Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

LENINE CANTOR E COMPOSITOR

SE APRESENTA HOJE EM FAVOR DE PLAUTO CRUZ

{pág 10}

PORTO ALEGRE Quinta-feira,

22 de novembro de 2012

Edição nº 266, ano 2 Mín 18°C Máx 36°C

Mudança nos postos de saúde gera controvérsia

Trilhos dos bondes

Prefeitura pretende converter unidades básicas de saúde em postos de saúde da família para qualificar o atendimento à população Sindicato Médico é contrário por considerar que transferência geraria prejuízos à carreira dos servidores municipais {pág 03} Mais calorão

Greve no Grupo Conceição pode ser estendida GABRIELA DI BELLA/METRO

A história ressurge

Em Porto Alegre deve fazer 36oC Caso Bruno tem o julgamento adiado hoje à tarde

Escavações feitas para a remodelação do corredor de ônibus da avenida Protásio Alves trouxeram à tona ontem os trilhos dos antigos bondes, que deixaram de circular em Porto Alegre em 1970. O material será retirado e reaproveitado. Enquanto isso, projeto que prevê volta do Bonde Histórico no Centro atrasa {pág 04}

Termômetros registraram ontem máxima de 28,8oC na cidade, levando pessoas a parques {pág 04}

GABRIELA DI BELLA/METRO

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Futuro da paralisação será definido em assembleia hoje Risco é que todas as unidades estendam a greve ou decidam por um período de trégua {pág 02}

Ex-goleiro acusado de matar ex teve o júri adiado por uma manobra da defesa {pág 06}


02

www.readmetro.com

porto alegre

1 foco

Cotações Dólar

Euro

+0,57% (R$ 2,09)

+0,62% (R$ 2,68)

Bovespa

Selic (7,25%) Salário mínimo (R$ 622)

-0,37% (56.242 pts)

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Futuro da greve no GHC será definido hoje à tarde Todas as unidades do Conceição podem estender a greve ou iniciar um período de ‘trégua’ GABRIELA DI BELLA/METRO

Hoje, às 14h, os próximos capítulos da greve no GHC (Grupo Hospitalar Conceição) serão decididos. Uma assembleia entre os 15 sindicatos envolvidos no manifesto pode prolongar a paralisação por tempo indeterminado ou interrompê-la por dez dias na tentativa de consenso com a direção do hospital. O temor da Secretaria Municipal da Saúde de que a greve sobrecarregasse as emergências dos demais centros hospitalares não se concretizou por completo. Pela manhã, o Hospital São Lucas da PUCRS atendeu 42 pessoas em estado de urgência, 11 a mais em relação ao mesmo dia na semana passada. Já o Hospital de Clínicas assistiu 25 pacientes a mais na comparação com o mesmo período, há sete dias. “Tivemos alguma dificuldade, mas não alterou muito a rotina do hospital, pois houve boa vontade do sindicato”, relata Neio Lúcio Fraga Pereira, diretortécnico do Conceição, ao se referir à decisão dos sindi-

30%

dos atendimentos emergenciais da capital ocorrem no GHC.

calistas envolvidos de manter 80% do efetivo em trabalho nas alas de urgência e emergência e centros cirúrgicos. Nas demais áreas, a ordem dos gestores da greve é reduzir em 50% o número de servidores. Grevistas querem mais Em uma audiência realizada na terça-feira, na Justiça do Trabalho, manifestantes e diretores do Conceição entraram em um primeiro acordo. Alguns dos pedidos foram atendidos, como o vale alimentação de R$ 350 mensais, anuênio de 1% ao fim da cada ano trabalhado, férias prêmio de cinco dias e cursos de capacitação. Contudo, estão aquém do que é reivindicado. Os grevistas esperam receber algum tipo gratificação. De acordo com a direção do GHC, o reajuste de 70% atingiu o salário de apenas 43% dos médicos e odontólogos do centro hospitalar. Foram bonificados os chamados “profissionais rotineiros”, que se dedicam diariamente ao trabalho. “Estamos com problemas para contratar médicos. Anestesistas faltam dez só no Conceição. Não podemos comparar um médico que estuda dez anos”, justificou Neio Lúcio Fraga Pereira. METRO POA

Paralisação não altera em grande proporção a rotina dos principais hospitais da capital

Clínicas irá anunciar data para iniciar as reformas A direção do Hospital de Clínicas aguarda o futuro da greve no Conceição para começar a rediscutir o cronograma de obras nas alas de atendimento de urgência e emergência. A intenção é anunciar a data de início das reformas até o final da semana que vem. A previsão inicial era programar a manutenção para a segunda-feira passada, mas a Secretaria Municipal da Saúde temia preju-

dicar a população e por isso optou pelo adiamento. Ao definir o novo cronograma a direção do Clínicas irá reorganizar a logística dos pacientes, que devem passar a ser atendidos na enfermagem. As obras compreendem as remodelações nas áreas de triagem e consultórios. Os boxes para atendimentos graves também serão ampliados.

Como proceder Como não ser prejudicado pela possível greve no GHC Se o atendimento não for de urgência tente evitar o GHC Caso necessite de urgência, procure as unidades de pronto-atendimento mais próximas

METRO POA

Capital tem Parada Livre no domingo Radar móvel Hoje, o radar móvel da EPTC estará nas seguintes vias: Pinheiro Borda Severo Dullius Borges de Medeiros Padre Cacique Salvador França Aparício Borges Cristiano Fischer Edgar P. de Castro João de O. Remião Diário de Notícias Ipiranga Tarso Dutra Juca Batista

Neste domingo, a Redenção será palco da 16a Parada Livre de Porto Alegre. O evento começa às 14h e terá a presença de autoridades municipais, estaduais e federais. Shows abrirão o evento e às 17h uma caminhada partirá da avenida Setembrina passando pelas avenidas Oswaldo Aranha, José

Bonifácio, além da João Pessoa. O evento que tem como tema “Liberdade e prazer: goze estes direitos” se encerra às 22h. A Parada Livre tem o apoio das secretarias municipais da Cultura, de Direitos Humanos e Segurança Urbana.

Breve

Prazo para justificativa ELEIÇÃO. Quem não votou no 1o turno das eleições municipais, no dia 7 de outubro, tem até o dia 6 para fazer a justificativa em qualquer cartório eleitoral. METRO POA

Evento irá para sua 16a edição

METRO POA GABRIELA DI BELLA/ARQUIVO/METRO

FALE COM A REDAÇÃO leitor.poa@metrojornal.com.br 051/2101.0471 O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145). Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio. Editor Interino: Maicon Bock (11.813 DRT/RS). Editora de Arte: Julia Rodrigues. Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor Geral: Leonardo Meneghetti.

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, Santo Antônio, 90660-120, Porto Alegre, RS. Tel.: 051/2101.0302 O jornal Metro é impresso no Grupo Sinos S/A. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


porto alegre

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

03 GABRIELA DI BELLA/METRO

Edital da rodoviária sai com 4 meses de atraso Com quase quatro meses de atraso, o governo do Estado publicou ontem o edital da licitação do concurso para o projeto de modernização da rodoviária de Porto Alegre. O lançamento do edital ocorreu no mesmo dia em que o secretário de Infraestrutua e Logística, Beto Albuquerque, deixou o cargo para retomar seu mandato como deputado federal. No lugar dele, assume Caleb de

Oliveira. O vencedor do processo irá elaborar os estudos técnicos e de viabilidade econômica e ambiental e o projeto básico para modernização da rodoviária, cujo prédio é do Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem). Definido o projeto vencedor, imediatamente será aberta licitação para a concessão dos serviços e administração do prédio.

O vencedor do concurso não poderá participar da disputa para a concessão rodoviária. O prêmio para o projeto escolhido é de R$ 1 milhão, que será pago pela empresa vencedora da concessão em futura licitação. Os requisitos mínimos são a integração com diversos modais, como o trensurb, hidrovia, futura ciclovia, futuro metrô e ônibus.

Terminal foi construído em 1970 e pouco mudou em quatro décadas

METRO POA

Projeto que muda formato de postos de saúde gera críticas Prefeitura de Porto Alegre pretende converter postos em unidades de saúde da família, mas Simers é contrário GABRIELA DI BELLA/METRO

Capital tem 180 equipes de saúde da família e 48 unidades básicas de saúde

Dois anos depois do embate sobre a criação do Imesf (Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família), a prefeitura e o Simers (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul) voltam a ficar de lados opostos. Agora, a polêmica está centrada na conversão das unidades básicas de saúde em unidades de estratégia de saúde da família. Hoje, o Conselho Municipal de Saúde avaliará a alteração, que requer a revogação de parte de uma resolução de 2008. A proposta da prefeitura pretende adequar a rede básica municipal a uma portaria do Ministério da Saúde, de 2011, que define a Política Nacional de Atenção Básica.

“Há um entendimento do Ministério da Saúde de que a estratégia de saúde da família oferece um atendimento mais qualificado, pois está mais perto do usuário. Cada equipe abrange uma região com até 3,5 mil moradores. Nas unidades básicas, a região de atendimento é de até 30 mil pessoas”, afirma o secretário municipal da Saúde, Carlos Henrique Casartelli. A migração, garante Casartelli, só será feita com a concordância da comunidade. O secretário também esclarece que todas as pessoas que forem aos novos postos de estratégia da família receberão atendimento como hoje. Nessas unidades, os moradores são cadastrados

por agentes de saúde e recebem acompanhamento permanente, com visitas de médicos em casa quando necessário. Atualmente, são 180 equipes da família e 48 unidades básicas. Até o fim do ano, a prefeitura quer chegar a 200 equipes. Clarissa Bassin, diretora do Simers, explica que a entidade não é contra a saúde da família: “O que não concordamos é com a transferência dos servidores municipalizados para o Imesf, sofrendo prejuízos e perdas na progressão de carreira a serem sentidos em suas aposentadoria”. MAICON BOCK

METRO PORTO ALEGRE

GABRIELA DI BELLA/METRO

Livros valorizam prédios históricos A Secretaria Municipal da Cultura lança hoje um livro e seis outras publicações relacionadas a prédios e monumentos históricos e artísticos de Porto Alegre. O livro “Conservação de Monumentos” (Editora da Cidade) resume em cerca de 60 páginas as diretrizes que hoje norteiam a preservação e manutenção permanente

de prédios e monumentos, bem como um histórico evolutivo deste processo. Cerca de 60 imagens ilustram o livro, todas com referência de data de construção, estilo, localização, autor e época do registro, bem como referências bibliográficas para consultas mais aprofundadas. A organização é de Flávia Boni Licht e

de Luiz Antônio Bolcato Custódio. As outras seis publicações têm a forma de folders, como se popularizaram os folhetos dobráveis, e se referem a marcos arquitetônicos da capital como o Mercado Público, o Paço dos Açorianos, o Arquivo Histórico de Porto Alegre, o Chalé da Praça XV. METRO POA

Chalé da Praça XV é um dos prédios relacionados na publicação


04

www.readmetro.com

porto alegre

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

GABRIELA DI BELLA/METRO

Conclusão de estudo do bonde histórico é adiada Consultorias pediram mais 40 dias para terminar a análise de viabilidade do projeto estimado em R$ 12 mi O prazo para conclusão do estudo de viabilidade do Bonde Histórico de Porto Alegre foi prorrogado por mais 40 dias. O resultado da análise que está sendo feita de forma conjunta pelas empresas Quanta Consultoria e Água e Solos Estudos e Projetos ao custo de R$ 293 mil deveria ter sido entregue terça-feira para a Secretaria Municipal do Turismo. Conforme a prefeitura, o adiamento foi pedido pelas empresas, pois havia a

necessidade de análises mais aprofundadas. A extensão do estudo atrasa todo o cronograma anterior, que previa discutir publicamente a viabilidade da construção ainda este ano e lançar logo depois o edital da licitação que escolheria uma empresa para executar o projeto, orçado em cerca de R$ 12 milhões. No momento, não há recursos previstos para a execução do projeto no Centro. METRO POA

Cronograma Na última semana de dezembro será entregue o estudo de viabilidade da construção do bonde Primeiros meses de 2013 é o período estipulado para a contratação do projeto executivo Primeiro semestre de 2013 será lançado o edital para a escolha da empresa que realizará o trabalho Não há prazo para o início da obra

Aparecimento de antigos trilhos surpreenderam operários ontem

Trilhos ressurgem na Protásio O bonde elétrico começou a operar em Porto Alegre em 10 de março de 1908 Fontes: Carris e SMTur

Ele foi desativado em 8 de março de 1970 após completar as linhas Partenon, Glória e Teresópolis

O novo trajeto teria 3,3 km (não é original)

Três bondes de 32 passageiros cada

Custo: R$ 12 milhões

Um fato curioso surpreendeu os operários que escavavam sob o asfalto da avenida Protásio Alves, em frente à churrascaria Barranco. Em meio à obra de remodelação dos corredores de ônibus para os futuros BRTs, depararam-se com os trilhos do antigo

bonde que circulava na região. O meio de transporte está extinto desde 1970, mas os trilhos permaneciam enterrados. Segundo o secretário municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Urbano Schmitt, o metal dos tri-

lhos será retirado e reaproveitado. As primeiras viagens de bonde ocorreram em 4 de janeiro de 1873. Apenas 35 anos após a inauguração foram surgir os bondes elétricos. Antes disso os vagões eram puxados por mulas. METRO POA

Banho de sol no parque da Redenção TSE veta prefeito de Novo Hamburgo

A temperatura atingiu 28,80C ontem à tarde, na capital, e teve quem aproveitou o calor tomando banho de sol no parque da Redenção. Com cadeira e toalha estendida no gramado, duas mulheres vestiram biquíni e aproveitaram a tarde para se bronzear. A previsão para hoje é de mais calor ainda, podendo alcançar os 36oC. Amanhã, porém, a expectativa é de chuva e

queda na temperatura. “Estamos a um mês do verão e é normal esses picos de calor até que chove e esfria. É o que vai acontecer agora”, anuncia Cátia Valente, da Somar Meteorologia. Com a queda na temperatura, o final de semana deverá registrar uma média de 12oC no amanhecer e 23oC à tarde, mas sem previsão de chuva.

Deu para aproveitar o sol e pegar um bronzeado

METRO POA

GABRIELA DI BELLA/METRO

DNIT/DIVULGAÇÃO

O prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann (PT), teve o registro de candidatura negado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ontem à noite, em Brasília. Os ministros optaram pela manutenção do impedimento por Zimmernann estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa – ele parti-

cipou de uma inauguração pública enquanto candidato à prefeitura, em 2004. O petista se disse espantado com o resultado e anunciou que vai recorrer da decisão ao STF (Supremo Tribunal Federal). Dependendo do resultado, poderá haver nova eleição na cidade do Vale do Sinos. METRO POA


06

brasil

STF fixa a pena de seis do mensalão Na sessão de estréia do ministro Joaquim Barbosa no comando do STF (Supremo Tribunal Federal) foi fixada ontem a pena de seis condenados no mensalão. Os ministros fizeram a dosimetria das punições dos réus que foram acusados de participar nos supostos repasses de recursos ao Partido Progressista e também concluíram a definição das penas de dois condenados do chamado núcleo publicitário. Cumprirão a pena em regime fechado o ex-advogado de Marcos Valério, Rogério Tolentino, e o exdiretor do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato. Já os ex-sócios da corretora Bônus-Banval Bruno Fischberg e Enivaldo Quadrado e os ex-assessores João Cláudio Genú e Jacinto Lamas serão obrigado apenas a dormir na cadeia. Faltam ainda definir a pena dos políticos de partidos da base aliada e dos três deputados que cumprem mandatos. A sessão será retomada

na próxima segunda-feira.

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Bruno só será julgado em março Nova manobra da defesa provoca desmembramento de processo e adiamento do júri do ex-goleiro acusado de matar Eliza Samudio MAURICIO DE SOUZA/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

Posse

Joaquim Barbosa toma posse hoje em cerimônia para 2,5 mil convidados. O ministro será o 44º presidente do STF - o primeiro negro nos 122 anos de história da Corte máxima do Judiciário. Barbosa nasceu em 1954 em Paracatu (MG). Primogênito de oito filhos, deixou a casa dos pais, aos 16 anos para morar em um pensionato em Brasília. Fez graduação e mestrado em direito na UnB e, em seguida, foi aprovado para o cargo de oficial de chancelaria, o que permitiu que ele trabalhasse na Finlândia. Atuou como procurador da República no Rio de Janeiro. Estudou na França, Inglaterra, Estados Unidos, Áustria e Alemanha. Com a experiência no exterior se tornou fluente em francês, inglês, alemão e espanhol. Em junho de 2003, chegou ao STF indicado pelo ex-presidente Lula. METRO BRASÍLIA GERVÁSIO BAPTISTA/SCO/STF

Apontado como mentor do sequestro e da morte de Eliza Samudio, o goleiro Bruno Fernandes teve o processo desmembrado ontem e, agora, só volta ao banco dos réus em março de 2013. A decisão da juíza Marixa Rodrigues foi surpreendente pois, anteontem, a defesa dele já havia tentado, sem sucesso, uma manobra para provocar o adiamento. Logo no início da sessão de ontem, a magistrada acatou o pedido do advogado Francisco Simim, que defendia o goleiro, para transferir a tarefa a Lúcio Adolfo. O novo defensor, por sua vez, alegou não conhecer o processo, de 15 mil páginas. “Não há manobra. É uma necessidade”, declarou. Após a decisão, porém, o próprio Simim admitiu o recurso para adiar a sentença: “É estratégia, sim, porque a gente precisava de mais tempo. E tem um habeas corpus para ser julgado”, disse, referindo-se a

Bruno retornou à penitenciária Nelson Hungria após ter julgamento adiado

um pedido de soltura analisado pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Nos bastidores, Simim admitiu que segue atuando na defesa. Dos cinco acusados que seriam julgados inicialmente, restam agora Luiz Henrique Romão, o Macarrão, e Fernanda Castro, ex-namorada de Bruno. Assim, as sessões, que durariam semanas, podem

ter um desfecho já nos próximos dias. Macarrão

A principal expectativa da noite de ontem era para o depoimento de Macarrão. Segundo o advogado da mãe de Eliza, José Arteiro, o réu se sentiu “isolado” e concordou em confessar o crime em detalhes. “Quase uma delação premiada”,

explicou Arteiro. Até o fechamento desta edição, o réu ainda não havia começado a ser interrogado. Uma das testemunhas ouvidas ontem foi Sônia Moura, mãe de Eliza, que ressaltou a “resistência” de Bruno em reconhecer a paternidade do filho que teve com a ex-amante. “Ela disse que mataria e morreria pelo filho”, disse. METRO BH

Protesto

Joaquim Barbosa comandou a sessão de ontem e toma posse hoje como presidente do STF

Cachoeira pode voltar à prisão Na próxima terça-feira, o Tribunal Regional Federal julgará o mérito do habeas corpus que revogou a prisão preventiva de Carlinhos Cachoeira, relativa às acusações da Operação Monte Carlo. Caso a liminar seja derrubada, o bicheiro deverá ser preso novamente.

A leitura do relatório final foi adiada para hoje. Das 46 pessoas citadas, o documento pede o indiciamento de 34 e a responsabilização de 12. Entre os citados estão o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) e o senador cassado Demóstenes Torres. METRO BRASÍLIA

Barreiras de fogo impediram a passagem nas rodovias RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIA

Sem-terra protestam em rodovias de Brasília Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) fizeram protestos ontem para cobrar agilidade no processo de reforma agrária no Distrito Federal, na manhã de ontem. Os manifestantes bloquearam trechos de três importantes rodovias, a BR-020, na saída norte, a BR-040, na saída sul, e a DF-445. Segundo os Bombeiros, às 13h30 as vias começaram a ser liberadas.


08

www.readmetro.com

economia

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Câmara aprova projeto que amplia direito de doméstica

PEC das Domésticas Confira os principais pontos O que muda: O projeto estende a domésticas, babás, cozinheiras e outros trabalhadores em residências 16 direitos que hoje já são assegurados aos demais trabalhadores urbanos e rurais contratados pelo regime da CLT Ministério do Trabalho e Emprego

Texto que estende 16 direitos ainda terá de ser votado em segundo turno A Câmara dos Deputados aprovou ontem, em primeiro turno, o projeto que amplia os direitos dos trabalhadores domésticos. O texto estabelece que os empregados domésticos tenham os mesmos direitos trabalhistas dos empregados das demais categorias. A proposta foi aprovada com 359 votos a favor e apenas dois contrários, os dos deputados Roberto Balestra (PP-GO) e Zé Vieira (PR-MA). O projeto precisa ser aprovado ainda em segundo turno na Câmara

antes de seguir para votação no Senado, também em dois turnos. Conhecida como PEC das Domésticas, a proposta estende a domésticas, babás, cozinheiras e outros trabalhadores em residências 16 direitos que hoje já são assegurados aos demais trabalhadores urbanos e rurais contratados pelo regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Hoje, dos 34 direitos trabalhistas previstos na Constituição, apenas 9 valem para o trabalhador doméstico.

Desses 16 direitos incluídos na PEC, alguns podem entrar em vigor de imediato se houver a promulgação da emenda à Constituição, como a jornada de trabalho de 44 horas semanais, hora extra e adicional noturno. Outros, como o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), seguro-desemprego, salário-família e seguro contra acidentes de trabalho, ainda precisariam de regulamentação. Custo pode subir 9%

A aprovação da PEC pode-

rá elevar em 9,33% ao ano os gastos do empregador, segundo o consultor trabalhista Carlos Alberto Taveira, da Devout Auditoria e Contabilidade. Os cálculos têm como base um salário mensal de R$ 700, sem considerar horas extras. De acordo com Taveira, o custo anual deve passar de R$ 12.520,000 para R$ 13.565,33. A categoria reúne 6,6 milhões de brasileiros, sendo a maioria formada por mulheres (6,2 milhões). METRO

CARTEIRA DE TRABALHO E PREVIDÊNCIA SOCIAL

O que já pode ser assegurado: Proibição da contratação de jovens menores de 18 anos para trabalho noturno ou para realização de atividades consideradas perigosas

O empregador não poderá reter salários em razão de uma dívida do empregado Proibição de discriminação no tocante a salários e critérios de admissão do trabalhador portador de deficiência

Menores de 16 anos só podem ser contratados na condição de aprendiz

Jornada de trabalho de 44 horas semanais, hora extra e adicional noturno O QUE DEPENDERÁ DE REGULAMENTAÇÃO FGTS

SALÁRIO-FAMÍLIA

SEGURO-DESEMPREGO

SEGURO CONTRA ACIDENTES DE TRABALHO

mundo

Israel e Hamas fazem acordo de cessar-fogo Trégua começou na noite de ontem, sob forte desconfiança e relatos de lançamento de foguetes a partir de Gaza Em oito dias, 147 pessoas morreram YANNIS BEHRAKIS/REUTERS

Após oito dias de conflito e da morte de quase 150 pessoas, o governo israelense e o Hamas (grupo radical que controla a Faixa de Gaza) entraram em acordo para um cessar-fogo. A trégua foi anunciada pelo Egito, principal mediador das negociações, com apoio da secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton. O cessar-fogo entrou em vigor às 21h (horário local), mas os dois lados se enfrentaram até os últimos minutos. Pouco depois do começo da trégua, 12 foguetes palestinos foram lançados sobre o sul de Israel. Também houve uma explosão em Gaza, mas ninguém se machucou.

era o mais correto para o país nesse momento, mas alertou que “ações militares mais severas” podem ser tomadas caso a trégua não seja respeitada. Fragilidades

Civis israelenses observam dois foguetes que cairiam no sul do país. Todos os artefatos foram interceptados

O acordo foi comemorado como uma vitória pelos palestinos. “Deus é grande. Povo de Gaza, vocês venceram. Vocês quebra-

ram a arrogância dos judeus”, dizia um discurso ouvido nas mesquitas. O governo israelense afirmou que o cessar-fogo

A comunidade internacional respirou aliviada com o acordo. Analistas ponderam, no entanto, que isso não é o bastante. “O cessarfogo marca o fim de mais um capítulo no ciclo vicioso de décadas de violência entre israelenses e palestinos. Uma próxima fase de negociações deve se concentrar em um fim permanente das hostilidades”, disse à CNN Marcos Vicenzino, da Global Strategy Project. METRO

Policiais inspecionam ônibus onde foi colocada a bomba NIR ELIAS/REUTERS

Explosão fere dez pessoas em Tel Aviv As autoridades israelenses classificaram como terrorismo o atentado contra um ônibus no centro de Tel Aviv, na manhã de ontem. Dez pessoas ficaram feridas, três em estado grave. A explosão, em meio às negociações para a trégua, foi provocada por um artefato colocado dentro do veículo e não por um foguete, conforme a polícia. Nenhum grupo radical reivindicou a autoria do atentado. Os agentes buscam suspeitos, entre eles, uma mulher. METRO

Entenda Há pouco mais de 1 milhão de árabes vivendo em Israel, o equivalente a cerca de 20% da população do país. A maioria deles se declara palestina, mas tem cidadania israelense. O problema é que, muitas vezes, eles são tratados como subcidadãos. A proposta do atual governo israelense, que exige o reconhecimento de Israel como um Estado judeu, também indigna esses árabes, seguidores da fé islâmica.


cultura

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Semana para os cinéfilos Seleção de Filmes começa hoje com 21 títulos inéditos nos cinemas

“Renoir” recupera os últimos anos da vida do pintor impressionista DIVULGAÇÃO

Destaques: Os horários e sessões estão no site www.selecao defilmes.com.br “César Deve Morrer”, de Paolo e Vittorio Taviani “Crazy Horse”, de Frederick Wiseman “Infância Clandestina”, de Benjamin Ávila

“O Último Elvis”, de Armando Bo “O Amante da Rainha”, de Nikolaj Arcel “Renoir”, de Gilles Bourdos “O Abismo Prateado”, de Karim Aïnouz “Artigas-La Redota", de Cesar Charlone “Era uma Vez Eu, Verônica”, de Marcelo Gomes

“Paisagens Devoradas”, de Eliseo Subiela “Dentro de Casa", de François Ozon “Killer Joe”, de William Friedkin “A Bela que Dorme”, de Marco Bellocchio “A Caça”, de Thomas Vinterberg “Paixão e Acaso”, de Domingos Oliveira

O longa português “O Cônsul de Bordeaux” abre hoje mais uma edição da Seleção de Filmes, programa já tradicional no calendário dos cinéfilos. Com 21 títulos em cartaz, a mostra exibe até o dia 29, produções que entram em cartaz nas próximas semanas e outras que devem levar vários meses para estrear nos cinemas. As sessões serão nos cinco shoppings Bourbon de Porto Alegre e região metropolitana (Country, Wallig, Ipiranga, Novo Hamburgo e São Leopoldo). O título escolhido para esta noite (a sessão de abertura está marcada para às 21h30, no Bourbon Country) é um raro exemplar do cinema português a estrear no Brasil. Com direção da dupla João Nunes e Antônio

Torrado, conta a história verídica de um cônsul português que salvou vários judeus da invasão nazista na França. Outros representantes europeus são “César Deve Morrer”, o filme dos irmãos Paolo e Vittorio Taviani que venceu o Leão de Ouro no Festival de Berlim 2012, “A Bela que Dorme”, novo longa do italiano Marco Bellocchio, e os aguardados “Atrás da Porta”, de István Szabó, e “A Parte dos Anjos”, de Ken Loach, além de “Renoir”, de Gilles Bourdos. Entre os representantes brasileiros, o público vai poder conferir os vencedores do Festival de Cinema de Gramado: o longa “Artigas La Redota”, de Cesar Charlone, e “Colegas”, de Marcelo Galvão. METRO POA

09

2

cultura


www.readmetro.com

10

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Lenine canta por Plauto

Compositor apresenta o espetáculo ‘Chão’ no Araújo Vianna Renda vai para o flautista Plauto Cruz HUGO PRATA/DIVULGAÇÃO

Músico pernambucano mostra músicas novas e sucessos de sua carreira

Lenine volta hoje a Porto Alegre com o show de lançamento de “Chão”, o décimo disco de sua carreira. Resultado de uma parceriria entre as secretarias da cultura de Pernambuco, Rio Grande do Sul e Porto Alegre, o espetáculo terá a renda revertida ao flautista Plauto Cruz, que enfrenta problemas de saúde. Os ingressos já estão esgotados. Um dos compositores mais contagiantes do país, Lenine carrega ritmo e inventividade na alma. Com “Chão”, não é diferente. Em primeiro lugar, o músi-

co resolveu fazer um disco sem percussão e bateria. Em seguida, misturou as músicas com sons do cotidiano. A ideia, segundo ele, surgiu quando o canto de um canário “invadiu” a gravação. “Depois disso, vieram ruídos de cigarras, o barulho de motosserra derrubando uma árvore, a centrifugação da máquina de lavar", diz ele. Tudo isso aparece no palco e combina com a ideia de chão, uma palavra que Lenine adora. “Sou apaixonado por este monossílabo único na língua

portuguesa e que carrega o som do passo”, comenta. O disco e o show são produzidos e tocados pelos multiinstrumentistas JR Tostoi, Bruno Giorgi e Lenine. Além das canções de “Chão”, entram nesta atmosfera cotidiana outros sucessos da carreira do compositor, como “Jack Soul Brasileiro”, “Leão do Norte” e “Paciência”. METRO POA

No Auditório Araújo Vianna (junto ao Parque da Redenção) Hoje, às 21h Ingressos esgotados

Os 80 anos do Santander OKNA/DIVULGAÇÃO

Um dos principais espaços culturais do Centro de Porto Alegre, o prédio do Santander Cultural (av. Sete de Setembro, 1028) foi inaugurado há exatos 80 anos. Para marcar a data, hoje, às 10h30, será apresentado um documentário que recupera a história do edifício, sua construção e as atividades culturais que recebe atualmente. O filme foi

dirigido por Pedro Zimmermann. Construído pelo Banco Nacional do Comércio entre 1927 e 1932, o prédio combina elementos neoclássico, art nouveau e barroco-rococó. Um dos destaques é a caixa forte do antigo banco, que hoje abriga a sala de cinema, e os belos vitrais do átrio, recuperados em 2000. METRO POA


cultura

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

11 DIVULGAÇÃO

Breves

Bidê ou Balde com novo CD

Elenco se divide entre personagens que vivem num mundo desumanizado DIVULGAÇÃO

As novas do Stravaganza Grupo estreia ‘Estremeço’, no Teatro Renascença A Cia. Teatro di Stravaganza começa hoje a temporada de seu novo espetáculo, “Estremeço”. Adaptada do original “Je Tremble", do francês Joél Pommerat, a peça estreou em 2007, em Paris, e representa a nova dramaturgia dos palcos europeus de vanguarda. Com direção de Camila Bauer (que assistiu e trouxe

o texto de Paris), a peça é ambientada num cabaré e tem como protagonista um mestre de cerimônias que assume vários papéis e mostra uma visão de mundo fragmentada em relação aos seus sonhos e amores. “A peça disseca os componentes banalizados do nosso cotidiano e entremeia canções com depoimentos

de pessoas silenciadas e entediadas por um mundo desumanizado”, descreve a diretora da Cia. Stravaganza, Adriane Mottola. A peça fica em temporada até 2 de dezembro, com apresentações de quinta a sábado, às 21h, e domingo, às 20h, no Teatro Renascença (av. Erico Verissimo, 307). R$ 20. METRO POA

SHOW. Depois de oito anos, a banda Bidê ou Balde apresenta um novo disco: “Eles são Assim, e Assim por Diante". Hoje, às 19h30, Carlinhos Caneiro e cia. encontram os fãs na Fnac do BarraShoppingSul (av. Diário de Notícias, 300) para um pocketshow e autógrafos do CD. METRO POA

Uma conversa sobre cinema BATE-PAPO. Os cineastas

Fabiano de Souza e Gustavo Spolidoro são os convidados de hoje do Encontros com o Professor. A conversa com Ruy Ostermann começa às 19h no Centro Cultural Erico Verissimo (r. dos Andradas, 1223). Grátis. METRO POA

Dezarie canta hoje no Opinião

O reggae na voz delas Protagonista feminina absoluta da cena reggae internacional, a cantora Dezarie volta a Porto Alegre com seu novo show. Nascida nas Ilhas Virgens, Dezarie já esteve na capital gaúcha em 2007 e em 2009, com plateias esgotadas. No show de hoje, no Opinião, ela mostra o repertório do seu disco mais recente, “The Fourth Book”. Um das músicas garantidas no palco é “Roots & Culture”, sucesso absoluto do novo CD. Ela também canta músicas mais antigas

como “Gone Down”, “Fya”, “Gracious Mama Africa” e temas clássicos do gênero. Dona de um vozeirão poderoso e canções melodiosas, Dezarie é famosa pelos shows dançantes, além de conquistar pela simpatia e a identidade com seus país, uma terra de reggae e surf. METRO POA No Opinião (rua José do Patrocínio, 834) Hoje, às 23h Ingressos entre R$ 40 e R$ 60, à venda nas lojas Trópico e no www.opiniaoingressos.com.br


14

www.readmetro.com

variedades

Crianças querem um iPad

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

Celulares nas cadeias

Cruzadas

Errou feio o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ao comparar os presídios brasileiros com as masmorras medievais. Na Idade Média não havia celular. E nem comandos criminosos para desestabilizar governos estaduais de oposição. Mas, se o ministro insistir na sua preferência pela morte à prisão e recomendá-la aos companheiros mensaleiros, eles não precisam se fazer de rogados. Desde que devolvam o fabuloso botim antes. Sérgio Becker – Porto Alegre, RS

Nada de videogame. Nos Estados Unidos, o que meninos e meninas pedem de Natal é um tablet da Apple Wii U e Kinect podem ser objetos de desejo de muitas crianças e adolescentes, mas a verdadeira vedete do Natal é o iPad. Uma pesquisa conduzida pela consultoria Nielsen nos Estados Unidos revela que 48% dos pequenos consumidores (entre 6 e 12 anos) querem o aparelho da Apple nas festas de fim de ano. Os meninos e meninas apontam a preferência pe-

Leitor fala

Copa do Mundo Nós, gaúchos, perdemos a esperança em nossos governantes e nos políticos que sustentam a base atual. Obras do PAC e outras anunciadas com pompa e foguetório como a segunda ponte sobre o Guaíba, metrô, ERS-010, presídios, extensão do aeroporto, orla do Guaíba e Cais do Porto ficaram pelo caminho ou nas gavetas dos governo estadual ou federal. Outras se arrastam ou estão paradas sob júdice. São pendengas que deveriam ter sido resolvidas antes dos festejados anúncios. Todas essas obras, que segundo o governo já tinham verbas destinadas, não surgem devido aos meandros da burocracia e de forças políticas contrárias na Assembleia e no Congresso. Por tudo isso, vemos um Rio Grande do Sul acovardado, medroso e atrasado, enquanto outros Estados menos importantes na economia nacional estão com crescimento acima de nós.

lo iPad original, de 9,7 polegadas. O iPad mini, lançado no fim de outubro, foi citado por 36% dos entrevistados. Outros produtos da Apple também estão na lista de pedidos: iPod Touch (com 36% da preferência) e iPhone (33%). Mesmo com o sucesso da companhia entre as crianças, o setor de games é o que deve lucrar mais no período. METRO

Ramiro Almeida – Porto Alegre, RS

Pergunta Sudoku

Você concorda com a paralisação de servidores em quatro hospitais de Porto Alegre nesta quarta e quinta?

Gadget da empresa da maçã é preferência, mas 29% dos pequenos disseram desejar um tablet de outra marca

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroPOA

PETER MACDIARMID/GETTY IMAGES

Microsoft planeja Xbox mais barato A Microsoft, criadora do Xbox, estaria planejando o lançamento de uma versão mais barata do aparelho. Segundo o site The Verge, o modelo de baixo custo, com previsão de anúncio para 2013, seria volta-

Horóscopo

@LuisLeiner: Não. @miltonbjj: Claro que não, mas também não concordo com o descaso da saúde!

do para jogos casuais e serviços de entretenimento, como o Netflix. Em março, outro site anunciou que a Microsoft estava fazendo adaptações em um Xbox com foco em streaming. METRO

Web Para falar com a redação: leitor.poa@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Materialismo, mente muito mais voltada para a realidade e objetivos concretos em um dia no qual as pessoas estão meio aéreas e cheias de sonhos e ilusões. Touro (21/4 a 20/5) Viagens e negócios com pessoas distantes, muito mais criatividade e atitudes cheias de emoções. Sensualidade e romantismo deixando o namoro mais quente. Gêmeos (21/5 a 20/6) Saudosismo, clima de sentimentalismos e aconchego familiar deixando o seu dia mais intenso, aproveite para estar mais próximo das pessoas que você quer bem. Câncer (21/6 a 22/7) Comprometimento, você está mais apegado a valores familiares e precisando sentir as pessoas mais próximas a você, prepare o seu ninho para acolher a todos.

Leão (23/7 a 22/8) Novos desafios e muita criatividade para poder motivar e liderar as pessoas em novos projetos de grande porte. Viagens distantes e temas religiosos em alta. Virgem (23/8 a 22/9) Faça primeiro o dever de casa, só depois parta para desafios diferentes. Você precisa estar mais confiante e seguro dentro do seu círculo de amizades. Libra (23/9 a 22/10) Romantismo exagerado, dia de reparar em cada movimento do seu amor e esperar muito mais da vida do que ela pode lhe dar. Saiba ser feliz com o que você já tem. Escorpião (23/10 a 21/11) Espiritualidade transbordando o seu ser, dia de se sentir muito mais sensível e perceber de longe as emoções das pessoas. Faça um bom uso dos seus dons.

Sagitário (22/11 a 21/12) Restabelecimento de metas e possíveis curas, seus objetivos de vida se tornam mais significativos e você pode atrair pessoas para apoiarem os seus ideais. Capricórnio (22/12 a 20/1) Dia de unir forças com as pessoas e entender melhor como estabelecer vínculos mais duradouros com elas. Não se omita de participar de atividades em grupo. Aquário (21/1 a 19/2) Aprenda a viajar na imaginação dos outros um pouco para variar, não é somente você que tem as melhores fantasias e muita vontade de mudar as coisas de lugar. Peixes (20/2 a 20/3) Corpo e sentimentos unidos em uma só energia, utilize positivamente as suas emoções, expressão corporal e artes em alta. Evite somatizar sentimentos negativos.


ANDRÉ PORTO/METRO

Quinta-feira, 22 de novembro de 2012 Edição especial

Mecânica sem mistérios Desvendamos as expressões recorrentes na vida dos mecânicos e de quem tem carro usado {pág 20}

Rodas deixam o carro mais bonito, mas precisam de cuidados Saiba como agregar valor e beleza ao carro do modo certo {pág 16}

Da invenção à evolução


motor

16

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Nova rodada DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Jogo de rodas marca TSW de aro 17 para Citroën C3 sai por R$ 2 mil

Volkswagen Scirocco GTS tem rodas com fortes pinças de freios vermelhas

Tamanho certo

Valor estético

Nenhum especialista recomenda a instalação de rodas com dimensões diferentes das recomendadas pelo fabricante do carro. Isso afeta principalmente a calibração da suspensão, comprometendo a estabilidade. Carros de passeio geralmente usam rodas de aro 13 a 18.

A boa aparência tem um custo. Um modelo de liga é pelo menos o dobro do preço de um similar de aço. Um jogo de aro 14 na concessionária gira em torno de R$ 1,5 mil, enquanto em uma loja independente fica em R$ 900.

JOÃO BRITO JR/FOLHAPRESS

Rodas de liga leve deixam carro com ares de esportividade Dimensão da peça deve ser a mesma da original de fábrica Roda esportiva aro 16 do Ford Focus Titanium

DIVULGAÇÃO

Hyundai Santa Fé sai de fábrica equipado com rodas de liga leve aro 18

Banco de couro, grade cromada, vidro preto e até lâmpadas de LED. A imaginação vai longe quando o assunto é equipar o carro. Segundo acessório mais cobiçado, depois do rádio, as rodas de liga leve transformam o visual da caranga e deixam o modelo com ares de esportividade. Com R$ 1,2 mil, o técnico em informática Jorge Sereghetti equipou seu Volkswagen Gol 1.0 com rodas de liga leve de aro 15, marca Mangels. Já o publicitário Fernando Gianoni optou pela compra de um

Ford Focus GLX, sobretudo porque o carro já veio da loja com esse tipo de roda. Segundo especialistas, rodas de liga leve e rodas normais de aço têm a mesma resistência, mas as primeiras são feitas com ligas de alumínio, por isso pesam cerca de 20% menos. Além de mais leves, porém mais caras, as rodas de alumínio têm estética bem superior. Existem vários modelos para todos os carros, mas os mais conhecidos são rodas Mangel, Rodão, TSW, Binno e Vaska. METRO MOTOR

ROBERTO ASSUNÇÃO/FOLHAPRESS

Se a roda tiver sido muito danificada, é melhor comprar outra do que tentar um conserto

Reparo facilitado Rodas de liga têm maior tolerância a reparos, mas é aconselhável submeter a peça avariada a uma série de medições a fim de verificar se o dano não empenou sua zona de contato nem causou fissuras. Só então a roda é liberada para conserto.


18

www.readmetro.com

motor

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Cada macaco no seu carro Troca de pneus fica mais fácil com macacos hidráulicos Força continua indispensável para manuseio de chaves de roda Especialista diz que tecnologia de ferramenta precisa evoluir

Macaco joelho

Chave de roda cruz

É o mais comum. Tem um encaixe em forma de “U” que se fixa à carroceria do automóvel. É acionado com uma manivela giratória. Custa entre R$ 20 e R$ 40.

Sem uma chave de roda elétrica, o condutor vai ter que usar a força. A chave de roda em cruz ajuda um pouco, pois tem suporte para segurar com as duas mãos. Se o parafuso estiver muito apertado, uma dica é pular em cima da chave.

Macaco elétrico Macaco hidráulico dispensa a força na hora de levantar o carro

Macaco hidráulico jacaré pequeno É prático e exige bem menos esforço que macacos mecânicos. Uma alavanca acionada com movimentos de remo faz com que o sistema eleve o carro mais facilmente. Pesa aproximadamente 15 kg e custa cerca de R$ 100.

DIVULGAÇÃO

Pneu furado é um imprevisto que não deixa muitas opções ao condutor, só resta descer do carro e providenciar a troca. E nesta hora quem estará lá para ajudar? Sim, o bom e velho macaco. O problema é que muitos motoristas não sabem usar o instrumento corretamente. E verdade seja dita, os macacos originais pouco facilitam a vida neste momento crítico. Segundo Marcos Bressan Junior, gestor da Casa dos

Macacos, em São Paulo, embora a tecnologia dos carros tenha evoluído nos últimos anos, a dos macacos não mudou grande coisa. “Os modelos mais comuns e utilizados são: joelho, sanfona, hidráulico tipo garrafa e tipo jacaré pequeno. Sendo os dois primeiros os mais simples, aqueles que já vêm no carro”, afirma Bressan. Segundo o profissional, tanto o joelho quanto o sanfona são macacos-padrão e

levantam até duas toneladas, suficiente para qualquer modelo de carro de passeio. Já o hidráulico e o jacaré pequeno erguem até quatro toneladas. Quanto à chave de roda, a força do braço continua indispensável. A única alternativa é ter um kit de macaco elétrico, que já vem com chave elétrica. Senão, o condutor vai ter que continuar sujando a mão de graxa.

O macaco elétrico é a salvação para quem tem horror a trocar pneu. Dispensa o uso da força e das eternas voltas com a chave de rodas, pois é acionado por meio de botões. Vêm com uma opção que traz uma parafusadeira elétrica, ou seja, chega de usar chave de roda manual. Os dois funcionam ligados ao acendedor de cigarros. Custa aproximadamente R$ 400.

METRO MOTOR

Macaco hidráulico tipo garrafa Macacos hidráulicos funcionam com um pistão, por isso deixam o serviço bem mais leve na hora de erguer o carro. Com apenas uma mão é possível concluir o trabalho. O do tipo garrafa tem preço médio de R$ 80.


motor

20

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Papo de Mecânico

GETTY

Pino, biela, cabeçote, cebolinha, pistão, alternador Os protagonistas dos problemas mais recorrentes nas oficinas nem sempre são conhecidos de todos Saiba agora quais são, onde ficam e as funções dessas peças

Mesmo quem nunca pisou em uma oficina mecânica já ouviu ao menos uma vez a expressão “Ih! Este carro está batendo pino.” E quando não é o pino é a biela. E se o proprietário do veículo tiver paciência e humor suficiente para ter na garagem um popular “semivelho”, a lista se estende para casos como problema no alternador, queima da junta do cabeçote e por aí vai. Apesar de serem recorrentes, nem todos conseguem explicar ou entender claramente o que aconteceu com a caranga quando ela bate com meia vida na oficina. Segundo o professor do departamento de Engenharia Mecânica da FEI (Fundação Educacional Inaciana), Silvio Shizuo, para começar, quando se fala em bater pino, de fato, não existe pino nenhum. “É uma anomalia na qual o combustível é queimado numa velocidade supersônica. Uma onda de choque se propaga pela câmara de combustão gerando altas pressões e a queima espontânea do combustível. Esse fenômeno produz um ruído parecido ao impacto numa peça metálica, daí o nome ‘batida de pino’.” Já no caso da biela, o especialista explica que existe uma folga associada. “Ela pode realmente ‘bater’, pois é resultante de uma folga provocada pelo desgaste das bronzinas ou rolamentos (se for uma motoci-

“Hoje, as montadoras programam as peças para que tenham um desgaste semelhante. A durabilidade melhorou porque os lubrificantes estão melhores para atender as normas de emissão de poluentes. Dependendo do usuário, os motores duram, em média, uns 200 mil km ” SILVIO SHIZUO, PROFESSOR DE ENGENHARIA MECÂNICA DA FEI

cleta). Isso pode ocorrer por falha na lubrificação ou pela alta rodagem do motor. O uso de óleo de baixa qualidade também pode afetar as bielas, que ficam na parte de baixo do motor.” Se o diagnóstico for o conhecido como “queimou a junta do cabeçote”, a palavra-chave para desvendar o mistério do que levou o poçante a esse trágico fim é superaquecimento. “Neste caso, houve falta de refrigeração do motor. Há várias causas: falha na bomba d’água ou na correia, vaza-

mento de água em mangueiras, conexões, radiador, reservatório de expansão.” E se alguém ainda falar em cebolinha nos dias de hoje, desconfie. Já faz algum tempo que elas são de uso exclusivo dos culinaristas. “A cebolinha hoje quase não existe. Antigamente usava-se uma chave térmica, lembrando vagamente uma cebola. Atualmente, o módulo eletrônico controla os mesmos dispositivos com base em sensores de temperatura”, diz Shizuo. É preciso abrir os olhos também quando o parecer final é “problema no alternador”. Responsável pela geração de energia que tem a função de carregar a bateria, todo alternador tem um regulador de voltagem e é preciso observar quando o problema é no alternador, no regulador de voltagem ou na bateria. “Um bom eletricista sabe identificar onde está o problema.” E se o carro chegou ao extremo de precisar trocar os pistões, o caso é de retífica. “Como é necessário retirar o motor e desmontar completamente, recomenda-se aproveitar para fazer o motor completo, com troca das bronzinas, retífica do virabrequim, assentamento de válvulas etc”, afirma o especialista. PATRÍCIA GUIMARÃES METRO SÃO PAULO

C orte transversal Cabo de vela Balancim

Carburador Coletor de admissão Distribuidor

Coletor de escape

Tucho

Vareta do óleo Motor de arranque Volante do motor

Corte longitudinal

Motor 4 cilindros

Mola das válvulas

Pistão

Mistérios que levam o carro à oficina estão, quase sempre, no motor

Comando de válvulas Bomba de óleo Filtro de óleo Pescador da bomba

Termóstato

Tampa do óleo

Ventoinha

Tampa de válvulas

Bomba de água

Eixo dos balancins

Biela Virabrequim Correia Carter Bujão do óleo

Mola da válvula Vareta da válvula Pistão Volante do motor Cremalheira do volante


esporte

22

3

esporte Processo disciplinar

Luiz Adriano será investigado O ex-colorada, Luiz Adriano, do Shakhtar Donetsk, será investigado por um dos gols que marcou na vitória do seu time por 5 a 2 sobre o Nordsjaelland, pela Liga dos Campeões da Europa, na terça-feira. A Uefa abriu um processo disciplinar contra o brasileiro. Ele será acusado de violar os princípios de conduta e uma decisão será tomada em 27 de novembro. A partida estava empatada por 1 a 1, quando o jogo foi paralisado para atender um jogador adversário. Na hora de devolver a bola, seu companheiro Willian deu um chutão para a frente, com a defesa adversária inerte, Luiz Adriano dominou a bola, passou pelo goleiro e marcou o gol, causando a fúria dos adversários.

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

A primeira vez como técnico Treinadores contam quais foram suas dificuldades ao estrear na função A primeira experiência de Fernandão como técnico durou quatro meses. Agora desempregado, o treinador vive as incertezas de seu futuro profissional, consigo carrega um punhado de resultados ruins. O status de Fernandão dentro do futebol acelerou o seu início de carreira. Seu currículo como jogador o ajudou a dar o ponta pé inicial em um clube de ponta, mas não foi suficiente para dominar todos os aspectos da função. Situação semelhante viveu Paulo César Carpegiani. Logo após abandonar a carreira de atleta no Flamengo, o treinador assumiu o comando do time em 1981. Os resultados, entretanto, fo-

ram bem diferentes. Carpegiani montou uma das maiores equipes da história do futebol brasileiro, conquistando a Libertadores e o Mundial daquele ano. “Meu início foi facilitado, pois eu estava dentro do grupo e conhecia os jogadores. Quando assumi, empatei meus cinco primeiros jogos e fui modificando a equipe”, contou ao Metro o treinador, que este ano comandou o Vitória em boa parte da campanha na Série B. Na visão de Carpegiani, apesar dos maus resultados, a rápida transição da carreira de jogador para a de técnico e a figura que Fernandão representa para o Inter ajudaram na adaptação. “Is-

so tudo facilitou. Mas no futebol, os resultados mandam. Tudo é momento”, argumenta. “Ser técnico é complexo. é preciso dominar muitas áreas, aliar a teoria e a prática”, explica. Assim como o ídolo colorado, Júlio Camargo teve uma passagem efêmera, sua primeira grande oportunidade. Rodado nas categorias de base e nos clubes do interior gaúcho, ele foi demitido após seis partidas à frente do Grêmio no ano passado. “Foi um período curto onde não consegui colocar o meu trabalho em prática”, lamenta. Atualmente cursando mestrado em educação física, Camargo não acredita que o fato de não ter sido jo-

gador tenha dificultado na sua primeira vez em um grande clube. “Quem não foi um jogador acaba tendo dificuldade em um primeiro momento, até o primeiro treino, que é quando as coisas se modificam”, opina. Este ano, em uma espécie de recomeço de carreira, ele foi auxiliar técnico, função que pretende seguir exercendo, de Falcão no Bahia. “Não há um recomeço de verdade. Tenho idade para ter calma. Esses passos são um aprendizado. Isso é bom para solidificar o nome”, acredita o profissional de 41 anos. VALTER JUNIOR

METRO PORTO ALEGRE

Sem grandes mudanças no time colorado O interino Osmar Loss disse que não fará mudanças drásticas na equipe nas duas partidas sob o seu comando. “Não tem tempo para fazer mudanças drásticas, mas posso fazer algumas mudanças”, afirmou. Novamente assumindo a função temporariamente, Loss mostrou-se tranquilo. “Tem sido uma rotina para mim. Quado se troca é porque não está bom”, afirmou. Sobre o novo treinador, a direção segue sem falar em nomes. Dunga continua sendo o mais cotado para assumir, mas, segundo ele, ainda não foi procurado pelos dirigentes. METRO POA

CARLOS EDUARDO DE QUADROS/ FOTOARENA

LUCAS UEBEL/VIPCOMM/INTERNACIONAL

“Quando se troca é porque não está bom. Nunca vi grupo derrubar treinador. A falta de resultados é que ocasiona a mudança.” OSMAR LOSS

GERALDO BUBNIAK/ FOTOARENA

“No futebol, os resultados mandam. Tudo questão de momento.”

Fernandão fracassou na primeira chance como técnico

PAULO CESAR CARPEGIANI

LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA

Luxemburgo fica

METRO POA

Torcida voltou a pedir a permanência de Luxemburgo

A primeira decisão importante da gestão Fábio Koff foi tomada ontem à noite. Em reunião na casa do empresário Gilmar Veloz ficou definido que Vanderlei Luxemburgo seguirá no Grêmio. O treinador acertou contrato por mais duas temporadas. Hoje a renovação será oficializada. Na semana passada, a nova direção confirmou ter aceitado as exigências de Luxemburgo e um acerto entre as partes estava próximo. Entretanto, as declarações do treinador na sequência, principalmente após a partida contra a Portuguesa, deixaram o negócio em dúvida e criou-se a expectativa sobre qual seria a respota do treinador após conversar com seus familiares. Ontem, na reapresenta-

ção do elenco, Luxemburgo recebeu mais uma demonstração de carinho. Os torcedores presentes na atividade gritaram pedindo para que o técnico ficasse no Tricolor no próximo ano. O mesmo ocorreu após a vitória sobre o São Paulo, quando o pedido da torcida ecoou pelo Olímpico. A nova administrição tomou outra decisão importante sobre o departamento de futebol. Rui Costa, inicialmente anunciado como assessor de futebol, será o novo executivo remunerado da pasta, substituindo a Paulo Pelaipe. Costa atuou no departamento de futebol gremista durante a gestão de Duda Koreff, em 2010. Com isso, Omar Selaimen será o único dirigente político no vestiário. METRO POA

Medalhista olímpico tem quadro irreversível Medalha de prata no salto triplo nos Jogos da Cidade do México (1968) e bronze quatro anos depois em Munique, Nelson Prudêncio está internado na Casa de Saúde de São Carlos, em São Paulo, desde terça-feira, devido a complicações decorrentes de um câncer no pulmão. De acordo com a família do ex-atleta, de 68 anos, o quadro é irreversível. Além de ser um dos grandes nomes do esporte brasileiro, Prudêncio é professor do curso de educação física, Prudêncio era professor da Universidade Federal de São Carlos, além de vice-presidente da Federação Brasileira de Atletismo. METRO POA


www.readmetro.com

esporte

23

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Nos pênaltis, Brasil leva de novo o Superclássico Seleção perde jogo, mas, nos pênaltis, derrota Argentina e fecha temporada 2012 com troféu JAVIER GARCIA MARTINO/AGÊNCIA PHOTOGAMMA/FOTOARENA

Neymar, desta vez, não errou. Quando teve a chance de definir a partida, o camisa 11 aproveitou. Diferentemente do que aconteceu no amistoso contra a Colômbia, o atacante acertou o pênalti que deu ao Brasil a taça do Superclássico das Américas. A segunda, já que em 2011 os brasileiros também con-

2 x 1

quistaram o torneio. Não foi fácil. A Seleção tinha a vantagem do empate pois, em setembro, em Goiânia, a vitória foi canarinha por 2 a 1. Mas a Argentina estava disposta a comemorar em casa. Na Bombonera – que, diferentemente de Resistencia, cidade argentina que

(3)

Argentina: Orión; Lisandro López, Sebá e Desábato; Peruzzi, Cerro (Ahumada), Guiñazu , Montillo e Vangioni; Martínez e Barcos (Scocco) . Técnico: Alejandro Sabella

(4)

Brasil: Diego Cavalieri; Lucas Marques (Bernard), Réver , Durval e Fábio Santos (Carlinhos); Ralf, Paulinho, Arouca (Jean) e Thiago Neves; Neymar e Fred . Técnico: Mano Menezes

• Gols: Scocco aos 36 e aos 46 minutos do 2º tempo; Fred aos 37 minutos do 2º tempo • Arbitragem: Enrique Osses, auxiliado por Francisco Mondría e Carlos Astroza (Chile)

City e seus milhões são eliminados O empate por 1 a 1 com o Real Madrid, ontem, não foi suficiente para segurar o Manchester City na Liga dos Campeões da Europa. Apesar do investimento pesado nas últimas temporadas, o clube inglês foi eliminado pela segunda vez seguida na fase de grupos da competição. O resultado classificou os espanhóis. Outro clube que avançou de fase foi o Milan, que venceu o Anderlecht, fora de casa por 3 a 1, com Alexandre Pato marcando um dos gols. O PSG, que também investiu cifras consideráveis para a temporada, garantiu um lugar nas oitavas de final ao vencer o Dynamo Kiev por 2 a 0.

O Chelsea, próximo de ser eliminado, demitiu o técnico Roberto Di Matteo após a derrota por 3 a 0 para a Juventus, na terça-feira. Para o seu lugar foi contratado o espanhol Rafa Benitez. Ele assume o time até o fim da temporada. Benitez estava sem trabalhar desde o fim de 2010, quando conquistou o Mundial de Clubes com a Inter de Milão. METRO POA

MATHEUS ADAMI METRO SÃO PAULO

Breves

Jogo é adiado na Europa ISRAEL. A partida entre Hapoel Kiryat Shmona e Athletic Bilbao, que ocorreria hoje pela Liga Europa, foi adiado pela Uefa por questões de segurança. A entidade achou melhor não realizar o cofronto devido aos conflitos que ocorrem na região de Gaza. A nova data do jogo ainda não foi divulgada. METRO POA

Jogadoras apoiam Mari

13

clubes estão classificados às oitavas de final da Liga dos Campeões com uma rodada de antecedência. PHIL NOBLE/REUTERS

Apesar do gol de Agüero, City foi eliminado

‘sediou’ o primeiro jogo de volta do Superclássico, em outubro, teve energia elétrica de sobra – foram os donos da casa que abriram o placar, com Scocco, aos 36 minutos do 2o tempo, cobrando pênalti cometido por Jean em Martínez. Um minuto depois, Fred, oportunista, empatou. Aos 46, Scocco voltou a deixar os hermanos na ponta. A vitória por 2 a 1 levou a decisão por pênaltis. Martínez e Montillo erraram para a Argentina, enquanto Sebá, Scocco e Orión acertaram. No Brasil, só Carlinhos errou. Thiago Neves, Jean, Fred e Neymar anotaram os gols do título.

VÔLEI. Apesar da conquista do ouro nos Jogos Olímpicos, a seleção feminina ainda tem seus problemas para resolver. Ontem, no lançamento da Superliga, as jogadoras defenderam a excompanheira que após ser cortada criticou o técnico José Roberto Guimarães. “Não vou desmentir nada do que ela disse porque estava lá dentro e sabia de tudo o que acontecia. Ela tem razão no que disse”, afirmou a oposta Sheila. METRO POA

Equipe de Mano Menezes ergue a taça após perder no tempo normal e vencer nas penalidades


24

www.readmetro.com

esporte

QUINTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2012

Carros já começaram a ser montados nos boxes de Interlagos para o GP do Brasil, no próximo domingo Amanhã, as equipes já realizam os treinos livres

Em alta velocidade

Chefe da Ferrari enche a bola de Felipe Massa A performance de Felipe Massa nos últimos GPs tem rendido elogios por parte da Ferrari. Tanto que o chefão da escuderia italiana, Stefano Domenicali, afirmou que a boa fase do piloto brasileiro será fundamental para que seu companheiro, o espanhol Fernando Alonso, conquiste o título em Interlagos, no GP do Brasil, domingo próximo. “Ele pilotou muito bem durante toda a semana e isso é algo que é positivo para o Brasil, porque precisamos que os nossos dois

pilotos tenham uma corrida muito boa se a gente quiser desafiar Sebastian Vettel na disputa pelo título”, disse Domenicali. Massa chegou a ter seu posto na Ferrari ameaçado, mas conseguiu se recuperar no segundo semestre do campeonato e teve seu vínculo aumentado até o final do ano que vem. “Mesmo antes de agosto, as coisas foram ficando cada vez melhores. Falta apenas uma corrida para o fim do campeonato e vou fazer o melhor”, garantiu Felipe Massa. METRO MARK THOMPSON/GETTY IMAGES

Carro da Red Bull, ainda desmontado, nos boxes de Interlagos

Chefão da Ferrari, Stefano Domenicali, com Felipe Massa

LUIS MOURA/FOLHAPRESS

Tudo pronto para a etapa decisiva Todo o circo da Fórmula 1 já está praticamente montado no autódromo de Interlagos, em São Paulo, para o GP do Brasil do próximo domingo, que definirá o campeão da temporada 2012. Cerca de 800 toneladas de equipamentos das escuderias já foram descarregadas. Boxes montados e

equipamentos em mãos, os mecânicos já preparam os carros que irão à pista amanhã, nos treinos livres a partir das 10h. Quem ainda procura ingressos encontra na bilheteria do autódromo, à avenida Senador Teotônio Vilela, 261, ao lado do Portão 8. METRO

800

GP Brasil em números 10 mil é o número de profissionais responsáveis pelo funcionamento, organização e infraestrutura do GP do Brasil 2012 2 dias é o tempo necessário para as equipes montarem carros, equipamentos e boxes 80 mil pessoas são esperadas nas arquibancadas de Interlagos

Caterham comete gafe no anúncio REPRODUÇÃO

Equipe Caterham divulga GP do Brasil com imagem do Pelourinho

toneladas de equipamentos – entre pneus, motores, caixas de câmbio, componentes eletrônicos e computadores – já estão nos boxes de Interlagos para a montagem dos carros. Foram utilizadas 89 carretas para transportar os equipamentos do aeroporto de Viracopos ao autódromo. A equipe Caterham, que ostenta a modesta 11a colocação entre as 12 que disputam o Mundial de Fórmula 1, cometeu uma gafe ao divugar o GP do Brasil em sua página oficial. Exibindo o nome da cidade de São Paulo e chamando para a corrida de Interlagos, uma montagem mostra o carro da escuderia na ladeira do Pelourinho, famoso ponto turístico de Salvador, na Bahia. Ao perceber o erro, a equipe trocou o fundo e colocou a bandeira do Brasil. METRO

Breves

Equipes podem testar pneus em Interlagos PROTÓTIPO. A fornecedora oficial de pneus da Fórmula 1 anunciou que as equipes têm a chance de experimentar os protótipos dos pneus para a temporada 2013 na sextafeira de treinos livres para o GP do Brasil. Segundo a Pirelli, após os testes em Interlagos, os times só poderão avaliar os novos modelos na pré-temporada, em fevereiro. Por isso, experimentá-los ainda este ano será importante para o desenvolvimento dos carros do ano que vem. METRO

‘Vettel não tem carisma’ CORNETA. O chefão da Fór-

mula 1, Bernie Ecclestone, declarou à agência alemã

“SID” que acredita que o título da temporada 2012 fique nas mãos de Sebastian Vettel, da Red Bull. Mas o dirigente de 82 anos aproveitou para cornetar o atual bicampeão: “Falta um pouco de carisma para que Vettel seja considerado uma lenda do esporte. Ele sequer consegue demonstrar suas emoções.” METRO

Chave de ouro ADEUS. O britânico Lewis

Hamilton afirmou que quer vencer GP do Brasil para se despedir da McLaren em grande estilo – em 2013 ele correrá pela Mercedes. “É minha última corrida a bordo de uma McLaren e disse a toda a equipe que darei tudo de mim em cada volta da corrida”, disse. METRO


20121122_br_portoalegre