Issuu on Google+


UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA PRÓ – REITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE DESIGN DE MODA DAIANE TAVARES GREYCE NATIELLE GRAZIELLE DOS SANTOS POLIANA OLIVEIRA

GOIÂNIA 2010 SÉCULO XX


O início do século XX, foi marcado pela Belle Époque, que simbolizava luxo e status social. Já no início da década de 10, acontecera à primeira Guerra Mundial, onde o conflito marcou todo o mundo. A troca de papeis do homem e da mulher com a emancipação da feminina durante a Guerra e pós Guerra, não parando por de se expandir. Na moda Paul Poiret (1879 – 1944) gerou a “abolição” dos espartilhos. Trouxe grande mudança na moda, pois revolucionou – a. Outra mudança foi a subida da bainha das saias e vestidos que iam até à altura das canelas. Nas cores, houveram certas mudanças, predominaram tons mais escuros, como principal o preto. No finalzinho da década surge a saia tubular, característica marcante dos anos 20. Já nos anos 20 ou loucos anos, a emancipação da mulher foi crescente dando a ela ousadia e vontade de viver. Nessa época a mulher passou a ser vista como “pessoa”, pois começa a libertar-se para viver. Ela sai para as nigth, clubs, caborés, cassinos, dançam até altas horas, bebem e até começam a experimentar. O estilo de moda aponta para roupas flexíveis e simples, decotes longos e saias do comprimento do joelho. Até a maquiagem ganha força. As mulheres mudam o corte de cabelo e também acrescentam o chapéu ao seu vestuário. Na década de 30 as mudanças na moda e no mundo são inerentes, tanto o nível sócio econômico quanto político. Evasou-se uma crise financeiro mundial marcada com a queda da bolsa de nova york em 1929. A moda nesse período passa por várias mudanças e grandes nomes e criações. A feminilidade não deixou de ser evidenciada, a sofisticação marcada pelos longos à noite, e o decote nas costas também mais explorados em festas do tipo elegante. O tecido mais usado foi o cetim e também sedas luminosas que mostrassem o brilho. Grandes nomes como Coco Chanel e suas criações como a calça pantalona, que era vestuário usual em praias e clubes, à que a mulher voltava – se para a beleza e o bronzeado também evidenciou nesta época.


Outros trajes desportivos como calções mais curtos, surgem com ligações á pratica de esportes como tênis, a patinagem, a ciclismo e outros. No final da década de 30 e inicio da década de 40 outro quando conflito mundial que abalou sistematicamente todo o mundo, a segunda guerra mundial. Esse período e marcado pela recessão em termos políticos, econômicos e sociais já por fim uma masculinizarão das roupas a saias ficam cada vez mais fustas, a toalete usado era basicamente duas peças, tanto para noite quanto para o dia. Usava-se o casaco simples de tecido, pois havia uma recessão em matéria-prima Começa a fazer mais parte vestiário feminino , os chapéus, Turbantes, Rendas e lenços como facilitadores da hiquena, piateçao e segurança, pois as mulheres também trabalhão nas industrias.O sapato cada vez mais pesados e com aparência masculina, com a evidencia dos saltos de cunha e salto auto. Coisas dessa épocas são tão mais uniformizados, em principal na que diz respeito o vestimenta dos soldados e uniformes da industria. Nos anos 50, ou anos dourados foi marcado pelo luxo, a sofisticação e a glamour que foi considerados, o clímax da alta costura, a moda no seu esplendor O estilo Tiul Dask de Dior é o que rege a moda dos anos 50 , baseado em elementos como a cintura marcada, saias rodadas, sapatos alto e bico fino, chapéus com abas aumentadas, luvas como parte indispensável do toalete feminino, completando ainda com bijuterias imitando as pias cidadisas. No que toda a moda masculina as únicas inovações que verificaram foram o uso freqüente de fato e a gravata, calça mais justa e por vez chapéu de coco. Neste período e indispensável referir a crescente influencia americano, pois a estilo das mulheres americanas era marcada pelo requinte, enquanto a fivenil era constituído por calças compridas, justas, pelas alturas das canelas, usando com sapatilhas. Os anos 60 seguindo a linha de evolução criandogica da moda e marcado visivelmente por mel danças. Os estilos jovens franceses e os estilos jovens noite-americana diferenciam-se pelos traços sofisticados muito próprios e outro com inovação também


muito rebelde. E uma fase marcada pela evolução espacial (1º Homem a pisar na lua) Outra influencia era a do baby-boom que ditava um estilo característico desta faesia etária.Os jovens não pude parte no toalete da maioria dos jovens porem com mais sofisticação. E daí surgem as mini-sais e os mini-vestidos, criação de André Cocreges, um grande estilista da época A produção em maior quantidade, mas butiques o famoso pronto-a-vestir, substitui as roupas feitas a mão.Não se pode deixar de citar Pierre Cardini, com um estilo espirado nos elementos da futuro e do espaço,Poço Robenne, a por blocos de metal, arones e aluates com criações que apresenta com um Locke futurista. Os Beatles influencia a típico cabelo tequila e um vestiário colorido e fuvenil que repercutiram em todo o mundo. Acontece também o surgimento do hippes que contestavam a diversão de classes, apresentada por pobreza extrema, como peças artesanais bijuteria feita por eles propícios, saias longas ou calças boca-desino e um belo longo despenteando. Os anos 70 iniciaram-se a moda hippe ou seja as calças a boca-de-sino, espantados, batas indianas, cabelos bastante compridos. Iniciou-se a luta pelo racismo pois os negros usaram um penteado exuberante que ainda hoje é bastante conhecido por “black-Pouler”. Um estilo marcante na década, foi o New romântico ou seja tinha como atração um novo romantismo que trazia os estampados florais e todo gênero de acessórios. Devido a crise do petróleo cria-se uma preocupação, pois passam a ser um sintéticos e a matéria prima, o petróleo.Surgindo assim uma das mais importantes movimentos punks onde o preto, era soberano em todas as peças de roupas e acessórios. Já nos anos 80 o verdadeiro destaque estava nos contrastes, cria-se uma multiplicidade, tão grande que a moda deixou a ter único vertente passando a ter várias ou seja um grande leque de possibilidades no vestuário Nesta década os punks continuaram, mas surgiram outros estilos como os ópticos ou darks no Brasil que deram a reliquosidade.


Com a entrada da mulher no mercado de trabalho foi adotadas algumas mudanças no vestuário feminino com certa masculinidade usando ombreiras e tailleur. Jean-Paul Gauttier, opôs-se a moda minimalista dos japoneses, em Paris os franceses adotavam-na. Na pret-a-pater com suas inusitadas criações evidenciando o androgênios os aspectos étnicos e sempre legando a moda ao comportamente do jovem. Deu-se também um grande avanço da área têxtil e criou-se a microfibra tornando as roupas mais leves, flexíveis e bastantes resistentes e características amarrotarem a sua secagem rápida. Essas técnicas prolongou-se até os anos 90.

Década de 90 A década de 90 começou com um colapso da união soviética, fim da guerra fria e o moro de Berlin. Fatos marcantes foram a guerra do golfo e a da popularização da computador pessoal e a internet. A adoração geral do computador pessoal e da internet aumentou a produtividade econômica e melhorando as condições de vida para as classes altas. Apesar da propriedade e democracia houve um lado negro significativo , na África o aumento nos casos de lids e numeras guerras , levaram a diminuição da espectativa de vida e nada de crescimento econômico. Crises financeiras nos países em desenvolvimento foram comum depois de 1994 , apoiados pela globalização , devido a , eventos trágicos como as guerras nos Bálcãs genocídio de Ruanda , a batalha de Mogadescio e a primeira guerra do golfa. Aumentando assim a o terrorismo. A cultura porem foi muito diversificada de vida as tribos , se expressando através das roupas.Tatuagens , e piercing , aumentando o consumo de drogas com o surgimento do ectasy ligado a cultura da música eletrônica. O aumento do envolvimento


dos jovens , com o sexo em idade precoce e o aumento da violência. Os anos 90 caracteriza-se com instabilidade confisco de roupas do presidente Fernando Collor , porém experimentou estabilidade econômica e crescimento com o plano real no governo de Itamar Franco. O desenvolvimento tecnológico cresceu rapidamente tornando popular e aperfeiçoamento de tecnologias inventadas na década de 80 como: processador.Pentium da Intel , Microsoft Windows 95 , internet , modems , telefones celular cd , DVD (aperfeiçoando) clonagem da ovelha Dolley começa do ´projeto genoma humano.E a confirmação da existência do buraco negro. Já no exterior caracterizou-se pelo fim da Apartheid na Africa do sul , a bomba no celoid Frank Center em 11 de setembro. Tratado de paz entre Israel e Jordônia crises financeiras na Asica e o impacto do ser humano no meio ambiente se torna mais reconhecido. Nos anos 90 caracterizou-se pela liberdade e no exagero. Por exemplo os Jeons coloridos , as blusas seguida pele que colocaram a lingerie em e vidência cabelos soltos e corte medico sobrancelhas mais aparadas e caos descritas como o branco , preto e o azul. Nessa década começou um processo de valismo , de nostalgia da moda. Em vez de mais , menos as saias cobrem os joelhos e as calças tornam-se a busca objeto de desejo , surgindo as indústrias das mas de silicone. Os anos 90 pareciam fragmentados e com múltiplas idéias de moda pulverizadas. Os modismos obedeciam a um intervalo menor de tempo.Eles chegavam , estouravam e logo eram substituídos. Podemos dizer que existiam ondas e não tendências . A novidades parecia ser a lei nos anos 90 , de mostrando que cultura do consumo entrou em cena com força total. Nos anos 90 , o confronto entre os secos diminui e o homem começou o permitir ser vaidoso , como a mulher,Na sua intimidade admitiu ter mais sentimentos dentro de si , assim como mais cremes em seus bombeiros. As calças eram pontalonas , usasse também estampas de animais , como zebra oncinha , entre outros.Os vestidos curtos também não eram dispensados.Já os homens , usavam muitas


calças jeans claras , também dc cós alto.As cores que estavam na moda na década de 90 eram cores mais discreta: Branco ,preto , azul. A moda grunge marcou o modo de vestir dos jovens que aderiram ao estilo descontraído das peças , sobrepostas , o xadrez , fazendo que chamamos de “sujinho”.Evoluindo nessa tendência também ganham força nos anos 90 e estretular e o sportulear .clulbers drag gueens cubrers , rovers , surgem diversas tribos que influenciam criando um “super mercado de estilos.


BIBLIOGRAFIA LAVER, James. A roupa e a moda – uma história concisa. São Paulo cia das letras, 1990 MIDIA ELETRÔNICA Benaim, Laurence. O que é alta costura? www.modabrasil.com.br Evolução da moda www.evoluçãodamoda.com.br


DÉCADA DE 90