Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica CGB Artes Gráficas.

BAND ELEIÇÕES Fique de olho! Nesta quinta, 2 de agosto, debate com os candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte na Band

NI! NI! NI! FILHA DE TERRY GILLIAM ABRE BAÚ DO MONTY PYTHON NA INTERNET

{pág 10}

BELO HORIZONTE Segunda-feira,

30 de julho de 2012

Edição nº 207, ano 1 Mín 12°C Máx 27°C

Extravio de bagagens quase dobra em 2 anos No primeiro semestre, somente o Procon Municipal recebeu 210 reclamações referentes aos aeroportos de Confins e da Pampulha Média é superior a uma ocorrência por dia Anac estuda indenização imediata {pág 03}

Artilheiro celeste

Governo Lula

Semana será decisiva para os réus do mensalão STF começa a analisar o caso na quinta-feira, depois de sete anos 38 serão julgados {pág 04}

Corpos de vítimas da queda de avião são cremados

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Amigos e políticos se despedem do presidente da Vilma Alimentos e das outras sete vítimas {pág 02}

Borges chega a três gols com a camisa celeste, coloca o time azul em boa situação na tabela e afunda o Palmeiras PEDRO VILELA/FUTURA PRESS

Cruzeiro cola no G4

Com dois gols de Borges, Raposa bate o Palmeiras e sobe para quinto, a apenas um ponto do Grêmio Líder Atlético segura o Fluminense e pontua do Rio {págs 15 e 16}

Neymar brilha, e Brasil se garante nas quartas Seleção Olímpica supera retranca bielorrusa e vence por 3 a 1 {pág 14}


02

www.readmetro.com

belo horizonte

1 foco

Caminhoneiros

Protestos nas rodovias de Minas devem continuar Os caminhoneiros prometem retomar hoje a série de paralisações que vêm sendo realizadas nas rodovias que cortam o Estado. Em reunião ontem, na cidade de Igarapé, na Grande BH, cerca de 300 motoristas decidiram manter os protestos, que na última semana fecharam diversas estradas provocando longos congestionamentos em trechos das BRs 381, 040 e 116, além da MG050. A categoria reclama das novas medidas anunciadas pelo governo federal para regulamentar a profissão, como o limite da jornada de trabalho e as regras para o descanso. Os protestos da última semana também ocorreram em outras rodovias pelo Brasil. METRO BH

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Presidente da Vilma e filho são cremados em Contagem Amigos e empresários prestaram condolências à família de Domingos Costa e Gabriel Costa Outros seis ocupantes do avião que levava executivos da empresa foram sepultados ontem O domingo foi de despedidas às oito vítimas da queda da aeronave que levava executivos e funcionários da Vilma Alimentos, maior empresa do ramo no Estado. Eles participariam de uma convenção de negócios, mas não resistiram ao acidente, ocorrido no sábado, em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. No cemitério Parque Renascer, em Contagem, amigos e familiares prestaram as últimas homenagens ao presidente da empresa, Domingos Costa, 58 anos. Ele e o filho, Gabriel Barreira Costa, de 14, estavam entre os ocupantes do avião. Os corpos dos dois foram cremados no fim da tarde. Outras duas vítimas fo-

ram veladas e cremadas ontem no Renascer: a gerente de controladoria, Lídia Colares de Souza Lima, 31, que estava grávida de dois meses, e do vice-presidente de vendas e marketing da empresa, Cezar Roberto de Pinho Tavares, 55. Empresários e políticos mineiros também acompanharam as cerimônias. O governador de Minas, Antonio Anastasia, esteve no velório para prestar condolências às famílias. “É uma tristeza, uma tragédia familiar”, declarou. O corpo da gerente de recursos humanos, Adriana da Conceição Rocha Ezequiel Vilela, 47, foi sepulado no fim da tarde, no Cemitério do Bonfim. No Bos-

Criança morta Encontrado

MAURICIO DE SOUZA/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

Amigos e familiares se despedem das vítimas do acidente

que da Esperança, foram sepultados os corpos do piloto Jair Barbosa, 62, e do co-piloto, Rodrigo Henrique Dias da Silva, 35. O corpo do analista de geomarketing, Tiago Felipe Cardoso Bretas, 26, foi sepultado

no Parque da Colina. Investigações

A recuperação da caixa-preta do avião deve agilizar os trabalhos da perícia. O laudo com as causa do acidente pode ser concluído em

até 30 dias. Novas equipes do Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) devem chegar hoje a Juiz de Fora para reforçar os trabalhos de recolhimento e identificação dos destroços do bimotor. Uma das hipóteses é de que a aeronave estaria voando em baixa altitude antes do acidente. As investigações não descartam a hipótese de falha humana, já que o piloto havia sido informado de que o tempo estava fechado em Juiz de Fora. Segundo testemunhas, o avião caiu em uma área próxima a uma pousada, a poucos metros da pista do aeroporto da Serrinha. METRO BH

Chamas e fumaça

em rodovia é corpo de enterrada motorista O corpo do garoto de 9 anos que morreu baleado durante um tiroteio na odovia dos Bandeirantes, em São Paulo, foi enterrado ontem no cemitério da Paz, na capital. Ele estava no carro com familiares voltando de férias. Quando pararam para pedir informação, o menino foi atingido por um tiro disparado durante um assalto na pista contrária. METRO BH

Os Bombeiros encontraram ontem o corpo do homem de 55 anos que estava desaparecido havia uma semana após o carro em que viajava ter caído no rio Paraopeba, em Juatuba, Grande BH. O corpo foi encontrado boiando numa represa na qual o rio deságua. O corpo da outra ocupante, sua esposa, de 45 anos, já havia sido encontrado. METRO BH

Bombeiros precisaram deslocar 45 militares, sete viaturas e um helicóptero

Cotações Dólar

Euro

Fala, candidato! Você, leitor do Metro, quer saber alguma coisa do seu candidato a prefeito? Mande sua pergunta para o email

leitor.bh@metrojornal.com.br

+ 0,09% (R$ 2,02)

+ 0,29% (R$ 2,49)

Bovespa

Selic (8%)

+ 4,72%% (56.553 pts)

Salário mínimo (R$ 622)

As melhores perguntas serão feitas aos candidatos durante o debate da Band, no próximo dia 2 de agosto.

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3349-5342 COMERCIAL: 031/3349-5307

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

LUCAS PRATES/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

Incêndio destrói supermercado

Os Bombeiros tiveram muito trabalho para controlar as chamas que destruíram parte de um supermercado na rua Caraça, no bairro Serra, ontem à tarde. A corporação precisou deslocar 45 militares, sete viaturas e um helicóptero para auxiliar no combate ao fogo. A cortina de fumaça poderia ser vista de toda a região Centro-Sul. Não houve vítimas ou danos a imóveis próximos, segundo a corporação. No entanto, vizinhos de um prédio precisaram sair de seus apartamentos durante os trabalhos. Os Bombeiros acreditam que um curto circuito tenha provocado o incêndio. EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende. Editor Executivo: Juvercy Júnior (MTB 12.331/MG). Editor de Arte: Cláudio Machado. Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. Diretor de Jornalismo: Teodomiro Braga. Diretor Geral: José Saad Duailibi.

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP: 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3349-5307. O jornal Metro é impresso na CGB Artes Gráficas. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


belo horizonte

www.readmetro.com

03

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Pelo menos uma mala é extraviada todos os dias

De janeiro a junho deste ano, foram registradas 210 reclamações apenas no Procon Municipal Número de queixas quase dobrou num período de dois anos Anac avalia hipótese de indenização imediata ao passageiro LEONARDO LARA/O TEMPO/ FUTURA PRESS

Só no primeiro semestre deste ano, pelo menos 210 passageiros passaram pela “dor de cabeça” de ter a bagagem extraviada nos aeroportos da Pampulha, na capital, e de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. E este número – superior a uma ocorrência por dia – pode ser só uma amostra do problema, pois refere-se apenas às reclamações formalizadas no Procon Municipal. A quantidade de queixas recebidas é 88% maior – quase o dobro – em relação à registrada há dois anos, no mesmo período de 2010. O órgão ressalta, porém, que o índice pode ser ainda mais preocupante. “Esse número não corresponde totalmente à realidade, pois muitas pessoas preferem procurar a Justiça diretamente”, afirma a coordenadora do Procon, Maria Laura dos Santos. É o caso do publicitário Alisson Rogério, que teve a mala extraviada quando viajou para Rondônia. “Pro-

Extravios Ocorrências registradas pelo Procon Municipal entre janeiro e junho

210

QUEIXAS EM 2012

112

Passageiros esperam por bagagens no Aeroporto Internacional de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte

RECLAMAÇÕES EM 2010

curei a empresa aérea para informar sobre o extravio. Mas, como não obtive resposta, entrei com uma ação indenizatória no juizado especial”, lembra. Segundo Maria Laura, cerca de 15% dos registros que chegam até o Procon

acabam sendo também encaminhados à Justiça, pois, em alguns casos, a companhia aérea se recusa a aceitar um acordo amigável. Quando isso ocorre, o impasse pode demorar até um ano para ser resolvido. Para tentar amenizar os

Patrimônio turístico

transtornos, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) estuda obrigar as empresas a pagarem R$ 305, no momento da queixa, a título de indenização, além de um ressarcimento de até R$ 3.450, caso a companhia não cumpra o prazo

de sete dias para a devolução da bagagem. Está prevista ainda a criação de um índice de qualidade para avaliar o trasporte comercial aéreo, que está em franca expansão em Minas. Segundo a Infaero, o número de pas-

sageiros nos aeroportos mineiros cresceu 17,8% no primeiro semestre, em comparação com o mesmo período do ano passado, ultrapassando a marca de 6,2 milhões de pessoas que optaram pelo transporte aéreo. METRO BH

Comerciantes buscam acordo sobre sacolinhas

GABRIEL CASTRO/METRO BH

Construído na Serra da Piedade, templo atrai fiéis e turistas desde o século XVIII PAULO ASSIS/FUTURA PRESS

Santuário recebe título especial

O Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte, será proclamado hoje, pelo Governo de Minas Gerais, como Atrativo Turístico de Especial Relevância. A data marca os 52 anos de consagração da Santa como padroeira do Estado. O templo, que está localizado a mais de mil metros de altitude, na Serra da Piedade, atrai peregrinos desde o século XVIII e já é tombado pelo patrimônio histórico e cultural.

A diretoria da Amis (Associação Mineira de Supermercados) se reúne hoje para discutir a decisão tomada na última sexta-feira pela 14ª Promotoria de Defesa do Consumidor, que proíbe a venda de sacolas biodegradáveis a partir desta quarta-feira, dia 1º. Por meio de nota, a entidade informou que vai buscar “a continuidade do diálogo com a Promotoria” e “manter seus esforços para que uma solução conciliatória seja encontrada”. Conforme a decisão, supermercados e demais estabelecimentos comerciais da capital estão proibidos de vender as sacolinhas a partir desta quarta-feira. Desde abril do ano passado, o item vem sendo comercializado por R$ 0,19. Na avaliação do promo-

Venda de sacolas está proibida a partir de quarta-feira

tor Amauri Artimos da Matta, a substituição das sacolas convencionais pelas biodegradáveis não trouxe ganhos ambientais, devido à inexistência de usinas de compostagem na capital para a destinação correta do material. Os estabelecimentos que insisti-

rem na venda serão alvo de processo administrativo. Por outro lado, os comerciantes não serão obrigados a entregar as sacolas gratuitamente. Caberá aos empresários decidir se vão ou não disponibilizar o item para a distribuição aos clientes.


04

brasil

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

STF julga mensalão do governo Lula Denúncia acusa 38 pessoas de participação em esquema de pagamento de propina em troca de apoio político Práticas semelhantes do DEM e do PSDB continuam a espera da Justiça RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

Decisão Histórica Sete anos após ser revelado, o escândalo do mensalão enfim será julgado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a partir de quinta-feira. O caso já é considerado o maior e mais importante julgamento da história do Brasil, pelo número de pessoas denunciadas, pela natureza dos crimes praticados e pela repercussão política que o resultado trará. No banco dos réus sentarão políticos, empresários, ex-assessores e banqueiros acusados de movimentar quantias volumosas de di-

38

é o número de réus que serão julgados pelo STF por envolvimento no mensalão. São políticos, empresários e banqueiros acusados pela Procuradoria-Geral da República de envolvimento no esquema.

nheiro público para favorecer um esquema de pagamento mensal de propina em troca de votos de parlamentares da base aliada durante o governo Lula. Marco histórico Os 11 ministros vão se debruçar, no mínimo, pelas próximas quatro semanas para aprovar ou rejeitar a tese defendida pela Procuradoria Geral da República sobre a existência de uma quadrilha que cometeu ao todo sete crimes: formação de quadrilha, peculato, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, gestão fraudulenta e evasão de divisas. A condenação ou absol-

50

advogados foram inscritos para participar da sessão de julgamento no Supremo Tribunal Federal. Eles serão responsáveis pela sustentação oral na defesa dos réus. Apenas um acusado não indicou advogado.

vição dos réus representará um marco histórico para a justiça e para a política. “O Supremo estará numa situação delicada. Se absolver será criticado pela opinião pública. Se condenar, vai ser acusado de agir por pressão e sem independência", analisa o constitucionalista Marcelo Neves, professor da UnB. Teses As defesas colocarão em discussão duas teses: negar a existência do mensalão ou tratá-lo como caixa dois. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

90

Corte concentrará as atenções do país

Principais réus Delúbio Soares Tesoureiro

horas é a previsão mínima de duração do julgamento do mensalão. O tempo será usado para apresentação da denúncia, da defesa, das condenações e dos votos dos ministros. O caso vai exigir, pelo menos, 17 dias de sessão.

Marcos Valério Operador

Versão candanga derrubou Arruda do governo do DF RENATO ARAÚJO/ABR

Em novembro de 2009, o Distrito Federal também foi palco para uma versão do mensalão. A Polícia Federal deflagrou a Operação Caixa de Pandora e revelou o esquema de desvios de recursos públicos por meio de contratos com empresas de tecnologia em troca de apoio político. A denúncia teve um personagem-chave. O ex-secretário de Relações Institucionais do Governo do Distrito Federal, Durval Barbosa. Ele tinha em mãos provas materiais do pagamento de propina: 30 de vídeos que mostravam pagamentos em dinheiro para parlamentares, empresários, se-

Ex-governador é acusado pelo mensalão do DEM

cretários de governo e até para o governador José Roberto Arruda. O material foi apresentado em troca

José Dirceu Chefe do esquema

do benefício da delação premiada. O escândalo ficou conhecido como mensalão do

DEM. Arruda se desfiliou do partido e depois perdeu o mandato de governador por infidelidade partidária. Em fevereiro de 2010, teve a prisão preventiva decretada, acusado de tentar interferir nas investigações. Ele ficou dois meses preso numa sala da Polícia Federal. No fim do mês passado, a Procuradoria Geral da República apresentou denúncia contra 37 pessoas por crimes de formação de quadrilha, corrupção e lavagem de dinheiro. Assim como o mensalão mineiro, o caso aguarda julgamento no STJ (Superior Tribunal de Justiça). METRO BRASÍLIA

Kátia Rabello Financiadora

HISTÓRIA

Em 2005, o início O mensalão se tornou público em maio de 2005 a partir da divulgação de um vídeo, no qual um diretor dos Correios aparece fazendo pagamento de suborno. O negócio tinha o respaldo do presidente do PTB, Roberto Jefferson, que, para rebater o escândalo, ascusou o PT de pagar deputados em troca de apoio político. As investigações revelaram que contratos públicos abasteciam pagamentos mensais à base aliada. A denúncia foi alvo de duas CPIs, a dos Correios e a da Compra de Votos. O expresidente Lula sofreu a pior crise política no mandato, perdeu ministros próximos, ma não houve provas de que ele sabia do esquema. METRO BRASÍLIA

Julgamento de MG sem data marcada O chamado mensalão mineiro é apontado como o primogênito dos esquemas de uso de recursos públicos e doação ilegal. Veio à tona em 1998 durante a campanha à reeleição do então governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDBMG), atualmente deputado federal. Em comum com o mensalão do PT: o método e o operador. Os pagamentos eram feitos por intermédio da agência de publicidade SMP&B, do empresário Marcos Valério. Apesar de mais antigo, o “mensalão tucano” ainda caminha a passos lentos na Justiça. A denúncia da Procuradoria-Geral da República foi encaminhada ao STF em novembro de 2007. “O esquema foi a origem e o la-

boratório do esquema em âmbito nacional”, escreveu na denúncia o então procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza. Ao todo, 15 pessoas respondem por peculato e lavagem de dinheiro. Em maio de 2009, o ministro Joaquim Barbosa determinou o desmembramento do processo. Apenas Eduardo Azeredo que é réu - e o senador Clésio Andrade (PMDB-MG) continuam sendo julgados pelo STF. Os demais acusados aguardam julgamento na Justiça Federal de Minas Gerais. O STF chegou a colocar o início da discussão do mensalão mineiro na pauta do plenário, em 6 de junho, mas a análise foi adiada. METRO BRASÍLIA


06

www.readmetro.com

brasil

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Professores discutem retorno às aulas

Servidores em greve farão vigília por reajuste salarial

Semana começa com assembleias nas universidades federais para dar resposta à proposta do governo de reajuste entre 25% e 40% Greve já empurrou o fim do calendário letivo para 2013

A espera de propostas salariais, os servidores públicos em greve marcaram para amanhã uma vigília na Esplanada dos Ministérios. Chamado de ‘Dia Nacional de Luta’, o protesto espera pressionar o governo a apresentar o quanto antes uma solução que garanta a volta ao trabalho de mais de 300 mil funcionários públicos de 29 categorias. “O governo continua com muita intransigência em apresentar uma solução”, argumentou o secretário-geral do Sindicato dos Servidores Públicos Federais, Oton Pereira. O prazo é curto, uma vez que a despesa deve ser prevista no orçamento que será encaminhado ao Congresso Nacional até o dia 31 de agosto. O Ministério do Planejamento está fazendo os estudos antes de chamar os sindicatos para negociação.

JOSÉ CRUZ /ABR

Em greve desde o dia 17 de maio, os professores universitários vão apresentar até quarta-feira uma resposta à proposta do governo, feita na semana passada. A categoria, porém, está dividida sobre aceitar o reajuste salarial entre 25% e 40%, que seria pago até 2015, com uma despesa de R$ 4,2 bilhões. Hoje estão previstas as últimas assembleias. Até a sexta-feira passada, os professores de 12 das 58 universidades federais paradas rejeitaram voltar às aulas se a proposta não for novamente revista. A Andes (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), inclusive, orientou os filiados a manter a paralisação porque o reajuste proposto provocaria divergências dentro da carreira. “Reforçam a hierarquização verticalizada, a lógica do produtismo medido pelo atendimento de metas a curto prazo e pela competição predatória”, diz a entidade em nota. A proposta, no entanto, foi aceita pela Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais

RICARDO MARQUES / METRO BRASÍLIA

“Não conheço nenhuma outra categoria que tenha proposta como essa, neste momento de crise internacional” ALOIZIO MERCADANTE, MINISTRO

de Ensino Superior), que representa os reitores. “Reconhecemos a expressiva melhora”, declarou a instituição por meio de nota. Reposição de aulas Um milhão de alunos estão prejudicados pela greve. Mesmo que os professores aceitem a proposta do governo, o ano letivo só deve terminar em 2013. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Assembleias vão decidir o calendário de 1 milhão de alunos

74

é o número de dias da greve dos professores das universidades e institutos federais de educação. A categoria pede reajuste salarial e reestruturação da carreira.

Impasses Os professores universitários ainda divergem sobre alguns pontos da proposta do governo. Promoção A categoria foi atendida em redução de 17 para 13 níveis na carreira, mas só

atingirá a maior promoção da carreira professores com doutorado e dedicação exclusiva. Inflação Os docentes temem que o reajuste salarial em três parcelas até 2015 possa ser reduzido em até 15% por causa das perdas da inflação.

OIT O Sindifisco (Sindicato Nacional dos Auditores da Receita) entrará com uma ação na Organização Internacional do Trabalho contra o decreto que permite substituir servidores grevistas por equivalentes estaduais. O argumento é que a regra fere tratados trabalhistas internacionais. METRO BRASÍLIA

Fechamento

ELISA RODRIGUES/FUTURA PRESS

Diplomata morre em grave acidente Distância entre poltronas é menor do que nas adversárias

Webjet lidera aperto entre as poltronas O passageiro da Webjet é o que mais sofre com o aperto das poltronas dos aviões, enquanto a Avianca oferece as mais espaçosas, segundo informações da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e das aéreas publicadas pela “Folha de S.Paulo”. Segundo a Anac, são cinco categorias de assentos, de “A” a “E”, do mais espaçoso para a mais apertado. Avian-

ca e Azul têm todos os aviões com assentos com distância superior a 71 centímetros; na TAM e Gol, eles são a maioria. Na Webjet, 15 dos 28 aviões têm menos de 67 centímetros entre as poltronas, o que os coloca na categoria “E”. A aérea disse que, por ser a única “ultra low cost” do país, usa o máximo de assentos permitidos pelo fabricante. METRO

Uma colisão frontal entre dois carros na divisa do Distrito Federal e Goiás provocou a morte do ministro da Embaixada do Japão em Brasília, Shoji Nishijima, 50, e mais três pessoas, no sábado à tarde. O diplomata dirigia um Honda Fit pela DF-345, próxima a cidade goiana de São Gabriel, a 50 km de Brasília, com mais duas pessoas a bordo. Segundo a polícia, quando o veículo tentou cruzar a GO-118 se chocou de frente com um Kadett, onde estava um casal. Selma Farias, 35, e Edmar Torres, 40, morreram no local. Yuka Sukushi, 35, fun-

cionária da embaixada chegou a ser levada para o hospital de Planaltina, mas estava bastante ferida e teve duas paradas cardíacas antes de morrer. Akeni Nishijima, 25, teve apenas ferimentos leves e ficou em observação no Hospital de Base, antes de ser levada para um hospital particular, segundo informações do Corpo de Bombeiros. O embaixador do Japão no Brasil, Akira Miwa, acompanha as investigações do acidente e a liberação dos corpos dos japoneses no IML (Instituto Médico Legal) do Estado de Goiás. METRO BRASÍLIA

Público lotou o parque no último dia de funcionamento J.DURAN MACHFEE/FUTURA PRESS

Último dia de diversão

Os paulistanos lotaram ontem o parque de diversões Playcenter para uma despedida. Após 39 anos em funcionamento, o espaço foi fechado para reformas. Ele voltará nos próximos meses, mas reformulado.


economia

www.readmetro.com

07

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Viajar fica até 30% mais barato NILTON CARDIN/FOLHAPRESS

Preços de passagens e pacotes turísticos caem com o início da baixa temporada, segundo a Abav Turista deve pesquisar e planejar rota Quem tiver a oportunidade de viajar entre agosto e novembro pode desembolsar menos. Com o final das férias escolares e a entrada da baixa temporada, passagens aéreas e hotéis ficam até 30% mais baratos em comparação com os preços cobrados na alta temporada, de acordo com estimativas da Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagens) e operadoras de pacotes de turismo. Os preços são bem convidativos. Uma viagem de oito dias para Fortaleza,

por exemplo, sai por menos de R$ 1.000,00, parcelada em 12 vezes. Além de pagar menos pelos pacotes, o turista será mais bem atendido com a redução do movimento nos hotéis e aeroportos, segundo o vice-presidente de relações internacionais da Abav, Leonel Rossi. “O turista precisa pesquisar preços e planejar a viagem. O ideal é comprar o pacote com, no mínimo, dois meses de antecedência. Quem compra passagem antes, também economiza mais”,

recomenda Rossi. Pacotes A CVC oferece pacotes promocionais para destinos trabalhados pela operadora e servidos também pela Gol, no Brasil e no exterior (exceto Caracas, Caribe e Santiago). A promoção, em parceria com a Gol, vai até amanhã e vale para embarques em agosto e setembro (exceto feriados), com retornos até 30 de setembro. É necessária a permanência mínima de três noites. Os principais destinos são Salvador,

Maceió, Aracaju, Natal, Fortaleza, João Pessoa, Buenos Aires e Montevidéu. A Azul Viagens, operadora de turismo da Azul Linhas Aéreas, preparou pacotes especiais para agosto a partir de R$ 37,50 a parcela. Dentre os destinos estão: Natal (RN), Arraial D’Ajuda (BA), Foz do Iguaçu (PR) e Gramado (RS). A promoção é válida para voos partindo de Campinas (SP). O pacote deve ser adquirido com 10 dias de antecedência da data da viagem. METRO

Passageiros na fila fazem check-in em Cumbica (SP)

JUSTIN SULLIVAN/GETTY IMAGES

Remédio sem receita volta a ser vendido em gôndolas FRED CHALUB/FOLHAPRESS

Celular com DDD 11 passa a ter nono dígito

Celular de MG, RJ e RS também terá nono dígito Os números de celulares do Rio de Janeiro deverão ganhar um novo dígito em até três anos, segundo o gerente de Interconexão da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Adeilson Nascimento. A inclusão do dígito 9 à frente dos números de celular de São Paulo com código de área 11 começou a valer ontem. Após a mudança em São Paulo, a região com código 21 (Rio de Janeiro) é a mais próxima de atingir o limite de combinações, seguida pelas regiões 31 (Minas Gerais), 51 (Rio Grande do Sul) e 81 (Pernambuco), segundo a “Agência Brasil”.

Nascimento destaca, no entanto, que o plano de ampliação da numeração irá abranger todo o país. Haverá um tempo de adaptação para os usuários se acostumarem ao novo dígito. Nos primeiros dez dias, as chamadas serão completadas com ou sem o uso do 9. A partir daí, as chamadas começaram a ser gradualmente interceptadas e receberão um aviso sobre a mudança. A transição está prevista para ser concluída no dia 15 de janeiro de 2013, quando as ligações sem o 9 anteposto indicarão número inexistente. METRO

Os medicamentos isentos de prescrição médica poderão voltar às gôndolas das farmácias. Segundo resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os remédios de venda livre devem ficar em área separada da de produtos como cosméticos e dietéticos e devem ser organizados por princípio ativo, para permitir a fácil identificação pelos consumidores. As farmácias também devem fixar cartazes na área destinada aos remédios de venda livre, com a seguinte orientação: “Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico.” Uma resolução da Anvisa, publicada em 2009, obrigava a venda dos remédios isentos de prescrição atrás

Medicamentos devem ficar em área separada de cosméticos

do balcão. Por meio de nota, o órgão informou que a decisão foi amplamente questionada pelo setor e rendeu 70 processos judiciais. Nos últimos meses, 11 Estados criaram leis e reverteram a proibição. O Conselho Federal de Medicina pretende recorrer à Justiça para tentar rever-

ter a decisão de liberar a venda de remédios isentos de prescrição nas gôndolas. Na avaliação do presidente da entidade, Roberto Luiz d'Avila, a medida é “irresponsável”, pois estimula a automedicação e coloca a população em risco. “É um retrocesso”, disse à “Agência Brasil”. METRO

REAÇÃO

Bolsa tem alta de 4,72% A Bovespa fechou com elevação de 4,72%, aos 56.553,12 pontos. É a maior alta desde 9 de agosto de 2011, quando a Bolsa brasileira subiu 5,1%. Com isso, a Bovespa está quase zerando suas perdas no ano (ainda tem queda de 0,35%). O resultado foi impulsionado pelo avanço das ações da Vale, Petrobras, Gerdau e OGX. A bolsa também acompanhou o otimismo externo, com novos estímulos na zona do euro e pelo resultado do PIB dos Estados Unidos. METRO

LETICIA MOREIRA/FOLHAPRESS

Sem demissões, IPI para carro pode ser prorrogado

Benefício do governo acaba no final de agosto

O governo quer condicionar a prorrogação dos incentivos dados à indústria automobilística à manutenção dos empregos. A informação é da presidente da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), senadora Kátia Abreu, após reunião na última sexta-feira com o ministro interino da Fazenda, Nelson Barbosa, e o presidente da Fenabrave (entidade do setor), Flávio Meneghetti.

Os dirigentes da Fenabrave estiveram prorrogação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido, que vence em 31 de agosto. “Ante a crise, a tendência seria naturalmente prorrogar, negociar os benefícios, mas o governo quer aguardar essas questões e o compromisso formal do setor de que não haverá demissões”, declarou a senadora. METRO COM AGÊNCIAS


08

mundo

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Oposição síria pede ajuda externa para armar rebeldes Insurgentes solicitam armas pesadas para comunidades internacionais Exército do líder Bashar al-Assad intensifica confrontos em Aleppo e em bairros vizinhos 200 mil pessoas fogem em dois dias OBEIDA AL NAIMI/REUTERS

A oposição síria fez um apelo à comunidade internacional ontem para armar os rebeldes que lutam contra o presidente do país Bashar al-Assad. O pedido foi feito pelo líder do CNS (Conselho Nacional Sírio), Abdelbaset Sayda, em meio a retomada de ataques das forças governistas em Aleppo, segunda maior cidade do país e importante centro estratégico e comercial. Até agora os rebeldes não receberam apoio militar externo. Desde que os conflitos foram intensificados, 200 mil pessoas fugiram de Aleppo. No entanto, um número indeterminado de civis continuam refugiados em escolas e edifícios públicos, segundo informou a chefe do serviço humanitário da ONU (Organização das Nações Unidas), Valerie Amos.

“Nós queremos armas que possam deter tanques e aeronaves. Inúmeros massacres foram cometidos. Bashar al-Assad tem de ser julgado. Ele é um criminoso e não pode receber asilo.” ABDELBASET SAYDA, LÍDER DO CONSELHO NACIONAL SÍRIO

A ofensiva do exército também atingiu outras regiões do país. Em bairros próximos a cidade de Damasco os rebeldes permaneceram entrincheirados na tentativa de resistir à violência. Segundo a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos), foram usadas bombas e aviões das forças

Mãe do fundador do Wikileaks pede ajuda ao governo do Equador

Militar do Exército Sírio Livre em Aleppo

armadas durante o confronto. Pelo menos quatro pessoas morreram ontem e 168 no sábado.

Ajuda papal O Papa Bento 16 fez um apelo de urgência ontem pelo fim dos conflitos e der-

Escultura de livros em Madri

Julian Assange Obra de arte “Biografia”, da artista Alicia Martin

cação de documentos secretos. A mãe do ativista também teme possíveis torturas além da pena de morte. Christine ficará no país latino-americano até dia 4 de agosto. Em depoimento ela agradeceu ao governo equatoriano por ter acolhido seu filho. METRO

particular, por parte da comunidade internacional para chegar uma solução justa”. METRO

Obama e Romney estão empatados, diz pesquisa

JIM YOUNG/REUTERS

GETTY IMAGES

Christine Assange, mãe do fundador do Wikileaks, Julian Assange, se reunirá hoje em Quito, capital do Equador, com o ministro de Relações Exteriores do país, Ricardo Patiño, para expor a situação de seu filho e evitar sua extradição para a Suécia – onde é investigado por assédio sexual. com base em depoimentos de duas ex-voluntárias do Wikileaks. O ativista está desde o dia 19 de junho na embaixada do Equador em Londres esperando uma decisão de asilo político. Segundo Patiño a decisão da autoridade será tomada após os Jogos Olímpicos. Assange acredita que se for enviado para o país escandinavo possivelmente será entregue às autoridades dos Estados Unidos. Ele alega, ainda, que o governo norte-americano pode condená-lo à morte sob a acusação de traição pela publi-

ramamento de sangue na na Síria. “O pontífice ainda recomendou “que nenhum esforço seja poupado, em

Cascata literária

A artista plástica espanhola Alicia Martin fez três intervenções urbanas com livros em edifícios históricos de Madri, Espanha. Cada obra tem cerca de sete mil livros e levou três semanas para serem concluídas. “Meu objetivo era mostrar a importância da educação e da leitura”, explica Alicia.

A cem dias das eleições presidenciais dos Estados Unidos, pesquisas eleitorais indicam empate entre o presidente democrata Barack Obama e o seu rival o republicano Mitt Romney. O último levantamento do Instituto Gallup indicou um empate em 46% das intenções de voto. Para garantir a vitória, os candidatos optaram por campanhas mais agressivas e novas propagandas diariamente. Mas até o dia da eleição, 6 de novembro, os olhares da mídia também estarão voltados para a escolha do companheiro de chapa de Romney e os debates eleitorais. METRO

Terremoto atinge México e Guatemala Um terremoto de magnitude 6.0 atingiu a costa do Pacífico do México e Guatemala. Segundo o

Barack Obama JONATHAN ERNST/GETTY IMAGES

Mitt Romney

Serviço Geológico dos Estados Unidos não foram registrados danos à região. O epicentro do tremor foi a 29 quilômetros da cidade de Suchiate, no sul do México, próximo a fronteira com a Guatemala. METRO


10

2

cultura

Show

Luiz Ayrão relembra sucessos e histórias

cultura

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

O mundo imaginário de Quando Holly recebeu o acervo do pai com a missão de organizá-lo, percebeu logo que não poderia guardar aquele tesouro só para si. Há pouco mais de dez dias, ela criou um blog no qual vem postando preciosidades de Terry Gilliam, um dos mais atuantes membros do Monty Python, grupo britânico que revolucionou o humor na TV com um programa marcado por piadas anárquicas e surreais. São cartuns, fotos, pôsteres, recortes de animação estilo “cut out”, rascunhos, storyboards... Um material que abrange toda sua carreira do pré ao pósPython. “Tenho sorte de estar rodeada pelo trabalho de meu pai e acho que ele deve ser visto por todos”, justificou ela no blog. O desejo de Holly é criar um livro e uma exposição a partir do acervo. Veja o conteúdo no site hollydgilliam.blogspot.co.uk.

Terry Gilliam

Preciosidades O que já foi revelado no blog “Descobrindo o papai”

Integrante do Monty Python, diretor tem acervo publicado na internet por sua filha Lata de curta 16 mm feito por Gilliam em Nova York nos anos 1960

Rascunho de cenário de “O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus” (2009)

Desenho de Deus usado nos créditos iniciais de “O Sentido da Vida” (1983)

AMANDA QUEIRÓS

Desenho dos créditos iniciais de “O Sentido da Vida” (1983)

METRO SÃO PAULO

O cantor e compositor Luiz Ayrão festeja as suas cinco décadas de carreira com um show nesta noite no Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420 – Centro). Em “Meus Ídolos e Eu”, além da música, ele narra casos interessantes, pitorescos e inusitados ocorridos com inúmeros ícones da música popular brasileira em shows, viagens e bastidores – como Tim Maia, Roberto Carlos, Demônios da Garoa, Raul Seixas e Chico Buarque. As histórias estão presentes em seu livro, de mesmo nome. A apresentação está marcada para as 20h. A abertura será de Antonio Bahense, que cantará sucessos próprios e clássicos da Jovem Guarda. Ingressos de R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira). METRO BH

FOTOS: REPRODUÇÃO

DIVULGAÇÃO

Savassi Festival

Uma das obras

Lembranças das minas e trabalhadores “MinHerói”, do artista plástico francês Rodolphe Huguet, apresenta 30 desenhos preparatórios, esculturas e fotografias que remetem às minas de exploração e seus trabalhadores. São protótipos de uma grande exposição que o artista realizará na França em 2013, a partir de suas observações nas cidades mineiras de Diamantina, Ouro Preto e Belo Horizonte. A exposição pode ser vista até o dia 20/8 na Aliança Francesa (r. Tomé de Souza, 1.418 – Savassi. Tel.: 3291-5187). A entrada é gratuita. METRO BH

Pela primeira vez, palco do festival foi montado na praça da Liberdade

Tardes de jazz nas praças e parques de BH

DIVULGAÇÃO

O Savassi Festival encerrou sua décima edição, neste fim de semana, em grande estilo. Palcos foram montados no Parque Municipal e, pela primeira vez, na praça da Liberdade. Já na Savassi, o público se dividiu em quatro espaços montados nos quarteirões das ruas Alagoas, Antônio de Albuquerque e Sergipe. O público parou para ouvir Kenny Werner, o “bruxo” Hermeto Pascoal e Juarez Maciel, entre outros ícones do jazz e da música instrumental brasileira e internacional que participaram da maratona musical.


cultura

www.readmetro.com

11

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

FOTOS: ACERVO PAULO MENDES CAMPOS/INSTITUTO MOREIRA SALLES

Carta ao

amigo

Otto

Libreto traz correspondência inédita enviada pelo cronista mineiro Paulo Mendes Campos ao amigo Otto Lara Resende De forma poética, ele relata a solidão de seus primeiros dias no Rio de Janeiro e a angústia de estar longe de seu companheiro de infância “De onde venho, meu velho, para onde vou?”. É com um traço de incerteza que o escritor Paulo Mendes Campos (1922-1991) abre a poética carta redigida ao amigo Otto Lara Resende (19221992), em agosto de 1945. A troca de correspondências entre os dois escritores mineiros era frequente. Logo que trocou Minas pelos ares cariocas, Paulo contava ao amigo Otto sobre seu cotidiano – como locais de trabalho e passeios na praia. Eram textos informais. Com exceção da “Carta a Otto ou Um Coração em Agosto”, em que Paulo descrevia a angústia de estar longe com melancolia e dramaticidade. A correspondência inédita pode ser conferida na recente publicação do Instituto Moreira Salles, que está inventariando toda a obra de Mendes Campos. A carta está disponível em sua versão original (fac-símile digitalizado) e transcrita. O libreto, de 40 páginas, traz ainda fotos da passagem do cronista pela cidade e um poema dedicado a Otto. “É uma carta de cunho literário. A gente percebe que não era uma correspondên-

740 Paulo Mendes Campos, recém-chegado ao Rio de Janeiro, em 1945

documentos de Paulo Mendes Campos estão sendo inventariados pelo instituto. São cartas trocadas com outros escritores, cadernos com anotações diversas, fotos, manuscritos e textos publicados em jornais e revistas.

Capa do livro

cia informativa como a que o Paulo escrevia ao Otto contando sobre seu cotidiano, com informalidade, descontração e bom humor”, explica a organizadora do livro, Elvia Bezerra, que tem se debruçado sobre as cerca de cem correspondências trocadas entre os mineiros. A saudade do companheiro não durou muito. Em janeiro de 1946, Otto se mudou de Belo Horizonte para o Rio. Já em 1952, com a chegada de Helio Pellegrino à cidade, os “Quatro Cavaleiros de um Íntimo Apocalipse” estavam novamente reunidos – foi assim que Otto batizou o grupo formado por ele, Paulo, Pellegrino e Fernando Sabino. Para a organizadora do libreto, Paulo sofreu mais pe-

Novidades em breve O Instituto Moreira Salles já preparou uma publicação com as correspondências trocadas entre Otto Lara Resende e Helio Pellegrino. As correspondências de Otto com Mendes Campos ainda estão sendo organizadas. Já os textos dire-

la ausência de Otto do que por ter trocado os fins de tarde na Praça da Liberdade pelo calçadão de Copacabana “A impressão que eu tenho é que o Paulo sentia falta do amigo, referindo-se a ele como ‘irmão triste e terno’. Nas outras cartas, vemos que ele se encantou logo com o Rio. Na cidade, fez amizade com Sabino e Vinicius de Morais”, revela. Paulo decidiu sair de Minas em 1945, aos 23 anos, para conhecer o poeta chileno Pablo Neruda, que à época visitara o Rio. Na então capital federal, se hospedou na casa de outro mineiro, Fernando Sabino. Por lá, foi fincando raízes. Publicou seu primeiro livro, “A Palavra Escrita”, em 1951. Escreveu contos, crônicas e textos para jornais e revistas até sua morte, em 1991.

Confira “Carta a Otto ou Um Coração em Agosto”. IMS, 40 páginas, R$ 19,50.

GUSTAVO CUNHA

METRO BELO HORIZONTE

cionados por Otto a Sabino foram publicados recentemente pela Companhia das Letras. A ideia é montar uma coleção em que os leitores poderão conferir confidências e relatos dos “Quatro Cavaleiros do Último Apocalipse” – como Otto apelidou o grupo. “É a história de toda uma época”, destaca a organizadora Elvia Bezerra. GC


12

www.readmetro.com

variedades

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

Na ponta do lápis

Calçadas em más condições

MARCOS SILVESTRE

Cruzadas

CDBs DE PEQUENAS QUANTIAS DIMINUEM RENTABILIDADE E PAGAM MENOS QUE POUPANÇA

A

s diminuições que o Banco Central promoveu nos últimos tempos na taxa Selic – a taxa de juros básica da economia brasileira, andaram afetando bastante a comparação entre os ganhos das diversas aplicações financeiras conservadoras. Já apuramos que um Fundo DI de varejo pode estar lhe rendendo menos que a poupança, mas isso também pode estar acontecendo com a aplicação em CDBs. Investir suas economias em um CDB (Certificado de Depósito Bancário) é uma forma de emprestar dinheiro a um certo banco, para que este possa financiar suas operações e atender seus clientes. Tal empréstimo ocorre por um período certo, sendo o aplicador pago de maneira proporcional ao prazo. Quando um banco capta dinheiro de um investidor através da emissão de um CDB pós-fixado, compromete-se a pagar a este aplicador – proporcionalmente ao período da aplicação – uma certa proporção de outro referencial do mercado financeiro, o chamado CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Já o CDI é a taxa à qual os bancos emprestam dinheiro entre si quando precisam. Imaginemos, por exemplo, que o banco ofereça ao investidor 90% do que remunerar o CDI, algo trivial para a aplicação de pequenas quantias (menos de R$ 10 mil). Já a taxa do CDI costuma acompanhar de perto a taxa Selic (juros básicos), que hoje está em 8% ao ano, o que equivale a 0,64% ao mês. Se um determinado CDB lhe oferecer 90% do CDI, pagará portanto 7,20% em termos brutos por ano. Daí desconta-se o Imposto de Renda sobre este ganho, que é de 22,5% para aplicações por até seis meses, resultando em uma rentabilidade líquida no CDB de 5,58% ao ano. Realizando os cálculos corretos de matemática financeira para obter a rentabilidade mensal, vemos que, nestas condições, um CDB pagará 0,45% líquidos ao mês, bem menos que o ganho “limpo” proporcionado pela caderneta de poupança.

Pergunta Sudoku

Qual é a sua expectativa para as Olimpíadas de Londres? Acha que o Brasil ganhará medalha inédita? Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobh

@brumamelo: Sempre descobrimos campeões em esportes menos visados, mas o vôlei e a ginástica são os que causam mais emoção. @suncafalaelediz: Tenho boas expectativas, acredito em medalha inédita no handebol feminino e ginástica olímpica masculina.

Web Para falar com a redação: leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Relacionamento em alta, dia de dedicar mais tempo para a pessoa amada e para os sentimentos que existem entre vocês. Tente colocar mais paixão na sua vida. Touro (21/4 a 20/5) Espere menos do seu amor e se doe mais, é preciso encontrar os pontos em comum da relação para que o casal se fortaleça e enfrente os desafios do dia a dia. Gêmeos (21/5 a 20/6) Tente purificar os seus pensamentos e se concentrar na sua espiritualidade. O dia está cheio de energias positivas que podem lhe trazer grandes intuições. Câncer (21/6 a 22/7) Não deixe que os seus sonhos o afastem muito da realidade, evite criar riscos para você sem necessidade. Mantenha um pouco de serenidade nas suas ações.

Caminho diariamente pelo Centro de BH para ir ao trabalho e sinto vergonha da sujeira e da irregularidade das nossas calçadas. Na porta de várias lanchonetes, já existe uma “casca” de sujeira que vai engrossando à medida que eles lavam o interior do estabelecimento e lançam a água suja na calçada. Nas segundas-feiras pela manhã, observo que a SLU joga água nas calçadas da avenida Afonso Pena, ou seja, além de somente espalhar a sujeira, jogando-a para a rua, o que contribui para entupir os bueiros, ainda desperdiça grande quantidade de água. Por que não usam vassouras manuais ou mecanizadas para realmente limpar? Parece que esse trabalho, pago pelo contribuinte, é somente para “contribuinte ver”. Na praça Sete, nosso cartão postal, debaixo das lixeiras públicas, há um “caldo” seco que cheira mal. Ainda espero trazer meus amigos para visitar BH e não sentir vergonha pelos fatos acima. Getúlio da Silva – Belo Horizonte, MG

Prof. Marcos Silvestre é economista com MBA em Finanças e Controladoria pela Universidade de São Paulo. Há 21 anos atua como educador e planejador financeiro especializado. Idealizou na Unicamp o PROF® Programa de Reeducação e Orientação Financeira. É fundador da SOBREDinheiro® Sociedade Brasileira de Estudos sobre Dinheiro e autor dos best-sellers “12 Meses para Enriquecer: o plano da virada” e “Investimentos à Prova de Crise”. Dirige o site www.oplanodavirada.com.br e apresenta a coluna diária e o programa semanal Na Ponta do Lápis na BandNews FM.

Horóscopo

Leitor fala

www.estrelaguia.com.br Leão (23/7 a 22/8) Tente dar mais ouvidos às suas intuições, momento de valorizar a sua espiritualidade e se livrar de questões materialistas que podem estar lhe aborrecendo. Virgem (23/8 a 22/9) Insegurança diante de situações governadas pela espiritualidade, você precisa se sentir mais tranquilo e confiar nas suas intuições, basta acreditar nelas. Libra (23/9 a 22/10) Dia de fazer e cobrar dos outros as coisas da maneira correta. Desta forma, tudo tende a ser previsível e sustentável. A relação precisa ser mais aprofundada. Escorpião (23/10 a 21/11) Preste mais atenção nos negócios para evitar perdas por falta ou por achar que está tudo tão bem que não é preciso se preocupar com os detalhes.

Sagitário (22/11 a 21/12) Ideais muito acima da realidade. É preciso ter cuidado para não chocar as pessoas, que podem temer as coisas que você está pretendendo fazer. Evite conflitos. Capricórnio (22/12 a 20/1) Dia de fazer a diferença entre as coisas que estão funcionando corretamente e aquelas que não estão dando certo, concentre seus esforços onde há resultados. Aquário (21/1 a 19/2) Dedique o seu tempo a preparar as coisas para que os seus objetivos sejam atingidos o mais breve possível. Livre-se do que está tirando o seu foco. Peixes (20/2 a 20/3) Não se confunda, as pessoas querem mais realidade, aqui e agora, ou que os sonhos se materializem para ontem, nada de promessas para o futuro distante.


cultura

www.readmetro.com

As poderosas Novas séries reforçam presença feminina na televisão Com três meses de atraso, duas das mais comentadas novidades da TV paga dos Estados Unidos chegaram, enfim, ao Brasil. A HBO agora exibe, às segundas-feiras, “Veep” e “Girls”. As duas comédias reforçam uma tendência crescente entre as séries americanas, que é a de colocar as mulheres em papéis de destaque. “Veep” é a nova empreitada de Julia Louis-Dreyfus – a eterna Elaine, de “Seinfeld”. Desta vez, ela encarna Selina Meyer, vice-presidente dos Estados Unidos. A graça da série está em brincar com a suposta insignificância do cargo, relegado à sombra das questões realmente significativas, com piadas ágeis e um elenco afinado, que inclui Tony Hale (de “Arrested Development”) como assessor de Meyer. Já “Girls” vem sendo apontada como uma “Sex and the City” para a atual

Julia Louis-Dreyfus é a vice-presidente dos EUA

geração de 20 e poucos anos – mas com bem menos glamour e mais pé no chão. Produzida por Judd Apatow (diretor de “O Virgem de 40 Anos”) e criada, dirigida e protagonizada por Lena Dunham, a série acompanha o périplo de Hannah para conseguir se manter em Nova York após ter a mesada cortada pelos pais. A jornada dela é dividi-

da com as amigas Jessa, Marnie e Shosanna, cada uma bem diferente da outra. O que dá personalidade à série é sua alta dosagem de sarcasmo, dirigida a um público que facilmente se identificaria com as situações vividas pelas personagens. Ambas as séries tiveram temporadas curtas, de oito e dez episódios, respectivamente, mas o sucesso foi tanto que elas já foram renovadas. A boa repercussão também é atestada pela lista de candidatos ao Emmy Awards: as duas concorrem ao prêmio de melhor comédia e, também, na categoria de melhor atriz. As mulheres estão mesmo com tudo. AMANDA QUEIRÓS WWW.METROPOINT.COM

Às segundas, na HBO. “Girls”, às 22h. “Veep”, às 22h30.

Mulheres no comando Veja outras séries em que elas detêm os papéis mais fortes e interessantes

‘The Good Wife’ ‘Smash’ Exibida no Universal Channel Katharine McPhee e Megan Hilty encarnam duas atrizes de personalidades opostas que disputam o papel de Marilyn Monroe em um musical da Broadway

13

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Exibida no Universal Channel Julianna Margulies é Alicia, que retoma uma carreira de advogada há muito abandonada após ser traída pelo marido. O trabalho garantiu à atriz um Emmy no ano passado

‘Homeland’ Exibida na HBO Vencedora de um Globo de Ouro pela pe série, Claire Danes Da vive Carrie, umaa aagente doo governo am americano que invest investiga stiga o suposto envolvimento envolvimentoo de um ex ex-marine x-marine com terroristas terrorista as

‘Nurse Jackie’ Exibida no Studio Universal Conhecida por ter feito “Família Soprano”, Edie Falco ganhou um Emmy em 2010 pelo papel da enfermeira viciada em analgésicos

Rap, rock e black music agitam o Cedo e Sentado DIVULGAÇÃO

A semana começa com uma mistura de sonoridades no Granfinos. É o projeto “Cedo e Sentado”, que vem se consolidando nas noites de segunda-feira. Hoje, a casa recebe quatro atrações. A abertura fica por conta do Quase Coadjuvante, banda mineira de indie rock que se prepara para lançar seu novo álbum ainda este ano. Logo em seguida, Dokttor Bhu e Shabê traz sua

Banda Quase Coadjuvante

mistura de groove e rap. Os dois shows são gratuitos. Na sequência, o público confere o rap da brasiliense

Flora Matos e o repertório diversificado do DJ Thiagão, influenciado por música brasileira e black music. Esses dois shows integram a segunda parte do projeto, o “Engata Segunda”, com entradas a R$ 10. Os shows começam às 20h. O Granfinos fica na avenida Brasil, 326, Santa Efigênia. Informações em granfinos.com.br ou pelo (31) 3241-1482. METRO BH

Abertas inscrições para 4ª Mostra e Olimpíadas de Artes Circenses Palhaços, malabaristas, aerealistas, acrobatas e equilibristas têm até o próximo domingo para se inscrever na 4ª Mostra e Olimpíadas de Artes Circenses de Belo Horizonte. Entre 17 e 26 de agosto, os artistas se revezarão em espetáculos gratuitos no parque Lagoa do Nado,

região Norte da capital. O evento também dedicará espaço para uma homenagem a João Batista Nogueira, o palhaço Lingueta, morto em outubro de 2011. As melhores performances serão premiadas. Informações pelo site phabrikacultural.com.br. METRO BH

Maratona de circo DIVULGAÇÃO


14

3

esporte

QUADRO DE MEDALHAS País 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º

CHINA EUA ITÁLIA C. SUL FRANÇA C. NORTE CAZAQ. AUSTRAL. BRASIL HUNGRIA

www.readmetro.com

esporte

Ouro

Prata

Bronze

6 3 2 2 2 2 2 1 1 1

4 5 3 1 1 0 0 1 1 1

2 3 2 2 1 1 0 1 1 1

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Brasil vai às quartas

ANDREA COMAS/REUTERS

Neymar faz valer o ingresso, Brasil derrota a Belarus de virada e está nas quartas de final em Londres Com um gol e duas assistências (para Alexandre Pato e um passe de calcanhar para Oscar), o atacante Neymar foi fundamental na vitória do Brasil por 3 a 1, de virada, sobre a Belarus, ontem, em Manchester, diante de 66.212 torcedores. Com isso, a Seleção garantiu, de forma antecipada, a classificação para as quartas de final do torneio masculino de futebol na Olimpíada de Londres. Na comemoração do seu golaço, de falta – o 100º do Brasil na história do futebol olímpico –, Neymar se juntou a Marcelo na lateral do gramado e ambos fizeram um sinal com o braço esticado para o céu, em alusão ao velocista jamaicano Usain Bolt, favorito ao ouro nos 100 m. O Brasil teve dificuldade

“Tomara que eu me acostume a fazer sempre gols aqui [no Old Trafford].” OSCAR, MEIA DA SELEÇÃO

em vencer a forte retranca adversária. Levou susto, com gol de Bressan, aos 8 minutos de jogo, mas Pato

3 x 1

igualou seis minutos depois. A virada só saiu dos pés de Neymar, aos 20 minutos da segunda etapa. E, nos acréscimos, Oscar fechou o placar. A Seleção volta a campo na quarta-feira, contra a Nova Zelândia, em Newcastle, às 10h30. Ontem, Pato entrou no l ugar de Damião e pode ter ganho a vaga de titular. METRO RIO

Brasil: Neto; Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo; Rômulo, Sandro (Ganso) e Oscar; Neymar, Hulk (Danilo) e Alexandre Pato (Lucas). Técnico: Mano Menezes Bielorrúsia: Gutor, Kuzmenok, Politevich, Kozlov e Polyakov; Dragun (Gavrilovich), Baga, Renan Bressan, Aleksievich (Voronkov) e Gordeichuk; Kornilenko (Zubovich). Técnico: Georgy Kondratyev

• Gols: Renan Bressan, aos 7 minutos, e Alexandre Pato, aos 14 minutos do 1o tempo; Neymar, aos 19, e Oscar aos 47 do 2o tempo • Arbitragem: Yuichi Nishimura (JAP), auxiliado por Toru Sagara e Toshiyuki Nagi

Oscar (10) “engraxa” as chuteiras do craque Neymar

CHRISTIAN PETERSEN/GETTY IMAGES

Depois de 16 anos, vitória

Breves

Sem problemas na estreia

MIKE SEGAR/REUTERS

VÔLEI. A Seleção masculina de vôlei passou fácil pela Tunísia na estreia dos Jogos de Londres: 3 sets a 0 (parciais de 25/17, 25/21 e 21/18). Amanhã, às 18h, o time enfrenta a Rússia. METRO

Erika foi a cestinha do Brasil

De branco, brasileiros superam australianos em Londres

Longe das Olimpíadas desde os Jogos de Atlanta, em 1996, o basquete masculino do Brasil voltou em grande estilo. Em Londres, a Seleção teve dificuldades, mas passou pela Austrália por 75 a 71. Amanhã, às 12h45, a equipe volta à quadra para enfrentar a anfitriã Grã-Bretanha. Além de Brasil, GrãBretanha e Austrália, o Grupo B também tem Espanha, Rússia e China. Em quadra, o que se viu foi um Brasil que alternou bons momentos com nervosismo. O começo foi tenso com o país da Oceania abrindo seis pontos de vantagem logo nos primeiros

minutos. Até que o armador Leandrinho – cestinha brasileiro com 16 pontos – pôs o Brasil no jogo. Mesmo perdendo o primeiro quarto (20 a 19), o Brasil melhorou no segundo e acabou a frente (36 a 35). No terceiro, o time chegou a abrir 11 pontos de vantagem. A Austrália, porém, equilibrou no último quarto, mas o Brasil confirmou a vitória. Passeio americano Favoritos ao ouro, os EUA venceram a França ontem, na estreia, por 98 a 71. O destaque foi o ala Kevin Durant, com 22 pontos anotados. METRO

Meninas tentam recuperação Depois de perder para a França na estreia olímpica, sábado, em Londres, por 73 a 58, a Seleção feminina de basquete volta à quadra hoje, diante da Rússia. “Sabemos que é difícil, mas também sabemos que estamos treinadas para ganhar. Temos muita coisa pela frente. Ralamos três meses para chegar aqui e não vamos entregar de bandeja assim, não”, afirmou o a pivô Erika, cestinha do Brasil na derrota para as francesas com 17 pontos. METRO

Bellucci é eliminado TÊNIS. Thomaz Bellucci perdeu de virada – 6/7(5), 6/4 e 6/4 – na estreia olímpica para o francês Jo-Wilfried Tsonga, número 6 do mundo.

Meninas dão adeus a Londres GINÁSTICA. A Seleção fe-

minina de Ginástica Artística está eliminada da Olimpíada. Ontem, a equipe ficou com o 12o lugar encerrou a participação nos Jogos de Londres. METRO

Judô é recordista de medalhas 17 NO TOTAL. Com o ouro conquistado por Sarah Menezes e o bronze de Felipe Kitadai, sábado, o judô se tornou o recordista de medalhas olímpicas do país. São 17, contra 16 da vela e do vôlei. METRO

METRO

Brasil fora do revezamento NATAÇÃO. Sem Cesar Cie-

lo, poupado para uma possível final, o Brasil foi eliminado do revezamento 4x100 metros. O quarteto brasileiro ficou em nono lugar. METRO

Hamilton vence na Hungria F-1. O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, venceu ontem o GP da Hungria. Completaram o pódio Kimi Raikkonen e Romain Grosjean, ambos da Lotus. Bruno Senna foi o 7o e Felipe Massa, o 9o. METRO


esporte

15

www.readmetro.com SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

MARCELO SADIO/VASCO.COM.BR

Borges põe Raposa a um ponto do G4 PEDRO VILELA/FUTURAPRESS

Atacante marca os dois gols da vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 1 Cruzeiro agora é quinto colocado O Cruzeiro não se deixou abater após a derrota sofrida na última rodada. Apoiado pela torcida celeste, o time da capital fez o que poder ter sido a sua melhor apresentação até o momento no campeonato e superou o Palmeiras, ontem, por 2 a 1. Com o resultado, a Raposa chega à quinta colocação na tabela, com 23 pontos, apenas um atrás do Grêmio, que é a primeira equipe no G4. O destaque da partida foi o artilheiro Borges, que marcou os gols da vitória celeste e colocou a Raposa de volta na briga pelas primeiras colocações. De quebra, o placar ainda jogou o Palmeiras para o 18º lugar, há três jogos sem vencer. Quem também mereceu aplausos do torcedor foi o atacante Wallyson, que voltou ao time titular e teve uma boa participação. O primeiro gol celeste foi marcado aos 36 minutos do primeiro tempo, após a arbitragem marcar um pênalti polêmico de João Vitor sobre o meia Montillo. Os palmeirenses

reclamaram muito, alegando que a falta ocorreu fora da grande área. O Palmeiras, que apostava nos contra-ataques para tentar pontuar fora de casa, voltou para o segundo mais aberto, com o atacante Obina no comando do ataque. Mas, aos 10 minutos da etapa final, Montillo iniciou jogada que encontrou o inspirado atacante Borges, que marcou seu segundo gol. E o placar só não foi ampliado devido às boas intervenções do goleiro palmeirense Bruno. Os momentos finais, porém, foram de tensão para o time de Belo Horizonte. Primeiro, Barcos converteu pênalti sofrido por Maikon Leite, aos 23 minutos, o que levou o Palmeiras a retomar a postura ofensiva. No fim do jogo, o time paulista ainda teve um gol anulado, o que revoltou ainda mais o elenco palmeirense, mas não tirou o brilho da vitória celeste. CRISTIANO MARTINS METRO BELO HORIZONTE

Dedé levou 3º cartão

Dedé vai desfalcar o Vasco

Montillo e Victorino abraçam o artilheiro Borges, que garantiu a vitória celeste ontem

2 x 1

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Thiago Carvalho, Victorino e Diego Renan; Charles, Leandro Guerreiro, Tinga e Montillo (Souza); Borges (Anselmo Ramon) e Walyson (William Magrão ). Técnico: Celso Roth Palmeiras: Bruno; Artur, Henrique, Leandro Amaro e Fernandinho; Márcio Araújo, João Vítor , Daniel Carvalho (Maikon Leite), Mazinho e Patrik (Obina); Betinho (Barcos ). Técnico: Luiz Felipe Scolari

• Gols: Borges, aos 36 do primeiro tempo e aos 10 do segundo tempo; Barcos, aos 23 do segundo tempo • Arbitragem: Fabrício Neves Correa • Local: Arena Independência, em Belo Horizonte

BORGES, ATACANTE DO CRUZEIRO

Retorno Fabuloso

JULIA CHEQUER/FOLHAPRESS

Depois de perder para o Atlético-GO e ver a torcida protestar, o São Paulo voltou a campo ontem e mostrou a razão que o credencia como candidato ao título do Brasileirão: com bom futebol, o time bateu o Flamengo no Morumbi por 4 a 1 e chegou aos 22 pontos no torneio nacional. A vitória, porém, não foi o único motivo de comemoração dos são-paulinos. Debaixo da meta estava Rogério Ceni, que retornou após seis meses se recuperando de lesão. O primeiro gol foi marcado por Maicon, que acertou de fora da área. A partir daí, Luis Fabiano resilveu tomar

“Procurei me posicionar bem e ajudar os companheiros. Estava com o freio de mão puxado, mas já é o terceiro gol. Se bobear, chego de novo (na artilharia).”

conta do jogo. Ainda no primeiro tempo, ele aproveitou de cabeça um escanteio da esquerda. O Fabuloso, inclusive, fez questão de tirar a camisa e beijar o escudo, como um sinal de paz com a torcida, que o ovacionou após o gol. Mas ainda tinha mais por vir: na etapa final, o camisa 9 ainda anotou o terceiro gol, também de cabeça, após cruzamento do lateral Cortez. O artilheiro tricolor ainda deu um passe açucarado para Jadson marcar o quarto do São Paulo. Ramon descontou para o Flamengo, que perdeu a quinta no torneio. METRO SP

Luis Fabiano foi o nome do jogo no Morumbi

Miralles desafoga o Peixe O jejum do Santos no Campeonato Brasileiro acabou. Depois de quatro jogos sem vencer na competição, o Peixe bateu a Ponte Preta ontem por 2 a 1, na Vila Belmiro, e finalmente deixou a zona de rebaixamento. Com um gol do argentino Miralles, aos 40 minutos do segundo tempo, o alvinegro praiano derrotou o time de Campinas, apenas três minutos depois do atacante Roger, da Macaca, ter deixado tudo igual. O defensor Bruno Peres, aos 37 minutos da etapa inicial, anotou o primeiro gol da vitória santista. METRO SP

Após empatar em 0 a 0 com o Internacional, no sábado à noite, em Porto Alegre, e beneficiado pelo empate do Fluminense com o líder Atlético, na tarde de ontem, o Vasco manteve-se isolado na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, a dois pontos do topo da classificação. Mas o técnico vascaíno Cristóvão Borges tem um problema grave para resolver: a ausência do zagueiro Dedé, que levou o terceiro cartão amarelo contra os gaúchos e vai desfalcar o cruz-maltino na partida contra o Corinthians, no próximo domingo, às 16h, em São Januário, pela 14ª rodada do Brasileirão. Cristóvão pode escalar Fabrício – que substituiu Douglas contra o Inter – ou os pratas da casa Jomar e Luan, que já treinam com os profissionais. METRO RIO

CLASSIFICAÇÃO P V GP SG 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

ATLÉTICO VASCO FLUMINENSE GRÊMIO CRUZEIRO INTER SÃO PAULO BOTAFOGO CORINTHIANS PONTE PRETA FLAMENGO CORITIBA SPORT NÁUTICO PORTUGUESA SANTOS BAHIA PALMEIRAS ATLÉTICO-GO FIGUEIRENSE

32 10 25 17 30 9 20 9 26 7 22 14 24 8 18 6 23 7 17 3 23 6 18 7 22 7 21 5 20 6 22 5 16 4 13 0 16 4 16 -1 16 4 16 -5 15 4 23 -4 14 3 13 -6 13 4 17 -10 13 3 10 -6 13 2 9 -3 12 2 11 -7 10 2 13 -3 9 2 12 -13 8 1 13 -8

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B


16

www.readmetro.com

esporte

SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2012

Galo garante um ponto no Rio e segue no topo Fluminense interrompe sequência de vitórias do Atlético, mas não supera a melhor defesa do campeonato e perde pontos em casa no confronto direto Elenco alvinegro comemora resultado e manutenção da liderança RUDY TRINDADE/FRAME/FOLHAPRESS)

Em sua maior “prova de fogo” até o momento neste Brasileirão, o Atlético até que se saiu bem. Jogando fora de casa contra a forte equipe do Fluminense, o Galo mostrou porque é um dos favoritos e garantiu um ponto importante. Com o empate em 0 a 0, o time mineiro mantém a vantagem de seis pontos em relação ao tricolor carioca, terceiro colocado e adversário direto pelo G4 e pelo título. Além disso, permanece dois pontos à frente do vice-líder Vasco, que também empatou na rodada, contra o Inter. Apesar de ter quebrada

“Foi maravilhoso este resultado. Empatar fora de casa contra uma equipe que é uma das favoritas para a conquista do título é um placar que deve ser valorizado.” RONALDINHO, MEIA DO ATLÉTICO

a sua série de sete vitórias seguidas, o elenco alvinegro comemorou o resultado e o fato de se manter invicto há oito jogos. O aproveitamento da equipe mineira fora de casa tem feito a diferença para a boa colocação na tabela: cinco vitórias, um empate e só uma derrota. “Dentro das circunstâncias da partida, das condições do gramado, e contra um adversário direto, fora de casa, a gente não pode deixar de comemorar esse ponto”, disse o goleiro Victor, que fez pelo menos duas defesas milagrosas e garantiu o resultado.

0x 0

O jogo foi bastante movimentado desde o início, e os dois times chegaram bem perto de abrir o marcador. Fred parou nas mãos de Victor duas vezes, e Danilinho jogou por cima a melhor chance do Galo. A poucos minutos do fim, Fred recebeu em profundidade, passou por Victor e tocou para a rede, mas a arbitragem assinalou um impedimento duvidoso. O time atleticano também reclamou, em função de cartões não aplicados. CRISTIANO MARTINS METRO BELO HORIZONTE

Fluminense: Cavalieri, Wallace (Wagner), Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Digão, Jean e Deco; Wellington Nem, Thiago Neves (Marcos Júnior) e Fred. Técnico: Abel Braga Atlético-MG: Victor, Marcos Rocha (Serginho), Leonardo Silva, Réver e Junior Cesar ; Pierre , Leandro Donizete, Danilinho (Guilherme) e Ronaldinho; Bernard (Escudero) e Jô. Técnico: Cuca

• Arbitragem: Rodrigo Braghetto (SP), auxiliado por Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Vicente Romano Neto (SP) • Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro

Fred teve duas ótimas chances, mas parou em defesas milagrosas do goleiro Victor

WAOMM

Dudu, Gilberto e Timbó retornam

Ipatinga soma 11 derrotas seguidas Enquanto os demais times mineiros jogam de olho no G4 e não se veem ameaçados pelo rebaixamento tanto na elite quanto na Série de B do Campeonato Brasileiro, a fase do Ipatinga pode ser apontada como uma das mais desastrosas dos últimos tempos. No sábado, o Tigre vencia até os 27 do segundo tempo, jogando no Ipatingão, mas sofreu a virada para o São Caetano nos minutos finais. Com isso, amargou sua 11ª derrota consecutiva pela Segundona. A primeira e única vitória obtida pelo time do Vale de Aço aconteceu na terceira rodada da competição, sobre o Asa, por 1 a 0.

De lá para cá, foram 11 partidas sem pontuar, série que jogou o time para a última colocação na tabela, com um saldo negativo de 20 gols e apenas quatro pontos ganhos, seis abaixo do primeiro time fora da zona do rebaixamento. A maratona de derrotas foi marca por três goleadas sofridas, entre elas a maior da história do clube: 6 a 0, contra o Joinville. Para tentar uma recuperação milagrosa, o clube mineiro apresentou dois reforços na semana passada: o experiente zagueiro Thiago Matias, que já havia defendido o Tigre, e o atacante Bachin, ex-Gama, Guarani e Brasiliense. METRO BH

Pimpão tem tudo para fazer seu segundo jogo pelo Coelho

Para não se afastar muito do líder Criciúma, o América tenta esquecer a virada por 2 a 1 sofrida contra o Boa, na semana passada, e reagir diante de sua torcida, amanhã, às 19h30, contra o Joinville, pela 14º rodada da Série B. No primeiro coletivo de preparação, no sábado, o técnico Givanildo Oliveira avaliou as opções que tem para armar a equipe. Ele saiu satisfeito com as atuações do volante Dudu, recuperado das dores na coxa esquerda, e do atacante Rodrigo Pimpão, recém-contratado pelo Coelho, que deve fazer sua segunda partida pelo time da capital. “Minha chegada foi mui-

to rápida. Fiz somente um treino com a equipe e já fui para o jogo. Esta semana está sendo importante, para que eu adquira ritmo e entrosamento com os demais jogadores”, disse Pimpão. Para a partida de amanhã, o treinador alviverde deverá também contar com as voltas dos meias Gilberto e Júnior Timbó, que haviam sido poupados na última rodada, mas já voltaram a treinar. O Coelho ocupa a terceira posição na tabela, com 26 pontos, seis atrás do líder Criciúma. Já o Joinville, que vem de vitória por 1 a 0 contra o América-RN, é o sétimo colocado, com 21 pontos. METRO BH


20120730_br_metrobh