na rua Francisco Vidal, em Pilares, na zona norte. Ele estava parcialmente queimado. METRO RIO


|06|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Ex-detento diz que PM atirou até de helicóptero Carandiru. No primeiro dia de júri em São Paulo, presos negam que estavam armados quando presídio foi invadido pela polícia em 1992. Perito diz que foi impedido de entrar Um detento sobrevivente do massacre do Carandiru em 1992 disse que os policiais chegaram a atirar em direção à cadeia até mesmo dentro de um helicóptero. A afirmação foi feita ontem durante o primeiro dia de júri de 26 PMs acusados de matar 15 dos 111 detentos. O julgamento deveria ter começado no dia 8, mas foi suspenso por uma semana após uma jurada passar mal. Ontem, cinco pessoas prestaram depoimento. O ex-preso Marco Antônio de Moura disse que viu detentos no telhado tentando fugir e sendo atingidos por disparos vindos de um helicóptero. Ele foi a segunda testemunha de acusação a ser ouvida. Antes, Antônio Carlos Dias, também ex-detento, afirmou que teve que escalar corpos

Salão do Tribunal do Júri na Barra Funda | TÉRCIO TEIXEIRA/FUTURA PRESS

“Após a abertura do portão, não teve a negociação combinada. Entrou toda a tropa já atirando”

“Quando nós descemos para o pátio, os policiais gritavam: ‘Deus cria, a Rota mata. Viva o Choque’ ”

AGENTE PENITENCIÁRIO MOACIR SANTOS

EX-DETENTO MARCO ANTÔNIO DE MOURA

para chegar ao pátio da unidade. Ele negou que os presidiários estivessem armados. Dis-

se que as armas encontradas foram “plantadas” pelos policiais. Um dos principais argu-

mentos da defesa dos PMs é de que eles agiram em legítima defesa. A terceira testemunha de acusação ouvida foi Luiz Alexandre de Freitas, que disse que se escondeu entre os corpos para não ser executado pelos policiais. O agente penitenciário Moacir Santos foi o quarto a falar. Ele contou que os policiais atiraram em detentos que já estavam prontos para se entregar e não tinham relação com a briga que acontecia no presídio. O perito criminal Osvaldo Neto disse que chegou a ser impedido pela diretoria do presídio de entrar na unidade e que teve de entrar escondido em um carro de um delegado. O julgamento, que deve terminar sexta, será retomado hoje. METRO Intolerância DIVULGAÇÃO

Skinhead foi detido em Americana (SP)

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO@METROJORNAL.COM.BR

PT: EDUARDO, AQUELE QUE FOI SEM NUNCA TER SIDO.

RABO EXPOSTO. Um dos principais indícios da armação seria a permanência no governo do ministro Fernando Bezerra (Integração), unha e carne com Campos. NÃO FAZ SENTIDO. Candida-

ta à reeleição, a presidenta Dilma não manteria um ministro indicado por Eduardo Campos, sendo ele um rival para valer, em 2014. TRAIÇÃO IMPENSÁVEL. Para petistas, na amizade de Lula com Campos não há margem para traição, após Pernambuco ter sido tão privilegiado com verbas federais.

...considerando os presidenciáveis que apareceram até agora, o Dr. Tomate é o maior adversário de Dilma em 2014. PENSANDO

Skinhead é preso por formação de quadrilha e racismo O auxiliar de ourives Antonio Donato Peret foi preso no domingo em Americana (SP), acusado de racismo e formação de quadrilha. O mineiro postou no Facebook foto enforcando morador de rua. A PM diz que ele é skinhead. METRO Mensalão

Defesas vão negar uso de dinheiro público Às vésperas da publicação do acórdão do mensalão, os advogados dos 25 condenados adiantaram que o ponto central da contestação da defesa será a condenação por uso de recursos públicos. METRO BRASÍLIA

“O QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO AQUI? TCHAU!”

O presidenciável do PSB, Eduardo Campos, pode entrar para a história como o “candidato Viúva Porcina”, aquele que foi sem nunca ter sido, segundo admitiram dirigentes do PT, em off, a esta coluna. Tudo seria uma genial armação do ex-presidente Lula: chamando-se atenção para Campos, um candidato de limitadas chances, falar-se-á menos sobre o nome do PSDB, Aécio Neves, verdadeiro representante da oposição.

BEM...

PORTAS FECHADAS. Presidente do PPS, Roberto Freire procurou o presidente do PEN, Adilson Barroso, para propor fusão junto ao PMN. Não obteve sucesso. DESEMPREGADO. Com patrimônio declarado de R$ 129 mil, um dos menores de um ex-ministro, o su-

PRESIDENTA DILMA AO SER SURPREENDIDA POR JORNALISTAS À SAÍDA DE UM EVENTO

plente de deputado Brizola Neto (RJ) enfrenta dificuldades financeiras típicas de um desempregado. Ele recebe ajuda de parentes porque não tem renda. Está prestes a recorrer ao seguro-desemprego. Renunciou o diretor do Goldman Sachs para o Oriente Médio, Khaled Eldabag, diz a Reuters. Em seu currículo, o conselho para o grupo Mudabala comprar por US$2 bi uma fatia da EBX de Eike Batista.

OURO DE TOLO.

PEDIDO DE TORCEDOR. Ale-

xandre Padilha (Saúde) ganhou de um empresário de remédios, na Fiesp, uma foto autografada do time do Corinthians vencedor do torneio de Tóquio. O corintiano pediu logo: “Quero outra para a presidenta”.

Alexandre Padilha | ALAN MARQUES/ FOLHAPRESS

PODER SEM PUDOR

Surrando o vernáculo Contam no Ceará que o prefeito de Crateús, Raimundo Rezende, certa vez denunciava num comício o temperamento violento de um adversário: - ...e o Raimundo Bezer-

ra, então, deu um tapa neu! - “Em mim”, prefeito – corrigiu um assessor, ao seu ouvido. Rezende apontou para o assessor e gritou: - Bateu nesse também!

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|08|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

REUTERS/REPRODUÇÃO

REUTERS

REUTERS

GETTY IMAGES

Acima, o momento exato da explosão na Boylston Street e um especialista em bombas no local

Vítimas são atendidas por corredores, amigos e paramédicos: dos 141 feridos, 8 são crianças

FBI investiga ação terrorista

“Já estava no quarto quando comecei a ter notícias de amigos no Brasil perguntando se estava tudo bem. A informação é que os brasileiros estão bem.” MARCELO PRISCO, CORREDOR

“Este é um dia horrível em Boston. Meus pensamentos e minhas orações estão com aqueles que foram feridos. Nosso foco está em garantir que a área fique segura.”

Terror em Boston. Detonação de dois artefatos perto da linha de chegada da maratona da “Foi logo depois da cidade americana deixou 141 feridos, 17 deles em estado crítico. Três pessoas morreram minha chegada, eu estava pegando a Duas explosões perto da liPessoas que corriam a membros amputados. En- Amar, que estava em um medalha. Quando eu nha de chegada da 117ª Ma- maratona ou acompanha- tre as vítimas fatais, está hotel da vizinhança. Ontem era o Dia do Paouvi, achei que fosse um ratona de Boston, nos Esta- vam a chegada dos atletas um garoto de 8 anos. Unidos, mataram três disseram ter visto uma cor“Estávamos assistindo triota, feriado em Boston, show pirotécnico, jamais dos pessoas e deixaram ao me- tina de fumaça e o pânico a chegada dos corredores, e muitas famílias assistiam imaginaria isso.” nos 141 feridos, 17 deles generalizado. Um fotógrafo Houve dois barulhos e as ao evento. Havia 131 brasiem estado grave. O FBI (a polícia federal dos Estados Unidos) trabalha com a hipótese de terrorismo. O primeiro artefato explodiu por volta das 14h45 (horário local), quando uma multidão acompanhava o final da prova. Minutos depois, a segunda bomba foi detonada a alguns metros da linha de chegada. Investigadores contaram à imprensa local que um terceiro dispositivo foi descoberto em um hotel das redondezas. O material foi detonado por um esquadrão antibombas. Na biblioteca JFK, a 5 km do local, um incêndio chegou a ser reportado como atentado. Mais tarde, porém, a polícia descartou a ligação entre os episódios.

DAVID HOMSI, FISIOTERAPEUTA

Depoimento

‘Havia muitas crianças’ “Eu tinha acabado de terminar a prova quando ouvi a explosão. Pensei que eram canhões saudando alguém. Mas veio uma fumaceira danada e, em seguida, a segunda explosão. O que eu achei mais triste foi que tinha muita gente, porque aqui é feriado. Havia muitas crianças, muitas famílias aplaudindo. Jamais iria imaginar uma coisa dessas.” ADILSON BACHINI, EM ENTREVISTA À BAND NEWS

OUTROS ATENTADOS

do Metro que estava no local viu muitos feridos com

Van com explosivos caseiros rasgou um prédio do governo ao meio em Oklahoma City. Foi de autoria de extremistas de direita ligados a milícias. O principal líder era Timothy McVeigh

168 MORTOS

500

FERIDOS

leiros inscritos entre os corredores, além de muitos na plateia. Não há relatos de que algum tenha se ferido.

OS LOCAIS DAS EXPLOSÕES Foram duas explosões, a 1ª ocorreu próximo ao nº 673, a 2ª, uma quadra antes

BOYLSTON STREET

‘Dispositivos poderosos’ Ed Davis, comissário de polícia de Boston, contou à agência Reuters que as duas explosões foram provocadas por “dispositivos poderosos”. Segundo a emissora CNN, foram encontrados restos de C4, um explosivo de alto impacto. “Estamos questionando muitas pessoas, mas não há nenhum suspeito sob custódia”, disse Davis. O FBI tomou a frente das investigações.

CENTRO DO GOVERNO DISTRITO FINANCEIRO

ESTADOS UNIDOS Mais tarde, a polícia descartou a ligação desta com as outras explosões

JFK PRESIDENTIAL LIBRARY

11 DE SETEMBRO DE 2001 - EUA Dois Boeings sequestrados atingiram as Torres MORTOS Gêmeas do World Trade Center, em Nova York. No mesmo dia, o FERIDOS Pentágono, em Washington, foi atingido por outro Boeing. E um quarto avião caiu em um campo na Pensilvânia. Foi de autoria de radicais mulçumanos ligados à Al Qaeda

Em um pronunciamento na Casa Branca, o presidente Barack Obama prometeu descobrir quem são os responsáveis pelas explosões. “Nós ainda não sabemos quem fez isso ou porque, e as pessoas não devem tirar conclusões precipitadas antes que nós tenhamos todos os fatos”, alertou, tomando o cuidado de não usar a palavra “atentado”. Um funcionário da Casa Branca disse, porém, que o episódio “é, claramente, um ato de terror, e será abordado como um ato de terror.” METRO

22 DE JULHO DE 2011 - NORUEGA

2 mil

191 MORTOS

FERIDOS

6 mil 7 DE JULHO DE 2005 - REINO UNIDO Quatro bombas explodiram no sistema de transporte público de Londres durante horário de pico. Extremistas islâmicos atuaram como homens-bomba

Obama evita falar ‘atentado’

COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

11 DE MARÇO DE 2004 - ESPANHA Série de bombas explodiu em três estações da rede ferroviária de Madri. O atentado foi de autoria de terroristas islâmicos

Cautela

METRO BOSTON

BOSTON

3 mil

19 DE ABRIL DE 1995 - EUA

pessoas começaram a correr para fora”, contou Erin

DEVAL PATRICK, GOVERNADOR DE MASSACHUSETTS

51 MORTOS

700 FERIDOS

Uma bomba atingiu prédios do governo da MORTOS Noruega, em Oslo e, horas depois, um tiroteio ocorreu em um acampamento na ilha de Utoya. Anders Behring Breivik, um norueguês de ideologia de extrema-direita, foi o autor do duplo atentado. Em seu julgamento, ele disse não estar arrependido

77


|10|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Apesar de protestos, vitória de Maduro é confirmada Venezuela. Organizações de oposição calculam que 300 mil votos foram adulterados na eleição População homenageou o líder com flores | KCNA/REUTERS

Trégua. Em meio à crise, Coreia do Norte comemora aniversário de líder fundador O regime norte-coreano interrompeu o ciclo de ameaças à Coreia do Sul, ao Japão e aos Estados Unidos para celebrar os 101 anos do nascimento de Kim Il-sung, fundador do país e avô do atual ditador. A expectativa era que houvesse uma grande parada militar, mas o que se viu foram moradores homenageando Kim Il-sung com flores que levam o nome do líder. As comemorações iniciaram ainda na noite de domingo, quando o ditador

Kim Jong-un, acompanhado por autoridades, visitou o mausoléu onde estão seu avô e seu pai, Kim Jong-il, morto em 2011. Na avaliação de Yang Moo-jin, pesquisador da Universidade de Estudos sobre a Coreia do Norte, em Seul, Pyongyang está avaliando seus próximos passos. “A Coreia do Sul e os Estados Unidos enviaram uma mensagem de diálogo. Então, por ora, o Norte muda para esse estado”, disse. METRO

O CNE (Conselho Nacional Eleitoral) da Venezuela confirmou ontem a vitória de Nicolás Maduro nas eleições presidenciais. A vantagem apertada do herdeiro político de Hugo Chávez, que venceu por uma diferença de 1,6 ponto percentual, não impediu protestos e pedidos de recontagem de votos, vindos, inclusive, dos Estados Unidos. “Temos dados diferentes. Para o bem da democracia, o CNE deve confirmar (os resultados) em uma auditoria. Esta luta não acabou, eu não faço negócios com a ilegalidade”, argumentou o opositor derrotado, Henrique Capriles. Segundo balanço do CNE, Maduro obteve 50,66%, e Capriles, 49,07% dos votos. A Aliança Democrática, um grupo de cerca de 30 partidos e organizações de oposição, calcula que 300 mil

Análise

Liderança questionada

Maduro venceu por diferença de 1,6 ponto percentual |CARLOS GARCIA RAWLINS/ REUTERS

votos tenham sido adulterados. Eles destacaram muitos incidentes durante a votação e o fechamento prematuro de urnas. Em seu discurso de vitória, Maduro apareceu na varanda onde Chávez costumava celebrar seus triunfos políticos. Ele também usou muito do

vocabulário do líder bolivariano e falou de uma eleição “legal, justa e constitucional”. Falando o nome do padrinho, Maduro pediu paz e tolerância. “Pela primeira vez, ele não é candidato, mas o gigante deixou seu filho, que vai mostrar o que pode fazer por esse país”, afirmou. METRO

Se Nicolás Maduro tivesse ganhado por uma margem maior que a de Hugo Chávez nas eleições de outubro, ele teria saído fortalecido da disputa. Como a vantagem foi muito menor, isso se torna um problema, porque as pessoas vão questionar a capacidade de ele manter a liderança. Além disso, ele vai assumir com um imenso desafio econômico. DAVID SMILDE Pesquisador do Washington Office para a América Latina, especialista em Venezuela

ECONOMIA

Juro cobrado de empréstimo é o menor no país desde 1995 Célia Correa e Arno Augustin apresentam projeto da LDO | FABIO POZZEBOM/ABR

Em 2014. Governo propõe mínimo de R$ 719,48 O salário mínimo deverá passar para R$ 719,48 no próximo ano. O valor consta no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2014, enviado ontem pelo Executivo ao Congresso Nacional. Pela proposta, o mínimo terá reajuste de 6,12% no ano que vem. Desde janeiro deste ano, o salário é de R$ 678. Pela legislação, o piso salarial deve ser elevado no primeiro dia do ano conforme a variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) no ano anterior e a expansão da economia no ano retrasado. Em 2012, o PIB (Produto Interno Bruto) cresceu 0,9%. O documento foi apresentado ontem pela secretária de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Célia Correa, e pelo secretário

4,5% é previsão de crescimento do PIB para 2014, segundo projeto enviado ontem ao Congresso. do Tesouro Nacional, Arno Augustin. O projeto também prevê crescimento de 4,5% do PIB em 2014 e inflação de 4,5% pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Apesar das previsões contrárias do mercado, segundo Augustin, é possível que as projeções sejam alcançadas. “Entendo que a economia vem retomando o crescimento. A velocidade talvez seja um pouco abaixo do que gostaríamos, mas ela vem retomando o crescimento”, disse. METRO

Crédito. Com uma leve queda, taxa média para pessoas físicas encerrou março em 5,40% ao mês. Para a Anefac, alta da Selic deixará operações mais caras nos próximos meses

CUSTO DO CRÉDITO Confira os juros cobrados de pessoa física (em %) FEV/13

MAR/13

TAXA ANUAL

JUROS DO COMÉRCIO

4,02

4

60,10

CARTÃO DE CRÉDITO

9,37

9,37

192,94

CHEQUE ESPECIAL

7,75

7,72

144,09

CDC-BANCOS

1,54

1,52

19,84

EMPRÉSTIMO PESSOAL BANCOS

2,92

2,91

41,09

EMPRÉSTIMO PESSOAL FINANCEIRAS

6,94

6,88

122,21

TAXA MÉDIA MENSAL

5,42

5,4

87,97

FONTE: ANEFAC

Na véspera da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), que vai decidir sobre a Selic, uma pesquisa mostrou que as taxas de juros cobradas de pessoas físicas registraram leve queda em março. Segundo a Anefac, (Associação Nacional dos Executivos de Finanças), na média, os juros de operações de crédito recuaram 0,02 ponto percentual, passando de 5,42% ao mês para 5,40%, e se mantiveram no menor nível da série histórica (iniciada em 1995). Para a Anefac, com a alta da inflação nos últimos meses deverá ocorrer uma elevação da Selic na reunião do Copom que será realizada entre hoje e amanhã. “Por isso é provável que as taxas de juros das operações de crédito voltem a ser elevadas nos próximos meses interrompendo uma sequência de quatro reduções consecutivas das taxas de juros”, avalia o diretor de estudos econômicos da enti-

dade, Miguel José Ribeiro de Oliveira. Desde que o Banco Central começou a reduzir a taxa de juro Selic, entre julho de 2011 até os atuais 7,25% ao ano, houve uma redução de 5,25 pontos percentuais (o equivalente a 42%). No mesmo período, a taxa de juro no crédito ao consumidor teve uma redução de 17,45 pontos percentuais (ou 28,59%), caindo de 61,03% para 43,58% ao ano. O mercado não está unânime se o aumento da Selic ocorrerá já nesta semana ou no final do mês que vem. Para analistas consultados pelo Banco Central, a taxa deve subir apenas em maio, segundo pesquisa divulgada ontem. No entanto, as apostas de elevação continuaram ganhando força ontem, refletidas em mais um dia de alta nas taxas dos contratos de juros futuros negociados na BM&FBovespa. METRO


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Canibal sofisticado agora na televisão Atriz estava internada havia 3 semanas | DIVULGACÃO

Estreia hoje. Em ‘Hannibal’, Mads Mikkelsen interpreta papel que celebrizou Anthony Hopkins. Série apresenta episódios do personagem anteriores aos já conferidos no cinema

Teatro. Cleyde Yáconis morre aos 89 anos em SP A atriz Cleyde Yáconis morreu ontem em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria do Hospital Sírio Libanês, mas não revelou mais detalhes. Desde o final de março, a atriz estava internada na unidade. Ela tinha 89 anos. Em 2010, a artista passou por uma cirurgia no Hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, no Rio, e ficou internada por seis dias devido a uma queda que sofreu. A atriz interpretou a personagem Brígida, na novela da rede Globo “Passione”, em 2011. METRO

O dinamarquês Mads Mikkelsen vive o protagonista | DIVULGAÇÃO

Em 1991, o ator Anthony Hopkins inscreveu seu nome na história do cinema ao fazer o canibal Hannibal Lecter em “O Silêncio dos Inocentes”, de Jonathan Demme, vencedor de cinco Oscars. O sucesso estava no equilíbrio que ele deu ao controverso personagem, tão assustador quanto sedutor, mestre dos jogos mentais. Não é surpresa, portanto, que o dinamarquês Mads Mikkelsen (“A Caça”) tenha hesitado antes de aceitar o mesmo Dr. Lecter na série “Hannibal”, que estreia hoje, às 22h, no AXN. “Ele já foi interpretado à perfeição. O que eu poderia acrescentar?”, disse ele à Associated Press. O interesse, no entanto, veio com a mudança de foco do seriado. Inspirado no livro “Dragão Vermelho”, de Thomas Harris, o roteiro optou por focar

na vida do canibal em seus anos como psicólogo renomado, identidade que tornava inverossímil qualquer hipótese que o colocasse como o assassino frio que de fato era. Na série, ele é convocado pelo FBI para trabalhar ao lado de Will Graham (Hugh Dancy), um atormentado especialista em criminologia, na composição do perfil de serial killers. Para o criador da série, Bryan Fuller (“Pushing Daisies”), tudo não passa de um “bromance”, como se chamam as histórias de Hollywood sobre amizade forte entre caras. O elenco tem ainda Laurence Fishburne (“Matrix”) como chefe da unidade de Ciência Comportamental do FBI. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

2 CULTURA

No Brasil

Chris Cornell O cantor anunciou show acústico no Rio de Janeiro em junho, de acordo com sua página oficial no Facebook. Os ingressos serão disponibilizados no site Ingresso Rápido e custam R$ 250 a R$ 750.


|12|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Google Street View Hyperlapse

Os invasores

Fim da linha

Cruzadas

Tecnologia. Nova ferramenta cria vídeos utilizando as fotos mapeadas pelo serviço Quem gosta do Google Street View, vai se divertir explorando a mais nova ferramenta do serviço: vídeos feitos com hyperlapse. Ou seja: gravações que utilizam essa técnica de fotografia que mescla movimento e time-lapse, só que produzidos com imagens que já estão no Google. Desenvolvido pelo estúdio Teehan+Lax, o Hyperlapse promete ser um

Leitor fala

sucesso, mas vai exigir habilidade do usuário. Segundo os criadores, o objetivo era usar o Google Street View para juntar as fotos que eram mapeadas, porém o serviço se mostrou útil como própria fonte de material. Depois, foi só simplificar a ferramenta para que qualquer googlemaníaco pudesse manuseá-la.

A linha dos Circulares é bem defasada, principalmente aos domingos e feriados. Aos domingos, fico quase meia hora esperando um ônibus que desça a rua Senador Vergueiro. Enquanto isso, para as linhas 433, 474, 432, 123, 127, 121 e outras, chegam até a engarrafar o ponto. E se falando em motorista com dupla tarefa, ele tem que sair do ponto somente quando passar o troco. Em um 583, o cobrador amarra uma bandeira brasileira e quase se cobre, ou para cochilar ou para se isentar do que possa acontecer no interior do ônibus. A fiscalização não vê? EGLANTINE CAMPOS – RIO DE JANEIRO, RJ

Superlotação dos trens Devido à superlotação de um trem, um passageiro caiu de composição entre Vila Militar e Deodoro. É imagem nítida da situação precária do transporte coletivo no Rio. Com poucas boas exceções (como a Transoeste), barcas, trens, ônibus e metrô não se mostram boas alternativas aos engarrafamentos cada vez maiores. MARCIO SILVA – RIO DE JANEIRO, RJ

METRO

Metro Pergunta

Projeto de lei quer vetar fiança de motoristas que causam mortes sob efeito de entorpecentes ou participam de rachas. O que acha da medida?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroRJ

@wilsonfn

Sudoku

Acho essa medida perfeitamente válida. @KevinRTW

Acho excelente, tomara que essa lei seja aprovada. Crimes cometidos dentro de um carro devem ter o mesmo valor que os cometidos fora. @danielviquetor

Louvável, pois assim como a Lei Seca está ajudando a diminuir os acidentes de trânsito, essa medida também contribui.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Mais movimento no Street View | HYPERLAPSE.TLLABS.IO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Autoconfiança além do normal e muita determinação para realizar coisas que serão realmente muito importantes para você. Mude, adapte-se, faça algo de bom.

Purificação. Dia de cortar na própria carne se preciso for para deixar as coisas bem ajustadas e poder progredir a passos largos e decisivos com muita garra.

Concentre-se mais. Tente jogar com maior segurança, pois quem estiver especulando demais hoje pode correr o risco de ter a sua imagem mal vista pelos outros.

Ganhos emocionais. Por trás de certos acontecimentos, se você prestar atenção, poderá ver que há pessoas que o querem bem e, por isso, estão lhe apoiando.

Comparações e alguns temores de cunho emocional podem deixar você desconfortável com algumas atitudes radicais ou ousadas demais para o seu jeito de ser.

Algumas confusões de cunho emocional tendem a ser bem resolvidas durante o dia. Não fique ligado demais em um único ponto de vista, escute as pessoas.

Procure se colocar corretamente nas situações. Evite achar que se não pressionar agora não conseguirá o que quer depois. Tente ser mais maduro e confiante.

Estabilidade emocional e boa atuação perante as pessoas para poder ter mais credibilidade e sustentação para situações que precisam ser vencidas em equipe.

Dúvidas e muita agitação emocional. O dia pode se tornar estressante se você não tiver logo a certeza que as coisas serão do jeito que você está desejando.

Romantismo e forte apego emocional pela pessoa amada. Hoje ela é tudo o que você tem na vida e certamente você não troca ela por nada e nem por ninguém.

As melhores soluções do dia tendem a passar por cima de antigas inimizades e insatisfações. Será preciso ser maior do que as diferenças para unir forças.

Hoje conciliar os interesses das pessoas pode ser um trabalho hercúleo demais, mesmo para você. Tente apenas ouvir a voz da maioria e mantenha a sua paz.


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|13|◊◊ GUGA MELGAR/ DIVULGAÇÃO

LUIZ ROBERTO LIMA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS

Moda. Na 23ª edição do evento, que começou ontem, na Marina da Glória, e tem como tema ‘Colorpop’, 25 grifes vão mostrar as tendências que devem ganhar as ruas na temporada verão

Fashion

Riotraz

ROSISKA DARCY DE OLIVEIRA Nova imortal fala sobre os desaios da Academia Brasileira de Letras na atualidade

aquarela

MARCELO CORTES / FOTOARENA

de cores

Desfile da marca Acolá, na Rio Moda Hype

A temporada de moda mais disputada pelos cariocas começou ontem, com a 23a edição do Fashion Rio. O evento está com endereço novo, na Marina da Glória, e aposta na força das cores para as coleções de verão 2013/2014. Inspiradas pelo tema “Colorpop”, 25 grifes vão apresentar na passarela, até sexta-feira, as tendências que vão dominar as ruas durante a estação mais quente do ano. “Para a gente, é sempre uma delícia começar. E este é um ano muito importante, porque marca efetivamente a proposta de mudança no calendário oficial de moda, o que dá mais tempo de a indústria planejar sua coleção até colocar as peças nas lojas”, ressalta Paulo Borges, diretor criativo do Fashion Rio. Ele se refere à alteração que antecipa as coleções de verão para março/abril e as de inverno para outubro/novembro. Antes, as marcas tinham apenas cerca de dois meses para lançar suas coleções no mercado. Ontem, a maratona de desfiles começou às 17h, com as cinco marcas vencedoras do Rio Moda Hype: Helena Pontes, Mariana Razuk (Marie Raz), Laís Abbate e Beatriz Ta-

Grife 2nd Floor apostou em cores quentes

vares (Acolá), Bruna Cineze Santini (Unak), Ana Wambier e Daniella Sabbag (Wasabi). Em seguida, as grifes 2nd Floor, Filhas de Gaia e Alessa exibiram suas criações. Hoje, será a vez da Blue Man (12h), Maria Filó (18h), Coven (19h), Iódice (20h30) e Espaço Fashion (22h) mostrarem sua paleta de cores na passarela. GISLANDIA GOVERNO METRO RIO

“A moda no Brasil ainda vive um processo de transformação, de evolução constante.” PAULO BORGES, DIRETOR CRIATIVO

Loucuras por Sinatra Estreia hoje no Teatro das Artes, na Gávea, o musical “Loucos por Sinatra”, relembrando a trajetória de um dos maiores intérpretes da música mundial, com a releitura de 21 de suas canções, 15 anos após sua morte. Com direção geral de Marco Marcondes, o texto é do ator Maurício Baduh. “Foquei nas canções mais românticas, mas também terão os grandes sucessos. Contamos do envolvimento dele com divas de Hollywood como Lana Turner, Ava Gard-

ner, Marilyn Monroe e outras mais”, detalha Maurício, que interpreta novamente o cantor americano, após ter atuado no espetáculo biográfico “Sinatra – Olhos azuis”, entre 2004 e 2005. METRO RIO Programe-se No Teatro das Artes – Shopping da Gávea (rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea. Tel.: 2540-6004). Terças, às 21h, e quartas, às 19h. R$ 70. 12 anos. Até 12/6.

Maurício Baduh interpreta Frank Sinatra no musical | ALMIR REIS/ DIVULGAÇÃO

Acima de uma reunião de intelectuais, uma arena para debate de ideias. Essa é a visão de Rosiska Darcy de Oliveira, 69 anos, sobre a Academia Brasileira de Letras. A escritora foi eleita a mais nova imortal na quinta-feira e vai ocupar a cadeira deixada pelo poeta Lêdo Ivo, falecido em dezembro do ano passado. Conhecida por escrever crônicas e ensaios, a carioca também é a presidente-executiva do ONG Rio Como Vamos. Em entrevista exclusiva ao Metro Rio, Rosiska refletiu sobre a influência da internet na produção literária internacional, ressaltou a importância da ABL no cenário cultural brasileiro e falou do desafio social que os acadêmicos encaram na atualidade.

to, nunca perderá importância. Ela é uma das instituições culturais mais importantes do país. Quais os maiores desafios da Academia? O primeiro é a preservação da língua portuguesa. Essa missão se manterá para sempre pela presença dos escritores. O segundo é compreender o Brasil contemporâneo. O fato de contar com pessoas notáveis ajuda na luta por justiça.

O que você espera da Associação Brasileira de Letras nesses primeiros contatos? Fui eleita com 23 dos 38 votos possíveis. Eram 14 candidatos. Essa votação mostra que eu sou bem-vinda, que serei bem recebida.

A internet tem um papel fundamental nesse Brasil contemporâneo. Como esse instrumento afeta a produção literária? É um impacto no mundo inteiro que tem prós e contras. É preciso diferenciar a linguagem de comunicação, que tem abreviações e tem como marca a agilidade, e a arte de escrever. Não foi preciso a internet para o surgimento de jornais alternativos. Mas ela é um instrumento que facilita a publicação.

Qual a importância da ABL na atualidade? A Academia Brasileira de Letras, que foi fundada por Machado Assis, e que teve a presença de Guimarães Rosa e João Cabral de Melo Ne-

Você levará a sua atuação na ONG Rio Como Vamos para a ABL? Fui eleita por ser cronista e ensaísta. A ABL não é partidária. Ela é a casa da diversidade. METRO RIO


|14|

3

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Luto no Palestra

ESPORTE

“As causas do acidente estão sob investigação, e ainda não é possível apontar os motivos.” TRECHO DA NOTA OFICIAL DA WTORRE

Acidente. Desabamento mata um operário e deixa um ferido na Arena Palestra Itália Se dentro de campo a situação do Palmeiras é de paz e tranquilidade, na Arena Palestra em construção o clima é de luto. O operário Carlos de Jesus, de 34 anos, morreu ontem, após o desabamento de parte da arquibancada do novo estádio. O acidente ocorreu por volta das 11h. Crispiniano Santos foi levado à Santa Casa de Misericórida de São Paulo com escoriações na região lombar e no ombro. Um inquérito policial foi aberto na 23º DP (Perdizes) para apurar as causas do acidente. As obras ficarão

interditadas pela Defesa Civil por tempo indeterminado. “A tendência é que a obra seja reiniciada parcialmente na terça-feira [hoje]. O trecho em que ocorreu o acidente ainda precisa de vistoria”, disse o coordenador da Defesa Civil de São Paulo, Jair Paca de Lima. O acidente ocorreu em parte da obra que não era de responsabilidade da WTorre, construtora responsável pela Arena, mas sim de uma companhia terceirizada, cujo nome é mantido em sigilo.

“O clube vai solicitar à Conmebol que o time entre com uma tarja preta e que seja respeitado um minuto de silêncio antes da partida.”

“Estava em treinamento de segurança no trabalho quando escutei o barulho. Foi uma coisa impressionante, o chão chegou a tremer.”

TRECHO DA NOTA OFICIAL DO PALMEIRAS, REFERINDO-SE AO JOGO DE QUINTA-FEIRA

ROGÉRIO PEREIRA DOS SANTOS, OPERÁRIO E AMIGO DA VÍTIMA

METRO

Casão: demônios revelados

Flamengo

Hernane e Gabriel são dúvida Destaques da vitória do Flamengo sobre o Fluminense, por 3 a 1, domingo, pela Taça Rio, o atacante Hernane e o meia Gabriel são dúvida para o confronto contra o RemoPR, amanhã, às 22h, em Volta Redonda, pelo jogo de volta da Copa do Brasil. Hernane reclama de dores musculares e Gabriel está com uma forte gripe.

A carreira como jogador, o sucesso no Corinthians, o vício, a luta contra as drogas e a volta por cima. A vida de Walter Casagrande teve tudo isso e está exposta na biografia do ex-camisa 9 do Timão: “Casagrande e seus demônios”. Escrito pelo jornalista Gilvan Ribeiro, editor de Esportes do jornal “Diário de S.Paulo”, o livro será lançado hoje, às 19h, na Livraria Saraiva do Shopping Rio Sul, em Botafogo. O lançamento em São Paulo foi no último dia 9. Aos 49 anos, Casagrande teve quatro paradas cardíacas por causa das drogas. Na época mais “pesada”, utilizava, em uma noite, cocaína, heroína e maconha, tudo isso acompanhado de tequila. Em 2007, ele dormiu ao volante e sofreu um acidente de carro – fato que provocou a internação por mais de um ano em uma clínica de recuperação. Hoje, reabilitado, Casagrande conta sua história com as drogas e obscuros casos de doping a que foi submetido quando atuou na Europa. Além do Corinthians, o centroavante atuou por São Paulo, Flamengo, Torino (ITA), Ascoli (ITA) e Porto (POR), entre outros. Ele também defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo do México, em 1986. Mas há também histórias saborosas e divertidas de um dos grandes jogadores dos anos 1980. METRO

“CASAGRANDE E SEUS DEMÔNIOS” CASAGRANDE E GILVAN RIBEIRO GLOBO LIVROS 264 PÁGS. R$ 34,90

Trechos

“Meu [coração], você está comigo desde que nasci. Não vá me deixar na mão agora. Não bata mais do jeito que você está batendo, porque eu não vou aguentar.” “Quando fechei o zíper, em frente ao espelho, houve uma explosão em meu peito. Explodiu mesmo. Saí cerca de um metro do solo, bati contra a parede e caí no chão.”

Casagrande brilhou com a camisa do Corinthians | REPRODUÇÃO

“Em geral, injetavam Pervitin no músculo. Isso realmente melhorava o desempenho. Cansaço? Esquece... Se fosse preciso, dava para jogar três partidas seguidas.”

GILVAN RIBEIRO Escritor do livro foi comparado a Sócrates pelo jornalista Juca Kfouri, pela ‘tabelinha’ feita com Casão no livro Como foi o processo de entrevistas e escrita? O livro foi escrito em praticamente três meses. Tirei licença do jornal entre setembro e novembro, após a Olimpíada. Antes disso, tive alguns almoços espaçados com o Casagrande, estava envolvido com Olimpíada e ele, com o trabalho. Quando tirei a licença, comecei uma coisa mais sistemática. Tive alguns percalços, minha mãe e meu filho tiveram de ser operados. Depois disso, acabei indo para uma praia isolada para escrever. O Casagrande gostou do resultado? O Casagrande gostou muito. Ele teve uma dificuldade grande em ler, ficava tenso, disse que se sentia exposto. Deve ser difícil mesmo se expor dessa forma. Ele foi bem corajoso. Foi uma parceria muito bacana. Como disse o [jornalista] Juca Kfouri, me senti o Sócrates. METRO


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

Opinião

HELIO CASTRONEVES CASTRONEVES@METROJORNAL.COM.BR

DEFENDENDO A LIDERANÇA NA ETAPA DE LONG BEACH Oi, pessoal, tudo bom? Amanhã já estarei seguindo para a Califórnia, pois no domingo tem corrida! Em Long Beach, a terceira etapa do IZOD IndyCar Series, a responsabilidade será grande, principalmente pelo fato de estar defendendo a liderança do campeonato. Cheguei a essa posição após as corridas em St. Petesburg e Barber, onde fui 2º e 3º, respectivamente, depois de ter liderado várias voltas em ambas as corridas. Quanto a isso, sem problemas, ou abro mão de liderar “várias voltas”. Prefiro liderar uma só, a última, e conquistar o único lugar do pódio que ainda não visitei esse ano. Apesar de ser um circuito de rua, as corridas nesta cidade litorânea perto de Los Angeles são tradicionais. A Fórmula 1 correu lá de 1976 até 1983. A Indy, desde 1984 para cá. Ainda na época da CART, venci a etapa de 2001 e me lembro que o pódio foi uma farra só, pois só tinha brasileiro. O Cristiano da Matta chegou em 2º e o Gil de Ferran, em 3º. A pista é bem legal mas, ao mesmo tempo, cheia de manhas. Na verdade, ela tem dois trechos de alta velocidade (uma reta, propriamente dita, e uma avenida com uma curva bem aberta, onde a gente consegue desenvolver bem). Mas se você crava o acelerador nesses setores, nos outros é se pendurar nos freios porque a maioria das 11 curvas é bem travada. É um daqueles lugares que já expliquei aqui. Se você precisa de pouca asa para aproveitar esses pontos rápidos, tem de ter asa que lhe ajude a frear nesses cotovelos. Então, o bom acerto vem do equilíbrio desses dois pontos. A largada será às 17h45, no horário do Brasil, e o negócio é ficar ligado na Band ou no Bandsports e curtir essa corrida muito legal. Espero estar aqui na semana que vem comemorando com vocês um bom resultado, a manutenção da liderança e já de olho na Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé. Abraço! Helio Castroneves, 37, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 27 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2013 sua 16ª temporada na categoria e 14ª pelo Team Penske.

Fluminense

{ESPORTE}

|15|◊◊

Cruzeiro ganha ‘leilão’ por Dedé Quase fechado. Time mineiro já tem acordo com jogador e com o Vasco e aguarda apenas definir a situação dos jogadores que serão emprestados ao cruz-maltino para fazer o anúncio Nem Corinthians, nem São Paulo, muito menos o Milan (ITA). O destino do zagueiro e capitão do Vasco, Dedé, 24 anos, será o Cruzeiro. O time mineiro já entrou em acordo financeiro com o “Mito” e com o cruz-maltino, mas os dois clubes resolveram que só vão oficializar o negócio quando a documentação dos três jogadores que serão envolvidos na transação estiver pronta. O Cruzeiro concordou em pagar os 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 14 milhões) referentes aos 45% dos direitos econômicos de Dedé que pertencem ao clube da Colina. Outros 45% são do Grupo DIS e os 10% restantes da empresa Abillity. Além disso, o clube mineiro vai ceder três jogadores ao Vasco por empréstimo e a custo zero para o rival carioca, já que continuará pagando o salário deles. Nomes como Anselmo Ramon, Diego Renan e Alison foram cogitados para entrar na negociação. O atacante Wellington Paulista também foi lembrado, mas como ainda tem contrato com o West Ham e só poderia chegar ao Brasil em agosto, deve ficar fora dos planos do Vasco. Nos bastidores do clube, já se fala que o Mito não vai sequer enfrentar o Madureira, sábado, em Conselheiro Galvão, pela Taça Rio. O Vasco já está eliminado do Carioca. O gerente de futebol do clube mineiro, Alexandre Ma-

Salário de Dedé no Vasco é de cerca de R$ 240 mil. Ele deve ganhar R$ 400 mil no Cruzeiro | CELSO PUPO / FOTOARENA

Bernardo

5,5 mi de euros, ou cerca de R$ 14 milhões, é o valor que o Cruzeiro vai pagar ao Vasco para ter Dedé. Além disso, o time mineiro vai ceder três jogadores por empréstimo para o cruz-maltino. tos, está no Rio desde sexta-feira e espera anunciar o acordo ainda hoje. Dedé, que recebia cerca de R$ 240 mil de salário no Vasco, deve passar a ganhar R$ 400 mil no futuro time. METRO RIO

Vasco já procura meia no mercado Apesar de o resultado dos exames no joelho esquerdo do meia Bernardo – que se machucou durante o jogo contra o Quissamã, sábado, pela Taça Rio – ainda não ter saído, o Vasco já trabalha com a possibilidade concreta de perder o jogador pelos próximos seis meses e

está procurando por um novo camisa 10 no mercado. O departamento médico cruz-maltino já fala em ruptura do cruzamento anterior do joelho esquerdo. Se o diagnóstico for confirmado, Bernardo deve ser operado em até 15 dias e ficar afastado dos gramados por, no mínimo, seis meses. Ele é o artilheiro do time de São Januário no Campeonato Carioca, com sete gols. O reserva imediato de Bernardo é Pedro Ken. METRO RIO

Botafogo

Ingressos já estão à venda em São Januário

Artilheiro, Lodeiro diz que prefere armar

Os ingressos para a partida entre Fluminense e Caracas, que vai definir o futuro do tricolor na Libertadores, quinta-feira, às 22h, em São Januário, estão disponíveis na internet (www.futebolcard.com.br) e nas bilheterias do estádio de São Cristóvão. Os preços variam de R$ 30 a R$ 60. O Flu lidera o Grupo 8 com 8 pontos. Grêmio e Huachipato têm 7 cada e o Caracas, 6. METRO RIO

Após marcar dois gols na goleada do Botafogo por 4 a 1, sobre o Nova Iguaçu, domingo, pela Taça Rio, o volante Lodeiro se tornou o artilheiro do Glorioso no Carioca, com sete gols. “Estou em boa fase, mas prefiro mesmo é participar da armação”, disse o uruguaio. Classificado para as semifinais da Taça Rio, o Alvinegro estreia amanhã na Copa do Brasil, contra o Sobradinho-DF, no Distrito Federal. METRO RIO

F-1. Brasil pode ficar fora Fórmula Indy. Concorra a ingressos da prova de SP do calendário de 2014 Detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, Bernie Ecclestone afirmou que o Brasil pode ficar sem sediar etapa da categoria no ano que vem. Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, ele disse que o autódromo de Interlagos, em São Paulo, não atende às exigências atuais. “As promessas de reforma não foram cumpridas. Agora, chega. Não fosse a relação antiga e os sentimentos que me ligam ao Brasil, a Fórmula 1 já não estava mais lá”, declarou.

“O traçado é um dos melhores do mundo, com certeza. Mas a estrutura é a pior do calendário. Não podemos mais cobrar nada dos outros autódromos com Interlagos ano após ano mantendo-se como está”, completou. Segundo o dirigente inglês, as cidades de Penha (SC) e Rio de Janeiro surgem como opções, com o município do sul em vantagem. “Se não houver alternativa, sim, o Brasil pode ficar sem prova em 2014”, ameaçou. METRO

Passageiros que desembarcarem no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, poderão concorrer, até sábado, a um par de ingressos para a Ipaipava São Paulo Indy 300 Nestlé. O prêmio será dado às duas melhores respostas à pergunta “O que você faria para chegar voando baixo na São Paulo Indy 300?” Para concorrer, basta fotografar um pneu de carro da Indy em tamanho natural que está nas esteiras de desembarque, publicar no Instragram e responder à per-

Corrida acontece no dia 5 de maio | ROBERT LABERGE/GETTY IMAGES

gunta utilizando a hashtag #saopauloindy300. Os vencedores terão os nomes publicados no dia 22 na página oficial da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé no Facebook (www.facebook.com/ SPIndy300). METRO


20130416_br_metro rio  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you