Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica CGB Artes Gráficas.

LUTO NO MUNDO DA DISCO MUSIC DONNA SUMMER MORRE AOS 63 {pág 11} EM ‘O CORVO’, JOHN CUSACK FAZ EDGAR ALLAN POE VIRAR HERÓI {pág 11}

SAIDEIRA NANDO REIS ENCERRA A BOTECAGEM

{pág 13}

BELO HORIZONTE Sexta-feira,

18 de maio de 2012

Edição nº 157, ano 1 Mín 12°C Máx 24°C

MG tenta conter explosão da violência com pacote Após crescimento de assaltos e homicídios, governo anuncia R$ 430 milhões para ações que buscam coibir a criminalidade Programa inclui desde sala de gerenciamento anticrise até investimentos em presídios {pág 04}

Tecendo a arte

Sinal vermelho

Empregos têm queda de 20% em todo o país Entre janeiro e abril, foram criados 702 mil postos de trabalho com carteira assinada Esse é o pior resultado para o período desde 2009, segundo o Ministério do Trabalho {pág 10}

CPI poupa figurões, por enquanto

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Comissão do Cachoeira decide convocar 51 pessoas {pág 08}

Fim de semana é de Brasileiro Fios e barbantes da instalação “Ciclotrama” integram o festival internacional de cultura contemporânea Nova, em Belo Horizonte {pág 13} GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Raposa e Galo na Série A, e Boa, Tigre e Coelho na B {págs 15 e 16}


04

1 foco

Segurança

Sala anticrise será teste para Copa do Mundo Conforme o Metro antecipou, Belo Horizonte vai receber uma megaestrutura de segurança, integrada com outras 11 cidades e com tecnologia de reconhecimento facial, até 2014. Mas antes uma sala de gerenciamento de crises será implantada na Cidade Administrativa até o fim deste ano. A ideia é a mesma: reunir diversas forças, como Defesa Civil, PM, Polícia Civil, PRF e Polícia Federal para agilizar a resposta às ocorrências policiais. A sala também servirá de teste para o centro que será o suporte da segurança da Copa. METRO BH

Cotações Dólar

Euro

+ 0,19% (R$ 2,00)

– 0,16% (R$ 2,53)

Bovespa

Selic (9%) Salário mínimo (R$ 622)

– 3,31% (54.038 pts)

www.readmetro.com

belo horizonte

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012

Após boom da violência, Minas anuncia pacotão ALEXANDRE GUZANSHE/O TEMPO/FUTURA PRESS

Assustado com crescimento da criminalidade, governo cria série de ações Integração é prioridade O governo, enfim, reagiu à crise da segurança pública e ao consequente aumento da violência em Minas. Foi anunciado um investimento de mais de R$ 430 milhões para coibir a criminalidade, que será feito até 2014. Do total, R$ 225 milhões vão ser usados em um pacotão antiviolência. Chamado de Plano Integrado de Enfrentamento à Violência, o programa inclui desde a implantação de uma central de flagrantes até investimentos no criticado sistema prisional do Estado. Um dos maiores desafios da Seds é colocar em prática a integração das polícias. Para isso, foram criadas ou reforçadas diversas ações, como um frequente encontro entre representantes da Polícia Ci-

vil, PM, Ministério Público e Poder Judiciário para discutir ações em todas as regiões de Minas. As reuniões vão começar a partir de junho. “Sentimos motivação das chefias das corporações para consolidar a integração e reverter os índices de criminalidade. Temos que criar medidas em curto prazo e não só estudos”, diz o secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz. É justamente essa a preocupação do especialista em segurança pública, Robson Sávio Reis. “A maioria dos programas já existia, mas se perdeu ao longo do tempo. O desafio é colocá-los em prática”. THIAGO RICCI

METRO BELO HORIZONTE

Especialistas consideram que crise na segurança resultou no aumento de criminalidade

Central promete agilidade nas ocorrências A inauguração da Central de Recepção de Flagrantes é promessa de agilidade nas ocorrências da capital. A estrutura vai reunir todos os órgãos envolvidos

na dinâmica prisional e no sistema de Justiça: Polícia Civil, Poder Judiciário, MP e Defensoria Pública. A instalação do prédio, no bairro Lagoinha, pre-

tende liberar as delegacias. Na unidade da av. Afonso Pena, no Centro, chegou a ser registrado um acúmulo de 50 mil ocorrências paradas. TR

Blitze vão aumentar Sistema prisional é Tornozeleira O ano passado, considerado desastroso para a segurança pública mineira, deixou um programa de legado: o “Sou pela vida, dirijo sem bebida”. Criado em julho de 2011, a ação consiste em megablitze com poli-

ciais civis e militares. Hoje, é realizada entre quinta-feira e domingo, mas será feita diariamente na capital a partir de julho. O programa também ganhou um micro-ônibus para agilizar o processo. TR

Investimento na PC não agrada policiais No pacote está previsto o investimento, somente neste ano, de R$ 13 milhões para a Polícia Civil. Mas a aplicação do dinheiro em capacitação dos profissionais não agradou policiais e especialistas. “Precisamos de mais homens. Se um profissional sai da minha delegacia para um curso, afeta negativamente nosso trabalho”,

afirma Cristiano Xavier, delegado da Delegacia de Homicídios de Santa Luzia. “A PC tem enorme déficit de pessoal e estrutura. É preciso concurso”, diz o especialista Robson Savio Reis. Também está previsto investimento na renovação de rabecões, aquisição de equipamentos de inteligência e identificação visual das unidades. TR FALE COM A REDAÇÃO

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3349-5342 COMERCIAL: 031/3349-5307

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

desafio para Seds

JUCA VARELLA/FOLHAPRESS

Minas tem vários presídios superlotados

O número de ações voltadas para o sistema prisional é justificado pela preocupação da Seds com o setor. Levantamento estima que existe um déficit de 14 mil vagas no Estado. No pacote, foi anunciada a construção, ainda para 2012, de presídios em Ribeirão das Neves, Itaúna e Oliveira, além de amplia-

ção de outros quatro. “O índice de reincidência é de 80%. É preciso mudar as ações e não criar vagas. Só deve ficar preso quem oferece real risco social”, diz o pesquisador Robson Savio Reis. Segundo o especialista, o número de presos subiu de 26 mil para 50 mil em apenas oito anos. TR

é promessa para 2012

A novela para o inédito uso de tornozeleiras em presidiários mineiros parece ter chegado ao fim com o pacote. A Seds promete que 3,9 mil presos serão monitorados em até cinco anos. Até metade do ano que vem, 814 detentos em regime aberto e semiaberto poderão utilizar o equipamento. Até 2013, serão bloqueados os celulares na Penitenciária Neson Hungria, em Contagem. TR ROBSON VENTURA/FOLHAPRESS

Presos monitorados

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo. Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende. Editor Executivo (Interino): Juvercy Júnior (MTB 12.331/MG). Editor de Arte: Cláudio Machado. Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. Diretor de Jornalismo: Teodomiro Braga. Diretor Geral: José Saad Duailibi.

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP: 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3349-5307. O jornal Metro é impresso na CGB Artes Gráficas. A tiragem e distribuição desta edição de 40.000 exemplares são auditadas pela BDO.


06

belo horizonte

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012

Saúde e educação também param em Belo Horizonte Principais hospitais da capital têm serviço afetado após movimento dos profissionais em busca de reajuste salarial Nova greve não é descartada Professores também protestam RENATO COBUCCI/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

Além de enfrentarem dificuldades para utilizar o sistema de metrô, que está funcionando em escala mínima desde segunda-feira, ontem os belo-horizontinos também tiveram problemas para receber atendimento nos hospitais da cidade. Os servidores da saúde pública paralisaram suas atividades parcialmente e fizeram um protesto em frente ao Hospital João XXIII durante a manhã. De acordo com o Sind-Saúde (Sindicato Único dos Servidores da Saúde de Minas Gerais), cerca de 400 profissionais participaram da manifestação. Hospitais da Rede Fhemig, Fundação Ezequiel Dias, Hemominas e Escola de Saúde tiveram o quadro de servidores defasado. A categoria reivindica reajuste salarial, revisão do plano de carreira, redução da jornada de trabalho para

30 horas semanais sem redução salarial, pagamento imediato dos direitos trabalhistas e mais investimentos na área da saúde. Em assembleia realizada na tarde de ontem, os servidores decidiram que a partir do dia 4 de junho, haverá manifestações setoriais, o que significa uma paralisação por dia para cada hospital. A partir do dia 14, será decretada greve geral. Segundo o Sind-Saúde, o governo apresentou um calendário de reuniões para negociações parciais, no entanto, o sindicato pleiteia uma negocição geral com a Seplag (Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão).

Profissionais da saúde realizaram protesto em frente ao HPS

ria quer a unificação da carreira com incorporação de gratificações em 13 níveis remuneratórios, variação de 5% entre níveis a partir do piso para 20 horas (atual de R$ 2.329,35) e melhores condições de trabalho.

De acordo com o ANDESSN (Sindicato dos Docentes das Instituiçoes de Ensino Superior), em todo o país, 33 universidades participam do movimento. Em Minas Gerais, já aderiram à greve os profis-

Minas é o terceiro estado mais homofóbico do país

‘Combate ao Abuso’ é lembrado

Onda de greve Os professores das instituições federais de ensino superior também decretaram, ontem, greve por tempo indeterminado. A catego-

RENATO COBUCCI/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

O Dia Internacional contra a Homofobia foi celebrado ontem e o Brasil ainda precisa trabalhar muito no combate ao preconceito. Dados divulgados pela Secretaria de Direitos Humanos apontam que em 2011, 3,4 mil denúncias de violência praticadas contra homossexuais foram registradas por dia em todo o país. Nesse ranking, Minas aparece em 3o lugar, com 105 denúncias, mesma quantidade registrada na Bahia. São Paulo lidera a lista, com 210 denúncias, seguido pelo Piauí, com 113 registros. De acordo com levantamento realizado pela entidade GGB (Grupo Gay da Bahia), em 2010 foram documentados no Brasil 266 homicídios de homossexuais, o que representa uma média de um assassinato a cada 36 horas. Ainda segundo o órgão, o risco de um homossexual ser morto no Brasil é

Comunidade LGBT cobra direitos em evento na capital

785% maior que nos EUA. A homofobia (agressões e injúrias contra homossexuais) é considerada crime pelo código penal. “Já existe uma consciência formada, mas o maior desafio é a intolerância religiosa e fami-

liar que ainda estão muito arraigadas na cultura brasileira”, afirma o especialista em questão de gênero, o professor universitário e voluntário do Gapa (Grupo de Apoio à Prevenção à AIDS), Luiz Morando. METRO BH

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado hoje, será marcado por diversas ações em toda a capital. Entre as 7h30 e 9h30, haverá uma blitz para conscientização na Ceasa (Br040/KM688 - Contagem). A ação será promovida pela campanha “Minas Alerta Proteja Nossas Crianças”, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social. Às 9h30, na avenida dos Andradas, manifestantes vão formar um “banner humano” com os dizeres “18 de maio”. Além disso, às 9h, em várias regiões de Minas, haverá um buzinaço em sinal de repúdio às violações dos direiros da criança e do adolescente. O objetivo principal é incentivar a população a denunciar as violações pelo Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19). METRO BH

sionais do Cefet, das universidades federais de São João Del Rei, Viçosa, Juiz de Fora, Triângulo Mineiro, Lavras, Ouro Preto, Uberlândia e dos vales do Jequitinhonha e Mucuri. METRO BH

Breves

Avaliação de graça na Praça JK amanhã FORTALESER. Quem for fa-

zer atividade física, amanhã, terá uma grata surpresa. O Centro de Reabilitação e Condicionamento Físico FortaleSer vai medir a pressão arterial de quem quiser avaliar a postura dos praticantes de caminhada e corrida. Após a análise, fisioterapeutas vão orientar sobre como fazer alongamentos e praticar atividades físicas sem agredir o corpo. O serviço será das 8h às 13h. METRO BH ALEXANDRE GUZANSHE/FUTURA PRESS

Praça JK

TRANSPORTE

Greve em metrô pode ter fim De braços cruzados desde segunda-feira, os metroviários de Belo Horizonte devem se reunir hoje com a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) para tentar negociar o fim da paralisação. De acordo com o presidente do SindimetroMG (Sindicato dos Empregados em Empresas de Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais), a companhia se reuniu ontem com representantes do governo federal. “Esperamos que haja novidades”, afirma. A categoria reivindica aumento salarial, plano de saúde, adicional noturno e participação nos lucros. METRO BH

Deputados pressionam obras do BRT ATRASO. A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa fará uma visita ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) para pedir agilidade na análise dos processos para liberação das obras do BRT. A decisão foi tomada ontem, durante audiência pública. Os deputados querem saber porque ocorrem os atrasos e de quem é a responsabilidade. METRO BH

Trânsito tem interdições ATENÇÃO. O motorista vai

precisar ter atenção hoje. O desfile de uma escola de samba vai reunir três carros e três mil participantes. No percurso, as avenidas João Pinheiro, Álvares Cabral e Afonso Pena vão sofrer interdição parcial – meia pista será fechada. METRO BH


08

brasil

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012

CPI ‘esquece’ de governadores Cláudio Monteiro, ex-chefe de gabinete de Agnelo Queiroz, foi intimado AGÊNCIA BRASÍLIA

Denatran vai regular bicicletas elétricas no país O Denatran (Departamento Nacional de Trâsito) começou a estudar nesta semana um conjunto de normas para regulamentar o uso de bicicletas elétricas em todo o país. Na terça-feira, em reunião com representantes dos governo e da prefeitura do Rio de Janeiro, a direção do órgão concordou em estabelecer critérios para o uso dos veículos. O encontro aconteceu depois que a prefeitura do Rio decidiu equiparar as aos modelos tradicionais. A Prefeitura de São Paulo também anunciou que iria criar regras para a circulação. A ideia é que os veículos com velocidade até 20km/h e motor de até 4 quilowatts

de potência tenham permissão para trafegar pelas ciclovias e a isenção da necessidade de licenciamento ou emplacamento dos veículos. Além disso, os usuários poderão circular sem a necessidade de carteira de habilitação. Outra medida é que as bicicletas elétricas não poderão ser fiscalizadas pelos agentes da Lei Seca. Foi justamente após um episódio em que fiscais da Lei Seca do Rio multaram um cinegrafista em uma bicileta elétrica que a prefeitura carioca resolver regular sua circulação. Procurada, a assessoria do Denatran afirmou que não poderia comentar nenhum estudo. METRO KARIME XAVIER/ FOLHAPRESS

Cláudio Monteiro

A CPI do Cachoeira decidiu ontem adiar para 5 de junho a votação dos pedidos de convocação dos governadores Marconi Perillo, de Goiás; Agnelo Queiroz, do Distrito Federal; e Sérgio Cabral, do Rio de Janeiro, suspeitos de envolvimento com integrantes do esquema de jogos ilegais sob investigação. Foram aprovados, porém, o depoimento de 51 investigados e a quebra de sigilo bancário, fis-

cal e telefônico de 10 pessoas e de 17 empresas. A decisão de deixar os requerimentos com nome de políticos para depois foi interpretada como perda de foco da comissão. “Estamos convocando os bagrinhos da história. Os importantes estão de fora", disse a senadora Kátia Abreu (PSD/GO). A justificativa é de que as convocações neste momento poderiam tranformar as investigações em

disputas políticas. “Não haverá blindagem para nenhuma pessoa, seja jornalista, deputado, senador, governador, empresário, polícia, procurador ou juiz que se envolveu com essa quadrilha”, assegurou o relator da CPI, deputado Odair Cunha (PT/MG). A CPI determinou a convocação do ex-chefe de gabinete de Agnelo Queiroz Cláudio Monteiro, e de Idalberto Martins, o Dadá,

MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

REPRODUÇÃO

Lula lança página no Facebook O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou ontem sua página oficial no Facebook (facebook.com/lula). Lula afirma que usará a ferramenta para mostrar suas atividades no Brasil e no exterior. O perfil tem uma linha do tempo com fotos e fatos marcantes desde o dia de seu nascimento. Lula já tinha um perfil no facebook, mas a página era feita por fãs. METRO

apontado pela PF como o número dois do esquema de Carlinhos Cachoeira. A Construtora Delta, acusada de fazer pagamento de propina para beneficiar o esquema de corrupção, vai ser alvo de investigação apenas no CentroOeste. A atuação nacional ficou de fora.

Jovem tem cinco dias para entregar sua CNH à Justiça

Thor Batista está proibido de dirigir Após o Ministério Público do Rio ter denunciado o filho do empresário Eike Batista, Thor Batista, por homicídio culposo (sem intenção), ontem, a juíza Daniela Barbosa, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias, determinou a suspensão da habilitação do jovem por um ano. Thor deverá apresentar sua carteira de habilitação em juízo no prazo de 5 dias e tem 10 dias para recorrer. Ele responderá pelo

Dilma quer salários na internet Mais de 70 mil pessoas já curtiram a página do ex-presidente

Órgãos e empresas do governo federal terão que publicar na internet salários e vantagens de todos os

atropelamento e morte do ciclista Wanderson dos Santos, no dia 17 de março, na Rodovia Washington Luís, na altura de Xerém, na Baixada Fluminense. De acordo com a magistrada, ao participar do acidente, Thor desrespeitou as regras de trânsito. A juíza também levou em conta o histórico do filho do empresário, que já possui 11 infrações no trânsito, 9 delas por excesso de velocidade. METRO RIO

funcionários públicos concursados e em cargos de confiança. O decreto, que regulamenta a Lei de Acesso à Informação foi publicado ontem no “Diário Oficial” da União. Governos e prefeituras que não cumprirem a regra poderão ser alvo da Justiça. METRO


10

www.readmetro.com

economia

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012

Geração de emprego recua 20% este ano

JORGE ARAÚJO/FOLHAPRESS

Entre janeiro e abril foram geradas 702 mil vagas formais, segundo o Ministério do Trabalho É o pior resultado para o período desde 2009 O Brasil criou 702.059 empregos com carteira assinada nos quatro primeiros meses de 2012. Isso representa uma queda de 20% frente ao mesmo período do ano passado (808.717), segundo dados do Ministério do Trabalho divulgados ontem. Foi o pior desempenho para os quatro primeiros meses de um ano desde 2009, quando foram abertas 48.454 empregos com carteira assinada. Naquele momento, o país sentia os efeitos da crise financeira iniciada em 2008. Somente em abril, os números do Ministério do Trabalho mostram que foram criados 216.974 postos formais de trabalho. O resultado também ficou

acima do verificado no mês anterior, quando foram abertas 111.746 vagas. No entanto, representa uma queda de 20,29% frente ao mesmo período de 2011. O setor de serviços foi o que mais empregou no mês passado, com saldo de 82.865 postos. Em se-

guida ficaram a construção civil, com 40.606 e o comércio , com 33.704. A indústria ficou em quarto lugar, com 30.318 empregos. No ramo industrial, eliminaram vagas os segmentos de metalurgia e material de transporte, que registraram saldos

negativos de 563 vagas e 472 respectivamente. Entre os estados, São Paulo registrou maior número de contratações com 85.346 trabalhadores, seguido por Minas Gerais, com saldo de 28.886. No Rio de Janeiro, foram abertas 18.541 vagas. METRO

Indústrias metalúrgica e de material de transporte fecharam vagas no mês passado

217

mil postos de trabalho foram criados no país somente no mês de abril, o que representa uma queda de 20,29%.

Vendas do varejo crescem devagar Após recuar em fevereiro, as vendas no comércio voltaram a subir em março, registrando leve alta de 0,2%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No ano, o indicador avançou 10,3% e, em 12 meses, 7,5%. Na comparação com março de 2011, o varejo cresceu 12,5%. “A alta vem de acordo com o crescimento da economia, que se esperava que começasse a deslanchar. O crescimento deixa a desejar em relação ao que era esperado”, disse Reinaldo Pereira, gerente da Coordenação de Serviços e Bens do IBGE. Para ele, com os bancos cortando as taxas de juros, o estímulo ao consumo deve voltar. “Temos que aguardar o impacto”, disse. Tiveram aumento no volume de vendas os artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (2,3%); móveis e eletrodomésticos (1,2%); tecidos, vestuário e calçados (0,8%) e material de construção (0,3%). METRO

mundo

Brasil apoia Argentina nas ilhas Malvinas Chanceler Antonio Patriota pede a descolonização do território Guerra completou 30 anos em abril O direito autoproclamado pela Argentina sobre as ilhas Malvinas é defendido pelo Brasil, afirmou ontem o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota. “Apoiamos plenamente a soberania da Argentina nas Malvinas, e defendemos que seja seguido o que é previsto pela ONU no que diz respeito à descolonização. As Malvinas se enquadram nesse caso”, avaliou o chanceler, durante sabatina realizada ontem pelo jornal “Folha de S.Paulo” e o portal UOL. “Defendemos que haja um diálogo, o que não tem

“Defendemos que haja um diálogo, o que não tem ocorrido. Aliás, não só o Brasil apoia, como posso dizer que toda a América Latina e o Caribe.” ANTONIO PATRIOTA, CHANCELER

ocorrido. Aliás, não só o Brasil apoia, como posso dizer que toda a América Latina e o Caribe”, afirmou. Desde o início do ano, a Argentina endureceu o discurso contra o Reino Unido sobre o controle do arquipélago. No

último mês de abril, quando a guerra que devolveu o controle do território aos britânicos completou 30 anos, a presidente Cristina Kirchner comandou um ato em memória aos soldados mortos. Cristina também prometeu retaliar os bancos que financiam as atividades petrolíferas operadas por Londres nas Malvinas, e propôs a criação de voos diretos entre Buenos Aires e as ilhas. O Reino Unido ignora as ameaças e diz que só vai discutir o assunto se houver um pedido formal dos moradores locais. METRO

O confronto

Natureza

A Guerra das Malvinas deu aos britânicos o controle sobre o arquipélago. Invasão argentina No dia 2 de abril de 1982, tropas do ditador argentino Leopoldo Galtiere invadem as ilhas. Buenos Aires declara que arquipélago é extensão do seu território. Resposta britânica A primeira-ministra britânica, Margareth Thatcher, envia o seu contra-ataque aéreo e marítimo. Após seguidas vitórias, as tropas britânicas chegam às Malvinas. Rendição e animosidade Encurralados, os argentinos se rendem e devolvem o poder sobre as ilhas ao Reino Unido. As relações diplomáticas só são retomadas em 1990.

Corais tomaram conta da parte externa do navio DIVULGAÇÃO/REUTERS

Porta-aviões vira recife

O Santuário Marinho Nacional de Flórida Keys, nos EUA, celebrou ontem o seu décimo aniversário. As operações se iniciaram em 17 de maio de 2002, quando o porta-aviões Spiegel Grove, da marinha americana, foi afundado para se tornar um recife artificial.


www.readmetro.com

cultura

11

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012 John Cusack em cena de “O Corvo”

Outras estreias

‘Plano de Fuga’

Edgar Allan Poe em versão herói

DIVULGAÇÃO

John Cusack cria faceta fanfarrona para o sombrio escritor americano em ‘O Corvo’ Filme estreia hoje Ele monta em seu cavalo com uma arma em punho, rastreia um serial killer, bebe (muito) e cria contos mórbidos enquanto não está tentando salvar uma mocinha indefesa. Muito prazer: ele é Edgar Allan Poe (1809-1849), herói de ação. Ou não. “Ele não é exatamente um herói em si”, explica John Cusack, que incorpora essa versão fanfarrona do escritor no

thriller “O Corvo”. “Baseado no que conhecemos dele e de suas histórias, não é aumentar muito imaginá-lo tentando resolver mistérios”, diz Cusack. No longa, um dos mais depressivos e sombrios escritores da literatura persegue um serial killer que mata de maneira muito similar àquela descrita em algumas de suas famosas histórias. Foi esta versão “mash-

up”, como Cusack a define, que o atraiu. “Uma cinebiografia séria seria chata – adoro essa mistura”. O astro sustenta que o “mash-up” foi feito ao melhor estilo Poe. “Ele escreve sobre caras que estão enlouquecendo, sonhos dentro de sonhos. ‘O Corvo’ é bem Poe”, conclui. DOROTHY ROBINSON METRO WORLD NEWS

[EUA, 2011], de Adrian Grungberg Com Mel Gibson O ex-galã revive sua faceta “Máquina Mortífera” neste thriller no qual interpreta um assaltante que, em fuga da polícia, cruza a fronteira com o México, onde vai parar numa numa prisão controlada por bandidos e policiais corruptos.

‘Quem Se Importa’ [Brasil, 2012], de Mara Mourão Narração de Rodrigo Santoro O filme apresenta histórias sobre empreendedorismo social. Entre os entrevistados, estão Muhammad Yunus (Prêmio Nobel da Paz) e Bill Drayton (fundador da Ashoka). O documentário foi rodado em sete países. A exibição será no Usiminas Belas Artes.

2

cultura Flip

Morre a rainha da discoteca

O animado mundo da disco music perdeu parte de seu brilho ontem com a morte de Donna Summer. A cantora, um dos ícones do gênero, tinha 63 anos e sofria de câncer de pulmão. Nos anos 1970, a ar-

GETTY IMAGES

tista conheceu o produtor Giorgio Moroder, que viu nela a voz e o físico ideal para lançar um estilo de música dançante. A cantora logo estourou, ganhando o apelido de “rainha da discoteca”, com hits como “Last Dance”, “Hot Stuff” e “I Feel Love”. METRO

A poesia dá o tom na 10ª Festa Literária Internacional de Paraty, que vai de 4 a 8 de julho. Serão 20 mesas redondas, sendo três dedicadas a Carlos Drummond de Andrade. Entre os estrangeiros convidados, estarão o britânico Ian McEwan e o espanhol Enrique Vila-Matas. METRO BH


12

www.readmetro.com

variedades

SEXTA-FEIRA, 18 DE MARÇO DE 2012

Os invasores

Receita Minuto

por Farini

Leitor fala Complexo Lagoinha

DANIEL BORK MANJAR DE COCO COM CALDA DE MANGA, MARACUJÁ E GENGIBRE Cruzadas

O

manjar branco é uma das sobremesas mais antigas. Nasceu no sul da França há mais de mil anos e, por muitos séculos, foi preparado só em comemorações especiais, daí surgiu a expressão “manjar dos deuses”, esta receita é da chef Patrícia Abbondanza, do site www.dedodemoca.net.

Já fiz um alerta neste mesmo espaço uma vez, mas nada foi feito pelas autoridades. O Complexo da Lagoinha continua lotado de mendigos, muitos deles drogados, que ameaçam moradores da região e trazem o medo para muitos. Já liguei para a polícia, pedi reforço na região, mas nada é feito. Já não sei mais a quem recorrer. Antônio Cardoso – Belo Horizonte

Antônio Carlos

RODOLFO BARTOLINI/PORTAL DA BAND

Trafegar pela avenida Antônio Carlos é uma das piores missões no meu dia. Enfrento grandes congestionamentos e, quando chega na barragem da Pampulha, a situação fica ainda pior. Se Belo Horizonte tivesse um serviço de transporte público digno, não tiraria meu carro da garagem. Acredito que nenhuma dessas intervenções no trânsito irão resolver de uma vez por todas o problema do fluxo, que piora a cada momento na capital mineira. Pedro Henrique Albuquerque – Belo Horizonte

Ingredientes Manjar ½ litro de leite 1 lata de leite condensado 5 colheres (sopa) amido de milho 200 ml de leite de coco ½ xícara (chá) de coco fresco ralado

Pergunta Calda 200 g açúcar 200 g suco de maracujá 1 manga tipo Haden em cubos pequenos 1 colher (sopa) de suco de gengibre (ralar e espremer o gengibre)

Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobh

@cristiano_rodrigo: Sou cruzeirense, mas neste ano o Galo se sairá melhor que o Cruzeiro, que não tem um bom time.

Modo de preparo Para a calda: leve o açúcar ao fogo moderado em uma panela até virar caramelo, junte o suco de maracujá e espere o caramelo dissolver. Em seguida coloque a manga e deixe cozinhar por 1 minuto. Finalize acrescentando o suco de gengibre e deixe esfriar. Reserve. Para o manjar: dissolva o amido em ½ xicara de leite. Em uma panela coloque o restante do leite, o leite condensado, o leite de coco, o coco ralado e leve ao fogo até ferver. Quando ferver, junte devagar o amido reservado e dissolvido no leite e misture até engrossar. Unte uma forma redonda com buraco no meio com um pouco de óleo de canola e despeje a mistura. Leve para a geladeira por 2 horas e desenforme depois de gelado e firme. Sirva com a calda à parte.

Horóscopo

@lucaspaulista: Não sei a resposta para isso, mas tenho certeza que os dois não irão se destacar.

Web Para falar com a redação: leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Realinhamento de forças com antigos parceiros de guerra, muito mais energia para realizar as coisas e iniciar projetos ambiciosos, e com muita adrenalina. Touro (21/4 a 20/5) Fé e esperança em seus projetos, tempo de se ligar ao mundo espiritual para resolver questões materiais antes mesmo que elas aconteçam. Acredite mais. Gêmeos (21/5 a 20/6) Não deixe que pessoas descontentes com pequenos detalhes sabotem os seus objetivos, seja mais detalhista e tome mais cuidado para não ser influenciado. Câncer (21/6 a 22/7) Dia de renovação de sonhos e esperanças, o mundo espiritual pode estar mais próximo de você, trazendo intuições e bons fluidos para erguer o seu astral.

Na sua opinião, quem irá se sair melhor no Brasileiro? Atlético ou Cruzeiro?

Leão (23/7 a 22/8) Dia positivo para estimular a sua religiosidade e melhorar o seu estilo de vida. Aproveite para se conectar com a espiritualidade e crescer neste mundo. Virgem (23/8 a 22/9) Dia de repouso, é preciso diminuir o estresse pessoal para que você possa se dedicar mais a assuntos religiosos ou humanitários. Crescimento espiritual. Libra (23/9 a 22/10) Está na hora de diminuir os seus compromissos e cuidar mais de você mesmo, dê uma incrementada no seu visual para deixar o seu amor mais perturbado por você. Escorpião (23/10 a 21/11) Evite se desanimar caso as coisas não estiverem do jeito que você gostaria, concentre-se e apele para a sua espiritualidade, um pouco de fé sempre ajuda.

Sagitário (22/11 a 21/12) Teimosia pode ser um grande perigo quando os assuntos ou valores envolvidos são de grande valor. Procure algum tipo de aconselhamento para lhe orientar. Capricórnio (22/12 a 20/1) Coisas como a religião e a fé estão na moda, e exigem muito mais sentimentos e emoções do que você está acostumado a experimentar. Tente se soltar e aprecie. Aquário (21/1 a 19/2) Viagens e informações vindas de locais distantes, estudos ou ainda intuições espirituais favorecidas. Dia de exercer a fé e de aprimorar os seus conhecimentos. Peixes (20/2 a 20/3) Dia de reação e boa imagem pública, as pessoas podem tanto lhe procurar para ajudá-las como também serem solidárias e trazerem o apoio delas para você.


cultura

Bienal abre hoje

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012

Ciclotrama

O Metro indica FOTOS: DIVULGAÇÃO

Nando Reis traz o show “Bailão do Ruivão”

Festa literária promete dezenas de atividades até 27/5, no Expominas

Festa Saideira do Comida di Buteco. O tradicional festival gastronômico encerra a edição deste ano com uma grande festa, amanhã. Além dos quitutes preparados pelos 41 botecos participantes, o público poderá conferir os shows de Aline Calixto, Monobloco e Nando Reis, que se revezarão no palco principal. Haverá ainda DJs e grupos de samba nos palcos secundários. No Largo da Saideira (av. Cristiano Machado, 3.450 – União). Amanhã, às 21h. De R$ 70 (meia-entrada) a R$ 140 (inteira).

PAULA KOROSUE/DIVULGAÇÃO

Sandenberg debate hoje economia, às 19h30

Debate sobre economia, leitura de textos pelo ator Murilo Rosa e declamação de poesias de Carlos Drummond de Andrade são algumas das atividades que marcam hoje a abertura da 3ª Bienal do Livro de Minas. Até o próximo dia 27, a feira literária espera receber 250 mil visitantes. A edição deste ano traz oito espaços diferenciados dedicados aos diversos públicos, com contação de histórias para os pequenos e discussões sobre o mundo esportivo. A Bienal acontece no Expominas. Hoje, abre das 12h às 22h. No fim de semana, das 10h às 22h. Entradas de R$ 4 (meia) a R$ 8 (inteira). METRO BH

13

Instalação pode ser vista até amanhã, das 17h às 21h GUSTAVO ANDRADE/METRO BH

Linhas que tecem arte

“Ciclotrama” é uma das instalações que integram o festival internacional de cultura contemporânea Nova, que vai até o dia 27 no Espaço CentroEQuatro, centro da capital. Por meio de linhas, fios e barbantes entrelaçados, o duo “Mello + Landini” cria novos elementos pictóricos e percepções. A entrada é franca. A instalação “Ciclotrama” termina no sábado.

Teatro “O Trem, o Vagão e a Moça de Luvas”. A montagem trata da sobrevivência das relações humanas dentro de uma sociedade moderna e insustentável. No elenco estão Babú Santana (protagonista do filTexto é de Xico Abreu me sobre a vida do cantor Tim Maia) e Flávia Pyramo. A estreia nacional é nesta noite. No Teatro Alterosa (av. Assis Chateaubriand, 499 – Floresta. Tel.: 3237-6611). De hoje a 27/5. Sexta e sábado, às 21h. Domingos, às 19h. De R$ 15 (meia-entrada) a R$ 30 (inteira).


O Campeão

15

www.readmetro.com

esporte

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012

Nossos palpites NELSON ANTOINE / FOTOARENA

Santos

Nove especialistas do Metro cravam suas apostas para este Brasileirão Inspire-se e faça as suas

(6 votos) "O Santos é o favorito porque tem o melhor jogador (Neymar), o melhor meia (Ganso) e o melhor técnico (Muricy) do Brasil."

3

esporte

PATRÍCIA TRINDADE, METRO RIO

"Fluminense será campeão caso o Santos sinta a falta de Neymar, quando este servir à Seleção." GUILHERME COSTA, METRO SÃO PAULO

Capitão Edu Dracena pode levantar mais uma taça

Artigo UM BRASILEIRÃO PARA NOVOS CRAQUES

"A Lusa cai porque o time se esfacelou e a diretoria não montou uma boa equipe."

NETO ESPECIAL PARA O METRO

PAULO BORGIA, METRO SÃO PAULO

"Difícil alguém surpreender. Poucas vezes os grandes tiveram tanta disparidade em relação aos menores."

O Craque

Neymar

CARLOS GIACOMELI, METRO CAMPINAS

(7 votos) "Neymar. Não há outro jogador no Brasil que esteja no mesmo nível dele."

A Surpresa

Coritiba (3 votos)

ADSON BOAVENTURA, METRO BRASÍLIA

Neymar. Nada mais óbvio

Bahia (2 votos)

"A base do ano passado foi mantida e o time tem como técnico o Falcão, um estudioso do futebol." JUVERCY JUNIOR, METRO BELO HORIZONTE

"A surpresa fica na zona de rebaixamento, com a possibilidade de queda do Flamengo, que começa desacreditado, com um time envelhecido e desorganizado fora de campo." MARCELO CAMARGO, METRO ABC E SANTOS

Na Libertadores

Santos (9 votos)

Corinthians (9 votos)

Fluminense São Paulo ou Vasco (7 votos)

(7 votos)

“Este ano também servirá para muitos clubes tentarem driblar a má fase, casos de Flamengo, Cruzeiro e Palmeiras.”

Os Rebaixados

Portuguesa (8 votos)

Náutico (6 votos)

Sou suspeito para falar sobre o Campeonato Brasileiro. Até porque através da conquista dele, em 1990, me consagrei no futebol vestindo a camisa 10 do Corinthians. Passadas mais de duas décadas, hoje como cronista esportivo, posso afirmar que o torneio é uma espécie de termômetro para analisar as administrações dos clubes. Vejam o caso do Atlético/MG. Foi o primeiro a papar o título em 1971, naquela geração maravilhosa de Dadá Maravilha. Só que de lá pra cá nunca voltou a sentir o mesmo gostinho. Fruto do ostracismo de quem comandou o Galo nesse tempo todo? Talvez! Prefiro dizer apenas que faltou ambição e trabalho sério. O caso do Santos é inversamente parecido. Após os gloriosos tempos do ‘Rei’ Pelé, viveu uma baita escassez de títulos. E só voltou a ser valorizado como a potência que é após a geração do Robinho conquistar dois Brasileirões em 2002 e 2004. Ponto para o ex-presidente Marcelo Teixeira e mais recentemente Luís Alvaro, que executaram gestões visionárias. Agora podendo contar com o craque Neymar (um dos melhores jogadores do planeta!), o Peixe certamente entrará na disputa dessa temporada como o principal favorito. A edição desse ano também servirá para muitos clubes tentarem driblar a má fase, casos de Flamengo, Cruzeiro e Palmeiras. São Paulo e o atual campeão Corinthians, seguindo a regularidade das últimas campanhas, também devem fazer bons papéis. Vou torcer muito pelo sucesso do Bahia, que depois de anos retornou à elite do futebol do país. E quem sabe em 2012 o Brasileirão consagre mais craques para o mundo da bola. Assim como aconteceu um dia com Careca, Ronaldo, Romário e tantos outros.

Atlético-GO (6 votos)

Figueirense (6 votos)

Outros clubes lembrados: Ponte Preta (4 votos), Sport (3 votos), Flamengo (2 votos) e Cruzeiro (1 voto)

QUEM VOTOU: Carlos Giacomeli (Repórter – Metro Campinas); Patrícia Trindade (Repórter – Metro Rio de Janeiro); Adson Boaventura (Repórter – Metro Brasília); Paulo Borgia (Repórter – Metro São Paulo); Juvercy Junior (Editor – Metro Belo Horizonte); Marcelo Camargo (Editor-executivo Metro ABC e Santos); Valter Junior (Repórter - Metro Porto Alegre); Guilherme Costa (Editor de Produtos Especiais); Thiago Machado (Repórter - Metro Curitiba)


esporte

16

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2012

Contra a desconfiança e em busca da surpresa Atlético e Cruzeiro iniciam neste fim de semana a luta no Brasileiro Raposa tentará resgatar a confiança da torcida após duas eliminações precoces Galo quer surpreender e esquecer campanhas ruins dos últimos anos BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

O Campeonato Brasileiro, para muitos o mais difícil do mundo, começa neste fim de semana. Cruzeiro e Atlético representam Minas Gerais na competição. Antes mesmo da bola rolar, os times já estão pressionados pelas torcidas, já que a desconfiança sobre a qualidade dos jogadores dos clubes ainda impera. O Atlético tem um ponto positivo a mais que o rival. A conquista do Mineiro, em cima do América, aproximou o time da torcida, relação que estava abalada desde a goleada histórica sofrida pela Raposa na última rodada do Brasileiro de 2011.

“O nosso grupo é forte e o Mineiro foi muito importante. Temos que entrar confiantes e acreditar que a gente pode. A gente sabe que tem potencial. Estamos preparados para fazer um grande campeonato e brigar pelo titulo”, avalia André. Já o Cruzeiro, vive um momento dramático. O clube foi eliminado precocemente no Estadual e na Copa do Brasil. Os resultados negativos colocaram uma ‘pulga’ atrás da orelha da torcida celeste, que mostra não ter mais confiança nos atletas. Em busca de reencontrar o bom futebol, foi contratado Celso Roth.

JUVERCY JUNIOR METRO BELO HORIZONTE

América, Boa e Ipatinga representam Minas na B Na Série B do Brasileiro, Minas é representada por América, Boa Esporte e Ipatinga. O Coelho comemora neste ano seu centenário e a principal meta do time é retornar para a elite do futebol nacional. O América já participou da Série A 14 vezes, sendo que sua última campanha foi em 2011. Para Givanildo Oliveira, técnico do time verde, o principal trunfo do time para subir novamente para a elite é a

Zagueiro Léo Fortunato é o xerife no Boa DIVULGAÇÃO

união. “O time é bem entrosado e joga com muita vontade. Acredito muito nesse grupo", afirma. O Coelho joga contra o Ceará hoje, às 21h, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE). Outro representante mineiro é o Boa, que fez uma ótima campanha na Série B em 2011. A Coruja ficou apenas em 8º lugar no Mineiro. “Isso é passado. Reforçamos o elenco e estamos treinando muito",

Alessandro é um dos destaques do Coelho AMÉRICA/DIVULGAÇÃO

WASHINGTON ALVES/VIPCOMM

Estreias dos times O Galo entra em campo neste domingo contra a Ponte Preta, em Campinas. O técnico Cuca não poderá contar com Neto Berola, Guilherme, Leandro Donizete, Serginho e Fillipe Soutto, todos contundidos. A Raposa fará sua estreia em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, contra o AtléticoGO, no domingo, às 18h30. Para o confronto, Roth deve entrar com Gilson na lateral esquerda e Souza ao lado do argentino Montillo.

“O América tem tudo para voltar para a elite.” GIVANILDO OLIVEIRA, TÉCNICO

afirma o técnico Sidney Moraes. O Boa estreia amanhã, às 16h20, contra o Avaí, fora de casa. A região do Vale do Aço é representada pelo Ipatinga, que também estreia na competição hoje, às 21h, contra o ABC, no Ipatingão. METRO BH

Ruy Cabeção é a aposta do Tigre JARBAS OLIVEIRA/FUTURA PRESS

André está em alta e comanda o Galo

Montillo ainda não brilhou em 2012


20120518_br_metrobh