Page 1

SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE GUARULHOS, ARUJÁ, MAIRIPORÃ E SANTA ISABEL - ANO 26 - Nº 261 - MAIO/JUNHO 2019 União e Ação

Telefone 2463.5300 • E-mail: sindicato@metalurgico.org.br • Site: www.metalurgico.org.br

Greve Geral reforça luta por aposentadoria e direitos

Foto: Rômulo Magalhães

EM GUARULHOS, PARALISAMOS ÔNIBUS, ESCOLAS E FÁBRICAS, DIA 14

CUMMINS - Diretores e trabalhadores durante ato na Cummins (Cumbica) marcam posição da categoria em defesa das aposentadorias, do emprego e da Educação pública

Dia 14 de junho, aconteceu greve nacional. Em mais de 400 cidades, ocorreram paralisações ou atos contra a reforma da Pre-

vidência de Bolsonaro. Em nossa base, o Sindicato conduziu protestos em cinco empresas e mobilizou mais de 2,5 mil companheiros.

Pereira - O presidente José Pereira dos Santos diz: “Levamos nosso grito de alerta à base. A luta agora é no Congresso Nacional,

Sindicato conquista sábado livre na U-Shin

que vai votar a PEC da reforma”. A Greve Geral também reivindicou emprego e apoio à Educação. Páginas centrais

CAI MEDIDA CONTRA CUSTEIO SINDICAL Caducou dia 28 de junho a Medida Provisória 873, editada em 1º de março pelo presidente Jair Bolsonaro. A MP teria que ser aprovada em 120 dias. Mas o sindicalismo soube se articular com os líderes partidários e a Medida não avançou no Congresso. Até porque ela era claramente inconstitucional. Valem, portanto, os critérios de custeio

MERECIDAMENTE - Diretor Alex e presidente Pereira comandam assembleia na fábrica, que não trabalhará mais aos sábados

Dia 12 de junho marca um aprovou o programa para a PLR e Nosso diretor Alex Lima comenta: avanço efetivo na U-Shin (Santo também a conquista de não mais “Ganhamos qualidade de vida”. Afonso). Nessa data, a assembleia precisar trabalhar aos sábados. Leia mais na página 3

anteriores à edição da MP. Mais informações, procure o Jurídico do Sindicato. Com o dr. Marcílio Penachioni. Leia mais na página 11


2 - Jornal Sindical - Maio/junho de 2019

 EDITORIAL

Governo não mostra como gerar empregos

José Pereira dos Santos Presidente do Sindicato

E-mail: pereira@metalurgico.org.br

Até agora, não se conhece uma só medida prática do presidente Bolsonaro para gerar empregos. O discurso - e a desculpa - do governo tem sido de que a reforma da Previdência terá essa capacidade. Mas a PEC 6/2019 é apenas uma medida de ajuste fiscal neoliberal. Ajuste fiscal tira dinheiro de circulação e concentra renda. Portanto, é falácia dizer que haverá empregos após a reforma. O que gera emprego é investimento, privado ou público. Mas o setor privado está enfraquecido pela longa recessão e os juros abusivos.

Já o setor público está amarrado por medidas de ajuste fiscal, que rebaixam ou mesmo impedem o investimento estatal. O País sofre também, e muito, com o desemprego. Sem emprego, cai a massa salarial e o arrocho derruba o poder de compra das famílias, que a cada dia ficam mais endividadas. Vivemos uma época de intolerância política. Qualquer crítica ao

Sem política econômica e sem diálogo com a sociedade, a crise só piora

 FONTES CONFIÁVEIS

Governo vive na crise - 1 Governo vive na crise - 2 Governo vive na crise - 3

governo acaba deturpada, como se criticar fosse torcer contra o Brasil. Não é isso. A classe trabalhadora, mais do que ninguém, busca o desenvolvimento, pois sabe que só o crescimento trará emprego e renda de volta. Vejo muita bravata e brigas no governo. Bolsonaro não sabe lidar com o Congresso Nacional, que foi eleito pelo povo e tem inteira legitimidade. Diálogo - Dia 1º de janeiro, as Centrais Sindicais divulgaram Carta pedindo ao Presidente diálogo nos temas de interesse dos trabalhadores. Até o presente, sua resposta foi o mais profundo silêncio.  PROFISSIONAL DE MÍDIA

Em dez dias, o presidente, que Bolsonaro já é agressivo. Pra Bolsonaro provocou a demispiorar, é pilhado pelos filhos, que foi capitão do Exército, demitiu são do presidente do BNDES, agitam nas redes sociais e atiçam quatro generais. Isso gera inquie- levando nervosismo ao mercado. brigas políticas dentro do governo. tação política e jurídica no País. Sobre geração de empregos, nada!  DEU NA IMPRENSA

Nossas ações alcançam ampla repercussão As ações sindicais tiveram destaque em vários veículos. É o caso do abaixo-assinado contra a reforma da Previdência, que obteve grande adesão nas fábricas, feiras, terminais e outros locais. A Folha Metropolitana e o Gua-

rulhos Hoje divulgaram a ação. Agência Sindical, CNTM e Força Sindical também noticiaram. O presidente José Pereira dos Santos participou do programa Tribuna Livre, do jornalista Roberto Samuel, no qual criticou as

maldades na reforma defendida pelo presidente Bolsonaro. Greve - Na tarde do dia 14 de junho, a Greve Geral foi debatida por sindicalistas e jornalistas na TV Guarulhos. Assista no canal youtube.com/agenciasindical

MÍDIA - Folha Metropolitana, Guarulhos Hoje e Espalha Fatos divulgam nossa luta. Diretor Cabeça concede entrevista, após coletiva

GRANDE CHARGISTA Fausto Bergocce, guarulhense, 66 anos, é um cartunista conhecido e respeitado em todo o Brasil. Começou em 1974 no Guaru News. A partir daí, desenvolveu a carreira, publicando charges na Folha Metropolitana, Metrô News, Diário Popular, Popular da Tarde, Última Hora, Folha de S.Paulo e também na TV Cultura. Ele é autor de 12 livros. Fausto orienta: “Procure fazer sempre o melhor, porque as oportunidades vão aparecer. Na charge, a gente fala por meio de desenhos, sem mentiras”.

Jornal Sindical - Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos, Arujá, Mairiporã e Santa Isabel. Sede: rua Harry Simonsen, 202, Centro de Guarulhos, CEP 07013-110. Telefone 2463.5300. Site: www.metalurgico.org.br - E-mail: sindicato@metalurgico.org.br - Subsede Arujá: rua Silmar Montoni, 215, Center Ville, CEP 07401-135. Telefone 4655.3596. Subsede Mairiporã: rua José Claudino dos Santos, 122, Jardim São Francisco II (Terra Preta), CEP 07600-000. Telefone 4486.1615. Clube de Campo: rua Galáxia, 126, Parque Primavera, Guarulhos, CEP 07142-390. Telefone 2402.3811. Colônia de Férias em Caraguatatuba: (12) 3887.1250. Produção: Agência Sindical - 3231.3984. Fotos: Claudio Omena e Carlos Salles. Textos: Rômulo Magalhães e Luiz De Salvo Neto (Titico). Edição: João Franzin. Diretoria: José Pereira dos Santos (presidente), Josinaldo José de Barros (vice-presidente), Pedro Pereira da Silva (secretário-geral), Alex Sandro de Lima (1º secretário), Célio Ferreira Malta (2º secretário), Antonio Francisco da Silva (tesoureiro-geral), Josete Machado Filho (1º tesoureiro). Suplentes: José Carlos Santos Oliveira, Ricardo Pereira de Oliveira, Roseli do Carmo Lima, José João da Silva, Márcia de Aquino Meira e Raquel de Jesus. Conselho Fiscal: Augusto Valdomiro Knupp, José Dilton Braga da Silva e Daniel Hermínio Estevam. Suplentes: Evandro Pereira, Adriano Alves de Oliveira e Eronides Rafael Galdino. Delegados na Federação: José Barros da Silva Neto e Elenildo Queiroz Santos. Suplentes: Eduardo Apóstolo Santos Oliveira e José Pedro da Silva. Impressão: FolhaGráfica. Tiragem: 25 mil exemplares. Maio/junho 2019.


Jornal Sindical - Maio/junho de 2019 - 3

 AÇÃO NA U-SHIN

Negociação conquista folga aos sábados Isso traz um efetivo ganho na qualidade de vida dos trabalhadores e da família Por meio de negociação, o Sindicato conquistou avanço real na U-Shin (Santo Afonso). A partir de 16 de julho, os 700 funcionários não trabalham mais aos sábados. Os companheiros aprovaram a proposta em assembleia conduzida pelo presidente José Pereira dos Santos. O diretor Alex Lima, que é funcionário da empresa, mais as diretoras Roseli Lima e Raquel de Jesus participaram da ação. Pereira comenta: “Quando o trabalhador se une, o Sindicato vai à luta, negocia com a empresa e obtém benefícios. Aqui, conseguimos mais um ganho efetivo”. Alex - O diretor Alex, funcionário da U-Shin, disse que a fol-

DIA 12 DE JUNHO - Trabalhadores da U-Shin aprovaram Benefício em assembleia realizada no pátio da empresa do Santo Afonso

ga todo sábado é antiga reivindicação. A jornada era de sábados alternados. Ele comenta: “Os companheiros passarão a folgar o final de semana todo. Isso aumenta de fato a qualidade de vida do trabalhador e da sua família”.

PLR - Assembleia também aprovou a Participação nos Lucros e/ou Resultados. A PLR pode chegar em R$ 3.530,00, conforme as metas. Eles recebem a primeira parcela, de R$ 1.700,00, até julho. O restante em fevereiro próximo.

Companheiros da MBF garantem cesta básica

DEMITIDOS DA DYNA HOMOLOGAM EM NOSSA SEDE Os 73 dispensados na Dyna (Itapegica) homologaram dia 22 de maio no Sindicato. Alex Lucas relata: “Foram conferidas as verbas que temos a receber. Isso nos tranquiliza”. Ele trabalhou seis

APROVAÇÃO - Nossos diretores Roseli, Célio e Lula mobilizam trabalhadores da fábrica no Parque das Nações

O Sindicato conquistou cesta básica aos 70 trabalhadores da Metalúrgica Brasileira de Fixadores. A empresa do Parque das Nações

fornecerá o benefício a partir de 5 Célio comenta: “Os companheide julho. Ação foi conduzida pelos ros vinham cobrando a cesta. Nediretores Célio Malta, Roseli Lima gociamos com a empresa, avane Eronides Rafael Galdino (Lula). çamos e todos ficaram felizes”.

anos na empresa. Nosso diretor Antonio Francisco da Silva, que é funcionário da Dyna, lembra que a reforma trabalhista mexeu na homologação. Por isso, ele recomenda homologar no Sindicato. “É muito mais seguro”, afirma Antonio.

HOMOLOGUE NO SINDICATO E EVITE CALOTES! A reforma trabalhista de Temer acabou com a obrigatoriedade da empresa homologar no Sindicato as verbas rescisórias do empregado desligado. Essa lei, além de injusta, contraria o Artigo 8º da Constituição, Inciso 3º, que estabelece: “Cabe ao Sindicato

defender os interesses individuais e coletivos da categoria”. O ex-presidente Michel Temer decidiu: dane-se a Constituição, desde que se beneficie o patrão. Porém, o Sindicato procurou proteger o trabalhador. No nosso caso, a Convenção Coletiva de

Trabalho do Sindipeças garante homologar em Sindicato. Nas demais, o trabalhador tem o direito de exigir. ATENÇÃO: se você sair ou for dispensado da empresa, não acerte com ela. Procure o Sindicato. Ligue 2463.5300 e fale com nosso Jurídico.


4 - Jornal Sindical - Maio/junho de 2019

 PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS

PLR favorece cerca de oito mil no trimestre

FLEXFORM - Nosso presidente Pereira e o diretor Daniel, que é funcionário da fábrica, comandam assembleia que aprovou valor da Participação com 20% de aumento

Negociação consegue PLR de até R$ 5.435,00, na SEW Eurodrive, Arujá O Sindicato negocia diariamente na base. Buscamos benefícios e Participação nos Lucros e/ou Resultados. O saldo é positivo. Só no segundo trimestre, conseguimos pagamento pra 20% da categoria. Ou seja, oito mil trabalhadores. Nosso presidente José Pereira dos Santos comenta: “Fizemos dezenas de assembleias pra apresentar propostas de acordo aos companheiros. A maioria dos acordos obteve aumento real”. Flexform (Cumbica) - A negociação conseguiu aumento de 20% no valor do benefício. O pagamento sai em abril e setembro. Nosso diretor Daniel H. Estevam, que é funcionário da empresa, afirma: “A PLR contem-

plará cerca de 300 companheiros, que vão ter seu poder aquisitivo melhorado. Agradeço a todos”. Poly Clip (Taboão) - Nosso acordo garante aos trabalhadores uma PLR de dois salários nominais, conforme metas. Será paga no mês de fevereiro próximo. SMB (Taboão) - O aumento para os companheiros é de 5%. Valor pode chegar a R$ 3.684,00. Pagamento sai em julho e janeiro. Rod-Car (Cumbica) - Participação na empresa pode ultrapassar R$ 1.250,00, conforme metas. Rossetti (Parque Haramy) Conquistamos PLR 25% maior para os cerca de 300 companheiros. Primeira parcela sai em julho; e a segunda, em outubro. Aresta (Cumbica) - O pagamento do benefício vai ser feito de uma só vez, em março. Daicast (Cumbica) - Participação será quitada em abril e junho.

POLY CLIP - Diretores Madeira, Daniel e Alex reunidos com funcionários da empresa

PW Usinagem (Arujá) - PLR sobe 116% e pode ser de R$ 1.300,00. Sai em setembro e fevereiro. Ensitran (Cumbica) - Segunda parcela saiu em maio. Delmatec/Ferreira Inox (Cumbica) - Negociamos Benefício que chegou a R$ 1.700,00. Pagamento saiu em abril; segunda parcela sai em agosto. Rotocrom (Terra Preta, Mairiporã) - Participação foi quitada de uma só vez em abril. Guaru Tem (Bonsucesso) Negociadas PLRs de 2017 e 2018. Serão pagas de maio a agosto.

Permetal (Cumbica) - Companheiros receberão R$ 3.000,00. Primeira parcela sai em agosto; a segunda, até fevereiro. TB-Fil (Cumbica) - Pagamento da PLR saiu em abril e maio. ARL (Nova Bonsucesso) - Será paga em maio e fevereiro. Komatsu (Arujá) - PLR pode chegar a R$ 2.239,00, mais 50% do salário nominal, conforme as metas. Sai em julho e janeiro. Facchini (Água Chata) - Fim do ciclo de quatro anos sem PLR. Empresa paga metade em novembro; restante, em maio próximo.

AUMENTOU 21%

Belo avanço na SEW Eurodrive Brasil, em Arujá. O valor da PLR chegou a R$ 5.435,00. Aumento de 21%. Benefício foi pago em abril. Participaram da assembleia com os 90 funcionários, nossos diretores Josinaldo José de Barros (Cabeça) e Nildo Queiroz Santos. Segundo Cabeça, os trabalhadores estão satisfeitos. Ele explica: “É uma das maiores PLRs em nossa base”. O diretor Nildo comenta que a negociação foi tranquila. Ele observa: “Apesar da crise que o País enfrenta, conseSEW - Diretores Nildo e Cabeça reunidos com trabalhadores da empresa, em Arujá

guir aumento superior a 20% é uma vitória real dos trabalhadores”.


Jornal Sindical - Maio/junho de 2019 - 5

 PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS

Benefício na Reydel chega a R$ 4.179,00

REYDEL - Nosso diretor Pepe dirige assembleia e a proposta referente à PLR é aprovada por unanimidade pelos companheiros da fábrica

metas. Valor de R$ 2.130,00 pago biu 14% e os 630 trabalhadores po- a R$ 2.800,00. Os 190 funcionários Conseguimos PLR em empresas grandes, médias em maio. Restante previsto pra ja- dem receber R$ 4.000,00. Primeira receberam o adiantamento em jue pequenas de toda a base neiro. Além das diretoras Márcia, parcela, de R$ 2.800,00 quitada em nho. Segunda parcela sai até abril. Segue a ação na base. Na Reydel (Cumbica), conseguimos 5% na Participação nos Lucros e/ou Resultados aos 500 companheiros. Valor pode chegar a R$ 4.179,00, conforme metas. Primeira parcela, de 40%, saiu em abril. Nosso diretor Josete Machado (Pepe) diz: “Tivemos avanço real e aumentamos o valor da PLR. Isso mostra a força da ação sindical”. Continental (Itapegica) - Pode chegar a R$ 3.728,00, conforme

Raquel e Roseli, conduziram a assembleia Cabeça, Ricardo e Pepe. Lincoln Electric (Cumbica) Mais 25%. Valor da PLR pode chegar a R$ 2.000,00. Pagamento em julho e fevereiro próximo. MTA (Arujá) - Aumento de 8%. PLR de até R$ 1.750,00. Pagamento em fevereiro de 2020. Fundição Martins (Cumbica) - Subiu 13%. Benefício foi pago de uma só vez em junho. Incoflandres (Cumbica) Pagamento da PLR foi em maio. Gestamp (Santa Isabel) - Su-

maio. Segunda sai em dezembro. Inoxbrito (Cumbica) - PLR aumentou 10% em relação à anterior. Pagamento em março próximo. Kawamac (Vila Paraíso) Pagamento em outubro e abril. Croma (P. São Luiz) - Funcionários aprovaram o benefício, que será pago em março próximo. Mayekawa (Arujá) - Valor pode superar R$ 3.000,00. Primeira parcela de R$ 1.400,00 paga em junho. Segunda sai em janeiro. NTN (Santo Afonso) - Participação aumenta 16% e pode chegar

Tecfil (Cumbica e Bonsucesso) Aprovada Participação de 120% do salário nominal, conforme metas. Primeira parcela sai em agosto; a outra, em fevereiro próximo. Joalmi (Ponte Grande) - Funcionários receberão PLR com 18% de aumento. Do total, 40% sai em outubro; e o restante em maio. Açotubo (Cumbica) - Os funcionários receberão benefício que corresponde a 100% do salário nominal, se atingidas todas as metas. Pagamento em fevereiro.

CONTINENTAL- Aprovação unânime

KAWAMAC - Roseli, Lula e Knupp

AÇOTUBO - Raquel, Zóião e Evandro

TEC-FIL- Jau e Cabeça na assembleia

ECONOMISTA DO DIEESE VALORIZA ACORDOS No segundo trimestre, mais de 20% da nos-

lhadores. Cerca de oito mil foram con-

SINDICATO - A presença sindical nas

sa base já receberam Participação nos Lucros

templados, o que alcança mais de 20%. negociações de PLR é garantia legal.

e/ou Resultados. Isso significa em torno de

E estamos avançando pra ter 50% da ca- Porém, nem sempre a empresa cum-

oito mil companheiros beneficiados. Quem in-

tegoria com PLR negociada no semestre. pre a lei. Por isso, o Sindicato contata

forma é o economista Rodolfo Viana, responsável pela subseção do Dieese no Sindicato. Esses valores, diz o economista, impactam a vida das pessoas e a própria economia local. Nossa base tem em torno de 38 mil traba-

Em muitos casos, a PLR pode repre- o patrão, questiona, pede revisão das sentar um 14° salário ao trabalhador.

metas e busca melhorar valores. Sem

Cerca de 70% da nossa base mora em isso, dificilmente o metalúrgico teria Guarulhos. Ou seja, boa parte da PLR aumento anual na sua PLR. fica no município e é gasta na cidade.

Mais no www.metalurgico.org.br


6 - Jornal Sindical - Maio/junho de 2019

Manter mobilizações na ba

É O CAMINHO PRA IMPEDIR UMA REFORMA DA PREVIDÊNCI O governo propaga que a reforma da Previdência vai cortar privilégios. Quais?! Diz que o Brasil vai crescer após a reforma. Onde e de que modo isso ocorrerá?

Lembra bem: Michel Temer prometia que a reforma trabalhista geraria empregos. Gerou quantos?! Companheiro(a): O Sindicato gostaria de poder dizer

que a reforma da Previdência é boa, que ela preserva direitos, gera empregos e que vai proteger o trabalhador de hoje e de amanhã. Mas seria faltar com a ver-

dade. E o direito de enganar o trabalhador ninguém tem. MAIS - Informe-se melhor. Acesse nosso site (www.metalurgico.org.br); e o site do Dieese - www.dieese.org.br

População assina em defesa da aposentadoria

TABOÃO - Guarulhenses assinam contra

A luta em defesa da Previdência é longa e ocorre de várias formas. Uma delas é o abaixo-assinado em defesa da Previdência pública, que percorre fábricas e outros locais de concentração. Nosso Sindicato conseguiu sete mil adesões. No início de junho, o secretário-

FÁBRICA - Metalúrgicos da Rossetti apoiam

geral Pedro Pereira da Silva (Zóião) entregou o documento à coordenadora da campanha na Força Sindical, Valclécia Trindade. Ele diz: “Nossos diretores e assessores fizeram um belo trabalho. Agradeço a todos que assinaram”. Locais - A diretoria visitou

FEIRA LIVRE - Foi grande a adesão

mais de 30 empresas. A recepção foi excelente. Na Tower, os companheiros chegaram a formar fila pra assinar. Na Açotubo, mais de 300 trabalhadores assinaram. Uma equipe foi às ruas, feiras e terminais para coletar adesões. Brasília - Essa coleta ocorre em

ENTREGA - São sete mil assinaturas

diversos pontos do País, por meio de Sindicatos, Federações, Confederações e movimentos sociais. O abaixo-assinado será entregue pelas Centrais Sindicais ao Congresso Nacional. O documento defende a Previdência pública e a preservação de direitos dos segurados.

GREVE FOI FORTE EM GUA

A Greve Geral dia 14 de junho foi forte em todo o País. Houve movimento em 400 cidades. O Brasil protestou contra o fim da aposentadoria, por recursos para a Educação e contra o desemprego. Em Guarulhos, mobilizamos mais de 2,5 mil trabalhadores, na Tecfil, Cummins e Reydel, ambas em Cumbica, U-Shin e NTN, no Santo Afonso. Nosso presidente José Pereira dos Santos afirma: “O desemprego desmobiliza muita gente. Mas temos que pensar no País como um todo e num amanhã melhor aos brasileiros”. TV - À tarde, houve coletiva de imprensa ao vivo pela TV Guarulhos, com sindicalistas e jornalistas da cidade. CENAS DA PARALISAÇÃO - A partir da esquerda: ato mobiliza Cummins. Pereira e Jau comandam ação n DEPUTADOS - Após a Greve Geral, as Centrais Sindicais reforçam a ação junto ao Congresso Nacional, a fim de barrar REVEJA - Não deixe de ver o programa exibido no dia 14, ao vivo, no qua essa reforma previdenciária maldosa e neoliberal.


Jornal Sindical - Maio/junho de 2019 - 7

ase e pressionar deputados

IA QUE CORTE DIREITOS E PREJUDIQUE TRABALHADORES

NA SEDE - Presidente Pereira fala a trabalhadores, dia 6 de abril. “Papel do Sindicato é informar a base e alertar a sociedade sobre o caráter nocivo dessa medida”, ele diz

Palestras e debates alertam sobre maldades da reforma Quanto mais as pessoas conhecem a reforma mais elas defendem a Previdência pública e o direito à aposentadoria justa. Por isso, o Sindicato tem promovido palestras com especialistas e incentivado a conscientização. Duas das palestras em nossa sede foram dadas por César Tolentino (da Tolentino Aposentadorias). Ao longo de sua experiência profissio-

nal, ele já atendeu mais de 50 mil pedidos de aposentadoria. A primeira palestra, dia 6 de abril, foi aberta ao público. A segunda, em 4 de maio, reuniu sindicalistas. Tolentino apontou retrocessos na reforma. “A aposentadoria especial acaba mesmo”, diz. Também alerta para o aumento no tempo de contribuição da mulher. “Será mais um sacrifício às trabalhadoras”, critica.

Deputados - Dia 6, o deputado federal Alencar Santana (PT) participou do encontro na sede e assinou Carta na qual se compromete votar contra a PEC 6/2019, de Bolsonaro. O Sindicato convidou o deputado Eli Corrêa (DEM). Ele não compareceu. E não assinou a Carta na qual pedimos voto contra a reforma neoliberal da Previdência.

ALENCAR - Deputado assina compromisso

ARULHOS. PROTESTAMOS EM CINCO EMPRESAS

na Tecfil. Diretor Alex fala na U-Shin. Coletiva de imprensa na TV Guarulhos (Canal 3 da NET e 28 da Sky) - mesa com Brinquinho, dos Condutores, e Cabeça, do nosso Sindicato

al sindicalistas e jornalistas debateram e avaliaram a Greve Geral na cidade e no País - youtube.com/metalguarulhos


8 - Jornal Sindical - Maio/junho de 2019

 MAIS SÓCIOS, MAIS FORÇA

Aumenta a sindicalização nas fábricas

Até maio, número de sócios cresceu 62% frente ao período anterior Passada a campanha salarial, em novembro, nossos diretores cuidaram de reforçar a sindicalização nas fábricas. A categoria entendeu que era hora de fortalecer a entidade de classe e apoiou a campanha. O balanço parcial dos cinco primeiros meses do ano mostra aumento de aproximadamente 700 associados. Esse número é bastante superior aos resultados obtidos em 2018, no mesmo período. Para nosso secretário-geral, Pedro Pereira da Silva (Zóião), a categoria está consciente de que é preciso buscar o braço forte do Sindicato, num momento de recessão e ataques governamentais a direitos. Ele comenta: “A classe trabalhadora tem apoiado seus Sindicatos. Os companheiros compreendem

NOVOS SÓCIOS - Diretoras Roseli e Márcia com trabalhadores da Rod-Car. Ao lado: diretora Raquel sindicaliza na Rossetti

que um Sindicato forte protege melhor o emprego e os direitos”. Números - Só em janeiro, mais de 200 trabalhadores ficaram sócios. O número supera em 76% o índice do ano passado. Fevereiro, que é mês curto, registra162 novos sócios, mais que o dobro do verificado no mesmo mês de 2018. Ganhos - O sindicalizado se

torna mais próximo da entidade, participa de forma ativa das ações sindicais e, claro, desfruta de assistência e serviços. Ou seja, a sindicalização traz ganhos e agrega na base trabalhadora. O Sindicato oferece uma ampla rede de benefícios e serviços consulte nosso site e verifique: www.metalurgico.org.br

HUMBERTO RECOMENDA

Aproveite o Clube, o dentista e outras vantagens Nosso Sindicato possui o mais completo Clube de Campo da região. É o local ideal pra você frequentar com sua família. Fica no Parque Primavera (Guarulhos), em área com muito verde, piscinas, parque aquático, prainha,

saunas, churrasqueiras cobertas, campo de futebol e muito mais. Outra opção de lazer muito boa é nossa Colônia de Férias, em Caraguatatuba, Litoral Norte. Tem mais: nosso Sindicato oferece assistência jurídica, Mé-

dico do Trabalho, desconto em farmácias, salão de beleza na sede e convênio com dentista. Também há parceria com escolas, universidades, clínicas médicas e academia. Com descontos. Fique sócio, vale a pena!

Humberto dos Santos tem 27 anos. Ele entrou no setor metalúrgico em maio do ano passado. Em 2019, ele decidiu se sindicalizar. Funcionário da Permetal (Cumbica), Humberto conta por que ficou sócio: “Além de frequentar o Clube de Campó, jogar o Campeonato de Futebol e aproveitar os benefícios, eu também já utilizei o dentista, com desconto”. Ele completa: “É o Sindicato quem corre pelo trabalhador quando mais precisamos. Por isso fiquei sócio e

CLUBE - Oferece piscina aquecida

COLÔNIA - Propicia lazer com segurança

TEREMOS MUDANÇAS NO CLUBE DE CAMPO

DENTISTA - Temos parceria com a Plasdent

recomendo aos meus amigos”.

O Clube de Campo do nosso Sindicato será reaberto em 1º de setembro. Na sua reabertura, o associado já encontrará as novas condições de funcionamento, que a diretoria está finalizando. Você será informado pelas redes sociais e boletins.


Jornal Sindical - Maio/junho de 2019 - 9

 28 DE ABRIL

Sindicato luta por segurança no trabalho

COMBATE AOS ACIDENTES - Nossos diretores Antonio (Fala Mansa) e Nildo Queiroz comandam ato em memória às vítimas de acidente de trabalho

Mobilização na Komatsu homenageou metalúrgico morto durante trabalho Várias ações do Sindicato marcaram o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, em 28 de abril. Uma delas ocorreu na Komatsu (Arujá), dia 26, onde mobilizamos 200 funcionários em memória do eletricista Emerson Vieira de Souza, de 41 anos. Ele morreu

na empresa em 2017, após cair de escada ao operar uma máquina. Nosso diretor Nildo Queiroz, responsável pelo Departamento de Saúde e Segurança e presidente do Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho, fez palestra aos companheiros. Absurdo - Além de orientar sobre prevenção, Nildo relatou dados do Ministério Público do Trabalho. Ele informa: “De 2012 até agosto de 2018, houve 4,2 mi-

lhões de acidentes de trabalho. Um a cada 48 segundos. É um massacre”, ele critica. De acordo com Nildo, só no ano passado, ocorreram 895 mil acidentes; 78 mil fraturas; 68 mil

contusões e 2.600 mortes. “Se dividir as mortes em 12 meses, a cada mês 230 pessoas morrem no ambiente de trabalho. Ou seja, tem um Boeing cheio de trabalhadores caindo todo mês”.

PROTEJA SUA VIDA! Recuse trabalho arriscado; não opere máquina insegura; rejeite ambientes contaminados. Avise de pronto o Sindicato. Ligue pro nosso Departamento de Segurança: 4965.9317. Fale com Nildo ou Rodrigo.

Metalúrgicos da Golin elegem delegado titular e suplente

ELEITOS - Diretores Nildo e Cabeça na apuração. Eleitos são estáveis por um ano

Eleito o delegado sindical na Golin (Bonsucesso). Foram apurados 224 votos. É Alexandre Marques Silva, do setor da engenharia, com 51 votos. Fábio Prado de Brito, setor de dobras, é o suplente. O processo eleitoral foi coordenado pelo diretor Elenildo Queiroz Santos, responsável por nosso Departamento de Saúde e Segurança do Trabalhador. Nosso vice Josinaldo José de Barros (Cabeça) também acompanhou. Ele diz:

“O delegado sindical é o elo entre o Sindicato e a base. Representa a entidade dentro da empresa e os interesses do local de trabalho”.

PARTICIPE DA CIPA JULHO - Dia 5, Macan, Gate, Fabrima; 8, Estampo Tec; 10, Granei, Blinfort; 11, Fundfort; 12, Mahle Behr; 17, Sky Master; 30, Tref. Bandeirantes. AGOSTO - Dia 1º, Coneflan, FMW; 2, Campel; 3, Truckvan; 9, Naville; 19, Fab Pisos; 21 Maxi Plating.


10 - Jornal Sindical - Maio/junho de 2019

 DIA DAS MÃES

Diretoria homenageia mães metalúrgicas

Presenteamos gestantes da nossa base com kits para os bebês Nosso Sindicato comemorou o Mês das mães com visitas às bases. Diretoras entregaram brindes às gestantes e orientaram sobre a reforma da Previdência, que ataca duramente as mulheres. As homenagens aconteceram na Joalmi (Ponte Grande), Dyna (Itapegica), Bristol (Cumbica) Zinni&Guell (Bonsucesso), Marília (Macedo) e em outras empresas.

BRISTOL - Nossas diretoras entregam kit de bebê a gestante da fábrica

Coordenadora do nosso Departamento Feminino, Roseli Lima comenta: “O Dia das Mães cai no segundo domingo de maio, mas nós homenageamos as metalúrgicas durante todo o mês”.

DYNA - Daiane e Fabiana foram contempladas

Gestantes - Daiane Isabella, é funcionária da Dyna (Itapegica), há 11 anos. Ela conta: “Vou ser mãe de uma menina e fiquei muito feliz em ter recebido essa lembrança do nosso Sindicato.

Vou guardar com muito carinho”. Colega de Daiane na Dyna, Fabiana de Andrade também ganhou o brinde. “Estou grávida há quatro meses. Pra mim esse presente é bastante especial”, ela comenta.

SINDICATO AGRADECE DOADORES Além de garantir os direitos da categoria, o Sindicato parti-

As doações foram entregues ao Instituto Cultural e Esporti-

cipa de ações sociais que beneficiam outros setores da popu-

vo Meu Futuro (Parque Primavera, Guarulhos), que distribuiu

lação. Nesse sentido, o Departamento Feminino promoveu

os produtos entre as famílias necessitadas. Pra falar no De-

a Campanha do Agasalho. Grande quantidade de roupas,

partamento Feminino, ligue 2463.5300, com a diretora Roseli.

calçados e cobertores já foi entregue nos pontos de coleta. jornal.pdf

1

10/06/2019

16:51

40% DE DESCONTO

C

M

Y

ATÉ

K

80%

NA PROVA DE BOLSA

MY

CMY

OU

DE DESCONTO

CM

CY

VOCÊ ESCOLHE!

Sucesso SUAS ESCOLHAS LEVAM Suas escolhas levam você ao

Faça a escolha certa e

Matricule-se já!

UNIDADE GUARULHOS

Rua Harry Simonsen, 188 Guarulhos – SP Fone: (11) 2440-6000 | 2464-0200 WhatsApp: (11) 99476-6386

VOCÊ AO SUCESSO!

ESCOLHA O SEU CURSO TÉCNICO TÉCNICO EM ELETRÔNICA (Habilitação CFT)

MECÂNICA

(Habilitação CFT)

MATRICULE-SE JÁ!

SEGURANÇA DO TRABALHO (Habilitação no DRT)

EDIFICAÇÕES

(Habilitação CFT)

RECURSOS HUMANOS (Habilitação Técnico)

F B .C O M / D AT A B R A S I L

/ E S C O L AT E C N I C A D AT A B R A S I L

ATÉ 45% DE DESCONTO*, APROVEITE!

Foto: Roseli com garoto do Primavera, Alex e Daniel


Jornal Sindical - Maio/junho de 2019 - 11

 ESPORTE DA CATEGORIA

Vem aí nosso 15º Campeonato de Futsal

Inscrições vão até 23 de julho. Competição tem sempre alto nível técnico Já estão abertas as inscrições para o 15º Campeonato de Futsal dos Metalúrgicos. Confirmação pode ser feita até 23 de julho. O coordenador do Departamento de Esportes do Sindicato, Alex Lima, afirma: “Além de ser disputado no melhor ginásio de futsal de Guarulhos, nosso Campeonato tem sempre alto nível”. O congresso técnico será dia 26 de julho, às 18 horas, no Sindicato.

Na data, serão definidos formato e regulamento. Alex orienta: “É importante que o representante da equipe participe do congresso, faça propostas ou tire dúvidas”. Campeã - A edição de 2018 foi vencida pela Julio Simões (Cumbica), em final emocionante com a Granei (Taboão). Inscrições - Ligue 2463.5300. Fale com Alex ou Feijão. Fique informado - Acesse www.metalurgico.org.br

CAMPEÃ 2018 - Equipe da Julio Simões comemora o título após vencer a Granei

PRESTIGIE O ESPORTE AMADOR. PARTICIPE. COMPAREÇA AOS JOGOS.

Dentista conveniado tem desconto de até 60% EDUCAÇÃO Sindicato e PlasDent firmaram parceria. Centenas já se beneficiaram. Segundo o presidente José Pereira dos Santos, é mais um serviço para a saúde do trabalhador. Sócios têm direito a descontos de 10 a 60% em procedimentos. Responsável pela clínica, o dr. Luis Carlos Saraiva informa: “Temos profissionais experientes e valores diferenciados”. A PlasDent atende em clínica geral,

periodontia, ortopedia funcional dos maxilares e próteses. Atendimento - Com hora marcada. No ato da consulta, apresente carteira de associado do Sindicato e documento com foto. Locais - Unidade I: rua Benedito Faustino de Morais, 168, Centro. Telefone 2408.8859. Unidade II: Avenida Papa João Paulo I, 3.090, Presidente Dutra. Telefones 97769.6450 e 98485.4960.

NÓS APOIAMOS ESSA LUTA 30 DE MAIO - Estudantes e professores protestaram, em todo o Brasil, contra o corte nas verbas da Educação e cobraram reforço a um setor vital ao desenvolvimento nacional. O Sindicato participou do protesto, em São Paulo. “Fomos ao ato porque SAÚDE BUCAL - Faça sempre a prevenção

Nós criamos o Instituto Meu Futuro,

 VITÓRIA DA DEMOCRACIA

Medida contra custeio sindical perde eficácia Dia 1º de março, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, editaram violenta Medida Provisória contra o custeio das entidades de classe. A MP 873 precisava ser aprovada em 120 dias. Mas o diálogo do sindicalismo com líderes partidários travou a tramitação. Até porque a MP agredia a Constituição. Dia 28 de junho, a Medida cadu-

temos compromisso com a Educação.

cou e perdeu eficácia. O governo não pode mais, este ano, editar medida de igual teor. Para o sindicalismo, a matéria deve ser regulamentada por Projeto de Lei, garantindo-se ao trabalhador direito de oposição. O presidente José Pereira dos Santos critica: “Bolsonaro precisa parar de governar por medida provisória e decreto. Na democracia, temas sérios são definidos por

lei, após negociação com as forças sociais e suas entidades”. Advogado - O dr. Marcílio Penachioni responde pelo nosso Jurídico. Ele comenta: “Vencemos um dos mais duros ataques às entidades de classe”. Quem tiver dúvidas, procure o Sindicato. Agora, os descontos das contribuições podem ser feitos normalmente na folha de pagamentos.

TRABALHADOR: Contribua com seu Sindicato. Participe das lutas e conquiste mais!

temos escola profissionalizante ao lado da sede, oferecemos cursos e palestras pra milhares de desempregados”, afirma o vice-presidente Josinaldo José de Barros (Cabeça). Se houver novos atos pró-Educação de qualidade, nossos diretores estarão na linha de frente. A Educação forma, constrói e liberta pessoas e povos!

Diretoria comparece a ato em SP


12 - Jornal Sindical - Maio/junho de 2019

 NOSSO ANIVERSÁRIO

Sindicato celebra 56 anos de fundação Solenidade homenageia sócios com mais de 19 anos de sindicalização Dia 30 de abril, nosso Sindicato completou 56 anos. A celebração na sede aconteceu em 3 de maio e foi marcada pela defesa dos direitos. O presidente José Pereira dos Santos alertou que o governo erra com a reforma previdenciária. Ele diz: “Esse projeto acaba com a aposentadoria e retira direitos de quem está na ativa, é aposentado ou pensionista. Melhor seria fazer uma reforma política séria”. Bandeiras - Pereira reafir- COMEMORAÇÃO - Evento no auditório da sede reuniu dirigentes de várias entidades, além de sócios e familiares mou a história do Sindicato. “Nas- cemos na época em que as catego- outros benefícios. Também lutamos cos, Vigilantes, Frentistas, Têxteis, rias tinham pouco. Mas, mesmo na por democracia e justiça social”. Metalúrgicos e de outras entidades.  RECADO DA TRABALHADORA ditadura, fomos buscar cesta básica, Dirigentes - A cerimônia teve MAIS - Leia matéria completa refeição nas empresas, transporte e presença de dirigentes dos Quími- no site do Sindicato. Acesse!

Sócios agradecem homenagem e reafirmam apoio

SOU GRATA Claudia Sueli é sindicalizada há 20 anos. Há 22, ela trabalha na Indústria Marília (Macedo), onde é montadora. Claudia se diz grata “por tudo que o Sindicato faz pelos trabalhadores”. Em abril, ela foi homenageada no evento que celebrou os 56 anos da nossa entidade. “Amei a surpresa”, declara. Sobre a reforma da Previdência, que afeta principalmente mulheres da ativa, aposentadas e pensionistas, comenta: “Ter que esperar mais tempo pra se aposentar é triste. Além de trabalhar fora, a mulher tem outra jornada em casa, cuidando da família”.

VALDOMIRO - Técnico da Maxi Plating

KATIANA - Trabalhadora da Dyna

LORIVALDO - Está na Arco há 23 anos

Nosso aniversário foi marcado por homenagens para 37 sindicalizados há 19 anos. Eles receberam medalhas alusivas à data.

“É justo homenagear quem nesses anos todos sempre esteve com a gente”, diz nosso secretário-geral Pedro Pereira da Silva (Zóião).

Já Lorivaldo Souza Guimarães, há 23 anos na Arco (Nova Cumbica), comenta: “Eu me sinto representado pelo nosso Sindicato”.

São vocês que constroem o Brasil, afirma prefeito Guti A celebração dos 56 anos do nosso Sindicato contou com a presença de vários sindicalistas e autoridades, entre as quais o prefeito Guti, de Guarulhos. O prefeito reafirmou seu com-

promisso com o desenvolvimento e prometeu empenho em trazer mais empresas pra Guarulhos. Guti parabenizou os metalúrgicos. “São vocês que ajudam a construir o Brasil”, afirmou.

VEJA MAIS - Acesse nosso site e viaje no tempo com as fotos dos 56 anos - WWW.METALURGICO.ORG.BR

Profile for Metalúrgicos de Guarulhos

Jornal Sindical Maio/Junho 2019  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região. Formato Tablóide, 12 páginas, 4 cores. Tiragem - 25 mil exemplares. Produção...

Jornal Sindical Maio/Junho 2019  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região. Formato Tablóide, 12 páginas, 4 cores. Tiragem - 25 mil exemplares. Produção...

Advertisement