Page 1

NEY MATOGROSSO ATENTO AOS SINAIS CANTOR MISTURA COMPOSIÇÕES DE ANTIGOS E NOVÍSSIMOS TALENTOS EM NOVO SHOW PÁG. 11 ABC Quinta-feira, 7 de março de 2013 Edição nº 813, ano 4 MÍN: 19°C MÁX: 28°C

www.readmetro.com | leitor.abc@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro

Mulher ganha 42% menos que o homem na região Desigualdade. Números da Fundação Seade e Dieese revelam que, no ABC, as mulheres recebem R$ 8,62 por hora, enquanto os homens têm remuneração de R$ 12,26 pelo mesmo período. Fatores culturais e sociais colaboram para quadro não se alterar PÁG. 02

Bruno chorou no julgamento | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Bruno confirma barbárie com Eliza Samudio

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Ex-goleiro confirma que vítima foi esquartejada e jogada para os cães, mas afirma que não foi o mandante PÁG. 04

Fãs deixaram várias mensagens de despedida no muro da pista de skate de Chorão | FRED CASAGRANDE/METRO SANTOS

Morre Chorão

Aos 42 anos. Vocalista e líder da banda Charlie Brown Jr. é encontrado no chão de seu apartamento em São Paulo. Polícia descarta suicídio PÁG. 12

Corredor de ônibus terá recurso do PAC em Santo André Corredor da avenida Mário Toledo de Camargo é uma das obras do ABC que contarão com verba federal PÁG. 03


|02|

1 FOCO

Denúncia

Chalita O deputado Gabriel Chalita foi alvo de questionamentos ontem na posse como presidente da Comissão de Educação. Ele é acusado de receber propinas na época em que foi secretário de Educação de São Paulo (2002-2006).

Cotações Dólar + 0,20% (R$ 1,97) Bovespa + 3,55% (57.940 pts) Euro - 0,30% (R$ 2,55) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Mulheres ganham 42% menos que homens Diferenças. Pesquisa mostra que elas recebem, em média, R$ 8,62 por hora, enquanto eles, R$ 12,26 na região As desigualdades no mercado de trabalho entre homens e mulheres diminuíram, mas ainda são grandes. Números divulgados ontem pela Fundação Seade e Dieese sobre o ano passado mostram que as mulheres ganham 42% menos que os homens. Elas são remuneradas, em média, a R$ 8,62 a hora e eles, a R$ 12,26. De acordo com a pesquisa, a jornada de trabalho semanal feminina é menor também: 38 horas para elas e 43 horas para eles. Por conta disto, a diferença mensal é ainda maior. Enquanto a remuneração feminina é de R$ 1.406, a masculina é de R$ 2.256.“Não é que elas trabalhem menos. Mas existe fatores sociais e culturais que interferem nesta jornada, como a responsabilidade pelas tarefas de casa, por exemplo”, disse Alexandre Loloian, coordenador da pesquisa. A grande participação da mulher no setor de serviços e o domínio masculino nas indústrias, área com melhor remuneração por

“Muitas indústrias não têm nem como receber mulheres, faltam banheiros e armários, por exemplo.” ZEIRA DE SANTANA, TÉCNICA DO DIEESE

hora na região, são apontados pelos pesquisadores como fatores de influência na baixa remuneração feminina. “A situação tem melhorado, com mais mulheres no mercado de trabalho. O que ocorre é que elas não chegam aos cargos de chefia”, disse a técnica do Dieese Ana Maria Belavenuto. Loloian afirma que, quando comparadas as idades, homens e mulheres entram em condições iguais no mercado de trabalho. “O problema não é o início, mas o que ocorre ao longo da carreira. A mulher encontra diversos outros encargos familiares, que vão além de ter filhos.” VANESSA SELICANI

A Universidade Metodista, em São Bernardo, oferece assessoria gratuita para quem tem dificuldade em fazer a declaração de imposto de renda. A entrega dos documentos deve ser feita até o dia 26 do próximo mês. Os atendimentos são realizados no campus Rudge Ramos (rua Alfeu Tavares, 149, Rudge Ramos). Para participar, o inte-

MERCADO DE TRABALHO Compare os principais índices entre homens e mulheres

DISTRIBUIÇÃO POR SETOR 66,5%

16% COMÉRCIO

TAXA DE PARTICIPAÇÃO NO MERCADO

53,6 % 69,9% MULHERES HOMENS

RENDIMENTO POR HORA

R$ 12,26

SERVIÇOS

1,5% OUTROS

16% INDÚSTRIA

R$ 8,62 9,5%

16,5% COMÉRCIO

TAXA DE DESEMPREGO

38,5%

CONSTRUÇÃO SERVIÇOS

34,4%

1,1%

INDÚSTRIA

OUTROS

11,9 % 8,9% MULHERES HOMENS

METRO ABC

Imposto de renda

Universidade dá assessoria

Elas estão em maior número no setor de serviços, em áreas como educação | BRUNO FIGUEIREDO/O TEMPO/FUTURA PRESS

ressado precisa agendar um horário na Central de Agência e Gestão pelos telefones 4366-5546 e 43665830. A ação vai até 26 de abril, de segunda a sexta-feira, das 16h às 18h30, no Edifício Ômicron, sala 414. Na semana de 15 a 19 de abril a instituição estará fechada por conta do recesso escolar. No dia do atendimento, é preciso levar para doação três quilos de alimentos não perecíveis, que serão enviados a instituições de caridade da cidade. METRO ABC

FALE COM A REDAÇÃO leitor.abc@metrojornal.com.br 011/3528-8520 COMERCIAL: 011/4122-0501

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. Épublicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Vereadores voltarão para a Câmara até fim do mês Presidente da Câmara de São Bernardo, o vereador Tião Mateus (PT) espera até o fim do mês conseguir a liberação do Corpo de Bombeiros e retornar para a sede do Legislativo as sessões parlamentares. O plenário da Câmara, que passou por obras no ano passado – e ainda precisa de ajustes –, não tem o auto de vistoria, que

atesta a existência de condições de segurança contra incêndio. Por conta da impossibilidade de se utilizar a sede do Legislativo, as sessões de São Bernardo têm sido realizadas em locais ‘emprestados’. A atividade de ontem, a quinta do ano, teve como palco a Associação dos Funcionários Públicos. METRO ABC

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo. Metro ABC. Editor-Executivo: Marcelo Camargo (MTB: 33.618). Editor de Arte: Eli de Souza Filho. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva.

Prédio precisa de alvará | ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Tabapuã, 81, 14º andar, Itaim, CEP 04533-010, São Paulo, SP. Tel.: 011/3528-8500. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Corredor da Mário Toledo terá investimento do PAC Transporte. Plano prevê ampliação da faixa de ônibus que liga o Centro à Vila Luzita, em SA Principal ligação por transporte público entre o Centro de Santo André e a Vila Luzita, o corredor de ônibus da avenida Capitão Mário Toledo de Camargo terá obras de melhorias bancadas pelo governo federal. O projeto de otimização e expansão da linha exclusiva para os coletivos foi aprovado pela União e receberá verbas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Mobilidade Médias Cidades. O anúncio foi feito ontem. A inscrição foi realizada em agosto do ano passado, sob a gestão do então prefeito Aidan Ravin (PTB). Á época, a administração informou que, entre outros planos, previa estender o corredor até a hoje desativada estação de trens Pirel-

li, que o paço pede ao Estado que reative. A recuperação do pavimento, a reforma das quatro estações – além da instalação de mais uma – e a construção de bicicletário no terminal de Vila Luzita também estavam nos planos. A atual administração informou que irá se pronunciar posteriormente sobre as obras. O valor do investimento não foi informado pelo governo federal. Mais transporte Para São Bernardo, dentro do plano de pavimentação do PAC, a União irá disponibilizar R$ 75 milhões para obras na avenida Lauro Gomes, construção de viário no córrego Linha Camargo e Estrada do Alvarenga, segundo

|03|◊◊

África

Metodista inaugura mostra de mosaicos A Universidade Metodista abre amanhã, na biblioteca do campus Rudge Ramos, a mostra Pedaços da África. Com temática sobre as mulheres do continente, a exposição, que termina dia 31, tem peças produzidas com materiais como porcelana, pastilhas, azulejos e fragmentos de rochas. METRO ABC São Bernardo

Eleitor poderá fazer cadastro biométrico

Linha exclusiva de ônibus deverá ter o pavimento recuperado

a Prefeitura. O prefeito Luiz Marinho (PT), que é também presidente do Consórcio Intermunicipal, aproveitou o evento em Brasília para apresentar à ministra

| ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

do Planejamento, Miriam Belchior, a proposta inicial do plano de mobilidade do ABC. O pacote, que poderá ter mais de 100 obras e investimentos de R$ 10 bi-

lhões, deverá ficar pronto em 60 dias. ANDRÉ VIEIRA METRO ABC

Eleitores de São Bernardo podem procurar as zonas eleitorais da cidade para fazer o cadastramento biométrico – para identificação partir da impressão digital. O endereço das zonas está disponível no site www. tre-sp.jus.br. METRO ABC


|04

ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Temporal deixa 4 mortos no Rio Caos. Chuva causou transtornos em toda a região metropolitana. De acordo com a prefeitura, na noite de anteontem choveu 70% do esperado para todo o mês de março O forte temporal que atingiu a região metropolitana na do Rio na noite de anteontem deixou quatro pessoas mortas e um adolescente de 14 anos desaparecido. Com a chuva, diversos serviços da cidade tiveram que ser paralisados e mais de dez bairros ficaram sem luz. Duas das vítimas morreram atingidas por descargas elétricas no bairro do Catete, na zona sul. Em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, um homem morreu atingido pela queda de um muro. Em Jacarepaguá, na zona oeste, uma árvore caiu em cima de um vigia, que também morreu. O jovem de 14 anos que continuava desaparecido até às 22h de ontem foi levado pela correnteza de uma vala que transbordou em Cordovil, no subúrbio do Rio. A chuva começou pouco depois das 19h e deixou ruas alagadas em vários pontos da cidade. Na zona norte, a tempestade derrubou 40 árvores. O aeroporto Santos Dumont chegou a ficar fechado por 40 minutos e a pon-

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO@METROJORNAL.COM.BR

‘MARCHA’ PAGOU R$ 70 DE CACHÊ A MANIFESTANTES.

“ELA É MAIS POPULAR QUE O LULA”

Além de sinais exteriores de opulência, como banners, bandeirolas e balões com os materiais mais caros do mercado, organizadores de “marcha” de sindicalistas, ontem, em Brasília, recrutaram milhares de pessoas na periferia do DF para fazer número, em troca de lanches, boné, camiseta e cachê de R$ 70,00. Estima-se que a “marcha” de mais de 40 mil participantes custou pelo menos R$ 3,2 milhões.

CID GOMES (PSB), GOVERNADOR DO CEARÁ, ELEITOR DECLARADO DA PRESIDENTA DILMA

QUEM PAGA. Há em Brasília escritórios que oferecem “manifestantes profissionais”, pagos com dinheiro do imposto sindical e de convênios do governo. EXCURSÃO. Uma centena Árvore é retirada de cima de carro, na Tijuca |MARCELO FONSECA/HONOPIX/FOLHAPRESS

te Rio-Niterói ficou sem luz por mais de uma hora. As estações de metrô Saens Peña, Afonso Pena e São Francisco Xavier tiveram o funcionamento suspenso depois de terem os trilhos submersos. Na Baía de Guanabara, a chuva e o lixo também causaram o enguiço de dois

catamarãs do transporte público. Passageiros protestaram pela fila de mais de 40 minutos. No fim da tarde de ontem, os bairros do Jardim Botânico, Botafogo, Campo Grande, Santa Cruz e Jacarepaguá permaneciam com problemas de abastecimento de energia.

Após a chuva, 65 caminhões basculantes, 14 caminhões pipa e 26 pás mecânicas saíram às ruas para limpar a cidade. De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, na noite de anteontem, em uma hora choveu 70% do esperado para todo o mês de março. METRO

“Não mandei, mas aceitei”, diz Bruno Desta vez, o choro veio com declarações nunca antes feitas a respeito do caso Eliza Samudio. Ontem, o goleiro Bruno Fernandes contou, por seis horas, sua versão sobre o que aconteceu com a vítima. Pela primeira vez, ele admitiu que ela está morta, apontou Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, como executor da jovem, confirmou ter se beneficiado com o crime e ainda fez uma declaração surpreendente: participou de três festas logo após o ocorrido. Por orientação dos advogados, o acusado respondeu apenas as perguntas da juíza Marixa Rodrigues, dos jurados e da própria defesa, mas se calou diante dos questionamentos da promotoria. No depoimento, o goleiro negou ser o mandante do crime, empurrou a responsabilidade para o amigo Luiz Henrique Romão, o Macar-

Política

“Estava prestes a acertar com um clube europeu. As declarações dela estavam atrapalhando as transações.”

DESPREPARO. A prefeitura do Rio de Janeiro emitiu alerta de chuva “ocasionalmente forte” 20 minutos antes do dilúvio que matou 4 pessoas e inundou os locais de sempre na cidade, alguns conhecidos há mais de cem anos.

má: respira por aparelhos made in China. DURO RECADO. O Supe-

rior Tribunal de Justiça mostrou que se lixa para pressões do governo: não incluiu Augusto Rossini, do Departamento Penitenciário Nacional, na lista tríplice para ministro do STJ. E meteu o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça), chefe de Rossini, em tremenda saia justa.

NINGUÉM MERECE. O lixo

atômico do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, garantiu que Chávez “ressuscitará”, como Jesus e o imã muçulmano Mahdi. Na Síria, talvez.

VOCÊ DECIDE. A boa notícia:

Guido Mantega (Fazenda) garante que a economia “está em recuperação”. A

BRUNO FERNANDES, RÉU

rão, e disse que se sentia culpado. “Não sabia, não mandei (matar Eliza), mas aceitei (a morte dela)”, disse. Ao narrar os acontecimentos, o goleiro entrou em contradição sobre o executor. Inicialmente, Bruno confirmou que ouviu do primo Jorge Rosa a primeira versão dada à polícia – de que Eliza teria sido levada por Macarrão e Jorge a Vespasiano e entregue a um homem apelidado de Neném, que teria matado e esquartejado a vítima. Em seguida, ele se calou

de ônibus utilizados no transporte dos “manifestantes”, entre a periferia do DF e Brasília, custou entre R$ 600 e R$ 900 cada.

José Eduardo Cardozo | FABIO RODRIGUES-POZZEBOM/ABR

PODER SEM PUDOR

A comadre Jackie

Bruno se manteve cabisbaixo e abatido | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

ao ser questionado sobre o nome do executor. Mas, minutos depois, demonstrando nervosismo, ele deixou escapar que Neném e Bola seriam apelidos da mesma pessoa (Marcos Aprecido) e que Macarrão o contratou para matar Eliza. Mais tarde, o go-

leiro acrescentou ainda que sente medo de Bola. O réu afirmou também que conhecia o policial José Laureano de Assis, investigado em um inquérito paralelo por envolvimento na morte de Eliza, e que ele já havia ido ao sítio. METRO BH

O prefeito José Amâncio Costa, do interior paraense, dera o nome de personalidades importantes aos sete filhos: Nelson, Maria Antonieta, Bismarck, Wilson, Getúlio, Juscelino e Kennedy. Para o batismo deste último convidara o próprio, que não pôde vir, mas foi representado pe-

lo cônsul americano em Belém. Poucos meses depois, Kennedy foi assassinado. Amâncio chorou copiosamente a morte do xará de seu filho. E a quem tentava consolá-lo, ele respondia: - O que me preocupa mesmo é a minha comadre Jacqueline...

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|06|

ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Multidão segue cortejo de Chávez Venezuela. No dia após a morte do presidente, Caracas fica dividida em duas: metade está de luto, e metade, observando. Dilma viaja hoje ao país para acompanhar funeral Depoimento O arcebispo ora na Basílica de São Pedro | MASTRANGELO REINO/FRAME/FOLHAPRESS

Meu dia com o presidente

Conclave. Especialista aposta em dom Odilo Muitos analistas apontam o brasileiro dom Odilo Scherer como um forte papável. O senhor acredita que ele tem boas chances? Sim, eu tenho certeza. O Brasil é o maior país católico do mundo e tem o maior problema. A Igreja Católica brasileira perdeu 30 milhões de fiéis em 30 anos, e isso precisa ser interrompido. Estou certo de que os cardeais alemães vão votar nele. Há também apostas em uma retomada do controle da Igreja pela Itália. O senhor tem algum palpite? Os cardeais italianos vão fazer de tudo para voltar ao trono papal. O cardeal Angelo Scola, arcebispo de Milão, tem excelentes chances de sucesso, mas ele precisa vencer o resto do mundo. Eu acho que a decisão vai ficar entre Scola, Scherer e (o austríaco Christoph) Schönborn. No livro “O Homem que não queria ser papa”, o senhor menciona que os religiosos latino-americanos são conservadores. Diante

disso, o que esperar de um eventual papa daqui? Creio que ele continuará a globalizar a Igreja. Mais de 550 milhões de católicos vivem no continente americano. Um papa da América Latina vai mudar o mundo. O senhor acompanhou de perto a trajetória de Bento 16. No que ele acertou? Ele fez um excelente trabalho na questão dos abusos sexuais. É muito triste, porque Bento 16 teve que resolver um problema que tentou evitar o tempo todo. Ele pediu a João Paulo 2º para ser severo com os abusadores, mas isso não aconteceu. O VatiLeaks acelerou a renúncia? Sim, mas porque ninguém o defendeu. Nos últimos anos, o Vaticano apoiou João Paulo 2º, mas deixou Bento 16 sozinho quando ele realmente precisava de ajuda. CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

‘Dever patriótico’. Sarkozy considera voltar à política Quase um ano depois de ser derrotado pelo atual presidente francês, Nicolas Sarkozy admitiu que pode voltar à vida política. Em um artigo que será publicado hoje na revista “Valeurs Actuelles”, o ex-mandatário diz considerar essa possibilidade, não porque quer, mas por “dever” patriótico. “Haverá um momento em que a questão não será mais: ‘Você quer?’, mas ‘Você tem escolha?’”, escreveu. O atual presidente, François Hollande, amarga baixa popularidade, e o partido de Sarkozy ainda patina para formar uma liderança. METRO

O ex-presidente, em um jogo, no mês passado | GONZALO FUENTES/REUTERS

Chavistas cercam caminhão que leva o corpo de Hugo Chávez | JORGE DAN LOPEZ/REUTERS

Uma maré vermelha acompanhou o cortejo fúnebre de Hugo Chávez, fechando as ruas de Caracas, na Venezuela. As homenagens começaram às 8h, com 21 salvas de tiros de canhão. Até sexta-feira, quando o presidente será enterrado, um tiro vai ecoar a cada hora no país. A multidão seguia o caixão de Chávez com lágrimas nos olhos. A outra metade da população, a que estava em desacordo com as políticas do mandatário, decidiu se calar e fechar as portas das empresas.

O epicentro da dor bolivariana foi no hospital militar onde Chávez passou suas últimas horas. “Ele se foi fisicamente, mas deixou uma semente que nós, os jovens, devemos colher. Não vamos abandonar a luta revolucionária”, disse uma mulher. Alguns correligionários pediam o sepultamento de Chávez no Panteão Nacional, onde está o corpo de Simón Bolívar. O problema é que, segundo a Constituição, os restos mortais de uma personalidade só podem ser levados

para lá após 25 anos da data de sua morte. O presidente deve ser enterrado em Barinas, sua província natal. Luto Diversos países decretaram luto pela morte de Chávez, entre eles, o Brasil. A presidente Dilma Rousseff viaja hoje a Caracas, para acompanhar o funeral. Lá, ela vai se unir a outros líderes latino-americanos e ao ex-presidente Lula. Os EUA também devem enviar uma delegação à cerimônia. METRO INTERNACIONAL

‘Mito se mantém, mas modelo é insustentável’ “O que ocorre a seguir está muito claramente estabelecido”, disse o ministro de Relações Internacionais, Elías Jaua, ainda na noite de terça-feira. Ele se referia aos próximos passos na política venezuelana: o poder segue com o vice, Nicolás Maduro, que deve convocar eleições em 30 dias, com ele próprio saindo como favorito. Pesquisas mostram que Maduro sairia vencedor em uma disputa com principal nome da oposição, Henrique Capriles. E a maioria dos analistas acredita que a comoção pela morte de Chávez deve impulsionar a candidatura de Maduro. O problema do herdeiro chavista será se manter no topo. “A médio e longo

Maduro (à dir.): tentativa de perpetuar o chavismo | CARLOS GARCIA RAWLINS/REUTERS

prazo, o chavismo é insustentável”, diz David Smilde, especialista do Wola (Washington Office para América Latina). “Continuará existindo, mas como é hoje o peronismo ou o sandinismo”, compara.

A figura de Chávez, por sua vez, será para sempre exaltada,. “O mito se mantém, mas a Venezuela terá problemas muito sérios.” CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

Um homem de quase dois metros de altura tira um pedaço de queijo da geladeira e coloca na boca. Ele é como o provador pessoal de um imperador e repete o movimento com toda a mesa do café da manhã. O alimento é para o presidente Hugo Chávez, que está no interior da Venezuela para a transmissão do programa “Alô Sr. Presidente n º 171”. É 9 de novembro de 2003. A 300 quilômetros de Caracas, em uma fazenda, Chávez é maquiado e eu pude ver como o presidente venezuelano tinha o tratamento de uma estrela de rock. Após a transmissão, Chávez e seus delegados começaram a visitar a fazenda. Para mim, foi a única oportunidade de falar com ele. Entre empurrões e cotoveladas, me aproximei: “Senhor presidente, sou um jornalista mexicano!” Chávez se virou, me deu a mão e disse: “Espere um minuto! Vou cumprimentar meu amigo mexicano.” “O que você está fazendo aqui, tão longe do México?” Eu respondi que vim para dizer “olá” e perguntar se ele poderia dar uma mensagem ao México. Nossa conversa durou enquanto nós andamos ao longo de um corredor e foi encerrada com outro aperto de mão. “Saudações ao povo mexicano. Viva a América Latina!” Nessa viagem à Venezuela, eu aprendi que um grande segmento da população idolatrava Chávez. Mas eu também vi que outro segmento, o mais rico, estava em desacordo com suas políticas. Venezuela foi e ainda é um país dividido. ALFREDO GONZÁLEZ Editor-chefe, Metro México


|10|

ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Poupança tem captação recorde em fevereiro Investimentos. Captação da caderneta atinge R$ 2,32 bilhões, a maior para o mês da série histórica do BC. Mesmo com queda de rentablidade, aplicação continua atrativa

CAPTAÇÃO EM ALTA

TOTAL DE RECURSOS APLICADOS DEPÓSITOS

Os depósitos superaram os saques na caderneta de poupança em R$ 2,32 bilhões em fevereiro. Trata-se do melhor desempenho para o mês da série histórica do Banco Central, com início em 1995. O antigo recorde tinha sido registrado em fevereiro de 2008 (R$ 1,388 bilhão). O resultado mostrou que a poupança continua sendo um investimento atrativo, mesmo com as alterações promovidas pelo governo no ano passado. Embora remuneração tenha caído, a aplicação ainda continua vantajosa porque é isenta de tributos e não cobra taxas de administração.

No acumulado do ano, a captação líquida está positiva em R$ 4,620 bilhões, recorde histórico. Considerando os rendimentos de R$ 2,446 bilhões em fevereiro, as cadernetas alcançaram um saldo de patrimônio total de R$ 505,602 bilhões. Em maio do ano passado, o governo atrelou os juros da caderneta à Selic. Os recursos depositados a partir de 4 de maio de 2012 rendem o equivalente a 70% da taxa básica de juros mais TR. Com a Selic em 7,25% ao ano, o rendimento é de 5,075%. Mesmo que a taxa básica mude ao longo do período mensal considerado, a taxa aplicável é

a vigente na data em que se deposita, ou seja, a do início do período. A rentabilidade da nova poupança ganha de todos os fundos de renda fixa com taxa de administração a partir de 2% ao ano, independentemente do prazo para resgate dos recursos, segundo simulação da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade). Só os fundos com taxas de 0,50% ao ano, que são concedidas para aplicações acima de R$ 50 mil, sempre vencem da poupança com remuneração nova, independentemente dos prazos de resgate determinados. METRO

Desempenho em fevereiro

SAQUES

R$ 97,71

R$ 95,39

bilhões

bilhões

CAPTAÇÃO

RENDIMENTOS MENTOS

R$ 2,32

R$ 2,44 ,44

bilhões

bilhões ões

RANKING DE APLICAÇÕES

bilhões

Rendimento em fevereiro

MÊS

ANO

POUPANÇA NOVA

0,41%

FUNDO DI

0,41%

RENDA FIXA

R$ 505,6

0,83% 1,02% 0,98%

0,27%

INFLAÇÃO IGP-M IPCA*

0,29%

0,63%

0,43%

1,29%

Imposto de Renda

Receita libera lote residual A Receita Federal vai liberar amanhã, a partir das 9h, as consultas a mais um lote residual multiexercício do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, que engloba o período de 2008 e 2012. Os lotes residuais referem-se a contribuintes que caíram na malha fina do leão nos últimos anos. As consultas aos lotes poderão ser feitas por meio da página na internet do Fisco (www. receita.fazenda.gov.br) ou por meio do telefone 146. De acordo com informações da Receita Federal, o pagamento de todas as restituições destes lotes residuais acontecerá no dia 15 de março, no valor de R$ 130 milhões. Ao todo, 130,5 mil contribuintes serão contemplados. METRO

FONTE: BANCO CENTRAL, ANBIMA, BANCO CENTRAL E FGV *PROJEÇÃO DO MERCADO

PATITALIA


ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Ney Matogrosso reencontra o rock Show. Com primeira turnê patrocinada, cantor estreia amanhã em São Paulo o espetáculo ‘Atento aos Sinais’ no melhor estilo roqueiro

Turnê pode durar dois anos | MARCELO FAUSTINI/DIVULGAÇÃO

Logo no começo da coletiva de imprensa realizada na última terça para apresentar seu novo espetáculo, Ney Matogrosso já dá o recado: “Não estou comemorando nada!”. O comentário é relacionado aos 40 anos de carreira do músico, celebrado por público e mídia em 2013, menos por ele. “Não sou saudosista e acho que tenho muito o que fazer ainda. É mais um passo na minha vida”, diz Ney, sorridente. “Atento aos Sinais” é o novo show do cantor, que terá o patrocínio do programa Natura Musical em seis

apresentações ao longo do ano pelo país. Essa é a primeira vez na carreira que ele tem apoio de uma marca em seu espetáculo. “Faria esse show sem patrocínio. A diferença é que não dependo de 30 shows para bancar a produção”, explica. A apresentação terá uma roupagem que reencontra o rock – diferentemente da última turnê, “Beijo Bandido” –, seja na sonoridade, nos figurinos de Ocimar Versolato, no cenário de Luis Stein e Milton Cunha e na iluminação. “Queria colocar essa pegada roqueira e vigorosa em toda a apresentação.”

As músicas foram escolhidas a dedo. Entre as 19 selecionadas, estão faixas de autores consagrados como Paulinho da Viola (“Roendo as Unhas”) e Lobão (”Vida Louca”) e três composições de Itamar Assumpção, mescladas com canções de novos nomes como Dani Black (“Oração”), Vitor Ramil (“Astronauta Lírico”) e Criolo (“O Freguês da Meia Noite”). “Quando pensei o setlist, já tinha toda uma história na minha cabeça. Ao lado do [diretor musical] Sacha [Amback], recriamos do nosso jeito essas canções, respeitando as letras e as melodias”, conta Ney ao Metro. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

2 CULTURA

Lenny Kravitz

Músico desiste de Mavin Gaye Segundo a revista “NME”, o cantor abandonou o projeto cinebiográfico de Marvin Gaye (1939-1984),“Sexual Healing”, que está sendo dirigido por Julien Temple. Ele teria desistido a pedido do filho do músico, já que o filme não tem aval da família. Quem assume o papel agora é Jesse L. Martin.


|12|

ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Adeus, Chorão Luto. Vocalista do Charlie Brown Jr. é encontrado morto em seu apartamento; Polícia acha vestígios de drogas e álcool, mas não confirma causa do óbito

Chorão faria 43 anos em abril

AG. A TARDE/FOLHAPRESS

Alexandre Magno Abrão, o Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr, foi encontrado morto ontem, em seu apartamento em Pinheiros. Ele completaria 43 anos no dia 9 de abril. A causa da morte ainda não foi divulgada. Paramédicos informaram que, na hora do atendimento, Chorão já estava sem vida,

de bruços, no chão da cozinha. Ele tinha as mãos machucadas e havia marcas de sangue pela casa, que estava revirada. Um pó branco e bebidas também foram encontrados. O laudo da necropsia sai em 30 dias, mas, de acordo com o delegado Itagiba Franco, da Polícia Divisionária do Departamento de Ho-

micídios, é precipitado ligar a morte à drogas. O exame toxicológico sairá em duas semanas. “Não vou descartar nada, mas aparentemente não se trata de homicídio ou suicídio. Ele parece ter se debatido, por isso o sangue na mão”, disse ele a jornalistas na tarde de ontem. A apresentadora Sonia Abrão, prima do mú-

sico, afirmou que ele estava em depressão após o divórcio da mulher, a estilista Graziela Gonçalves, no ano passado. O delegado comentou que Chorão achava que estava sendo perseguido e “chegava em casa quebrando tudo”. Ainda de acordo com Franco, o cantor se hospedou em quatro hotéis diferen-

tes nos últimos dias e teria brigado com os funcionários de um deles. Chorão deixa um filho, Alexandre, de 23 anos. O velório seria realizado na noite de ontem, em Santos. Já o enterro está marcado para hoje, às 17h, no Memorial Necrópole, na mesma cidade. O irmão do cantor, Ricardo Abrão, escolheu vestir o corpo de Cho-

rão com um calça bege e uma camisa preta com símbolo da banda Charlie Brown Jr. O Charlie Brown Jr. faria um show em São Paulo no próximo dia 6 de abril, no Credicard Hall. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO


|14|

ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Tablet educativo a US$ 300

Os invasores

Chorão

Cruzadas

O assunto do dia ontem foi a morte do cantor Chorão. Foi um grande músico que influenciou muita gente e fez bastante sucesso. Mais um ídolo que se afogou e morreu nas drogas. Poderia ter usado seu status com os jovens e dar melhores exemplos. Que fique de lição, drogas levam a morte e só isso. ALVARO RODRIGUES, SANTO ANDRÉ

Enchente

Nos EUA. Empresa investe no primeiro produto específico para a sala de aula O país que popularizou os tablets teve apenas ontem o lançamento de seu primeiro produto desse tipo voltado ao uso na sala de aula. A Amplify, divisão educativa da News Corp, apresentou, no Texas, um tablet desenvolvido especificamente para alunos do ensino fundamental. O aparelho roda com Android, tem tela de 10 polegadas e uma câmera de 5 me-

Leitor fala

Até que enfim as prefeituras resolveram combater as enchentes de verdade. Conviver com isso é sem cabimento, uma hora ou outra todo esse investimento teria de ser feito. Quanto antes melhor e, pessoalmente, já acho tarde.Vamos torcer para as obras serem bem feitas e o problema ser resolvido de vez.

gapixels. Entre os recursos, há um comando que permite aos professores desabilitarem aplicativos de entretenimento nos aparelhos dos estudantes. O Amplify vai custar US$ 300 com Wi-Fi e US$ 350 na versão 4G. Na Índia, o governo também investiu em tablets educativos, só que voltados para universitários e a um custo que não ultrapassa os US$ 100. METRO COM AGÊNCIAS

MARCIA MOURA, SANTO ANDRÉ

Correção Diferentemente do publicado na página 15 da edição do dia 6 de março, na reportagem intitulada “Real vira e avança para as quartas”, a Juventus enfrentou o Celtic na Itália

Metro Pergunta

O número de alunos com conhecimento adequado Siga o Metro no Twitter: em matemática caiu. O que @jornal_metro você acha do ensino no país? @quinho68

Sudoku News Corp vai vender também assinatura anual para materiais

| DIVULGAÇÃO

Nos preocupamos demais com faculdades para todos e nos esquecemos de dar a educação básica. Mais incentivos à formação! @JoaoGrao

Acho que, de maneira geral, o ensino está melhorando. Talvez matemática tenha sido uma exceção.

Televisão. Samsung lança recurso ‘modo futebol’ De olho na Copa do Mundo do ano que vem, a Samsung lançou um recurso exclusivo para a América Latina. Com o chamado “modo futebol”, os televisores da marca asiática trarão imagens com mais qualidade e opções de áudio. O usuário poderá definir, por exemplo, Horóscopo

@IaBelton

Isso mostra que a didática está errada. Os professores precisam instigar mais os alunos.

se amplia o som que vem do gramado ou da torcida. A ferramenta também permitirá a gravação de partidas e a repetição de lances em câmera lenta (exceto para transmissões via TV por assinatura). O “modo futebol” poderá, ainda, ser sincronizado com as redes sociais. METRO

Metro web Para falar com a redação:

leitor.abc@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Muitos compromissos e tarefas trabalhosas

Leão (23/7 a 22/8) Abrace os aliados e some forças com eles para você não acabar ficando para trás. Hoje a concorrência está mais disciplinada e muito ligada. Não fique parado.

Sagitário (22/11 a 21/12) Muita dedicação e disciplina podem

Touro (21/4 a 20/5) Não deixe as coisas saírem do controle. Algumas pessoas podem querer passar e assumir o controle da situação sem que você perceba. Fique mais ligado.

Virgem (23/8 a 22/9) Projeção pública e destaque através de

Capricórnio (22/12 a 20/1) Imagem pública colocada à prova. Hoje as suas atitudes estarão mais à vista das pessoas que irão cobrar resultados e saber dar o devido valor aos resultados.

Gêmeos (21/5 a 20/6) Grande capacidade de adaptação e bons discursos para influenciar as pessoas. Dia de liderar situações importantes e ficar do lado de pessoas poderosas.

Libra (23/9 a 22/10) Evite se desgarrar dos seus parceiros. Se

Câncer (21/6 a 22/7) Foco no trabalho e bom entendimen-

Escorpião (23/10 a 21/11) Dia de muita dedicação a objetivos

to com os seus parceiros podem trazer resultados positivos para você. Procure não desprezar outros setores da sua vida.

mais sólidos e contato com pessoas mais sérias que estarão lhe fazendo cobranças e críticas positivas para o seu futuro.

podem acarretar um pico de estresse no setor profissional. Procure se vigiar para não acabar se cansando demais.

atitudes muito objetivas e que representem uma visão mais profunda da vida. Dia de agir e mostrar a sua competência.

você olhar muito para o lado poderá perder o contato com eles que estão muito focados. Procure se concentrar mais.

acabar trazendo uma carga alta de estresse para o seu dia. Procure não exagerar no trabalho e relaxar entre os intervalos.

Aquário (21/1 a 19/2) Estudos e pesquisas favorecidos. Dia de apresentar resultados e obter reconhecimento através de trabalhos executados com muita dedicação e perspicácia. Peixes (20/2 a 20/3) As pessoas estão muito realistas e cobrando dos outros só o que pode ser comprovado. Não deixe que os seus sonhos sejam arranhados. Tente preservá-los.


ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

Taça Libertadores. São Paulo recebe o Arsenal de Sarandí no Pacaembu precisando vencer Com uma vitória e uma derrota no Grupo 3 da Taça Libertadores, o São Paulo não está em posição confortável na chave – ocupa o 3o lugar, com três pontos, empatado com o The Strongest (BOL) e três pontos atrás do líder Atlético-MG. Por isso, uma vitória hoje diante do Arsenal de Sarandí (ARG), às 19h15, no Pacaembu, é considerada fundamental. Ainda mais porque o clube argentino é o lanterna do grupo, com duas derrotas. “Será um jogo essencial para o time conseguir a classificação, precisamos da vitória a qualquer custo. Jogar como titular em uma circunstância como essa é muito motivador”, disse o volante Fabrício, confirmado pelo técnico Ney Franco entre os 11 titulares. Ele entra na vaga de Denilson, que foi vetado por causa de dores no joelho direito. Com uma torção no tornozelo direito, o zagueiro

{ESPORTE}

|15|◊◊

Vitória na cabeça

3 ESPORTE

Novo duelo Luis Fabiano está confirmado no ataque tricolor para o confronto de hoje com os argentinos | RAFAEL NEDDERMEYER/FOTOARENA

Rhodolfo, que atualmente é reserva, é a outra baixa. Para o técnico Ney Franco, o jogo não será nada fácil: “Não podemos achar que se o Atlético ganhou por cinco [no último dia 26, o Galo venceu os argentinos por 5 a 2, de virada, em Sarandí] nós vamos ter facilidade. O Atlético conseguiu porque trabalhou e teve competência.

Como eu disse, nossa única exigência é fazer valer o mando de campo”, afirmou. “O Arsenal não tem pontos e eles precisam vencer de qualquer jeito. Curiosamente, vamos enfrentar o mesmo time duas vezes seguidas, então precisamos encarar essas partidas como decisões”, disse, referindo-se ao duelo da próxima semana. METRO

SÃO PAULO Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Cortez; Wellington, Fabrício e Jadson; Aloísio, Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco

‘Spider’ ARSENAL (ARG) Campestrini; Gerlo, Lisandro López, Braghierri e Alfredo Pérez; Carbonero, Marcone, Ortíz e Rolle; Benedetto e Furch. Técnico: Gustavo Alfaro

E ádi Pacaembu, 19h15 Ta i ã Rádio Bandeirantes, Bradesco Esportes FM e Fox Sports

O ca eã d e édi d UFC a é g de e a a c g dia de h e La Vega EUA a a defe de ci ã c a Ch i Weid a O CEO d UFC L e Fe i a e e a Weid a e b a i ei e ia acei ad c ba e


|16|

ABC, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Derrota sintética Tropeço. Na grama artificial de Tijuana, Timão perde chance de chegar a recorde O Corinthians conheceu ontem sua primeira derrota na Taça Libertadores desde o ano passado. No México, o alvinegro sucumbiu à grama sintética do estádio Caliente e perdeu para o Tijuana por 1 a 0. O resultado deixa o clube na 2a posição do Grupo 5 com quatro pontos. O jogo No duelo em que perdeu a chance de chegar a 17 partidas de invencibilidade na Libertadores, o Timão começou bem. Embora a primeira investida tenha sido dos me-

1 0

xicanos, o alvinegro assustou aos 12 minutos: Paulinho, em posição irregular, anotou gol invalidade. A cena se repitiria três minutos depois. No 2º tempo, os dois times tiveram chances boas, até que o Tijuana chegou ao gol aos 20 minutos, com Gandolf, que aproveitou confusão na área alvinegra para marcar o gol da vitória do rubro-negro mexicano. MATHEUS ADAMI METRO SÃO PAULO

Saucedo; Abrego, Pablo Aguilar , Javier Gandolfi e Juan Nuñez; Cristian Pellerano, Fernando Arce, Joe Corona e Fidel Martínez (Garza); Alfredo Moreno (Ruíz) e Riascos (Enríquez). Técnico: Antonio Mohamed

TIJUANA

Cássio, Alessandro (Edenilson), Gil, Paulo André (Romarinho) e Fábio Santos ; Ralf, Paulinho , Renato Augusto (Douglas) e Danilo; Pato e Guerrero . Téc ic Tite

CORINTHIANS

G Gandolfi aos 20 minutos do 2º tempo. A b i age Victor Carrillo (PER), auxiliado por Jonny Bossio (PER) e Cesar Escano (PER)

Verdão leva gol no último lance e se complica

Argentinos comemoram gol de Peñalba aos 49 do 2o tempo | ENRIQUE MARCARIAN/REUTERS

1 0

Cousilla; Paparatto, TIGRE Echeverría e Orban; Galmarini , Peñalba, Ferreira, Pérez García (Leguizamón ), Rusculleda (Torassa) e Botta; Santander (Janson). Técnico: Nestor Gorosito Fernando Prass; Weldinho, Henrique, Maurício Ramos e Marcelo Oliveira; Vilson , Márcio Araújo, Wesley (Patrick Vieira) e Valdivia; Vinícius (M. Leite) (Charles) e Kleber . Técnico: Gilson Kleina

PALMEIRAS

G Peñalba, aos 48 minutos do 2o tempo A bi age Omar Ponce (ECU), auxiliado por Luis Alvarado (ECU) e Carlos Herrera (ECU)

Corintiano Fábio Santos tenta roubar a bola de Riascos, do Tijuana | LEJANDRO ZEPEDA/EFE/FOLHAPRESS

Um resultado para esquecer. Superior tecnicamente ao Tigre, o Palmeiras não conseguiu transformar as oportunidades em gol e foi castigado na Argentina. O time alviverde levou gol de Peñalba, aos 49 minutos da etapa final e perdeu o jogo por 1 a 0. A emoção estava guardada para os últimos dois minutos de jogo no estádio Monumental Victoria. Depois de um 1º tempo truncado, o Palmeiras criou boas chances diante do Tigre – em especial com Kleber, aos 47 do 2o tempo. O camisa 9, na sua primeira partida como titular, teve nos pés a bola do jogo. Ele partiu livre em velocidade, na entrada da área e driblou o zagueiro que o separava do goleiro. Era só chutar. Mas o atacante preferiu tentar mais um dribe e perdeu a bola, para o desespero dos palmeireneses. O castigo veio dois minutos depois. Peñalba aproveitou bate e rebate na área para colocar no fundo da rede e decretar a vitória do Tigre. Com o revés, o alviverde ficou no 3o lugar no Grupo 2, ao lado dos próprios argentinos, com três pontos – quatro a menos que o Libertad (PAR) e um atrás do Sporting Cristal (PER).

Chapéu

Conmebol adia decisão para hoje O Corinthians saberá apenas hoje se terá de continuar jogando com portões fechados em casa e sem torcida, fora, na Taça Libertadores. A Conmebol adiou para as 15h de hoje o julgamento do caso envolvendo a morte de Kevin Beltrán Espada, de 14 anos, torcedor do San José que foi vítima de um sinalizador disparado por um torcedor corintiano em Oruro, no duelo entre os dois times, dia 20. Agendado para a tarde de ontem, o julgamento foi adiado porque um dos membros do comitê julgador não pode comparecer ao Paraguai, onde fica a sede da Conmebol. Essa versão é a sustentada pelo brasileiro Caio César Vieira Rocha, presidente do Tribunal Disciplinarda entidade. Oficialmente, a Conmebol nega que a reunião seria ontem e não confirma o horário do julgamento para as 15h. METRO

Com Neymar fora, Giva pede passagem na Vila Belmiro Além da partida contra o Atlético Sorocaba no domingo, por conta de suspensão, Neymar também estará fora dos confrontos do Santos contra Mirassol (dia 21) e Palmeiras (dia 24), por causa de compromissos com a Seleção Brasileira. Mas, no que depender do atacante Giva, o torcedor alvinegro pode ficar tranquilo.

“Estou pronto. Estou à disposição, se o professor [Muricy Ramalho] achar que posso entrar. Substituí-lo é complicado, ele [Neymar] é muito diferente”, disse o atacante de 20 anos, uma das revelações do time campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No torneio, ele anotou quatro gols. METRO

Giva foi revelado na Copinha | GUILHERME DIONÍZIO/FOLHAPRESS

Jonas anota golaço, mas PSG despacha o Valencia Sem poder contar com o seu principal jogador – o atacante Ibrahimovic foi expulso no jogo de ida, na Espanha – o Paris Saint-Germain sofreu, mas conseguiu se classificar às quartas de final da Liga dos Campeões ao empatar com o Valencia, em casa, por 1 a 1. O jogo de ida foi 2 a 1 para o PSG. Mas quem saiu na frente foi o time espanhol com

o brasileiro Jonas, que disparou uma bomba de fora da área aos 10 minutos do 2o tempo para estufar as redes do goleiro Sirigu. Mas, 11 minutos depois, o argentino Lavezzi aproveitou um vacilo da defesa valenciana e deixou tudo igual no Parque dos Príncipes. O meia Lucas, ex-São Paulo, começou como titular, mas não teve sucesso na

maioria dos dribles e passes que tentou. Acabou substituído perto do final pelo zagueiro Sakho, mas ganhou aplausos da torcida. Já o astro inglês David Beckham ficou no banco e não entrou. Agora os franceses aguardam o sorteio que vai definir os confrontos das quartas de final, que ocorre no dia 15, para conhecer seu próximo rival. METRO

20130307_br_metro abc  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you