Issuu on Google+

BRABC_2012-10-04_1.qxp:BRAZIL

10/3/12

11:31 PM

Page 1

O CHEFE

RICHARD BRANSON, DA VIRGIN, VIRA EDITOR DO METRO POR UM DIA {pág 15}

ABC

Quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Edição nº 717, ano 3 Mín 32°C Máx 18°C

Dirceu tem 1ª condenação como ‘chefe de quadrilha’ Ministro Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão, pediu a condenação do ex-ministro e ex-dirigente do PT por corrupção ativa e o classificou como ‘mandante’ do esquema de compra de votos no Congresso {pág 06} Novos vereadores

Concorrência nas câmaras é maior que em vestibulares Relação candidato/vaga no ABC é de 20,3, maior que cursos concorridos da USP {pág 03}

Turquia lança bombas na Síria: Oriente em alerta

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Otan está de prontidão após ação em represária à morte de cinco civis na fronteira {pág 10}

Obras no Carlos Gomes estão paradas há três meses e dependem de aval do Ministério Público para serem retomadas ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

Conselho do patrimônio histórico Volta de obras no Carlos aprova reforma no cine-teatro da região central de Santo André Gomes está liberada {pág 04}

São Paulo pode entrar na briga por Robinho Atacante do Milan quer voltar ao Brasil em 2013 e Tricolor não descarta fazer proposta {pág 16}


BRABC_2012-10-04_2.qxp:BRAZIL

10/3/12

11:59 PM

Page 1

abc

02

1 foco

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

Como é eleito o vereador

Diferentemente das eleições para prefeito, governador, senador e presidente da República, que são majoritárias, no Brasil os vereadores, deputados estaduais (ou distritais) e os deputados federais são eleitos de forma proporcional; ou seja, o número de votos apenas não garante vaga. Para ser eleito, o candidato a vereador depende de sua votação e também do desempenho de seu partido ou coligação. O objetivo disso é o fortalecimento dos partidos políticos. Entenda como é o processo

QUOCIENTE ELEITORAL

QUOCIENTE PARTIDÁRIO

É o primeiro passo no processo. É obtido pela divisão do número total de votos válidos (excluindo brancos e nulos) pelo número de vagas no Legislativo EXEMPLO: Numa cidade com 50.037 eleitores e 17 vereadores, houve 883 votos brancos e 2.832 votos nulos. O quociente eleitoral seria então:

46.322 17

VAGAS RESTANTES Ao final da distribuição das vagas por esses critérios, as vagas que sobrarem serão preenchidas a partir da fórmula:

O número de votos de um partido ou coligação dividido pelo quociente eleitoral será o quociente partidário, ou seja, a quantidade de vereadores que cada partido elegerá

Votação total do partido ou coligação número de lugares obtidos + 1

EXEMPLO:

15.992

Partido A

votos

votos válidos

2.725

dividido pelo quociente eleitoral

vagas na Câmara

2.725 Este é o quociente eleitoral e corresponde à quantidade de votos que cada partido ou coligação necessitará para conquistar uma vaga

5,8

As casas decimais são desprezadas. Assim, o Partido A elegerá seus 5 vereadores mais votados

O PUXADOR DE VOTOS O cálculo do quociente explica por que candidatos com votação expressiva levam consigo colegas de partido com poucos votos. À medida que atinge o mínimo necessário para se eleger, o excedente é distribuído entre candidatos do seu partido

Quem tiver a maior média fica com a primeira vaga restante, e assim sucessivamente até que todas as Partido A vagas sejam preenchidas.

Brasileiros escolherão 57.434 vereadores domingo São mais de 400 mil candidatos disputando uma vaga no Legislativo Estatísticas do TSE mostram que 36% têm ensino médio Eleição é a primeira com a Lei da Ficha Limpa

Cotações Dólar

Euro

-0,19% (R$ 2,02)

-0,31% (R$ 2,61)

Bovespa

Selic (7,5%) Salário mínimo (R$ 622)

-1,00% (58.627 pts)

No próximo domingo, 57.434 vereadores serão eleitos para ocupar, pelo próximos quatro anos, uma cadeira no Poder Legislativo de 5.566 municípios brasileiros. Dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) apontam que 418.553 postulantes irão disputar as eleições proporcionais deste ano. Para poder concorrer a uma vaga de vereador, é preciso ter no mínimo 18 anos, ser filiado há mais de um ano a um partido político e não ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa, que barra nomes já condenados pela Justiça por um órgão colegiado, mesmo que ainda caiba

recurso da decisão. Considerada constitucional pelo STF (Supremo Tribunal Federal), a lei começou a valer nas eleições municipais deste ano. As estatísticas do TSE mostram que a maioria dos candidatos (36%) tem o ensino médio completo e 18% o superior completo. Do total de nomes inscritos, 3,2% sabem apenas ler e escrever. Raio-X O vereador é fundamental para o bom funcionamento dos municípios. Ele é responsável pela elaboração de leis que têm impacto na gestão da cidade, como sistema tributário, serviços públicos, isen-

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.abc@metrojornal.com.br 011/3528-8520 COMERCIAL: 011/4979-6928

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. Épublicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

68%

dos candidatos são homens e 32%, mulheres. Somente 18% têm curso superior completo, segundo as estatísticas do TSE. ções e anistias fiscais. Outra função muito importante dos parlamentares é fiscalizar as ações e as contas do poder Executivo. A Câmara Municipal também pode abrir CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito) para apurar denúncias envolvendo os responsáveis a administração pública e empresas que atuam no município.

Número de vagas O total de vereadores eleitos é proporcional à população do município. A Constituição prevê que, em cidades com até 1 milhão de habitantes, haja no mínimo 9 e no máximo 21 parlamentares. Nas cidades com população entre 1 milhão e 5 milhões, o número deve variar entre 33 e 40. Já nas com mais 5 milhões de esse número vai de 42 a 55. O total de cadeiras é estabelecido pela Lei Orgânica do Município, que tem de respeitar os limites previstos na Constituição. Vencimentos O salário do vereador também está atrelado ao nú-

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo. Metro ABC. Editor Executivo: Marcelo Camargo (MTB: 33.618). Editor de Arte: Eli de Souza Filho. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva.

mero de habitantes de uma cidade. Naquelas com população de até 50 mil pessoas, o vencimento será de 30% do salário do deputado estadual. Em municípios com mais de 500 mil habitantes, essa proporção chega a 70%, caso do Rio e de São Paulo. Suplentes O candidato que não atingir o número de necessário de votos para ser eleito será proclamado suplente. A lista de espera é definida de acordo com o número de votos nominais registrados na eleição. O suplente assume caso o titular se licencie, não assuma ou tenha o mandato cassado. METRO

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: rua Tabapuã, 81, 14º andar, Itaim, CEP 04533-010, São Paulo, SP. Tel.: 011/3528-8500. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A. A tiragem e distribuição desta edição de 30.000 exemplares são auditadas pela BDO.


BRABC_2012-10-04_3.qxp:BRAZIL

10/3/12

9:11 PM

Page 2

abc

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

03

Próxima legislatura terá mais cadeiras e salários maiores Número de vereadores subirá de 54 para 68 Reajuste é de 61,8% Briga por vaga nas câmaras tem quase 350 nomes a mais do que na eleição passada Vencer nas urnas é tão disputado quanto ser aprovado no vestibular O número de candidatos a vereador no ABC que disputarão no domingo o voto dos eleitores é 33% maior do na última eleição, há quatro anos. A partir de 2013, as câmaras terão mais cadeiras e pagarão maiores salários, mas chegar lá será tão concorrido quanto ser aprovado em exame de vestibular. Até a tarde de ontem, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) dava como apta a candidatura de 1.386 postulantes aos legislativos de Santo André, São Bernardo e São Caetano, para 68 cadeiras. Em 2008, quando eram 54

as cadeiras, 1.039 nomes entraram na briga. A proporção é de 20 candidatos por vaga. Para se ter ideia da disputa, o processo seletivo da UFABC (Universidade Federal do ABC) recebeu neste ano 9.751 inscrições para 1.525 vagas em Ciência e Tecnologia. A relação foi de 12,9 candidatos por vaga. Conseguir lugar nos legislativos da região é ainda mais concorrido do que muitos cursos da USP (Universidade de São Paulo), como Educação Física (7,7), Enfermagem (9,2) e Economia (19,3). Com os ramos da engenharia de Produção (20) e de Computação (20) está empatado.

1,247

milhões de eleitores votam nas cidades de Santo André, São Bernardo e São Catano, segundo o TSE. São pouco mais de 77 mil eleitores do que na eleição passada. Aumentos A disputa pelo legislativo está também estimulada por dois fatores: mais cadeiras e salários maiores. Uma emenda constitucional de 2009 permitiu o aumento do número de vagas nas câmaras de todo o País, fixando o limite de

Raio X da disputa SANTO ANDRÉ

SÃO BERNARDO

710.000000

473.333333

710.000000

429

candidatos

590

+90,3%

candidatos*

501

candidatos*

SÃO CAETANO 710.000000

473.333333

455

candidatos

+29,6%

473.333333

295

+16,7%

236.666667

0.000000

candidatos*

236.666667

2008

21

vagas

2012

21

vagas

candidatos por vaga

23,8

0.000000

236.666667

2008

2012

21

0.000000

28

vagas

155

candidatos

2008

12

vagas

vagas

candidatos por vaga

21

15,5

1153.333333

1.386

1.039

candidatos*

candidatos

Candidatos por vaga em 2008

576.666667

0.000000

+33,4%

2008

54

vagas

em 2010

19,2 20,3

2012

68

vagas

Fonte: TSE (Tribunal Superior Eleitoral)

*candidatos considerados aptos pela Justiça Eleitoral em consulta realizada ontem

19

vagas

candidatos por vaga

ABC 1 1730.000000

2012

parlamentares a partir do tamanho da população. A próxima legislatura da região terá 14 cadeiras mais do que a atual. São Bernardo vai passar de 21 para 28 vereadores. Em São Caetano, subirá de 12 para 19. Apenas o Legislativo de Santo André não aprovou a mudança e manterá os 21 parlamentares. Reajustado, também para a partir de 2013, o salário dos vereadores será 61,8% maior. O vencimento, que era de R$ 9,2 mil nas câmaras de Santo André e de São Bernardo, vai para R$ 15 mil. Em São Caetano, aumentará de R$ 6,1 mil para R$ 10 mil. METRO ABC

Legislativos debateram verticalização A forte expansão imobiliária do ABC que tem espalhado prédios por regiões antes não verticalizadas, movimentou as câmaras municipais, que aprovaram nesta legislatura a revisão e criação de planos diretores. O documento é fundamental para o crescimento organizado das cidades. Em Santo André, os vereadores também a aprovaram o Programa Municipal de PPPs (Parcerias

Público-Privadas). O plano permite que a prefeitura desenvolva projetos em conjunto com empresas, como diz pretender fazer para transformar o estádio Bruno José Daniel em arena. Independente da discussão que existe no Estado, em São Bernardo, por força de lei aprovada na câmara, a distribuição de sacolinhas em supermercados e gratuita. Em São Caetano, os vereadores disseram sim ao projeto da Cidade Limpa, que regulou a publicidade nas ruas e reduziu a poluição visual. METRO ABC


BRABC_2012-10-04_4.qxp:BRAZIL

04

10/3/12

9:40 PM

Page 1

abc

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

Conselho aprova volta das obras no Carlos Gomes

ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

Reforma do cine-teatro de Santo André está paralisada há três meses MP pedia aval de conselheiros para que trabalhos fossem retomados A reforma do Cine-teatro Carlos Gomes, em Santo André, pode finalmente ser retomada. A prefeitura conseguiu a aprovação do Condephaapasa (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico-Urbanístico e Paisagístico de Santo André) para o projeto. As obras estão paralisadas há três meses por recomendação do MP (Ministério Público). O órgão exigia a aprovação dos conselheiros para retomada dos trabalhos. O Carlos Gomes é tombado como patrimônio da cidade. O bem é da década de 1920 e abrigou um dos primeiros cinemas da região. Por conta disto, as intervenções não poderiam ser realizadas sem a aprovação do Condephaapasa. “A prefeitura apresentou os estudos completos e o projeto foi aprovado por unanimidade”, disse o membro do conselho, Adalberto Almeida.

A decisão dos membros, porém, não agradou integrantes do movimento SOS Carlos Gomes. O grupo tem mobilizado moradores e simpatizantes para a preservação do cine-teatro. “Gostaríamos que houvesse discussão pública sobre o que será feito lá. Não sei o porquê de tanta pressa”, disse a integrante do movimento e professora da UFABC (Universidade Federal do ABC) Silvia Passarelli. Almeida concorda que haveria a necessidade de uma audiência pública. “Mas deixar a obra parada como está é perigoso. O telhado está cheio de cupim e pode desabar se não houver intervenção logo”, disse. O retorno dos trabalhos depende agora do aval do MP, que já recebeu a ata da reunião do conselho e deve se pronunciar nos próximos dias. VANESSA SELICANI

Espaço na região central de Santo André abrigou um dos primeiros cinemas do ABC

METRO ABC

Grupos dizem que não há verba para projeto A ausência de verba para executar o projeto completo é apontado como problema tanto pelo membro do Condephaapasa (Conselho Municipal de Defesa do Pa-

trimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico-Urbanístico e Paisagístico de Santo André) Adalberto Almeida como pela integrante do SOS Carlos Gomes Silvia

Passarelli. “A prefeitura não tem verba suficiente desde o início. Há dinheiro apenas para a fachada e para o telhado. Então por que demolir tudo?”, disse Silvia. “A

administração terá de correr atrás de dinheiro para terminar o projeto todo. Mas não dá para deixar parado o que já é possível fazer”, afirmou Almeida.

RAIVA

Vacinação continua A vacinação contra a raiva animal em São Bernardo continuará até o fim dos estoques das doses. A Prefeitura, porém, irá manter apenas o posto do Centro de Controle de Zoonoses (avenida Dr. Rudge Ramos, 1.740, no bairro Rudge Ramos). Mais informações pelo 43673306. METRO ABC

A Prefeitura de Santo André não se manifestou sobre o assunto. A administração tenta a aprovação da reforma desde junho de 2011. Mesmo com o aval apenas

parcial do conselho, iniciou as obras no final do ano passado. O objetivo da administração é que o local abrigue a Orquestra Sinfônica de Santo André. METRO ABC

Estado de atenção continua pelo 3º dia Mauá entrou ontem pelo terceiro dia consecutivo em estado de atenção por conta da concentração de poluição. A classificação é realizada pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) com base nas medições realizadas nas estações de medição. O estado de atenção permanece durante o dia de hoje por conta da previsão de condições climáticas favoráveis para a concenta-

ção de poluentes. A companhia recomenda que a população evite exposição prolongada ao ar livre entre 11h e 15h, principalmente pessoas com problemas cardíacos e respiratórios. Na terça-feira, Santo André e Diadema também foram incluídas na classificação, por registrarem qualidade do ar má. Ontem, ficaram como inadequadas e foram retiradas do estado de atenção. METRO ABC


BRABC_2012-10-04_5.qxp:BRAZIL

10/3/12

8:02 PM

Page 2


BRABC_2012-10-04_6.qxp:BRAZIL

06

10/3/12

10:20 PM

Page 1

www.readmetro.com

brasil

QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

Para relator, Dirceu era ‘mandante’ do mensalão Joaquim Barbosa diz que ex-ministro ordenava pagamentos Ministro usou como prova reuniões com executivos dos bancos credores da SMP&B às vésperas de votações importantes RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

Após 62 dias de julgamento do escândalo do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal), José Dirceu conheceu ontem a primeira sentença. O ministro relator, Joaquim Barbosa, subscreveu a denúncia do Ministério Público que aponta o exministro da Casa Civil como ‘chefe da quadrilha’ e pediu a condenação dele por corrupção ativa, cuja pena varia de dois a 12 anos de prisão. Joaquim Barbosa também classificou como culpados o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-presidente do partido José Genoíno, o empresário Marcos Valério, o ex-sócios e funcionários da agência SMP&B Rogério Tolentino, Cristiano Paz, Ramon Hollerbach e Simone Vasconcelos. Os réus Geiza Dias e Anderson Adauto, ex-ministro do Transportes, foram inocentados por falta de provas. O ministro revisor, Ricardo Lewandowski, divergiu e absolveu Rogério Tolentino e José Genoíno. “Se um presidente de partido não puder discutir coalisão é melhor fechar o país e voltar aos tempos da ditadura”, disse Lewandowski, que retoma o voto na sessão de hoje.

Hierarquia A função dos réus no esquema segundo Joaquim Barbosa: 1° escalão José Dirceu faria a articulação política, como organi-

Marco Aurélio Mello (à dir.) e Joaquim Barbosa na sessão de ontem

“José Dirceu era responsável pela articulação política, organizador e o mandante dos crimes.”

“É preciso que a lei valha para todos. Se o criminoso comum vai para cadeia, o de colarinho branco precisa ir também.”

JOAQUIM BARBOSA, RELATOR

ROBERTO GURGEL, PROCURADOR

Figura central No voto, o relator apontou que Dirceu exercia papel central no esquema. Usou como prova os encontros do ex-ministro com executivos do Banco Rural e do BMG, em Brasília e Belo Horizonte, sempre na presença do empresário Marcos Valério. “É importante destacar que nenhum des-

ses personagens ocupava qualquer função governamental”, disse. Lembrou que Delúbio Soares tentou assumir sozinho a responsabilidade pelas negociações, mas depois confessou o envolvimento do ex-ministro. Joaquim Barbosa frisou ainda que a agência de publicidade SMP&B tinha dí-

zador e mandante dos crimes de corrupção ativa. 2° escalão Delúbio Soares e Marcos Valério seriam os executores das ordens da Casa Civil.

valores com parlamentares e assinava empréstimos do PT junto ao Banco Rural e ao BMG. 4° escalão Rogério Tolentino, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach atuariam para o repasse de dinheiro.

3° escalão José Genoíno negociaria

Política

CLÁUDIO HUMBERTO TORTURADO PELA DOR, JOAQUIM VAI SE CUIDAR NA EUROPA. Quem priva

da intimidade do ministro Joaquim Barbosa conhece a intensidade das dores que o atormentam. Ontem foi um dos piores dias: nem mesmo as compressas quentes nas costas aliviaram o sofrimento. Por isso, Barbosa decidiu se tratar tão logo seja concluído o julgamento do mensalão. Ele estava inclinado a se submeter a cirurgia, mas resolveu tentar antes um tratamento alternativo na Alemanha.

vidas de R$ 20 milhões com o Rural e R$ 12 milhões no BMG, mas conseguiu novos empréstimos de R$ 55 milhões, às vésperas de votações importantes. “Entender que Marcos Valério e Delúbio Soares agiram sozinhos, contra o interesse e a vontade de Dirceu, é inadmissível”, afirmou. “A negociação dos recursos dependia da atuação dele na Casa Civil para a composição da base aliada. Os pagamentos eram distribuídos para parlamentares selecionados pelos grupo.”

dores são tão intensas que Joaquim Barbosa vai tentar o tratamento antes de sua posse na presidência do STF, em 21 de novembro. ÚLTIMA OPÇÃO. Se não der

O QUE MANTÉM. Criado

certo o tratamento terapêutico, Barbosa deverá ser operado talvez no Hospital Albert Einstein, que atende a ministros do STF.

em 1995, o FGC é bancado pelos bancos, que contribuem com 2% dos seus depósitos exatamente para honrá-los, em casos de crise.

TIM-TIM! Candidato à prefeitura de Salvador, o petista Nelson Pelegrino virou piada ao dizer no debate na TV que “a verdade está vindo à tônica”. O SUMIÇO DE R$ 200 MI. O

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

5° escalão Simone Vasconcelos fazia a execução da maior parte dos pagamentos. 6° escalão Geiza Diasinformava os nomes dos sacadores, mas desconheceria os fatos.

Fundo Garantidor de Crédito (FGC) bobeou e o Brasil perdeu R$ 200 milhões sacados do Banco Cruzeiro do Sul para pagar títulos vencidos no exterior. É que, entre o saque e o pagamento, o Banco Central liquidou o Cruzeiro do Sul, por isso os credores não foram pagos, nem o dinheiro voltou à origem: liquidado, o banco já não existia. Hoje, a montanha de dinheiro está no limbo, sob custódia internacional.

Marcos Valério: “amigo e colaborador do governo”

sadas na liquidação do Banco Mercantil, mas jamais procuraram o Banco Central. Citou ainda que a ex-mulher de Dirceu, Ângela Saragoça, conseguiu empréstimos e emprego no BMG, com influência do empresário. Barbosa apontou ainda que Valério representou Dirceu em reunião com empresários de Portugal. “Era seu broker (corretor)”, atacou. METRO BRASÍLIA

SAÚDE EM 1º LUGAR. A mi-

nistra Marta Suplicy (Cultura) não abre mão dos exercícios de pilates. Inicia as sessões após o expediente, às 19h, em uma academia do Lago Sul, em Brasília. Mas o carrão oficial espera na porta. ALF RIBEIRO/FUTURA PRESS

Marta Suplicy

PODER SEM PUDOR

RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

de cargos públicos e procurou o então chefe de gabinete da Casa Civil, Marcelo Sereno, para saber quem era Marcos Valério. “Era um amigo e colaborador do governo federal. Valério solucionava todos os problemas. Quanto tinha uma demanda à Casa Civil, a quem se reportava? Ao publicitário", disse. O relator apontou que as instituições financeiras credoras estavam interes-

MINISTRO JOAQUIM BARBOSA, RELATOR DO CASO DO MENSALÃO, SOBRE O “CHEFE DA QUADRILHA”

NÃO DÁ PARA ESPERAR. As

Marcos Valério facilitava esquema O ministro Joaquim Barbosa destacou que a SMP&B funcionava como a ‘central de pagamentos’ do mensalão e desqualificou a tese da defesa - que nega proximidade de Dirceu com Marcos Valério. No voto, o ministro citou dois depoimentos: a da exmulher de Valério, Renilda Santiago, e do ex-líder do PMDB José Borba, réu do processo, que tinha problema para indicação

“Nenhuma das teses afasta José Dirceu da centralidade das coisas.”

Lógica política mineira

O

regime militar dava sinais de fraqueza e a oposição se organizava. Em Minas, Tancredo Neves e Magalhães Pinto se uniram para criar o moderadíssimo Partido Popular. Estavam juntos, mas queriam a mesma coisa: o governo mineiro.

Um jornalista interpelou Magalhães: - Tancredo Neves é candidato ao governo de Minas? - Bom, ele me disse lá em casa que não é, não... – respondeu, para depois concluir – Isso quer dizer que ele é...

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


BRABC_2012-10-04_7.qxp:BRAZIL

10/3/12

8:40 PM

Page 2

brasil

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

07 SÉRGIO RAMOZ/FUTURA PRESS

Acidente para trens no Rio por 3 horas Trem e caminhão batem no ramal Belford Roxo Motorista de caminhão aponta falha na sinalização da passagem de nível Uma colisão entre um trem, que seguia para a Central do Brasil, no Rio, e um caminhão, que atravessou irregularmente uma passagem de nível próxima à estação Pavuna/São João de Mereti, fe-

chou ontem quatro estações do ramal de Belford Roxo por cerca de três horas. Segundo o corpo de bombeiros, 11 pessoas passaram mal e foram atendidas. A Supervia, concessioná-

Veículo teria invadido passagem de nível, afirma empresa

ria responsável pela administração dos trens, afirma que o caminhão desrespeitou a sinalização na passagem, ocasionando a batida. Segundo Deusdete de Souza, motorista do caminhão, houve uma falha na

sinalização do nível, pois o sinal de fechamento não tocou. "Eu tava vindo e, de repente, quando olhei pelo retrovisor, vi que o trem já estava chegando e acabou batendo na lateral", contou.

O local foi imediatamente interditado para a investigação da perícia. Os passageiros que pagaram passagem mas não conseguiram entrar, receberam vales-viagem. Comerciantes da região

afirmam que a sinalização no local falha todos os dias. Na semana passada, um trem descarrilhou e deixou cerca de 16 feridos na estação de Madureira, que segue fechada. METRO RIO


BRABC_2012-10-04_8.qxp:BRAZIL

08

10/3/12

8:39 PM

Page 1

economia

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

Rio tem imóveis Dia das Crianças: mais caros do país brinquedos

O Rio de Janeiro chegou ao topo da lista dos imóveis usados mais caros do país no mês de setembro, segundo o indicador FipeZap divulgado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) em parceria com o Zap Imóveis, que reúne o Distrito Federal e outras seis capitais brasileiras. O preço do metro quadrado na capital fluminense subiu 1,2% e atingiu um valor médio de R$ 8.358, ultrapassando o do Distrito Federal, que com uma queda de 1,7% , chegou a R$ 8.143. Entre as cidades pesquisadas, São Paulo foi a que teve o maior avanço no mês, com valorização de 1,5%. O preço médio do metro quadrado no Brasil subiu 0,9% no mês passado, com o valor médio atual de R$ 6.862 por metro quadrado. METRO

Preço e valorização dos imóveis usados Cidade

Preço médio do metro quadrado (em R$)

Rio de Janeiro

8.358

+1,2%

8.143

-1,7%

Distrito Federal

6.806

São Paulo Recife

5.429

Variação Mensal

+1,5% +1,1%

Fortaleza

4.885

+0,5%

Belo Horizonte

4.801

+0,1%

Salvador

3.794

-0,2% ANDRÉ PORTO/METRO

São Paulo teve metro quadrado valorizado

variam até 179%

Pesquisa feita pelo Procon em 51 estabelecimentos do Estado mostra que a mesma boneca pode custar de R$ 50 a R$ 139,90 Fiscalização do Ipem reprovou 33% de itens em 70 lojas e supermercados BRUNO FIGUEIREDO/O TEMPO / FUTURA PRESS

A pouco mais de uma semana para o Dia das Crianças, comemorado no dia 12, o Procon-SP divulgou ontem pesquisa mostrando que o preço dos brinquedos registra variação de até 179%. Foram pesquisados jogos, bonecas, bicicletas e massas de modelar em 51 estabelecimentos no Estado. A maior diferença foi encontrada em São José dos Campos, onde a boneca Bebê Meus Sentidos, do fabricante Sid-Nyl, que custa R$ 139,90 em um estabelecimento foi encontrada por R$ 50 em outro – diferença de R$ 89,90. Na capital, onde foram pesquisados 88 itens, a maior diferença de preço encontrada foi de 131,1% no brinquedo Acqua Brink Pia, da Homeplay, que custa R$ 89,90 em um estabelecimento e foi encontrado por R$ 38,90 em outro. “É sempre importante que o consumidor pesquise antes de escolher a loja em que vai comprar. No caso de pagamento parcelado, o fornecedor é obrigado a informar o valor de cada parcela para evitar que o preço elevado passe despercebido nas parcelas”, afirma o diretor-executivo do Procon-SP, Arthur Góes.

Breves

Apple já produz iPad menor EM BREVE. As empresas asiáticas que fabricam as peças para a Apple já começaram a produzir um tablet menor que o atual iPad, com tela de 7,85 polegadas e resolução inferior. A informação é do “The Wall Street Journal”. METRO

Variação no preço dos brinquedos chega a 179%

Vistoria Fiscalização do Ipem, feita em 70 estabelecimentos, mostra que um terço dos brinquedos vendidos estão irregulares. Em todo o Estado foram verificados 97,1 mil produtos, sendo 55,6 mil na capital e ABC e 41,4 mil no interior. Entre as principais irregularidades está a falta do selo do Inmetro, que garante a inexistência de riscos para a saúde e segurança. As empresas autuadas

pelo Ipem têm dez dias para apresentar defesa. As multas variam entre R$ 800 e R$ 30 mil. METRO

33%

é a parcela de brinquedos que não passaram pela fiscalização realizada pelo Ipem. Multa varia entre R$ 880 e R$ 30 mil.

Atividade do Caixa baixa comércio recua taxas de em setembro investimento QUEDA. De acordo com indicador da Serasa Experian, a atividade do comércio reduziu 1,8% em setembro, na comparação com agosto. Esta, inclusive, foi a primeira queda na compação mês a mês desde fevereiro. De acordo com a pesquisa, o recuo foi motivado pela desaceleração no segmento de automóveis no período em questão. METRO

NOVIDADE. A Caixa Econô-

mica Federal anunciou mudanças em 14 modalidades da sua cartela de fundos de investimentos, com reduções de até 60% nas taxas administrativas. O banco lançou ainda uma classe de fundos que serão comercializados apenas pela internet, com taxas menores às praticadas nas sedes. METRO


BRABC_2012-10-04_9.qxp:BRAZIL

10/3/12

8:02 PM

Page 2


BRABC_2012-10-04_10.qxp:BRAZIL

10

10/3/12

8:50 PM

Page 1

mundo

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

GEORGE OURFALIAN / REUTERS

Turquia lança bombas contra território sírio

Regime sírio também bombardeou o centro de Aleppo. Ativistas dizem que 40 pessoas morreram ontem ANADOLU AGENCY / REUTERS

Ação militar foi represália à morte de cinco civis na fronteira dos dois países Otan está em alerta na região, e os EUA apoiaram os turcos A tensão na fronteira da Síria com a Turquia voltou a aumentar ontem, depois que morteiros sírios atingiram uma zona residencial da cidade de Akçakale, matando cinco civis. A Turquia reagiu ao ataque e bombardeou o lado sírio. Até o fechamento desta edição, não havia informações sobre vítimas no país árabe. Ao saber do lançamento

dos morteiros, o primeiroministro turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que a Síria estava claramente desrespeitando o direito internacional. “A Turquia jamais deixará sem resposta tal tipo de provocação por parte do regime sírio contra nossa segurança nacional”, avisou ele, em um comunicado. Antes da represália militar, Erdogan falou com o secre-

tário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Ban Ki-moon, que também condenou o ataque, A crise entre os vizinhos -- que já se estranharam em junho, quando o Exército sírio derrubou um avião turco -- alarmou o ocidente. A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) condenou a ação militar síria e convocou uma reunião de

emergência para a noite de ontem. A Turquia é membro da Otan. Os Estados Unidos também reagiram. A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, disse ter ficado “ultrajada” pela “situação perigosa” criada pelo regime sírio. Mais cedo, o Exército do ditador sírio, Bashar Al Assad, lançou uma violenta

Fumaça é vista na cidade turca de Akçakale, atingida por morteiros da Síria. O ataque matou cinco pessoas: uma mulher e seus quatro filhos

ação militar contra os rebeldes da cidade de Aleppo, próximo à fronteira com a Turquia. Explosões mataram, pelo menos, 40 pes-

soas, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos. A guerra no país árabe já dura 19 meses. METRO

Kadafi era predador sexual,diz livro FRANCO ORIGLIA / STRINGER / GETTY IMAGES

Deve ser lançado este mês, na Líbia, um livro que detalha as crueldades sexuais cometidas pelo ditador Muamar Kadafi. A jornalista francesa Annick Cojean, repórter especial do “Le Monde”, relata na obra que o ex-governante líbio usava sua fúria sexual para subjulgar adolescentes. Ministros líbios, militares e mulheres de diplomatas também teriam sofrido abusos. “Les Proies - Dans le harem de Khadafi” (As presas - No harém de Kadafi), detalha como ele buscava suas vítimas, em escolas ou assistindo a vídeos de festas de famílias líbias. Ele

Gabriele roubou mil documentos Um dia depois de ouvir acusações de maus tratos, a polícia do Vaticano deu

O ditador abusava até mesmo de militares

apontava quem era a “eleita” e seus guardas levavam a moça, que se transformava em uma prisioneira do ditador. Kadafi tinha com-

sua versão sobre o escândalo que envolveu o mordomo do papa Bento XVI. Segundo os agentes, Paolo Gabriele roubou mil documentos do pontífice, entre eles, alguns que tinham a caligrafia do papa com os dizeres “para destruição”. Os comissários também

pulsão sexual e precisava ter relações, muitas violentas, quatro vezes ao dia. A perversão não era restrita às mulheres. “Kadafi obrigava alguns ministros a terem relações com ele para controlá-los por meio de uma espécie de chantagem. Claro que ninguém tinha interesse em falar sobre essa humilhação. Ele fazia o mesmo com chefes de tribos, diplomatas e militares”, contou a autora à BBC. Um dos entrevistados por Annick Cojean, o primo de Kadafi, reconheceu que evitava chamar o ditador para festas, com medo da compulsão. METRO COM AGÊNCIAS

disseram que o mordomo era obcecado por informações secretas e ocultismo. Um dos chefes de polícia ironizou a reclamação feita por Gabriele sobre o tratamento dado a ele na prisão. “Usamos luvas de veludo”, disse Luca Cintia. METRO


BRABC_2012-10-04_11.qxp:BRAZIL

10/3/12

8:10 PM

Page 2


BRABC_2012-10-04_12.qxp:BRAZIL

12

10/3/12

9:32 PM

Page 1

cultura

www.readmetro.com

QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

DIVULGAÇÃO

2

cultura Militão em livro e exposição Está em cartaz no Museu da Casa da Imagem (r. Roberto Simonsen, 136-B, tel.: 3106-5122. De ter. a dom., das 9h às 17h; grátis) a exposição “A Cidade Desaparecida de Militão Augusto de Azevedo”, com 80 imagens do principal fotógrafo urbano de São Paulo no século 19. A exibição, aberta ao público até 25/11, celebra os 150 anos das primeiras imagens produzidas por ele da cidade, entre 1837 1905, quando ela tinha menos de 30 mil habitantes. A mostra é acompanhada do lançamento do livro “Militão Augusto de Azevedo” (Cosac Naify, 216 pgs., R$ 66), com textos de Rubens Fernandes Junior, Heloisa Barbuy e Fraya Frehse.

Jogo incorpora novos personagens ao elenco de velhos conhecidos

FAZ 65 ANOS

Masp tem entrada grátis hoje

O mal está de volta Novo vírus é a principal ameaça de ‘Resident Evil 6’ Game chega às lojas no embalo do sucesso do filme A franquia “Resident Evil” parece se reproduzir na mesma velocidade que os vilões-zumbis de suas próprias produções. Depois de a guerreira Alice levar mais de 1,2 milhão de pessoas aos cinemas em menos de três semanas em cartaz de “Resident Evil 5: Retribuição”, chegou a hora de a Capcom lançar mais um game da série.

“Resident Evil 6” chega hoje às lojas com cópias para Xbox 360 e PS3 (R$ 199,90). Na nova versão do thriller, que mistura os gêneros de ação e horror, o jogador precisa combater as consequências da propagação do Vírus-C. Nessa aventura, personagens antigos juntam-se a novatos, como Jake Muller, filho do antagonista Albert Wesker.

Pode-se jogar sozinho, em modo off-line, ou com outras pessoas, em rede. Uma novidade divertida é o modo “Agent Hunt”. Com ele, você pode entrar no jogo de um colega no papel de inimigo com o objetivo deliberado de atrapalhá-lo. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Para comemorar seu 65º aniversário, celebrado hoje, um dos principais cartões-postais de São Paulo resolveu abrir as portas gratuitamente. Das 10h às 18h desta quinta, o Museu de Arte de São Paulo - Masp (Av. Paulista, 1578, tel.: 3251.5644) oferece acesso livre ao pú-

blico, que poderá conferir as exposições “O Espectro Diverso – 600 Anos de Cerâmica Coreana”, “Romantismo – A Arte do Entusiasmo” e “Obsessões da Forma” (foto), entre outras. Às 12h30, a banda da Polícia Militar faz uma apresentação debaixo do vão Livre. Às 20h30, a Filarmônica Bachiana do Sesi faz concerto só para convidados, regido por João Carlos Martins. METRO

Show de Bibi Ferreira vai aos cinemas

Duas mostras abrem hoje no Paço das Artes

A cantora, que celebra 90 anos, apresenta hoje o show “Bibi – Histórias e Canções” com transmissão ao vivo direto do Teatro Frei Caneca para 27 cinemas de todo o país – seis deles em São Paulo. A apresentação começa às 21h e tem ingressos a R$ 50, à venda em cinelive.com.br. METRO

A instituição (av. da Universidade, 1, tel.: 3814-4832) abre às 19h30 coletiva de nomes como Albano Afonso, Bill Viola, José Rufino e Marina Abramovic, e individual de Clemens von Wedemeyer. Grátis, de ter. a sex., das 11h30 às 19h, e sáb. e dom., das 12h30 às 17h30. METRO

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Menino com camelo no parque da Aclimação, na década de 1950

Irmãs posam para lambe-lambe na praça da Luz (sem data)

Menino no estúdio do fotógrafo italiano A. Gianninina, na década de 1920

Amigas no Museu do Ipiranga (sem data)

METRO

Jovens em primeira comunhão (sem data)

Do tempo do vovô O colecionador João Emilio Gerodetti e Luciana Garbin, editora do caderno Metrópole do jornal “O Estado de S. Paulo” lançam hoje um verdadeiro livro de raridades. “Álbum de Retratos – Photographias Brazileiras” (352 págs., ed. Trezmarias, R$ 164) mostra 1.098 retratos de anônimos tirados entre as últimas três décadas do século 19 e as cinco primeiras do século 20.

Garbin teve a ideia de lançar um livro há quatro anos. “Inicialmente queria mostrar em fotos como as pessoas de São Paulo se vestiam nos séculos passados”, revela. A jornalista ficou sabendo então do grande acervo de Gerodetti e foi atrás de sua colaboração. O contato com a coleção a fez descobrir um novo conceito para o trabalho. “Vi que ele tinha retratos incríveis de pas-

seios, viagens e lugares de muitas cidades do país”, conta. “Resolvi mudar e preparar um livro com as fotografias que são de um tempo que não existiam câmeras caseiras”, diz a jornalista. Enquanto buscava patrocínio para lançar o livro, a dupla começou a divulgar imagens em um blog (blogs.estadao.com.br/album-de-retratos). “O espaço fez tanto sucesso que abri-

Casal de idosos no praça da Luz em foto de lambe-lambe (sem data)

mos para os leitores enviarem fotos. Pedimos apenas para que elas enviem junto alguma história ou, pelo menos, a data de quando foi tirada”, explica Garbin. Na Livraria Cultura (av. Paulista, 2.073, tel.: 3170-4033). Às 19h.

PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO


BRABC_2012-10-04_13.qxp:BRAZIL

10/3/12

8:09 PM

Page 1


BRABC_2012-10-04_14.qxp:BRAZIL

14

10/3/12

8:03 PM

Page 1

www.readmetro.com

variedades

QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

2.000 toques

Leitor fala Estacionamentos

ROBERTO MUYLAERT

É para isso que serve o Ibama?

Cruzadas

H

á uma família que preserva há quinze anos a minúscula ilha do Catimbau, em Paraty, e tira de lá o seu sustento. Cacá Freire e Mimi Kempers são os responsáveis por essa atração turística em harmonia com a natureza. Mimi veio da Holanda há vinte anos. Encantou-se com Paraty, e com Cacá, com quem se casou no Brasil e na Holanda. Tiveram três filhos. Cacá Freire conseguiu a ocupação da ilha em 1984, registrada em cartório. Construiu uma casa com energia solar, planejamento ecológico, coleta seletiva de lixo. Mimi, ou Maria Irene, formada em Planejamento Ambiental na Holanda, recuperou a vegetação perdida de uma ilha que era só rocha. Pagaram sempre os encargos devidos, como o DPU, e até IPTU, imposto urbano. Em 1997, o casal criou o restaurante Eh-laho (foto abaixo), com alvará de funcionamento e doze empregados registrados. Os turistas se encantaram com o local, que oferece mergulhos em águas translúcidas, repletas de peixinhos coloridos, e uma degustação de grelhados do mar. Em vez de ganhar prêmio do Ibama pelo exemplo, a família foi multada, pela primeira vez em R$ 20 mil, por falta de Licença Ambiental, e está pagando em parcelas. Às 10 horas da manhã do dia 26 de abril de 2012, chega à ilha uma força-tarefa com agentes da Polícia Federal, Polícia Florestal e INEA, para fechar o restaurante, com nova multa, de R$ 50 mil. Cacá, caiçara, tem proteção como os índios e quilombolas, não pode ser despejado, senão teria sido. Mimi, Thomas, 14, Isabelle, 8, e Nicholas, 5, precisaram deixar a ilha, por não terem mais como se manter. Seu crime foi não ter a tal Licença Ambiental exigida pela ESEC, criada anos depois que Cacá conseguiu licença para ocupar a ilha. É para isso que serve o Ibama?

Os valores dos estacionamentos é abusivo. É preciso que haja algum tipo de regulamentação, ou tabela. Essa é a única forma de preservar o consumidor. Os donos de estacionamentos combinam os preços em determinadas regiões, isso deveria ser proíbido. Jonas Silveira, Santo André

Correção Diferentemente do publicado na reportagem “ANS suspende vendas de planos de saúde” publicada na página 7 da edição do dia 3 de outubro, a Abramge (Associação Brasileira de Medicina de Grupo) não considerou “um absurdo” a medida da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), e informou, em nota, que “não está claro o processo de análise e decisão de se punir esta ou aquela operadora por não prestar determinado atendimento”.

Pergunta O candidato Celso Russomano (PRB) está caindo nas pesquisas para a prefeitura de São Paulo. Você acredita nesses levantamentos? Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@arlene_nascimen: Acredito, sim, eu espero que outro ganhe para mudar São Paulo. @jaquelinesoarez: Não, assim como não acredito que o Haddad está crescendo em número de votos. @marcelmartin: Tenho que acreditar, porque não é possível que ele ganhe.

Web

Roberto Muylaert é jornalista, editor e escritor, diretor da RMC Editora, e presidente da ANER – Associação Nacional dos Editores de Revistas. Foi presidente da TV Cultura e ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

Horóscopo

Para falar com a redação: leitor.abc@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Dia de negociações importantes que poderão decidir o seu caminho. Pense bem nas parcerias que você assumir, pois não haverá muito como voltar mais tarde. Touro (21/4 a 20/5) Falta de sentimentos mais nobres que possam lhe dar uma visão mais aberta da vida. Não insista em dar importância somente a coisas que você deseja. Gêmeos (21/5 a 20/6) Cuide mais dos frutos do seu trabalho, não deixe as decisões mais importantes para os outros, segure o que é seu antes que você acabe sendo deixado de lado. Câncer (21/6 a 22/7) Mente confusa com dúvidas e ciúmes atacando a sua sanidade, tente se equilibrar para não se deixar levar por histórias que não sejam realmente verdadeiras.

Leão (23/7 a 22/8) Dia de ouvir as pessoas com muita calma e reconhecer quando elas estão lhe trazendo oportunidades positivas, e quem sabe ganhos materiais. Não as desdenhe. Virgem (23/8 a 22/9) Esperanças renovadas, o dia está lhe trazendo perspectivas de bons acordos e mais entusiasmo para a sua vida. Mesmo que haja oposições, tudo tende a acabar bem. Libra (23/9 a 22/10) Dia de revanches e de pessoas que foram mal faladas irem à forra, procure não dar espaço para que essas pessoas o envolvam, não aceite provocações, cuide-se. Escorpião (23/10 a 21/11) Metade pra lá e metade pra cá, não vai dar para contar com todo mundo e você deve estar consciente disso para não se enganar mais tarde. Fique mais atento.

Sagitário (22/11 a 21/12) Hora de negociar. Mesmo que seja desgastante, está no momento de aproveitar as boas oportunidades que a vida pode lhe trazer, antes que seja muito tarde. Capricórnio (22/12 a 20/1) Estresses emocionais nos relacionamentos, falta de liga com as pessoas com as quais você normalmente se dá bem. Evite gastar muita energia em conflitos. Aquário (21/1 a 19/2) Proteção diante de disputas e falta de compreensão das pessoas, suas ideias e atitudes poderão lhe dar imunidade às confusões que surgirem durante o dia. Peixes (20/2 a 20/3) Contenha o seu entusiasmo, curta os momentos de euforia e expresse as suas ideias com liberdade. Porém não torne as coisas pessoais, é só para curtir a vida.


BRABC_2012-10-04_15.qxp:BRAZIL

10/3/12

8:18 PM

Page 1

especial

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

15

CAROLINE VOAGEN NELSON/METRO

“Olá, é um prazer conhecêlo”, diz Richard Branson, que estende o dedo indicador, em vez da mão. Seus dedos mínimos estão enfaixados. Dois dias antes da entrevista em Londres, o fundador do grupo Virgin, um dos homens mais ricos do mundo, se machucou ao quebrar um recorde mundial: aos 61 anos, ele se tornou a pessoa mais velha a fazer kite surf no Canal da Mancha. O grupo Virgin foi fundado em 1966 e incluiu uma companhia aérea, um ônibus espacial, clubes de saúde, instituições de caridade e por aí vai. Branson é o editor convidado destas duas páginas (a edição completa você lê, em inglês, em www.readmetro.com). Ele faz parte de um projeto do Metro que já convocou a cantora Lady Gaga e o estilista Karl Lagerfeld para escolherem temas de seu interesse. Branson priorizou a legalização das drogas, uma de suas bandeiras extra-comerciais. Leia trechos da sua entrevista. Parabéns pelo recorde.

Eu apenas te conheci, mas duvido que haja muito que nos separe. Você é alguém que diz “vamos viver a vida por inteiro”. A minha abordagem da vida me diz que é muito melhor dizer “sim” do que “não” (aos desafios). Um de seus interesses é o empreendedorismo social. Mas isso é algo que exige investimento financeiro. O que você diria às pessoas “comuns”?

Antes de tudo, você tem que analisar o que é um negócio. É algo que, esperançosamente, vai criar algo para fazer diferença na vida das pessoas. Também é importante que esse negócio seja positivo. Se isso ocorre, é mais provável que você fique rico. E, então, você poderá usar o dinheiro para cuidar dos problemas do mundo.

SIR RICHARD BRANSON

O MAGNATA DA VIRGIN É O EDITOR CONVIDADO DO METRO. AQUI, ELE DISCUTE A DESCRIMINALIZAÇÃO DAS DROGAS. ‘QUANTO MAIS AVANÇO NA VIDA, MAIS IDEIAS RADICAIS EU TENHO’, DIZ Obrigado. Você faz kite surf ? Temo que meus funcionários tenham que fazer, caso contrário, perderão seus empregos (risos).

Você queria que a edição global do Metro falasse sobre drogas. Se elas forem legalizadas, você vai criar um braço da Virgin para vender drogas?

Enquanto você quebrava o recorde, eu iria correr 10 km, mas desisti. Isso quer dizer alguma coisa? O que nos separa, além dos muitos bilhões?

Drogas, decidi não investir em maconha medicinal. Mas acho que as drogas devem ser tratadas como um problema de saúde, não criminal. A guerra contra o drogas falhou. E em países onde o consumo de entorpecentes é tratado como um problema de saúde, há significantes melhoras, como em Portugal (leia abaixo). Fumaria um baseado comigo?

Huum... eu certamente o faria. Nesse momento, eu iria capotar, porque estou com dificuldade de achar as palavras, devido à água salgada que engolhi no kite surf. Uma vez que eu estou preocupado com essas coisas, disse aos meus filhos para eles pensarem sobre fumar cigarros, porque eu não quero que eles estraguem seus corpos. Mas fumar um baseado ocasional não me deixa infeliz. Então, um dia, podemos fumar um baseado juntos. MICHAEL FREIDSON

Como eu sou da Comissão Global sobre a Política de

WWW.READMETRO.COM

FAZENDO AS PAZES COM AS DROGAS

PORTUGAL TEM A POLÍTICA DE DROGAS MAIS LIBERAL DO MUNDO. BRANSON DEFENDE QUE OUTROS PAÍSES ADOTEM POSTURA SEMELHANTE

O MUNDO DOS ENTORPECENTES

MACONHA

Estimativa do número de usuários de drogas em 2010, com base na demanda por tratamento, em milhões

AÍN COC A

ECSTASY

19,5 TAXAR OU NÃO? Gerar receitas fiscais de cerca de

Reduzir a despesa do governo em

US$46,7

US$41,3

bilhões

bilhões

FETAMINA AN

28,2

HE

Cerca de 5% dos adultos usaram alguma droga ilícita em 2010. Você acha que não é muito? Esse número inclui seus avós e pessoas na zona rural da África. Que tipo de substâncias estão sendo utilizadas? Leis restritivas impedem as pessoas de consumirem drogas? Quanto os governos economizariam se legalizassem as drogas e qual seria o efeito para a sociedade?

52,5

ÍNA E MORFI N RO A

A luta contra as drogas é um negócio caro. Além disso, afirmam muitos, entorpecentes suaves são geralmente inofensivos e deveriam ser descriminalizados. Em 2001, Portugal fez exatamente isso: o país eliminou as sentenças criminais para o uso de drogas. Em vez de cadeia, os usuários recebem tratamento e benefícios sociais. Hoje, portugueses podem comprar “cogumelos mágicos” e haxixe em lojas especializadas. São uma espécie de “smart shops”, no estilo holandês, embora, oficialmente, as lojas vendam substâncias herbais. Mas, se você sabe onde encontrar drogas, você pode comprá-las sem se preocupar em ser preso. A polícia sequer vai se preocupar em julgar o usuário. Portar ou vender drogas ainda é proibido, mas os usuários são encaminhados a cuidados de saúde, não aos tribunais. Isso, dizem os defensores da legalização, é um sistema que outros países devem adotar como exemplo. Em um recente estudo, Jeffrey Miron, professor de economia na Universidade de Harvard, estimou que o governo dos Estados Unidos economizaria US$ 41,3 bilhões em polícia, tribunais e prisões se tomasse tal medida – e ainda ganha-

57,1

224,5

Se as drogas ilícitas forem taxadas tal como o cigarro e o álcool, apenas nos EUA isso iria: Total da economia e ganhos fiscais:

US$ bilhões

88

COM OU OU US$ 88 BI, VOCÊ 35 334 600 2 930 000 COMPRA: TOYOTA CAMRYS CASAS DE CLASSE MÉDIA MISSÕES PARA MARTE

FONTES: UNODC (AGÊNCIA DA ONU DE DROGAS), UNICEF, EMCDDA (AGÊNCIA EUROPEIA DE DROGAS), INSTITUTO CATO. TEXTO: DANIEL DENISIUK. GRÁFICO ORIGINAL: MIA KORAB

ria mais US$ 46,7 bilhões. “O maior benefício da legalização das drogas é a redução das despesas do governo, uma vez que a receita do imposto sobre as drogas é mais difícil de prever”, disse ele ao Metro. Avanços Desde a flexibilização de sua política de entorpecentes, Portugal tem feito notável progresso. O número de usuários de drogas injetáveis caiu para metade, para 0,5% da população. O uso de

drogas em geral é menor do que a média da União Europeia. Em 2011, apenas 6,6% dos portugueses de 15 a 24 anos utilizaram maconha. Na República Tcheca, foram 29,7% e na Espanha, 23,9%. Com isso, os tribunais de Portugal foram “liberados” para lidar com crimes mais graves. “Há uma economia significativa relacionada à carga sobre o sistema judicial, sobre sistema penitenciário e sobre a polícia”, observa José Pedro Portugal, do Departamento de Estu-

dos Econômicos do Banco de Portugal. “Por outro lado, o sistema de saúde agora necessita de equipes multidisciplinares, com médicos, juízes e assistentes sociais, o que também é caro. Mas não há nenhuma dúvida em minha mente que este sistema é muito bem sucedido”, avalia. Mas especialistas como o Carlos Fugas, um psicólogo que trata viciados em drogas, em Lisboa, estão preocupados com as conseqüências do nirvana da droga

português. “Os fitoterápicos que as pessoas compram nas ‘smart shops’ não aparecem nas estatísticas”, observa. “E verificou-se um aumento do número de usuários de drogas desde que a recessão começou.” O especialista Jeffrey Miron diz que a legalização ainda vale a pena. “Se elas são proibidas, as pessoas ficam marginalizadas”, diz. ELIZABETH BRAW

WWW.READMETRO.COM

+

especial Carta do editor Já se passaram mais de 40 anos desde que eu editei pela última vez a revista “Student Magazine”, meu primeiro negócio. Por isso, estou muito animado em ocupar o cargo de editor do Metro. Com as notícias on-line em tablets e em canais como Virgin.com, Twitter, Facebook, Google+, até mesmo o Instagram, o conteúdo se torna uma parte importante da minha vida e da sua também. Obrigado por escolher passar o seu tempo descobrindo o que eu considero importante entre os acontecimentos. Penso que onde há problemas, há oportunidades. O que pode parecer impossível é um desafio excitante. Por exemplo: enquanto outras companhias aéreas cortam custos, nós, da Virgin, escolhemos melhorar o sistema de entretenimento colocando wi-fi em toda a frota e instalando lounges lindos para que as pessoas desfrutem o tempo de espera no aeroporto. A imprensa oferece hoje um diálogo ágil, no qual o leitor não é o único que recebe a mensagem. O editor e os repórteres a ouvem e respondem. Ouvir e partilhar ideias sobre abordagens para os negócios pode fazer uma diferença maravilhosa na vida das pessoas. O que lemos todas as manhãs é um chamado para não nos acomodarmos. Os problemas podem se transformar em oportunidades. Leia e veja como contribuir.


BRABC_2012-10-04_16.qxp:BRAZIL

16

3

esporte Brasil é só o 14º na Fifa RANKING. O Brasil caiu ontem para a 14a posição no ranking da Fifa. É a pior colocação do Brasil na história. A Espanha é a líder, seguida por Alemanha, Portugal, Argentina, Inglaterra, Holanda, Uruguai, Itália, Colômbia, Grécia, Croácia, Rússia e França. METRO

10/3/12

11:53 PM

Page 2

www.readmetro.com

esporte

QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

Em Resistencia, falta de luz adia Superclássico Energia cai no estádio Centenário e torneio não tem campeão definido O que faltou na noite de ontem na cidade argentina de Resistencia foi justamente a energia elétrica. Por conta de um apagão no estádio Centenário, a decisão do Superclássico das Américas foi suspensa. Não se sabe ainda se haverá novo jogo e não há definição sobre quem levará para casa o troféu. No jogo de ida, em Goiânia, o Brasil venceu por 2 a 1. Um empate bastaria para a equipe de Mano Menezes garantir o título. “É impossível [um novo jogo]. O regulamento é meio complicado. A princípio, [o campeão] vai ser decidido em uma próxima reunião. Pela lógica somos campeões, mas temos de esperar”, ex-

plicou o diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchez. No momento em que o hino nacional da Argentina era excecutado, a iluminação caiu. O motivo, segundo a imprensa local, foi um acidente envolvendo o ônibus da Seleção Brasileira, que teria batido em um dos geradores do estádio. O motorista Gustavo Bolla, que conduziu a delegação, negou o ocorrido. O árbitro Henrique Osses, do Chile, decidiu esperar pelo retorno da energia. Cogitou-se a utilização de um gerador externo, mas nada foi feito. As equipes esperaram nos vestiários até as 23h e a partida foi adiada. METRO

MOWA PRESS

Para imprensa argentina, ônibus do Brasil bateu no gerador na chegada ao estádio

Robinho: novo round entre Santos e Tricolor CLAUDIO VILLA/GETTY IMAGES

Santos e São Paulo têm tudo para protagonizar uma nova novela nos próximos meses. Depois de tirar Paulo Henrique Ganso da Vila Belmiro, o Tricolor surge no caminho santista na negociação por outro jogador: o atacante Robinho. Atualmente no Milan, da Itália, o ex-jogador do Peixe já declarou que deseja voltar ao Brasil no ano que vem. E mais, segundo o atleta, o retorno à Baixada Santista é possível pois o Santos “é o seu time.” O valor da negociação é alto. No fim de julho, os italianos recusaram investida do Peixe no valor de R$ 10 milhões. Mas o São Paulo não nega o interesse. “Vamos aguardar”, disse, rindo, o presidente Juvenal

Os trunfos

Robinho é pretendido por Santos e São Paulo

São Paulo Após as vendas de Lucas para o PSG e Bruno Uvini para o Napoli, o clube tem os cofres cheios. E Robinho tem boas relações com os dirigentes tricolores.

Juvêncio. “Foi feita uma correção de rumos no São Paulo. Ou vai subir jogador bom e produzido em casa ou vou buscar jogador de grande qualidade. Vale a pena investir mais forte porque você tem uma figura importante dentro de campo, isso movimenta a torcida e provoca ressonância na imprensa”, falou o cartola. Além de Robinho, o Santos mira outro nome de peso para 2013: Alex, que recentemente deixou o Fenerbahçe, da Turquia. O jogador foi um pedido do técnico Muricy Ramalho. Mas a diretoria tem outros planos. “Antes da rescisão dele nós já estávamos tratando outras prioridades”, disse o vice-presidente de futebol, Odílio Rodrigues. METRO

Santos O laço afetivo é forte, a ponto de o próprio Robinho dizer, em entrevista, que está à disposição do Peixe para 2013. Além disso, o alvinegro tem dinheiro após a venda de Ganso para o rival do Morumbi.


BRABC_2012-10-04_17.qxp:BRAZIL

10/3/12

11:33 PM

Page 1

esporte

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012

17

DEAN MOUHTAROPOULOS/GETTY IMAGES

Real dá show e goleia Ajax: 4 a 1

BIKE COURIER: TUDO DE BOM, MENOS NO BOLSO CLEBER RICCI ANDERSON cle@andersonbicicletas.com.br

Dorival dos Santos, 36 anos, é bike courier, ciclista que entrega documentos e pequenas encomendas pelas ruas de São Paulo. Isso é muito comum em Londres e Nova York, onde praticamente não existem motoboys. Dodô chegou a pedalar oito horas em um dia, cerca de 110 km entre seu deslocamento e o trabalho. Normalmente um bike courier pedala de 40 a 60 km em sua jornada diária e é tão ou mais rápido que um motoboy. Estaciona sua bike com facilidade, instantaneamente torna-se um pedestre, sobe escadas com a bike nas costas... Além dessa agilidade, NÃO POLUI. Se a ordem é sustentabilidade, está mais do que na hora das empresas optarem por isso. Moto polui muito mais do que carro! Mas, o incrível é que contratar um bike courier ainda é bem mais barato do que um motoboy. Talvez pela mesma razão que nossa sociedade dê mais valor à hora de uma oficina de carro (em média R$ 80 em uma boa oficina de bairro) contra praticamente metade do preço para a manutenção de uma bike. É a mesma sociedade que gasta mundos e fundos em um carro e reclama a compra de um livro para o filho. No último Desafio Intermodal, a bike só perdeu para o helicóptero!!! Dodô ainda é ciclista de elite. Depois dessa mistura trabalho que vira treino, ele descansa aos sábados e está pronto para competir no pelotão mais forte do Brasil. A desvalorização dessa profissão tão nobre dificulta a manutenção de sua ferramenta de trabalho. Se sua empresa se diz sustentável, acesse www.vadebike.org que mantém uma lista nacional sempre atualizada das empresas que prestam esse inteligente serviço. Ajude o Dodô! Ajude o planeta!

disposição do técnico Gilson Kleina. METRO

Breves

Clima eleitoral e confusão CORINTHIANS. O técnico

Tite se envolveu ontem em uma polêmica eleitoral. A imagem do treinador foi usada na campanha na TV do ex-jogador do Timão Marcelinho Carioca, candidato a vereador em São Paulo. Tite havia pedido para que sua imagem fosse apenas na internet. METRO

Wesley pode jogar sábado PALMEIRAS. O volante

Wesley pode voltar aos gramados sábado, contra o São Paulo, depois de mais de seis meses parado por lesão no joelho direito. Ontem, ele participou de coletivo e está à

‘É um jogo de seis pontos’ PORTUGUESA. O confronto

contra o Sport, hoje, às 21h, no Canindé, tem ares de decisão na Lusa. “É um rival direto que precisamos vencer para abrir distância da zona de rebaixamento”, disse o meia Moisés. METRO

‘O Rio será exemplo de transformação’ PARA O COB. O presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) afirmou que o Rio de Janeiro será exemplo de transformação durante os Jogos Olímpicos. “Temos consciência que temos luzes e câmeras em cima de nós. Ganhamos os Jogos num momento de enorme euforia”, disse ao “SporTV”. METRO

Kaká foi aplaudido pela torcida quando foi substituído

O Real Madrid não se intimidou na Holanda e goleou o Ajax por 4 a 1, pela segunda rodada da Liga dos Campeões. Cristiano Rolando, autor de três gols, Benzema, que abriu a contagem de bicicleta, e o brasileiro Kaká foram os destaques do time espanhol.

Também ontem, o Porto bateu o Paris Saint-Germain em Portugal por 1 a 0. Na Rússia, o Milan venceu o Zenit por 3 a 2. Na Inglaterra, Manchester City e Borussia Dortmund empataram por 1 a 1 e o Arsenal venceu o Olympiacos, da Grécia, por 3 a 1. METRO


BRABC_2012-10-04_capa1.qxp:BRAZIL

10/3/12

9:08 PM

Page 1

ABC - QUINTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2012


BRABC_2012-10-04_capa2.qxp:BRAZIL

10/3/12

9:08 PM

Page 2


BRABC_2012-10-04_18.qxp:BRAZIL

10/3/12

8:05 PM

Page 1


20121004_br_metro abc