Issuu on Google+

ANTE - PROJETO HABITAÇÃO SOCIAL VERTICAL


HABITAÇÃO SOCIAL VERTICAL

Lista de Atividades

O terreno

Ambiente 1 Assistir Tv

Ambiente 3 Cozinhar

Conversar

Alimentar-se

Receber visitas

Lavar louças

A partir das condicionantes estudadas, da avaliação de pós ocupação, das análises de inserção urbana e densidade, o projeto já começa com as perspectivas de trazer aos moradores uma melhor qualidade de vida. Isto através de qualidade espacial interna e externa aos apartamentos e edificações, flexibilidade de usos e de ambientes. Além de ambientes externos para todas as idades e que também sirvam ao bairro onde está inserido. Ÿ Playground e pista de caminhada sustentáveis: pneus reutilizados e

Sentar

fragmentos de pneus reciclados.

Lavar roupa

Ÿ Reaproveitamento de água de chuva para irrigação, descargas e limpezas

Passar roupa Ambiente 2 Deitar Descansar Através do estudo do terreno, observou-se que o desnível de uma ponta a outra é de dois metros. Uma pouca declividade que para uma área de 4929m², é quase imperceptível aos olhos.

Limpar Ambiente 4 Tomar banho

em geral. Ÿ Placa solar para aquecimento de água para banho, minimizando o consumo

energético. Ÿ Brises de proteção solar, definidos a partir do estudo solar das fachadas. Ÿ

Esguinchos d`água em dois pontos do projeto, criando microclimas concentrados em locais cujo seu uso está tanto na barreira visual provocada quanto em sua refrescância, tão relevantes perto de uma academia ao ar livre.

Ÿ

Academia ao ar livre

Ambiente 5 Conviver

Ÿ

Área de lazer

Ÿ

Playground

Exercitar-se

Ÿ

Circulação externa aos 126 apartamentos através de escadas e elevadores

Ÿ

Estacionamento no nível do térreo, para redução do custo da obra, e conseqüente incentivo a outros meios de transporte, como bicicletas e ônibus. Vale ressaltar que a área é bem servida de transporte público.

Ÿ

Terraço lúdico : uso dos terraços para hortas, placas solares, área de contemplação, estar e lazer, com espelho d’água e pomar aromático.

Ÿ

Uso das reentrâncias entre os blocos para criação de nichos, conferindo uma maior variedade de ambientes nos espaços negativos gerados.

Ÿ

Delimitação do terreno por uma baixa cerca viva que percorre-o, sugerindo as entradas principais, não bloqueando a vista do interior para o exterior e vice versa.

Dormir Lavar as mãos Descansar Necessidades fisiológicas Trabalhar

O entorno Esta região do bairro Presidente Roosevelt possui muitas casas térreas, algumas com dois andares (sobrados) e poucos edifícios de apartamentos. Dentre estes temos próximo a área escolhida, um que se encontra da parte leste do terreno de 10 pavimentos e outros dois, a poucos metros de distância de 3 a 4 pavimentos. Através de fotos panorâmicas representase o entorno da área.

Estudar Ler

Contemplar Meditar

face nordeste

face noroeste

Como análise de insolação e ventilação, nota-se que a fachada oeste é a mais critica para o clima predominante para Uberlândia. Por isso, brises foram criados de acordo com a inclinação da incidência solar na fachada. Já na fachada nordeste, donde provém os ventos predominantes, não há a interferência de brises para a ventilação, e o sol é bem recebido nesta fachada durante o período da manhã.

face sudoeste

face leste

Mapa de Ocupação do solo

Mapa de uso do solo

Por este mapa de ocupação do solo é possível perceber o construído sobre o não construído, e observa-se a quantidade de terrenos e lotes vazios, sem construção. e este foi um dos motivos a se ter escolhido o bairro como área de estudo, pesquisa e investigação. Uma região com ótima infraestrutura urbana, bem servida de uso como analisaremos no mapa ao lado, e com potencialidade de receber habitações sociais. Através deste mapa de uso do solo, observa-se o entorno imediato a área escolhida. Próximo à praça da Igreja São Judas (o eixo central desta região em que se ramificam cinco importantes avenidas) há uma maior concentração de comércios variados que se estendem ao longo destas vias principais. Há também igrejas de diferentes religiões, e escolas para crianças de diferentes idades. Só neste perímetro demarcado pelo mapa temos as seguintes escolas: Escola Estadual Guiomar de Freitas Costa, Escola Estadual Sete de Setembro, Escola Municipal Padre Mário Forestan, Escola Municipal Maria Leonora, EMEI - Escola Municipal de Educação Básica. Tem-se supermercados, mercados, mini-mercados, padarias, entre outros. Já relacionado a saúde, tem-se no sentido norte do mapa, o UAI Roosevelt (Unidade de Atendimento Integrado), além de laboratório e ambulatório.

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Referência para o terraço lúdico: o Parque temporário «Labirinto do tempo» em Santiago.

Ateliê de Projeto Integrado V Habitação Social Vertical

Alunas: Evelyn Penna Melina Nunes Perspectiva geral da volumetria do projeto Habitação Social Vertical Professores: Rita Saramago Sandro Canavezzi Simone Villa


Vista circulação horizontal do segundo andar

Perspectiva Norte geral da volumetria do projeto Habitação Social Vertical

Perspectiva Sul geral da volumetria do projeto Habitação Social Vertical

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Perspectiva do playground

Ateliê de Projeto Integrado V Habitação Social Vertical

Alunas: Evelyn Penna Melina Nunes Vista academia ao ar livre Professores: Rita Saramago Sandro Canavezzi Simone Villa


TIPOLOGIA 1

TIPOLOGIA 2

TIPOLOGIA 3

DORMIR, ESTUDAR E TRABALHAR, EM UM SÓ LUGAR. COLCHÕES EMPILHADOS FORMANDO SOFÁ E MULTIPLAS CAMAS.

MESA DA COZINHA QUE JUNTA A MESA ESCAMOTIÁVEL, QUE FICA LOGO ABAIXO DA C A M A , TA M B É M ESCAMOTIÁVEL. SITUAÇÕES DE VISITA E TRABALHO.

ÁRMARIO DIVIDINDO AMBIENTES. DORMIR, TRABALHAR E ESTUDAR EM UM SÓ AMBIENTE. CAMA E MESA ESCAMOTIÁVEL. MESA DA COZINHA QUE SE ELEVA SOBRE O BALCÃO, EM QUE SE COMPORTA COMO UMA BARREIRA VISUAL À QUEM CHEGA AO APARTAMENTO.

Cozinhar Assistir Tv Alimentar-se Conversar Receber visitas

Ambiente 1

Lavar louças Ambiente 3 Lavar roupa

Sentar Passar roupa Limpar Deitar Tomar banho Descansar Lavar as mãos

Ambiente 4

Dormir Descansar OUTRA PROPOSTA DE LAYOUT, EM QUE O ÁRMARIO DIVIDE AMBIENTES.

Ambiente 2

Necessidades fisiológicas

Ateliê de Projeto Integrado V

Trabalhar

Conviver

Estudar

Exercitar-se

Habitação Social Vertical

Ambiente 5 Ler

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Contemplar Meditar

Alunas: Evelyn Penna Melina Nunes

Professores: Rita Saramago Sandro Canavezzi Simone Villa


PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

CONTEUDO

ESCALA: 1:1000 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


MONTANTE DUPLO

TIPOLOGIA 1 ESC. 1:50

TIPOLOGIA 2 ESC. 1:50

TIPOLOGIA 3 ESC. 1:50


3.0

ACESSO PEDESTRES

2.7

SALA MULTIUSO

BLOCO 2

2.5

PISTA CAMINHADA FEITA DE PNEUS RECICLADOS A

ACESSO PEDESTRES

BLOCO 1 SALA MULTIUSO

BLOCO 3 1.7

2.0

D C

1.0

B

ESC. 1:200 PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

1.0

CONTEUDO

ESCALA: 1:200 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


BLOCO 2

A

BLOCO 3 BLOCO 1

D C

B

PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

CONTEUDO

ESCALA: 1: 150 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


A

CAIXA D'AGUA 9600L

A

HORTA

D C

B PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

CONTEUDO

ESCALA: 1:200 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


BOILER 800L

CAIXA D'AGUA 9600L

A

PLACA SOLAR

BOILER 800L

HORTA

BOILER 800L

D C

B

PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

CONTEUDO

ESCALA: 1:200 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

CONTEUDO

ESCALA: 1:100 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

CONTEUDO

ESCALA: 1:100 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


C.I.

CORTE CD ESC: 1:100

PROFESSORES RITA SARAMAGO, SANDRO CANAVEZZI, SIMONE VILLA

ALUNAS

EVELYN PENNA MELINA NUNES

CONTEUDO

ESCALA: 1:100 DATA: 24/09/2013

FOLHA:


Ante-Projeto