Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

30 ANOS

TITÃS CELEBRAM TRAJETÓRIA REVIVENDO O ANTOLÓGICO ‘CABEÇA DINOSSAURO’ {pág 11}

BRASÍLIA Quinta-feira,

31 de maio de 2012

Edição nº 17, ano 1 Mín 16°C Máx 27°C

Agnelo e Perillo

na fogueira

PMDB consegue poupar governador do Rio, Sérgio Cabral, de convocação para a CPI mista do Cachoeira Constrangimento une PT e PSDB {pág 03} WILSON DIAS/ABR

Fácil, fácil

REUTERS/JONATHAN ERNST

Passeio brasileiro nos EUA Com gols de Neymar, Thiago Silva, Marcelo e Pato, Brasil goleia os EUA por 4 a 1, em Washington Segunda vitória seguida alivia a pressão sobre o técnico Mano Menezes {pág 15}

Questões que Agnelo terá que enfrentar

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Por que, antes mesmo de tomar posse como governador, foi pedida a prorrogação do contrato da Delta para coleta de lixo? Por que o ex-chefe de gabinete Cláudio Monteiro falava com frequência com assessores de Cachoeira?

Por que um delegado indicado pela Delta foi nomeado no DFTrans? É verdade que o GDF montou um esquema de grampos para bisbilhotar jornalistas e adversários políticos, como acusa o deputado paranaense Fernando Francischini?

?

?! ?!

Por que o relacionamento com o governo federal se deteriorou a ponto de o governador do DF ter sido abandonado à própria sorte na CPI, enquanto o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi até agora poupado?

A violência cresce. O efetivo policial, não Número de policiais civis é de 6 mil desde 1995 {pág 08}

Lotes dependiam de propinas Polícia acusa ex-presidente da Codhab de corrupção {pág 06}

Juro cai a 8,5% e poupança muda Redução da taxa Selic aciona gatilho e rendimento cairá {pág 09}


02

1 foco

brasil

www.readmetro.com

Espanha vai rever regras para turistas

Dilma nega risco de crise institucional

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

ROBERTO STUCKERT FILHO/ABR

Brasil quer criar linha direta para evitar decisões injustas Reunião está marcada para segunda-feira DIVULGAÇÃO

Grito da Terra Um grupo de oito mil trabalhadores rurais promoveu ontem em Brasília o Grito da Terra 2012. A manifestação foi feita para entregar ao governo uma lista com 140 pedidos. A principal queixa é relativa ao aumento da violência no campo. Desde 2010, houve registro de 29 assassinatos e 38 ameaças de morte. Outra reivindicação é o cumprimento da carga horária de trabalho nas lavouras. Em alguns casos, agricultores trabalham dez horas por dia e ganham menos de um salário mínimo. O governo anunciou a liberação de R$ 300 milhões para assistência técnica rural, créditos de R$ 18 bilhões para a próxima safra e uma linha de crédito para custeio de R$ 80 mil reais para cada um dos produtores rurais. METRO BRASÍLIA

Dois meses depois de o Brasil adotar o princípio da reciprocidade para entrada de turistas espanhóis no Brasil, o governo da espanha concordou em negociar mudanças nas exigências para permitir a entrada de turistas brasileiros a imigração de brasileiros. A primeira reunião vai acontecer na próxima segunda-feira, mesmo dia em que o rei espanhol Juan Carlos chega ao país para uma visita oficial. O governo brasileiro vai exigir uma linha direta com as autoridades espanholas para mudar decisões da imigração consideradas injustas. Também será pedido menos rigor na exigência da chamada carta-convite – documento que os turistas precisam apresentar quando não ficam hospedados em hotel. De acordo com a ministra Luíza Lopes da Silva, diretora do Departamento de Políticas Consulares do Itamaraty, a Espanha começou a demonstrar disposi-

Dilma Rousseff negou ter tratado do caso Gilmar-Lula

Dionísia da Silva, 77, ficou três dias no aeroporto

ção para negociar depois que o Brasil adotou as medidas de reciprocidade. Desde abril, espanhóis que viajam ao Brasil precisam mostrar dinheiro suficiente para bancar a estada, passagem de volta marcada, passaporte com pelo menos seis meses de validade, além do voucher de

hotel ou uma carta-convite. A decisão do Brasil ocorreu depois que a idosa Dionísia da Silva, de 77 anos, ficou retida por três dias no aeroporto de Barajas, em Madri por não apresentar a carta-convite. Outra preocupação do Itamaraty são os maus-tratos aos brasileiros. METRO

A presidente Dilma Rousseff divulgou ontem uma nota afirmando que não vê crise institucional na briga entre Gilmar Mendes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Dilma também negou ter falado sobre o assunto com o presidente do STF, Arydes Britto. A nota contesta a reportagem publicada ontem no “O Estado de S. Paulo”, que afirma que a presidente avaliava a situação como perigosa, com potencial de estrago e que beira crise inconstitucional entre Executivo e Judiciário. “Reiteramos que o conjunto da matéria e, em espe-

cial, os comentários atribuídos à presidenta da República citados na reportagem são inteiramente falsos”. A polêmica entre os dos políticos começou quando Mendes disse à revista Veja que foi pressionado por Lula para adiar o julgamento do mensalão. Mendes afirma que o ex-presidente prometia blindá-lo na CPI de Carlinhos Cachoeira se ele adiasse o caso. O ministro do STF é citado na CPI pois foi viajar para Berlim com o senador Demóstenes Torres, investigado por ter ligação com o bicheiro. Em nota, Lula afirmou estar indignado com a versão de Gilmar Mendes. METRO

Rio+20: 102 chefes de Estado confirmados A duas semanas do início da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, o secretário nacional do Comitê Organizador, Laudemar Aguiar, confirmou ontem que 102 chefes de Estado estarão presentes no evento. No entanto, ele se recusou a anunciar os nomes dessas autoridades confirmadas. Segundo Aguiar, todos os

países-membros da ONU confirmaram presença, seja por meio de chefes de Estado, de ministros ou de secretários. Ao todo, delegações de 176 países estarão no Rio. Até agora, os únicos que já anunciaram a vinda à Rio+20 foram o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o novo presidente da França, Fraçois Hollande. FALE COM A REDAÇÃO

leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4610 COMERCIAL: 061/3966-4615

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Dois chefes de Estado, por sua vez, já negaram presença: a chanceler da Alemanha Angela Merkel e o primeiro ministro do Reino Unido, David Cameron. Área quadruplicada Na próxima terça-feira, o Riocentro será entregue à ONU, quando passará a ser considerado espaço oficial da organização. O local, porém, ainda não está pronto

para a conferência. As instalações ainda estão em fase de construção. Faltam concluir as rampas de acessibilidade, os escritórios das delegações, a sala de imprensa e detalhes de acabamento. “Tem pavilhões que já estão 95% prontos, outros estão 89% prontos, mas isso não importa. O que importa é que estamos dentro do cronograma”, garantiu Aguiar.

EXPEDIENTE

Segundo o secretário, o Riocentro terá capacidade para receber até 38 mil pessoas por dia. A Rio+20 ocupará uma área quase quatro vezes maior do que a Rio-92, ocorrida há 20 anos. Apenas no Riocentro, onde será o encontro de chefes de Estado, a área ocupada será duas vezes maior do que a da conferência anterior, com cerca de 100 mil m2. METRO RIO

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo. Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075). Editor de Arte: Tiago Galvão. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende.

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar. Brasília-DF Cep: 70070-120. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


www.readmetro.com

brasil

03

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Acordo entre PSDB e PMDB abala petistas PT contava com maioria teórica de membros da base aliada para permitir a convocação apenas de Marconi Perillo, de Goiás No fim, tucanos se uniram a peemedebistas para equilibrar o desgaste e chamar Agnelo Queiroz, do DF Foram necessárias três sessões para, enfim, a CPI do Cachoeira convocar para depor governadores de Estado que tiveram os nomes citados por integrantes do esquema de jogos ilegais. Marconi Perillo, de Goiás e Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, vão ser ouvidos em data ainda a ser marcada. A votação estava marcada somente para a próxima terça-feira, mas foi antecipada graças ao protesto da chamada ala independente da comissão. “Não dá para escolher quem vai ser investigado”, reclamou a senadora Kátia Abreu (PSD/TO). Um parecer da assessoria da CPI derrubou a questão de ordem que questionava a convocação de governadores. “Convocar chefe do executivo estadual para depor sobre assuntos pertinentes à investigação não viola o princípio federativo", decretou o presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB/PB). O PT imaginava poder

evitar a convocação de Agnelo porque confiava na maioria teórica conferida pelos integrantes da chamada base aliada. Na hora da apuração dos votos, porém, viu-se que essa união é muito pouco sólida. Para poupar o governador do Rio, Sérgio Cabral, um grupo de peemedebistas se aliou aos tucanos e entregou Agnelo. Na sessão de ontem também foi aprovada a quebra dos sigilos fiscais, bancários, telefônicos e de e-mails de Demóstenes Torres. A defesa do senador tentou adiar o depoimento à CPI marcado para hoje, alegando que os argumentos foram apresentados na terça-feira no Conselho de Ética. “Ele sofreu um desgaste, falou tudo e agora vai ficar calado", disse o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro.

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

RICARDO MARQUES/ESPECIAL PARA O METRO BRASÍLIA

Marconi Perillo

‘É uma injustiça’ que esse grupo tentou me derrubar porque eu era um empecilho", declarou. O pedido de depoimento foi aprovado por 16 votos a favor e 12 contra. O PT pouco se esforçou para fazer qualquer tipo de defesa do governador. A avaliação é que, agora, diante da CPI, Agnelo ficará refém da própria sorte. METRO BRASÍLIA

Cabral foi salvo pelos tucanos

ELZA FIÚZA/ABR

Flagrado em viagem ao exterior com o ex-presidente da Delta, Fernando Cavendish, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, teve o pedido de convocação rejeitado na CPI do Cachoeira por 17 votos a favor e 11 contra. O depoimento de Cabral era dado como certo em todas as contagens feitas pelo PMDB. Com os governistas como maioria, o partido foi buscar apoio na oposição ainda durante a sessão. Os votos para convocar o petista Agnelo Queiroz estariam garantidos caso o PSDB aceitasse fazer um acordo. Ao final, três dos cinco parlamentares tucanos da CPI votaram contra a convocação de Cabral. Foram eles: o senador Cássio Cunha Lima (PB) e os deputados Carlos Sampaio (SP) e Domingos Sávio (MG). “A

gente vai perceber que essa farsa vai ser desmascarada”, protestou o líder do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto (PT/SP). “Com a quebra de sigilo da Delta, teremos mais elementos para avaliar se é justificável a convocação”, desconversou o líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PSDB/PE). A blindagem ao governador do Rio já tinha sido desenhada na semana passada, quando o deputado Cândido Vaccarezza (PT/SP) foi flagrado mandando mensagem de celular tranquilizando Cabral. Durante a atual gestão , a construtora Delta acumulou R$ 1,5 bilhão em contratos, mas o governador negou irregularidades. “Uma coisa é a relação pessoal. Outra coisa é a impessoalidade da decisão administrativa", afirmou. METRO BRASÍLIA

Compra da casa O ex-vereador Wladimir Garcez contesta a versão de Perillo sobre a venda de uma mansão de luxo por R$ 1,4 milhão, que teria sido paga por familiares de Carlos Augusto Ramos.

Agnelo alega que bloqueou ação do grupo de Cachoeira

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, classificou como “uma injustiça” a convocação para prestar depoimento na CPI do Cachoeira. “Respeito a CPI, mas a convocação é injusta, porque o grupo criminoso não conseguiu fazer negócios, não indicou ninguém no Distrito Federal. As gravações da Polícia Federal comprovam

Sérgio Cabral se beneficiou de acordo PMDB-PSDB

Escutas telefônicas O nome do governador aparece 270 vezes nas conversas entre Cachoeira e integrantes do esquema

JOSÉ CRUZ/ABR

O governador de Goiás precisará explicar várias questões: Chefe de gabinete Eliane Pinheiro se demitiu após reconhecer ter sido avisada sobre uma operação contra jogos ilegais. Carlinhos Cachoeira Foram pelo menos três encontros com o bicheiro, que Perillo afirma se tratar apenas de encontros festivos.

ANÁLISE

Um mês de poucos resultados Impossibilitada de avançar nas investigações por causa do silêncio dos depoentes, a CPI caminha para servir apenas como um palco de disputa política. No primeiro mês de trabalho, a comissão produziu pouco, embora tenha tentado ouvir investigados ligados ao bicheiro Carlinhos Cachoeira e à empreiteira Delta. Basta uma convocação para ficar evidente o desgaste com os ministros do Supremo Tribunal Federal pela concessão sucessivas de habeas-corpus aos investigados, que se valem do direito de ficar ca-

Dinheiro vivo Um ex-assessor de Cachoeira teria entregado, no Palácio das Esmeraldas, R$ 500 mil numa caixa de computador destinados ao governador.

“Eu não sou alvo de investigação. Será uma boa oportunidade para expor a verdade dos fatos.” lados para evitar a autoincriminação. A convocação dos governadores abre um novo momento para a CPI. Será uma prévia das disputas das eleições municipais de outubro. PT, PMDB e PSDB vão usar as acusações como combustível para desgastes de adversários. A investigação dos jogos ilegais tem grandes chances de ficar ameaçada, afinal a CPI deve funcionar em meio às campanhas eleitorais. A conclusão dos trabalhos dá sinais que pode ficar restrita às provas obtidas pela Polícia Federal nas Operações Vegas e Monte Carlos. A punição dos culpados vai depender de novas apurações do Ministério Público e da Justiça. Para a sociedade, a CPI pode não servir para nada. METRO BRASÍLIA


04

brasil

Política

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

PMDB E PSDB SE UNEM E SURPREENDEM O PT

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

NOVA PESQUISA

A sessão de ontem da CPI mista do Cachoeira revelou uma alteração importante na correlação de forças que atuam na comissão. Sem apoio do PMDB, os tucanos não teriam conseguido aprovar a convocação do governador do DF, com o objetivo de dividir o desgaste da convocação do goiano Marconi Perillo (PSDB). O acordo de “política pacífica” PSDB-PMDB surpreendeu o PT, que imaginava ter o controle da CPI.

OLHO NAS URNAS A presidência e a relatoria exercidas pelo PT provocaram urticárias no PMDB, acuado nos municípios pela gula eleitoral dos petistas.

MÃO QUE LAVA OUTRA Em troca da proteção a Sérgio Cabral, o PMDB deverá “pegar leve” no depoimento do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

SEM ESSA Inimiga de Marconi Perillo, a deputada Íris de Araújo (PMDB-GO) recusa qualquer acordo com o PSDB: “Não vão me enquadrar”.

É COISA NOSSA O “big allowance”, ou mensalão, foi notícia na imprensa americana, repercutindo a briga de Lula com o ministro Gilmar Mendes, do STF.

LULA FAZ APELO AO PCDOB PARA NÃO APOIAR CHALITA

Pesquisa interna do PT apontou ligeiro declínio de intenções de voto no tucano José Serra e, claro, crescimento de dois pontos de Haddad.

“O STF é sobranceiro, altivo e independente.”

CORDA APERTADA A ordem é esfriar o incêndio, mas petistas radicais analisam processar o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, por não denunciar Lula, se falou a verdade ou se mentiu (prevaricação).

MINISTRO CARLOS AYRES BRITTO, PRESIDENTE DO STF, SOBRE A BRIGA LULA X GILMAR MENDES

EM BAIXA Mediador do encontro entre o ministro Gilmar Mendes (STF) e o ex-presidente Lula, Nelson Jobim teria encontro na última terça-feira (29) com a bancada do PMDB no Senado. Foi desmarcado.

VEXAME A agência Sana, controlada pelo ditador Bashar al-Assad, louvou a atitude do Brasil, claro, de não expulsar diplomatas da Síria em Brasília, na contramão de governos comprometidos com a democracia.

SEM PICUINHAS Membro da CPI mista de Cachoeira, o deputado Luiz Pitiman (PMDB) votou contra a convocação do governador do DF, Agnelo Queiroz: “Não vou deixar picuinhas individuais influenciarem minhas decisões”, disse.

INACREDITÁVEL O juiz José William Veloso Vale, de Campo Maior (PI), foi afastado do cargo pelo desembargador Edvaldo Moura, presidente do TJ-PI. O magistrado é acusado de assinar decisão redigida em seu computador pelo advogado da parte beneficiada, Alexandre de Castro Nogueira.

PODER SEM PUDOR Eu nomeio, você paga

PEDINDO A BENÇÃO Com a desistência do ex-governador Paulo Hartung (ES) de disputar a prefeitura de Vitória, Lelo Coimbra procurou o senador Ricardo Ferraço e a vice-presidente da Câmara, Rose de Freitas. Sairá candidato. ROOSEWELT PINHEIRO/ABR

O ex-presidente Lula fez um “apelo dramático” ao presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, segundo um dirigente do partido, para que o vereador Netinho de Paula não apoie o deputado Gabriel Chalita (PMDB) à prefeitura de São Paulo. Os partidos negociam para Netinho aceitar ser o vice de Chalita. Lula alegou que o apoio a aliança poderá inviabilizar de vez a candidatura de Fernando Haddad (PT) a prefeito.

‘MATANDO’ CHALITA A estratégia de Lula é conter o crescimento de Gabriel Chalita, acima dos 7% nas pesquisas, e torcer para Fernando Haddad sair dos 3%.

APOSTA NA REJEIÇÃO Lula aposta na alta rejeição de José Serra (PSDB), que pode chegar a 40%, para levar a disputa pela prefeitura paulistana ao segundo turno.

FANTASMINHA NA CPI O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) pediu a CPI de Cachoeira para ouvir testemunha, cujo nome não revelou, que trabalhou na Delta do Rio. Silvio Costa (PTB-PE) rebateu: “Agora vão convocar gasparzinho”.

NO ATAQUE O Facebook do ministro Celso Amorim (Defesa) atacou Gilmar Mendes, comparando o ministro do STF a “seres medíocres” e destacando o “esgoto que são suas vidas”. Amorim garante que a página não é dele, e sim de “fãs”, e estuda uma medida judicial contra seus responsáveis.

CALADO! Próximo convidado na CPMI do Cachoeira: o sr. Habeas Corpus.

O

falecido Humberto Lucena (PB) adorava nomear parentes, quando presidiu o Senado. Ao ser tachado de “a caneta mais rápida de Brasília”, chamou o repórter que o ironizara ameaçando processo: - Nomear parentes só é pejorativo no Sul. No Nordeste, o povo até gosta.

O jornalista, nordestino de Pernambuco, perdeu a paciência. Puxou Lucena pelo braço e disse ao seu ouvido, firme, quase gritando: - Nós dois sabemos que o senhor está mentindo, mas vou fingir que não ouvi. Lucena não tocaria mais no assunto. Nem processaria o jornalista.

Leia as colunas de sábado e domingo em www.metrojornal.com.br


06

brasília

Máquinas de diálise paradas Cinco equipamentos para hemodiálise estão parados no Hospital Regional do Gama (HRG) porque não há infraestrutura adequada para instalá-los. As máquinas foram adquiridas pela Secretaria de Saúde do DF ao custo de R$ 200 mil, mas os leitos onde seriam colocadas foram reprovados pela Anvisa. “Estamos fazendo as correções sugeridas, e acredito que em 90 dias tudo esteja pronto", afirmou o chefe de Nefrologia da Secretaria de Saúde Marcelo Lodônio. A unidade de Nefrologia que será instalada no Hospital do Gama atenderá 20 pacientes por sema-

na. No hospital, há aparelhos de hemodiálise na UTI, que são reservados aos pacientes em estado crítico. Também há outros seis aparelhos de diálise peritonal, mas não servem ao uso de todos os pacientes. A expectativa é de que a inauguração da unidade alivie a procura por tratamento no Hospital de Base do DF, que, atualmente, está sobrecarregado. Na unidade de Nefrologia do Hospital do Gama serão criados seis leitos. No DF, 1,2 mil pacientes dependem de hemodiálise para sobreviver.

TJ nega cota a alunos bolsistas Dois candidatos que tentaram se inscrever no sistema de cotas para alunos oriundos de escolas públicas do vestibular da Fepecs (Escola Superior de Ciências da Saúde do DF) tiveram o pedido negado pela Justiça. Os estudantes, cujos nomes não foram divulgados, cursaram um ano do ensino fundamental em escola privada, mas alegaram que o fizeram com bolsa integral e, por isso deveriam se encaixar nos critérios de seleção via cota. A Lei Distrital 3.361/2004 obriga as faculdades públicas do DF a reservar 40% das vagas para

Breves

Carteiros começam greve hoje PARALISAÇÃO. Funcionários dos Correios do Distrito Federal anunciaram paralisação para hoje. Os trabalhadores reivindicam contratação de novos funcionários e melhoria nas condições de trabalho. A greve deve causar atraso nas entregas das correspondências. METRO BRASÍLIA

alunos que tenham cursado integralmente os ensinos fundamental e médio na rede pública. A 1ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça do DF entendeu que a redação da lei traz critérios objetivos e que não contemplam os candidatos que reclamaram. “A lei trouxe critérios objetivos para alcançar grupos de estudantes na mesma situação. Portanto, o critério utilizado não se fundamenta nas condições financeiras do candidato", diz a decisão. O 2º Juizado de Fazenda Pública já havia negado o pedido. Ainda cabe recurso da decisão em instância superior. METRO

GDF licita 37 terrenos VENDA. O Governo do DF

vai colocar à venda 37 lotes no Guará II. Os terrenos ficam nas QEs 50 e 52 e possuem tamanho mínimo de 144 metros quadrados. As licitações serão abertas pela Terracap e os interessados em adquirir os imóveis poderão dar entrada equivalente a 5% do valor. Os preços variam entre R$ 216 mil e R$ 735 mil, de acordo com o tamanho do terreno. METRO BRASÍLIA

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Codhab direcionou lotes por propina Ex-presidente da companhia cobrava de construtoras para liberar terrenos e projeções, diz a polícia Dinheiro saía do bolso de cooperados “Há indícios de formação de quadrilha e estelionato entre os crimes.”

Entre 2009 e 2010 a doação de lotes em programas habitacionais do Distrito Federal não obedeceu critérios técnicos ou sociais. O pagamento de propina para o diretor-presidente da Codhab (Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF) na época, João Carlos Coelho Medeiros, garantia a duas associações a chance de furar a fila segundo inquérito da Polícia Civil baseado em três operações. A última, batizada de Beta, foi deflagrada ontem, para cumprir nove mandados de busca e apreensão de computadores e documentos nas sedes das cooperativas Astralp (Associação dos Trabalhadores em Limpeza Pública e Privada do DF) e MIS (Movimento dos Inquilinos de Sobradinho) e nas construtoras Impacto e Democrata. Responsável pelas inves-

tigações, o delegado Vicente Paranahiba Costa Neto, da Divisão de Combate aos Crimes contra a Administração Pública (Decap), disse que os interessados nos lotes eram obrigados pelas cooperativas a pagar por uma espécie de projeto básico das casas para construtoras predefinidas. "Era uma espécie de venda casa-

Embaixada americana tira placas

Valor cultural e turístico mantêm Feira da Torre

A Embaixada dos Estado Unidos retirou ontem as placas que restringiam a entrada da população em um estacionamento público indevidamente cercado pela representação diplomática. A cerca ainda permanece no local. De acordo com a Embaixada, a retirada só pode ser feita com autorização da Administração de Brasília, mas a entrada já está liberada para que qualquer cidadão estacione no espaço público. O Departamento de Trânsito (Detran) determinou a retirada da cerca na semana passada. O prazo havia encerrado na terça-feira, mas foi prorrogado por conta de um feriado que é exclusivo para os americanos. O estacionamento cercado tem 900 metros quadrados. Só era permitido que funcionários da embaixada entrassem. METRO BRASÍLIA

VICENTE PARANAHIBA NETO

Delegado Vicente Neto investiga atuação de quadrilha FOTOS: RICARDO MARQUES/ESPECIAL PARA O METRO BRASÍLIA

da. Quem não pagava pelo projeto, cujo preço variava de R$ 1.500 a R$ 4.000, não entrava na lista de beneficiados com lotes", afirmou. "Mas esse dinheiro era usado, na verdade, para pagar propina ao presidente da Codhab em troca de favorecimento, de furar a fila para receber os lotes", sustenta o delegado.

O Metro tentou falar com as empresas e pessoas acusadas, mas não houve retorno. Ninguém foi preso até o momento. A Codhab divulgou nota afirmando que vem realizando ações de moralização e transparência, como a implantação do Novo Cadastro da Habitação, no qual os interessados podem se cadastrar ou recadastrar nos programas habitacionais como Morar Bem DF.

RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

RICARDO MARQUES / ESPECIAL PARA O METRO BRASÍLIA

Feira da Torre funciona há 15 anos sem segurança jurídica

O Tribunal de Justiça do DF (TJDFT) julgou inconstitucional a Lei Distrital 1.328/96 que autoriza a existência da Feira da Torre de TV. Apesar da decisão, o Conselho Especial, responsável pelo julgamento, declarou que a feira não será desativada ou removida do local. O pedido de inconstitucionalidade por vício de ini-

ciativa foi feito pelo Ministério Público do DF (MPDFT) apenas em agosto do ano passado. O TJ constatou que as normas para a existência da feira surgiram de um projeto de lei proposto por deputados distritais e isso se torna inconstitucional pois a ação só poderia ser feita pelo executivo. Em funcionamento há mais de 15 anos, a Feira da

Torre é considerada parada obrigatória para quem vem conhecer a cidade. O lugar contém estandes com artesanato local, comidas típicas especialmente nordestinas, artefatos hippies e até móveis. Considerando exatamente esses aspectos, o TJ resolveu não punir os comerciantes e o público com a retirada das barracas. METRO BRASÍLIA


brasília

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

07

Promotor quer derrubar puxadinhos da Asa Sul

RICARDO MARQUES / ESPECIAL PARA O METRO BRASÍLIA

MP ajuíza ação contra leis que aumentam prazo para padronização dos comércios Lei original é de 2008 Aprovada em 2008, a padronização dos puxadinhos nos comércios da Asa Sul ainda não saiu do papel porque o governo cede aos apelos dos empresários e prorroga, ano após ano, o prazo de adaptação. A lei que definiu regras para a ocupação dos espaços públicos junto aos imóveis previa construções com até seis metros de comprimento atrás de cada bloco comercial, com todas as lojas seguindo o mesmo padrão arquitetônico. Em abril de 2009, prazo final para a regularização, ninguém havia cumprido as determinações e o GDF, em vez de cumprir o texto da

lei embargando e demolindo as invasões, começou a editar leis complementares que perpetuaram a ilegalidade, a última já este ano, dando mais 12 meses. Interesse comercial "É evidente que parte dos comerciantes não tem nenhum interesse na regularização, quer que tudo continue como está. E o governo é conivente com um comportamento que agride o plano urbanístico da cidade", afirmou o Paulo Leite, promotor de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística do Ministério Público do DF. Ele ajuizou, na última se-

mana, uma ação direta de inconstitucionalidade contra as leis complementares 843/2012 e 831/2011. Ambas alteram o artigo da lei original que tratava do prazo para a adequação. O GDF e a Associação Comercial do DF não se manifestaram sobre a ação. Enquanto isso, os cidadãos continuam tendo que desviar de muros, mesas e cadeiras para passar pelos espaços planejados por Lúcio Costa para livre circulação.

RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Na 105 Sul, nem o passeio para pedestres sobreviveu


brasília

08

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Ocorrências demais, policiais de menos Efetivo da Polícia Civil está congelado em 6 mil pessoas desde 1995 No período, população do DF cresceu 44% e número de homicídios, 54% Falta de pessoal obriga direção da instituição a adotar soluções improvisadas RICARDO MARQUES/ ESPECIAL PARA O METRO BRASÍLIA DIVICOM/PCDF

60 segundos

Chefe da civil quer aumentar quadro

JORGE LUIZ XAVIER ‘A POLÍCIA ESTÁ SOBRECARREGADA’ O diretor-geral da Polícia Civil diz que maior déficit é de agentes. Qual o déficit de policiais civis no DF hoje?

Precisamos aumentar o quadro em pelo menos 2,5 mil policiais. O deficit maior é de agentes: precisamos de 2 mil. A população cresceu, a demanda por serviços cresceu e a polícia continua do mesmo tamanho. Como essa falta prejudica a população?

A polícia está sobrecarregada. Tentamos prestar o melhor serviço possível, mas é óbvio que há pro-

DESVIO

Brunelli vai para o DPE O ex-deputado distrital Júnior Brunelli (sem partido) foi transferido da 5ª Delegacia de Polícia (Setor Central) para o Departa-

blemas. Posso citar a 15ª DP, delegacia mais movimentada da cidade. Quando ela foi criada, tínhamos 90 policiais trabalhando nela. Hoje, são 61. Vamos nos equilibrando com remanejamentos. Só não é pior porque houve investimento em tecnologia no período. O que o governo está fazendo para resolver o assunto?

Já apresentamos nossas justificativas ao governo federal. Nosso pedido está no Ministério do Planejamento, agora eles é que estão avaliando. METRO BRASÍLIA

mento de Polícia Especializada (DPE). Formado em advocacia, Brunelli tem direito a cela especial. Famoso pelo vídeo em que aparece puxando uma oração depois de receber propina, Brunelli se entregou à polícia no último domingo, depois de dois dias foragido. A investigação conduzida pela Delegacia de Repressão ao Crime Organi-

A Polícia Civil do DF tem o mesmo tamanho desde 1995. São 6 mil policiais. De lá para cá, a população brasiliense cresceu 44% e o número de homicícios registrados nas delegacias saltou 54%. O secretário de segurança pública, Sandro Avelar, calcula o deficit de pessoal em 2,5 mil policiais, com a falta de agentes como o problema mais crítico. “Precisamos de pelo menos 2 mil novos agentes para atender a demanda da população. Com os delegados, são eles que tocam as rotinas das delegacias”, afirma. Também faltam delegados - cerca de 200 -, peritos, legistas e papiloscopistas. “A população do DF quase dobrou no período, o Entorno também cresceu e é necessário equalizar nossas forças de segurança”, afirma o secretário Sandro Avelar. A falta de pessoal obriga a Polícia Civil a soluções improvisadas, como, por exemplo, fazer revezamento de delegados plantonistas. Em Ceilândia, onde existem quatro delegacias de polícia, dois delegados se revezam nos turnos de plantão. A 15ª DP, que fica na cidade, é a delegacia mais movimentada do DF. Foi constituída com 90 policiais e hoje tem apenas 60. “O efetivo precisa acompanhar o crescimento da população, caso contrário, não damos conta da demanda”, reconhece o diretor-geral da Polícia Civil,

zado (Deco) foi deflagrada na última sexta-feira. O ex-parlamentar é acusado de crimes como formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, peculato e uso de documento falso. Ele é apontado como chefe de um esquema de desvio de pelo menos, R$ 1,7 milhão. Entre 2001 e 2008, Brunelli aumentou o patrimônio em sete vezes. METRO BRASÍLIA

15ª DP, na Ceilândia: é difícil que não haja espera no balcão para o registro de ocorrências

População cresceu, violência também

6 mil

Compare o crescimento da população do DF e do número de homicídios entre 1995 e 2011. No período, o efetivo da Polícia Civil continuou o mesmo.

POLICIAIS CIVIS

1,8 mi 1995

2,7 mi 2011

População Jorge Luiz Xavier. Segundo ele, a situação só não é pior porque houve investimento em tecnologia nas duas últimas décadas. O presidente do conselho comunitário de segurança de Brasília, Saulo Santiago, reclama que a falta de agentes atinge diretamente a po-

726

479 1995

1995

2011

Homicídios pulação do DF . “O sistema de inteligência da polícia precisa ser atuante para conter a violência. Sem investigadores, não dá para desmontar as quadrilhas que estão em atuação”, queixa-se Santiago. O secretário de Segurança, Sandro Avelar, afirma que o

2011

Efetivo

pedido para aumentar o quadro da Polícia Civil do DF já foi encaminhado ao Ministério do Planejamento. As forças de segurança do DF são pagas pelo Executivo Federal. ÉRICA MONTENEGRO METRO BRASÍLIA

Aneel manda fechar Taguaparque A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) determinou o fechamento do Taguaparque, em Taguatinga, devido à proximidade com a rede eléctrica. Segundo a Aneel, o parque não poderia ter sido construído naquele local, pois diversos postes de alta tensão estão ao lado de áreas como parquinhos e

pistas de corrida. A Administração Regional de Taguatinga interditou partes do parque, como estacionamentos, gramados e casinhas de madeiras para crianças, mas toda a área foi considerada imprópria pela Aneel. Segundo a Administração da cidade, o pedido de retirada dos postes já en-

trou em licitação, mas só deve ocorrer no segundo semestre deste ano. A rede elétrica será transferida para a lateral do parque e a quantidade de fios, diminuída. A obra tem valor estimado de R$ 8 milhões e deve durar cerca de 20 meses. Enquanto isso, o espaço ficará fechado. METRO BRASÍLIA


www.readmetro.com

economia

09

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Selic cai e poupança passa a render menos Título público BC reduz juros para 8,5% ao ano e aciona ‘gatilho’ da nova caderneta Ganho anual fica abaixo de 6%, mas aplicação continua vantajosa O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) reduziu ontem a taxa básica de juros, a Selic, de 9% para 8,5% ao ano. A alteração terá impacto direto para os quase 100 milhões de pessoas com caderneta de poupança, que passa render menos agora. Com a Selic a 8,5%, a “nova” poupança vai render 70% da Selic, mais a TR (Taxa Referencial). Para os depósitos feitos antes de 3 de maio deste ano, nada muda. Os depositantes vão passar a receber 5,95% ao ano de remuneração, mais a TR, que está próxima de zero. Pela regra antiga, a remuneração anual é 6,17%. Segundo especialistas, mesmo com ganhos menores, a aplicação ainda deve superar fundos com taxas de administração acima de 1,3% e CDBs com rentabilidade abaixo de 90% do CDI.

Com a mudança da poupança, o governo quer evitar que grandes investidores migrem das modalidades de renda fixa, atreladas à Selic, para a caderneta. Decisão histórica Com o corte da Selic, o sétimo seguido, a taxa básica de juros atinge seu menor patamar histórico desde a criação do BC, em 1964. O menor nível até então foi 8,75% ao ano, entre 23 julho de 2009 e 28 abril de 2010. O Brasil caiu para a terceira posição entre os países com as maiores taxas de juros reais do mundo, segundo a corretora Cruzeiro do Sul/Apregoa. Descontada a inflação projetada para os próximos 12 meses, a taxa recua para 2,8% ao ano. O primeiro lugar no ranking ficou com a Rússia (4,3%). Em segundo, aparece a China (3,1%). METRO

Novas regras

Confira as mudanças na poupança

Rendimento nto ao ano Como era

6,17%

Como fica

5,95%

Com a Selic de 8,5% ao ano, os rendimentos passam a ser calculados com base em 70% da Selic, acrescidos da TR O que acontece com a minha poupança hoje? Os depósitos feitos a partir de 4 de maio terão seus rendimentos calculados com base em 70% da Selic, acrescidos da TR

diminuem. Além disso, o fundos cobram taxa de administração e imposto de renda. A caderneta continua isenta de IR

Se eu fizer um depósito em uma conta antiga, ela renderá menos do que antes? Todos os novos depósitos nessa conta, feitos a partir de 4 de maio, também estão sujeitos às novas regras

Como posso acompanhar os rendimentos de depósitos novos e antigos? Os bancos indicarão no extrato das cadernetas o volume de recursos que seguirão as regras antigas e o dinheiro que será corrigido pelo novo modelo

Como saberei se a poupança continuará sendo um bom investimento? A poupança continuará sendo uma boa aplicação para pequenos investidores. Se a Selic cair mais, os ganhos dos fundos de renda fixa, por exemplo, também

Quando eu fizer um saque, o dinheiro será retirado do saldo novo ou do antigo? A regra é que seja retirado primeiro o saldo dos depósitos efetuados a partir de 4 de maio e, depois, o saldo dos depósitos antigos, efetuados até 3 de maio

terá aplicação mínima reduzida O Tesouro Nacional irá anunciar amanhã mudanças no programa de venda de títulos públicos para pessoas físicas, o Tesouro Direto. Entre as novidades, está a redução do valor mínimo por aplicação, que passará de R$ 100 para R$ 30. As novas ferramentas do Tesouro Direto, anunciadas pelo Tesouro no final do ano passado, estarão disponíveis para os investidores a partir do próximo dia 2. Segundo nota da BM&FBovespa, a partir do próximo sábado, as pessoas físicas terão acesso à compra programada, reinvestimento automático e agendamento de venda de títulos. “As novas ferramentas visam a facilitar o investimento em títulos públicos por meio do programa Tesouro Direto”, diz a bolsa.

Com novo critério, 54% são da classe média Considerando a renda familiar como critério básico, uma comissão de especialistas formada pela Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República definiu que a nova classe média é integrada pelos indivíduos que vivem em famílias com renda per capita (somando-se a renda familiar e dividindo-a pelo número de pessoas da família) entre R$ 291 e R$ 1.019. Com a nova configuração, o governo estima que a chamada classe média é representada por 54% da população brasileira neste ano. Em 2001, a parcela era de 37%. Segundo a comissão, a Secretaria levou em consideração o padrão de despesa das famílias e os gastos com bens essenciais e supérfluos. Também foi usado como critério o grau de vulnerabilidade, ou seja, da probabilidade de retorno à condição de pobreza. Para o professor da USP José Afonso Mazzon, é necessário avaliar a metodologia, mas usar somente a renda per capita, talvez, seja um critério, relativamente, frágil. “Em São

Vox populi

O que você pensa sobre a nova definição do governo para a classe média?

Daniel Souto

Peterson Alves

Flávia Kelly

24, TÉCNICO DO IBGE

32, AJUDANTE DE COZINHA

28, AUXILIAR DE RESTAURANTE

“É muito pouco. A renda é muito pequena. Essa nova classificação feita pelo governo não serve para nada.”

“Isso é o que o governo estipula. Ninguém pergunta nada. O valor estipulado pelo governo é ridículo.”

“Não dá para viver. Se o valor estiver certo, sou da clase média, mas não tenho como pagar as contas.”

Paulo, por exemplo, é inviável viver com essa renda. Não é só a renda que define a classe, mas também variáveis como o acesso a serviços básicos”, diz Mazzon, que desenvolveu, com o professor Wagner Kamakura, da Duke University, um modelo com mais de 60 variáveis. Com o novo critério, o governo tem como objetivo aplicar políticas públicas voltadas para essa classe média. A próxima etapa

será a de criar ferramentas que possam interagir e estimular o debate e a reflexão sobre essa definição. Uma das primeiras será a criação de uma pesquisa chamada Vozes da Classe Média, sobre as aspirações e o comportamento do grupo. Dentro da classe média, foram definidos três grupos: a baixa classe média, com renda familiar per capita entre R$ 291 e R$ 441, a média, com renda fami-

liar per capita de R$ R$ 441 a R$ 641 e a alta classe média, cuja renda familiar per capita fica entre R$ 641 e R$ 1.019. A classe alta estaria acima de R$ 1.019 e também foi dividida em dois grupos. A baixa classe alta ficaria entre R$ 1.019 e R$ 2.480 e a alta, que fica acima deste valor. Os extremamente pobres têm renda per capita familiar até R$ 81 e os pobres, de R$ 81 a R$ 162. METRO

Breves

Dólar vale mais que R$ 2 CRISE. O dólar fechou ontem em alta de 1,46% e voltou a romper a barreira dos R$ 2, fechando a R$ 2,0155. O dia foi de aversão ao risco, em meio a preocupações com o sistema bancário espanhol e a zona do euro. Nesse cenário, a Bolsa encerrou com declínio de 1,53%, aos 53.797,91 pontos, a pior pontuação desde 10 de outubro de 2011 (53.273,11 pontos). Com isso, a Bolsa ampliou a queda no mês para 12,98% e já tem a pior perda para um mês de maio na década. METRO

Inflação do aluguel acelera ALTA DE 4,26%. O IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), que serve de referência para reajustes do aluguel, subiu 1,02% em maio, uma alta de 0,17

30

reais será novo valor mínimo por aplicação no Tesouro Direto, programa de venda de títulos públicos para pessoas físicas. Por conta das mudanças, o site do Tesouro Direto ficará indisponível a partir das 21h30 do dia 1º de junho e retornará com as novas funcionalidades e limites a partir das 16h do dia 02 de junho. Outra mudança que deve ser anunciada em breve é o aumento do teto mensal de aplicação, atualmente em R$ 400 mil. Esse limite será de R$ 1 milhão por CPF, segundo o jornal “O Globo”. METRO

ponto percentual na comparação com abril (0,85%), segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas). Nos últimos 12 meses, a alta foi 4,26%. No ano, o índice variou 2,51%. METRO

Governo multa empresas DEFESA DO CONSUMIDOR. A Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça, multou a empresa aérea Gol em R$ 1,148 milhão por falhas no serviço de atendimento da empresa. Por infrações semelhantes, a Embratel foi multada em R$ 227,5 mil. Já a Ambev foi multada em R$ 1 milhão por propaganda abusiva, enquanto a Nokia do Brasil foi penalizada em R$ 741 mil por propaganda enganosa. A SDE também puniu a Chocolates Garoto em R$ 591 mil por não respeitar o direito à informação dos consumidores. Todas as companhias têm 30 dias para depositar os valores no Fundo de Direitos Difusos. METRO


10

www.readmetro.com

mundo

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

STEFAN WERMUTH / REUTERS

Charles Taylor é condenado em Haia a 50 anos de prisão TOUSSAINT KLUITERS/UNITED PHOTOS/REUTERS

Ex-presidente da Libéria foi acusado de provocar guerra que matou 120 mil pessoas em Serra Leoa

Fundador do WikiLeaks não compareceu à sessão da Corte

Reino Unido permite extradição de Assange O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, exilado no Reino Unido, pode ter de voltar para sua terra natal, a Suécia. A Suprema Corte britânica permitiu a extradição de Assange, embora tenha dado prazo de 14 dias para que a defesa do ciberativista peça a reabertura do processo. A novela da extradição de Assange se arrasta há

meses. As autoridades suecas querem interrogá-lo sobre uma denúncia de estupro feita por duas mulheres de Estolcomo. Em frente ao tribunal, apoiadores de Assange questionaram a decisão. “Isso é preocupante. Pode a acontecer com qualquer um de nós, jornalistas”, disse John Pilger. COM METRO INTERNACIONAL

Charles Taylor, ex-presidente da Libéria, país no oeste da África, se tornou o primeiro chefe de Estado a ser condenado pelo Tribunal Penal Internacional desde a Segunda Guerra. Taylor recebeu a sentença de 50 anos de prisão por crimes contra a humanidade praticados em Serra Leoa, nação vizinha à Libéria. “Ele foi considerado culpado por ter ajudado, estimulado e planejado alguns dos crimes mais odiosos da história da humanidade”, disse o juiz Richard Lussick ao ler a sentança. Taylor impulsionou o levante rebelde em Serra Leoa, em 1991. A guerra, motivada pela caça aos diamantes, matou 120 mil pessoas e deixou milhares de mutilados. Taylor, de 64 anos, vai

Tribunal em ação Genocídio em Ruanda A Corte condenou quatro pessoas envolvidas na guerra étnica. O último foi Augustin Bizimungu, ex-comandande do Exército, em maio de 2011 Guerra sérvio-bósnia Líderes do conflito foram condenados, alguns após anos de julgamento. No mês passado, a Corte começou a julgar Ratko Mladic, o ‘açougueiro dos Bálcãs’

cumprir a pena no Reino Unido. A expectativa é que os dois lados ainda apelem da sentença. CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

Taylor ouviu a sentença sem esboçar qualquer reação

Bronca papal Indignado com o escândalo do vazamento de documentos secretos da Igreja, o papa Bento XVI atacou a imprensa. Na primeira aparição após o VatiLeaks, o pontífice afirmou que os jornais passaram uma imagem errada da Santa Sé.

“Suspeitas se multiplicaram, exageradas por certos veículos da mídia que foram muito além dos fatos reais. Os eventos recentes causaram tristeza em meu coração.”

Farc libertam jornalista francês Depois de ficar 32 dias em poder das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), o jornalista francês Roméu Langlois foi entregue pelos guerrilheiros a uma missão humanitária da Cruz Vermelha, por volta das 13h30 de ontem (horário local). Tranquilo, ele aproveitou o alvoroço da imprensa para criticar a operação do Exército colombiano na qual ele foi detido pelas Farc. Segundo Langlois, o governo de Juan Manuel Santos men-

tiu sobre o número de mortos na ação militar de 28 de abril. Ele afirmou ter visto o corpo de apenas um soldado, e não 15, como foi divulgado à época. “Fora o fato de ter estado preso por um mês e de ter sido ferido, tudo saiu muito bem”, resumiu, aos ser perguntado sobre seu estado. O repórter francês contou que foi tratado como uma “visita” pelos guerrilheiros, que lhe davam água e comida. METRO

Langlois passou mais de um mês entre os guerrilheiros

Italianos buscam explicações para a tragédia No dia seguinte ao terremoto que matou 17 pessoas na região da Emilia Romagna, os italianos continuaram as buscas pelas vítimas que desapareceram após o abalo. Quatro pessoas ainda não foram en-

contradas. O país também procurava explicações para o alto número de mortos, em uma região que deveria estar acostumada à atividade sísmica, Em entrevista a emissora CNN, o procurador do

município de Modena disse que vai abrir uma investigação. Segundo Vito Zincani, os edifícios que desabaram eram modernos, o que “demonstra uma anormalidade que precisa ser investigada.” METRO COM AGÊNCIAS

pessoas morreram em con395 sequência de terremotos na Itália nos últimos 20 anos. O mais mortal foi o de L’Aquila, em 2009, que teve 309 vítimas fatais.


www.readmetro.com

cultura

11

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012 Obra “Fala”, de Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti (Brasil, 2012)

2

cultura

Titãs,

agora balzaquianos

Grupo ainda lota casas em shows pelo país DIVULGAÇÃO

Banda se apresenta no Opera Hall amanhã, em comemoração ao aniversário de 30 anos “Entre elas duas (a jovem e a de 30 anos) há uma distância incomensurável, que vai do previsto ao imprevisto, da fraqueza à força.” Honoré de Balzac, naturalmente, falava das mulheres, mas o mesmo raciocínio serviria para as bandas. Aos 30 anos, elas ganham a força de sua

história e, com ela, o poder de inventar - e se reinventar. Enquanto comemoram suas três décadas, os Titãs sentem esse sabor. Pode até haver quem os critique, mas qualquer show que façam lota auditórios. Ou ruas, como no caso da Virada Cultural paulista deste

ano, em que a apresenta��ão do grupo lotou a Avenida São João, a ponto de o povo se empoleirar nas árvores para dar uma olhadinha melhor. A turnê de celebração traz os Titãs a Brasília amanhã, para apresentação única no Opera Hall, em que fa-

Opinião

PEDE PRA SAIR, WAGNER MOURA DIVULGAÇÃO

Wagner Moura (ao centro), com Dado Villa-Lobos (à esq.) e Marcelo Bonfá

Poucas bandas brasileiras são tão cultuadas quanto a Legião Urbana. O grupo conquistou, ao longo de seus dez anos de existência, milhares de fãs que não conseguem esquecêlos mesmo após seu fim, em 1996, com a morte de Renato Russo. Foi com essa pressão do público que o ator Wagner Moura aceitou a proposta de subir ao palco para in-

terpretar as canções antológicas ao lado dos remanescentes do grupo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, em especial da MTV que foi ao ar na terça. Não deu conta do recado. Wagner desligou (e por vezes esqueceu) o microfone, desafinou, deixou a desejar no gogó. Claro, ainda restava a ele a vantagem de ser Wagner Moura, o queridi-

nho do Brasil. Compensou em simpatia. Inventou em uma dança espontânea cheia de tremedeiras, sorrisos e interação com a plateia. No fim, o show mostrou que Wagner, como cantor, é duas vezes um ótimo ator.

NANA QUEIROZ METRO BRASÍLIA

rão uma reedição do show “Cabeça dinossauro”, do álbum que os alçou à fama. Com os shows, o grupo lança, na loja do iTunes, uma versão de luxo do antológico disco. METRO BRASÍLIA Sexta-feira, às 22h. Opera Hall (SHTN, trecho 2, tel.: 3347-

6763). Ingressos de R$ 100 a R$ 160. Estudantes ou doadores de um quilo de alimento pagam meia. Vendas na Chilli Beans (nos shoppings Pátio Brasil, Pier 21, Park Shopping, Taguatinga, Iguatemi, Boulevard, Conjunto Nacional, Terraço, Gilberto Salomão) ou www.bilheteriadigital.com.

Festas juninas já começaram Seguindo o costume de estender cada vez mais o período de festas juninas, a maioria das celebrações de São João já começou. Nesta semana, elas vão de quadrilha do rock ao pula fogueira tradicional (veja ao lado). O espaço Circa Brasilina (BR 020, Km 2,5, lote 03) também têm programação especial, com músicas típicas. Serão três apresentações de cantoras de Sobradinho, sempre às sextasfeiras, começando amanhã, às 20h. METRO BRASÍLIA

Rio+20 em fotos Para tratar da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio +20), embaixadas da América Latina abrem hoje a exposição fotográfica “Biodiver-

Programe-se São João do Asbac Sábado, às 19h. No Setor de Clubes Sul. Informações: 3212-5420. Quadrilha do Rock Sábado, às 22h. No Acadêmicos da Asa Norte. Informações: 9625-6886. Festa Junina do Iate Clube De hoje a sábado, às 19h. No Setor de Clubes Norte. Informações: 3329-8700.

sidade latino-americana mais 20 anos para um mundo melhor”. A exposição é composta por 36 fotos de 12 países. METRO Embaixada da Argentina (Setor de Embaixadas, Quadra 803, Lote 12). Entrada franca. Informações: 3212-7600.

Infantil

Rei do Baião para os pequenos DIVULGAÇÃO

No livro infantil “O rei do baião – Do Nordeste para o mundo” (Planeta Infantil, 40 págs., R$ 29,90), o poeta cearense Arievaldo Viana “cordeliza” a vida de Luiz Gonzaga, desde sua infância até sua morte, passando por seus amores e seu enorme sucesso popular. A história ganha textura por meio das cores e formas das gravuras do pernambucano Jô Oliveira, um dos mais atuantes artistas gráficos do país dedicados a esse estilo. METRO BRASÍLIA


cultura

12

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Exaltação à América

FOTOS: GETTY IMAGES

Pelo mundo

Ao lado da formação original da Crazy Horse, Neil Young regrava clássicos dos EUA de séculos passados O velho Neil Young está de volta (em muitos sentidos). Em seu novo álbum, “Americana” – que está disponível para audição no site rollingstone.com –, o músico canadense faz uma perfeita homenagem ao cancioneiro folk norteamericano criado entre o fim do século 19 e primeira metade do século 20. De acordo com nota divulgada pelo cantor e guitarrista recentemente, a intenção do disco é justamente exaltar a cultura dos Estados Unidos. Entre as 11 faixas, há músicas famosas e bem nacionalistas. Para abrir a caixa de clássicos, ele escolheu “Oh Susannah”,

Capa de “Americana”

muito conhecida além dos territórios do Tio Sam. Em “This Land Is Your Land”, Young conta com as participações mais que especiais de sua mulher, Pegi, e do parceiro de longa data, Stephen Stills – ambos nos vocais. Outro retorno marcante

é a parceria com a Crazy Horse, banda da apoio de inesquecíveis discos do músico, como “Everybody Knows This Is Nowhere”, de 1969. O trabalho mais recente com os “cavalos loucos” havia sido “Greendale”, em 2003, mas a formação original – Billy Talbot, Ralph Molina e Poncho Sampedro – gravou junta pela última vez no longínquo 1996, em “Broken Arrow”. O disco chega às lojas americanas no dia 5 de junho, mas é possível encomendá-lo com antecedência pelo site neilyoung. com. O pedido dá direito ao álbum duplo e a uma camiseta. METRO

1

2

3

Neil Young relembra folks americanos do século 19 DARREN HAUCK/GETTY IMAGES

DIVULGAÇÃO

1

As coisas não estão mesmo fáceis para ninguém. Ontem, o guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, disse que a banda tem que fazer turnês para ganhar dinheiro, já que não recebe o suficiente com royalties. Ele lamenta, já que todos os membros do grupo gostariam de passar mais tempo com as famílias. METRO

2

Na terça o mundo do cinema perdeu Kaneto Shindo, renomado diretor e roteirista japonês. Ele teve uma morte pacífica, aos cem anos, em casa, de causas naturais. Shindo trabalhou até o último instante. Seu mais recente filme, "Ichimai no Hagaki" (2010), foi premiado no Festival de Cinema de Tóquio. METRO

3

Acabou a fama de bom moço. O cantor Justin Bieber será interrogado pela polícia americana sobre uma suposta agressão a um fotógrafo. METRO

Cena do filme “Violeta Foi Para o Céu”

Peças confeccionadas por mulheres chilenas são atração na mostra

FRANZ BORBOREMA/ DIVULGAÇÃO

Memórias da ditadura chilena As memórias da repressão política do Chile, ocorrida de 1973 a 1990, simbolizadas em peças artesanais, estão expostas na mostra “Arpilleras”, que chega pela primeira vez à América Latina, e está em cartaz no Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro. A exposição é uma boa dica para quem visitar a cidade. A mostra reúne 30 arpilleras - confecções têxteis em aniagem e juta, provenien-

tes de antiga técnica regional utilizada em Isla Negra, pequena cidade costeira daquele país. Os trabalhos são acervo da curadora da exposição, a pesquisadora chilena Roberta Bacic. Todas as peças foram criadas por mulheres que estiveram presas ou cujos maridos ou filhos tinham sido presos, torturados ou assassinados. “Desta maneira, além de

tentar denunciar, no próprio país e também para os estrangeiros, as situações de falta de liberdade e privações que estavam passando, essas mulheres conseguiam reforçar o sustento da família com o que produziam”, explica Clara Politi, produtora da mostra. GISLANDIA GOVERNO METRO RIO

‘Violeta’ no Cine Ceará O filme “Violeta foi para o céu”, uma coprodução entre Chile, Brasil e Argentina, vencedor do grande prêmio do júri no Festival de Sundance 2012, vai abrir a mostra competitiva do Cine Ceará 2012, que começa amanhã. Produzido por Andrés Wood, o longa narra a história da compositora, cantora e folclorista chilena Violeta Parra, que teve uma infância humilde e acabou obtendo reconhecimento internacional. O

filme é baseado no romance homônimo de autoria de Ángel Parra, filho de Violeta. Já “Cine Holliúdy” foi o escolhido, fora da competição, para encerrar a programação do festival, no dia 8 de junho. Será a primeira exibição do longa dirigido por Halder Gomes (“As mães de Chico Xavier”), que também traz a filha do celebrado diretor chinês John Woo, a atriz Angeles Woo, no elenco. METRO RIO


www.readmetro.com

cultura

13

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

LEONARDO AVERSA / DIVULGAÇÃO

Um basta aos bons vampiros DIVULGAÇÃO

Marisa, finalmente de volta

Uma das personagens desenhadas pelo gaúcho Rafael Albuquerque

Marisa Monte lança “Verdade uma Ilusão”, baseada em seu último disco

Depois de cinco anos longe dos palcos, cantora começa turnê amanhã Shows acontecerão em Curitiba, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro Finalmente, Marisa Monte volta aos palcos neste final de semana. Depois de cinco anos sem fazer shows, a cantora abre a turnê “Verdade uma ilusão”, em Curitiba, com apresentações de amanhã a domingo, no Teatro Guaíra. Dali, a musa da MPB segue para Porto Alegre, São Paulo e, finalmente, Rio de Janeiro. A jornada termina apenas em agosto, uma vantagem para quem tem que se preparar com antecedência e providenciar passagens aéreas. O novo espetáculo é generoso, e traz 20 músicas para o público. O repertó-

3 milhões de cópias do disco “Tribalistas”, gravado em 2002 por Marisa Monte em parceria com Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, foram vendidas em todo o mundo.

Além dos Grammy latinos, a cantora já conquistou sete VMBs da MTV, nove Prêmios Multishow e seis prêmios TIM. Marisa está indicada mais uma vez ao Prêmio da Música Brasileira. rio trabalha como base as canções do CD mais recente de Marisa, “O que você quer saber de verdade”, lançado no Brasil – e em mais 27 países – em outubro do ano passado. O disco já tem duas músicas entre as mais tocadas nas rádios: “Depois” e “Ainda bem”. Experiência sonora Mesmo sem adiantar detalhes de como serão os shows, Marisa dá uma breve pista sobre o que o público pode esperar de sua volta aos palcos depois desse jejum prolongado. “Acredito no show não apenas como uma expe-

riência sonora, mas multimídia, em que a parte visual está a serviço da música e serve para potencializar o sentido das canções”, adianta a cantora. O último álbum fornece a espinha dorsal do roteiro, mas nem todas as faixas estarão presentes nos espetáculos. Marisa foi buscar no repertório construído ao longo de seus 25 anos de carreira algumas canções que, a seu ver, dialogam de forma fluida com o trabalho atual. É o caso de “Diariamente” e “De mais ninguém”, sua primeira parceria com Arnaldo Antunes. “Partimos de um repertório maior e fomos enxugando até chegar às cerca de 20 músicas que formam o show”, revela. Outra novidade da apresentação é o auxílio do power-trio do Nação Zumbi, que participou de algumas das faixas do novo álbum da cantora. METRO

Programe-se Curitiba 1 e 2 de junho, às 21h; 3 de junho, às 19h. Ingressos: plateia R$ 290, primeiro balcão R$ 250, segundo balcão R$ 150. Informações: (41) 3304-7900. Porto Alegre 7, 8, 9 e 10 de junho, às 21h. Ingressos: mezanino R$ 240,00, platéia alta R$ 270,00, platéia baixa R$ 290,00. Informações: (51) 8401-0555. São Paulo 21, 22, 23, 24, 28, 29 e 30 de junho, às 21h; 5, 6, 7, 8, 12, 13, 14, 15 de julho, às 21h. Vendas no site: www. ingressorapido.com.br. Rio de Janeiro 23 de agosto, às 21h. Não há, por ora, detalhes. Mais informações: www.marisamonte.com.br

Abaixo os vampiros românticos! Chupa-sangue que se preza tem que ser violento e saber meter medo. Palavras de ordem como estas saíram da boca de ninguém menos que Stephen King, o mestre do suspense. Cansado de ver a literatura e o cinema dominados por versões cheias de bom-mocismo do monstro, ele topou participar de um projeto a convite do quadrinista Scott Snyder. Juntou-se aí um tempero brasileiro, o traço do artista gaúcho Rafael Albuquerque, e voilà! Nascia assim “Vampiro Americano”, graphic novel que tem suas cinco primeiras edições lançadas agora no Brasil em um luxuoso volume em capa dura (Panini, 204 págs., R$ 58). “Fiquei bem impressionado [quando soube da participação de King], pois sei o quão conhecido e respeitado ele é. Quando vi seu nome, tive noção de que o projeto teria uma dimensão muito grande”, afirma Rafael. O livro mostra duas histórias paralelas e acompa-

Livro homenageia Nicolas Behr Foi lançado ontem, no Memorial Darcy Ribeiro, no Câmpus da UnB, o livro “Brasília na poesia de Nicolas Behr: idealização,

nha o período de consolidação dos Estados Unidos como nação. Uma delas, escrita por King, começa em 1880 e mostra como Skinner Sweet, um dos mais temidos ladrões do Velho Oeste, transformouse em um novo tipo de vampiro, evoluído, resistente à luz do sol. A outra, desenvolvida por Snyder, se passa nos anos 1920, em Hollywood, e mostra a saga por vingança de uma neovampira que sonhava ser atriz de cinema. O que não falta às duas tramas é muito sangue, restaurando o histórico de horror vinculado ao personagem. O trabalho rendeu ao trio de artistas o Prêmio Eisner de melhor nova série de 2011 – o Oscar dos quadrinhos americanos. “Queríamos fazer a melhor história de vampiros que conseguíssemos e esse reconhecimento acabou sendo uma grata surpresa”, diz Rafael. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

utopia e crítica" (editora UnB, 128 págs., R$35). Em suas páginas, a jornalista Gilda Furiati revisita os versos acalorados do poeta sobre a capital e trata de sua relação com a cidade. Gilda classifica toda a produção de Behr em períodos de expressão artística. METRO BRASÍLIA


14

www.readmetro.com

variedades

16% dos PCs no Brasil não têm antivírus

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

Obras

Cruzadas

Fabricante McAfee apresentou o ranking dos países mais ‘protegidos’ Finlândia está em primeiro lugar Quem costuma navegar na internet despreocupadamente deve ficar atento. A empresa de segurança McAfee lançou um alerta para a vulnerabilidade dos PCs, os computadores pessoais. Segundo levantamento da companhia, 15,5% dos computadores no Brasil não têm antivírus. O país está em 17o lugar no ranking elaborado pelos técnicos da McAfee. Sem a proteção do antivírus, os computadores podem ser acessados remotamente pelos bandidos virtuais. Além de ter o caminho livre para o roubo de dados pessoais e financeiros, os cibercriminosos usam a máquina desprotegida para formar as chamadas ‘botnets’, redes fantasma de máquinas que são usadas para ataques a outros si-

Até quando os brasilienses terão que conviver com aquele buraco a céu aberto próximo ao Setor Hospitalar Sul, atravancando o trânsito e prejudicando a vida de muitos pedestres e motoristas. As obras do VLT na W3 estão paradas e não há previsão de serem reiniciadas, mas o GDF não informa nada à população em geral e aos cidadãos contribuintes que pagam seus impostos. A placa da obra está lá enfeitando o buraco, ou melhor, enfeiando e poluindo visualmente nossa bela cidade. Carlos Miranda – Brasília

“A liberdade de navegar na internet vem com o risco da exposição indesejada, e os cibercriminosos se aproveitam de vítimas inocentes.”

Lula A única coisa que realmente faltava, em épocas de escândalos como de Cachoeira, é decobrir que Lula pode ter pressionado o ministro Gilmar Mendes para adiar o caso do Mensalão. Como ser patriota, como o próprio governo sempre sugere, quando os políticos, principalmente aqueles que mais confiamos, demonstram que não vale a pena acreditar em melhoras? Vamos ver até onde vai esta história.

STEVE PETRACCA, DA MCAFEE

tes. É como se o computador virasse soldado do exército inimigo. Como exemplo de segurança virtual, a McAfee apontou a Finlândia, onde 90,33% das máquinas têm antivírus. O país mais vulnerável é Cingapura, que tem 21,75% dos PCs vulneráveis. Os Estados Unidos também integram a lista (19,32%), mas porque é onde há o maior número de usuários de PCs. METRO

Leitor fala

Fernanda Nassin – São Paulo, SP

Pergunta Você acha que a ação do Detran de remover carros estacionados irregularmente no centro de Brasília é justa? Sudoku Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobsb

@ByMoruscfr: Justa não é. Mas talvez esta seja forma de conter o abuso de motoristas que não respeitam nem as vagas especiais @DiegoPatriota: Seria justa se tivéssemos amplos e seguros estacionamentos. Como não é o caso, é completamente descabido.

Web Para falar com a redação: leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

Sem proteção, computador vira alvo fácil para bandidos ADAM BERRY / GETTY IMAGES

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Mente alerta e boa capacidade de adaptação. Momento propício para você realizar negociações que tragam mais segurança e tranquilidade para a sua vida. Touro (21/4 a 20/5) Finalmente um pouco mais de entendimento com as pessoas e também bons momentos para se relacionar com o seu amor. Paixão e namoro pintando no pedaço. Gêmeos (21/5 a 20/6) Conte com a ajuda de parceiros fiéis para desembrulhar as situações mais difíceis e estar ao seu lado na hora de garantir os seus direitos, jogue em equipe. Câncer (21/6 a 22/7) Procure ser rápido no gatilho e garantir o que é seu, amigos e parceiros poderão lhe ajudar desde que você os compense. Não espere as coisas acontecerem.

Leão (23/7 a 22/8) Tente descansar um pouco se afastando de certos conflitos e responsabilidades que não lhe dizem respeito, o dia tende a não trazer desafios à sua altura. Virgem (23/8 a 22/9) Retorno dos amigos e pessoas animadas que querem ver você bem. Aproveite para se atualizar, e quem sabe até deixar que uma nova paixão apareça em sua vida. Libra (23/9 a 22/10) Liderança e ajuda de pessoas que estão pensando igual a você, bons negócios acontecem quando todos colaboram, nada de individualismos para evitar conflitos. Escorpião (23/10 a 21/11) Negócios bons mesmo continuam sendo algo para poucos, a maioria tende a ficar de fora, tente ser mais enturmado com quem está no governo das situações.

Sagitário (22/11 a 21/12) Hoje as pessoas podem estar materialistas demais para o seu gosto. Não se deixe levar por negócios que não te façam feliz, pode ser melhor se afastar. Capricórnio (22/12 a 20/1) Dê o seu apoio um pouco de longe das situações, as pessoas precisam aprender por elas próprias a se entenderem sem precisar que você fique em cima delas. Aquário (21/1 a 19/2) Retirada estratégica para cuidar mais de você mesmo. O mundo precisa girar para abrir novas oportunidades para você, por enquanto pode ser melhor repousar. Peixes (20/2 a 20/3) Pode ser muito difícil, mas será necessário confiar mais nas pessoas e deixar que elas te defendam em situações aparentemente complicadas de lidar sozinho.


MOWA PRESS

Neymar vibra com o primeiro gol contra os EUA

1 x 4

Estados Unidos: Tim Howard; Cherundolo (Beckerman), Bocanegra, Onyewu e Fabian Johnson (Castillo); Bradley, Jones e Mo Edu; José Torres (Dempsey), Donovan e Gomez. Técnico: Klinsmann Brasil: Rafael; Danilo, Thiago Silva, Juan e Marcelo (Alex Sandro); Sandro, Romulo e Oscar (Giuliano); Neymar (Lucas), Hulk (Casemiro) e Leandro Damião (Alexandre Pato). Técnico: Mano Menezes

• Gols: Neymar, aos 11, Thiago Silva, aos 25, e Gomez, aos 44 do 1º tempo; Marcelo, aos 6, e Pato, aos 42 do 2º tempo • Estádio: FedEx Field, em Washington (EUA) • Árbitro: Jeffery Calderon (CRI)

QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Tio Sam entrou no samba Com boas atuações de Marcelo e Rafael, o Brasil venceu, ontem, por 4 a 1, o amistoso com os Estados Unidos, em Washington. O time de Mano Menezes abriu o placar logo aos 11 minutos. Leandro Damião chutou em diagonal e

MAURÍCIO VAL/VIPCOMM

cial, o Flamengo informou que a diretoria deu mais um dia de folga ao jogador e desejou melhoras à dona Miguelina. Nos bastidores, no entanto, o clima ficou tenso. Há rumores de que o irmão e empresário de R10, Roberto Assis, já consultou advogados para uma possível rescisão do contrato com o clube. Segundo Assis, o Flamengo deve mais de R$ 5 milhões de salários ao irmão Nas contas do rubro-negro, a dívida é de pouco mais de R$ 2,2 milhões.. METRO RIO

Ausente em dois treinos

Suíço Roger Federer bate recorde de vitórias Roger Federer se tornou ontem o maior vencedor de partidas em Grand Slams da história do tênis. O suíço atingiu a marca de 234 triunfos ao bater o romeno Adrian Ungur por 3 a 1, pela segunda rodada de Rolanda Garros. Seu próximo adversário, amanhã, é o francês Nicolas Mahut. Número 1 do mundo,

Grand Slams já 16 conquistou o tenista suíço, que

também é recordista de títulos nesses torneios. Novak Djokovic aplicou 3 a 0 no esloveno Blaz Kavcic. Após a partida, o sérvio disse que não irá participar do torneio de duplas mistas nos Jogos Olímpicos de

3

esporte Amistosos

Seleção goleia os EUA, por 4 a 1, em Washington Neymar, Thiago Silva, Marcelo e Pato marcaram

R10 falta novamente Ronaldinho Gaúcho deveria ter se reapresentado ao técnico Joel Santana no treino do Flamengo na manhã de ontem, no Ninho do Urubu, mas não apareceu. O jogador foi liberado segunda-feira pela diretoria rubro-negra para visitar a mãe que passou por uma cirurgia delicada em Porto Alegre no último sábado e ficou de retornar ao Rio terça-feira, o que não aconteceu. R10 postou no seu Twitter que voltaria ontem, mas novamente deu bolo. Por meio do seu site ofi-

15

www.readmetro.com

esporte

Londres. Com isso, a bela Ana Ivanovic ainda busca um companheiro para defender o país. Na próxima etapa Djokovic encara o francês Nicolas Devilder. Hoje, Rafael Nadal terá pela frente o uzbeque Denis Stomin. No feminino, destaque para a polonesa Agnieszka Radwanska, que derrotou por 2 a 0 a Venus Williams. METRO

a bola bateu na mão de Onyewu. O juiz marcou pênalti, que foi convertido por Neymar. Aos 25, após escanteio, Thiago Silva ampliou para o Brasil, de cabeça. Os Estados Unidos diminuíram com Gomez, aos 44

minutos da primeira etapa. Logo aos 6 do segundo tempo, os brasileiros ampliaram com Marcelo. No fim, Pato decretou a goleada. O Brasil terá outro amistoso, no domingo. A seleção encara o México, também nos EUA. METRO

ONTEM

EUA 4 x 1 Brasil Holanda 2 x 0 Eslováquia Espanha 4 x 1 Coreia do Sul HOJE

15h30 Alemanha x Israel 16h 22h

França México

x x

Sérvia Bósnia


16

esporte

www.readmetro.com QUINTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2012

Estreia será em Brasília Copa das Confederações começa em 15 de junho do ano que vem, no Mané Garrincha, e termina no dia 30, no Maracanã ‘Juntos num só ritmo’ é anunciado como o slogan de 2014 O Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, irá receber a abertura da Copa das Confederações, ano que vem. A confirmação aconteceu ontem. Com a presença do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, Bebeto e o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo a Fifa e o Comitê Organizador Local anunciaram a tabela da Copa das Confederações, no Rio de Janeiro. Assim como na Copa de 2014, a Seleção Brasileira só jogará no Maracanã se chegar à final da competição, que acontecerá entre os dias 15 e 30 de junho de 2013. A abertura será dia 15, às 16h, no Mané Garrincha, em Brasília. Depois, o Brasil jogará dia 19, em Fortaleza, às 16h, e encerra a primeira fase no dia 22, em Salvador, no mesmo horário. Se passar como primeiro colocado do Grupo A, o time de Mano Menezes joga a semifinal dia 26, em Belo Ho-

GRUPO A 15/6 16h Brasil x A2 Brasília 16/6 16h A3 x A4 Rio de Janeiro 19/6 16h Brasil x A3 Fortaleza 19/6 19h A4 x A2 Recife 22/6 16h A2 x A3 Belo Horizonte 22/6 16h A4 x Brasil Salvador GRUPO B 16/6 19h 17/6 16h 20/6 16h 20/6 19h 23/6 16h 23/6 19h

“Não são apenas obras para a Copa. São obras para o Brasil.” ALDO REBELO, MINISTRO

rizonte. Se for segundo, jogará no Castelão, dia 27, sempre às 16h. A final, dia 30, está marcada para as 19h, no Maracanã. A disputa do terceiro lugar será no mesmo dia, às 13h, em Salvador. São Paulo não sediará o torneio. Durante a coletiva de ontem, também foi anunciado o slogan da Copa de 2014: ‘Juntos num só ritmo’. Além do Brasil, cabeça de chave do grupo A, estão confirmados a campeã do mundo Espanha, Uruguai, México e Japão. Ainda restam três vagas, que serão distribuídas entre Europa, África e Oceania. O sorteio dos grupos será dia 1º de dezembro, em São Paulo. METRO

Copa das Confederações

B1 x B2 B3 x B4 B1 x B3 B4 x B2 B4 x B1 B2 x B3

Recife Belo Horizonte Rio de Janeiro Salvador Fortaleza Recife

SEMIFINAIS 26/6 16h 1º de A x 2º de B Belo Horizonte 27/6 16h 1º de B x 2º de A Fortaleza DECISÃO DO 3º LUGAR 30/6 13h Salvador FINAL 30/6 19h

Rio de Janeiro

As siglas A2, A3, A4, B1, B2, B3 e B4 correspondem às seleções que serão definidas em sorteio, dia 1º de dezembro

Aldo Rebelo, Bebeto e Valcke participaram da coletiva RICARDO MORAES/REUTERS

MARCELO MACHADO DE MELO/ FOTOARENA

Kaká de volta ao São Paulo?

DENIS DOYLE/REUTERS

Estádio de Santos receberá jogo contra o Corinthians

Santos define Vila Belmiro para a semifinal Acabou o mistério santista. Depois de muita discussão e segredos, o Peixe definiu que o primeiro jogo da semifinal da Libertadores contra o Corinthians, marcado para 13 de junho, será na Vila Belmiro. A decisão foi tomada ontem, após reunião do Comitê de Gestão do clube. A partida da volta, dia 20 de junho, será realizada no Pacaembu. Para faturar mais com

bilheteria, o presidente santista, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, até cogitou levar a partida para o Morumbi. Mas, a pedido dos jogadores e da comissão técnica, a direção alvinegra decidiu mandar o clássico na Baixada Santista. O volante Arouca reforça a lista de dúvidas de Muricy Ramalho para o jogo contra o Corinthians. O jogador sofreu um distensão muscular de grau 1. METRO

De férias no Brasil, o meia Kaká aproveitou a ocasião para encontrar Marco Aurélio Cunha, conselheiro e ex-supervisor de futebol do Tricolor, em um restaurante de São Paulo. A visita gerou muitas especulações e animou a torcida a respeito de uma possível transferência do jogador ao clube do Morumbi – time que o revelou para o futebol. Após completar sua terceira temporada pelo Real Madrid – em que sofreu com lesões e não teve se-

MATERIAL ESPORTIVO

Verdão quer mais dinheiro A proposta de R$ 35 milhões por ano feita pela Adidas ao Flamengo não caiu bem no Palmeiras. Isso porque o Verdão, a quem a empresa também fornece material esportivo, recebe bem menos: R$ 20 milhões.

quência no time de José Mourinho – Kaká é visto pelos espanhóis como moeda de troca. Pelo Twitter, Marco Aurélio disse que o almoço foi um encontro entre amigos e sem cunho profissional: “Para esclarecer: almocei com meu amigo Kaká, conversamos como sempre desde 2002, sem qualquer conotação negocial”. O vice-presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes, também negou que haja negociação. METRO Agora, o Verdão exige maior atenção da companhia. Arnaldo Tirone, presidente do alviverde, disse que a proposta aos cariocas surpreendeu pelos valores e espera um acordo mais justo com o Verdão. Já o diretor jurídico do clube, Piraci Oliveira, foi bem menos contido. Por meio do Twitter, o dirigente não poupou críticas à empresa. “Nosso contrato com a Adidas é muito ruim, desequilibrado, e terá de ser revisto.” METRO

O brasileiro é visto como moeda de troca dos espanhóis

Fim de novela Acabou a novela envolvendo o meia Oscar. O último capítulo, de certo modo, agradou a todos. O São Paulo receberá um elevado reembolso de R$ 15 milhões. O Inter fica feliz por acabar com a batalha jurídica envolvendo e poder contar normalmente com um dos melhores jogadores do elenco. Fechando a terceira ponta da briga, Oscar se-

guirá atuando onde ele sempre disse querer ficar. O pagamento será dividido entre o Inter, o empresário do jogador, Giuliano Bertolucci, e o grupo de investimento BMG. Apesar de ter de desembolsar R$ 5 milhões, o clube gaúcho não irá aumentar o seu percentual sobre os direitos econômicos do atleta, seguirá tendo 50%. METRO POA


20120531_br_brasilia