Page 1

DIVULGAÇÃO

NEY MATOGROSSO ATENTO AOS SINAIS

A família da jovem Eep é a “última” do período das cavernas

CANTOR MISTURA COMPOSIÇÕES DE ANTIGOS E NOVOS TALENTOS EM SHOW NO GUAIRÃO PÁG. 12

Família ‘Uga-Uga’

‘Os Croods’ levam as crianças à pré-história

PÁG. 14

CURITIBA Sexta-feira, 22 de março de 2013 Edição nº 466, ano 2 MIN: 13°C MAX: 24°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb sunny

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Portuários vencem queda de braço com o governo hazy

showers

MP dos Portos. Governo federal aceita mudar o texto da medida provisória, promete criar cadastro de trabalhadores e vai ampliar os direitos trabalhistas da categoria. Serão concedidos à iniciativa privada 154 terminais de 24 portos PÁG. 06

‘MEZZA BOCCA’

Brasil faz dois, mas vacila e cede empate à Itália. Poderia ter sido pior PÁG. 18

Demonstrou interesse | FÁBIO TEIXEIRA / FOLHAPRESS

Beira-Mar faz curso de teologia Igreja Batista paga estudo a distância para o traficante. Ele está detido na Penitenciária de Catanduvas PÁG. 04

R$ 1 mil é o valor mínimo para TED, informa Febraban O meia Hernanes tenta barrar a passagem do atacante italiano Balotelli durante o empate de ontem no amistoso em Genebra, na Suíça | VALERIO PENNICINO/GETTY IMAGES

Quantia mínima para se realizar uma Transferência Eletrônica Disponível cai a partir de hoje PÁG. 08


1 FOCO

02

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

Garis podem entrar em greve em Curitiba

Limpeza. Funcionários da Cavo, única empresa de coleta de lixo na capital, dizem que vão parar na terça-feira Em uma assembleia realizada ontem, os funcionários da Cavo aprovaram um indicativo de greve. Os cerca de 2 mil trabalhadores são os únicos responsáveis pela coleta de lixo normal e pela varrição das ruas em Curitiba. “Houve 100% de aprovação pelos trabalhadores do indicativo. Se não recebermos uma contra-proposta da empresa, a coleta vai parar”, afirma Manassés Oliveira, presidente do Siemaco (Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba) que representa os funcionários do setor. Os garis pedem um aumento de 20% nos salários, enquanto que a última proposta da empresa foi de 8%. Além disso, o pedido é por 30% a mais em vale-alimentação, enquanto que o ofere-

Lixeiros querem 20% de aumento salarial | DIVULGAÇÃO/SIEMACO

Integração

Parceria no transporte Depois de uma reunião com a direção da Urbs, o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, afirmou que o governo do Estado pode cobrir até um terço dos custos de uma pesquisa que sobre a origem e destino dos passageiros que utilizam a Rede Integrada de Transporte (RIT), que atende a capital e outros 12 municípios.

Cotações Dólar + 1,05% (R$ 2,01) Bovespa - 0,81% (55.576 pts) Euro + 0,12% (R$ 2,57) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

Projeto exige que Prefeitura avise sobre alvarás a vencer Um projeto de lei começou a tramitar ontem na Câmara Municipal exigindo que os órgãos públicos avisem aos comerciantes com 60 dias de antecedência que os alvarás estão para vencer. O autor da proposta, vereador Helio Wirbiski (PPS), explica que será uma forma de evitar tanto que as autoridades acabem sendo responsabilizadas em caso de tragédias, como a que ocorreu em Santa Maria-RS recentemente, quanto um alerta a mais para que os empresários se regularizem. “O grande problema é que eles esperam até que o documento vença para começar o processo de renovação. Isso acaba levando de 3 a 4 meses”, diz Helio. Recebendo o aviso, diz

nistração municipal não teria grandes problemas em se adequar à nova norma. “Já existe um banco de dados no Urbanismo com toda a documentação, Trata-se de mandar uma carta ou e-mail avisando dos prazos”, disse.

“Culturalmente existe uma tendência a deixar a renovação para o último prazo. Depois a tramitação atrasa.” HELIO WIRBISKI (PPS), VEREADOR

ele, os comerciantes não poderão alegar que desconheciam os prazos. Já o poder público pode se organizar melhor na sua fiscalização. Segundo Helio, a admiFALE COM A REDAÇÃO

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9200

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Legislação A Constituição Federal já aborda o assunto no artigo 144, mas o novo projeto apresentado elenca especificamente os órgãos responsáveis pela emissão desses avisos, como a Vigilância Sanitária, a Secretaria do Meio Ambiente e demais órgãos municipais. Antes de ser votado, o projeto será analisado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça da Câmara). METRO CURITIBA

2 mil

funcionários ameaçam cruzar os braços na semana que vem. Eles fazem toda a coleta do lixo residencial na cidade. cido foi de 9%. “Havia uma promessa de aumento depois que a Estre comprou a Cavo, mas ela não foi cumprida”, disse Manassés. Através da sua assessoria de imprensa, a Cavo informou que continuará em permanente negociação com o sindicato. A Prefeitura disse que acompanha o caso, mas que aguarda as negociações para se manifestar. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Litoral. Apreensão de barcos triplicou na última Operação Verão A CPPR (Capitania dos Portos do Paraná) divulgou ontem os resultados da Operação Verão 2012/2013, que terminou na semana passada. O número de embarcações apreendidas neste ano chegou a 130, três vezes a mais do que o registrado na edição passada quando 42 barcos foram flagrados com irregularidades. O número de notificações emitidas pela CPPR também cresceu: foram 572, aumento de 74% em relação ao ano anterior, com 328 registros. Para a capitania, os dados refletem tanto o aumento da quantidade de embarcações no mar como a atuação um mais rí-

EXPEDIENTE

Movimento nos mares aumentou, diz capitania| DIVULGAÇÃO/CPPR

gida na fiscalização. Durante o verão, também foram registrados cinco acidentes com embarcações na jurisdição da CPPR, sem feridos graves.

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071). Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli.

METRO CURITIBA

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP: 80820-070, Curitiba. Tel.: 041/3069-9200 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


04 Rebouças

Oficial da PM é assaltado em carro do governo Um oficial da Polícia Militar que estava em um carro oficial do governo do Paraná reagiu a uma tentativa de assalto e deu três tiros em um dos suspeitos, ontem pela manhã, na rua Desembargador Motta, no Rebouças. Ele foi abordado por dois homens enquanto estava no sinaleiro. METRO CURITIBA

Igreja paga curso de teologia para Beira-Mar Estudo. Traficante condenado há mais de 200 anos de prisão vai cursar a distância. Ele está detido na Penitenciária Federal de Catanduvas

Centro

Italiano é baleado Antonio Giovani Rossi, de 34 anos, ficou gravemente ferido após ser baleado ontem à tarde na saída de um restaurante, no cruzamento das ruas Emiliano Perneta e Lamenha Lins. “Tratamos a princípio como tentativa de roubo, mas não descartamos outras hipóteses”, disse o delegado Rubens Recalcatti. METRO CURITIBA

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

Igreja acredita que o traficante pode se recuperar | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

A Igreja Batista do Bacacheri decidiu pagar um curso de teologia para Fernandinho Beira-Mar, considerado um dos maiores traficantes do Brasil, que está detido na Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná. Ele foi aprovado no mês passado no vestibular da Faculdade Teológica Batista do Paraná com a nota 7,4 e começou fazer o curso a distância no dia 11 de março. “Como ele não pode ter acesso à internet, vai receber somente o material impresso por escrito e vai cursar as disciplinas que são divididas nos eixos metodológicos, social, político, filosófico, histórico e ideológico”, explicou o diretor da instituição, Jaziel Guer-

R$ 242

é o valor da mensalidade paga pela igreja. A duração do curso é de quatro anos. reiro Martins. A cada três semanas, segundo a faculdade, ele terá que fazer trabalhos e provas que serão enviadas por correio via Sedex. De acordo com o diretor da faculdade, Beira-Mar foi quem demonstrou interesse em realizar o curso por causa de um capelão que realizava trabalhos relacionados a valores e inclusão social no presídio. “Ele sentiu vontade de conhecer mais a fundo a

questão religiosa, os princípios morais e éticos, e também se interessou pela Bíblia”, contou Martins. Fernandinho Beira-Mar não é batista e nem se converteu. “A Igreja resolveu pagar o estudo no sentido de investir em uma pessoa que demonstra interesse em mudar conceitos. No caso dele, mesmo sendo alguém que a sociedade considero perigosa e de uma índole não condizente, ele também tem o direito de ter uma oportunidade se tem vontade de melhorar”, complementou o diretor da instituição. LINA HAMDAR METRO CURITIBA


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

05

Falta remédio para deficit de atenção

Saúde. Indicada também para casos de hiperatividade e narcolepsia, a Ritalina de 10 mg deve voltar às farmácias até o fim de abril. Problema começou há mais de um mês

Muro contra vandalismo Moradores e comerciantes do Juvevê acharam que o problema – que já dura anos – iria se resolver, mas a construção abandonada na rua Campos Sales está, por enquanto, só ganhando um muro. A Squadro Construtora e Incorporadora é responsável apenas por essa obra do muro, que visa impedir a invasão de vândalos e usuários de droga no terreno. | RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

Usada para reduzir os efeitos de déficit de atenção e hiperatividade e também para casos de narcolepsia (distúrbio do sono), a Ritalina 10 mg está em falta em farmácias e drogarias de várias cidades do Paraná e de outros estados, segundo o laboratório Novartis. O problema deve ser normalizado até o fim de abril. Em nota, a Novartis esclareceu que houve um incêndio em parte de um de seus laboratórios, em Taboão da Serra (SP), com pequeno impacto na liberação dos lotes. “Entretanto, o fator principal da falta deste medicamento no mercado deve-se aos atrasos nas autorizações de importação de seu principio ativo”, o cloridrato de metilfenidato. Em Curitiba, as Drogarias Nissei informaram que não recebem o medicamen-

Medicamento é mais indicado para crianças | RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

to há um mês, pelo menos. Na DrogaRaia, também há falta da Ritalina 10 mg. Essa é justamente a dosagem mais utilizada, conforme disse o neuropediatra Alfredo Lohr Junior, professor da PUC-PR. “É mais barata, com custo médio de R$ 20, enquanto que o preço das outras dosa-

gens, de 20, 30 e 40mg, gira em torno de R$ 200”, explica. Além disso, Lohr conta que a procura é alta porque a Ritalina 10mg tem duração de no máximo 4 horas, enquanto que as outras dosagens ficam no organismo por até 8 horas. “É uma medicação de efeito temporário e que não preci-

sa ser tomada constantemente. Alguns tomam apenas em período escolar, por exemplo, e indicamos que suspendam em férias e feriados”, conta. Por essa razão, afirma o neuropediatra, não há risco de abstinência. “O único ponto é a pessoa estar indo bem do ponto de vista de comportamento e aprendizado e voltar a ter os sintomas de déficit de atenção e hiperatividade”, coloca. Os pacientes que utilizam dosagens maiores e tiverem dificuldade para encontrar o medicamento podem, com prescrição médica, substituí-lo por outros laboratórios. Já na dosagem menor não existe outra no mercado, segundo Lohr. CAMILA CASTRO METRO CURITIBA


06

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

BRASIL

Portuários afastam 1 milhão greve após acordo de contratação

Saúde. CFM defende aborto até o 3º mês O CFM (Conselho Federal de Medicina), apresentou ontem a proposta de mudar o Código Penal e dar à mulher a opção de interromper a gravidez até a 12ª semana da gestação. O documento será encaminhado à comissão especial do Senado que analisa a reforma do código até a próxima semana. Essa é a primeira vez que o CFM e os 27 conselhos regionais, que representam 400 mil médicos brasileiros, tomam uma posição sobre o aborto. Segundo os médicos que votaram a favor da mudança, até a 12ª semana, o sistema nervoso do feto ainda não está completo. Por isso, não haveria sofrimento. Além disso, nessa fase, o risco do procedimento para a mulher é menor. Atualmente, o aborto é permitido somente em casos de risco à saúde da ges-

é o total de abortos induzidos realizados por ano no Brasil, segundo estimativa do Ministério da Saúde.

tante, quando a gravidez é resultante de um estupro ou no caso de fetos anencéfalos. Além de aprovar o aborto até a 12ª semana da gestação, os conselheiros validaram o procedimento quando houver gravidez por emprego não consentido de técnica de reprodução assistida, anencefalia ou feto com graves e incuráveis anomalias. Segundo o Ministério da Saúde, o aborto é a 5ª causa da mortalidade materna. A cada ano, 180 mulheres morrem por causa do procedimento no país. METRO

Câmara. Pastor recebe ultimato e deve deixar comissão até terça-feira A saída do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara tem prazo: terça-feira. Após o colegiado ter duas sessões suspensas em função do protestos contra declarações do parlamentar consideradas preconceituosas, o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), assumiu o problema e fez um apelo pela renúncia. “Virou um clima de radicalização que esta Casa não pode aceitar. Essa Casa tem que primar pelo equilíbrio, pela serenidade, pela objetividade, pelo trabalho parlamentar. E do jeito que está se tornou insustentável a situação”, afirmou Henrique Eduardo Alves. O PSC teve garantido o direito à presidência da comissão e já admite a troca, embora a decisão de renunciar seja pessoal do deputado. A bancada do partido pediu um en-

Isolado, Pastor Marco Feliciano deve deixar o cargo | JOSÉ CRUZ/ABR

contro com o pastor na próxima semana. A pressão pela saída do pastor da função veio, inclusive, do governo. “O partido deve avaliar se é coerente, com o histórico de direitos humanos no Brasil, manter uma pessoa com as convicções do deputado na presidência de uma comissão tão importante”, afirmou a ministra da Secretaria de Política de Promoção Social da Igualdade Racial, Luiza Bairros. METRO BRASÍLIA

MP dos Portos. Governo Federal aceita mudar o texto, promete criar um cadastro dos trabalhadores e também ampliar os direitos trabalhistas da categoria A promessa de criação de um cadastro de trabalhadores foi determinante para por fim à ameaça de greve dos portuários, prevista para a próxima segunda-feira. O acordo foi fechado ontem durante reunião de sindicalistas com o líder do governo no Senado, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), relator da Medida Provisória 595, que trata do novo modelo de gestão e privatização dos portos brasileiros. Com a mudança, apenas portuários com o registro profissional poderão trabalhar em terminais públicos e privados. O Ministério do Trabalho reconhecerá individualmente as categorias profissionais de estiva, conferência de carga, conserto de carga e vigilância de embarcações. Atualmente, as contratações são feitas pelo OGMO (Órgão Gestor da Mão de Obra), que recruta os portuários, mas fixa o preço do serviço e as horas trabalhadas. “Não abrimos mão de que os trabalhadores relacionados no Ogmo sejam as pessoas a serem contratadas nos novos terminais”, disse o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical. A alteração retiraria a possibilidade de os empresários

“A greve está suspensa, mas sempre existe a hipótese de a presidente Dilma vetar o acordo fechado. Estaremos atentos.” DEP. PAULO PEREIRA DA SILVA, PDT-SP

154

terminais de 24 portos serão concedidos à iniciativa privada. Pelo menos 10 serão licitados ainda no primeiro semestre. fazerem contratatações avulsas, inclusive com o pagamento de salários mais baixos. Os sindicalistas temiam que a abertura pudesse diminuir a oferta de postos de trabalho, provocando demissões dos atuais contratados. “Vamos nos esforçar para construir no texto uma forma de atender aos trabalhadores”, prometeu Eduardo Braga. Direitos trabalhistas A categoria também conse-

Portuários ameaçavam parar atividades na segunda | MARCELO JUSTO/FOLHAPRESS

guiu alterações na área trabalhista. Será proibida a contratação de mão de obra temporária, com contratos de apenas três meses, garantido um vencimento mínimo em época de baixo movimento nos portos. O governo recuou na possibilidade de conceder à iniciativa privada o serviço da guarda portuária e abriu vaga para os sindicatos no Conselho de Autoridade Portuária, responsável pela definição de metas e inves-

timentos no porto. A Comissão Especial da MP 595 volta a se reunir na próxima semana. Participarão da audiência pública a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e os governadores Tarso Genro (Rio Grande do Sul), Jaques Wagner (Bahia) e Eduardo Campos (Pernambuco). A votação está prevista para 10 de abril. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Inquérito da Kiss será entregue hoje A polícia divulgará hoje, às 14h30, em um salão da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), o inquérito que apura a tragédia na boate Kiss, em Santa Maria, com 10 mil páginas.

Logo após a coletiva, o inquérito será repassado imediatamente ao juiz, que deve repassá-lo ainda hoje ao Ministério Público. No parecer, além do indiciamento dos atuais qua-

tro presos - os sócios da Kiss, Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann; o cantor da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos, e o empresário do conjunto, Luciano Bonilla.

A polícia deve sugerir a participação na tragédia da irmã de Spohr, Ângela Callegari, e de sua mãe, Marlene Callegari. As duas também são sócias da boate. METRO POA


08

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

ECONOMIA

Valor mínimo para R$ 200 mil TED agora é R$ 1 mil

Tecnologia. Governo vai selecionar 100 start-ups O Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação lançou ontem o edital de seleção das empresas iniciantes interessadas em participar do programa Start-UP Brasil. O objetivo do projeto é acelerar o desenvolvimento de empresas de base tecnológica. “O alvo são as empresas com até três anos de existência”, afirmou o secretario de Políticas de Informática do ministério, Virgílio Almeida, durante a apresentação do edital no Congresso Global de Empreendedorismo, no Rio de Janeiro.

é o aporte oferecido pelo programa Start-UP Brasil.

A iniciativa escolherá 100 empresas. Cada start-up receberá R$ 200 mil para o desenvolvimento do negócio em até 12 meses. Além disso, poderá contar com recursos adicionais, de R$ 20 mil a R$ 1 milhão, de uma das nove aceleradoras selecionadas pelo governo. METRO

Start-UP Brasil Como é o programa • Alvo. Empresas, com até 3 anos de existência, que desenvolvam produtos ou serviços inovadores, que usem software e serviços de TI. • Como funciona. Os projetos terão o apoio de uma das 9 aceleradoras

selecionadas (21212, Aceleratech, Microsoft, Papaya, Pipa, Wayra, Acelera MG, Outsource Brasil e Start You Up). Também receberão um aporte de R$ 200 mil. • Inscrições. Podem ser feitas de 31 de março a 15 de maio no site http:// startupbrasil.mcti.gov.br.

Bancos. Nova cifra para realizar transferências no mesmo dia passa a valer a partir de hoje, informou a Febraban. Para operações abaixo desse valor, clientes devem usar o DOC A partir de hoje, o valor mínimo para a realização de uma TED (Transferência Eletrônica Disponível) cai de R$ 2 mil para R$ 1 mil. Para transferências interbancárias abaixo desse valor, os clientes ainda podem recorrer ao DOC (Documento de Crédito), que têm valor limitado a R$ 5 mil por transação. Ao realizar uma TED, o crédito entra na conta do destinatário no mesmo dia em que a transferência é solicitada. Já em outras formas de movimentação financeira, como o DOC, é preciso aguardar pelo menos um dia para a conclusão da operação. As instituições estabelecem um valor mínimo pa-

ra realizar a TED para evitar que uma demanda em excesso sobrecarregue os sistemas de pagamento e de compensação das transações financeiras. Mas, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), investimentos em tecnologia permitiram a redução do valor nos últimos anos. Em 2010, o valor mínimo para a realização de uma TED era de R$ 5 mil. As tarifas cobradas para a realização de TEDs variam de banco para banco, conforme a política comercial de cada um. Para comparar preços, os consumidores podem consultar o sistema de divulgação de tarifas da Febraban no link www.febraban-star.org.br. METRO

QUANTO CUSTA Tarifas cobradas para realizar a TED (em R$) Banco BRADESCO CITIBANK BANCO DO BRASIL SANTANDER CAIXA ECONÔMICA FEDERAL HSBC ITAÚ UNIBANCO

Presencial ou pessoal

Meios eletrônicos

14,50 14,50 13,20 13,40 12,85 14,40 13,30

7,80 9,00 7,40 7,90 6,50 7,95 7,40

Redução do valor mínimo por transação (em R$)

5 mil

3 mil

3 mil

2010

2 mil

2 mil

2012

1 mil

2013

FONTE: FEBRABAN

Indenização

Plano de saúde. ANS vai agilizar análise de processos A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) vai mudar a análise de processos de consumidores contra planos de saúde. As ações passarão a ser avaliadas coletivamente, por tema e operadora, com o objetivo de agilizar o trâmite, disse ontem o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. As queixas dos usuários passarão a ter peso, conforme a gravidade, e as multas serão aplicadas com base em um conjunto de reclamações. “Às vezes, têm dez pessoas diferentes que solicitam processo contra um mesmo plano.

A partir dessa nova resolução, estes dez processos poderão ser analisados de uma vez só, de forma conjunta”, explicou Padilha. Haverá também um mutirão para avaliar os processos em tramitação, e para isto serão contratados 200 servidores temporários. Atualmente, a agência reguladora tem 8.791 processos de reclamações em andamento. O mutirão será voltado para atender às queixas mais antigas – algumas vêm desde 2006 e 2007. METRO

Padilha anunciou ontem mutirão para avaliar casos antigos | ANTONIO CRUZ/ABR

McDonald’s vai desembolsar R$ 7,5 milhões

Pessoas fazem fila para tirar dinheiro em caixas no Chipre | ANDREAS MANOLIS/REUTERS

Dólar supera os R$ 2 e bolsa tem terceira queda O dólar voltou a fechar ontem acima de R$ 2. A moeda norte-americana encerrou o dia em alta de 1,05%, a R$ 2,011 na venda, pressionada pelo cenário internacional conturbado e expectativas de intervenção do BC (Banco Central). A última vez que a moeda tinha fechado acima de R$ 2 havia sido em 28 de janeiro, quando encerrou cotada a R$ 2,0014. Boa parte do mercado acredita que o BC definiu uma banda informal para o dólar entre R$ 1,95 e R$ 2, com o objetivo de conter pres-

sões inflacionárias, segundo a “Reuters”. A autoridade, no entanto, não atuou no mercado de câmbio. Declarações do ministro da Fazenda, Guido Mantega, também contribuíram para a alta do dólar. Mantega disse a taxa de câmbio atual é mais competitiva e estimula o setor de manufaturados. No cenário externo, dados que mostram maior contração na zona do euro e o impasse no Chipre derrubaram os ânimos dos mercados globais. O Banco Central Europeu informou

ontem que o Chipre tem até a próxima segunda-feira para elaborar um plano para assegurar o resgate de 10 bilhões de euros da União Europeia. O principal índice brasileiro de ações encerrou no menor patamar em quatro meses. O Ibovespa caiu 0,81%, a 55.576 pontos, a terceira queda seguida. O giro financeiro foi de R$ 6,5 bilhões, abaixo da média diária do ano. Na semana, a bolsa acumula queda de 2,27%, no mês 3,22%. No ano, o recuo é de 8,22%. METRO COM AGÊNCIAS

O McDonald’s aceitou um acordo em que pagará R$ 7,5 milhões para dar fim a um processo trabalhista. A rede também terá até dezembro para acabar com a jornada móvel variável a que submete seus funcionários. No pedido inicial de indenização por danos morais, o McDonald’s teria de pagar R$ 50 milhões. METRO Estímulos

Mantega diz que desoneração deve chegar a R$ 55 bi As desonerações para estimular a economia devem chegar a R$ 55,45 bilhões em 2014, disse ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em audiência no Senado. Em 2013, o valor é estimado em R$ 50,70 bilhões. Ele ainda tratou do combate à inflação. “Nos últimos anos, a meta nunca foi descumprida e assim continuaremos”, afirmou. METRO


10

Papa. Francisco lavará os pés de jovens infratores Em mais uma decisão que rompe o protocolo da Igreja Católica, o papa Francisco decidiu que vai realizar a cerimônia de lava-pés em uma casa para jovens infratores, nos arredores de Roma. O pontífice vai lavar e beijar os pés de 12 adolescentes, na próxima quinta-feira. A cerimônia evoca o ato de Jesus Cristo com seus 12 apóstolos na Santa Ceia. “Com esta celebração, o papa Francisco vai continuar esse costume, caracterizado pelo seu contexto humilde”, informou o Vaticano

Obama pede justiça para os palestinos Jerusalém. Falando a jovens israelenses, o presidente tentou motivá-los a pressionar governantes para a solução de dois Estados. Americano também esteve com líder palestino

O cardeal Bergoglio em cerimônia de 2008 | STRINGER/REUTERS

em nota. Não há registro de que algum outro papa tenha realizado o lava-pés fora da Basílica de São Pedro. METRO

Venezuela. Opositores e chavistas se confrontam Uma marcha de apoiadores do candidato opositor ao governo da Venezuela terminou em confusão. Segundo testemunhas, os opositores se dirigiam ao Conselho Nacional Eleitoral quando um grupo de chavistas começou a atirar garrafas, ovos e pe-

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

MUNDO

dras contra a multidão. “É horrível, eles estão nos atacando”, reclamou o estudante Boris Walcheff, 19, que estava ao lado dos apoiadores de Henrique Capriles. A polícia usou gás lacrimogêneo e separou os dois grupos. METRO

Depois de acertar os ponteiros com Israel sobre o Irã (ainda que com discordâncias), o presidente Barack Obama se debruçou na histórica disputa com os palestinos. Diante de uma plateia de jovens, em Jerusalém, ele defendeu a solução de dois Estados e apelou para que os israelenses sejam justos. “Coloquem-se no lugar deles, olhem o mundo através de seus olhos. Não é justo que uma criança palestina não possa crescer em um Estado próprio”, defendeu Obama. “Israel deve reverter uma crescente onda de isolamento”, frisou. A palestra do líder americano diante de universitários foi o ponto alto de sua visita ao Oriente Médio. A fala do democrata, que ga-

nhou o Nobel da Paz em 2009 devido à sua disposição em buscar a paz na região, foi por várias vezes interrompida por aplausos. Do outro lado do conflito, no entanto, Obama não foi recebido com o mesmo afeto. Em Ramallah, na Cisjordânia, havia apenas um cartaz de boas-vindas. Nas ruas, a polícia precisou controlar manifestantes contrários à visita do americano. Na reunião com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, Obama também defendeu o fim dos assentamentos judaicos nos territórios palestinos, mas insistiu que as negociações para a paz devem ser retomadas sem condições prévias. “Se a única forma de iniciar o diálogo é acertan-

Obama faz discurso a jovens em Jerusalém | BAZ RATNER/REUTERS

do tudo no começo, então nunca chegaremos ao ponto crucial, que é a estrutura do Estado Palestino”, disse. O fim da expansão dos assentamentos (e a destruição de alguns) é a exigên-

cia de Abbas para o diálogo com o governo israelense. Segundo o “New York Times”, porém, o líder palestino estaria cogitando abrir mão de tais condições para negociar. METRO


2

12

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

CULTURA

Ney Matogrosso reencontra o rock

Show. Com primeira turnê patrocinada, cantor chega amanhã ao Guairão com o espetáculo ‘Atento aos Sinais’ no melhor estilo roqueiro

CULTURA

19 músicas

“Já tinha esse setlist na cabeça há um ano. Eu e o Sacha Amback recriamos as músicas do nosso jeito, respeitando as letras e melodias.” NEY MATOGROSSO, CANTOR

Turnê de Ney Matogrosso pode durar dois anos | MARCELO FAUSTINI/DIVULGAÇÃO

Quando apresentou seu novo espetáculo, Ney Matogrosso logo deu o recado: “Não estou comemorando nada!”. O comentário é relacionado aos 40 anos de carreira do músico, celebrado por público e mídia em 2013, menos por ele. “Não sou saudosista e acho que tenho muito o que fazer ainda. É mais um passo na minha vida”, diz Ney, sorridente. “Atento aos Sinais” é o novo show do cantor, que chega amanhã ao Guairão para apresentação única às 21h. Os ingressos já estão esgotados há uma semana. Pela primeira vez, Ney tem apoio de uma marca em seu espetáculo: o programa Natura Musical. “Faria esse show sem patrocínio. A diferença é que não dependo de 30 shows para bancar a produção”, explica.

A apresentação terá uma roupagem que reencontra o rock – diferentemente da última turnê, “Beijo Bandido” –, seja na sonoridade, nos figurinos de Ocimar Versolato, no cenário de Luis Stein e Milton Cunha e na iluminação. “Queria colocar essa pegada roqueira e vigorosa em toda a apresentação.” As músicas foram escolhidas a dedo. Entre as 19 selecionadas, estão faixas de autores consagrados como Paulinho da Viola (“Roendo as Unhas”) e Lobão (”Vida Louca”) e três composições de Itamar Assumpção, mescladas com canções de novos nomes como Dani Black , Vitor Ramil e Criolo (veja ao lado). PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

Os novos de Ney Criolo É quase certo que o autor de “Não Existe Amor em SP” esteja no novo CD de Ney.

Dani Black É o trecho de uma música do compositor que dá nome à turnê de Ney.

Vitor Ramil O cantor Ney Matogrosso já garantiu participação no novo álbum do compositor gaúcho.


14

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

CULTURA

Pré-história animada Estreia hoje. ‘Os Croods’ mostra agitadas aventuras da ‘última’ família que viveu nas cavernas

O par romântico Guy e Eep. Animação acerta na história e no visual bastante colorido | DIVULGAÇÃO

Estreias no cinema

“GI Joe – Retaliação”

“Parker”

“Vai Que Dá Certo”

[EUA, 2013], de Jon M. Chu. Com Bruce Willis, Channing Tatum, Dwayne Johnson Um acordo entre as grandes potências define a redução das ogivas nucleares no mundo todo, mas os Estados Unidos, comandados pela organização Cobra, desconsideram o acerto e dão ínicio a um plano de proporções alarmantes.

[EUA, 2013], de Taylor Hackford. Com Jason Statham e Nick Nolte. Baseado na obra de Donald E. Westlake. Parker é um ladrão que tem um código de honra sobre nunca roubar dinheiro de pessoas que precisam. Para se aposentar, ele e uma agente imobiliária planejam aplicar um golpe milionário.

[Brasil, 2013], de Maurício Farias. Com Lucio Mauro Filho, Danton Melo, Bruno Mazzeo e Fábio Porchat. Frustrados com a vida medíocre que levam, cinco amigos decidem virar o jogo com um assalto. O crime que prometia transformar suas trajetórias cumpre o propósito, mas não como planejaram.

A adolescente Eep é o ponto de partida da animação “Os Croods – Uma Aventura das Cavernas”, da Dreamworks, que estreia hoje nos cinemas em cópias dubladas e legendadas nas versões convencionais e 3D. Cansada de ser controlada por seu pai, Grug, um excessivamente zeloso chefe de família, a garota foge uma noite e conhece o espirituoso Guy. Esse encontro a motiva a querer conhecer um mundo novo, muito além do que vive na caverna. “Última” família do período das cavernas, com integrantes todos muito medrosos, ela decide seguir os instintos de Guy e sai pelo mundo para conhecer novas possibilidades e figuras pra lá de estranhas, como aves-piranhas e baleias que vivem na terra. A empolgada Eep é mais um papel feminino de destaque criado pela Dreamworks. Assim como a princesa Fiona da franquia “Shrek”, a jovem pré-histórica se impõe entre seus próximos e foge do padrão estético da princesa doce, magricela e bela. Dirigida por Chris Sanders e Kirk DeMicco, a animação marca pontos positivos, além de sua história, por ser esteticamente bonito e bastante colorido. A versão legendada de “Os Croods” tem as vozes de Nicolas Cage, Catherine Keener, Emma Stone e Ryan Reynolds. METRO

O Metro indica

Orquestra

Homenagem a Edino Krieger. Neste domingo, Edino Krieger, um dos grandes compositores brasileiros, que acaba de completar 85 anos, recebe homenagem da Orquestra Sinfônica do Paraná, em concerto no Guairão sob a regência do maestro Osvaldo Ferreira. No Teatro Guaíra (R. 15 de Novembro, s/n). Domingo 24/3 às 10h30. Ingressos: R$15 e R$30.

Pocket-Show

Estrela Leminski e Téo Ruiz. A Livraria Cultura recebe hoje dois herdeiros da poesia paranaense: Estrela Ruiz Leminski e Téo Ruiz farão um Pocket Show, com bate-papo, para marcar o lançamento do DVD “São Sons”. A mediação fica por conta do jornalista Luís Cláudio Oliveira. Livraria Cultura (Shopping Curitiba). Hoje às 19h. Entrada franca.

Artes Plásticas

‘Opus’ no Masac. O Museu de Arte Sacra inaugura nesse domingo às 11h a exposição “Opus”, do artista plástico Fábio Schneider, que utiliza técnicas variadas para criar para criar obras impregnadas de simbolismo cristão. No Masac (R. Claudino dos Santos – Largo da Ordem). Até 12 de maio. Gratuito.

Exposição

‘Bellenda’. A Subsolo Galeria abre hoje a mostra “Bellenda”, com cartuns, desenhos e pinturas do ilustrador curitibano Luiz Cezar Bellenda. Na Subsolo Galeria de Arte Contemporânea (Av. Iguaçú, 2481). Lançamento hoje às 20h. Até 30 de abril. Gratuito.

Dança

Bossa Nova em ritmo de balé. A companhia Ballet Stagium apresenta nesse fim de semana o espetáculo “Memória”, com a coreografia Bossa Nova, que traz os clássicos “Garota de Ipanema”, “Corcovado” e “Desafinado” na trilha sonora. Na Caixa Cultural (R. Cons. Laurindo, 280). Hoje e amanhã às 20h, domingo às 19h. Ingressos: R$5 e R$10.

Teatro

320 anos. Música nas Ruínas

Vencedores de prêmio de cinema assinam contrato

Antecipando as comemorações pelos 320 anos de Curitiba, a Fundação Cultural e o Sesi promovem amanhã nas Ruínas São Francisco uma série de shows gratuitos. A festa musical começa às 14h, com a apresentação da banda MUV. Às 15h, será a vez do grupo Ruído m/m, seguido pela Big Time Orchestra, que mostra sua produção a partir das 16h. O show da banda Namastê e Michelle Mara acontece às 17h30, seguido pelos espetáculos da Charme Chulo, às 18h20, e Lemoskine, às 19h20. Para encerrar o sábado, sobe ao palco, às 20h40, a banda gaúcha Apanhador Só. Veja a programação completa do fim de semana no www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br. METRO CURITIBA

Os vencedores do Prêmio Estadual de Cinema e Vídeo do Paraná 2012 assinaram ontem os contratos de seus filmes com o governador Beto Richa. Estiveram presentes na ocasião os produtores executivos dos filmes vencedores, Antônio Gonçalves Junior (“O homem que matou a minha amada morta”), Gilberto Baroni Filho (“O Amor de Catarina e a Caixa de Sapatos”), Luciano Coelho (“Blindagem – Não Quero Morrer de Frio, Eu Quero Morrer de Rock”) e Claudia Dybas da Natividade (“Vladson”). Esta é a quarta edição do Prêmio Estadual de Cinema e Vídeo, que não era realizado desde 2008. Será distribuído R$ 1,540 milhão para a produ-

Homenagem a Gonzagão. O projeto “Teatro para Piás e Gurias” homenageia o Rei do Baião com a peça “Contarolando Luiz Gonzaga”. No Teatro José Maria Santos (R. 13 de maio, 655). Domingo, às 11h. Ingressos: R$5.

Dança

‘Mundo Perfumado’. O grupo mineiro Primeiro Ato chega a Curitiba nesse fim de semana para três apresentações do espetáculo “Mundo Perfumado”. No Teatro da Reitoria (R. 15 de Novembro, 1299). Hoje e amanhã às 21h, domingo às 20h. Ingressos: R$10 e R$20.

Inauguração

Governador Beto Richa e os produtores dos filmes vencedores | KRAW PENAS

ção dos quatro filmes, sendo R$ 1 milhão para o longa-metragem e R$ 180 mil para cada telefilme. Ao todo, 23 projetos se inscreveram no prêmio. Podiam concorrer empresas de produção audiovisual inde-

pendentes sediadas no Paraná há no mínimo dois anos. O diretor da obra, e pelo menos três componentes da equipe básica, devem morar no Estado, bem como, no mínimo, 70% do elenco do filme. METRO CURITIBA

Vila Hauer Cultural. Os artistas Alfredo Gomes Filho, Claudia de Lara Samways e o escritor Joel Samways inauguram amanhã o Vila Hauer Cultural, espaço para manifestações artísticas, com os espetáculos “O Contestado além da história” e “O malefício da mariposa”. Na R. Bom Jesus do Iguape, 2121. Amanhã, às 11h. Gratuito.

Dança contemporânea

‘Desplante.doc’. Danca contemporânea, vídeo e performance se mesclam no espetáculo “Desplante.doc”, de Laura Pacheco. Na Casa Hoffmann (R. Dr. Claudino dos Santos, 58). Amanhã às 20h. Gratuito.


16

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

CULTURA Os invasores

Receita Minuto

Leitor fala

Calçadas para livrarias Há uma campanha para que se retire tantos empecilhos que já temos nas nossas estreitas calçadas, e vem agora alguém querendo trazer livraria para as calçadas. Ler com o barulho de nossas ruas?

DANIEL BORK BORK@METROJORNAL.COM.BR

BIFE À PARMEGGIANA

LEME FRANCO - CURITIBA

Cruzadas

O nome desse prato se deve, provavelmente, ao queijo utilizado em sua preparação. Apesar de se chamar “Bife à Parmeggiana” este prato não existe em Parma. Ele é, na verdade, resultado da influência italiana na culinária paulista, o que quer dizer que esse é um prato só nosso; então, aproveitem!

Dia Mundial da Água Não deixe que nenhuma gota de água chegue aos oceanos, sem que ela tenha sido útil à Natureza e à Vida. Essa é a sua contribuição para esta e as gerações futuras. JOSE PEDRO NAISSER - CURITIBA

Transferência de presos Acho muito prudente a transferência de presos do Paraná para outros estados da federação. Enquanto permenecer o clima de insegurança que os atentados em Santa Catarina e São Paulo despertaram, provavelmente relacionados com estes detentos de maior periculosidade, é a melhor medida a ser tomada. Aliás, essa deveria ser uma prática recorrente: se um preso tem influência criminosa no sul, deveria cumprir pena no norte, e vice-versa. ESTEVÃO SANCHES - CURITIBA

Metro Pergunta

Ingredientes ½ kg de filé-migon Sal e pimenta-do-reino a gosto 200 g de mussarela fatiada Para empanar 1 xícara (chá) de farinha de trigo 3 ovos 1 xícara (chá) de farinha de rosca Óleo para fritar

Molho 3 colheres (sopa) de azeite 2 dentes de alho laminado 1 cebola picadinha 1 folha de louro 5 tomates frescos sem sementes picados 1 pitada de bicarbonato de sódio 1 pitada de orégano seco 1 colher (café) de sal

Sudoku

O que pode ser feito para reduzir os casos de violência contra a mulher em Curitiba?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@AriLemos

Seguir exatamente o que preconiza a lei... Já ia botar medo nos valentões. @brunolcfreitas

Aumentar o efetivo policial e as bases comunitárias e investir em iluminação pública. @Geovanna_Souza

Divulgar mais a Delegacia da Mulher e tornar mais efetivo o serviço da polícia.

Modo de preparo Abra o filé-mignon até ficar um bifão um pouco alto. Então tempere com sal e pimenta dos dois lados, passe na farinha de trigo, em seguida nos ovos batidos e, por fim, na farinha de rosca. Frite em óleo quente e leve ao forno (200ºC) por 10 minutos e reserve. Para o molho, doure os dentes de alho no azeite, coloque a cebola, o louro, os tomates e deixe refogar um pouco para reduzir o molho. Coloque o bicarbonato, o orégano, o sal e reserve aquecido. Disponha os bifes empanados em uma travessa, regue com o molho, cubra com as fatias de mussarela e leve ao forno quente até aquecer e derreter.

Horóscopo

Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Intrepidez e muita coragem para realizar coisas

Leão (23/7 a 22/8) Está na hora de mostrar a cara e se envolver mais

Sagitário (22/11 a 21/12) Possível ataque súbito de religiosidade ou de

Touro (21/4 a 20/5) Volta ao topo das situações. Atitudes mais coor-

Virgem (23/8 a 22/9) Procure ser mais flexível. Algumas ideias po-

Capricórnio (22/12 a 20/1) Dia sujeito a mudanças e novas opções de

Gêmeos (21/5 a 20/6) Deixe o emocional de lado e tente interagir

Libra (23/9 a 22/10) Bom entrosamento com pessoas importantes que

Aquário (21/1 a 19/2) Grandes iniciativas com o apoio de pessoas im-

Câncer (21/6 a 22/7) Período ligado a boas novidades e alto astral ao

Escorpião (23/10 a 21/11) Procure não fazer distinção entre as pessoas

Peixes (20/2 a 20/3) Largue mão de apegos que podem estar deixan-

que irão surpreender as pessoas e conquistar a confiança delas. Dia de mudanças importantes em sua vida.

denadas com as pessoas que estão ao seu redor poderão lhe colocar em lugar de destaque perante o seu grupo.

melhor com as pessoas que formam o seu grupo de trabalho. Evite ficar de fora das novidades que estão chegando.

lado de pessoas que estão realizando mudanças importantes e que contam com a sua participação. Colabore.

nas situações. Não perca a chance de entrar no momento certo de algumas oportunidades que estão surgindo.

dem ser difíceis de serem compreendidas e aceitas de primeira, mas certamente merecem mais atenção da sua parte.

estão no controle da situação. Hora de se juntar com grupos inovadores que, de certa forma, estão na vanguarda.

com as quais você tiver que se envolver. O importante é saber que os interesses são os mesmos. Enturme-se mais.

generosidade exacerbada que poderá deixar você muita agitada. Procure se harmonizar melhor com as pessoas.

trabalho que podem ser muito exuberantes, mas que não podem lhe trazer nenhuma garantia. O risco acaba sendo só seu.

portantes e influentes. O seu lado emocional está bem amparado e isso pode fazer toda a diferença a seu favor.

do você muito distante das novidades que estão surgindo no mercado. Procure se atualizar e entrar no esquema.


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

DIA DA ÁGUA

17

Individual e econômico

Hidrômetro. Medidores individuais podem levar a uma redução de até 40% na conta de água de quem vive em condomínio. Consumo por apartamento pode ser controlado e ajuda a desenvolver atitudes mais conscientes Se no prédio que você mora ainda não há medidores individuais de consumo de água, cuidado. Você pode estar pagando pelo uso (e até pelo abuso) do seu vizinho. Principalmente quem mora sozinho ou tem família pequena. O equipamento que individualiza o consumo sai, em média, R$ 1 mil por apartamento - sem o custo de mão de obra - e pode trazer uma economia de até 40% na conta de água de cada morador. “Não é justo que uma família com cinco pessoas pague o mesmo que alguém que more sozinho”, exemplifica Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) e diretor do Grupo Hubert. E a instalação de sistema pode ser interessante não apenas no aspecto econômico, mas também no ambiental. “Na medida em que os moradores tomam consciência de seus gastos, passam a desperdiçar menos água. Outra

O medidor torna a cobrança mais justa, pois a conta passa a ser proporcional ao consumo de cada família. LUPÉRCIO R. HARO JR., SÍNDICO

vantagem é que o modelo facilita também a identificação de vazamentos.” Segundo ele, a cobrança coletiva e a presença de um único hidrômetro dificulta esse processo - o que não ocorre na presença de um medidor individual. “Com ele, posso identificar se há um vazamento na minha unidade, por exemplo.” Como aderir Nos condomínios mais antigos, que ainda não possuem o sistema, é preciso mais do que o interesse de um único morador para determinar sua implantação: o tema precisa ser discutido primeiramente em

uma assembleia para só depois ser levado à administradora, após a sua aprovação. “É preciso o interesse de todos os moradores. Sozinho o equipamento não tem a devida utilidade”, garante Gebara.

PLUS

Em São Paulo Quem testou o equipamento e aprovou foi o síndico do Condomínio The Park, localizado em Moema, São Paulo. “Investimos R$ 16 mil para a compra e instalação dos medidores e alguns moradores já tiveram uma redução de até 40% nas contas”, informa Lupércio Rodrigues Haro Júnior, de 55 anos, que acredita que a mudança foi benéfica para quem gasta pouco, mas nem tanto para os mais ‘gastões’. “As famílias maiores não gostaram muito, pois começaram a pagar mais por suas contas de água”, finaliza.

Histórico

Dia Mundial

ELIANE QUINALIA METRO SÃO PAULO

+

Segundo Lupércio Jr., gasto passou de R$ 204 para R$ 122 | ANDRÉ PORTO/ METRO

Desde 1992, a ONU (Organização das Nações Unidas) reservou a data de 22 de março para que as discussões sobre este recurso natural sejam refletidas mundialmente. Isso porque apenas 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável.


3 ESPORTE

18

Sub-23. Atlético não joga bem, mas vence o Toledo Com um gol no fim do jogo, o time sub-23 do Atlético conseguiu vencer ontem o Toledo por 3x2, no Ecoestádio Janguito Malucelli. Depois de ficar atrás no placar por duas vezes no primeiro tempo e ser pressionado na etapa final, o Furacão teve a vitória definida com gol de Crislan aos 46’ do segundo tempo. O resultado deixou o Atlético na vice-liderança do segundo turno do Paranaense, a dois pontos do líder Londrina. No domingo, a equipe enfrenta o Cianorte, fora de casa. O primeiro tempo foi eletrizante, com quatro gols. O Toledo marcou com Eurico, aos 6’, e Marcelo Guerreiro, aos 16’. O Furacão rea-

3 2 •

De saída O atacante Ruidíaz anunciou ontem a sua saída do Coritiba. Até o final do ano, ele vai defender por empréstimo o Universitário de Lima, do Peru, mas permanece vinculado ao Coxa. O atleta também disse que precisa resolver problemas pessoais no seu País.

Furacão é vice-líder do returno

Va bene... Amistoso. Brasil abre 2 a 0, mas não consegue resistir à pressão da Itália e cede o empate

| DIVULGAÇÃO

giu com gols de Douglas Coutinho e Crislan. No segundo tempo, o Toledo foi bem melhor, mas um outro gol de Crislan, de cabeça, definiu o resultado. METRO CURITIBA

Hugo; Renato, Erwin , Zuchi e Héracles (Edigar Junio ); Renan Foguinho , Elivelton (Harrison), Pelissari (Marco Guilherme) e Zezinho; Coutinho e Crislan Técnico: Arthur Bernardes

ATLÉTICO

Ney; Marcelo Guerreiro, Alcir, Daniel e Juninho; Guego, Eurico, Cicero (Thiago Almeida) e Eduardo; Safira (Negretti) e Warlley (Fernandez Garcia) Técnico:Rogério Perrô

TOLEDO

Gols. Eurico aos 6’, Guerreiro aos 16’ 1º T (Toledo); Douglas Coutinho, 14’ e Crislan 41’ 1ºT e 46’ 2º T(Atlético) •Arbitragem. José Mendonça da Silva Jr com Moisés de Souza e Wesley Marmitt

Coritiba Despedida

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

ESPORTE

Paraná

Deivid prevê volta só na Copa do Brasil

Primeiro leilão da sede do Tarumã fracassa

Lesionado e ainda suspenso por quatro jogos pelo TJD, o atacante Deivid, do Coritiba, só deve voltar a campo na Copa do Brasil, dia 4 de abril, contra o CSP da Paraíba. “A recuperação está dentro do planejado e, se der tudo certo, vou ficar à disposição para a estreia”, disse. METRO CURITIBA

Nenhum interessado apresentou propostas de compra para a sede do Paraná Clube no Tarumã, em leilão realizado ontem. O lance inicial era de R$ 45,5 milhões. O clube marcou um novo leilão, a ser realizado no dia 4 de abril, com valor inicial de R$ 22 milhões. METRO CURITIBA

Fernando e Balotelli disputam bola; atacante italiano anotou o gol de empate da Azurra | ERIC LAFARGUE/FRAME/FOLHAPRESS

Ficou no quase. Por pouco o Brasil não derrotou a Itália e pôs fim ao jejum de vitórias sobre equipes campeãs do mundo. E por menos ainda, não perdeu. Depois de abrir 2 a 0, a Seleção cedeu o empate para a Itália em amistoso disputado em Genebra, na Suíça. Fred e Oscar marcaram para o Brasil. De Rossi e Balotelli para a Azzurra: 2 a 2. Mas poderia ter sido pior. Não fosse Julio Cesar. O goleiro brasileiro trabalhou muito no fim do 1o tempo e saiu reclamando no intervalo. E teve motivos: apesar de o placar já estar 2 a 0 para o Brasil, a defesa da Seleção deu muitos espaços, especialmente nas costas de Daniel Alves. A Itália tomou conta do o meio-campo e teve velocidade pelas pontas, que fizeram com que seis atacantes tivessem boas oportunidades. Só que, em dois lances isolados, o Brasil chegou lá. Primeiro com Fred, aos 32 minutos, com oportunismo. Filipe Luís cruzou da esquerda, Bonucci raspou de cabeça e a bola sobrou para o

2009

foi quando o Brasil venceu o último jogo contra uma seleção com a camisa mais “pesada”. Em novembro daquele ano, derrotou a Inglaterra. atacante que, com frieza, finalizou com perfeição. Nove minutos depois foi a vez de Oscar anotar. Neymar puxou contra-ataque, atraiu a marcação e lançou para Oscar, que tocou com categoria na saída de Buffon. Mas aí veio o 2o tempo e Julio Cesar, que também havia reclamado dos espa-

2 2 • •

ços na marcação, teria ainda mais motivos para ficar nervoso. A Azzurra voltou arrasadora e, em 12 minutos, já tinha igualado o marcador. De Rossi empurrou para as redes após vacilo da zaga na bola cruzada, e Balotelli, em lindo chute de longe, encobriu o goleiro. Felipão colocou Kaká, mas a situação só melhorou com a entrada de Marcelo, que virou a principal opção nas ações ofensivas. Nada, porém, que mudasse o panorama de domínio dos italianos. WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

Buffon; Maggio , Barzagli, Bonucci e De Sciglio (Antonelli); De Rossi (Diamanti), Montolivo, Pirlo (Cerci) e Giaccherini (Poli ); Osvaldo (El Shaarawy) e Balotelli (Gilardino). Técnico: Cesare Prandelli

ITÁLIA

Julio Cesar; Daniel Alves, Dante, David Luiz e Filipe Luis (Marcelo); Fernando, Hernanes (Luiz Gustavo) e Oscar (Kaká); Neymar, Hulk (Jean) e Fred (Diego Costa). Técnico: Luiz Felipe Scolari

BRASIL

Gols. Fred aos 32 e Oscar aos 41 do 1o tempo; De Rossi aos 9 e Balotelli aos 11 minutos do 2o tempo Arbitragem. Stephan Studer (SUI)


20130322_br_metro curitiba