Issuu on Google+

RADIOHEAD NO PAUSE

Cantora traz sucessos e faixas do CD “Mais uma Página” no repertório

JUNTOS NO ATOMS FOR PEACE, THOM YORKE E O BAIXISTA FLEA LANÇAM ‘AMOK’ PÁG. 13

Turnê retorna a Curitiba Maria Gadú se apresenta sábado no Positivo

PÁG. 11

CURITIBA Terça-feira, 26 de fevereiro de 2013 Edição nº 448, ano 2 MIN: 18°C MAX: 24°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

showers sunny showers www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb

hazy

showers

windy

Dengue mata mais quatro no Paraná Alerta. Balanço da Saúde aponta que já são seis as mortes decorrentes da doença. Em apenas uma semana, número de casos confirmados subiu quase 29%. Mais dois municípios estão em situação epidêmica. Chuvas colocam Estado em alerta PÁG. O4

HOSPITAL FECHA UTI INVESTIGADA

Os 14 leitos devem voltar a receber pacientes até amanhã PÁG. 03

Enfermeira que trabalhava na UTI geral do Hospital Evangélico se apresentou à polícia | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

Bento 16 afasta cardeal envolvido em escândalo

Ministros levam aos EUA proposta para investidores

A três dias de deixar o pontificado, papa antecipa saída de Keith O’Brien como arcebispo de Edimburgo. Religioso escocês é acusado por três padres de abuso contra seminaristas nos anos 1980 PÁG. 10

Menor se apresenta à Justiça em SP

Projeto pretende atrair novos investimentos externos para obras de infraestrutura no Brasil PÁG. 08

Torcedor corintiano admite ter feito disparo do sinalizador que matou o boliviano Kevin Espada PÁG. 14


1 FOCO

Ponta Grossa

Vereadora é suspensa

O PT (Partido dos Trabalhadores) decidiu ontem suspender por 60 dias a vereadora Ana Maria Branco de Holleben, acusada de forjar seu próprio sequestro, em Ponta Grossa. Ela havia assumido seu mandato na Câmara Municipal, mas agora está proibida pelo seu partido.

Cotações Dólar + 0,30% (R$ 1,97) Bovespa - 0,14% (56.617 pts) Euro + 0,25% (R$ 2,60) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

02

CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

Prefeitura quer mudar fundo para a Saúde Audiência Pública. Segundo secretário Adriano Massuda, lei engessa repasses federais. Comissão vai apresentar mudanças Está funcionando, na Prefeitura de Curitiba, uma comissão para mudar a lei que regulamenta o Fundo Municipal de Saúde. A informação foi dada pelo secretário da pasta, Adriano Massuda, ontem em uma audiência pública na Câmara Municipal. Segundo Massuda, o fundo atual tem perfil apenas financeiro e não gestor, o que dificulta o recebimento de repasses federais, responsáveis por 50% do orçamento da área. “Pedimos a colaboração dos vereadores para fazer os ajustes”, disse. A lei foi aprovada no ano passado, e prevê que a Secretaria Municipal de Finanças seja responsável pelo controle do fundo, o que deve ser modificado.

Urgência

“Infelizmente estamos vivendo momentos muito tristes na Saúde. Cabe ao gestor evitar que a crise afete a população.”

Samu recebeu 600 chamadas/dia

ADRIANO MASSUDA, SECRETÁRIO

Dívidas A gestão passada, de acordo com Massuda, deixou de restos a pagar de R$ 97 milhões. Esse valor, segundo ele, ainda não está fechado e pode aumentar, e por isso a prefeitura pode pedir mais uma abertura de crédito suplementar à Câmara. THIAGO MACHADO

De acordo com o balanço da secretaria, divulgado ontem, de setembro a dezembro do ano passado, foram registradas 71.915 solicitações ao sistema do Samu e Siate. A média foi de 600 ligações por dia. Um dos problemas, segundo a assessora da superintendência, Inês Marty, é o alto número de trotes, com média diária de 40 - o que representa 6,7% das ligações. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

Vigilância contra doenças vai receber R$ 47 milhões Foi lançado ontem, em Curitiba, o programa VigiaSUS, que promete repassar para as prefeituras paranaenses, via governo do Estado, R$ 47 milhões para capacitar profissionais e fazer ações de prevenção de doenças. “Com as imensas dificuldades financeiras, os municípios muitas vezes não têm condições de arcar com os gastos de custeio”, justificou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. Do valor total do programa, R$ 30 milhões poderão ser utilizados pelas prefeituras para combate à dengue e outras doenças, vacinação, investigação e controle de doenças transmissíveis. De acordo com o gover-

Todos os 399 municípios receberão verbas | ROGÉRIO MACHADO/SEDS

no estadual, todos os 399 municípios receberão no mínimo R$ 60 mil. Cerca de R$ 4 milhões já haviam antecipados para os 32 municípios em situação epidêmica de dengue. METRO CURITIBA

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9200

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

R$ 60 mil é o valor mínimo que será repassado para cada uma das prefeituras do Paraná.

Balanço foi divulgado ontem | DIVULGAÇÃO

Inscrições. Fomento Paraná com vagas abertas Estão abertas até quinta-feira as inscrições ao concurso público da Fomento Paraná, instituição financeira controlada pelo Governo do Paraná, para 38 vagas. Os novos cargos são para ensino médio e ensino superior - para advoga-

do, analista contábil, secretário executivo, analista de tecnologia da informação, analista de comunicação e marketing e analista de desenvolvimento. Os candidatos deve ser inscrever pelo site: www.cops. uel.br. METRO CURITIBA

Contorno. Obras exigem desvio em Campo Largo A concessionária CCR RodoNorte inicia hoje um desvio, no quilômetro 121 da BR 277, em Campo Largo, para a construção de uma trincheira. Ele será usado apenas pelos motoristas que seguirem em direção

EXPEDIENTE

ao interior, e deverá ter a duração de quatro meses até o término das obras da trincheira. A região está recebendo o contorno de Campo Largo, que desviará o trânsito da cidade. METRO CURITIBA

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071). Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP: 80820-070, Curitiba. Tel.: 041/3069-9200 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição de 30.000 exemplares são auditadas pela BDO.


CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

Hospital Evangélico fecha UTI investigada Mudanças. Ao todo, 14 leitos deixaram de receber pacientes desde sábado. Unidade deve reabrir amanhã com uma nova equipe de médicos. Direção afirma que médica Virígina era qualificada para exercer a atividade A UTI Geral do Hospital Evangélico, que tinha como chefe a médica Virgínia Soares, acusada de antecipar a morte de pacientes, está desativada desde sábado. A medida foi tomada pela direção do hospital até que uma nova equipe de profissionais seja contratada, já que 47 funcionários que atuavam na unidade foram trocados. “O hospital está contratando uma equipe multidisciplinar que vai assumir a condução dessa UTI. Não se arranja uma equipe médica que consiga cuidar de vários pacientes de alta gravidade em 24h. Os médicos não estão se sentindo à vontade para trabalhar nesse ambiente até que os fatos sejam esclarecidos”, afirmou o diretor técnico do hospital,

331

pessoas morreram na UTI Geral do hospital no ano passado. O índice representa 7% do total de atendimentos e está dentro do parâmetro estabelecido pelo Ministério da Saúde, que é de 4% a 10%. Luiz Felipe Natel Mendes. A previsão do hospital é que a UTI volte a funcionar já a partir de amanhã. A direção informou que a médica tem especialização em terapia intensiva. “Ela não tem título de especialista, mas isso não é uma obrigatoriedade. Não procede a informação de que ela não era qualificada para exercer a atividade na UTI. Não houve no históri-

co de trabalho dela qualquer dado levantado sobre algum problema na atuação”, disse Mendes. O diretor técnico explicou que Virgínia não era contratada e nem trabalhava por produtividade. “Ela recebia por hora/plantão. Então não faz sentido dizer que se ela produzisse mais ganharia mais”, negando que a médica ‘matava’ pacientes do SUS e dava preferência aos que tinham planos de saúde. Ele também comentou sobre as outras quatro prisões de médicos e enfermeiros. “Não são pessoas despreparadas. Todos eles têm qualidade”. LINA HAMDAR METRO CURITIBA

Direção pede afastamento de delegada do Nucrisa O advogado da Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba, Gláucio Antônio Pereira, disse ontem, durante a entrevista coletiva, que o hospital vai adotar medidas legais em função da divulgação de dados da investigação. Uma delas é o pedido de afastamento da delegada do Nucrisa (Núcleo de Repressão aos Crimes Contra a Saúde) que cuida do caso, Paula Brisola. “Estamos providenciando uma representação contra a delegada do Nucrisa (Paula Brisola) perante o juízo criminal. Estamos também solicitando ao secretário de Segurança Pública (Cid Vasques) que instaure procedimentos para verificar sobre a existência ou não da violação de segredo, para saber se foram vazada informações através de órgãos policiais”, explicou Gláucio Pereira. Ele disse também que é a favor de que caso fique sob segredo de Justiça. “O objetivo do sigilo é não provocar um pânico social e preservar a honra e a intimidade das pessoas”. “Se existe uma determinação do juízo para

Direção do hospital deu entrevista coletiva ontem | FELIPE HARMATA/BANDNEWS

Enfermeira foragida se apresenta à polícia Uma enfermeira que estava foragida desde sábado se apresentou ontem ao Nucrisa (Núcleo de Repressão aos Crimes Contra a Saúde). Ela se chama Laís da Rosa Groff, de acordo com informações da Polícia Civil. Segundo o advogado Jeferson Reis, ela estava fora de Curitiba. A enfermeira foi ouvida e ficará presa. Ela também é suspeita de envolvimen-

to nos casos de homicídios que são investigados na UTI do Hospital Evangélico. Além dela, a polícia prendeu três médicos anestesistas, no sábado. A ex-chefe da UTI, Virgína Soares, está presa desde terça-feira no Centro de Triagem I. A prisão temporária de 30 dias dela foi convertida em prisão preventiva por tempo indeterminado. METRO CURITIBA

Investigação é sigilosa, afirma delegada | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

que tais fatos não fossem revelados, nós da entidade temos que começar a investigar os abusos decorrentes dessas divulgações”, argumentou Pereira. O hospital critica o fato de ainda não ter acesso ao inquérito. “Soubemos pela própria imprensa de que havia um funcionário infiltrado no local. Queremos saber se essa pessoa era habilitada para estar lá dentro trabalhando e prestando cuidados aos pacientes. Senão, é foco de uma irresponsabilidade absurda do organismo policial que colocou essa pessoa lá den-

“O hospital não sabia dessa investigação e foi tomado de assalto na operação. Temos o maior interesse em esclarecer os fatos. O constrangedor é a maneira como isso está sendo conduzido.”

FOCO

03

Segurança. Nova equipe faz visitas diárias A equipe designada pela Secretaria Municipal de Saúde para assegurar a continuidade do atendimento dos pacientes no Evangélico realiza visitas diárias ao hospital. “Ficamos na cobertura dos doentes que já estavam internados e fazemos o acompanhamento todos os dias”, conta o médico intensivista Ilmar José Carneiro Leão. Atualmente, Curitiba conta com 400 leitos do SUS. Mesmo com o fechamento da UTI Geral, que tem espaço para abrigar 10 pacientes do Sistema Único de Saúde e quatro particulares, o médico garante que não há falta de vagas. “Tínhamos onze internados. Alguns receberam alta, tivemos um óbito e outros cinco foram transferidos para a UTI cardíaca do hospital. Não há lotação, hoje temos três leitos vazios”, esclarece Leão. Aproveitando que a UTI está desativada, é feita no local uma limpeza terminal, que são melhorias na estrutura e a desinfecção do espaço. METRO CURITIBA Inquérito

Defesa da médica Virgínia pede ajuda à OAB O advogado Elias Mattar Assad, que defende a médica Virgínia Soares, pediu formalmente ajuda da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para ter todas as informações sobre o inquérito que investiga as mortes ocorridas na UTI do Evangélico. Ele entregou oficialmente ontem o Pedido de Assistência ao órgão. De acordo com o Conselho da Ordem dos Advogados, a delegada Paula Brisola cometeu abuso de poder ao não permitir que a defesa tivesse acesso ao inquérito policial. METRO CURITIBA

LUIZ FELIPE NATEL MENDES, DIRETOR TÉCNICO DO EVANGÉLICO

tro”, questionou o diretor técnico do Evangélico, Luiz Felipe Natal Mendes. METRO CURITIBA

Ela foi ouvida e ficará presa

| REPRODUÇÃO / BAND TV

Advogado não tem acesso a todo o inquérito | RODRIGO F. LEAL/METRO


04

CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

FOCO

Mais quatro morrem por dengue no PR Balanço. Até agora, são seis as vítimas da doença. Mais dois municípios entraram em situação epidêmica. No Brasil, já são mais de 16 mil notificações, quase o triplo de 2012 Urbs afirma que RIT pode acabar em março | RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

Transporte. Aumento do subsídio ainda não saiu O Estado ainda não respondeu o pedido feito pela Urbs de aumento de R$ 17,7 milhões no subsídio da RIT (Rede Integrada de Transporte). Com isso, segundo afirmações do município, a integração e a tarifa única podem acabar já na próxima semana. Segundo a assessoria de imprensa do governo, a Secretaria do Desenvolvimento Urbano ainda estuda a situação, em parceria com a Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) e das secretarias da Fazenda e do Planejamento. A Urbs alega que os R$ 64 milhões garantidos pelo Estado, por convênio assinado em maio de 2012, são suficientes para para manter o sistema apenas até o início de março, e não até maio, quando o contrato seria renovado. O presidente Roberto Gregó-

rio da Silva Junior explica que há déficit no montante, resultado de aumento no valor pago às empresas metropolitanas, conforme acordo entre elas, o Estado e a antiga gestão municipal. Sem o aumento, afirma Gregório, a RIT só poderia ser mantida caso a Comec assumisse sua operação, hoje delegada à Urbs pelo convênio. Câmara Ontem, o vereador Rogério Campos (PSC) protocolou o pedido de criação da Secretaria Municipal do Transporte Coletivo, para a qual a Urbs transferiria todas as suas atribuições. “Temos cobrado transparência da Urbs, sem retorno. Como todos sabem, a Urbs é uma caixa-preta. Com a secretaria teremos mais transparência”, afirma Campos. METRO CURITIBA

De volta. Pedala Curitiba será realizado em dois dias A partir de hoje, está de volta o Pedala Curitiba, que passará a ser realizado duas vezes na semana, às terças e quintas-feiras. A concentração das terças-feiras continua na Praça Garibaldi, no Largo da Ordem. Já às quintas, haverá um novo circuito, saindo do Centro de Esporte e Lazer Santa Rita, no bairro Tatuquara. Em ambos os cicuitos, a concentração começa às 19h45 e a saída está marcada para as 20h15. A distância estimada entre 15 e 17 quilômetros e o trajeto varia a cada Pedala Curitiba. A intenção da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude é levar o projeto para outras regiões, criando um novo circuito para cada dia da semana.

Tatuquara entra na rota dos cicilistas | VALDECIR GALOR/SMCS

Como participar Podem participar maiores de 15 anos de idade. É obrigatório o uso de capacete. Quem não tiver o equipamento de segurança pode emprestá-lo mediante a apresentação de documento de identidade junto aos organizadores. METRO CURITIBA

O número de mortes em decorrência da dengue no Paraná subiu de duas para quatro, conforme boletim divulgado ontem pela Secretaria Estadual da Saúde. Três novos óbitos aconteceram em Peabiru. Entre elas estava uma mulher de 84 anos de idade, que teve como causa febre hemorrágica associada a uma hemorragia digestiva alta. Segundo a Saúde, ela era hipertensa e, mesmo apresentando sintomas, não buscou atendimento e tomou remédios por conta própria, o que pode ter influenciado o agravamento do seu quadro. As outras duas mortes, aponta a secretaria, foram de uma mulher de 62 anos, também por febre hemorrágica, e de um homem de 75 anos, que tinha doença pulmonar obstrutiva crônica. A quarta nova morte aconteceu em Campo Mourão. A mulher tinha 31 anos e ficou hospitalizada por cinco dias em estado grave, por conta da febre hemorrágica. Casos O número de casos confirmados entre agosto do ano passado e ontem (período epi-

Chuvas deixam Estado em período crítico | MICHEL WILLIAN/SMCS

demiológico analisado pelo Estado) chegou a 5.438, quase 29% em relação à semana anterior. E eles podem aumentar em razão das chuvas. “O combate à dengue deve ser feito durante todo o ano, mas devemos ficar atentos ao período de calor intenso e chuvas, que favorecem a proliferação do mosquito transmissor da doença”, alerta o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz. Já são 13 os municípios em situação epidêmica, segundo o Estado, dois a mais que na semana anterior: São João do Caiuá e Enge-

nheiro Beltrão. Eles ultrapassaram a marca de 300 casos por 100 mil habitantes. Notificações Só neste ano, a Secretaria da Saúde já registrou 16.370 notificações, mas apenas 4.367 foram confirmadas como dengue por exames laboratoriais – dados até ontem. No país, foram 204.650 casos notificados até 16 de fevereiro, quase o triplo em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram 70.489, conforme balanço divulgado ontem pelo Ministério da Saúde.

Oito estados concentram 84,6% do total: Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Espírito Santo. O Paraná também está entre os que têm maior índice de incidência (113,8 casos notificados para cada 100 mil habitantes), ao lado de Rondônia, Acre, Amazonas, Tocantins, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás. CAMILA CASTRO METRO CURITIBA

Chove acima da média no mês Até domingo, já havia chovido 173 milímetros em Curitiba, em fevereiro, bem acima de média para o mês, que é de 125 milímetros, segundo dados do Instituto Simepar. De acordo com o meteorologista Reinaldo Kneib, até o dia 28, quando se encerra o mês, as chuvas devem passar dos 200 milímetros. O volume de chuvas é maior agora, segundo o meteorologista, porque nas últimas semanas umidade vinda da região amazônica tem alcançado o Paraná. “O transporte de umidade é constante e tem alimentado as tempestades”, diz Kneib. Essa situação, porém, tende a mudar até o fim da semana e o mês de março deve começar mais seco,

173 mm

é o volume de chuvas registrado no mês até o último domingo. A média para o mês inteiro é de 125 mm, segundo o Simepar. garante o meteorologista. O regime de chuvas mais acentuadas em fevereiro mudou pouco as temperaturas. A média das máximas para o mês é de 26 graus Celsius e este ano está em 26,6 graus. Previsão Para hoje, segundo o Simepar, está prevista a chegada de uma frente fria, com chuvas intermitentes durante todo o dia. A temperatura cai um pouco, ficando entre 18 e 24 graus Celsius. METRO CURITIBA

Curitiba tem tido chuvas diárias | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA


06

CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

BRASIL

Dilma quer urgência para 39º ministério Reforma ministerial. Governo trabalha para Congresso aprovar criação da Secretaria de Micro e Pequena Empresa em março. Com programa pronto, ministro da Ciência e Tecnologia deve ficar Deputado Gabriel Chalita (PMD-SP) | ARQUIVO METRO

São Paulo. Denúncias contra Gabriel Chalita chegam à Procuradoria O MP (Ministério Público) de São Paulo encaminhou ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, as denúncias de enriquecimento ilícito e fraudes com recursos públicos contra o deputado federal Gabriel Chalita (PMDB-SP). As irregularidades, segundo a Promotoria, teriam ocorrido durante o período em que Chalita ocupou o cargo de secretário estadual da Educação na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB). O MP encaminhou a Gurgel cópia do depoimento do analista de sistemas Roberto Grobman, autor das denúncias. Em outubro de 2012, ele disse à Promotoria que Chalita cobrava 25% de propina sobre o valor dos contratos que assinava com fornecedores da secretaria. De acordo com a “Folha de S. Paulo”, o analista disse que foi indicado pelo grupo educacional COC para se aproximar do então secretário para prospectar negócios para o grupo. Ele relatou supostos pagamentos de propina para o deputado. Grobman afirma ter atua-

do como assessor informal do peemedebista entre 2002 e 2006, tendo acompanhado Chalita em diversas viagens internacionais. De acordo com os depoimentos, o COC pagou despesas com locação de aviões e helicópteros, viagens, presentes e a reforma do apartamento de Chalita em Higienópolis, na zona oeste de São Paulo. O grupo educacional também teria adquirido milhares de livros escritos pelo parlamentar, além de computadores para a emissora de televisão da Canção Nova, onde Chalita chegou a apresentar um programa. Por ter direito a foro privilegiado, Chalita só pode ser investigado pela Procuradoria. Após analisar os documentos, Gurgel decidirá se abre investigação ou se arquiva o caso. Em nota, Chalita nega as denúncias e questiona por que foram feitas 10 anos após ele deixar a secretaria. Ele diz que as acusações são parte de um jogo estratégico de dossiês divulgados para atingir a imagem de quem trabalha pelo país. METRO

Santa Maria. Advogado de dono da Kiss pede prorrogação da prisão O advogado de defesa de Kiko Elissandro Spohr, proprietário da boate Kiss, palco do incêndio que matou 239 pessoas no dia 27 de janeiro, em Santa Maria (RS), pediu a prorrogação da prisão temporária de seu cliente por mais 30 dias. Segundo ele, a decisão foi tomada com o objetivo de colocar seu cliente à disposição para contribuir com o inquérito policial.

“O Elissandro oferece a sua liberdade por mais 30 dias para que a autoridade policial possa continuar com a investigação. Ele está se submetendo aos 30 dias para que a autoridade policial não cometa este atentado ao direito à defesa, de dizer que concluiu este inquérito, que nós acreditamos que esteja pendente de elementos”, pontuou o advogado, em entrevista coletiva ocorrida ontem em Santa Maria. METRO POA

Peça-chave da reforma ministerial a ser anunciada no próximo mês, a Secretaria de Micro e Pequena Empresa será tratada com prioridade. Em tramitação desde março do ano passado, o projeto de criação do 39º ministério do governo Dilma Rousseff foi aprovado em novembro pela Câmara e agora aguarda votação no Senado. A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, recebeu a incumbência de negociar com líderes dos partidos da base aliada a melhor maneira de destravar a votação. O projeto está na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos). Caso não haja avanços até a segunda quinzena de março, Dilma Rousseff deverá encaminhar um pedido de urgência, segundo fontes do governo. Neste caso, a criação da secretaria segue para votação diretamente no plenário. Novo aliado A Secretaria de Micro e Pequena Empresa será a cota do PSD na Esplanada dos Ministérios. O vice-governador de São Paulo, Afif Domingos, tem o aval do partido para assumir o cargo. Falta apenas

um parecer jurídico para saber se Afif poderá acumular ou terá que abandonar o cargo no Poder Executivo estadual para virar ministro. A entrada do PSD no governo fortalecerá ainda mais a base aliada no Congresso. O ministério dará como bônus o apoio de 48 deputados e dois senadores. Ciência e Tecnologia Ameaçado de demissão por ter o cargo cobiçado pelo PMDB, o ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antônio Raupp, tem como trunfo o apoio da comunidade científica e um programa de inovação pronto para ser anunciado. Pela segunda vez em 18 dias, Raupp teve um encontro ontem com a presidente, numa demonstração de prestígio. O programa, com anúncio previsto para os próximos dias, prevê o investimento de R$ 30 bilhões para desenvolvimento de pesquisa científicas e a criação da Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial). MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Novo ministério terá 68 cargos comissionados | RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIA

Morador de rua é espancado até a morte em Porto Alegre Por volta das 4h30 de ontem, o morador de rua Wolney Ciro de Souza, 47, foi linchado em frente ao Mercado Público, no centro de Porto Alegre. Ele teria sido perseguido e espancado até a morte por um grupo de cinco pessoas. Dos autores do homicídio, apenas um se apresentou à polícia, alegando ter reagido a uma tentativa de assalto do mendigo, que teria lhe agredido com um pedaço de pau. O homem foi autuado por participação no homicídio e preso. Conforme imagens do Guarda Municipal, os demais agressores seriam três homens e uma mulher. As imagens, que flagram a morte do suposto assaltante desde o instante em que começa a ser linchado até o

No chão, o mendigo é chutado por cinco pessoas | REPRODUÇÃO/GUARDA MUNICIPAL

um grupo que ouviu gritos de socorro e partiu em disparada do corredor de ônibus localizado ao lado do centro comercial. Após ser derrubado, o homem foi chutado. Quando levou as mãos à cabeça para se proteger, foi levantado e posto na calçada, onde seguiu sendo agredido até desfalecer. Estendido na calçada, o homem foi atingido por um bloco de pedra.

o delegado Felipe Bringhenti, titular da 2a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa. O morador de rua teria sido perseguido até a porta que liga o mercado à avenida Siqueira Campos. No local, foi seguro e posto ao chão por

Investigação Na tentativa de identificar os infratores, foram interrogados comerciantes e moradores de rua da região. Faremos vigilâncias à noite, pois o público que circula naquela hora não é o público da manhã”, afirma Bringhenti. METRO POA

momento em que cai desacordado, auxiliarão a polícia a investigar o caso. “Foram feitas investigações e levantadas mais câmeras de segurança que mostram o momento no qual ele diz ter sido assaltado”, relata


08

CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

BRASIL

Projetos ‘Made in Brazil’ são oferecidos nos EUA Road show. Ministros apresentam hoje em Nova York proposta para investidores assumirem obras de infraestrutura

A disposição para conseguir resultados mais expressivos na economia e atrair investimentos externos para projetos de infraestrutura levou uma comitiva do governo a desembarcar ontem em Nova Iorque. É a primeira escala internacional do ‘road show’ para apresentar aos empresários estrangeiros os projetos de portos, aeroportos, rodovias, ferrovias, petróleo e energia que serão concedidos à iniciativa privada. A cartela de propostas será apresentada pelos ministros Guido Mantega (Fazenda), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Leônidas Cristino (Portos) e pelo presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, durante um fórum de infraestrutura sobre o Brasil

300

bilhões de reais é a estimativa de investimentos necessários para tirar do papel projetos de infraestrutura oferecidos. e as oportunidades de investimento no país. A intenção do governo é oferecer diretamente R$ 15 bilhões por meio de bancos públicos e linhas de crédito do BNDES, mas ter a maioria dos recursos aplicados pelas empresas. “É rentável investir no Brasil”, declarou Mantega. As concessões começam em maio, com a 13ª rodada de licitação de petróleo. Até junho, devem ser divulgados os primeiros editais para du-

plicação de 5,7 mil km de rodovias e 1,8 mil km que serão repassados para a gestão privada, além de 12 trechos para a construção de 10 mil km novos de ferrovias. Em setembro, será feito o leilão dos aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro, e de Confins, em Belo Horizonte, com investimento de R$ 11,4 bilhões. No segundo semestre, ainda está prevista a licitação do trem-bala, que ligará São Paulo, Campinas e Rio, no valor de R$ 34,2 bilhões, e das 159 áreas de 25 portos, cujo investimento será de R$ 54 bilhões. O próximo destino do ‘road show’ será Londres, na sexta-feira. Em seguida, a comitiva deverá seguir para Tóquio e Cingapura. METRO BRASÍLIA

7,5 mil km de estradas devem ser repassados à iniciativa privada | DIVULGAÇÃO/CNT


CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

ECONOMIA

09

Feira traz os novos tablets Congresso Mundial de Mobilidade. Samsung Galaxy Note 8 é um dos destaques em Barcelona. Nokia lança celular de 15 euros Os principais fabricantes de smartphones e tablets abriram ontem a temporada de lançamentos. No primeiro dia da edição 2013 da Mobile World Congress, principal evento de mobilidade que acontece até o próximo dia 28 em Barcelona, na Espanha, empresas como Samsung, Nokia e Sony apresentaram suas apostas para disputar esse crescente mercado. Entre as novidades está o Galaxy Note 8, novo tablet da Samsung, que chegará ao mercado brasileiro em abril por cerca de R$ 1.500. Para reforçar sua posição no mercado de aparelhos básicos, a Nokia lançou um celular de 15 euros, o Nokia 105, que precisa ser carregando apenas uma vez por mês. A fabricante finlandesa também ampliou a sua família Lumia de smartphones com Windows Phone, o Lumia 720 e 520, ambos com Windows Phone 8. METRO

CONFIRA CINCO NOVIDADES Lançamentos Lan nçamentos da edição 2013 da Mobil Mobile World Congress

cerca de

R$ 1.500

a partir de

US$ 499

NO BRASIL

€ 999

NOS EUA

€ 249 NA EUROPA

SAMSUNG GALAXY NOTE 8 Com oito polegadas de tela, chega para competir com o iPad míni, pesando 330 gramas. O novo tablet tem processador de 1,6 GHz e 2 Gbytes de memória FONTE: EMPRESAS E AGÊNCIAS

NOKIA LUMIA 720 Equipado com Windows Phone 8, tem display de 4,3 polegadas, câmera frontal HD e traseira de 6,7 MP e processador de dois núcleos

NA EUROPA

NÃO DIVULGADO

SONY XPERIA TABLET Z Lançado como o modelo 4G mais fino do mundo, pesa 495 gramas e tem apenas 6,9 milímetros de espessura. À prova d’água, o tablet tem uma tela de 10,1 polegadas e processador de quatro núcleos

ASUS PADFONE INFINITY Com 5 polegadas, o smartphone pode ser acoplado a um tablet de 10 polegadas. Conta com processador de quatro núcleos, Android 4.2 (Jelly Bean) e câmera de 13 MP

Samsung lançará novo Galaxy S na casa da Apple A Samsung Electronics anunciou que lançará seu novo smartphone Galaxy S em Nova York, no dia 14 de março, levando sua luta pela liderança no mercado ao território da Apple. Será a primeira vez em três anos que o principal modelo de smartphone da linha Galaxy será lançado nos Estados Unidos, disse Chenny Kim, porta-voz da Samsung. O lançamento acontecerá em meio a uma forte campanha de publicidade da Samsung nos Estados

Unidos, que zomba gentilmente dos fãs da Apple, segundo a “Reuters”. “Nós apresentamos o Galaxy S III em Londres, no ano passado, e este ano transferiremos o lançamento (para Nova York) porque fomos bombardeados com pedidos pelas operadoras de telefonia móvel norte-americanas para que o Galaxy S IV fosse lançado no país”, teria declarado JK Shin, o presidente da divisão móvel da Samsung, de acordo com o site de notícias Edaily. METRO

Impostos. Arrecadação bate recorde em janeiro A arrecadação federal ultrapassou pela primeira vez os R$ 100 bilhões em um mês e iniciou o ano de 2013 batendo recorde histórico. Segundo a Receita Federal, a arrecadação somou R$ 116,06 bilhões em janeiro, o que representa um aumento real de 6,59% em relação ao mesmo período de 2012. Entre os fatores que explicam o crescimento da arrecadação estão o pagamen-

R$ 116 bi foi a arrecadação em janeiro.

to da primeira cota, ou cota única, do Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido, além da antecipação do ajuste anual referente ao lucro obtido pelas empresas em 2012. METRO

HUAWEI ASCEND P2 Foi anunciado como o smartphone 4G mais veloz do mundo. Com um processador de quatro núcleos, o dispositivo tem tela HD de 4,7 polegadas e 8,4 milímetros de espessura

Telefonia

Oi recebe mais multas da Anatel

Visitantes fotografam aparelhos durante evento de mobilidade em Barcelona | DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

Presidente do BC diz que evitará oscilações do câmbio O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, disse ontem que a autoridade monetária vai reagir à forte oscilação nos mercados de câmbio para ancorar as expectativas de inflação. “Vamos reagir a qualquer volatilidade nos mercados de câmbio”, afirmou em evento em Nova York. Em 2012, o dólar subiu quase 10% ante o real e, neste ano, o movimento é inver-

“Temos de ancorar novamente as expectativas de inflação.” ALEXANDRE TOMBINI, PRESIDENTE DO BC

so, com queda de quase 4% até o fechamento da véspera. Ontem, a moeda reagiu às declarações do presidente do BC e subiu 0,32%, cotada a R$ 1,9773 para a venda.

Para o mercado, o governo quer deixar o dólar mais fraco para segurar a inflação, que ainda dá sinais robustos. A meta de inflação do governo é de 4,5%, com tolerância de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Mas com a alta dos preços em 12 meses pouco abaixo da máxima dessa banda, o Banco Central se esforça para trazer o índice para mais perto do centro da meta. METRO

A Oi continua a ser multada pela Anatel. Ontem, o “Diário Oficial da União” traz hoje mais oito multas, no total de R$ 118,5 mil, que se somam às quatro recebidas pela Oi desde o dia 15, em valor total superior a R$ 40 milhões. Todas as punições são referentes ao descumprimento de obrigações e meta impostas pela Anatel. A Oi disse que está analisando o teor da medida anunciada pela Anatel e que deverá recorrer judicialmente da decisão. METRO

Inflação

Preços sobem na construção civil O INCC-M (Índice Nacional de Custo da Construção - M) subiu 0,80% em fevereiro, ante 0,39% em janeiro, conforme a FGV (Fundação Getulio Vargas). O índice acumula alta de 1,19% no ano e de 7,35% em 12 meses. O INCC-M foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 de janeiro e 20 de fevereiro. METRO


10

CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

MUNDO

Novo escândalo afasta cardeal Assédio. Bento 16 decide antecipar saída de religioso escocês do cargo após acusações de abuso contra seminaristas nos anos 1980 A três dias de deixar o comando da Igreja, o papa Bento 16 afastou o cardeal escocês Keith O’Brien de suas funções como arcebispo de Edimburgo. O’Brien é acusado por três padres e um ex-religioso de assédio. O crime teria ocorrido nos anos 1980, quando as vítimas eram seminaristas. O’Brien nega as acusações, feitas no fim de semana ao representante do papa no Reino Unido. Em um comunicado, o cardeal explica que já havia pedido sua renúncia do cargo de arcebispo. A saída, no entanto, ocorreria em 17 de março, quando O’Brien completa 75 anos. Mas “o Santo Papa decidiu que minha demissão terá efeito hoje, 25 de fevereiro”, explica o texto, divulgado ontem pela Igreja na Escócia. Com a renúncia, O’Brien deixará de participar da es-

“Todos pensaram que deixei o sacerdócio para poder me casar. Mas a realidade é que deixei a batina para preservar a minha integridade. Precisei frequentar um psicólogo depois do que aconteceu.” VÍTIMA OUVIDA PELO “THE OBSERVER”

colha do novo papa, que deve começar em breve. “Não vou me unir pessoalmente a eles no conclave. Não desejo que atenção da mídia se concentre em mim, e não no Papa Bento 16 e em seu sucessor”, justificou. Sem O’Brien, o Reino Unido não terá representante no conclave. O escândalo, o mais recente a sacudir o Vaticano, estourou no fim de semana, com a

denúncia das vítimas e com a publicação, na imprensa britânica, de seus relatos. Um dos religiosos disse que O’Brien fez “investidas inapropriadas” contra ele. O cardeal já defendeu o casamento de padres, mas se diz contra relações homossexuais. Nos Estados Unidos, outro cardeal é acusado de acobertar casos de pedofilia. VatiLeaks Ainda na esteira dos escândalos na Cúria Romana, o porta-voz do Vaticano informou que os documentos sobre casos de roubo e corrupção na Igreja são de conhecimento “exclusivo” de Bento 16. Federico Lombardi também assinalou que o pontífice vai entregar o conteúdo desses informes “apenas” para seu sucessor. CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

Keith O’Brien era o único religioso que representaria o Reino Unido na escolha do pontífice | DAVID MOIR/ARQUIVO/REUTERS

Papa muda regra para acelerar conclave Em meio à crise que atinge a cúpula da Santa Sé, Bento 16 mudou uma das regras do conclave, abrindo caminho para o início antecipado da escolha do novo papa. Por meio de um documento conhecido como Motu Proprio, o pontífice li-

berou os cardeais para que começem as consultas prévias assim que todos estejam em Roma. Os religiosos estão, portanto, desobrigados a respeitar o prazo de 15 a 20 dias para a organização do conclave, como era previsto até então nas regras.

Analistas temem que o adiantamento favoreça cardeais italianos, mais próximos ao Vaticano. “Mas esse parece ser um conclave muito aberto, sem um claro favorito”, disse ao Metro Thomas Groome, teólogo no Boston College. METRO


CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

Mecenato

FCC seleciona 400 projetos para 2ª etapa do processo A FCC (Fundação Cultural de Curitiba) divulgou ontem em seu site (www. fundacaoculturaldecuritiba.com.br), a relação dos projetos selecionados pelo edital do Mecenato Subsidiado, na categoria não iniciantes. 400 projetos foram classificados na análise de mérito, e agora passam para a análise de seleção. Os convocados têm até 7 de março para a entrega da documentação exigida pelo edital. METRO CURITIBA

Sesi Teatro Guaíra

Núcleo recebe inscrições Estão abertas até 20 de março as inscrições do Núcleo de Dramaturgia Sesi Teatro Guaíra 2013. Mais informações no site: www. sesipr.org.br/nucleodedramaturgia. METRO CURITIBA

Pocket-show. Leprevost canta na Fnac Conhecido na cena artística paranaense como poeta, compositor e ator, Luiz Felipe Leprevost está se lançando agora como cantor. Em fase final de produção, o disco de estreia “Já tive uns ataques, vou ter mais síncope” será apresentado nesta quinta, em um pocket-show gratuito na Fnac. O evento faz parte da série “Mondo Bacana Apresenta”, que traz também um bate-papo com Leprevost comandado pelo jornalista Abonico Smith. METRO CURITIBA Na Fnac (ParkShopping Barigui). Quinta, 28 de fevereiro, às 19h30. Entrada franca. www. agendafnac.com.br Nesta quinta, com entrada franca | MARCO NOVACK/DIVULGAÇÃO

CULTURA

11

Maria Gadú volta à capital

‘Mais uma Página’. Cantora retorna a Curitiba neste sábado para apresentação única da turnê do segundo disco, no Teatro Positivo

Depois de lotar o Teatro Positivo no ano passado, Maria Gadú está de volta a Curitiba com a turnê do disco “Mais uma Página”. Os ingressos para a apresentação única neste sábado estão à venda pelo Disk Ingressos (veja abaixo). Menos pop e mais madura, a paulistana de 26 anos se consolida cada vez mais como grande nome da nova geração da MPB. Ao lado dos músicos Cesinha, Fernando Caneca, Doga, Gastão Villeroy e Maycon, Gadú traz um repertório que mescla canções do novo disco, como “Axé Acappella”, “Linha Tênue” e “Estranho Natural”, e sucessos anterio-

res, incluindo “Linda Rosa”, “A História de Lily Braun” e “Oração ao Tempo”. Em apenas quatro anos de carreira, a cantora já vendeu 180 mil cópias do primeiro disco, gravou com Caetano Veloso e foi indicada ao Grammy.

No Teatro Positivo (R. Pedro Viriato P. de Souza, 5.300). Sábado, 2 de março, às 20h. Ingressos: de R$ 75 a R$ 165. Informações: 3315-0808. www.diskingressos.com.br

METRO CURITIBA

2 CULTURA

Soulution Orchestra

Nas quartas A banda Soulution Orchestra volta amanhã com os clássicos da música americana para nova temporada no Crossroads (Av. Iguaçu, 2310). Todas as quartas, com entradas a partir de R$15.

Cantora mescla novas faixas com sucessos em show | DIVULGAÇÃO


12

CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

VARIEDADES

Chip fará as fotos perfeitas

Os invasores

Mísseis russos

Cruzadas

Invenção. Equipe do MIT, nos Estados Unidos, está desenvolvendo ferramenta milagrosa para fotógrafos amadores Esqueça o Instagram ou qualquer outro aplicativo de edição de fotos. No MIT (o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos), os cientistas estão elevando o sonho da imagem perfeita a um outro patamar. Os pesquisadores estão desenvolvendo um chip que vai cortar e ajustar a luz das imagens automaticamente, em questão de segundos. O dispositivo, que deve ser apresentado ao mercado dentro de dois anos, associa recursos de softwares profissionais à linguagem fácil e intuitiva de smartphones e tablets. “É simples e automático, o usuário não precisa de qualquer perícia fotográfica”,

Leitor fala

disse ao Metro o pesquisador Rahul Rithe. “Se você aponta a câmera na direção certa, o chip vai lhe dar um bom resultado.” Segundo Rithe, já há uma legião de fabricantes interessados no dispositivo. Uma boa técnica, no entanto, não garante a foto perfeita. “O chip vai ser ótimo para os que não entendem como usar luz”, reconhece o fotógrafo de guerra Ted Nieters. “Mas isso não muda a composição da foto. Se você não sabe dar um clique, isso não fará das suas imagens mais interessantes”, pondera.

A presidente Dilma deu um péssimo exemplo de falta de gestão ao comprar equipamentos de guerra, como baterias antiaéreas e lançadores de mísseis, cujo valor chegou a US$ 1 bilhão. Senhora presidente, não precisamos de mísseis, mas sim de equipamentos para os hospitais públicos e UTIs. Precisamos de laboratórios com computadores para nossas escolas, que estão sucateadas, sem bibliotecas nem saneamento básico. Não há acesso a internet, cujo fundo, com R$ 8 bilhões, é usado como superávit para pagar juros aos banqueiros, que em 2012 chegaram a R$ 250 bilhões. Peço que, em nome da ética, segurança e educação, seja cancelado esse contrato que só irá beneficiar a Rússia. Eles ficam com o bônus e nós com o ônus da miséria, violência urbana e falta de equipamentos nos hospitais públicos. JOSE PEDRO NAISSER - CURITIBA

Som alto Gostaria de parabenizar a ação da Polícia Militar ocorrida no último domingo, na Praça do Cambui, no Fazendinha. Neste local, muitos jovens se reúnem com carros e ligam o som em altíssimo volume. Vale lembrar que, ao lado da praça, há um posto de saúde 24 horas e por lei não é permitido som alto em locais próximos a hospitais. Creio que a PM devia fazer mais ações deste tipo, inclusive com retenção do veículo. FLAVIO MILDEMBERGER - CURITIBA

KIERON MONKS

Metro Pergunta

METRO INTERNACIONAL

Sudoku

O que você achou dos vencedores do Oscar 2013? Algum filme foi injustiçado neste ano?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@yamadactbageo

Considero todos merecedores, este ano foi bem equilibrado. @tthms

Achei bastante previsível. E ainda tem gente que acha que o Oscar premia os melhores em vez dos que têm os melhores RPs... Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Recurso não garante o melhor clique, dizem profissionais | JOERN POLLEX/GETTY IMAGES

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Mente agitada e muita astúcia para trans-

formar as situações a seu favor. Hoje você está mais despachado e pode se aproveitar disso para fazer o seu comercial.

Leão (23/7 a 22/8) Deixe os resultados das suas atitudes reverberarem no mundo e retornarem até você. Hoje pode ser melhor economizar as suas forças e esperar o seu retorno.

Sagitário (22/11 a 21/12) Dia agitado com coisas importantes para resolver que dependem exclusivamente da sua capacidade intelectual. Corra atrás dos seus objetivos sem titubear.

Touro (21/4 a 20/5) Dia de se recuperar de situações fora do comum que você possa estar vivenciando recentemente. O mundo lhe dá uma trégua para que você volte a se erguer.

Virgem (23/8 a 22/9) Mais liberdade para agir do seu próprio jeito.

Capricórnio (22/12 a 20/1) Mais lucidez para enxergar melhor os

Gêmeos (21/5 a 20/6) Boa iniciativa e necessidade de deixar

Libra (23/9 a 22/10) Leve algumas preocupações em banho maria.

Aquário (21/1 a 19/2) Bom dia para propagar as suas ideias, fazer pu-

Escorpião (23/10 a 21/11) Facilidade de expressão e mente muito mais

Peixes (20/2 a 20/3) Simpatia e mais entrosamento com pessoas ani-

as coisas bem mais claras para que todos possam sentir mais confiança em você. Dia de impressionar as pessoas.

Câncer (21/6 a 22/7) Ganhos através dos parceiros e amigos. Fi-

que mais ligado nas pessoas. Não deixe de dar o devido apoio a quem depende de você e saberá lhe retribuir depois.

Hoje as limitações tendem a vir muito mais de dentro de você mesmo do que do mundo no qual você está vivendo.

Logo tudo vai se modificar e você terá melhores condições de enfrentar situações que agora estão mais complicadas.

ativa. Bom momento para realizar tarefas que exijam mais da sua cabeça. Negócios rápidos e discursos favorecidos.

acontecimentos. Hoje você estará com uma capacidade ampliada para poder compreender as pessoas e as suas motivações.

blicidade ou ainda mostrar projetos que sejam muito originais. A sua criatividade está em alta lhe favorecendo.

madas que poderão ajudar a divulgar os seus talentos e trabalhos. Bom momento para expandir os seus contatos.


CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

Thom Yorke nos vocais, acompanhado de um dos melhores baixistas do mundo, Flea, do Red Hot Chili Peppers. Ao lado deles, o percussionista brasileiro Mauro Refosco, que já tocou com David Byrne; o baterista Joey Waronker, colaborador do REM, Air e Beck; e Nigel Godrich, o aclamado “sexto membro” e produtor dos seis últimos discos do Radiohead. Não tem como uma banda dessas dar errado, certo? Não é bem por aí. Sob a alcunha de Atoms For Peace, Yorke lança “AMOK”, seu segundo álbum longe do Radiohead e o primeiro com os novos comparsas. O disco reflete bem a parceria entre Yorke e Godrich, união que já deu certo muitas vezes (“Ok Computer”, “Kid A”, “In Rainbows”) e que, neste novo processo, não trouxe nada de inovador, mas apenas “AMOK” ATOMS FOR PEACE XL, R$ 20 NO ITUNES

experimentos pouco inventivos em torno de seus conceitos de música eletrônica. O que soa mais estranho é como os demais membros da banda são deixados de lado no álbum, principalmente Flea, que tem em seu baixo uma das marcas registradas do Red Hot – com o Atoms For Peace, sua participação acabou sendo quase imperceptível. “AMOK” traz uma série de colagens eletrônicas feitas em computador pelo vocalista e pelo produtor, algo cada vez menos orgânico e, infelizmente, parecido com algumas composições do questionável “The King Of Limbs” (2011), álbum mais recente do Radiohead. Para os fãs da banda de Oxford, a esperança é que o novo trabalho, que começa a ser gravado no segundo semestre, não seja tão influenciado pelas experiências da dupla Yorke & Godrich.

CULTURA

13

Yorke sem inspiração Lançamento. Vocalista do Radiohead põe bons colaboradores em escanteio e derrapa em ‘AMOK’, seu segundo álbum autoral

PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

Thom Yorke em show com o Radiohead em novembro do ano passado, na Nova Zelândia | PHIL WALTER/GETTY IMAGES

Nine Inch Nails. Banda volta neste ano

Trent Reznor, vocalista da banda | JASON MERRITT/GETTY IMAGES

A confirmação foi dada ontem por Trent Reznor, líder da banda, que estava em hiato desde 2009. O grupo retorna com shows neste verão americano e promete uma turnê mundial para 2014. Em 2009, quando foi anunciada a pausa, Reznor avisou que a banda não estava acabando, e sim “mudando de foco”. METRO CURITIBA

Opinião

MacFarlane e o humor cretino do Oscar Quando escolheram o criador de “Family guy” e “American dad!” para apresentar a cerimônia do Oscar, os produtores Craig Zadan e Neil Meron pretendiam dar novos ares à cerimônia, que vem perdendo audiência a cada ano. Não deu certo. Seth MacFarlane não tinha porte para o papel, e não inovou como esperado. As mudanças ficaram por conta de piadas machistas sobre os seios das atrizes e brincadeiras ofensivas contra apresentadores, como Daniel Radcliffe e Kristen Stewart. Inovação de fato, nenhuma. A cerimônia continuou torturante, sem graça e, com exceção da apresentação de Adele, sem clímax. Uma ideia para quem quiser de fato reformar o Oscar seria reduzir o tempo da premiação. Já seria um bom começo. NANA QUEIROZ METRO BRASÍLIA

‘Argo’ vence Oscar em edição dividida

Altos e baixos da noite 1. Shirley Bassey arrasou na homenagem à franquia 007 cantando “Goldfinger” – ela abafou até a performance de Adele, vencedora de melhor canção por “Skyfall”. DESCE

A 85ª cerimônia de entrega do Oscar, ocorrida no último domingo, provou que 2012 foi um ano de bons filmes em Hollywood. O que faltou, no entanto, foi “o” filme. Dos nove indicados a melhor longa, oito levaram estatuetas – somente “Indomável Sonhadora” ficou de mãos abanando. Vencedor da categoria, “Argo”, de Ben Affleck, teve apenas outras duas vitórias: roteiro adaptado e montagem. Já “As Aventuras de Pi” foi o mais premiado, com quatro conquistas: fotografia, trilha original, efeitos especiais e melhor diretor para Ang Lee, que bateu Steven Spielberg e seu “Lincoln”. O longa sobre o 16º presidente americano foi abafado. Tido como favorito por puxar a lista de indicações com 12 menções, o longa levou apenas dois prêmios: design de produção e ator para Daniel Day-Lewis, que fez história ao se tornar o primeiro a somar três estatuetas na categoria. Jennifer Lawrence confirmou seu status de queridinha do momento e levou, aos

SOBE

1 3

2 4 DESCE

Ben Affleck com o Oscar de melhor filme, por “Argo” | CHRISTOPHER POLK/GETTY IMAGES

22 anos, seu primeiro Oscar de melhor atriz por “O Lado Bom da Vida”. Diante de concorrentes como Emmanuelle Riva, a sensação, no entanto, é de que ela ainda teria que comer bastante feijão para merecer tal honraria. O mesmo não se pode dizer de Anne Hathaway, que, com o prêmio de melhor atriz coadjuvante por “Os Miseráveis”, consolida-se como artista madura. Também foi merecido o segundo Oscar de Christoph Waltz como coad-

juvante por “Django Livre”, numa disputa em que a vitória de qualquer indicado na categoria seria mais que justa. A pulverização da premiação demonstrou que a indústria está tendo dificuldades em produzir unanimidades que marcam época, como “Avatar” (2009). Mas, em um ano em que os indicados a melhor filme faturaram mais de US$ 2 bilhões (R$ 3,9 bilhões) pelo mundo, quem se importa de verdade com isso, não é mesmo?

DESCE

2. A homenagem aos musicais recentes só espichou a noite. Afinal, o que há de tão marcante em “Chicago” (foto) e “Dreamgirls”? 3. O apresentador Seth MacFarlane exagerou no peso das piadas, cantou demais e foi escanteado ao longo da festa. Bem feito. 4. A participação dos astros de “Os Vingadores” e de Paul Rudd e Melissa McCarthy chegaram a constranger de tão dispensáveis que foram.


3 ESPORTE

|14|

CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Nas mãos da Justiça Caso Kevin. Menor que teria sido o autor do disparo que vitimou adolescente em Oruro, apresenta-se à Vara da Infância e Juventude, admite crime e pode ser encaminhado à Fundação Casa. Doze seguem presos na Bolívia De rosto coberto e por vontade própria, o adolescente H.A.M, de 17 anos, se apresentou ontem na Vara da Infância e da Juventude, em Guarulhos, para assumir a autoria do disparo do sinalizador que vitimou o torcedor boliviano Kevin Beltrán Espada durante o duelo do Corinthians contra o San José, em Oruro, na Bolívia, na noite do último dia 20. Réu confesso, o jovem chegou ao local no carro do advogado da Gaviões da Fiel, Ricardo Cabral. Acompanhado pela mãe, ele deu seu depoimento à promotoria, que vai confrontar as informações para decidir qual encaminhamento dará ao jovem, que será indiciado por homicídio culposo – sem intenção de matar. Ele foi liberado após o relato, mas será julgado de acordo com as leis brasileiras. Diferentemente do que acontecerá com os 12 corintianos detidos na Bolívia – dois foram indiciados como autores do disparo, enquanto os outros 10 foram citados como cúmplices no inquérito. Todos foram enquadrados e respondem segundo o sistema jurídico boliviano. Ontem, o advogado da embaixada brasileira na Bo-

Punição

“Só quero assumir meu erro. Porque não é certo as pessoas pagarem por uma coisa que não fizeram, é injusto.”

Sem resposta

H.A.M., SUPOSTO AUTOR DO DISPARO

lívia apresentou à Justiça local recurso para tentar livrar os torcedores da prisão temporária por conta de “irregularidades e contradições” no indiciamento dos 12 corintianos. “Um brasileiro que comete um crime fora e volta ao Brasil responde pela lei brasileira. Em tese, o depoimento dele [H.A.M.] pode ajudar a libertar os 12 que estão presos na Bolívia. O juiz boliviano vai analisar. Não dá para saber prazos”, explicou ao Metro o advogado João Daniel Rassi, especialista em direito penal. A visão da delegada Abigail Saba, que cuida da investigação em Oruro, é diferente. “Se alguém diz que tem participação no caso, tem de se apresentar na Bolívia. Do contrário não podemos fazer nada”, disse ao “SporTV”. “E mesmo que ele tenha atirado, os outros 12 são cúmplices, pois

H.A.M. chega à Vara da Infância em Guarulhos

trouxeram o menino e o deixaram sair de Oruro. Por que fizeram isso? Havia algum interesse por trás”, concluiu. Na avaliação do especialista em direito infantojuvenil e direito do torcedor Ricardo Cabezón, o clube boliviano também tem de ser punido. “Há, no mínimo, uma conivência do San José em relação à falta de fiscalização. Isso é um agravante que não se cogita na Bolívia”, disse o advogado ao Metro.

| ALBERTO AUGUSTO/SIGMAPRESS/FOLHAPRESS

Versão da defesa Além de assumir que o disparo foi acidental, H.A.M. disse que foi orientado pela Gaviões – na qual é filiado há dois anos – a não se entregar em solo estrangeiro. “Recomendaram: ‘é melhor não se entregar na Bolívia, você é de nossa responsabilidade”, disse à “TV Globo”. MATHEUS ADAMI WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

A expectativa do Corinthians, que esperava ter ontem a tarde uma resposta da Conmebol sobre o seu recurso a respeito da punição de ter de jogar com portões fechados na Libertadores, não se confirmou. Até o fechamento da edição, o clube ainda não havia sido notificado. O alvinegro foi enquadrado no Código Disciplinar da entidade por conta do episódio na Bolívia. E o time terá prejuízo. Como determina o Código de Defesa do Consumidor, o clube terá de devolver o dinheiro para o torcedor que já comprou ingressos. Apesar disso, o diretor jurídico do clube, Luiz Alberto Bussab, negou que o alvinegro abandonará o torneio. “Não existe a mínima possibilidade de sair da competição. Vamos acatar a punição, seja qual for”, declarou o advogado à reportagem. METRO

O DESENROLAR DO CASO O MENOR

UFC

Amanda Nunes

A lutadora baiana é a primeira brasileira contratada pelo UFC. Ela se apresenta ao Ultimate em abril, após combate contra Kaitlin Young pelo Invicta FC. Aos 24 anos, a “Leoa dos Ringues”, como é conhecida, tem sete vitórias e três derrotas na carreira.

Após ter confessado a autoria do disparo, H.A.M. responderá por uma medida de segurança pelo ato infracional cometido. Ele deve ser condenado a cumprir medidas socioeducativas, que variam desde advertência verbal à internação na Fundação Casa (antiga Febem). A pena pode ser cumprida, no máximo, até os 21 anos

O adolescente H.A.M. não pode ser extraditado para a Bolívia (o inciso 51 do artigo 5º da Constituição Federal diz que "nenhum brasileiro nato será extraditado em caso de crime comum"). Embora seja considerado maior de idade pela lei boliviana – ele tem 17 anos e, naquele país, a maioridade ocorre aos 16 anos –, ele está em solo brasileiro. Por isso, será julgado pela lei do Brasil, conforme o artigo 7º do Código Penal

Se for condenado pela Justiça boliviana à prisão, H.A.M. não terá de cumprir a sentença. A legislação brasileira é soberana pelo fato de o adolescente estar no país. A condenação boliviana obrigaria H.A.M., no Brasil, a reparar os danos causados, no caso, uma quantia financeira a ser paga à família de Espada

Ele pode sofrer as sanções da lei boliviana se, um dia, voltar à Bolívia ou se for detido em algum órgão de país estrangeiro com convênio jurídico com o governo boliviano

O CORINTHIANS

Enquadrado no Código Disciplinar da Conmebol, o clube perdeu os mandos de campo na Libertadores. Recorreu e, agora, aguarda o resultado da entidade

OS 12 CORINTIANOS PRESOS

Como estão presos por uma medida cautelar na Bolívia, os alvinegros estão sujeitos ao julgamento das autoridades bolivianas. Pela lei local, eles podem ficar detidos por até seis meses para investigação

O depoimento de H.A.M., assumindo a autoria do crime, em tese, pode colaborar para a libertação dos alvinegros em Oruro. Mas o ato pode ser interpretado pelo juiz responsável como uma manobra para soltar os detentos. A análise será feita pelo juiz boliviano

O ministério das Relações Exteriores do Brasil (Itamaraty) não pode interferir no caso pela questão da soberania. O que o órgão faz é acompanhar o inquérito e prestar assistência aos corintianos, como compra de agasalhos, cobertores e itens de higiene

O Itamaraty informa que há um tratado bilateral que pode ser invocado para que os brasileiros cumpram a pena no Brasil, no caso de a condenação ser determinada

Mesmo que as sanções sejam mantidas, o Corinthians continuará disputando a Taça Libertadores. A hipótese de abandonar a competição está descartada pelo clube


CURITIBA, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 www.readmetro.com

Gil e Rafinha podem ficar fora de jogo decisivo Decisão. Volante Gil, que está improvisado na lateral-direita, sofreu corte no joelho e está indefinido. Rafinha tem dores no tornozelo e também pode não jogar contra o Londrina Machucados no clássico Atletiba, o volante Gil e o meia Rafinha podem desfalcar o Coritiba no jogo decisivo contra o Tubarão domingo no Estádio do Café, em Londrina. Gil chocou-se com o goleiro Santos, do Atlético, e foi substituído no intervalo. Ele teve que tomar pontos no joelho direito e vai passar por uma reavaliação durante a semana. Já Rafinha sofreu uma pancada no tornozelo e também teve que ser substituído, no segundo tempo. Ambos os atletas se reapresentam hoje, quando o departamento médico do clube deve fazer uma nova análise do estado deles. Opções Como o clube não tem nenhum lateral direito de ofício, em condições de jogo, caso não possa contar com Gil, o técnico Marquinhos Santos deve usar o lateral-esquerdo.

Patric na posição. Assim, Eltinho e Filipe Ramon seriam as opções no lado esquerdo. Para o meio campo, as opções são Lincoln, Robinho ou Arthur, mais avançado. Arrependimento Expulso pela segunda vez neste campeonato, o atacante Deivid disse ontem estar arrependido de ter se envolvido em confusão durante o Atletiba. “O goleiro deu uma entrada muito dura, desnecessária. Eu fiquei indignado e saí em defesa do Gil”, explicou. De acordo com o atleta, nos últimos oito anos ele não havia recebido nenhum cartão vermelho. “Não fui expulso nenhuma vez no período em que joguei pelo Sporting, Fenerbahçe, e nos dois anos de Flamengo”, afirmou. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Londrina. Diretoria promete desconto se o Estádio do Café lotar A diretoria do Londrina já colocou à venda os ingressos para o jogo contra o Coritiba, no domingo. Se vencer, o Tubarão levanta o título do primeiro turno do Paranaense, e por isso o gestor do clube, Sérgio Malucelli, pretende lotar o Estádio do Café. “Se o público chegar à casa dos 20 mil torcedores neste jogo, o valor do ingresso em toda segunda fase do Paranaense cairá pela metade”, garantiu. Atualmente, o clube cobra valores que vão de R$ 20 (meia entrada na arquibancada), até R$ 60. Experiência O elenco do Londrina se reapresentou ontem, e o técni-

Empate contra o Londrina dará título do primeiro turno ao Coxa

| DIVULGAÇÃO/CORITIBA

ESPORTE

Opinião

HELIO CASTRONEVES CASTRONEVES@METROJORNAL.COM.BR

QUANDO CADA CANTINHO FALA FUNDO NO CORAÇÃO Oi pessoal! Março está chegando e com ele vai se aproximando a data de estréia do IZOD IndyCar Series, que acontecerá no dia 24 em St. Petersburg. E quando eu começo a imaginar que estarei começando a minha 16ª temporada na categoria e 14ª no Team Penske, é tanta história que vêm à cabeça que daria um livro, mais um. Imaginem em março de 1998, quando eu estava prestes a estrear na Bettenhausen, em algum lugar um garotinho nascia. Com tanta coisa para pensar e resolver, ninguém naquela casa pensou em Castroneves. Eram nascimentos diferentes, mas ao mesmo tempo intensos. Se de um lado um novo ser chegava ao mundo, de outro eu estava meio que “nascendo” para a Indy. Então, passados tantos anos, vai saber se aquele moleque não virou meu fã e eu até já dei autógrafo? São tantas coisas que acontecem que a memória da gente reaviva a cada momento. Não tem uma única pista do calendário sem que haja lembranças. E o legal é saber que a maioria delas é de muita felicidade. Quando eu começo revelando números é sinal de que estou ficando velho, mas é mais ou menos por aí. Contando até a prova de Fontana do ano passado, que encerrou o campeonato de 2012 e decidiu mais um título para o Dario Franchitti. Lá se vão 259 corridas disputadas. É corrida que não acaba mais, né? Tudo construído ao longo de 14 anos, três equipes, quatro marcas de chassi, cinco de motores, duas de pneus, duas ligas esportivas e 41 pistas. Então, se você olhar no calendário, vai ver que já conheço quase todas as pistas. Algumas, como Indianapolis, estou tão familiarizado que conheço todas as entradas, sei por onde cortar caminho quando tem trânsito, e por aí vai. Por que estou contando isso? O motivo é simples. Automobilismo é uma parte importantíssima da minha vida e, se pensar bem, praticamente tudo o que consigo lembrar, nos meus quase 38 anos, tem corrida no meio. E se tem corrida no meio, tem a adrenalina, os altos e baixos das corridas e o fã por perto transbordando alegria, carinho e energia positiva. É por tudo isso e muito mais que não vejo a hora de a temporada começar. E acho que com vocês é a mesma coisa, não é? Abração e até semana que vem! Helio Castroneves, 37, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 27 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2013 sua 16ª temporada na categoria e 14ª pelo Team Penske.

Profissional. Atlético pega o Figueirense hoje Brasileirão

Primeiro jogo da Copa do Brasil será em 3 de abril

Gestor diz que ingresso cairá pela metade| DIVULGAÇÃO/LONDRINA

co Cláudio Tencatti adiantou que alguns atletas, experientes serão decisivos. “O Germano e Celsinho são os líderes da equipe e o Neílson vem de dois títulos estaduais”, disse. METRO CURITIBA

15

Sem jogar há mais de dez dias, o time profissional do Atlético vai até Florianópolis, hoje, para disputar um jogo-treino contra o Figueirense. A partida será no estádio estádio Orlando Scarpelli, às 16h. “Estas atividades são boas para nossas avaliações. É um treinamento, mas será um ótimo teste

Paraná

Clubes acabam com clássicos nas últimas rodadas

Toninho Cecílio pede time mais agressivo

Em uma reunião ontem na sede da CBF, no Rio de Janeiro, a maioria dos clubes decidiu acabar com o modelo de tabela em que os clássicos era marcados na rodadas finais do Brasileirão. A justificativa foi o policiamento, que segundo os clubes, ficava sobrecarregado devido aos jogos na mesma cidade. METRO CURITIBA

Sem chances de conquistar o primeiro turno do Paranaense, o técnico do Paraná Clube, Toninho Cecílio, já começa a pensar na etapa final do campeonato. “Estamos criando, mas precisamos ser mais incisivos”,diz. Cumprindo tabela, o Tricolor volta a campo contra a ACP, domingo em casa. METRO CURITIBA

| DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO

para o nosso time”, comenta o técnico atleticano, Ricardo Drubscky. Paranaense A FPF (Federação Paranaense de Futebol), adiantou ontem o jogo do Atlético contra o Operário. A partida seria no domingo, mas foi transferida para sábado METRO CURITIBA



20130226_br_metro curitiba