Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

LIVRO PREMIADO GANHA OS PALCOS ‘O FILHO ETERNO’ TERÁ DUAS SESSÕES {pág 13} NOVOS ARTISTAS MOSTRAM PRODUÇÃO RECENTE NA GALERIA CHICO LISBOA {pág 10}

LINCOLN

EM PRODUÇÃO DE TIM BURTON, ELE É UM CAÇA-VAMPIROS {pág 12}

PORTO ALEGRE Segunda-feira,

10 de setembro de 2012

Edição nº 217, ano 1 Mín 15°C Máx 19°C

Feriadão registra 15 mortes nas estradas Média de vítimas é similar ao registrado nos últimos anos no Estado Operação Viagem Segura flagrou 235 motoristas embriagados até sábado Com o tempo fechado, fluxo de retorno foi mais intenso a partir das 16h {pág 03} Eleições 2012

Nem Manuela tem Libertadores! campanha Em mais uma derrota em casa, Inter cai para sétimo lugar e vê meta do torneio sul-americano ainda mais distante {pág 15}

mais ‘rica’ de Porto Alegre Candidata comunista gastou mais que todos seus adversários somados Programa eleitoral do PCdoB é o mais caro {pág 02}

Estacionar custa caro no Harmonia

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Preço de R$ 15 no Acampamento Farroupilha assusta gaúchos {pág 04}

Wellington Nem infernizou a defesa colorada e desequilibrou a partida de ontem no Beira-Rio GUSTAVO GRANATA/AGIF/FOLHAPRESS

‘Caixa-preta da Justiça ficou cinza’ Ex-corregedora do CNJ falou com exclusividade ao Metro {pág 07}


02

www.readmetro.com

eleições 2012

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Metrô cumpre nova etapa a partir de hoje

1 foco

Programas de rádio e TV de Manuela D’Ávila representam 56% das despesas de campanha da candidata

Manuela D’Ávila tem campanha mais cara

NABOR GOULART/DIVULGAÇÃO

Cotações Dólar

Euro

- 0,53% (R$ 2,03)

+ 0,01% (R$ 2,57)

Bovespa

Selic (7,5%) Salário mínimo (R$ 622)

+ 2,56% (58.321 pts)

Radar móvel Hoje, o radar móvel da EPTC estará nas seguintes vias: Assis Brasil Manoel Elias Nilo Peçanha Protásio Alves Diário de Notícias Souza Reis Bento Gonçalves Plínio Kröeff Dante A. Pilla Ipiranga Carlos Gomes Aparício Borges Severo Dullius

Candidata já arrecadou R$ 1,5 milhão e gastou mais que todos os seus adversários somados Gastos com rádio e TV também são os maiores

A candidata do PC do B à prefeitura Manuela D’Ávila registra a campanha mais cara entre todos os postulantes ao Paço Municipal. De acordo com a prestação de contas feita ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Manuela já gastou R$ 1,472 milhão em atividades de campanha até o último dia 1o de setembro. A despesa da candidata é maior que a soma de todos os seus adversários, que gastaram juntos R$ 1,165 milhão. A arrecadação da candidata comunista também é a maior entre todos os partidos, chegando a R$ 1,521 milhão. Entre os doadores estão grandes empresas gaúchas, como Marcopolo (R$ 50 mil), Taurus (R$ 50 mil) e Vonpar (R$ 100 mil). A segunda parcial das prestações de contas foi disponibilizada pelo TSE na última quinta-feira. A segunda maior arrecadação é do

prefeito José Fortunati (PDT), candidato à reeleição, com R$ 1,23 milhão. As despesas do comitê de Fortunati são menos da metade do que gastou Manuela: R$ 643,9 mil. Programas de TV Entre os três candidatos mais bem posicionados nas pesquisas, Adão Villaverde (PT) tem a campanha mais modesta até agora. O petista arrecadou R$ 489 mil – cerca de um terço da arrecadação da candidata comunista – e gastou R$ 483 mil. O candidato tem em caixa menos de R$ 7 mil. A fartura na campanha de Manuela se reflete em investimento nos programas de rádio e TV da coligação. Desde o início da campanha, a candidata já desembolsou R$ 830,9 mil para as produções – 54,6% das despesas.

Contas abertas Manuela D'ávila (PcdoB) Receita

R$ 1.521.900

Despesa

R$ 1.471.021,59

Saldo

R$ 50.878,41

José Fortunati (PDT) Receita

R$ 1.232.574,66

Despesa

R$ 643.934,42

Saldo

R$ 588.640,24

Adão Villaverde (PT) Receita

R$ 489.700

Despesa

R$ 482.935,01

Saldo

R$ 6.764,99

FLÁVIO ILHA

METRO PORTO ALEGRE

FALE COM A REDAÇÃO leitor.poa@metrojornal.com.br 051/2101.0471 O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Confira a receita e as despesas dos principais candidatos à prefeitura

Fonte: TSE

Gasto com propaganda no rádio e na TV

R$ 830.950 54,6% da despesa Gasto com propaganda no rádio e na TV

R$ 283.000 43,9% da despesa Gasto com propaganda no rádio e na TV

R$ 283.600 58,7% da despesa

Movimentação financeira até o dia 01/09

A prefeitura lança hoje a proposta de manifestação de interesse para a finalização técnica do projeto do metrô de Porto Alegre. A licitação para início das obras, de acordo com o cronograma acertado com o ministério das Cidades, deverá ser realizada no primeiro trimestre do ano que vem. Com a manifestação de interesse, a prefeitura pretende receber estudos de empresas para complementar o projeto técnico com as novas tecnologias disponíveis para transporte coletivo. Após a seleção, o projeto final será apresentado em audiência pública prévia à publicação do edital para contratação da obra e da operação do serviço. Orçado em R$ 2,4 bilhões, o projeto prevê investimento de R$ 600 milhões da prefeitura, R$ 300 milhões do governo do Estado e R$ 1 bilhão da União. O montante inclui ainda R$ 265 milhões em isenções de tributos municipais e estaduais e R$ 323 milhões originários de financiamento privado (PPP). METRO POA

MST bloqueia rodovia e cobra pedágio Cerca de 40 integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) bloquearam a BR-386 no km 139, em Sarandi, e cobraram pedágio de R$ 1 para liberar os motoristas. Na manhã de ontem, o grupo permaneceu no local durante duas horas. No sábado a ação durou uma hora e 40 minutos. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) desviou o tráfego para a RS-324. Conforme a Polícia, os sem-terra alegam não ter recebido repasse do governo para compra de alimentos e lonas para as barracas por isso pediram uma “colaboração espontânea” dos motoristas. O MST não informou quanto arrecadou nos dois bloqueios que realizou. A organização do movimento promete nova ação para as 7h de hoje.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio. Editor Executivo: Flávio Ilha (MTb 6068/RS). Editora de Arte: Julia Rodrigues. Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor Geral: Leonardo Meneghetti.

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, Santo Antônio, 90660-120, Porto Alegre, RS. Tel.: 051/2101.0302 O jornal Metro é impresso no Grupo Sinos S/A. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


porto alegre

www.readmetro.com

03

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Feriado acaba mais cedo Chuva na tarde de domingo antecipou a volta do feriadão de Sete de Setembro Movimento foi intenso nas principais rodovias do Rio Grande do Sul Segundo PRF, 15 pessoas perderam a vida em acidentes até às 21h

GABRIELA DI BELLA/METRO

O mau tempo do domingo à tarde antecipou a volta para casa de quem aproveitou o feriadão da Independência para descansar nas praias do litoral norte ou em cidades do interior do Estado. O movimento mais intenso na freeway foi por volta das 16h, com o registro da passagem de 68 carros por minuto no pedágio de Santo Antônio e outros 58 em Gravataí. Na saída da Estrada do Mar, os motoristas chegaram a enfrentrar 5 quilômetros de lentidão. O movimento também foi grande na BR-386 e nas estradas que levam à serra gaúcha. Para quem foi aproveitar o feriadão em Santa Catarina, a dor de cabeça começou ainda mais cedo: por volta do meio-dia, o trânsito já estava lento em direção ao Estado, com congestionamento de até

25 quilômetros no entorno de Laguna. Segundo informações da Concepa, empresa que administra a freeway, dos 65 mil carros que se deslocaram em direção ao litoral norte na sexta-feira, 45 mil retornaram até o início da noite de ontem. No trajeto por Águas Claras (ERS-040), nove mil veículos já tinham retornado a Porto Alegre no final da tarde de domingo, restando outros 2 mil. Embriaguez A Operação Viagem Segura, comandada pelo Detran/RS (Departamento Estadual de Trânsito) e outros órgãos fiscalizadores do setor, flagrou 235 condutores dirigindo embriagados nos três primeiros dias do feriadão (de quinta a sábado). Mais de 60 mil veículos foram fiscalizados, com a aplicação de cerca de sete mil multas de trânsito no

Estado, enquanto o número de veículos recolhidos ultrapassou a casa dos mil. Outro número alto foi o da mortalidade: entre quinta-feira e domingo, 15 pessoas perderam a vida em acidentes nas estradas do Rio Grande do Sul até às 21h. As colisões também deixaram muitos feridos, alguns em estado grave. É um número que não foge muito da média de anos anteriores, já que de 2007 a 2011 houve 5,8 mortes por dia no feriado de Sete de Setembro, de acordo com o Detran. METRO POA

235

motoristas foram flagrados embriagados pelos agentes da Operação Viagem Segura nos primeiros dias do feriadão.

Freeway registrou trânsito intenso durante toda a tarde de domingo

Michels admite que Estado forma 772 novos policiais crimes vão continuar CACO ARGEMI/DIVULGAÇÃO

Depois de um novo assalto cinematográfico a uma agência bancária do interior do Estado, o secretário da Segurança do RS, Airton Michels, admitiu ontem que o Estado não tem condições de monitorar todos os estabelecimentos. Segundo ele, para frear a onda de ataques a caixas eletrônicos será necessária uma ação conjunta com os bancos. “Temos que dialogar e evoluir para sistemas de segurança dos bancos que auxiliem a segurança pública neste aspecto. O Rio Grande do Sul tem 496 municípios, enquanto caixas eletrônicos devem ser 10 mil. A polícia não tem condições de fechar o cerco em todos esses lugares”, admitiu. Michels argumenta que a polícia tem investigações adiantadas sobre as quadrilhas que vêm cometendo os crimes. “Não são muitas, e temos condições de desmantelá-las, mas o efetivo não dá conta de acompanhar a movimen-

Airton Michels, secretário da Segurança

tação em todos os municípios”, explicou. Nova Bassano No sábado, durante a formatura de novos policiais (veja matéria ao lado), o governador Tarso Genro já havia ressaltado que os criminosos estão bem organizados e que por isso a polícia precisa reunir provas suficientes para conseguir prendê-los e os manter na cadeia. O novo ataque que teve

como alvo caixas eletrônicos ocorreu na madrugada de sábado, na pacata Nova Bassano, de 9 mil habitantes. Quatro homens armados explodiram dois equipamentos e fizeram moradores reféns antes de fugir num Honda Civic. O número de ataques a banco nos oito primeiros meses do ano já supera todas as ocorrências de 2011. Até agosto, foram 77 casos, contra 73 do ano passado. METRO POA

A policia civil do Rio Grande do Sul conta com 772 novos agentes, formados no sábado à noite. Após a cerimônia, o chefe da Polícia Civil do RS, Ranolfo Vieira, revelou que 60% que desses novos inspetores e escrivães serão direcionados a delegacias de Porto Alegre e da região metropolitana. “As cidades onde os índices de criminalidade são altos vão receber um número maior de profissionais”, disse. Com a contratação de novos agentes, há também

a expectativa da abertura de quatro novas delegacias de polícia especializadas em homicídios em Porto Alegre no mês que vem, o que amplia para seis o número de delegacias para esse tipo de crime. Mas, de acordo com relatórios da Polícia Civil, mesmo com o número expressivo de novos policiais, ainda há defasagem de funcionários no setor. Para o próximo ano, há previsão de que um novo concurso selecione mais 800 policiais.

Bens do tráfico em leilão Depois de dois adiamentos, os bens apreendidos com traficantes presos no Rio Grande do Sul vão à leilão nesta quarta-feira, dia 12. Entre as ofertas, estão 86 carros, 28 motos, uma aeronave, dois caminhões, joias e imóveis. O valor arrecadado será investido em programas

de combate e prevenção às drogas, segundo o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Fabiano Pereira. O leilão será realizado no seguinte endereço: rua Sete de Setembro, 1001, a partir das 10h. O arremate é aberto ao público. METRO POA

CLIMA

Semana começa com chuva Depois do “veranico” do feriadão de Sete de Setembro, a semana começa com muitas áreas de instabilidade e temperaturas bem mais baixas. A frente fria provoca, inclusive, chuvas mais fortes entre e o leste e o norte do Rio Grande do Sul e também na região metropolitana, havendo risco de temporais em alguns momentos de hoje. Por causa da nebulosidade, as temperaturas máximas não sobem muito e a previsão para Porto Alegre é que não passe dos 19oC. Amanhã o tempo já começa a melhorar e a previsão para os próximos dias é de clima seco e temperaturas variáveis. Mas, de acordo com a Somar Metereologia, a condição de chuvas se repete para o final de semana que vem. METRO POA


04

porto alegre

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Museu de História da Medicina procura espaço Instalado temporariamente no prédio do Hospital Beneficência Portuguesa, o Museu da História da Medicina procura um novo local para abrigar seu acervo, composto por 4 mil livros, 10 mil documentos e 3 mil objetos médicos.

O espaço atual é reduzido para as pretenções dos organizadores do museu, que promovem palestras, saraus, oficinas e atividades relacionadas à música lírica. “Nossa área é pequena, não temos um grande espaço, temos uma sala de exposi-

ção, que é a mesma que fazemos palestras”, explica o diretor, Germano Bonow, que espera o apoio do próximo prefeito. “O governo municipal tem dificuldades devido ao período eleitoral, mas logo deveremos resolver a situação.” METRO POA

Fundado em 2006, o museu está hospedado no Hospital Beneficência Portuguesa GABRIELA DI BELLA/METRO

Preço para estacionar no parque assusta

GABRIELA DI BELLA/METRO

Valor de R$ 15 por dia tem deixado frequentadores do parque descontentes As 4 mil vagas não têm pavimentação, mas carros são cobertos por seguro Assim como no ano passado, quem quiser estacionar seu veículo no Acampamento Farroupilha terá que desembolsar R$ 15. A quantia estipulada pela empresa Moving, que ganhou a licitação para exercer o serviço, é considerada excessiva pelos frequentadores do parque da Harmonia. “Acho muito caro e de-

sorganizado, porque tem diversos carros mal colocados, trancando a saída”, reclamou o motorista André Luiz Freitas, que levou a sua família para acompanhar os festejos. Apesar das queixas, a organização do evento acredita que o valor é equivalente ao cobrado em outras praças. “É o preço do esta-

cionamento do Centro de eventos e o mesmo na área da EPTC para o uso ilimitado no dia”, afirma Manoelito Savaris, coordenador do acampamento. A Moving pagou R$ 150 mil para explorar cerca de 4 mil vagas. Diferentemente de outros anos, os veículos estacionados terão seguro pago pela empresa. Parte da

renda arrecadada será revertida para a Fundação Cultural Gaúcha MTG, que a utilizará para cobrir as despesas do evento. Como há avisos indicando os valores cobrados e não existe registro de queixas dos consumidores, o Procon de Porto Alegre não averiguou as condições do local. METRO POA

Valor de R$ 15 é considerado caro por alguns visitantes

GABRIELA DI BELLA/METRO

Promessa é de um piso mais resistente ao trânsito de carros

Revitalização no Largo Glênio Peres chega ao final Quem caminha pelo Largo Glênio Peres logo se depara com as diversas obras que ocorrem simultâneamente no local. Elas integram um projeto de revitalização no local bancado por uma empresa local, que em parceria firmada com a prefeitura há dois anos já trocou postes de iluminação, instalou câmeras de monitoramento e pontos de wireless. O pavimento de basalto danificado pelo trânsito de

carros foi substituído por um piso permeável, capaz de filtrar com maior facilidade a água da chuva. A implantação de um chafariz foi mais radical: a área do largo será remodelada, dando lugar a 19 pontos de jatos de água iluminados e distribuídos paralelamente. Além disso, os deques posicionados em frente ao Mercado Público terão a pintura renovada. Como retorno aos inves-

timentos, a empresa terá liberdade de anunciar seus produtos no local. A expectativa dos arquitetos do Projeto Viva o Centro é de que as obras terminem até o final da semana, com a entrega oficial do local dentro de 15 dias. A última etapa do plano de revitalização inclui a construção de um monumento em memória do escritor, ator e jornalista Glênio Peres. METRO POA


06

Incêndios em MG somam 62 ocorrências Os Bombeiros estão tendo muito trabalho para conter as chamas que consomem áreas verdes e unidades de conservação em Minas Gerais. Só ontem, da meia-noite às 16h, foram atendidos 62 chamados. Na Grande BH, 53 militares e brigadistas, com a ajuda de três aeronaves, atuam desde sábado no combate a um incêndio na Serra dos Três Irmãos, bem próxima ao Parque Estadual da Serra do Rola Moça. O fogo já destruiu 140 hectares. No centrooeste, mais de 40 homens combatem, desde sexta, um incêndio que já consumiu 1,5 mil hectares do Parque Nacional da Serra da Canastra. METRO BH

Em três dias, SP tem calor recorde para o inverno O feriado da Independência foi marcado por quebras consecutivas de recordes de temperatura para o inverno em São Paulo. Os 33,1 oC registrados ontem pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) superaram as marcas anteriores, registradas no último sábado (31,8 oC) e na sexta-feira (30,9 oC). O calor veio acompanhado da baixa umidade que, ontem, ficou em 25%, às 11h20. Por esse motivo, a Defesa Civil decretou estado de atenção na cidade. Segundo o Inmet, a semana continuará com de sol e calor. Hoje os termômetros devem ficar na casa dos 25oC. A mínima deve ficar em 14oC. METRO

www.readmetro.com

brasil

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Correios entram em greve amanhã Categoria faz assembleia hoje em todo país e sindicatos vão orientar que os trabalhadores recusem a proposta de reajuste de 5,2% Entrega de cartas e de encomendas ficará prejudicada ANTÔNIO CRUZ / ABR

As entregas de correspondências e de encomendas por sedex devem ficar comprometidas a partir de amanhã. Os carteiros, atendentes e operadores de triagem dos Correios anunciaram que não vão aceitar a proposta de reajuste salarial e entrarão em greve. A paralisação, por tempo indeterminado, começa a meianoite desta terça-feira. As negociações começaram no início do mês passado, mas não avançaram. A cúpula dos Correios fez a primeira proposta de reajuste salarial de 3% em 2 de agosto. Diante da negativa dos sindicatos, foi oferecido 5,2%, na última quarta-feira. A categoria fará assembleias em todo país, mas a orientação é a de não ceder, iniciando a paralisação. Além da questão salarial, os carteiros estão preocupados com a mudança no pla-

Reivindicações Veja a lista de pedidos apresentada: Salários Reajuste de 43,7% no contracheque e R$ 200 de aumento linear; Carreira Aumento do piso salarial de R$ 942 para R$ 2,5 mil; Segurança Implantação de esquema de segurança nas agências do banco postal;

Greve dos Correios durou 28 dias no ano passado

no de saúde. Atualmente, os funcionários pagam quando usam o benefício e tem direito a incluir como dependentes pai e mãe. Os Correios querem adequar os planos às regras adotadas nas demais carreiras do serviço público, implantando, por exemplo, uma mensalidade. “O salá-

rio é baixo. Se reduzir o plano de saúde vão tirar a única alegria da categoria”, apontou o diretor da Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios, James Magalhães. A pauta de reivindicação dos servidores tem 89 itens que incluem segurança nas agências e adequação dos

horários de serviço. Os Correios estão dispostos a negociar, mas impõe uma condição: ouvirão os pedidos apenas quando for fechado o acordo coletivo.

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Expediente Horário de entrega de cartas pela manhã em dias de temperatura elevada; Benefícios Manutenção do plano sem limite de consultas e de dependentes e pago apenas quando usado.

STF julga lavagem de dinheiro GERVÁSIO BAPTISTA / STF

Roberto Gurgel diz na denúncia que Delúbio Soares indicava os repasses de recursos

O STF (Supremo Tribunal Federal) começa hoje a julgar o quarto capítulo da denúncia do mensalão que trata do crime de lavagem de dinheiro cometido nos empréstimos do Banco Rural repassados à agência de publicidade SMP&B. Ao todo, dez réus serão julgados neste item e podem pegar pena que varia entre três e dez anos de prisão. Seis acusados já foram condenados por outros crimes: Marcos Valério e os sócios dele - Cristiano Paz e

“O esquema era simples e eficiente, permitiu um extraordinário repasse de recursos em espécie, sem informar aos órgãos de controle.” ROBERTO GURGEL, PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

Ramon Hollerbach; por corrupção ativa e peculato e os ex-dirigentes do Banco Rural Kátia Rabello, Vinícius Samarane e José Roberto Salgado, por gestão fraudulenta. Os demais réus são: a exvice-presidente do banco, Ayanna Tenório, que foi

inocentada do crime de gestão fraudulenta e os exfuncionários da SMP&B Geiza Dias, Simone Vasconcelos e Rogério Tolentino. O STF já condenou oito dos 37 réus. A sessão de hoje será retomada com a leitura do voto do ministro relator da ação penal, Joa-

quim Barbosa, que já indicou na semana passada a intenção de condenar. O Ministério Público aponta que o esquema de compra de apoio político dependia da atuação dos núcleos operacional e financeiro. Segundo a denúncia, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, indicava a Marcos Valério os destinatário dos recursos. As sócias do publicitário mediavam os repasses com o apoio dos então dirigentes do Banco Rural. METRO

Chacina deixa quatro mortos na Baixada Quatro pessoas – sendo um homem, uma mulher e dois menores – foram encontradas mortas na manhã de ontem, em Japeri, na Baixada Fluminense, dentro de uma casa no

bairro Chacrinha. Segundo a polícia, o local funcionava como ponto de venda de drogas e esconderijo de viciados. Os agentes chegaram até lá após uma denúncia anônima.

Todas as vítimas foram mortas com um tiro na testa. Uma delas tentou fugir e também foi baleada nas costas. Segundo vizinhos, vários disparos foram ouvidos por volta de meia-noite.

De acordo com policiais do 24º BPM (Queimados), um dos mortos era filho de um pastor da Assembleia de Deus do bairro e já tinha tentado assaltar a igreja do pai. METRO RIO


brasil Aos 67 anos, a ministra do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Eliana Calmon encerrou na semana passada o mandato de corregedora nacional de Justiça. A passagem pelo cargo despertou ódios e paixões. A personalidade forte da baiana tirou da zona de conforto tabus de um poder acostumado a manter a discrição. O olhar severo da ministra se voltou para o aumento patrimonial de juízes e desembargadores e nas benesses oferecidas aos magistrados que, de tão comuns, pareciam direitos, quando na verdade eram descumprimentos das leis. Eliana recebeu o Metro minutos depois de entregar o cargo para o sucessor, o ministro Francisco Falcão. A ministra falou sobre o combate aos ‘bandidos de toga’ e sobre os planos para o futuro. Há dois anos, a senhora assumiu o cargo. Olhando para trás é possível ver mudanças?

Evidente. Acho que o principal legado da minha gestão foi a abertura do Judiciário. Hoje nós estamos vendo críticas que jamais ocorreram. Isso é resultado de uma prestação de contas cada

Metro entrevista

www.readmetro.com

DIVULGAÇÃO / CNJ

ELIANA CALMON

A ministra Eliana Calmon considera que passagem no cargo engrandeceu o Poder Judiciário

‘A CAIXA-PRETA DO JUDICIÁRIO FICOU CINZA’

Ministra aponta a transparência do Judiciário como principal marca em sua gestão no CNJ Rebate críticas e descarta carreira política vez maior para com os cidadãos. Isso é democracia, é cidadania. O poder judiciário sempre esteve atrás das cortinas fechadas, tampadas, para que não acontecesse essa visibilidade.

der Judiciário, não só com recursos, mas com gestão. Isso nós conseguimos em alguns tribunais. Lamentavelmente, não foram em todos. A caixa-preta do Judiciário ganhou tons de cinza.

Foi difícil abrir as portas dos tribunais?

A magistratura não estava acostumada com um controle tão próximo. As críticas vieram por causa desta quebra de paradigma?

Foi um desafio importante. Extremamente necessário para mostrar para algumas pessoas que é possível viabilizar a administração do Po-

07

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Existe uma parte que critica, soube até que houve co-

memoração à minha saída, mas isso é de pessoas que ignoram o que está escrito na Constituição de 1988. Lamentavelmente, algumas pessoas não leram a carta maior da República e continuam dentro de um modelo napoleônico. É um choque de ideologia. Eu compreendo isso. Meu papel nessas críticas é de catequese para cada vez mais afastar a ideologia do corporativismo.

Por outro lado, também houve muitas manifestações de apoio. Isso é positivo?

Tenho um pouco de preocupação porque todas as vezes que se coloca uma pessoa como sendo a figura institucional termina o órgão se amesquinhando um pouco. Por isso, acho importante a rotatividade porque a mudança faz parte da democracia para que a instituição se descole da minha figura. O que é realmente importan-

te é a corregedoria. Eliana passa, não é importante. Vai passar a fazer outras coisas e pode até se distinguir em outras atividades, mas tem que se descolar do cargo. Houve manifestações de apoio para que a senhora dispute eleições. Eliana Calmon pode ser candidata um dia?

Jamais. Sou magistrada pura, de coração e de formação. Não tenho nenhuma pretensão política. O que a senhora pretende fazer agora?

Tirarei férias de 30 dias, mas depois volto.Vou dirigir a Escola Nacional da Magistratura. Estou muito feliz com o desafio porque considero que a formação de novos operadores do direito é um dos pontos luminosos da emenda da reforma do judiciário. É lá que nascerão a gestão e a formação. Se isso se tornar realidade, o Judiciário seria perfeito. Nascerão novas ‘Elianas Calmons’?

Não sei, [risos] mas vou tentar. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA


08

economia ALEX WILSON/IMAGE SOURCE

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Cursos livres sobem acima da inflação

Escolas tiveram aumento de 9,29% no ano, quase três vezes superior à inflação Brasileiro está pagando 10% a mais para aprender um idioma MARCELO JUSTO/FOLHAPRESS

Preços tiveram alta de 2,52% no comércio on-line

Lojas virtuais elevam preços Os preços cobrados pelas lojas virtuais no Brasil subiram 2,52% em agosto, depois de terem caído 1,39% em julho, segundo o índice e-Flation, calculado pela pelo Provar (Programa de Administração do Varejo), da FIA (Fundação Instituto de Administração). Os preços que subiram foram os de produtos de informática (alta de 0,86%), eletrodomésticos (0,63%), perfumes e cosméticos (0,32%), eletroeletrônicos (0,24%), cine e foto, (0,21%), medicamentos (0,16%), livros (0,13%) e brinquedos (0,06%). As únicas categorias que registraram deflação fo-

ram telefonia e celulares (queda de 0,01%) e CDs e DVDs (-0,09%). Entretanto, no acumulado do ano, há uma queda de 3,81% nos preços. Nos últimos 12 meses, a baixa foi de 4,82%. Claudio Felisoni, presidente do conselho do Provar, diz que não há uma tendência clara de aumento de preços, mas sim uma instabilidade nos valores. “O eFlation começou a variar mais nos últimos meses. Isso demonstra uma instabilidade maior por parte do consumidor, aliada à redução da capacidade de previsão por parte dos varejistas”, diz, Felisoni. METRO

Quem decidiu aprender uma nova língua ou até mesmo começar uma academia vai desembolsar mais no segundo semestre do ano. Em agosto, os chamados cursos livres – como os de idiomas, informática e atividades físicas – ficaram 1,39% mais caros. A alta é é três vezes superior à inflação, que ficou em 0,41% no período. Entre janeiro e agosto deste ano, os reajustes chegam a 9,29%, para uma inflação de 3,18%, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísitca). As maiores altas no acumulado do ano foram registradas pelos cursos de infomática (11,18%) e idiomas (10,46%). Já escolas de atividades físicas tiveram um aumento de 7,76% no período, sendo 2,11% somente no passado. “Devido à grande concorrência do setor, não muito espaço para aumentos. A alta pode ter sido

Em alta Aumento entre janeiro e agosto

Inflação Cursos livres Curso preparatório Curso técnico

Gastos com aluguel e mão de obra pressionam os custos para manutenção dos estabelecimentos, diz sindicato

Variação

3,18 9,29 8,9 8,72

Curso de idioma

10,46

Curso de informática

11,18

Atividades físicas

7,76

Fonte: IBGE

motivada pelo crescimento de cursos novos de menor duração e com mensalidades mais elevadas”, diz o gerente jurídico do Sindelivre de São Paulo (sindicato que representa o setor), Leslie Aparecido Magro.

Já o vice-presidente do Sieeesp (Sindicato dos Estabelecimento de Ensino do Estado de São Paulo), José Augusto de Mattos Lourenço, afirma que o setor vem sofrendo uma pressão de custos devido à alta carga

tributária, aumento de gastos com folha de pagamento e com a manutença da infraestrutura da escola, como energia e aluguel. “Além disso, no setor como um todo, a inadimplência está em 8%”, afirma. METRO

Receita paga R$ 1,8 bi em restituição de IR A Receita Federal libera amanhã às 9h a consulta ao lote multiexercício do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física), referente ao quarto lote do exercício de 2012, além dos pagamentos residuais de

2011, 2010, 2009 e 2008. No total, serão 1,96 milhão de contribuintes beneficiados, totalizando R$ 1,8 bilhão. As restituições serão creditadas em 17 de setembro. Destes, R$ 1,7 bilhão será distribuído entre 1,92 mi-

lhão de contribuintes referentes ao exercício de 2012 (ano base 2011) -- já acrescida a taxa Selic do período, de 3,75% (maio a setembro de 2012). Do exercício de 2011, serão creditados R$ 41 mi-

lhões a 17.450 contribuintes; o lote residual de 2010 somará R$ 12,9 milhões a 6.279 pessoas e, para o residual do exercício de 2009, serão R$ 9,2 milhões para 4.193 contribuintes. Os pagamentos referentes a 2008

somarão R$ 4,57 milhões a serem pagos para 2.203 contribuintes. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte pode acessar a página na Receita (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para 146.

A restituição ficará disponível no banco por um ano. Após este período, o valor deve ser resgatado por meio de formulário que deve ser preenchido no site, ou pelo e-CAC, página também do site da Receita. METRO


mundo

www.readmetro.com

09

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Atentados matam mais 58 no Iraque País enfrentou uma onda de ataques no domingo Explosão de carro-bomba atingiu consulado francês AKO RASHEED/REUTERS

Vice é condenado à morte A Justiça iraquiana condenou ontem à morte na forca o vicepresidente Tarek alHashemi, um dos principais dirigentes sunitas do país, por comandar esquadrão de morte, segundo a “Reuters”. O secretário de Hashemi, que também é seu genro, recebeu a mesma sentença. Hashemi, julgado à revelia, era alvo de 150 acusações, assim como membros de seu gabinete acusados pelo assassinato de seis juízes e dirigentes, incluindo o diretor-geral do ministério da Segurança Nacional. Mas tanto ele como seu secretário pessoal foram condenados pela morte de uma advogado e do general Talib Belasim. Hashemi se refugiou em abril na Turquia, que se nega a extraditá-lo. METRO

Pelo menos 58 pessoas morreram ontem em ataques em várias regiões do Iraque, entre eles a explosão de um carro-bomba em frente a um consulado da França. Os conflitos no Iraque diminuíram desde seu auge, em 2006 e 2007, quando a violência sectária causou a morte de milhares de pessoas. Mas sunitas e uma filial da Al Qaeda ainda lançam cerca de um grande ataque por mês, na tentativa de reiniciar as tensões entre xiitas e sunitas após a retirada militar dos EUA, em dezembro passado. O maior ataque no domingo ocorreu perto da cidade de Amara, 300 quilômetros ao sul de Bagdá, quando dois carros-bomba explodiram em frente a um

santuário xiita e a um mercado, causando a morte de pelo menos 16 pessoas, disseram autoridades. Um carro-bomba explodiu em frente a um edifício consular francês na cidade de Nassiriya, 300 quilômetros ao sul de Bagdá, matando um policial e ferindo outros quatro. O cônsul, que é cidadão iraquiano, não estava no local no mo-

Franceses ricos podem pagar mais impostos

Aviões sírios bombardeiam bairro residencial de Aleppo

O presidente da França, Francois Hollande, apresentou ontem o esboço do mais duro esforço orçamentário das últimas seis décadas no país. Hollande disse que irá incluir um imposto de 75% para pessoas com receita superior a 1 milhão de euros por ano. Em entrevista a uma TV francesa, Hollande afirmou que seu governo iria propor um Orçamento com 20 bilhões de euros em novos impostos e 10 bilhões de euros em cortes de gastos. Segundo ele, o crescimento da França em 2012 irá beirar a zero. METRO

Bombardeio da aviação síria contra um edifício residencial em Aleppo deixou pelo menos 10 pessoas mortas e outras 17 feridas ontem. O ataque ocorreu após rebeldes terem invadido um quartel no local, matando e ferindo dezenas de pessoas. O presidente Bashar alAssad tem usado cada vez mais devastadores ataques aéreos para manter controle sobre os rebeldes que tentam derrubá-lo, após opositores terem tomado o controle de bairros residenciais e feito incursões no centro de Aleppo.

Em Kirkuk, 8 pessoas foram mortas e 30 ficaram feridas com explosão de um carro-bomba

mento do ataque, segundo informações agência de notícias “Reuters”. Desde a retirada das tropas norte-americanas, insurgentes têm escolhido alvos importantes para os ataques, incluindo santuários xiitas ou edifícios militares e públicos, para mostrar que eles ainda podem realizar ataques coordenados e minar o governo. METRO

ZAIN KARAM/REUTERS

Breves

Austrália quer legalizar a maconha CONTROLE. O último estudo

sobre drogas ilegais feito na Austrália e divulgado neste domingo propõe ao

governo do país legalizar a maconha e o ecstasy para controlar o aumento do uso de entorpecentes. O professor Bob Douglas, coautor do relatório de 54 páginas, disse que ficou claro que a proibição das drogas não funciona e que é preciso adotar outros enfoques, como a legalização e o controle governamental do consumo, segundo a rádio “ABC”. METRO

Ataque aéreo em resposta à invasão rebelde deixa pelo menos 10 mortos e 17 feridos

A revolta, que já dura 18 meses, tem polarizado as potências mundiais, impedindo assim uma intervenção internacional efetiva. O conflito se torna também cada vez mais sectário, com o risco de se espalhar para outros Estados árabes com divisões parecidas. Os avanços dos insur-

gentes forçaram Assad a destacar aviões de guerra e tropas para impedir a queda de Aleppo. O ataque aéreo destruiu um complexo residencial no bairro de Hananu, um de vários locais sob controle rebelde no leste de Aleppo, disseram opositores à “Reuters”. METRO COM AGÊNCIAS

Morre cão real Menina ferida da abertura das nos Alpes sai do coma Olimpíadas REALEZA. O cão corgi da Rainha Elizabeth que apareceu ao lado dela e de James Bond na abertura dos Jogos Olímpicos morreu, informou o Palácio de Buckingham. Monty, que tinha 13 anos, deixa dois corgis no palácio. METRO

MASSACRE. A britânica Zaina, 7 anos, baleada nos Alpes franceses – assim como os pais, que morreram –, saiu de coma, mas continua sedada. Ela pode ser crucial para explicar o crime. METRO


2

cultura Outras mostras

‘Desenhos’,

de Marcos Fioravante No StudioClio (José do Patrocínio, 698 – tel.: 3254-7200) O artista se utiliza do pastel seco em vários tons sobre o papel branco. A inspiração vem de cenas ou fragmentos de interior arquitetônico e também formas aparentemente soltas, que no papel ganham um aspecto minimalista. Vistação até 10 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h. METRO POA

‘Arte nas Ruas’, com vários artistas Reproduções de obras em vários pontos de Porto Alegre O projeto é uma iniciativa do grupo LZ, em comemoração ao seu aniversário. Obras do acervo da Pinacoteca Aldo Locatelli, de artistas já falecidos, estão reproduzidas em ônibus municipais e outdoors em praça e parques. Entre os destaques, pinturas de Carlos Scliar, Edgar Koetz e Libindo Ferrás (foto). Em cartaz até o final do ano. METRO POA

‘DuplaExposição’, com Anderson Astor e Dulphe Pinheiro Machado No Atelier Subterrânea (av. Independência, 745/subsolo) Os dois artistas dividem a galeriae e a linguagem fotográfica da sobreposição de imagens. Ambos registram cidades, ruas, espaços públicos e privados, condensando tempo e espaço, numa tentativa de fazer uma metáfora da sociedade e sua capacidade desordenada de passar e receber informações. Visitação até 05 de outubro, de terça a sexta, das 14h às 18h. METRO POA

cultura

Jovens artistas na Chico Exposição integra projeto ‘Desvenda’, para novos talentos Uma troca coletiva entre artistas e público. Esta é a proposta da exposição “Desvenda”, que reúne os trabalhos de 27 novos artistas na Chico Lisboa Espaço

Cultural (Travessa dos Venezianos, 19). A mostra leva o mesmo nome do programa, criado há três anos por realizadores gaúchos com o objetivo de estimu-

lar a produção de novos artistas e o cenário local e nacional das artes visuais. “O Desvenda é uma ação colaborativa que busca diminuir a distância entre artistas e público, valorizando principalmente um circuito alternativo de exibições. Assim, é possível

dar visibilidade para quem tem não espaço no circuito tradicional das artes plásticas”, explica Vera Pellin, presidente da Chico Lisboa. Atualmente, mais de 200 artistas de diversas regiões do país integram o circuito e tem possibilidade de circular por estes es-


11

www.readmetro.com

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

DIVULGAÇÃO

paços. Na mostra “Desvenda”, estão nomes como Alexandre Fávero, Bárbara de Azevedo, Fábio Zimbres, Letçia Lampert, Gaby Benedyct,Kin Viana, Letícia Lampert, Mariane Rotter, Ramon Silvestri, Roger Lisboa, entre outros. A seleção dos artistas é de Rodrigo Lourenço e a visitação vai até 11 de outubro, de segunda a sexta, das 14h às 18h. Informações pelo tel.: 3224.6678. METRO POA

Letícia Lampert participa com a montagem “Nalgum Lugar entre Lá e Aqui”

Diversidade de temas nas galerias do Espaço IAB FOTOS: DIVULGAÇÃO

Cintia Sfoggia mostra flores no Bando de Barro

Liana Timm trabalha com arte digital

Três novas exposições ocupam as galerias de arte do IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil), mostrando obras de jovens artistas e nomes já veteranos do cenários das artes visuais do Rio Grande do Sul. Um dos destaques é Liana Timm, que apresenta a exposição “Outros de Mim". A artista reforça o seu estilo exibindo obras em arte digital, principalmente vídeos que misturam intervenções poéticas. Nesta nova série, Liana explora as identidades múltiplas que existem em cada ser humano numa tentativa, segundo ela, de saber quem nós podemos libertar de nós mesmos. “Nas obras, deixo escapar nossa diversidade escapa

e pergunto quem somos ou quantos somos”, reflete a artista. Outra mostra em cartaz é “Nanocerâmica”, com integrantes do coletivo Bando de Barro, formado por artistas ligados às escolas de artes das universidades locais. A exposição reúne obras em cerâmica de pequenas dimensões, apresentadas por doze escultores a partir de elementos da natureza. A exposição se completa com as “Pinturas Tecidas” de Aleny Ávila, em que a artista trança tecelagens multi-coloridas e que propõem um jogo de luzes e sombras com o visitante. Visitação até 5 de outubro, das 14h às 20h, na rua General Canabarro, 363. METRO POA


cultura

12

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

RODRIGO CAPOTE/FOLHAPRESS

60 segundos

Breves

Beatles à brasileira Diretor gravou o longa em 2010

UGO GIORGETTI ‘A GRANDE HISTÓRIA É FEITA DE PEQUENAS HISTÓRIAS’ Novidade desta semana nos cinemas de Porto Alegre, “Cara ou Coroa” traz de volta Ugo Giorgetti. O diretor falou com o Metro sobre a temática do longa – a ditadura – e a juventude daquela época. Você optou por mostrar um núcleo pequeno dentro de um período turbulento.

A grande história é feita de pequenas histórias. O filme mostra, através desses núcleos pequenos, um panorama do que era a mentalidade do país naquela época. Na verdade, a mentalidade de um determinado segmento da sociedade, a elite branca e relativamente bem informada. O povão era uma coisa, o governo era outra. Você chegou a passar por alguma situação delicada co-

Geraldo Rodrigues e Emilio de Mello são os irmãos e protagonistas

mo as dos personagens?

Não exatamente. Mas o período era feito, sobretudo, por pequenos gestos e isso ainda é pouco explorado. Comprar o “Pasquim” [jornal], ter cabelo comprido, barba, calça jeans… Tudo isso era momento de rebeldia. Penso que esses pequenos gestos faziam a diferença. Qual a diferença entre essa juventude e a de agora?

Não são muito diferentes. Só eram situações mais complicadas, com muita falta de dinheiro também. Mas os jovens se viravam. Dizem que eles eram mais inteligentes. Que nada! Havia alguns bem idiotas também. Eles tinham, sim, uma efervescência e uma necessidade cultural maior. METRO

DIVULGAÇÃO

Tempos difíceis Filme mostra dois irmãos às voltas com os dilemas morais impostos pela ditadura militar brasileira Bastante conhecido pelos divertidos “Boleiros”, seus dois filmes que tratam do universo do futebol, o diretor Ugo Giorgetti se volta agora para um tema recorrente no cinema brasileiro: a ditadura militar. Como em todos os seus filmes anteriores (de “Festa” a “Princípe”), este “Cara ou Coroa” também se passa em São Paulo, mas a ação recai no início dos anos 1970, quando a ditadura “comia solta” e um grupo de jovens atores

tenta encenar a peça “O Interrogatório”, de Peter Weiss. O grupo não tem exatamente problemas com a censura, mas com uma certa insistência do Partido Comunista em aproveitar a encenação para “instruir” as massas. No centro da trama estão dois irmãos: João Pedro (Emilio de Mello), que é o diretor da peca, e Getúlio (Geraldo Rodrigues), que namora ninguém menos que a neta de um general já aposentado (parti-

cipação especial de Walmor Chagas). Enquanto tentam driblar essas pequenas questões cotidianas, Geraldo precisa da ajuda da namorada Lilian (Julia Ianina) para esconder dois perseguidos políticos – e o local vem a ser justamente a mansão onde vive a família da garota. Para o plano dar certo, todos armam uma grande encenação, em que os personagens são obrigados a rever algumas opiniões e posturas. METRO POA

Revirando um mito americano

DIVULGAÇÀO

Apesar de “Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros” tomar certas liberdades com a vida do 16º presidente americano, o roteirista Seth Grahame-Smith fez um esforço para que o filme, baseado no livro homônimo do qual é também autor, fosse o mais historicamente preciso possível – pelo menos nas partes que não têm dentes pontudos pelo meio. “No começo do filme, há uma citação que diz: ‘A História prefere lendas a homens’”, afirma GrahameSmith ao Metro. “A verdade é que Lincoln virou lenda e esquecemos que ele era também um homem." Apesar do absurdo do título, elenco e equipe insistem que a graça acaba por aí. Em vez de ser uma grande brincadeira, o filme enfatiza aspectos que fizeram

de Lincoln um humanista. O produtor Tim Burton e o diretor Timur Bekmambetov usam a Guerra Civil como pano de fundo para conduzir um conto recheado de ação sobre como um jovem pobre e de vida trágica tornou-se um dos homens mais respeitados de um país. “Não é sobre vampiros”, defende o cineasta. Para Smith, ter um diretor russo foi bom pelo fato de ele não ter relação afetiva com a história. “Isso o fez se aproximar de Lincoln antes de ele virar um mito.” A ação em 3D evidencia as habilidades do presidente em decepar cabeças com um só golpe de machado, e é o elemento fantástico que transforma o que seria uma típica lição de história em algo um pouco mais interessante. METRO INTERNACIONAL

SHOW. Mais um tributo aos Beatles chega aos palcos locais. “All You Need is Love", liderado pelos brasileiros Sandro Peretto (no papel de John Lennon) e César Kiles (como Paul McCartney), será apresentado no Teatro Feevale de Novo Hamburgo no dia 23 de novembro e no Teatro do Bourbon Country no dia seguinte. Os ingressos já estão à venda por preço entre R$ 60 e R$ 200, nas bilheterias dos teatros e no site: www.ingressorapido.co m.br METRO POA

Banquete com cinema

GRAMADO. Neste final de semana acontece uma nova edição do projeto “Cine Gourmet” no Hotel Casa da Montanha, em Gramado. Desta vez, o chef convidado é Jonatas Moreira, do restaurante Akuaba, de Maceió (AL), que terá a missão de criar um menu inédito e exclusivo inspirado no filme “Maria Antonieta”, o épico pop da diretora Sofia Coppola. A sessão será na noite de sábado, dia 15, a partir das 19h, seguida do jantar. Reservas pelo telefone (54) 3295.7575. METRO POA

Prêmio para os contistas LANÇAMENTO. O Instituto

Benjamin Walker encarna o presidente americano da juventude até a sua morte

Estadual do Livro (Iel) anuncia hoje a realização de mais uma edição do prêmio Moacyr Scliar, desta vez dedicado à categoria conto. As inscrições vão até o dia 3 de novembro e podem participar autores de livros de contos publicados no Brasil nos anos de 2010 e 2011. O autor vencedor recebe R$ 150 mil, enquanto a editora vai ganhar R$ 30 mil. Mais informações no site www.cultura.rs.gov.br METRO POA


www.readmetro.com

cultura

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

De pai para filho Peça adapta o premiado livro ‘O Filho Eterno’, de Cristovão Tezza Um dos escritores mais premiados do Brasil, o catarinense Cristovão Tezza transformou em livro uma tristeza muito pessoal: a dificuldade em lidar com um filho que não é exatamente igual aos outros. No dia do nascimento, quando recebeu a notícia de que a criança era portadora de Síndrome de Down, o autor teve que lidar com emoções contraditórias. No começo foi insegurança, depois medo, depois vergonha, até chegar ao momento de aceitação da realidade e o envolvimento amoroso com o menino. Lançando em 2007, “O Filho Eterno” ganhou prêmios importantes, incluindo o Jabuti de melhor romance, o Portugal Telecom e o São Paulo de Literatura. No ano passado, o livro virou peça e foi levada aos palcos pela Cia. de

Charles Fricks interpreta o monólogo

Locais em cena KIRAN/DIVULGAÇÃO

Outras peças: Até o final do festival, dez espetáculos concorrem ao Prêmio Braskem. Confira quais estarão em cartaz nos próximos dias (disponibilidade de ingressos no site www.ingressorapido.com.br).

“O Casamento do Grande Mágico...” hoje, no Renascença

Algumas das principais montagens locais apresentadas durante o ano voltam aos teatros durante o Porto Alegre em Cena, competindo pelo Prêmio Brakem de melhor espetáculo gaúcho. As peças têm uma única apresentação e são julgadas por um juri formado por críticos e jornalistas de teatro. O anúncio do vencedor será na cerimônia de encerramento do festival, no dia 24 de setembro. O destaque de hoje desta programação é “O Casameto do Grande Mágico Maycon Estallone”, uma

produção do Circo Girassol com dez atores em cena. A trama acompanha o artista circense Frederico Lichtenfeld, que viaja por pequenas localidades para dar continuidade à tradição artística da família, que veio da Eslováquia há muitas gerações. Durante este périplo, Frederico narra o casamento da sua filha Pérola com o mágico anão Maycon Estallone. A apresentação será às 20h, no Teatro Renascença (Erico Verissimo, 307). Ingressos a R$ 20, no local. METRO POA

Atriz Ida Celina ganha livro sobre sua trajetória

REPRODUÇÃO

Atores de Laura. A direção é de Daniel Herz, que escolheu Charles Fricks (prêmio Shell de melhor ator em 2011) como protagonista. Pela primeira vez na capital gaúcha, “O Filho Eterno” é um dos destaques do Porto Alegre em Cena neste começo de semana. A adaptação do livro para o palco é assinada por Bruno Lara Resende, responsável pela transformação da obra em monólogo. Sozinho em cena, o ator assume, quase em tom de depoimento, a difícil relação que o pai tem com o filho. Entre os desafios e alegrias deste tipo de paternidade, a plateia se identifica com várias situações. METRO POA No Teatro Sesc (av. Alberto Bins, 665) Hoje e amanhã, às 19h R$ 40 - ainda há ingressos disponíveis

DIVULGAÇÃO

13

“Breves Entrevistas com Homens Hediondos” dia 13 (quinta), às 20h, no Teatro de Arena (av. Borges de Medeiros, 835 altos do viaduto) “Cara a Tapa”- dia 15 (sábado), às 22h, no Teatro de Câmara Tulio Piva (rua da República, 575) “Um Verdadeiro Cowboy”dia 17 (segunda), às 22h, no Teatro de Câmara Tulio Piva “Incidente em Antares”dia 21 (sexta), às 22h, no Teatro de Câmara Tulio Piva “O Fantástico Circo Teatro de Um Homem Só" - dia 22 (sábado), às 22h, no Teatro de Câmara Tulio Piva “Landell de Moura, o Incrível Padre Inventor" - dia 23 (domingo), às 18h, no Theatro São Pedro (Praça da Matriz, s/nº)

A série “Gaúchos em Cena” ganha mais um título nesta segunda-feira: Ida Celina. O livro que recupera os quase 50 anos de carreira de uma das principais atrizes dos palcos gaúchos terá sessão de autógrafos a partir das 19h, no saguão do Centro Municipal de Cultura (Erico Verissimo, 307). A publicação leva a assinatura do jornalista Fernando Zugno. “Ida Celina, História(s) de Atriz” traça um paralelo entre a história da intérprete, com sua vida nos palcos e fora deles, e a história do teatro no Rio Grande do Sul e do Brasil. Zugno justifica o recorte lembrando que Ida Celina já atuou por toda a América do Sul. “Sua trajetória tem a ver com a história teatral do Estado: o surgimento de algumas salas de teatro, o desaparecimento de outras, a construção de casas de cultura, o

nascimento de festivais, grupos e projetos culturais, censuras de espetáculos, desistências e os sobreviventes teatrais", destaca. O texto foi costurado com ilustrações de fotos de cena dos seus principais trabalhos como atriz, matérias de jornal, peças censuradas e documentos diversos. METRO POA


14

www.readmetro.com

variedades

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Os invasores

Na ponta do lápis

ABC DIGIPRESS

Direito de greve

MARCOS SILVESTRE

SE AS APLICAÇÕES FINANCEIRAS SEGURAS PAGAM TÃO POUCO (E PAGAM), INVESTIR PARA QUÊ?

Cruzadas

C

om a nova redução promovida pelo governo na taxa de juros básicos, a caderneta de poupança deve agora pagar 0,47% de rentabilidade a quem nela apostar seus cobres. Do ponto de vista de segurança e liquidez, o dinheiro entregue à “velha senhora” estará em boas mãos. Já quanto à rentabilidade… É aplicar R$ 100 para ver, um mês depois, R$ 0,47 a mais. Gostou? Pior: fazê-lo sabendo que, dos R$ 0,47 “lucrados”, a inflação terá “comido” o poder de compra de nada menos que uns R$ 0,40. Na prática: investir R$ 100 durante um mês para ganhar R$ 0,07. Mas, se é assim, investir para quê? A pessoa vê aquela maravilhosa TV Full HD 3D por R$ 2.998,80. Calma: não precisa caçar os R$ 3 mil aí na carteira, não: dá para fazer em 12 mensais sem juros de R$ 249,90. Aliviou, não? E quem foi o “louco’ que disse que seria melhor desembolsar tudo de uma só vez? O planejador financeiro. Este pitoresco conselheiro “do contra” terá dito mais: “Espere, aplique os R$ 249,90 mensais e compre a TV depois...” Desculpe-me, mas esse sujeito não deve entender nada de dinheiro, muito menos da vida do consumidor! “Esperar? Eu quero agora! Investir? Veja a miséria que paga a poupança! Está de brincadeira?” Mas ele insiste: “Não compre já, aplique os R$ 249,90 na poupança por 10 meses e junte R$ 2.553 com ganho de míseros R$ 53. Tudo para chegar ao seguinte clímax: comprar à vista com desconto. Sim, a mesma TV, ou uma já mais moderna. Esqueça o papo do vendedor: “Esse preço é à vista, não dá para dar desconto, talvez tirar alguma coisinha”. Nã-não: pesquisando bem dá para tirar um tantão! Você terá esperado 10 meses para ter a TV, é verdade, mas assim terá se privado de duas prestações R$ 249,90. Vale a pena pagar R$ 500 a mais para antecipar a compra em 10 meses? Não respondo. Responda seu bolso, que sabe melhor o sacrifício que terá sido fazer esta grana chegar até ele.

Pergunta Qual é a sua opinião sobre o preço do estacionamento no Acampamento Farroupilha (carros: R$ 15; motos: R$ 10)? Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroPOA

@felipeestima: Tá caro! @CarlosJNogueira: Caro e oportunista.

Nos demais meses do ano, o estacionamento na área nem é cobrado, agora é cobrado e carro nãoo é cuidado. @Raphael_Camposs: Absurdo R$ 15 para

deixar o carro.

Sudoku

@Ungaretti_Adv: Está barato perto de outros eventos. Estão cobrando em média R$ 25 nos jogos da dupla Gre-Nal pelos estacionamentos. @JoaoCarlos1944: Acho normal, porque

os objetivos do Acampamento Farroupilha há muito estão mais para comércio do que para divulgar nossa tradição. @jacoliveira: Um roubo! @VaiNoMitto: Um assalto, institucionalizado e com nota fiscal!

Web Para falar com a redação: leitor.poa@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Autoestima elevada, dia de apostar muito mais na sua habilidade de superar os desafios da vida com toda a sua capacidade de lutar e criar novos caminhos. Touro (21/4 a 20/5) Dia com muitas negociações e possíveis mudanças na rotina, é preciso estar preparado para aceitar opiniões diferentes das suas e saber lidar com as pessoas. Gêmeos (21/5 a 20/6) Boa vitalidade e carisma pessoal, bom momento para fazer discursos e lidar com as pessoas, aproveite para fazer um bom marketing pessoal e novos contatos. Câncer (21/6 a 22/7) Necessidade de inovar, de mudar certas estruturas que não andam bem na sua vida, você precisa pensar um pouco mais em si mesma e fazer as coisas acontecerem.

Uma questão de grande relevância nos dias atuais refere-se às ações sobre greve em atividades essenciais. Quanto aos serviços essenciais, pode-se dizer que são aqueles de vital importância para a sociedade, pois afetam diretamente a saúde, a liberdade ou a vida da população. Os servidores ficam obrigados a garantir, durante a greve, a prestação de serviços indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade. Tendo em vista que as recentes paralisações provocaram várias situações inadmissíveis ao bem da população, como segurança e prestação de outros serviços essenciais, está tramitando no Congresso a aprovação de um texto regulamentando o direito fundamental de greve, inerente a todo cidadão e ao princípio da continuidade do serviço público. Danilo Guedes Romeu – Porto Alegre, RS

Prof. Marcos Silvestre é economista com MBA em Finanças e Controladoria pela Universidade de São Paulo. Há 21 anos atua como educador e planejador financeiro especializado. Idealizou na Unicamp o PROF® Programa de Reeducação e Orientação Financeira. É fundador da SOBREDinheiro® Sociedade Brasileira de Estudos sobre Dinheiro e autor dos best-sellers “12 Meses para Enriquecer: o plano da virada” e “Investimentos à Prova de Crise”. Dirige o site www.oplanodavirada.com.br e apresenta a coluna diária e o programa semanal Na Ponta do Lápis na BandNews FM.

Horóscopo

Leitor fala

www.estrelaguia.com.br Leão (23/7 a 22/8) Facilidade de expressão e boa comunicação. Bom acesso aos canais de mídia, aproveite para disseminar as suas ideias e fazer bons negócios a seu favor. Virgem (23/8 a 22/9) Boas oportunidades podem ser muito bem aproveitadas para si mesmo, mas é preciso não despertar os ciúmes das outras pessoas, brilhe sem causar impactos. Libra (23/9 a 22/10) Dia de muitos contatos e parcerias agradáveis que podem ser mantidas apesar de algumas diferenças de opiniões entre as pessoas. Tente ser mais descolada. Escorpião (23/10 a 21/11) Muitos planos na cabeça e ideias nada altruístas que podem acabar chamando a atenção das pessoas contra você, corte o individualismo e seja mais feliz.

Sagitário (22/11 a 21/12) Bom momento para divulgações e para novos aprendizados, os amigos ficam a seu favor, mas será preciso se dedicar um pouco mais a tudo o que você almeja. Capricórnio (22/12 a 20/1) Antes de anunciar decisões importantes analise melhor os desdobramentos que elas irão causar para as pessoas. Seja discreto para não arranjar inimizades. Aquário (21/1 a 19/2) Agilize-se para não ficar de fora, as pessoas estão mais rápidas e não estão esperando pelos outros, ou você dá conta do recado ou não vai ser prestigiado. Peixes (20/2 a 20/3) Pensar mais em si mesmo, não significa que precisa ser radical, cuide dos seus objetivos sem deixar as pessoas irritadas com as suas atitudes.


esporte

15

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

Nem tinha como encarar o Fluzão

Inter perde mais uma em casa e vê passeio de Wellington Nem no Beira-Rio WESLEY SANTOS/FOLHAPRESS

Diante do líder e sem oito titulares, o Inter brigou, mostrou bravura e determinação, mas acabou sucumbindo à melhor qualidade do Fluminense ontem no Beira-Rio. A derrota por 1 a 0 pode ser encarada com naturalidade. O carrasco da tarde foi o veloz Wellingnton Nem, que atazanou a defesa colorada e fez a jogada do único gol para o centroavante Fred marcar e se isolar na artilharia, com 11 tentos. Sem criatividade, o Inter praticamente não ameaçou o gol de Cavalieri nos primeiros 45 minutos de jogo. – o goleiro do Flu não fez nenhuma defesa difícil. O Tricolor das Laranjeiras, ao contrário, foi bem mais incisivo: além do gol, numa arrancada espetacular de Wellington Nem assistida por Élton, que serviu Fred, o Fluminense quase mar-

0 x 1

cou aos 40 com Thiago Neves. Muriel defendeu com as pernas. O segundo tempo começou elétrico, com as duas equipes se jogando ao ataque. A 1 minuto, Nem quase marcou para defesa difícil de Muriel. Com o meio congestionado pelo sistema defensivo do Flu, o Inter martelava pelas pontas do campo mas levava pouco perigo. Aos 3, Leandro Euzébio tirou de cabeça quase em cima da linha. Aos 9, Bruno botou a mão na bola dentro da área – o árbitro nada marcou. Aos 11 e aos 34, Josimar e Élton desperdiçaram com chutes por cima. A pressão do Inter não surtiu efeito. Aos 41, Fernandão sacou Josimar e colocou Bolatti. Ouviu gritos de “burro”. O Inter volta a campo na quinta-feira para encarar o Botafogo no Engenhão. METRO POA

Inter: Muriel; Nei , Moledo, Índio e Fabrício ; Élton , Josimar (Bolatti), Fred e Dátolo (Mike); Dagoberto e Cassiano (Lucas Lima). Técnico: Fernandão Fluminense: Cavalieri ; Bruno, Gum , Leandro Euzébio e Carlinhos (Wallace ); Edinho , Jean, Wagner (Diguinho) e Thiago Neves; Wellington Nem (Samuel Rosa) e Fred. Técnico: Abel Braga

• Estádio: Beira-Rio • Gols: Fred aos 28’ do primeiro tempo • Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (asporante Fifa-GO), auxiliado por Fabrício Vilarinho Silva (Fifa-GO) e Guilherme Dias Camilo (MG).

FLUMINENSE ATLÉTICO-MG GRÊMIO VASCO BOTAFOGO SÃO PAULO INTER CRUZEIRO CORINTHIANS PONTE PRETA PORTUGUESA NÁUTICO FLAMENGO BAHIA SANTOS CORITIBA SPORT PALMEIRAS FIGUEIRENSE ATLÉTICO-GO

50 48 44 39 37 36 35 34 31 31 29 28 27 27 27 25 22 20 19 17

14 14 14 11 11 11 9 10 8 8 7 8 7 6 6 7 5 5 4 3

38 38 34 28 38 34 27 31 25 29 24 29 23 23 26 35 19 21 25 23

23 22 14 4 8 8 8 -1 2 -2 0 -9 -8 -2 -5 -7 -13 -9 -15 -18

3

esporte

23ª rodada Fred agradece o gol presenteado pelo infernal Nem

Segundo turno tem só 33% de aproveitamento O segundo turno do Inter tem sido desastroso até o momento. Em quatro jogos, o time de Fernandão marcou apenas 4 pontos – aproveitamento de rebaixado. Foi apenas uma vitória, contra o Flamengo no BeiraRio, a única em sete jogos. Olhando um pouco mais para trás, a equipe marcou apenas 5 pontos em 21 dis-

putados nas últimas sete rodadas. Mas, segundo o presidente Giovanni Luigi, ontem “só faltou o gol". A pressão por resultados acabou prejudicando a formação do time para o confronto com o Botafogo. O lateral Fabrício levou amarelo e acabou expulso por reclamação depois de terminada a partida. METRO POA

DENNIS GROMBKOWSKI/GETTY IMAGES

A liderança neste ano ficou com os chineses, com 231 medalhas (95 ouros, 71 pratas e 65 bronzes). “Em Pequim, eu tive um rompimento do tendão de Aquiles. Corri com muita dor. Aqui está a recompensa”, disse o corredor Tito Sena, que conquistou o último ouro do Brasil em Londres ao vencer a maratona na categoria T46, para atletas amputados ou com má formação. O desempenho paralímpico foi melhor que dos nos Jogos Olímpicos. METRO

P V GP SG 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

Brasil consegue recorde paralímpico em Londres O Brasil encerrou a participação nos Jogos Paralímpicos de Londres no 7º lugar, recorde na história. Mesmo com uma delegação menor do que há quatro anos, em Pequim – na China, foram 188 atletas, seis a mais do que na Inglaterra – , o Brasil se saiu melhor. Foram 43 medalhas: 21 ouros, 14 pratas e oito bronzes. Embora em 2008 os brasileiros tenham conquistado mais medalhas (16 de ouro,14 de prata e 17 de bronze), o país ficou na 9a posição geral.

CLASSIFICAÇÃO

Breves

Juventude é eliminado na série D FRACASSO. Com uma derrota de 3 a 0 para o Cianorte, do Paraná, o Juventude foi eliminado nas oitavas de final da série D do Brasileiro ontem. O time da serra havia vencido o jogo de ida por 3 a 1. METRO POA

Caxias vence o Oeste na série C A UM PONTO. Depois de

quatro derrotas seguidas, o caxias voltou a vencer na série C. O time da serra bateou o OesteSP por 3 a 2 no Alfredo Jaconi. O Caxias está a um ponto da zonda de classificação para a próxima fase. METRO POA

Torcida esgota ingressos para o Mundial

Bandeira brasileira é hasteada no encerramento dos Jogos Paralímpicos

EM DEZEMBRO. Os torcedores do Corinthians precisaram de menos de 12 horas para esgotar os ingressos vendidos no site da Fifa para o Mundial de Clubes, que ocorrerá no Japão, em dezembro. METRO POA

ONTEM Inter 0 x 1 Fluminense Botafogo 3 x 1 Náutico Santos 0 x 0 São Paulo Sport 2 x 1 Cruzeiro Atlético-MG 3 x 0 Palmeiras Vasco 0 x 4 Bahia Atlético-GO 1 x 1 Portuguesa SÁBADO Corinthians 3 x 1 Grêmio Coritiba 3 x 0 Flamengo Ponte Preta 2 x 2 Figueirense

Despedida sem pódio Apesar de ter feito sua melhor paralimpíada, o Brasil deixou Londres sem pódio. Na disputa do bronze do futebol de 7, o país foi goleado pelo Irã por 5 a 0 e ficou na quarta posição. Atashafrouz e Mehri anotaram dois gols cada e Bakhshi fez o outro tento do país árabe. METRO


16

www.readmetro.com

esporte

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2012

JOÃO CARLOS MAZELLA/FOTOARENA

Grêmio perde e vê liderança distante Tricolor cedeu dois gols ao Corinthians nos primeiros 10 minutos de jogo

Jogadores tiveram recepção calorosa em Pernambuco

MAURO HORITA/AGIF/FOLHAPRESS

Seleção tenta esquecer das vaias em Recife

Giovanni comemora o terceiro gol da noite de sábado, que sacramentou a vitória do Corinthians

Ansioso, errando passes em demasia e preocupado com a possibilidade de assumir isoladamente a ponta do Brasileirão, o Grêmio voltou de São Paulo ontem com uma derrota na bagagem. O 3 a 1 para o Corinthians no sábado à noite fez jus ao que se viu em campo. O Tricolor ficou a seis pontos do líder Fluminense. Logo aos 5 minutos, o time paulista – que jogava sem cinco titulares – abriu o marcador com Ralf, depois de rebote de Marcelo Grohe. Aos 10, o Coringão ampliou com Guilherme depois de um bonita jogada individual de Edenílson. Com bom toque de bola, o Corinthians administrou a vantagem e quase ampliou em chute

Breves

Terry desfalca a Inglaterra ELIMINATÓRIA. A Seleção

da Inglaterra não terá o zagueiro John Terry, do Chelsea, na partida contra a Ucrânia, amanhã, pela Eliminatória para a Copa de 2014. O defensor sofreu uma contusão no tornozelo esquerdo durante a estreia na competição, em que a equipe goleou a Moldávia por 5 a 0. METRO

forte de Martínez. Descontente, Vanderlei Luxemburgo sacou Souza e colocou Marquinhos ainda no primeiro tempo. O jogo continuou ruim para o Grêmio, que não conseguia prender a bola no ataque. Antes dos 10 minutos da segunda etapa, Luxem,burgo queimou todas as substituições e trocou o volante Fernando pelo atacante Leandro. No mesmo momento, sacou André Lima e recompôs o

3 1

CORINTHIANS

GRÊMIO

meio-de-campo com Marquinhos. Funcionou. O Tricolor diminuiu com Leandro aos 12 e passou a jogar no campo do Corinthians. Mas o empate, que parecia questão de tempo, não veio. Aos 32, Elano cobrou falta com maestria e obrigou Julio Cesar a fazer uma defesa espetacular. Aos 44, numa arrancada, Giovanni deixou Edilson para trás e sacramentou o resultado. Luxemburgo admitiu a superioridade corintiana. “Perder aqui não é priviégio do Grêmio. Deixamos eles jogarem por 15 minutos e aí ficou difícil reverter”, disse o técnico. Na quinta, às 21h, o Tricolor encara o Náutico no Olímpico. METRO POA

Lugano admite mau momento EM BAIXA. Ex-São Paulo e atual PSG, o zagueiro uruguaio Lugano afirmou que não está em bom momento no time francês. Ele não foi inscrito para disputar a Liga dos Campeões. “Esse momento atual no PSG é negativo para mim na seleção. Preciso considerar minhas opções. O Uruguai é muito importante para mim, não posso deixá-lo de lado”, disse ele, que esteve em campo na goleada sofrida para a Colômbia, por 4 a 0, pela Eliminató-

ria para a Copa 2014, na sexta. METRO

United de olho em Ronaldo DESEJADO. O português

Cristiano Ronaldo está na mira do Manchester United, seu ex-clube, segundo a imprensa inglesa. O atacante se diz insatisfeito no Real Madrid, para onde foi em 2009. Contudo, a diretoria madrilenha pretende aumentar o salário do camisa 7 e oferecer um novo contrato para que ele permaneça na equipe. METRO

Depois de sofrer com as vaias da torcida paulista no Morumbi, na vitória por 1 a 0 sobre a África do Sul na sexta-feira, a Seleção Brasileira enfrenta hoje, às 22h, a equipe da China. O amistoso será no Recife e a expectativa é de festa no Arruda. O povo pernambucano ama a Seleção Brasileira, que tem com Recife uma relação de cumplicidade e paixão”, informa o site da CBF. “Esperamos poder retribuir esse carinho com um bom jogo e gols”, disse o meia Lucas. METRO

Brasil: Diego Alves; Daniel Alves, David Luiz, Dedé e Marcelo; Romulo, Ramires, Oscar e Lucas; Neymar e Hulk Técnico: Mano Menezes China: Wang Dalei; Zhao Peng, Liu Jianye, Yu Yang e Tang Miao; Zhao Xuri, H. Junmin, Lu Peng e H. Chao; G. Lin e Z. Ting Técnico: José Antonio Camacho

Estádio: Arruda, às 22h Transmissão: Rádio Bandeirantes, Esportes FM e TV Globo


20120910_br_portoalegre