Issuu on Google+

FAMÍLIA ‘UGA-UGA’ ‘OS CROODS’ LEVA AS CRIANÇAS A UM ALUCINANTE PASSEIO PELA PRÉ-HISTÓRIA PÁG. 14 ABC Sexta-feira, 22 de março de 2013 Edição nº 824, ano 4 MÍN: 19°C MÁX: 28°C

www.readmetro.com | leitor.abc@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro

Região desperdiça até 33% da água produzida Dinheiro jogado fora. Índice de perda de água potável é maior em São Bernardo. Em Santo André, 22% do produto pronto para o consumo humano é perdido e, em São Caetano, porcentagem chega a 25%. Vazamentos e fraudes são principais causas PÁGS. 02, 28 E 30

Impostos menores não chegam ao consumidor

Desoneração da cesta básica anunciada pelo governo federal não é sentida no bolso do consumidor do ABC PÁG. 13

Hernanes tenta barrar Balotelli | VALERIO PENNICINO/GETTY IMAGES

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Brasil vacila e cede empate para a Itália em amistoso Represa Billings, em São Bernardo: além de área de lazer, reservatório é o principal fornecedor de água potável do ABC | ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

Seleção faz 2 a 0 no primeiro tempo, mas se perde na segunda etapa em partida disputada em Genebra PÁG. 38


|02|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

1 FOCO

Maior parte da água distribuída na região vem da represa Billings | ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

Perda de água chega a 33% nas cidades do ABC Bem valioso. Vazamentos e fraudes são apontados como principais responsáveis pelo problema. Operadores prometem investimento para reduzir desperdício. Para professor, campanhas devem incluir perdas nas casas

Justiça

Perda de bens A Justiça Federal determinou a perda dos bens dos envolvidos na Operação Monte Carlo, que investigou o grupo ligado ao empresário Carlinhos Cachoeira. Os bens, que incluem apartamentos, casas, fazendas, empresas, carros e um avião, valem cerca de R$ 100 milhões.

Cotações Dólar + 1,05% (R$ 2,01) Bovespa - 0,81% (55.576 pts) Euro + 0,12% (R$ 2,57) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

O ABC perde até 33% da água produzida para consumo na região. Saber o destino de milhões de litros d’água é um dos principais desafios das concessionárias que atuam no sistema neste Dia Mundial da Água, comemorado hoje. Os países exemplos em combate aos desperdício são Japão e Alemanha, que possuem, respectivamente, índice de 3% e 7%. Vazamentos na rede e fraudes são apontados como os principais motivos

da perda no ABC. São Bernardo é o município com maior índice da região: 33%. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) é reponsável pelo saneamento básico da cidade. Ela afirma que, quando assumiu o serviço em 2004, as perdas eram de 64%. A meta da empresa é alcançar 25% até 2016. Para isso, serão realizadas trocas de ligações domiciliares, hidrômetros e redes de água. Em Santo André, o índice de perda é de 22%. Em um

ano, o desperdício equivale a um volume de 11, 8 milhões de m³ de água, de acordo com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André). Entre as medidas para reduzir a perda, a empresa promete remanejar neste ano 60 km de rede. O Dae (Departamento de Água e Esgoto), responsável por São Caetano, afirma que 25% da água distribuída na cidade é desperdiçada, equivalente a 375 mil m3 por mês. A concessionária promete investimento nos próximos

Posto vendia combustível ‘meio gasolina meio etanol’ O governo do Estado informou ontem que cassou a inscrição do posto de combustíveis Auto Posto Brandão Ltda., instalado na rua Coronel Fernando Prestes, na região central de Santo André, por desconformidade do combustível. Amostras recolhidas no

estabelecimento mostraram que o posto comercializava gasolina com 52% de etanol na mistura, quando o máximo permitido pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) é de 25%. Além de mais combustível vegetal que o permitido, os testes apontaram que sol-

FALE COM A REDAÇÃO leitor.abc@metrojornal.com.br 011/3528-8520 COMERCIAL: 011/4122-0501

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. Épublicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

vente era adicionado à gasolina. O produto prejudica o funcionamento dos carros abastecidos e pode corroer as peças do motor. Denúncias de postos suspeitos de vender combustível adulterado são recebidas pelos telefones 3243-3676 e 3243-3683. METRO ABC

anos em novas tecnologias para detecção de vazamentos e remanejamento de rede. Pelo cano Para o professor de engenharia ambiental e urbana da UFABC (Universidade Federal do ABC) Ricardo Moretti, as perdas são ainda maiores. “O que se conta pelas empresas é o quanto se desperdiça até chegar aos hidrômetros. Dentro das casas, o volume também é grande”, disse. Ele afirma que as campanhas para não se jogar água

potável fora não devem vir apenas das concessionárias. “As empresas que cuidam do sistema possuem interesses econômicos neste processo. Por isso é importante que a população e a administração pública participem de campanhas”, disse. Mais informações sobre o Dia Mundial da Água nas páginas 28 e 30. VANESSA SELICANI METRO ABC

Violência

Bandido morre em tentativa de assalto

dados por uma dupla de criminosos por volta da 1h quando pararam em semáforo entre a avenida Presidente Costa e Silva e a rua Nova Zelândia, no Parque Um criminoso foi morto e Capuava. Os criminosos sioutro ficou ferido durante mularam portar armas e foram baleados pelo casal. tentativa de assalto a um casal de GCMs (guardas ci- Segundo a polícia, um dos vis municipais) na madru- bandidos baleados morreu. Ferido, o comparsa foi gada de ontem, em Santo André. O GCM e sua noiva, socorrido e não corre risco também GCM, foram abor- de morte. METRO ABC

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo. Metro ABC. Editor-Executivo: Marcelo Camargo (MTB: 33.618). Editor de Arte: Eli de Souza Filho. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Tabapuã, 81, 14º andar, Itaim, CEP 04533-010, São Paulo, SP. Tel.: 011/3528-8500. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Justiça solta atropelador do ciclista Crime. Juiz entendeu que acidente foi ‘fato isolado’ na vida do estudante Alex Siwek A Justiça determinou ontem a soltura do estudante de psicologia Alex Siwek, de 22 anos, preso desde o último dia 10 por ter atropelado e decepado o braço do ciclista David Sousa, de 21, na avenida Paulista. Siwek estava no presídio de Tremembé, e foi solto ontem por volta das 19h15. O habeas corpus foi concedido pelo desembargador Breno Guimarães. Ele também determinou a suspen-

são do direito de Siwek dirigir até o final do processo, e a proibição dele deixar a capital sem autorização. Em sua decisão, o magistrado diz que Siwek não “ostenta envolvimento criminal anterior e, na forma como se deram os fatos, indica tratar-se de fato isolado em sua vida, não se tratando de criminoso contumaz”. O advogado do ciclista, Ademar Gomes, disse que “a lei seca não funciona no Bra-

sil, e que beneficia motoristas embriagados”. De acordo com um laudo do IML, Siwek possuía sinais de embriaguez no dia do acidente. Sousa continua internado no HC. Seu quadro é estável. O ciclista foi atropelaquando trafegava pela ciclofaixa, que estava sendo montada. Siwek fugiu sem prestar socorro e jogou o braço de Sousa em um córrego. HENRIQUE BEIRANGÊ METRO SÃO PAULO

Construção está embargada desde 2008 | AVENER PRADO/FOLHAPRESS

Prédio nos Jardins continuará embargado O Tribunal de Justiça manteve o embargo das obras de uma torre residencial de 24 andares na rua Peixoto Gomide, nos Jardins, zona oeste da capital. A disputa é para saber se o prédio pode ou não

ter 24 andares. Os empreendedores (FRC Incorporações, Zabo Engenharia e Sanca Engenharia) argumentam que sim. Por sua vez, o Ibed (Instituto Brasileiro de Eco Desenvolvimento) sustenta que

a torre tenha no máximo cinco andares. O caso vai para o STJ (Superior Tribunal de Justiça), a quem caberá dar a palavra final sobre o impasse que já dura cinco anos. METRO

Siwek mostra para policiais onde teria jogado braço do ciclista | ADRIANO LIMA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

|03|◊◊


|04|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Pastor deve deixar comissão até terça Minorias. Após manifestações contrárias, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) deve sair da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. PSC tem direito à Presidência garantido A saída do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara tem um prazo limite: a próxima terça-feira. Após o colegiado ter duas sessões suspensas em função dos protestos contra as declarações do parlamentar consideradas preconceituosas, o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) assumiu pessoalmente o problema e fez um apelo pela renúncia. “Virou um clima de radicalização que esta Casa não pode aceitar. Essa Casa tem que primar pelo equilíbrio, pela serenidade, pela objetividade, pelo trabalho parlamentar. E do jeito que está se tornou insustentável a situação”, afirmou Henrique Eduardo Alves. O PSC teve garantido o direito à presidência da comissão e já admite a troca, embora a decisão de renun-

ciar seja pessoal do deputado. A bancada do partido pediu um encontro com o pastor na próxima semana. A pressão pela saída do pastor da função veio, inclusive, do governo. “O partido deve avaliar se é coerente, com o histórico de direitos humanos no Brasil, manter uma pessoa com as convicções do deputado na presidência de uma comissão tão importante”, afirmou a ministra da Secretaria de Política de Promoção Social da Igualdade Racial, Luiza Bairros. O pastor Marco Feliciano fez declarações contra os direitos das mulheres, negros e homossexuais. Ontem, porém, um grupo de evangélicos manifestou solidariedade ao parlamentar. “Marco Feliciano, não renuncie! Mesmo que discordemos dele, não podemos abandoná-lo”, escreveu um fiel no twitter. METRO BRASÍLIA

que, em 10 anos, todos já tenham o novo documento. O autor do projeto, senador Ciro Nogueira (PP-PI), alega que o custo de R$ 40 para a emissão é “muito alto”. O novo modelo será único para o país e terá 10 dígitos. Hoje, cada Estado adota uma numeração METRO

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO@METROJORNAL.COM.BR

ROMA: EVENTOS NA EMBAIXADA DESMENTEM PATRIOTA. Ao contrário da tola

“ROMÁRIO, FOI O GOL QUE VOCÊ MARCOU CONTRA O PRECONCEITO.”

explicação do chanceler Antonio Patriota para a opção da presidenta Dilma pelo mais luxuoso hotel da Europa, a embaixada do Brasil em Roma funciona normalmente. Na terça (19), ofereceu um recital para convidados e até dará um curso de samba. A lorota de Patriota: Dilma ficaria em hotel por ser iminente a substituição do atual embaixador, insinuando que a embaixada estaria às moscas.

SENADOR RENAN CALHEIROS E A LUTA DO CRAQUE PELOS PORTADORES DE SÍNDROME DE DOWN

PENSANDO BEM... ...a viagem de Dilma e comitiva a Roma não foi à toa, mas ateia. PR AMEAÇA BLAIRO. A cú-

Feliciano é conhecido por declarações homofóbicas e racistas | SÉRGIO LIMA/FOLHAPRESS

RG. Senado aprova Auxílios. Câmara define emissão de novo modelo reajustes para deputados O Senado aprovou anteontem projeto que obriga a emissão gratuita do novo RG anunciado pelo governo federal em 2010. O projeto prevê a gratuidade para a primeira emissão. O documento, um cartão com chip que vai substituir a cédula do RG. A previsão é de

Política

A Mesa Diretora da Câmara anunciou ontem os reajustes de 12,72% na chamada cota mensal de atividades dos deputados e de 26,6% no auxílio-moradia dos parlamentares. No primeiro caso, o percentual representará um gasto a mais de R$ 22,6 mi-

lhões. Já no segundo, o auxílio passará de R$ 3 mil para R$ 3,8 mil por mês. O custo anual da Casa com o benefício chegará a R$ 1,5 milhão. Hoje, dos 505 deputados, 207 recebem a ajuda para moradia. O valor, segundo Mesa Diretora, não era reajustado desde 1996. METRO Enem

MEC vai anular redação com ‘piadinha’ O Inep vai mudar o edital do Enem para punir e anular redação de candidatos que coloquem brincadeiras em texto. Na última edição, um aluno escreveu receita de miojo e outro transcreveu o hino do Palmeiras. Apesar disso, conseguiram notas altas. METRO

pula do PR não aceitará a saída do senador Blairo Maggi (MT): ele perderá o mandato. Maggi não se sente confortável no partido chefiado pelo mensaleiro Valdemar Costa Neto (SP).

O CHORO É LIVRE. Uma liminar da Justiça Federal do DF suspendeu o processo disciplinar contra um policial federal de Brasília que em e-mail à Dilma, no “Fale com a Presidente”, reclamou dos salários e das condições de trabalho.

CANSEI. O deputado José

Genoino (PT-SP) não pensa em livro para se defender no caso do mensalão. “Já tenho livros pra chuchu”, afirmou.

PR AMEAÇA BLAIRO. A cúpula do PR não aceitará a saída do senador Blairo Maggi (MT): ele perderá o mandato. Maggi não se sente confortável no partido chefiado pelo mensaleiro Valdemar Costa Neto (SP).

CAROCHINHA. A sueca Saab recomeçou o lobby pelos Gripen na concorrência da da FAB: um diretor disse à Reuters, em Estocolmo, que o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT-SP), garantiu ser “o favorito” de Dilma.

Blairo Maggi | DIVULGAÇÃO

PODER SEM PUDOR

O homem das gravatas Papagaio-de-pirata oficial da presidenta Dilma, Aloizio Mercadante adora viagens a Roma. Tanto fez que se meteu na comitiva que o então presidente Lula levou ao enterro do papa João Paulo II, em abril de 2005, da qual faziam parte figuras como o ex-ministro Nelson Jobim e os ex-presidentes José Sarney e FHC. Alheio à comoção, Merca-

dante gastou todo o tempo que pôde, em Roma, comprando gravatas em lojas de grifes caras. Virou alvo da gozação de Jobim e FHC, e acabou confessando que também comprara muitas gravatas em camelôs. Mas estas seriam colocadas nas embalagens das gravatas de grife e presenteadas aos amigos. Muy amigos, pelo visto.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|06|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

CFM defende aborto até o terceiro mês Saúde. Conselho Federal de Medicina encaminhará proposta à comissão do Senado que analisa mudanças no Código Penal O CFM (Conselho Federal de Medicina), apresentou ontem a proposta de mudar o Código Penal e dar à mulher a opção de interromper a gravidez até a 12ª semana da gestação. O documento será encaminhado à comissão especial do Senado que analisa a reforma do código até a próxima semana. Essa é a primeira vez que o CFM e os 27 conselhos regionais, que representam 400 mil médicos brasileiros, tomam uma posição sobre o aborto. Segundo os médicos que votaram a favor da mudança, até a 12ª semana, o

1 milhão é o total de abortos induzidos realizados por ano no Brasil, segundo estimativa do Ministério da Saúde. sistema nervoso do feto ainda não está completo. Por isso, não haveria sofrimento. Além disso, nessa fase, o risco do procedimento para a mulher é menor. Atualmente, o aborto é permitido somente em casos de risco à saúde da ges-

tante, quando a gravidez é resultante de um estupro ou no caso de fetos anencéfalos. Além de aprovar o aborto até a 12ª semana da gestação, os conselheiros validaram o procedimento quando houver gravidez por emprego não consentido de técnica de reprodução assistida, anencefalia ou feto com graves e incuráveis anomalias. Segundo o Ministério da Saúde, o aborto é a 5ª causa da mortalidade materna. A cada ano, 180 mulheres morrem por causa do procedimento no país. METRO

Buscas por corpos de vítimas continuam | MISTER SHADOW/SIGMAPRESS/FOLHAPRESS

Número de mortos pela chuva no RJ sobe para 31 Os bombeiros encontraram ontem mais três corpos de vítimas das chuvas que atingiram Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, no domingo passado. Agora, já são 31 mortos na tragédia. E o número pode subir, porque ainda há feridos em hospitais e uma

pessoa permanecia desaparecida até a noite de ontem. De acordo com uma análise da prefeitura de Petrópolis, os prejuízos causados pela chuva podem chegar a R$ 120 milhões, valor 26 vezes maior do que o registrado na tragédia de 2011. A maior dificuldade dos

bombeiros nas buscas é a instabilidade dos terrenos. Com o tempo instável na região, o solo continua úmido, com lama que chega nos joelhos. O Exército e cães farejadores auxiliam o trabalho. Mais de mil pessoas continuam em abrigos da prefeitura. METRO


|10|

Papa. Francisco lavará os pés de jovens infratores na Quinta-Feira Santa Em mais uma decisão que rompe o protocolo da Igreja Católica, o papa Francisco decidiu que vai realizar a cerimônia de lava-pés em uma casa para jovens infratores, nos arredores de Roma. O pontífice, o primeiro não europeu a assumir a Santa Sé em 1,3 mil anos, vai lavar e beijar os pés de 12 adolescentes, na próxima quinta-feira. A cerimônia evoca o ato de Jesus Cristo com seus 12 apóstolos na Santa Ceia. “Com esta celebração, o papa Francisco vai continuar esse costume, caracterizado pelo seu contexto humilde”, informou o Vaticano em nota. Não há registro de que algum outro papa tenha

Obama pede justiça para os palestinos Jerusalém. Falando a jovens israelenses, o presidente tentou motivá-los a pressionar governantes para a solução de dois Estados. Americano também esteve com líder palestino

O cardeal Bergoglio em cerimônia de 2008 | STRINGER/REUTERS

realizado o lava-pés fora da Basílica de São Pedro. Amanhã, Francisco se reúne com o papa emérito, Bento 16. METRO

Venezuela. Opositores e chavistas se confrontam Uma marcha de apoiadores do candidato opositor ao governo da Venezuela terminou em confusão, pouco mais de duas semanas para as eleições no país vizinho. Segundo testemunhas, os opositores se dirigiam ao Conselho Nacional Eleitoral quando um grupo de chavistas co-

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

meçou a atirar garrafas, ovos e pedras contra a multidão. “É horrível, eles estão nos atacando”, reclamou o estudante Boris Walcheff, 19, que estava ao lado dos apoiadores de Henrique Capriles. A polícia usou gás lacrimogêneo e separou os dois grupos. METRO

Depois de acertar os ponteiros com Israel sobre o Irã (ainda que com discordâncias), o presidente Barack Obama se debruçou na histórica disputa com os palestinos. Diante de uma plateia de jovens, em Jerusalém, ele defendeu a solução de dois Estados e apelou para que os israelenses sejam justos. “Coloquem-se no lugar deles, olhem o mundo através de seus olhos. Não é justo que uma criança palestina não possa crescer em um Estado próprio”, defendeu Obama. “Israel deve reverter uma crescente onda de isolamento”, frisou. A palestra do líder americano diante de universitários foi o ponto alto de sua visita ao Oriente Médio. A fala do democrata, que ganhou o Nobel da Paz em 2009 devido à sua disposição em buscar a paz na região, foi por várias vezes interrompida por aplausos. Do outro lado do conflito, no entanto, Obama não foi recebido com o mesmo

Presidente Barack Obama faz discurso a jovens em Jerusalém | BAZ RATNER/REUTERS

afeto. Em Ramallah, na Cisjordânia, havia apenas um cartaz de boas-vindas. Nas ruas, a polícia precisou controlar manifestantes contrários à visita do americano. Na reunião com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, Obama também defendeu o fim dos

assentamentos judaicos nos territórios palestinos, mas insistiu que as negociações para a paz devem ser retomadas sem condições prévias. “Se a única forma de iniciar o diálogo é acertando tudo no começo, então nunca chegaremos ao ponto crucial, que é a estrutura

do Estado Palestino”, disse. O fim da expansão dos assentamentos (e a destruição de alguns) é a exigência de Abbas para o diálogo com o governo israelense. Segundo o “New York Times”, porém, o líder palestino estaria cogitando abrir mão de tais condições para negociar. METRO

Coreia. Regime ameaça bases dos EUA

Manifestantes ergueram bandeiras com rosto de Abdullah Ocalan

|UMIT BEKTAS/REUTERS

Turquia. Líder curdo anuncia cessar-fogo Pela primeira vez desde 1984, o líder do PKK (Partido Trabalhista Curdo) chamou os guerrilheiros para um cessar-fogo na guerra contra o Estado turco. A proposta foi lida por dois deputados do PKK, uma vez que o líder, Abdullah Ocalan, está preso. “As armas devem se calar, a política deve falar”, afirmou ele, no comunicado, divulgado no dia do Newroz, o ano novo persa.

Ocalan disse que os 3,5 mil combatentes do PKK devem deixar a Turquia e buscar refúgio no norte do Iraque. O governo turco comemorou a iniciativa, fruto de uma negociação que começou no fim do ano passado. “Assim que (o cessar-fogo) for implementado, a atmosfera da Turquia vai mudar”, disse o premiê, Recep Erdogan. A guerra entre curdos e turcos matou 40 mil pessoas. METRO

O Exército norte-coreano está de prontidão para atacar bases militares dos Estados Unidos no Japão, informou a agência oficial do regime. A movimentação das tropas foi confirmada por uma autoridade sul-coreana. A Coreia do Norte vem ameaçando os EUA, mas sua capacidade militar é duvidosa. Ainda assim, o país possui mísseis de médio alcance, capazes de atingir alvos no Pacífico. METRO COM AGÊNCIAS

Fotógrafo registra raio em erupção vulcânica Agência estatal mostrou treinamento dos soldados | KCNA/REUTERS

Se lava já é assustadora, imagine uma mistura dela com descargas elétricas. O caçador de vulcões Martin Rietze vai atrás dessa combinação. Recentemente, ele registrou o fenômeno na erupção do Sakurajima, no sul do Japão. Os cientistas não sabem explicar por que os raios ocorrem, mas pode ser devido ao choque de partículas com a nuvem de cinzas. | MARTIN RIETZE / GUZELIAN


|12|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Valor mínimo para R$ 200 mil TED agora é R$ 1 mil

Tecnologia. Governo vai selecionar 100 start-ups O Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação lançou ontem o edital de seleção das empresas iniciantes interessadas em participar do programa Start-UP Brasil. O objetivo do projeto é acelerar o desenvolvimento de empresas de base tecnológica. “O alvo são as empresas com até três anos de existência”, afirmou o secretario de Políticas de Informática do ministério, Virgílio Almeida, durante a apresentação do edital no Congresso Global de Empreendedorismo, no Rio de Janeiro.

é o aporte oferec . A iniciativa escolherá 100 empresas. Cada start-up receberá R$ 200 mil para o desenvolvimento do negócio em até 12 meses. Além disso, poderá contar com recursos adicionais, de R$ 20 mil a R$ 1 milhão, de uma das nove aceleradoras selecionadas pelo governo. METRO

Start-UP Brasil Como é o programa

selecionadas (21212, Aceleratech, Microsoft, Papaya, Pipa, Wayra, Acelera MG, Outsource Brasil e Start You Up). Também receberão um aporte de R$ 200 mil.

A Empresas, com até 3 anos de existência, que desenvolvam produtos ou serviços inovadores, que usem software e serviços de TI.

I c iç e Podem ser feitas de 31 de março a 15 de maio no site http:// startupbrasil.mcti.gov.br.

C f ci a Os projetos terão o apoio de uma das 9 aceleradoras

Bancos. Nova cifra para realizar transferências no mesmo dia passa a valer a partir de hoje, informou a Febraban. Para operações abaixo desse valor, clientes devem usar o DOC A partir de hoje, o valor mínimo para a realização de uma TED (Transferência Eletrônica Disponível) cai de R$ 2 mil para R$ 1 mil. Para transferências interbancárias abaixo desse valor, os clientes ainda podem recorrer ao DOC (Documento de Crédito), que têm valor limitado a R$ 5 mil por transação. Ao realizar uma TED, o crédito entra na conta do destinatário no mesmo dia em que a transferência é solicitada. Já em outras formas de movimentação financeira, como o DOC, é preciso aguardar pelo menos um dia para a conclusão da operação. As instituições estabelecem um valor mínimo pa-

ra realizar a TED para evitar que uma demanda em excesso sobrecarregue os sistemas de pagamento e de compensação das transações financeiras. Mas, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), investimentos em tecnologia permitiram a redução do valor nos últimos anos. Em 2010, o valor mínimo para a realização de uma TED era de R$ 5 mil. As tarifas cobradas para a realização de TEDs variam de banco para banco, conforme a política comercial de cada um. Para comparar preços, os consumidores podem consultar o sistema de divulgação de tarifas da Febraban no link www.febraban-star.org.br. METRO

QUANTO CUSTA Tarifas cobradas para realizar a TED (em R$)

ou pessoal

Meios eletrônicos

14,50 14,50 13,20 13,40 12,85 14,40 13,30

7,80 9,00 7,40 7,90 6,50 7,95 7,40

BRADESCO CITIBANK BANCO DO BRASIL SANTANDER CAIXA ECONÔMICA FEDERAL HSBC ITAÚ UNIBANCO

Redução do valor mínimo por transação (em R$)

5 mil

3 mil

3 mil

2010

2 mil

2 mil

2012

1 mil

2013

Indenização

Plano de saúde. ANS vai agilizar análise de processos A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) vai mudar a análise de processos de consumidores contra planos de saúde. As ações passarão a ser avaliadas coletivamente, por tema e operadora, com o objetivo de agilizar o trâmite, disse ontem o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. As queixas dos usuários passarão a ter peso, conforme a gravidade, e as multas serão aplicadas com base em um conjunto de reclamações. “Às vezes, têm dez pessoas diferentes que solicitam processo contra um mesmo plano.

P

A partir dessa nova resolução, estes dez processos poderão ser analisados de uma vez só, de forma conjunta”, explicou Padilha. Haverá também um mutirão para avaliar os processos em tramitação, e para isto serão contratados 200 servidores temporários. Atualmente, a agência reguladora tem 8.791 processos de reclamações em andamento. O mutirão será voltado para atender às queixas mais antigas – algumas vêm desde 2006 e 2007. METRO

v

| ANTONIO CRUZ/ABR

D d’ v d mb R$ ,5 hõ

P

| ANDREAS MANOLIS/REUTERS

Dólar supera os R$ 2 e bolsa tem terceira queda O dólar voltou a fechar ontem acima de R$ 2. A moeda norte-americana encerrou o dia em alta de 1,05%, a R$ 2,011 na venda, pressionada pelo cenário internacional conturbado e expectativas de intervenção do BC (Banco Central). A última vez que a moeda tinha fechado acima de R$ 2 havia sido em 28 de janeiro, quando encerrou cotada a R$ 2,0014. Boa parte do mercado acredita que o BC definiu uma banda informal para o dólar entre R$ 1,95 e R$ 2, com o objetivo de conter pres-

sões inflacionárias, segundo a “Reuters”. A autoridade, no entanto, não atuou no mercado de câmbio. Declarações do ministro da Fazenda, Guido Mantega, também contribuíram para a alta do dólar. Mantega disse a taxa de câmbio atual é mais competitiva e estimula o setor de manufaturados. No cenário externo, dados que mostram maior contração na zona do euro e o impasse no Chipre derrubaram os ânimos dos mercados globais. O Banco Central Europeu informou

ontem que o Chipre tem até a próxima segunda-feira para elaborar um plano para assegurar o resgate de 10 bilhões de euros da União Europeia. O principal índice brasileiro de ações encerrou no menor patamar em quatro meses. O Ibovespa caiu 0,81%, a 55.576 pontos, a terceira queda seguida. O giro financeiro foi de R$ 6,5 bilhões, abaixo da média diária do ano. Na semana, a bolsa acumula queda de 2,27%, no mês 3,22%. No ano, o recuo é de 8,22%. METRO COM AGÊNCIAS

O McDonald’s aceitou um acordo em que pagará R$ 7,5 milhões para dar fim a um processo trabalhista. A rede também terá até dezembro para acabar com a jornada móvel variável a que submete seus funcionários. No pedido inicial de indenização por danos morais, o McDonald’s teria de pagar R$ 50 milhões. METRO Estímulos

g d

ç hg

v 5

As desonerações para estimular a economia devem chegar a R$ 55,45 bilhões em 2014, disse ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em audiência no Senado. Em 2013, o valor é estimado em R$ 50,70 bilhões. Ele ainda tratou do combate à inflação. “Nos últimos anos, a meta nunca foi descumprida e assim continuaremos”, afirmou. METRO


ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

|13|◊◊

Desoneração da cesta não alivia o bolso no ABC Sem desconto. Propagandeado pelo governo federal, corte nos impostos não faz cair o preço dos produtos nos supermercados Anunciada em rede nacional pela presidente Dilma Rousseff (PT) no início do mês, a desoneração dos produtos da cesta básica não trouxe a esperada queda dos preços no ABC. Em 8 de março, a presidente disse que o corte nos impostos beneficiaria os itens de primeira necessidade e pediu ajuda dos empresários para fazer o desconto chegar ao consumidor. Produtos como a carne, o café, a manteiga e o óleo de cozinha tiveram redução dos tributos de 9,5%. Entre os itens de higiene pessoal, como pasta de dente e sabonete, a queda foi de 12,5%. A Abras (Associação Brasileira de Supermercados) in-

“Pode haver redução nas próximas semanas, mas dependerá da assimilação dos empresários.” RADAMÉS BARONE, PROFESSOR DE ECONOMIA DA USCS

formou que o benefício não seria repassado integralmente aos clientes, mas admitiu a revisão dos preços, ainda não percebida no ABC. Quase nada Pesquisa da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) em 15 supermercados da região mostra que o custo da cesta básica caiu

menos de 1% nesta semana. O preço do conjunto de 34 produtos, entre alimentícios, hortigranjeiros, de higiene e limpeza, recuou de R$ 435,89 para R$ 434,20. A economia é um cafezinho, ou R$ 1,69. Professor de economia da USCS (Universidade de São Caetano), Radamés Barone afirmou que o impacto está aquém do esperado. “Os custos são compostos por uma cadeia, que precisa ser afetada como um todo, não em uma parte. Os combustíveis, por exemplo, que entram na conta, foram reajustados”, afirmou. ANDRÉ VIEIRA METRO ABC

Proximidade da Páscoa também pressionou os preços | ANDRÉ AMERICO/METRO ABC


|14|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

2

Outras estreias

“Parker”

CULTURA A família dos Croods morre de medo do que pode encontrar fora das cavernas | DIVULGAÇÃO

Estreia hoje. ‘Os Croods’ mostra agitadas aventuras da ‘última’ família que viveu nas cavernas A adolescente Eep é o ponto de partida da animação “Os Croods – Uma Aventura das Cavernas”, da Dreamworks, que estreia hoje nos cinemas em cópias dubladas e legendadas nas versões convencionais e 3D. Cansada de ser controlada por seu pai, Grug, um excessivamente zeloso chefe de família, a garota foge uma noite e conhece o espirituoso Guy. Esse encontro a motiva a querer conhecer um mundo novo, muito além do que vive na caverna.

Pré-história

[EUA, 2012], de Taylor Hackford. Com Jason Statham e Nick Nolte. Baseado na obra do romancista Donald E. Westlake, o filme acompanha um criminoso com código de honra inabalável que busca vingança da gangue que o delatou.

animada “Última” família do período das cavernas, com integrantes todos muito medrosos, ela decide seguir os instintos de Guy e sai pelo mundo para conhecer novas possibilidades e figuras pra lá de estranhas, como aves-piranhas e baleias que vivem na terra. A empolgada Eep é mais um papel feminino de des-

taque criado pela Dreamworks. Assim como a destemida princesa Fiona da franquia “Shrek”, a jovem pré-histórica se impõe entre seus próximos e foge do padrão estético da princesa doce, magricela e bela. Dirigida por Chris Sanders e Kirk DeMicco, a animação marca pontos positivos, além de sua história,

por ser esteticamente bonito e bastante colorido. A versão legendada de “Os Croods” tem as vozes de Nicolas Cage, Catherine Keener, Emma Stone e Ryan Reynolds. METRO AMANDA QUEIRÓS

“Fora do Figurino – As Medidas do Jeitinho Brasileiro” [Brasil, 2011], de Paulo Pélico. O documentário discute o fato de a indústria brasileira de roupas adotar medidas que não seguem o padrão nacional, gerando prejuízo econômico e de saúde pública.

METRO SÃO PAULO

Injustiça segundo Vinteberg

Keira Knightley

Atriz viverá Coco Chanel O diretor criativo da Chanel, Karl Lagerfeld, convidou Keira Knightley para interpretar a fundadora da grife francesa em um curtametragem. O filme deve ser apresentado em maio em um desfile da marca em Singapura.

Para o cineasta Thomas Vinteberg, há um preceito aparentemente inquestionável: crianças não mentem jamais. Por isso, quando uma garotinha de 5 anos dá a entender que o professor teria abusado dela de algum modo, não há dúvidas: o homem é culpado. Mais novo longa do diretor dinamarquês, “A Caça”, que estreia hoje, é construído a partir deste episódio. Na pele do professor, Lucas, está Mads Mikkelsen (que, de tanto figurar em produções recentes, está para os filmes nórdicos assim como Ricardo Darín está para o cinema argentino). Pai de um adolescente, ele começa a reconstruir a vida após o divórcio e o fechamento da escola onde dava aulas de ciência, o que o faz ser alocado em uma escola infantil. É nela que estuda a filha do melhor amigo de Lucas. A menina confessa seu amor a ele, mas, ao ver que não é “correspondida”, desconta a frustração em

“Rânia” [Brasil, 2012], de Roberta Marques. Com Graziela Felix e Mariana Lima. Adolescente moradora de uma comunidade pobre em Fortaleza, Rânia encontra na dança uma maneira de desviar de um trágico e quase certo destino.

Mads Mikkelsen venceu a Palma de Ouro de melhor ator, no Festival de Cannes, pelo papel no longa dinamarquês | DIVULGAÇÃO

Lucas e, instigada por outra professora, inventa um suposto abuso. O título do filme alude à situação do protagonista. Logo, todos da cidade em que ele mora olham torto em sua direção. A situação ganha contornos ainda mais dramáticos quando sua vida e de sua família passam a ficar sob risco.

Prêmios merecidos A gravidade que Mikkelsen injeta em seu personagem o fez ganhar a Palma de Ouro de melhor ator no último Festival de Cannes, do qual o longa também saiu com o Prêmio do Júri Ecumênico. Fundador, ao lado de Lars von Trier, do movimento Dogma 95, que pregava o fim do artificialis-

mo no cinema, Vinteberg recobra em “A Caça” a força que andava diluída em suas últimas produções, fazendo um retrato pujante da capacidade humana de sobrepor o instinto ao racional, não se importando em deixar pré-julgamentos ganharem contornos de verdade. METRO

“Vai Que Dá Certo” [Brasil, 2012], de Maurício Farias. Com Lucio Mauro Filho, Danton Melo, Bruno Mazzeo e Fábio Porchat. Frustrados com a vida medíocre que levam, cinco amigos de adolescência decidem virar o jogo com um assalto a um carro-forte.


|18|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Cinesesc recebe festival só com filmes em francês Arnaldo Cohen | DIVULGAÇÃO

Até dia 31. Mostra de cinema dentro da Festa Internacional da

Piano. Arnaldo Francofonia vai exibir 12 filmes de países de língua francesa Cohen é solista Cinesesc exibe de hoje até ção em 3D “Os Contos da Serviço do Municipal no Oo final do mês 12 filmes da Noite” (Dia 25, às 21h e dia recente de países de lín- 29, às 19h), do francês MiVeja outros destaques que fim de semana safra gua francesa na mostra Fes- chel Ocelot. estarão em cartaz até o dia Tido como um dos maiores pianistas brasileiros, Arnaldo Cohen é o convidado deste fim de semana da Orquestra Sinfônica Municipal sob regência de John Neschling. Ele tocará “Concerto Para Piano Nº2 Opus 18”, de Sergei Rachmaninov (1873-1943), nome homenageado pelo programa, que traz ainda sua “Sinfonia Nº 2, Opus 27”. As apresentações acontecem amanhã, às 20h, e domingo, às 11h, no Theatro Municipal (pça. Ramos de Azevendo, s/n, tel.: 3397-0327; de R$ 20 a R$ 60). METRO

ta Internacional da Francofonia. O evento faz parte da festa de mesmo nome, com diversas atividades artísticas em outras unidades do Sesc. Alguns dos filmes que serão exibidos ganharam destaque nos últimos anos. “Perder a Razão” (hoje e dia 31, às 21h), do diretor belga Joachim Lafosse, foi um dos principais longas da 36ª Mostra Internacional de São Paulo, no ano passado. Outro filme para ficar de olho e que conquistou o público na Mostra de São Paulo, mas em 2011, é a anima-

Todos os dias, antes das sessões, será exibido o documentário “A Culpa de Rousseau”, em que vários diretores fazem um retrato sobre o filósofo e escritor Jean-Jacques Rousseau. Ainda para quem quer conhecer melhor o cinema de língua francesa, de segunda até quarta acontece o curso “Francofonia: Ecos No Cinema De Língua Francesa”, no Cinesesc, ao custo de R$ 30. PAULO BORGIA

31 no Cinesesc (r. Augusta, 2.075, tel.: 3087-0500. R$ 8). A programação completa pode ser vista em www. sescsp.org.br. “Operação Liberdade” (2012), de Nicolas Wadimoff. Hoje, às 19h. Dom., às 21h “Feiticeira da Guerra” (2012), de Kin Nguyen. Amanhã, às 19h. Dia 26, às 21h. “38 Testemunhas” (2012), de Lucas Belvaux. Hoje, às 21h, e dia 26, às 19h.

METRO SÃO PAULO

Cena de “Os Contos da Noite” | DIVULGAÇÃO

Inauguração. Acervo de José Mindlin é aberto ao público na USP

Máquina-robô Maria Bonita em ação | KARIME XAVIER/FOLHAPRESS

Será aberta hoje para o público a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin dentro do campus da USP. Com isso, a universidade revela enfim o acervo recebido em 2006 por doação do bibliófilo José Mindlin (1914-2010). São mais de 32 mil títulos em cerca de 60 mil volumes, que faziam parte da coleção brasiliana de sua biblioteca, formada por obras de literatura, história, manuscritos, documentos e mapas, entre outros. Entre tantas obras, algumas ganham destaque, como a primeira edição de “O Guarany” (1857), de José de Alencar (1829-1877), ou manuscritos originais como o de “Banguê”, de José Lins do Rego (1901-1957). A máquina-robô Maria Bonita digita-

Despedida

Corpo de Emílio Santiago é sepultado no Rio O corpo do cantor foi sepultado ontem no Cemitério Memorial do Carmo, na zona portuária do Rio. Seu caixão foi colocado ao lado do da mãe. Emílio morreu na quarta, aos 66 anos, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele estava internado há 13 dias no hospital Samaritano. METRO

lizou toda a coleção, e o material está disponível no site brasiliana.usp.br. Duas exposições serão abertas amanhã com a inauguração. De caráter permanente, “Uma Vida Entre Livros” mostra a vida do casal Mindlin. Já a temporária “Não Faço Nada Sem Alegria” destaca as principais obras da coleção do casal. METRO Serviço Na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (r. da Biblioteca, s/nº, campus da USP, tel.: 3091-1154). Exposições: seg. a sex., das 9h30 às 18h30; Pesquisa: seg. a sex., das 13h às 17h; Administração: seg. a sex., das 8h às 17h. Grátis.

Neguinho da Beija-Flor foi ao velório | ERBS JR./FRAME/FOLHAPRESS


ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Claudia Leitte na faixa em SBC

Pop rock

Salvador Arena tem show pelo mês da Mulher Grupo de Curitiba (PR) que alcançou a fama com hit na internet, A Banda Mais Bonita da Cidade se apresenta domingo no parque Salvador Arena (avenida Caminho do Mar, 2.980, Rudge Ramos, São Bernardo). O evento gratuito começa às 15h e terá ainda a cantora Érika Martins e o grupo Negative Control. METRO ABC

Música. Cantora se apresenta no domingo em palco montado no Paço Claudia Leitte faz um show gratuito no domingo em palco montado no Paço Municipal de São Bernardo. Antes da cantora de axé, as meninas do Lipstick mostram um pouco de seu pop rock. A festa será comandada pela atriz Isis Valverde, que apresentará as atrações. A expectativa é que 40 mil pessoas compareçam no paço. O evento é promovido pela Ford, que apresentará o Ford New Fiesta Hatch de geração global.

O veículo será produzido na planta de São Bernardo, que recebeu investimentos para fazer o modelo. O palco para as apresentações já começou a ser montado no paço e terá painel de LED e dois telões, além de toda tonelada de equipamentos de som e iluminação. O palco terá 160 metros quadrados e 14 metros de altura De acordo com a Ford, cerca de 400 pessoas participam da montagem.

Mulheres A festa no paço é comandada pelas mulheres. Claudia Leitte vem embalada pelos sucessos do DVD Negalora, que chegou às lojas no segundo semestre do ano passado, alcançando a marca de 50 mil cópias vendidas em um mês. O hit “Largadinho” é a nova aposta da loira, sucesso com sua coreografia no Youtube. Antes dela quem canta são as garotas do Lipstick. O grupo é formado por meninas do ABC, que tocam juntas desde 2003. METRO ABC

MPB

Zé Geraldo toca no Lauro Gomes

Serviço No Paço Municipal (praça Samuel Sabatini, Centro, São Bernardo). Domingo, a partir das 15h. Gratuito. Lipstick é formado por meninas do ABC | DIVULGAÇÃO

|19|◊◊

Cantora vem embalada pelo DVD Negalora | divulgação

Fechando o domingo musical de São Bernardo, o cantor Zé Geraldo leva seu violão para o teatro Lauro Gomes (rua Helena Jacquey, 171, Rudge Ramos), a partir das 19h. Os ingressos custam até R$ 60. No repertório, antigas e recentes parcerias. METRO ABC


|22|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Receita Minuto Saúde

DANIEL BORK BORK@METROJORNAL.COM.BR

BIFE À PARMEGGIANA

Cruzadas

O nome desse prato se deve, provavelmente, ao queijo utilizado em sua preparação. Apesar de se chamar “Bife à Parmeggiana” este prato não existe em Parma. Ele é, na verdade, resultado da influência italiana na culinária paulista, o que quer dizer que esse é um prato só nosso; então, aproveitem!

O ABC é um vácuo no quesito saúde. Em São Bernardo tem um hospital com obras um ano atrasadas, em São Caetano hospital fazendo papel de UBS e em Santo André a maior taxa de mortalidade infantil. É triste. CARLOS LACERDA, SANTO ANDRÉ

Páscoa Os preços estão abusivos demais. Sai mais barato comprar um quilo de picanha do que 300 gramas de chocolate. Só porque a economia vai bem, os empresários estão subindo demais os preços, isso é um abuso. Não é porque temos mais dinheiro que temos que pagar mais caro nas coisas ALESSANDRO DIAS, SÃO BERNARDO

Metro pergunta

Ingredientes ½ kg de filé-migon Sal e pimenta-do-reino a gosto 200 g de mussarela fatiada Para empanar 1 xícara (chá) de farinha de trigo 3 ovos 1 xícara (chá) de farinha de rosca Óleo para fritar

Molho 3 colheres (sopa) de azeite 2 dentes de alho laminado 1 cebola picadinha 1 folha de louro 5 tomates frescos sem sementes picados 1 pitada de bicarbonato de sódio 1 pitada de orégano seco 1 colher (café) de sal

As queixas sobre a falta de iluminação pública subiram 29% na cidade desde dezembro. O que você acha disso? Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@JoaoGrao

Mostra que as autoridades têm sido complacentes com os assaltos em São Paulo. @RafaGottschalk

Acho um absurdo. Investimento em iluminação pública deveria ser prioridade. @ve_mscn

Isso é o resultado de todas as más administrações que a cidade já teve!

Modo de preparo Abra o filé-mignon até ficar um bifão um pouco alto. Então tempere com sal e pimenta dos dois lados, passe na farinha de trigo, em seguida nos ovos batidos e, por fim, na farinha de rosca. Frite em óleo quente e leve ao forno (200ºC) por 10 minutos e reserve. Para o molho, doure os dentes de alho no azeite, coloque a cebola, o louro, os tomates e deixe refogar um pouco para reduzir o molho. Coloque o bicarbonato, o orégano, o sal e reserve aquecido. Disponha os bifes empanados em uma travessa, regue com o molho, cubra com as fatias de mussarela e leve ao forno quente até aquecer e derreter.

Horóscopo

Metro web Para falar com a redação:

leitor.abc@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Intrepidez e muita coragem para realizar

Leão (23/7 a 22/8) Está na hora de mostrar a cara e se envolver mais nas situações. Não perca a chance de entrar no momento certo de algumas oportunidades que estão surgindo.

Sagitário (22/11 a 21/12) Possível ataque súbito de religiosida-

Touro (21/4 a 20/5) Volta ao topo das situações. Atitudes mais coordenadas com as pessoas que estão ao seu redor poderão lhe colocar em lugar de destaque perante o seu grupo.

Virgem (23/8 a 22/9) Procure ser mais flexível. Algumas

Capricórnio (22/12 a 20/1) Dia sujeito a mudanças e novas opções de trabalho que podem ser muito exuberantes, mas que não podem lhe trazer nenhuma garantia. O risco acaba sendo só seu.

Gêmeos (21/5 a 20/6) Deixe o emocional de lado e tente in-

Libra (23/9 a 22/10) Bom entrosamento com pessoas impor-

teragir melhor com as pessoas que formam o seu grupo de trabalho. Evite ficar de fora das novidades que estão chegando.

tantes que estão no controle da situação. Hora de se juntar com grupos inovadores que, de certa forma, estão na vanguarda.

Aquário (21/1 a 19/2) Grandes iniciativas com o apoio de pessoas importantes e influentes. O seu lado emocional está bem amparado e isso pode fazer toda a diferença a seu favor.

Câncer (21/6 a 22/7) Período ligado a boas novidades e alto astral ao lado de pessoas que estão realizando mudanças importantes e que contam com a sua participação. Colabore.

Escorpião (23/10 a 21/11) Procure não fazer distinção entre as pessoas com as quais você tiver que se envolver. O importante é saber que os interesses são os mesmos. Enturme-se mais.

Peixes (20/2 a 20/3) Largue mão de apegos que podem estar deixando você muito distante das novidades que estão surgindo no mercado. Procure se atualizar e entrar no esquema.

coisas que irão surpreender as pessoas e conquistar a confiança delas. Dia de mudanças importantes em sua vida.

ideias podem ser difíceis de serem compreendidas e aceitas de primeira, mas certamente merecem mais atenção da sua parte.

de ou de generosidade exacerbada que poderá deixar você muita agitada. Procure se harmonizar melhor com as pessoas.


|24|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

São Paulo é ocupada por intervenções Dança. Treze grupos sitiam São Paulo com performances a partir de hoje dentro do 8º Festival Visões Urbanas. Destaque é Luis Arrieta, que troca o palco pela rua após 40 anos de carreira O Festival Visões Urbanas dá a largada hoje a sua 8ª edição com 13 grupos que farão 30 apresentações, até o dia 31, por espaços públicos de São Paulo. Não se assuste, portanto, se você se deparar com bailarinos e suas coreografias pelo parque Mario Covas, no Pátio do Colégio, MIS ou Pinacoteca. Como é comum, a maior parte das companhias do evento vem do exterior e traz sucessões de peças curtas. “Elas vêm de países com fortes tradição de arte feita para o espaço urbano”, explica a coordenadora artística do festival, Mirtes Calheiros. “Esse é um tipo de espetáculo específico, em que a criação já é feita na rua, porque você precisa saber a resposta e os imprevistos que podem acontecer. Você já vê o trabalho nascer com o olhar do outro.” Ela frisa ainda a dificuldade de encontrar trabalhos de rua com continuidade no Brasil. “Essa questão do espaço público ainda está engatinhando aqui. Muitos grupos começam esse trabalho e arrefecem. O meio urbano é meio difícil aqui”, afirma. Entre os grupos locais, destacam-se a Cia. Artesãos do Corpo, dirigida por Calheiros, e o argentino radicado em São Paulo Luis Arrieta, que segue uma linha mais tradicional e tem 40 anos de carreira. “Pra gente foi um presente ele querer experimentar a rua”, diz Mirtes, que, apesar das dificuldades, buscou evidenciar brasileiros neste ano. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Grupo Avoa! dança “Microrresistências 1” no Pátio do Colégio | ANDRÉ PORTO/METRO

Destaques dos primeiros dias A programação completa está no site visoesurbanas.com.br H e Pá i d C égi Às 10h: “Chrysalis”, da Cia. Jordi L. Vidal (Bélgica). Às 10h30, “Oltre la Luna”, da Cia. Arearea (Itália e Inglaterra). Às 11h, “Desencaixado”, de Luis Arrieta (SP). Às 11h30, Blondy’s Coffee, da Cia. Entremans (Cuba - Espanha). H e Pa e Má i C a a Pa i a Às 16h, “Ele”, de Rodrigo

Caffer (SP). Às 16h30, “Dafne – Per Una Mitologia Urbana”, da Cia. Arearea (Itália). Às 17h, “(Ver [ ] Ter)”, da Cia. Les Commediens Tropicales (SP). A a hã MIS a E a Às 18h, “This Space Occupied”, da Maida Withers Dance Construction Company (EUA). Às 19h, “Svarta Rosor”, de Yentl de Werdt, Mieke Segers & Ben Dekeyser (Bélgica). Às 19h30, “Desnudar”, da Cia. Artesãos do Corpo (SP).


+

|28|

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{DIA DA ÁGUA} STOCKXCHNG

PERDAS DE

FATURAMENTO

RR AP

Índice do que não é contabilizado como consumo AM PA

CE

MA

RN PB

PI

PE

PLUS

AC

TO

RO

AL SE BA

MT

GO MG

ES

MS SP

RJ

PR

ÍNDICE DE DESPERDÍCIO menor que 30% de 30,1% a 40% de 40,1% a 50% de 50,1% a 70% acima de 70%

SC RS

FONTE: MALHA MUNICIPAL DIGITAL DO BRASIL, BASE DE INFORMAÇÕES MUNICIPAIS 4, IBGE 2003. APUD SNIS (2010)

Poupar é simples

Desperdício nacional Perda de água. Brasileiros não atingiram meta de consumo proposta pela ONU. Disponibilidade do recurso eleva o uso individual e no geral

Histórico

Dia Mundial Desde 1992, a ONU (Organização das Nações Unidas) reservou a data de 22 de março para que as discussões sobre este recurso natural sejam refletidas mundialmente. Isso porque apenas 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável.

O brasileiro continua consumindo água como se não houvesse amanhã. Ao menos, é isso o que aponta o último Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos da SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento). Segundo o relatório mais recente, de 2010, o consumo per capita no Brasil é de 159 litros por dia – 49 litros mais do que o recomendado pela ONU (Organizações das Nações Unidas), que afirma que 110 litros diários são suficientes para atender às necessidades de cada habitante. Avaliados isoladamente, por Estado, os dados são mais assustadores. Encabeçam a lista de “vilões” do consumo de água os Estados do Rio de Janeiro, com 236,3 l por dia/ habitante, o Espírito Santo, com 193,3 l e São Paulo, com 184,3 l. Na contramão, gastam menos água Alagoas, com 91,6 l e Pernambuco, com 96,6 l.

110

litros é a quantidade de água que uma pessoa precisa por dia, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas). No Brasil, o consumo por pessoa ultrapassa 200 litros.

Para o Édison Carlos, presidente-executivo do Instituto Trata Brasil, o consumo de água difere nas regiões do país não só em função da mentalidade do cidadão mas também da disponibilidade do recurso nos Estados. “Em certas regiões a água é mais abundante. Mesmo assim, é preciso uma campanha para o uso racional da água, pois esse recurso é finito”, diz. E se por um lado o cidadão não cumpre o seu papel, por outro, as empresas fornecedoras de água também falham ao investigar as causas que levam ao desperdício. Segundo um estudo da Tra-

ta Brasil, a ausência de uma infraestrutura moderna faz com que companhias do país percam 37,5% do faturamento por vazamentos, roubos e erros de medição. E a regiões Norte e Nordeste parecem ter sido as mais afetadas. “Faltam hidrômetros e profissionais qualificados para a leitura destes equipamentos nas regiões”, avalia Carlos, que afirma que as soluções disponíveis não chegam aos Estados por uma questão política. “É preciso investir mais em parcerias que possam ajudar na transferência de tecnologias.” No relatório de perdas da Trata Brasil, os Estados que mais deixam de faturar com a distribuição de água são o Amapá, que perde 74,14% do seu faturamento, Alagoas (65,87%) e Roraima (64,29%). ELIANE QUINALIA METRO SÃO PAULO

Quem mora em casa ou apartamento também pode ajudar a combater a escassez do recurso natural e de quebra garantir também uma bela redução na conta de água adotando pequenas mudanças. “O morador pode evitar o desperdício tomando banhos mais rápidos e até mesmo escovando os dentes e ensaboando o rosto com a torneira fechada, por exemplo”, orienta Olga Satomi Yoshida, pesquisadora do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo). E quem tiver interesse em economizar ainda mais, pode até investir em outra alternativa: equipamentos desenvolvidos para racionar a água.

Torneiras automáticas ajudam na economia | IMAAGE SOURCE/ALEX WILSON

“Hoje já existem no mercado bacias com volume de descarga reduzido e restritores de vazão para duchas e torneiras que podem diminuir em até 50% o consumo de água dos equipamentos”, explica Olga. METRO

ECONOMIA COMEÇA EM CASA Veja o quanto é possível economizar TORNEIRA ELETRÔNICA

TORNEIRA AUTOMÁTICA

20%

BACIA SANITÁRIA COM CAIXA ACOPLADA (6 litros por descarga)

50%

40%

6L

BACIA SANITÁRIA COM CAIXA ACOPLADA DE ACIONAMENTO SELETIVO (3 ou 6 litros por descarga)

50% a 75%

3L

6L


30

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

DIA DA ÁGUA

Individual e econômico Hidrômetro. Tendência nas grandes cidades, medidores individuais podem levar a uma redução de até 40% na conta de água de quem vive em condomínio. Consumo por apartamento pode ser controlado e ajuda a desenvolver atitudes mais conscientes Se no prédio que você mora ainda não há medidores individuais de consumo de água, cuidado. Você pode estar pagando pelo uso (e até pelo abuso) do seu vizinho. Principalmen-

te quem mora sozinho ou tem família pequena. O equipamento que individualiza o consumo sai, em média, R$ 1 mil por apartamento - sem o custo de mão de obra - e pode

trazer uma economia de até 40% na conta de água de cada morador. “Não é justo que uma família com cinco pessoas pague o mesmo que alguém que more sozinho”,

exemplifica Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) e diretor do Grupo Hubert. E a instalação de siste-

ma pode ser interessante não apenas no aspecto econômico, mas também no ambiental. “Na medida em que os moradores tomam consciência de seus gastos, passam a desperdiçar menos água. Outra vantagem é que o modelo facilita também a identificação de vazamentos.” Segundo ele, a cobrança coletiva e a presença de um único hidrômetro dificulta esse processo - o que não ocorre na presença de um medidor individual. “Com ele, posso identificar se há um vazamento na minha unidade, por exemplo.” Como aderir Nos condomínios mais antigos, que ainda não possuem o sistema, é preciso mais do que o interesse de um único morador para determinar sua implantação: o tema precisa ser discutido primeiramente em uma assembleia para só depois ser levado à administradora, após a sua aprovação. “É preciso o interesse de todos os moradores. Sozinho o equipamento não tem a devida utilidade”, garante Gebara.

O medidor torna a cobrança mais justa, pois a conta passa a ser proporcional ao consumo de cada família. LUPÉRCIO R. HARO JR., SÍNDICO

Em São Paulo Quem testou o equipamento e aprovou foi o síndico do Condomínio The Park, localizado em Moema, São Paulo. “Investimos R$ 16 mil para a compra e instalação dos medidores e alguns moradores já tiveram uma redução de até 40% nas contas”, informa Lupércio Rodrigues Haro Júnior, de 55 anos, que acredita que a mudança foi benéfica para quem gasta pouco, mas nem tanto para os mais ‘gastões’. “As famílias maiores não gostaram muito, pois começaram a pagar mais por suas contas de água”, finaliza.

ELIANE QUINALIA METRO SÃO PAULO

Segundo Lupércio Jr., consumo per capita no edifício passou de R$ 204 para R$ 122 com o medidor | ANDRÉ PORTO/ METRO SP


|34|

+

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{MODA}

Quinta chique

ESPECIAL

5 Amapô buscou referências no mundo marinho

1 Bom gosto. Sofisticação e cortes que valorizam o corpo desfilaram pela passarela

SPFW

Hoje

2

h Uma Raquel Davidowicz h Têca h R.Rosner h Lino Villaventura

FOTOS: BRUNO ZANARDO/FOTOARENA

Poucas marcas nacionais conseguem combinar o chique e o descontraído como a Osklen. Na passarela, até as peças mais sofisticadas – vestidos de seda por exemplo – parecem prontas para desfilar pelo calçadão de Ipanema sem parecer “over”. A coleção da marca para o Verão 2013/2014, apresentada ontem na SPFW, foi das mais coloridas já feitas pela grife. As formas são tubulares, há vários vestidos curtos, transparentes e decotados, mas sem nunca abusar da sensualidade. São peças prontas para o consumo, de preferência levando para a casa uma de cada cor. A estilista Juliana Jabour ficou, novamente, dentro das tendências da moda que agrada as jovens e chiques garotas paulistanas. O desfile mostrou calças skinny, conjuntos estilo “pijama”, blusas com babados (ou “peplum”, como é chamado o detalhe) e vestidos que desenham o corpo. Os macacões da marca merecem destaque, junto com os vestidos inteiramente bordados de pedrarias. A marca Amapô buscou referências no mundo marinho para criar sua coleção de verão. Algas marinhas parecem cobrir maiôs e vestidos de malha, justos ao corpo. Estampas “manchadas” remetem

aos corais multicoloridos e foram usadas em blusas e vestidos que marcam a cintura. Destaque para os sapatos femininos em forma de peixe, da grife Loucos & Santos. Para os homens, a referência marinha ficou menos evidente. O que chamou a atenção foram as sobreposições de peças (paletó curto sobre camisa longa) e de estampas. A tarde de quinta-feira, penúltimo dia de desfiles, foi aberta pelo estilista Alexandre Herchcovitch que apresentou uma coleção extremamente feminina e com um “pé” nos anos 1920. Os vestidos do estilista desenham o corpo feminino, abrindo levemente na parte de baixo. Impossível não sentir o clima de “O Grande Gatsby”. A cintura é marcada, as saias têm cós alto que cobre o umbigo e são combinadas com tops curtos, que deixam à vista uma faixa da barriga. As listras, finas e grossas, definidas ou não, foram as estampas eleitas nessa estação. Com exceção de alguns looks roxos, o desfile teve o predomínio do branco e do preto. O estilista foi da levíssima renda ao couro sem deixar de valorizar a feminilidade. VANESSA BARONE ESPECIAL PARA O METRO

3 6 4 1. Saias de cintura alta e tops marcaram o desfile de Alexandre Herchcovitch; 2. A Amapô apostou nos vestidos que marcam a cintura; 3. Os macacões de Juliana Jabour merecem destaque; 4. Marca investiu também nos vestidos; 5. Transparência foi apenas uma das apostas da Osklen; 6. Coleção mostrou muita cor.


|36|

3 ESPORTE

Fórmula 1

Sebastian Vettel Terceiro colocado na etapa da Austrália, o atual tricampeão tenta a reabilitação às 5h deste domingo, no Grande Prêmio da Malásia, segunda etapa da Fórmula 1 neste ano.

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Amistoso. Brasil abre 2 a 0, mas não consegue resistir à pressão da Itália e cede o empate Ficou no quase. Por pouco o Brasil não derrotou a Itália e pôs fim ao jejum de vitórias sobre equipes campeãs do mundo. E por menos ainda, não perdeu. Depois de abrir 2 a 0, a Seleção cedeu o empate para a Itália em amistoso disputado em Genebra, na Suíça. Fred e Oscar marcaram para o Brasil. De Rossi e Balotelli para a Azzurra: 2 a 2. Mas poderia ter sido pior. Não fosse Julio Cesar. O goleiro brasileiro trabalhou muito no fim do 1o tempo e saiu reclamando no intervalo. E teve motivos: apesar de o placar já estar 2 a 0 para o Brasil, a defesa da Seleção deu muitos espaços, especialmente nas costas de Daniel Alves. A Itália tomou conta do o meio-campo e teve velocidade pelas pontas, que fizeram com que seis atacantes tivessem boas oportunidades. Só que, em dois lances isolados, o Brasil chegou lá. Primeiro com Fred, aos 32 minutos, com oportunismo. Filipe Luís cruzou da esquerda, Bonucci raspou de cabeça e a bola sobrou para o atacante que, com frieza, finalizou com perfeição. Nove minutos depois foi a vez de Oscar anotar. Neymar puxou contra-ataque, atraiu a marcação e lançou para Oscar, que tocou com categoria na saída de Buffon. Mas aí veio o 2o tempo e Julio Cesar, que também havia reclamado dos espaços na marcação, teria ainda mais motivos para ficar nervoso. A Azzurra voltou arrasadora e, em 12 minutos, já tinha igualado o marcador. De Rossi empurrou para as redes após vacilo da zaga na bola cruzada, e Balotelli, em lindo chute de longe, encobriu o goleiro. Felipão colocou Kaká, mas a situação só melhorou com a entrada de Marcelo, que virou a principal opção nas ações ofensivas. Nada, porém, que mudasse o panorama de domínio dos italianos. WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

Cenas

Va bene...

1

1 . ERIC LAFARGUE/FRAME/FOLHAPRESS 2 . WANDER ROBERTO/VIPCOMM 3 . WANDER ROBERTO/VIPCOMM 4 . TONY DUFFY/REUTERS 5 . MARCO LUZZANI/GETTY IMAGES

2 3

4 5

Goleador. Centroavante Fred mostra oportunismo. De novo

1 Fernando e Balotelli disputam bola; atacante italiano anotou o gol de empate da Azurra | ERIC LAFARGUE/FRAME/FOLHAPRESS

O camisa 9 fez o gol que abriu o placar. Diante da Inglaterra, o artilheiro também guardou o seu. METRO

Buffon; Maggio , Barzagli, Bonucci e De Sciglio (Antonelli); De Rossi (Diamanti), Montolivo, Pirlo (Cerci) e Giaccherini (Poli ); Osvaldo (El Shaarawy) e Balotelli (Gilardino). Técnico: Cesare Prandelli

2 2

ITÁLIA

Julio Cesar; Daniel Alves, Dante, David Luiz e Filipe Luis (Marcelo); Fernando, Hernanes (Luiz Gustavo) e Oscar (Kaká); Neymar, Hulk (Jean) e Fred (Diego Costa). Técnico: Luiz Felipe Scolari

BRASIL

o

G Fred aos 32 e Oscar aos 41 do 1 tempo; De Rossi aos 9 e Balotelli aos 11 minutos do 2o tempo A bi age Stephan Studer (SUI)

Sobe e desce Julio Cesar fez defesas importantes e Fred mostrou o faro de artilheiro. Hulk, atrapalhado e Kaká, lento, não se destacaram. HULK J. CESAR

FRED

KAKÁ

Sempre. Torcida brasileira fez a festa no estádio de Genebra

2

Estádio esteve colorido com a vibrante torcida brasileira. Fãs da Itália não foram menos barulhentos. METRO

Zerado. Felipão ainda não conseguiu vencer após retorno

3

Scolari segue sem vitória após dois jogos. No primeiro, o Brasil perdeu para Inglaterra por 2 a 1. METRO

Luto. Jogadores da Itália jogaram com uma faixa preta no braço

4

Motivo: morte do atleta italiano Pietro Mennea, dono do recorde mundial de 200m por mais de 17 anos. METRO

5

Apagado. Neymar ainda não brilhou com a camisa da Seleção

Bem marcado e pouco inspirado, o atacante apareceu no lance do 2o gol brasileiro. Pouco pelo seu talento. METRO


ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

Falando português

Brasil terá três pilotos Três brasileiros vão representar o país em St. Petesburg: Helio Castroneves (Penske), Tony Kanaan (KV Racing) e Bia Figueiredo (Dale Coyne). Último vencedor da prova, Castroneves, quer voos mais altos em 2013. “Hunter-Reay venceu na última prova no ano passado. Talvez não era o mais rápido ou constante da temporada, mas conseguiu se posionar para uma maneira de vencer o campeonato. E é isso que falta”, disse. METRO

Castroneves venceu prova em 2012

{ESPORTE}

|37|◊◊

Indy inicia disputa na Flórida Estreia. Pilotos abrem temporada 2013 da categoria nas pista de St. Petesburg, nos EUA A temporada 2013 da Fórmula Indy começa neste domingo, em St. Petesburg, na Flórida (EUA). Ao todo, 25 pilotos correrão na pista norte-americana. Entre eles, o atual campeão da categoria, Ryan Hunter-Reay, da equipe Andretti. “Está tudo começando de novo. Temos que ir lá e justificar o número 1 estampado no carro. É de lá que vem a pres-

são”, afirmou. Ele acredita que a temporada será mais equilibrada do que a de 2012: “Será uma temporada muito dura. Acho que será a competição mais apertada que veremos da Indy em um longo tempo”, afirmou. Para este ano, a Indy tem regra nova: a padronização do uso do “push to pass”, botão localizado no volante, usado para ultrapassagens. A partir deste ano, cada piloto poderá lançar mão do recurso dez

Ryan Hunter-Reay foi o campeão de 2012 | ROBERT LABERGE/GETTY IMAGES

vezes por prova. O “push to pass” confere mais potência ao carro durante o tempo em que o recurso permanece ativado. Em St.

Petesburg, o período será de 15 segundos. Transmissão A corrida de St. Petesburg

terá transmissão ao vivo da Band, do Bandsports e do Portal da Band a partir das 13h40 deste domingo. METRO


|38| Paulistão 14ª rodada AMANHÃ 16h

X PENAPOLENSE

SÃO BERNARDO 16h

X BOTAFOGO

LINENSE 18h30

X SÃO PAULO

BRAGANTINO 18h30

X A. SOROCABA

XV PIRACICABA

DOMINGO 16h

X PALMEIRAS

SANTOS 16h

X GUARANI PAULISTA

CORINTHIANS 18h30

X

1909

JU N D I AI

PAULISTA

PONTE PRETA 18h30

X MOGI MIRIM

MIRASSOL 18h30

ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Com a 11 de Neymar, Giva faz dois e salva o Peixe Virada. Na Vila Belmiro, Santos supera ausência de Neymar e Montillo – nas seleções – e bate Mirassol com dois a menos O Santos não tinha Neymar ontem. Mas tinha Giva. Com a mesma camisa do craque, a 11, o garoto de 20 anos substituiu a estrela do Peixe, que defendeu ontem a Seleção Brasileira na Suíça. E a aposta do técnico Muricy Ramalho deu certo: foram dele os dois gols do alvinegro praiano na vitória por 2 a 1 sobre o Mirassol na Vila Belmiro. Foram os visitantes, porém, que começaram atacando. Após quase abrir o placar no primeiro minuto de jogo – Pio acertou a trave de Rafael em cobrança de falta –, o clube do interior evitou por duas vezes que o Santos fizesse gol. Aos 9 minutos, Miralles teve duas oportunidades que obrigaram o goleiro Emerson a se desdobrar.

Aos 20 minutos, porém, o Mirassol balançou a rede. Após escanteio, André Luís recebeu, livre de marcação e chutou rasteiro. O empate santista só aconteceu 20 minutos depois e quase da mesma forma: o atacante Giva aproveitou escanteio e, de cabeça, deixou tudo igual na Vila.

2 1

No 2o tempo, Giva brilhou de novo. Aos 28, ele bateu de primeira após confusão na área do Mirassol. O Peixe ainda perderia Felipe Anderson e Patito Ramírez, expulsos por falta. MATHEUS ADAMI METRO SÃO PAULO

Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Felipe Anderson e Patito ; Miralles (André) e Giva (Neílton). Técnico: Muricy Ramalho

SANTOS

Emerson ; Pio, Leonardo, Gian e Diogo ; Glauber (Caion), Alex Silva, Camilo (Mineiro) e André Luis; Leomir e Tiago Luís (Adilson Bahia). Técnico: Ivan Bartelo

MIRASSOL

G André Luís aos 20; Giva aos 40 do 1º e aos 28 minutos do 2º tempo. A bi age Rodrigo Braghetto (SP)

Giva anotou seus primeiros gols como profissional

| LUCAS BAPTISTA/FUTURA PRESS

X ITUANO

OESTE 18h30

X U. BARBARENSE

Ney deve manter Ganso como titular

SÃO CAETANO

CLASSIFICAÇÃO P V GP SG 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

SÃO PAULO SANTOS PONTE PRETA PALMEIRAS MOGI MIRIM BOTAFOGO CORINTHIANS LINENSE BRAGANTINO PENAPOLENSE PAULISTA SÃO BERNARDO OESTE ITUANO MIRASSOL XV PIRACICABA A. SOROCABA GUARANI SÃO CAETANO U. BARBARENSE

29 27 27 24 23 22 22 21 18 17 17 15 15 13 12 11 9 9 9 7

9 8 7 6 7 6 5 5 4 5 4 4 4 3 3 2 2 2 2 1

24 24 20 23 24 18 22 19 22 16 14 17 15 13 19 19 17 16 15 7

12 8 11 10 9 4 10 3 0 -2 -1 -4 -4 -8 -3 -6 -6 -9 -12 -12

Classificados para a fase final Rebaixados para a Série A2

7 gols Quatro jogadores estão empatados na artilharia do Campeonato Brasileiro com sete gols: Lincom (Bragantino), com Fernando Baiano (São Bernardo), Léo Jaime (Bragantino) e William (Ponte Preta).

Ganso deve continuar entre os 11 do São Paulo | MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS

Palmeiras

Corinthians

A boa atuação de Paulo Henrique Ganso na vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o São Bernardo, quarta-feira, pelo Campeonato Paulista, foi suficiente para que o ex-santista ganhe espaço no time titular de Ney Franco. O treinador afirmou que a tendência é que Jadson – que vencera a concorrência com o camisa 8 – divida a armação das jogadas com Ganso já a partir do jogo contra o Bragantino, sábado, no Morumbi. Portuguesa

“Dessa forma existe a possibilidade de jogarem Ganso e Jadson. Não se discute a qualidade do Paulo. Logicamente, recuperando o futebol, é um jogador que vai atuar muitas vezes com a camisa de titular do São Paulo”, disse o treinador, referindo-se ao sistema tático adotado contra o Tigre. Em vez da linha com apenas um armador (Jadson) e três atacantes, o Tricolor teve dois meias (Jadson e Ganso) e dois homens de frente. Vasco

Ambiente bom O zagueiro Rafael Toloi destacou ontem que o triunfo sobre o São Bernardo aliviou um pouco a tensão que ronda o clube por causa dos maus resultados na Taça Libertadores. No Campeonato Paulista, o time é o líder. “Nada melhor do que vencer para melhorar o ambiente. E ainda mais porque foi uma vitória convincente. Fomos melhores durante e merecemos vencer”, falou o camisa 2. METRO Grêmio

Capitão Henrique e Kleber param por duas semanas

Três titulares podem voltar contra o Guarani

Primeiro lugar é o objetivo, diz atacante Arraya

Ricardo Gomes anuncia saída do cruz-maltino

Luxa: ‘Não sabia dessa técnica toda do Barcos’

Lesionados na vitória sobre o Botafogo, na quarta-feira, o zagueiro Henrique e o atacante Kleber vão ficar no departamento médico por pelo menos duas semanas. O capitão tem um problema na coxa direita, enquanto o camisa 9 machucou o joelho direito. Eles devem perder os jogos contra Santos, Mirassol e Linense. METRO

O goleiro Cássio, o zagueiro Paulo André e o atacante Alexandre Pato podem ser as novidades do Corinthians para o confronto com o Guarani, domingo, em Campinas. Cássio e Paulo André treinaram normalmente na tarde de ontem, enquanto Pato fez trabalhou com bola em campo separado. METRO

Vice-líder da Série A2 do Campeonato Paulista com 36 pontos e já classificada para a próxima fase, a Portuguesa quer mais. “Temos de somar pontos e terminar na liderança”, afirmou o atacante argentino Flecha Arraya. O time volta a campo domingo, contra a Santacruzense, fora de casa, às 10h30. METRO

Quatro meses após voltar ao Vasco após se recuperar de um Acidente Vascular Cerebral sofrido em agosto de 2011, Ricardo Gomes deixou ontem o cargo de diretor técnico. Ele não concordou com a forma com que o técnico Gaúcho foi demitido – após a derrota por 2 a 0 para o Nova Iguaçu, quarta-feira. METRO

As boas atuações e os quatro gols marcados em seis jogos pelo atacante Hernán Barcos no Grêmio surpreenderam o técnico Vanderlei Luxemburgo: “Sai da área e tem o passe muito bom, é interessante. Não sabia que ele tinha essa técnica toda. Tem uma técnica apurada, podemos ver isso”, afirmou. METRO


ABC, SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|39|◊◊

Brasília recorre à ONU para obras no estádio Manobra. Restando 30 dias para a inauguração do novo Mané Garrincha, o governo foge da atuação do TCDF ao assinar convênio de R$ 34 milhões para a aquisição de materiais e serviços Copa das Confederações

Fifa confirma venda de 75% dos ingressos

Mané Garrincha será inaugurado em 21 de abril | RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIA

A menos de três meses para o início da Copa das Confederações, 75% dos ingressos já foram vendidos. Até 7 de abril, os torcedores poderão adquirir bilhetes pelo site da entidade. Depois desse prazo haverá a “venda de última hora” entre 15 de abril e 30 de junho, na internet e também nos postos de venda da Fifa. METRO

O Governo do Distrito Federal encontrou um meio de acelerar as obras do Estádio Nacional de Brasília após o secretário extraordinário da Copa em Brasília, Cláudio Monteiro, declarar que o “sinal amarelo” estava ligado. Restando 30 dias para a inauguração da arena, o GDF assinou um convênio no valor de R$ 34 milhões com a ONU para a contratação de serviços temporários e a construção de estruturas para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014. Ao pedir socorro para o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o GDF escapa justamente do que mais o tem atrapalhado nos últimos meses, a atuação do Tribunal de Contas do Distrito Federal - uma vez

que os serviços contratados junto à ONU não passam pelo processo licitatório brasileiro. Armários para vestiários, serviços gerais de limpeza, vigilância, coleta seletiva e brigada de incêndio, contêneires, pintura, cercamento, instalações elétricas e hidráulicas, além de boa parte do suporte à comunicação são alguns dos itens na pauta de aquisições. A inauguração do estádio está marcada para 21 de abril, mas a promessa é de que o Mané Garrincha esteja pronto seis dias antes. Por meio de nota, o GDF informou que “o contrato ocorrerá da mesma forma que em eventos como a Rio+20, quando a organização firmou parceria com o governo federal e forneceu estrutura seme-

lhante para a conferência internacional”. Resta uma A única licitação pendente no estádio é a do fornecimento e instalação de guarda-corpos. O processo era para ter sido liberado ontem pelo tribunal, mas o conselheiro Paulo Tadeu pediu vista do processo. O TCDF dará prosseguimento à licitação nos moldes da comunicação visual e do entorno do estádio, autorizando o processo desde que a Novacap corrija falhas como a falta de competitividade e exigências indevidas para a habilitação dos licitantes. Nesse certame, o TCDF detectou um sobrepreço de R$ 4.586.718,27, o que corresponde à 44,01% do valor total, que é de R$ 10.422.638,40. METRO



20130322_br_metro abc