Page 1

POR QUE ELAS QUEREM TANTO?

Mulheres incríveis nas telas Selecionamos 10 filmes imperdíveis para festejar este dia PÁG 40

Audrey Hepburn em ‘Bonequinha de Luxo’

PSICÓLOGA EXPLICA POR QUE CERTOS OBJETOS SÃO MESMO ‘IRRESISTÍVEIS’ PÁG. 32 SÃO PAULO Sexta-feira, 8 de março de 2013 Edição nº 1.499, ano 6 MÍN: 20°C MÁX: 31°C

www.readmetro.com | leitor.sp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro

Haddad abre 3 frentes para excluir Controlar Exclusivo. Em entrevista sobre os dois primeiros meses de governo, prefeito diz ao Metro que a Procuradoria Geral do Município vê fortes indícios de fraude no contrato da inspeção veicular. Caso haja comprovação, haverá o rompimento. Decisão sai em até 60 dias. PÁGS. 04 E 05

SP, RJ e ES vão ao STF por royalties Objetivo é garantir manutenção do veto da Presidência, que beneficiava os produtores, e foi derrubado ontem PÁG 14

Corpo de Chávez será embalsamado e exposto em museu

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

‘O povo poderá vê-lo eternamente’, disse o vice Maduro. Dois milhões foram às ruas se despedir PÁG 20

O atacante Luis Fabiano recebe cartão vermelho por reclamar da arbitragem depois que o jogo já tinha sido encerrado no Pacaembu | MARCELO MACHADO DE MELO/FOTOARENA

Tricolor bate na trave do Arsenal

Libertadores. Prejudicado pela arbitragem, Tricolor fica no 1 a 1 e Luis Fabiano ainda é expulso depois do fim do jogo. Apesar de multado, Corinthians terá Fiel de volta nos jogos no Brasil PÁGS. 54 E 56

O adorável picareta da terra de Oz James Franco dá vida ao mágico no filme de Sam Raimi PÁG 42


|02|

1 FOCO

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Ossada é achada ao lado da Polícia Civil Mistério. Saco plástico com ossos estava em estacionamento usado por policiais. Oito crânios já foram encontrados na cidade Uma ossada humana foi encontrada na última terça-feira dentro de um saco em um estacionamento da Polícia Civil. O estacionamento fica em um prédio na praça Alfredo Issa, no centro da capital, onde também funciona o Poupatempo da Luz. De acordo com a polícia, os ossos pareciam ser antigos e foram encaminhados para a perícia. Ainda não há informações de há quanto tempo estavam dentro do saco plástico no local. A Polícia Científica e o DHPP vão investigar a ro caso. A polícia ainda não sabe se esse caso tem relação com outros oito crânios, su-

8 crânios foram encontrados em diversos pontos da capital desde o dia 20 de fevereiro. postamente humanos, que foram encontrados em diversos pontos da capital desde o dia 20 de fevereiro, quando um crânio foi encontrado em uma jardineira próxima ao edifício Copan, no centro. Desde então, outros sete com as mesmas características já foram achados na cidade. Todos foram abandona-

dos envoltos em papel de presente vermelho, e colocados próximos a consulados e a igrejas mórmons. De acordo com apolícia, gravações de câmeras de segurança mostram uma mulher, aparentando ter entre 30 e 40 anos, sempre trajando saia até a canela, depositando alguns dos crânios encontrados. Delegados que investigam o caso acreditam que seja um trabalho espiritual para dar poder para alguém que teria encomendado o feitiço. Todos os crânios continham terra, o que indica que foram subtraídos de túmulos. METRO

ONDE OS CRÂNIOS FORAM ACHADOS 1

20/FEV av. São Luís

2

21/FEV av. Lineu de P. Machado

3

23/FEV rua Faustino A. Cesar

4

23/FEV rua Prof. Guilherme Belfort Sabino

5

24/FEV av. Prof. Francisco Morato

6

27/FEV av. Morumbi

7

1º/MAR av. Paulista

8

3/MAR al. Barros

8 5

2

7 1 6 4 3

Crime. Preso líder de grupo que roubava carga STF não deixou

A Polícia Civil prendeu anteontem um homem de 35 anos suspeito de liderar uma quadrilha que roubava cargas na marginal Tietê e na rodovia Ayrton Senna, na zona leste. Segundo a polícia, o grupo usava veículos e roupas semelhantes a de policiais

Viagem cancelada O presidente do STF, Joaquim Barbosa, negou ontem pedido do exministro José Dirceu, condenado no julgamento do mensalão, para deixar o país e participar do enterro do presidente da Venezuela Hugo Chávez. Dirceu argumentou que tinha uma relação próxima com Chávez.

Cotações

Blitze

PM é acionada por suspeita de bomba no centro

Dólar - 0,40% (R$ 1,96)

para fazer abordagens nas vias. Os suspeitos aproveitavam as “vistorias” para levar mercadorias. Durante a prisão foram encontradas mercadorias na casa do suspeito. Também foram apreendidos documentos falsos e um distintivo da polícia. METRO

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados por conta de uma suspeita de bomba no Condomínio Grande São Paulo, na rua Líbero Badaró, 425. No local funciona a Secretaria das Subprefeituras. Segundo a PM, o artefato era falso. | WILLIAM VOLCOV/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Joalheria

Barretos começa a autuar ciclistas

Suspeito de roubo é detido

A Prefeitura de Barretos e a PM começaram ontem a autuar ciclistas que transitam pela contramão ou cometem outras infrações no trânsito. Os infratores estão sujeitos a ter as bicicletas apreendidas. METRO

Um suspeito de participar de um assalto a uma joalheria do shopping Boa Vista, em Santo Amaro, foi preso na tarde de anteontem. Segundo a polícia, ele e outros três comparsas participaram da ação no sábado. METRO

Bovespa + 1,56% (58.847 pts) FALE COM A REDAÇÃO

Euro + 0,47% (R$ 2,57) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

leitor.sp@metrojornal.com.br /- COMERCIAL: /-

O jornal Metro circula em  países e tem alcance diário superior a  milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de  mil exemplares diários.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: .). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: .). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro São Paulo. Editores-Executivos: Ariel Kostman e Lara De Novelli (MTB: .). Editor de Arte: Daniel Lopes. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Tabapuã, , º andar, Itaim, CEP -, São Paulo, SP. Tel.: -. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda.

Filiado ao


|04|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

FERNANDO HADDAD Prefeito fala com exclusividade ao Metro e faz um balanço sobre os seus primeiros dois meses de governo. Taxa da Controlar é um dos focos da administração

‘HÁ FORTES INDÍCIOS DE FRAUDE NO CONTRATO DA INSPEÇÃO’ Há pouco mais de 60 dias no cargo de prefeito, Fernando Haddad (PT) diz que todos os itens de seu programa de governo já têm uma ação em curso. Na tarde de anteontem, em seu gabinete, no 5º andar do edifício Matarazzo, em entrevista exclusiva ao Metro, ele prometeu que até abril 276 semáforos em pontos estratégicos da cidade terão equipamentos antiapagão. Disse também que a prefeitura já abriu três processos administrativos contra a Controlar (empresa responsável pela inspeção veicular) e que pode romper o contrato após análise da Procuradoria do Município. “Há indícios fortes de fraude”. Leia os principais trechos da entrevista. Como foram os primeiros 60 dias? Esse é o momento no qual você toma conhecimento da máquina, dos detalhes dos contratos; organiza a estratégia do governo. Março é um mês de finalização para o encaminhamento do plano de metas, que será entregue até o dia 31 à Câmara. O plano já foi feito antes de assumirmos. E cada item do meu programa tem uma ação em curso nas quatro áreas prioritárias (transporte, educação, saúde e moradia). No caso de Parelheiros, na zona sul, já estamos decidindo os terrenos para um hospital e um terminal de ônibus. Na habitação, firmamos uma parceria inédita com o governo estadual para construir 20 mil moradias no centro. Isso já é 40% da meta prevista para a gestão, de cons-

truir 55 mil moradias. No caso dos corredores de ônibus, a meta é construir 150 km. Mas só havia projeto para 66 km. Agora, vamos licitar os outros 84 km. Qual o estado da máquina pública que o sr. recebeu? A prefeitura, por várias razões históricas, teve um estrangulamento da capacidade de investir. Temos recursos para pagar o custeio da máquina como ela é hoje, mas não para investir. É preciso recuperar a capacidade de investimento. E como fazer isso? Repactuar o contrato da dívida e fazer parcerias com o governos do Estado e o federal, além de atrair a iniciativa privada por meio de PPPs. Quanto tempo vai levar para o morador de São Paulo notar as ações da nova administração? Olha, temos ações de curto, médio e longo prazos. Vou dar um exemplo na questão da drenagem. Algumas ações puderam ser executadas ainda neste verão. A limpeza de bueiros e ramais foi feita como nunca havia sido feita no passado. Identificamos 30 mil bueiros com problemas e fizemos um tratamento de choque neles. O sr. foi criticado por não ir às ruas durante as enchentes do Carnaval. O que houve? Pelo contrário, estava aqui, na prefeitura, gerindo uma chuva de mais de 100 milímetros. E a água escoou em uma velocidade em que nunca havia escoado. Duas horas depois da chuva não

“A máquina pública não está preparada para investir. Nossa meta é recuperar essa capacidade de investimento.” “Em oito anos, a velocidade média nos corredores de ônibus teve uma redução de 50%. É preciso reverter essa situação.” havia mais nenhum ponto intransitável na cidade. Então o sr. atribui o problema das enchentes no Carnaval ao volume das chuvas? Não é isso. Estou me fiando em uma análise técnica da defesa civil. Foi uma chuva de 100 milímetros,

que acontece quatro ou cinco vezes por ano. Para o volume, o escoamento, na minha avaliação, foi rápido. As empresas que cuidam da limpeza estão cumprindo as exigências previstas em contrato? Houve uma ação eficaz entre janeiro e fevereiro. O

problema ocorreu em um dia com chuva de mais de 100 milímetros. E os problemas com os semáforos, que apagam quando chove. Haverá uma solução? É uma ação de médio prazo, que será realizada de um ano para o outro. Você não consegue mudar a estrutura semafórica em semanas. Vamos licitar uma reforma da rede semafórica. E, até abril, serão instalados nobreaks (equipamentos antiapagão) em 276 semáforos localizados em cruzamentos estratégicos da cidade. E os moradores das áreas de risco. A prefeitura adotará alguma ação

específica? Estamos monitorando todos os dias essas áreas. Se houver qualquer movimentação geológica nessas áreas, a Defesa Civil será alertada para decidir se é preciso ou não remover a população daquela área. Quais alternativas a prefeitura oferecerá para quem for removido? Nós não tivemos, nos últimos anos, um aumento no número de moradias disponíveis na cidade. A cidade precisa retomar a construção. Hoje a solução é o bolsa aluguel, que não é a melhor solução. E como esse quadro será revertido? Retomando a construção


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{EDITORIA} {FOCO}

|05|◊◊ |04|◊◊

ANDRÉ PORTO/METRO

decorrer dos anos sem que fosse exigido um aumento na produtividade. Muitas vezes, um órgão tem 30 carros alugados, mas precisa só de 20. Tem 50 celulares, mas precisa só de 10. Houve falta de cuidado por parte da gestão anterior na hora de fechar esses contratos? Poderia usar esse argumento, fácil, mas não vou. Ao longo de um governo de oito anos você tem uma gordura crescente. Você acaba perdendo o monitoramento. É natural que isso ocorra. Você baixa a guarda. Um empresário nunca baixa a guarda. Quando a GCM e a PM vão começar a atuar à noite? Esse mês assinamos o convênio com o Estado para reformular a Operação Delegada. Um terço dos policiais militares da opera-

mapa do crime na cidade. Também é preciso mudar o modelo da GCM, que hoje é focado no combate ao comércio irregular. Não se pode focar em uma única ação. É possível melhorar a fiscalização na cidade? Sim, claro. Vamos melhorar as condições de fiscalização da prefeitura durante um período que ela ficava praticamente inerte, que é o noturno. Qual exemplo pode ser tirado da tragédia ocorrida em Santa Maria? Ilustrou tragicamente o que precisamos fazer para que uma tragédia como essa nunca ocorra em São Paulo. Nós temos que distribuir melhor a energia pelas atividades que são de responsabilidade da prefeitura. Temos concentrado R$ 300 milhões na

“É preciso mudar o foco da Operação Delegada. Não posso gastar R$ 300 milhões só para combater o comércio irregular.” “O sistema de transporte da capital é mais moderno hoje graças ao PT. Ao trabalho das ex-prefeitas Luiza Erundina e Marta Suplicy.”

de moradias por meio da PPP (parceria público-privada) do centro, por exemplo. O Minha Casa, Minha Vida entra com R$ 76 mil, a prefeitura com R$ 20 mil e o governo estadual completa com até R$ 50 mil. Parceria inédita para moradia. A pessoa passa pelo bolsa aluguel e depois segue para uma dessas novas moradias. Prefeito, o contrato de inspeção já foi questionado pela Justiça e pela Procuradoria Geral do Município, e o senhor já chamou a empresa de ficha suja. Não é o caso de romper esse contrato? Não posso fazer isso para jogar para a torcida porque a prefeitura será penaliza-

da no futuro. Mas tenho razões fortes para investigar. Abrimos três processos administrativos, mas temos de dar amplo direito de defesa à empresa [Controlar], sob pena de a Justiça reverter a decisão. Há fortes indícios de que houve fraude na integralização do capital da empresa que faz a inspeção. Se isso ficar comprovado, o contrato será rompido. Além disso, há uma tese na Procuradoria Geral do Município de que o contrato já expirou. Em 60 dias teremos uma decisão. O sr. conversou com o governador sobre a adoção de um programa de inspeção estadual? Disse ao governador que não é racional controlar a

poluição em um único município. O projeto da inspeção já nasceu equivocado. A lei federal só o autorizou em municípios com mais de três milhões de veículos. Só faltou colocar o nome da cidade de São Paulo no projeto. Isso não existe. O sr. determinou um corte de 20% nos contratos de todas as secretarias. Já foi feito um diagnóstico da situação dos contratos após o senhor determinar a revisão? Sim, já houve redução na Saúde, Esportes. Sem detrimento dos serviços prestados por essas pastas. Existe gordura para queimar? Foram dados reajustes no

ção vai atuar à noite. Não no policiamento ostensivo, mas ajudando a prefeitura. A PM vai para bairros perigosos, vulneráveis.

Guarda Civil e na Operação Delegada unicamente para o combate ao camelô e deixamos de lado outras funções importantes.

E os GCMs? Isso vai acontecer quando os equipamentos públicos passarem a funcionar à noite. Cada secretaria decidirá o cronograma.

Como avalia o caso do desabamento de uma obra na Liberdade, no qual uma pessoa morreu? Estamos apurando.

Qual o efetivo hoje da GCM? Cinco mil guardas, mas boa parte do efetivo atua na parte administrativa. E quantos são os PMs da Operação Delegada? São 3,5 mil homens. Mas há um equilíbrio entre o número de GCM e de PMs da Operação Delegada nas ruas. Há algum projeto específico para a GCM? Hoje ela parece, um pouco, um enfeite. Isso está em curso. Toda ação do Roberto Porto [secretário de Segurança Urbana] é nesse sentido. Dar novas funções para a GCM. A primeira é de registrar todas as ocorrências, os pequenos furtos de bicicleta, celular, relógio. Eu quero um

Mas o sistema de fiscalização da prefeitura também não falhou? Essa é a apuração que estamos fazendo. E a tarifa de ônibus, sobe mesmo em junho? Para colaborar com o combate à inflação, adiamos o quanto pudemos a data do reajuste. Fixamos junho. E o percentual já foi acertado? Ainda não. Mas vamos cumprir o compromisso de nunca aumentar acima da inflação acumulada. Foi acertado com o governo um aumento na mesma data das tarifas do metrô, CPTM e do ônibus? Não. Não há esse acordo. O Bilhete Único Mensal sairá mesmo em

novembro? A adoção do Bilhete Único Mensal se dará em duas etapas. O cadastramento começa em abril. Assim resolvemos a parte tecnológica. A segunda entra no pacote da concessão do sistema de transporte, que será licitada a partir de junho. O bilhete mensal entrará nessa nova licitação do serviço em São Paulo. O governo estadual participa desse processo de adoção do Bilhete Único Mensal? O Metrô está na mesa com a SPTrans participando da discussão da adoção do Bilhete Único Mensal. Quais exigências serão feitas? Existe uma preocupação com a reação dos empresários que hoje atuam no sistema? O sistema hoje é mais moderno. Graças ao PT, aos governos Erundina e Marta. O empresário sabe que vamos investir em corredores e tecnologia, o que será bom para eles também. É preciso dar um novo salto agora. Em oito anos, perdemos 50% da velocidade nos corredores. É preciso reverter essas situação. O PT foi o partido que mais investiu em transporte na cidade de São Paulo nos últimos anos. Podem ocorrer mudanças nas restrições impostas aos caminhões pelo ex-prefeito Gilberto Kassab? Agora não. A decisão do ex-prefeito Kassab foi correta. Não há outra forma de fazer. Você restringe e depois vai estudando os ajustes necessários. A medida foi correta. A renegociação da dívida vai sair? Vai. Conversei com o presidente do Senado, com líderes na Câmara. A meta é trocar o índice de reajuste. Com a medida, Estado e município poderão ter um folêgo de R$ 6 bilhões. Nesses dois primeiros meses o senhor fez muitas reuniões e ficou mais na prefeitura. Agora, pretende ir mais para a rua? Sou uma pessoa que vem de uma escola de planejamento. Foi assim no Ministério da Educação. É preciso planejar o governo no início. É isso que estou fazendo. Aproveitei meu tempo para mergulhar no planejamento estratégico. Quatro anos passam rápido. Como diz o ex-presidente Lula, só não passa rápido para a oposição. METRO


|06|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Obras do trecho norte do ª Rodoanel começam na 3 Transporte. Última fase permitirá que anel viário seja finalizado. Novo trecho deve ficar pronto em 2016 e terá ligação exclusiva para o aeroporto de Cumbica. Investimento é de R$ 3,9 bilhões março do próximo ano. O investimento é de R$ 3,2 bilhões. A via terá 43,5 km. A construção do trecho é de responsabilidade da SPMar. A empresa foi a vencedora da concessão para operar o trecho sul e, em troca, teve de arcar com a implantação do Leste. O trecho norte será construído pelo governo do Estado, via Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.). O contrato de R$ 3.9 bilhões foi assinado em fevereiro com a empresa vencedora da licitação para as obras. Serão 44 km de estrada. A via terá uma ligação exclusiva de 3,6 km para o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Política. Secretaria das Mulheres é lançada

Centro. Fonte terá vidro antivandalismo

ROD. RAPOSO TAVARES

A

. AY R

NN ON SE A

MARG. TIETÊ

Diadema

Ferraz de Vasconcelos São Caetano

Rodoanel Trecho Leste

A IE T

Taboão da Serra

ROD

T

TR

CH

GIS . R É RT ROD U C N O BI T E

17 mil caminhões por dia serão retirados da região metropolitana com a conclusão do Rodoanel, de acordo com o governo do Estado.

DU

São Paulo Osasco

RA

N D. A

GERALDO ALCKMIN

V IA

RO

“O Rodoanel é uma das obras viárias mais importantes, que, quando concluída, ligará o Porto de Santos ao Aeroporto de Guarulhos.”

ROD. P RES. C A STE LO BR ANCO

DU T

Guarulhos

FERNÃO DIAS

Rodoanel Trecho Oeste

ROD. IMIGRANTES

A fonte monumental da praça Júlio de Mesquita, no centro, que está em reforma, será reinaugurada neste mês. Para tentar evitar vandalismo, a Secretaria da Cultura, responsável pela fonte, decidiu cercar o local com vidro. A restauração da fonte teve início em agosto do

V IA

PIN RG. HEI R OS MA

Na véspera do dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, o prefeito Fernando Haddad (PT) lançou ontem a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres. A secretária, Denise Motta Dau, assumiu o cargo com o foco em diminuir a violência doméstica e assédio sexual. Em entrevista ao “Estado de S. Paulo”, Denise disse que um dos objetivos é criar uma política de prevenção ao assédio sexual dentro do transporte coletivo. No ano passado, pelo menos duas mulheres foram vítimas de estupro dentro do metrô. No Rio de Janeiro, foi criado um um vagão exclusivo para mulheres nos horários de pico para evitar esses ataques. Vítimas de assédio no transporte público, podem pedir auxílio ligando para o número 180. METRO

METRO ABC

Construção começa na terça-feira

Rodoanel Trecho Norte

O governador Geraldo Alckmin disse ontem que as obras do trecho norte do Rodoanel terão inicío na terça-feira. A afirmação foi feita durante visita às intervenções no trecho leste, em Ribeirão Pires. A parte norte será a última do anel viário, que teve o primeiro trecho, o Oeste, inaugurado em 2002. A finalização do Rodoanel está prevista para 2016, interligando as principais rodovias do Estado. O principal objetivo da obra é servir como alternativa aos caminhões que trafegam hoje pela região metropolitana. Com o início das intervenções na terça-feira, será a primeira vez que dois trechos são construídos simultaneamente. As obras no leste tiveram início no final de 2011 e devem ser entregues em

VANESSA SELICANI

RODOANEL

Com o trecho Norte, anel viário ficará completo

Santo André

São Bernardo

Rodoanel Trecho Sul

Em construção

ano passado a um custo de R$ 412 mil. A reforma inclui a limpeza do mármore, resgate do sistema de tubulação original e a colocação de partes que desapareceram, como as conchas de bronze que ornavam a peça e foram roubadas - elas foram substituídas por réplicas de resina. METRO

Batman e Patatá param a 23 de Maio

Fonte será reinaugurada neste mês | VICTOR MORIYAMA/FOLHAPRESS

Fantasiados de Batman e de palhaço Patatá, dois homens desceram de rapel o viaduto Santa Generosa, na avenida 23 de maio, em protesto contra a violência e a falta de professores no Estado. Eles ficaram pendurados por cerca de uma hora e meia e colocaram faixas no viaduto. A PM e a CET tiveram que interromper o trânsito na avenida para retirá-los. Os manifestantes foram autuados por provocar tumulto e conduta inconveniente. | SILVA JUNIOR/FOLHAPRESS


|08|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Com chuva, temperatura 0 cai 10 C em duas horas Temporal. Ruas da Pompeia, na zona oeste, ficaram alagadas na tarde de ontem. Cidade só deixou o estado de atenção às 16h A forte chuva registrada ontem na capital fez com que a temperatura registrasse uma queda de 100C em cerca de duas horas. Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), a temperatura era de 29ºC quando, por volta das 12h, a chuva começou. Às 14h, os termômetros marcavam 19ºC. Os bairros da zona norte foram os mais prejudicados pelo temporal. Na Casa Verde, houve alagamento na avenida Antonio Munhoz Bonilha, em ambos os sentidos, na altura da rua Susana de Gois. Por volta das 15h, CGE registrava cinco pontos de alagamento: um na zona norte, dois na zona oeste e dois no centro, todos tran-

15 pontos de alagamento foram registrados ontem. Viaduto Antártica ficou fechado. sitáveis. No centro, a avenida Prestes Maia, no sentido Santana, ficou intransitável. O mesmo ocorreu na rua Newton Prado, na altura da avenida Castello Branco. Na zona oeste, o viaduto Antártica ficou alagado em ambos os sentidos. A chuva também deixou ruas da Pompeia submersas, entre elas a Turiassu, que ficou completamente intransitável. A água surpreendeu pedestres que passavam pe-

lo local. O viaduto Antártica teve o trânsito interrompido em ambos os sentidos. A zona leste também enfrentou problemas por causa da chuva de ontem. Ruas do bairro de São Miguel ficaram bloqueadas por quase duas horas. A cidade deixou o estado de atenção para alagamentos por volta das 16h. Previsão Segundo previsão do CGE, o calor deve continuar pelos próximos dias, com pancadas de chuva no final da tarde. Hoje, a mínima deve ficar na casa dos 20ºC e a máxima deve chegar a 31ºC. No sábado, o tempo continua quente. A máxima pode chegar a 33ºC METRO

Pedestre tenta fugir de alagamento na rua Turiassu, na Barra Funda, na tarde de ontem| EDSON LOPES JR./FOLHAPRESS


|10|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Defesa tenta conseguir pena menor para Bruno Julgamento. Um dia depois de ex-goleiro admitir que Eliza Samudio foi assassinada, advogado diz que Promotoria não tem provas

Bruno é interrogado durante o quarto dia de julgamento | RENATA CALDEIRA/TJMG

A cabeça baixa a todo momento denunciava um homem acuado. A fala empostada e recheada de frases de efeito do promotor Henry Vasconcelos reforçavam o semblante desesperançoso do goleiro Bruno Fernandes, em seu quarto dia de julgamento pela morte de Eliza Samudio. A defesa do goleiro tentou se sustentar desqualificando as provas do processo em uma tentativa de obter uma pena menor para o ex-goleiro. Ele sustentou, ainda, que o Ministério Público produziu provas com base no que vinha sendo divulgado sobre o caso pela imprensa, mesmo ciente de que Bruno havia admitido a morte de Eliza e reproduzido a primeira versão dada pelo primo Jorge Rosa à polícia. Se por um lado a promotoria explorou o tom convicto das acusações para convencer os jurados, a defesa se valeu de encena-

“Eliza não veio [a Minas] passear não, minha gente. Ela veio com a cabeça estourada.” PROMOTOR HENRY VASCONCELOS

çãoP. Em dado momento, o advogado Lúcio Adolfo da Silva entregou vendas pretas aos jurados e justificou: “A Justiça é cega, mas espero que os senhores não sejam”. O defensor de Bruno chegou a incentivar o corpo de jurados a se recusarem a fazer o julgamento, com o argumento de que o caso permanece em investigação. Silva sustentou que, pelo fato de existir um inquérito paralelo para investigar a participação dos policiais José Laureano de Assis, o Zezé, e Gilson Costa no assassinato de Eliza, Bruno não deveria ser julgado agora. “O Zezé pode vir aqui depois e contar ou-

tra história”, afirmou. Ao retomar a palavra, a acusação rebateu a defesa e afirmou que os defensores do goleiro impediram que o primo dele, Jorge Rosa - o mesmo que recentemente deu uma entrevista sobre o caso à Rede Globo - comparecesse ao tribunal para depor. Para conquistar os jurados, a promotoria manteve o tom enfático para relatar a dinâmica do crime, que consta nos autos com base no relato de Jorge Rosa, além de explorar os telefonemas trocados entre os acusados e fotografias queimadas de Bruninho. “Nem isso o Bruno respeitou”, criticou. Já ao final da argumentação, o promotor mencionou as festas que o goleiro disse ter participado depois do crime. “Eles foram festejar a morte de Eliza”. Até o fechamento desta edição, o julgamento ainda não havia terminado. METRO BH

Promotor acusa ex-goleiro de ligação com o tráfico As declarações dadas por Bruno Fernandes em seu depoimento foram um prato cheio para o promotor Henry Wagner Vasconcelos reforçar o tom enérgico de sua argumentação para convencer os jurados a condenarem o réu. Além dos crimes que pesam contra o goleiro no processo, o promotor trouxe à tona acusações relacionadas ao tráfico de drogas. Vasconcelos afirmou que Bruno chefiava o tráfico de drogas no bairro Liberdade, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. Afirmou ainda que o goleiro tinha ligação com Antônio Francisco Bonfim Lopes, o “Nem da Rocinha”, considerado um dos maiores traficantes do Rio de Janeiro. Em plenário, acusou ainda o réu de emprestar dinheiro a presos para que eles comprassem drogas. METRO BH

Promotor Henry Wagner Vasconcelos | RENATA CALDEIRA/DIVULGAÇÃO TJMG


|14|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Estados vão ao STF para reaver royalties Petróleo. Com a derrubada dos vetos, as bancadas do Rio, SP e ES se mobilizam para entrar com novas ações no Supremo. Ministro diz que Corte pode dar prioridade aos julgamentos Os governos do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo decidiram ir ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra a derrubada dos vetos dos royalties do petróleo, aprovada na madrugada de ontem no Congresso. Após uma sessão tumultuada, o Congresso derrubou os vetos da presidente Dilma Rousseff à lei que muda a divisão dos royalties do petróleo no país. Estados produtores perderão receita com o novo modelo, que propõe uma divisão mais igualitária dos recursos, beneficiando Estados não produtores de petróleo. Os royalties são um percentual do lucro obtido pelas empresas de exploração repassado aos Estados produtores como compensação pelo uso de recurso natural. Pela regra atual, os grandes produtores ficam com 26,25% desse montante enquanto os demais levam apenas 1,76%. Em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse ontem que a Procuradoria-Geral do Estado já tem uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) pronta para ingressar no STF contra a derrubada dos vetos. “A posição de São Paulo era favorável à manutenção do veto da presidente. Entendemos que os con-

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO@METROJORNAL.COM.BR

CRIVELLA OFERECE PRB PARA CID ENFRENTAR EDUARDO.

“UM HOMEM DE UMA ÉTICA INATACÁVEL.”

O ministro Marcelo Crivella (Pesca e Aqüicultura) ofereceu o PRB para o governador cearense Cid Gomes (PSB) disputar a Presidência da República em 2014, caso ele rompa com Eduardo Campos, virtual candidato do PSB a presidente. O convite foi feito após o ex-deputado Ciro, irmão do governador, haver alfinetado o pernambucano, dizendo que lhe faltam “estrada e propostas”. Cid nega interesse pelo PRB.

VICE-PRESIDENTE MICHEL TEMER SOBRE O DEPUTADO GABRIEL CHALITA (PMDB-SP)

JOGADA. O PMDB acha

que os irmãos Gomes se afastam de Eduardo Campos para atrair o apoio do PT na disputa pelo governo do Estado, em 2014 .

mesmo da bolsa antimiséria anunciada por Dilma. ‘IMPOSTOR’ USAVA TEMER.

Parlamentares do Rio de Janeiro protestaram ontem em Brasília | FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR

“Vamos tomar medidas muito duras. Temos um conjunto de ações de solidariedade com as petroleiras que serão revistas.” GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL

tratos já assinados devem ter a regra atual. Para o futuro, nas novas licitações

na área de petróleo e gás, deve ser aplicada a regra nova”, disse o governador. Para o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), a decisão levará à falência do Estado e de municípios. “Estamos falando de campos de petróleo leiloados, com contratos assinados. Vamos aguardar a publicação da lei. Assim que ela for materializada, nós vamos ao STF”, disparou Cabral.

Em nota, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), informou que também entrará com uma Adin no STF. Casagrande afirma que assunto foi tratado de maneira “demagógica, superficial e inconsequente” no Congresso. Segundo Casagrande, a mudança nas regras resultará numa perda de R$ 10 bilhões até 2020. O que colocará em risco a capacidade de investimento. METRO

Apesar de protestos, pastor vai chefiar comissão na Câmara A intensa pressão de movimentos sociais e de milhares de pessoas na internet não impediu a eleição do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) para a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Em uma sessão fechada ao público o pastor da igreja Assembleia de Deus recebeu 11 dos 18 votos possíveis. Houve um voto em branco e os demais integrantes da comissão, entre eles o ex-ocupante do cargo, Domingos

Política

Dutra (PT), abandonaram a reunião sem votar. Parlamentar de primeiro mandato, Feliciano é atacado por discursos filmados em cultos e por posts polêmicos no Twitter. Em um deles, Feliciano afirma que os africanos descendem de um ancestral amaldiçoado por Noé. Em sua defesa, o parlamentar se diz mal interpretado e nega ser homofóbico, apesar de também se dizer contra o “ato homosexual”. E foi justamente na web

que surgiu um forte movimento de oposição à eleição de Feliciano. Mais da metade dos votos que elegeram Feliciano vieram de companheiros dele no PSC, que também emplacou a vice presidente da CDH, Antônia Lúcia (AC). Minutos após a confirmação do resultado, foi lançado no site Avaaz um abaixo-assinado pedindo a destituição do pastor do cargo. Graças à mobilização on-line, em poucas horas o documento registrou milha-

res de assinaturas -- já eram mais de 100 mil quando esta edição foi fechada. Como reação, simpatizantes de Feliciano lançaram um contra-ataque no mesmo site, mas, até o fim do dia, não haviam conseguido juntar mais de três mil assinaturas. Muitos partidários do parlamentar apontaram, então, para a possibilidade de uma ‘conspiração e outro abaixo-assinado, esse no site oficial de Feliciano, foi lançado. METRO BRASÍLIA

Cid Gomes | DIVULGAÇÃO

Até parece “O Impostor”, divertido personagem do programa “Pânico na Band”. Mas não tem graça: Pedro Petrere, presidente de um “Sindicato dos Odontologistas de São Paulo”, tem se apresentado como assessor do vice-presidente Michel Temer para ser recebido por autoridades.

CONSENSO. Eduardo Cam-

pos quer o entendimento. Procurou Cid Gomes, segunda-feira, para defender “um projeto de poder” do PSB para 2014.

PENSANDO BEM.... ...“Lin-

TUDO EM CIMA. Eike Batis-

O MISTÉRIO DA ROSA. Faz

ta perde a fortuna, mas não o prestígio no governo: adorador de financiamentos do BNDES, foi recebido por Dilma logo cedo, ontem.

três meses na Polícia Federal a investigação a pedido do deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) sobre suposto depósito de €25 milhões da ex-assessora Rosemary Noronha, num banco em Portugal.

CABRESTO. Deputados do

PMDB e PCdoB receberam preenchidas, das lideranças, as cédulas de votação dos 142 vetos ao projeto dos royalties. INCLUSÃO SINDICAL. Curio-

so o valor do cachê de R$ 70 da CUT para manifestantes de aluguel: é o

coln” e “Simón Bolívar” finalmente se encontraram no funeral de Hugo Chávez.

OLHO GORDO. A comiti-

va do Brasil ao enterro de Chávez em dois jatos da Presidência da República foi a maior entre os 22 países presentes à cerimônia. A hora de voo no AeroDilma nos custa R$ 147 mil.

PODER SEM PUDOR

Aos amigos, tudo Artur Bernardes, que governou Minas Gerais e mandou no Brasil, é o autor de um princípio de hipocrisia  política  até  ho-

je adotado pelos poderosos: - Para os correligionários, tudo. Para os adversários, a lei. Quando possível.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

|15|◊◊

Brasil lidera ranking de mortes por armas de fogo Violência. Média nacional é de 19 assassinatos por tiro a cada 100 mil habitantes, quase o dobro do índice recomendado pela ONU O Brasil lidera o ranking de mortes por arma de fogo entre os 12 países mais populosos do mundo. Segundo o Mapa da Violência 2013, foram registrados 36.792 homicídios por tiros, em 2010. O número é o dobro do México, que aparece em segundo lugar do ranking com 17.561 óbitos. Nos últimos 30 anos, o número de mortos por armas nos últimos 30 anos cresceu 346% no país. Foram 38.892 em 2010, ante 8.710 em 1980. Nesse mesmo período, a população brasileira cresceu 60,3%. Ao todo, nos últimos 30 anos, quase 800 mil pessoas morreram vítimas de disparos. Com uma média de 19 mortes por arma de fogo a

36.792 é o número de mortes por armas registradas em 2010 no Brasil. A quantidade é o dobro da do México. cada 100 mil habitantes, o país mantém o primeiro lugar do ranking que já ocupa há mais de uma década, segundo o coordenador do estudo, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz. O índice recomendado como satisfatório pela ONU (Organização das Nações Unidas) é de 10 a cada 100 mil habitantes. Waiselfisz atribui o alto índice de mortes no Brasil à facilidade de acesso

a armas de fogo, à cultura da violência e aos elevados níveis de impunidade. Segundo ele, o arsenal de 20 armas de fogo nas mãos da população é estimado em 15,3 milhões (6,8 milhões registradas e 8,5 não regis- 15 tradas), comprovando a facilidade e o descontrole no acesso às armas. Entre os Estados, Alagoas aparece em primeiro 0 no ranking de mortos por arma de fogo, com 55,3 a cada 100 mil habitantes. Em seguida vem Espírito Santo, 5 com 39,4, Pará (34,6), Bahia (34,4) e Paraíba (32,8). São Paulo aparece com o quarto melhor índice do país, com 0 uma taxa de 9,3 por 100 mil, atrás de Roraima, Piauí e Santa Catarina. METRO

PAÍSES COM MAIS MORTES

por 100 mil habitantes

19 16,2

9,3 7,8

7,3 5,6

5,4 3,9 0,9

BRASIL

MÉXICO

RÚSSIA

NIGÉRIA

FILIPINAS INDONÉSIA PAQUISTÃO

USA

0,7

BANGLADESH CHINA

0,2

0,01

ÍNDIA

JAPÃO


|16|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Número de Só duas operadoras Estudo. bilionários no Brasil deve de TV paga cumprem crescer 157% em 10 anos meta de reclamações Direito do consumidor. De sete empresas, apenas Net e Vivo conseguiram atingir meta da Anatel no final de 2012. GVT e Sky foram as únicas que tiveram aumento de reclamações Somente as operadoras de serviços de TV por assinatura Vivo e Net conseguiram atingir a meta de reclamações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no fim do último trimestre de 2012. No período, Sky, Claro, Oi, GVT e CTBC ficaram acima da meta da agência reguladora de 0,65 reclamação por mil assinantes. A conclusão é do primeiro relatório de avaliação após a Anatel determinar que as empresas reduzissem o número de queixas de consumidores. Segundo o documento, divulgado ontem, há uma tendência de diminuição no número de reclamações, com exceção das operadoras GVT e Sky, que registraram aumento de queixas no último trimestre de 2012 . A Sky foi alvo de 41,3% das reclamações contra empresas de TV por assinatura. A Net ficou com 22,8%. A Claro TV, terceira mais reclamada, ficou com 16,7%. Os principais motivos de queixas de clientes à Anatel ao longo do ano passado foram as cobranças indevidas (35,5% do total), cancelamentos (19,1%) e reparos (12,7%). Em 28 de novembro, a Anatel anunciou que as operadoras de TV por assinatura que atuam no país teriam prazo de um ano para reduzir

RAIO-X Desempenho da TV por assinatura EMPRESAS QUE TIVERAM RESULTADO ABAIXO DA META DE 0,65 QUEIXAS POR MIL ASSINANTES 4,00 3,50

Net

3,00

Sky

2,50

Claro

2,00

Oi

1,50 1,00

Vivo

0,50

GVT

0,00 nov/12

out/12

CTBC TV

dez/12

DISTRIBUIÇÃO DAS RECLAMAÇÕES* POR ASSUNTO

Outros 13,4% Programação 5,8%

Cobrança 35,5%

Atendimento 6,1%

Cancelamento 19,1%

Oi TV 11% Sky 41,3%

Net 22,8%

FONTE: ANATEL * DE JANEIRO A DEZEMBRO DE 2012

em 35,21% o número de reclamações. A decisão foi tomada após uma série de reuniões entre representantes da Anatel e de empresas de TV paga. Em nota, a Sky informou que está adotando medidas específicas, apresentadas à Anatel em outubro de 2012, para a redução no número de reclamações e es-

pera que resultados apareçam nos próximos meses. Já a GVT disse que as medidas para aperfeiçoamento deste serviço são estruturais, com reflexo significativo no médio e longo prazos e efeito gradual a partir de março A Telefônica Vivo informou em nota que realiza investimentos e pauta suas

ações para garantir a qualidade dos serviços prestados e do atendimento aos seus clientes. A Claro TV disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que não irá comentar o relatório no momento. Até o fechamento desta edição, as demais empresas não haviam se pronunciado. METRO

Chamada de fixo para celular fica mais barata a partir de abril “Diário Oficial”. Os novos valores entram em vigor 30 dias após a publicação, ou seja a partir do dia 6 abril. As operadoras de telefonia Oi (Brasil Telecom), Telefônica, CTBC Telecom, Sercomtel e Embratel terão uma redução de 8,77% no valor das tarifas. A Telemar Norte Leste, pertencente à Oi, terá redução de 18,60%. METRO

COMO FICAM AS TARIFAS Redução a partir de abril CONCESSIONÁRIA

TARIFA NORMAL

TARIFA REDUZIDA

Telemar Norte Leste

0,38502

0,26951

Oi TV

0,38502

0,26951

Telefônica

0,38502

0,26951

CTBC Telecom

0,38502

0,26951

Sercomtel

0,41676

0,29173

FONTE: DIÁRIO OFICIAL

Número de bilionários por país em 2012 EUA 543

A e a ha 149 Rei

U id

149

Í dia 122 R

ia 102

H

g K

g 70

S iça 63 B a i 53 I d

é ia 31

dições, e o Rio fica em 20º, com 1.740. O ranking é liderado por Nova York (7.580), seguida por Londres (6.015) e Tóquio (5.440). METRO

Mercados. Ações de Eike puxam alta da Bovespa O principal índice brasileiro de ações fechou ontem em alta, impulsionado pelo forte ganho de papéis de empresas do bilionário Eike Batista e pelo avanço da Petrobras pelo segundo dia consecutivo. O Ibovespa subiu 1,56%, para 58.846 pontos. Na semana, a bolsa subiu 3,45% e no mês, de 2,48%. No ano, no entanto, ainda acumula queda de 3,46%. As ações da MMX tiveram alta de 17,04%, as da OGX subiram 16,44% e as da LLX, 10,41%. Na quarAquisição

As chamadas de telefones fixos para celulares vão ficar mais baratas a partir de 6 de abril, informou ontem a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). A redução na tarifa vai variar entre 8,77% e 18,60%. Com isso, o minuto da ligação de fixo para celular custará, em média, R$ 0,04 a menos. A tabela com o reajuste foi publicada ontem no

Top 10

CTBC TV 0,6%

Claro TV 16,7%

Instalação 7,4% Reparo 12,7%

POR PRESTADORA Vivo TV GVT 2,8% 4,7%

O Brasil encerrou 2012 com 53 bilionários. Em 2022, serão 136, segundo prevê a pesquisa Wealth Report, da consultoria Knight Frank. O crescimento no número de bilionários esperado para o país, de 157%, é o terceiro maior do mundo, atrás apenas da China (214%) e da Indonésia (190%). Hoje, o país com mais bilionários são os Estados Unidos, com 543 pessoas. Esse número que deve subir para 1.101 em dez anos. Na lista das 30 cidades que devem ter mais ricos no mundo em 2022 – pessoas com US$ 30 milhões ou mais em ativos líquidos –, há duas brasileiras. São Paulo aparece na 9ª posição, com 4.566 pessoas nessas condições em uma década, seguido pelo Rio de Janeiro, com 4.285. Em 2012, São Paulo ocupava a 17ª posição, com 1.880 pessoas nessas con-

1,56% foi a alta registrada pela bolsa de valores, que acumula ganho de 2,48% neste mês ta à noite, a EBX e o banco BTG Pactual anunciaram um acordo para parceria estratégica. A notícia surgiu num momento em que as empresas de Eike enfrentam crescente desconfiança do mercado. METRO Lote residual de IR

Baú não é mais de Silvio Santos

Receita libera consulta hoje

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou ontem sem restrições a aquisição das lojas da rede Baú da Felicidade, do Grupo Silvio Santos, pelo Magazine Luiza. O negócio foi anunciado em junho de 2011 e acertado por R$ 83 milhões, em uma operação que envolveu 121 lojas em São Paulo, Minas Gerais e Paraná. METRO

A Receita Federal libera hoje, às 9h (horário de Brasília), a consulta ao terceiro lote residual de restituições do Imposto de Renda de 2012. Também será liberada a consulta a lotes dos exercícios de 2008 a 2011. As consultas poderão ser feitas por meio da página do Fisco na internet (www.receita.fazenda. goiv.br) ou por meio do telefone 146. METRO


|18|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

COMPARE Rentabilidade com a Selic em 7,25% PRAZO DE INVESTIMENTO

VELHA POUPANÇA*

NOVA POUPANÇA*

CDB 90% DO CDI

FUNDO DI COM TAXA DE 1,5% A.A.

TESOURO DIRETO**

6 meses

3,04%

2,48%

2,48%

2,18%

2,56%

12 meses

6,17%

5,03%

5,20%

4,59%

5,46%

18 meses

9,39%

7,63%

8,18%

7,26%

8,64%

24 meses

12,72%

10,30%

11,08%

9,89%

11,75%

25 meses

13,28%

10,76%

11,92%

10,65%

12,65%

(*) A TR FOI CONSIDERADA ZERO, POIS VARIA DE ACORDO COM A DATA DE ANIVERSÁRIO DA APLICAÇÃO E, ATUALMENTE, A TAXA MÉDIA MENSAL TEM SE APROXIMADO DE ZERO. (**) FOI CONSIDERADO O INVESTIMENTO POR MEIO DE CORRETORAS QUE NÃO COBRAM TAXA DE ADMINISTRAÇÃO PARA APLICAÇÕES NO TESOURO DIRETO

Como ficam as aplicações com a Selic em 7,25% Investimentos. Taxas de administração e impostos cobrados podem fazer a diferença na escolha da nova aplicação financeira Como era esperado pelo mercado, o Banco Central decidiu manter na última quarta-feira a Selic em 7,25% ao ano na última quarta-feira. Com a taxa básica de juros da economia no menor nível da história e tradicionais aplicações rendendo menos, taxas e impostos podem fazer a diferença na escolha dos investimentos. No atual cenário, o Tesouro Direto continua sendo a aplicação de maior rentabilidade, independentemente do prazo da aplicação. A exceção é poupança antiga, que continua com ganho de 6,17% ao ano para depósitos até 3 de maio do ano passado. Em doze meses, o Tesouro apresenta um rendimento de 5,46%. A rentabilidade supera os ganhos das aplicações como a nova poupança, fundo de renda fixa com taxa de administração de 1,5% e CDBs que pagam 90% do CDI.

Para aplicar no Tesouro, o investidor, no entanto, deve ficar atento à cobrança do IR (Imposto de Renda), o prazo da aplicação, além de taxas de custódia, de negociação e de administração. Já no caso da poupança não há incidência de IR. No entanto, com a Selic em 7,25% ao ano, ela perde para os CDBs que pagam mais de 90% do CDI, em função do imposto de renda cobrado. Os fundos de renda fixa precisam cobrar no máximo 0,7% de taxa de administração ao ano para serem mais vantajosos que a caderneta de poupança em qualquer prazo de aplicação. Mas é necessário destacar que somente quem tem muito dinheiro para investir consegue taxas de administração menores nos fundos de renda fixa. Quanto mais longo o prazo e maior o valor a ser investido, melhor será o ganho da aplicação. METRO

Indústria. Crescimento é o maior em três anos A produção industrial brasileira cresceu 2,5% em janeiro sobre dezembro, acima do esperado e na maior expansão mensal em quase três anos. No entanto, o resultado ainda é insuficiente para consolidar uma retomada da atividade. Na comparação com janeiro de 2012, a produção cresceu 5,7%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado mensal de janeiro é o mais expressivo desde março de 2010 (3,4%). Para o governo, o desempenho de janeiro confirma que a economia iniciou 2013 mais forte. Segundo uma fonte da equipe econômica, a avaliação é de que não são mais necessárias grandes medidas de estímulo. O bom resultado, no

2,5% foi a alta da produção em janeiro. Apesar de ficar acima das expectativas, analistas dizem que é cedo para falar em retomada entanto, ainda não animou totalmente os analistas, já que o setor vinha de períodos ruins. “Com certeza haverá uma trajetória melhor para a indústria comparado com 2012, mas vai continuar sendo crescimento menor que a média da economia, puxando PIB para baixo”, afirmou à agência “Reuters” o economista sênior do Espírito Santo Investment Bank, Flávio Serrano. METRO COM AGÊNCIAS


|20|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Chávez será embalsamado Venezuela. Corpo do presidente ficará no Museu da Revolução, em Caracas, ‘para que o povo possa vê-lo eternamente’ Nem em sua província natal, como chegou a ser divulgado, nem no Panteão Nacional, como queriam alguns correligionários. O corpo do presidente Hugo Chávez ficará exposto em uma urna de vidro no Museu da Revolução, em Caracas. “Vamos embalsamar o corpo de Chávez para que o povo possa vê-lo eternamente”, anunciou o vice-presidente, Nicolás Maduro, em cadeia nacional. “Comandante, leve nosso abraço a Simón, a Allende, a Che. Povo venezuelano, vão ver Hugo Chávez. É seu comandante, ele pertence a vocês”, disse. A comoção pela morte do líder bolivariano levou ao menos 2 milhões de pessoas à Academia Militar, na capital venezuelana. Uma fila de mais de três quilômetros se formou ainda na noite de quarta-feira, atravessou a madrugada e todo o dia de ontem. As pessoas chegaram a esperar até 9 horas para se despedirem de Chávez. O presidente estava vestido com um uniforme militar e uma boina vermelha, semelhante à que usou em um discurso de 1992. Na Na Itália

Berlusconi é condenado Um tribunal italiano condenou o ex-premiê Silvio Berlusconi a um ano de prisão, devido à divulgação, em um de seus jornais, de uma conversa telefônica sigilosa. “É impossível tolerar uma perseguição judicial deste tipo, que já existe há 20 anos”, limitou-se a dizer Berlusconi, que ainda pode pedir a revisão da sentença. METRO COM AGÊNCIAS Em zoológico

Leão mata estagiária Autoridades investigam a morte de uma estagiária em um zoológico de Fresno, na Califórnia. Dianna Hanson foi atacada por um leão africano e morreu com as patadas dadas pelo animal. Em 2010, também nos EUA, uma orca matou uma treinadora do SeaWorld. METRO

Líderes latino-americanos acompanham as homenagens | MIRAFLORES/DIVULGAÇÃO

Dilma chega a Caracas para acompanhar velório

Seguidores aguardavam até 9 horas para se despedirem do líder bolivariano | MARIANA BAZO/REUTERS

ocasião, após um golpe fracassado, Chávez deu impulso à sua carreira política. Os venezuelanos tinham apenas alguns segundos para dar adeus a Chávez, que estava em um caixão de madeira simples, com tampo de vidro, envolto em flores e em uma bandeira da Venezuela.

Infarto O chefe da guarda presidencial, José Ornella, contou à agência Associated Press que Chávez morreu devido a um “infarto fulminante”, já com a saúde muito debilitada. Na entrevista, Ornella também disse que o presidente não queria partir. “Não podia falar, mas

disse com os lábios: ‘Eu não quero morrer, por favor não me deixem morrer’”, lembrou o militar. Ornella não deu informações sobre o tipo de câncer que afetou Chávez. Os chavistas sempre guardaram segredo sobre a doença, dizendo apenas se tratar de um tumor na região pélvica. METRO

A presidente Dilma Rousseff chegou na tarde de ontem à capital venezuelana. Dilma foi recebida pelo ministro de Relações Exteriores, Elías Jaua. Ela deve ficar no país até o fim da tarde de hoje. Na comitiva presidencial, estão também o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o chanceler Antonio Patriota e o governador da Bahia, Jaques Wagner. O ex-deputado José Dirceu tentou obter autorização do Supremo Tribunal Federal para acompanhar a delegação brasileira, mas

o pedido foi negado. Marco Aurélio Garcia, assesor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, também não viajou, mas por problemas de saúde. Todos devem participar de uma cerimônia fúnebre, marcada para as 11h de hoje. Segundo o governo venezuelano, 33 chefes de Estado estarão presentes na homenagem, entre eles, o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad. Quinze países decretaram luto pela morte de Chávez. METRO COM AGÊNCIAS

‘Eleitorado’ está completo, mas não há data para conclave O último cardeal eleitor chegou ontem à tarde ao Vaticano. O vietnamita Pham Minh Man, o 115º religioso que vai escolher o novo papa, participou da segunda reunião do dia, a sexta preparatória para o conclave. A chegada do cardeal vietnamita aumentou as expectativas para a definição da data do conclave. Alguns religiosos querem que a votação comece logo, enquanto outros preferem estender a fase de consultas. O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, informou que as reuniões de ontem foram sobre a situação financeira da Igreja. O assunto é um dos mais delicados para a Cúria Romana: há três anos, a Justiça italiana abriu uma investigação contra dois diretores do Banco do Vaticano, por suspeita de lavagem de dinheiro. A instituição tem um patrimônio de 5 bilhões de euros.

Regime divulgou imagens de soldados em treinamento | KCNA/REUTERS

Teste nuclear. ONU aprova sanções contra a Coreia O cardeal vietnamita Pham Minh Man (à esq.), último a chegar |TONY GENTILE/REUTERS

Silêncio O Vaticano também voltou a evidenciar o mal estar pelo vazamento de detalhes das reuniões pré-conclave. Informações pipocaram na imprensa italiana, mesmo com a orientação da Santa Sé aos cardeais para que não falassem com jornalistas.

“Se alguém sabe quem está violando isso, é preciso dizer”, afirmou Lombardi. “Cabe ao Colégio de Cardeais assumir sua responsabilidade e se adaptar ao código de conduta. Estamos contando com a moralidade e a responsabilidade das pessoas”, disse. METRO

O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) aprovou, por unanimidade, o aumento das sanções contra a Coreia do Norte. As medidas são uma resposta ao teste nuclear realizado pelo regime norte-coreano em fevereiro. O teor das restrições foi debatido ao longo de três semanas, principalmente entre os Estados Unidos e a China. O país asiático é um

tradicional aliado de Pyongyang e tem poder de veto no Conselho de Segurança. Com o acordo, as potências mundiais vão limitar as transferências de dinheiro e as exportações de artigos de luxo à Coreia do Norte. A ideia é atingir os altos membros do regime. Mais cedo, o governo norte-coreano havia ameaçado fazer um “ataque nuclear preventivo” contra os EUA. METRO


|22|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

A ‘epidemia oculta’ de violência Gênero. Apesar de décadas de campanhas de sensibilização, a agressão contra as mulheres é generalizada, mesmo em países ricos Em um dia de janeiro, na Guatemala, seis mulheres e duas meninas foram assassinadas. “Eu não consigo achar uma explicação”, diz Rosa Franco, cuja filha Maria Isabel, de 15 anos, foi morta. “Eu acho que um traficante pediu para sair com ela, mas ela se recusou.” Bem-vindo ao mundo do século 21, onde um terço das mulheres será vítima de violência pelo menos uma vez na vida. Mas talvez o mais desconcertante é que isso não é exclusividade de países em desenvolvimento. Na Suécia, 46% das mulheres já foram vítimas de algum tipo de agressão. “A violência contra as mulheres é uma epidemia oculta, e oculta é uma palavra muito importante”, observa Ann Veneman, ex-diretor executivo do Unicef. A maior parte dos abusos ocorre dentro de casa, pelas mãos de namorados ou maridos. “Essa violência, muitas vezes, tem um componente psicológico, o que torna mais

“O homem carrega dentro de si a violência. Todo ser humano usa a agressão, mas talvez as mulheres tenham sido educadas para usá-la menos. Precisamos de cursos sobre como ser homem”

Proporção de mulheres que foram sujeitas a violência por seus parceiros (maridos, noivos, namorados) ao menos uma vez na vida

PROBLEMA GLOBAL Uma em cada três mulheres será espancada ou estuprada durante a vida, e isso não é exclusividade de países em desenvolvimento

10%

12 9 10 11 8 14 13 16 17

1

MARKKU HEISKANEN, ESPECIALISTA 2

difícil de medir”, diz Markku Heiskanen, especialista europeu em violência doméstica. Mas há boas notícias. Casas de abrigo para mulheres estão sendo construídas, mesmo em países onde a violência contra elas é tolerada. Na Índia, o estupro de uma jovem levou a protestos sem precedentes. “Isso mostra que, com ação, a sociedade pode mudar as coisas”, diz Heiskanen. (leia mais sobre o Dia Internacional da Mulher nas páginas 29 a 41) METRO INTERNACIONAL

50%

4

15

23

18 3

22 7

5

21 20

24

19

25

6

26

ASSÉDIO SEXUAL

GRÁFICO: MIA KORAB FONTE: UN STATISTICS DIVISION

1 ESTADOS UNIDOS 2 COSTA RICA 3 COLÔMBIA 4 EQUADOR 5 PERU 6 CHILE 7 BRASIL 8 REINO UNIDO 9 HOLANDA 10 DINAMARCA 11 ALEMANHA 12 FINLÂNDIA 13 POLÔNIA 14 REPÚBLICA TCHECA

100% 15 RÚSSIA 16 ITÁLIA 17 TURQUIA 18 EGITO 19 ETIÓPIA 20 UGANDA 21 REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO 22 CAMARÕES 23 CHINA 24 BANGLADESH 25 AUSTRÁLIA 26 NOVA ZELÂNDIA

TRÁFICO DE SERES HUMANOS

40-50%

30-40%

das mulheres na União Europeia sofreram algum tipo de assédio no trabalho ou tiveram que lidar com um avanço sexual não desejado

das asiáticas foram vítimas de assédio sexual no trabalho

83% das estudantes de escolas públicas norte-americanas, entre 12 e 16 anos, vivenciaram algum tipo de assédio sexual

80%

79%

das cerca de 800 mil pessoas traficadas todos os dias são mulheres

delas se tornam vítimas de exploração sexual


SÃO PAULO Sexta-feira, 8 de março de 2013

DESEJO REVELADO Psicóloga explica por que os olhos delas brilham por certos objetos. Laerte sobe no salto e fala sobre a escolha de ser mulher. PÁGS 32 E 34


32

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

ESPECIAL

Razões do desejo Comportamento. De onde vem o fascínio que as mulheres sentem por sapatos, chocolates, bolsas e maquiagens? Comprar é bom, claro, mas definitivamente não é só isso... “Na nossa sociedade as vitrines são absolutamente sedutoras”. Talvez a frase da psicóloga e mestre em Sexologia Clínica pela UGF (Universidade Gama Filho) Iracema Teixeira seja uma das explicações para o comportamento da maioria das pessoas dian-

te de uma opção de compra e de um cartão de crédito. Que compramos é inegável, mas o que há por trás dos nossos maiores objetos de desejo? O que eles simbolizam para as mulheres e fazem pela nossa imagem diante da sociedade? É isso que tentamos desven-

dar. Iracema alerta, no entanto, que, apesar de haver explicação para nossas atitudes, é preciso ter uma vida coerente com a própria realidade. “O mais importante é escolher entre viver pelo consumo ou com sumo, ou seja, com consistência”. METRO

Chocolate Neste caso a explicação é científica, garante a profissional. “Como o chocolate tem uma substância química que age principalmente no humor, nos rendemos a ele. Aliás, aos doces em geral, que afetam diretamente nosso bem-estar”.

Sapatos Segundo Iracema, o sapato é um fetiche para grande parte das mulheres. “Eles são pontos de sedução, sobretudo os de salto, eles garantem uma melhora da autoestima. Por isso muitas mulheres têm mais sapatos do que precisam”. Historicamente, os sapatos representam o status das pessoas. Desde a aristocracia medieval, eles foram usados para deixar evidente a posição social e a individualidade de cada um. Na China, o hábito das mulheres de usar sapatos muito pequenos também está relacionado ao seu lugar na sociedade. Para os chineses, quanto menor o pé feminino, maior seu status.

Bolsas Para Iracema Teixeira a paixão das mulheres por bolsas está mais ligada a uma boa autoimagem do que a uma questão psicológica. “Nós, mulheres, buscamos um visual que seja agradável aos nossos olhos e aos olhos dos outros”. Segundo ela, é por isso que buscamos sempre coordenar as bolsas com o que estamos vestindo.

Maquiagem Assim como no caso dos sapatos, a maquiagem também está ligada à sedução. “Houve um aumento muito grande no consumo de cosméticos e o foco é criar uma imagem atraente, que estimule a admiração. Não é só a questão da atracão sexual, mas também da admiração. Até porque quanto mais uma pessoa estiver arrumada maior a imagem de competência ela vai passar”.

Joias No caso das joias, a questão do status fica ainda mais evidente. Embora os joias em ouro possam ser vistas como investimento atualmente, o interesse por peças desse metal valioso jamais deixaram de ser relacionados a estética ou a vaidade.


34

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

ESPECIAL

FABIO GUINALZ/FOTOARENA

Não é só o visual feminino que chama a atenção em Laerte desde que se assumiu como transgênero, em 2010, e adotou abertamente o cross-dressing. Ao responder ao telefone um sonoro “É ela”, quando peço para falar com Laerte, mostra apenas o primeiro sinal de que, para ela, ser mulher é uma questão de escolha. Já li em alguns lugares que você gosta de usar o nome Laerte e que usa o nome Sonia apenas com amigos mais próximos. Ainda assim, você se sente mais feminina quando as pessoas te tratam por Sonia? Não. O nome Sonia eu elaborei porque estava criando uma pessoa feminina para os clubes aos quais estava me filiando. A pessoa transgênera assume o feminino, mas não é essencialmente necessário usá-lo. Existem algumas pessoas que usam o nome masculino, como o Léo Áquila, por exemplo. E eu queria lembrar que existe uma senhora chamada Laerte Soares de Oliveira, que foi primeira-dama em São Bernardo. Então Laerte também é um nome feminino. E o que mais te fascina neste universo feminino? A inexistência dele. A minha convicção é de que o masculino e o feminino são construções sociais. A beleza de poder me sentir feminina é poder exercer a liberdade implícita neste gesto, de não aceitar passivamente os cânones da cultura bigênero. “Você nasceu com a genitália XX você é assim. Você nasceu com a genitália XY você é assado.” Me sinto feliz pelo poder do que significa transgredir. Fora isso, ser feminina me exprime muito melhor. Gosto muito das roupas, dos sapatos. Aliás, algumas pessoas comentam seu estilo de se vestir. Talvez esperassem uma mulher mais atraente, menos tradicional? O que o fez escolher esse estilo? Tudo são modelos. Um homem quando assume o desejo transgênero e procura se expressar no repertório feminino, vai atrás de modelos. Ele usa familiares, atrizes, referências do que é feminino e isso varia muito e ao mesmo tempo é um processo dialético porque você precisa exprimir a si própria. É uma busca, uma construção e a possibilidade de combinações é muito grande. Posso escolher uma saia, por exem-

‘É ELA’: LAERTE Em entrevista exclusiva ao Metro, o cartunista fala sobre a importância da liberdade de expressão, os prazeres de se mostrar como mulher e sobre temas como moda, envelhecimento e violência contra as mulheres

‘SER FEMININA ME EXPRIME MELHOR’ plo, e começar a montar todo o visual pela saia ou pela meia-calça (risos). E e o fato de você ter se mostrado como Sonia, faz com que você sinta a sua sensualidade mais aflorada ? O que aconteceu foi que uma área da minha percepção que estava neutralizada pela falta de costume tornou-se alvo de atenção. Antigamente, o ato de me vestir era muito mecânico, não incluía nenhuma escolha. Agora, esse ato passou a ser objeto de uma atenção diferente, o que é enriquecedor. O ato de caminhar, por exemplo, é um ato de

uma verdade muito grande que a gente não coloca reparo. Quando você coloca o salto alto, andar se torna outra coisa, que envolve todo o corpo. O fato de estar de salto me fez perceber o movimento do meu corpo. As pessoas me perguntam se é desconfortável usar salto alto. E eu digo que me obriga a ter um equilíbrio diferente, mas não é desconfortável. Agora quase me fez reavaliar a vontade de usar salto. Acho que deve mesmo ser questão de escolha. Dentro da cultura de gêneros, as mulheres são obrigadas a

usar salto. É igual a menina ter a orelha furada com poucos meses de vida. Ela nem escolhe aquilo. Eu estava vendo uma revista de moda infantil e as meninas estavam todas com as orelhas furadas e os meninos vestidos como ‘homenzinhos’. É uma coisa horrível e as pessoas relutam em reconhecer o quanto isso é obsessivo. Um pouco dentro desse aspecto, uma questão que preocupa bastante as mulheres é a da longevidade, principalmente por causa da aparência. Como você vê isso? Vejo como a construção complexa que é a cultu-

ra de gêneros. Para mim, o inferno é a pessoa se enquadrar nessa cultura, que estabelece o poder aos homens e a beleza às mulheres. Isso não existe. É uma mentira vendida permanentemente pela publicidade. Repetindo tanto que as pessoas não ousam pensar diferente. Outro assunto que é motivo de preocupação para a sociedade é a questão da violência contra as mulheres. Como transgênero, você sente que a sociedade ainda é muito sexista com relação ao tema? Se a gente ficar só na ponta da vítima, do agredido,

a gente vai ser obrigada a criar departamento para as vítimas. Mas se você colocar o foco no agressor, vai observar que o impulso de chegar à vítima não se distingue tanto assim. Não estou negando que exista uma violência atípica contra as mulheres. Estou dizendo que o agressor tem que ser localizado, identificado e que é necessário especificar o cunho da agressão. Se foi machismo, preconceito, violência e assim por diante. PATRÍCIA GUIMARÃES METRO SÃO PAULO


36

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 08 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

ESPECIAL

Profissão blogueira Mulheres na rede. Elas só queriam expor suas ideias para as amigas, mas, com o tempo, perceberam que tinham um poder muito maior nas mãos: o da comunicação. Veja quem são as blogueiras que ditam tendências e fazem sucesso na internet ELIANE QUINALIA

8/3 2013

Ditando tendências

Quem são elas:

Luiza Gomes é publicitária e deixou a carreira corporativa para se dedicar ao Eu Capricho - blog de moda que começou em 2007 e que hoje recebe mais de 1 milhão de visitas por mês.

“Ser blogueira é fazer o que amo, trabalhar muito e não ter férias.” LUIZA GOMES, 28 ANOS

Julia Petit começou o seu blog, Petiscos, em 2007. De lá para cá, muita coisa mudou. O blog virou site, mas manteve sua linguagem informal e ela passou a apresentar um programa de TV.

“Como internauta compulsiva, achei que um blog seria uma boa ideia.” JULIA PETIT, 40 ANOS

Camila criou o Garotas Estúpidas, em 2006 e, em 2012, seu blog foi eleito o 8º mais influente do mundo pelo site Signature 9. Em 2010, ele também foi citado pela Vogue Paris.

Cris Guerra, 42, é publicitária, escritora, cronista e modelo do seu próprio blog de moda, o Hoje Vou Assim | FOTOS: DIVULGAÇÃO

Ser blogueira está na moda. Yoani Sánchez, a cubana que passou a criticar a ditadura de seu país na internet, que o diga: ganhou até reconhecimento internacional com o “Generación Y”. Bem menos experiente, mas nem por isso menos corajosa, a estudante catarinense Isadora Faber, 13 anos, também encontrou seu espaço na rede para registrar o que a incomoda na escola. A ex-garota de programa Rachel Pacheco também ficou famosa na web, particularmente no Brasil: em 2003, ela criou um blog para contar as aventuras sexuais que viveu como Bruna Surfistinha. O sucesso do seu blog foi tanto que, em 2005, sua história virou livro [O doce veneno do escorpião] e, mais tarde, inspirou o filme protagonizado por Deborah Secco.

Mas não só problemas, sexo e política costumam render uma boa audiência na web. Outros temas como o amor, a dor, a moda e tudo que envolve o universo feminino também. A blogueira Cris Guerra, de 42 anos, por exemplo, começou o blog “Para Francisco”, em 2007, após a morte de seu marido. “Eu estava grávida e queria expor o que eu estava sentindo. Queria desabafar, explicar dois sentimentos opostos e simultâneos vividos pela viúva e mãe, no caso, eu”, conta Cris, que logo depois criou um outro blog, o Hoje Vou Assim. “Foi um impulso. Fui ao trabalho com uma roupa que gostei e tirei uma foto para eternizar o momento. Foi ali que passei a postar meus looks diários”. Hoje, Cris não trabalha mais como redatora publicitária, agora dedica-se ao blog e

escreve crônicas, além de uma coluna sobre moda. “Tudo mudou, me tornei uma formadora de opinião, fiquei conhecida e a publicidade passou a vir atrás de mim”, diz. Quem também passou a ser assediada pela publicidade foi a blogueira do Eu Capricho, Luiza Gomes. “Nunca fui trás deles. Para mim, o dinheiro nada mais é do que o fruto do trabalho e dedicação de quem tem um blog”, explica a jovem, que não abre o seu orçamento atual, mas o blog já lhe rendeu R$ 4,5 mil por mês. Quando começou, Luiza queria apenas usar melhor o seu tempo. “Pesquisava temas que eu tinha dúvida, como combinar certas roupas, cores e estilos. Apos poucos, as minhas dúvidas viraram posts e, depois, comecei a gostar mesmo do assunto”.

“Criei o blog para dividir com as amigas as novidades.” CAMILA COUTINHO, 24 ANOS

Visite também: * Blog da Thássia (www.blogdathassia.com.br) * Eu Capricho (www.eucapricho.com) * Garotas Estúpidas (www.garotasestupidas.com) * Hoje Vou Assim (www.hojevouassim.com.br) * Julia Petit – Petiscos (juliapetit.com.br) * Super Vaidosa (www.supervaidosa.com)


38

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

ESPECIAL

(Não) pare de tomar a pílula Contracepção contínua. Uso de anticoncepcionais ‘sem pausa’ não faz mal. Intervalo só é necessário em caso de sangramento Os tempos mudaram e a maneira como as mulheres passaram a lidar com o próprio corpo também. Agora, elas não querem mais ficar menstruadas com tanta frequência e fazem qualquer negócio - até tomar pílulas de uso contínuo - para prorrogar seus ciclos e se livrar das enxaquecas e dos incômodos sintomas da TPM (Tensão Pré-Menstrual). E os números comprovam essa teoria. Segundo um estudo brasileiro de 2007, que consultou a opinião de 420 mulheres, 30% informaram que não gostariam mais de menstruar. Outras 40% disseram que até gostariam, mas em intervalos maiores, conforme aponta Achilles Cruz, médico es-

“Falar que precisa menstruar para ‘limpar’ o organismo não é racional. Não existe isso.” ACHILLES CRUZ, MÉDICO GINECOLOGISTA

pecialista em ginecologia e obstetrícia pelo Hospital das Clínicas da FMUSP. Mas muitas ainda acreditam que a menstruação precisa ocorrer regularmente, afinal, elas têm medo de prejudicar o organismo ao impedir o sangramento mensal - o que é um mito. “O uso contínuo do anticoncepcional não faz mal à saúde. A mulher só precisa fazer a pausa quando tiver pequenos ‘escapes’ de sangue”, explica o médico.

Segundo ele, nestas pacientes o ideal é que a pausa seja feita a cada 4 meses ou imediatamente durante o escape, por de 3 a 5 dias. “Depois ela deve retomar o uso contínuo normalmente”, orienta. Cruz diz que os efeitos adversos da pílula estão relacionados aos componentes e não ao período de uso. “O hormônio não acumula no corpo. Quem tiver que desenvolver uma doença, a terá com o sem o uso contínuo do medicamento”. Como todo tratamento, este também deve ser feito com acompanhamento médico. ELIANE QUINALIA METRO SÃO PAULO

Segundo especialista, uso contínuo da pílula não afeta negativamente o organismo | IMAGE SOURCE/IAN HOOTON


40

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

ESPECIAL

Seria impossível fazer uma lista deinitiva sobre as melhores personagens femininas no cinema, nem teríamos essa pretensão. Mas nos lembrar dessas inspiradoras, loucas, sonhadoras e apaixonadas é uma delícia. Vá juntando a estes dez títulos a injustiçada ‘Tess’, a doce menina na emocionante busca pessoal de ‘A Viagem de Chihiro’, a vingativa noiva guerreira de ‘Kill Bill’, a incrível ‘Gilda’, a impressionante Raimunda de ‘Volver’... ELIANE QUINALIA

Belle de Jour (A Bela da Tarde)

1

No filme francês, Catherine Deneuve interpreta uma jovem rica e infeliz, que procura um discreto bordel para realizar suas fantasias e conseguir o prazer que não deixa o seu marido lhe dar. Enquanto de tarde ela trabalha como prostituta, à noite ela retoma a vida de casada. METRO

Lançamento: 1967, França Direção: Luis Buñuel Com Catharine Deneuve, Jean Sorel, Michel Piccoli, Genivièvi Page e outros. Gênero: Drama

Vicky Cristina Barcelona

4

A Caixa de Pandora

Lançamento: 1929, Alemanha Direção: Georg Wilhelm Pabst Com Fritz Kortner, Louise Brooks e Francis Lederer Gênero: Crime, Drama, Romance

O longa-metragem mudo e em p&b retrata a história de Lulu (a linda e emblemática Louise Brooks), que mata o seu marido, Peter Schön (Fritz Kortner), durante uma discussão por ciúmes. Condenada a cinco anos de prisão, ela até consegue fugir do tribunal, mas ao tentar deixar o país, passa a ser chantageada por seus amigos, que ameaçam entregá-la à polícia. METRO

Diabolique

Lançamento: 1996, EUA Direção: Jeremiah S. Chechik Com Sharon Stone, Isabelle Adjani, Chazz Palminteri, Kathy Bates, Spalding Gray Gênero: Suspense

2

Telma e Louise

Baseada no longa de 1955 Les Diaboliques, do diretor Henri-Georges Clouzot, a trama retrata a história da esposa e amante que unem forças para assassinar o próprio parceiro, o diretor do colégio Guy Baran (Chazz Palminteri). O problema é que o plano dá errado e, agora, elas precisam entender o que aconteceu. METRO

6

Duas amigas estão de férias em Barcelona quando, em um jantar, conhecem Juan Antonio (Javier Bardem) - que tem uma relação problemática com sua ex-mulher. Ambas as amigas se interessam por ele, desencadeando um delicado e complicado “quadrado” amoroso. METRO

10 Na telona elas são eternas. E adoráveis, claro

Decidida a se casar com um milionário, a garota de programa nova-iorquina Holly Golightly (Audrey Hepburn) vê seus planos tomarem outro rumo ao conhecer um jovem escritor bancado pela amante. Apesar do interesse por Paul, Holly reluta em se entregar a um amor que contraria seus objetivos de tornar-se rica.

8 Mulheres (8 Femmes)

Após o assassinato de Marcel (Dominique Lamure), em uma casa de campo, oito mulheres são obrigadas a se confrontar para entender o que ocorreu. São suspeitas a esposa do falecido, a socialite Gaby (Catherine Deneuve), a mãe, a irmã Augustine, as filhas, Suzon e Catherine e também a cunhada de Gaby, Pierrette e as empregadas da família. METRO

METRO

3

Lançamento: 1991, EUA Direção: Ridley Scott Com Susan Sarandon, Geena Davis, Brad Pitt e outros. Gênero: Aventura

5

Mulheres à beira de um ataque de nervos

Numa cobertura na Espanha, mulheres chegam ao limite. Enquanto Pepa tenta encontrar seu amante, Candela procura refúgio na casa da amiga. Para piorar, a ex de Ivan, Lucia, se junta ao grupo e confessa que planeja matá-lo. METRO

Lançamento: 1988, Espanha Direção: Pedro Almodóvar Com Rossy de Palma, María Barranco, Chus Lampreave, Antonio Banderas e outros. Gênero: Comédia dramática

Todas as mulheres do mundo

7

Paulo (Paulo José) é um jornalista boa vida que passa o tempo paquerando mulheres nas praias cariocas. Um dia ele encontra o seu verdadeiro amor: Maria Alice (Leila Diniz). Apaixonado, Paulo enfrenta o dilema de desistir de todas as mulhe-

Lançamento: 1967, Brasil Direção: Domingos de Oliveira Com Leila Diniz, Paulo José, Flávio Migliaccio, Joana Fomm e outros Gênero: Comédia, Drama, Romance

Bonequinha de Luxo

88 9 Lançamento: 2001, França Direção: François Ozon Com Isabelle Huppert, Emmanuelle Béart e Catherine Deneuve Gênero: Comédia, Policial

Lançamento: 2008, EUA Direção: Woody Allen Com Scarlett Johansson, Rebecca Hall, Javier Bardem e Penélope Cruz. Gênero: Comédia, drama

Cansadas da vida monótona que levavam, a garçonete quarentona Louise Sawyer (Susan Sarandon) e sua amiga, a jovem dona-de-casa Thelma Dickinson (Geena Davis) deixam tudo para trás e pegam a estrada rumo à uma inesquecível aventura. A viagem teria tudo para ser um sucesso, se não fosse por um detalhe: o crime em que ambas acabam se envolvendo. METRO

O pecado mora ao lado (The Seven Year)

Lançamento: 1961, EUA Direção: Blake Edwards Com Audrey Hepburn, George Peppard, Patricia Neal e outros Gênero: Comédia dramática

Richard Sherman (Tom Ewell) é um homem casado, que prova da experiêcia de ficar sozinho quando sua esposa sai de férias. Mas resistir à tentação não é tão fácil quando se tem como vizinha uma bela e sensual jovem (Marilyn Monroe) que sonha ser atriz. METRO

10 Ficha Técnica Lançamento: 1956, EUA Direção: Billy Wilder Com Marilyn Monroe, Tom Ewell, Evelyn Keyes e outros Gênero: Comédia


|42|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

2 CULTURA

Um perdido Oz (James Franco) é amparado pela bruxa Theodora (Mila Kunis) em “Oz, Mágico e Poderoso” | DIVULGAÇÃO

Muito antes de Dorothy Estreia hoje. Prelúdio ao clássico com Judy Garland, novo longa conta como mágico picareta virou maioral em Oz Há de se admitir: é preciso coragem para colocar a mão no universo do clássico “O Mágico de Oz” (1939), musical de Victor Fleming (1889-1949) que catapultou a carreira de Judy Garland (1922-1969). Foi com esse ímpeto que a Disney resolveu levar adiante a produção de um prelúdio às aventuras de Dorothy mesmo diante de uma avalanche de narizes tortos. Depois de uma investida mal-sucedida na versão de Tim Burton para “Alice no País das Maravilhas” (2010), o estúdio se muniu de um material humano de alto quilate para tentar criar um potencial novo sucesso em torno das histórias de L. Frank Baum (1856-1919). E não é que conseguiu?

“Oz: Mágico e Poderoso”, que estreia hoje, conquista justamente por se colocar à distância de seu predecessor, evitando comparações. Dirigido por Sam Raimi (responsável pela primeira franquia “Homem-Aranha”), o longa conta como o mágico vigarista Oscar Diggs (James Franco) saiu do Kansas

e se tornou rei da terra de Oz – não sem antes ter de lidar com o séquito de bruxas que toma conta do lugar: Theodora (Mila Kunis), Evanora (Rachel Weisz) e Glinda (Michelle Williams). Ao tomar como protagonista um mágico de moral duvidosa, o longa já dá seu primeiro passo diferencial.

Sai a menina inocente que só queria voltar para casa e entra um homem já adulto absolutamente contemporâneo, que se divide entre o certo e o errado e se esconde atrás de truques ao mesmo tempo em que faz uma jornada de transformação pessoal. A grande questão do lon-

Mais Oz “O MARAVILHOSO MÁGICO DE OZ” L. FRANK BAUM SALAMANDRA 176 PÁGS. R$ 38,50

O diferencial desta edição são as belas ilustrações de Carlo Giovani, feitas com fotos de recortes e dobraduras.

“O MÁGICO DE OZ” DIR.: VICTOR FLEMING WARNER R$ 40 (BD)

É provável que você queira rever o clássico após assistir a esta nova produção. O Blu-ray dele chega às lojas dia 21.

“DOROTHY OF OZ” DIR.: WILL FINN E DAN ST. PIERRE LANÇAMENTO NOS CINEMAS AINDA EM 2013

A animação mostra Dorothy (voz de Lea Michele) de volta a Oz, onde encontra seus amigos cheios de problemas.

ga, no fundo, tem a ver com a própria condição do cinema: o que importa, no fim, não é retratar o real, mas saber criar o espetáculo, a ilusão de ótica… Enfim, a magia. Apesar da complexidade dessa discussão, o filme consegue ainda manter seu forte apelo infantil – mesmo que, dessa vez, abdique das canções. Há humor, bons efeitos especiais e um uso tradicional do 3D, com imagens escapando da tela em direção ao espectador. Com tudo isso, a expectativa é que o estúdio consiga reaver facilmente os US$ 200 milhões investidos na produção. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

DIVULGAÇÃO

Gustavo Dudamel

Ingressos à venda O regente vem acompanhado da Orquestra Sinfônica Simón Bolívar e se apresenta nos dias 6 e 7 de abril, às 21h, na Sala São Paulo (pça. Júlio Prestes, 16, tel.: 3367-9500). As entradas começam a ser vendidas hoje e custam entre R$ 140 a R$ 390, pelo site ingressorapido.com.br.

MICHELLE WILLIAMS “Vi uma drag me imitando no YouTube e pensei: ‘Essa p* está melhor do que eu!’”

“O Mágico de Oz” é bastante popular entre drag queens. Você já viu alguma interpretação drag de algum papel seu? Quando eu estava fazendo “Sete Dias Com Marilyn”, vi uma no YouTube de uma drag e tive que parar dez segundos depois porque fiquei revoltada. Saí praguejando: “essa p* está melhor que eu! Eu nunca vou fazer tão bem quanto ela!” (risos) . É reconfortante ver você em “Oz”, um filme tão… Feliz? (risos) Nos últimos anos, seus filmes foram sérios e severos. Foi uma escolha consciente

fazer algo mais leve? “Sete Dias com Marilyn” foi muito difícil para mim e me fez sentir um peso na alma. O cerne de quem ela era me afetou muito, então, pessoalmente, eu procurava algo que não fosse ter esse custo pessoal. Para mim, escolher um papel é como escolher sobremesas. Então, minha decisão se baseia mais no fato de eu me ver encaixada no personagem do que no caráter grandioso, pequeno, leve ou sombrio de um roteiro. Estou surpreso de ouvir que você tem tantas sobremesas quanto roteiros. Não trabalhei desde este filme, isso dá mais ou menos

um ano. Foi uma escolha consciente, eu definitivamente queria tirar um tempo para mim. “Oz”demorou para ser feito, e eu gosto da minha vida e me custa ficar longe da minha família. Uma colega disse ter evitado reassistir a “O Mágico de Oz” para não ser influenciada. Você fez o mesmo? Não, porque eu tenho uma filha, então já vi bastante o filme. Mas, ao mesmo tempo, eu sabia que Sam [Raimi] falava sério ao pedir para a gente não recriar o original, tanto por não achar que essa seria a melhor abordagem quanto pelos direitos autorais, né? (risos) METRO INTERNACIONAL


|44|

{CULTURA}

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

Violência é motor de ‘Killer Joe’ Estreia hoje. Matthew McConaughey conta por que quase recusou papel de assassino Quando Matthew McConaughey leu pela primeira vez o roteiro de seu mais novo filme, “Killer Joe – Matador de Aluguel”, ele teve imediatamente uma reação bastante negativa (ênfase no “bastante”). “Lembro de jogar o texto no lixo e de ter ido tomar banho”, admite. “Mas algumas pessoas com quem trabalho e cuja opinião eu respeito leram ao mesmo tempo e, quando conversamos depois, disseram que amaram.” Foi assim que o ator foi persuadido a dar uma nova chance ao roteiro baseado em uma peça de Tracy Letts. “Eles riam do humor, e eu não conseguia entender por que era engraçado”, lembra ele. “Esperei dois dias até poder digeri-lo e li de novo e me vi dando risinhos, depois risadas, e foi aí que comecei a perceber o que havia de hilário ali. Daí conversei com o diretor William Friedkin (de “O Exorcista”) por uma hora. Ele foi tão preciso sobre o que queria e sobre o tom que queria abordar... Foi aí que entrei no projeto.” McConaughey estrela como o Joe do título, um detetive frio e calculista de Dallas que faz bicos como pistoleiro de aluguel. O desafio para o ator foi encontrar a humanidade de um

“Alguns diriam que Joe tem um senso de disciplina meio torto, mas a violência dele vem da falta de ordem dos outros personagens.” MATTHEW MCCONAUGHEY, ATOR

personagem que parece apenas uma ameaça fria. “Tinha coisas dele que eu gostava e que peguei para trabalhar. A pegada dele é estrutura, é ordem. Se ele não tem isso, sai dos trilhos e lida com as situações no melhor modo justiceiro de ser”, diz o ator. “Alguns diriam que ele tem um senso de disciplina meio torto. Não é exatamente olho por olho. A violência de Joe vem da falta de ordem dos outros personagens.” Sem revelar muito, o clímax do filme envolve um uso perturbador de uma coxa de frango assado – uma cena que facilmente será a mais comentada na saída do cinema. Mas será que seu protagonista teve o apetite alterado de alguma forma por causa ela? “Para dizer a verdade, eu me tornei ainda mais fã da coisa agora”, diz ele com um brilho nos olhos. NED EHRBAR METRO INTERNACIONAL

Bem-vindo ao Texas

Ator voltou às origens

plica ele. “Quando você ouve violência doméstica no vizinho, você simplesmente cuida da sua vida.” “Killer Joe” é ainda um proAinda assim, o ator acrejeto de Matthew McCodita que é algo mais positinaughey situado em seu vo – uma tendência à contaTexas natal – e não necesção de histórias – que torna sariamente um que pinta o sua região um set tão popumelhor retrato do Estado. lar. “Há algo ali que faz surMas por que o Sul dos EUA gir bastante drama bom”, continua a ser terreno fértil diz. “Lá há muito mais o hápara thrillers e contos sobre bito de sentar na frente de o que há de pior na nature- casa vendo o dia passando e za humana? “Você encontra fazendo um resumo do que por aqui um medo tipo o acontece. Onde cresci, o de ‘O Iluminado’, que é ‘gri- jantar se resumia a isso. Era te o mais alto que puder, a hora de contar histórias.” ninguém vai ouvi-lo’”, exMETRO INTERNACIONAL

Em “Killer Joe – Matador de Aluguel”, Matthew McConaughey divide a cena com Emile Hirsch, Thomas Haden Church e Juno Temple | DIVULGAÇÃO


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|44|◊◊ |45|◊◊

Dustin Hoffman estreia na direção com comédia Em cartaz. Com atores veteranos tarimbados, ‘O Quarteto’ mostra dia a dia de cantores de ópera aposentados em um retiro de artistas

Tom Courtenay e Maggie Smith vivem um casal de cantores que se reencontra numa casa de repouso | DIVULGAÇÃO

Você o descobriu em “A Primeira Noite de Um Homem” (1967) e o viu ganhar dois Oscars com suas atuações em “Kramer vs. Kramer” (1979) e “Rain Man” (1988). Mas, apesar de viver tantas facetas diferentes como ator, Dustin Hoffman não havia ousado, até então, trocar de papel também no set de filmagens. A situação muda agora com “O Quarteto”, comédia que marca sua estreia na direção. Com a chegada do longa aos cinemas, ele faz uma espécie de acerto de contas com o passado, já que sua primeira incursão na tarefa havia sido em 1978, quando assumiu o duplo papel de ator e diretor em “Liberdade Condicional”. Ocorre que, alguns dias após o início do projeto, Hoffman desistiu de ficar atrás das câmeras e passou o bastão para o cineasta Ulu Grosbard. Para esta nova aventura, ele optou pelo roteiro cheio de leveza do dramaturgo

Ronald Harwood e escalou importantes estrelas veteranas do cinema britânico. A trama se passa em uma casa de repouso para músicos aposentados, onde, todos os anos, é feito um concerto para celebrar o aniversário de Verdi e arrecadar fundos para a manutenção do instituto. O cotidiano do lugar se abala com a chegada da eterna diva Jean (Maggie Smith), ex-mulher de um dos moradores da casa, Reginald (Tom Courtenay). A presença da cantora desperta lembranças amargas nele, que vai se deparar com a necessidade de um acerto de contas quando o tal concerto solicita que eles e os amigos Wilf (Billy Connolly) e Cissy (Pauline Collins) reencenem um emblemático quarteto de “Rigoletto” que marcou época. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Estreias no cinema

“Amigos Inseparáveis”

“A Parte dos Anjos”

[EUA, 2012], de Fisher Stevens. Com Christopher Walken, Alan Arkin e Al Pacino. Golpistas idosos juntam velhos comparsas para uma última noite de trapaças, quando um deles deve executar o parceiro.

[Reino Unido/França/Bélgica/ Itália, 2012], de Ken Loach. Com Paul Brannigan. Após uma vida de crimes, Robbie e seus amigos têm dificuldade de mudar de vida, mas uma bebida vai ajudá-los.

“Amor É Tudo o Que Você Precisa”. [Dinamarca/Suécia/

“Mulheres Africanas – A Rede Invisível”. [Brasil,

Itália/França/Alemanha, 2012], de Susanne Bier. Com Pierce Brosnan e Trine Dyrholm. Traída pelo marido, uma cabeleireira que perdeu os cabelos para um câncer, encontra um viúvo na Itália.

2012], de Carlos Nascimbeni. O documentário busca traçar o perfil da nova mulher africana através de depoimentos de cinco ícones femininos deste continente.


|46|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

Interação entre a moda e a arte Exposição. Sesc Belezinho apresenta mostra internacional gratuita com obras e instalações criadas por estilistas e artistas Criada em 2010 por Cecilia Dean, co-fundadora da revista Visionaire, e pelo jornalista de arte e moda David Colman, a exposição MOVE! foi exposta no espaço PS1, do MoMA (Museu de Arte Moderna), de Nova York, e chega amanhã ao Sesc Belenzinho. Com colaboração de Antonio Haslauer, a reedição da parte interativa da exposição ganha a inclusão de alguns trabalhos, além de performances inéditas de artistas brasileiros e estrangeiros. O conceito do MOVE! é aproximar ainda mais a moda da arte, principalmente com a interação do público. Logo na entrada do Sesc, uma instalação de Ricardo de Castro e Dudu Bertholini, com placas de madeira serão adesivadas pelo próprio público. Na performance “Splash”, a pessoa entra em uma cabine e é banhada, usando uma peça da estilista Cynthia

Obra “Splash”, de Olaf Breuning e Cynthia Rowley | DIVULGAÇÃO

Rowley. Há ainda a instalação “Pose”, onde o público é fotografado com roupas de estilistas e as imagens se transformam em “estampas”. PAULO BORGIA

Serviço No Sesc Belezinho (r. Padre Adelino, 1.000, tel.: 20769700). De amanhã até 19/3. De ter. a sex., das 11h às 21h30; sáb. e dom., das 10h às 20h. Grátis

METRO SÃO PAULO

O Metro indica

Show Jards Macalé. Músico faz show em comemoração aos 70 anos com apresentação gratuita. Antes do espectáculo haverá a exibição do documentário “Jards”, dirigido por Eryk Rocha. No Auditório Ibirapuera (av. Pedro Álvares Cabral, s/n, tel.: 3629-1075). Domingo, às 17h. Grátis (retirar ingresso 90 min. antes da exibição do filme). Jonas Brothers. Grupo que estourou em 2007 vem ao país para apresentar seus hits e músicas do novo álbum, que sai ainda este ano. No Credicard Hall (av. das Nações Unidas, 17.955, tel.: 2846-6010). Domingo, às 20h. De R$ 45 a R$ 500.

diversas apresentações. Entre os nomes, Blubell, Caixa do Ódio, Isca de Polícia, Os Mulheres Negras, entre muitos outros. No Teatro Oficina (r. Jaceguai, 520, tel.: 3106-2818). Amanhã e domingo, às 17h. R$ 62. Jorge Cabeleira. Grupo que estava separado há 11 anos retorna para nova turnê. No Sesc Belenzinho (r. Padre Adelino, 1.000, tel.: 20769700). Amanhã, às 21h. R$ 24.

Teatro Senhorita Julia. Grupo Tapa estreia peça com nova versão do texto de August Strindberg, escrito em 1887. No Espaço Viga (r. Capote Valente, 1.323, tel.: 3801-1843). Ter., qua., qui. e sáb., às 21h; sex., às 21h30; dom., às 19h. R$ 40.

Artes

El Grande Con(s)erto. Show para arrecadar fundos para reforma do restaurante e bar Casa de Francisca terá

1a Feira Plana. Evento tem foco na troca e venda de publicações independentes em diversos formatos. Na programação haverá ainda show da banda Objeto Amarelo. No MIS-SP (av. Europa, 158, tel.: 21174777). Grátis.

Exposição Sala de Espera + Obra. A instalação de Carlito Carvalhosa e a exposição de fotografias de Mauro Restiffe marcam a abertura do anexo original do MAC. No MAC-USP (av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, tel.: 30913039). A partir de amanhã até 8/9. De ter. a dom., das 10h às 18h.

Série Spartacus: War of the Damned. Terceira e última temporada da série épica estreia hoje com exclusividade no serviço On Demand. No Muu (www.muu.tv).

Game Tomb Raider. O evento de lançamento do game, marcado inicialmente para a Fnac Paulista, foi transferido para a Fnac Morumbi. Na Fnac Morumbi (av. Roque Petroni Júnior, 1.089, tel.: 3206-2000). A partir das 10h. Grátis.


|48|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Limusine com corpo de Chorão é acompanhada por cortejo em Santos até o cemitério | FRED CASAGRANDE/METRO SANTOS

Chorão é enterrado em Santos Adeus. Em clima de comoção, fãs, amigos e familiares se despedem do vocalista O corpo de Alexandre Abrão, o Chorão, foi sepultado na tarde de ontem no cemitério Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos. Uma limusine transportou o corpo do músico da Arena Santos, onde acontecia o velório, e passou pela pista de skate de Chorão e também pelo estádio do Santos, seu time de coração. No cemitério, apenas amigos e familiares puderam entrar. A ex-mulher do cantor, Graziela Gonçalves, foi ao velório e sua chegada causou tumulto. Familiares diziam que ela seria a culpada pela morte de Chorão – eles se separaram no ano passado, após 15 anos casados. Ontem, no Instituto Médico Legal, Graziela se desentendeu com Ricardo Abrão, irmão do vocalista. Graziela deixou uma carta para Chorão no site oficial do Charlie Brown Jr. No texto, ela chama o vocalista de “meu melhor amigo” e “meu grande amor infinito”. “Como você me disse da última vez que nos falamos, eu também vou te amar para sempre, sempre, sempre...”, escreveu. Outro nome próximo do músico era o motorista Kleber Atalla. Ele foi o primeiro a encontrar o corpo de Chorão e não quis afirmar o que pode ter acontecido. “O que posso dizer é que ele usava reméMúsica

“Como você me disse da última vez que nos falamos, eu também vou te amar para sempre.” GRAZIELA GONÇALVES, EX-MULHER DE CHORÃO

dios controlados para dormir e costumava beber. Essa mistura infelizmente pode ter sido fatal”. O corpo de Chorão foi encontrado em sua casa às 4h30 de quarta-feira. De acordo com relatos da equipe médica que tentou socorrê-lo, ele estava de bruços no chão da cozinha, com as mãos machucadas e já sem vida. O apartamento estava revirado, sujo e com vestígios de sangue. O delegado Itagiba Franco, do Departamento de Homicídios, disse que o músico já estaria morto pelo menos desde às 12h de terça-feira. A polícia ainda encontrou bebida alcoólica e um pó branco, mas não foi confirmado se a substância seria droga. Em duas semanas será divulgado o resultado do exame toxicológico que vai apontar se há evidências substâncias no corpo de Chorão. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

Saúde

Daniel Johnston cancela show que faria amanhã

Emílio Santiago continua internado após sofrer AVC

Foi cancelada a apresentação que o cantor faria na noite de amanhã, no Beco 203, dentro do Popload Gig. A produção do músico diz que Johnston teve problemas de saúde e, em nota, o cantor disse que espera voltar logo. As pessoas que compraram ingressos serão reembolsadas integralmente. METRO

O cantor foi internado no Hospital Samaritano, no Rio, na manhã de ontem. A assessoria do hospital informou que ele sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) e está sedado, mas consciente na UTI. Emílio, que tem 66 anos, deverá permanecer na UTI pelo menos até amanhã e passará por exames. METRO


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

|53|◊◊ Leitor fala

Receita Minuto Metrô

DANIEL BORK BORK@METROJORNAL.COM.BR

MUSSAKÁ COM IOGURTE

Cruzadas

Quem necessita e precisa do transporte público sabe exatamente o que encontra todos os dias. Não tem um dia que não aconteça falha no sistema do metrô. Ao que parece, são sempre os mesmos problemas, o que torna a vida dos seus usuários um verdadeiro caos. MARCOS BARBOSA – SÃO PAULO, SP

(Lasanha de Berinjelas) Esta receita é um espécie de “mimo”, do tipo que podemos levar conosco naquele encontro especial de família, onde cada integrante leva sua especialidade. De origem grega, ela tem história. Em especial a versão que ofereço hoje, que foi gentilmente cedida pela Kiki, uma senhora grega da Ilha de Chios, próxima a Atenas, que mantém esta Mussaká como tradição em sua família!

Violência Passo todos os dias pelo complexo viário Maria Maluf por volta das 7h e das 19h. A sensação é de total insegurança, já que a pouca iluminação e o congestionamento pesado no local facilita a ação dos bandidos. Como as aulas já começaram, a maior parte das vias tem congestionamentos, e fica difícil escolher uma rota alternativa para desviarmos desses assaltos. A polícia deveria mais do que depressa agir e fiscalizar com mais rigor a região para inibir a ação desses bandidos. DENIS DOS SANTOS BASTOS – SÃO PAULO, SP

Metro Pergunta

Ingredientes Mirepoix: 3 colheres (sopa) de manteiga 1 talo de alho-poró picadinho 1 talo de salsão em cubinhos 1 cenoura em cubinhos Recheio: 3 berinjelas grandes fatiadas na longitudinal Azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto 250 g de mussarela ralada Refogado: ½ kg de lombo suíno moído ½ kg de patinho moído 1 tablete de caldo de carne

Apenas duas operadoras de TV por assinatura cumprem meta de reclamações. Você acha que elas fazem um bom serviço?

2 latas de tomate pelado 1 pitada de açúcar 250 ml de vinho tinto seco Noz-moscada, pimenta síria e sal a gosto Creme Béchamel de Iogurte: 3 colheres (sopa) de manteiga 3 colheres (sopa) de farinha ½ litro de leite 2 potinhos de iogurte natural (340 g) Sal, pimenta-do-reino e noz-moscada a gosto

@henrique_leite

Sudoku

Nenhuma faz um bom serviço. Estamos acostumados com tanta má qualidade que aceitamos o “ruim” pra não ficar com o “horrível”. @bruna_carolina

Não sabemos como seria um melhor serviço então aceitamos a qualidade que temos, nos acostumamos. O tal do “é o que tem pra hoje”.

Cobertura: 250 g de mussarela ralada

@rehmont

Acho que essas duas conseguiram cumprir a meta porque as pessoas têm pregiça de reclamar pelo tempo que se fica esperando para ser atendido e o problema não ser resolvido.

Modo de preparo Para o mirepoix doure na manteiga os legumes até ficarem macios. Então coloque o vinho para deglacear, e após os itens ficarem macios acrescente as carnes e o restante dos ingredientes. Cozinhe este molho por 30 minutos em fogo médio e reserve. Para o recheio, corte as berinjelas, tempere com sal, pimenta e grelhe dos dois lados. Reserve. Para o creme, derreta a manteiga em uma panela, coloque a farinha, misture até começar a ficar de cor amarronzada e coloque aos poucos o leite, misturando sem parar com um foue. Quando estiver bem cremoso, coloque o iogurte, misture, acerte os temperos e reserve. Monte sua Mussaká intercalando em um refratário as berinjelas, o refogado de carne, a mussarela e o creme. Finalize polvilhando mussarela e leve ao forno quente até dourar levemente.

Horóscopo

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

Metro web Para falar com a redação:

leitor.sp@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Procure se ligar na sua espiritualidade, os estresses dos últimos dia podem estar deixando você exausto demais e necessitado de reabastecer as suas energias.

Leão (23/7 a 22/8) Dia de conclusão de trabalhos e projetos

Sagitário (22/11 a 21/12) Esperanças e fé renovadas, dia de acre-

que já estão se tornando cansativos por demais. Procure amenizar as cobranças e renegociar todos os seus prazos.

ditar mais em si mesmo e sair da rotina para dar vazão aos seus desejos e ambições. Momento de renovação pessoal.

Touro (21/4 a 20/5) Mantenha-se firme só mais um pouquinho. Mudar acordos ou desistir de certas vantagens só se realmente estiver valendo muito a pena, senão, fique na sua.

Virgem (23/8 a 22/9) Contatos com pessoas que pensam diferente e que têm a imaginação muito avançada poderão ajudar a abrir a sua mente para coisas que você não está percebendo.

Capricórnio (22/12 a 20/1) Por mais que você tente resistir algumas mudanças são obrigatórias e não há mais com voltar o tempo para poder reviver as coisas como eram antigamente.

Gêmeos (21/5 a 20/6) Recompensas e boa sorte oriundas da sua dedicação a estudos ou trabalhos importantes. Agora já é possível relaxar ao lado dos amigos e da pessoa amada.

Libra (23/9 a 22/10) Novos interesses despertando a sua atenção, pessoas ou negócios muito mais atraentes fazendo o seu dia muito mais animado. Bom momento para o relacionamento.

Aquário (21/1 a 19/2) Está na hora de se livrar do excesso de respon-

Câncer (21/6 a 22/7) Vontade de inovar e de se libertar de compromissos que ainda não querem se libertar de você. Vai ser preciso suportar um pouco mais de pesos nos ombros.

Escorpião (23/10 a 21/11) Evite abandonar demais os seus so-

Peixes (20/2 a 20/3) Viagens e negócios com pessoas distantes

nhos por objetivos que não lhe tragam a devida satisfação pessoal. Não coloque certas ambições acima da sua felicidade.

favorecidos. Momento de descontração e bons contatos que poderão lhe ajudar a relaxar ao lado de pessoas alegres.

sabilidades para você poder se divertir e fazer coisas que realmente lhe tragam mais alegria e empolgação.


|54|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Arbitragem e bolas na trave param o Tricolor Empate. São Paulo sai na frente, mas sofre gol em pênalti duvidoso no Pacaembu

ESPORTE Paulistão 11ª rodada HOJE 19H30

U. BARBARENSE

X BRAGANTINO 19H30

OESTE

X XV PIRACICABA

AMANHÃ 18H30

PENAPOLENSE

X PAULISTA 18H30

CORINTHIANS

X ITUANO 18H30

BOTAFOGO

X MOGI MIRIM

DOMINGO 16H

SÃO PAULO

X PALMEIRAS 16H

SÃO BERNARDO

X LINENSE 18H30

MIRASSOL

X GUARANI 18H30

PONTE PRETA

X SÃO CAETANO 18H30

A. SOROCABA

X SANTOS

Luis Fabiano tenta chute, sem sucesso. Fabuloso foi expulso após o apito final | RODRIGO COCA/FOTOARENA

“Alguém gravou o que aconteceu ali no meio do campo? Alguém gravou? Eu não disse nada. É impressionante a sem-vergonhice.” LUIS FABIANO, APÓS RECEBER O CARTÃO VERMELHO DEPOIS DO FIM DO JOGO

Bolas na trave, equívocos da arbitragem e um dia não muito inspirado. Essa foi a combinação que fez com o que o São Paulo empatasse com o Arsenal de Sarandí (ARG), ontem, por 1 a 1, no Pacaembu, pela 3a rodada da fase de Grupos da Taça Libertadores. Impedido de atuar no Morumbi por conta de punição – relativa à confusão com o Tigre (ARG), na final da Copa Sul-Americana do ano passado –, o Tricolor poderia até ter vencido por um placar elástico. Mas, com apenas Jadson e Osvaldo em noite boa, o time encontrou muitas dificuldades para passar pela retranca do rival. Mesmo assim, beliscou a trave argentina duas vezes, com Aloísio e Osvaldo. Aos 47 minutos do 1º tempo, enfim, o bloqueio foi fura-

1 1

Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Cortez; Wellington (Cañete), Fabrício (Ganso) e Jadson; Aloísio (Maicon), Osvaldo e Luís Fabiano . Técnico: Ney Franco

SÃO PAULO

Campestrini ; Gerlo, Cuesta, Braghieri e Perez (Ortiz); Lopez, Marcone, Luguercio (Benedetto ) e Carbonero; Rolle (Torres) e Furch. Técnico: Gustavo Alfaro

ARSENAL (ARG)

G Jadson aos 47 minutos 1º tempo. Benedetto aos 3 minutos do 2º tempo. A b i age Wilmar Roldán (COL)

Santos. Muricy esboça mudanças para domingo Sem Neymar, suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido diante do Corinthians, o Santos terá mudanças na equipe que enfrentará o Atlético Sorocaba, neste domingo, fora de casa, pela 11a rodada do Campeonato Paulista. Enquanto o time reserva – reforçado por Neymar – disputou jogo-treino com a equipe sub-17 do próprio Peixe, os titulares trabalharam no gramado. Entre as novidades, estão o lateral direito Bruno Peres e o meia-atacante Patito Rodriguez. Eles devem substituir Galhardo e Neymar no duelo contra o clube de Sorocaba. No Pacaembu O Peixe confirmou ontem que a partida contra o Mirassol, dia 21, pela 13a rodada do estadual, será no Pacaem-

do. Aloísio escapou na direita e passou de calcanhar para Jadson, que pegou de primeira e abriu o placar. O empate veio logo aos 3 minutos do 2º tempo: Carbonero cruzou da direita e a bola resvalou em Cortez, que estava com braço grudado ao corpo. Lance duvidoso que resultou em pênalti foi convertido por Benedetto. O Tricolor foi para cima. Jadson acertou a trave do Arsenal pela terceira vez na noite aos 27 minutos. Aos 44, Osvaldo foi derrubado na área argentina, mas o juiz entendeu o lance como simulação. E para piorar, Luis Fabiano, depois da partida, roubou a cena. Reclamou da arbitragem, foi expulso e não pega o mesmo Arsenal, na Argentina, no dia 14. METRO

Seleção Brasileira

Bebeto deixa comando da base O ex-jogador Bebeto, que também é deputado estadual no Rio de Janeiro e membro do Comitê Organizado Local da Copa de 2014, deixou ontem a coordenação das categorias de base da Seleção. Ele, que ficou 41 dias no cargo, alegou acúmulo de funções. METRO Portuguesa

Patito deve ganhar vaga no ataque | LUIZ FERNANDO MENEZES/FOTOARENA

bu: “O Comitê de Gestão tem o compromisso de mandar mais jogos em São Paulo. No ano passado, fizemos alguns, mas não em número suficiente”, explicou o superintendente de esportes do clube, Felipe Faro. METRO

Lusa terá ‘jogo de seis pontos’ Líder da Série A2 do Paulista, a Portuguesa enfrenta o vice-líder Audax amanhã, às 10h, fora de casa. “A gente sabe que lá vai ser mais uma guerra, mas estamos focados”, disse o zagueiro Lima. METRO


|56|

{ESPORTE}

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

Fiel liberada em São Paulo Timão teve estádio praticamente vazio contra o Millonarios, no último dia 27 | RODRIGO COCA/FOTOARENA

Decisão. Corinthians volta a poder mandar jogos com portões abertos na Libertadores. Fora do Brasil, time atuará sem torcida por um ano e meio. Clube é multado e afirma que vai recorrer Depois de vencer o Millonarios (COL) por 2 a 0 diante de quatro alvinegros na arquibancada – que só entraram com liminar da Justiça – e não ter apoio na derrota por 1 a 0 para o Tijuana (MEX), o Corinthians voltará a ter o reforço da torcida na Taça Libertadores. A Conmebol revogou ontem a medida cautelar que exigia que o Timão jogasse de portões fechados quando mandante e sem torcida na casa da equipe adversária. A decisão da entidade máxima do futebol sul-americana libera a torcida somente para as partidas sob mando do alvinegro. Longe de seus domínios, incluindo em jogos no Brasil, o Corinthians não poderá ter torci-

da por um ano e meio – 18 meses de suspensão. A punição é válida somente para torneios da Conmebol. No caso do Timão, Libertadores e Recopa Sul-Americana, em que a equipe enfrentará o São Paulo no segundo semestre deste ano. O clube também foi multado em US$ 200 mil – R$ 392 mil – e promete recorrer da nova punição. “Não estamos satisfeitos com essa decisão. Assim que chegar a fundamentação da Conmebol ao Corinthians, vamos recorrer desses 18 meses. Queremos os torcedores em todos os jogos, em casa ou fora”, declarou o diretor de negócios jurídicos do Corinthians, Luiz Alberto Bussab. METRO

Presidente cortou regalias para torcedores | ALE CABRAL/FUTURA PRESS

Palmeiras. Nobre corta relações com organizadas “O Palmeiras não vai aceitar isso. É uma atitude de bandidos que estão dentro das organizadas. A partir de hoje, cortamos todas as regalias que a torcida tinha. E até que se tome uma atitude, não existe mais diálogo.” Foi dessa forma que o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, afirmou que será o relacionamento do clube com as torcidas organizadas daqui para frente. O mandatário explicou que o Palmeiras cedia ingressos para partidas fora do Brasil para a torcida. Na madrugada de ontem, membros de uma uniformi-

zada tentaram agredir jogadores no aeroporto na Argentina, após a derrota do clube para o Tigre (ARG), por 1 a 0, pela Libertadores. Atingido por estilhaços de vidro, o goleiro Fernando Prass sofreu um corte na orelha esquerda e recebeu três pontos na cabeça. Três torcedores foram detidos e, posteriormente, liberados. “Alguns jogadores foram hostilizados antes mesmo do jogo começar. Era uma coisa orquestrada por quem tem interesses escusos em relação ao Palmeiras”, concluiu Nobre. METRO


|58|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Oito seleções disputarão a Copa das Confederações, que começa dia 15 de junho, no Brasil. As equipes estão divididas em duas chaves. O Grupo A tem o anitrião Brasil, com Japão, México e Itália. Já o B tem a campeã mundial Espanha, mais Uruguai, Taiti e Nigéria. Da Seleção Brasileira à Nigeriana, última a se garantir no torneio, veja como está a preparação de cada uma delas a cem dias do início METRO

1

2

Brasil: donos da casa em formação

Espanha: a grande favorita

Felipão assumiu a Seleção Brasileira e reestreou com derrota por 2 a 1 para a Inglaterra. Na terça convocou a equipe novamente para mais dois amistosos, contra Itália e Rússia. Nas duas listas, a novidade foi o retorno do goleiro Júlio César, que havia sido esquecido por Mano Menezes. Além dele, Scolari lembrou de Ronaldinho, na primeira, e de Kaká, na segunda. A equipe ainda está em formação e deve chegar na Copa das Confederações longe de sua melhor condição. METRO

A Espanha ganhou a Copa do Mundo 2010, chegando à África do Sul depois de uma campanha impecável nas eliminatórias, com dez vitórias em dez partidas. Para a Copa das Confederações, a equipe bicampeã da Eurocopa pretende manter o mesmo nível e por isso é uma das principais favoritas ao título. O treinador Vicente del Bosque já conta com a base da equipe pronta e entrosada, e promete chegar para levantar a taça. METRO

Felipão ainda busca acertar a equipe |

| KAI PFAFFENBACH/REUTERS

| ANDRES STAPFF/REUTERS

A Azzurra sofreu uma grande decepção em 2010, deixando a Copa na 1a fase. O fracasso abriu as portas para a nova geração, com um futebol mais ofensivo, diferente do tradicional estilo defensivo. O time foi à final da Eurocopa 2012 e chegará com muitos jovens – comandados por Buffon e Pirlo. METRO

4 8 Uruguai: o retorno de uma potência da bola

Os torcedores do Uruguai ainda guardam a campanha da Copa de 2010 e o título da Copa América de 2011 na lembrança. Isso representou o renascimento da Celeste. No entanto, nas eliminatórias para 2014, o Uruguai ocupa apenas a 5a colocação. O técnico Gerardo Martino tem um bom time em mãos, mas a aposta continua sendo no tripé formado por Forlán, Suárez e Cavani. METRO

6

seleções que estão em contagem regressiva

7

Japão: momento de testar a força Em ascensão, os japoneses chegam com o objetivo de usar o torneio como laboratório para a Copa do Mundo de 2014. Isso porque o time é o líder disparado do Grupo B das Eliminatórias Asiáticas com 13 pontos, oito à frente da Austrália e do Iraque, 2o e 3o colocados, respectivamente. Os dois primeiros do grupo se garantem no Mundial. O Japão assegurou a vaga com o título da Copa da Ásia. METRO

Técnico Eddy Etaeta reconhece as limitações de sua equipe | MARCELO MACHADO DE MELO/FOTOARENA

Taiti: azarão tenta um segundo raio O título na Copa das Nações da Oceania é um marco. Mas, embora faça história no continente disputando a competição, o país é considerado zebra no Brasil. O Taiti é último colocado nas eliminatórias, com derrota nos quatro jogos. METRO

Kagawa quer Japão ofensivo | TORU HANAI/REUTERS

Pirlo (21) dá o tom no meio de campo | STEFANO RELLANDINI/REUTERS

Itália: em busca da reafirmação

GUILHERME ALMEIDA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Cavani é a esperança de gols

3

Iniesta é um dos intocáveis da Fúria

México: credenciado com o ouro Atual campeão olímpico – venceu a Seleção Brasileira nos Jogos de Londres –, o México vai ter de fazer frente às seleções campeãs do mundo, Brasil e Itália, para se classificar no Grupo A. O time mescla jogadores experientes com jovens apostas. Giovani dos Santos e Javier “Chicharito” Hernández, do Mallorca e Manchester United, respectivamente, são as esperanças de uma boa campanha. A vaga foi conseguida com o título da Copa Ouro de 2011. METRO

5

Reyna celebra gol nas Eliminatórias | BOB LEVEY/ GETTY IMAGES

8

Nigéria: as Águias querem aprontar

Como sempre ocorre com as seleções africanas, a Nigéria entra como candidata à surpresa. Há menos de um mês, surpreendeu e foi tricampeã da Copa Africana de Nações, derrotando a não menos surpreendente Burkina Faso na decisão. O técnico Stephen Keshi deve manter a base campeã para a Copa das Confederações. Destaque para Moses e Mikel, ambos do Chelsea. METRO Nigéria garantiu vaga com título africano | LEFTY

SHIVAMBU/GALLO IMAGES/GETTY IMAGES


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|59|◊◊

Projetista da Indy prevê mais ultrapassagens em São Paulo Dia 5 de maio. Com alterações no ‘S do Samba’, pista do Anhembi deve ficar mais segura e emocionante

Cotman examina asfalto na “Reta do Sambódromo” do Anhembi | DIVULGAÇÃO

O projetista da Fórmula Indy, Tony Cotman, esteve no Anhembi para avaliar as condições da pista de rua de 4.081 metros e o andamento das obras. E o neozelandês gostou do que viu. Cotman elogiou os trabalhos e disse que será necessário fazer muito pouco para deixar o circuito perfeito para etapa brasileira da categoria, a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, no dia 5 de maio. “Pela quantidade de tráfego que a gente vê no cotidiano, a pista [que conta com uma longa reta no trecho da marginal Tietê] se manteve muito bem. Quando repavimentamos há poucos anos, foi feito um trabalho incrível”, disse Cotman, que anunciou ainda o alargamento do “S do Samba”, formado pelas primeiras

“Queria muito ver um brasileiro vencendo aqui na pista do Anhembi. Por que não este ano?” TONY COTMAN, PROJETISTA DA INDY

duas curvas do circuito logo após a reta de largada. “Vamos deixar a primeira perna do ‘S’ um pouco mais larga, cerca de dois metros. Isso pode parecer pouco, mas é significativo em termos de disputa de freadas entre os pilotos”, explicou. “A Indy está sempre em evolução, melhorando carros, pneus, acerto. E preci-

samos estar abertos para mudanças o tempo todo”, continuou o projetista. Cotman também falou sobre o que espera como resultado para a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé: “Estou feliz em ver o Will Power ganhar corridas”, disse, referindo-se ao vencedor das três provas realizadas em São Paulo. “Mas, sinceramente, eu queria muito ver um brasileiro vencendo aqui. Por que não este ano?”. Helio Castroneves e Tony Kanaan são os representantes do Brasil em 2013. Cotman também tratou de verificar as condições da pista na “Reta do Sambódromo”, que precisa ser preparada para receber os carros da Indy após a passagem dos carros alegóricos das escolas de samba. METRO

Cigarros estão fora das copas A Fifa e o Comitê Organizador Local anunciaram que os torcedores que assistirem partidas da Copa das Confederações, em junho deste ano, e da Copa do Mundo, em 2014, não poderão fumar nos estádios. Ronaldo, que é fumante, exibiu o cartaz. | WAGNER MEIER/AGIF/FOLHAPRESS


|60|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

‘Posso fazer melhor’ Melhor jogador do mundo quatro vezes consecutivas, Lionel Messi admite que o Barcelona passa por uma fase difícil | DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

De 10 para 10. Craque argentino espera superar as falhas e diz que o compatriota Maradona seria muito bem-vindo ao Barcelona É impossível que marcar gols em 16 jogos consecutivos seja sinônimo de decepção. Mas no mundo de Lionel Messi – quatro vezes vencedor da Bola de Ouro e, ao menos para os argentinos, o maior jogador da história – as recentes derrotas do seu Barcelona para o Real Madrid na Copa do Rei e para o Milan pela Liga dos Campeõs ligaram o sinal de alerta do craque argentino. “Eu e meus colegas de time temos de superar esse momento difícil”, disse ele, no lançamento da “Galeria Messi”, em Barcelona. “Sabemos quais são os problemas e temos de achar soluções.” Messi reconhece que a perda do treinador Tito Vilanova e do companheiro Eric Abidal para o tratamento de câncer custou caro. “É claro que isso nos afetou, mas não podemos usar como desculpa.” A recusa em aceitar deslizes nos padrões ajudou o artilheiro do Barcelona a alcançar o status de lenda. Apesar de ganhar bastante dinheiro – ele tem contrato até 2018 e recebe R$ 29,5 milhões por ano –, e ser um jogador renomado, ele jura que se mantém motivado para melhorar. “Todo ano você começa do zero e traça objetivos, e isso é nossa motivação”, disse. “Sempre penso que posso fazer melhor do que no dia anterior.”

OS FEITOS DE MESSI Quatro Bolas de Ouro (2009-2012)

Duas Copas do Rei (2008 2009, 2011/2012)

Duas Copas do Mundo de Clubes da Fifa (2009 e 2011)

Seis Supercopas da Espanha (2005, 2006, 2009, 2010, 2011, 2012)

Três títulos da Liga dos Campeões (2006, 2009 e 2011)

Um título do Mundial Sub-20 com a seleção argentina (2005) Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim (2008)

Cinco títulos do Campeonato Espanhol (2004/2005, 2005/2006, 2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011)

Recordista de gols marcados em uma só temporada (91 tentos em 2012)

O argentino posa durante a visita à “Galeria Messi”, da Adidas | DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

“Eu sempre penso que posso fazer melhor. Todo ano você começa do zero e traça objetivos. Isso é a nova motivação.” LIONEL MESSI

Pelo menos a Seleção Argentina tem sido um alívio, com o time na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014. Ganhar a competição no Brasil seria um “sonho”, um dos poucos títulos que “La Pulga” ainda não tem. No último mundial, a Ar-

gentina de Messi foi liderada pelo homem com o qual ele é constantemente comparado: Diego Maradona. E como o cargo de técnico do Barcelona pode ficar vago, ele está aberto a colaborar com o “Divino Diego” novamente. “Eu tive a chance de trabalhar com ele [Maradona] e, mesmo que nós não tivéssemos feito muito, foi uma grande experiência.” Um estudioso do futebol, Messi gosta de assistir jogos de ligas estrangeiras. “Acho que o Porto tem grande chance de levar a Liga dos Campeões”, disse, apostando que os clubes alemães também

podem dominar a Europa. Os companheiros no seu time ideal incluem Wayne Rooney (Manchester United) e Gareth Bale (Tottenham), ambos da Inglaterra. “Mas eles nunca deixariam seus clubes”, lamenta. Messi estará em campo contra o Milan, pelo duelo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, no próximo dia 12, no Camp Nou. E os milanistas que se preparem, pois Messi sente que ainda tem algo a provar. KIERON MONKS METRO INTERNACIONAL

Idade: 25 (nasceu em 24 de junho de 1987, em Rosário, na Argentina) Altura: 1,69 m

Estreou no time profissional em 16 de outubro de 2004, contra o Espanyol

Clubes: Newell's Old Boys (ARG), entre 1995 e 2000, e Barcelona, desde 2000. Primeiro jogo pelo clube foi em 7 de março de 2001, contra o Amposta

Salário é estimado em

R$ 29,5 milhões por ano Multa rescisória é de

R$ 672 milhões


SÃO PAULO - SEXTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2013


20130308_br_metro sao paulo  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you