Issuu on Google+

HERMANOTEU ESTÁ AQUI

MACACA

se classifica PELA COPA DO BRASIL PÁG. 19

SÃO PAULO

perde e situação FICA DIFÍCIL NA LIBERTADORES PÁG. 18

DIRETO DA TERRA DE GODAH, ESPETÁCULO ENCHE DE RISADAS O CASTRO MENDES PÁG. 12 CAMPINAS Sexta-feira, 5 de abril de 2013 Edição nº 722, ano 3 MÍN: 20° C MÁX: 25°C

sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

www.readmetro.com | leitor.camp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrocps showers sunny showers

windy

Denúncias contra policiais crescem 19% hazy

showers

Ouvidoria. Balanço divulgado ontem inclui os serviços prestados pelas polícias Civil e Militar. Entre as reclamações estão mau atendimento, homicídio, agressão, entre outras. O ouvidor diz que a população aprendeu a reconhecer os seus direitos PÁG. 05

Radares concentram multas | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Emdec cobra 50 mil multas represadas

ALERTA MÁXIMO

Coreia do Norte movimenta mísseis nucleares e sul-coreanos reforçam defesas na fronteira PÁG. 10 Soldados do 23º Batalhão de Armas Químicas dos EUA fazem demonstração para o exército sul-coreano. Equipe voltou a ficar baseada no país | LEE JAE-WON/REUTERS

Empresa ficou sem emitir, durante um mês, mil infrações por dia, por causa de um servidor quebrado PÁG. 04

Informais são 40% da mão de obra ocupada da RMC Índice preocupa economistas que avaliam que cenário é prejudicial à economia da região PÁG. 08


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{EDITORIA}

|02|◊◊


1 FOCO

|04|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

dias. Cinco bairros Emdec emite 60 terão remédio em casa 50 mil multas represadas por erro de sistema Tecnologia. Problema técnico em servidor evitou que cerca de mil infrações de trânsito/dia fossem enviadas para motoristas

Polícia Federal

TJ-SP pede apuração

O presidente do TJ-SP, desembargador Ivan Sartori, pediu ontem à Policia Federal que apure as denúncias envolvendo o desembargador Arthur Del Guércio Filho, acusado de exigir dinheiro em troca de votos favoráveis aos interesses de advogados. O pedido foi atendido pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Cotações Dólar - 0,34% (R$ 2,01) Bovespa - 1,64% (54.648 pts) Euro - 0,13% (R$ 2,59) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

A Emdec, empresa que gerencia o trânsito de Campinas, vai publicar até segunda-feira no ‘Diário Oficial’ a notificação de 50 mil multas contra motoristas da cidade. Por um erro no servidor – que processa as infrações aplicadas pelos amarelinhos e pelos radares – as multas não puderam ser emitidas no período de 25 de janeiro a 21 de fevereiro deste ano. A primeira leva de infrações foi publicada ontem no “Diário Oficial”. Em três resoluções assinadas pelo secretário de Transportes, Sérgio Benassi (PCdoB), ele informava que a publicação trazia o relatório das cobranças que totalizaram 35.095 multas. O segundo lote está previsto para ser divulgado até segunda-feira. A Emdec emite cerca de mil multas por dia. De acordo com a assessoria de imprensa, esses motoristas já receberam, via Correios, a

500 pessoas serão atendidas | METRO

rar na falta de medicamentos. Hoje 15 remédios não são encontrados na rede de Saúde. A prefeitura diz que o problema será normalizado em 30 dias. METRO CAMPINAS

Dengue. Epidemia segue parâmetros de 2011

114 agentes atuam especificamente na fiscaliação

informação de que cometeram irregularidades no trânsito. Para evitar a repetição deste problema técnico, a Emdec vai investir R$ 150 mil em um novo sistema de informática que terá além do servidor principal, um

| THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

segundo software. Dos 340 agentes da mobilidade urbana, 114 deles atuam especificamente na fiscalização do trânsito. ROSE GUGLIELMINETTI METRO CAMPINAS

Moradores da Brandina serão treinados contra incêndio Os moradores da Vila Brandina, periferia da cidade, vão receber treinamento para saberem como devem reagir em casos de incêndio. A Defesa Civil irá fazer um simulado de incêndio, que deve ocorrer entre o fim de abril e o início de maio.

Em meio à crise da saúde em Campinas, impulsionada pela falta de médicos, a Prefeitura de Campinas anunciou ontem que vai entregar em casa remédios para idosos, pacientes com mobilidade nula ou reduzida. A medida começa a ser materializada em 60 dias. O projeto será oferecido nas unidades de saúde do DIC I, Joaquim Egídio, Parque Valença, São José e Jardim Aurélia. O projeto piloto vai atender 500 pacientes dos 6 mil que devem ser incluídos no programa. O secretário de Saúde, Antonio Carmino de Souza, disse que em 60 dias irá ampliar para os 63 postos de saúde. A entrega feita em casa, porém, pode esbar-

O objetivo do treinamento, explica o coordenador da Defesa Civil Sidnei Furtado, é capacitar o grupo em como agir em caso de incêndio, seja em residências ou um prédio fechado com somente uma saída. “O grupo deverá conscientizar os moradores sobre a impor-

tância da comunidade no trabalho de prevenção a desastres e na preservação de vidas”, disse. O trabalho envolvendo a comunidade em ações de prevenção a desastres é resultado de uma ação implementada neste ano pela prefeitura. METRO CAMPINAS

A epidemia de dengue que atinge Campinas desde meados de janeiro tem registrado números semelhantes aos de 2011, quando foram confirmados cerca de três mil casos da doença durante o ano todo na cidade, segundo a diretora da Visa (Vigilância em Saúde), Brigina Kemp. O número fica bem abaixo do que foi computado durante a pior epidemia na cidade – em 2007 foram mais de 20 mil notificações e 10 mil casos confirmados. A questão da dengue em Campinas, segundo Brigina, não deve ser encarada como um fato isolado, mas deve-se considerar que existe uma epidemia no Estado de São Paulo e em várias outras localidades do país. “Até março, Campinas teve 752 casos. A região de Ribeirão Preto e a Baixada Santista têm registrado números mais elevados.” A circulação do sorotipo 4 também é ponto-chave para o aumento das ocorrências já que ele amplia o leque de pessoas que podem contrair a doença. “Se a pessoa já teve o sorotipo 1, ela fica imune a ele. Mas com o

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 019/3779-7421

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145). Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo.

leitor.camp@metrojornal.com.br 019/3779-7518

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação Metro Campinas. Editora-Executiva: Zezé de Lima (MTB: 16.231). e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Editor de Arte: Gustavo Moura. Gerente Comercial: Simone Monfardini. Grupo Bandeirantes de Comunicação Campinas - Diretor Geral: Rodrigo V. P. O. Neves. ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

População precisa se conscientizar | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

surgimento de um novo sorotipo, toda a população está suscetível a ele.” O município vem enfrentando ainda dificuldades em manter suas ações, segundo Brigina, desde o ano passado por causa do número subdimensionado de profissionais, ainda mais com o rompimento do convênio com o Cândido Ferreira. Há ainda fatores climáticos da região e a oferta de criadouros. “A dengue faz parte do cotidiano de Campinas. A questão é que esse é um problema multicausal. E a sociedade tem que assumir essa responsabilidade também.” METRO CAMPINAS

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, 2799, CEP 13045-541, Jardim São Gabriel. Tel.: 019/3779-7421. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A.

A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30 mil exemplares


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|05|◊◊

Campineiros denunciam mais abusos da polícia Atendimento ruim. Qualidade do tratamento à população é o principal item das queixas. Infrações e homicídios também aparecem O número de reclamações contra policiais civil e militar em Campinas cresceu 19,4% entre 2011 e 2012. Os dados são da Ouvidoria da Polícia, em São Paulo. Em 2011 foram 185 reclamações contra policiais na cidade ante 221 em 2012. A má qualidade no atendimento foi o primeiro quesito nas denúncias nos dois anos. Outro número que chama a atenção é a infração de policiais. Em 2011, era o quinto item mais reclamado e no ano passado subiu para terceiro, quando incluída toda a região do Deinter (Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior ) 2, que responde por 38 municípios. Segundo o ouvidor da polícia, Luiz Gonzaga Dantas, a maior divulgação feita pela mídia ajudou para que as pessoas não se calassem quando descontentes com o serviço policial. “A ouvidoria ganhou a credibilidade

“O policial trabalha acima de sua carga horária e isso o leva ao erro. Não podemos puni-los por falhas simples. Eles são humanos.” APARECIDO LIMA DE CARVALHO, PRES. DO SINDICATO DE POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO DE CAMPINAS

das pessoas”, disse. A lista da área de cobertura do Deinter 2 também aponta homicídios como a oitava causa de denúncias. Segundo o ouvidor é preciso investigar os motivos do desvio de conduta destes policiais. “O número aumentou porque alguns policiais desviaram de suas funções. Estamos propondo à Secretaria de Segurança Pública a criação de um grupo multidisciplinar, também com ajuda de universidades públicas, para avaliar os crimes e as denúncias e traçar um perfil desses poli-

ciais”, afirma. Segundo ele, a primeira ação quando existe a denúncia é o afastamento administrativo do profissional – ele sai da rua e desempenha funções internas. Em caso de uma ocorrência grave, ele pode até ter a prisão provisória decretada. Para Aparecido Lima de Carvalho, presidente do Sindicato de Policiais Civis de Campinas, tem de haver coerência na cobrança ao policial. “Se o policial cometer um crime, como corrupção, ele deve ser punido severamente. Porém, o atendimento de má qualidade muitas vezes não é culpa do policial. Há um déficit de cerca de 300 policiais, admitido pela SSP (Secretaria da Segurança Pública), e cada policial trabalha por três, o que gera o cansaço e o estresse. Punir um policial porque ele não conseguiu atender a população é puni-lo duas vezes”, disse. METRO CAMPINAS

Denúncias • No estado, o e-mail foi o principal meio usado (45%), seguido pelo telefone (38%) e por último as denúncias feitas pessoalmente (2%) • Das cidades de cobertura do Deinter 2, Campinas é a primeira em denúncias. Na sequência aparecem, respectivamente, Jundiaí (31 casos), Indaiatuba (22 queixas) e Bragança Paulista (20 denúncias) • A ouvidoria foi criada em 1995. • Nas 38 cidades cobertas pelo Deinter 2, o total de denúncias foi de 427, contra 380 de 2011, alta de 12,3%. No estado, o crescimento foi de 35% Reclamação contrasta com deficit de policiais | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Ataque a carro-forte deixa 8 feridos Sete vigilantes e um policial militar ficaram feridos durante um ataque ontem a dois carros-fortes nas cidades de Araras e Conchal. De acordo com a PM, dez criminosos interceptaram os veículos no quilômetro

64 da Rodovia Anhanguera, sentido capital. Houve duas trocas de tiros. A primeira foi entre os bandidos e os oito vigilantes dos carros-fortes. A polícia informou que os ladrões usavam armamentos

pesados, sendo dois fuzis e uma metralhadora. O segundo enfrentamento ocorreu durante um bloqueio feito pela PM, que avisada pela Polícia Rodoviária, tentou capturar os bandidos na entrada de Conchal. Neste

momento, um policial ficou ferido. Os ladrões conseguiram fugir e levaram todo o dinheiro dos veículos. Dos feridos, um está em estado grave. Os outro sete não correm risco de morte. METRO CAMPINAS

Dom Pedro. Obras devem complicar o trânsito A Rota das Bandeirantes vai fazer hoje, das 9h às 17h, obras de recuperação do pavimento no km 9 do Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira, o que deve-

rá provocar ainda mais lentidão no trânsito. A concessionária, no entanto, diz que o maior fluxo de veículos é fora do período programado. METRO


|06|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Itamaraty vai investigar assédio moral em Sidney Denúncias. Pelo menos 8 servidores afirmam que estão sendo vítimas de maus-tratos cometidos pelo embaixador e pelo consul-adjunto. Denúncias incluem assédio sexual A chegada do diplomata Américo Dyott Fontenelle, em junho de 2010, ao consulado do Brasil em Sidney, na Austrália, transformou em pesadelo a rotina de trabalho. Pelo menos oito funcionários relataram ao Itamaraty queixas de maus-tratos cometidas pelo embaixador. Há também duas funcionárias que o acusam de assédio sexual. Fontenelle é o atual Consul-Geral do Brasil em Sidney e é investigado desde março junto com o consul-geral adjunto, César de Paula Cidade, no cargo desde dezembro de 2010. Os funcionários apresentaram um abaixo-assinado pedindo a abertura de um Processo de Apuração Ético, que poderá determinar desde uma advertência até a expulsão do diplomata. A Comissão de Ética do Itamaraty decidirá sobre a abertura de ação até o fim do mês, com base no relatório do embaixador do Brasil no Kuwait, que ficou dez dias em Sidney ouvindo os envolvidos nas denúncias. O Metro tentou o contato com o embaixador, mas não conseguiu localizá-lo.

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO@METROJORNAL.COM.BR

MENOR QUE IMAGINAVA, SERRA HESITA SAIR DO PSDB.

Comissão do Itamaraty decide até o fim do mês se abre processo ético contra diplomatas | BIA FANELLI/FOLHAPRESS

‘Atendimento Jedi’ Os funcionários relatam que as ofensas ocorriam até durante o atendimento ao público. Fontenelle ficava atrás dos guichês e disparava palavrões de cunho homofóbico e racista. O tratamento diário foi apelidado de ‘atendimento Jedi’. O embaixador tem histórico de denúncias de as-

sédio moral quando ocupava o cargo de Consul-Geral em Toronto, no Canadá, em 2007. O processo foi arquivado. Nos últimos dois anos, 8 funcionários pediram demissão do consulado e seis transferência. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Moradores ainda tentam legalização dos terrenos no Horto | FABIO TEIXEIRA/FOLHA PRESS

nico. O parque pretende utilizar a área para fins de expansão. Ida para Centro e Tijuca Segundo informações da Amahor, os moradores que tiveram suas casas retiradas foram levados para imóveis do SPU no centro e na Tijuca, zona norte. Eles tiveram

seus bens transportados por veículos do órgão federal. O começo das construções feitas ali data do princípio do século 19. A maioria das pessoas que viviam na vila era composta de trabalhadores do Jardim Botânico. Os moradores tentam a legalização dos terrenos na Justiça. METRO RIO

“Constrangimentos e uso de palavrões são recorrentes. Não são casos isolados. Fazem parte da rotina diária do pessoal em Sidney.” RAFAEL DE SÁ ANDRADE, SECRETÁRIOGERAL DO SINDITAMARATY

Justiça. Júri absolve um por morte de extrativistas O agricultor José Rodrigues Moreira, acusado de planejar e financiar o assassinato do casal de extrativistas José Claudio e Maria do Espírito Santo, foi absolvido na noite de ontem, após dois dias de julgamento no Fórum de Marabá, em Pará. As vítimas, que foram mortas em maio de 2011, denunciavam casos de extração ilegal de madeira e grilagem de terras no assentamento Praialta Piranheira, em Nova Ipixuna. Os outros dois acusados de envolvimento no assassinato foram condenados. Um a 45 anos, por duplo homicídio triplamente qualificado, e o outro a 42 anos, por homicídio duplamente qualificado. METRO

“NÃO SIGNIFICA APOIO A DILMA EM 2014”

O ex-governador paulista José Serra tem enfrentado dificuldades para reunir um número significativo de políticos do PSDB que, liderados por ele, realizem filiação coletiva ao Partido Popular Socialista (PPS). A “janela” para a mudança, sem risco de perder mandato, será a fusão ao Partido Municipalista Nacional (PMN), a pretexto de “criar” uma terceira agremiação. Serra tem menos aliados que imaginava, no PSDB. DAQUI NÃO SAIO. Nem mesmo aliados fieis como o senador Aloisyo Nunes (SP), topam se juntar a aventura de José Serra no PPS: “Do PSDB eu não saio”.

Removidos do Horto no RJ ainda tentam acordo Um oficial de Justiça atravessou as barricadas e, ao som de protestos, cumpriu, ontem à tarde, o mandado de remoção de quatro casas no Horto, na zona sul, do Rio de Janeiro. Apesar da decisão, a Amahor (Associação de Moradores do Horto) ainda tenta, junto à Secretaria de Patrimônio da União, o retorno dos moradores às casas. A negociação durou horas e a saída foi dificultada porque as pessoas não tinham para onde ir. No total são 620 pessoas que vivem dentro dos limites do Jardim Botânico. A ação contou com a presença de policiais federais, militares do Batalhão do Leblon e do Batalhão de Choque. A União pede a reintegração desse terreno para devolvê-lo ao Jardim Botâ-

Política

TRIO TERNURA. Por trás do insucesso de Serra estão três tucanos ilustres convencendo “serristas” a ficarem no PSDB: FHC, Geraldo Alckmin e Aécio Neves. TE CUIDA, LUANA. O cora-

joso desabafo de Luana Piovani contra Sérgio Cabral, protestando contra a bagunça, a sujeira e o banditismo no Rio de Janeiro, pode custar caro à atriz. Rancoroso, ele tem o hábito de perseguir e pedir a cabeça dos seus críticos, inclusive jornalistas.

Luana Piovani | FABIO KNOLL/ DIVULGAÇÃO

DEPUTADO ANTHONY GAROTINHO (PR-RJ) SOBRE A NOMEAÇÃO DO MINISTRO DOS TRANSPORTES

PERGUNTA NA FRONTEIRA.

O que Lula está fazendo que ainda não se ofereceu para intermediar o conflito entre as duas Coreias? VEXAME. Depois da França, o site do Ministério das Relações Exteriores do Canadá recomenda “muita cautela” a turistas, após o crescimentos de estupros no Brasil: 150% a mais em quatro anos, superando a Índia. MALANDRAGEM. Aliados do governo do cocaleiro Evo Morales, da Bolívia, armam golpe contra o senador de oposição Roger Pinto, asilado na embaixada do Brasil há quase um ano. Querem cassá-lo por “faltas”. LULICES. Virou página no Facebook a frase do presidente do Uruguai, José Mujica, num evento oficial ontem, ignorando que era gravado: “Essa velha (Cristina) é pior que o caolho (Néstor Kirchner). Te cuida, Dilma.

PODER SEM PUDOR

Tapinha amigo No início dos anos 90, em visita ao Brasil, Fidel Castro foi almoçar na casa de Lula, em São Bernardo (SP). Até provador foi destacado pela segurança cubana. D. Marisa compreendeu: todo o cuidado era pouco – afinal, a CIA tenta matar Fidel há décadas. Mas o comandante meteu o delicioso bife rolê

inteiro na boca, e se engasgou com o palito que mantinha a carne enrolada. O homem ficou roxo, abriu os braços, pânico geral, até Lula aplicar um tapa nas suas costas. Um alívio. Depois que o convidado foi embora, Lula comentou: - Quase matei o Fidel, coisa que nem a CIA conseguiu... 

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|08|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

ECONOMIA

40% dos trabalhadores da RMC são informais

Emprego. Mão de obra ocupada na região chega a 1.519.328. São 68.577 pessoas desempregadas. Índice de desemprego está em 4,3 Dos 1.518.328 profissionais empregados na RMC (Região Metropolitana de Campinas), 40,8% são informais, de acordo com a estimativa da Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas) divulgada ontem. A força deste mercado, na análise do economista Roberto Brito, assusta e é considerada ruim para a região, já que soma prejuízos para todas as partes envolvidas: empregados, empregadores e o próprio setor público. “Nessas condições, os trabalhadores têm uma série de direitos que não estão sendo assegurados. O empregador desses trabalhadores corre um sério risco, até porque é praticamente inevitável não sofrer uma ação trabalhista. E, ainda por cima, existem encargos que não estão sendo recolhidos”, afirma. Para Brito, o que chama a atenção na “força do mercado informal” é o fato da região apresentar um cenário de mercado aquecido e baixa taxa de desemprego – 4,32. Segundo o economista, esses são fatores

Investimento. Poupança bate novo recorde A captação líquida da caderneta de poupança (diferença entre os depósitos e os saques) ficou em R$ 5,96 bilhões em março, segundo o BC (Banco Central). O valor é mais que o dobro do verificado em fevereiro, quando a captação líquida ficou em R$ 2,32 bilhões. O resultado é também superior ao de março de 2012, de R$ 2,544 bilhões, antigo recorde para meses de março na série histórica do BC, com início em 1995. No acumulado de 2013, os depósitos feitos em poupança superam os saques em R$ 10,58 bilhões --o maior valor para um primeiro trimestre desde 1997, quando o montante foi de R$ 4,645 bilhões. Em 2012, a cifra foi de R$ 49,719 bilhões. METRO

“Esse comportamento está atrelado ao equívoco de achar que a formalização é perder dinheiro. É uma visão que não vale a pena.” ROBERTO BRITO, ECONOMISTA

que deveriam promover a formalização, e não o contrário. “Beira a irracionalidade manter empregos informais. Isso custa mais caro lá na frente.” Ainda assim, os empregos formais são a maior parte do mercado de trabalho e correspondem a 898.255 trabalhadores. No primeiro bimestre deste ano, a RMC criou 10.447 novos postos de trabalho formal – 29,5% vagas formais a mais do que foi criado no mesmo período do ano passado: 8.067 novos postos. O setor que mais absorveu essa mão de obra foi o de Serviços, com 5.200 novos empregos. A PEA (População Economicamente Ativa) da RMC está hoje em 1.587.905. Des-

EMPREGO

Estimativa do Índice de Desemprego da Região Metropolitana de Campinas POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA DA RMC

1.587.905

MÃO DE OBRA OCUPADA

1.519.328 DESEMPREGADOS NA REGIÃO

68.577

4,32%

EM CAMPINAS

20.401

te total, 68.577 pessoas estão desempregadas, o que sinaliza para uma taxa de desemprego de 4,32, considerada baixa. O índice nacional está em 5,6. Campinas consegue um desempenho ainda melhor. A taxa de desemprego está em 3,4. São 20.401 pa-

ÍNDICE DE DESEMPREGO NA RMC

Vendas ficaram 5,8% menor em março | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

prazo, 7,5 não são pagas. Só este ano já são 38.819 carnês em atraso em Campinas, que representam R$ 48,5 milhões em débito. Em março, as vendas ficaram 5,89% menor do que no mesmo mês de 2012. No entanto, o balanço do primeiro trimestre

radas. O que, na análise do economista da Acic, Laerte Martins, é “quase um pleno emprego”. Comércio A inadimplência ainda preocupa o comércio de Campinas. O índice indica que a cada cem compras feitas a

foi positivo, já que representou um crescimento de 2,10% em relação ao mesmo período do ano passado. O faturamento já chega a R$ 2,2 bilhões. JULIANA EWERS

METRO CAMPINAS

Preço de remédio vai subir até 6,31% O governo autorizou ontem o reajuste de até 6,31% nos preços dos medicamentos vendidos em todo o país. O aumento leva em conta a inflação acumulada nos 12 meses até fevereiro, calculada pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que ficou em 6,31%. Em 2012, o reajuste máximo autorizado foi de 5,85%. A autorização considera três faixas de medicamento, com mais ou menos participações de genéricos. A lista dos 6.234 medicamentos com os valores reajustados será divulgada em 20 de abril. A categoria com maior participação de genéricos, na qual esses medicamentos representam 20% ou mais do faturamento, tem teto autorizado para reajuste de até 6,31%. Esta categoria reúne remédios de uso popular e frequente como

omeprazol (gastrite e úlcera) e amoxilina (antibiótico para infecções urinárias e respiratórias). São 3.531 medicamentos, de um total de 6.234, ou 56,6% do mercado. A categoria intermediária (nível 2), com faturamento entre 15% e 20%, teve reajuste autorizado de até 4,51% remédios, incluindo lidocaína (anestésico local) e risperidona (antipsicótico). No caso da categoria com menor participação de remédios genéricos – faturamento abaixo de 15% – o reajuste poderá ser de até 2,70%. De acordo com o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo, se todas as apresentações forem reajustadas pelos índices máximos, o aumento médio será de 4,59%. “Assim, como tem acontecido nos últimos anos, a variação de pre-

ços dos medicamentos ficará abaixo da inflação geral.” O sindicato afirma ainda que, em regra, há um pe-

ríodo de ajuste, que dura de dois a três meses. As primeiras variações de preço dos medicamentos deverão ser

registradas em junho ou julho, quando começam as reposições de estoques. METRO

MEDICAMENTO EM ALTA Reajuste autorizado pelo governo

TOTAL DE REMÉDIOS

EXEMPLOS

REAJUSTE

NÍVEL 1 participação de genéricos igual ou superior a 20%

3.531

Paracetamol, medicamentos para hipertensão como sinvastatina e captopril, antibiótico amoxicilina, aspirina e anti-inflamatório Cataflan

6,31%

NÍVEL 2 participação de genéricos igual ou superior a 15% e abaixo de 20%

205

Anestésico docaína, antipsicótico Risperidona, pomada com ação anti-inflatória Betametasona, broncodilatador Atrovent e anestésico Lidocaína

NÍVEL 3 participação de genéricos abaixo de 15%

2.498

Buscopan, remédio para asma Berotec, anticoncepcionais, descongestionante nasal Busonid e medicamento para hepatite Interferon alfa

4,51% 2,70% FONTE: DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, 04/04/2013


|10|

1

Imagens

1 E 2. AMMAR AWAD/ REUTERS 3. MUSSA ISSA QAWASMA/REUTERS

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Coreia do Norte move mísseis para costa leste Ameaça. Arsenal poderia alcançar Coreia do Sul e Japão. EUA devem tentar solução diplomática junto à China

2 3

1

Palestinos de luto. Milhares seguem cortejo As forças de segurança palestinas levam o caixão de Maysara Abu Hamdeya, um priosioneiro de 64 anos que morreu em uma cadeia de Israel. METRO

2

Choque com israelenses. Combate deixa dois mortos Revoltados com a morte de Hamdeya, centenas de pessoas foram às ruas da Cisjordânia ocupada. Elas atiraram pedras e coquetéis molotov contra israelenses, que revidaram. Dois palestinos morreram. METRO

3

Política no protesto. Marcha uniu Hamas e Fatah

Nos funerais, palestinos agitavam bandeiras do Hamas e do Fatah. METRO

Em mais um passo para a escalada de tensões na Península Coreana, Pyongyang moveu mísseis para a costa leste do país. A informação foi confirmada por autoridades sul-coreanas que monitoram as atividades militares na nação vizinha. O movimento veio no dia seguinte ao anúncio do envio de um sistema de defesa antimísseis para a base norte-americana da ilha de Guam, no Pacífico. Segundo analistas, os mísseis da Coreia do Norte poderiam atingir alvos no sul e no Japão. Pyongyang anunciara, na quarta-feira, a iminência de um ataque nuclear contra os Estados Unidos. Washington e observadores independentes, no entanto, não acreditam que a Coreia do Norte possua tecnologia para isso. “O que estamos vendo agora é um padrão familiar de comportamento”, disse o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, sobre a crescente retórica do regime norte-coreano. “Lamentável, mas familiar.” Nos próximos dias, os EUA devem investir em uma solução diplomática para o conflito. O secretário de Estado, John Kerry, deve chegar a

Soldado norte-coreano vigia a fronteira com a Coreia do Sul |

“Quando um país faz esse tipo de declaração belicosa, é preciso levar a sério e tomar medidas para defender os EUA e seus aliados.” VICTORIA NULAND, PORTA-VOZ DO DEPARTAMENTO DE ESTADO DOS EUA

Pequim no início da próxima semana, para tentar o diálogo. METRO COM AGÊNCIAS

No tribunal. Ruby defende Silvio Berlusconi A marroquina Karima El Mahroug, conhecida como Ruby, saiu em defesa do ex-premiê italiano Silvio Berlusconi, no processo que ele responde por prostituição de menores. “Não sou prostituta. Para atingir Berlusconi, a imprensa me prejudicou”, disse. Em fevereiro, mês das eleições na Itália, ela já o havia ajudado, adiando seu depoimento. METRO

A marroquina Ruby, em janeiro |ALESSANDRO GAROFALO/ARQUIVO/REUTERS

Paraísos fiscais. Vazamento revela nomes de correntistas Em um vazamento inédito, o Icij (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, na sigla em inglês) revelou uma lista com os nomes de pessoas que mantêm con-

tas em paraísos fiscais. Um dos envolvidos é Jean-Jacques Augier, amigo do presidente da França, François Hollande, e co-tesoureiro de sua campanha. METRO

YONHAP/REUTERS

A vez da diplomacia chinesa A China, aliada histórica da Coreia do Norte, terá a chance de demonstrar sua proatividade na diplomacia internacional nas próximas semanas. Especialistas acreditam que Pequim é a única que pode por fim, em pouco tempo, às ameaças na Península Coreana, pois tem influência em ambos os lados.

Recentemente, o governo chinês nomeou Wang Yi, um especialista em Coreia da Norte, para o cargo de ministro de Relações Exteriores. “Isso significa que a China continua a ver a Coreia do Norte com alto interesse”, diz Thomas Khonig, coordenador do programa para a China no Con-

selho Europeu de Relações Exteriores. “Pequim vai desempenhar o papel mais importante entre todos os atores, muito mais que a Coreia do Sul, que tem opções muito limitadas”, aposta. CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

‘A velha é pior que o vesgo’, diz Mujica sobre o casal Kirchner Sem perceber que microfones estavam ligados, o presidente do Uruguai, José Mujica, protagonizou uma gafe ao criticar a líder argentina, Cristina Kirchner. “Essa velha é pior que o vesgo”, disse ele, em referência ao falecido marido de Cristina, Néstor Kirchner, que era estrábico. Ele governou a Argentina entre 2003 e 2007. O comentário foi feito antes de uma coletiva de imprensa em Sarandí Grande, a 138 km de Montevidéu. Segundo o jornal “El Observador”, Mujica conversava sobre relações comerciais com os países vizinhos. O presidente disse que, para conseguir qualquer coisa com a Argentina, era preciso dialogar antes com o Brasil. Para o líder

Cristina e Néstor, em 2009 | ARQUIVO/PRESIDÊNCIA DA ARGENTINA/REUTERS

uruguaio, Cristina é teimosa e mais difícil que Néstor. O jornal uruguaio “La República” perguntou a Mujica o que faria em relação à gafe. “Não vou dar bola e nem atravessar o mundo para esclarecer nada”, disse.

Essa não é a primeira vez que um líder uruguaio entra numa saia justa com a Argentina. Em 2002, o então presidente, Jorge Batlle, teve de ir a Buenos Aires pedir desculpas por dizer que todos os argentinos eram ladrões. METRO


2 CULTURA

Chorão

Cantor sofreu overdose Laudo da Polícia TécnicoCientífica divulgado ontem aponta que o vocalista da banda Charlie Brown Jr. morreu de overdose de cocaína. O corpo de Chorão foi encontrado na casa dele no dia 6 de março.

|12|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA }

Da Terra de Godah

O Metro indica

para Campinas

Espetáculo

Terça Insana 2013. Uma espécie de cabaret de variedades encabeçado pela atriz e diretora Grace Gianoukas marca a comédia “Terça Insana”. Teatro Liceu – Rua Baronesa Geraldo de Resende, 33o, Guanabara. Amanhã, às 21h, e domingo, às 18h. R$ 20 à R$ 70 (inteira).

Teatro. Famosa peça de teatro ‘Hermanoteu na Terra de Godah’ faz duas apresentações no Teatro Castro Mendes neste domingo O humor irreverente da Cia de Comédia “Os Melhores do Mundo” desembarca em Campinas neste domingo e sobe ao palco do Teatro Castro Mendes com a peça “Hermanoteu na Terra de Godah”. A apresentação ocorre em dois horários: a primeira, às 19h; e a segunda, às 21h. Ainda há ingressos para a segunda sessão. As entradas para o primeiro horário já estão esgotadas. A partir de um cenário

A peça faz críticas leves à sociedade | DIVULGAÇÃO

que remonta aos tempos do Antigo Testamento, os personagens fazem uma leitura da atual realidade observando e criticando, a cultura da sociedade. No espetáculo, seis atores se revezam em dezenas de personagens, que têm um único objetivo: fazer rir. O teatro fica localizado na Praça Correa de Lemos, s/n, Vila industrial. Os ingressos custam R$ 80 (inteira). Informações e vendas: (19) 3272-9359. METRO CAMPINAS

Musical premiado

‘Gonzagão - A lenda’ está em cartaz O espetáculo musical “Gonzagão - A lenda”, que traz a história do rei do baião,

abre temporada hoje no Teatro Iguatemi Campinas. A peça, premiada com o Prêmio Shell de Melhor Música e de Melhor Produção no Prêmio APTR, sobe

ao palco nos dias 5, 6, 7, 12, 13 e 14. Os ingressos custam R$ 70 (inteira) e estão sendo vendidos no site ingresso.com.br. METRO CAMPINAS

Cinema

Ciclo Mazzaropi. Exibição de documentários e filmes do cineasta e ator Amácio Mazzaropi. MIS (Museu da Imagem e do Som) de Campinas – Rua Regente Feijó, Centro. Hoje e amanhã, às 16h. Grátis

Show

Nanny Soul. A dj agita as pistas com muito soul-funk retrô dos anos 70. Iff!Bar – Av. José de Souza Campos, 425, Cambuí. Sábado, às 21h30.

Teatro

Peça para crianças. A dupla Biscoitinho Queimado e Ovo Procurado convida as crianças ao desafio de desvendar o enigma do ovo procurado. Espaço Casa do Lago - rua Érico Veríssimo 1.011, no campus da Unicamp. Domingo, às 10h30. Grátis.

Orquestra

Violeiros em Nova Odessa. Clássicos da música raiz sertaneja ao tom erudito. Av. Ampélio Gazzeta, 1.800. Domingo, às 13h30. Grátis.


|14|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Receita Minuto

Leitor fala

Congestionamento aéreo

DANIEL BORK

O tráfego aéreo que passa sobre Campinas aumentou demais. É um avião atrás do outro. Até as 10 horas da noite o tráfego é muito intenso. Se acontecer um acidente é catástrofe na certa.

BORK@METROJORNAL.COM.BR

CONSERVA DE PIMENTA-DEDO-DE-MOÇA

ADILSON PEREIRA - CAMPINAS, SP

Cruzadas

Falta de orientação no PS Tenho um conhecido que está com suspeita de Dengue. Apresenta todos os sintomas (febre, dor de cabeça, dor no corpo). Eu o levei quatro vezes ao Posto de Saúde (Faria Lima) e não deram orientações adequadas.

Há alguns anos tive a felicidade de aprender esta receita de conserva de pimentas. Gosto muito de presentear meus queridos com potes de vidro adornados com um bonito laço de tecido. É o que proponho aos amigos nesta semana.

PAULO LASTORINA - CAMPINAS, SP

Correção Diferentemente do que foi publicado na reportagem “Prefeitura vai emitir 43 mil cobranças” (página 02, dia 3/4), o prefeito Jonas Donizette é do PSB e não do PT, como foi informado.

Metro pergunta

Você diminuiu as refeições fora de casa por causa do aumento dos preços? Sudoku RODOLFO BARTOLINI/DIVULGAÇÃO

Ingredientes ½ kg pimenta-dedo-de-moça sem cabo 1 ½ litro de água 1 colher (sopa) de sal

1 colher (sopa) de açúcar 1 xícara (chá) de vinagre branco seco ½ xícara (chá) de cachaça 1 folha de louro

Siga o Metro no Twitter: @jornal_ metroCPS

@livia_rp

Não dá mais para comer em restaurantes e lanchonetes com tanta frequência. O jeito é fazer mais refeições em casa. @maranhaoAntonio

Do ano passado para cá, o preço da refeição subiu muito. Um absurdo. @gustavo_marral

Não senti muita diferença, uma vez que almoço com vale-refeição e, portanto, o dinheiro não sai do meu bolso.

Modo de preparo Coloque para ferver em uma panela a água junto com o sal, o açúcar, o vinagre e a cachaça. Então coloque de uma só vez as pimentas para cozinhar por 8 minutos. Escorra da panela - guarde a água da fervura - e transfira as pimentas para uma vasilha com água gelada e com cubos de gelo e deixe por 30 segundos para parar de cozinhar instantaneamente. Escorra estas pimentas da água gelada. Coloque dentro de um vidro previamente esterilizado com água quente duas folhas de louro e as pimentas. Cubra o vidro totalmente com a água da fervura. Feche com uma tampa.

Horóscopo

Metro web Para falar com a redação:

leitor.cps@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

Áries (21/3 a 20/4) Não deixe que coisas pequenas diminuam

o seu entusiasmo pela vida. Procure dar mais importância a tudo que realmente pode lhe trazer alegria de verdade.

Leão (23/7 a 22/8) Dia perigoso para a sua imagem pública. Possíveis desgastes e perdas em conflitos que poderão trazer mudanças importantes no seu jeito de pensar ou agir.

Sagitário (22/11 a 21/12) Procure dar apoio a pessoas importantes para você, que poderão estar passando por situações difíceis. Ajude a amenizar o sofrimento que elas estão passando.

Touro (21/4 a 20/5) Dificuldades para aceitar novos caminhos que no fundo podem ser bem melhores para você. Pense mais no que está por vir e deixe que o mundo lhe conduza.

Virgem (23/8 a 22/9) Abra espaço para que as pessoas possam se conhecer melhor. Não as proteja demais. Desta maneira elas poderão amadurecer com seus próprios erros e acertos.

Capricórnio (22/12 a 20/1) Procure ser mais flexível e generoso

Gêmeos (21/5 a 20/6) Dia instável com acontecimentos que

Libra (23/9 a 22/10) Mudanças recentes poderão lhe trazer benefícios, mesmo que você não perceba isso de cara. Evite lutar contra coisas que podem acabar se virando a seu favor.

Aquário (21/1 a 19/2) O dia está pedindo mais cautela da sua parte. Preste mais atenção para poder entender o que as pessoas estão sentindo e desejando de verdade. Não se engane.

Câncer (21/6 a 22/7) Dia de receber ganhos ou vantagens que podem vir até as suas mãos de uma forma estranha e inusitada. Suas vontades podem ser atendidas no meio da confusão.

Escorpião (23/10 a 21/11) Possível tensão com pessoas que

Peixes (20/2 a 20/3) Fique pronto para acalentar pessoas que

podem trazer uma certa dúvida se são benéficos ou maléficos. Tente achar o lado positivo da situação. Analise com calma.

possam estar fazendo oposição aos seus interesses. Não dê brechas para que elas não tenham como fazer grandes estragos.

com pessoas em dificuldades pois elas poderão reagir de uma maneira nada agradável a cobranças e regras neste dia.

estejam passando por momentos difíceis e que estão precisando de um ombro amigo para poderem chorar as suas mágoas.


3 ESPORTE Estamos de olho

44 DIAS

na Bolívia

|16|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Ministro promete acelerar libertação de corintianos Oruro. Antônio Patriota, chefe da pasta de Relações Exteriores, está na Bolívia para tentar agilizar soltura dos 12 torcedores detidos O ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, afirmou ontem que a libertação dos 12 torcedores do Corinthians que estão presos desde o dia 20 de fevereiro em Oruro, na Bolívia, pode demorar e, por isso, tentará agilizar o processo. “As condições carcerárias são precárias, mas o que pode ser feito tem sido feito para evitar que piorem. Já proporcionamos à Justiça boliviana elementos que vão – e tenho esperança de que irão – garantir o equacionamento no mais breve prazo dessa questão”, disse.

O deputado federal Nelson Pellegrini, chefe da comitiva brasileira que se reuniu com o vice-ministro de Relações Exteriores da Bolívia, Juan Carlos Alurralde Tejada ontem, em La Paz, disse que o processo deve ser encerrado em breve. “Penso que agora nós já estamos nos 15 minutos finais da prorrogação. Portanto, penso que os elementos já estão todos de posse da Justiça boliviana, elementos que firmam a inocência dos brasileiros”, afirmou o parlamentar. Os alvinegros estão detidos desde a partida de estreia do

Timão na Taça Libertadores, contra o San José (BOL), em fevereiro. Durante o jogo, um sinalizador disparado por um torcedor corintiano atingiu o olho do adolescente Kevin Beltrán Espada, de 14 anos. O garoto, torcedor do San José, morreu. Os corintianos presos alegam inocência. Um menor de idade – as iniciais são H.A.M. – se apresentou no Brasil como responsável pelo disparo que vitimou Espada. A Justiça boliviana, porém, não acredita na veracidade do depoimento. Por isso, os torcedores seguem detidos. METRO

Editorial

ABERRAÇÃO JURÍDICA Os 12 brasileiros mantidos numa prisão do interior da Bolívia desde o final de fevereiro são vítimas de uma flagrante aberração jurídica e do desrespeito aos mais elementares princípios humanitários. Acusados genericamente pela morte lamentável de um jovem durante um jogo de futebol, esses torcedores do Corinthians estão abandonados nas celas, sem culpa formada, sem provas consistentes e, o que é pior, sem que seus advogados tenham sequer acesso aos autos – se é que existem autos formalizados. E mais: esta situação absurda pode durar dois anos. Ninguém seria contra a condenação de um culpado por métodos adequados e civilizados, mas esse processo selvagem de encarceramento, baseado numa acusação coletiva imprecisa, em total afronta ao Direito Universal e ao Pacto de San José de Costa Rica, do qual a Bolívia é signatária, revolta e deixa chocado o nosso país. As autoridades de Brasília pouco fazem, além de frases diplomáticas nada convincentes. Os brasileiros indignados exigem ação e pressão corajosa sobre o governo da Bolívia, em nome da dignidade humana. Esta é a opinião do Grupo Bandeirantes de Comunicação.

Equipe Penske busca o ‘tetra’ no Alabama

Jaqueline nega favoritismo do Osasco | CELSO PUPO/FOTOARENA

Boa notícia

Guerrero

Poupado do duelo contra o Millonarios (COL), o atacante pode retornar à equipe diante do São Bernardo, domingo, pelo Campeonato Paulista. O peruano foi submetido a exames ontem que não constataram lesão na coxa direita. Ele sentiu dores após o clássico contra o São Paulo.

Helinho foi o segundo colocado na abertura da Indy

A segunda prova da Fórmula Indy, em Barber Motorsports Park, no Alabama (EUA), traz boas recordações ao piloto Helio Castroneves e sua equipe, a Penske. Em quatro edições disputadas no circuito, o time de Helinho venceu três provas. O brasileiro subiu ao lugar mais alto do pódio em 2010, enquanto Will Power abocanhou as duas últimas edições. No domingo, eles terão a

| CHRIS TROTMAN/GETTY IMAGES

“Eu não sei o que é mais lamentável: terminar em segundo todos os anos ou terminar em segundo atrás da Penske.” SCOTT DIXON, DA CHIP GANASSI

oportunidade de buscar o pódio mais uma vez, a partir das 16h30, com transmissão do Bandsports. Quem não está nem um

pouco satisfeito com o ótimo desempenho da Penske no Alabama é o piloto Scott Dixon, da Chip Ganassi. “Eu não sei o que é mais lamentável: terminar em segundo todos os anos ou terminar em segundo atrás da Penske”, disparou em entrevista ao site oficial da Indy. Na prova do ano passado, Dixon cruzou a linha de chegada três segundos depois de Will Power. METRO

Vôlei. Unilever e Osasco decidem a Superliga A Superliga feminina de vôlei vai conhecer seu campeão neste domingo. Às 10h, Unilever (do Rio de Janeiro) e Sollys/Nestlé (de Osasco) fazem a decisão do torneio no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. O time de Osasco luta para manter o título, mas joga o favoritismo para longe. “Nós não temos o favoritismo. Do outro lado também tem um time muito forte”,

disse a ponteira Jaqueline. O time carioca, por sua vez, quer o oitavo troféu da Superliga. A equipe é a maior campeã do torneio. Assim como as rivais, sem contar vantagem para a decisão de domingo. “As duas equipes têm grandes jogadoras, campeãs olímpicas, e atletas que se conhecem muito bem”, afirmou a meio de rede Juciely. METRO


|18|

Nada bem. Empate e vaias no Pacaembu O desempenho do Santos no empate por 1 a 1 diante do São Caetano, ontem no Pacaembu, pela 17ª rodada do Campeonato Paulista, foi bastante oscilante. Neymar, autor do gol santista e apagado no 1o tempo, é o melhor termômetro para a atuação do Peixe. Depois de praticamente não criar nada na etapa inicial, o camisa 11 cresceu com o time no 2o tempo, marcou um golaço de falta e salvou o Peixe da derrota. Isso porque o Azulão já estava na frente. Também de falta, com perfeição, o atacante Jael acertou o ângulo de Rafael. E foi dos pés do craque que saíram as melhores oportunidades do time de Muricy Rama-

1 1 • •

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Na Bolívia, Tricolor perde e se complica Libertadores. São Paulo não consegue superar The Strongest em La Paz e, agora, só avança para as oitavas de final com combinação de resultados. Jogo contra o Atlético-MG é dia 17

Neymar anotou seu primeiro gol de falta em 2013 | LUIZ FERNANDO MENEZES/FOTOARENA

lho. Pouco para que o Santos conseguisse a virada. Frustração para os pouco mais de 11 mil torcedores no Pacaembu. No fim, vaias ao time. Com o resultado, o Santos se manteve em terceiro lugar na tabela, com 33 pontos. METRO

Rafael; Galhardo, Neto, Durval e Léo; Alan Santos, Arouca, Cícero (Patito Rodríguez) e Montillo; Giva (André) e Neymar . Técnico: Muricy Ramalho

SANTOS

Fábio; Bruno Aguiar, Eli Sabiá e Adriano (Bustamante); Samuel Xavier, Fabinho, Pirão (Rogério), Diego e Éder (Moradei); Jael e Danielzinho. Técnico: Daniel Martine

SÃO CAETANO

Gols. Jael, aos 6 minutos do 1º tempo; e Neymar, aos 7 minutos do 2º tempo Arbitragem. Antônio Rogério Batista do Prado (SP)

Todo o clima ruim que ficou no São Paulo após a derrota para o Arsenal de Sarandí (ARG), dia 14 de março na Argentina, por 2 a 1, está prestes a voltar. Em La Paz, na Bolívia, o time perdeu por 2 a 1 para o The Strongest (BOL) e ficou em situação ainda mais difícil na Taça Libertadores. Os bolivianos ultrapassaram o clube do Morumbi e agora ocupam a segunda posição do Grupo 3, com 6 pontos, dois a mais que o São Paulo. Para piorar, o Tricolor encara o Atlético-MG, líder invicto da chave com 15, no dia 17, com a obrigação da vitória e torcendo por um tropeço do The Strongest contra o Arsenal. O jogo Na altitude e sem Luis Fa-

biano, suspenso, o São Paulo começou melhor: teve duas oportunidades de marcar, com Osvaldo e Carleto, obrigando o goleiro Vaca a trabalhar. Aos 14 minutos, os anfitriões marcaram com Soliz, em uma bomba de fora da área que pegou Rogério Ceni adiantado. O Tricolor só igualou as coisas aos 43, em pênalti convertido pelo próprio Rogério Ceni, após Aloísio ser derrubado na área boliviana. Na etapa final, o time são-paulino pressinou, perdeu gols e não conseguiu vazar novamente o goleiro Vaca – destaque na partida. Melhor para o The Strongest, que, em acertou no gol outro chute de fora da área, com Cristaldo, para desespero do Tricolor na Libertores. METRO

Cristaldo comemora segundo gol do The Strongest sobre o São Paulo | GASTON BRITO/REUTERS

2 1 • •

Vaca; Bejarano , Barrera , Smith e Chavez; Chumacero, Veizaga, Soliz (Cunningham ) e Cristaldo; Escobar e Reina (Marcos Paz). Técnico: Eduardo Villegas

THE STRONGEST

Rogério Ceni; Paulo Miranda (Rodrigo Caio), Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Denilson , Maicon (Wellington), Jadson , Ganso e Osvaldo; Aloisio. Técnico: Ney Franco

SÃO PAULO

Gols. Soliz aos 14 e Rogério Ceni aos 43 minutos do 1º tempo; Cristaldo aos 20 minutos do 2º tempo. Arbitragem. Victor Carillo (PER)


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 5 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Ponte Preta avança sem fazer força

Problemas. Bugre tem ‘novo time’ para decisão

2

Classificada. Macaca vence o Itabaiana por 3 a 0, em Sergipe, e está classificada para a fase seguinte da Copa do Brasil. O pensamento agora é no Palmeiras, pelo Paulistão Com o time reserva e sob o comando do auxiliar Alexandre Faganello, a Ponte Preta não teve dificuldades para eliminar o Itabaiana já no primeiro jogo, em Sergipe, pelo placar de 3 a 0, com dois gols do atacante Alemão. O time agora pensa no Campeonato Paulista, quando enfrenta o Palmeiras, no domingo, 16h, no retorno do técnico Gilson Kleina ao Majestoso. O jogo havia acabado de começar e a Ponte Preta já mostrou que não queria fazer o jogo de volta contra o Itabaiana. O lateral direito Tiago Cametá invadiu a área e foi derrubado logo aos dois minutos. O atacante Alemão bateu firme para anotar o primeiro e aumentar a preocupação dos donos da casa. Com amplo domínio da

Alemão foi o nome do jogo | RODRIGO VILLALBA/FUTURAPRESS

partida, em um novo ataque, aos 32 minutos, Diego Rosa bateu forte, mas parou no goleiro. No rebote, Alemão marcou presença na área e jogou por cima de Ivan, já caído, para ampliar.

O placar já eliminava os sergipanos antes do intervalo, só que a coisa piorou ainda mais para o Itabaiana. Em uma entrada violenta, o volante Rogério Paraíba foi expulso e deixou os colegas

em desvantagem numérica. No segundo tempo não demorou para a equipe campineira aumentar ainda mais o desespero dos sergipanos. Rildo arrancou da intermediária, invadiu a área e deslocou o goleiro Ivan para fazer o terceiro aos 11 minutos para fechar o marcador. O clube espera agora o vencedor de Bragantino e Águia Negra na segunda fase da competição. Os titulares, que ficaram em Campinas, já pensam no Palmeiras. A equipe está colada no São Paulo, na vice-liderança do Campeonato Paulista. O jogo marca o retorno do ex-treinador do time, Gilson Kleina, a sua antiga casa. CARLOS GIACOMELI

METRO CAMPINAS

|19|◊◊

vitórias tem o Guarani no Campeonato Paulista em 16 jogos disputados.

Wellyson fará sua estreia | DIVULGAÇÃO

O jogo contra o Penapolense, amanhã, em Penápolis, às 16h, é uma final para o Guarani. E para vencer esse duelo, o técnico Paulo Pereira terá problemas no time titular. O volante Coutinho e o meia Thiago Gentil – um dos principais jogadores do time – estão vetados. As dificuldades não param por aí. O atacante Siloé e o zagueiro Tiago Pagnussat estão suspensos. Além disso, Ademir Sopa, Mika e Boiadeiro rescindiram contrato com o clube. O volante Dener e o meia Gabriel

não têm as condições físicas ideais para jogar. Por isso, o menino Wellyson, de apenas 19 anos, deve estrear pelo clube. Além dele, Erik também entra no ataque. Assim, o time de Paulo Pereira terá mais de meio time fora de combate. A equipe que deve ir a campo tem Renan; Thiago Matias, Cássio e Marquinhos; Michel Elói, Wellyson, Cadu e Cominges; Erik e Ronaldo Mendes. O Guarani tem 10 pontos, na última colocação do Campeonato Paulista. Para sair do rebaixamento, terá de vencer as últimas três partidas, além de torcer contra adversários. Depois, o Bugre ainda enfrenta o Palmeiras, também fora de casa, e o União Barbarense, no Brinco. METRO CAMPINAS



20130405_br_metro campinas