Page 1

Jornal Sindical “COMPANHEIRO METALÚRGICO”

SindiCaTo doS meTaLÚrGiCoS de GuaruLHoS, aruJÁ, mairiPorà e SanTa iSaBeL - ano 24 - nº 253 - Fevereiro 2018 união e ação

Telefone 2463.5300 • E-mail: sindicato@metalurgico.org.br • Site: www.metalurgico.org.br

Sindicato reforça atuação por direitos e contra abusos foto: carlos salles

mobiliZaÇão combina lUtas, greves, negociaÇÕes e acordos

rTS - pepe e cabeça dirigem assembleia na fábrica. nossos diretores ricardo, célio, Jau, carioca, barros, vanuza e evandro também presentes no apoio aos grevistas

A conjuntura é ruim para os trabalhadores. Além da recessão econômica e desemprego alto, governo e capital atacam nossos direitos. Só tem uma saída: resistir, em-

presa por empresa. É o que faz nosso Sindicato, em toda a base. Todo dia, fazemos assembleias, negociações, paralisações, entregamos pauta ou fechamos acordos.

Nosso presidente José Pereira dos Santos afirma: “Nós vamos superar isso. O Brasil é maior do que essa elite podre e desumana”. Páginas centrais

“marÇo-mUlher”

será dia 17, na sede em 8 de março se comemora o dia internacional da mulher. o departamento feminino do sindicato homenageará as companheiras. será dia 17 (sábado), às 10 horas, na sede, à rua harry simonsen, 202, centro, guarulhos. o “março-mulher” terá por tema “o

U-Shin campeã!

Dia 25, último domingo de fevereiro, marcou o encerramento do 24º Campeonato de Futebol dos Metalúrgicos. A competição

foi vencida pela equipe da U-Shin (Santo Afonso). Em segundo ficou a Elecon (Parque das Nacões). Cobertura na última página

impacto da reforma trabalhista na vida da mulher”. haverá palestra do dieese, orientações sobre prevenção à saúde, música ao vivo e sorteio de brindes. mais informações - roseli: 2463.5300.


2 - Jornal Sindical - Fevereiro de 2018

 EDITORIAL

Vitória na Previdência e esperança no TST

José Pereira dos Santos

Presidente do Sindicato

E-mail: pereira@metalurgico.org.br

A pressão sindical e o forte repúdio popular barraram a reforma da Previdência pretendida por Michel Temer. O Congresso sentiu a pressão e decidiu não votar uma reforma que cortaria até pensão de viúva. O recuo do governo na Previdência é a primeira vitória importante do sindicalismo nos últimos tempos. Vale lembrar que antes disso Temer havia conseguido aprovar o projeto que terceiriza tudo e a nova lei trabalhista, que é repleta de maldades. Mas vamos ficar atentos. Passadas as eleições, eles tentarão de novo emplacar a reforma neoliberal e radical.

TST - Uma notícia boa vem do Tribunal Superior do Trabalho, onde sai um presidente patronal e assume o dr. João Batista Brito Pereira. Ele promete respeitar nossos direitos garantidos na Constituição. O dr. Brito assumiu em 26 de fevereiro e já no dia seguinte teve audiência com entidades sindicais, a quem prometeu diálogo e decisões justas. Um povo não pode perder as espe-

União entre nós e disposição de lutar por direitos e justiça

 POLÍTICA NACIONAL

Crise na Previdência - 1 Crise na Previdência - 2 Crise na Previdência - 3 A média do valor da aposentadoria para a casta do Ministério Público equivale a 15 vezes a média que a Previdência paga ao trabalhador aposentado do setor privado.

A média do valor da aposentadoria dos ilustres membros do Poder Judiciário equivale a 21 vezes a média que a Previdência paga ao aposentado do setor privado.

ranças, pois não há mal que sempre dure. Mas não adianta ficar sentado no sofá esperando a sorte mudar. Pra que as coisas mudem é preciso resistir, lutar e tomar atitudes concretas. Atenção: logo chega outubro, mês de eleições. A direita joga pra vencer. Mas, se perceber que não tem chances no voto, a classe dominante poderá até querer melar as eleições. Porém, nós temos que exigir respeito à Constituição e eleições livres. Sindicalismo - A situação na base trabalhadora está muito dura. Peço, portanto, união entre nós e confiança no Sindicato. É o caminho!  PROFISSIONAL DE MÍDIA

A média do valor da aposentadoria paga aos nobres deputados e senadores equivale a 23 vezes a média que a Previdência paga ao aposentado do setor privado.

 DEU NA IMPRENSA

Campeonato de Futebol obtém grande repercussão

Futebol metalúrgico é destaque na mídia; diretor Alex e presidente Pereira participam de programas de TV

A decisão do 24º Campeonato de Futebol dos Metalúrgicos obteve grande repercussão na mídia. Houve entrevistas ao vivo na TV com nosso diretor Alex Lima, além de reportagens em sites noticiosos e jornais da cidade de Guarulhos.

Opinião - O jornal Guarulhos Hoje publica toda quarta artigo do presidente José Pereira dos Santos. O artigo também é repercutido em nosso site e em outras mídias. Na TV - Dia 1º de fevereiro, Pereira abriu, no programa Repór-

ter Sindical (que também passa em Guarulhos e Brasília), a série “Sindicalismo e Religião”. Ele falou de sua participação em seminário no Vaticano, no mês de novembro. Ações - Outros fatos metalúrgicos foram divulgados na mídia.

Jornalista há 21 anos adriana fernandes vieira valeriano assessora o sindicato dos Químicos de guarulhos. antes, trabalhou nos jornais tribuna paulista e positivo. desde 2009 nos Químicos, ela tem muitas histórias pra contar sobre esse tipo de assessoria. “a primeira coisa que percebi foram críticas aos sindicalistas, que são infundadas. os dirigentes atuam muito, estão sempre prontos a proteger o trabalhador e têm poucas horas de sono”, conta. sobre a trabalhadora, adriana comenta: “É importante que a mulher tenha sua própria carreira, mas deve estar preparada pra enfrentar barreiras, em todas as áreas. entendo que a especialização supera barreiras. e isso vale também para o jornalismo”.

JORNAL SINDICAL - Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos, Arujá, Mairiporã e Santa Isabel. Sede: rua Harry Simonsen, 202, Centro de Guarulhos, CEP 07013-110. Telefone 2463.5300. Site: www.metalurgico.org.br - E-mail: sindicato@metalurgico.org.br - Subsede Arujá: rua Silmar Montoni, 215, Center Ville, CEP 07401-135. Telefone 4655.3596. Subsede Mairiporã: rua José Claudino dos Santos, 122, Jardim São Francisco II (Terra Preta), CEP 07600-000. Telefone 4486.1615. Clube de Campo: rua Galáxia, 126, Parque Primavera, Guarulhos, CEP 07142-390. Telefone 2402.3811. Colônia de Férias em Caraguatatuba: (12) 3887.1250. Produção: Agência Sindical - 3255.6559. Fotos: Carlos Salles e Rômulo Magalhães. Texto: Luiz De Salvo Neto (Titico) e João Franzin. Edição: João Franzin. Diretoria: José Pereira dos Santos (presidente), Josinaldo José de Barros (vice-presidente), Pedro Pereira da Silva (secretário-geral), Alex Sandro de Lima (1º secretário), Célio Ferreira Malta (2º secretário), Antonio Francisco da Silva (tesoureiro-geral), Josete Machado Filho (1º tesoureiro). Suplentes: José Carlos Santos Oliveira, Ricardo Pereira de Oliveira, Roseli do Carmo Lima, José João da Silva, Márcia de Aquino Meira e Raquel de Jesus. Conselho Fiscal: Augusto Valdomiro Knupp, José Dilton Braga da Silva e Daniel Hermínio Estevam. Suplentes: Evandro Pereira, Adriano Alves de Oliveira e Eronides Rafael Galdino. Delegados na Federação: José Barros da Silva Neto e Elenildo Queiroz Santos. Suplentes: Eduardo Apóstolo Santos Oliveira e José Pedro da Silva. Impressão: BanGraf. Tiragem: 30 mil exemplares. Fevereiro 2018.


Jornal Sindical - Fevereiro de 2018 - 3

 BASE ORGANIZADA

Categoria se associa e fortalece Sindicato chama que o sindicato vai até sua fábrica. ligue na sede ou nas subsedes Segue firme a sindicalização na base. Diretores agendam visitas em empresas, centenas de companheiros assinam a ficha e ficam sócios. O presidente José Pereira dos Santos diz: “Com a lei trabalhista de Temer, os companheiros perceberam que sem Sindicato forte a exploração aumenta”. Benefícios - O sócio e dependentes podem utilizar a ampla rede de serviços, convênios e benefícios da entidade nas áreas de educação e saúde, com excelentes descontos. Também há ótimas atrações de lazer. Nosso Clube de Campo (no Primavera) é o mais completo da região, com opções pra todas as faixas etárias, como um grande conjunto aquático, mais de 100 quiosques para churrasco, campo

É direiTo - a constituição e a convenção coletiva garantem a sindicalização. foto: diretor Jau e assessora sílvia na rod-car

de futebol com gramado sintético, ginásio poliesportivo, pesqueiro, prainha, lanchonetes, pista de skate, quadra de futebol soçaite e três lanchonetes. Temos ainda Colônia de Férias em Caraguá, com 38 apartamentos, piscina, lanchonete, restaurante e salão de jogos.

Visitas - Nestas já sindicalizamos este ano: Tower (Arujá), Flock Color e ARL (Vila Augusta), Cummins Filtros, A.Carnevalli, Enersystem e Rod-Car (Cumbica), J.Gianini (Jardim Almeida Prado) e Gialum-Gianini (Presidente Dutra). Outras estão agendadas.

QUEM MANTÉM O SINDICATO?

FLoCK CoLor - diretor ricardo sindicaliza

GeCede - diretor evandro orienta

Não é o governo, não é o patrão, não é o partido. Apenas a contribuição da categoria profissional. É isso que nos dá autonomia para conduzir as lutas, defender os direitos, negociar e prestar assistência. Companheiro(a): pense nisso, reflita, decida. Só depende de um gesto seu!

companheiros da cUmmins elegem delegados os companheiros da cummins mo-

reta da entidade de classe com

tores (cumbica) elegeram os novos

os funcionários da empresa”.

delegados sindicais na empresa.

foram apurados 328 votos. o

antonio carlos de souza é o titular

titular recebeu 97 votos e o su-

e antonio carlos fernandes de lima

plente 91. eles substituirão an-

ficou de suplente.

tonio carlos de lima (liminha)

nossos diretores Josinaldo José

e Jaciel barbosa dos santos.

de barros (cabeça) e adriano alves

obrigado aos delegados ante-

de oliveira (madeira) acompanha-

riores e boa sorte aos atuais.

ram o processo eleitoral. cabeça diz: “o delegado faz a ligação di-

vocês são o posto avançado do diretores madeira e cabeça com os delegados

sindicato dentro da fábrica.

Não existe um só direito, uma só conquista, um só ganho da classe trabalhadora dados por governos ou patrões. O que a classe possui é fruto da organização, da luta e do nosso poder de pressão. Mesmo quando há governos populares no País, eles sofrem pressão do capital. Portanto, se a gente não chegar junto, o capital chega primeiro e fica com o filé. O que fazer? Organizar, mobilizar as categorias, unir a base. Há muitos caminhos pra isso. Mas o melhor caminho ainda é o Sindicato.

FIQUE SÓCIO. NÃO VACILE!


4 - Jornal Sindical - Fevereiro de 2018

Contra abusos e pra garantir d

recessão econômica e reforma trabalhista agra pra todos. A segunda, de R$ 310,00, sai em fevereiro. Pode haver uma terceira, também de R$ 310,00, em abril, se o faturamento for alcançado. Terminada a assembleia, mais 13 funcionários se sindicalizaram. Cemar (Cumbica) - PLR paga de uma só vez em fevereiro. ADKF (Terra Preta, Mairiporã) Benefício será pago em março. TB-Fil (Presidente Dutra) - Subiu 3% e poderá ser de R$ 1.030,00. Pagamento em agosto e fevereiro. Platô Bus (Cumbica) - Pagamento em abril e junho. Maxi Plating (Nova Cumbica) - Participação subiu e será paga em março e até maio. Aurimar (Cumbica) - PLR será paga de uma só vez em abril. MTA (Arujá) - Valor do benefício foi de R$ 998,38, pago de uma única vez, no final de fevereiro.

nas últimas semanas, o sindicato negociou por empresa o reajuste salarial dos trabalhadores nas fábricas do grupo 10 patronal - que sempre se recusa a fechar o acordo da campanha e a renovar a convenção coletiva. fizemos mais: lideramos greve contra atrasos; mobilizamos por pagamento de 13º salário; fechamos novos acordos de participação nos lucros (plr); melhoramos cesta básica; combatemos acidentes; ampliamos melhorias; e também garantimos quitação de verbas rescisórias. a situação piorou muito devido à crise econômica e à reforma trabalhista de Temer. O presidente José Pereira dos Santos afirma: “A conjuntura está muito ruim pra classe trabalhadora. a saída é unir forças e lutar. sem isso, as condições só vão piorar”.

PLR - Fechamos mais acordos, que garantem pagamento de Participação nos Lucros e/ou Resultados das empresas para cerca de 800 trabalhadores. Hoje, mais de 90% da base já recebe o benefício. Pe r m e t a l / M e t a l g r a d e (Cumbica) - Os cerca de 300 funcionários das duas empresas, que são do mesmo grupo, aprovaram as propostas negociadas.

Na Permetal o valor pode chegar a R$ 3.000,00; na Metalgrade, a R$ 2.700,00, conforme as metas. A primeira parcela será paga em agosto nas duas empresas - os companheiros receberão 50% do que foi negociado. O restante, conforme metas, sai em fevereiro. Houve aumento de 5% na cesta básica, que passa de R$ 170,00 para R$ 178,50. ARL (Nova Bonsucesso) - Par-

ticipação sai em fevereiro e abril. Quem não tiver falta injustificada vai receber um plus na segunda parcela, à base de 15% do valor do benefício. Maxtil (Jardim Fátima) - Negociação garantiu aumento no valor, que será pago em abril e junho. Vendap (Cumbica) - Aumenta 3% e pode chegar até R$ 1.445,00. Na primeira parcela, em setembro, garantimos mínimo de R$ 825,00

PermeTaL/meTaLGrade- nossos diretores célio, carioca, cabeça e Jau apresentam proposta e funcionários aprovam negociação

avanÇamos na rts e na gate

rTS - diretores pepe e cabeça conduzem ação na fábrica

foram dois dias e meio de greve. com

GaTe - o sindicato atendeu chamado dos

isso, os companheiros da rts (vila endres)

funcionários da empresa, em arujá, negociou

tiveram a reivindicação atendida. eles rece-

e garantiu mais um benefício.

berão plr de r$ 900,00 e terão estabilidade

agora, os companheiros trabalharão em

no emprego pelo próximo mês. os dias de

sábados alternados. nossos diretores antonio

paralisação não serão descontados.

francisco da silva (fala mansa) e elenildo

nosso diretor Josete machado filho (pepe) coordenou as negociações.

Queiroz santos (nildo) conduziram as negociações até o fechamento do acordo.


Jornal Sindical - Fevereiro de 2018 - 5

direitos, luta sindical não para

avaram os problemas em toda a base metalúrgica

unanimidade - Companheiros da Roll-For (Cumbica) aprovam acordo apresentado por nossos diretores Lula e Chorão

Pressão conquista acordos no Grupo 10 A negociação no Grupo 10 está quase concluída. Com isso, o Sindicato garante reajuste salarial e os direitos da Convenção Coletiva para mais 600 trabalhadores. Nosso vice Josinaldo José de Barros (Cabeça) destaca: “Em toda negociação, conseguimos reajuste salarial e renovar a Convenção Coletiva, que assegura os direitos que a reforma do Temer cortou da CLT”. Viva Aer (Nova Bonsucesso) Os 40 funcionários terão 2% de reajuste salarial, retroativo a janeiro. Roll-For (Cumbica) - Reajuste

de 2% retroativo a dezembro, renovação da Convenção, e pagamento da segunda parcela do 13º salário. Coneflan e Flanjaço (Sadokim) - Salários vão subir 1,83%, em 1º de maio. Abono de 15%, sendo 5% em fevereiro, 5% em março e 5% em abril. Marzo Vitorino (Terra Preta, Mairiporã) - Reajuste de 1,83%, em 1º de julho. Abono de 15% sobre o salário atual. Pagamento em fevereiro (10%) e março (5%). Platô-Bus (Cumbica) - Aumento de 2%, retroativo a novembro.

ARL (Nova Bonsucesso) - Companheiros obtiveram reajuste de 2%, a partir de fevereiro. Croma (Vila Aeoporto) - Reajuste de 1,83%, em junho. Abono de 15%: fevereiro, abril e maio. Bellapox (Água Chata) - Aumento de 2%, retroativo a novembro de 2017. Papri (Nova Cumbica) - Trabalhadores terão 2% a partir de abril. Abono de 15% saiu em fevereiro. Leonam (Arujá) - Aumento de 2%, retroativo a janeiro. Reajuste será pago em março.

Dirigente belga será homenageado

Herwig Jorissen com Pereira e esposa

Nosso Sindicato e os Metalúrgicos da Bélgica renovaram a parceria no Meu Futuro, que vigora desde a fundação, em 2002. A renovação se deu durante viagem do presidente José Pereira dos Santos à Bélgica. Com isso, eles manterão o aporte financeiro que ajuda a manter ativo o Instituto. Homenagem - O auditório do Meu Futuro, no Parque Primavera, receberá o nome de Herwig Jorissen, em reconhecimento a seu apoio a esse importante projeto social.

Marzo - Evandro e Cabeça em Mairiporã

viva aer - Nildo e Fala Mansa na fábrica

HOMOLOGAÇÃO? SÓ VALE NO SINDICATO!

Croma - Diretor Daniel apresenta proposta

Saiba mais - Ligue para 2401.8790.

Quando o funcionário sai da empresa, o empregador deve fazer a quitação das verbas trabalhistas do ex-empregado. A homologação deve ser no Sindicato da categoria, para que se faça a devida conferência dos pagamentos. Portanto, homologação fora do Sindicato não vale. Fique atento e nos avise: 2463.5300.


6 - Jornal Sindical - Fevereiro de 2018

 OUTRA MALDADE

Imposto de Renda prejudica assalariados nosso presidente pereira critica e diz que essa situação é vergonhosa No Brasil, os pobres pagam mais impostos diretos e indiretos. É o que mostra o Dieese, mais uma vez, em Nota Técnica sobre a tabela do Imposto de Renda na Fonte (sobre os salários). O economista Rodolfo Viana responde pela subseção do Dieese no Sindicato. Ele afirma: “A carga tributária é mais forte com os impostos indiretos do que com os diretos. Ataca o consumo, como alimentos e roupas, por exemplo. Com isso, quem ganha menos paga mais”. A tabela do IR está congelada desde o ano-calendário de 2015 (referente a 2016). Rodolfo completa: “Essa situação influi diretamente nos reajustes das campanhas salariais. Muitas vezes o que se

gap realiZa trÊs cUrsos grátis O Grupo de Apoio Psicoprofissional realiza novos cursos. eles oferecem capacitação a quem tenta uma vaga no mercado de trabalho. Cursos - dia 7, “5s - a base para a qualidade”, às 8 horas; 10, culinária (trufas e pão de mel), às 9 horas; e outro de “5s”, às 8 horas, dia 21. Seminário - será dia 24/3, com palestras e atividades. a partir das 8 horas, na inJuSTo - para rodolfo viana, congelamento da tabela achata renda salarial

consegue de aumento é engolido pelo Leão. Hoje quem ganha até R$ 1.903,98 está isento. Mas quem recebe acima disso é tributado”. Se o IR fosse atualizado, a renda do trabalhador seria maior, pois o desconto só pegaria faixas salariais mais altas. O economista explica: “A defasagem da tabela está hoje em 88,5%. Porém, se fosse corri-

ANIVERSARIANTES DE MARÇO -

gida, quem recebe até R$ 3.589,00 estaria isento. Do jeito que está, quem recebe dois salários mínimos já paga imposto ao governo”. Candidatos - A atualização das tabelas do Imposto de Renda na Fonte seria uma causa a ser abraçada pelos candidatos a presidente da República, como também por todas as Centrais Sindicais.

dia 2, bárbara amaral (jurídico); 4, antonio fernando santos - feijão (assessoria); 11, José f. da silva (clube); 12, marcos s. dos santos (jurídico); 16, aline ap. de campos (secretaria) e eronides rafael galdino lula (diretoria); 18, José antonio da silva (clube); 19, José e. ferreira (jurídico); 20, José f. dos santos - setenta (barbearia) e carlos henrique f. salles (vídeo); 24, Josinaldo José de barros - cabeça (diretoria); e 25, João monteiro da silva (assessoria).

sede (rua harry simonsen, 202, centro). Local - cursos à rua José triglia, 143, centro, próximo à nossa sede. inscrições pelo telefone 2440.5930.

sUbsede de arUJá mUda atendimento a partir de 1º de março, nossa subsede de arujá (rua silmar montoni, 215, center ville) vai atender somente às sextas, das 8 às 17 horas. aulas de violão com o professor José marcos da silva (bill) serão às segundas e sextas, das 8 às 18 horas. academia mantém atividades normalmente.


Jornal Sindical - Fevereiro de 2018 - 7

 CONSCIENTIZAÇÃO

Sindicato prioriza saúde do trabalhador eventos nas fábricas marcam o dia mundial de combate às ler/dort O Dia Mundial de Combate às LER/Dort é 28 de fevereiro. Nesta data, todo ano, nosso Sindicato mobiliza e orienta trabalhadores quanto à prevenção de doenças. Este ano, realizamos atos de manhã na Phaynell (Arujá), Flanjaço (Bonsucesso) e na Coneflan (Vila Sadokim); à tarde, com os companheiros da Daicast (Cumbica). A data - 28 de fevereiro - foi definida pela Organização Internacional do Trabalho, a fim de conscientizar a sociedade sobre os males dos Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort), que incluem as Lesões por Esforços Repetitivos (LER). Esses problemas, que afetam milhares de brasileiros, podem ser prevenidos e tratados.

PHaYneLL - diretor nildo entrega cartilha e orienta funcionários sobre como prevenir os males da ler/dort

Locais - Os atos foram coordenados pelo diretor Elenildo Queiroz Santos. Ele responde pelo Departamento de Saúde e Segurança do Trabalhador e preside o Diesat (Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho). Nildo foi apoiado pelo nosso também diretor Augusto Knupp. Ele conta: “Entregamos carti-

lha dos perigos, bem como sobre medidas preventivas. Esses males podem ser evitados”. EXIJA CAT - A Comunicação de Acidente de Trabalho é documento obrigatório. A empresa tem de preencher a CAT quando acontecer acidente ou doença relacionada ao trabalho. Informações, ligue para 4965.9317 ou 4965.9339, fale com Nildo, Rodrigo ou Andréia.

Diretores acompanham eleição de Cipa na Sil Os trabalhadores da Sil (Cumbica) elegeram dia 23 os novos membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Nosso Sindicato acompanhou todas as fases da eleição, onde votaram mais de 250 funcionários. O diretor Elenildo Queiroz Santos (Nildo), do Departamento aPuraÇÃo - diretores nildo e Jau coordenam de Segurança e Saúde do Trabahaja transparência. É preciso eleger lhador e presidente do Diesat, teve gente compromissada com a saúde apoio do diretor José João da Silva e a segurança na fábrica. Assim (Jau). Nildo diz: “É importante aconteceu na Sil mais uma vez”. acompanhar as eleições pra que Eleitos - Titulares: João Bos-

co de Oliveira, 20 votos; Luiz Ricardo Lopes da Silva, 19; Ronaldo Braz, Adeilson de Sousa Moura e Angélica Talvani Aguiar, todos com 18 votos. Na suplência ficaram Adenilson Santana e Sá, Hivan de Souza Brito, Anderson Luiz Cintra e Jany Dalva Rodrigues.

ConeFLan - metalúrgicos recebem material

mÉdico do trabalho

atende na sede

sócios do sindicato, com problemas de saúde relacionados às condições de trabalho, podem se consultar gratuitamente com especialista na sede. o dr. gilmar da ponte atende às terças e quintas, das 14 às 18 horas. PLanTÕeS - na sede, à rua harry simonsen, 202, 2º andar, centro. consultas devem ser agendadas pelo telefone 4965.9317, com nildo, ro-

ELEIÇÕES EM MARÇO

drigo ou andréia, das 8h30 às 18 horas.

dia 8, metalway; 9, rotocrom e Joalmi; 14, cvf; 19, prec-tech; 23, fundaluminio e btm eletromecânica.

Lei trabalhista de Temer pode ser derrotada!

Setores patronais cantaram vitória muito cedo, achando que, com a lei trabalhista, poderiam passar o trator em cima dos direitos. Não é bem assim. O movimento sindical se reorganiza, resiste e muitas categorias profissionais preservam as Convenções Coletivas. Só tem um caminho: lutar. Portanto, não aceite corte em direitos, mudanças em contrato, jornada intermitente e outros abusos. A qualquer problema, avise o Sindicato: 2463.5300.

plantão às terças e quintas


8 - Jornal Sindical - Fevereiro de 2018

 CAMPEONATO METALÚRGICO

Time da U-Shin vence no Futebol

viTorioSaS - Equipes da U-Shin e da Elecon se sagraram, respectivamente, campeã e vice. Nosso presidente Pereira prestigia a abertura da finalíssima, dia 25

elecon também jogou muita bola e ficou na segunda colocação A U-Shin (Santo Afonso) conquistou o 24º Campeonato de Futebol dos Metalúrgicos. Na decisão, dia 25, venceu a Elecon (Parque das Nações) por 1 a 0, no Clube de Campo (Parque Primavera). Foi grande a presença das torcidas. Em terceiro ficou Steel-Rol (J. Santa Helena), que venceu a Tecfil Filial (Bonsucesso) por 2 a 1. A final foi apitada pela juíza Regildênia de Holanda Moura, do quadro da Fifa.

Nosso presidente José Pereira dos Santos destaca: “O Campeonato é também um momento de confraternização entre companheiros e seus familiares. O nível técnico foi muito bom”. O gol da U-Shin foi marcado pelo zagueiro Marcelo de Farias, que ganhou seu terceiro título. Ele conta: “Venci com a Joalmi em 2008 e 2011 e agora pela U-Shin. Estou emocionado pela conquista e o gol da vitória. Tive problemas de saúde e quase não disputei a final. Só tenho elogios ao Sindicato, por promover um campeonato desse porte e também

pelo apoio que dá aos metalúrgicos na busca de direitos”. Prêmios - Os três primeiros colocados receberam troféus e medalhas. Também foram agraciados Douglas Santana, da Phaynell (Arujá), artilheiro com 10 gols; Júlio César (Tecfil Filial), goleiro menos vazado - 9 gols; e Nilton, da Elecon, atleta-destaque na final. Nosso diretor Alex Lima, do Departamento de Esportes, completa: “Nosso Campeonato já é o maior evento amador de Guarulhos”.

 RECADO DO TRABALHADOR

boleiro fera! oséias abílio pimentel é assistente de laboratório na Tecfil (Cumbica). ele é sócio do sindicato e veterano da competição. “mais de dez vezes já estive neste gramado, participando do campeonato de futebol”, conta. o companheiro elogia: “tenho orgulho de participar de uma competição como essa. o campeonato tem

3º LuGar - time da steel-rol recebe troféu

4º LuGar - Equipe da Tecfil Filial

deSTa Que - diretora raquel e nilton

vem aÍ o fUtsal metalúrgico

a Comissão de esportes do Sindicato prepara outra grande competição, o 14º Campeonato de Futsal dos metalúrgicos, que deve começar em abril. em breve, mais informações no site (www.metalurgico.org.br), aPP e facebook (www.facebook.com/metalurgicos.deguarulhos)

ótima organização, fair play entre os atlelas e presença das famílias”. oséias defende a ampla sindicalização. “sou sócio, frequento com minha família o clube de campo e apoio as ações sindicais. ser sindicalizado é bom para todos”, diz.

Jornal Sindical - Fevereiro 2018  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região. Fevereiro de 2018. Formato - Tablóide, 8 páginas, 4 cores. Tiragem - 30 mil...

Jornal Sindical - Fevereiro 2018  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região. Fevereiro de 2018. Formato - Tablóide, 8 páginas, 4 cores. Tiragem - 30 mil...

Advertisement