Page 1

Singulare por: Melissa Cordeiro ORIENTADO POR : ADO CLECIUS


DNA DE MARCA Filosofia princípios sustentáveis hand made Conforto

Materias Pintura manual Remodelagem Recortes

Slow social

Tecidos Cambraia (Mescla) Prada (Mescla) Algodão Sarja

Comunicação Unica Criativa Consciente Confortável


Tipo de fabrica ao ç ~

A minha fabricação é feita em media escala, afinal um dos conceitos de filosofia da marca é o slow.

Segmento A linha de seguimento é o casualwear, onde temos peças confortáveis e feitas para serem usadas no dia a dia. ^

Genero Feminino.

Canais de distribui ao ç ~

A minha marca atende de forma multicanal. Serão inicialmente, vendas no e commerce e em feiras que tenham temas voltados para os ideais da marca. Ate estabelecermos um certo publico para que eu consiga abrir uma loja física.


Diferenciais da marca e do produto A marca tem como grande diferencial as estampas autorais, manuais e feitas de formas alternativas, as tornando únicas. Modelagens simples que deixam o corpo feminino respirar, dando conforto e praticidade para a vida da cliente. Outro diferencial da marca é o modo de produção slow, por ser uma marca com princípios sustentáveis e a forma como trata os seus resíduos é diferente, a marca tem uma produção em menor escala de bolsas e eco-bags feitas com os retalhos das coleções. Sendo assim mais acessíveis para qualquer pessoa que queira um artigo da marca.


Margem de preços

Roupas Macacão - R$300,00 a  R$600,00  Calça - R$100,00  a  R$350,00  Camisa social – R$100,00  a  R$350,00  Vestido – R$250,00  a  R$600,00  Jaqueta– R$150,00  a  R$350,00 Colete– R$150,00  a  R$350,00 Blusa – R$50,00  a  R$150,00

Acessórios Mochilas - R$100,00 a R$150,00 Necessaire - R$20,000 a R$30,00 Bolsinha - R$5,00 a R$10,00 Eco-bags - R$10,00 a R$30,00


Peรงas chave


Concorrentes

Como concorrente regional podemos apontar a marca mineira Madara, que se assemelha no fator handmade, onde trabalham com pinturas manuais e bordados. Porem o meu diferencial é que as nossas roupas são em segmentos diferentes, a minha marca tem roupas mais casuais e confortáveis. e não trabalho somente com pinturas manuais, exploro várias formas de estamparia alternativa. 

Maker and Mineral Madara

Como concorrente nacional, temos a Flavia aranha, que se assemelha muito pela estética das peças, casuais, confortáveis, que valorizam a liberdade da mulher. Mas o nosso diferencial é a pintura manual e as estamparias alternativas, pois a Flavia aranha tem o seguimento de voltado para o tingimento natural e estampas feitas com flores. Como concorrente internacional temos a Maker and Mineral. Uma maca australiana que tem modelagens bem livres e que confortáveis. suas estamparia é a mesma que a minha marca, manual e com carimbos. é a marca que mais se aproxima do nosso conceito de estilo e diferenciais. a Maker também é uma marca com princípios sustentais e reutiliza os seus retalho.

Flavia Aranha


Publico alvo O publico da minha marca é uma mulher, jovem, de 20 a 30 anos, independentes e que sabem se posicionar, sabe a força que tem como mulher. Gosta de conceitos artísticos únicos, minimalistas, gosta da arte abstrata e quer levar estas artes com sigo a onde for, seja por uma peça de roupa estampada com um tema de seu interesse ou por um acessório, bolsa ou bijuteria.  É uma mulher que tem um dia a dia corrido, e por isso precisa de peças confortáveis e versáteis. É guiada por sua liberdade e pelo seu amor as coisas pequenas e escreve sua vida de modo autônomo.   Tem um estilo muito único e característico, onde todo lugar em que ela vai ela chama a atenção, seja por suas roupas simples, mas cheias de carga semântica ou pela sua personalidade alegre e simpatia, esta aberta a conhecer novas culturas, novas perspetivas de vida e de arte.   É uma mulher feminista, engajada com causas sociais e políticas, preocupada com o meio ambiente e causas ecológicas, carrega sempre uma eco-bag e um copo, para diminuir sem impacto no meio ambiente. Portanto sempre tem sempre esta necessidade de se expressar, principalmente através de suas roupas, afinal acredita que se amar e se vestir é um ato politico. Não se prende a rótulos de vestimentas, e sim ao que lhe representa.  Aprecia momentos singelos da vida, uma boa conversa, um papo mais descontraído e viajado do mundo conturbado em que vivemos. Ama manifestações de artes, sejam elas de qualquer forma e em qualquer ambiente. Valoriza principalmente artes manuais e toda carga de vida que vem com ela. Tem uma ligação com a natureza, mesmo que seja um cactos e uma suculenta no meio do apartamento, ela sente esta necessidade de ver ao menos um pouco de verde no dia a dia. Ama animais, principalmente os gatos, que são animais independentes e verdadeiros como ela mesma.  Gosta de sempre estar perto de amigos e pessoas que a fazem ver o lado singular das coisas. Procura sempre estar com o estoque de incenso atualizado, um cristal para purificação e vela para perfumar tardes de conversas aconchegantes. Gosta de escutar músicas que valorizam a regionalidade, como  Duda  Beat, MC  Tha, Rosa  Neon, Gloria  Groover, cantores que trazem sentimento na musica como Anavitoria, Thiago iorc, Rubel, Iza, Baco exu do blues e muito mais.


Publico Alvo


Publico Alvo


Macro tendencia ^

A macrotendência que iremos seguir nesta coleção se liga diretamente com a identidade da marca, a preocupação com as causas sustentáveis e as preocupações climáticas atuais. A pessoas estão pensando mais sobre seus hábitos de consumo de todo tipo de produto. De acordo com o caderno de tendências do  sebrae, hoje 29% dos brasileiros preferem comprar de marcas que tem princípios sustentáveis.  Com este comportamento vemos a valorização do  hand  made  por saber que estar comprando um produto que vem de uma escala menor de produção, logo, é mais sustentável. A preferência por tecidos naturais também é um grande ponto nesta tendência. Afinal os tecidos sintéticos são feitos de derivados do plástico e são muito agressivos para a natureza.


Tendências da etação

ESTAMPAS DE PINTIRA MANUAL -Each x Other - Moschino -Miu Miu

CINTURA ALTA -kwaidanEditions -Louis Vuitton -fendi

MACAÇÃO

CAMISARIA

-alberta ferretti -Christian Dior -Sacai

-Christian Dior -Burberry -Lacoste


Tendências da etação


A coleção de estreia da marca singulare será sobre o assunto mãe da marca, a arte. Em vista disso, me recordei do meu primeiro contato com uma obra de arte, ao olhar para aquele bloco enorme de azulejos brancos em meio a uma paisagem completamente arborizada senti um calafrio, que logo percebi que era a arte me inundando. Esta coleção será construída em torno dos azulejos, esculturas, pinturas e claro, sensações provocadas pela instalação da artista plástica contemporânea Adriana Varejão que se encontra no instituto Inhotim em Brumadinho.   

Adriana Varejão é carioca, mas bebe de muitas culturas e diversas fontes, principalmente na hora de criar, ela alega que não senta para pesquisar um tema de uma obra. Mas quando um assunto a intriga tanto ao ponto de virar uma obsessão ela a transforma em arte. A artista também diz que sua arte é feita para uma “liberdade de construção de uma identidade”. Fato este muito ligado a personalidade do público da marca, pessoas livres que prezam pela liberdade de expressão e que observam cada detalhe a sua volta, identificando suas singularidades.   

As obras que compõem o pavilhão são repletas de subsignificados  que nem se tentarmos poderemos catalogá-los. Como a própria artista gosta de enfatizar, suas obras são feitas de fragmentos de histórias vividas pela mesma, de

Tema

livros, visitas, banhos, pensamentos. E a partir do momento que elas saem dela e são interpretadas por nós, elas são montadas de acordo com nossas próprias histórias dando um novo significado a cada olhar.  

Nesta coleção iremos observar uma mistura das 6 obras que compõem a instalação, todas com suas peculiaridades, mas todas com o mesmo propósito de nos fazer pensar e de causar levar uma crítica para confundir nossos sentidos. Logo na entrada podemos observar a obra “panacea”,  uma ilha de contemplação com um pequeno bloco com diversos azulejos pintados com plantas alucinógenas de toda parte do mundo, esta obra nos faz pensar sobre os efeitos destas drogas e de como a arte acaba trazendo uma experiência  semelhante, nós fazendo portanto pensar sobre a proibição das mesmas e por ai vai até onde sua história lhe conta.


Ao entrar nos deparamos com duas obras que mexem muito com nossos sentidos e percepções. A primeira é a “linda do rosário”, um fragmento de muro de azulejos brancos recheado com pedaços de carne humana com aspecto muito vivo e brilhante. Uma inspiração inegável desta obra é a tragédia que aconteceu no rio de janeiro no ano de 2002, onde um casal de amantes foi morto esmagado por uma parede de azulejos em um hotel de mesmo nome da obra. Entretanto como já dito anteriormente cada obra tem  multisignificados. A outra obra em no primeiro piso é uma parte da obra “Colecionador” onde Adriana estuda diversos tons de azul afim  de criar profundidade e um jogo de luz e movimentos criando a imagem de uma sauna profunda e confortável.

No caminho para o segundo piso, quase imperceptível temos a obra “Carnívoras” em que observamos outra característica marcante da artista, o craquelado  no azulejo. Nesta obra a artista nos mostra diversas espécies de plantas carnívoras pintadas com tinta a óleo vermelha, simulando sengue.  ao subir a rampa que dá acesso ao segundo andar do pavilhão chegamos ao coração do mesmo. Com a obra, “celacanto  provoca maremoto” que irá trazer um mix de sensações em nossa mente. A artista nos traz referencias do porcelanato português, que é por muitos considerado um artigo “perfeito”, e adiciona rachaduras profundas no mesmo, além de os bagunçando, e, portanto, criando um enorme caos na imagem

Tema

montada que estes murais geralmente trazem, e dando uma sensação de total quebra de expectativa. A obra nos faz refletir sobre diversas coisas, mas a principal é a colonização portuguesa  e de como ela é vista com bons olhos, mas na realidade ela foi uma grande ruptura de cultura e de vida dos nativos.

E por fim a última obra chega a ser parte sensorial, no terraço da instalação podemos observar um enorme banco em formato de u, bem parecido com a primeira obra, mas neste temos pássaros desenhados nos azulejos, com uma preciosidade de detalhes incontáveis. A obra de completa pelos sons naturais do parque, ao subir ao encontro da obra já começamos a ouvir os pássaros cantando, criando então esta dualidade dos pássaros aprisionados para os livres.

Criando assim esta experiência de imersão na arte, cultura brasileira e principalmente de questionamentos, a artista mistura formas orgânicas com formas concretas para causar estas dualidades de pensamentos e sensações. Oque iremos repetir nesta coleção que a seguir.


Painel de inspiração


Publico alvo da coleção


Pintura manual

Mapa de coleção


LINHO MISTO MARROM

TRICOLINE VERDE MILITAR

70% linho 30% poliéster 

100 % Algodão

TRICOLINE AZUL ÍNDIGO

TRICOLINE AZUL CELESTE

TRICOLINE VERMELHO

100 % Algodão

97 % Algodão 3% elastano

100 % Algodão

SARJA CINZA

PRADA BRANCA

BRIM BRANCO

100% linho

50% algodão e 50% poliéster

100 % Algodão

LINHO BRANCO

Cartela de tecidos

100% linho


Remodelagem REMODELAGEM DE QUADRADOS

RECORTES

REMODELAGEM DE ESCAMAS

Cartela de matérias

Beneficiamento DEGRADE

TINGIMENTO

PINTURA COM TINGIENTO A FRIO

Superfície

PINTURA MANUAL

MAQUINETADO

BORDADODE LINHA

BORDDO COM PINTURA

APLICAÇÃO DE CORDAS


Cartela de Aviamentos

ZIPER INVISÍVEL

BOTÕES ARTESANAIS

CORDAS DE ALGODÃO CRU

BROCHE ARTESANAL

ZIPER DESTACAVEL

BOTÕES PEROLADOS

VIÉS 100% Algodão


Cartema de cores

Dominantes ZULU

MARIN

11-0601 TCX

19-4048 TCX

Complementares QUERIBIM

CIDRA

SANGUÍNEO

14-4320 TCX

18-6330 TCX

18-1654 TCX

Tonalizantes NOAR

BRITA

CRU

MADEIRITE

CARMESIM

RÉGIA

19-3911 TCX

18-0510 TCX

11-0615 TCX

18-0930 TCX

18-1651 TCX

17-0215 TCX

VELVET

POCÃ

19-1559 TCX

15-1151 TCX


PavilhĂŁo


Panacea


Linda do rosario


O colecionador


Maremoto


passarinhos


PavilhĂŁo (Infantil)


Panacea


Linda do rosario


O colecionador


Maremoto


Passarinhos


Look confeccionado


Obrigada !

Profile for Melissa Cordeiro

Coleção marca Singulare  

Esta é a primeira coleção da marca singulare. Tendo como inspiração as obras de Inhotin da artista plastica Adriana varejão

Coleção marca Singulare  

Esta é a primeira coleção da marca singulare. Tendo como inspiração as obras de Inhotin da artista plastica Adriana varejão

Advertisement