Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica CGB Artes Gráficas.

CIVILIZAÇÃO MAIA É TEMA DE MOSTRA QUE ABORDA CRENÇAS, CULTURA E MITOS {pág 12}

BRANCA DE NEVE E OUTROS

CONTOS INFANTIS COM A TURMA DO MICKEY

{pág 13}

BELO HORIZONTE Quarta-feira,

12 de setembro de 2012

Edição nº 237, ano 1 Mín 20°C Máx 33°C

Falta dinheiro nos bancos da capital Paralisação dos trabalhadores que fazem transporte de valores causa déficit em dezenas de agências, provoca revolta e filas e trava circulação de mais de R$ 200 milhões em Minas Instituições podem não receber mais R$ 40 milhões hoje {pág 03}

Transporte rápido

Reconhecimento

BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

Galo entra em campo com convocados Bernard, Marcos Rocha e Réver vão vestir a camisa amarelinha nos dois confrontos contra a Argentina Hoje, Atlético enfrenta o São Paulo e o Cruzeiro visita o Figueirense {págs 15 e 16}

Conta de luz cairá até 28% Consumidores residenciais terão um alívio no bolso de 16,2% já no início de 2013 {pág 06}

EUA em silêncio por vítimas RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Parentes lembram os 2.977 mortos nos atentados de 2001 {pág 08}

MG recebe verba contra acidentes BRT na avenida Santos Dumont começa a ganhar forma; prefeitura reafirma que adequações na via irão terminar em outubro {pág 02} GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Ministério libera R$ 12 mi para conter tragédias nas vias {pág 02}


belo horizonte

02

1 foco

Conforto

Ônibus executivo vai às ruas no dia 17 Começam a circular na próxima segunda-feira, dia 17, os ônibus que integram o novo sistema executivo de transporte urbano de Belo Horizonte. As primeiras linhas farão os itinerários Savassi-Buritis e Savassi-Cidade Administrativa. As taxas serão um pouco mais salgadas: até R$ 5 por trecho, contra os atuais R$ 2,65 cobrados na maioria das linhas convencionais. Os novos veículos têm poltronas de veludo, ar-condicionado, internet sem fio e televisão. METRO BH

Cotações Dólar

Euro

- 0,34% (R$ 2,01)

+ 0,28% (R$ 2,59)

Bovespa

Selic (7,5%) Salário mínimo (R$ 622)

+ 1,74% (59.422 pts)

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Minas recebe investimento para tentar frear acidentes

Ministério da Saúde distribui R$ 12,8 milhões para ações de inteligência e prevenção no país Em BH, projeto aponta média de 13 atendimentos hospitalares por dia relacionados ao trânsito

O Ministério da Saúde anunicou a liberação de mais R$ 12,8 milhões para o projeto Vida no Trânsito, iniciado há dois anos nos municípios com mais de 500 mil habitantes. Desse total, R$ 500 mil serão investidos em ações de inteligência e prevenção em Minas Gerais, com o objetivo de subsidiar as políticas públicas. Dentre as ações previstas estão a integração dos órgãos públicos, o compartilhamento de informações sobre o trânsito e o atendimento às vítimas, além da realização de campanhas educativas e capacitação dos profissionais envolvidos. “Hoje, se uma internação está relacionada ao trânsito, todas as informações ficam disponíveis e são cruzadas. Assim, é possível precisar os locais com mais atropelamentos, batidas envolvendo motos, etc. Isso ajuda a definir onde serão instalados redutores de velocidade e detectores de

avanço de sinal, ou o foco das ações educativas, por exemplo”, explica o secretário adjunto de Saúde da capital, Fabiano Pimenta. “Claro que as demandas extrapolam esse orçamento, mas ele possibilita diversas ações focadas”, ressalta. Segundo ele, o projeto Vida no Trânsito envolve Defesa Civil, BHTrans e polícias, entre outros órgãos na capital. Os últimos dados oficiais, referentes a 2010, apontam que os hospitais de BH recebem em média 13 vítimas de acidentes por dia. BR-040 O motorista de uma carreta morreu ontem em um grave acidente na BR-040, em Itabirito, região Central de Minas. O veículo colidiu de frente com uma van carregada com material de solda. A suspeita é que o condutor tenha dormido ao volante. O trânsito ficou restrito a uma faixa na via e só foi liberado à noite. METRO BH

Feriado tem 33 mortes

Acidente fez uma vítima e complicou o trânsito na BR-040 FLÁVIO TAVARES/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

Santos Dumont

Breves

Famílias de vítimas serão indenizadas BANDEIRA DO SUL. A Cemig

Estações e adequações de avenida devem ser concluídas em outubro GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

BRT já ganha forma no Centro As obras de implantação do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) na avenida Santos Dumont, no Centro, já entraram em fase final. A previsão da Secretaria Municipal de Infraestrutura é que as estações e as adequações da via sejam concluídas até o fim de outubro. Em seguida, será a vez da avenida Paraná passar por intervenções. FALE COM A REDAÇÃO

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3349-5342 COMERCIAL: 031/3349-5307

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Falta de atenção, direção perigosa e embriaguez ao volante foram as principais causas, segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), dos 382 acidentes registrados pela corporação nas estradas estaduais durante o feriado prolongado da Independência. Entre os dias 6 e 10, pelo menos 18 pessoas morreram e 383 ficaram feridas nas MGs. Somados os dados divulgados anteontem pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), relativos às BRs, o feriadão terminou com 33 mortos e 675 feridos nas estradas que cortam o Estado. METRO BH

(Companhia Energética de Minas Gerais) foi condenada ontem a pagar indenização no valor de R$ 255 mil a cada uma das famílias dos 16 jovens que morreram eletrocutados durante uma festa de pré-Carnaval em Bandeira do Sul, no Sul do Estado, em fevereiro do ano passado. A empresa informou que vem prestando assistência às famílias e que vai recorrer da sentença. A defesa também recorreu, exigindo o pagamento de pensão às famílias. METRO BH

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende. Editor Executivo: Juvercy Júnior (MTB 12.331/MG). Editor de Arte: Cláudio Machado. Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. Diretor de Jornalismo: Teodomiro Braga. Diretor Geral: José Saad Duailibi.

‘Maníaco’ é condenado a 36 anos CONTAGEM. O pintor Marcos Antunes Trigueiro, conhecido como “Maníaco de Contagem”, foi condenado ontem a 36 anos e 9 meses de prisão por um dos crimes do qual é acusado. Foi o terceiro julgamento do acusado, que já acumulava penas de, ao todo, 62 anos e 4 meses. Ele ainda será julgado por mais dois casos. METRO BH

TONINHO ALMADA/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS)

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP: 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3349-5307. O jornal Metro é impresso na CGB Artes Gráficas. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


www.readmetro.com

belo horizonte

03

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Greve tira R$ 200 mi dos bancos mineiros GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Impasse, ainda sem previsão de término, inviabiliza a circulação de R$ 40 milhões por dia nas agências O belo-horizontino acorda hoje com o risco de não conseguir sacar dinheiro. A circulação de dinheiro na capital e, consequentemente, em todo o Estado está comprometida pelo 9º dia seguido por causa da greve dos trabalhadores que fazem transporte de valores. Até agora, R$ 200 milhões deixaram de circular. Se hoje terminar sem acordo entre a categoria e os patrões, a quantia afetada pelo movimento vai atingir os R$ 240 milhões, segundo levantamento do sindicato. E a chance que o impasse continue é grande. “As empresas não estão querendo conversar consoco”, diz o presidente do sindicato, Emanoel Sady. Está marcada para hoje uma assmbleia para discutir os próximos passos. Das seis empresas que fazem o transporte na capital, os cerca de 4 mil trabalhadores se rebelaram contra

três. Os trabalhos em uma delas voltarão à normalidade ontem, após longa reunião. Mas as outras duas, responsáveis por mais de 50% dos transportes em Minas, continuam com os serviços paralisados. A categoria reivindica melhoria na jornada de trabalho, que até a 16 horas diárias, afirma o sindicato. “Os trabalhadores chegam a ter que almoçar e fazer necessidades fisiológicas dentro do carro forte”, diz Sady. Ele diz que 30% dos trabalhadores sofrem com problemas de saúde. Hoje, o sindicato vai denunciar a Polícia Federal e Ministério Público supostas ameaças das transportadoras. As empresas não foram encontradas pela reportagem do Metro para falar sobre o assunto. THIAGO RICCI METRO BELO HORIZONTE

REFLEXO

Reivindicações Condições de trabalho Fim da hora extra e da compensação de hora Reajuste salarial Média atual: R$ 1,4 mil (bruto) Reajuste pedido: 27% Reajuste sugerido pelo TRT (negado): 6,5%

Saques estão comprometidos com o movimento dos trabalhadores

tradas. Os números foram divulgados ontem pela Polícia Militar, durante apresentação para anunciar a queda de saidinha de banco em Belo Horizonte. Os oito primeiros meses deste ano foram os mais seguros dos últimos três anos. A média mensal (73) de assaltos até agora é 26% menor do que a registrada no ano passado (99).

A paralisação dos trabalhadores afetou os serviços prestados pelos bancos aos clientes. Agências da região metropolitana precisaram até ser fechadas por

“A maioria dos casos é relacionada a empresas que mandam alguém sacar. Estamos fazendo palestras e reuniões com empresários e sindicatos para que a prática seja evitada e substituída por depósito em contas bancárias”, afirma o chefe do Comando do Policiamento da Capital, Coronel Rogério Andrade. METRO BH

588 PM realiza operações para diminuir modalidade TONINHO ALMADA/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

Além de entregar o dinheiro para as agências e buscar o excedente, as transportadoras recolhem o dinheiro dos depósitos, que são contabilizados em uma central. Por causa disso e dos tumultos causados pela falta de dinheiro, os bancários estão sofrendo. “Os trabalhadores estão fazendo mais de duras horas extras, o que é ilegal”, diz Eliana Campos, presidente do sindicato dos bancários. TR

Empresas reconhecem problemas em saques causa do problema de distribuição de dinheiro. Por nota, o Itaú admite as dificuldades e oferece alternativas para minimizar impactos, como uso de

ocorrências de saidinha de banco foram registradas nos oito primeiros meses deste ano. Houve uma queda de 26% em relação ao mesmo período do ano passado.

cheques e cartões de débito e crédito, além do atendimento pela internet. O Bradesco afirma que está adotando planos de contingências, como a redução de va-

lores para saques. Também por nota, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil garantem que os clientes não foram afetados. TR

GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Ladrões preferem região nobre para aplicar golpe A região Sul de Belo Horizonte é a mais visada por autores do golpe conhecido como saidinha de banco. Foram registrados até julho deste ano 117 ocorrências dessa modalidade, o que corresponde a 22% do total da capital. Logo em seguida, a Noroeste aparece como a segunda região mais visada, com 116 ocorrências regis-

Bancários sofrem com paralisação

Breve

Servidores dos Correios cruzam braços

Semestre atual deve acabar em fevereiro de 2013

Calendário será adequado até o fim de 2013, diz UFMG A readequação do calendário letivo da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais foi divulgada ontem. Por causa da paralisação de professores e servidores da universidade, a rotina dos estudantes só vai ser normalizada novamente no 2º semestre do ano que vem. De acordo com as adaptações feitas pelo Conselho

de Ensino, Pesquisa e Extensão da instituição, o segundo semestre deste ano será encerrado até o dia 16 de fevereiro de 2013. Já a previsão de início do 1º semestre do ano que vem é o dia 4 de março de 2013. Segundo a universidade, 90% dos cursos concluíram as atividades do 1º semestre de 2012. METRO BH

PARALISAÇÃO. Os servidores dos Correios em Minas Gerais anunciaram, ontem, a greve da categoria por tempo indeterminado. Eles reivindicam reajuste de 43,7%, mas a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) oferece um índice bem menor - de 5,2%. Em nota, a empresa afirma que, dos 11,3 mil funcionários, apenas cerca de 250 aderiram ao movimento. O sindicato que representa a categoria questiona o dado apresentado, mas não divulgou estimativas para a adesão. Além de Minas Gerais, o Pará também já aprovou o início da greve. METRO BH


04

brasil

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Lavagem de dinheiro pode ter pena maior FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM / ABR

Temor dos advogados de defesa é que uma eventual condenação por formação de quadrilha sirva como agravante, o que poderia gerar um acréscimo de até dois terços no tempo de prisão Os réus do mensalão que forem condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por lavagem de dinheiro correm o risco de ter as punições aumentadas para até 16 anos de prisão. O Código Penal fixa a pena entre 3 e 10 anos de prisão, mas prevê um acréscimo de até dois terços, caso o crime seja associado, por exemplo, com a formação de quadrilha. A possibilidade deixou os advogados de defesa em alerta, já que acreditam que a sentença por quadrilha, estipulada entre 1 e 3 anos de prisão, estaria prescrita. Diante da situação, porém, a punição poderia ser usada para agravar a pena. Na divisão do julgamento em capítulos, o ministro Joaquim Barbosa, relator do mensalão, deixou a análise do crime de formação de quadrilha para o

33

é o número de réus do mensalão que foram denunciados pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, por lavagem de dinheiro. O crime foi o mais recorrente na denúncia e teria sido cometido pelos núcleos publicitário, financeiro e político. A pena prevista varia entre um e três anos de prisão. fim, mas já deu indicação de como votará. Vencendo a tese de que os empréstimos eram fictícios, usados para os pagamentos de políticos, com o uso de dinheiro público mediado pelo Banco Rural, o pedido de conde-

“A lavagem de dinheiro foi praticada pelos réus do núcleo financeiro e do núcleo publicitário em uma organização orquestrada e com divisão de tarefas, típica de uma organização criminosa.” JOAQUIM BARBOSA, RELATOR DA

Advogados do Banco Rural apresentaram novo memorial para tentar convencer ministros

AÇÃO PENAL DO MENSALÃO

nação dos réus por atuarem como organização criminosa ganhará força. A defesa dos réus tem feito críticas à postura de Joaquim Barbosa de seguir a denúncia do Ministério Público, desconsiderando provas. “O relator adotou a acu-

sação em todos os seus termos”, afirmou o advogado José Carlos Dias, que defende a ex-presidente do Banco Rural, Kátia Rabello. Ontem, Dias e o ex-ministro Márcio Thomaz Bastos entregaram um novo memorial aos ministros do STF

para rebater o pedido de condenação dos nove réus por lavagem de dinheiro. O documento foi acompanhado de um laudo que questiona a interpretação de que a gestão fraudulenta pode ser usada como crime antecedente para lavagem.

Joaquim Barbosa vai pedir sessões extras no Supremo

GERVÁSIO BAPTISTA / STF

Relator da ação penal do mensalão, o ministro Joaquim Barbosa fará hoje um novo apelo para que o STF (Supremo Tribunal Federal) faça sessões extras para acelerar a conclusão do julgamento. Atualmente, as sessões ocorrem às segundas, quartas e quintas à tarde. O julgamento da ação penal entrou pela sexta semana, ocupou 21 sessões e teve dois dos sete capítulos julgados. Faltará ainda definir a pena de cada um dos réus considerados culpados. A tentativa, porém, tem outra motivação de fundo. Até então improvável, a possibilidade de o ministro

Ministro teme que julgamento dure até o fim ano

acumular a relatoria do mensalão com a presidência do STF começa a ser considerada. Joaquim Barbosa assu-

mirá a presidência da Corte no dia 18 de novembro, com a aposentadoria do ministro Carlos Ayres Britto. METRO BRASÍLIA

A sessão será retomada hoje com o voto do ministro revisor, Ricardo Lewandowski. Em seguida, votarão os outros oito ministros. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

SUSTO

Temer desmaia em Roma O vice-presidente da República, Michel Temer, desmaiou ontem durante visita oficial a Roma. Temer caminhava do hotel até o restaurante quando passou mal. O médico da comitiva disse que houve queda de pressão por causa do forte calor. Depois de medicado, Temer voltou a pé para o hotel. METRO BRASÍLIA


06

economia DAVID PAUL MORRIS/GETTY IMAGES

Nova versão será maior, com tela de 4 polegadas

Apple pode lançar hoje o iPhone 5 O iPhone 5 deve ser finalmente apresentado hoje, no evento da Apple que será realizado em São Francisco, na Califórnia. A expectativa de consumidores e investidores é de que grandes novidades e mudanças sejam anunciadas pela empresa neste ano, já que em 2011 o iPhone 4S foi visto como apenas uma atualização da versão anterior. As apostas são de um smartphone maior, com tela de 4 polegadas em formato wide (16:9) e resolução de 1.136 x 640 pixels. Desde a primeira versão lançada em 2007, o aparelho possuía 3,5 polegadas

Motorola produzirá aparelho 4G no país A Motorola Mobility lançou ontem o primeiro smartphone 4G fabricado no Brasil. O Motorola Razr HD vem com processador dual-core de 1,5 GHz e tela de 4,7 polega-

Breves

Bolsa tem 4a alta seguida RECUPERAÇÃO. A Bovespa

registrou ontem a quarta alta consecutiva, com a recuperação das commodities no mercado internacional e pelo anúncio da redução do custo de energia elétrica no Brasil. O clima mais positivo no exterior também ajudou, com investidores apostando em uma nova rodada de estímulos nos EUA. O Ibovespa subiu 1,74%, a 59.422 pontos. O giro financeiro foi de R$ 7,4 bilhões, segundo a “Reuters”. As ações preferen-

de tela. Além disso, o iPhone 5 terá 7,6 milímetros de espessura, 1,7 milímetro mais fino do que a versão anterior. A câmera também deve ser alterada. De acordo com uma patente registrada pela empresa, a parte traseira do aparelho poderia ser removida para incorporar novos conjuntos de lentes. O aparelho virá com o novo iOS, que terá um aplicativo de mapas da própria Apple e integração com o Facebook. De acordo com o “The Wall Street Journal”, o iPhone 5 funcionará ainda em várias frequências de conexão 4G. METRO das de alta definição. O equipamento vem com o navegador Google Chrome pré-carregado e tem uma câmera de 8 MP. A bateria tem autonomia para um dia, possibilitada por uma única carga. O aparelho estará à venda provavelmente em outubro e custará R$ 1.999 nos planos pré-pagos e R$ 999 no Claro Ilimitado 400. A operadora foi a primeira a divulgar valores. METRO

ciais da Vale mais uma vez foram a maior contribuição para a alta do índice, avançando 2,68%, a R$ 36,04 na sessão. METRO

IGP-M registra desaceleração INFLAÇÃO DO ALUGUEL. O IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), conhecido como inflação do aluguel, porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, desacelerou de 1,21% para 0,59% na primeira prévia de setembro, segundo informou a FGV (Fundação Getulio Vargas). Em 12 meses, o indicador acumula alta de 7,66% e, no ano, de 6,69%. METRO

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Com corte de impostos, conta de luz cairá 20% Renovação de concessões exigirá descontos como contrapartida Dilma diz que redução pode ser maior, dependendo de estudos da Aneel RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

A partir de janeiro de 2013, os consumidores e os empresários brasileiros deverão pagar em média 20,2% menos na conta de luz. O governo detalhou ontem como será a redução na cobrança pelo uso da energia elétrica, anunciada na semana passada pela presidente Dilma Rousseff. Para assegurar o desconto, haverá alteração em três impostos: a CCC (Conta de Consumo de Combustíveis) e a RGR (Reserva Geral de Reversão) serão eliminadas e haverá um desconto de 75% na CDE (Conta de Desenvolvimento Energético). A conta será paga pelos cofres públicos. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) fará um estudo sobre cada uma das concessionárias do setor e o desconto final pode ser ainda maior. O governo promete ampliar a fiscalização para evitar cortes de luz. “Respeito ao direito do consumidor e bom atendimento são essenciais”, declarou a presidente. Dilma afirmou que, pela primeira vez, os consumidores receberão de volta os

Demanda por crédito cresce 3% A busca do consumidor por crédito em agosto cresceu 3,1% em relação ao mês anterior, segundo o indicador da Serasa Experian. Foi a segunda alta mensal consecutiva do índice medido pela consultoria. Em relação a agosto de 2011, a demanda do consumidor por crédito caiu 2,7%. Na avaliação dos economistas da Serasa, o consumidor está buscando mais crédito diante das taxas de juros mais reduzidas. “Por outro lado, os primeiros sinais de recuo da inadimplência reabrem as portas do crédito para aqueles consumidores que estavam com dívidas em atraso e conseguiram regularizar a sua situação”, disseram, em nota. METRO

16%

é o desconto previsto nos boletos de cobranças de energia para os consumidores residenciais a partir de janeiro. O benefício será concedido automaticamente.

Dilma Rousseff promete descontos maiores e critica apagão do governo FHC

investimentos feitos no setor elétrico e fez críticas diretas aos apagões na gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. “O país amargou oito meses de racionamento, que gerou grandes prejuízos às empresas e impôs restrições à qualidade de vida da população”, lembrou a presidente. Concessões Com os contratos de geração, transmissão e distribuição vencendo a partir de 2015, o governo decidiu en-

viar uma Medida Provisória ao Congresso permitindo a renovação das concessões por mais 30 anos. As distribuidoras, porém, serão obrigadas a oferecer descontos no preço da energia. Caso contrário, os contratos em vigor serão licitados. As concessões equivalem a 22% do parque energético brasileiro, além de 85 mil km de linhas de transmissão. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

28%

é o teto estimado para o corte de custos na conta de luz do comércio e da indústria. O desconto mínimo será de 19%. O cálculo varia de acordo como o porte da empresa.

3,3

bilhões de reais é o valor que o governo espera investir no setor elétrico para compensar os cortes de impostos. Atualmente, os encargos financiam o programa Luz Para Todos.

Expectativa de contratação é a menor desde 2009 MARCELLO CASAL JR/ABR

A expectativa de geração de emprego no Brasil para o quarto trimestre de 2012 é a mais baixa desde 2009, segundo estudo elaborado pelo ManpowerGroup. Segundo o levantamento, que ouviu 850 gestores no país, 30% esperam aumentar o número de funcionários, 63% devem manter o tamanho de suas equipes e 6% esperam reduzir a quantidade de colaboradores. Consequentemente, a expectativa de emprego é de 24% no país no 4º trimestre de 2012, segundo a metodologia utilizada pela consultoria na pesquisa. Esse percentual é menor do que a detectada para o terceiro trimestre de 2012 (31%) e para o quarto trimestre de 2011 (38%).

30% dos empresários planejam ampliar vagas

Apesar da redução na expectativa de geração de vagas, o Brasil segue entre os países mais otimistas. Entre as 42 nações pesquisadas, o país fica atrás apenas de Taiwan (32%), Índia (27%) e Panamá (26%). No lado oposto da lista, com os piores índices, aparecem Grécia, Itália, Finlândia, Irlanda e Espanha. METRO

Maiores chances Áreas com maior percentual de empresas que pretendem contratar Finanças, seguros e imobiliária: 31% Construção: 30% Serviços: 29%


www.readmetro.com

08

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Dia de silêncio e lágrimas

Em cerimônia simples, parentes lembraram as 2.977 vítimas dos atentados de NY

DIVULGAÇÃO / REUTERS

Breves

Israel alfineta Barack Obama TEL AVIV. Em mais um sinal de que as relações entre os Estados Unidos e Israel estão abaladas, o primeiro-ministro israelense criticou os aliados que não são duros em relação ao Irã. “O mundo diz a Israel: ‘Espere, ainda há tempo.’ E eu digo: ‘Esperar pelo quê? Até quando? ’”, disse Benjamim Netanyahu, em referência a um discurso da secretária de Estado dos EUA sobre a não imposição de prazos ao Irã na questão nuclear. METRO

Bandeira dos EUA é rasgada EGITO. Milhares de mani-

festantes invadiram a embaixada norte-americana no Cairo e rasgaram a bandeira dos EUA. O protesto foi uma resposta à divulgação de um filme que, segundo os egípcios, ofende o profeta Maomé. O jornal “Ahram” informou que 4 mil pessoas participaram do movimento, convocado por um líder religioso. METRO COM AGÊNCIAS Nomes das vítimas foram lidos durante a homenagem

Sem discursos ou grandes cerimônias, os nova-iorquinos homenagearam ontem os mortos nos atentados de 11 de Setembro. Às 8h46 (horário local), amigos e familiares das vítimas fizeram um minuto de silêncio. Naquela hora, há 11 anos, o primeiro avião se chocou com uma das torres do World Trade Center. Outro minuto de silêncio ocorreu na hora do segundo choque e mais outros quando os prédios vieram abaixo. A cerimônia foi realizada no local onde ficava o centro comercial, ao lado do que será o novo World Trade Center. Não houve participação de nenhum político norte-americano. Por decisão dos familiares, indignados com o atraso nas obras do museu do Marco Zero, eles foram excluídos da cerimônia. Em Washington, o presidente Barack Obama também lembrou as vítimas. Ele e a mulher, Michelle, visitaram o cemité-

“Por mais doloroso que seja esse dia, não há nenhum evento que possa destruir o que somos.” BARACK OBAMA

rio de Arlington, onde estão enterradas alguns dos mortos nos ataques. Na segunda-feira, o jornal “The New York Times” voltou a falar de uma polêmica sobre o episódio. Em um editorial, a publicação afirma que há documentos inéditos sobre os atentados. Esse material, em posse da Casa Branca, confirmaria que o ex-presidente George W. Bush teria sido negligente em relação aos alertas feitos pela inteligência norteamericana. A CIA teria avisado Bush sobre os perigos da Al Qaeda, mas o então presidente teria ignorado a informação para focar no que considerava ser a maior ameaça da época: o iraquiano Saddam Hussein. METRO

ONU falará com Assad SÍRIA. A ONU (Organização das Nações Unidas) afirmou que o enviado especial da entidade para a Síria vai se reunir com o ditador Bashar Al Assad. A reunião será mais uma tentativa de acabar com o conflito no país, que já dura 18 meses. Ontem, a França reconheceu que ajudou homens leais a Assad a desertarem, entre eles, o general Manaf Tlas. METRO

Paquistanesa teme morrer ISLAMABAD. A garota pa-

quistanesa de 14 anos que foi acusada de blasfêmia por vizinhos depois de queimar cópias do Corão (o livro sagrado dos muçulmanos) voltou para casa. Em entrevista à “CNN” ela disse que teme por sua vida. A jovem mora da capital do Paquistão. METRO


10

educação

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Diplomatas mirins

+

especial Vestibular A Escola de Governo da Fundação João Pinheiro recebe só até hoje as inscrições para o Vestibular 2013 para o curso de graduação em Administração Pública. São 40 vagas para o 1º semestre e 40 para o 2º semestre do ano que vem. A taxa é de R$ 120. As provas serão realizadas em Belo Horizonte, em duas etapas, nos dias 21 de outubro e 16 de dezembro. O curso é gratuito e os candidatos aprovados recebem bolsa de estudos mensal no valor de um salário mínimo. Informações e inscrições pelo eg.fjp.mg.gov.br. A PUC Minas está com inscrições abertas para seu vestibular nas modalidades graduação, graduação a distância e graduação tecnológica, para as unidades da Grande BH e interior. Há dois novos cursos: Biomedicina e Tecnologia em Agronegócios, ofertados no campus Betim. As graduações em Arquitetura e Urbanismo e Odontologia, no Coração Eucarístico, ganharam novas turmas noturnas. As inscrições podem ser feitas até 17/10 pelo pucminas.br. A taxa varia de R$ 30 (pelo Enem) a R$ 200 (vestibular para o curso de Medicina). As provas serão aplicadas em novembro.

André Landre, 16, e Helena Miranda, 17, participam do ‘Loyola Mun’, simulação de conflitos internacionais inspirada no Mini-ONU FOTOS:GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Alunos do Colégio Loyola, em BH, participam de modelo de simulações das Nações Unidas Comitês debatem temas de relevância internacional, com foco no dia a dia dos estudantes A corrida presidencial nos Estados Unidos ou a guerra civil na Síria não são destaques apenas nas páginas do noticiário internacional. No Colégio Loyola, região Centro-Sul da capital, os assuntos têm rendido calorosos debates dentro de sala de aula. É que nesta semana, os estudantes assumem nacionalidades fictícias no sétimo “Loyola Mun”. O evento simula as rodadas de discussões que ocorrem de verdade na ONU (Organização das Nações Unidas). Durante três dias, os cerca de 200 alunos da instituição são divididos em delegações, cada uma responsável

por representar um país. Os diplomatas mirins debatem sobre temas que estão na ordem do dia nas agendas de política externa. Ao todo, são sete comitês que simulam um organismo pertencente à ONU. Para a coordenadora do 20 ano, Rose Mary Furtado, o desafio é aproximar as discussões do mundo real ao cotidiano dos adolescentes. “Nós imitamos as reuniões da Organização Mundial da Propriedade Intelectual, por exemplo. Mas adaptamos para propriedade intelectual na internet. Esses jovens vivem em rede. Então, isso tudo tem agrega-

do conhecimento à vida deles”, esclarece. O projeto surgiu há uma década, em resposta a uma demanda dos próprios alunos, destaca a coordenadora. O “Loyola Mun” é uma atividade obrigatória e vale ponto em todas as disciplinas do 20 ano. São avaliadas habilidades como oratória, conhecimento dos tópicos apresentados e decoro. Interessados nas rodadas de negociações, matriculados em outras séries, não ficam de fora. Eles podem se inscrever em outras duas simulações realizadas durante o ano letivo pela escola. A aluna Victória da Silvei-

Segurança internacional e eleições presidenciais são alguns dos temas colocados em debate

ra, de 16 anos, já pode ser considerada uma veterana. Ela soma no currículo a participação em outros dez eventos semelhantes, inclusive em outros Estados. “Já estive em Brasília e São Paulo para participar de simulações intercolegiais. Além de ter contato com outras pessoas, nós aprendemos a argumentar sobre um ponto de vista que, muitas vezes, não é o nosso”, analisa. Quem estreia nas mesas de negociação aponta benefícios que vão além de uma melhor preparação para o vestibular. “É uma oportunidade boa, principalmente para quem é mais tímido. Aqui, aprendi a falar em público”, revela André Landre, 16, que participa do projeto pela primeira vez. A aluna Helena Miranda, 17, acredita que a simulação serviu também para despertar outros interesses. “Antes eu não via jornal. Agora, toda vez que eu vejo uma notícia nova, procuro pesquisar sobre o assunto”, diz. Mas a vida de diplomata mirim não é apenas tratar da paz mundial – colocando, de forma fictícia, ferrenhos opositores sentados lado a lado. Durante o evento, que termina hoje, os alunos reuniram as melhores “pérolas e cantadas”, que serão publicadas em um jornal feito por eles. METRO BH

NAÇÕES UNIDAS

Mini-ONU começa em outubro Mais de mil estudantes, entre universitários e jovens matriculados no ensino médio, são esperados para o 13º MiniONU. O Modelo Intercolegial das Nações Unidas é organizado pela PUC Minas desde 2001 e será realizado de 12 a 15 de outubro. Ao todo, serão 17 comitês formados por alunos de ensino médio que discutirão temas da política externa atual, como direitos humanos e segurança internacional. Os debates são mediados por graduandos de Relações Internacionais, Comunicação Social e Psicologia. “Este é o maior modelo de simulações da América Latina. No ano passado, nós tivemos comitês em espanhol, inglês e francês para atender alunos intercambistas que se inscreveram”, conta uma das organizadoras, Laura Menezes. Detalhes pelo ri.pucminas.br/minionu. METRO BH


educação

Uma chance lá fora Não é tão difícil conseguir estágio no exterior Conheça os caminhos Com boa projeção mundial, o Brasil tem virado alvo de instituicões estrangeiras na busca por jovens estudantes. Diante disso, este é um bom momento para quem deseja agregar ao currículo uma experiência que vá além do intercâmbio. Fluência em inglês, contato com uma nova cultura e experiência profissional diferenciada enriquecem a bagagem de candidatos que trabalharam fora do país, segundo Alexandre Nascimento, consultor da Robert Walters, empresa de recrutamento com escritórios em 23 países. Atendendo a tantos requisitos, as chances de conseguir um bom emprego no Brasil são de 90%, segundo Nascimento. A experiência de fazer um estágio fora do Brasil vale a pena, sobretudo, para determinados profissionais, como os das áreas de engenharia, finanças, mecânica e química. “Já recrutei um engenheiro químico da área de óleo e gás, que havia trabalhado no exterior, para uma multinacional em São Paulo por salário inicial de R$ 9 mil”, diz o recrutador. Caminhos do estágio Cursos de extensão universitária são ótimos facilitadores para o estudante começar um estágio nos Estados Unidos, que é um dos países mais procurados, segundo Fabiana Fernandes, gerente de produtos da CI – Central de Intercâmbio. De acordo com Fabiana, um curso de extensão

Bem bolado Estudantes que participam do Ciência Sem Fronteiras – programa do governo brasileiro que prevê o financiamento de cem mil bolsas de iniciação científica no exterior em quatro anos – poderão fazer estágio fora do país. Para isso, o governo brasileiro fechou parceira com a iniciativa privada. Já existem aproximadamente 50 empresas brasileiras que atuam nos Estados Unidos interessadas em fazer parte do programa. Representantes de universidades norteamericanas já vieram ao Brasil para atrair estudantes.

de três meses nos Estados Unidos sai por cerca de US$ 6,9 mil (R$ 14 mil). Depois, por mais US$ 1.850 (R$ 3,7 mil), o estudante faz um estágio com duração entre dois e três meses. Outro caminho é optar pelos programas de seleção que empregadores americanos promovem. Neste caso, o interessado vai a uma rede de intercâmbio e faz uma préseleção. Se for aprovado, ganha um visto especial.

FERNANDO CORREA METRO SÃO PAULO

www.readmetro.com

11

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Estágio no exterior pode ser ou não remunerado; experiência enriquece currículo MARCELO JUSTO/FOLHAPRESS


12

2

cultura Música barroca Com traverso, vila de gamba e violino barroco, o grupo Arandela reproduz as sonoridades que marcaram os séculos 17 e 18. A banda de música barroca se apresenta nesta noite com músicas que eram tocadas nos palácios e castelos de reis e nobres. O concerto será às 19h30, no Centro de Cultura Belo Horizonte (r. da Bahia, 1.149 – Centro). A entrada é franca. METRO BH

cultura

www.readmetro.com

A misteriosa cultura maia

Jazz em Ouro Preto tem Pethit, Bosco e Jeneci

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Exposição traz costumes, objetos e mitos da civilização que dominou as Américas Um dos destaques é o temido calendário que profetiza a chegada do fim do mundo DIVULGAÇÃO

O legado deixado pela cultura maia é bem superior ao famoso e temido calendário que profetiza o juízo final para o dia 21 de dezembro de 2012. Os rituais, costumes, objetos e vestuário da civilização que dominou a América no período pré-colombiano podem ser apreciados numa exposição que será aberta amanhã no Museu Inimá de Paula (r. da Bahia, 1.201 – Centro). Em “Rabin Ajaw – a filha do Rei”, o artista plástico Luiz Dolino selecionou materiais com o intuito de promover uma viagem estética e cultural pelas crenças das populações de origem maia da Guatemala. “A partir do vestuário ri-

tual e sua riqueza de cores e padrões, presentes também na cerâmica, o visitante terá uma experiência sensível de imersão na cultura e nos mitos da civilização maia, uma das mais avançadas de seu tempo”, avalia o artista. O próprio nome da exposição faz referência a uma festa secular em favor da união das tribos que se separaram com a Diáspora, ocorrida no século 11. E, claro, não há como abordar a cultura maia sem deixar de citar o controverso calendário que determi-

Objetos maias em destaque na mostra

na a data do fim do mundo. “Na exposição, a sala dedicada ao tema tem surpresas interessantes”, adianta Dolino. A exposição pode ser vista até 15 de outubro, com entrada franca. METRO BH

A histórica Ouro Preto recebe, neste fim de semana, o 11º “Tudo é Jazz”. Diferentemente da edição do ano passado, o festival deixa a charmosa Praça Tiradentes e se transfere para um espaço montado no Centro de Artes e Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto. Por lá, se apresentarão grupos e artistas de jazz e música independente. Na abertura, haverá um cortejo pelas ladeiras da ci-

dade com participação dos estadunidenses Jesse Scheinin e Eddie Barbash. A noite de sexta terá ainda shows de Thiago Pethit e João Bosco. No sábado, há atrações da França, Espanha e EUA. Um dos destaques é o músico Marcelo Jeneci. No domingo, haverá comemoração dos 80 anos da primeira banda de jazz local. Ingressos de R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira). Informações pelo tudoejazz.com.br. METRO BH

Nélida Piñon lança ‘Livro das Horas’ A escritora carioca Nélida Piñon lança hoje seu novo trabalho, “Livro das Horas”, em que revive lembranças e emoções, como sua participação na resistência dos intelectuais brasileiros à opressão da ditadura militar.

DIVULGAÇÃO

Na publicação, ela também analisa a obra de grandes escritores contemporâneos. O debate será às 19h30 no Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420 – Centro. Tel.: 32611501), com entrada franca. METRO BH


cultura

www.readmetro.com

13

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Contos clássicos com o Mickey Turma da Disney recria ‘Cinderela’, ‘A Bela e a Fera’ e ‘Branca de Neve e os Sete Anões’ com efeitos, trilha sonora e figurinos especiais São seis sessões para a criançada, no Palladium

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Figurinos especiais

A magia dos personagens da Disney invade os palcos do Sesc Palladium de amanhã a domingo com um espetáculo inédito e interativo que relembra três contos clássicos da literatura infantil. Em “Disney Live!”, Mickey Mouse, Minnie, Pateta e Pato Donald se divertem com as histórias de “Cinderela”, “A Bela e a Fera” e “Branca de Neve e os Sete Anões”. A aventura começa quando a turma descobre um livro mágico que estava escondido no sótão da casa de Mickey. Folheando as páginas, os quatro amigos encontram Cinderela pronta para uma noite mágica, Branca de Neve à procura do verdadeiro amor e a Bela em busca de sua felicidade. A cada conto, o cenário é tomado por efeitos especiais para recriar as fábulas. A casa do Mickey Mouse logo se

transforma numa grande floresta, lar dos adoráveis anões. Ao virar a página do livro, a vegetação dá lugar a um castelo onde Cinderela avista seu príncipe. E o público é convidado a participar destes momentos mágicos, cantando com seus personagens favoritos e desvendando pistas. Um dos destaques é o figurino dos personagens no palco. “Em um ato, o público observará variedades entre as peças, que vão desde os trajes simples dos aldeões de A Bela e a Fera, aos glamourosos vestidos do baile de Cinderela”, explica o figurinista Gregg Barnes. Ao todo, são mais de 25 personagens nos três atos. A cenografia e a iluminação primam pelos detalhes, de modo a criar um ambiente fiel ao imaginário dos adultos e crianças. “Durante o baile de Cinderela, fizemos a cena tão luminosa que ela parece estar incrivelmente encantada. Po-

Pateta, Donald, Mickey e Minnie encontram um livro mágico repleto de histórias

rém, quando o público encontra a bruxa má de Branca de Neve e os sete anões, visualiza tons escuros de luzes criados para um momento fascinante, quase arrepiante”, avalia o designer de iluminação Norm Schwab. METRO BH

Programe-se No Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420 – Centro. Tel.: 3214-5350). De R$ 15 (meia, setor III) a R$ 150 (inteira, setor I). Confira os horários:

Amanhã e sexta, às 19h. Sábado, às 17h e 20h. Domingo, às 11h e 15h. Duração: 87 minutos (42 no primeiro ato, 15 no segundo e 30 no terceiro). Classificação livre.


14

www.readmetro.com

variedades

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Os invasores

Os jovens ricos do Instagram

ABC DIGIPRESS

Sacolas retornáveis

Cruzadas

Site reúne fotos que mostram usuários do serviço ostentando luxo Todo mundo fica um pouco exibicionista nas redes sociais. Alguns jovens, porém, fazem questão de mostrar uma vida de riqueza. Foi de olho nesses mauricinhos e patricinhas que um site reuniu as melhores fotos de ostentação captadas via Instagram (aplicativo de compartilhamento de fotos). Na página Rich Kids on Instagram (Garotos Ricos do Instagram), é possível ver uma série de imagens de joias, festas, lanchas, carros de luxo e comemorações regadas a champanhe. O Instagram é um dos aplicativos que mais cresceram nos últimos meses. Só no Reino Unido, o serviço aumentou sua audiência em 2000% entre julho de 2011 e julho deste ano,

Leitor fala

segundo uma pesquisa anual da Experian. “O crescimento do Instagram foi impressionante. O motivo para esse sucesso é que essas redes não tentaram ser o ‘outro Facebook’. Em vez disso, identificaram uma lacuna no mercado e usaram a escala do Facebook para alcançar usuários”, comentou Bill Tancer, da Experian, na divulgação da pesquisa. Enquanto isso... O Facebook alertou ontem para a falsidade de uma mensagem que tem circulado em vários perfis da rede social. No texto, há a informação de que o usuário estaria abrindo mão de sua privacidade caso não publicasse a mensagem no seu mural. METRO COM AGÊNCIAS

O imbróglio continua mesmo com as propostas do MPE, que sugere o retorno das sacolinhas biodegradáveis. Os ambientalistas e os defensores do fim das sacolas vivem longe da realidade e não conhecem o dia a dia de quem usa o transporte coletivo de BH. Uma coisa é ter sacolas e caixas no porta- malas de um carro, e outra muito diferente é fazer compras e carregá-las dentro de um ônibus ou metrô lotados. Ninguém é contra medidas para proteger o meio ambiente, mas desde que isso não pese no bolso do trabalhador que vende o almoço para comprar o jantar. A tese de que “hoje ninguém mais briga por não ter sacolinhas”, defendida por ambientalistas e pequenos burgueses, não se confirma na prática. A maioria das pessoas esquece ou não pode comprar sacolas retornáveis. São aqueles que ganham um salário mínimo e não podem desviar nenhum centavo de sua renda. José Aparecido – Belo Horizonte, MG

Pergunta Quase 60% dos correntistas não sabem o que pagam aos bancos. Você também é um deles?

Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobh

@Lucianocarlos: Pago tanta taxa que não tenho nem noção do prejuízo que tenho mensalmente. @Simone_pereirabh: Vou trocar de banco. Não aguento mais as taxas. Infelizmente assumo que também não sei o que pago todos os meses.

Web Para falar com a redação: leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

Registros de uma ‘nada mole vida’ TUMBLR / REPRODUÇÃO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Evite se afastar demais da realidade, hoje os seus sonhos podem estar mais vívidos e atrapalhando a sua concentração nas coisas que estão acontecendo. Touro (21/4 a 20/5) Proteção de pessoas importantes e decoladas que poderão lhe ajudar apontando as direções corretas para você encontrar o melhor caminho, seja ele qual for. Gêmeos (21/5 a 20/6) Paixões e desejos agitando o seu coração, o dia promete o surgimento de pessoas diferentes que instiguem a sua imaginação. Procure não se distrair demais. Câncer (21/6 a 22/7) Prepare o seu futuro, dia de articulações e manobras para que as pessoas possam ficar mais organizadas e prontas para lhe apoiar quando for a hora correta.

Leão (23/7 a 22/8) Romance no ar, tempo de ser admirado e receber galanteios promissores, o seu coração pode se abrir para novas emoções ou para renovar o relacionamento. Virgem (23/8 a 22/9) Quem pensa demais corre o risco de perder boas chances simplesmente por não acreditar que coisas boas podem acontecer ao acaso. Tente abrir a sua mente. Libra (23/9 a 22/10) Novidades no campo afetivo, boas chances de atrair pessoas mais simpáticas e que apoiem as suas ideias. Momento favorável ao namoro e a novas parcerias. Escorpião (23/10 a 21/11) Dia de jogar com as armas do inimigo, você pode estar achando que agindo diferente irá ter melhores resultados, mas isso só o mundo poderá confirmar ou não.

Sagitário (22/11 a 21/12) Tente empregar as suas energias de maneira mais positiva, enturme-se com as pessoas e as ajude em seus projetos para que elas possam ter o devido sucesso. Capricórnio (22/12 a 20/1) Dia de possíveis paqueras e bom relacionamento com pessoas que estejam no poder, aproveite para fazer contatos que lhe serão úteis em um futuro próximo. Aquário (21/1 a 19/2) Pessoas sedutoras surgindo no seu caminho, elas podem representar um bom momento para mudanças em seus relacionamentos, inclusive nos assuntos do coração. Peixes (20/2 a 20/3) Converse mais com as pessoas, exponha com clareza as suas opiniões. Quem sabe assim elas possam mudar de ideia e apoiar melhor o que você pretende fazer.


www.readmetro.com

esporte

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

15

BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

Trio atleticano veste a camisa canarinho BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

Mano Menezes convoca Bernard, Marcos Rocha e o zagueiro Réver

Bernard fez dois gols no último jogo do Galo

Em alta na temporada, os atleticanos Bernard, Marcos Rocha e Réver receberam uma ótima notícia ontem. O trio atleticano vestirá a camisa da Seleção Brasileira nos confrontos contra a Argentina a partir do próximo dia 19. Ronaldinho Gaúcho, que era badalado devido ao bom desempenho no Brasileiro, não foi lembrado por Mano. O torneio é disputado em dois jogos, um em cada país. O primeiro duelo será no dia 19 de setembro, em Goiânia. Já a segunda partida acontecerá em 3 de outubro, na cidade de Resistência, na Argentina. Vice-líder do nacional, o Galo entra em campo hoje,

às 22h, no Independência, contra o São Paulo. A promessa é de campo cheio. JUVERCY JUNIOR METRO BELO HORIZONTE

Atlético: Victor, Marcos Rocha, Rafael Marques, L. Silva, Júnior César, Pierre, Leandro Donizete, Danilinho, Gaúcho, Bernard e Guilherme. Técnico: Cuca São Paulo: Rogério Ceni, Douglas, R. Toloi, Paulo Miranda, Cortez, Paulo Assunção, Casemiro, Jadson, Cícero, Osvaldo, Lucas. Técnico: Ney Franco

Estádio: Arena Independência, às 22h Transmissão: Rádio Esportes 94,1

Arqueiro é ponto forte no Atlético na temporada

Hoje é dia de decisão, diz goleiro Victor O goleiro Victor sabe da importância dos três pontos e afirma que o Galo tem que entrar em campo com espírito de decisão no jogo de hoje, contra o São Paulo, pela 24ª rodada do Brasileirão. “Temos que entrar em campo para disputar uma final. No campeonato de pontos corridos, cada jogo é uma decisão e temos que ir com esse espírito para poder repetir o que a gente tem feito em casa, jogar bem e conseguir o resultado positivo. METRO BH

3

esporte ABELHA

Cientista faz homenagem a Ronaldinho Uma nova espécie de abelha foi batizada com o nome de R49. Professores homenagearam o craque ao nomear a nova abelha, achada no Ceará, como Eulaema quadragintanovem. METRO BH


16

www.readmetro.com

esporte

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2012

Em campo, sob pressão Após duas quedas seguidas, Cruzeiro mede forças com o vice-lanterna, Figueirense, fora de casa Time precisa vencer para se aproximar do G-4 do Brasileirão Sem tempo para lamentar os últimos tropeços no Brasileiro, o Cruzeiro entra em campo novamente, às 19h30, com o objetivo de vencer o Figueirense e ressurgir entre os times que buscam uma vaga no G-4. Para Montillo, não há mais espaço para erros. “Sabemos que vai ser um jogo difícil, contra um time que está brigando para não cair, mas não podemos perder mais pontos. O campeonato está irregular não apenas para o Cruzeiro”, afirma.

Nas últimas duas rodadas, o Cruzeiro perdeu para o Botafogo e o Sport, quebrando a série de bons resultados no returno, o que afastou o time do grupo dos quatro primeiros. Fábio pede equilíbrio ao time. “O importante é ter um equilíbrio dentro do jogo. Não podemos oscilar bons momentos, criando jogadas, e depois cair dentro do jogo. A equipe adversária aproveita e a gente não consegue voltar a jogar bem", declara. METRO BH

24ª rodada

Figueirense: Wilson, Elsinho, João Paulo, Édson e Hélder, Jackson, Túlio, Claudinei e Fernandes, Caio e Aloísio. Técnico: Márcio Goiano.

HOJE 19h30 - Corinthians x Ponte Preta 19h30 - Portuguesa x Fluminense 19h30 - Figueirense x Cruzeiro 20h30 - Sport x Bahia 20h30 - Atlético-GO x Coritiba 22h - Vasco x Palmeiras 22h - Santos x Flamengo 22h - Atlético x São Paulo

Cruzeiro: Fábio, Léo, Mateus, R. Donato, Everton, L. Guerreiro, Charles, Tinga, Montillo, Wallyson e Wellington Paulista. Técnico: Celso Roth

Estádio: Orlando Scarpelli Transmissão: Rádio Esportes 94,1

Argentino não esconde a insatisfação com a queda no rendimento do time

AMANHÃ 21h - Botafogo x Inter 21h - Grêmio x Náutico

WASHINGTON ALVES/VIPCOMM

é goleado BH ganha primeira rádio América pelo São Caetano 100% dedicada ao esporte Há quase um mês no ar, a Rádio Esportes FM 94.1 vem conquistando os ouvintes em Belo Horizonte e região metropolitana. Trata-se de uma iniciativa pioneira no Brasil. Ela integra a primeira e única rede de rádios com cobertura 24 horas dedicada ao Esporte. Além da capital mineira, a emissora já opera em São Paulo e Porto Alegre. Nas próximas semanas, começam as transmissões no Rio de Janeiro e em Recife. O ousado projeto vem ao encontro da tradição histórica do Grupo Bandeirantes de Comunicação na

cobertura esportiva, no momento mais oportuno e promissor do esporte brasileiro em todos os tempos, com a proximidade da Copa das Confederações 2013, Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, eventos cujos direitos de transmissão estão garantidos à Band. Em Belo Horizonte, a Esportes FM conta com um time de nomes consagrados do esporte mineiro, como os ídolos do Futebol Raul Plasmann e Éder Aleixo, o piloto Cristiano da Matta, Ana Flávia do Vôlei, o exauxiliar técnico da seleção

brasileira de Basquete, Flávio Davis, e o técnico da equipe principal de Judô do Minas Tênis Clube, Floriano de Almeida. Hoje, a emissora acom-

panhará, a partir de 20h, as partidas entre Figueirense e Cruzeiro e Atlético contra o São Paulo. Fábio Pinel e Héverton Guimarães farão as narrações. METRO BH

Estúdio da rádio na sede do Grupo Bandeirantes GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

O América não repetiu ontem, contra o São Caetano, o bom futebol que havia garantido uma goleada fora de casa, na última rodada, sobre o vice-líder Criciúma. Após um primeiro tempo equilibrado, a equipe alviverde permitiu que os visitantes abrissem três gols de vantagem após os 16 minutos da etapa final. Pará e Alessandro marcaram para o Coelho, e Somália, Fabinho, Éder e Marcelo Costa (2) garantiram a vitória do Azulão. Com o resultado, o América agora acumula sete rodadas sem conseguir vencer jogando diante de seu torcedor. O time mineiro é o sétimo colocado, com 37 pontos ganhos. METRO BH

2 5

AMÉRICA

SÃO CAETANO

Geovanni disputa a bola PAULO FONSECA/FUTURA PRESS

20120912_br_metrobh  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you