Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

THE WALKING DEAD BATE RECORDE DE VENDAS EM QUADRINHOS {pág 09} ABL COMEMORA 115 ANOS COM ENTREGA DE PRÊMIOS LITERÁRIOS {pág 08}

MIAUUU... BATMAN PRONTO PARA PEGAR A MULHER-GATO {pág 10}

RIO DE JANEIRO Quinta-feira,

19 de julho de 2012

Edição nº 442, ano 2 Mín 13°C Máx 22°C

Anatel congela venda de linhas de três operadoras No Rio, suspensão atinge apenas a TIM, que deve parar de comercializar o serviço móvel na segunda Medida afeta ainda Oi e Claro em outros Estados Empresas têm 30 dias para apresentar plano para melhorar serviços {pág 06} No Rio

Menos homicídio de jovens Estado reduz em 33,3% número de assassinatos de pessoas de até 19 anos em uma década No país, porém, taxa cresce 15,8% {pág 04}

Cidade tem mais cracolândias

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Rio tem 3 mil usuários de crack, que chegam a gastar até R$ 740 por semana, segundo pesquisas {pág 03} Com péssima atuação, Ibson não viu a cor da bola ontem: retrato de um time que esteve perdido em campo CELSO PUPO / FOTOARENA

Timão goleia o Flamengo

Mesmo jogando em casa, rubro-negro perde por 3 a 0 para o Corinthians Botafogo e Santos só empatam Vasco vence o São Paulo e segue vice-líder {págs 16 a 18}

Atentado mata ministro sírio Explosão em prédio do governo deixa três mortos {pág 07}


rio

02

1 foco

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

ANP divulga hoje multa à Chevron

Fala, candidato! Você, leitor do Metro, quer saber alguma coisa do seu candidato a prefeito? Mande sua pergunta para o email

leitor.rj@metrojornal.com.br As melhores perguntas serão feitas aos candidatos durante o debate da Band, no próximo dia 2 de agosto.

Relatório final de órgão regulador sobre vazamentos sai hoje Empresa deve voltar a produzir no Frade DIVULGAÇÃO

Light é autuada Outra obra da Light na Zona Portuária foi autuada ontem. De acordo com a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, equipes da Light abriam, sem autorização, uma vala de 60 metros nas novas calçadas da av. Venezuela. Anteontem, a companhia foi multada por obra, também sem autorização, na rua Camerino. Os trechos fazem parte do Projeto Porto Maravilha.

Cotações Dólar

Euro

Estável (R$ 2,02)

- 0,24% (R$ 2,48)

Bovespa

Selic (8%)

+ 1,25% (54.583 pts)

Salário mínimo (R$ 622)

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) divulgará hoje o relatório final sobre o acidente provocado pela petrolífera Chevron no Campo de Frade, na Bacia de Campos. Nesta ocasião, também será conhecido o valor de multa aplicada à multinacional. Há oito meses, o primeiro vazamento deixou cerca de 3 mil barris de petróleo no mar do litoral norte do Estado. A Chevron deve pedir em breve para retomar a produção no Campo de Frade. Como a atuação seria

Passageiro pega um táxi não cadastrado no Galeão FÁBIO TEIXEIRA / FUTURA PRESS

Mais de 3 mil barris de petróleo na Bacia de Campos

em poços já perfurados, não haveria proibição da agência. O que não está autorizado são novas perfurações. Ontem, em nota, a empresa confirmou que pretende retomar a produção de óleo no local e informou

Pai espanca e mata filho de dois anos Weslei Fernandes Araújo, de apenas dois anos de idade, não resistiu aos ferimentos depois de ter dado entrada no Hospital Federal Cardoso Fontes, em Jacarepaguá. O menino foi levado pelos vizinhos da favela onde mora, Rio das Pedras. A criança apresentava um quadro de parada cardiorrespiratória. O diagnóstico indicava hematomas pelo corpo e indícios de fraturas no crânio, além de vários dentes quebrados. O pedreiro Widemberg de Araújo Souza, 22 anos, assumiu em depoimento aos policiais da 32ª DP (Taquara) que bateu na criança. De acordo com a polícia, o pai e a madrasta vão res-

ponder por tortura, com morte, já que a criança morreu horas após dar entrada no hospital. Se condenados, eles podem pegar até 21 anos de prisão. À polícia, a madrasta contou ainda que chamou uma ambulância do Samu e levou o menino para o hospital. Inicialmente, ela alegou que o menino tinha caído da cama. “A médica que atendeu desconfiou desde o início devido a várias lesões que a criança apresentava. Eles foram presos em flagrante. A investigação segue e agora vamos tentar entender o que levou a agressão”, disse o delegado Vilson Almeida, da 32a DP (Taquara). METRO RIO

que espera ser “parceira do país no desenvolvimento de seu potencial” energético. Depois do vazamento, a Chevron só parou de produzir petróleo na Bacia de Campos em março deste ano. METRO RIO

Metrô altera horário de circulação Por conta do início de uma etapa de testes dos novos trens do metrô, a partir deste fim de semana, a Linha 2 terá um esquema especial de funcionamento. Aos sábados, entre 21h e meia-noite e aos domingos, entre 21h e 23h, as novas composições compradas de uma fábrica na China passarão por testes na via. Por isso, a Linha 2 só operará normalmente entre as estações Estácio e Colégio. Os usuários que desejarem seguir viagem até a Pavuna deverão desembarcar em Colégio e pegar outra composição, que partirá a cada 20 minutos. METRO RIO

Fiscalização de táxis volta ao aeroporto O sistema Táxi Boa Praça voltou a funcionar no aeroporto internacional Tom Jobim / Galeão, ontem. No terminal 1, só os táxis das duas cooperativas cadastradas pela Infraero podem operar. Já no desembarque do terminal 2, ficam os táxis especiais. As cooperativas

Pirata na orla

Em Copa, homem vestido do personagem Jack Sparrow era a atração dos turistas que passeavam no calçadão BRUNA PRADO / METRO RIO

O tempo vai melhorar A frente fria, que há dias deixa a cidade fria e chuvosa, vai sair do Rio. O tempo melhora para o final de semana. De acordo com o Climatempo, hoje o dia amanhece com sol, mas a mínima pode chegar a 16ºC. Também estão previstas pancadas de chuva.

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 021/2586-9570

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo.

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

credenciadas dos táxis comuns ficam do junto às saídas do saguão. Já do outro lado da calçada ficam os táxis não credenciados no sistema. Ontem, muitos passageiros preferiram os táxis não cadastrados, em maior número. METRO RIO

Metro Rio de Janeiro. Editora Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Janaína Orlani. Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro Rio é impresso pela Editora O Dia S.A. A tiragem e distribuição desta edição de 100.000 exemplares são auditadas pela BDO.


www.readmetro.com

rio

03

QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Cidade tem, pelo menos, 11 grandes cracolândias Expansão está ligada à proibição do crack em favelas imposta por traficantes Pesquisa aponta que existem cerca de 3 mil dependentes no Rio Usuários chegam a gastar até R$ 740 por semana para sustentar o vício RODRIGO MELO DE CARVALHO/DIVULGAÇÃO

O consumo de crack, umas das drogas mais devastadoras, está se espalhando pela cidade. E o pior, fugindo das grandes aglomerações em ruas e comunidades, as chamadas cracolândias, e difundindo em pequenos espaços, que podem ser chamados de minicracolândias. Levantamento feito pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) aponta que existem cerca de 3 mil usuários de crack perambulando pelas ruas em busca da pedra. O mapeamento também apontou a existência de pelo menos 11 cracolândias em diferentes bairros da cidade. Essas, porém, são as grandes e consolidades. Mas o número pode ser bem maior. “Existem muitas casinhas, locais onde não dá para se viver, que se transformaram em cracolândias. Para saber a quantidade dessas precisaríamos ter um estudo muito profundo. Recebemos denúncias desses locais. Já encontrei uma família inteira em um bueiro

Operações

A Secretaria de Assistência Social faz operações de combate ao crack, em conjunto com órgãos de segurança, desde 31 de março de 2011. Veja os números: 92 operações foram feitas nas principais cracolândias

com um bebê de um ano”, contou a assistente social da secretaria, Daphne Braga. A expansão das cracolândias, segundo a polícia, é resultado da proibição da venda e do consumo de

da cidade. Ao todo, foram 4.553 acolhimentos, sendo 3.909 adultos e 645 crianças e adolescentes. 257 pessoas acolhidas tinham mandados de busca e apreensão. 26 ações no Jacarezinho foram feitas, com 1.565 acolhimentos no local. 20 no Centro, com 1.180 acolhimentos. 12 no Parque União, com 314 acolhidos. 8 no Morro do Cajueiro, com 471 acolhimentos. 7 em Manguinhos, com 457 acolhidos. Outras ações foram feitas em pontos de consumo de drogas na Ilha do Governador, Madureira, Irajá, Catete, Lapa, Tijuca, Vila Isabel e Lins de Vasconcelos.

crack em algumas comunidades imposta pelo tráfico. Essa imposição é uma forma de evitar as contantes operações policiais e também as de acolhimento dos usuários feitas pela SMAS,

Greve das federais

por dia, escancaradamente e atacando populares”. “Muitos usuários ficam tão doidos que acabam assaltando a boca (de fumo)”, acrescentou Daphne.

Em minicracolândia, agentes acolheram uma mãe de 32 anos com 4 filhos menores (o maior com 6 anos), em operação na Pavuna, ontem

realizadas em conjunto com órgãos de segurança. Titular da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), Valéria Aragão diz que a polícia tem informações de que ao menos a maior fac-

ção criminosa do Rio está se mobilizando para interromper a venda da pedra, quando o estoque acabar. O motivo é “evitar a visibilidade que o usuário do crack traz, que consome até 30 pedras

Gasto alto O resultado dessa expansão e do consumo é devastador. Pesquisa do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Atenção ao Uso de Drogas (Nepad), da Uerj, com jovens dependentes de drogas, apontou que 66% deles eram usuários do crack, 25% fumavam maconha e 5% eram dependentes de cocaína. O estudo mostrou que, para sustentar o vício, os “cracudos” chegam a gastar R$ 740 por semana. E, para conseguir rápido esse dinheiro, assaltam motoristas e pedestres: 63% dos dependentes de crack assumiram roubar a mão armada. A pesquisa ouviu 61 adolescentes entre 12 e 18 anos. RENATA MACHADO METRO RIO

Defensoria entra com liminar para restabelecer atendimento no Iaserj A Defensoria Pública da União entrou com pedido de liminar contra o município, o Estado e a União para que os pacientes voltem a ser atendidos no Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (Iaserj). De acordo com a defensoria, o atendimento não poderia ter sido interrompido sem a criação

MP É ACIONADO

Universitários apoiam os docentes e também reivindicam educação de qualidade ERBS JR./FRAME/FOLHAPRESS

Alunos protestam por professores

Dezenas de estudantes tomaram a escadaria da Câmara dos Vereadores, ontem, no Centro, para protestar a favor da greve dos servidores federais do ensino, que reivindicam reajuste salarial, plano de carreira e melhores condições de trabalho. Os sindicatos que representam professores em greve nas universidades e institutos federais indicam que a paralisação, que já dura dois meses, deve ser mantida.

Sindicatos contra chips em jalecos Os sindicatos dos médicos e dos enfermeiros do Rio de Janeiro vão entrar com representações no Ministério Público do Trabalho

imediata dos novos postos de atendimento. O pedido, feito na noite de terça-feira, ainda não foi avaliado pela Justiça. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, todo o serviço do Iaserj - que será desativado para dar lugar a uma unidade do Instituto Nacional do Câncer (Inca) - passará a funcionar no Hospital Eduardo contra os chips implantados em jalecos de funcionários da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Mesquita, da rede estadual de saúde. A medida adotada pela direção visa controlar a frequência dos 150 servidores e evitar o desvio de materiais. “Que país é esse que as pessoas têm que ser monitoradas por um chip? E

Rabello (Iaserj Maracanã). No entanto, a defensoria contesta que, como isso ainda não foi feito, pacientes são levados ao Hospital Getúlio Vargas sem haver novos postos de atendimento. Funcionários continuam acampados no Iaserj e a equipe médica segue atendendo pacientes que chegam à unidade. METRO RIO também acho que não vai funcionar. Um jaleco eu posso trocar com você”, questiona a presidenta do Sindicato dos Enfermeiros, Monica Armada. Presidente do Sindicato dos Médicos, Jorge Darze disse que também vai encaminhar um documento à Organização Internacional do Trabalho (OIT) sobre a situação. METRO RIO


04

brasil

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Rio de Janeiro reduz homicídio de jovens Entre 2000 e 2010, Estado registrou queda de 33,3% nos assassinatos envolvendo crianças e jovens Brasil é o 4º pior em ranking de 92 países Dados do Mapa da Violência 2012, divulgado ontem, revelam que o Estado do Rio de Janeiro teve a terceira maior queda nos homicídios de crianças e jovens entre 2000 e 2010 no país. A redução foi de 33,3% - apenas atrás de São Paulo e Roraima, primeiro e segundo lugar, respectivamente. Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Distrito Federal também tiveram redução. No caso fluminense, a variação tirou o Rio de Janeiro da liderança do ranking dos Estados que mais matam jovens no Brasil, caindo para a 10a posição. Mesmo com os bons números, o Mapa da Violência 2012 aponta que o Brasil é o quarto país - num ranking

assassina17,20 tos por grupo de 100 mil habitantes de 0 a 19 anos é a taxa do Rio de Janeiro, segundo a pesquisa. formado por 92 países - com a maior taxa de homicídios entre pessoas de zero a 19 anos, a frente apenas de El Salvador, Venezuela e Guatemala. Nessa faixa etária, 26,5% das mortes são provocadas por homicídio. Na década de 1980, o índice era de 6,7%. A segunda maior causa de morte entre jovens são os acidentes de trânsito. As crianças e adolescentes representam cerca de 60 milhões de pessoas, segundo o censo do IBGE de 2010 ou o equivalente a 31,3% da

população. Para separar as causas das mortes, o estudo levou em consideração o SIM (Sistema de Informações de Mortalidade) do Ministério da Saúde. Segundo a pesquisa, foram registrados 608.462 assassinatos de jovens entre 1981 e 2010, uma média de 20,9 mil jovens mortos por ano. O número supera, por exemplo, a taxa de mortalidade anual das guerras como Iraque (13 mil), Chechênia (25 mil) e Angola (20 mil). A média nacional de mortes no trânsito contra jovens é de 8,6, o que coloca o Brasil na 12º lugar do ranking mundial. Entre 1980 e 2010, foram 176 mil mortes, por exemplo, provocadas por acidentes de carros

ou de motos. No entanto, em capitais como Porto Velho, Aracajú, Teresina, Vitória e Goiânia o cenário é ainda mais grave - os índices de óbitos no trânsito estão acima de 20 mortes para cada 100 mil crianças e adolescentes. A violência contra menores está concentrada em 1,3 mil cidades ou 23% dos municípios brasileiros. A taxa de assassinatos é maior em Alagoas (34,8) e no Espírito Santo (33,8), para grupo de 100 mil pessoas. São Paulo e Piauí têm as menores taxas de 5,4 e 3,6 para cada 100 mil, respectivamente. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Para analista, desempenho do Estado é questionável O cientista social Ignácio Cano, diretor do laboratório de análise da violência da UERJ, afirma que a queda na taxa de homicídios entre jovens até 19 anos é bem menor do que a indicada no Mapa da Violência. Segundo Cano, a diferença entre os números da pesquisa e a realidade é originada pela amostragem analisada: “Para que houvesse a comparação entre os Estados, os estudos utilizaram os números das secretarias de saúde e do SUS. No caso fluminense, se fossem analizadas as mortes contabilizadas pela Polícia Civil, a queda no ranking seria bem menor”, afirma. Apesar disso, o professor não descarta a diminuição dos homicídios nessa faixa etária: “As políticas de estado e a melhoria do contexto econômico são causas da redução”, explica Ignácio Cano. METRO RIO

Violência no país Veja como cresceram os índices de homicídios entre crianças e jovens por 100 mil habitantes entre 2000 e 2010 2000

2011

Bahia Rio Grande do Norte Pará

3,5 2,6 4,3 10,1 34,8 2,3 7,5

Tocantins

6,1

171,6%

16,6 2,7

135,5%

6,4 8,4 5,2

106,7%

10,7 4,1

101,8%

8,2 8,5

77,4%

15,1 20,6

Espírito Santo

33,8 8,1

Amazonas

7,1 9,5

33,3%

8,4 11,2

Sergipe

31,9%

9,5 12,4

Rondônia

30,8%

3,1 3,6

17,7% 9,9 10,8

Acre

9,2% 20,4 22

Amapá

8%

12 12,1

Mato Grosso

1,2% 23,9 22,9

Distrito Federal

-4%

11,9 11,1

Mato Grosso do Sul

-7% 22,3 19,3

Pernambuco

-13,3%

25,9

Rio de Janeiro

-33,3%

17,2 19,7

Roraima

64,2% 48,9%

12,1

Rio Grande do Sul

São Paulo

123,8%

18,8

Goiás

Piauí

186,5%

21,6

Paraná

245,4% 199,7%

6,8

Ceará

Minas Gerais

351,3%

19,2

Paraíba

Santa Catarina

387,4%

12,7

Alagoas Maranhão

576,7%

23,8

-55,9%

8,7 22,3

-76,1%

5,4

Brasil

11,9 13,8

Fonte: Mapa da Violênciaa0.000000 - 2012 / Crianças as e Adolescentes Adole s26.666667 do Brasil 13.333333

15,8% 40.000000

Violência sexual atinge 10,4 mil em 2011 O Mapa da Violência revela também que 10,4 mil crianças e adolescentes foram vítimas de violência sexual no país em 2011. A

grande maioria (83,2%) é do sexo feminino. O número foi levantado com base em atendimentos no SUS. Do total de casos regis-

trados no ano passado, 59% são estupros. Em segundo lugar aparece o assédio sexual, com 19,2% dos atendimentos. METRO


06

www.readmetro.com

economia

QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Anatel suspende vendas de linhas de TIM, Oi e Claro Medida atinge vários Estados a partir do dia 23 A partir da próxima segunda-feira, dia 23, estão suspensas as vendas de chips das operadoras de celular Oi, Claro e TIM em vários estados do país. A decisão foi anunciada ontem pelo presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), João Rezende. A Vivo, a maior operadora do país, não será afetada. Todas as operadoras, porém, serão obrigadas a melhorar os serviços. As empresas que não cumprirem a determinação deverão pagar multa de R$ 200 mil por dia. No caso da TIM, a decisão vale para 19 estados, enquanto que para a Oi são 5. Para a Claro, as vendas serão suspensas em três estados. Juntas essas empresas representam 70,12% do mer-

No Rio, Tim foi punida

Em Porto Alegre, Procon proibiu vendas desde segunda GABRIELA DI BELLA/METRO

cado de telefonia móvel do país. O motivo da medida é o aumento das reclamações de usuários. As vendas poderão ser re-

tomadas somente após as empresas apresentarem planos de investimentos, o que deverá ser feito em até 30 dias, contendo metas para

resolver problemas apresentados. Vivo, Sercomtel e CTBC também deverão apresentar um plano. “Embora extremas, medidas são necessárias para arrumar o setor. Queremos que as empresas dêem uma atenção especial à qualidade da rede, principalmente com relação às constantes interrupções que têm sido sentidas no mercado”, disse o presidente da Anatel, João Rezende. As empresas poderão recorrer ao Conselho Diretor da Anatel para pedir a suspensão da decisão. A Anatel deve receber as operadoras a partir de hoje para tratar da questão. Em junho existiam 256 milhões de linhas de telefonia celular no Brasil. O número cresce a ritmo de 19% ao ano. METRO

Veja os Estados Em quais lugares as operadoras estão proibidas de comercializar novas linhas de telefonia móvel. Claro Santa Catarina, São Paulo e Sergipe Oi Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Roraima TIM Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e Tocantins FONTE: ANATEL

OUTRO LADO

Operadoras se dizem surpresas O SindiTelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal afirmou que foi surpreendido e que a decisão foi baseada em queixas que não revelam as reais condições das redes. Disse que o setor eenfrenta restrições para a expansão das antenas de celular. A Oi afirmou que a análise da Anatel está “defasada em relação à evolução recente percebida” nos serviços. A TIM afirmou que ficou “surpresa com a medida e que irá tomar as medidas necessárias para restabelecer a normalidade das atividades. A Claro disse que foi surpreendida e que apresentará seu plano de investimentos. METRO BERNARDO GUTIÉRREZ/FOLHAPRESS

Queixa contra banco sobe 19% As queixas contra os bancos do país aumentaram 19% entre janeiro e junho comparado com o primeiro semestre de 2011. No período, a média mensal de queixas passou de 1.031 para 1.230 registros, segundo dados o BC (Banco Central). Os débitos não autorizados e as cobranças de serviços não contratados estão entre as principais reclamações dos clientes dos bancos. No primeiro semestre deste ano, do total de 7.384 queixas procedentes recebidas pelo BC, cerca de 30% se referem aos dois tipos de irregularidades. No caso da cobrança irregular de tari-

Em alta

das reclama30% ções dos clientes das instituições são

exemplo, a consultar dois extratos, por mês, contendo a movimentação dos úlpor causa de débito não timos 30 dias por meio de autorizado e de cobran- guichê de caixa e/ou terminal de autoatendimento, ça irregular de tarifas. sem cobrança de tarifas. No caso de movimentafas por serviço não contratado, o volume de reclama- ção atípica, o primeiro pasções cresceram 63,4%, pas- so é acionar o banco. Se sando de 627 para 1.025 ir- não obtiver sucesso, ele deregularidades registradas ve procurar a ouvidoria da na autoridade monetária. instituição financeira. Se o “A melhor forma de pre- problema não for resolvivenir é acompanhar o ex- do, o correntista deve bustrato bancário. Hoje, o con- car um órgão de defesa do sumidor tem acesso a servi- consumidor. O cliente pode ços de consulta gratuitos”, ainda registrar a sua recladiz assessora técnica do mação no site do Banco Procon-SP Marta Aur. O Central (www.bc.gov.br). cliente tem direito, por METRO

Queixas recebidas pelo BC Evolução mensal do total de queixas em 2012

Números de reclamações 1º sem/2011 1º sem/2012

TOTAL

6.190

7.384

Média mensal

1.031

1.230

Débito não autorizado em conta corrente

1.252

1.256

Cobrança irregular de tarifas Fonte: Banco Central

627

1.025

1.500

1.359

1.328

1.309

1.352

1.260

1.020

1.054 982

780

jan

fev

mar

abr

mai

jun

RANKING DE RECLAMAÇÕES

Bradesco e BB estão no topo No mês passado, o Banco do Brasil e Bradesco lideraram o ranking de reclamações do Banco Central que considera instituições com mais de 1 milhão de clientes. O Banco do Brasil foi a instituição que mais recebeu queixas no mês de junho, com 229 registros. Em segundo lugar aparece o Bradesco, com 224 reclamações. O Itaú ocupou a terceira posição, com 169 reclamações procedentes no período. A Caixa Econômica Federal ocupou a quarta posição da lista, com 147 reclamações. Em seguida aparece o Banco Santander, com 84 queixas em junho. O HSBC e Banrisul ocuparam as últimas posições do ranking, com 55 e 5 reclamações, respectivamente. METRO

Previsão do setor é de queda de 10% nas vendas em 2012

Venda de motos recua em julho O setor de motocicletas registrou, na primeira quinzena de julho, uma alta de 3,7% nas vendas, com o emplacamento de 65.742 unidades, contra 63.400 da primeira metade do mês anterior. Em relação ao registrado na primeira quinzena de julho de 2011, quando foram vendidas 87.571 motos, a queda é de 24,9%, informou a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares). Segundo a entidade, caso se mantenha esse ritmo

de vendas, a previsão de emplacamentos totais para o mês de julho é de 144.632 unidades, volume que ficaria 10% abaixo do registrado no mesmo período de 2011 (160.159 unidades). O principal motivo da queda é o endurecimento nas exigências para a liberação de crédito. “As vendas via consórcio correspondem a cerca de 35% do total das comercializações. Sem elas, as quedas seriam ainda mais acentuadas”, afirma José Eduardo Gonçalves, diretor-executivo da Abraciclo. METRO


mundo

www.readmetro.com

Rebeldes atacam núcleo do regime Atentado em Damasco matou três autoridades próximas ao ditador sírio STAFF / REUTERS

Na operação mais ousada desde o início do levante popular contra o ditador Bashar Al Assad, os rebeldes sírios osquestraram um atentado que matou três dos mais influentes aliados do presidente. Daoud Rajha, ministro da Defesa, Assef Shawkat, cunhado de Assad, e Hassan Turkmani, ex-ministro do regime, morreram na explosão de uma bomba, próximo ao palácio presidencial, em Damasco. Canais árabes noticiaram que o ministro do Interior também teria morrido, mas a TV estatal síria negou, informando que ele apenas saiu ferido. Também não há certeza sobre como ocorreu o ata-

Soldado contrai versão da peste negra Um soldado norte-americano contraiu uma versão da bactéria “Yersinia pestis”, causadora da peste negra, que dizimou um terço da Europa na Idade Média. Paul Gaylord, 59 anos, pegou a doença ao tirar um rato da boca de seu gato de estimação. Ele está com a mãos comprometidas, mas se internou em um hospital para tomar antibióticos. A peste tem cura. METRO

Turkmani, Rajha e Shawkat: aliados de Assad

que. A emissora governamental credita a ação a um homem bomba. Já o Exército Sírio Livre, dos rebeldes, afirma ter sido uma detonação remota de explosivos. Até o fechamento desta edição, Assad não havia se pronunciado sobre o ocorrido. Na comunidade internacional, porém, surgiram diversas reações. Os Estados

07

QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Unidos pediram a renúncia de Assad, argumentando que “a janela para a paz está se fechando” na Síria. A chanceler alemã, Angela Merkel, cobrou uma resolução mais dura das Nações Unidas contra o regime. O mesmo pedido partiu da Espanha. Mesmo com as pressões, o Conselho de Segurança

STRINGER / REUTERS

Fumaça indica o local da explosão, perto do aeroporto

das Nações adiou para hoje a decisão sobre uma possível resolução contra Assad. O enviado especial da ONU (Organização das Nações Unidas), Kofi Annan, disse acreditar que, a partir de agora, a Rússia pode apoiar o Ocidente nessa medida. Diversos analistas consideraram que o atentado de ontem representou uma reviravolta para os rebeldes. A operação também pode estimular novas deserções. Dan Plesch, diretor do Centro Internacional para Estudos e Diplomacia, ponderou. “É claramente danoso para o regime. Mas é muito cedo para falar na queda de Assad”, disse ele, à CNN.

EPIDEMIA

Mortes por Aids caem 24% em sete anos O Unaids (o programa das Nações Unidas para o combate à Aids) anunciou ontem que as mortes causadas pela doença caíram 24% entre 2005 e 2011. No ano passado, 1,7 milhões de pessoas faleceram por conta de complicações causa-

das pela Aids. Os números são resultado da melhora da expectativa de vida dos soropositivos. Na década de 1980, quem tinha o vírus conseguia uma sobrevida de cerca de cinco meses. Hoje, essa média é de 10 anos ou mais. A ONU também revelou que 2,5 milhões de pessoas foram contaminadas com a doença no ano passado. “Vai levar 40 ou 50 anos para chegarmos ao menor número possível de infecções”, comentou Paul De Lay (foto), diretor do Unaids. METRO

Aniversário

METRO COM AGÊNCIAS

Israel culpa Irã pela morte de turistas O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizou o Irã pelo ataque a um ônibus de turistas do país na Bulgária, na manhã de ontem. Uma bomba explodiu perto do automóvel, matando sete pessoas, a maioria delas israelenses. Netanyahu prometeu dar uma “resposta contundente” ao ato terrorista, segundo o site “Haaretz”. Os Estados Unidos condenaram o atentado. METRO

Líder político (de cinza), ao lado dos parentes SIPHIWE SIBEKO / REUTERS

Festa para Mandela

Ícone da luta contra o apartheid na África do Sul, Nelson Mandela completou ontem 94 anos. Com a saúde frágil, ele celebrou o aniversário em casa, com a família. Pelo país, milhares de pessoas lembraram a data.


08

cultura

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

FOTOS: BRUNA PRADO / METRO RIO

Festa de 115 anos

2

cultura Anima Mundi O público poderá conhecer os bastidores da animação. O festival exibe hoje o making of do longa “Uma História de Amor e Fúria”, seguido de debate. No CCBB (rua Primeiro de Março, 66, 2º andar. Tel.: 3808-2030). Hoje, das 18h às 19h30. Livre. Grátis.

O prédio, de 1923, é uma réplica do palácio francês Petit Trianon de Versailles

Escrever é uma arte. Poder apreciar as letras impressas em papel e o valor do que elas representam, um privilégio. Há 115 anos, a Academia Brasileira de Letras surgiu com esse objetivo nobre: promover a língua e a cultura literária nacional. A ABL é dos imortais – intelectuais que ocupam suas

Salão Nobre já recebeu grandes nomes da literatura. Machado de Assis foi o 1º presidente

Academia Brasileira de Letras faz aniversário amanhã Celebração é hoje, com premiação literária famosas e concorridas cadeiras. Mas também dos mortais, ao promover ações culturais acessíveis aos cidadãos. Hoje, o público é convidado a participar da festa de entrega dos prêmios lite-

rários de 2012, para obras publicadas no ano passado. O vencedor do Prêmio Machado de Assis, pelo conjunto da obra, foi o curitibano Dalton Trevisan. O contista, que vive recluso, não

participa da cerimônia e manda um representante. A mais importante premiação literária brasileira, que existe há mais de um século, também contempla escritores de diferentes gê-

neros nas categorias Ficção, Crítica Literária, Poesia, Tradução, História e Ciências Sociais, Literatura infantojuvenil e Cinema. METRO RIO

Na Academia Brasileira de Letras (av. Presidente Wilson, 203, Centro. Tel: 3974-2500). Hoje, às 17h. Grátis. Livre. PEDRO CARRILHO / FOLHAPRESS

60 segundos

A escritora é a segunda mulher a assumir o cargo de presidente da ABL

ANA MARIA MACHADO ‘PRECISAMOS TER MAIS BIBLIOTECAS’ A escritora e atual presidente da ABL fala sobre a importância da leitura e como a Academia, em constante renovação, contribui para a promoção de bens culturais. Qual é a função da ABL no cultivo da língua nacional?

A função da Academia sempre foi com a literatura e a língua portuguesa. Também busca estar próxima da sociedade. A programação cultural procura manter o espírito deste tempo que passa e voa, dando seguimento a linha de intensa oferta de serviços culturais gratuitos.

Como a Academia se adapta aos tempos de internet?

Atenta aos tempos que correm, a ABL está presente no Facebook e no Twitter. Casa de memória, centro de reflexão e disseminação de conhecimento, ela não cessa de se renovar, sem perder de vista a tradição e a excelência. A prática da leitura deveria ser mais valorizada?

Essa é uma das prioridades da Academia. Ler é gostoso demais. Por isso, é natural que as pessoas gostem. Basta dar uma chance para que isso aconteça. Na

casa onde cresci, havia livro por todo canto. O problema do Brasil é que poucas crianças vivem essa realidade. Quais são as metas atuais?

Um dos objetivos da ABL este ano é estabelecer parcerias e apoiar projetos que ajudem a incentivar a leitura, sobretudo a de literatura. Para isso, estamos estabelecendo parcerias que, no segundo semestre, poderão apoiar a formação de mediadores de leitura nas bibliotecas populares e em áreas carentes. METRO RIO


cultura

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

09

DIVULGAÇÃO

HQ é sucesso total

‘The Walking Dead’, em sua 100a edição, bate recorde de vendas nos EUA

Criada por Robert Kirkman, Tony Moore e Cliff Rathburn, em 2003, a HQ “The Walking Dead”, em sua edição comemorativa número 100, quebrou um recorde nos Estados Unidos: foi a publicação em

Oito capas alternativas de “The Walking Dead”

DIVULGAÇÃO

Grupo de Teatro Oprimido em cena

Relembrando os anos de chumbo Após ser encenada com sucesso nos palcos de São Paulo, os cariocas agora terão a oportunidade de assistir ao espetáculo “Torquemada - 17 balas”, que faz curta temporada, a partir de hoje, no Centro de Teatro Oprimido. Com releitura do dramaturgo Augusto Boal e direção de Kelly di Bertolli, o texto explora a vida de Tomás de Torquemada, considerado o mais cruel

inquisidor da Espanha, na Idade Média. A história dramática é contada com leveza, através de música e dança, pelo GTO da Garoa (Grupo de Teatro do Oprimido de São Paulo). METRO RIO

No Centro de Teatro do Oprimido (av. Mem de Sá, 31, Lapa. Tel.: 2232-5826). De hoje a sábado, às 20h. Grátis. 12 anos. DIVULGAÇÃO

Macaco Bong

Rock agita a noite O rock instrumental do Macaco Bong, que está com nova formação, vai embalar o palco do Studio RJ, no Arpoador.

A banda apresentará o som do mais novo álbum, “This is Rolê”, que será lançado ainda este ano. E singles como “Artista Igual Pedreiro” e “Verdão e Verdinho”. METRO RIO No Studio RJ (av. Vieira Souto, 100, Arpoador. Tel.: 2523-1204). Hoje, às 21h30. R$ 40. 18 anos.

quadrinhos mais vendida nos últimos 15 anos, com tiragem inicial de 383.112 exemplares esgotada. Para celebrar a 100a edição, foram incluídas oito capas alternativas, ilustradas por cartunistas como

Frank Quitely, Todd McFarlane, Charlie Adlard (que fará uma capa dupla), Ryan Ottley, Sean Phillips e Bryan Hitch. Parte desse sucesso em vendagens deve-se à popularidade da série homôni-

ma, adaptada dos quadrinhos. A terceira temporada nos EUA está prevista para 16 de outubro, no canal pago no canal pago AMC. No Brasil será dois dias depois, pela Fox. METRO RIO


cultura

10

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

60 segundos

O ator Michael Caine

MICHAEL CAINE Um papo com pai substituto, mordomo e confidente de Bruce Wayne. Você criou uma relação forte com Christopher Nolan.

Sou o amuleto da sorte dele. Chris sempre diz isso e eu digo “não, Chris, você é que é o meu”. Ele me deu os maiores filmes de minha carreira. Você deu uns bons sermões em Bruce Wayne.

Sou o único que arrisca dizer o quão idiota ele é por ir às ruas e fazer tudo aquilo. Neste, começo falando: “você esteve fora por oito anos e rezei para você nunca voltar!” (risos).

Christopher Nolan empurra Batman de volta a Gotham City para encerrar a trilogia do personagem em ‘O Cavaleiro das Trevas Ressurge’ Depois que o segundo filme da franquia do seu super-herói estoura recordes de bilheteria e fatura mais de US$ 1 bilhão ao redor do mundo, é fácil pensar que o estúdio por trás do projeto fique preocupado ao saber que a terceira sequência deve ser a última. Mas Christopher Nolan insiste que já está feliz o bastante por convencer a Warners Bros. de fazer “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” de qualquer modo. “Tenho certeza que eles adorariam que fizéssemos isso para sempre, mas acho que eles entenderam que minha vontade de voltar pela terceira vez era para encerrar essa grande história que foi dividida em três partes. É por isso que estamos aqui.” A produção da continua-

METRO

A história do homem-morcego tem seu epílogo lançado dia 27 nos cinemas

ção de “O Cavaleiro das Trevas” foi uma das mais acompanhadas de perto nos últimos tempos, com fãs rodeando locações em Pittsburgh, Nova York e qualquer outro lugar onde pudessem garimpar qual-

quer fiapo de detalhe – o que deu origem a vários registros de cenas feitos pelo celular e espalhados pela internet. “No mundo em que vivemos hoje, todos irão tirar fotos de celular de qualquer cena rodada ao ar

livre”, diz Nolan. “Mas creio que o público entende que qualquer imagem de fora do filme não é o filme em si, e que vai chegar ao cinema com um olhar fresco.” No novo longa, passaram-se oito anos desde que

Batman desapareceu e passou de herói a fugitivo ao assumir a culpa pela morte de Harvey Dent, o Duas Caras – tudo para ajudar a abafar a criminalidade em Gotham City. Tudo muda com o surgimento de uma misteriosa ladra, chamada Mulher-Gato, e de Bane, um terrorista cruel que força o fim do exílio de Bruce Wayne. Com o fim da trilogia, a grande curiosidade ronda em torno do que Nolan fará em seguida. Mas, infelizmente, ele não adianta muito. “Não tenho nenhuma ideia do que fazer. Vou tirar férias e apenas relaxar e aproveitar”, diz o diretor com uma risadinha. NED EHRBAR

METRO INTERNACIONAL

Bale precisa de um tempo só

Algum sermão desses é seu favorito?

Tem um neste filme, que faz o público questionar como ele tem coragem de falar assim com o Batman. E, na verdade, ele é o único que pode.

É o fim

Christian Bale, o protagonista, fala ao Metro sobre encarnar o super-herói pela última vez no longa que estreia no próximo dia 27 no Brasil

O ator Christian Bale na pele do milionário Bruce Wayne

Para Christian Bale, que redefiniu não só o personagem mas também ele mesmo enquanto ator ao viver Batman, vestir o traje do herói pela última vez pareceu bastante com a primeira. “Senti uma claustrofobia inacreditável”, lembra. “Pensei: ‘não consigo respirar, não consigo pensar, isso é muito apertado, vou ter um ataque de pânico’. Então pedi: ‘posso ficar so-

zinho por 20 minutos?’” A pausa funcionou, já que Bale estima ter passado 21 meses sob o disfarce. No último dia de gravações com o traje, o ator quis novamente um momento de privacidade. “Saí dali, sentei e percebi: ‘não vou ter que tirar esse traje nunca mais’. E fiquei ali. Este personagem e os filmes mudaram minha vida e minha carreira. Precisava apreciar

isso”, diz. Bale não contabilizou quanto tempo duraram as filmagens. “Não gosto de pensar nisso, porque filmes levam muito tempo. Penso que estou ali um dia por vez, porque se você conta os dias, fica complicado levantar às 4 horas da manhã para mais um dia de gravações sabendo que terão mais 124 dias pela frente.” METRO INTERNACIONAL

Entrando em forma Quando Anne Hathaway assinou o contrato para viver a Mulher-Gato, ela logo percebeu que o nível de preparação física exigido seria elevado – e definido pelo seu colega de elenco, Joseph Gordon-Levitt. “Quando consegui o papel, Chris me chamou no escritório e disse: ‘Você terá várias cenas de luta. Quando fizemos ‘A Ori-

gem’, Joe passou meses na academia e fez sozinho suas cenas de ação. Eu realmente gostei disso’”, lembra Hathaway. “Daí, pensei: ‘ok, entendi o que você quis dizer’. E entrei na academia e só saí de lá quando estava no ponto para o filme.” A atriz curtiu o fato de o foco de sua atuação não ter ficado, exclusivamen-

te, no lado sexy da personagem. “Nesse filme, fui tratada assim: ‘aprenda a fazer o que você tem que fazer; sua aparência invariavalmente será a de sua personagem”, diz ela. “Como mulher, me senti bastante protegida com essa diretriz.” METRO INTERNACIONAL

Anne Hathaway como Mulher-Gato


cultura

www.readmetro.com

11

QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Um filme brasiliense (“A última estação”, de Márcio Curi) vai abrir o festival

Hora de torcer

APERTO NO ORÇAMENTO

A luta para substituir o Cine Brasília

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro anuncia selecionados Rio de Janeiro e Pernambuco dominam categoria longas de ficção Cariocas representam metade dos filmes que disputam maior prêmio Foram anunciados ontem os filmes selecionados para as mostras competitivas do 45º Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, que ocorrerá entre 17 e 24 de setembro. Entre os 30 escolhidos em todas as categorias, Rio de Janeiro e Pernambuco dominam a seleção de longas-metragem de ficção, o mais gordo prêmio da mostra. Os cariocas respondem por metade das produções e os recifenses pela outra metade. São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso e Piauí estão representados em ao menos uma das demais categorias. Chama a atenção a ausência de filmes produzidos no Distrito Federal, que sedia o festival: só um documentário em curta-metragem é da capital. “Sabemos que os artistas locais vão reclamar e estão no direito deles”, afirmou o secretário de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira. “Mas a comissão só responde pelos critérios usados.” Critérios A exigência de ineditismo – que foi derrubada na última edição, alimentando preocupação entre os cineastas – voltou de maneira clandestina neste ano. Temia-se que a exibição de filmes que já estão em cir-

culação diminuísse a relevância do festival. Em uma provável maneira sutil de dar fim à polêmica, os jurados afirmaram que, por coincidência, os melhores filmes eram também novos e que o ineditismo funcionou como uma espécie de “critério de desempate”. “Neste ano, só exibiremos filmes inéditos. Isso é um sinal do prestígio do festival, já que muitas produções esperaram ele acontecer para serem lançadas”, afirmou Cibele Amaral, assessora de cinema da Secretaria de Cultura do GDF e membro da comissão de seleção. FOTOS DIVULGAÇÃO

O filho do DF Segundo a organização, 580 filmes se inscreveram para participar da competição deste ano. Destes, 103 eram de Brasília. No entanto, só “A ditadura da especulação”, do diretor Zé Furtado, foi escolhido. O curtametragem é uma denúncia contra os abusos cometidos durante a construção do bairro Noroeste. A abertura ficará por conta do também brasiliense “A última estação”, do diretor Márcio Curi – dificilmente um digno prêmio de consolação para Brasília. NANA QUEIROZ METRO BRASÍLIA

Os prêmios Melhor filme de longametragem de ficção R$ 250.000,00 Melhor filme de longametragem documentário R$ 100.000,00 Melhor filme de curtametragem de documentário R$ 20.000,00 Melhor filme de curtametragem de ficção R$ 20.000,00 Melhor filme de curtametragem de Animação R$ 20.000,00 Prêmios do Júri Popular Total: R$ 65.000,00

O fechamento do Cine Brasília, tradicional casa do festival, para reforma demandou adaptações que aumentaram os custos do evento nesta edição. Será gasto R$ 500 mil a mais que no orçamento do ano passado. A verba extra será investida, principalmente, em equipamentos de projeção e som para adaptar as salas do Teatro Nacional Cláudio Santoro para receber a mostra. O intuito é não repetir o fiasco do sistema de áudio da abertura do Brasilia International Film Festival (Biff) na última semana. O som estourado e ensurdecedor torturou os espectadores na ocasião. “O Biff foi uma cobaia. Prometemos que o festival terá som muito superior”, garantiu a assessora de cinema da Secretaria de Cultura do GDF, Cibele Amaral. Por outro lado, há um resultado positivo: as salas do Teatro Nacional comportam quase o dobro de espectadores. METRO BRASÍLIA

3,5 “A ditadura da especulação” é dirigido por Zé Furtado

“O Festival de Brasília chega solitário neste ano. A suspensão do Festival de Paulínia é lamentável para o cinema brasileiro.” HAMILTON PEREIRA, SECRETÁRIO DE CULTURA DO DISTRITO FEDERAL

milhões de reais é o orçamento deste ano para a realização do festival. Esse valor é R$ 500 mil mais alto do que o gasto no ano passado, devido a custos extras para substituir o Cine Brasília, que está em reforma.


12

www.readmetro.com

variedades

iPhone 5: crescem os rumores

QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

Táxis nos aeroportos

Cruzadas

O aparelho só deve ser lançado em outubro, mas a temporada de especulações já começou

Desrespeito da Caixa Econômica A semana inteira venho tentando um contato com o cal center da Caixa Econômica Federal (0800 726 0101), em vão. Não sei se os atendentes são funcionários da Caixa ou se são contratados por empresa terceirizada, mas o fato é que há um desrespeito sem limites com o consumidor que precisa buscar informações importantes. No meu caso, precisei saber a data de depósito do meu PIS. Eles simplesmente não atendem o telefone. Como pode tanta ineficiência e descaso com a população? Peço que a Caixa Econômica Federal que resolva essa questão urgente.

Uma das possibilidades para a nova versão

milhões de chips nanoSIM. Isso porque o iPhone 5 seria o primeiro aparelho a usar o chip em tamanho reduzido. É preciso, no entanto, tomar cuidado com o burburinho. Nesse período, surgem também falsas notícias e, até mesmo, pessoas que querem se aproveitar. Para se ter uma ideia, na China já há sites que fazem a prévenda do novo iPhone (com foto do aparelho).

É lamentável que a prefeitura enxergue os taxistas do programa Boa Praça de maneira tão equivocada. A concessão só é dada a motoristas que agridem e fazem ameaças. Sou taxista e evito pegar passageiro onde há ponto definido. Só quando o cliente faz sinal, demonstrando que há alguma insatisfação com o serviço prestado pelos profissionais que trabalham no local, é que me disponho a transportá-lo. José Humberto – Rio de Janeiro, RJ

AATMA STUDIO / DIVULGAÇÃO

A Apple de Steve Jobs adorava os rumores que antecediam os lançamentos da empresa. Sob o comando de Tim Cook, isso não é diferente. A, pelo menos, dois meses do anúncio do iPhone 5, chovem especulações sobre como o aparelho será. Na última semana, dois grandes jornais norte-americanos deram fortes pistas sobre isso. Segundo o “The Wall Street Journal”, duas fabricantes japonesas de telas de cristal líquido estão trabalhando duro para atender a demanda da Apple. Essas companhias seriam responsáveis pelo fornecimento de uma nova tecnologia, capaz de deixar o iPhone ultrafino. Outra informação vem do “Financial Times”. Conforme a publicação, operadoras de telefonia na Europa teriam encomendado

Leitor fala

Fernando Carlos – Rio de Janeiro, RJ

Pergunta

Sudoku

Em uma década, o Rio teve queda de 33% no índice de assassinato de jovens. Você atribui essa diminuição da violência a quais fatores? Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroRJ

METRO COM AGÊNCIAS

@cdlocco: Questiono se esses números são verídicos. A possibilidade de manipulação, neste caso, não pode ser descartada. @Exalta92: A chegada das UPP's criou oportunidades para os jovens. @medradomarcela: A criação das UPPs em diversas favelas do Rio com certeza foi um dos fatores que diminuiram esse índice.

Web Para falar com a redação: leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

CEO Tim Cook, durante apresentação do iPhone 4S GETTY IMAGES

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

REPRODUÇÃO DA INTERNET

Áries (21/3 a 20/4) Procure esfriar a sua cabeça e dar mais ouvidos à pessoa amada, evite ser impulsivo e acabar atraindo prejuízos para você mesmo. Procure ser mais prudente. Touro (21/4 a 20/5) Disputas acirradas e muitas fofocas e intrigas para enganar os menos avisados correndo de boca em boca. Hoje é preciso ser bem mais esperto do que o normal. Gêmeos (21/5 a 20/6) Deixe que as pessoas se acertem com as suas diferenças, nada melhor do que elas mesmas encontrarem uma solução mais pacífica. Não se envolva. Câncer (21/6 a 22/7) Presença marcante nas decisões, hoje é dia de mostrar as garras e liderar o seu grupo para o sucesso, conte com a participação das pessoas ao seu lado.

Leão (23/7 a 22/8) Dia de colocar um ponto final em velhas histórias e trilhar novos caminhos mais tranquilos e sem as perturbações de pessoas que não estão do seu lado. Virgem (23/8 a 22/9) Aproxime-se de pessoas mais sensatas que possam lhe dar o devido apoio emocional, evite ficar sofrendo com pessoas que não sabem ao certo o que querem. Libra (23/9 a 22/10) Se o seu amor não está bem, dificilmente você vai conseguir ficar à vontade. Aproveite para fortalecer a relação dando apoio à ele, seja um porto seguro. Escorpião (23/10 a 21/11) Restrições aos seus objetivos individuais, não adianta muito querer lutar contra o mundo, ceder pode ser um caminho muito mais fácil para você se dar bem.

Sagitário (22/11 a 21/12) Dia de diminuir o ritmo de trabalho e de atividades exaustivas para cuidar um pouco mais de você mesmo, procure se situar melhor e deixar tudo organizado. Capricórnio (22/12 a 20/1) Possível ressaca profissional, jogue fora o que não prestou e trate de começar tudo de novo, mas agora com mais calma e dando mais ouvidos para os parceiros. Aquário (21/1 a 19/2) Dia de se soltar e relaxar um pouco, as preocupações estão menores e você já pode ficar mais à vontade para pensar em novos objetivos sem tanto estresse. Peixes (20/2 a 20/3) Deixe o que está dando errado para trás e comece uma nova etapa em sua vida com objetivos mais claros e com a ajuda de pessoas mais amigas e confiáveis.


quadrado

14

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

DIVULGAÇÃO

Módulo deslizante em compensado, para roupas sujas

+ Dois cômodos no mesmo ambiente Norma Scaglione, dona da empresa Camaflage, única que fabrica camas retráteis no país, diz que decorar ambientes com pouco espaço exige criatividade e bom-senso. Seu primeiro projeto dessa natureza foi um cômodo transformado em home office e quarto de hóspede. “Em um quarto de três metros quadrados, instalei uma peça com cama de viúva, armário de três portas, com aproveitamento do canto, mais escrivaninha”, afirma. Segundo ela, projetos desse tipo são cada vez mais usados em apartamentos menores. METRO

Espaço pequeno não é mais problema JOSÉ NASCIMENTO/FOLHAPRESS

Home office mais quarto de hóspedes projetado pela designer de interiores Norma Scaglione

Móveis empilháveis ou retráteis são as soluções mais procuradas por casais sem filhos, segundo os arquitetos

Móveis que dobram e se encaixam na parede são solução Arquiteta fala sobre projeto no qual montou escritório e quarto no mesmo ambiente Em apartamentos pequenos, otimizar o espaço de forma criativa é fundamental para se compor um ambiente organizado e aconchegante. Com dimensões reduzidas, o mais importante é distribuir bem a mobília e evitar o acúmulo de objetos. Uma boa alternativa é dar preferência aos chamados móveis empilháveis ou dobráveis, peças retráteis e objetos e acessórios que se encaixam na parede, com economia considerável do espaço disponível do local. O mercado oferece uma variedade de objetos desse tipo, tais como cadeiras de

empilhar, sofás tricama, módulos deslizáveis e mesas e camas retráteis. “Móveis assim são mais procurados por casais sem filhos, que vivem em apartamentos ou casas de 50 a 60 metros quadrados. Em locais com menos espaço, esse tipo de mobília ganha destaque especial”, afirma a arquiteta Denise Neves, da Arche Integrada. Segundo ela, as pessoas hoje em dia buscam praticidade, independentemente do local onde moram. Os móveis empilháveis são fáceis de guardar e transportar, além de darem um toque diferente no design de apartamen-

tos de um quarto ou quitinetes. “A tendência é criar facilidade em espaços, alternativas criativas de fácil manutenção e econômica, ou seja, de bom custo-benefício”, diz a arquiteta. Comparação A qualidade dos móveis empilháveis ou dobráveis não é diferente do mobiliário comum, segundo Denise. A resistência é a mesma, porém são mais leves e a durabilidade costuma ser maior, visto que são manipulados com maior frequência que os móveis tradicionais. FERNANDO CORRÊA


16

www.readmetro.com

esporte

QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

RICARDO SAIBUNE/AGIF/FOLHAPRES

3

esporte

Brasileirão 10ª rodada ONTEM

SANTOS

GRÊMIO

PORTUGUESA

0 0 x

3 1 x

0 2 x

BOTAFOGO

SPORT

CRUZEIRO

Antônio Carlos disputa bola com o santista Victor Andrade, em jogo de poucas chances na Vila Belmiro NÁUTICO

Tabela

Brasileirão

2012

FLAMENGO

SÃO PAULO

CLASSIFICAÇÃO P V GP SG 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

ATLÉTICO-MG VASCO FLUMINENSE GRÊMIO BOTAFOGO CRUZEIRO SÃO PAULO INTER PONTE PRETA FLAMENGO NÁUTICO SPORT CORINTHIANS SANTOS PORTUGUESA FIGUEIRENSE CORITIBA BAHIA PALMEIRAS ATLÉTICO-GO

25 23 19 18 17 17 16 16 15 15 13 12 11 10 8 8 7 7 6 2

8 7 5 6 5 5 5 4 4 4 4 3 3 1 2 1 2 1 1 0

19 17 16 15 21 14 12 13 13 15 17 14 12 7 6 11 14 12 8 4

12 6 10 10 6 3 1 3 1 -1 -4 -3 -2 0 -8 -3 -6 -5 -3 -12

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

Apoio

ATLÉTICO-MG

3 0 x

0 3 x

0 1 x

3 1 x

PONTE PRETA

CORINTHIANS

VASCO

INTER

Botafogo e Santos fazem jogo morno em noite fria na Vila e amargam resultado ruim para os dois Alvinegro cai uma posição na tabela

HOJE

FLUMINENSE

CORITIBA

ATLÉTICO-GO

x

x

x

Empate tira o Fogão do G-4

BAHIA

PALMEIRAS

FIGUEIRENSE

Desfalcados dos seus principais jogadores – o Peixe sem o trio olímpico Rafael, Ganso e Neymar e o Alvinegro carioca sem o atacante Ekleson –, Santos e Botafogo empataram em 0 a 0, ontem, na Vila Belmiro, pela 10ª rodada do Brasileiro. Com o resultado, o Glorioso manteve-se com 16 pontos e saiu do G4. E o time santista amargou seu sé-

timo resultado igual em dez jogos na temporada, fazendo jus ao título de “Rei dos Empates”. Na próxima rodada, possivelmente com Seedorf em campo – o holandês corre contra o tempo para regularizar sua documentação e aparecer no BID, da CBF –, o Botafogo enfrenta o Grêmio, domingo, às 18h30, no Engenhão. METRO RIO

0x 0

Santos: Aranha; Bruno Peres, Edu Dracena (Bruno Rodrigo), Durval e Léo; Adriano, Henrique, Arouca e Felipe Anderson ; Miralles (Victor Andrade) e Dimba (João Pedro). Técnico: Muricy Ramalho Botafogo: Jefferson; Lucas, A. Carlos , Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen, Renato, Andrezinho, Vítor Júnior e Fellype Gabriel (Cidinho); Rafael Marques (Willian). Técnico: Oswaldo de Oliveira

• Estádio: Vila Belmiro, em Santos • Arbitragem: Claudio Francisco Lima e Silva (SE), auxiliado por Márcio Eustaquio Santiago (Fifa/MG) e Cristhian Passos Sorence (GO) • Pagantes: 7.069 • Renda: R$ 156.650

Fred perto de marca histórica DHAVID NORMANDO/PHOTOCAMERA

11ª rodada SÁBADO 18h30 - Vasco

x

18h30 - Sport

x

Santos Atlético-MG

21h - Corinthians

x

Portuguesa

DOMINGO 16h - Palmeiras

x

Náutico Atlético-GO

16h - Inter

x

16h - Cruzeiro

x

Flamengo

16h - Figueirense

x

São Paulo

18h30 - Botafogo

x

Grêmio

18h30 - Ponte Preta

x

Fluminense

18h30 - Bahia

x

Coritiba

O atacante Fred já marcou o seu nome na história do Fluminense. Campeão brasileiro em 2010, campão carioca em 2012 e artilheiro do time nos últimos três anos, o jogador pode alcançar mais um feito notável com a camisa tricolor hoje, contra o Bahia, às 21h, no Engenhão, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fred está a um gol de chegar aos 43 e se tornar, ao lado de Magno Alves, o maior artilheiro do Flu de todos os tempos no campeonato nacional. “A obrigação do atacante é estar preparado para colocar a bola para dentro do gol. Esse tem que ser o combustível do homem de área,

Fluminense: Cavalieri (Berna), Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos (Carleto); Edinho, Jean e Deco; Wellington Nem, Thiago Neves e Fred. Técnico: Abel Braga Bahia: Marcelo Lomba; Fabinho, Danny Morais, Titi e Gerley; Hélder, Diones, Mancini, Kleberson e Vander; Júnior. Técnico: Falcão

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro, às 21h

que precisa resolver a parada, muitas vezes, com apenas uma ou duas oportunidades que aparecem durante um jogo. Fico honrado por estar nesse hall de artilheiros do Flu. Quem não

Fred e o gesto característico das suas comemorações

gostaria de estar entre jogadores como Washington, Romário e Magno Alves?, disse o capitão. Depois de Magno Alves, com 43, e Fred, com 42, o terceiro maior artilheiro do

Fluminense em campeonatos brasileiros é Romário, com 34 gols, seguido de Ézio e Washington, com 33. Tuta e Washington, o Coração Valente, têm 29 gols marcados. Lula, com 26, Ro-

ni, também com 26, e Flávio, com 22 gols, completam a lista dos dez maiores artilheiros tricolores na história da competição. Fred já marcou pelo clube das Laranjeiras 87 gols em 129 jogos. Pelo Campeonato Brasileiro, ele fez 12 gols em 2009, cinco em 2010, 22 gols na edição de 2011. Neste ano, ele está com três gols. “Tenho um carinho especial por cada um desses gols que fiz pelo Brasileirão até agora. Foram importantes para o time em situações distintas, mas marcantes. Primeiro, na fuga do rebaixamento, em 2009. Depois, no título de 2010...”, lembra Fred. METRO RIO


17

www.readmetro.com

esporte

QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Fla é atropelado no Engenhão

SATIRO SODRE/AGIF

60 segundos

Rubro-negro é goleado pelo Corinthians em casa e torcida destila sua ira contra Joel Santana e toda a equipe, se vira de costas para o jogo e grita ‘olé’ CELSO PUPO / FOTOAREN

Uma falha de Bottinelli e outra de Renato Abreu – ambos perderam a bola perto da área, nos pés de Douglas, que não perdoou –, selaram a derrota parcial do Flamengo para o Corinthians por 2 a 0, no primeiro tempo, no Engenhão. Mas a goleada só foi concretizada na segunda etapa, com um golaço de Danilo, de perna esquerda, para desespero dos heróicos torcedores rubro-negros que ousaram sair de casa, na noite fria de ontem. Paulo Victor ainda defendeu um pênalti, sofrido e cobrado por Emerson, evitando o quarto gol do campeão da Libertadores. Mais do que o resultado, o que preocupou os rubronegros foi a apatia do time a e a falta de um esquema tático ou um padrão de jogo. Parte dos flamenguistas virou ficou de costas como forma de protesto, enquanto outros gritavam ‘olé’ a cada vez que o Corinthians pegava na bola. O Flamengo caiu para a 10ª posição, com 15 pontos, a três do G4. O Corinthians, que há três rodadas estava na zona de rebaixamento, já é 13º. Domingo, o Fla pega o Cruzeiro, às 16h, no Independência. METRO RIO

A janela de transferências internacionais se encerra amanhã e o Flamengo ainda sonha com o acerto de um grande

CESAR CIELO ‘MINHA MAIOR CHANCE É O BICAMPEONATO’ Uma das maiores esperanças de ouro para o Brasil em Londres, Cesar Cielo concedeu ontem sua última entrevista na reta final de preparação para a Olimpíada. Concentrado em Crystal Palace, o nadador falou do sonho do bicampeonato olímpico e disse que quer fazer seus melhores tempos sem os maiôs tecnológicos.

Torcida se vira de costas e protesta contra a má atuação do Fla e a goleada dentro de casa

“Não podemos cometer esses erros perto do gol. Isso não pode mais acontecer.”

0x 3

Flamengo: Paulo Victor; Léo Moura, Arthur Sanches, Marllon e Magal; Airton , Ibson, Renato e Bottinelli (Adryan ); Hernane (Mattheus) e Vagner Love. Técnico: Joel Santana

Por ter conquistado o ouro nos 50 m livre em Pequim2008 e ser o atual recordista mundial da distância, você é o cara a ser batido em Londres?

Corinthians: Cássio; Alessandro, Paulo André, Chicão e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Douglas (Edenilson); Emerson e Romarinho (Jorge Henrique). Técnico: Tite

• Estádio: Engenhão • Gols: Douglas aos 27’ e 39’ do 1º tempo e Danilo aos 9’ do 2º • Arbitragem: Sandro Meira Ricci (Fifa/PE), auxiliado por Roberto Braatz (Fifa/PR) e Altemir Hausmann (Fifa/RS)

VAGNER LOVE

nome para o Campeonato Brasileiro. O meia Riquelme desligou-se do Boca Juniors e tem propostas do futebol árabe, mas o rubro-negro não está fora de cogitação. Ontem, o diretor de futebol Zinho fez uma proposta oficial junto ao empresário do camisa 10 argentino e espera uma resposta ainda hoje.

Um advogado está de plantão na Gávea para redigir o contrato e embarcar para Buenos Aires, se preciso. O ex-atacante da Seleção Argentina Diego Maradona criticou ontem Riquelme, chamando o craque de “traidor” por ter deixado o clube da Bombonera dois antes do fim do contrato. METRO RIO

Juan Roman Riquelme

AVIER GARCIA MARTINO / AGÊNCIA PHOTOGAMMA / FOTOARENA

Diretoria espera por Riquelme

Cielo é o atual campeão olímpico nos 50 m livre

O recordista mundial ou nono colocado do ano passado estão brigando pela mesma medalha e ser favorito não conta pra nada. Esse recorde não vai me fazer chegar na frente de ninguém. Estou pensando em fazer o melhor tempo da minha vida, independentemente de ser o melhor da história ou da competição. Eu tenho que fazer o melhor e torcer para que isso seja suficiente para me colocar no pódio.

Sua prioridade são os 50 m. Mas como você vai tratar os 100 m (ele foi bronze em Pequim-2008 na distância)?

É um dia de cada vez. A prova dos 100 m livre virá primeiro (em 31 de agosto), e vou entrar para ela como se estivesse nadando os 50 m livre, como se fosse a última prova da minha vida. Minha maior chance será o bicampeonato nos 50 m livre, mas não descartarei os 100m. Como a equipe brasileira é vista pelos rivais hoje?

Hoje todo mundo sabe que quando tem brasileiro na final ele está ali pra brigar e não só pra participar. O Brasil é respeitado como equipe e isso é resultado de uma série de coisas. Tudo foi melhorando e até o fato de o Brasil ser a próxima sede da Olimpíada e da Copa do Mundo influenciou. Essa equipe é nova, está na faixa de 20 a 25 anos, mas tem muita chance de sair daqui com mais medalhas que em Pequim METRO RIO


esporte

18

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012

Vasco vence e segue

na cola do líder

ALMEIDA ROCHA/FOLHAPRESS

Cruz-maltino vence o São Paulo por 1 a 0 e mantém a vice-liderança

Neymar ressalta seriedade do Brasil em Londres MOWA PRESS

O Vasco segue perseguindo o líder Atlético-MG no Brasileiro. Com gol de Fagner, no início do segundo tempo, o cruz-maltino venceu o São Paulo por 1 a 0, no Morumbi, pela 10ª rodada do Brasileiro e continua na vice-liderança com 23 pontos, a dois do rival mineiro, que derrotou o Internacional por 3 a 1 e manteve a ponta. Depois de abrir o placar, o Vasco ainda foi beneficiado pela expulsão do volante Rodrigo Caio e soube admi-

0x 1

Neymar avisa: ‘Não estamos aqui a passeio’

nistrar a vantagem tranquilamente, sem ser ameaçados pelo tricolor paulista – os cariocas tiveram 56% de posse de bola. O placar foi até injusto, já que o Gigante da Colina poderia ter vencido por muito mais. A torcida dona da casa deixou o Morumbi revoltada, chamando o técnico Neyi Franco de “pipoqueiro”. O próximo adversário do Vasco é o Santos, sábado, às 18h30, em São Januário, pela 11ª rodada. METRO RIO

São Paulo: Dênis; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Bruno Cortez; Rodrigo Caio , João Schmitt (João Felipe), Cícero (Ademilson) e Jadson; Luiz Fabiano e Osvaldo (Rafinha). Técnico: Ney Franco Vasco: Prass; Fagner, Dedé, Douglas e William Matheus; Nilton, Wendel (Carlos Alberto), Juninho Pernambucano e Diego Souza (Diego Rosa); William Barbio e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges

• Estádio: Morumbi • Gol: Fagner aos 3’ do 2º tempo • Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS), auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Rafael da Silva Alves (RS) • Pagantes: 10.247 • Renda: R$ 306.364

Breves

Marin poderá lucrar com Copa COL. O Comitê Organizador

Local da Copa de 2014 teve o seu contrato social alterado e, agora, o presidente José Marin poderá lucrar com a Copa. METRO RIO

Juninho beija a cabeça de Fagner, autor do gol da vitória

Nilmar chega ao Qatar

Bernardinho confirma os 12

Bruno vai dar nome ao filho

RECEPÇÃO. O atacante Nilmar chegou ontem ao Qatar, onde vai defender Al Rayyan. O clube pagou de 8 milhões de euros ao Villarreal para ter o jogador pelos próximos quatro anos. Em Doha, o jogador de 28 anos recebeu flores e um cachecol com as cores do novo time. METRO RIO

VÔLEI. O técnico Bernardinho anunciou oficialmente os 12 jogadores que competirão nos Jogos em Londres. Na relação do treinador estão os opostos Leandro Vissotto e Wallace, os centrais Rodrigão, Lucão e Sidão, os ponteiros Giba, Murilo, Dante e Thiago Alves e o líbero Serginho. METRO RIO

JUSTIÇA. A Justiça do Rio

publicou sentença reconhecendo que o ex-goleiro do Flamengo, Bruno Souza, é pai do filho de Eliza Samudio. O nome do ex-jogador deverá constar na certidão de nascimento da criança, que agora será chamado de Bruno Samudio de Souza. METRO RIO

Principal nome da Seleção Brasileira que busca o inédito título olímpico na Inglaterra, o atacante Neymar disse ontem que a equipe não está em Londres a passeio, e sim focada na busca pelo ouro. “Viemos em busca do ouro, viemos para ganhar. Só pensamos em ganhar. Não viemos a passeio ou para jogar uma partida e voltar para casa, mas para jogar e conquistar o título”, disse o atacante do Santos em St. Albans, a 50 quilômetros da capital britânica. “Estou feliz por estar representando a seleção brasileira, um país inteiro. Sempre foi um sonho para mim estar na Olimpíada”, disse o atacante brasileiro. Apesar do discurso de seriedade, Neymar admitiu que gostaria de sentir o clima da Olimpíada. “Quero ver o Centro Olímpico. É sonho ainda ver como é lá dentro”, disse o santista. Perguntado sobre o mau tempo em Londres, Neymar disse que não se importa: “Sou um jogador que não

“Não gosto de frio, mas quando era pequeno, jogava descalço na rua. Estou acostumado.” “É como um irmão para mim. Fico falando para ele [Ganso] não me abandonar.” NEYMAR

gosta do frio, mas quando era pequeno jogava descalço na rua.” Neymar também falou da saída do amigo Ganso do Santos e da possibilidade de ele jogar no Internacional. “Ele é como um irmão para mim. Fico falando para ele não me abandonar”, disse. O Brasil estreia dia 26, contra o Egito, em Cardiff. Ainda na primeira fase do torneio, a equipe enfrenta Bielarrússia e Nova Zelândia. Antes, fará um amistoso contra os anfitriões britânicos amanhã, às 15h45 (de Brasília). METRO RIO


RIO DE JANEIRO - QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2012


20120719_br_metro rio  

ABL COMEMORA 115 ANOS COM ENTREGA DE PRÊMIOS LITERÁRIOS {pág 08} THE WALKING DEAD BATE RECORDE DE VENDAS EM QUADRINHOS {pág 09} Mesmo jogand...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you