Page 1

Março/Abril 2018

#02

matéria principal

VIII Encontro anual de pesca matéria TÉCNICA

volume de ar variável: estratégias de controle


Conecta SOBRE A MERCATO: Você está recebendo a 2ª edição do Conecta destinada exclusivamente aos nossos clientes e parceiros. Nosso objetivo é trazer conteúdos relevantes sobre climatização, automação, gerenciamento de energia, segurança predial, cabeamento de alta performance e detecção e alarme de incêndio para construções inteligentes.

A Mercato é uma empresa especializada no fornecimento de uma ampla linha de produtos e soluções destinadas à climatização, automação, gerenciamento de energia, segurança predial e detecção de incêndio que permitem criar e manter ambientes confortáveis, inteligentes, acessíveis, e cientes e seguros.

Dentre as várias matérias desta edição, destacamos a VIII edição do Encontro Anual de Pesca da Mercato, que acontecerá em abril e o estudo técnico Volume de ar variável: Estratégias de controle que apresenta as vantagens do sistema de VAV como por exemplo, a redução de consumo de energia elétrica.

A MERCATO desenvolve e produz controladores dedicados (CLIMATE), controladores programáveis (CLIMATE PRO) e medidores de energia e insumos (OMNIRATE) com marca própria além de ter um laboratório de Metrologia (LAMEM). Comercializa também instrumentos e periféricos para o segmento de AVAC-R, em parceria com a BELIMO, DWYER, VAISALA e DANFOSS. Em parceria com a VAULT, EATON e SIEMON fornece soluções para proteger e administrar o acesso às áreas de circulação restrita de empreendimentos, detecção e alarme de incêndio e cabeamento de alta performance, respectivamente.

Além desta matéria principal, trouxemos outras informações relevantes e informativos que julgamos interessantes compartilhar com nossos parceiros. Boa leitura, e bons negócios!

02

Editorial / Apresentação

03

VIII Encontro de Pesca Mercato

Mais do que um amplo portfólio de produtos e serviços a MERCATO conta com uma equipe de especialistas que trabalham em conjunto com os clientes desde a concepção do projeto até a assistência na implantação do mesmo, contribuindo assim sempre com soluções personalizadas para qualquer tipo de aplicação.

04

Volume de Ar Variável: Estratégias de Controle

Obrigado a você que nos ajudou e ajuda a realizar bons negócios!

10

Light + Building 2018

Projeto Grá co: Guilherme Borges Editoração/Revisão: Bruno Carvalho, Carolina Santos, Eduardo Ricalde, Giovanna Moraes, Milena Machado, Natália Moraes, Renato Possebon e Rodrigo Miranda.


EVENTOS

Paulo: Argentina e Amazônia são especiais.

VIII ENCONTRO ANUAL DE PESCA

D

e 13 a 18 de abril acontecerá na Pousada Hambaré localizada em Esquina na província de Corrientes, Argentina o VIII Encontro Anual de Pesca da Mercato. O encontro é um programa que atende às expectativas tanto de pescadores experientes quanto de quem nunca pescou antes. Também é uma oportunidade para estreitar relacionamentos, se divertir e relaxar em meio a natureza, cultivar amizades e ter muitas histórias de pescador para contar. Esquina é um autêntico paraíso para a pesca esportiva. Entre as espécies que abundam podemos mencionar Surubi, Pacu, Piaparas, Pintados, e especialmente o Dourado, conhecido na Argentina como "el tigre de los rios", considerado um dos peixes mais esportivos da América do Sul, voraz e de caráter forte, torna-se um desa o para os pescadores. A Pousada Hambaré possui uma infraestrutura feita para o conforto absoluto de seus hóspedes e para a experiência da pesca esportiva. A pousada conta com lanchas padronizadas e bem equipadas, piloteiros experientes e tudo o que for necessário para uma excelente pesca: equipamento, iscas, bebidas e espírito de aventura. Vinte e cinco convidados, entre clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores da Mercato irão participar deste VIII Encontro. Dentre os convidados estará Paulo Storino Diretor da Somitec, empresa provedora de soluções de tecnologia voltadas para infraestrutura de edi cações e instalações prediais. Storino participou em todas as sete edições do Encontro de Pesca da Mercato, tendo inclusive ganho no VI Encontro, o troféu Pescador destaque, conquistado pelo voto dos participantes. O Conecta Mercato conversou com o Paulo, sobre sua relação com a pesca esportiva e sobre os encontros de pesca da Mercato. Con ra a entrevista na íntegra: Mercato: Primeiramente, desde quando você pesca e aprecia pescarias? Paulo: Pescava desde criança, houve uma grande pausa em boa parte da minha vida, redescobri o prazer das pescarias a uns 12 anos e se tornaram rotina novamente. Mercato: Têm algum lugar favorito de pesca?

Mercato: Qual o seu peixe favorito e por quê? Paulo: O Dourado, sem dúvida. Pelas di culdades em captura-lo, que exigem muita técnica e equipamentos bem equilibrados. Mercato: Você participou em todos os sete encontros anuais de pesca da Mercato. Você poderia narrar um momento inesquecível ou inusitado que ocorreu em um destes encontros? Paulo: Difícil escolher só um, foram muitos bons momentos, talvez no primeiro dia da primeira pescaria tenha sido uma grande surpresa pela estreia com tantos peixes capturados em uma manhã. Mercato: Qual o maior peixe que sgou e a briga mais longa? Paulo: O maior peixe que capturei nas pescarias da Mercato foi em 2014, numa condição de pesca ruim (tinha chovido muito) Foi um Dourado de quase 8 kg e também foi a briga mais longa. Mercato: Além da atividade de pesca o que o encontro da Mercato proporciona aos participantes? Paulo: A possibilidade de estarmos junto a fornecedores e concorrentes fora do clima de negócios que é a nossa rotina. Nas pescarias da Mercato o ambiente é de extrema cordialidade, informalidade e descontração. considero que z novos amigos nas pescarias, mesmo entre os "adversários" em negócios. Mercato: No seu entender as muitas qualidades e habilidades que fazem o sucesso de um pescador podem ser comuns a um empresário? Você poderia citar algumas? Paulo: Otimismo é a maior delas. Sempre estamos esperando um grande peixe a qualquer momento, assim como sempre esperamos um melhor cenário econômico para os negócios. Perseverança e estar preparado também são importantes na pescaria e nos negócios.

Foto do acervo pessoal: Paulo Storino com peixe Dourado (Salminus Brasiliensis)

A equipe da Mercato deseja e espera que o VIII Encontro de Pesca traga experiências inesquecíveis a todos os participantes! #02/2018 03


Volume de ar variável: estratégias de controle

Volume de ar variável: estratégias de controle Situações de crise econômica, como a decorrente, ou mesmo a necessidade de projetos e sistemas que visem eficiência energética, geram novas demandas e, consequentemente, a busca e desenvolvimento de novas tecnologias.

Anderson Chaves neder Coordenador de Aplicação e Suporte Técnico After Sales da Mercato Automação

E

m 1970, com a crise norte-americana do petróleo (base da matriz energética americana) e a necessidade de condicionar o ambiente interno de forma mais econômica e com alta qualidade, popularizou-se a utilização de sistemas de volume de ar variável (VAV) em aplicações de AVAC (Aquecimento, Ventilação e Condicionamento de Ar) para conforto (CHEN & DEMSTER, 1996, p3). Passados quase 50 anos de evolução, principalmente no quesito controles, hoje temos no VAV um reconhecido e consolidado sistema de condicionamento de ar. Volume de ar constante (VAC) versus volume de ar variável (VAV): Tipos de sistemas e seus funcionamentos Existem diversas variações sobre a forma de controle da temperatura dos ambientes climatizados. Um exemplo, é o sistema de controle unitário, que mantém toda área atendida por uma mesma Unidade de Tratamento de Ar (UTA) e sob a mesma temperatura. Este sistema, em geral, tem um sensor de temperatura instalado no ambiente atendido ou no duto de retorno de ar, próximo à UTA, monitorando a mistura do ar do ambiente. A partir do sinal emitido por esse sensor, a vazão de água gelada que passa pela

serpentina da UTA é regulada através de uma válvula de controle de duas ou três vias, ajustando, desta forma, a temperatura do ar insu ado. Esse sistema é conhecido como sistema de controle de temperatura com volume de ar constante (VAC), uma vez que não há variação na vazão do ar insu ado, e sim na sua temperatura. Principais vantagens do sistema VAC a) Menor investimento inicial: Necessita de menor quantidade de controladores, instrumentação e equipamentos, pois não utiliza caixa VAV (assunto abordado na sequência deste artigo); b) Manutenção facilitada: Em virtude da centralização do fornecimento de ar condicionado em uma única UTA; c) Simples operação do sistema de AVAC: Em função do baixo número de equipamentos instalados; d) Qualidade do ar interior (IAQ): Sistemas de VAC apresentam maior autonomia sobre controle do uxo de ar externo, que visam a renovação do ar interior, para manter a qualidade do ambiente.

#02/2018 04


PARA OUTROS AMBIENTES

AR CONDICIONADO

CONTROLADOR

GRELHA

ATUADOR DE DAMPER

CAIXA VAV

ATUADOR DE DAMPER

CAIXA VAV

(UTA) UNIDADE DE TRATAMENTO DE AR

Honeywell Engineering

Volume de ar variável: estratégias de controle

SENSOR DE TEMPERATURA AMBIENTE

CONTROLADOR

SENSOR DE TEMPERATURA AMBIENTE

GRELHA

AMBIENTE 1

AMBIENTE 2

Figura 1. Típico de diagrama para controle de climatização

Assim, no sistema de VAV para controle de temperatura, utiliza-se um sistema de controle em malha fechada, normalmente utilizando inversores de frequência, para determinar a velocidade do ventilador da UTA a partir da pressão na rede de dutos de insu amento de ar, proporcionando dentre outros benefícios uma signi cativa redução no consumo da energia elétrica consumida pelos ventiladores dos climatizadores, quando operando em cargas parciais. Sistemas VAV utilizam muito menos energia do que sistemas VAC, pois a velocidade do ventilador da UTA é reduzida para atender às exigências atuais de demanda dos ambientes. Ao contrário, o ventilador da UTA do VAC está sempre operando a uma velocidade que atenda às piores condições. A energia exigida pelo ventilador varia com o cubo do uxo de ar, de maneira a que uma pequena redução no uxo de ar pode ter um impacto signi cativo sobre o consumo de energia (vide grá co na gura 2). O sistema de VAV é também um grande aliado no tocante à distribuição uniforme de ar, pois possui ajustes de vazão máxima e mínima (através de controlador digital) para cada caixa VAV, garantindo que não seja insu ado no ambiente uma vazão de ar maior que o valor

máximo con gurado, bem como assegurando uma vazão mínima para renovação e circulação do ar ambiente.

100

CONSUMO IDEAL DE ENERGIA PELA VARIAÇÃO DE VELOCIDADE

80 CONSUMO DE ENERGIA %

Em sistemas de controle individualizado por ambiente, conhecidas como zonas, (onde a temperatura pode ser regulada de forma independente), cada ambiente tem seu próprio sensor de temperatura, cujo sinal determina o posicionamento do damper (registro que regula a passagem de ar) de volume de ar variável (VAV), instalado no duto de insu amento do ambiente. Neste caso, o ajuste da temperatura é feito através do ajuste do volume de ar insu ado sobre o ambiente, conforme apresentado na gura 1.

60

50% REDUÇÃO DE ENERGIA 20% REDUÇÃO DE VELOCIDADE

40 80% REDUÇÃO DE ENERGIA 20 50% REDUÇÃO DE VELOCIDADE

0 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 VELOCIDADE %

Figura 2. Variação do consumo de energia pela variação da velocidade do ventilador

principais vantagens do sistema de VAV a) Número menor de UTA's; b) Menor espaço utilizado: Demanda por menor área necessária dedicada para as casas de máquinas das UTA's; c) Custo de energia: Sistema que propõe reduções signi cativas no consumo da energia elétrica utilizada nos ventiladores das UTA's; d) Dinâmico: Ajusta as temperaturas por zonas e conforme variação da ocupação dos ambientes e envoltória, gerando um ambiente mais confortável para os ocupantes; #02/2018 05


Volume de ar variável: estratégias de controle

E) Flexibilidade: Um sistema VAV pode se adaptar automaticamente à distribuição do ar para uma nova distribuição de cargas de calor em uma zona, não sendo afetado por mudanças de layout do ambiente atendido. Os itens necessários na instalação que formam um sistema de condicionamento de ar através de VAV, constituem-se de: 

Dutos de distribuição com ar proveniente da UTA;

Caixas VAV, por padrão de fabricante, já fornecidas com a estrutura para medição multipontos de pressão diferencial (tubos de pitot) e damper para regulagem de vazão máxima e mínima através de sua abertura e fechamento (exempli cado na gura 3);

Figura 3. Caixa para sistemas de VAV. (Fonte: Difustherm)

Atuador de damper, normalmente com funcionamento elétrico, que ca acoplado ao damper para prover sua abertura e fechamento; Figura 4. Atuador de damper

Sensor de temperatura ambiente para monitoramento da climatização do

Controlador digital que, por padrão dos fabricantes, embarca o elemento sensor de pressão diferencial que será conectado na estrutura de medição disponibilizada pelo fabricante da caixa VAV.

e, com base nesta informação e no setpoint ajustado nas con gurações do equipamento, irá ajustar a posição do atuador de damper (exempli cado na gura 3). Convencionalmente, os sistemas de VAV podem ser projetados de 2 maneiras: 1) Single-Duct: Neste modelo de aplicação há apenas um duto de insu amento de ar, proveniente de uma UTA dedicada para refrigeração. Opcionalmente, um reaquecimento do ar pode ser adicionado ao sistema, através de resistências elétricas ou uxo de água quente em uma serpentina, ambos embarcados na caixa VAV. Sistemas de VAV com reaquecimento elétrico (HONEYWELL ENGINEERING MANUAL OF AUTOMATION, 2004, p 406), devem prever uma vazão mínima de ar para que a função de reaquecimento seja habilitada, como forma de proteção contra superaquecimento das resistências elétricas e possíveis danos ao sistema. Em sistemas singleduct, o controle de temperatura do ambiente é realizado diretamente pela quantidade de ar que será entregue ao ambiente. O controle desta variável ca também a cargo do controlador digital, que recebe a informação do sensor de temperatura ambiente e ajusta a posição do damper de acordo com a demanda de climatização atual do ambiente. Este modelo é o mais utilizado em sistemas de VAV no Brasil, e serve de base para o desenvolvimento deste artigo técnico. 2) Dual-Duct: Constituído por dois dutos de insu amento, um para fornecimento de ar frio e outro fornecendo ar quente, proveniente de UTA's distintas. Neste sistema o ar é misturado e a proporção da mistura é de nida pela informação do sensor de temperatura instalado no duto de descarga do ar no ambiente, sendo tratado por um controlador digital que irá ajustar as posições dos dampers das VAVs (de ar quente e ar frio) conforme o setpoint ajustado e a variação da temperatura deste ar de mistura. Razões para a utilização de sistemas de VAV O controle adequado do uxo de ar é importante para os princípios siológicos, levando-se em consideração os parâmetros de nidos pelas normas voltadas para a qualidade do ar interior (do inglês IAQ).

Figura 5. Controlador digital para sistemas de VAV. (Fonte: Descritivo técnico de produtos, Mercato 2017)

Este mesmo controlador receberá o sinal do sensor de temperatura do ambiente controlado

O sistema de VAV tem como aplicação principal a climatização por zonas, mas pode auxiliar em sistemas de distribuição de ar, pressurização, exaustão e renovação do ar interno. #02/2018 06


Volume de ar variável: estratégias de controle

Controle do nível do CO2 por controle de ventilação por demanda (DCV)

de ar externo em períodos em que o ambiente se encontra com baixa ocupação .

Um meio de manter a qualidade do ar interno é diluir materiais indesejáveis (por exemplo, Dióxido de Carbono, compostos orgânicos voláteis etc.) com a inserção de ar externo no ambiente. Nesse tipo de aplicação, torna-se ainda mais desejável o controle através de VAV, tanto para as caixas de VAV que atendem as necessidades de climatização dos ambientes, quanto para os ventiladores responsáveis pela inserção do ar externo por controle de ventilação por demanda (DCV) no sistema de tratamento de ar.

A combinação destes dois sistemas (VAV e DCV) é atualmente o que existe de mais moderno para economia de energia em sistemas de ar condicionado. Os sensores de CO2 podem ser acoplados aos controladores do sistema VAV para que os dois trabalhem integrados fornecendo a quantidade e qualidade de ar necessárias ao ambiente. Como o sistema de volume de ar variável (VAV) trabalha com dampers motorizados para cada ambiente, podemos fazer com que o ar exterior seja intensi cado nas zonas mais ocupadas otimizando em muito o sistema como um todo (conforme ilustra a gura 7).

DCV é a forma de controle de inserção do ar externo capaz de apresentar as melhores reduções de custos com energia elétrica, com a otimização da utilização dos ventiladores de ar externo, controlando a variação da vazão de ar no monitoramento do nível de CO2 do ambiente interno (conforme gura 6).

Figura 7: Exemplo de aplicação

Exemplos de aplicação

Figura 6: Gráfico de comparação de desempenho do sistema DCV x vazão constante de ar externo. (Fonte: adaptação da apresentação Comercial Carrier ComfortID)

Um dos índices que melhor representa o nível de contaminação de um ambiente é o nível de dióxido de carbono (CO2). Isso porque as pessoas liberam este gás como processo normal de seu metabolismo, por meio da respiração. Assim sendo, os níveis de CO2 fornecem um retrato adequado de como se encontra ocupado um determinado ambiente. As normas e portarias estabelecem o nível de 1000 ppm (partes por milhão) de CO2 como nível máximo de concentração em ambientes climatizados. A norma Standard 62.1 de 2016 da ASHRAE (American Society of Heating, Refrigerating and Air-Conditioning Engineers) apresenta que: [ ] é coerente com o processo de renovação de ar que seja permitido que o controle por demanda reduza a renovação total

A utilização de sistemas de climatização com a aplicação de VAV têm avançado notoriamente onde as características do projeto permitem. O controle da temperatura de bulbo seco (conforto térmico), umidade relativa, taxas de renovação de ar, bem como a necessidade de maior captação de ar externo e atenuação de níveis de ruídos são premissas básicas para a de nição de utilização de sistemas de VAV (CHEN & DEMSTER, 1996, p4). Projetos típicos onde os sistemas VAV são comumente aplicados apresentam uma característica em comum: edifícios nos quais ao longo do período de funcionamento há grande variação da sua carga térmica interna, como, por exemplo: grandes áreas comerciais, edifícios de escritórios, zonas hospitalares, clínicas e consultórios, salas de aula e agências bancárias. Transformando isso em números, tomaremos como exemplo uma instalação com potência de ventiladores de 100 kW, equivalente a 5 TR em potência de refrigeração para climatizadores. A simulação, apresentada na gura 5, considera o mesmo número de horas trabalhadas para os sistemas de VAC e VAV. #02/2018 07


Volume de ar variável: estratégias de controle

Pode-se observar que ocorre uma redução signi cativa do consumo de energia dos ventiladores quando da aplicação de sistemas VAV. Poupança energética Comparamos os custos de energia durante um ano dos ventiladores de uma instalação de ar condicionado, admitindo-se:   

100 kWh de potência total dos ventiladores 260 dias/ano e 10h dia em funcionamento custo de kWh de R$ 0,68713*

Considerando uma instalação de vazão constante temos:

260(dias) x 10h x 100kWh x R$ 0,68713 = R$ 178.653,80

Conheça o LAMEM, o Laboratório de Metrologia da Mercato

Considerando agora uma instalação de Volume de Ar Variável: Horas Ano

Volume de ar

Potência abs.

kW

150

100%

100%

15.000

200

90%

73%

14.600

250

80%

51%

12.750

300

70%

34%

10.200

400

60%

22%

8.800

500

50%

13%

6.500

800

40%

6%

4.800

2600

72.650

72.500 kWh x R$ 0,68713 = R$ 49.820,00

R$ 178.653,80 - R$ 49.820,00 =

economia por ano com volume de ar variável

Nas aplicações de alto desempenho, a calibração de equipamentos de medição é fundamental, permitindo que os instrumentos e periféricos operem e forneçam dados de maneira mais precisa e con ável. Com o LAMEM a Mercato inclui no seu portfólio de soluções um serviço de metrologia de alta qualidade, precisão e con abilidade, proporcionando aos nossos clientes criar e manter ambientes confortáveis, e cientes e seguros.

S STO MA CU SISTE ume DO vol iável m r co r va a de

Para maiores informações sobre a ampla gama de produtos, visite-nos em:

R$ 128.833,80

www.mercatoautomacao.com.br ou contate-nos: 51 3115.9850 | 51 3032.1777

lab@mercatoautomacao.com.br

* Tarifas aplicadas a clientes em Alta e Média Tensão de fornecimento - Grupo A. Fonte: site AES ELETROPAULO, Maio de 2017

#02/2018 08


NOTÍCIAS

MERCATO CONFIRMA PRESENÇA NA FEIRA HOSPITALAR 2018

VISITE-NOS

NOVA POLÍTICA DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO PRIVILEGE

Estande 13-190 Pavilhão Facilities

A Mercato lançou em 2016 o Programa Privilege com os objetivos de recompensar e valorizar o relacionamento com seus integradores e parceiros e regulamentar a comercialização da sua linha de controladores programáveis CLIMATE PRO. O programa prevê quais as vantagens e benefícios ofertados pela Mercato aos participantes, assim como as obrigações e compromissos de ambas as partes. O Privilege é um programa restrito e cabe à Mercato identi car a necessidade de novos parceiros, conforme os indicadores de cada região do país.

A Mercato, em parceria com a Vaisala, irá participar como expositor da Feira Hospitalar, do dia 22 a 25 de maio de 2018. O evento que acontecerá no Expo Center Norte, na cidade de São Paulo, recebe cerca de 90 mil visitantes pro ssionais e 1.200 marcas expositoras.

Os atuais credenciados Privilege receberam as novas políticas do programa, junto com seus certi cados válidos para o ano de 2018. Na nova versão deste documento houveram algumas novidades, com o objetivo de tornar o programa mais especí co e transparente.

A Feira Hospitalar é reconhecida há 25 anos como o principal evento do setor em todas as Américas. O ambiente aproxima compradores e fornecedores do setor, promovendo networking e possíveis parcerias entre pro ssionais e tomadores de decisão dos principais hospitais e clínicas de 70 países.

As mudanças foram as novas pontuações para compra de produtos e serviços de calibração, novo contato para consulta da pontuação atual, nova etapa de credenciamento de novas empresas, necessidade de um responsável interno da empresa participante e envio da pontuação total faltando 3 meses para o nal de 2018. A equipe da Mercato ca a disposição para possíveis dúvidas e questionamentos sobre o Programa Privilege de Relacionamento.

O evento também é reconhecido como uma vitrine para o lançamento de produtos e soluções inovadoras do setor, mais de 40 eventos simultâneos como congressos, jornais e reuniões setoriais. Entre estas realizações, destacam-se o HIMSS@Hospitalar - International Digital Healthcare Fórum e o CISS - Congresso Internacional de Serviços de Saúde Os estandes estarão distribuídos em espaços distintos conforme segmento e atuação. A Mercato cará localizada no estande 13-190 na área de Facilities (verde), próximo ao pavilhão internacional. Visite o estande da Mercato e conheça as soluções de alta qualidade e con abilidade da Vaisala para o mercado hospitalar. #02/2018 09


NOTÍCIAS

CONSULTOR DE NEGÓCIOS PARA SEGMENTOS INDUSTRIAIS

A Mercato conta, desde o início de março, com os serviços de um consultor de negócios com grande experiência no atendimento a clientes de indústrias nacionais e multinacionais. Trata-se do Sr. Horácio Hartman Júnior, que tem como um dos principais desa os a identi cação de oportunidades de novos negócios para a Mercato em segmentos tais como farmacêuticos, hospitalar, alimentícios, entre outros. O Sr. Horácio tem atuação nacional, com base no estado de São Paulo. A contratação de um consultor de negócios é uma das ações estratégicas da Mercato para fortalecer e ampliar nossa participação em importantes segmentos da economia brasileira.

NOVO CANAL PARA ATENDIMENTO AO CLIENTE MERCATO

A Mercato lida com seus clientes de forma transparente, com ética e respeito. Nosso objetivo é ter a máxima de excelência na qualidade do atendimento. Pensando nisso, criamos um canal exclusivo de atendimento ao cliente, o MOL ,(MERCATO ON LINE), que possibilita que nossos clientes mantenham um diálogo constante com a empresa, expondo suas dúvidas, elogios, críticas e sugestões de uma forma mais simples. Melhorando portanto o atendimento e estreitando nosso relacionamento.

MANUAL DE CONDUTA E TERMO DE CONFIDENCIALIDADE

Está em processo de nalização o Manual de Conduta da Mercato . O manual descreve os princípios éticos e comportamentais, valores, normas e procedimentos aos quais devem se basear todas as atividades na Mercato e esperase, com sua aplicação, guiar a conduta e postura pessoal e pro ssional de todos os colaboradores, rmando, com ainda mais clareza, nossa cultura Organizacional. Dentre vários itens importantes, o Manual de Conduta abordará por exemplo, o uso do WhatsApp corporativo, que deve ser utilizado exclusivamente para questões relativas ao nosso negócio e, nesta direção, não deve ser veiculado qualquer outro conteúdo inapropriado no mesmo. A Mercato também está atenta na preservação e na con dencialidade de seu Know-How e de suas informações. Neste sentido também está em fase nal de elaboração um 'Termo de Compromisso, Sigilo e Con dencialidade' que deverá ser assinado e aplicado por todos os colaboradores da empresa. O termo tem como objetivo evitar qualquer tipo de divulgação, bem como utilização particular não autorizada das informações internas e con denciais compartilhadas e utilizadas na empresa. O Manual de Conduta da Mercato bem como o Termo de Compromisso, Sigilo e Con dencialidade serão apresentados para toda a empresa no nal do mês de março.

Este novo canal está disponível através do site www.mercatoautomacao.com.br/atendimento.aspx,

atráves do telefone (51) 3115-9850 e do e-mail atendimento@mercatoautomacao.com.br Aguardamos o seu contato! #02/2018 10


NOTÍCIAS

Mercato Marca presença na Feira Light + Building 2018 A Mercato esteve presente pela segunda vez na principal feira mundial de iluminação e tecnologia de serviços prediais a Light + Building, em Frankfurt, Alemanha. A feira foi uma grande oportunidade para conhecer as últimas inovações nos setores de construção civil, automação e iluminação. Com mais de 2.700 expositores a feira aconteceu no Centro de Exposições de Frankfurt (Messe Frankfurt). Dos mais de 210.000 visitantes, quase a metade vem de fora da Alemanha. Entre os principais grupos de visitantes estão arquitetos, designers de interiores, projetistas, engenheiros, bem como homems e mulheres de negócios.

Aplicação), Camila Larrossa (Comercial) e Guilherme Borges (Marketing). Além de novas perspectivas em relação às inovações para o mercado de automação predial e HVAC, a equipe da Mercato trouxe na sua bagagem ótimas recordações da viagem e da experiência de conhecer outras culturas e cidades históricas europeias. Aufwidersehen! (até breve)

O foco da Light + Building é apresentar soluções para reduzir o consumo de energia dos edifícios, ao mesmo tempo que aumenta os níveis de conforto. O evento abrangeu desde tecnologia LED e fotovoltaica até veículos elétricos, formas inteligentes de usar eletricidade com medidores e redes inteligentes, contribuindo assim com soluções para a exploração ampla do potencial de economia de energia em edifícios inteligentes. Estar presente neste evento é um dos muitos esforços que a Mercato realiza diariamente para inovar nos seus produtos e no seu modelo de negócios. Além disso, estar conectado com as tendências tecnológicas e de mercado nos ajudam a atender e entender cada vez melhor nossos clientes, fornecedores, parceiros e colaboradores. Uma equipe multifuncional da Mercato esteve presente nesta edição da feira. A equipe foi composta por: Michel Albiero (Área Técnica e #02/2018 11


Ampla gama de soluções técnicas adequadas para prédios inteligentes. Válvulas, Atuadores e Sensores Software Supervisório

Sensores e Periféricos Controladores Programáveis

Válvulas, Atuadores e Inversores Controladores Dedicados Sensores de Alta Precisão

Medição e Rateio de Insumos

Cabeamento de alta performance

Controle de Acesso Laboratório de Metrologia Mercato Detecção e Alarme de Incêndio

Conecta

(51) 3115.9850

Conecta Mercato 02 - 2018  

Está no ar a 2ª edição do Conecta destinada exclusivamente aos nossos clientes e parceiros. Nosso objetivo é trazer conteúdos relevantes sob...

Conecta Mercato 02 - 2018  

Está no ar a 2ª edição do Conecta destinada exclusivamente aos nossos clientes e parceiros. Nosso objetivo é trazer conteúdos relevantes sob...

Advertisement