Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica CGB Artes Gráficas.

ADEUS, VAMPIRO ALANIS MORISSETTE TRAZ NOVIDADES EM APRESENTAÇÃO NA CAPITAL {pág 12}

ROBERT PATTINSON VIVE MILIONÁRIO EM ‘COSMÓPOLIS’, DE DAVID CRONENBERG {pág 11}

BELO HORIZONTE Quarta-feira,

5 de setembro de 2012

Edição nº 233, ano 1 Mín 12°C Máx 27°C

Kit ensina motorista a se livrar de multas Vendido pela internet, manual traz 1,2 mil modelos de recursos para anular as mais diversas infrações Por R$ 69,99, empresa garante sucesso em até 80% dos casos Guia descreve várias brechas na lei {pág 03} Fim do mistério

Arte ameaçada

Sérgio Rosa foi vítima de crime passional Primo do goleiro Bruno foi assassinado por assediar uma mulher Casal confessou o homicídio e já está preso {pág 04}

Venda de carros deve crescer 8%

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Fenabrave eleva projeção para 2012 após recorde em agosto {pág 06}

Raposa e Galo em campo hoje Material usado em campanhas eleitorais destrói grafites na capital; intervenção artística no Santa Efigênia ainda está “salva” {pág 02} GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Cruzeiro recebe o Botafogo e o Atlético visita o Bahia {pág 14}


belo horizonte

02

1 foco

Pedro I

Alças serão interditadas para obras em avenida As duas alças na avenida Pedro I, no sentido bairro-Centro, que dão acesso à avenida Portugal, serão interditadas hoje. O motivo é a duplicação da Pedro I, no bairro Itapoã, na Pampulha. Uma das alças está localizada próxima à Barragem da Pampulha, e a outra, após o viaduto da av. Portugal, próximo ao Hiper ViaBrasil. A BHTrans garante que serão afixadas faixas para informar os desvios. Agentes de trânsito também ficarão no local para orientar os motoristas. METRO BH

Cotações Dólar

Euro

+ 0,49% (R$ 2,04)

+ 0,04% (R$ 2,56)

Bovespa

Selic (7,5%) Salário mínimo (R$ 622)

- 1,83% (56.233 pts)

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Disputa eleitoral coloca grafites de BH em risco Políticos colam propagandas e danificam intervenções artísticas em muros As intervenções artísticas espalhadas por Belo Horizonte estão em risco até o fim do período eleitoral. Contrariando o Tribunal Superior Eleitoral, candidatos ignoram as regras e colam propagandas em muros grafitados, o que condena totalmente a arte. “A cola que é usada para afixar o cartaz danifica completamente o grafite. Única forma de recuperar é fazendo outro no local”, explica o artista Nilo Zack. O grafiteiro não consegue contabilizar, mas garante que vários trabalhos estão sendo condenados por causa da disputa política. Ele mesmo viu uma arte própria ser apagada pela publicidade dos candidatos em julho. As propagandas causaram revolta nas redes sociais, o que motivou o político a financiar um novo grafite no local. “Após uma semana de trabalho, desenhamos um palhaço mostrando a língua, em protesto. Mas, pouco depois, o muro foi derruba-

GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Arte na região Leste da capital ainda não sofreu danos com as propagandas políticas

do”, conta o artista. “É uma pena, porque a disputa eleitoral dura apenas alguns meses, mas o grafite é permanente e busca revitalizar o espaço urbano”, lamenta o artista Negro F., que desenvolve projetos com crianças carentes. Um deles envolve dez jovens, que desenham,

sob orientação de três grafiteiros, um muro de 1 quilômetro de extensão no bairro Olhos D’Água. Preocupado com a sujeira durante o período eleitoral, um grupo criou o movimento “Sujo sua cara” pela internet (facebook.com/sujosuacara) que incentiva a rasura às imagens de políti-

cos “sujões” – a página já recebeu mais de 4 mil curtidas. Até agora, o TRE-MG recebeu 1,4 mil denúncias de propaganda irregular na capital. Em Minas, foram 4,4 mil notificações. THIAGO RICCI METRO BELO HORIZONTE

FISCALIZAÇÃO

Cavaletes ilegais são recolhidos Até agora, o TRE-MG já apreendeu 409 cavaletes ilegais em Belo Horizonte. Um dos meios mais utilizados pelos políticos para angariar votos, as peças são permitidas, desde que sejam recolhidas, todos os dias, entre 22h e 6h. Outro movimento no Facebook (“Você já chutou seu cavalete hoje?”) incentiva a depredação do material, o que também é considerado crime pelo TRE, que reforça a importância da denúncia. TR DIVULGAÇÃO/TRE-MG

Cavaletes são proibidos entre as 22h e 6h

RODRIGO LIMA/DIVULGAÇÃO

Sondagens do metrô geram troca de farpas O início das sondagens para o projeto de expansão do metrô de Belo Horizonte e a parceria com a prefeitura para a construção de viadutos e trincheiras na avenida Cristiano Machado, anunciada pelo governo estadual, foram motivos de reclamação dos aliados do candidato Patrus Ananias (PT) ontem. Patrus não teve compromisso externo. O candidato a vice na chapa do petista, Aloísio Vasconcelos (PMDB), e o vice-prefeito, Roberto Carvalho (PT), comandaram a campanha com uma cami-

nhada no Barreiro de Cima. Carvalho questionou os anúncios recentes de obras. “Sondagem agora virou obra? Sondagem é para projeto. Isso é tentativa de enganar a população”, afirmou o petista. “As intervenções anunciadas na semana passada na Cristiano Machado estavam previstas no projeto da Linha Verde, e o convênio foi extinto. Ou o Estado está tentando enganar ou fazendo algo ilegal”, emendou Carvalho. Lacerda respondeu, em caminhada na avenida AbíFALE COM A REDAÇÃO

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3349-5342 COMERCIAL: 031/3349-5307

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

lio Machado, que o vice-prefeito está “desinformado”. “Os estudos de topografia e sondagens são uma colaboração da prefeitura para adiantar o processo”, argumentou. Ele ainda prometeu a criação de um espaço cênico no bairro Alípio de Melo, que funcionaria como um centro cultural. Maria da Consolação (PSOL) fez panfletagem no Centro, e Tadeu Martins (PPL) gravou entrevistas. Os demais candidatos não tiveram ou não divulgaram suas agendas.

Lacerda pediu votos aos moradores do Alípio de Melo NEREU JR./DIVULGAÇÃO

Vice de Patrus comandou caminhada no Barreiro de Cima

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende. Editor Executivo: Juvercy Júnior (MTB 12.331/MG). Editor de Arte: Cláudio Machado. Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. Diretor de Jornalismo: Teodomiro Braga. Diretor Geral: José Saad Duailibi.

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP: 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3349-5307. O jornal Metro é impresso na CGB Artes Gráficas. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


belo horizonte

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

03

Kit ensina como motorista infrator pode anular multa Manual oferece 1,2 mil tipos de recursos para o motorista contestar infrações cometidas no trânsito O volume expressivo de multas de trânsito na capital – foram 1,2 milhões de autuações somente no ano passado – tem incentivado a indústria do recurso contra as infrações. Aproveitando as brechas existentes na legislação de trânsito brasileira, empresas que se apresentam como de consultoria oferecem o roteiro para o motorista recorrer e, segundo elas, conseguir anular as infrações. Na maioria dos casos, as ofertas desse tipo de serviço chegam por e-mail. Em uma rápida pesquisa em sites de busca na internet, é possível encontrar, no mínimo, 15 empresas que oferecem o caminho das pedras para se livrar de uma multa registrada por um dos 95 radares em funcionamento atualmente ou por um dos 1 mil agentes da unidade integrada de trânsito – 700 policiais militares e guardas municipais e 300 fiscais da BHTrans, que são proibidos de multar, mas participam de operações. Na última semana, a reportagem do Metro com-

Produto é imoral, diz advogado Para o especialista em trânsito da OAB-MG Carlos Caleb, o material para orien-

prou um dos produtos ofertados pela internet. Batizado de “Kit Multas 2012”, o serviço oferece 1,2 mil tipos de recursos. Toda negociação é feita por e-mail. A empresa não oferece nenhum número de telefone para contato. Conforme o material enviado à redação, após o pagamento de um boleto de R$ 69,99, a empresa garante um histórico de sucesso em 80% dos recursos. Na orientanção, há participação de especialistas em legislação de trânsito e exfuncionários de órgãos municipais de fiscalização. No CD, entregue uma semana após a confirmação do pagamento, há uma lista de modelos de recusos. São casos de estacionamento em local proibido, uso do celular ao volante, excesso de velocidade, conversão irregular, contramão, dirigir com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida, entre outros. Todos com detalhes e indicações das brechas na legislação que facilitam o deferimento do recurso. Há um modelo “sentitar a confecção de recursos não é ilegal, pois o motorista não é obrigado a adquirir o produto, mas é antiético e “uma enganação”. “Preencher um recurso não é um bicho de sete cabeças. É só a pessoa ler a legislação e identificar se cometeu ou

Recurso delivery

mental” de pedido de revisão dos pontos acumulados. O texto detalha como o condutor deve explicar que depende da CNH para trabalhar e, dessa forma, garantir o sustento da família. Os autores do material orientam a utilizar o exemplo desejado, editá-lo com os dados do condutor e enviar a uma Jari, órgão responsável pela análise dos pedidos de recurso. A empresa ainda sugere que o comprador possa fazer uma renda extra no mercado das multas com o material. O interessado pode cobrar de R$ 30 a R$ 80 por “modelo de recurso” oferecido a amigos, familiares e outros clientes. METRO BH

1

20%

3

Modelos oferecidos para alguns tipos de infrações de trânsito

Recurso apresentado por

motorista autuado por dirigir sem CNH Infração gravíssima

multa de R$ 191,54, mais 7 pontos na CNH

2 Recurso apresentado por

motorista flagrado dirigindo na contramão Infração gravíssima

multa de R$ 191,54, mais 7 pontos na CNH

dos 5,9 mil recursos enviados à Jari do Detran-MG foram atendidos, até junho deste ano. Já em relação à anulação de suspensão da CNH, o índice é ainda menor: 2%. não a infração”, explica. Ele compara a prática a advogados que prometem aumentar o valor de aposentadoria. “É melhor ir a um despachante especializado, mas o suceso também não é garantido”, analisa. METRO BH

Recurso apresentado por

autuação por dirigir sem cinto de segurança Infração grave

multa de R$127,69, mais 5 pontos na CNH

Índice de deferimento é baixo Entre janeiro e junho deste ano, o Detran-MG já recebeu 5.910 pedidos de recursos. Desse total, 1.207 foram atendidos, um índice de 20%. Em São Paulo, por exemplo, o percentual de

pedidos aceitos é de 31%. Para anulação de suspensão de CNH, o índice é ainda menor. Dos 410 pedidos, apenas sete, ou 2%, foram aceitos pelos policiais. Em 2010, foram feitos

15.487 ao Detran-MG. Do total, 3.342 (22%) foram atendidos. “Todo recurso é muito simples, há inclusive um formulário disponível”, diz Inês Junqueira, coordenadora da Jari. METRO BH

Sindicato orienta professores a encerrar greve (LUIZ COSTA/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS)

Demais assembleias foram encerradas sem acordo

No dia em que iguala o recorde de maior da história, com 112 dias de paralisação, a greve das universidades federais deve ter um desfecho hoje em boa parte das instituições que aderiram ao movimento em todo o país. Essa é a expectativa, por exemplo, na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), pois a diretoria do sindicato que representa os professores da unidade vai defender a volta aos trabalhos na as-

sembleia que será realizada hoje a partir das 14h. O presidente do sindicato, João Maurício Figueiredo, ressalta que a tese será colocada em discussão e pode, portanto, ser refutada pela categoria. Ele explica que a orientação da diretoria se deve à falta de perspectiva de sucesso na negociação. “Cada assembleia é soberana, e a proposta do governo foi rejeitada em todas as reuniões desde 4 de julho no Brasil inteiro. Va-

mos mostrar nossa indignação, mas o governo não quis o diálogo e já enviou o projeto de reajuste ao Congresso, então não há muitas possibilidades”, diz. O movimento vem perdendo força. Na própria UFMG, docentes da Fafich (Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas) e do Icex (Instituo de Ciências Exatas) já haviam decidido pelo fim da paralisação. Figueiredo alerta, no entanto, que a possível volta

aos trabalhos não ameniza a insatisfação da categoria. Para ele, há risco de nova paralisação em 2013, o que atrasaria ainda mais a formatura dos estudantes. Se a greve for encerrada, o conselho de ensino da UFMG definirá um novo cronograma para matrículas, aulas e férias. O calendário pode voltar ao normal apenas em 2015 nas instituições afetadas, devido ao longo período de paralisação. METRO BH


04

www.readmetro.com

belo horizonte

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Polícia nega relação entre morte de Sérgio e caso Eliza Dois suspeitos de ter executado primo do goleiro Bruno Fernandes foram presos ontem Eles confessaram o crime, que teria motivação passional Inquérito ainda pode demorar mais duas semanas para ser concluído JOÃO MIRANDA/O TEMPO/FUTURA PRESS

Após 14 dias de mistério, o caso envolvendo a morte de Sérgio Rosa Sales, primo do goleiro Bruno Fernandes, teve um desfecho inesperado. De acordo com a Corregedoria da Polícia Civil, o crime teria motivação passional e não está relacionado ao desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do jogador. No início das investigações, a corporação chegou a trabalhar com a hipótese de queima de arquivo, já que Sérgio era uma testemunha-chave no caso. No entanto, o inquérito teve uma reviravolta anteontem, quando os dois suspeitos se entregaram à polícia. Alexandre de Oliveira, de 28 anos, e Denilza Cesário, de 30, foram presos temporariamente na tarde de ontem. Oliveira confessou que matou Sérgio após ele ter assediado sua amante. “A mulher passava em frente à casa de

ÚLTIMAS CHUVAS

Mais de

mil casas destruídas O último período chuvoso, entre outubro de 2011 e março de 2012, deixou 1.436 casas destruídas e 23.821 danificadas em Minas. O balanço, apresentado ontem pela Defesa Civil, mostra ainda que 6.321 pessoas ficaram feridas e 20 morreram em acidentes relacionados às chuvas. Para reduzir os números neste ano, o governo começou ontem a definir as estratégias de atuaçào, apostando na integração entre os órgãos públicos com atuação no setor. Anteontem, o governo federal liberou R$ 846 milhões para a prevenção de enchentes no Estado, mas as obras só devem ser iniciadas em 2013. METRO BH

“Familiares de Sérgio afirmaram que ele já havia assediado outras mulheres antes.”

Relembre o caso Envolvimento de Sérgio Rosa no caso Eliza Samudio Homicídio Sérgio foi executado com seis tiros quando saía de casa para trabalhar no bairro Minaslândia, região Norte de BH, no último dia 22.

ALEXANDRE CAMPBEL, DELEGADO

Sérgio quando foi pertubada. Denilza relatou o ocorrido para o amante e, no dia seguinte, ele voltou ao local”, declarou o delegado Alexandre Campbel. Em depoimento, a dupla afirmou que não conhecia a vítima e que se assustou com a repercussão do caso. Oliveira já tem passagens pela polícia, por tráfico de drogas, mas, mesmo assim, os investigadores descartam o envolvimento de Sérgio na venda de entorpecentes, como havia sido levantado inicialmente. Os suspeitos irão responder por homicídio qualificado. A corporação não informou onde eles estão detidos. METRO BH

Peça-chave Ele e um outro primo de Bruno, Jorge Luiz Rosa, contribuíram com informações à polícia sobre o desaparecimento de Eliza. Eles estiveram no sítio de Bruno, em Esmeraldas, onde a modelo teria sido mantida em cárcere privado.

Suspeito de executar Sérgio se entregou à polícia, nesta semana, e confessou o crime

Bombeiros combatem 21 incêndios só em BH MARCELO PRATES/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

A baixa umidade do ar, a escassez de chuvas e o forte calor registrado nos últimos dias já vêm refletindo no aumento dos casos de incêndio na região metropolitana de Belo Horizonte. Apenas entre a meia-noite e as 16h30 de ontem, o Corpo de Bombeiros já havia atendido 53 ocorrências de queimadas em vegetações na Grande BH, 21 delas somente na capital. No caso de maior destaque, uma área de aproximadamente 20 mil m2 foi incendiada em Jaboticatubas, na altura da Serra do Cipó. Uma guarnição e um helicóptero dos bombeiros foram mobilizados no combate às chamas. Também ontem, cerca de 1.500 m2 de vegetação foram consumidos pelo fogo no Parque Estadual da Serra do Rola Moça, no mu-

Breves

Suspeito de matar diretor é condenado CRIME. O homem acusado

Fogo devastou o Rola Moça no mesmo período de 2011

nicípio de Ibirité. O incêndio só foi controlado após oito horas de trabalho dos bombeiros e brigadistas, de acordo com informações da própria corporação. Anteontem, o Corpo de Bombeiros havia recebido, ao todo, 110 chamadas pelo

telefone 193 referentes a focos de incêndio em lotes vagos e áreas verdes. Os bombeiros alertam para que a população evite as queimadas, comuns nesta época, pois o fogo pode se alastrar além do controle devido ao clima. METRO BH

de matar um diretor da rede de supermercados Walmart foi condenado a 29 anos e seis meses de reclusão. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o caso foi considerado latrocínio (roubo seguido de morte). De acordo com a polícia, o crime ocorreu em 8 de março deste ano. José Luiz Filho, de 25 anos, confessou que conheceu a vítima por meio de um site no qual oferecia serviços sexuais. Na noite do crime, os dois jantaram na casa do executivo, em um condomínio residencial no bairro Cabral, em Contagem. O garoto de programa aproveitou que o empresário dormia e o atingiu com golpes de faca. METRO BH

Liberdade Sérgio ganhou liberdade provisória em agosto de 2011, por ter ajudado nas investigações. Atualmente, apenas Bruno, Macarrão e Bola estão presos.

Operário cai de prédio e morre ACIDENTE. Um operário morreu após cair de uma altura de quase 28 metros enquanto trabalhava na construção de um edifício no bairro Castelo, na região da Pampulha, ontem à tarde. Segundo o Corpo de Bombeiros, o funcionário de 31 anos trabalhava no 70 andar do prédio, quando a corda que o segurava teria arrebentado. A Polícia Civil irá investigar o ocorrido. Este é o segundo acidente envolvendo operários na região metropolitana da capital nesta semana. Na última segunda-feira, um homem de 63 anos morreu dentro de uma empresa de pré-moldados em Vespasiano. Ainda conforme os bombeiros, ele descarregava peças de concreto de um caminhão, quando foi atingido por um dos blocos. Ele teve as pernas esmagadas e morreu a caminho do hospital. METRO BH


brasil

www.readmetro.com

Justiça abre o cofre de Lalau e devolve US$ 7 mi Dinheiro estava em conta do ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, acusado de superfaturar a obra na década de 1990 Advogado diz que briga pelo dinheiro será retomada no Brasil A Justiça da Suíça autorizou a devolução de US$ 7 milhões (R$ 13,8 milhões) que estavam bloqueados desde 1999 em uma conta do ex-juiz Nicolau do Santos Neto naquele país e de sua ex-esposa, no banco Santander em Genebra. Segundo a AGU (Advocacia-Geral da União), o dinheiro será repatriado para o Brasil e depositado em uma conta do Tesouro Nacional. A decisão ainda prevê que Nicolau terá que pagar US$ 2,1 milhões aos cofres públicos. Na década de 90, período em que assumiu o cargo de presidente do TRTSP (Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo), o ex-juiz foi acusado de superfaturar a obra de construção do novo prédio do tribunal, na Barra Funda. De acordo com a AGU, foram desviados R$ 170 milhões. As investigações apontaram a liberação de recursos para o pagamen-

to de 98% do projeto, mas apenas 64% haviam foram entregues. O esquema contou com a participação de uma empreiteira controlada pelo grupo Ok, que pertence ao ex-senador Luiz Estevão. Diretor do Departamento Internacional da AGU, Boni Soares afirma que a decisão é histórica. O advogado do ex-juiz, Francisco de Assis Pereira, diz que a devolução não significa que o dinheiro irá para o Estado. “A briga por esse valor deixa a Suíça para continuar por aqui.” No dia 23 de agosto, a AGU anunciou que o exsenador Luiz Estevão vai devolver R$ 468 milhões desviados do prédio. O valor, segundo a advocacia geral, é a maior recuperação de dinheiro da história do país. MARCIO ALVES METRO SÃO PAULO

CPI voltará apenas depois das eleições Sem resultados, a CPI do Cachoeira entrará em recesso este mês e voltará a se reunir depois das eleições de outubro. A decisão foi tomada ontem, em reunião com líderes dos partidos. “Até o final de setembro, não tem como se colocar parlamentar aqui, com a base pressionando pela sua presença na disputa municipal”, argumentou o presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). Frustrados pela paralisia, PSDB e PPS preparam um relatório paralelo. A oposição avalia que o relator da CPI, deputado Odair Cunha (PT-MG), tem demonstrado ‘má-vontade’ na condução das investigações. Os dois partidos sugeriram a criação de sub-relatorias para agilizar as conclusões, mas foram derrotados. “Vejo que não há vontade maior de aprofundar as investigações. Não esta-

05

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Prédio do TRT na Barra Funda, zona oeste STEPHAN SOLON/ FUTURAPRESS

Nicolau cumpre 26 anos de prisão Com 84 anos hoje, o exjuiz Nicolau dos Santos Neto foi condenado em 3 de maio de 2006 a cumprir uma pena de 26 anos e seis meses de prisão. Ele também pagou uma multa por facilitar o desvio de R$ 170 milhões das obras do novo

prédio do TRT-SP. O ex-juiz chegou a ficar alguns dias preso em uma carceragem da Polícia Federal, no ano de 2007, mas cumpre a pena em prisão domiciliar por causa de problemas de saúde. Impedido de sair de ca-

sa, o ex-juiz tentar a progressão da pena e, assim, cumprir o restante no regime semiaberto. “Ele tem 84 anos e uma doença grave. A Justiça precisa rever a sentença e permitir as saídas monitoradas”, diz o advogado de defesa. METRO

Bandido sequestra ônibus no Rio Um ônibus de excursão com 40 crianças que saíam para um passeio escolar foi sequestrado por um bandido em fuga na tarde de ontem, em Coelho Neto, zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Militar, o motorista foi obrigado a conduzir o veículo até o Morro da Pedreira, em Costa Barros. Em um dos acessos à comunidade, o criminoso desceu e conseguiu fugir. Ele sequestrou o ônibus durante perseguição da PM, quando pulou o muro de um colégio. Antes, ele e um comparsa, que morreu baleado, invadiram o Posto de Assistência Médica de Coelho Neto e fizeram refém Cláudia Lago de Souza. Ela foi baleada durante a troca de tiros e está em estado grave no Hospital estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes. METRO RIO IMAGENS: REPRODUÇÃO BAND

Policiais cercaram posto de saúde e trocaram tiros com os criminosos

No STF, defesas dizem que empréstimos foram legais NELSON JR. / STF

Odair Cunha é apontado como responsável ela paralisia RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

mos aqui de brincadeira”, protestou o líder do PPS, deputado Rubens Bueno. Depoimentos A CPI tentou ouvir ontem o deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), que teria recebido dinheiro do esquema, mas o parlamentar pediu para adiar o depoimento alegando ‘compromissos anteriores’. Apontado como ‘laranja’, o ex-funcionário da Delta André Teixeira Jorge apresentou habeas corpus. METRO BRASÍLIA

As defesas dos quatro ex-dirigentes do Banco Rural acusados pelo crime de gestão fraudulenta na ação penal do mensalão apresentaram ontem novos argumentos aos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). A questão central tratada nos memoriais é a tese do Ministério Público de que os empréstimos de R$ 3 milhões para o PT e de R$ 29 milhões para as agências de publicidade Grafitti e SMP&B eram ilegais. A acusação levou o ministro relator, Joaquim Barbosa, a pedir a condenação de Kátia Rabello, José Roberto Salgado, Vinícius Samarane e Ayanna Tenório. O crime tem pena que varia de três a 12 anos de prisão. “Registre-se que o Banco Rural nunca omitiu, manipulou ou destruiu docu-

mentos contábeis, e mais, sempre esteve à disposição das autoridades para prestar os esclarecimentos devidos”, ponderou o advogado Márcio Thomaz Bastos, citando o registro das operações feitas junto ao Banco Central. Os documentos de defesa apontam erros de datas da denúncia sobre assinatura de empréstimos. “Ayanna ingressou no Banco Rural em abril de 2004 para reestruturar o banco, depois da morte do então presidente, José Augusto Dumont, não tendo participado da celebração originária de nenhum dos contratos de mútuos com as empresas de Marcos Valério e com o PT”, enfatizou o advogado Antônio Cláudio Mariz. O advogado José Carlos Dias, que defende Kátia Ra-

Criminalistas se desdobram para rebater votos em memoriais encaminhados aos ministros

bello, reapresentou laudos da Polícia Federal mostrando que os empréstimos foram classificados como regulares e legais. A apresentação de memoriais é praxe dos advogados para tentar reverter a decisão dos ministros, mas, até agora, no julgamento do

mensalão, nenhuma posição foi revertida. Voto O ministro Ricardo Lewandowski concluirá hoje o voto sobre o item que trata de gestão fraudulenta de quatro ex-dirigentes do Banco Rural. METRO BRASÍLIA


06

economia VERA GONÇALVES/FOLHAPRESS

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Vendas de veículos devem crescer 8% Setor eleva projeções para 2012 após bater recorde em agosto No mês, 405 mil carros foram emplacados IVONALDO ALEXANDRE/GAZETA DO POVO/FUTURA PRESS

Preço do pão subiu nas 17 capitais pesquisadas pelo Dieese

Pão e tomate puxam alta da cesta básica Em agosto, o preço da cesta básica subiu em 15 das 17 capitais brasileiras analisadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). As maiores altas ocorreram em Florianópolis (10,92%), Curitiba (4,69%) e no Rio de Janeiro (4,09%). As únicas capitais onde houve queda foram Natal (-1,64%) e Belo Horizonte (-0,66%). O aumento nos preços se deve, principalmente, à alta nos preços do pão francês, da farinha, do tomate e do açúcar. A cesta básica

mais cara do país é a de Porto Alegre, que custa, em média, R$ 308,27, uma alta mensal de 2,77%. Em seguida, aparecem as de São Paulo (R$ 306,02), registrou aumento de 2,21%, e do Rio de Janeiro (R$ 302,52). Segundo o Dieese, o salário mínimo ideal, suficiente para a manutenção do trabalhador e de sua família e para suprir gastos com alimentação, moradia, vestuário, saúde, transportes, higiene, lazer e previdência, deveria ser R$ 2.598,78. Hoje, o mínimo é R$ 622. METRO

Receita libera lote de restituição de IR A Receita Federal deve liberar na próxima terça-feira (11) a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2012. O dinheiro estará no banco no dia 17. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte precisará acessar a página da Receita (www.receita.fazenda.gov.br), ou li-

gar para o Receitafone 146. Os contribuintes que não entraram nas relações de restituições liberadas até o momento devem verificar no extrato da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2012 eventuais pendências e se existem motivos para a retenção em malha fina. METRO

Com a recuperação nas vendas de veículos e o recorde de emplacamentos batido no mês de agosto, a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) elevou a sua projeção de crescimento no comércio de automóveis e comerciais leves em 2012 para 8,05%. A previsão anterior, do início de julho, indicava uma queda de 0,4%. Com a ameaça do fim do o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido para carros novos, as vendas de automóveis e comerciais leves bateram recorde, com 405.518 emplacamentos em agosto, uma alta de 15,4% sobre julho. O benefício fiscal para o setor automotivo terminaria em 31 de agosto, mas o governo anunciou a sua prorrogação, no dia 29, por mais dois meses.

Ameaça do fim do IPI menor leva consumidor às compras

Apesar da queda do preço dos carros novos, o consumidor deve ficar atento às condições de pagamento oferecidas pelas concessionárias. Pesquisa da Jato com 10 estabelecimentos mostra que financiar o veículo está mais difícil hoje. Além de oferecer uma entrada de no mínimo 30%, o prazo para pagar o financiamento caiu de 60 meses, em 2009, para 36 e 48 meses.

Outro fator que pode encarecer a compra do carro novo é a depreciação dos usados com o corte de IPI. Houve uma desvalorização de 10% a 15% nos seminovos. “O corte de IPI favorece quem tem dinheiro em caixa. Para o consumidor que pretende trocar o carro e precisa de finananciamento, pode não compensar”, diz Rodolfo Salomon, gerente da Jato. METRO

Governo aumenta imposto de importação de cem produtos O governo elevou o imposto de importação de cem produtos para incentivar a produção local. A medida atinge produtos siderúrgicos e petroquímicos, além de batatas, pneus, sola ou salto de sapato, e tijolos. “Os produtos serão monitorados para verificar se haverá aumento de preços.

Não podem aumentar. Caso contrário, derrubaremos a alíquota imediatamente”, disse o ministro da Fazenda, Guido Mantega. As alíquotas subiram para em média 25%, ficando abaixo do teto de 35% estabelecido pela OMC (Organização Mundial de Comércio). “A medida está absolu-

tamente dentro das regras da OMC”, disse o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel. Para entrar em vigor, a medida precisa ser revista pelos demais membros do Mercosul. A medida vale por 12 meses, prorrogáveis por igual período, até 2014. METRO

LUCAS LACAZ RUIZ/FUTURA PRESS

Energia pré-paga sai em 2013 A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) quer disponibilizar em todo o país em 2013, a venda prépaga de energia. Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, não haverá valor mínimo de recarga. A compra poderá começar com 1 kWh, que custa hoje R$ 0,50. Um alarme visual e sonoro avisará quando o crédito estiver prestes a terminar. METRO

ALTA DE 4,9%

Indústria retoma produção O setor de veículos reduziu estoques e retomou a produção graças à redução de IPI. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a produção avançou 4,9% entre junho e julho. O setor automotivo foi que mais contribuiu para o avanço de 0,3% da indústria brasileira. Apesar da alta, a segunda seguida, a indústria ainda não conseguiu repor as perdas acumuladas entre março e maio. No ano, a produção ainda registra queda de 3,7%. METRO

Breves

Positivo vai lançar celular e smartphone AÇÕES SOBEM 16,8%. A Positivo anunciou ontem que entrará no mercado de smartphones e celulares. A fabricante brasileira de computadores não forneceu detalhes sobre os novos produtos. Após o anúncio da decisão, as ações da empresa chegaram a subir 16,8%, a R$ 6,47. METRO

McDonald’s abrirá rede vegetariana NA ÍNDIA. O McDonald’s

Novo método de cobrança do serviço não deve ter limite para o valor da recarga

vai abrir na Índia suas primeiras lanchonetes vegetarianas para ampliar a sua presença no país, diz o “Financial Times”. Na Índia, as vacas são sagradas e comer carne é tabu. METRO


08

www.readmetro.com

mundo

Breves FACEBOOK / REPRODUÇÃO

100 mil sírios já deixaram o país árabe REFUGIADOS. A ONU (Orga-

Julian Assange veste a camisa verde-amarela

nização das Nações Unidas) pediu à comunidade internacional que envie ajuda aos países que abriram suas fronteiras aos refugiados sírios. Somente em agosto, 100 mil pessoas deixaram a nação árabe, com medo da guerra. “A situação humanitária é grave e se deteriora”, disse um porta-voz da ONU. Ontem, o regime garantiu o acesso da Cruz Vermelha às vítimas do conflito, mas desde que isso ocorra de forma “imparcial”. METRO

LONDRES. A Agência Públi-

ca de Jornalismo Investigativo publicou, em sua página no Facebook, uma foto de Julian Assange vestindo a camisa da Seleção Brasileira de futebol. A imagem, segundo a página, foi captada no dia 2 de setembro, de dentro da embaixada equatoriana em Londres. O fundador do WikiLeaks segue abrigado na representação, diante do impasse diplomático para sua saída do Reino Unido. METRO

Hugo Chávez diz que está bem de saúde VENEZUELA. O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, usou um programa de rádio para avisar que está bem de saúde. Um jornalista havia dito, anteriormente, que Chávez teria ido a Cuba tratar de novas complicações relacionadas a um tumor na região pélvica. METRO

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Colômbia e Farc acertam diálogo Diálogo entre governo e grupo de revolucionários ocorrerá na primeira quinzena de outubro, na Noruega Plano terá três etapas, diz presidente HANDOUT / REUTERS

Em um aguardado pronunciamento, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, revelou os detalhes da negociação com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). As conversas serão realizadas na primeira quinzena de outubro, na Noruega. Segundo Santos, o plano terá três etapas, com cinco pontos “concretos”: acesso à terra e à infraestrutura em regiões remotas do país, direito à oposi-

ção política para que “se rompam definitivamente os laços entre política e armas”, reintegração dos guerrilheiros à vida civil, combate ao narcotráfico e reparação às vítimas. Uma hora depois, o líder das Farc, Timoleón Jiménez, também falou sobre as negociações, em um vídeo divulgado em Havana, capital de Cuba. “Estamos convencidos de que a realidade nacional precisa de paz e justiça social”, disse. METRO

Santos, durante a coletiva; uma hora depois, o líder da guerrilha também falou sobre o plano de paz

‘Rainha da cocaína’ morre em Medellín Uma das traficantes de drogas mais famosas dos anos 1960 e 1970 morreu esta semana em Medellín, no norte da Colômbia. Grisel-

Os fiéis escudeiros do presidente Barack Obama

da Blanco, 69 anos, foi assassinada com dois tiros enquanto fazia compras em um açougue da cidade. Segundo a imprensa co-

lombiana, os tiros foram disparados por dois homens, que fugiram em uma moto. Griselda é responsável por, pelo menos,

250 assassinatos na Colômbia. Ela ficou presa nos Estados Unidos por 30 anos e voltou ao seu país em 2004. METRO COM AGÊNCIAS

Incêndios florestais

ERIC THAYER / REUTERS

No primeiro dia da convenção democrata, na cidade de Charlotte, na Carolina do Norte, os responsáveis pela campanha de Barack Obama apresentaram duas das principais figuras que impulsionam a candidatura do presidente à reeleição: sua mulher, Michelle, e Julian Castro, um jovem popular prefeito no Texas. A escolha de ambos para a primeira noite da convenção não foi à toa. A ideia é fortalecer a imagem de Obama junto aos eleitores entre os quais ele tem boa aceitação, as mulheres, os jovens e os latinos. A campanha tenta, assim, colocar o presidente como o candidato de todos, e não apenas da minoria branca e rica (como os marqueteiros tentam rotular o rival de Obama, o republicano Mitt Romney). A estratégia pode ser bem sucedida, mas, dificilmente, o presidente conseguirá empolgar seu eleito-

Delegado segura cartaz que sintetiza o clima “Estados Unidos, um país de todos” da campanha democrata

rado tal qual em 2008. “A maioria dos presidentes que perderam a reeleição enfrentava cenários econômicos similares ao de agora, ou melhores”, lembra Barry Burden, professor de ciência política na Universidade de Wisconsin-Madinson. CAROLINA VICENTIN

‘Cabos eleitorais’ Michelle Obama Bem vista pelo público, a mulher do presidente personaliza a imagem de Obama Julian Castro Prefeito de uma grande cidade texana, ele aproxima o presidente dos latinos

As chamas já provocaram a morte de um fazendeiro

RAFAEL MARCHANTE / REUTERS

Portugal pede ajuda internacional As autoridades portuguesas decidiram pedir ajuda internacional para combater um grande incêndio florestal na região de Ourem, no centro do país. O governo solicitou às nações vizinhas que enviem aviões e helicópteros com capacidade para levar água ao local dos focos. Cerca de 1,7 mil bombeiros, 500 veículos e 13 aviões estão sendo utilizados na operação. Segundo a Defesa Civil, uma pessoa morreu tentando salvar sua casa das chamas e três ficaram feridas.


cultura

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Bosco é atração do Sinfônica Pop Cantor relembra sucessos da carreira em show acompanhado da Orquestra Sinfônica de Minas O grande homenageado do 23º Prêmio da Música Brasileira volta a Belo Horizonte para uma apresentação diferente, ao lado da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. O mineiro de Ponte Nova é o convidado da próxima edição do Sinfônica Pop – projeto que aproxima as músi-

cas popular e erudita e já recebeu nomes como Wagner Tiso, Zizi Possi, Nana Caymmi e Aggeu Marques, acompanhado de sua banda Yesterdays, cover dos Beatles. Bosco interpretará seus principais sucessos da carreira, como “Papel Machê”, “O Bêbado e o Equilibrista”

Orquestra fará arranjos especiais para as canções de Bosco DIVULGAÇÃO

Filarmônica no Memorial A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais abre amanhã uma série de concertos em novo espaço. As apresentações deixam, por enquanto, o Grande Teatro do Palácio das Artes e se transferem para o Memorial Minas Gerais Vale, na Praça da Liberdade. A abertura da série “Concertos de Câmara” será com participação do Quinteto de Metais da orquestra. No repertório, estão as seguintes peças: “As Bodas de Fígaro: Abertura”, de Mozart, “Suíte de batalha”, de Scheidt, “Pequena fuga em sol menor”, de Bach, “Liebeslied”, de Kreisler, “Humoresque n°7, op.101”, de Dvorák, “Cantiga brasilei-

ra”, de Gagliardi, e “Primeira Suíte para Quinteto de Metais”, de Crausaz. A entrada é gratuita mediante retirada antecipada de ingressos. Os espetáculos no Memorial serão apresentados sempre em dois horários: às 19h30 e às 21h. As próximas edições contarão com presença do Quarteto de Cordas, Quinteto de Sopros e Grupo de Percussão. METRO BH

No Memorial Minas Gerais Vale (Praça da Liberdade). Amanhã, às 19h30 (aberto) e às 21h (para convidados). Entrada gratuita. Apresentações estão marcadas também para os dias 13/9, 27/9 e 11/10.

Quinteto de Metais abre série “Concertos de Câmara” ADRIANO BASTOS/DIVULGAÇÃO

e “O Mestre Sala dos Mares”. Ao longo de sua trajetória, ele realizou parcerias com nomes consagrados da música popular, como Vinicius de Morais, Aldir Blanc e Elis Regina. Caberá aos integrantes da Sinfônica acompanhar o músico com arranjos espe-

ciais para orquestra. A regência será do maestro Roberto Tibiriçá. “Ao trazer artistas como João Bosco, proporcionamos uma oportunidade maravilhosa ao público mineiro de conhecer suas composições”, afirma o maestro. A apresentação de Bosco

será a segunda da noite. Antes, a Sinfônica executará a peça “Romeu e Julieta”, de Tchaikovsky. METRO BH No Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1.537 – Centro. Tel.: 3236-7400). Amanhã e sexta, às 20h30. De R$ 20 (meia) a R$ 40 (inteira).

09

2 cultura


10

www.readmetro.com

variedades

Mistério do iPhone 5 acaba dia 12

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

Pampulha poluída

Cruzadas

Apple enviou convite para evento de apresentação do novo aparelho Vendas devem começar no dia 21 Após muito burburinho, a Apple anunciou a data de lançamento do novo iPhone. Na verdade, sequer chegou a isso, mas tudo indica que a tão aguardada nova versão do celular será, finalmente, conhecida. Em um convite enviado à imprensa, a companhia chama para um evento de apresentação no dia 12 de setembro. Junto à data, há a frase “está quase aqui” e uma sombra que remete ao número 5. A Apple costuma lançar seus produtos nessa época do ano, para que as novidades cheguem às lojas antes das compras de Natal. Sites de tecnologia noticiaram que, nos Estados Unidos,

Leitor fala

as vendas devem começar dez dias depois da apresentação, em 21 de setembro. Não há previsão para o Brasil, mas o último iPhone (4S) chegou por aqui cerca de dois meses depois de ser lançado no mercado norte-americano. A empresa, como de praxe, mantém tudo sob sigilo. Rumores indicam, no entanto, que o novo iPhone será mais fino, mais rápido e terá uma resolução de tela maior. No evento do dia 12, a empresa deve anunciar, ainda, o novo iOS (o sistema operacional utilizado em todos os aparelhos da Apple) e um novo iPod Nano. METRO COM AGÊNCIA

Sou morador da Pampulha e assiduo frequentador das corridas matinais na orla. Como a despoluição da Pampulha ainda não é uma realidade, a prefeitura poderia pelo menos fazer a retirada mecânica da "gosma verde" às sextas-feiras. Dessa forma, durante os finais de semana os usuários do local não teriam de conviver com tanta sujeira e descaso. As promessas são sempre as mesmas e nada é feito de maneira concreta para solucionar esse antigo problema. Uma pena, pois o local é uma atração não somente para os belohorizontinos, mas também conhecido internacionalmente. Para os frequentadores de finais de semana, que não são poucos, eles podem ter opção de não voltar mais lá. E os turistas? Só em ônibus fechado e com ar condicionado. E as pessoas que obrigatoriamente têm de passar diariamente pela barragem e recebem todo aquele "aroma"? Até quando? Frederico Romagnoli – Belo Horizonte, MG

Pergunta Você acredita que a linha 3 do metrô de BH ficará pronta dentro do prazo estipulado pelo governo?

Será o segundo iPhone lançado após a morte do ofundador da empresa, Steve Jobs

Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobh

@Robertoarruda: Tenho 32 anos e desde que eu nasci escuto essa história do metrô. Não acredito em nada que os políticos dizem. @Camila_bhz: Torço para que o projeto saia do papel. Se isso acontecer, serei usuário do serviço.

Web Para falar com a redação: leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal PETER MACDIARMID / GETTY IMAGES

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Retorno de negociações que precisam ter os seus detalhes acertados para poderem ir adiante, está na hora de falar em dinheiro e garantir os seus direitos. Touro (21/4 a 20/5) Final de indisposições com pessoas que estavam lhe causando sofrimento, o dia traz boas oportunidades de resolver antigas pendências e novas perspectivas. Gêmeos (21/5 a 20/6) Dia de tomar a iniciativa e influenciar as pessoas, bom poder de barganha, basta você se preparar melhor antes das negociações. Treine o que irá dizer. Câncer (21/6 a 22/7) Mente muito mais clara e objetivos muito bem definidos, hoje você se recupera de situações que estavam confusas. Aproveite para tomar decisões importantes.

Leão (23/7 a 22/8) Possível fim de relacionamentos com certas pessoas que não têm mais como serem resolvidos. O mundo gira e quem não quer melhorar acaba ficando para trás. Virgem (23/8 a 22/9) Libertação de antigos problemas e dificuldades nos relacionamentos. O problema é segurar a onda depois, cuidado para não ir longe demais na hora de se soltar. Libra (23/9 a 22/10) Poder de sedução, dia de cuidar do seu visual e deixar o seu amor com a cabeça virada. Um pouco de jogo duro pode deixar as coisas bem mais interessantes. Escorpião (23/10 a 21/11) Período de colaboração entre as pessoas para poderem juntas resolver questões em comum. Hora de mostrar que as suas opiniões tem valor e podem ajudar.

Sagitário (22/11 a 21/12) Clima de animação e expectativas sobre possíveis curas ou recuperações, sejam elas de saúde ou nos seus negócios. Procure usar as energias do dia a seu favor. Capricórnio (22/12 a 20/1) Quando a desculpa não é a necessidade de liberdade, é a paixão que surge para deixar as pessoas cheias de sonhos e ideais. Dia de se soltar da realidade. Aquário (21/1 a 19/2) Possíveis vantagens e ganhos associados a atividades em grupos nas quais a sinergia da sua equipe podem fazer toda a diferença para atingir o sucesso. Peixes (20/2 a 20/3) Hora de contar com os amigos e participar de grupos que valorizem a liberdade de expressão e tenham ideias mais humanitárias, dia de trabalhar pelo social.


www.readmetro.com

11

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

DIVULGAÇÃO

Metro entrevista

O galã em cena de “Cosmópolis”

ROBERT PATTINSON ‘O FILME ME DEU

CONFIANÇA PARA FOCAR NO QUE INTERESSA’ Ator se despe do vampiro bom-moço em novo filme de David Cronenberg, que estreia sexta ‘Cosmópolis’ é baseado em livro de Don DeLillo O cara de “Crepúsculo” em um filme de David Cronenberg. Como assim?!? Em “Cosmópolis”, que estreia sexta, ele é um bilionário que roda por Nova York em uma limousine numa odisseia com armas, sexo e exame de próstata. “Cosmópolis” é o começo de uma nova carreira para você?

Para minha carreira, este filme é definitivamente o começo de algo novo. Rodar “Cosmópolis” me deu a confiança que precisava para focar apenas nos projetos que me interessam. É verdade que você topou participar de um filme de Cronenberg sem ver o roteiro antes?

Disse “sim” sem nem pensar. Mas, no caso de “Cosmópolis”, li o roteiro um ano antes de David me oferecer o papel e o achei incrível. Senti ali algum tipo de conexão, não sei por que.

As falas eram incríveis, mas o mais difícil foi o fato de David ter uma tendência a mudar de última hora a programação das filmagens, o que me fazia ter de estar com o roteiro inteiro na cabeça. Tinha que ler meus textos toda noite! E as cenas de sexo?

A mais complicada foi com Patricia McKenzie. O plano era que começássemos em um orgasmo e depois entrássemos em uma conversa normal, mas David quis que conversássemos e transássemos ao mesmo tempo! E a cena na qual o médico checa sua próstata?

Cinco minutos antes de filmar, David disse “Quero um pedaço das suas bolas aparecendo no vídeo.”Pen-

sei que faria qualquer coisa que esse cara me pedisse, mas tive que dizer que não conseguiria. Ele levou na boa. Ainda assim ele conseguiu uma cena bem bizarra, do tipo que você não vai ver de novo tão cedo. Prometo. Seu próximo filme será mesmo com Cronenberg?

Não sei quando rodaremos, mas vamos falar sobre a indústria do cinema – e será bem esquisito. Até lá, filmo “Mission: Black List”, sobre Saddam Hussein. Queremos cenas no Iraque, mesmo se for complicado. Tenho apenas 26 anos e esse é o tipo de risco que preciso correr. JÉRÔME VERMELIN METRO INTERNACIONAL

Quatro momentos de Pattinson

Cronenberg não fez ensaios. Isso não te assustou?

Entendo porque ele fez isso. David não disse muito o que queria de mim. Fiquei apavorado nos primeiros dias, estava com medo de que David me demitisse e pensasse que eu era um impostor. Mas ele estava bem relaxado. A equipe me contou que, em geral, ele não faz muito ideia do que quer nas duas primeiras semanas, que eu não me preocupasse. Ele apenas precisa de tempo para sentir as coisas. O que foi mais desafiador?

Sua participação em “Harry Potter e o Cálice Sagrado” (2005) rendeu o convite para a fama com “Crepúsculo”

Tido como fracasso, “Água para Elefantes” (2011) não foi suficiente para virar páginas na carreira do ator

Em “Lembranças” (2010), ele encarna um jovem revoltado, mas ainda com jeitinho de galã teen

O papel de sedutor em “Bel Ami” (2012) não convenceu a crítica, mas mostrou uma faceta mais ousada de Rob


cultura

12

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Stones anunciam nova coletânea

Renovada

GETTY IMAGES

“GRRR!” chega em novembro em vários formatos

Celebrando seus 50 anos de formação, os Rolling Stones presenteiam os fãs com um novo álbum que será lançado no dia 12 de novembro. A coletânea “Grrr!” reunirá hits de sucesso e duas inéditas. A banda britânica não lançava discos há sete anos. O álbum será comercializado em cinco diferentes formatos, que incluem uma versão com três CDs com 50 faixas, uma versão com quatro CDs e 80 faixas e uma caixa com discos de vinil de 12 polegadas, informou comunicado oficial postado ontem no site do grupo. Ao lado de “Come On”, primeiro single lançado em junho de 1963, e de sucessos como “Start Me Up”, “Satisfaction”, “Jumping Jack Flash” e “Brown Sugar”, haverá duas gravações novas em estúdio finalizadas pelo grupo recentemen-

Breves

Sábados de música ao vivo no Cruzeiro MERCADO. O Mercado Dis-

trital do Cruzeiro (r. Ouro Fino, 452) inaugura neste sábado um novo projeto que levará música ao vivo para os corredores do espaço. O primeiro cantor a participar da novidade é Airton Prates, que interpretará sucessos da música popular brasileira. Será das 10h às 16h, com entrada gratuita. METRO BH

Dos livros para as telonas MOSTRA. “A João Guimarães Rosa” e “Imensida-

te em Paris: “Gloom And Doom” e “One Last Shot”. “Essas novíssimas gravações constituem a primeira vez que Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood entraram todos juntos no estúdio depois de finalizado o elogiado álbum A Bigger Bang em 2005”, diz o comunicado. Há rumores de que a banda fará nova turnê em Nova York e Londres. A última temporada de shows foi realizada em 2007, com 147 apresentações em 118 cidades. METRO BH COM AGÊNCIAS

5

versões diferentes de “Grrr!” chegarão às lojas. Há box com 3 CDs e 50 faixas e com 4 CDs e 80 faixas. de” abrem hoje a mostra “Literatura e Cinema” no Centro de Cultura Belo Horizonte (r. da Bahia, 1.149 – Centro. Tel.: 32774384). Ao longo do mês, serão exibidos sete curtametragens que dialogam com textos e poemas de escritores como Guimarães Rosa, Castro Alves, Augusto dos Anjos, Pedro Nava e João Cabral de Mello Neto. As sessões são gratuitas e ocorrem em todas as quartas do mês, sempre às 12h30. METRO BH

Cauby volta após 12 anos SHOW. Após 12 anos longe

dos palcos belo-horizontinos, o cantor Cauby Peixoto elegeu o show “A Voz do Violão” para marcar seu reencontro com o público. O show será no próximo dia 15, às 21h, no Palácio. Ingressos de R$ 55 a R$ 150. METRO BH

Alanis Morissette lança ‘Havoc And Bright Lights’, oitavo disco na carreira, com letras que falam de maternidade e da vida de casada Cantora faz show na capital neste domingo, no Chevrolet Hall DIVULGAÇÃO

Já se passaram 17 anos desde o lançamento de “Jagged Little Pill”, terceiro disco na carreira de Alanis Morissette e o “culpado” por seu nome ser reconhecido e aclamado mundialmente. É por causa de sucessos desse álbum, como “Head Over Feat” e “Ironic”, que a cantora canadense volta ao Brasil para uma série de oito shows, um deles na capital mineira, neste domingo, com ingressos sendo vendidos já no último lote. Agora casada e também GETTY IMAGES

mãe, com bem menos energia do que em 1995, Alanis apresentará ao publico paulista sua mais nova turnê, baseada no recém-lançado “Havoc And Bright Lights”. Se os fãs esperam algo que lembre a fase de maior sucesso da cantora, é melhor não se empolgarem tanto. O momento de Alanis é outro: saem as letras sobre desilusões amorosas, entram a maternidade e o amor pelo marido. Logo nas três primeiras músicas ela aposta em esti-

los diferentes para cada. “Guardian”, dedicada ao filho Ever, tem um pouco mais de peso nas guitarras e letra apaixonada, mas passa longe de ser tocante. “Woman Down” começa com batidas eletrônicas, recurso usado algumas vezes, especialmente em músicas do disco anterior, “Flavors Of Entanglement”, de 2008. Já “‘til You” é uma balada sem tempero, dedicada a seu companheiro, o músico MC Souleye. O ponto alto do álbum fica com “Numb” e

suas guitarras raivosas. “Havoc” reúne erros e acertos de Alanis e, talvez, os shows injetem dimensão maior nas músicas. Mas alguém duvida quais canções serão cantadas a plenos pulmões pelo público? No Chevrolet Hall (av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi. Tel.: 4003-5588). Neste domingo, às 20h. De R$ 120 (meia) a R$ 240 (inteira).

PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

Exposição

Show será em outubro

Ingressos para Robert Plant no último lote Fãs do rock devem se apressar porque os ingressos para o show de Robert Plant no dia 20/10, no Expominas, estão quase no fim. Pelo ingressorapido.com.br, os tíquetes para a pista já estão no último lote, de R$ 150 (meia) a R$ 300 (inteira). METRO BH

O trabalho do artista foi em grande parte inspirado pela sua relação com seus pais DIVULGAÇÃO

O hiper-realismo de Sérgio Vaz Na exposição “Em Nome do Pai”, o artista mineiro Sérgio Vaz retrata o corpo humano como objeto, relembrando memórias de sua infância. Há obras que abordam a relação do artista com sua casa, as palavras e as fotografias. A partir das técnicas de hiper-realismo, os desenhos se assemelham a fotos. Até 23/9 no Espaço Cultural Cemig (av. Barbacena, 1.200 – Santo Agostinho). Entrada gratuita.


saúde

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 4 DE SETEMBRO DE 2012

A ‘menopausa’ dos homens No homem, a queda hormonal é mais lenta do que na mulher, mas existe Normalmente, sintomas são confundidos com sinais de envelhecimento Especialista indica como identificá-los e quando fazer acompanhamento A queda hormonal, conhecida e muito debatida entre as mulheres, é um tema pouco comum no universo masculino. Mas, entre eles, essa mudança corporal também acontece, embora não receba o nome de menopausa, e, sim, de andropausa. Seus efeitos não são tão perceptíveis quanto nas mulheres, mas quando surgem podem comprometer a vida sexual desses homens. Nos casos mais intensos pode ser necessária uma reposição hormonal

que consiste em suprir, por meio de medicamentos, a baixa produção de testosterona. Os homens que sofrem de deficiência nos níveis desse hormônio enfrentam uma melhora considerável no seu cotidiano se realizam a reposição. O endócrinologista Jorge Haddad Filho, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), explica que “muitas vezes os sintomas do baixo nível de testosterona são confundidos com os sinais naturais do enve-

lhecimento, por isso muitos homens não procuram ajuda médica”. Apesar dos benefícios que ela pode trazer, a reposição deve ser acompanhada por um especialista e não pode ser feita em pacientes que tenham câncer de próstata. Se realizada em pessoas que não tenham deficiência de testosterona, a reposição pode causar um inchaço gradativo da próstata e prejudicar o funcionamento dos rins. METRO

13

Diferenças entre homens e mulheres Menopausa: Marcada pela última menstruação da vida, a menopausa se dá pela queda da produção dos hormônios sexuais como o estrogênio. Sintomas: As ondas de calor se manifestam em até 75% das mulheres.

Andropausa: Fenômeno que ocorre entre os homens com idade próxima dos 50 anos. Ela representa a queda gradativa e lenta dos níveis de testosterona. Sintomas: Fraqueza, perda de massa muscular,

Sudorese, palpitação e ansiedade também são comuns. Diagnóstico: Só pode ser feito depois que a mulher passou 12 meses sem menstruar. Os exames de rotina devem ser feitos com regularidade.

cansaço, desânimo, estresse, irritabilidade, falta de desejo sexual, ejaculação precoce, flacidez da pele. Diagnóstico: Além dos exames, o médico considera o quadro clínico para indicar a reposição.

+ 15%

dos homens que têm idade entre 50 e 60 anos apresentam sintomas de deficiência hormonal.


14

www.readmetro.com

esporte

3

esporte

22ª rodada HOJE 19h30 - Flamengo x Ponte Preta 19h30 - Náutico x Vasco 19h30 - Bahia x Atlético 19h30 - Portuguesa x Coritiba 20h30 - Grêmio x Atlético-GO 22h - Cruzeiro x Botafogo 22h - Figueirense x Corinthians 22h - São Paulo x Inter

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Galo defende a ponta Sem Ronaldinho Gaúcho, Jô, Júnior César e Réver, Atlético pega o Bahia em busca de 3 pontos

Pressionado pelos dois empates e uma derrota no últimos três jogos, o Atlético entra em campo hoje, às 19h30, contra o Bahia, com um único objetivo: vencer e se manter na liderança. Para isso, o time terá que driblar os desfalques e derrotar a equipe baiana, que neste campeonato vem dificultando a vida dos times na parte de cima. Hoje, Cuca não poderá contar com Ronaldinho Gaúcho, Júnior César e Réver, todos suspensos devido a cartões, e também com o atacante Jô, que está contundido. Para os postos, entram Escudero, Richarlyson, Rafael Marques e Guilherme – o atacante Leonardo é uma opção que corre por fora e, se entrar, Escudero ou Guilherme podem perder o posto no time. Motivado, o zagueiro Rafael Marques não esconde a

BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

Bahia: Marcelo Lomba; Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones, Hélder e Zé Roberto; Gabriel e Souza. Técnico: Jorginho Atlético: Victor, Marcos Rocha, Rafael Marques, Leonardo Silva, Richarlyson, Pierre, L. Donizete, Danilinho, Escudero, Bernard, Guilherme. Técnico: Cuca

Estádio: Pituaçu, às 19h30 Transmissão: Rádio Esportes, Itatiaia e Globo

alegria em voltar ao time titular. “Espero corresponder, a expectativa é muito grande de voltar ao time e fazer o melhor para que a gente possa voltar ao caminho das vitórias”, destaca. JUVERCY JUNIOR

METRO BELO HORIZONTE

SYLVIO COUTINHO/SECOPA MG

AMANHÃ 21h - Fluminense x Santos 21h - Palmeiras x Sport

CLASSIFICAÇÃO P V GP SG 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

ATLÉTICO-MG FLUMINENSE GRÊMIO VASCO SÃO PAULO CRUZEIRO INTER BOTAFOGO CORINTHIANS NÁUTICO PONTE PRETA FLAMENGO SANTOS PORTUGUESA BAHIA CORITIBA SPORT PALMEIRAS ATLÉTICO-GO FIGUEIRENSE

44 44 41 38 34 34 34 31 28 27 27 27 26 25 23 22 19 17 16 15

13 12 13 11 11 10 9 9 7 8 7 7 6 6 5 6 4 4 3 3

35 34 31 27 33 29 26 32 22 27 26 23 25 20 19 32 16 18 21 22

19 20 15 8 8 2 9 4 1 -7 -3 -3 -3 -3 -6 -7 -12 -8 -17 -16

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

“Gigante da Pampulha” impressiona pela beleza

Mineirão completa 47 anos de história Palco de muitas festas, mas também de decepções para os torcedores mineiros, o Mineirão completa hoje seu 47º aniversário. Para celebrar a data marcante, os mais de três mil operários paralisarão suas atividades para uma foto. Com as obras dentro do cronograma, a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo confirma que faltam pouco mais de 100 dias para a modernização da arena estar concluída. Para as comemorações do aniversário do estádio, também foi feito um vídeo

que mostra uma prévia de como será o estádio após a reforma, que está quase 80% concluída. O novo estádio terá capacidade para 64 mil torcedores, quase 100 camarotes, espaço para cerca de 3.000 jornalistas durante a Copa e 388 em outros campeonatos. Além disso, no entorno do estádio, está sendo construída uma área de convivência onde ficará o Museu Brasileiro do Futebol. O vídeo do novo estádio da capital pode ser acessado no site www.copa.mg.gov.br.

Atacante é uma das ausências no confronto de hoje

Para manter boa série em setembro O mês de setembro é considerado por muitos treinadores, jogadores e até dirigentes como decisivo para as pretenções dos times no Brasileiro. Com sete jogos em apenas 30 dias, o Cruzeiro é um dos times que encara o mês como a ‘salvação’ da temporada. “Mais de um terço do segundo turno será disputado neste mês e tenho certeza de que, com essa entrega, essa disposição que o plantel tem demonstrado no final do primeiro turno

e início de segundo, nós vamos ser um desses clubes que irão faturar a maioria dos pontos disputados em setembro. E fazendo isso, eu não tenho dúvida de que vamos chegar ao G4 e depois pensar em disputar o título", avalia o presidente Gilvan Tavares. A segunda ‘provação’ do time celeste no mês de setembro será hoje, diante do Botafogo. Montillo, o principal atleta do grupo, está vetado para o jogo de hoje. METRO BH

Cruzeiro: Fábio, Léo, R. Donato, Mateus, Everton, Lenadro Guerreiro, Charles, Tinga, Souza, Wallyson, Borges. Técnico: Celso Roth Botafogo: Lucas, Fábio Ferreira, Dória e Márcio Azevedo; Jadson, Gabriel, Fellype Gabriel, Andrezinho e Seedorf; Elkeson. Técnico: Oswaldo Oliveira

Estádio: Arena Independência, às 21h50 Transmissão: Rádio Esportes, Itatiaia e Globo

Retrospecto deixa time animado A Raposa leva vantagem no retrospecto dos confrontos disputados com o Botafogo. Em 77 jogos registrados na história, o Cruzeiro venceu 32, empatou 25 e perdeu 20. Somente no Brasileiro, os times já se enfrentaram 56 vezes. METRO

Roth quer o time com a mesma raça dos últimos jogos

METRO BH DENILTON DIAS/VIPCOMM


www.readmetro.com

15

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

Coelho joga mal e fica no 0 a 0 com Paraná Sem inspiração, América não consegue balançar redes do adversário, que foi superior e por pouco não venceu

Dudu lutou muito na partida de ontem no Independência SAMUEL AGUIAR/O TEMPO/FUTURA PRESS

Com um Independência quase vazio, o América não conseguiu vencer o Paraná e vê o G-4 se afastar ainda mais. O time jogou muito mal e ficou apenas no 0 a 0, por sorte, na realidade. O primeiro tempo do jogo foi marcado pela apatia do time americano. Ficou claro que as ausências de Rodriguinho e Gilberto, os principais armadores do Coelho, ainda fazem muita falta ao grupo. Pouco criativo, o América ofereceu perigo ao gol paranaense em apenas uma oportunidade, com Geovanni, que entrou no lugar do contundido Thiago Humberto. Para compensar a pouca técnica do América, o Paraná criou quatro chances pe-

Breves

Raposa estreia em competição no Chile VÔLEI. Os jogadores e comissão técnica do Sada Cruzeiro Vôlei já estão no Chile para a disputa do Campeonato Sul-Americano de Clubes. O time celeste desembarcou em Santiago no início da tarde do

0 x 0

América: Neneca, Heffner (Thiaguinho), Gabriel, Everton Luiz, Bryan, Dudu, Leandro Ferreira, M. Paraná, Thiago Humberto (Geovanni), Alessandro, Adeílson (Ewerthon). Treinador: Mauro Fernandes. Paraná: T. Rodrigues, Parker, Anderson, Alisson , Vandinho, Marquinhos (Geraldo), Cambará (Lisa), Lúcio Flávio, Wellington Silva, Welington (Arthur ). Treinador: Ricardinho.

• Arbitragem: Pablo dos Santos Alves

rigosas, que só não resultaram em gol devido a qualidade de Neneca. Fim do primeiro tempo. Na etapa complementar, a dinâmica do jogo não mudou muito. A equipe paranaense continuou criando lances claros e o Coelho tenúltimo domingo e logo depois seguiu rumo a Linares, cidade que sediará a competição continental a partir de hoje. A estreia do Sada Cruzeiro, que está no grupo B, será contra o Carmelo Rowing, do Uruguai, hoje, às 18h30. Na segunda rodada os cruzeirenses enfrentam o Deportivo Colon (Paraguai), às 16h, e na sextafeira o time azul encara o UPCN da Argentina. Todos se enfrentam dentro dos grupos e os dois melhores se classificam. METRO

tando ataques com a velocidade de Alessandro. Assim como nos primeiros 45 minutos, Geovanni foi o atleta americano que criou o único lance nítido de gol, em cobrança de falta. Entretanto, o jogo não saiu do 0 a 0. METRO BH SADA CRUZEIRO/DIVULGAÇÃO

Levantador William


esporte

16

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO DE 2012

DIVULGAÇÃO

Metro entrevista

ANDRÉ AKKARI ‘O PÔQUER SERÁ O 2º ESPORTE DO BRASIL’

Akkari exibe o bracelete da WSOP conquistado no ano passado

Um dos maiores jogadores profissionais de pôquer do mundo e comentarista do jogo na “ESPN Brasil”, André Akkari é também um homem que se preocupa com a evolução e o reconhecimento social do esporte. Para Akkari, o pôquer não tem nada de jogo de azar: é um esporte de alto rendimento e cheio de adrenalina. Quando não está fora do país competindo, trabalha em seu “QG”, jogando em aproximadamente 20 mesas simultâneas na internet e coordenando uma equipe de jogadores nos torneios. Patrocinado pela PokerStars – maior rede de pôquer online do mundo –, o paulistano também é sócio do site TvPokerPro (www.tvpokerpro.com), que promove palestras e produz programas sobre a modalidade. Em entrevista exclusiva ao Metro, Akkari, formado em publicidade pela PUCSP, corintiano roxo, ganhador de um bracelete da WSOP (World Series Of Po-

Breves

C. Ronaldo tem só o 10º salário no mundo

ker) em 2011, e que já acumulou mais de R$ 4,5 milhões em torneios desde que se tornou profissional, em 2006, fala do pôquer nos dias de hoje e avisa sobre o potencial do esporte, que será “o segundo mais praticado do Brasil”. Como o pôquer entrou na sua vida e o que você fazia antes?

Eu tinha uma empresa de tecnologia que produzia websites, com três funcionários só. Até que certo dia um cliente encomendou à agência um jogo de pôquer online. O trabalho despertou meu interesse, já que nunca havia jogado cartas na vida. E quando viu que realmente poderia se dar bem no pôquer?

Eu fiquei uns três meses jogando freerolls (torneios gratuitos), e então comecei a estudar. Para me tornar profissional, me custou a leitura de 32 livros, dez assinaturas de escola pela internet e 2 mil videos. Até que, em agosto de 2005, dico, o segundo melhor jogador do mundo ganha apenas o 10o salário do futebol e fica atrás de jogadores com muito menos badalação, como Conca, ex- Fluminense, Agüero, do Manchester City e Fernando Torres, do Chelsea. METRO

PORTUGUÊS. Se a falta de

reconhecimento financeiro e uma suposta briga com Marcelo são os motivos da insatisfação de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, um levantamento feito pelo jornal espanhol “Marca” mostra que o salário do craque deve mesmo ser o principal problema. De acordo com o perió-

SERGIO PEREZ/REUTERS

Português tem oferta do Manchester City

quando eu tinha juntado uma grana, comecei a jogar uns torneios maiores. Os ingressos eram de 3 a 5 dólares, e de vez em quando atirava nos de 10 dólares. Ganhei um desses. No dia seguinte, ganhei o de 20 dólares. Aí eu comecei de verdade. Agora que o pôquer é reconhecido como esporte pelo Ministério do Esporte, você acredita que o preconceito vai diminuir?

Com certeza. A maior arma que existe contra o preconceito é a informação. Às vezes a pessoa nunca teve a informação, tem uma história na família de gente que perdeu dinheiro… Nós, do pôquer, provêmos informação e resultado. Não adianta dar entrevista, algo que ajuda muito, e não ganhar. Tem de mostrar. O Brasil está em um nível muito alto, jogando contra qualquer cara do mundo. E o Brasil está formando uma geração de amadores ou há

Aos 37 anos, jogador profissional de pôquer já foi campeão mundial Ex-publicitário, Akkari começou a jogar há apenas sete anos, sem nunca ter sequer praticado qualquer tipo de jogo de baralho gente com potencial?

É possível lutar de igual para igual para ser top 5 do mundo. Daqui a uns três, quatro anos, brigarmos com os americanos. Tem muita gente boa chegando, pensando o jogo como o Kasparov [Garry, excampeão mundial] pensava o xadrez. O pôquer vai virar o segundo esporte do Brasil daqui a dois, três anos. O quanto a sorte influencia?

No carteado dos amigos é importante. Mas com profissionais, a diferença é que existe um jeito mais lucrativo de jogar. Um exemplo: quando você sobe uma aposta, pode não ser lucrativo a longo prazo. Isso, em um jogo caseiro, acontece sempre. Nas aulas, você aprende a fugir disso. O jogador de pôquer só faz o que é lucrativo. O que tem tornado o pôquer tão atrativo?

O pôquer é muito mais democrático do que outros esportes. Sou fã do Ronal-

do, do Anderson Silva, mas infelizmente não tenho como competir com eles. No pôquer, todo mundo pode jogar. E todos os caras de alto nível de outras modalidades dizem que a adrenalina no pôquer é maior ou igual a do esporte deles. E dá para ter amizade?

No pôquer há competições entre países. O Brasil não é conhecido no esporte pela mente, mas pelo físico. Acham que o brasileiro é burro. O país do pôquer é o Estados Unidos. Eu ganhei um bracelete no ano passado, o Alexandre Gomes ganhou em 2008, e o Phil Hellmuth, que é americano, ganhou neste ano o 12º. Mas ele joga desde 1981. A gente vem da internet e isso assusta eles. Mas os americanos ganham mais porque têm mais de 40 milhões jogando. Você já sofreu uma grande derrota na mesa, que comprometesse patrimônio?

O jogo profissional tem uma

regra básica: você sempre tem de jogar um torneio que te excite e não que te machuque. Para quem tem R$ 500, um torneio de R$ 10 machuca. O de R$ 1 machuca? Não. Então é esse que vou jogar. É isso que eu faço. Nunca depositei R$ 1. Teve um torneio de R$ 1 milhão e eu nem pensei em jogar. O prêmio excita, mas a entrada machuca. Então, não dá. Como consegue jogar em mais de 20 torneios simultâneos?

Quando comecei, em 2005, eu não conseguia de jeito nenhum. Depois você vai ficando mais habilidoso. No mundo online, há números. O jogador online não é o Akkari, é, por exemplo, o “183624”. Isso significa que 18% das mãos que ele recebe, ele joga [os dois primeiros números representam isso]. Quando você coloca tudo em número, você vê o mundo de outro jeito. Hoje eu vejo até a minha mulher em números. METRO

Brasil toma conta do pódio em Londres Os atletas brasileiros encheram o país de orgulho ontem nos Jogos Paralímpicos de Londres. Logo cedo, Daniel Dias foi o mais rápido nas eliminatórias dos 100m peito SB4, com direito a recorde mundial (1m35s82). Mas, à tarde, na final, o nadador teve mais motivos para sorrir. Daniel dominou a prova e garantiu o ouro com mais de 4s de vantagem para o segundo colocado. Também nas piscinas, Andre Brasil levou a prata nos 100m costas S10, após ficar em 3o nas eliminatórias. O Brasil conseguiu mais

ouros para a coleção. Primeiro na bocha. Na disputa de pares mistos da classe BC4, Dirceu Pinto e Eliseu dos Santos levaram a melhor sobre a parceria da República Tcheca na final por 5 a 3. Não foi apenas o ponto mais alto do pódio. Valeu o bicampeonato, já que os dois também foram os melhores em Pequim- 2008. No atletismo, a final dos 200m livre teve dobradinha brasileira. Felipe Gomes ganhou o ouro com o tempo de 22s97. A prata foi para Daniel Silva, que cravou 22s99. METRO

Daniel Dias conquistou três medalhas em Londres LUKE MACGREGOR/REUTERS


20120905_br_metrobh