Page 6

06

economia ADRIANA ELIAS/FOLHAPRESS

www.metropoint.com SEGUNDA-FEIRA, 31 DE OUTUBRO DE 2011

Cerveja fica 14,43% mais cara em um ano Valor cobrado em bares e restaurantes subiu 1,61% somente em outubro Tendência é de novas altas em 2011, segundo analista de mercado

Bares repassam reajuste feito pela indústria

bilhões de reais 11 será o valor da multa que pode ser

aplicada pela Susep à National Western Life por atuar sem autorização no Brasil.

Em alta

Variação de preços em 12 meses até outubro (%) 16,39

15,22

14,43

16,61

15,31

14,24

13,20 13,62

Brasil

13,35 11,43 9,99 5,81

Rio de Janeiro

Porto Belo Recife Alegre Horizonte

São Paulo

Distrito Federal

Belém Fortaleza Salvador Curitiba Goiânia

Fonte: IPCA-15/IBGE

parte dos estabelecimentos do reajuste realizado pela indústria de cerveja no início do mês, que chegou a

15% para a garrafa de marcas líderes. “Com a proximidade do verão, as cervejarias elevam os preços. O

mercado é concentrado e impõe o reajuste”, diz Percival Maricato, diretor jurídico da Abrasel-SP (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes). Entre janeiro e outubro, o preço da cerveja já aumentou 11,5% em bares e restaurantes. Boa parte dessa alta deve-se à elevação de impostos em março. “E a tendência é que os indicadores de inflação registrem novas altas em novembro e dezembro, como nos outros anos”, diz o analista da Rosenberg & Associados Daniel Lima. ANA SAITO

METRO SÃO PAULO

CRISTIANO MACHADO/FUTURA PRESS

País tem 300 seguradoras irregulares O Brasil pode ter cerca de 300 companhias atuando irregularmente no setor, segundo estimativa da Susep (Superintendência de Seguros Privados), vinculada ao Ministério da Fazenda. A autarquia vem apertando o cerco a essas empresas e recomenda ao consumidor que, ao adquirir qualquer forma de seguro, dê preferência a companhias habilitadas no órgão. O problema é que nem sempre o consumidor procura se informar adequadamente sobre a empresa da qual está adquirindo o seu seguro. “Há um conjunto de normas que é descumprido quando uma empresa sequer pede autorização de funcionamento à autarquia”, disse o superintendente de seguros privados Luciano Portal em entrevista à Agência Brasil. METRO

A tradicional cervejinha depois do expediente está pesando mais no bolso do brasileiro. O preço da bebida vendida em bares e restaurantes subiu 1,61% em outubro. Com isso, a alta acumulada nos últimos 12 meses chegou a 14,43%, o dobro da inflação, de 7,12%, registrada no período, segundo os últimos dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em outubro, a alta foi liderada por Curitiba, onde o consumidor passou a pagar 3% a mais pela cerveja. Na sequência, aparecem São Paulo, com aumento de 2,78%, e Rio de Janeiro, com 2,26%. O aumento no preço é resultado do repasse feito por

Preço de cadeirinha infantil pode cair com redução de IPI

Corte de 5% no imposto reduziria preço em 10,7%

Gasolina terá reajuste nas refinarias A partir de amanhã, a Petrobras vai elevar os valores da gasolina e do óleo diesel no atacado, ao mesmo tempo em que o governo reduzirá a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre esses produtos para evitar o repasse para os preços nas bombas. Para o consumidor, o valor pago continuará o mesmo. A petroleira elevará em 10% o preço da gasolina e em 2% o preço do óleo diesel nas refinarias. METRO

Entidades como Proteste (Associação de Consumidores), Criança Segura e Rede Nacional Primeira Infância enviaram uma proposta à Receita Federal para reduzir o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) sobre cadeirinhas usadas em veículos para 1%. Hoje são cobrados 10% de IPI sobre a cadeirinha. O objetivo é tornar o preço do proLETÍCIA MOREIRA/FOLHAPRESS

Mais de 34 milhões de brasileiros usam internet móvel

duto mais acessível ao consumidor. Para justificar o corte do imposto sobre o dispositivo de segurança, foi realizado um estudo. Com uma redução da alíquota para 5%, adotada por medida provisória, o preço final ao consumidor pode ficar 10,7% mais barato. Dados do Ministério da Saúde mostram que 1.016

crianças até 9 anos foram hospitalizadas em 2010, e 344 morreram, em 2008, vítimas de acidentes em colisões de veículos. No documento, enviado ao secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Freitas Barreto, as entidades pedem ainda a ampliação da faixa etária para obrigatoriedade do equipamento para 10 anos. METRO

Banda larga supera 50 milhões de acessos Com taxa de crescimento de 67 novas conexões por minuto, o Brasil atingiu em setembro 50,7 milhões de acessos à banda larga. Segundo dados da Telebrasil (Associação Brasileira de Telecomunicações), a quantidade de novos assinantes foi 60% superior à média mensal deste ano. Foram 2,9 milhões de pessoas que passaram a utilizar o serviço de internet rápida em setembro e 16,2 milhões de novos consumidores desde janeiro, o que representa um crescimen-

to de 50% em relação ao mesmo período de 2010. A maior parte dos 50,7 milhões de consumidores de banda larga no Brasil faz o acesso por meio de internet móvel, segundo a associação. São 34,5 milhões de pessoas utilizando o serviço dessa forma, ante 16,2 milhões que acessam banda larga fixa. Apesar disso, o modelo fixo cresceu 24% nos últimos 12 meses, colocando o Brasil entre os dez maiores mercados mundiais de banda larga fixa. METRO

20111031_br_metrobh  

Alívio alvinegro Diariamente, 14 motoristas de veículos de carga são multados na rodovia por infringir regras de segurança Trafegar pela fai...

20111031_br_metrobh  

Alívio alvinegro Diariamente, 14 motoristas de veículos de carga são multados na rodovia por infringir regras de segurança Trafegar pela fai...

Advertisement