Issuu on Google+

6/26/12

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável, e com tinta ecológica elaborada com matérias-primas bioderivadas e renováveis pela gráfica Plural.

BRACAMP_2012-06-27_1.qxp:BRAZIL

10:12 PM

Page 1

EL PAREDON!

DEFESA É PRINCIPAL ARMA DO TIMÃO CONTRA O BOCA HOJE NA BOMBONERA {pág 18}

CAMPINAS Quarta-feira,

27 de junho de 2012

Edição nº 536, ano 3 Mín 11°C Máx 24°C

Schiavi, Riquelme e Santiago Silva, do Boca, encaram Cássio, do Corinthians, na 1a batalha pela Libertadores

Vereador vota o reajuste de 48% Projeto da Mesa eleva subsídios de R$ 7,1 mil, pagos atualmente, para R$ 10,5 mil Proposta foi formulada após forte pressão popular frente ao aumento de 126%, aprovado em dezembro passado Verba de gabinete passa para R$ 40,5 mil {pág 02}

Tensão nas ruas

Macrozona 5

MP discute projeto de uso do solo Depois de pedir suspensão da votação anteontem, promotor de Urbanismo recebe vereadores hoje Adiamento causou mal-estar na Câmara {pág 04}

Viracopos tem verba garantida Consórcio investirá R$ 1,4 bi na primeira fase das obras. Naco coordenará o projeto de ampliação {pág 08}

Docente do cinto é afastada RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Professora aconselhou pais a darem varadas no filho {pág 04}

Mestrado que foca na prática Polícia Militar está em alerta máximo após atentado contra soldado em Santa Bárbara d’Oeste, o primeiro da RMC (pág 05) THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Especial de educação traz dicas de formação {págs de 13 a 16}


BRACAMP_2012-06-27_2.qxp:BRAZIL

6/26/12

9:12 PM

Page 1

campinas

02

1 foco

EXTRAORDINÁRIA

Campinas terá Banco do Povo A Câmara de Vereadores irá avaliar hoje três projetos do Executivo na sessão extraordinária e 18 em reunião ordinária. Um deles permite à Prefeitura de Campinas a assinar convênio com o governo do Estado que autoriza o município a participar do Banco do Povo. A unidade será instalada em espaço da Acic, no centro, que fornecerá a infraestrutura. A prefeitura cederá três funcionários. Serão disponibilizados para empréstimo ao pequeno empreendedor R$ 1 milhão, sendo R$ 100 mil da prefeitura e R$ 900 mil do Estado. Essas são as últimas reuniões antes do recesso de julho. METRO CAMPINAS

Cotações Dólar

Euro

+ 0,29% (R$ 2,07)

+ 0,08% (R$ 2,59)

Bovespa

Selic (8,5%)

+ 0,06% (53.836 pts)

Salário mínimo (R$ 622)

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Câmara vota reajuste de 48% para vereador A proposta é de que o salário passe de R$ 7,1 mil para R$ 10,5 mil

THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Os vereadores de Campinas votam hoje, em sessão extraordinária, um aumento de 48% sobre os seus salários. O subsídio irá passar de R$ 7,1 mil para R$ 10,5 mil. O valor será pago a partir da legislatura de 2013. A votação do projeto promete ser polêmica e com muita queda de braço entre os vereadores. Isso porque alguns parlamentares, após votarem um reajuste de 126% sobre o subsídio em dezembro do ano passado, voltaram atrás e apresentaram emendas ao projeto em que propõem reajuste de acordo com os índices inflacionários. Os que são favoráveis ao reajuste reagiram e apre-

sentaram uma outra emenda em que proíbem que vereadores que sejam funcionários públicos possam optar pelo salário de servidor e não o de vereador. A medida atinge principalmente o vereador Artur Orsi (PSDB). O tucano, que é procurador da Câmara e recebe um salário maior do que o de vereador, foi um dos que voltou atrás sobre o reajuste. “Parece medo de não ser reeleito e é uma emenda demagoga”, disse Élcio Batista. Orsi rebateu e afirmou que os parlamentares terão de abrir mão de exercerem outras atividades. ROSE GUGLIELMINETTI

Casa não adotará medidas de segurança para a sessão

METRO CAMPINAS

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) manteve Mário Heins (PDT) afastado do cargo de prefeito de Santa Bárbara d’Oeste. O tribunal indeferiu a solicitação do pedetista que foi afastado do cargo na semana passada, por determinação do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). Ele ficará longe do poder por 180 dias. A prefeitura está sendo conduzida, desde a última quarta-feira, pelo vice-prefeito Luis Larguesa (PT). O Ministério Público acusa Heins de ter desviado dinheiro de contratos públicos que somam R$ 21 milhões. O TJ-SP determinou o bloqueio dos bens do pedetista no valor de R$ 3,6 milhões. O prefeito nega a denúncia. Ainda cabe recurso. METRO CAMPINAS

Jonas terá o maior tempo de televisão O candidato a prefeito Jonas Donizette (PSB) terá o maior tempo em rádio e TV no horário gratuito de propaganda eleitoral que começa no dia 21 de agosto. O prefeiturável, que tem um arco de alianças de 10 partidos, terá mais de 10 minutos para apresentar o seu plano de governo à população. Outro que também terá um espaço considerável é o prefeito Pedro Serafim (PDT). A coligação com nove legendas lhe deu nove minutos para expor suas propostas. A prefeiturável Silvia Ferraro (PSTU) terá o menor espaço na telinha: apenas um minuto. O cálculo ainda é estimado, já que o PTC ainda não definiu se vai com Jonas ou

STJ mantém prefeito de Sta. Bárbara afastado

Bolo do horário eleitoral Candidato

Coligação

Tempo de TV (*)

Arlei Medeiros (Psol)

chapa pura

1m50s

Dr. Campos (PRTB)

chapa pura

1m40s

Jonas Donizette (PSB)

PSDB, DEM, PR, PPS, PRB, PCdoB, PSC, PHS e PTdoB

10m50s

Marcio Pochmann (PT)

Em negociação

3m50s

Pedro Serafim (PDT)

PMDB, PTB, PP, PSL, PMN, PSDC, PTL e PTN

9m

Rogério Menezes de Mello (PV)

chapa pura

2m20s

Silvia Ferraro (PSTU)

chapa pura

1m

Fonte: Partidos

* tempo estimado

com Marcio Pochmann (PT). O petista, por sua vez, deve se coligar com o PSD – partido que ainda não sabe se poderá usar o tempo antes reservado ao DEM. O de-

bate está no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Vários presidentes de partidos admitem que fizeram a aliança de olho no tempo de televisão. ROSE GUGLIELMINETTI

Candidata mulher é artigo de luxo Mais uma vez, os presidentes dos partidos tiveram dificuldade para preencher a cota de 30% de candidatas mulheres na chapa de candidatos a vereadores. Os representantes das legendas afirmam que a participação feminina é pequena na vida partidária. “Mesmo entre os filiados, há poucas mulheres. Foi difícil conseguir 20 candidatas em uma chapa com 66 nomes”, disse Wanderley Almeida, presidente do PSB. Filhos, vida profissional e estudos são alguns dos fatores apontados pelos partidos para afastar a mulher da vida partidária. O PT, que sempre foi um partido forte em relação à inclusão de gêneros, ainda trabalha para fechar a chapa de vereadores. Das 15 candidatas necessárias, faltam dois nomes. “Há falta

de mulheres”, disse Ari Fernandes, presidente do PT. Já Dr. Campos (PRTB), candidato a prefeito, avalia que mesmo com a existência da dificuldade, a cota imposta pela Justiça Eleitoral deve ser mantida. “Se abrirmos mão, a representação feminina é afastada completamente. Acho que é um espaço de afirmação inclusiva e a história mostra que gestões conduzidas por muheres são menos corruptas”, disse. O seu partido irá ter 11 candidatos ao Legislativo, dos quais três são do sexo feminino. METRO CAMPINAS

“Não foi fácil montar a chapa. O envolvimento feminino nos partidos é pequeno.” WANDERLEY ALMEIDA, PRESIDENTE DO PSB DE CAMPINAS

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 019/3779-7421

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo.

leitor.camp@metrojornal.com.br 019/3779-7518

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação Metro Campinas. Editora Executiva: Zezé de Lima (MTB: 16.231). e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Editor de Arte: Gustavo Moura. Gerente Comercial: Simone Monfardini. Grupo Bandeirantes de Comunicação Campinas - Diretor Geral: Rodrigo V. P. O. Neves. ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, 2799, CEP 13045-541, Jardim São Gabriel. Tel.: 019/3779-7421. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda.

A tiragem e distribuição desta edição de 30.000 exemplares são auditadas pela BDO.


BRACAMP_2012-06-27_3.qxp:BRAZIL

6/26/12

6:03 PM

Page 2


BRACAMP_2012-06-27_4.qxp:BRAZIL

04

Gocil vence licitação O contrato de dois anos com a Gocil Serviços de Vigilância e Segurança para prestação de serviços de vigilância e segurança patrimonial de Campinas foi homologa-

6/26/12

9:10 PM

Page 1

campinas do ontem pela prefeitura. O valor total do contrato em vigor desde ontem é de R$ 85.279.905,01. O custo da vigilância armada é de R$ 9.029.837,85, a vigilância desarmada ficou em R$ 74.468.092,76 e a vigilância eletrônica com alarmes custará R$ 1.781.974,40. METRO CAMPINAS

Varadas levam a afastamento A Secretaria de Educação de Sumaré decidiu ontem afastar a partir de hoje, por um prazo mínimo de 90 dias, a professora de português que, por meio de um bilhete em papel timbrado da escola Padre Anchieta, aconselhou os pais de um garoto de 12 anos a dar cintadas e varadas no filho para mantê-lo longe de “encrencas”. A direção da unidade, que segundo os pais só se posicionou anteontem – apesar de o bilhete ser sido enviado no início deste mês – realizou ontem de

dias de licença mé15 dica foram oferecidos pela Secretaria de

Educação de Sumaré à professora que enviou o bilhete ao aluno.

manhã uma reunião com a família e enviou um ofício à secretaria pedindo providências. A sindicância já aberta tem prazo de duração de 90 dias, prorrogáveis por mais três meses. Ontem a docente não compareceu à escola e pediu para que a falta fosse abonada.

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Promotor discute macrozona hoje Comissão de Política Urbana da Câmara será recebida às 14h Projeto estava pronto para ser votado na segunda-feira e foi retirado de pauta Após conseguir anteontem, no último minuto, retirar da pauta de votação o projeto que define o PLG (Plano Local de Gestão) da Macrozona 5 – onde estão as regiões do Campo Grande e do Ouro Verde – o promotor de Urbanismo Valcir Kobori recebe hoje, às 14h, os vereadores da Comissão de Política Urbana para discutir a proposta. O pedido de retirada do projeto causou mal-estar durante a sessão. Grande parte dos vereadores que ocupou a tribuna lembrou que houve um grande es-

forço da Câmara para levar o promotor à Casa para discutir o projeto e apontar quais pontos apresentam problemas. No entanto, de acordo

3

milhões de metros quadrados de área rural serão transformados em área urbana, se aprovado o projeto que institui o Plano Local de Gestão da Macrozona 5.

com eles, nem Kobori, nem José Roberto Carvalho Albejante, da Promotoria do Meio Ambiente, se propuseram a dialogar. Segundo apurou o Metro, houve esforço inclusive do Executivo para trazer os promotores às discussões. Após a reunião à tarde e uma outra que será pedida com todos os vereadores, a expectativa do presidente da comissão, Zé Carlos (PMDB), é de que o projeto seja, definitivamente, liberado para votação. Mas hoje, depois de duas audiências públicas, ainda há suspeita de que o proje-

to beneficia a especulação imobiliária, especialmente quando transforma em urbanas áreas rurais. A suspeita foi abordada da tribuna anteontem pelo vereador Rafa Zimbaldi (PP). Ele defendeu que a peça volte ao Executivo. “Não dá. Já está uma colcha de retalhos. Os projetos e as subemendas têm de ser revistas”, disse. Os promotores não se pronunciaram. ZEZÉ DE LIMA

METRO CAMPINAS

METRO CAMPINAS

Curso gratuito de aplicativos de celular Estão abertas as inscrições para a especialização profissional gratuita, de nível médio, para desenvolvimento de aplicativos para smartphones. O curso ocorrerá na Es-

cola Técnica Bento Quirino. A taxa de inscrição é de R$ 25 e o curso é de graça. Os interessados devem se inscrever até sexta-feira. Informações: (19) 32523596. METRO CAMPINAS

Região do Campo Grande e Ouro Verde passarão por modificações no uso e na ocupação do solo THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Antenas irregulares voltam a ser analisadas Os pedidos de autorização para instalação de antenas de celulares, que estavam represados na Prefeitura de Campinas, voltaram a ser analisados por técnicos da Secretaria de Urbanismo. As solicitações foram agilizadas após a anulação, via decreto, do artigo 10º da Lei Municipal 11.024, que determinava que era preciso consultar as famílias que residem até 200 metros no entorno da área onde seria instalado o equipamento. Como os moradores rejeitavam a colocação do equipamento, a le-

pedidos de 400 regularização dos equipamentos estão parados na Secretaria de Urbanismo. gislação tornou-se impraticável. Por isso, a liberação de alvarás foi suspensa há cerca de sete anos. Agora que não há mais essa exigência, os pedidos serão aprovados e os alvarás concedidos se atenderem às determinações da legislação quanto aos documentos necessários e as especificações para a instalação do equipamento. METRO CAMPINAS

Liberação de grandes imóveis tem mudanças A Prefeitura de Campinas mudou a sistemática de análise de aprovação de grandes empreendimentos imobiliários. A alteração foi publicada no ‘Diário Oficial’ de ontem e ocorre após o Executivo ter sido obrigado a embargar 30 obras por denúncias de irregularidades encontradas pelo Ministério Público. Os projetos continuam sendo protocolados na Secretaria de Urbanismo,

mas devem receber primeiro parecer de impacto ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e devem ter as diretrizes urbanísticas definidas pela pasta de Planejamento. Urbanismo é a última a dar o parecer e deve constar as contrapartidas e os parcelamentos de solo. Antes, o Urbanismo aprovava projetos sem aval das demais pastas. METRO CAMPINAS

Após denúncias, empreendimentos foram embargados THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS


BRACAMP_2012-06-27_5.qxp:BRAZIL

6/26/12

10:05 PM

Page 2

campinas

www.readmetro.com

Polícia investiga 1º ataque à PM na RMC Bandidos atiraram contra PM de Santa Bárbara d’Oeste na noite de segunda-feira Polícia Civil investiga ligação com ataques na capital THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Um policial do 35º BPM (Batalhão da Polícia Militar de Campinas) foi alvo de ataque de bandidos na noite de segunda-feira, em Santa Bárbara d’Oeste, na RMC (Região Metropolitana de Campinas), quando voltava de uma academia. A Polícia Civil da cidade investiga se há relação com os ataques que vêm ocorrendo na capital, atribuidos à facção criminosa PCC. O policial retornava da academia às 23h20, quando cinco homens – três em um Corsa e dois em uma moto – efetuaram disparos contra ele, no Jardim Cândido Bertini. O policial se jogou em um matagal perto de onde estava e conseguiu escapar sem ser atingido. Os bandidos fugiram. O delegado titular do 2º Distrito Policial de Santa Bárbara d’Oeste, Rômulo Gobbi, afirmou que ainda é cedo para saber se a em-

disse. Delegados de Campinas trabalham com duas possibilidades: eles acreditam que pode sim se tratar de um ataque da facção criminosa, a exemplo do que ocorre em São Paulo, mas o ato também pode ser fruto de uma ação oportunista, de bandidos que aproveitaram o cenário de instabilidade para atacar.

Polícia Militar está em alerta

boscada tem relação com os ataques na capital paulista. “Estamos investigan-

do, não dá pra saber ainda. Talvez amanhã (hoje) tenhamos alguma novidade”,

Campinas e São Paulo De acordo com o secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Sinval Dorigon, o cenário de São Paulo deixou também a polícia de Campinas em alerta. A preocupação é que o panorama de 2006, quando a cidade foi alvo de ataques, se repita. São Paulo, desde a semana passada assiste a ataques que resultaram em quatro mortes. Bases da polícia também são foco de bandidos. METRO CAMPINAS

Escutas ligam PCC a ataques contra policiais Gravações telefônicas feitas pela Polícia Civil indicam que integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) estariam por trás das mortes de seis policiais militares e dos ataques contra as bases da PM que começaram no dia 13. Ontem, mais um policial foi baleado. Em uma das conversas, um traficante de Cidade Tiradentes, na zona leste, pediu a um homem para liberar “os meninos para sentar o pau nos polícia”, segundo o “O Estado de S. Paulo”. Em outra escuta, o novo comandante da facção em Paraisópolis, na zona sul, determinou a arrecadação de R$ 300 por cada “irmão” para o caixa ficar cheio durante os ataques. As gravações foram feitas na sexta-feira, quando quatro PMs já haviam sido mortos. Desde janeiro, 40 foram assassinados.

Na tarde de ontem, um policial civil de 45 anos levou três tiros disparados por dois homens em uma moto no estacionamento de um shopping em São Caetano. Ele está internado em estado grave.

05

QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Anteontem, a polícia prendeu Fernando da Silva a 50 metros de uma base da PM em Guarulhos. Ele afirmou que era olheiro do PCC. Beneficado pela saída de Páscoa, ele não tinha voltado para a prisão.

Entre a noite de anteontem e a madrugada de ontem, dois ônibus foram incendiados. Para o governador Geraldo Alckmin, os ataques são retaliações contra o trabalho realizado pela PM. METRO

Bandidos invadem agência do Itaú Bandidos invadiram ontem a agência do banco Itaú na rua Benedito Alves Aranha, no Centro de Barão Geraldo, em Campinas. Até as 18h não havia informação se algum dinheiro havia sido levado. Nenhum suspeito foi preso. Os assaltantes acessaram o prédio pela porta de serviço de manutenção de ar condicionado e fizeram um buraco na parede para chegar ao cofre interno da agência, localizado em um caixa de atendimento. Em

seguida, usaram maçarico para abrir o cofre, causando um princípio de incêndio, controlado por bombeiros. A perícia recolheu as imagens das câmeras de segurança da agência para análise. Segundo a polícia, este é o terceiro caso de arrombamento em bancos nos últimos dois meses em Barão Geraldo. Os roubos têm as mesmas características e as investigações apontam para uma mesma quadrilha. METRO CAMPINAS

Ataque foi em Barão Geraldo THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Polícia identifica suspeito de sequestrar menina em culto

Brenda (de vermelho) se emocionou ao reencontrar a mãe PADUARDO / FUTURA PRESS

Mais dois ônibus foram incendiados NELSON ANTOINE/FOTO ARENA

A Policia Civil identificou ontem o suspeito de ter sequestrado a menina Brenda Gabriela da Silva, encontrada na segunda-feira. A criança, de 4 anos, sumiu durante uma celebração na Igreja Pentecostal Deus é Amor, no dia 10 de junho. De acordo com a polícia, testemunhas identificaram o morador de rua Jorge Antunes Cardozo, de 47 anos. Na tarde de ontem, um homem disse que viu a menina com o suspeito na região do Paraíso. Na carroça dele foram encontrados brinquedos e roupas de criança.

A polícia confirmou as suspeitas depois de Brenda ter contado que dormiu em uma carroça nos dias que estava desaparecida. Com essa informação, policiais fizeram buscas na região onde a menina foi encontrada e chegaram a uma carroça com roupas de menina e alguns bonecos. A família de Brenda passou duas semanas procurando a menina. Geisa da Silva, mãe da garota, parou de trabalhar para espalhar cartazes nas ruas. A menina foi resgatada graças a um vizinho. METRO


BRACAMP_2012-06-27_6.qxp:BRAZIL

06

6/26/12

9:46 PM

Page 1

brasil

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Depois de 6 meses e 10 dias, Lewandowski libera revisão Ministro vinha sofrendo pressão dos colegas de STF, interessados em acelerar o processo do mensalão para evitar que Cezar Peluso desista de participar Julgamento começa em 2 de agosto

Ayres Britto, à esquerda, foi comunicado que revisão de Lewandowski ficou pronta

“É o voto revisor mais curto da história do STF. A média para um réu é de seis meses. Eu fiz das tripas coração.” RICARDO LEWANDOWSKI, MINISTRO

tou descontentamento com a pressão sofrida para a entrega da revisão e alegou que, desde quando recebeu o relatório em dezembro do ano passado, se dedicou intensamente ao

trabalho. O ministro justificou que, em comparação às outras cinco ações penais julgadas pela Corte, atuou “com agilidade” diante do número de acusados e produziu um docu-

E-mail à procuradora: ‘Ainda vamos te pegar’ A pedido do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), a Polícia Federal vai abrir inquérito para apurar as ameaças sofridas pela procuradora da República de Goiás Léa Batista, que comanda as investigações sobre a atuação do grupo ligado ao bicheiro Carlinhos Cachoeira. Uma comissão de procuradores também foi constituída e vai até Goiânia para acompanhar os desdobramentos do caso e, inclusive, identificar novas tentativas de intimidação. Nas últimas semanas, a procuradora tem recebido e-mails anônimos com ofensas pessoais e à família, além de questionamentos sobre a atividade profissional. “A ameaça à procuradora atin-

ge todo o Ministério Público", condenou o procurador-geral da República, Roberto Gurgel. A procuradora Léa Batista não planeja abando-

nar o caso, mas passará a ter proteção policial. Durante a investigação será rastreada a origem das mensagens. METRO BRASÍLIA

As ameaças meaças contra a procuradora Trecho do 1º e-mail recebido em 13/jun/12

2º e-mail recebido em 23/jun/12

CLÁUDIO HUMBERTO DILMA RECUSA PROMOÇÃO A DIPLOMATA DA RIO+20. Laudemar Gonçal-

FELLIPE SAMPAIO/SCO/STF

Depois de exatos 190 dias, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, entregou ontem a revisão do relatório do ministro Joaquim Barbosa sobre o caso do mensalão. Com isso, o processo está pronto para ser julgado em plenário. Por causa da demora, a data de início do julgamento foi transferida para 2 de agosto, um dia após o retorno do recesso do Judiciário. O presidente do STF, ministro Carlos Ayres Britto, poderia usar o sistema eletrônico e publicar o processo numa edição extra do Diário Oficial da Justiça para manter os prazos e evitar a lentidão do cronograma. O uso da brecha regimental foi desaconselhada pelos outros ministros para evitar questionamentos dos advogados de defesa dos réus no futuro. Com a decisão, a expectativa é de que o ProcuradorGeral da República, Roberto Gurgel, e os 38 réus sejam intimados até amanhã. Lewandowski manifes-

Política

ves de Aguiar ganhou um mau presente ao completar 52 anos, ontem: foi excluído da lista de diplomatas promovidos pela presidenta Dilma. Ele atendia a todos os requisitos, inclusive de mérito, e estava na fila, mas foi “caroneado” por dois colegas e ficou de fora da lista dos seis promovidos a ministro de primeira classe (embaixador). Laudemar de Aguiar foi o rosto do Brasil na organização da Rio+20. CASTIGO. O Itamaraty não comenta, mas entende que Dilma preteriu o diplomata em represália aos resultados que considerou pífios obtidos na Rio+20. CAVENDISH NA MIRA. Cres-

mento “de qualidade”. O julgamento do escândalo de pagamento para os parlamentares votarem a favor do governo, descoberto em 2003, vai exigir dedicação exclusiva dos ministros durante o mês de agosto.

ce o grupo que pretende a convocação do empresário Fernando Cavendish (Delta) para depor na CPI do Cachoeira. A oposição ganha apoio de governistas insatisfeitos e aliados da bancada independente. DIVULGAÇÃO

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Despesas de deputados vão a R$ 75 mil por mês Os 513 deputados federais ganharam um aumento de 25% nos benefícios para a manutenção dos gabinetes políticos no Congresso Nacional e nos Estados. O valor passará de R$ 60 mil por mês para R$ 75 mil, a partir de domingo. A diferença deverá ser usada para o reajuste salarial dos assessores parlamentares.

O dinheiro extra foi liberado por um decreto da presidente Dilma Rousseff e somou R$ 150 milhões. Serão usados imediatamente 56% desse total. São 10.721 contratados para os cargos. Os salários vão de R$ 622 a R$ 8,040 mil. Para entrar em vigor, o reajuste precisa passar por um rito apenas formal na Mesa Diretora da Câmara. METRO BRASÍLIA

Fernando Cavendish

QUASE PARANDO. As coi-

sas andam tão lentamente

“Aqui em São Paulo, Lula não é pit bull. Não passa de uma Lassie.” DEPUTADO ORLANDO MORANDO (PSDB) SOBRE LULA ‘MORDER A CANELA’ DOS ADVERSÁRIOS

no DF que foram concluídas apenas cinco das 90 obras previstas no PAC até 2014, ano da Copa do Mundo. Estão em execução, mas não necessariamente em obras, apenas 34. SUSHI. O brasileiro Carlos

Ghosn, presidente da Nissan, é o executivo mais bem pago do Japão: US$ 12,5 milhões anuais, em salários e bônus. VERGONHA, IBAMA. O Ibama prejudicou Alagoas, governado pelo PSDB, vetando estaleiro que investiria R$ 1,5 bilhão no Estado. Alegou que 120 hectares de mangue poderiam ser suprimidos, mas fechou os olhos a projeto em Pernambuco, governado pelo PSB, aliado do PT, que suprimiu 1.200. PENSANDO BEM...

...parece habeas corpus o álbum de fotos que Maluf coleciona com políticos ilustres.

PODER SEM PUDOR

Greve teatral

O

Ato Institucional nº 5, que revogou as liberdades democráticas no Brasil de 1968, levou muitos adversários do regime militar à cadeia. Entre eles Carlos Lacerda, que resolveu iniciar uma greve de fome no cárcere. O médico e amigo Antônio Rebello, que monitorava o pulso de Lacerda, começou a fi-

car preocupado e vivia implorando para que o líder carioca suspendesse a greve. Segundo relatou brilhantemente Sebastião Nery, um dia o médico fez uma comparação definitiva: - Você está tentando fazer Shakespeare no País da Dercy Gonçalves! Percebendo o ridículo da situação, Lacerda desistiu da greve na hora.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


BRACAMP_2012-06-27_7.qxp:BRAZIL

6/26/12

6:54 PM

Page 2


BRACAMP_2012-06-27_8.qxp:BRAZIL

6/26/12

9:42 PM

Page 1

economia

08

Inadimplência bate recorde em maio Raio-X Confira as taxas de calote e juros

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Obras em Viracopos começam em agosto

Inadimplência*, em % 0 000

ABRIL

MAIO

27,3 29,5

6 667 3 333 0 000

5,9

6,1

13,5 13,9

10,1 11,3

5,7

5,6

Projeto de ampliação para o aeroporto será dividido em seis fases Ao final da concessão, capacidade de passageiros será de 80 mil ao ano THOMAZ MAROSTEGAN / METRO CAMPINAS

Financiamento de carro

Cheque especial

Crédito pessoal

Juros ao ano

Março

Financiamento de carro Cheque especial Crédito pessoal

Aquisição de bens

Cartão de crédito

Abril

Maio

26,48%

26,03%

23,43%

185,04%

174,14%

169,45%

48,75%

44,6%

41,41%

Aquisição de bens

26,48%

26.00%

23,43%

Cartão de crédito

238,3%

238,3%

238,3%

Fonte: Banco Central e Anefac

*Atrasos superiores a 90 dias

A inadimplência dos consumidores voltou a subir em maio e atingiu o maior patamar desde 2009. Segundo o BC (Banco Central), 8% dos empréstimos a pessoas físicas apresentam atraso no pagamento superior a 90 dias, acima dos 7,8% de abril. O calote geral, incluindo as empresas, foi de 6% no mês passado e o maior da série histórica iniciada em junho de 2000. “A inadimplência mantém-se em patamar elevado influenciado pelo crédito de pessoas físicas, principalmente para compra de veículos”, disse o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel. O calote no financiamento de carros subiu pelo sétimo mês seguido, passando de 5,9% em abril para 6,1% e bateu novo recorde. O cartão de crédito, no entanto, é a linha de crédito que possui o maior per-

Breves

centual de atrasos acima de 90 dias. A taxa de inadimplência na modalidade, a mais cara do mercado, chegou a 29,5% em maio. Apesar do cenário de alta do calote, as taxas de juros cobradas do consumidor continuaram em queda. Com os cortes da Selic e a disputa entre os bancos, patrocinada pelo governo, a taxa média para pessoas físicas caiu de 41,8% ao ano para 38,8% ao ano, o menor nível da série histórica, iniciada em julho de 1994. A boa notícia é que os consumidores começam a buscar linhas de crédito com juros mais baixos. Enquanto a média diária das concessões do crédito pessoal, incluídas as operações consignadas em folha, cresceu 4,8%, no mês passado em relação abril, houve queda de 6,7% no cheque especial e de 13% no rotativo do cartão de crédito. METRO usuários que optarem previamente por seu recebimento. METRO

Publicidade em Dilma anuncia celular é barrada novo pacote DECISÃO DO USUÁRIO. Os

MAIS INVESTIMENTOS. A

clientes de celular poderão optar por não receber mais mensagens de publicidade das operadoras. Entre os dias 20 de julho e 20 de setembro, todas as operadoras deverão enviar uma mensagem aos consumidores com o seguinte texto: “Por determinação da Anatel, caso não queira receber mensagem publicitária desta Prestadora, envie SMS gratuito com a palavra SAIR para XXXXX”. A mensagem publicitária só poderá ser enviada aos

presidente Dilma Rousseff lança nesta quartafeira novas medidas de estímulo à economia, informou ontem o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel. Ele não adiantou quais áreas serão atingidas, mas disse que os investimentos terão prioridade. “Já fizemos muita coisa para expandir o consumo. Agora, estamos focando muito no investimento”, disse Pimentel. METRO

A Naco (Netherlands Airport Consultants), responsável pelo projeto do aeroporto de Amsterdã, na Holanda, coordenará o projeto de ampliação de Viracopos, informou ontem Luiz Alberto Küster, diretor-presidente do consórcio Aeroportos Brasil, vencedor da concorrência que escolheu o novo parceiro da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) no comando do aeroporto de Campinas Segundo ele, o R$ 1,4 bilhão necessários para a primeira fase da ampliação, que elevará a capacidade do aeroporto para 14 milhões de passageiros ao ano, já estão depositados e não haverá necessidade de pedir financiamento ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). As obras terão início em agosto e serão entregues em abril de 2014, pouco antes do início da Copa do Mundo. “São Paulo tem de fazer bonito na Copa e não temos muito tempo”, brin-

8,4 bilhões de reais serão investidos pelo consórcio nos 30 anos de concessão. A ampliação será em 6 fases e, ao final, a capacidade será para 80 milhões de passageiros. cou Küster ontem, durante evento promovido pelo Ciesp (Centro das Indústrias do Estado da São Paulo) Campinas. Küster ainda destacou que o consórcio trabalhará em Campinas, logo de início, o conceito cidade-aeroportuária, garantindo na área do sítio serviços, hostelaria e shoppings erguidos com pré-moldados para dar agilidade aos projetos. A área para as instalações, segundo ele, são as que vêm sendo desapropriadas pela Infraero. JULIANA EWERS

“Viracopos é o motor da economia campineira”, diz Küster

METRO CAMPINAS

Exportações da RMC caíram 9,4% As exportações das indústrias da RMC (Região Metropolitana de Campinas) caíram 9,4% no acumulado de janeiro a maio deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Em contrapartida, as importações cresceram 2,9% neste período. Com isso, a balança comercial nos primeiros cinco meses do ano ficou negativa. O déficit é de US$ 2,36 bilhões. A importação de componentes, partes e peças de produtos industriais apresentou um considerável aumento, passando de 9,5% para 15% no comparativo de maio de 2011 com o mesmo período deste ano. “É preocupante porque a nossa indústria deixa de gerar emprego aqui, quando compra o produto acabado do exterior. Estes números revelam a falta de competitividade das nos-

Números da Indústria da RMC Balanço referente ao mês de maio, divulgado pelo Ciesp Campinas As importações da região representam 4,3% do total do Brasil e 12% das exportações de todo o Estado de São Paulo

As exportações da região representam 1,6% do total do Brasil e 6,5% das exportações de todo o Estado de São Paulo

98%

33%

91%

vão diminuir ou manter os investimentos

tiveram desempenho inferior nas vendas em relação a 2011

apresentaram lucratividade menor ou igual no comparativo com o ano passado

sas indústrias.” Hoje, 55% das importações feitas pela região são provenientes da Ásia, 15% vem dos Estados Unidos, e 16%, da União Europeia. A tendência, segundo o diretor de Comércio Exterior do Ciesp, Anselmo Riso, é de que o quadro da balança comercial se agrave,

já que a greve dos auditores e fiscais da Receita Federal tem provocado significativos impactos. Só nos últimos cinco dias, pelo menos mil cargas deixaram de ser liberadas. “Quando parece que vai melhorar, aparecem as dificuldades cíclicas”, lamenta o diretor. Por outro lado, Riso crê

na melhora a médio prazo devido a recente desvalorização do real e a recuperação econômica dos Estados Unidos e América Latina – grandes importadores da região de Campinas. Sondagem Apesar de ainda registrar demissões, com o fechamento de 50 vagas em maio, pela primeira vez no ano, os empregos industriais apontaram equilíbrio. A variação ficou negativa em 0,04%. No acumulado do ano, são 1.850 demissões. Desde novembro de 2011, o setor não faz contratações na região. “Chegamos ao fundo do poço. As medidas do governo precisam ser mais contundentes. Caso contrário, não dão conta de conter a desindustrialização”, afirma o economista José Augusto Ruas. JULIANA EWERS


BRACAMP_2012-06-27_9.qxp:BRAZIL

6/26/12

4:56 PM

Page 2


BRACAMP_2012-06-27_10-11.qxp:BRAZIL

6/26/12

7:03 PM

Page 2

mundo

10

Franco minimiza pressão do Mercosul Presidente paraguaio diz que vai ‘arrumar a casa’ para provar que seu governo é democrático Líderes latino-americanos falarão da crise na sexta Em seu segundo dia de governo, o presidente do Paraguai voltou a chamar os jornalistas para dizer que as pressões internacionais não são sua maior preocupação. Federico Franco, que assumiu no lugar de Fernando Lugo, também pediu à presidente Dilma Rousseff para que ouça os apelos dos “brasiguaios” (brasileiros e seus descendentes que vivem no Paraguai). O grupo apoiou o impeachment de Lugo. “Eu diria à presidente Dilma que seria muito importante que ela consulte seus compatriotas. Aqui há 500 mil ‘brasiguaios’”, disse ele, ao ser questionado sobre o assunto. O site do jornal paraguaio “ABC Color” disse que a governante brasileira conversaria com o grupo ontem. Enquanto isso, mais um organismo internacional discutia a crise política paraguaia. A OEA (Organização dos Estados Americanos) reuniu-se ontem, em Washington. Durante a assembleia, o representante do Paraguai rechaçou o isoMARCOS BRINDICCI / REUTERS

“Se eu disser que a prioridade é a comunidade internacional, estaria mentindo.” FEDERICO FRANCO

lamento ao qual o país está sendo submetido. Em compasso de espera, a Unasul (União das Nações Sul-Americanas) volta a discutir a situação no Paraguai apenas na sexta-feira. O Mercosul abordará o tema no mesmo dia. O bloco decidiu suspender o Paraguai até 2013, no que foi considerada a mais emblemática sanção ao país vizinho. Discordância Os Estados Unidos fizeram ontem uma nova avaliação sobre o caso. Segundo Victoria Nuland, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, não houve “ruptura do processo democrático” no impeachment de Fernando Lugo. Os norte-americanos apenas criticaram a forma rápida como tudo ocorreu. Na segunda-feira, os EUA haviam dito que estavam “muito preocupados” com a crise. O presidente destituído se reuniu com seus correligionários. Lugo disse que estava reconsiderando a possibilidade de ir à cúpula de líderes do Mercosul, que começa amanhã, na Argentina. O ex-presidente pediu para ser aceito no encontro, o que irritou o atual governo paraguaio. Em entrevista à agência “Reuters”, Lugo disse que só um “milagre” faria com que ele voltasse ao poder. O milagre seria o arrependimento dos deputados e senadores que votaram por sua destituição. Lugo sofreu o julgamento político na semana passada, em um processo classificado como golpe pelo Brasil. METRO

Egito pode ter como vice uma mulher Mohamed Morsi, primeiro presidente democraticamente eleito no Egito, pode trazer ainda mais inovação ao país. Em entrevista à

emissora CNN, um de seus conselheiros políticos disse que Morsi pretende apontar uma mulher para o cargo de vice-presidente. METRO

Por rainha, Big Ben muda de nome As homenagens à Elizabeth II, que celebra 60 anos de reinado, não param em Londres. A Casa dos Comuns (o equivalente à Câmara dos Deputados) decidiu rebatizar o famoso Big Ben, a torre do relógio.

Agora, a construção será chamada de “Elizabeth Tower”. Uma homenagem semelhante foi feita à rainha Vitória, no século XIX. Uma torre ao lado do parlamento leva o nome da ex-monarca. METRO COM AGÊNCIAS


BRACAMP_2012-06-27_10-11.qxp:BRAZIL

6/26/12

7:04 PM

Page 3

11

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

França aumenta o salário mínimo A partir de 1º de julho, cerca de 1,6 milhão de trabalhadores receberão 2% a mais 1,4% é para repor a inflação, já 0,6% é de aumento real

O governo da França decidiu aumentar o valor do salário mínimo no país. A partir de 1o de julho, cerca de 1,6 milhão de trabalhadores receberão 2% a mais (1,4% para repor a inflação e 0,6% de aumento real). A medida, uma das promessas de campanha do presidente François Hollande, foi criticada por empresários e trabalhadores. Os sindicatos argumentam que o aumento é ínfimo, que dará “um pão baguete por semana”. Já o setor patronal afirma que o reajuste provocará um rombo em suas contas. Esse é o primeiro aumento do salário mínimo na França em seis anos. Segundo o “The Wall Street Journal”, a França tem pouco espaço para aumentar salários. Isso porque o país teve recorde de défcit comercial no ano

passado, alcançando 69,6 bilhões de euros. Ontem, Hollande e a chanceler (primeira-ministra) alemã, Angela Merkel, se reuniram para definir os pontos que serão levados à Cúpula Europeia, que começa amanhã. Uma das possibilidades que serão discutidas no encontro é a criação de um superministério de finanças. O órgão seria responsável pela fiscalização da aplicação do pacto fiscal. METRO

0,6%

é o aumento real do salário mínimo. Agora, um trabalhador francês receberá 1.425,67 euros mensais, o que deixa a França com o mais alto salário de toda a Europa.

Incêndio

Combate ao fogo já custou R$ 30 milhões ao governo RICK WILKING / REUTERS

Colorado está em chamas

O Estado do Colorado, no centro dos Estados Unidos, vive o pior incêndio florestal dos últimos anos. O fogo, que começou devido à seca, se espalha há semanas, e já destruiu 33 mil hectares e 248 casas. Na Flórida, no leste dos EUA, o problema é a enchente, provocada pela passagem de uma tempestade tropical.

Turquia ameaça Síria, e Assad fala em ‘situação de guerra’ O presidente sírio, Bashar Al Assad falou, pela primeira vez, que seu país está em guerra. O ditador, porém, não está disposto a dialogar pela paz. “Vivemos uma situação de guerra e todas nossas políticas estarão a serviço da vitória”, disse ele. Ontem, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Er-

dogan, engrossou a retórica militar contra o governo sírio. “Qualquer elemento militar que se aproxime da fronteira turca será considerado um alvo militar”, disse ele, diante de diplomatas árabes. A ameaça se seguiu ao veredicto da Otan sobre a destruição de um avião turco por forças sírias. METRO


BRACAMP_2012-06-27_12.qxp:BRAZIL

12

6/26/12

5:42 PM

Page 1

cultura

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

DIVULGAÇÃO

2

cultura Cultura em Santa Bárbara A Fundação Romi, de Santa Bárbara D’Oeste, realiza amanhã, às 19h30, no Teatro Municipal, evento gratuito, com atividades culturais em comemoração aos seus 55 anos. O Teatro Municipal Manoel Lyra fica na rua João XXIII, 61, no centro de Santa Bárbara. METRO CAMPINAS

Noite de sucessos nacionais Hoje, às 21h, a cantora campineira Bruna Volpi faz apresentação no Iff !, na noite “Brasil Vocal”, e traz grandes sucessos nacionais – desde os clássicos aos contemporâneos. A casa fica na av. José de Souza Campos, 425, Cambuí. Informações: (19) 3755-8027.

Opala brasileiro

Do jazz ao samba rock, banda aposta nas misturas em apresentações animadas

Grupo explora ritmos genuinamente brasileiros e promove mistura cultural em show contagiante Apresentação gratuita ocorre neste sábado, no palco do Sesi Amoreiras Neste sábado, a banda “Os Opalas” promove o show “Mistura Cultural” no Sesi Campinas. O show gratuito está marcada para às 20h deste sábado. O grupo, formado por Américo Rodrigues (bateria), Melvin Santhana (vocal), Renato Cardoso (bai-

xo) e Marcelo Bianca (percussão), surgiu há 12 anos e ficou conhecido pelos shows contagiantes. Os músicos afirmam ter como objetivo difundir a música brasileira, mundialmente respeitada por sua alta qualidade e variedade rítmica, por meio de um

repertório variado, que passa por diversos estilos musicais. Assim, “Os Opalas” devoram diferentes influências – groove, soul, reggae, jazz, afrobeat e samba rock – e as transformam em combustível para produção de canções autorais.

No repertório, releituras de clássicos do samba rock e canções autorais. O Sesi Amoreiras fica localizado na avenida das Amoreiras, 450, Parque Itália, Campinas. Mais informações pelo telefone: (19) 3772-4184. METRO CAMPINAS

12

anos tem a banda paulistana, que, atualmente, está em processo de gravação de seu segundo disco.

METRO CAMPINAS

Almir Sater e Orquestra juntos O cantor Almir Sater faz show neste sábado, na Red Eventos, acompanhado da Orquestra Paulistana de Viola Caipira. Toda a renda do evento será revertida ao Centro Infantil Boldrini. O show traz sucessos como “Cavaleiro da Lua”, “Trem do Pantanal”, “Cabecinha no Ombro” e “Tocando em Frente”, ao som da Orquestra, composta por

35 violeiros, que tocam apenas violas caipiras de 10 cordas. O evento faz parte do projeto “Arte do Bem”, que, além de ajudar o hospital Boldrini, tem como objetivo promover encontros entre orquestras e artistas consagrados do cenário nacional. A Red Eventos fica na avenida Antártica, 1.530,

em Jaguariúna. O show está marcado para às 23h e os ingressos vão de R$ 16 a R$ 32. Informações: (19) 3867-7000. METRO CAMPINAS

reais é o preço 16 mínimo dos convites para a apresentação, que está marcada para este sábado.

Show beneficente terá renda revertida ao Boldrini DIVULGAÇÃO


BRACAMP_2012-06-27_13.qxp:BRAZIL

6/26/12

6:46 PM

Page 1

ANDRÉ PORTO/METRO

Intercâmbio nacional Serviço viabiliza transferência para outras universidades brasileiras {pág 14}

EDUCAÇÃO

Quarta-feira, 27 de junho de 2012

O estudante Pedro Ribeiro: foco no mestrado profissional em finanças

Com a mão na massa

Nova modalidade de mestrado investe na parte prática e mantém o estudante com foco na parte profissional Adquirir conhecimento específico sem se distanciar da área de atuação incentiva procura pelos cursos {pág 16}


BRACAMP_2012-06-27_14.qxp:BRAZIL

14

+

6/26/12

8:44 PM

Page 2

educação

www.readmetro.com

QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Universitários podem cursar parte da graduação em outra instituição brasileira Serviço é oferecido por 59 faculdades federais credenciadas à Andifes

R A S I C E R P M E S

E T R O P A S DO PAS

especial

Não é preciso correr atrás de visto, aprender outra língua em poucos meses ou carimbar o passaporte para cursar parte da graduação em outra universidade. O intercâmbio aca-

dêmico entre federais brasileiras é uma alternativa para quem deseja conhecer outra instituição de ensino sem altos investimentos em dólares. Esse programa, ainda

pouco divulgado, é oferecido pelas universidades federais brasileiras conveniadas à Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior).

Ao pleitear uma vaga, primeiro o estudante deve selecionar uma instituição de ensino que tenha o mesmo curso da faculdade de origem. Após encaminhar a documentação para a Andifes, a associação analisa a grade curricular dos cursos. “Com isso o aluno já sabe se haverá equivalência de matérias”, expllica Balduino.

“Contamos com 59 universidades federais conveniadas. A maioria está concentrada nas regiões Sudeste e Nordeste”, diz Gustavo Balduino, secretário-executivo da Andifes.

Diferença nas estruturas atrai Dinâmica de aula, professores e laboratórios diferentes. Esses foram os fatores que levaram Erika Pacheco, estudante do quarto ano de enfermagem da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria) no Rio Grande do Sul, a participar do programa de mobilidade acadêmica da Andifes. Esse semestre Erika deixou sua cidade para ser uma das alunas da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). “Com essa oportunidade posso estudar em uma faculdade diferente e, ainda, conhecer hospitais maiores”, conta a universitária. Além disso, Erika está matriculada em disciplinas optativas que não são ministradas pela UFSM. “Com esse programa ampliamos os conhecimentos dos estudantes, a formação técnica e a cultural”, diz Miguel Roberto Jorge, pró-reitor de graduação da Unifesp, instituição que recebe estudantes de todo o país desde 2008. MP

Ajuda de custo O programa de bolsa oferecido pela Andifes tem parceria com o Banco Santander, o que garante uma ajuda de custo para alguns estudantes. O auxílio mensal é de R$ 500. Segundo Balduino, não há pré-requisitos para concorrer à bolsa. O primeiro aluno de cada instituição a se inscrever no programa receberá o benefício. MARIANNA PEDROZO METRO SÃO PAULO

Intercâmbio em território brasileiro Principais universidades federais credenciadas à Andifes (por região)

Região Norte

Região Nordeste

UFAC (Universidade Federal do Acre)

Ufam (Universidade Federal do Amazonas)

UFPA (Universidade Federal do Pará)

UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) UFBA (Universidade Federal da Bahia)

Região Centro-Oeste

UFPE (Universidade Federal de Pernambuco)

7

UFG (Universidade Federal de Goiás)

Federais

UnB (Universidade de Brasília)

15

Região Sudeste

Contato com outra universidade, nova dinâmica de ensino e corpo docente Oportunidade de cursar outras disciplinas optativas Área da saúde: universitários têm contato com outros laboratórios e hospitais da cidade Novas experiências e vivências pessoais *Primeiro semestre

Unifesp (Universidade Federal de São Paulo)

5

Benefícios do programa

Federais

22

Região Sul

Federais

UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) FURG (Universidade Federal do Rio Grande) UFPR (Universidade Federal do Paraná)

10

Federais

Total de estudantes no Brasil 6 5 4 3

6

5 3

3

2008

2009

4

2 1 0

2010

2011

2012*

Na Unifesp

Federais

UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso)

Fonte: Andifes e Unifesp

UFBA (Universidade Federal da Bahia)

UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro)

Procura por curso (de 2008 ao 1º semestre de 2012) Biomedicina Ciências Biológicas Ciências da Computação Ciências Sociais

1 1 1 1 7

Enfermagem Farmácia Bioquímica

1 2 2

História Medicina

3

Pedagogia Serviço Social

1


BRACAMP_2012-06-27_15.qxp:BRAZIL

6/26/12

4:09 PM

Page 1


BRACAMP_2012-06-27_16.qxp:BRAZIL

16

6/26/12

5:53 PM

Page 1

educação

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Maestria aplicada Mestrado profissional confere o título sem distanciar o estudante do foco do mercado de trabalho Modalidade investe em aulas práticas como diferencial

Pedro Ribeiro, 28 anos, fez mestrado profissional em finanças ANDRÉ PORTO/METRO

Virou lei rechear o currículo com cursos e especializações. Para suprir essa demanda, uma modalidade, até então esquecida por algumas instituições, ganha mais espaço no meio acadêmico. Em menos de um ano, a USP (Universidade de São Paulo) pretende abrir 13 cursos de mestrado profissional – especialização que confere o título de mestre, porém não é voltada para a formação de docentes e pesquisadores como o mestrado acadêmico. “Com esse curso, profissionais que já atuam no mercado de trabalho têm a oportunidade de adquirir conhecimentos científicos sem se distanciar de sua área de atuação”, explica Vahan Agopyan, pró-reitor de pós-graduação da USP. As principais diferenças dessa modalidade são encontradas na dinâmica do

profissional, ele aprende como construir esses módulos em diferentes cenários”, diz Ricardo Rochman, coordenador do mestrado profissional em economia da FGV (Fundação Getulio Vargas). Após a conclusão do mestrado, é possível investir no doutorado profissional. No entando a oferta ainda é pequena no Brasil.

curso e na formação dos professores. Como as aulas têm grande enfoque prático, ter experiência no mercado é um dos requisitos para fazer parte do corpo docente. Já a grade curricular é baseada em disciplinas funcionais, ou seja, que ensinam a aplicação de ferramentas e conceitos. “No mestrado acadêmico com foco em economia, por exemplo, o aluno apenas tem contato superficial com módulos de negócios. Já no curso com enfoque

Sem dúvidas

menda que o mestrado profissional seja feito por profissionais com três a cinco anos de carreira. “Nesse momento, a pessoa já tem uma ideia da área em que deseja se especializar. Recém-formados podem fazer o mestrado, no entanto ainda essa faixa etária é uma exceção na universidade”, explica o coordenador.

Quando cursar Para não errar na escolha do curso, Rochman reco-

MARIANNA PEDROZO METRO SÃO PAULO

Principais características do mestrado acadêmico e profissional

Perfil do estudante

Modalidade em números

90%

Acadêmico

Profissional

Profissionais da área de pesquisa e/ou acadêmica

Profissionais que atuam no mercado de trabalho

Com bagagem acadêmica

Com experiência profissional

Formação de docentes e pesquisadores

Estudos e técnicas voltadas para desempenho e qualificação profissional

Dissertação

Pode ser apresentado de diferentes formas

Corpo docente

Foco

Trabalho de conclusão de curso

Duração média

2 anos

foi o crescimento do mestrado profissional no Brasil entre 2005 e 2010. O primeiro curso nesta modalidade foi criado pela FGV (Fundação Getulio Vargas) em 1993

132 para 247 meses

2 anos

foi o salto de mestrados nessa modalidade nos últimos seis anos, segundo o levantamento da Capes. 115 cursos foram lançados nesse período

24 meses

é a duração da modalidade. Em universidades privadas a mensalidade pode chegar a mais de R$ 2 mil. Em instituições públicas, como a USP, o curso é gratuito

Fonte: Vahan Agopyan, pró-reitor de pós-graduação da USP e Ricardo Rochman, coordenador do mestrado profissional em economia da FGV

Na prática Para acompanhar a competitividade do mercado de trabalho, o economista Pedro Ribeiro, 28, formado há quatro anos e meio, não perdeu tempo para se

especializar. Em 2010, ele ingressou no mestrado profissional da FGV com foco em finanças. “O curso me ajudou bastante. Tive um bom embasamento teórico e ao mesmo tempo tive contato com estudos de caso referentes

à área em que trabalho”, conta. Como a modalidade não demanda dedicação integral do estudante, o que acontece na modalidade científica, Ribeiro conseguiu se dedicar aos estudos sem perder o foco do trabalho.

USP promete abrir novos cursos de educação e saúde até início de 2013 As mudanças no regimento da pós-graduação e a alta procura por especializações com enfoque prático foram os fatores que motivaram a criação de 13 cursos de mestrado profissional na USP até o início do ano que vem. Mas a novidade não está apenas na modalidade da especialização. Diferentemente de grande parte das instituições brasileiras, a

USP decidiu investir em aulas voltadas para a saúde e a educação – setores carentes de capacitação. Quatro, dos 13 novos cursos da USP, já foram aprovados pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) do MEC (Ministério da Educação) e começam no segundo semestre deste ano. Entre os novatos destaca-se o mestrado

em matemática. Na USP de São Carlos são oferecidas 20 vagas, 16 delas exclusivas para a rede pública. O mestrado profissional na USP é gratuito e tem duração média de dois anos. Já o processo seletivo para ingressar no curso varia de acordo com a área escolhida. Geralmente é necessário fazer uma prova e entregar um pré-projeto ou relatório de pesquisa. MP


BRACAMP_2012-06-27_17.qxp:BRAZIL

6/26/12

8:50 PM

Page 1

www.readmetro.com

variedades

Adolescentes escondem vida on-line

Os invasores ABC DIGIPRESS

Cruzadas

“Essa é uma geração tão confortável com a tecnologia que eles (os jovens) ultrapassando seus pais” STANLEY HOLDITCH, ESPECIALISTA EM SEGURANÇA

tirar a janela da tela quando o pai ou a mãe está está por perto. Outros 15% confessaram já ter hackeado a conta de alguém em redes sociais, e 31% fizeram download de filmes piratas. A McAfee entrevistou 2 mil pessoas. Durante a pesquisa, os pais também foram ouvidos e, contraditoriamente, mais de 50% deles acreditam saber o que os filhos fazem na web. METRO COM AGÊNCIAS

Leitor fala Volta das sacolas plásticas

Pesquisa mostra que 70% dos jovens entre 13 e 17 anos não revelam aos pais seus hábitos de navegação O acesso cada vez maior à internet traz alguns problemas, especialmente, quando o internauta tem menos de 18 anos. Uma pesquisa da fabricante de antivírus McAfee revelou que 70% dos adolescentes escondem dos pais o que fazem na rede de computadores. A empresa, que acompanha dados de segurança virtual, aponta que o índice tem crescido nos últimos anos. Em 2010, 45% dos jovens afirmavam esconder da família seus hábitos de navegação. O levantamento também revela que esses meninos e meninas são habilidosos na hora de esconder o que fizeram na internet. Mais da metade (53%) apaga o histórico do navegador e 46% tentam

17

QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Está mais do que evidente que os supermercados vibraram com a retirada das sacolinhas fornecidas por eles para os clientes. Essa medida só contribuiu para aumentar o lucro que já era exorbitante. Taxar como vilão principal as sacolinhas de plástico na agressão ao meio ambiente é no mínimo absurdo, pois sabemos que existem milhões de agentes muito mais nocivos ao meio ambiente e que são ignorados. Aprovo a volta das sacolas nos supermercados e sugiro ao povo que denuncie aos órgãos competentes – tais como Ministério Público, Procon, prefeitura – aqueles supermercados que não estiverem cumprindo essa determinação para que os mesmos sejam punidos exemplarmente. Cobrar pela sacola é inconstitucional. Luiz N. Teixeira – Campinas, SP

Pergunta Você concorda com a volta das sacolinhas plásticas aos supermercados? Por quê?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroCPS

Sudoku

@74VAS: Concordo. Para tirar as sacolas tem que ter sacos de papel pelo menos! @mariliafal7: Não. Foi difícil acostumar com as alternativas ecológicas. Agora que a rotina voltou ao normal, a regra mudou de novo! @carolcle84: Não concordo e acho que regredimos novamente. Essa prática estava sendo aceita e já existe na maioria dos países. Péssimo exemplo dado pelos órgãos responsáveis.

Web

Meninos e meninas navegam com habilidade

Para falar com a redação: leitor.camp@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

JULIO COSTA/FUTURA PRESS

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Dia de aguentar o tranco. As pessoas querem ver se as suas palavras eram só promessas ou se você está disposto a cumprir com os acordos que foram assumidos. Touro (21/4 a 20/5) Necessidade de modificar o seu jeito de agir ou de pensar para poder dar conta dos desafios que a vida está lhe apresentando. Está na hora de amadurecer. Gêmeos (21/5 a 20/6) Mesmo que as coisas estejam indo muito bem pode pintar uma certa melancolia, uma vontade de agir de uma forma diferente, mais desprendida e humanitária. Câncer (21/6 a 22/7) Dia confuso com muitas coisas diferentes acontecendo ao mesmo tempo e especulações que podem deixar você ansioso. Segure as respostas para um momento melhor.

Leão (23/7 a 22/8) Saudosismo, novas experiências ou mesmo ambientes distantes podem mexer com velhos sentimentos e trazer à tona emoções que estão guardadas dentro de si. Virgem (23/8 a 22/9) Necessidade de se desapegar de coisas que estão segurando o seu sucesso pessoal, sejam elas materiais ou emocionais. Está na hora de ser muito mais você. Libra (23/9 a 22/10) Muita disposição para lidar com as pessoas e com os problemas que rondam o dia. Você poderá ser alguém de peso nas negociações para que tudo dê certo. Escorpião (23/10 a 21/11) Relacionamentos em cheque, dia de por um fim em coisas que estão te incomodando ou até trocar parcerias que não fazem mais sentido.

Sagitário (22/11 a 21/12) Boas possibilidades de insistir em atitudes idealistas e exagerar na dose. Risco de escutar poucas e boas dos outros por ser tão teimoso em suas opiniões. Capricórnio (22/12 a 20/1) Dia de utilizar um pouco de força para colocar as coisas no lugar. As dificuldades irão exigir mais fibra e equilíbrio emocional para serem enfrentadas. Aquário (21/1 a 19/2) Início de uma fase de dias difíceis que devem ser enfrentados com maturidade. Risco de perdas podem ser evitados se você prestar mais atenção aos detalhes. Peixes (20/2 a 20/3) Muito esforço para tentar convencer as pessoas de que as suas ideias e propósitos valerão a pena. Hoje as pessoas não estão muito abertas a novidades.


BRACAMP_2012-06-27_18.qxp:BRAZIL

18

3

esporte Emerson Leão dá adeus ao São Paulo Leão não é mais técnico do São Paulo. O treinador, que estava desgastado no clube desde o afastamento – pela diretoria – do zagueiro Paulo Miranda, não resistiu à eliminação na Copa do Brasil e ao fraco início de Brasileirão e deixou o Tricolor. O anúncio foi feito pelo próprio técnico, em entrevista coletiva. Leão, no entanto, preferiu não dar detalhes sobre sua saída: “Tive um minuto de conversa com o presidente Juvenal Juvêncio e ele agradeceu pelo trabalho.” Assim, o auxiliar Milton Cruz volta a assumir o time. Leão deixa o São Paulo após 44 jogos no comando, com 26 vitórias, 12 derrotas e 6 empates. Quem vai assumir?

André Villas-Boas, ex- Chelsea e Porto, já rejeitou o convite. Marcelo Oliveira, no Coritiba, e Vadão interessam. METRO

6/26/12

8:04 PM

Page 1

esporte

www.readmetro.com

QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

Na Bombonera, a penúltima batalha Hoje, às 21h50, no 1o jogo da final da Libertadores, Corinthians enfrenta fantasmas de La Bombonera e Boca Juniors para conseguir bom resultado Time diz não sentir a pressão O Corinthians já entrou para a história do futebol ao vencer o Santos e chegar à final da Taça Libertadores. Hoje, a partir das 21h50, o alvinegro inicia na Argentina a guerra de 180 minutos para, enfim, gravar seu nome no tão sonhado troféu da competição mais disputada da América do Sul. E para conquistar esse sonho, o time do Parque São Jorge tem pela frente o tradicional Boca Juniors, que já venceu o torneio seis vezes e chega à sua 10a final. E a primeira batalha acontece em La Bombonera, casa boquense, talvez o estádio sul-americano mais temido pelos rivais – especialmente pela pressão imposta pela torcida do começo ao final do jogo. Além disso, o time que chega à decisão é marcado pelo equilíbrio entre os setores. E a força ofensiva está do lado esquerdo, por onde o time costuma atacar com o trio RodríguezErviti-Mouche abastecidos pelo veterano e talentoso meio-campista Riquelme. Mas se a tradição do Boca é admirável, não chega a assustar o elenco corintiano. Com a força do conjunto, a experiente equipe do técnico Tite conta com a qualidade da marcação, a ótima saída dos seus volantes e o poder de definição de Danilo e Emerson para conseguir um bom resultado. E cada um dos alvinegros que estiver em campo também terá a torcida fanática de mais de 33 milhões de loucos. WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

Decisão

Boca Juniors Orión

Caruzzo

Corinthians

Schiavi

Leandro Castán

Transmissão: TV Globo

Clemente Rodríguez

Cássio Chicão

Alessandro

Rádio Bandeirantes Roncaglia

Eruitti

Ledesma

Riquelme

Técnico:

Julio César Falconi

Somoza h Mouche

Árbitro: Enrique Osses, auxiliado por Francisco Mondria e Carlos Astroza (CHL)

Campanha na Libertadores

8 Vitórias 3 Empates 1 Derrota

LA BOMBONERA

Estádio Alberto Jacinto Armando

O apelido de La Bombonera surgiu porque seu formato retangular remete a uma caixa de bombons

Inauguração:

Técnico:

Tite

Emerson

Campanha na Libertadores

7 Vitórias 5 Empates 0 Derrota

O prédio ocupa uma das laterais do campo

Papel picado:

Fogos:

A chuva de papel picado, que costuma revestir o gramado, está confirmada

Tradicionais, os fogos de artifícios e sinalizadores não estarão presentes hoje em La Bombonera. Devido a recentes incidentes, o clube argentino emitiu um comunicado no qual pede para seus torcedores “não levarem nenhum tipo de pirotecnia”

Arquibancadas:

Com três anéis praticamente sobrepostos, teve o projeto elaborado pelo arquiteto esloveno Viktor Sulcic, que verticalizou o estádio para acomodar a multidão

A pequena distância (entre 9 m e 2 m) entre as arquibancadas e o campo trabalha a favor da torcida. Aqui, o conforto dá lugar à pressão

Danilo

Fábio Santos

Camarotes:

1940 e expandido em 1996

Caldeirão:

Paulinho Alex

Horário: 21h50

Santiago Silva

Ralf

Jorge Henrique

Local: La Bombonera

Capacidade:

49 mil pessoas

Medidas do gramado:

108 m x 70 m (para efeito de comparação, o Pacaembu tem 105 m x 68 m)

Temperatura na hora do jogo:

14oC, sem chuva


BRACAMP_2012-06-27_19.qxp:BRAZIL

6/26/12

8:46 PM

Page 2

esporte

19

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2012

AMOROSO

Metro entrevista

‘ESTREIA’ NAS QUADRAS Amoroso, que atua hoje no ramo da construção civil, já foi estrela da Seleção Brasileira

O ex-atacante Amoroso, ídolo da torcida do Guarani, topou um novo desafio. Atualmente no ramo da construção civil e feliz com a nova carreira, ele aceitou o convite do técnico do time de futsal do Pulo do Gato, Jefferson Novaes, e vai participar de um jogo pela equipe de Campinas, hoje, às 21h, em Hortolândia, no ginásio Victor Savala, diante do São Caetano. Antes, às 18h30, Falcão estará em quadra, pelo Orlândia contra o Rio Preto. Amoroso falou ao Metro sobre a nova empreitada e o futebol brasileiro. O que o levou a aceitar esse desafio?

Foi um convite do Jefferson Novaes. Além de uma espécie de homenagem a mim, também é uma forma de alavancar o nome do Pulo do Gato no cenário nacional. Fiquei muito feliz com o convite e também motivado porque meus filhos jogam lá e vão ter a oportunidade de me ver jogando. Pratiquei muito futsal no início da carreira. Comecei com 8 anos em Brasília e, 23 anos depois, retorno. Qual a idade dos filhos?

O Giovani tem 14 e o Mateu, 9. O Mateu é artilheiro da equipe sub-9, com 28 gols em 13 jogos pelo Pulo

Marcinho volta aos trabalhos na Ponte

THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

do Gato. Como será essa nova parceria com o Pulo do Gato?

Por enquanto vai ser só este jogo televisionado. A intenção é conseguir patrocinadores para colocar o Pulo na Liga Nacional. Muda muito para você ir do campo para o futsal? O Falcão teve problemas para se adaptar no sentido oposto.

Eu já tenho 37 anos, sou experiente e tenho os atalhos para me adaptar. No campo é mais complicado, tem mais espaço. O Falcão é um craque. É que foi meio precoce a história dele no campo. Tenho certeza de que

Ex-jogador fará partida hoje pelo time de futsal do Pulo do Gato Filhos atuam nas categorias de base ele teria condições para se dar bem. Muitos jogadores têm dificuldades em parar de jogar. Como foi com você?

Comigo foi com naturalidade. Eu me preparei para parar, ocupei meu tempo com outras coisas. Me interessei pelo ramo da Construção Civil e gostei. Hoje atuo nesse setor e gosto muito. Mas o futebol foi muito bom para mim. Só tenho a agradecer a todos. Saudades?

Tenho. É muito bom ouvir a torcida gritando seu nome, o ambiente do futebol, quando é legal no time, também

é muito bacana. O dia a dia, os treinamentos, as amizades... a carreira de jogador é muito curta, tudo passa muito rápido. Me preocupei em fazer o máximo nos 18, 19 anos que atuei. Você que foi titular na Seleção Brasileira. Como vê o time hoje? Acha que o futebol mudou muito?

Mudou bastante da época em que eu jogava. Hoje existe mais a força física. E a seleção também mudou bastante. Hoje o time depende de dois jogadores para decidir as partidas. Antes era diferente. A Seleção Brasileira tinha todos os jogadores com

capacidade de decidir. A preparação também é diferente. Você tem que ter um grupo pequeno de atletas para trabalhar, para conseguir montar um time. Agora se convoca 80 jogadores durante toda a preparação, fica difícil montar uma equipe. E você pensa em seguir no futsal?

Eu estou bem fisicamente, não tenho problema de peso. Mas por enquanto é esse jogo apenas. Depois vamos analisar com calma. CARLOS GIACOMELI METRO CAMPINAS

Nome de Vadão é ventilado no Tricolor em lugar de Leão THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Meia é considerado o principal jogador do elenco

Depois de ter se contundido na estreia da Ponte Preta no Campeonato Brasileiro, diante do Atlético-MG, o meia Marcinho foi liberado pelo departamento médico e retornou aos trabalhos ontem. A lesão do jogador foi um estiramento no ligamento colateral do joelho esquerdo, já na estreia do time. O resultado foi até mais animador do que poderia se imaginar de início, já que, se o ligamento tivesse rompido, Marcinho poderia desfalcar o time

durante todo o campeonato. Tido como titular absoluto e estrela do time, Marcinho tem uma disputa boa no meio. Com o melhor desempenho da equipe nas últimas rodadas e a participação efetiva dos meias nas jogadas de gol, ele terá boa concorrência de Caio, Nikão e Ricardinho. Quem retorna também na partida de sábado, diante do Vasco da Gama, é o volante Renê Junior, destaque da Macaca. Caio também voltou aos trabahos. METRO CAMPINAS

Treinador foi o melhor do Campeonato Paulista 2012

A demissão do técnico Leão, ontem pela manhã, fez vários nomes aparecerem na mídia, como possíveis substitutos do treinador no São Paulo. Entre eles está o técnico do Guarani, Vadão, que deixou boa impressão quando passou pelo Tricolor ao conquistar o Torneio Rio-São Paulo em 2002. Vadão revelou Kaká para o futebol e tem boa relação com a diretoria do clube. Apesar de tantos pontos favoráveis, nenhuma proposta oficial chegou ao Guarani. Ontem, antes do treino, o técnico conversou com o presidente Marcelo Mingone, mas teria sido em relação a novas contratações. Depois, ele comandou as atividades normalmente no clube, de olho na partida de sexta-feira, diante do América-RN.

Fernando apresentado O clube apresentou na tarde de ontem o zagueiro Fernando, de 32 anos, que chega para substituir Domingos, que foi para o Qatar. METRO CAMPINAS THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

“Conheço bem a competição, ganhei em 2009 e quase subi no ano passado com o Americana.” FERNANDO, ZAGUEIRO DO GUARANI


BRACAMP_2012-06-27_20.qxp:BRAZIL

6/26/12

5:30 PM

Page 1


20120627_br_metro campinas