Issuu on Google+

A GUERRA CONTINUA

ESTREIA TERCEIRA TEMPORADA DE ‘GAME OF THRONES’ PÁG. 14

SÃO PAULO Segunda-feira, 25 de março de 2013 sunny snow rain Edição nº 1.510, ano 6

partly sunny

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

MÍN: 19°C MÁX: 27°C hazy

showers

www.readmetro.com | leitor.sp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro

CET multou 73 mil nos corredores este ano

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Folga. Nos primeiros dois meses de 2013, número de motoristas flagrados circulando indevidamente nos espaços reservados a ônibus e táxis cresceu 54% em relação ao ano passado. Multa é de R$ 127,69. Veja os horários em que a prática é permitida PÁG. 03

GUERREIRO, TIMÃO VENCE

No clássico, Palmeiras e Santos ficam no 0 a 0 PÁG. 20 Guerrero comemora com Emerson, que deu o passe para o gol da vitória contra o Guarani | ALMEIDA ROCHA/FOLHAPRESS

Bando faz arrastão em prédio nos Jardins Armados com fuzis e pistolas, cerca de 10 encapuzados invadiram edifício na alameda Jaú e assaltaram 11 dos 12 apartamentos. Bandidos fugiram em um Honda Fit levando R$ 10 mil e joias PÁG. 04

Álcool e drogas tiram 46,8 mil do trabalho em 2012 Número é 8% superior aos pedidos de licença de 2011. Álcool é responsável por 81% dos afastamentos PÁG. 06

Castroneves é 2º na estreia da Indy Canadense James Hinchcliffe vence a primeira etapa em St. Petersburg. Kanaan chega em 4º PÁG. 21

thunder showers

wind


1 FOCO

Dom Cláudio

Mudança no Vaticano O cardeal brasileiro dom Cláudio Hummes, de 78 anos, é um dos nomes mais cotados para assumir o cargo de secretário de Estado do Vaticano. O cargo hoje é ocupado pelo cardeal italiano Tarcisio Bertone que está no centro dos escândalos financeiros da Cúria. Leia mais na página 8.

Cotações Dólar + 0,00% (R$ 2,01) Bovespa - 0,60% (55.243 pts) Euro + 1,54% (R$ 2,61) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

|02|

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Juiz nega pedido para anular lei das calçadas Fiscalização. Pedido foi feito pelo Ministério Público, que também queria o cancelamento das multas aplicadas. Multa mínima por irregularidade é de R$ 300. Prefeitura já enviou novo projeto com mudanças à Câmara O juiz Murillo D`Avila Vianna Cotrim, da 5ª Vara da Fazenda Pública, negou na sexta-feira o pedido do MP (Ministério Público) para suspender a lei das calçadas e anular as multas já aplicadas. Para o juiz, a decisão sobre o cancelamento de multas só pode ser tomada pelo Órgão Especial do TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo. O pedido para o cancelamento havia sido feito pelo promotor Maurício Ribeiro Lopes, que alega ambiguidade na aplicação da lei. Segundo ele, a prefeitura faz as calçadas em determinados locais e atribui a obrigação pela manutenção ao cidadão em outros. Além disso, a multa é desproporcional porque o valor é cobrado sobre toda a extensão da calçada, e não de acordo com a área danificada. Na mesma semana em que o promotor entrou na Justiça, o prefeito Fernando Haddad (PT) enviou para a Câmara um novo projeto de lei para alterar as regras. A proposta de Haddad

Olhar cidadão

JOSÉ LUIZ DATENA

R$ 300

é o valor mínimo da multa por calçada irregular. O valor é calculado sobre a extensão total do passeio.

Calçada esburacada na rua Augusta | ANDRÉ PORTO/METRO

prevê que o responsável pelo imóvel tenha 30 dias para regularizar a situação antes de pagar a multa. Se não pagar, o morador será incluído

no Cadin (cadastro de devedores da prefeitura). O dinheiro arrecadado seria usado para recuperar o próprio local que gerou a autuação.

CARROÇA Se você que está lendo esta coluna já andou ou vai andar por São Paulo, com certeza já esteve ou vai estar num desses congestionamentos monstros que chegam a durar horas no trajeto da sua casa até o trabalho. Se chove então, é quase certeza que vai chegar atrasado ou, dependendo da chuva, nem chegar. A CET coloca a culpa no aumento da frota de veículos. Hoje são pouco mais de sete milhões de carros. Em parte, isso é verdade: mais carro, mais trânsito. Devemos levar em consideração que, com os financiamentos que têm por aí, fica muito mais fácil você comprar um carro do que a tal cadeirinha de bebê, que é lei. Mas é pouco para uma prefeitura que na gestão passada, por exemplo, dividiu com o Estado a construção da Nova Marginal, que custou mais de R$ 2 bilhões. Funcionou por um tempo e hoje vive tão entupida quanto a velha. Tem problema de manutenção todo dia e, por incrível que pareça, não tem licença ambiental de operação. Uma verdadeira aberração da gestão passada, que se preocupa tanto com o meio ambiente que criou a polêmi-

FALE COM A REDAÇÃO leitor.sp@metrojornal.com.br /- COMERCIAL: /-

O jornal Metro circula em  países e tem alcance diário superior a  milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de  mil exemplares diários.

A lei atual, que entrou em vigor no início do ano passado, endureceu a fiscalização. Por ela, o responsável pelo imóvel que não

realizar a manutenção do calçamento é multado na hora. O valor mínimo da autuação é de R$ 300. No ano passado, foram aplicadas 6.004 multas, mais do que outras punições, como a Lei Cidade Limpa e o Psiu. A cada ano, 170 mil pessoas se acidentam em calçadas da capital, segundo estimativa do ombudsman da CET, Philip Gold. Levantamento feito pelo Hospital das Clínicas mostra que uma em cada cinco vítimas de queda atendidas no pronto-socorro caiu por conta de irregularidades no passeio. MÁRCIO ALVES METRO SÃO PAULO

ca taxa de inspeção veicular que arranca os cabelos do novo prefeito Haddad, em mais uma herança do ex-prefeito. É pouco para a prefeitura e para o Estado falar em problema quando nem passa perto de mexer na solução: o transporte coletivo. Os ônibus, alguns deles sucateados, estão geralmente atrasados ou nem passam em muitos pontos sem abrigo, nem esperança, de milhares de passageiros. Os trens da CPTM têm problemas todos os dias, circulando lentamente e, em alguns casos, parando mesmo. O metrô, que já foi referência, hoje também é um balaio de problemas, quase os mesmos que os dos trens de superfície, entre eles, a segurança. Menos do que cem quilômetros de linhas de metrô são quase que uma piada para o tamanho da cidade, que é a terceira maior metrópole do mundo. Se não houver seriedade em atacar rápido a questão do transporte público, o trânsito jamais terá solução. Tem que começar já, com ação direta! Fora isso, o resto é propaganda para a Copa do Mundo, que dura menos que um mês. Há anos o povo de São Paulo vem andando, em pleno século vinte e um, em velocidade de carroça.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: .). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: .). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro São Paulo. Editores-Executivos: Ariel Kostman e Lara De Novelli (MTB: .). Editor de Arte: Tiago Galvão. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Tabapuã, , º andar, Itaim, CEP -, São Paulo, SP. Tel.: -. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda.

Filiado ao


SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Multas por invasão de faixa exclusiva disparam Trânsito. Entre janeiro e fevereiro, foram 72,8 mil infrações desse tipo, um aumento de 54%. No geral, autuações caíram 1,4% O número de motoristas autuados por invadir faixas e corredores de ônibus subiu 54% no primeiro bimestre deste ano. Segundo balanço da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), entre janeiro e fevereiro foram aplicadas 72,8 mil multas, ante 47,1 mil no mesmo período do ano passado. Isso significa que, em média, a CET multou quase um veículo por minuto por esse tipo de infração em 2013. O valor da autuação é de R$ 127,69 e acréscimo de cinco pontos na carteira. A invasão das faixas e corredores ficou em segundo lugar no ranking de infrações que mais subiram no bimestre, perdendo apenas para multas aplicadas a caminhões que desrespeitam a área onde não podem circular, que registrou aumento de 60%.

1,57

milhões é o total de multas aplicadas pela CET durante o primeiro bimestre deste ano. Foram 70,6 mil no primeiro bimestre deste ano, ante 43,9 mil nos dois primeiros meses de 2012. No geral, o número de multas caiu. Foram 1,57 milhão de autuações, 1,4% menos que em janeiro e fevereiro de 2012, quando ocorreram 1,59 milhão. Na semana passada, em apenas 30 minutos, a reportagem do Metro flagrou 36 veículos invadindo a faixa exclusiva para ônibus no início da avenida Atlântica. E isso só no sentido bairro. Para o professor Clau-

dio Barbieri da Cunha, especialista em transporte, o principal impacto dessas invasões é a diminuição na velocidade dos ônibus. “O motorista que entra na faixa exclusiva para fugir do trânsito não tem noção de que está gerando um efeito dominó travando a fluidez dos ônibus”, afirma. O problema também é sentido pelos passageiros. “O corredor seria muito mais rápido se não tivesse esses motoristas entrando e saindo”, reclama Tereza do Nascimento, de 29 anos, professora de inglês. Hoje, os ônibus rodam nos corredores a uma velocidade média de 13 km/h. A meta da prefeitura é dobrar a velocidade.

REGRAS DO CORREDOR 50

KM/H

é o limite de velocidade no corredor de ônibus

METRO SÃO PAULO

Morre mestre churrasqueiro Marcos Bassi

Extensão de ciclofaixas é uma das metas | MAYARA DE PAULA/FRAME/FOLHAPRESS

Plano de Metas de Haddad será apresentado amanhã coordenador-geral da Rede Nossa São Paulo, Oded Grajew. Haddad já afirmou que as áreas prioritárias serão aquelas já definidas no seu plano de governo, sobretudo habitação, transporte público, saúde e educação. Por lei, o plano tem de ser apresentado à Câmara até quinta-feira. Haddad também vai incluir a extensão de ciclovias e ciclofaixas até 2016. A construção dos espaços

CARROS DE PASSEIO: Podem usar o corredor entre as 23h e 4h em dias úteis. Aos finais de semana, o tráfego é permitido das 15h do sábado às 4h da segunda-feira. Em vésperas de feriado, da 0h às 4h do dia seguinte. Durante o horário permitido, os carros devem respeitar o limite de velocidade do corredor

MÁRCIO ALVES

Adeus

As metas do prefeito Fernando Haddad (PT) para seus quatro anos de gestão serão apresentadas amanhã pelo prefeito, em audiência pública. O documento, com cerca de 100 itens, será debatido na primeira reunião do Conselho da Cidade, composto por empresários, políticos, movimentos sociais e artistas. O plano terá como prioridade reduzir a desigualdade na cidade, segundo o

QUEM PODE CIRCULAR: Além dos ônibus municipais, podem transitar pelo corredor táxis com passageiros em qualquer horário. Para isso, eles não podem ter vidros escurecidos. Eles são proibidos de embarcar ou desembarcar passageiros. Também são permitidos carros da polícia e dos bombeiros, ambulâncias e viaturas da CET. Carros oficiais são vetados

destinados a ciclistas já foi discutida com grupos de cicloativistas. A primeira experiência com plano de metas na prefeitura ocorreu com o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD). De acordo com a Nossa São Paulo, apenas 105 das 223 metas estabelecidas foram cumpridas - 47,1% do total. Segundo Kassab, utilizando-se um “índice de eficácia”, sua gestão atingiu 81%. METRO

O premiado chef e colunista da Rádio Bandeirantes, Marcos Bassi, de 61 anos, morreu ontem. Criador de diversos tipos de cortes de carne, como a fraldinha, ele atuava há mais de 50 anos no setor. Bassi começou vendendo miúdos na rua e se tornou dono do restaurante Templo da Carne. METRO Carapicuíba

Obra de loja que desabou era irregular O secretário de Desenvolvimento Urbano de Carapicuíba, José Salvador da Silva, afirmou anteontem que a obra em uma loja onde o teto desabou era irregular. O alvará de funcionamento estava vencido. Um aposentado de 82 anos foi atingido por um pedaço de laje e morreu após ser socorrido. METRO

Acidente. Motorista bêbado mata skatista Gabriel Luiz da Silva Pinto, de 15 anos, morreu após ser atropelado enquanto andava de skate na madrugada de ontem em Guarulhos. O motorista Tiago da Silva, de 26 anos, foi preso em flagrante por não ter carteira de habilitação e digirir alcoolizado. O bafômetro registrou 0,71 mg/l. O limite é de 0,05 mg/l. Segundo testemunhas, Tiago da Silva estava dirigindo um Volkswagen Saveiro em alta velocidade na rua Noel Rosa, por volta das 3h, quando atingiu o skatista perto da calçada. Após o acidente, Tiago retirou a placa traseira do

veículo e agrediu uma testemunha que tentava anotar os dados carro. Tiago está preso no 1º Distrito Policial de Guarulhos, onde caso foi registrado como homicídio simples, com dolo eventual. A delegada Vanessa Torres de A. Chagas registrou no boletim de ocorrência que, considerando a quantidade de informação sobre as consequências de se dirigir alcoolizado, é entendido que o indiciado assumiu o risco de provocar o resultado danoso. Além de homicídio, Tiago irá responder por lesão corporal, embriaguez ao volante e por dirigir sem permissão. METRO


|04|

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Quadrilha invade prédio e rouba 11 apartamentos Crime. Em três horas, bandidos roubaram dinheiro e objetos dos moradores de edifício na alameda Jaú e fugiram. Ninguém ficou ferido Em uma operação bem organizada, uma quadrilha com pelo menos dez homens fez um arrastão na noite de anteontem em um condomínio de luxo na alameda Jaú, nos Jardins. Os bandidos invadiram o prédio por volta das 20h e só fugiram três horas depois. Ninguém foi preso. Para entrar no edifício, os bandidos utilizaram um Honda Fit com vidros escuros e placa clonada de um dos moradores. Encapuzados e armados com fuzis e pistolas, renderam um morador ainda na garagem e se dirigiram à portaria, onde surpreenderam o porteiro. Os criminosos prenderam todos os moradores e visitantes que chegavam e saíam do edifício no apartamento do zelador. Para que não chamassem a polícia, a linha de telefone foi cortada e todos os celulares foram confiscados. Após desligar as câmeras de segurança do prédio e roubar o computador que guarda as imagens, o bando

10 mil

reais é a quantia em dinheiro levada pela quadrilha. Também foram roubados cartões de crédito, joias, bolsas e outros objetos pessoais. acompanhou um morador de cada vez aos apartamentos para realizar os roubos. Apenas um dos doze andares não foi invadido, porque os moradores estavam viajando. A quadrilha fugiu com o mesmo veículo com que entrou no condomínio. Os moradores foram deixados trancados no apartamento do zelador. Eles tiveram de arrombar a porta para poder sair. Depois do crime, oito moradores compareceram ao 78º DP (Jardins) para prestar depoimento. De acordo com eles, os bandidos não agrediram e nem amarraram ninguém durante a ação. Segundo a polícia, foram levados mais de R$ 10 mil

em reais, dólares e euros. O bando também levou cartões de crédito, documentos, relógios, joias, canetas, bolsas e carteiras. Computadores e eletrodomésticos não foram roubados. O crime está sendo investigado pela 4ª delegacia de investigações de roubo a condomínio do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais). Arrastões O arrastão de anteontem não foi o primeiro do ano a condomínios da cidade. No dia 1º deste mês, uma quadrilha se disfarçou com uniformes de policiais federais para entrar em um prédio na Liberdade, no centro. Até agora, ninguém foi preso pelo crime. Em 2012, houve cerca de 20 arrastões a condomínios em São Paulo, segundo o Deic. Em 18 deles houve bandidos presos, segundo a polícia. Em bares e restaurantes o número de arrastões foi ainda maior em 2012: 39. Destes, 36 foram na capital. METRO

Prédio na alameda Jaú que foi alvo de arrastão | VINICIUS PEREIRA/FOLHAPRESS

Pai e filho invadem culto e atiram contra jovem Pai e filho invadiram na noite de anteontem um culto da igreja Assembleia de Deus Ministério Gerezim em Sumaré, na região de Campinas, e atiraram contra um menino de 16 anos. O tiro acertou de raspão o braço do rapaz. Antes, os dois já haviam agredido um pastor convidado, de Bertioga, litoral Sul de São Paulo. O motivo alegado para a invasão, segundo a polícia militar, seria o incômodo causado pelo barulho. De acordo com o pastor Alessandro Ricardo Pereira Godoy, o pai tem 57 anos e o filho entre 20 e 30. Testemunhas afirmam que, após o fim do culto, pai e filho acertaram chutes e socos no religioso convidado, que falava ao celular do lado de fora da igreja.

30

pessoas frequentavam o culto no horário do tumulto, por volta das 21h. Depois da primeira agressão, o pai teria retornado a sua casa, vizinha da igreja, e voltado ao local armado. Ao chegar, ele invadiu a igreja e apontou a arma para o pastor Godoy, que, rapidamente, se escondeu no banheiro. Depois, o homem teria disparado o tiro que acertou o garoto. O menino foi levado ao Hospital de Sumaré e não corre risco de morte. Os dois agressores estão presos na cadeia de Sumaré. O caso foi registrado como

tentativa de homicídio. Na tarde de ontem, motivado pelo medo de uma nova ocorrência, o pastor já providenciou a mudança de local da sede da igreja. Ela será em outro barracão, no mesmo bairro. “Não sabemos se eles ficarão presos. Temos medo que isso volte a acontecer”, disse Godoy. No local onde funcionava até o último culto, não existe mais nada. Cadeiras, mesas, instrumentos musicais e objetos da igreja já foram levados para o novo espaço. Até mesmo a fachada, que continha uma placa com a identificação da asembleia, foi retirada. Quem passou por lá ontem, viu apenas um prédio verde, sem identificação. METRO CAMPINAS


SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

|05|◊◊

Eleições devem tirar 19 ministros do governo Nomeado o novo ministro da Secretaria de Micro e Pequena Empresa, definida a manutenção do PSB no governo e confirmado o espaço do PR, a presidente Dilma Rousseff encerrará - salvo algum contratempo - a temporada atual de mudanças na Esplanada dos Ministérios. A situação, no entanto, deve durar, no máximo, 12 meses. A próxima reforma ministerial será feita até, no máximo, abril de 2014. Pelo menos 19 dos atuais 37 ministros estão dispostos a disputar as eleições para alçar novos voos ou renovar mandatos parlamentares. A lei eleitoral obriga que os políticos deixem os cargos públicos seis meses antes do pleito, marcado para 5 de outubro do ano que vem. É cedo, mas, inevitavelmente, nos próximos meses, as agendas se dividirão entre temas do governo e a corrida eleitoral, embora a exigência de Dilma seja por uma dedicação exclusiva. A reforma terá casos curiosos, como o do recém-empossado ministro da Agricultura, Antônio Andrade, que desfrutará da experiência do governo apenas até o prazo limite. Depois, tentará um novo man-

dato de deputado federal. Era Lula O ex-presidente Lula conseguiu segurar a maioria dos ministros no cargo nas eleições de 2006. Apenas Marta Suplicy, hoje na Cultura e então ministra do Turismo, e Luiz Marinho, então ministro do Trabalho, saíram. No fim do segundo mandato, em 2011, porém, a situação foi diferente. Nada menos do que 22 dos 37 ministros deixaram os cargos para passar pelo teste das urnas. Ainda é uma incógnita o perfil que Dilma dará ao ministério nos oito meses finais do atual mandato. Contrária aos rearranjos políticos, poderá tentar convencer os atuais auxiliares a se manterem nos cargos ou seguir o exemplo de Lula, que prestigiu os chamados ministros-tampão, promovendo a maioria dos secretários-executivos. Caso opte pela segunda opção, de quebra, veria se consolidar o desejo antigo de administrar um ministério técnico.

Reforma. Presidente Dilma Rousseff terá que fazer novas mudanças na equipe até abril de 2014 em função da lei eleitoral que exige que candidatos deixem os cargos Boate Kiss | REUTERS/EDISON VARA

Tragédia. Bombeiros reagem a inquérito da boate Kiss

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

MUDANÇAS MINISTERIAIS A Esplanada dos Ministérios deverá ter mudanças significativas devido às eleições de 2014. Confira: CARGO CARGO ATUAL

POSSÍVEIS CANDIDATOS

Gastão Vieira

Manoel Dias

PRETENDIDO

Leônidas Cristino

MINISTRO DO TURISMO

MINISTRO DO TRABALHO

MINISTRO DA SECRETARIA DE PORTOS

DEPUTADO FEDERAL (MA)

DEPUTADO FEDERAL (SC)

DEPUTADO FEDERAL (CE)

Gleisi Hoffmann

Fernando Pimentel

Aloizio Mercadante

Alexandre Padilha

Paulo Bernardo

Aldo Rebelo

Fernando Bezerra

Marcelo Crivella

MINISTRA DA CASA CIVIL

MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO

MINISTRO DA EDUCAÇÃO

MINISTRO DA SAÚDE

MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES

MINISTRO DO ESPORTE

MINISTRO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL

MINISTRO DA PESCA E AQUICULTURA

GOVERNADORA DO PARANÁ

GOVERNADOR DE MINAS GERAIS

SENADOR OU GOVERNADOR DE SÃO PAULO

DEPUTADO FEDERAL (SP) OU GOVERNADOR DE SÃO PAULO

SENADOR (PR)

DEPUTADO FEDERAL (SP)

DEPUTADO FEDERAL (PE)

GOVERNADOR DO RIO DE JANEIRO

Pepe Vargas MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DEPUTADO FEDERAL (RS)

José Eduardo Cardozo

Ideli Salvatti

MINISTRO DA JUSTIÇA

MINISTRA DAS RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

DEPUTADO FEDERAL (SP) OU GOVERNADOR DE SÃO PAULO

SENADORA (SC) OU GOVERNADORA DE SANTA CATARINA

Maria do Rosário MINISTRA DA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DEPUTADA FEDERAL (RS)

Antônio Andrade

Aguinaldo Ribeiro

Edison Lobão

Garibaldi Alves

MINISTRO DA AGRICULTURA

MINISTRO DAS CIDADES

MINISTRO DE MINAS E ENERGIA

MINISTRO DA PREVIDÊNCIA

DEPUTADO FEDERAL (MG)

DEPUTADO FEDERAL (PB)

SENADOR (MA)

SENADOR (RN)

Após a conclusão do inquérito policial incluir a responsabilização do Corpo de Bombeiros pela tragédia na boate Kiss, em Santa Maria (RS), a Associação dos Oficiais da Brigada Militar decidiu que divulgará hoje uma carta aberta ao Estado. A intenção é expor a precariedade das condições de trabalho dos bombeiros no Estado. O primeiro objetivo é tratar sobre as reivindicações dos bombeiros, que, segundo a associação, estão há muito tempo paradas, e analisar o ocorrido na tragédia da boate. Segundo os oficiais, a postura que o governador Tarso Genro utilizou para afastar o comandante do Corpo de Bombeiros da região de Santa Maria, tenente-coronel Moisés Fuchs, na sexta-feira, depois de a Polícia Civil divulgar o final do inquérito não foi adequada. Os efeitos da divulgação por parte da Polícia Civil dos 35 responsáveis e dos 16 indiciados pela tragédia da boate Kiss foram sentidos imediatamente na sexta. Mesmo em viagem a Brasília, o governador Tarso Genro determinou no mesmo dia o afastamento do comandante do Corpo de Bombeiros do 4o Comando Regional, Moisés Fuchs, responsabilizado no inquérito por homicídio culposo e improbidade administrativa. Agora, as 13 mil páginas nas mãos do Ministério Público. A promotoria tem cinco dias para decidir se acata, arquiva ou pede novas diligências. A surpresa geral foi a inclusão do nome do prefeito de Santa Maria, Cesar Schirmer. A polícia sugere que ele seja responsabilizado por improbidade administrativa e homicídio culposo. METRO POA


|06|

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Álcool e drogas afastam 5 por hora Saúde. Em 2012, 46,8 mil brasileiros pediram licença do trabalho para tratar vício. Dependência por bebida representa 81% dos benefícios concedidos pela Previdência O uso de álcool e drogas afastou 46,8 mil brasileiros do trabalho para tratamento médico no ano passado. O número é 8% superior aos 43,5 mil pedidos de 2011. Isso significa que, em média, cinco pedem licença do trabalho a cada hora. No ranking das substâncias que mais causam afastamento de profissionais no país, o álcool aparece disparado em primeiro lugar, sendo responsável por 81% das licenças concedidas pela Previdência Social. A conta inclui também pessoas que utilizam álcool junto com outras drogas. Em segundo lugar vem a cocaína, que responde por 17,2% dos afastamentos. Embora a parcela de trabalhadores afastados por uso de maconha seja menos expressivo: 0,7%, a diretora da Abead (Associação Brasileira de Estudo do Álcool e Outras Drogas) Carla Bicca afirma que o risco dessas pessoas serem demitidas é maior. “Por causa da falta de atenção em suas tarefas,as

LICENÇAS MÉDICAS

13,5 mil

Veja os motivos que causaram os afastamentos 2011 2012

é o número de brasileiros que se afastaram do trabalho em 2012 para tratar a dependência de álcool.

20.418 22.819

USO DE DROGAS MÚLTIPLAS

13.135 13.506

ÁLCOOL

chances de demissão sobem pelo menos 50%”, afirma Carla Bicca. Para a psiquiatra do Cisa (Centro de Informações sobre Saúde e Álcool) Camila Magalhães o vínculo trabalhista depois do tratamento facilita na recuperação. “A possibilidade de recaída é 40% maior quando a pessoa abandona o trabalho para se tratar”, afirma. No Brasil, de acordo com estimativa da Abead, 10% da população (cerca de 19 milhões) são dependentes de álcool, 6% é usuário de maconha e 4% usa cocaína regularmente. MÁRCIO ALVES

7.087 7.722

COCAÍNA

OPIÁCEOS

2,82%

0,62%

189 163

ALUCINÓGENOS

11,76%

8,96%

325 327

MACONHA

VARIAÇÃO

-13,76%

146 116

-20,55%

ESTIMULANTES A CAFEÍNA

88 78

-11,36%

SEDATIVOS

81 58

-28,4%

FUMO

30 32

6,67%

SOLVENTES

35 18

-48,57%

TOTAL

METRO SÃO PAULO

43.545 46.851

7,59%

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO@METROJORNAL.COM.BR

CANDIDATA, DILMA CALÇA SANDÁLIAS DA HUMILDADE. Com a definição de sua

“LULA E DILMA AJUDAM OS POBRES, QUE DÃO MAIS DÍZIMOS.”

candidatura à reeleição, a presidenta Dilma alterou seu comportamento diante de auxiliares e principalmente dos aliados. Suas conhecidas explosões de esculacho agora são mais contidas e três dos principais lideres da “governança do Congresso”, dois deles senadores, afirmaram a esta coluna, em tom de gozação, que repentinamente Dilma “calçou as sandálias da humildade”.

MARCELO CRIVELLA, MINISTRO E BISPO, CELEBRANDO O AUMENTO DA RENDA DOS MAIS POBRES

DEFINIU, RELAXOU. A mu-

dança de Dilma começou a ser percebida após a festa dos “dez anos de PT no poder”, quando Lula deixou claro que não é candidato.

A FACE DO PODER. Dilma deu força ao PMDB e cedeu espaço ao PDT de Carlos Lupi e ao PR do mensaleiro Valdemar Costa Neto, que ela “faxinou” do governo. MÃO DUPLA. O ainda tucano José Serra não abre mão da candidatura ao governo de São Paulo em 2014, pelo PSD e/ou PPS, para confrontar o governador Geraldo Alckmin e Aécio Neves, aliando-se a Eduardo Campos (PSB).

bunal Federal, para dar chance a sentenciados que cumprem pena em regime semi-aberto. São 40 no STF, dos quais 38 ingressaram em universidades. CANTO DO CISNE. Presidente do PP, o senador Francisco Dornelles (RJ), 78, já não tem interesse em disputar as eleições de 2014. Ele quer emplacar o jovem senador Ciro Nogueira (PI) em seu lugar, no comando do partido. PENSANDO BEM... ...de tanto viajar em jatinho de empreiteira fazendo lobby, Lula já pode se candidatar a “comissário” de bordo.

José Serra | STEPHAN SÛLON/FUTURA PRESS

Audiência foi convocada pelo juiz federal Wilson Witzel | FÁBIO TEIXEIRA/FOLHAPRESS

Maracanã. Audiência com índios termina sem acordo Os 21 índios da Aldeia Maracanã que invadiram a atual sede do Museu do Índio recusaram a proposta da Fundação Nacional do Índio (Funai). Eles foram retirados do prédio do antigo Museu do Índio, no Maracanã, na sexta-feira. Ontem à tarde, a instituição ofereceu a eles, até que seja encontrada uma solu-

ção definitiva, quatro dias de hospedagem em um albergue, mas os indígenas não concordaram. A proposta foi feita durante uma audiência de conciliação convocada pelo juiz federal Wilson Witzel. Anteontem, eles e mais cerca de 40 manifestantes ocuparam o Museu do Índio, de onde só saíram após cerca 15 horas. METRO RIO

COMEÇAR DE NOVO. Tem sido um sucesso o programa “Começar de novo”, implantado na presidência do ministro Gilmar Mendes no Supremo Tri-

QUASE FORA. O tratamento

ao governador  goiano tucano Marconi Perillo, estes dias, na Comissão de Assuntos  Econômicos, foi revelador de seu  cartaz junto aos senadores: ocupou a  cadeira mais à esquerda da mesa.

PODER SEM PUDOR

Burocrata irrecuperável Quando se fala em recriação da Sudene e na criação de novos órgãos, é bom lembrar o saudoso ministro Hélio Beltrão, que tentou, em vão, diminuir a burocracia no Brasil. Certa vez, um assessor comentou com ele que um certo

ministro era contra a Reforma Administrativa porque teria “uma tendência para a burocracia”. Sempre bem humorado, Beltrão observou: - Ele não tem tendência, tem superintendência mesmo...

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|08|

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Tempo de reforma?

Vaticano. Especialistas acreditam que o papa Francisco vai dar início a mudanças na Santa Sé. Transformações, porém, devem ser lentas e difíceis Com gestos humildes e que contrariam o protocolo de uma instituição milenar, o papa Francisco conseguiu, em menos de duas semanas, colocar a Igreja sob uma nova perspectiva. Agora, fiéis e observadores aguardam para saber se o “sangue novo” de Jorge Mario Bergoglio conseguirá dar início às reformas tão necessárias à Cúria Romana. “Ele já está dando um choque de simplicidade. Acho que os cardeais devem estar até meio chocados com isso”, diz o padre José Roque Jungues, professor da Unisinos, que conheceu Bergoglio em uma visita a Buenos Aires. Francisco já deu sinais de que planeja mudanças. O pontífice anunciou que os cargos na Santa Sé ficam, “provisoriamente”, como estão, o que pode indicar a intenção de fazer uma reforma mais substancial. É possível, até mesmo, que ele acabe com algumas congregações (entenda mais ao lado). A reforma, no entanto, não vai ser fácil. “O novo papa é o líder, mas vem de fora da Cúria. As pessoas de dentro ainda têm considerável poder e influência”, observa Chester Gillis, um especialista em catolicismo da Georgetown University. O que religiosos esperam é o primeiro passo para trazer à Igreja mais colegialidade. Para se ter uma ideia, decisões simples como qual o procedimento para a entrega da hóstia durante uma epidemia de gripe são levadas ao Vaticano. “A colegialidade já estava presente no Concílio Vaticano 2º, mas nunca funcionou. É preciso descentralizar”, afirma o padre Jungues. CAROLINA VICENTIN

O XADREZ DA CÚRIA

OS DESAFIOS No período pré-conclave, os cardeais resumiram a necessidade de reformas em três pontos-chave:

Veja quem é quem na cúpula da Santa Sé

IGREJA (rei)

Instituição milenar e poderosa, caminha a passos lentos. Todas as decisões são centralizadas no Vaticano, algo criticado por muitos religiosos

Mais transparência nas decisões tomadas pela Cúria Mais responsabilidade, incluindo consequências para quem tiver um mau desempenho em suas funções Mais eficiência, em contraste à atual demora na análise de todos os processos

OUTRAS PEÇAS (peões)

Doutrina da Fé Gerhard Müller (alemão)

As congregações são como os ministérios de um governo. Veja quem cuida de cada “pasta”

Igrejas Orientais Leonardo Sandri (argentino)

PAPA FRANCISCO (rainha) Líder espiritual da Igreja, ele é também chefe de Estado do Vaticano. Jorge Mario Bergoglio é o primeiro jesuíta e o primeiro latino-americano a assumir o comando da Santa Sé. O papa disse que, ���provisoriamente”, a Cúria fica como está

Educação Católica Zenon Grocholewski (polonês)

Causas dos Santos Clero Mauro Piacenza Angelo Amato (italiano) (italiano)

Bispos Marc Ouellet (canadense)

Evangelização dos Povos Fernando Filoni (italiano)

Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica João Braz de Aviz (brasileiro)

O ESCÂNDALO Uma série de informações vazaram para a imprensa italiana ao longo do ano passado. Mas ao menos uma delas foi confirmada pelo Vaticano. Em 2011, o então secrerário-geral de Governança do Vaticano, Carlos Viganò, enviou uma carta a Bertone, alertando-o sobre contratos superfaturados que teriam causado prejuízo de 2 milhões de euros à Igreja. No documento, Viganò pedia para ser mantido no cargo, de forma a resolver o problema. Mas Bertone o transferiu para Washington, bem longe de Roma. O Vaticano não falou mais sobre o assunto, mas ficou claro que Bertone estava tentando proteger o esquema. Em 2010, a Justiça italiana bloqueou 23 milhões de euros do banco, porque seus administradores não sabiam explicar a origem do dinheiro. O montante foi liberado, sob a condição de haver mais transparência nas operações.

Tarcisio Bertone, italiano SECRETÁRIO DE ESTADO (bispo) O número dois da Cúria é arcebispo de Gênova e já foi prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. Bertone, que atuou como uma espécie de papa interino durante a Sé Vacante, está no centro dos escândalos financeiros que atingiram a Igreja

Carlos Maria Viganò, italiano ANTIGO SECRETÁRIO DE GOVERNANÇA (cavalo) Antigo secretário de Governança do Vaticano (terceiro cargo mais importante), Viganò revelou um esquema de superfaturamento de obras. Foi afastado do cargo e hoje é núncio (embaixador) da Santa Sé em Washington

Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos Antonio Cañizares Llovera (espanhol)

A Cúria tem, ainda, três tribunais e 12 conselhos pontifícios BANCO DO VATICANO (torre) Formalmente conhecido como Instituto de Obras Religiosas, é a instituição financeira mais secreta do mundo. Teoricamente, apenas pessoas e entidades ligadas à religião poderiam ter conta no banco, mas, na prática, qualquer um com autorização do correntista pode fazer operações

Ernst Von Freyberg, alemão PRESIDENTE DO BANCO

Foi nomeado por Bento 16, pouco depois de o papa emérito ter anunciado sua renúncia. Ele entrou no lugar do italiano Ettore Gotti Tedeschi, afastado do cargo em maio do ano passado, por suspeita de envolvimento no escândalo

O presidente do banco se reporta a cinco cardeais que, por sua vez, prestam contas ao secretário de Estado

METRO SÃO PAULO

Procura-se um secretário

DIVULGAÇÃO

Richard Gaillardetz é professor de teologia no Boston College. Ele falou ao Metro sobre a Santa Sé. Veja:

MAX ROSSI/REUTERS

O brasileiro Cláudio Hummes é um dos cotados para o lugar de Bertone

Se há um ponto sobre o qual os analistas concordam é a troca do secretário de Estado do Vaticano. O atual número dois da Igreja, Tarcisio Bertone, está no epicentro dos escândalos financeiros da Cúria. “As relações entre ele e o papa são extremamente ruins. Bertone é considerado o responsável pela corrupção na Igreja e será afastado”, aposta o vaticanista alemão Andreas Englisch.

Assim, começam as especulações sobre quem iria para o cargo. Entre os mais cotados está o brasileiro Cláudio Hummes, 78, ex-arcebispo de São Paulo e amigo do papa. Bergoglio disse que Hummes o inspirou para a escolha do nome Francisco ao dizer: “não se esqueça dos pobres”. O brasileiro também seria responsável pela articulação da “candidatura” do cardeal argentino. METRO

RICHARD GAILLARDETZ

O senhor acredita que o papa Francisco vai reformar a Cúria? Todos os sinais indicam que o novo papa é sério sobre uma reforma. É quase certo que ele vai tentar fazer com que a Cúria seja mais responsável, mais transparente em suas atividades, e mais eficiente. Já estamos vendo gestos simbólicos que sugerem a busca de uma Cúria me-

nos dada ao excesso barroco e mais comprometida com a simplicidade evangélica. Qual é o principal problema na gestão da Igreja? Há muita autoridade no Vaticano. Uma reforma real deveria redistribuir isso para fora da Cúria, nas conferências episcopais e dioceses. Por fim, acho que o clero não deveria estar na Cúria. Transformar alguém em bispo só para que assuma um cargo faz com que o episcopado se transforme na busca de títulos honoríficos. METRO


SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Líder da oposição síria renuncia

|09|◊◊

Oriente Médio. Moaz Alkhatib representava uma voz mais moderada no grupo. Ele criticou a comunidade internacional, que mantém o embargo de armas aos rebeldes O líder do principal grupo de oposição da Síria renunciou ao cargo, em um duro golpe à ala mais moderada dos rebeldes que lutam há dois anos contra a ditadura de Bashar Al Assad. Pelo Facebook, Moaz Alkhatib explicou que deixa o cargo para poder “trabalhar com a liberdade que uma instituição oficial não permite”. A saída de Alkhabit vem pouco depois de ele ter sido repreendido por outros membros da coalizão por ter proposto um acordo com Assad. “Eu tinha prometido ao grande povo sírio que me demitiria se os assuntos atingissem certas linhas linhas vermelhas”, escreveu Alkhatib em seu perfil na rede social, sem dar mais detalhes.

Alkhatib (à dir.) com o secretário de Estado dos EUA, em fevereiro | REMO CASILLI/REUTERS

Outro problema enfrentado por ele foi a falta de acordo com líderes estrangeiros para o fim do embargo de armas aos rebeldes sírios.

“Nos últimos dois anos, nós fomos massacrados, enquanto o mundo apenas assistia. Toda a destruição da infraestrutura da Síria, a de-

tenção de dezenas de milhares de pessoas e outras formas de sofrimento têm sido insuficientes para fazer a comunidade internacional tomar a decisão de permitir que as pessoas se defendam”, criticou Alkhabit. No sábado, o ex-líder da oposição se reuniu com políticos da União Europeia, mas as conversas “resultaram em nada”, segundo disse o porta-voz Mohamed Ali à Al Jazeera. Ontem, grupos opositores denunciaram explosões com o uso de materiais químicos. Na semana passada, o regime de Assad acusou os rebeldes de utilizarem o mesmo tipo de artefato. Os Estados Unidos disseram estar monitorando o uso dessas armas. METRO

Marcha contra a união gay Milhares de pessoas se reuniram no centro de Paris em protesto contra a lei do casamento gay. Segundo os organizadores, mais de 1 milhão de franceses participaram da marcha. O projeto de lei já foi aprovado pela Câmara e segue para Senado. | MAL LANGSDON/REUTERS

Morte de magnata. Polícia não acha sinais de radiação A polícia britânica especializada em materiais químicos descartou a existência de sinais de radiação na casa do oligarca russo Boris Berezovsky. O magnata, inimigo do presidente russo, Vladimir

Putin, foi encontrado morto no sábado, em circunstâncias ainda não esclarecidas. Berezovsky chegou a ser acusado de lavagem de dinheiro no Brasil, na parceria da empresa MSI com o Corinthians, em 2007. METRO


SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{EDITORIA}

|10|◊◊


|12|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BCAETANO@SEBRAESP.COM.BR

COLOQUE A LETRA P NA GESTÃO DO SEU NEGÓCIO Como é natural, as pessoas que abrem o próprio negócio são movidas por uma vontade muito grande de fazer acontecer. O sujeito quer colocar logo a mão na massa mas, na pressa de ver a empresa funcionando, peca pela falta de organização. Ele se deixa guiar apenas pela intuição ou feeling e não estuda o negócio detalhadamente antes de tomar decisões. Dessa forma, acrescenta uma dose extra de risco à sua iniciativa, o que pode comprometer o investimento. Um bom ponto de partida para colocar a empresa no caminho certo é atentar para o princípio dos 4 Ps: propósito, processo, pessoas e parcerias. Quando pensamos em propósito, temos de responder à pergunta: o que meu negócio vai oferecer, qual é a essência dele. Temos de pensar no público-alvo e no lucro que poderá ser obtido. É a hora em que se direciona o negócio e se determina claramente a que veio. O processo diz respeito a como fazer. É definir como fabricar ou produto ou prestar o serviço, como vendê-lo e como administrar a empresa. As pessoas são o dono do negócio e os empregados. Esse quesito trata da relação entre ambos, que precisa ser de cumplicidade e construtiva. A equipe deve ser bem escolhida, com base em critérios técnicos e qualidades interpessoais. Por fim, o quarto P se refere a parcerias. Estão nesse grupo todos os que mantêm contato com a empresa e podem facilitar a gestão. Os parceiros são, por exemplo, os fornecedores. Um bom relacionamento com eles ajuda desde a reduzir gastos até a conquistar mercado. E por mais inusitado que pareça, os concorrentes também são parceiros. É o caso de unir-se para formar uma associação e buscar melhores condições para o setor, reduzir gastos com logística, etc. Há ainda um último P que pode ser definido por prazer. Afinal ninguém aguenta fazer algo de que não gosta por muito tempo e na primeira crise, vai pular do barco. O princípio dos 4 Ps deve ser aplicado sempre, não só na abertura do negócio. Pode ser usado para redimensionar a empresa, aproveitar a sazonalidade, promover inovação ou mirar novos nichos. Cada P até parece simples, mas eles envolvem muitos detalhes que, se analisados cuidadosamente, dão uma visão mais completa do negócio e contribuem para o sucesso. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Segurança

Banco tira cédulas de caixa eletrônico O Bradesco reduziu a quantidade de cédulas em seus caixas, para desestimular a ação de bandidos. É o 2º banco a adotar a medida. METRO

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Unidade que foi alvo de assaltantes | LUIZ CARLOS MURAUSKAS/ARQUIVO/FOLHAPRESS

Gasolina deve subir no segundo semestre Defasagem. Analista aposta em alta de 6% para tentar corrigir disparidade em relação ao mercado internacional. Governo tenta equilibrar reajustes para aliviar impacto sobre a inflação A Petrobras evita falar em novos reajustes para a gasolina, mas a defasagem em relação aos preços do mercado internacional leva analistas a apostarem em uma correção ainda este ano. Para a consultoria Rosenberg, o aumento virá a partir de agosto e deve ficar em 6% na bomba. “Nós trabalhamos com um cenário em que a desoneração da cesta básica alivie a inflação. Nesse caso, haverá reajuste, a Petrobras está há muito tempo com resultados negativos”, diz Priscila Godoy, economista da Rosenberg. O governo acredita que a desoneração da cesta básica, anunciada no início do mês, vá aliviar inflação. Assim, haveria margem para um aumento do preço do combustível. Outro fator que pode ajudar a frear o crescimento da inflação nos próximos meses é o preço do etanol. Embora represente apenas 0,92% da composição do IPCA (o índice que mede a inflação), haverá mais adição da substância à gasolina a partir de 1º de maio

Tecnologia. Google está criando relógio inteligente Assim como Apple e Samsung, o Google também está desenvolvendo um relógio inteligente. De acordo com o “Financial Times”, o Nexus Watch (como deve ser chamado) está sob a batuta da divisão Android da empresa. O Google também continua investindo em seus óculos futuristas. Esses, porém, estão com a divisão X, a mais ousada da companhia. METRO

“Nós trabalhamos com um cenário em que a desoneração da cesta básica alivie a inflação. Nesse caso, haverá reajuste.” PRISCILA GODOY, ECONOMISTA

Combustível já sofreu reajuste de 6,6% este ano | RIVALDO GOMES/FOLHAPRESS

(de 20% para 25%). O etanol também entrará em novo período de safra. “A má notícia é que isso também não vai salvar os

consumidores de uma eventual alta da gasolina. É difícil dizer, mas os preços ainda estão muito defasados (em relação ao mercado in-

ternacional)”, comenta Rafael da Costa Lima, coordenador do IPC-Fipe (outro índice que mede a inflação). A presidente da Petrobras, Graça Foster, admitiu a situação na última semana, embora tenha ressaltado que não é política da empresa antecipar a alta. “Eu estou satisfeita com o aumento que nós concedemos ao diesel, de 5%. O aumento se deu no dia 6 de março e não faz sentido, dentro da política da Petrobras, que é de médio e longo prazos, começarmos a conversar sobre aumentos de preços”, disse ela. O grupo Transportes, altamente influenciado pelos combustíveis, representa mais de 20% da composição do IPCA. METRO

Dólar deve manter tendência de alta nas próximas semanas

Variação foi de 3,2% na semana passada | CHUNG SUNG-JUN/GETTY IMAGES

O dólar deve se manter em ligeira alta nas próximas semanas, mas não ultrapassando o teto de R$ 2,05. A previsão é da agência classificadora de risco Austin Rating. “Acreditamos em uma variação de R$ 1,95 a R$ 2,05, controlada por meio das políticas cambiais do BC (Banco Central)”, diz Renato Intakli, analista da Austin. A alta da moeda americana não assustou os turistas brasileiros. Segundo o BC,

os gastos deles lá fora foram de US$ 1,85 bilhão em fevereiro, um recorde para o mês. Para quem tem viagem marcada e precisa comprar dólares, Renato Intakli aconselha esperar um pouco. “Quem puder aguardar algumas semanas, pode comprar um pouco mais barato”, afirma. Outra estratégia é comprar aos poucos. “Embora isso não faça tanta diferença para a pessoa física.” METRO


2

|14|

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Lançamentos ‘MAD MEN – 5ª TEMPORADA’ DIR.: PHIL ABRAHAM UNIVERSAL R$ 100 (DVD)

CULTURA

Margaery Tyrell (Natalie Dormer) se alia ao rei Joffrey (Jack Gleeson). Mas até quando ele vai ocupar o Trono de Ferro? | DIVULGAÇÃO

Quem vai comandar os reinos de Westeros? Lançamento. A pergunta continua no ar às vésperas da estreia da terceira temporada de ‘Game of Thrones’, no domingo. Fique por dentro de todas as disputas com o Blu-ray do segundo ano

Show em julho

Paramore vem ao país Liderada pela ruivíssima Hayley Williams (foto), a banda, que lança novo disco em abril, fará show único em São Paulo, no dia 30 de julho, no Espaço das Américas, em uma turnê que passa ainda por Rio, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba e Porto Alegre. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 26 de abril pelo site livepass.com.br. Os valores não foram divulgados.

Muito sangue já jorrou desde a estreia da série “Game of Thrones”, baseada nos livros “As Crônicas de Gelo e Fogo”, de George R.R. Martin. Mas, a contar pelo que se viu nas duas temporadas exibidas na TV, tudo isso é apenas uma pequena demonstração do que está por vir. O terceiro ano, que começa no domingo, às 22h, na HBO, simultaneamente à exibição nos EUA, deve vir ainda mais sangrento. Afinal, não só a Guerra dos Cinco Reis não acabou como um novo e desconhecido exército, de Para-lá-da-Muralha, está prestes a ingressar nela. Quem não está por dentro desse universo pode ter acesso gratuito à primeira temporada via Now, serviço on-demand da operadora Net. Para quem conhece, a melhor maneira de relembrar tudo o que está em jogo na disputa pelo reinado da fictícia Westeros está nos DVDs e Blu-rays da segunda

‘GAME OF THRONES – 2ª TEMPORADA’ DIR.: VÁRIOS WARNER R$ 150 (DVD) R$ 200 (BD)

Jon Snow (Kit Harington) continua ao norte da Grande Muralha | DIVULGAÇÃO

temporada, que acabam de chegar às lojas e vão além da reunião de episódios. Entre os extras da edição em DVD estão uma mesa redonda na qual alguns dos atores principais discutem seus personagens com os produtores da série e um making of da batalha de Blackwater – o primeiro grande confronto mostrado até então. Há ainda

episódios comentados, perfis de personagens e um debate sobre as religiões de Westeros –  aspecto que passou a ser mais explorado neste segundo ano. Tudo isso também está na edição em Blu-ray, que traz ainda mais ferramentas para fazer o espectador ter o domínio quase onisciente do rico universo criado por Martin.

Elas permitem assistir a um episódio e conferir, ao mesmo tempo, o perfil dos personagens em cena, obter detalhes da região que serve de cenário e ouvir da boca deles narrativas que aprofundam fatos históricos apenas brevemente mencionados ao longo da série – tudo acompanhado de belas animações no estilo de storyboards. Um mapa interativo também ajuda a compreender os planos de guerra de cada exército. O único senão está na falta de legendas em português para o material escrito. Para compensar, todo o áudio recebe a devida tradução. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Prepare-se para o novo ano da série revendo episódios da temporada anterior, reunidos neste box que chega às lojas nesta quinta. Os DVDs mostram Don Draper (John Hamm) com sua nova mulher, Megan (Jessica Paré), enquanto seus parceiros da agência publicitária precisam aprender que, no jogo dos negócios, é cada um por si. A caixa traz ainda uma coletânea das principais frases de efeito dos personagens, entrevistas e um minidocumentário sobre os bastidores de um baile de Truman Capote em 1966. ‘O VINGADOR DO FUTURO’ DIR.: LEN WISEMAN FOX-SONY R$ 40 (DVD) R$ 70 (BD)

Este remake do filme de 1990 traz Colin Farrell no lugar de Arnold Schwarzenegger como o operário que ganha as memórias de um espião e passa a ser perseguido. Na edição em Blu-ray, é possível conferir a versão do diretor e também uma demo do jogo “God of War: Ascension”. ‘COLEÇÃO FRITZ LANG EM HOLLYWOOD’ DIR.: FRITZ LANG VERSÁTIL R$ 110 (VOL. 1) R$ 110 (VOL. 2) R$ 100 (VOL. 3)

O primeiro volume da coleção que mostra os trabalhos americanos do diretor alemão traz “Quando Desceram as Trevas” (1943), “Um Retrato de Mulher” (1944) e “O Segredo da Porta Fechada” (1947). Já o segundo tem “Desejo Humano” (1954), “Suplício de Uma Alma” (1956) e “No Silêncio da Cidade” (1956). O último reúne “O Homem Que Quis Matar Hitler” (1941), “O Tesouro do Barba Rubra” (1955) e “Casamento Proibido” (1937).


SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|15|◊◊

TONY BELLOTTO Criador do detetive Bellini, o Titã publica seu 8º romance, ‘Machu Picchu’, no qual descreve reflexões provocadas em um casal adúltero a partir de um congestionamento. O lançamento é quarta, às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional

‘ENCONTREI MINHA VOZ’ Você fez um livro de leitura bastante rápida. Este era seu desejo desde o início? Quando comecei, não tinha ideia de como iria ficar. O livro é que dita seu tamanho, em um processo meio subjetivo que acontece ao longo da própria feitura. Isso é o que instiga a escrever.

JORGE BISPO/DIVULGAÇÃO

De que forma “Machu Picchu” se insere na sua produção literária? Quando comecei, há uns 18 anos, publicando a série “Bellini”, fui pelo caminho dos livros de detetive, que tem algumas regras, mas sempre

quis fazer outras coisas. Por isso, busquei alternar estes livros com temáticas diferentes. Acho que desde “No Buraco” (2010), e agora como “Machu Picchu”, encontrei uma personalidade, uma voz mais pessoal, um jeito de escrever só meu. Estou muito satisfeito em termos de linguagem e da parte técnica. Seu mote surgiu numa fila de autógrafos de um livro da Martha Medeiros… A fila saía de dentro da livraria e quase chegava na esquina. Fiquei com inveja daquilo e desejei escrever um livro

‘MACHU PICCHU’ TONY BELLOTTO COMPANHIA DAS LETRAS 120 PÁGINAS R$ 32

que vendesse tanto quanto os dela. Vi que a Martha escreve para mulheres e achei que o segredo estaria aí. A partir dessa fagulha, comecei a escrever a história, em primeira pessoa, do ponto de vista de uma mulher traindo o marido. Mas, logo que ele apareceu, a ideia de fazer narrativas alternadas entre os dois se impôs.

O sexo sempre foi presente na sua obra e também está neste livro. Por quê? As descrições de sexo sempre me interessaram muito, porque são um desafio e são sempre difíceis de fazer, já que é fácil cair ou para o lado da pornografia ou do piegas. Em “Machu Picchu”, meu desafio foi fazer essas descrições não só a partir do marido, mas também da mulher. Descrever as situações vividas por ela foi bastante divertido. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO


|16|

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Dois Mil Toques

Educação

ROBERTO MUYLAERT ROBERTO.MUYLAERT@ METROJORNAL.COM.BR

LIVRE CONCORRÊNCIA I O artigo primeiro da Constituição Federal eleva à condição de princípio fundamental a livre iniciativa, lado a lado com os valores sociais do trabalho. O paradoxo é que o Governo Federal parece não gostar da iniciativa privada, acreditando que consegue levar o país para a frente com uma mentalidade estatizante. O fato de o país não conseguir andar é fruto dessa incongruência, onde “as coisas não funcionam”, com o governo tentando consertar no varejo, os problemas que são do atacado. Está provado que o que é estatal funciona mal e dá prejuízo, embora seja um sucesso como cabide de emprego. Até a pobre da Petrobrás é resultado visível e desalentador desse enunciado, chegando a negar um princípio econômico jocoso, mas verdadeiro, de um bilionário americano chamado Paulo Getty: “O melhor negócio do mundo é uma empresa de petróleo bem administrada, e o segundo melhor negócio do mundo é uma empresa de petróleo mal administrada” (mas nem tanto...). A Constituição de 88 não teria tantas bondades, caso tivesse sido feita após a queda do muro de Berlim, em 89. Cheios de amor para dar, os congressistas exageraram na distribuição de uma renda que não existia, o que acabou elevando a percentagem de arrecadação sobre o PIB, de 23,71%, em 1989, para 36% hoje. Esse valor, que já atingiu um trilhão de reais, serve para alimentar toda a autofágica engrenagem do governo, de uma ineficiência a toda prova, que arrecada para se manter vivo. O único jeito de cobrar menos impostos é diminuir o governo, e o Custo Brasil, onde quase tudo é irredutível em matéria de gastos, dos salários, ao sistema previdenciário, passando pela CLT. Enquanto estamos discutindo esses problemas intra-muros, ainda há espaço para debates que exponham com clareza o contraditório. Todavia, quando o Brasil entra em concorrência com outros países que não fazem as loucuras populistas cometidas por governos sucessivos deste país, fica claro que não há hipótese de o Brasil concorrer, sendo fácil ganhar todas para os países em que o governo não se mete na iniciativa privada. Até, porque, não há socialismo entre países. Para que toda essa máquina siga funcionando, é necessário ter alguém para pagar a conta, e esse alguém é quem paga os impostos. Roberto Campos foi deputado constituinte e embaixador do Brasil nos Estados Unidos, de onde o cachimbo lhe entortou a boca, voltando ao Brasil rotulado como “entreguista”, expressão usada na época para quem queria escancarar as portas do país, e dar preferência ao capital internacional. Apesar disso, falaremos de sua visão de futuro na próxima coluna.

Cruzadas

Li a reportagem “Professor municipal tem média de 30 faltas por ano”, publicada na página 6 da edição da última sexta-feira. Os números são absurdos. Mais absurdo ainda é um dos “motivos” pelo qual faltam estes profissionais: a dificuldade no deslocamento. Todos nós que trabalhamos em São Paulo vivemos o mesmo problema e nem por isso deixamos de ir diariamente ao trabalho. Mais do que investimento na educação municipal, falta boa vontade. RICARDO JUBRAM - SÃO PAULO, SP

Trânsito As estatísticas de trânsito que o Metro tem mostrado são preocupantes e deveriam chamar mais atenção das autoridades. Apesar dos motoristas imprudentes, vale a pena ressaltar que alguns pedestres também se arriscam por meio dos carros em busca de um “caminho mais curto”. Todos nós precisamos respeitar mais o trânsito. Só assim as estatísticas voltarão a cair. DENIS BASTOS - SÃO PAULO, SP

Metro pergunta

Você acha que a CET deveria reforçar a fiscalização em corredores de ônibus? Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@PedroMoreale

Sim. Virou rotina ver carros congestionando a via de quem utiliza o transporte público. @VVirgilio1

Não só a CET deveria aumentar a fiscalização, como as multas deveriam ser mais pesadas. @IvanMarbuj

Com certeza. Não basta pagar para pegar ônibus lotados. Temos ainda que dividir o corredor com estes infratores.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.sp@metrojornal.com.br

Roberto Muylaert é jornalista, editor, escritor, e diretor da RMC Editora. Foi presidente da ANER - Associação Nacional dos Editores de Revistas, presidente da TV Cultura, e ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

Horóscopo

Leitor fala

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Período de expansão pessoal. Seus obje-

Leão (23/7 a 22/8) Empolgação e vontade de realizar coisas

Sagitário (22/11 a 21/12) Dia de ação. Deixe a preguiça de lado

Touro (21/4 a 20/5) Procure ver a vida com um pouco menos de otimismo. Não troque parcerias sólidas que você já conhece por certas propostas que não são totalmente seguras.

Virgem (23/8 a 22/9) Um pouco de austeridade poderá lhe ajudar a se organizar melhor e ter metas mais verdadeiras na sua vida. Procure trilhar caminhos mais seguros e sossegados.

Capricórnio (22/12 a 20/1) Bom momento para realizar tarefas complicadas e que requeiram mais dedicação e disciplina. Procure confiar mais em pessoas que possam lhe ajudar a crescer.

Gêmeos (21/5 a 20/6) Sonhos e realidade se conflitando. Procure não se isolar achando que só você está com a razão ou que sozinho poderá dar conta de tudo. Ouça mais as pessoas.

Libra (23/9 a 22/10) Dia de receber possíveis críticas. Procure encarar com tranquilidade o que ouvir e transformar as dificuldades em motivações para se tornar cada vez melhor.

Aquário (21/1 a 19/2) Período tenso com compromissos im-

Câncer (21/6 a 22/7) Seu crescimento pode exigir alguns gastos a mais. Hora de investir em si mesmo para poder enfrentar melhor os desafios da sua vida ou da sua profissão.

Escorpião (23/10 a 21/11) Otimismo um tanto exagerando. Algumas oportunidades podem estar virando a sua cabeça. Procure manter o foco para conseguir levar os seus intentos até o fim.

Peixes (20/2 a 20/3) Grandes sonhos se realizando através de outras pessoas. Procure se alinhar com elas para que você também possa curtir os resultados da atuação do grupo.

tivos estão com boas possibilidades de serem generosamente apoiados por pessoas maiores e mais influentes do que você.

novas que lhe tragam mais alegria. Porém, tenha certeza que está fazendo algo que será apreciado pelos outros também.

e trate de correr atrás dos seus objetivos. Mesmo que tudo possa parecer grande demais, procure manter os pés no chão.

portantes que, se bem resolvidos, poderão lhe trazer reconhecimento profissional. Evite exaurir todas as suas energias.


3 ESPORTE

São Paulo

“Sofremos muita cobrança. Parece que não fazemos nada, que não somos boa equipe. Não estou com clima de festa em campo.” LUIS FABIANO, APÓS A VITÓRIA POR 2 A 0 SOBRE O BRAGANTINO, NO SÁBADO

|18|

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Por um resultado melhor Seleção. Após suado empate com a Itália, Luiz Felipe Scolari vai manter esquema com três atacantes hoje, às 16h30, contra a Rússia. Técnico ainda não venceu após o seu retorno Se para muitos o Brasil foi dominado pela Itália no empate por 2 a 2, o treinador Luiz Felipe Scolari pensa o contrário. Viu a partida como uma aprovação para o sistema 4-3-3 em que, além de deixar Neymar solto, resolve o problema da proteção à defesa. Tanto gostou que anunciou que vai manter a formação para a partida de hoje, às 16h30, contra a Rússia. “Vi muito mais evolução do que qualquer outra coisa. É apenas nosso segundo jogo. Gostei da equipe no geral, porque taticamente, do início ao fim, mesmo com altos e baixos, nós nos comportamos muito bem. Vamos insistir nesse sistema”, disse. Apesar da definição tática permanecer a mesma, o treinador sinalizou “duas ou três mudanças de nomes”. Thiago Silva, que viu o último jogo do banco, será uma delas. O meia Kaká e o lateral Marcelo também devem ganhar uma chance. METRO

Caiu

Juventus perde e é rebaixado para 3ª divisão de SP Segundo time de muitos paulistanos, o Juventus foi rebaixado novamente para a Série A3 do Paulistão. A equipe da Mooca perdeu para o Guaratinguetá por 3 a 1 no sábado, na rua Javari, e ficou torcendo por uma combinação de resultados que não aconteceu. METRO

“Pressão? Zero. Eu tenho que montar meu time. Isso estou fazendo. Se ganhar, ótimo; se não ganhar, sem problema.”

Na Bolívia...

Lionel Messi será condecorado por Evo Morales

LUIZ FELIPE SCOLARI, TÉCNICO DO BRASIL

BRASIL • •

RÚSSIA

Estádio. Stamford Bridge, em Londres, às 16h30 Transmissão. BandNews FM, Rádio Bandeirantes, Bradesco Esportes FM, TV Globo

Kaká treinou ontem entre os titulares | WANDER ROBERTO/VIPCOMM

Messi será condecorado pelo presidente da Bolívia, Evo Morales, quando a Seleção Argentina chegar a La Paz para o duelo contra os bolivianos, amanhã, pelas Eliminatórias da Copa. “Tem meu respeito. Sua habilidade é impressionante” disse Evo sobre ‘La Pulga’. METRO


|20|

{ESPORTE}

SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

Sem tempero

Guerrero marcou seu 8º gol no ano | LUIS MOURA/FOLHAPRESS

Sempre ele. Guerrero marca e assegura vitória do Corinthians O Corinthians bateu o desesperado Guarani, no Brinco de Ouro, por 1 a 0, e manteve a crescente no campeonato estadual. Com o ataque do título mundial, Emerson e Guerrero, o time produziu boas chances e marcou o gol decisivo em jogada da dupla na vitória por 1 a 0. Sheik, que vinha embalado por duas boas atuações e um gol no empate com o XV de Piracicaba, foi

0 1 • •

Léo; Boiadeiro, Thiago Pagnussat, Cássio (Thiago Matias) e Diogo; Ademir Sopa (Cadu), Coutinho, Marquinhos e Thiago Gentil; Ronaldo Mendes e Fernando Gaúcho. Técnico: Branco

GUARANI

Verdão e Peixe fizeram um duelo de muita pegada, mas pouca inspiração | LÉO BARRILARI/FOLHAPRESS

Ficou no zero. Desfalcados de suas estrelas, Palmeiras e Santos fazem um jogo sem grandes emoções. Verdão joga melhor, mas chances mais perigosas foram criadas pelos santistas

1 Cenas

1 . RODRIGO COCA/FOTOARENA 2 . CESAR GRECO/FOTOARENA 3 . EDUARDO KNAPP/FOLHAPRESS

Cássio (Danilo Fernandes); Alessandro, Paulo André, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Danilo (Edenílson) e Renato Augusto (Jorge Henrique); Emerson e Guerrero. Técnico: Tite

SÃO PAULO PONTE PRETA SANTOS MOGI MIRIM BOTAFOGO CORINTHIANS PALMEIRAS LINENSE PENAPOLENSE OESTE BRAGANTINO PAULISTA SÃO BERNARDO XV PIRACICABA ITUANO MIRASSOL SÃO CAETANO A. SOROCABA GUARANI U. BARBARENSE

32 30 28 26 25 25 25 21 20 18 18 17 15 14 13 12 10 9 9 8

10 8 8 8 7 6 6 5 6 5 4 4 4 3 3 3 2 2 2 1

Classificados para a fase final Rebaixados para a Série A2

14 12 8 11 7 11 10 0 1 3 -2 -2 -7 -5 -9 -5 -12 -7 -10 -12

METRO

Paulista 14ª rodada SÁBADO PENAPOLENSE 3 X 0 SÃO BERNARDO BOTAFOGO 3 X 0 LINENSE SÃO PAULO 2 X 0 BRAGANTINO A. SOROCABA 0 X 1 XV PIRACICABA

METRO

O camisa 1 palmeirense fez duas belas e difíceis defesas impedindo gols de Cícero e Giva, e garantiu a igualdade.

Campeonato 26 21 24 27 21 23 23 19 19 17 22 14 17 20 14 20 15 17 16 7

Jovem ajudou bastante na marcação e foi o mais lúcido do ataque do Peixe. Quase anotou o gol da vitória.

Salvou. Prass garante empate

Gols. Guerrero aos 5 minutos do 1o tempo Arbritagem. Welton Orlando Wohnrath (SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Paulo de Souza Amara (SP)

P V GP SG

1

Dono da bola. Giva dá trabalho

2

CORINTHIANS

CLASSIFICAÇÃO 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

decisivo: acertou passe preciso para Paolo Guerrero. Dentro da área, o peruano não perdoou e chutou forte para marcar seu 8o gol na temporada. Apesar da vitória, dois corintianos saíram machucados: Cássio e Renato Augusto. O goleiro, com dores no quadril, deu lugar a Danilo Fernandes. Já o camisa 25 teve uma ruptura muscular e saiu de campo chorando. METRO

2

3

Arisco. Leandro comanda ataque

Veloz e habilidoso, o atacante alviverde Leandro deu bastante trabalho para marcação do Peixe. METRO

Neymar, Valdivia, Montillo, Henrique... nenhum deles esteve presente no duelo entre Palmeiras e Santos que acabou em 0 a 0, ontem, no Pacaembu, pela 14a rodada do Campeonato Paulista. Sem as principais estrelas – alguns por lesão e outros servindo suas seleções – as equipes sentiram e fizeram um jogo apenas morno, especialmente na etapa inicial. Com três atacantes (Neilton, André e Giva), o Santos criava chances perigosas, especialmente nos contra-ataques. Fernando Prass fez duas defesas muito difícieis. Mas o esquema santis-

0 0 •

ONTEM PALMEIRAS 0 X 0 SANTOS GUARANI 0 X 1 CORINTHIANS PAULISTA 0 X 1 PONTE PRETA MOGI MIRIM 3 X 1 MIRASSOL ITUANO 1 X 2 OESTE U. BARBARENSE 0 X 0 SÃO CAETANO

3

ta abriu espaço para o Palmeiras, que tomou conta do meio-campo. O que foi traduzido em posse de bola, mas não em lances de grande perigo para Rafael. Na etapa final, no entanto, Muricy Ramalho abriu mão de Neilton e colocou Alan Santos no meio. O jogo, então, travou. Sem seus principais talentos em campo, nenhum dos times conseguiu furar a marcação e pouca emoção proporcionaram aos pouco mais de 11 mil presentes. WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

Fernando Prass; Weldinho, Maurício Ramos, André Luiz e Juninho (Marcelo Oliveira); Charles (Rondinelly), Léo Gago, Márcio Araújo e Wesley; Leandro e Caio (Vinícius). Técnico: Gilson Kleina

PALMEIRAS

Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Renê Júnior e Cícero; Giva (Victor Andrade), Neílton (Alan Santos) e André (Miralles). Técnico: Muricy Ramalho

SANTOS

Arbitragem. Marcelo A. Ribeiro de Souza (SP), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

“Não foi um jogo bonito, foi ruim de assistir. Mas, pelo menos, não perdemos. Estamos bem na classificação.”

“Não fizemos um grande jogo. Até criamos chances e o Palmeiras também. No final, acho que o placar foi justo.”

ANDRÉ LUIZ, ZAGUEIRO DO PALMEIRAS

MURICY RAMALHO, TÉCNICO DO SANTOS


SÃO PAULO, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Hinchcliffe leva ª 1 etapa da Indy Começou. Canadense venceu duelo com Castroneves na última relargada e faturou prova inaugural de 2013, em St. Petersburg O canadense James Hinchcliffe venceu o GP de St. Petersburg, que marcou a abertura da temporada 2013 da Fórmula Indy. O piloto da Andretti se aproveitou de um erro de Helio Castroneves – líder durante boa parte da corrida – na última relargada e conquistou a vitória. Helinho terminou em 2o, seguido por Marco Andretti. Tony Kanaan chegou logo depois, em 4o, enquanto Bia Figueiredo abandonou na 55a volta, por problemas mecânicos. Castroneves mostrou ser um dos pilotos mais competitivos do grid. O brasileiro da Penske ganhou duas posições na primeira janela de pits, causada pelo acidente de Dario Franchitti, e na segunda, ganhou a liderança com uma ótima manobra sobre seu companheiro Will Power.

|21|◊◊

Em Miami

Bellucci vence a segunda e avança Depois de muitas dificuldades, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci venceu o polonês Jerzy Janowicz por 2 sets a 1. O paulista agora encara o italiano Andreas Seppi, cabeça de chave nº 16, na 3a rodada do Masters 1000 de Miami. A partida acontece hoje, em horário ainda a ser definido. METRO Feminino

Maria Sharapova também se garante

Hinchcliffe (centro) com Castroneves (à esq.) e Andretti | CHRIS TROTMAN/GETTY IMAGES

E seguiu o ritmo forte durante a maior parte da corrida. Após um longo período de bandeira amarela, os carros relargaram na volta 85. Castroneves tomou a liderança na reta, mas errou o ponto de freada da curva 1 e permitiu a ultrapassagem de

Hinchcliffe. Depois disso, mesmo com a pressão do brasileiro, o carro da Andretti se manteve firme na ponta para levar a primeira etapa da Indy no ano. A próxima etapa será em Barber, Alabama, no dia 7 de abril. METRO

Depois de passar sem dificuldades pela estreia no WTA de Miami, Maria Sharapova teve que suar bastante para bater a compatriota Elena Vesnina por 2 sets a 0. Por ser uma das cabeças de chave do torneio, a musa russa vai enfrentar nas oitavas de final a tenista eslovaca Klara Zakopalova. O duelo acontece na noite de hoje, ainda sem definição de horário. METRO

Lá vem o alemão de novo... O GP da Malásia marcou a primeira vitória do atual tricampeão da Fórmula 1, Sebstian Vettel. Em seu 200o GP, Fernando Alonso (Ferrari) abandonou na segunda volta. Lewis Hamilton (Mercedes) errou de equipe na hora de parar no box e acabou na McLaren, sua ex-equipe. Vettel cruzou a linha em 1o. Mas teve de lidar com a fúria do seu companheiro de Red Bull, o australiano Mark Webber, que chegou em 2o depois de ser ultrapassado por Vettel. O alemão desrespeitou a ordem da equipe para não fazê-lo, deixando Webber furioso. O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, chegou na 5a colocação. | EDGAR SU/REUTERS


SÃO PAULO - SEGUNDA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2013



20130325_br_metro sao paulo