Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

PLANO QUE GUIA USO DA TERRA NO DF CRIA DISPUTA NA CÂMARA {pág 07}

EM ALTA

JULIANO CAZARRÉ GANHA POPULARIDADE E APROVAÇÃO DA CRÍTICA

{pág 11}

BRASÍLIA Quinta-feira,

9 de agosto de 2012

Edição nº 66, ano 1 Mín 14°C Máx 28°C

Grevistas resistem e desgastam Dilma

Hermanos

Com 26 categorias paralisadas e quatro ameaçando engrossar o movimento a partir da semana que vem, servidores federais veem poder de pressão aumentar {pág 02}

Festa e frustração contra a Argentina Vôlei masculino bate vizinhos, mas basquete não resiste {pág 14}

Agentes da PF do Distrito Federal, em greve há dois dias, entregam armas. Movimento grevista não dá sinais de desânimo {pág 02} RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Desenvolvimento científico

Mensalão

Uma derrota para comemorar Boxeadora Adriana Araújo perde, mas garante o bronze {pág 14}

Inferno astral

Para pesquisa, quase nada

Yamaguchi A tropa do ‘caixa 2’ Telefonia pode tem novo membro ganhar uma CPI segue na briga

FAP-DF paga R$ 4,8 mi para Associação Comercial {pág 06}

João Paulo Cunha (PT-SP) diz que R$ 50 mil pagaram pesquisas {pág 03}

Pelo menos 240 deputados teriam assinado pedido {pág 10}

Ao derrotar campeão mundial, boxeador sonha com ouro {pág 14}


02

www.readmetro.com

brasil

1 foco

Em risco Médicos e laboratórios alertam que as análises de sangue para detectar doenças como a gripe A, liberar transfusões e controlar o diabetes podem ser comprometidas nos próximos dias caso a greve da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) continue. Mesmo com uma liminar para que a Anvisa libere mercadorias em até 48 horas e com medidas do governo, a situação é tida como crítica. METRO

QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

Grevistas não recuam e movimento cresce Mais quatro categorias estudam a possibilidade de cruzar os braços na próxima semana Isso elevaria a 30 o número de carreiras paradas Governo teme desgaste com o movimento

RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

A presidente Dilma Roussef enfrenta o desgaste de uma onda de greves que atinge quase metade do serviço público federal. Alegando estar sem margem no orçamento para reajustes salariais maiores, o governo tentará na próxima semana retomar o diálogo para permitir que os 350 mil funcionários públicos retornem imediatamente ao trabalho. Estão previstas reuniões individuais com os sindicatos das 26 categorias paradas, no Ministério do Planejamento. O corte de ponto foi a primeira estratégia adotada, seguido do decreto permitindo que, em serviços essenciais, servidores estaduais sejam usados enquanto durar a paralisação. Com isso, o governo acreditou que enfraqueceria os movimentos grevistas. As providências, porém, serviram somente para aumentar o descontentamento dos servidores públicos e estão sendo questionadas na Justiça. Acampamento Os servidores públicos temem que a negociação seja insatisfatória e ocorra às vésperas do dia 31 de agosto, data-limite para o governo encaminhar a proposta orçamentária de 2013, e preparam para a próxima semana um novo acampamento na Esplanada dos Ministérios. “O governo quer resolver tudo aos 45 minu-

Prejuízos Confira os principais transtornos provocados pela greve de 26 categorias do serviço público.

Agentes da PF fazem marcha pela Esplanada dos Ministérios

tos do segundo tempo e impor um reajuste sem valorizar o serviço público”, disse o secretário da Condsef (Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal), Sérgio Ronaldo. O governo rejeita qualquer novo aumento salarial este ano para enfraquecer as greves. Os reajustes autorizados foram publicados ontem no Diário Oficial da União, beneficiando 937 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas, mas fazem parte de acordo fechados em 2011.

cos administrativos das universidades federais parados desde o mês passado - receberam propostas salariais. Aos docentes, foram oferecidos aumentos entre 25% e 40% até 2015, que não foram aceitos e levaram ao encerramento das negociações. Os servidores das universidades têm em mãos um reajuste de 15,8% para 182 mil servidores da ativa e aposentados, com impacto de R$ 1,7 bilhão. A categoria tem até amanhã para informar se aceita a proposta.

Negociações Por enquanto, os professores universitários - em greve há 85 dias - e os técniUniversidades Alunos sem aula e calendário escolar comprometido. Novas datas só serão definidas depois que houver um acordo entre professores e o governo. Aulas só deverão acabar no primeiro trimestre de 2013. FALE COM A REDAÇÃO

leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4610 COMERCIAL: 061/3966-4615

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Portos e aeroportos Mercadorias e medicamentos importados ficam acumulados por não ter a autorização sanitária. Os locais de armazenagem de cargas estão chegando a um estágio crítico.

Agentes sem armas Os agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal pedem equiparação salarial com os delegados, já que a carreira exige ensino superior. Houve adesão nos 26 estados e no Distrito Federal. Dos nove mil policiais federais das três categorias, entre cinco e seis mil pararam as atividades, segundo a Fenapef (Federação Nacional de Policias Federais). No DF, os agentes entregaram as armas e os distintivos. Em Campinas, São Paulo e Curitiba, por

Polícia Federal As investigações ficam mais lentas, a custódia de presos fica comprometida e a emissão de passaportes é feita apenas em caráter emergencial.

EXPEDIENTE

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo. Metro Brasília. Diretor - editor: Cláudio Humberto. Editor Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075). Editor de Arte: Tiago Galvão. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende.

exemplo, há uma operação padrão e os passaportes só estão sendo emitidos em caráter de emergência. No Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul, as vistorias de bagagens e mercadorias em portos e aeroportos estão sendo mais minuciosas, gerando filas. Houve paralisação de um dia dos funcionários do Banco Central, de fiscais da Receita Federal, agentes agropecuários e policiais rodoviários federais. Podem entrar em greve a partir da próxima semana. METRO BRASÍLIA

Fiscais agropecuários Produtos agropecuários ficam retidos em portos e aeroportos. Sem a chancela da categoria, não podem ser liberados para comercialização, causando prejuízos à balança comercial. Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar. Brasília-DF Cep: 70070-120. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


brasil

www.readmetro.com

03

QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

João Paulo adota a tese do ‘caixa 2’ Advogado do deputado federal alega que R$ 50 mil sacados pela mulher do hoje candidato a prefeito de Osasco eram para pagar pesquisas eleitorais

MV Timios Stavros esperava para carregar açúcar NÁJIA FURLAN / APPA

ALAN MARQUES / FOLHAPRESS

Uma das mais aguardadas do julgamento do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal), a defesa do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) rebateu as acusações de lavagem de dinheiro, corrupção e peculato reforçando a tese de caixa dois de campanha. O argumento é de que os R$ 50 mil recebidos não serviram para beneficiar a agência de publicidade SMP&B (de Marcos Valério), como afirma a denúncia, mas seriam um repasse do então tesoureiro do PT, Delúbio Soares, para o pagamento de pesquisas eleitorais. “Tanto não houve crime que ele mandou a mulher sacar o dinheiro”, argumentou o advogado Alberto Zacharias Torón. Banco Rural A sessão de ontem foi aberta para a defesa de três exdiretores do Banco Rural. A instituição financeira é acusada pela Procuradoria Geral da República de injetar R$ 32 milhões no ‘valerioduto’ por meio de empréstimos ilegais, que sequer teriam sido comunicados aos órgãos de controle. A defesa do ex-dirigente do banco José Roberto Salgado alegou que, dos 65 saques que teriam sido feitos pelo PT e pela agência de publicidade SMP&B, em apenas cinco ele estava no cargo. A autorização teria sido dada pelo ex-diretor José Augusto Dumont, já falecido.

“Essa acusação de empréstimos irregulares é uma construção mental que não se sustenta. O fato de ele ser responsável por uma instituição financeira não significa que ele é responsável pelos delitos cometidos”, sustentou o advogado Márcio Thomaz Bastos. Ausência de irregularidades nas operações foi apontada também na defesa do atual vice-presidente do banco, Vinicius Samarane. Segundo a versão apresentada, não havia obrigatoriedade de identificar os saques feitos em dinheiro e os empréstimos teriam sido autorizados às empresas de Marcos Valério porque as condições de repasse de crédito seriam melhores do que a concorrência. “O Banco Rural paga o preço por ter rotinas melhores do que os outros bancos”, apontou o advogado Maurício de Oliveira Campos. A defesa de Ayanna Tenório, ex-diretora do banco, também negou o envolvimento nos empréstimos apontados como ilegais. "Ela não era ligada ao mundo das finanças. Não há nenhuma conduta, nenhum fato é imputado a ela, a responsabilidade é de papel", declarou o advogado Antônio Cláudio Mariz.

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Explosão mata dois no Porto de Paranaguá

João Paulo Cunha é candidato a prefeito de Osasco RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

NELSON JR./ SCO/ STF

“É um julgamento de bala de prata, feito uma vez. Como se trata de destino, é preciso duplo cuidado.”

“A ideia de lavagem de dinheiro é fantasmagórica. Não houve crime nenhum.”

THOMAZ BASTOS, ADVOGADO

ALBERTO TORÓN, ADVOGADO

Defesa quer retirar Gushiken JOSÉ CRUZ/ABR

A defesa do ex-secretário de Comunicação do governo Lula, Luiz Gushiken, fez um apelo aos ministros do Supremo Tribunal Federal pela declaracão de inocência do cliente. O Ministério Público havia pedido a absolvição de Gushiken - acusado de peculato - por falta de provas, mas a denúncia foi mantida pelo plenário do STF. A última sustentação oral de ontem foi feita, pela primeira vez, por dois advogados. Gushiken foi denunciado a partir do depoimen-

to do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que também é réu no processo. O exministro é acusado de autorizar a liberação de recursos da Visanet para as empresas de Marcos Valério. “Um depoimento colhido sob flashes, onde os inquisidores têm mais interese em falar do que ouvir”, declarou o advogado Luis Justiniano de Arantes Fernandes, sobre o depoimento feito na CPI dos Correios. A defesa lembrou que du-

rante cinco anos jamais apareceram provas do envolvimento de Gushiken com o mensalão. “Não será um favor que se presta. O que se busca não é uma dádiva. Mas a Justiça para restabelecer a sua honra”, disse o advogado José Roberto Leal. Hoje, o STF ouvirá a defesa de Henrique Pizzolato, dos políticos Pedro Corrêa e Pedro Henry, do ex-assessor do PP João Cláudio Genu e de Enivaldo Quadrado, exdono da corretora Bônus Banval. METRO BRASÍLIA

Luiz Gushiken

Dois tripulantes de um navio de bandeira panamenha que esperava para atracar no Porto de Paranagua morreram na terça-feira à noite por causa de uma explosão a bordo. Segundo a Capitania dos Portos, Zviad Datubashvili, 64, natural da Geórgia, e Sabit Antenorio, 34, das Filipinas, faziam um trabalho com solda quando houve a explosão. Um morreu na hora e o outro, pouco tempo depois. O navio Timios Stavros

chegou a Paranaguá em 31 de julho e esperava sua vez para atracar e ser carregado com açúcar. Com o acidente, o navio foi levado ontem para o cais. Peritos da Capitania dos Portos subiram a bordo ontem para começar a investigação do acidente, que também é acompanhada pela Polícia Federal. O inquérito tem 90 dias para ficar pronto. Os corpos dos mortos ainda permaneciam a bordo até o final do dia de ontem. METRO CURITIBA

Presos viciados terão prisão na Grande Porto Alegre A Região Metropolitana de Porto Alegre terá uma penitenciária exclusiva para presos dependentes químicos. A iniciativa é da SSP (Secretaria da Segurança Pública), que hoje vai detalhar o projeto, considerado inédito. Além de Porto Alegre, áreas de outros dois municípios estariam sendo analisadas para a instalação da unidade. O presídio terá como objetivo possibilitar a reabilitação dos detentos durante o período em que estiverem cumprindo pena. A ideia é aliar um projeto arquitetônico diferenciado, que não lembre uma prisão, com atividades educacionais e de saúde. O presídio não terá celas e será dividido em blocos. Cada um terá dormitórios coletivos, banheiro, refeitório, pátios

29,9 mil detentos compõem a massa carcerária do RS, conforme levantamento feito pela Susepe.

interno e externo. O projeto será apresentado pelo titular da SSP, Airton Michels, pelo titular da Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários), Gelson Treiesleben, e pelo diretor do Departamento de Engenharia Prisional, Carlos Hebeche. A unidade se chamará Centro de Referência para Privados de Liberdade Usuários de Álcool e Outras Drogas. METRO POA


04

Política

brasil

www.readmetro.com

QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

PARA LULA, DECISÃO DO SUPREMO FAVORECE DIRCEU

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

EU, NÃO, VIOLÃO Outros ajudantes-de-ordem já pediram para sair, mas os comandos militares têm dificuldade de encontrar quem aceite substituí-los.

CAPITULAÇÃO Os tempos são outros. A manifestação de policiais federais em frente ao Ministério da Justiça, ontem, teve como fundo musical Marcelo D2, que chegou a ser preso por suas composições de apologia à maconha.

ERALDO PERES/PHOTOAGÍCNIA/FUTURA PRESS

Em almoço na última sexta com o presidente do PCdoB, Renato Rabelo, o ex-presidente Lula disse que a decisão do Supremo Tribunal Federal de refutar o desmembramento do processo do “mensalão” favorece o ex-ministro José Dirceu. Os petistas temiam que Dirceu fosse preso, caso o processo voltasse à primeira instância. Segundo Rabelo, Lula evitou tratar do tema, e deu preferência ao assunto das eleições.

EM QUEDA Durante a conversa, Lula afirmou que, pelo andar da carruagem, a tendência é de o tucano José Serra cair mais nas pesquisas paulistanas.

PROVA DO APOIO Renato Rabello aproveitou para reafirmar que o PCdoB apoia o projeto nacional de Dilma e Lula. O partido está com o PT em São Paulo e BH.

CONTRAPARTIDA O PT abriu mão de candidaturas em prol do PCdoB em Jundiaí (SP), Juazeiro (BA), Foz do Iguaçu (PR) e Florianópolis (SC).

MEGERAS O advogado de Delúbio Soares justificou a “pobreza” do cliente dizendo que ele ainda “mora com a sogra”. Vai ver, é medo dela também.

AJUDANTES DE ORDEM JÁ NÃO SUPORTAM ESTILO DILMA Jovens oficiais das três armas declinam de convites para integrar a Ajudância de Ordens da presidenta Dilma. Exercer essa função é uma honraria ambicionada, até porque conta pontos preciosos na carreira e pode abrir portas a promoções. Mas não é fácil suportar o jeito estúpido de ser da presidenta. Em junho de 2011, E.H., capitã de fragata, oficial brilhante, cansou dos esculachos, jogou tudo para o alto, literalmente, e ameaçou se demitir da Marinha, caso não a retirassem da Ajudância.

SENADOR PEDRO SIMON (PMDB-RS) SOBRE O JULGAMENTO DO MENSALÃO NO SUPREMO TRIBUNAL

PAÍS RICO A Petrobras dá prejuízo, mas funcionários da subsidiária Transpetro trocaram as salas de reunião da estatal pelo hotel Infinnity Blue, em Balneário Camboriu (SC), com praia privativa, spa, bebida liberada etc.

FEIO É PERDER De olho no segundo turno, PT e PSDB decidiram por enquanto não convocar Celso Russomanno (PRB), candidato em São Paulo, para explicar seu suposto envolvimento no esquema Cachoeira.

CHUMBO TROCADO O líder do PT, Jilmar Tatto (SP), acusou o tucano Eduardo Azeredo de inaugurar o mensalão, em Minas, e ouviu o troco: “Quem são eles para falar? Lula declarou apenas R$ 3 milhões na campanha de 1998”.

NA MUDA Nem às paredes confesso? A ex-mulher do contraventor Carlinhos Cachoeira, Andrea Aprígio, extrapolou ontem no “direito constitucional de ficar calada”. Chorou e emudeceu até na sessão secreta da CPI.

ESTRATÉGICO

PODER SEM PUDOR Profissão: embromador

Para Vanderlei Macris (PSDB-SP), o pedido da ex-mulher de Cachoeira Andréia Aprígio para falar em sessão secreta na CPMI foi estratégico: “Ela não queria ficar se negando a responder em frente às câmeras”.

HÁ CONTROVÉRSIA Todas as correntes do PT apoiaram o atual diretor Julio Miragaya para presidir a Codeplan, celebrizada nos vídeos pornográficos do delator do mensalão do DEM no DF. Mas servidores do órgão detestaram.

‘TIMGANEI’

A oficial E.H. conseguiu se livrar das humilhações, mas a Marinha não encontrou substituto. A vaga foi confiada a oficial do Exército.

Para faturar até R$ 5 milhões a mais por dia, a TIM derruba ligações de clientes do plano Infinity, que pagam por número de chamadas e não pela duração delas. E leva até três horas para entregar mensagens de celular. A Anatel parece fingir não ver a gravidade do caso.

A NATA DA NATA

PERGUNTA NO ORELHÃO

Ajudantes de ordem de presidentes são jovens militares escolhidos a dedo, primeiros de turma, disciplinados e admirados em sua Força.

Será que agora cai a ficha de empresas como a TIM, com a ameaça de criação da CPI das Operadoras?

NINGUÉM QUER

“Uma das páginas mais bonitas de sua história.”

N

a campanha presidencial de 1989, Paulo Maluf esteve em Natal (RN) e foi entrevistado no programa do jornalista Petit das Virgens, na TV. Espaçoso, foi chegando e saudando o entrevistador como a um velho amigo. Pouco mais de um mês depois,

Maluf rasgaria a máscara. Ele retornou ao mesmo programa da TV Tropical e lá estava outro jornalista, Miranda Sá, substituto e fisicamente muito diferente do primeiro. Maluf o saudou, efusivo: - Olá, grande Petit das Virgens, aqui estou de volta. Como vai a família?


06

brasília

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

ZOOLÓGICO / DIVULGAÇÃO

Deve a professores, paga a comerciantes Associação Comercial é a instituição que mais recebeu repasses da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF em 2012 R$ 4,8 mi foram pagos RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

Fafá (em cima) com o agora viúvo Dudu

Leoa do Zoo morre após descoberta de tumor no fígado A leoa Fafá, que morava no Zoológico de Brasília, morreu ontem devido a um tumor no fígado, descoberto após exames feitos ontem. Nos últimos dias, a fêmea apresentou convulsões e sangramentos nasais, que, segundo o Zoológico, já seriam consequências do tumor. A leoa teve que ser submetida a exames clínicos e específicos, como tomografia computadorizada para descobrir a causa dos sintomas. Fafá tinha quase 18 anos, idade considerada avançada para essa espécie de felino. Em nota, o Zooló-

gico de Brasília informou que, por causa da idade a leoa apresentava um histórico de saúde delicado. Há dois anos, Fafá teve câncer no últero e nos ovários e passou por cirurgia. Um laudo definitivo da morte da leoa será apresentado posteriormente, após a análise de amostras de sangue do animal. Por meio da assessoria de imprensa, o Zoo informou que ainda não sabe se o animal será substituído. Fafá era namorada de Dudu, com quem formava o único casal de leões em exposição ao público. METRO BRASÍLIA

Paridade volta nas eleições da UnB As regras para a escolha dos ocupantes da reitoria da Universidade de Brasília a partir de janeiro de 2013 mudaram novamente, faltando duas semanas para a votação. A Justiça atendeu à própria UnB e derrubou uma liminar que havia dado aos professores o peso de 70% na eleição. Agora, o processo volta a ser paritário e o voto dos docentes terá o mesmo peso do dos alunos e dos funcionários. O voto paritário foi adotado nas últimas eleições para a reitoria, em 2008, e sua manutenção foi decidida pelo Consuni (Conselho Universitário), instância decisória máxima da instituição, em junho deste ano. “Foi uma vitória da autonomia universitária”, dis-

A menos de cinco meses do fim do exercício fiscal de 2012, a Fundação de Apoio a Pesquisa do DF só conseguiu gastar R$ 8,3 milhões dos R$ 36,7 milhões previstos para o principal programa de financiamento ao desenvolvimento científico do DF. Os dados são do Portal da Transparência do Governo do Distrito Federal. Até ontem, a rubrica “execução de atividades de fomento ao desenvolvimento científico e tecnólogico do DF”, onde estão concentrados os auxílios financeiros a estudantes e pesquisadores, tinha repassado apenas 22,6% do total previsto inicialmente. E, desse montante, mais da metade - R$ 4.822.576 foram pagos à Associação Comercial do DF. A entidade que representa os lojistas brasilienses lidera a lista de pessoas físicas e jurídicas que receberam recursos da FAP-DF em 2012, também de acordo com o Portal da Transparência. Criada em 1992, a FAP

44

milhões de reais é o tamanho da dívida da FAP com pesquisadores por editais de fomento que não foram pagos. Atualmente, há 10 editais em aberto para a comunidade acadêmica.

Verba para pesquisa a “conta-gotas”

tem como função prioritária financiar a produção científica e o desenvolvimento tecnológico no DF de acordo com a definição da na lei distrital nº 347. O atual presidente, Renato Rezende, acredita que o apoio aos lojistas pode ser incluído dentro da previsão legal. “O objetivo do convênio com a ACDF é promover a inovação tecnológica dos pequenos empreendedo-

res, isso é desenvolver o DF”, justifica. Rezende reconhece que a instituição acumula dívidas com pesquisadores e entidades por editais de fomento lançados que não foram pagos. Alguns dos professores estão à espera de recursos desde 2008. Em julho, a dívida estava em R$ 44 milhões. De acordo com Renato Rezende, a diferença entre

Ação social

ÉRICA MONTENEGRO METRO BRASÍLIA

Operário ainda aguarda cirurgia

chapas estão 10 inscritas para concorrer à Reitoria da UnB. Uma lista com as três mais votadas será enviada para a Presidência da República. A votação ocorrerá em 22 e 23 de agosto. se o procurador geral da UnB, Paulo Gustavo Medeiros Carvalho, ao site da universidade. A Associação dos Docentes ainda não decidiu se irá recorrer da decisão. O assunto deve estar presente na pauta da assembleia que será realizada hoje, às 9h, com o objetivo principal de discutir o fim ou a continuidade da greve, que já dura 80 dias. METRO BRASÍLIA

os lojistas e os professores é o instrumento jurídico que permite a transferência do dinheiro público: “O convênio paga imediatamente. Para o edital, é a ‘conta-gotas’, pois é necessário cumprir uma série de formalidades”. Cleber Pires, representante da ACDF eleito em junho deste ano, informou via assessoria de imprensa que não tem conhecimento do teor do convênio.

Projeto emplacou 20 carroças em duas semanas DIVULGAÇÃO

Carroceiros recebem formação

A Coordenadoria das Cidades do GDF realiza a Semana do Veículo de Tração Animal em várias cidades do DF. O intuito do projeto, que já passou por Candangolândia, Sobradinho I e II, Plano Piloto e Recanto das Emas, é profissionalizar os catadores de lixo e melhorar o trânsito na cidade. Para isso, emplaca carroças, vacina cavalos, cadastra os catadores e organiza cursos de legislação de trânsito e ambiental e de trato de animais. Também oferece treinamento para trabalhos alternativos. O atendimento acaba em 16 de outubro.

Os dois operários que caíram de um andaime no Estádio Mané Garrincha seguem hospitalizados. Jeferson Neres ainda precisa ser submetido a uma cirurgia para descomprimir o nervo da coluna. Silvano Santos se recupera de cirurgia na perna na enfermaria do Hospital de Base e deve receber alta amanhã. Os três feridos em um acidente de lancha ontem no Lago Paranoá já receberam alta no Hospital de Base. Marcela Lucena Oliveira foi a última a ser liberada, após descartada a possibilidade de traumatismo crâniano. Segundo a Secretaria de Saúde, as outras duas vítimas sofreram apenas escoriações. METRO


brasília

www.readmetro.com

Governo pressiona para que Pdot seja votado Previsão é de que a atualização do Plano Diretor de Ordenamento Territorial seja levada ao plenário da Câmara Legislativa na próxima semana Oposição quer discutir melhor o tema FOTOS: RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

Está quente o debate em torno do “manual de instruções” da ocupação do Distrito Federal até 2019. O que devia ser apenas uma revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial aprovado em 2009, motivada por uma decisão judicial que considerou a votação parcialmente inconstitucional, se tornou uma corrida com expectativa de mudanças profundas na redação da lei. O Pdot começou a ser discutido em 2004, na gestão de Joaquim Roriz, e aprovado já no governo de José Roberto Arruda. Segundo o denunciante do Mensalão do DEM, Durval Barbosa, porém, o texto beneficiou em-

“É um tema muito sensível para se votar sem um exame muito mais minuncioso.” CELINA LEÃO, DEPUTADA DO PSD

presas que pagaram propina a integrantes do GDF. A notícia levou o ex-procuradorgeral do DF, Leonardo Bandarra, a entrar na Justiça pedindo a nulidade da lei. O Judiciário encontrou problemas em 60 artigos. A nova proposta deveria corrigi-los, mas o GDF resolveu ir além. “Adaptamos a nossa legislação a mudanças em leis federais e às necessidade da população”, diz o se-

07

QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

cretário de Habitação do DF Geraldo Magela. Os distritais também querem aparecer na lei. Até ontem, 50 propostas de emendas haviam sido apresentadas. “O projeto está redondo, pronto para ser votado”, garante o deputado Chico Vigilante (PT). A oposição ainda tenta barrar a votação, mas o GDF a prevê para a próxima quarta-feira. Os últimos acertos serão discutidos em um jantar da base com o governador Agnelo Queiroz na próxima segunda-feira. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

60 segundos

“É o futuro do DF”

‘DEBATE JÁ FOI FEITO’ Secretário Geraldo Magela defende projeto O que muda no Pdot?

É uma atualização da lei de 2009, com mudanças exigidas pela Justiça e adaptações técnicas baseadas no interesse público. O GDF está com pressa para aprovar?

Lei guiará regularização de áreas como Vicente Pires

Enviamos o projeto à Câmara em setembro de 2011 e ele foi debatido a fundo pela Casa. METRO BRASÍLIA


08

brasília

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

Polícia Civil paralisa parte das atividades por um dia No DF, apenas quatro delegacias regionais e duas especializadas ficaram abertas à população Depois dos policiais federais, agentes civis suspenderam os trabalhos pedindo aumento de 32% e aumento de efetivo RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

A 5ª DP, na Asa Norte, concentrou ocorrências do Plano Piloto: apenas seis em todo o DF ficaram abertas atendendo ontem

Os policiais civis do Distrito Federal paralisaram ontem parte das atividades por 24 horas. Até as 9h de hoje, apenas 30% do efetivo estava trabalhando no atendimento à população, em seis delegacias do DF. A 5ª DP (Asa Norte), a 13ª DP (Sobradinho), a 21ª DP (Taguatinga Sul), a 33ª DP (Santa Maria) e as duas delegacias da Criança e do Adolescente (na Asa Norte e em Ceilândia) mantiveram o funcionamento, segundo o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis do DF). Diretor do Sinpol, Gilmar Alves explica que a

categoria reivindica reposição salarial de 32%, aumento no quadro de policiais e melhores condições de trabalho. “Desde 1992 o efetivo é o mesmo, e desde 2006 não recebemos as reposições inflacionárias nos salários”, diz. O sindicato afirmou que dos 5.300 policias do efetivo, cerca de 1.500 continuaram a trabalhar ontem. Por meio da assessoria, a Secretaria de Administração Pública do DF informou que “reconhece o movimento e mantém aberto o diálogo com a categoria”. De acordo com o órgão, ainda não se

pode falar em negociação com a categoria, porque isso não depende apenas do GDF, mas também do governo federal - que paga as contas da segurança pública pública no DF. Segundo Alves, a paralisação acompanha a suspensão das atividades dos policiais federais, parados desde terça-feira em todo o país. Ele acrescenta que mesmo sem acordos imediatos, os policias civis do DF voltam a trabalhar hoje. “Após as 24h do movimento, tudo volta ao normal”, garante Alves. METRO BRASÍLIA


mundo

www.readmetro.com

Guerra domina ruas de Aleppo

STRINGER / REUTERS

As forças de Assad lançaram uma ofensiva terrestre na cidade No Irã, 15 países se reúnem para falar da crise O Exército do ditador sírio Bashar Al Assad e os rebeldes entraram em uma batalha sangrenta pelo controle de Salah al-Din, um dos bairros de Aleppo. O governo chegou a anunciar a retomada do domínio sobre a região, mas os oposicionistas afirmaram ter virado o jogo no fim do dia. “A guerra de rua começou. Os rebeldes causaram enormes perdas ao Exército de Assad, que agora recuou. Salah al-Din está sob o co-

mando do Exército Livre”, disse à Reuters Omar, um ativista que vive em Aleppo. Um correspondente da emissora árabe Al Jazeera confirmou a versão dos oposicionistas. Ele disse que a briga por Aleppo é decisiva para o futuro da Síria. Entre 60% e 70% da economia do país está paralisada devido aos confrontos na cidade. Ontem, o Irã reconheceu que há ex-militares entre os 48 cidadãos do país que

rumo certo, o que não tira o favoritismo de Obama. Parte da preferência pelo presidente se explica pela melhora da economia norteamericana nos últimos meses. O assunto é considerado prioridade nessas eleições. Outro aspecto é que Romney é visto como um candidato elitista. Essa imagem se fortaleceu depois que ele fez comentários infelizes sobre os palestinos, durante uma viagem a Israel. O financiamento da campanha de Romney também tem gerado polêmica

TEMPLO SIKH

Atirador se suicidou O FBI (a agência de investigação norte-americana) afirmou que Wade Michael Page, o homem que matou seis pessoas em um templo da religião sikh, no domingo, se suicidou. Inicialmente, as autoridades disseram que Page havia morrido em uma troca de tiros com um policial. Se-

Uma das ruas do bairro de Salah al-Din

Breves estão em poder dos rebeldes sírios. Até então, a República Islâmica diziam que eram peregrinos xiitas. As autoridades iranianas convocaram para hoje uma

Pessimistas, os americanos ainda preferem Obama O rumo dos Estados Unidos está longe de agradar a maioria dos norte-americanos. Mesmo assim, o presidente Barack Obama aparece como favorito para vencer as eleições de novembro. Duas pesquisas divulgadas ontem colocam o democrata à frente do rival, o republicano Mitt Romney (veja quadro). Em um dos levantamentos, realizado pela Ipsos/Reuters, os eleitores foram questionados sobre a condução dos EUA. Apenas 31% consideraram que o país está no

09

QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

nos EUA. Ontem, o “Huffington Post” apontou ligações dos parceiros do republicano com esquadrões da morte de El Salvador. Ainda assim, Barack Obama precisa correr muitos quilômetros para garantir sua reeleição. Os alvos são os Estados-chave (que não têm perfil eleitoral definido). Obama e Romney estão em uma cruzada para cativar os eleitores desses locais. O presidente vai passar dois dias no Colorado e Romney foi ao Estado de Iowa. METRO COM AGÊNCIAS

reunião com 15 países “da Ásia, da África e da América Latina” para discutir a crise síria. O Brasil não deve comparecer. METRO COM AGÊNCIAS

Egito lança bombas no Sinai Forças egípcias mataram 20 homens armados ao norte da Península do Sinai. Segundo a agência oficial de notícias do país, a Mena, o ataque foi uma resposta aos tiros disparados contra policiais egípcios. O bombardeio ocorreu três dias após a morte de 16 soldados de fronteira na região. Ontem, o presidente egípcio, Mohamed Mursi, anunciou a destituição do chefe da inteligência do país. Ele também retirou do cargo o governador do Sinai. METRO COM AGÊNCIAS

Estudantes em fúria no Chile PROTESTO. Mais de mil

estudantes entraram em confronto com a polícia após um protesto não autorizado em uma das principais praças de Santiago. Os jovens pediam reformas e mais investimentos na educação superior do país. A polícia tentou dispersar a multidão com gás lacrimogêneo e jatos de água. Mas os estudantes revidaram com pedras e pedaços de pau. Três ônibus foram queimados. METRO

gundo a investigação, porém, ele levou um tiro no tórax e, depois, disparou contra a própria cabeça. O FBI informou que há um vídeo comprovando o suicídio. Não há imagens de dentro do templo. No domingo, a polícia prendeu Misty Cook, exnamorada de Page, por ter encontrado armas na casa dela. Misty também tinha ligações com movimentos de supremacia branca, mas não estava envolvida no tiroteio. METRO

Primeira-dama ostenta luxo COREIA DO NORTE. Enquanto os norte-coreanos sofrem com a falta de água e comida, seus governantes ostentam riqueza. A mais recente extravagância foi da mulher do líder da norte-coreano. Ri Sol-ju apareceu em uma imagem carregando uma bolsa Dior a tiracolo. O acessório custa cerca de US$ 1,5 mil, o equivalente ao salário anual de um trabalhador do país. METRO

Tufão desaloja 1,8 milhão CHINA. A passagem do tufão Haikui pela China desalojou mais de 1,8 milhão de pessoas no país. As fortes chuvas atingiram até mesmo Xangai, a capital econômica da China. A cidade não sofria com esse tipo de fenômeno há sete anos. Várias províncias estão em alerta máximo. METRO


10

economia

Preço da gasolina pode subir este ano BIA ALVES/ FOTOARENA

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse ontem que há possibilidade de aumento no preço da gasolina neste ano, mas que a decisão ainda não está tomada. O reajuste a ser realizado ainda não está definido e está sendo discutido pelo Ministério da Fazenda e pelo Ministério de Minas e Energia. “Existe a possibilidade, não existe a decisão”, disse o ministro. Lobão admitiu a orientação do governo para esperar um pouco para a realização do aumento de forma a não haver impacto na inflação, mas que o governo pode vir a ceder diante da necessidade de um reajuste. Lobão afirmou que o aumento seria importante para ajudar a situação da Petrobras, que registrou no último trimestre o primeiro prejuízo em mais de 13 anos. “Não vislumbramos nenhum instrumento que socorra a Petrobras se não o

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

Deputados pedem CPI da telefonia

ALEX VIEIRA/FUTURA PRESS

Parlamentares querem apurar os preços cobrados e a qualidade do serviço prestado pelas empresas

Governo estuda reajuste

aumento”, afirmou. Em 22 de junho, a Petrobras anunciou um reajuste de 7,83% nos preços da gasolina e de 3,94% no do diesel. No mesmo dia, o governo zerou tributos sobre os combustíveis para evitar que o aumento chegasse aos consumidores. Menos de um mês depois, em 12 de julho, a estatal anunciou nova alta no preço do diesel, com aumento de 4% na bomba para o consumidor final. METRO

Deputados protocolaram ontem na Mesa Diretora da Câmara requerimento que pede a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar os serviços e preços cobrados pelas empresas de telefonia móvel que operam no país. Segundo o deputado Ronaldo Nogueira (PTB-RS), autor do pedido, mais de 240 parlamentares aderiram ao requerimento. Pelo regimento, são necessárias, no mínimo, 171 assinaturas para pedir a instauração de CPI. A criação da CPI passará ainda pelo crivo do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). De acordo com parla-

mentar, a CPI irá investigar as “práticas na cobrança da tarifa de interconexão, que acontece quando uma operadora de telefonia móvel utiliza estrutura de outra operadora, e os valores gerados são repassados para os contribuintes. Pela legislação, esse repasse deveria ter sido interrompido em 2002, o que não ocorreu”. Ainda, segundo Nogueira, a qualidade do serviço das operadoras de telefone não contempla o interesse do usuário porque os investimentos necessários não foram feitos. “Temos que abrir esta caixa preta de arrecadação de dinheiro que burla a Lei

Tomate acelera inflação oficial A alta do preço dos alimentos pressionou a inflação em julho. O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) fechou em 0,43% no mês, após alta de 0,08% em junho, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O tomate apresentou alta de 50,33% em julho, exercendo o maior impacto no grupo de alimentos e bebidas, cuja taxa passou de 0,68% para 0,91%. A elevação nos preços ocorre devido as chuvas atípicas para a estação, que atingiram lavouras e preju-

CPI pretende investigar cobrança na tarifa de interconexão

Geral de Telecomunicações (9.472/97)”, defendeu. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que não há necessidade de se criar uma CPI para investigar a cobrança da ta-

Inflação do tomate Item

rifa de interconexão. “Se for para isso, acho desperdício”, afirmou. Bernardo ressaltou que o governo já tem adotado medidas para reduzir as tarifas de interconexões. METRO

Principais altas de alimentos em julho

Variação

Tomate 17,81% Cenoura 12,27% Alho 6,12% Feijão-preto 4,68% Hortaliças Feijão-mulatinho 4,38% Ovo 2,63% Lanche 2,62% Pão francês 1,78% Fonte: IBGE

0

20

dicaram a produção. No Rio de Janeiro, o preço do tomate quase dobrou de um mês para o outro, atingindo variação de 94,18%. O segundo maior aumento do tomate foi em Porto Alegre (alta de

50,33%

40

60

83,32%). Em São Paulo, a elevação foi de 34,18%. No acumulado em 12 meses, o índice acelerou para 5,20%, acima dos 4,92% relativos aos 12 meses imediatamente anteriores. METRO

Decisão sobre devolução de valores na conta de luz é adiada Um pedido de vista do ministro Raimundo Carreiro adiou a decisão do Tribunal de Contas da União sobre o ressarcimento de R$ 7 bilhões das distribuidoras de energia, cobrados indevidamente dos consumidores nas contas de luz entre 2002 e 2009. O pedido foi feito após o relator da matéria, ministro Valmir Campelo, ter se manifestado a favor do ressarcimento. No relatório, Campelo

avalia que o princípio da segurança jurídica, principal argumento apresentado pelas distribuidoras, “não se aplica aos reajustes tarifários”. Em seu voto, o ministro pede que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) calcule a diferença entre o valor arrecadado e o repassado dos encargos setoriais e dos custos de transmissão das concessionárias, atualizando pela Selic desde 2002 até fevereiro de 2010,

e que adote providências para compensar o saldo corrigido nas tarifas. Caso o TCU aprove o voto do relator, será dado prazo de 60 dias para que as concessionárias apresentem a metodologia de cálculo, o saldo total de cada concessionária e respectivas planilhas, prazos e procedimentos a serem adotados, “com possível compensação nas tarifas de energia”. METRO COM AGÊNCIAS


cultura

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

11

DIVULGAÇÃO

Brasília exporta um FOTOS: DIVULGAÇÃO

galã Espetáculo mescla música erudita e dança contemporânea

Orquestra dançante

Ela não resiste: Cazarré vive Adauto em “Avenida Brasil”

Já reconhecido na capital por seu talento no teatro, Juliano Cazarré vive excelente momento no cinema e na TV, e ainda prepara um livro, que será lançado neste ano O menino devia ter uns quatro anos quando a mãe foi surpreendida pelo anúncio da professora: “Seu filho vai protagonizar uma peça na escola”. Maria Luisa Cazarré pensou: “Mas eu, tão tímida, será que tive um filho com coragem de ser rei em cima de um palco?”. Os anos foram acabando com o espanto de Maria Luisa. Logo, o filho, Juliano Cazarré, mostrou que de tímido não tinha nada - e carregava coragem e talento para interpretar quantos reis fossem necessários. Os teatros da escola e os conselhos do pai, Lourenço, levaram Cazarré a matricular-se no curso de artes cênicas da Universidade de Brasília. “Comecei a fazer teatro achando que seria isso para mim, mas a vida foi tomando outro rumo”, conta o ator, um gaúcho que passou quase a vida toda em Brasília. “Entrei no cinema e a televisão mostrou interesse. Topei.” Hoje, aos 31 anos e nas telas da Globo quase todas as noites como Adauto do sucesso “Avenida Brasil”, Cazarré ainda aguarda a estreia de dois longas no cinema até o final do ano. Em destaque está “360”, do dire-

tor Fernando Meirelles, que abre o Festival de Gramado amanhã. Na trama, ele vive o fotógrafo Rui, que se envolve com a patroa Rose, interpretada por Rachel Weisz. No elenco ainda estão Jude Law e Anthony Hopkins. “O cinema é uma experiência muito intensa, concentrada. A novela já te dá mais tempo para viver o personagem. Já que estamos nas Olimpíadas: o cinema é um tiro de 100 metros rasos e a novela, uma maratona de 42 km”, brinca. Não bastassem os 14 filmes e oito programas da Globo que carrega no currículo, Cazarré prepara um livro de poesias. “Ele se chamará ‘Pelas janelas’ e falará de todos os tipos de janelas: do avião, de um caixão, dos dentes de uma criança.” A maior de todas as conquistas, contudo, deve chegar a qualquer momento. A mulher de Cazarré, Letícia Bastos, está para ganhar neném. “Estou ansioso, não sei quando vai nascer. Quem manda agora é ele.” NANA QUEIROZ METRO BRASÍLIA

Começa hoje, no Teatro Nacional, a temporada de “Brilhante, em cantos dançados”. Na apresentação, a música erudita e a dança contemporânea interagem. O tenor Flávio de Moraes, idealizador do espetáculo, se inspirou no olhar de compositores brasileiros, como Villa-Lobos, Jaime Ovale e Waldemar Henrique, sobre as origens étnicas brasileiras e os sons da natureza. A direção artística é de Lenora Lobo e a coreografia

de Yara De Cunto. “A presença dos músicos no palco nos levou a compor cenas onde eles também interagem com a coreografia apresentada pelos bailarinos”, conta Yara. METRO BRASÍLIA De hoje (gratuito) a 12 de agosto. Até sábado, às 21h, e domingo, às 20h. No Teatro Nacional (Eixo Monumental). Ingressos, a partir de amanhã, custam R$ 20. Meia para estudantes, professores e maiores de 60 anos. Mais informações: 3325-6239.

2

cultura


12

www.readmetro.com

variedades

Facebook abre a porta para o bingo

QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

Preconceito contra skatistas

Cruzadas

Usuários do Reino Unido já podem jogar um game que vale dinheiro Novidade é lucrativa à empresa Mark Zuckerberg (o dono do Facebook) pode não ser um expert em mercado financeiro -- as ações da empresa patinam desde sua estreia na bolsa de valores -- mas ele sabe como conquistar internautas. A maior rede social do mundo lançou, esta semana, um jogo on-line no qual os jogadores apostam dinheiro. O game, uma espécie de bingo criado pela desenvolvedora Gamesys, já está disponível para usuários britânicos maiores de 18 anos. “Jogos de azar envolvendo dinheiro de verdade são uma atividade popular e bem regulada no Reino Unido”, justificou a empresa, em um comunicado. A verdade é que o negócio pode ajudar a companhia a recuperar o fôle-

“Estamos permitindo que um parceiro ofereça seus jogos para adultos na plataforma Facebook de uma maneira segura e controlada.” COMUNICADO DA COMPANHIA

go de crescimento. A receita de publicidade do Facebook desacelerou este ano, após um grande período de crescimento. A porta-voz da empresa, Linda Griffin, assumiu que o negócio trará retorno para o Facebook, mas ela não quis falar em valores. Também não há previsão para que o bingo online chegue a outros países. METRO COM AGÊNCIAS

Leitor fala

Existe muito preconceito contra quem anda de skate. Estamos praticando um esporte, que até rende muitas glórias ao Brasil no mundo inteiro, mas somos vistos como completos marginais pela sociedade e pelo governo. Em todo o Plano Piloto, com todo o espaço que existe, não há sequer uma pista de skate. Qual o problema de construir uma do lado de uma dessas quadras esportivas nas quadras residenciais? Os moradores que não deixam, acham que vai atrair bandidos, porque é assim que somos vistos. Então temos que ir para cidades mais afastadas ou vir para a área central, como o Setor Bancário, que tem espaço de sobra. E mesmo assim não temos liberdade para andar, porque temos que conviver com o ódio dos seguranças. Nélio Garcia – Sobradinho, DF

Pergunta

Sudoku

Você já sente os efeitos da greve dos servidores federais no seu dia a dia? Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobsb

@joaofellet: Só quando passo pela Esplanada dos Ministérios e ouço algum funk no máximo volume. @WTarcisio: Sim, pois eu sou estudante da UFPR no 2º ano de Geografia e, com eles em greve, não tem rematrícula ou almoço.

Web Logo da empresa na bolsa de valores Nasdaq

Para falar com a redação: leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal ERIC THAYER / REUTERS

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Tempo de demonstrar que você faz parte da equipe, mostre a cara e apoie os seus amigos e parceiros. Desta forma você vai ser sempre lembrada por eles. Touro (21/4 a 20/5) Dia de tratar de assuntos à distância, viagens e contatos com pessoas de lugares longínquos estão favorecidos. Assuntos religiosos também estão em alta. Gêmeos (21/5 a 20/6) Fique mais esperto na hora de dividir os ganhos com as pessoas para que você não fique para trás, não deixe que a ambição alheia estrague boas parcerias. Câncer (21/6 a 22/7) Dia de estresse com os relacionamentos, as pessoas podem estar muito ocupadas com assuntos profissionais ou financeiros que tendem a deixá-las afastadas.

Leão (23/7 a 22/8) Partilha de lucros e louros que devem ser tratados com muita seriedade para não virarem motivos de disputas negativas entre as pessoas do próprio grupo. Virgem (23/8 a 22/9) Evite conflitos por causa de coisas materiais, saiba dividir grana com maturidade, o que é seu é seu, o resto não é do seu interesse. Converse com as pessoas. Libra (23/9 a 22/10) Momento de grandes emoções, muita sensibilidade e romantismo invadindo o seu coração, tempo de cuidar do seu relacionamento e ficar mais próxima do seu amor. Escorpião (23/10 a 21/11) Dia de tirar uma folga dos problemas e ir cuidar mais de assuntos pessoais seus que necessitam da sua atenção. Não tenha receio de se isolar se for preciso.

Sagitário (22/11 a 21/12) Dia de obter o devido retorno da sua dedicação nos últimos dias, não perca o seu foco, concentre-se em receber o que você merece para não perder o bonde. Capricórnio (22/12 a 20/1) Deixe as pessoas mais soltas, hoje você pode tirar um tempo para rever assuntos acumulados que precisam ser resolvidos para chegarem a um fim, sem protelações. Aquário (21/1 a 19/2) Ponto de parada para a sua ambição, se os outros quiserem ir mais longe deixe que vão, avalie os riscos extras que você terá que assumir antes de seguir. Peixes (20/2 a 20/3) O amor está pintando no pedaço, dia favorável para dar um trato no visual e impressionar a pessoa amada. Clima favorável também para curtir as suas amizades.


cultura

www.readmetro.com

QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

No Reino Unido, atores aprendem técnicas vocais e movimentos que os transformam em “mortos-vivos”

Escola de

zumbis

Espaços no Reino Unido formam atores para encarnar comedores de cérebro em parques e atrações de horror Um dia de perseguição de mentirinha custa a partir de R$ 250 Com a crise econômica na Europa, oportunidades de trabalho estão surgindo de onde menos se espera. Uma empresa especializada em “experiências zumbis” está recrutando e treinando um exército de mortos-vivos. “Nós os ensinamos como entrar no personagem”, diz ao Metro Pete Owen, chefe de recrutamento da Zed

Events. “Trabalhamos ‘timing’, movimentos e técnicas vocais, que vão desde grunhidos sutis a gritos desesperados. A chave está em conseguir gerar tensão.” A Zed Events detém três centros de treinamento no Reino Unido e uma equipe zumbi de 25 integrantes. Muitos não têm histórico de atuação, mas receberam um

curso imersivo de quatro semanas de duração. Os zumbis profissionais ficam instalados em uma casa abandonada frequentada por quem deseja viver a experiência de um dia de “apocalipse zumbi”. Pagando ingressos a partir de £ 80 (aproximadamente R$ 250), o público é perseguido, mas pode defender-se com ar-

mas de balas de borracha. “Acidentes acontecem”, diz a zumbi Tanya Faenowa. “Nós somos treinados para cair com segurança ao sermos atingidos, mas levar um balaço pode doer.” A Zed está prestes a expandir, com planos de criar centros nos Estados Unidos e na Ásia. O crescimento é um reflexo da explosão da

economia zumbi pelo mundo – uma pesquisa descobriu que a cultura dos mortos-vivos contribuiu em 2011 com US$ 6 milhões para a economia dos EUA por meio de filmes, games e, cada vez mais, vivências. KIERON MONKS

METRO INTERNACIONAL

13


esporte

14

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

Toma lá,

dá cá

3

Seleção de vôlei atropela Argentina e encara a Itália na semi No basquete, time de Nenê, Varejão e cia. é eliminado pelos hermanos

esporte FOTOS: 1 - QUINN ROONEY/GETTY IMAGES / 2 - MICHAEL STEELE/GETTY IMAGES / 3 - MIKE HUTCHINGS/REUTERS

Emanuel Ginóbili, ala-armador da Argentina

Brasil e Argentina levaram ontem a histórica rivalidade sul-americana para as quadras de Londres. Logo cedo, o time masculino de vôlei não deu chances para os adversários e passou com facilidade por 3 sets a 0. Mais tarde, os hermanos deram o troco. Em jogo dramático, a equipe argentina despachou os comandados de Rubén Magnano com uma vitória por 82 a 77. Ao contrário das meninas contra a Rússia, o time de Bernadinho praticamente não levou sustos para vencer a Argentina por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/17 e 25/20. Com o triunfo, o Brasil

anos o basquete 16 masculino ficou fora dos Jogos. Antes de Londres, a última atuação havia sido em Atlanta – 1996. confirmou a superioridade sobre os argentinos nos últimos anos. Desde a Olimpíada de Sidney, em 2000, quando a Seleção era favorita e caiu de forma surpreendente nas quartas, o time de Bernardinho nunca mais perdeu para o rival. Foram 26 jogos e 26 vitórias. Mas se no vôlei os brasileiros tiveram motivos para sorrir, a Argentina descontou no basquete. No clássico mais importante da história entre as duas

equipes na modalidade, o Brasil não conseguiu superar os hermanos e foi eliminado nas quartas ao perder por 82 a 77. Após ficar 15 pontos atrás, os brasileiros reagiram no último quarto do duelo e diminuíram a diferença para apenas dois. Erros em finalizações fáceis e o fraco aproveitamento nos lances livres foram letais. O retrospecto recente deixa a Argentina entalada na garganta dos brasileiros. Foram quatro derrotas nos últimos quatro confrontos decisivos, nas quartas e oitavas dos Mundiais de 2002 e 2010, respectivamente, e nos Pré-Olímpicos de 2007 e 2011 – este último na decisão. METRO

Bruninho, levantador do Brasil

1

2

Lucão corta para explorar o bloqueio dos adversários

Nenê se choca com argentino ao tentar evitar ataque rival MIKE SEGAR/REUTERS

IVAN ALVARADO/REUTERS

Vitória e desabafo

3

1

O brasileiro Fábio Gomes da Silva foi eliminado da disputa do salto com vara. Ele errou as três tentativas nos Jogos. METRO

2

Jamaicano Usain Bolt está na final dos 200 m rasos hoje. Aldemir Gomes e Bruno Lins estão fora. METRO

3

Rodrigo Pessoa (foto) e Doda Miranda ficaram na 22a e 12a colocações na final do hipismo. METRO

A pugilista Adriana Araújo perdeu a semifinal do boxe para a russa Sofya Ochigava e ficou com o bronze na categoria até 60kg. Como o boxe olímpico não tem disputa por terceiro lugar, os derrotados nas semifinais já garantem o bronze. A conquista de Adriana é histórica por dois motivos. Além de acabar com um jejum do Brasil na modalidade, que não subia ao pódio desde os Jogos da Cidade do México, em 1968, com o bronze de Servílio de Oliveira, a medalha é a de número 100 do país nos Jogos. Com o bronze no pescoço, a pugilista baiana resolveu desabafar. Adriana se disse prejudicada pela Confederação de Boxe e seu presidente, Mauro José da Silva,

Adriana Araújo garantiu medalha DAMIR SAGOLJ/REUTERS

que a teria humilhado após sua decisão de não querer treinar na base da entidade, em São Paulo. Para a pugilista, o bronze “cala a boca” do dirigente. “O presidente despreza o boxe femino e masculino.

Eu fui humilhada. Ele disse que eu não tinha condições de me classificar para os Jogos, mas nunca dei ouvidos. Essa medalha cala a boca dele”, concluiu a atleta. O cartola, no entanto, preferiu amenizar as críticas. “Isso são interesses políticos, teremos eleições em janeiro na Confederação. Mas nada vai tirar o brilho da conquista dela. Além disso, como ela poderia estar aqui se eu não acreditasse nela?”, questionou. Quem também foi ao ringue ontem e fez bonito foi Yamaguchi Falcão, que venceu o cubano Julio La Cruz Peraza nas quartas da categoria meio-pesado (até 81kg) e garantiu presença na semi – e mais uma medalha para o Brasil. METRO

Brasileiras pegam um bronze Juliana e Larissa se recuperaram da derrota na semifinal – para as americanas

Yamaguchi na luta pelo ouro O boxeador Yamaguchi Falcão derrotou ontem o campeão mundial meio-pesado, o cubano Julio La Cruz Peraza, e conquistou vaga nas semifinais. O irmão de Esquiva Falcão, que também segue na luta pelo ouro, já garantiu o bronze. METRO

Kerry e Ross – e ganharam por 2 sets a 1 (11/21, 21/19 e 15/12) das chinesas Zhang Xi e Xue, garantindo a medalha de bronze para o Brasil. Hoje, Alison e Emanuel disputam o ouro no masculino, às 17h (de Brasília), com os alemães Brink e Reckermann. METRO

QUADRO DE MEDALHAS País

Ouro

Prata

CHINA

36

22

Bronze

19

EUA

34

22

25

GRÃ-BRE. 22

13

13

COR. SUL

12

7

6

RÚSSIA

11

19

22

FRANÇA

8

9

11

ALEMAN.

7

15

10

ITÁLIA

7

6

4

HUNGRIA

6

2

3

10º CAZAQ.

6

0

2

25º BRASIL

2

1

7


QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

Vasco assume a liderança Time da Colina consegue grande resultado contra o Sport na Ilha do Retiro Cariocas agora torcem contra o Galo, que pega o Coritiba em BH WALLACE TEIXEIRA / FOTOARENA

Tenório brilhou no Recife

0 x 2

Em um jogo de paciência o Vasco conseguiu preciosos três pontos na Ilha do Retiro ao vencer o Sport por 2 a 0. Com o resultado os cariocas chegaram aos 34 pontos e assumiram a liderança provisória do campeonato. O Atlético Mineiro tem dois pontos a menos, mas joga hoje, às 21h, contra o Coritiba no estádio Independência, em Belo Horizonte. O resultado positivo só veio no segundo tempo,

após 45 minutos de um jogo de muitos lançamentos e passes laterais. Na segunda etapa o time pernambucano tentou pressionar o gol de Fernando Prass, mas foi Juninho

Pernambucano que abriu o placar, de falta, aos 22. Aos 39, Tenório, fechou a conta com uma pintura, deixando goleiro e zagueiro sentados antes de tocar para o gol. METRO

Sport: Magrão; Moacir , Diego Ivo , Ailson e Reinaldo; Tobi, Rithely, Rivaldo (Hugo), Marquinhos Gabriel (Henrique) e Felipe Azevedo; Gilberto (Gilsinho). Técnico: Vagner Mancini Vasco: Fernando Prass; Auremir, Douglas , Dedé e William Matheus; Nilton, Wendel, Juninho (Eduardo Costa) e Carlos Alberto (Fellipe Bastos); Eder Luis (Tenório) e Alecsandro . Técnico: Cristóvão Borges

IDE GOMES/FRAME/FOLHAPRESS

Bem na tabela, o Botafogo partiu para cima do Palmeiras, que ainda amarga a zona de rebaixamento, desde o início da partida de ontem, no Engenhão. Mas o Palmeiras contou com a estrela de Hernán Barcos para liquidar o jogo no contragolpe. Ele abriu a

contagem logo aos 14 da primeira etapa, deixando o marcador no chão. O Botafogo ainda empatou, aos 12 do segundo tempo, com Andrezinho, mas viu o time paulista decretar a vitória com o Pirata aos 27, completando cruzamento de Fernandinho. METRO

RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

BNDES aprova verba para estádio do Atlético-PR O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) aprovou ontem o empréstimo de R$ 131 milhões para financiar as obras da Arena da Baixada. “Todos os procedimentos junto ao banco já terminaram”, afirmou o secretário estadual para Assuntos da Copa, Mário Celso Cunha. O banco agora vai repassar o dinheiro para a Agência de Fomento Paraná, controlada pelo governo do Estado. “A Fomento vai checar as documentações do Atlético, que devem estar todas de acordo, e deve liberar os recursos em setembro”, estimou Cunha. Além disso, a Câmara Mu-

Timão escapa de derrota feia

Inter desperdiça o fator casa Jogando no Beira-Rio e com Diego Forlán no ataque, o Internacional não passou de um empate por 0 a 0 contra o Náutico e perdeu a chance consolidar um lugar no G4 do Brasileirão. O time está em quinto, com os mesmos 27 pontos do rival Grêmio, que só joga hoje, contra a Ponte Pre-

Artilheiro comemora com Obina

Empréstimo será pago em 15 anos

A rodada

• Estádio: Ilha do Retiro, no Recife (PE) • Gols: Juninho Pernambucano aos 23’ e Tenório aos 39’ do 2º tempo • Arbitragem: Guilherme Ceretta de Lima (SP), auxiliado por Márcio Luiz Augusto (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Barcos acaba com o Fogão

15

www.readmetro.com

esporte

0x 0

ta em Campinas. Tudo porque os colorados não conseguiram desarmar a retranca pernambucana e fizeram um jogo burocrático. Forlán teve poucas chances e foi substituído no fim do jogo. O técnico Fernandão deve estar com saudades de Leandro Damião. METRO

Inter: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Fabrício ; Ygor, Bolatti (João Paulo), Guiñazu e Fred; Jajá (Marcos Aurélio) e Forlán (Rafael Pernão). Técnico: Fernandão Náutico: Gideão; Patric, Marlon, Alemão (Gustavo) e Douglas Santos (Lúcio); Martinez , Elicarlos, Souza e Rhayner ; Araújo (Kim) e Kieza. Técnico: Alexandre Gallo

• Estádio: Beira-Rio • Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Marcus Vinícius Gomes (ambos de MG)

INVICTO. O Corinthians ainda não perdeu no Brasileirão, mas amarga o meio da tabela graças a empates como o de ontem, no Pacaembu, contra o Atlético Goianiense. Paulinho salvou o Timão da derrota. METRO

nicipal terá que aprovar uma nova lei, para atualizar os valores do títulos de potencial construtivo, que foram cedidos pela Prefeitura ao clube e estariam desatualizados. Os papéis servirão como garantia. “Isso deve ocorrer nas próximas semanas”, afirmou o secretário. Com a liberação, o governo do Estado acredita que as obras da Baixada se mantenham no cronograma. Segundo a diretoria atleticana, o estádio deve ser reaberto em julho de 2013.

THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Fla vence e afasta crise FORA DE CASA. O Flamengo venceu o lanterna Figueirense fora de casa, se afastou da zona de rebaixamento ao chegar aos 19 pontos e garantiu um pouco de tranquilidade para Dorival Júnior acertar o time. Os gols da vitória foram marcados pelo atacante Vagner Love, aos 17 e aos 41 do segundo tempo de jogo. METRO

1 1 0 2

CORINTHIANS

ATLÉTICO-GO

FIGUEIRENSE

FLAMENGO

Bahia fica no Santos volta a empate em casa vencer na Vila LÁ EM BAIXO. O Bahia vai

GOLEADA. O Peixe não deu

passar mais uma rodada na zona de rebaixamento. Ontem o time não conseguiu sair do 0 a 0 em jogo contra a Portuguesa em Salvador. METRO

chances para a Raposa na Vila Belmiro e reencontrou o caminho da vitória. Os gols santistas foram marcados por Felipe, Victor, Durval e Bill. METRO

0 0 4 2 BAHIA

PORTUGUESA

SANTOS

CRUZEIRO


20120809_br_brasilia  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you