Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

REUTERS/CHARLES PLATIAU

FRANCESES FAZEM MANIFESTAÇÃO APÓS MASSACRE EM ESCOLA JUDAICA {pág 06} LEI SECA COMPLETA TRÊS ANOS E SERÁ ESTENDIDA PARA O INTERIOR {pág 03}

JIMMY

PAGE ABRE BAÚ DE INÉDITAS DOS ANOS 1970 NA REDE {pág 07}

RIO DE JANEIRO Terça-feira,

20 de março de 2012

Edição nº 359, ano 2 Mín 18°C Máx 34°C

Fraudadores da saúde têm contrato cancelado PF investiga empresas suspeitas de promover esquema fraudulento em licitações federais, estaduais e municipais Locanty, envolvida em escândalo de depósitos de carros, afasta funcionários flagrados oferecendo propina {pág 03}

Corrida maluca

Medicamentos

Seis em cada 10 remédios vão subir até 5,85% Governo federal libera reajuste a partir do dia 31 Quanto mais concorrentes genéricos, maior será o aumento {pág 04}

Marinha vai sobrevoar área de vazamento RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Ibama dá ultimato para Chevron explicar acidente {pág 02}

Thor tinha 51 pontos de multa Estudantes de Engenharia Mecânica da UFRJ constroem carros com motor de cortador de grama para disputa nacional off-road {pág 13} BRUNA PRADO/ METRO RIO

Eike Batista diz que filho não atropelou no acostamento {pág 02}


rio

02

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

NICSON OLIVIER/FOLHAPRESS

1 foco Trem chinês HENRIQUE FREIRE/ DIVULGAÇÃO

Entra em operação hoje, com dois meses de atraso, o primeiro dos 30 trens chineses comprados pelo governo do Estado. A composição será inaugurada pelo governador em exercício, Luiz Fernando Pezão, às 11h, na sede da SuperVia. Com capacidade para 1,3 mil passageiros, os novos trens têm arcondicionado, TVs de plasma, câmeras de monitoramento e sistema de comunicação com o Centro de Controle Operacional da SuperVia.

Racismo

A ucraniana Natália Kuznetsova, 46 anos, foi presa no domingo por suspeita de crime de racismo, após chamar um policial militar de ‘macaco e ladrão’, em confusão no Catete. Até ontem, a russa não havia pagado a fiança de dois salários mínimos e continuava presa.

Prazo dado para Chevron explicar acidentes termina Hoje, petroleira terá de detalhar vazamentos e ações emergenciais Marinha fará novo sobrevoo em Campos DIVULGAÇÃO ANP

A petroleira norte-americana Chevron terá de prestar informações detalhadas, hoje, ao governo brasileiro sobre os vazamentos ocorridos no campo de Frade, na bacia de Campos, além de explicar as ações emergenciais adotadas para sanar o problema. O prazo foi estipulado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na última sexta-feira, ao notificar a empresa para que prestasse todas as informações sobre os incidentes registrados desde o fim de 2011. No último dia 4, a Chevron comunicou que detectou um vazamento de óleo no campo de Frade, a 3 km do local onde ocorreu o primeiro derramamento em novembro. Amanhã, o Ibama, a Marinha e a Agência Nacional do Petróleo (ANP) vão se reunir no Rio para analisar a situação. Em nota, a ANP informou ontem que, na quinta-feira

Novo equipamento foi desenvolvido pela Chevron para capturar gotas que vazam no campo de Frade

passada, técnicos da agência constataram, através das filmagens submarinas, “cinco pontos ao longo de uma fissura de 800 metros, de onde se observava o aparecimento de gotículas de óleo, em uma vazão reduzida”. No entanto, a ANP afirmou que, “até o momento, não há elementos que indiquem tendência de aumento do vazamento”. O órgão também disse que a Marinha está monitorando a área regularmente e que hoje fará um novo sobrevoo.

CONVERSA CARIOCA

DEGRADAÇÃO À VISTA XICO VARGAS

O parque que está sendo criado pela prefeitura no entorno da lagoa de Marapendi não poderia estar mais de acordo com a distinção de tratamento ambiental estabelecida para os dois lados da avenida das Américas, na Barra da Tijuca. É só olhar no mapa. À esquerda, em direção ao Recreio dos Bandeirantes, a Reserva, até agora, e o parque ecológico protegem as margens, transferem o direito de constru-

Ontem, a Chevron reiterou que irá realizar amplo estudo técnico para o melhor entendimento da estrutura geológica do local. A empresa disse que “a maior parte do óleo proveniente do afloramento está sendo coletado por equipamentos de contenção especialmente desenvolvidos para esse fim”. E também afirmou que ainda não recebeu notificação da Justiça que impede a saída de 17 funcionários da empresa.

Carro de Thor destruído: jovem irá prestar depoimento amanhã

Filho de Eike já tem 51 pontos na carteira Filho do bilionário Eike Batista, Thor, de 20 anos, já tinha antecedentes de imprudência ao volante, antes de se envolver em acidente na BR-040, na noite de sábado, quando atropelou o ciclista Wanderson Pereira dos Santos, que morreu na hora. Após ser multado nove vezes, o jovem acumula 51 pontos na carteira de motorista, segundo o site do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ). Thor também

Homossexual é agredido na Barra A Polícia Civil investiga a agressão a um homossexual ocorrida na Barra, na madrugada de domingo. Na delegacia, o jornalista Bruno Menezes Pereira, de 30 anos, contou que,

responde a outras duas infrações que podem lhe render mais 11 pontos, caso perca o recurso na Justiça. Ontem, Eike voltou a defender o filho pelo Twitter ao dizer que “a imprudência foi do ciclista que estava atravessando na faixa de uma autoestrada” e que essa imprudência “podia ter causado três mortes” (Thor estava com um amigo). Eike acrescentou que “nessa hora os invejosos espalham sua raiva”. METRO RIO após deixar uma festa, foi agredido por duas pessoas devido a sua opção sexual, além de ter o cabelo cortado e os pertences roubados. A polícia agora busca imagens de câmeras de segurança e testemunhas para ajudar nas investigações. O caso foi registrado como lesão corporal, furto, injúria e injúria real. METRO RIO

METRO RIO

ção e afastam as ameaças de degradação. À direita, relativo cuidado estende-se à faixa de terra ocupada pelos shoppings e, a partir daí, o território está entregue à degradação. As lagoas de Jacarepaguá, Camorim e da Tijuca compõem uma sucessão de desastres ambientais cada dia mais longe da solução. Da região do autódromo ao canal por onde alcançam o mar, já na Barrinha, estão margeadas por pelo menos oito favelas e assoreadas por toda sorte de despejo. Na época em que pescadores habitavam as margens, as lagoas tinham em média dois metros de profundidade. Hoje têm 60 centímetros e não apenas porque o fundo esteja coberto de pneus velhos e até geladeiras, mas porque as construções das margens também fizeram o leito subir. O processo é simples, como já cansaram de explicar os ambientalistas. Na maioria das lagoas do Rio, o solo das margens – até boa distância do espelho

d’água – tem muita turfa na composição e isso segue subsolo adentro. É um tipo de matéria orgânica que não solidifica. Assim, o que se deposita na superfície empurra a turfa e afunda. Por isso, os prédios da Vila do Pan afundaram, a pista que passa em frente a eles está sempre desnivelada e na favela Rio das Pedras, na margem da lagoa da Tijuca, centenas de barracos foram construídos sobre unidades idênticas que sumiram no chão. Como o leito sobe até um ponto de equilíbrio em relação ao que afunda nas margens esse é também um problema sem solução. O que for feito num lado refletirá no outro. Com a crescente ocupação do que resta de espaço nas margens das lagoas e nas encostas dessa região, o caminho para a degradação está aberto do Itanhangá à bacia de Jacarepaguá. Não é pouca terra, mas é menos visível e rica que a Barra da Tijuca.

O jornalista Xico Vargas assina todas as terças-feiras esta coluna. E-mail: xicovargas@conversacarioca.com.br. Ouça os comentários em conversacarioca.com.br

Telefones: 021/2586-9565 (redação) 021/2586-9575 (comercial) O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC paulista, Santos, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Porto Alegre, somando mais de 440 mil exemplares.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Metro Rio de Janeiro. Gerente Executivo: Túlio Guimarães. Editora Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editora de Arte: Cláudia Lorena. Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ - Diretor Geral: Daruiz Paranhos

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. O jornal Metro Rio é impresso pela Editora O Dia S.A.

A tiragem e distribuição desta edição de 100.000 exemplares são auditadas pela BDO.


rio

www.readmetro.com

03

TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

CLARICE CASTRO / DIVULGAÇÃO

Polícia Federal investiga fraudes em hospitais Ministério da Saúde, governo e prefeitura cancelaram contratos de empresas suspeitas de pedir propina Acordos desde 2009 serão investigados A Polícia Federal abriu quatro inquéritos para investigar as empresas que oferecem propina para ter benefícios em licitações e prestar serviços para a rede federal. As investigações serão sobre fraudes em licitação, corrupção, formação de cartel, entre outros. As denúncias do esquema foram feitas domingo em reportagem do “Fantástico”, que filmou a contratação de empresas para prestação de diversos serviços no hospital da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). As quatro empresas Toesa Service, Locanty Soluções, Bella Vista Refeições Industriais e Rufolo Serviços Técnicos e Construções - negociaram abertamente o pagamento de propina. O delegado Victor Poubel, respon-

“O esquema para as fraudes é grave e não pode ser tolerado.”

A Locanty já era investigada por esquema de corrupção em depósitos municipais para carros em 2011 REGINALDO PIMENTA/ FUTURA PRESS - 11/07/2011

sável pelo caso, afirmou que todos os contratos com órgão públicos da União desde 2009 que envolvam as empresas serão apurados. O Ministério Público e o Tribunal de Contas da União também anunciaram que vão investigar as empresas. Em nota, o governo do Estado e a prefeitura informaram o cancelamento

de todos os contratos. Já o Ministério da Saúde afirmou que publicará hoje no Diário Oficial a suspensão dos contratos dessas empresas em todo o país. Além disso, será criada uma auditoria em contratos de outras empresas que prestam seviços para hospitais. Em nota, a Locanty informou que afastou os dois

Para Crea, responsabilidade de desabamento é coletiva BRUNA PRADO / METRO RIO - 25/01/2012

Em uma audiência pública conjunta das comissões de Obras Públicas e de Defesa Civil realizada ontem, na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio (Crea-RJ), Agostinho Guerreiro, afirmou que as intervenções realizadas no edifício Liberdade contribuíram para o desabamento que deixou ao menos 18 mortos, no dia 25 de janeiro. “Aquele prédio foi muito alterado ao longo de sua história. Também tivemos intervenções diversas, como janelas abertas e reformas. Todas essas modificações podem ser alocadas como responsáveis pela queda”, disse Agostinho. Já o engenheiro civil e coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Civil do Crea, Edison Ribeiro, relata que existe a pos-

A força do impacto dificultou as buscas de corpos

sibilidade de não haver como identificar os motivos que levaram ao desmoronamento por causa da rápida retirada dos destroços. “A retirada do material foi para fins humanitários e isso justifica tudo. Mas é evidente que houve um prejuízo”, explicou. Os deputados pretendem utilizar o corpo técnico dos engenheiros que

buscam as causas do desabamento dos três edifícios para elaborar uma nova legislação. Segundo o deputado Domingos Brazão (PMDB), presidente da comissão de Obras Públicas da Alerj, o objetivo é conseguir maior fiscalização nas construções e nas reformas dos prédios erguidos no Estado. METRO RIO

Cerca de 250 agentes participaram da missa de aniversário

MINISTRO DA JUSTIÇA, JOSÉ CARDOZO

Lei Seca: foco agora é o interior do Estado

funcionários flagrados. Não é a primeira vez que empregados da empresa estão envolvidos em corrupção. Em julho de 2011, a prefeitura havia informado que romperia o contrato com a Locanty, que realizava serviços de reboque, depósito e liberação de veículos. À epoca, a decisão foi tomada após investigações apontarem para a retirada fraudulenta de veículos apreendidos em depósitos públicos administrados pela Locanty. Toesa e Rufolo também já são investigadas por outras irregularidades. METRO

Para comemorar os três anos da Operação Lei Seca, o governo do Estado celebrou uma missa na Igreja da Candelária, no Centro, na manhã de ontem, com a participação de centenas de agentes e colaboradores. Na ocasião, o coordenador da operação, major Marco Andrade, anunciou a expansão da ação para o interior fluminense. Por isso, serão incorporados mais 50 agentes à equipe ainda este mês, totalizando 14 grupos com 250 pessoas nas ações educativas. “Vamos ampliá-lo e oferecê-lo à sociedade nas

Funcionária do Detran é presa Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) realizaram, ontem, uma operação para desarticular uma quadrilha responsável pela exploração ilícita de transporte alternativo em Santa Cruz, na zona oeste. Os policiais cumpriram seis dos 18 mandados de prisão. A ação contou com agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público. Os suspeitos são acusados de formação de quadrilha armada, roubo, receptação, falsificação de documentos públicos, adulteração de placas e chassis, falsidade ideológica e porte ilegal de armas de fogo. Segundo o MP, entre os presos está Fabiana de Jesus Ferreira, funcionária do Detran que seria responsável pelas fraudes nas documentações. METRO RIO

regiões metropolitana e fluminense. O grande desafio é continuar crescendo, expandindo esse projeto”, disse Andrade. Desde 2009, a operação Lei Seca realizou 4,248 blitze e fez 703,531 abordagens a motoristas, reduzindo o número de mortes e de acidentes no trânsito, principalmente entre 22h e 6h. “As ações de fiscalização têm um impacto grande na população e o número de motoristas flagrados sob influência de álcool diminuiu consideravelmente, cerca de 30%”, afirma Andrade. METRO RIO

Celebração santa

Fiéis frequentam a igreja no Centro BRUNA PRADO / METRO RIO

Rio celebra São José

A Igreja de São José, na avenida Presidente Antônio Carlos, no Centro, recebeu centenas de fiéis durante todo o dia. Um dos santos mais populares da Igreja Católica, José, que era carpinteiro, é padroeiro dos trabalhadores, das famílias e dos agricultores plantadores de milho.


04

economia

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

GUILHERME PUPO/FOLHAPRESS

Preço de remédio pode subir até 5,85% Reajuste autorizado pelo governo vale a partir do dia 31 Custo deve ser reduzido para medicamentos com baixa concorrência de genéricos

No setor de informática, importado representa metade dos produtos, segundo a CNI

Um em cada 5 produtos consumidos é importado A participação de bens importados no consumo doméstico de produtos industriais bateu recorde em 2011. Um em cada cinco produtos industriais consumidos no país no ano passado foi importado, segundo estudo da CNI (Confederação Nacional da Indústria), divulgado ontem. O índice de ingresso de produtos importados aumentou 2 pontos percentuais, entre 2010 e 2011, alcançando 19,8%. O maior aumento foi verificado no setor de informática, eletrônicos e ópticos, que saiu de 45,4% para 51%, seguido por derivados de petróleo e combustível (de 17,8% para 23,3%); e má-

Receita reforça fiscalização A Receita Federal iniciou ontem uma operação, chamada de Maré Vermelha, para intensificar a fiscalização sobre irregularidades na importação de produtos no país. A ação vai envolver 1,2 mil servidores e priorizar produtos cuja importação tem prejudicado a indústria nacional, como vestuário, calçados, brinquedos, eletroeletrônicos, bolsas, pneus e cosméticos. Segundo a Receita, o aumento e a diversificação das importações pelo Brasil dificultaram o trabalho dos fiscais. Se, em 2001, cada operação de importação envolvia uma média de 4,3 produtos, em 2011, esse número passou para 11,9. A Receita também inaugurou o Centro Na-

quinas e equipamentos (de 32,5% para 36,8%). Dos 27 setores pesquisados, houve alta na participação dos importados em 21 deles. “Se nada for feito para aumentar a competitividade dos produtos brasileiros, creio que o quadro tenda a se agravar”, disse o economista Flávio Castelo Branco, da CNI. As exportações atingiram 19,8% da produção nacional em 2011, resultado 2 pontos percentuais acima do registrado em 2010. Apesar de ser a segunda alta consecutiva, as exportações brasileiras ainda estão abaixo do recorde histórico, medido em 2004, que foi de 22,9%. METRO

O governo federal liberou ontem o reajuste de até 5,85% nos preços de medicamentos em todo o país a partir de 31 de março. Do total de 22.622 medicamentos, entretanto, 8.840 manterão seus preços inalterados nas farmácias. A revisão dos valores praticados foi calculada a partir da concorrência com os genéricos. Quanto maior a participação de genéricos no mercado para o produto, maior pode ser o aumento. A categoria com maior participação de genéricos, na qual esses medicamentos representam 20% ou mais do faturamento, tem teto autorizado para reajuste de 5,85%. Esta categoria reúne 12.499 medicamentos, como, por exemplo, omeprazol (gastrite e úlcera) e amoxilina (antibiótico). A categoria intermediária (nível 2), com faturamento entre 15% e 20%, teve reajuste autorizado de até 2,8% para 1.283 remédios. No caso da categoria com menor participação de genéricos (abaixo de 15%), as empresas deverão reduzir

LETICIA MOREIRA/FOLHAPRESS

Reajuste Mais de 13 mil remédios ficam mais caros

Categoria

Quantidade

Exemplos

Reajuste

omeprazol (gastrite e úlcera) e amoxilina (antibiótico para infecções urinárias e respiratórias)

+ 5,85%

Nível 1

12.499

Nível 2

1.283

lidocaína (anestésico local) e risperidona (antipsicótico)

+2,80%

Nível 3

8.840

ritalina (tratamento do déficit de atenção), stelara (psiríase) e o antirretroviral Kaleta

-0,25%

Fonte: Ministério da Saúde

os preços em 0,25%, a primeira queda desde 2003. O Sindusfarma, que representa a indústria farmacêutica, diz ter preocupação com essa queda nos preços, porque o setor sofreu au-

mento no custo de produção. Segundo a entidade, a autorização para o reajuste não significa aumentos imediatos nas farmácias. A tendência é que as primeiras variações aconteçam em ju-

nho ou julho. O índice de 5,85% considera a inflação nos últimos doze meses. A lista pode ser consultada no site www.anvisa.gov.br. METRO

AGÊNCIA BRASIL ANDRÉ PORTO/FOLHAPRESS

Breves

Selic cairá para 9% ao ano EM ABRIL. O mercado fi-

Aumento de 53% nas vendas se deve à queda nos preços de produtos Importação em alta dificultou trabalho

cional de Gerenciamento de Risco, que vai funcionar como uma central de inteligência para direcionar os equipamentos e agentes para os setores e locais onde ocorrem mais irregularidades. “Utilizando tecnologia de ponta e trabalhos em rede, vamos identificar com mais precisão as fraudes praticadas no comércio exterior”, disse o secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto. METRO

Brasileiros compram mais videogames As vendas de consoles de videogames no Brasil cresceram 53% em 2011, segundo a agência de pesquisa de mercado GfK Consumer Choices. Foram vendidas 935 mil unidades, ante 642 mil unidades em 2010, de acordo com o levantamento.

Segundo a empresa, o aumento se deve a uma queda no preço do produto, que leva a um deslocamento do mercado informal para o formal. “O que está acontecendo é a migração de compras feitas no mercado informal para o oficial”,

disse o gerente de negócios de entretenimento da GfK Consumer Choices, Oliver Römerscheidt. Römerscheidt citou uma das marcas de consoles mais vendidas no Brasil, cujo preço recuou até 27% no ano passado. METRO

nanceiro estima que a taxa básica de juros cairá para 9% ao ano já em abril, permanecendo nesse patamar até fevereiro em 2013 e passando a 9,50% em março. A estimativa anterior era de que esse nível seria alcançado em maio. METRO

IGP-M registra alta de 3,15% ALUGUEL. O IGP-M usado como referência na maioria dos contratos de aluguel, subiu 0,35% na segunda prévia de março. Nos últimos 12 meses o indicador registra alta de 3,15%. METRO


brasil

www.readmetro.com

TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

05 WILSON DIAS/ABRWILSON DIAS/ABR

Pai viúvo vai receber salário-maternidade Justiça Federal concede benefício a morador do Paraná Mãe morre na gestação, mas filha é salva em cesariana FABÍOLA DALLA VECCHIA/JORNAL DO OESTE

A 2ª Turma Recursal da Seção Judiciária do Paraná concedeu ao operador de produção Valdecir Kessler, pai viúvo, o direito de receber quatro meses de salário-maternidade, com juros e correção monetária. Sua mulher teve eclâmpsia e morreu no sétimo mês de gravidez, em novembro de 2010. Com uma cesariana de emergência, os médicos conseguiram salvar a criança, conforme conta a advogada Fabiane Ana Stockmanns. Um mês depois, Kessler entrou na Justiça em Toledo (oeste do Paraná) requerendo o benefício do INSS. Segundo a JFPR, “o pedido foi negado em primeira instância, sendo considerado improcedente sob o fundamento que a legislação vigente brasileira con-

Pai e filha, em 2011

cede o benefício apenas à gestante (mulher)”. Mas Kessler recorreu e o salário-maternidade foi, na última semana, concedido pela JFPR. “Embora não exista previsão legal para o pai receber o benefício, alegamos que o saláriomaternidade é direcionado para os cuidados da criança, e não da mãe. Ainda mais no caso da filha

dele, que nasceu prematura, com 1,5 quilo. Os médicos diziam que ela tinha uma pequena chance de sobreviver. Mas um milagre aconteceu e ela está bem”, argumenta Stockmanns citando a Constituição Federal. CAMILA CASTRO METRO CURITIBA

ESPECIAL

Band faz campanha contra álcool na direção Os veículos do grupo Bandeirantes de Comunicação iniciam na próxima segunda-feira (26) uma série de reportagens sobre os prejuízos gerados pela mistura perigosa de álcool e direção nas rodovias, avenidas e ruas em todo o país. A série especial trará os resultados obtidos após a adoção da Lei Seca e os debates no Congresso Nacional para aumentar o rigor contra os motoristas que causam acidentes após a ingestão de bebidas alcoólicas. Também serão apresentadas as ações educativas realizadas por grandes cidades brasileiras, como Rio de Janeiro e São Paulo, que tentam, por meio da conscientização e das blitze em bairros com grande concentração de bares, reduzir os acidentes e o número de mortes. METRO

Dilma em reunião com Joseph Blatter

Dilma quer priorizar a votação da Lei da Copa A lei Geral da Copa foi o tema central de reunião entre a presidente Dilma Rousseff, ministros e líderes do governo no Congresso. Dilma pediu prioridade à votação da lei, que tem pontos polêmicos, entre eles a liberação da venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa. O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, afirmou que o Brasil se comprometeu a permitir a venda de bebidas

alcoólicas nos estádios. Na semana passada, Joseph Blatter, presidente da Fifa, veio ao Brasil para se reunir com Dilma e resolver os conflitos que impedem a aprovação da lei. O líder do governo na Câmara Federal, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que é possível votar a lei nesta semana, mas a decisão só ocorrerá após reuniões com líderes de todos os partidos. METRO


06

mundo

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

JEAN-PHILIPPE ARLES/REUTERS

Brasileiro é vítima da polícia em Sydney Um estudante brasileiro de 21 anos, que não teve o nome divulgado, foi perseguido e morto pela polícia de Sydney, na Austrália, na madrugada do último domingo. O jovem fugia de seis policiais que o abordaram quando foi atingido por armas de choque. Testemunhas disseram ao jornal “Sydney Morning Herald” que, mesmo após ter caído no chão, o brasileiro ainda foi atacado pelo menos mais três vezes pelos agentes com o dispositivo que emite choques. O brasileiro era suspeito de roubar um pacote de bolachas de uma loja de conveniência. A vítima – que estaria “sob o efeito de drogas e possivelmente de álcool”, segundo a polícia – estava sem camisa “e corria o máximo que podia”, de acordo com testemunhas citadas

CRISE

Big Ben pode cobrar entrada Um dos principais símbolos de Londres, o Big Ben pode deixar de ser um passeio gratuito. A Câmara Baixa do Reino Unido quer instituir a cobrança de ingresso para visitar o relógio mais famoso do mundo. O motivo é cobrir gastos de manutenção. A proposta causou polêmica no país e membros do Parlamento estão

Uso indiscriminado Número de vezes que a polícia local usou as armas de choque, por ano. 900

826

%

450

126 0

2008

2011

pelo jornal. O brasileiro pedia socorro enquanto tentava escapar dos policiais. As autoridades australianas afirmam já ter entrado em contato com a família do estudante no Brasil. METRO

dispostos a debater o assunto, segundo a rede britânica BBC. Opositores classificaram a ideia como “vergonhosa”. Atualmente, as visitas ao Big Ben são liberadas desde que sejam reservadas com antecedência, entrando em contato com algum membro do Parlamento. Se a mudança for aprovada, serão cobradas 15 libras esterlinas (aproximadamente R$ 43) para visitar o monumento por dentro. Os membros da Câmara Baixa argumentam que o valor é necessário para cobrir as 111 mil libras anuais que custam as visitas. METRO

Atentado deixou pais e alunos em choque

Ataque a escola judaica mata quatro na França Atentado estaria relacionado a outros assassinatos recentes no país Disparos realizados em frente a uma escola judaica em Toulouse, na França, deixaram quatro mortos ontem. Entre as vítimas estava um pai e seus dois filhos, de três e seis anos. Um motoqueiro que circulava próximo à escola Ozar Hatorah abriu fogo contra todas as pessoas que estavam na calçada. O atentado ocorreu durante a manhã, próximo ao horário de entrada dos alunos para as aulas. “Isso não foi um simples tiroteio, e sim um ataque direcionado”, acredita o pai de uma aluna do colé-

gio. “Não podemos trazer nossos filhos a um local sem saber se vamos buscálos vivos ou mortos”, protestou ao Metro. Ex-paraquedistas expulsos das Forças Armadas em 2008 são os principais suspeitos. Eles seriam os responsáveis por outros dois ataques realizados recentemente. Segundo os investigadores, a mesma motocicleta roubada e uma das armas foram utilizadas nos crimes. Os equipamentos foram usados durante o assassinato, no último dia 11, de um militar em Toulouse, e ANDRES STAPFF/REUTERS

‘Enfermeiros homicidas’ são presos no Uruguai A Justiça uruguaia processou três enfermeiros acusados de aplicar injeções letais e matar pelo menos 16 pacientes. Os acusados admitiram ter realizado “numerosas situações” similares e disseram que agiram “por piedade”, segundo o jornal uruguaio “El País”. Os crimes foram cometidos por dois enfermeiros e acobertados por uma terceira. Eles aplicavam morfina e ar em pacientes que estavam em situação com-

plicada. Ao juiz Rolando Vomero, eles alegaram não querer “ver o sofrimento humano”, embora tenham admitido que os pacientes não eram terminais. Ao site do jornal “El Observador”, a filha de uma das vítimas disse que a mãe morreu quando já se preparava para deixar o hospital. “No domingo nos disseram que ela teria alta e sairia no dia seguinte. Mas na segunda-feira ela começou a passar mal e morreu.” METRO

Enfermeiros vão a audiência sob escolta

quatro dias mais tarde na morte de outros dois soldados em Montauban, na mesma região. O procurador Michel Valet acredita que “existem elementos que justificam imaginar seriamente um vínculo entre esta matança e os recentes assassinatos de militares”. A polícia investiga se há relação entre os ataques e duas cartas ameaçadoras, de conteúdo indêntico, enviadas à sinagogas de Paris.

Colônia Toulouse é uma das cidades onde mais se concentra a população judaica francesa.

550 MIL JUDEUS EM TODA A FRANÇA

25

MIL SÓ EM TOULOUSE

PHILIPPE FONT

METRO WORLD NEWS EM TOULOUSE, FRANÇA

‘Fomos bem tratadas’, diz brasileira sequestrada Sara Lima, 18, uma das duas brasileiras sequestradas por beduínos egípcios no último domingo, contou que não sofreu ameaças – pelo contrário: os criminosos até brincaram com a beleza da mulher brasileira e disseram que gostariam de se casar com ela. Em entrevista à “Folha de S.Paulo”, Sara lembra que sua primeira reação foi um susto, mas que “depois comecei a orar e mantive a calma”. “Por incrível que

“Eles acham as brasileiras muito bonitas e fizeram uma brincadeira que queriam casar comigo.” SARA LIMA, SOBRE OS BEDUÍNOS

pareça, fomos bem tratadas. Eles nos deram comida, chá, água e cobertores por causa do frio do deserto”, conta. Ela foi sequestrada com a missionária Zélia Magalhães, 45. METRO


cultura

www.readmetro.com

O baú de

300

Page

milhões é o número estimado de cópias que o Led Zeppelin vendeu no mundo.

inéditas. As faixas do projeto, intitulado “Lucifer Rising and Other Sound Tracks”, serão reunidas ainda este ano em disco de vinil, em versões simples e de luxo. De acordo com o guitarrista britânico, todas as músicas são experimentais. Remixadas, as canções estarão acompanhadas no site de notas e comentários do músico em aúdio.

PAULO MAURICIO COSTA METRO RIO

2

cultura

Ex-guitarrista do Led Zeppelin lança músicas inéditas em site A escalação do grupo inglês Led Zeppelin (19681980) humilha 99% das bandas em atividade: Jimmy Page (guitarra), Robert Plant (vocal e gaita), John Paul Jones (baixo e teclados) e John Bonham (bateria). Um dos mais influentes músicos de sua geração, Page, de 68 anos, resolveu abrir o baú e coloca à venda a partir de hoje, em seu site oficial (www.jimmypage.com), seis músicas escritas e gravadas em um estúdio caseiro no início dos anos 1970, que permaneciam

07

TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

Na internet

As faixas

Jimmy Page vai autografar 93 cópias da versão de luxo

“Lucifer Rising” “Incubus” “Damask” “Unharmonics” “Damask – Ambient” “Lucifer Rising – Percussive Return” GETTY IMAGES

O cantor Oswaldo Montenegro é o 1º convidado do programa “Dando as Letras”, do poeta gaúcho Allan Dias Castro, hoje, no endereço www.dandoasletras. com.br.


08

www.readmetro.com

cultura

TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

MAM abre mostra com novas obras da Coleção Chateaubriand Exposição terá cerca de 70 trabalhos de artistas de diversos estados, como Rio, SP, Minas e Pernambuco DIVULGAÇÃO

Dividida em quatro módulos – “Corpo”, “Cidade”, “Identidades” e “Geometria” – a exposição “Novas Aquisições 2010/2012 – Coleção Gilberto Chateaubriand”, que será aberta amanhã no Museu de Arte Moderna (MAM), reúne o melhor da arte feita recentemente no país, pinçada pelo colecionador Gilberto Chateaubriand. As obras foram feitas em diferentes suportes, entre os quais fotografia, serigrafia, pintura, desenho e escultura. O público verá trabalhos de, entre outros, Alexandre Mury, Amanda Melo, Ana Miguel, André

Obra da artista plástica Claudia Melli em exposição no MAM

Programe-se No Museu de Arte Moderna (av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo. Tel: 2240-4944). De amanhã a 20 de maio. De terça a sexta, das 12h às 18h. Sáb, dom e feriado, das 12h às 19h. Ingressos a R$ 8.

Bragança, Arthur Luiz Piza, Bruno Miguel e Claudia Melli. METRO RIO DIVULGAÇÃO

HUGO PRATA/DIVULGAÇÃO

SÓ EM DEZEMBRO

O adeus de Whitney Houston no cinema A Sony Pictures divulgou ontem as primeiras imagens do longa-metragem “Sparkle” (ainda sem título em português), que tem previsão de estrear nos Estados Unidos em agosto. O filme é o último da carreira da cantora americana Whitney Houston, morta em 11 de fevereiro, aos 48 anos. Lenine: turnê passou com sucesso por Recife

Lenine leva turnê de ‘Chão’ ao Leblon Dois shows com o som dos instrumentos, da voz de Lenine, do canto de um canário belga, do ruído de cigarras e até de uma motosserra. Assim será a parede sonora dos dois espetáculos que o cantor pernambucano Lenine fará hoje e amanhã no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon. Essa sonoridade é a base do mais recente disco do artista, o conceitual “Chão”. Entre as canções dos shows, estão a faixa-título (Lenine/Lula Queiroga), “Invergo

mas não quebro” e “Isso é só o começo” (ambas de Lenine e Carlos Rennó). Lenine vai cantar, ainda, alguns de seus hits, como “Jack Soul Brasileiro”. No palco, o cantor estará acompanhado dos músicos Bruno Giorgi e JR Tostoi.

Além de atuar, Houston gravou as músicas “Eyes on the sparrow” e “Celebrate” para a trilha sonora do longa, dirigido por Salim Akil. Whitney Houston interpreta a mãe da personagem de Jordin Sparks, que vive uma aspirante a cantora. Derek Luke, Mike Epps, Carmen Ejogo, Tika Sumpter e Cee Lo Green também estão no elenco. METRO RIO

de dezembro 12 de 2012 é a data prevista para a estreia no Brasil de “Sparkle”, do californiano Salim Akil.

Zahar publica nova edição da biografia de Heleno de Freitas O escritor Marcos Eduardo Neves autografa hoje, a partir das 19h30, na Livraria da Travessa (rua Visconde de Pirajá, 572 - Ipanema. Tel.: 3205-9002), a nova edi-

ção de “Nunca Houve um Homem como Heleno” (Editora Zahar. 328 páginas, R$ 44 - livro; R$ 31 ebook), biografia do ídolo botafoguense

METRO RIO

No teatro Oi Casa Grande (av. Afrânio de Melo Franco, 290 Leblon. Tel.: 3114-3712). Hoje e amanhã, às 21h. Ingressos de R$ 50 a R$ 120. Classificação 12 anos.

Whitney (à dir.): filme foi rodado em 2010 e 2011

Alinne Moraes e Rodrigo Santoro em cena do filme FOTOS: DIVULGAÇÃO

dos anos 1940. No próximo dia 30, estreia no circuito comercial brasileiro “Heleno”, filme do diretor José Henrique Fonseca baseado na biografia e rodado em pretoe-branco. Rodrigo Santoro tem uma atuação inA capa: tensa no pasucesso editorial pel-título. METRO RIO

ACERVO ERNESTO NAZARETH/ INSTITUTO M.SALLES

Nazareth: influente

IMS lança site em tributo a Ernesto Nazareth O Instituto Moreira Salles (rua Marquês de S. Vicente, 476, Gávea. Tel.: 3284-7400) lança hoje o site www.ernestonazareth150anos.com.br, exatamente um ano antes do aniversário de 150 anos de nascimento do compositor. Às 20h, haverá um recital com obras do mestre. METRO RIO


10

www.readmetro.com

variedades

TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

Os invasores

Papo de propaganda

por Farini

Leitor fala Nilópolis abandonada Difícil entender por que uma cidade pequena como Nilópolis é tão mal administrada e, ainda por cima, a população aceite isso com tanta paciência. Calçadas sem condição de uso, ruas externas totalmente esburacadas e um calçadão com obras que nunca terminam. Até quando essa situação se estenderá?

JOÃO FARIA

A ÁREA DA VÁRZEA

M

uitos leitores devem se lembrar do torneio Desafio ao Galo, campeonato de futebol amador que reunia os principais times de várzea da cidade de São Paulo na década de 80. Naquele tempo, as marcas tinham pouco interesse nas “peladas” disputadas nos campinhos da periferia. A realidade hoje é outra, e mais ainda os investimentos publicitários. Quem fala sobre essa nova realidade é Mariana Stanisci, Diretora de Marcas Mainstream da HEINEKEN Brasil.

Cruzadas

Marcio Silva – Rio de Janeiro, RJ

Equipamento ‘surdo’ É praticamente impossível obter informações precisas de empresas ou pessoas físicas (endereços, números de telefones, etc) através do 102. Começa pelo nome da cidade ou do assinante. O equipamento, que é automatizado, entende, quase sempre, erradamente o que se fala, a exemplo do que ocorria com a personagem “velha surda” do programa humorístico “A Praça é Nossa”. Já passou da hora de revisar e modernizar essa aparelhagem ultrapassada. É muito irritante para quem liga.

O marketing chegou ao futebol de várzea?

A Copa Kaiser de Futebol Amador se tornou o mais concorrido e respeitado campeonato dessa categoria no país. A cada ano, vem crescendo e, hoje, a Kaiser realiza ativações e proporciona visibilidade que a Copa merece. Atualmente, são 384 times, cerca de 10 mil jogadores a cada ano, público superior a 1 milhão e meio de pessoas em seus jogos, 1.222 partidas a serem disputadas em 2012.

João Lima Filho – Rio de Janeiro, RJ

Retorno de Adriano O Flamengo estará cometendo uma loucura se de fato acertar o retorno de Adriano. Esse rapaz tem talento, mas me parece que já desistiu de voltar a ser um jogador efetivamente importante. Rodrigo Medina – Rio de Janeiro, RJ

O que a marca procura investindo no futebol amador?

O futebol é uma das plataformas da marca, que também patrocina a Copa Libertadores da América e o G4. A Copa Kaiser destaca-se por ser um evento família, que une quem torce, dirige e joga. Por isso, tem sido apresentada com frequência como uma ferramenta de cunho social na cidade, com invejados índices de ordem, paz e disciplina apurados.

Pergunta Após vazamentos, você concorda que a empresa Chevron deva ser proibida de atuar no Brasil?

Que estratégias serão realizadas nesta edição?

A Kaiser preparou algumas ações específicas para a edição 2012. O evento solene de abertura da Copa Kaiser contou com a presença do Mano Menezes, que premiou os técnicos campeões das séries A e B do ano passado. Ele também terá a importante função de olheiro de talentos do campeonato e irá ajudar a eleger uma seleção dos craques do campeonato deste ano. Em 2012, a Copa Kaiser terá seu próprio álbum de figurinhas com os principais times da série A, porém com a possibilidade de outros jogadores e consumidores participarem, montando suas próprias figurinhas no site da marca. Além disso, vamos investir em ações no Facebook durante todo o ano, voltadas aos torcedores da Copa.

Sudoku Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@antoniotijolaco: Inusitado foi a própria Cheron querer retirar-se. Daí perceberam que havia alguma coisa, e detectaram a enorme falha no leito do oceano. @raraujo71: Sim. A empresa vem demonstrando incompetência.

O técnico Mano Menezes vai mesmo ser olheiro?

@brubaldino: Concordo, e isso tem de acontecer urgentemente.

Será montada uma seleção de craques no final do ano e o Mano se prontificou a apoiar e auxiliar a marca na escalação desse “dream team”. Essa equipe fará um jogo amistoso com um time profissional a ser escolhido no decorrer do ano.

Web João Faria é jornalista, especialista em Comunicação Estratégica e Relações Públicas. Apresenta o programa “Comercial & Cia” na rádio Bandnews FM nas segundas-feiras às 21h20.

Horóscopo

Para falar com a redação: leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Vontade de mudar o mundo para a sua versão pessoal de como ele seria, e muita energia para fazer isso. Pode ser melhor segurar a impulsividade e amadurecer. Touro (21/4 a 20/5) Fale menos e observe muito mais, deixe que as pessoas iniciem as negociações para você poder dar as suas cartas com vantagem e com mais tranquilidade. Gêmeos (21/5 a 20/6) Dia de paixão e contato com pessoas que poderão abalar as suas estruturas. Evite correr da raia, aproveite para fazer contatos e paquerar pessoas legais. Câncer (21/6 a 22/7) Flutuações de humor, evite descontar nos parceiros pois você certamente irá precisar do apoio deles mais tarde. Resolva as diferenças com o seu amor na paz.

www.estrelaguia.com.br Leão (23/7 a 22/8) Dia de muita iniciativa e renovação das suas forças. Período positivo para iniciar novos projetos e tomar decisões com uma visão um tanto individualista. Virgem (23/8 a 22/9) Deixe que as pessoas resolvam os seus problemas, podem berrar à vontade, pois tudo tende a acabar em acordos equilibrados para poder finalizar os conflitos. Libra (23/9 a 22/10) Dia instável com muitas emoções sendo expostas e exploradas, o que pode acabar causando tensões e desabafos. Tente se afastar de tempestades sentimentais. Escorpião (23/10 a 21/11) Esteja atenta a acordos realizados, tendência a não cumprílos ou ter de exigir que os outro os cumpram. O dia pode ser tenso mas no final acaba tudo bem.

Sagitário (22/11 a 21/12) Demonstrações de afetividade ou fortes posicionamentos de cunho totalmente emocional. Tenha cuidado para não se desequilibrar e acabar esquecendo da sua razão. Capricórnio (22/12 a 20/1) Disputas acirradas só podem estar sendo baseadas em questões sentimentais que podem acabar levando a nenhuma solução prática. Fique na sua e não se envolva. Aquário (21/1 a 19/2) Dia de dramalhões e novelas mexicanas, tudo para que as pessoas possam por para fora todas as suas emoções e esvaziarem os seus corações de certos rancores. Peixes (20/2 a 20/3) Dia de turbilhões de emoções e muita paixão que poderá levar as pessoas a entrarem em desgastes e conflitos por falta de racionalidade nas suas atitudes.


12

bem-estar

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

IMAGE SOURCE/DIRK MOLSON/FOLHA PRESS

+ Companheiros Durante a massagem: óleos próprios para massagem e hidratantes podem ser usados. Além de intensificar o relaxamento, eles hidratam a pele. Para deixar o ambiente harmônico, aposte nos insensos, com aromas que lhe agradem. O mesmo vale para cremes, sais de banhos e óleos.

Terapias de manipulação recuperam músculos lesionados em qualquer faixa etária

Mãos à obra

Massagem tem efeito similar à ação dos medicamentos anti-inflamatórios, diz estudo Tratamento é indicado após a prática excessiva de atividade física Dez minutos da terapia é tempo necessário para refazer a musculatura

Após horas na academia, qualquer aspirante a atleta sonha com qualquer solução para acabar com a dor no corpo, ocasionada pelas lesões nas fibras musculares. Mas nem sempre o uso de medicamentos é a melhor sugestão para as inflamações no corpo. Segundo estudo realizado por cientistas do Instituto Buck, nos Estados Unidos, a desejada massagem pode ser uma alternativa aos anti-inflamatórios. Devido à sua ação relaxante, ela contribui para a recuperação dos músculos prejudicados pela atividade física. Para realizar a pesquisa, 11 voluntários que não pra-

18

milhões de pessoas recorrem a massagistas todos os anos nos Estados Unidos. ticam exercícios com frequência, mas que sentem dores musculares quando se aventuram nos esportes, foram submetidos a exames, prática de atividade física e, por fim, a uma bela sessão de massagem. O primeiro passo do estudo foi analisar em laboratório uma amostra de tecido da coxa dos “atletas”. Em seguida, eles receberam mas-

sagem em uma das pernas com diferentes formas de pressão por dez minutos. Para finalizar a pesquisa, eles foram submetidos a mais uma retirada de tecido da perna que recebeu o tratamento relaxante. Para a surpresa de todos, quem foi massageado não registrou danos ou dores nos músculos. Como o tratamento estimula a produção de sinais químicos que diminuem a inflamação, ele atua da mesma forma que um medicamento anti-inflamatório. A terapia também contribui para a aceleração e reconstrução dos tecidos afetados pelo exercício. METRO

Opções para relaxar Uma massagem é sempre bem-vinda, mesmo que seja simples e caseira. Como cada tratamento tem um objetivo, é recomendável pesquisar onde e como a prática escolhida atua no corpo. Quiropraxia, por exemplo, é uma massagem que

age sobre os ossos, articulações, tendões, músculos e cartilagens. O tratamento trabalha com a sensibilidade da pele, ativando a circulação sanguínea. A massagem Ayurvédica é a melhor opção para quem deseja recuperar as energias. Ao aumentar a

circulação sanguínea e energética, a terapia dá mais elasticidade e relaxamento. Mas quem procura uma prática similar à da pesquisa americana, a dica é buscar tratamentos desportivos para alongar a musculatura. METRO


tecnologia

13

www.readmetro.com

TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

Carros, que são movidos a gasolina e têm motor de cortador de grama, tiveram investimento de RS 20 mil

Criatividade em quatro rodas Alunos de Engenharia da UFRJ criam carros off-road para competição nacional Ao todo, 57 universidades brasileiras participam da disputa FOTOS: BRUNA PRADO / METRO RIO

No laboratório de Tecnologia Mecânica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, os estudantes de Engenharia não param de trabalhar e dar os últimos ajustes nos carros off-road que criaram durante um ano para participar da competição de futuros engenheiros automobilísticos, a 18a SAE BrasilPetrobras, que acontece de quinta-feira a domingo, em Piracicaba (SP). O Rio está representado por sete equipes de instituições como Uerj, UFRJ, Uff e Puc. A UFRJ, que participa há sete anos e é a atual equipe carioca mais bem colocada, conta com um grupo de 20 estudantes dos cursos de Engenharia Mecânica, de Materiais e Metalúrgica. Os alunos participaram de todo o processo criativo dos dois carros off-road: “O projeto todo é pensado por nós. Utilizamos os materiais que o laboratório nos fornece e fabricamos a maioria das peças”, afirma o capitão da equipe Minerva Baja

Carros chegam a 50 km/h e são pilotados pelos alunos

UFRJ 1, Adriano Tebaldi, de 20 anos, aluno do 9o período de Mecânica, que também revela: “Nossa equipe está junta há três anos. O nível técnico está bem alto e fizemos um estudo aprofundado. Acho que temos condição de ficar bem colocados”. Segundo Matheus Berlandi, de 20 anos, do 5º período de Engenharia de Materiais, a fase de fabricação das peças é a mais complicada. “Às vezes temos limitações porque as máquinas para fabricação não são as mais

atuais”, afirma o jovem. Na competição, além da avaliação dos projetos, são realizados testes de tração, aceleração, velocidade e resistência - prova que dura 4h - em pista de terra com obstáculos. Todo o esforço é recompensado com o direito de as três primeiras instituições poderem representar o Brasil na Baja SAE Wisconsin, nos EUA. Para serem construídos, os carros da UFRJ tiveram investimento de R$ 20 mil. O dinheiro foi conseguido pelos próprios alunos por meio de patrocínio da Escola Politécnica e de outros departamentos da UFRJ. Os carros também têm toque feminino. Alecy Praes, de 20 anos, do 6º período de Mecânica, é uma das três meninas do grupo e foi responsável pela parte de transmissão dos veículos. “Gostei muito de ajudar, pretendo ficar mais um ano na equipe para aprender mais”, conta. METRO RIO

71 As duas equipes que representam a UFRJ são formadas por 20 estudantes

equipes participam este anos da competição SAEBrasil-Petrobras, que acontecerá em Piracicaba (SP). Ao todo, 1,4 mil universitários de 15 estados estão inscritos.


esporte

15

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

AGIF/FOLHAPRESS

Vencer, custe o que custar

3

Após provocações e racismo, Vasco joga de novo contra o Libertad Felipe afirma superioridade Depois de perder para o Botafogo, o Vasco se foca para o jogo do retorno da Libertadores contra o Libertad. No jogo de ida, o time sofreu duras faltas e recebeu ofensas racistas dos torcedores. Para quarta-feira, o cruzmaltino espera responder em campo o que aconteceu há uma semana.

“Eles podem tentar mexer com a nossa cabeça, talvez porque sabem que somos superiores. Se eles quiserem confusão, depois do jogo tem confusão”, afirmou Felipe, meio-campo de São Januário. Outro problema foi a atuação dos árbitros. “Muita gente falou que não houve

equilíbrio emocional. O que não teve equilíbrio foram os critérios de arbitragem. Esperamos que haja equilíbrio em São Januário, onde não há uma grande carga em cima do árbitro, e que ele tenha uma arbitragem tranquila, sem pender para um dos lados”, disse o goleiro Fernando Prass. METRO RIO

esporte

Fenômeno na CBF Felipe diz que time vai responder provocações em campo

DORIVAN MARINHO / FUTURA PRESS

Haile Gebrselassie

Flu: TN7 não volta ao time

CELSO PUPO/FOTOARENA/FOLHAPRESS

Depois da derrota contra o Macaé, o trio Fred, Diguinho e Deco irá voltar a campo contra o Bonsucesso. A situação do tricolor não ficou boa na Taça Rio, o time está em quinto lugar do grupo B, a quatro pontos de diferença do líder. O técnico Abel Braga afirmou que a decisão não tem relação com o resultado de sábado. “É algo que conversamos muito e não vamos mudar agora. A entrada de todos os jogadores já estava prevista”, afirmou.

Breves

Teixeira deixa Comitê da Fifa SAI. Após deixar a presi-

dência da CBF, Ricardo Teixeira renunciou ao cargo de membro do Comitê Executivo da Fifa alegando problemas particulares. METRO Deco volta sábado

O único jogador fora dessa relação é o meia Thiago Neves, que está se recuperando de lesão muscular na coxa direita e não treinou ontem. Rafael Moura, Wagner, Souza e Rafael Sobis, disputam a vaga. METRO RIO

Blatter mantém Jérôme Valcke FICA. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que o secretário-geral Jérôme Valcke segue representante na organização da Copa do Mundo de 2014. METRO

O etíope Haile Gebrselassie, 38, uma das maiores lendas da história do atletismo e bicampeão olímpico dos 10.000 metros (Atlanta-1996 e Sydney-2000), deu um motivo inusitado para explicar porque continua correndo até os dias de hoje:

“Ontem eu vi o Ronaldo pela televisão. Não entendo como ele engordou tanto. Só sei que não quero terminar como ele, de verdade, não quero.”

R9 na CBF: só depois da Copa

Membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa-2014, Ronaldo falou pela primeira vez que aceitaria ser presidente da CBF após o Mundial no Brasil. “Quero começar minha vida política no futebol, quero virar político do futebol. Não sei se seria um candidato a presidente da CBF. Mas aceitaria sim, pois vejo um potencial muito grande de melhoria no futebol”, disse. METRO RIO


16

esporte

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2012

Perto do acerto

Opinião HELIO CASTRONEVES

INDYCAR 2012 COMEÇA NO DOMINGO!

B

om dia aos amigos do Metro, numa semana que é muito especial para todos nós que participamos do IZOD IndyCar Series, cuja temporada começa neste domingo, 25, nas ruas de St. Petersburg, belíssima cidade da Flórida, com transmissão ao vivo pela Band e pelo BandSports. Os treinos livres começam na sexta-feira e o qualifying será na sábado. A corrida, no horário oficial do Brasil, terá início às 13h30. Depois de muito tempo, tivemos uma pré-temporada como tem de ser, com atividade na pista. Se antes ficávamos meses, entre as temporadas, sem contato com o carro, dessa vez foi possível treinar de forma mais acentuada por causa do novo carro. Entre as práticas coletivas da IndyCar, em Sebring, e as do Team Penske em diversas pistas, conseguimos trabalhar no desenvolvimento do Dallara DW12 Chevrolet, o pacote técnico novo que estreará, como vocês sabem, no campeonato deste ano. Esse trabalho de desenvolvimento é uma das partes de que mais gosto. Chegar cedo, reuniões com os técnicos, experimentar na pista soluções estudadas na fábrica, tudo isso dá uma sensação de “pavimentar, tijolo a tijolo”, os caminhos para a temporada. E, quando você menos espera, chega a noite e o trabalho tem de ser encerrado. “Mas já?”, é sempre a mesma exclamação. Dizer que eu estou animado com esse campeonato é “chover no molhado”. Afinal, eu sempre estou animado com tudo o que está relacionado com minha profissão. Então, vamos pular essa parte. Mas, realmente, esse campeonato tem um gostinho especial. Além das novidades, venho de um ano com resultados distantes daqueles que eu havia imaginado. Então, agora em 2012, quero resgatar, “com juros e correções”, o caminho da vitória. Claro que será difícil. Os testes mostraram que outras equipes estão fortes, que não apenas Penske e a Ganassi. Mas quanto mais difícil, mais saborosa é a conquista. E vamos que vamos! press@heliocastroneves.com e www.twitter.com/h3lio.

Com uma semana para o próximo jogo, Flamengo tenta arrumar a casa Jogadores se recuperam de lesões Clube se encontra com Adriano amanhã ANDRÉ PORTUGAL/VIPCOMM

Apesar de ter uma semana sem jogos, o time do Flamengo não terá descanso. Pelo contrário. O técnico Joel Santana vai dedicar esse tempo para recuperar jogadores machucados e retomar os treinos físicos com aqueles que estavam parados. E não são poucos. Léo Moura, que estava parado há três jogos, já está livre da lesão na parte posterior da coxa direita e começa a treinar com o grupo hoje. Já Vagner Love e Deivid, com problemas na coxa direita, ainda estão em tratamento. Mas a expectativa é que joguem sábado contra o Volta Redonda. A lista de jogadores ainda possui Airton, que fraturou o pé esquerdo, o meia Renato Abreu, que se recupera de cirurgia cardíaca, e Camacho, que torceu o tornozelo direito. R10 volta após suspensão Ronaldinho Gaúcho volta a jogar contra o Voltaço após cumprir suspensão pelo cartão vermelho que recebeu no clássico Fla-Flu. Porém, o zagueiro Marcos

Havelange está em estado grave MICHAEL REGAN/GETTY IMAGES

Presidente de honra da Federação Internacional do Futebol, a Fifa, João Havelange foi internado na noite de domingo com quadro infeccioso no Hospital Samaritano, em Botafogo. O primeiro boletim, divulgado ontem, diz que “o estado clínico de João Havelange é grave e inspira cuidados”. A nota foi assinada pelo cardiologista João Mansur Filho, afirmando que o dirigente de 95 anos tem recebido tratamento com antibióticos na unidade coronariana do hospital. O boletim ainda afirma que não há previsão de alta. Há 10 meses, Havelange foi internado no mesmo hospital com infecção na face. Oito meses depois, em dezembro, o dirigente pediu desligamento do Comitê Olímpico Internacional alegando problemas de saúde

Breves

Belluci sobe três posições TÊNIS. O brasileiro Tho-

maz Bellucci ganhou três posições no ranking da ATP, divulgado ontem pela associação. Após a boa apresentação no Masters 1.000 de Indian Wells, o paulista figura na 47a colocação da lista, que continua tendo Djokovic como líder. METRO que o impediam de fazer longas viagens. Havelange presidiu a Condeferação Brasileira de Desportos (CDB) entre 1956 e 1974, antes de a CBF existir. Nesse período, a Seleção conquistou três títulos mundiais. Em 1974, também se tornou presidente da Fifa, onde ficou 24 anos e saiu em 1998 como presidente de honra da entidade. METRO RIO

Kanaan se anima com Rubinho INDY. Tony Kanaan e Ru-

bens Barrichello já são amigos há anos. Agora os dois serão companheiros na KV Racing e, ao mesmo tempo, adversários na Indy. “Será o maior desafio da minha carreira”, afirmou Kanaan. METRO

Vagner Love, que não jogou no domingo, se recupera de uma lesão na coxa direita

González, pela primeira vez desde que estreou no Fla, vai ficar sem jogar. O zagueiro foi suspenso depois de receber seu terceiro amarelo e quem irá assumir sua vaga é Wellinton. O Rubro-Negro está em terceiro no Grupo A da Taça Rio, com nove pontos. Um a menos do que o vice-líder Botafogo e três atrás do Macaé, o primeiro colocado.

Diretoria espera Adriano A diretoria do Flamengo espera encontrar, até amanhã, o atacante Adriano, que está na região dos Lagos. O Flamengo pretende saber quando o jogador irá realmente rescindir com o Corinthians. Além disso, também irá oferecer médico e fisioterapeuta para acompanhar a recuperação do Impera-

dor. O jogador teve uma lesão no tendão de Aquiles do tornozelo esquerdo. “O Flamengo quer receber o Adriano, mas ele tem que assinar a rescisão. Sabemos que são detalhes, mas ainda falta assinatura. Tudo isso vai ser conversado”, disse o vice de relações externas do Flamengo, Walter Oaquim. METRO RIO

Time mais veloz, sem Loco

DIVULGAÇÃO / BOTAFOGO

O time do Botafogo, que venceu o clássico do Vasco com três gols, recebeu diversos elogios dos torcedores pela agilidade. A ausência do atacante Loco Abreu levantou o questionamento se o desempenho do time teve a ver com sua falta. Após o jogo, o meia Andrezinho afirmou que sentiu o time mais veloz. Quando questionado se havia relação com a falta do atacante, o meia desconversou. Porém, ele afirmou que o time agradou a todos colocando em questão a titularidade de Loco. Já o técnico Oswaldo de Oliveira conseguiu que seu esquema 4-2-3-1 tivesse o que ele esperava contra o cruz-maltino: marcação e domínio no meio de campo. “Soubemos sair no contraataque e tivemos humildade para marcar sem a bola. Com ela, jogamos o tempo todo. Fomos eficientes. In-

Fellype Gabriel substituiu posição de Loco Abreu e fez 3 gols

dependentemente de quem inicia o jogo, o importante é ter espírito de luta. Hoje, com Herrera, Fellype Gabriel e Elkeson, mantivemos a equipe veloz e vencemos”, afirmou Andrezinho. O grande nome do jogo, Fellype Gabriel, foi exaltado pelo técnico pela aptidão em marcar e atacar. “Inde-

pendentemente dos gols, ele foi competitivo, e é isso que quero de meus jogadores. Não é porque se expõe, marca, que vai deixar de ter presença na área. Foi uma demonstração de que não é preciso dar ouvidos a quem diz que brasileiro não sabe fazer isso, só estrangeiros”, disse Oswaldo. METRO RIO


20120320_br_metro rio