Issuu on Google+


Expediente

Editorial

P Diretora Administrativa Renata Pfrimer Muller (84) 9648.3613 | 9417.8114 Projeto Gráfico e Diagramação Marcelo Lopes - (84) 9402.7042 Jornalista Responsável Déborah Fernandes - (84) 9943.9716 Diretora de Marketing Célia Araújo - (84) 4141.2326 Analista de Mídias Sociais Renato Araújo - (84) 9938.7119 Fotografias Canindé Soares - (84) 9994.2841 Iraktan Ramos - (84) 9854.5940 Impressão Unigráfica - www.unigraficanatal.com.br

arece que foi ontem que começamos a produzir a primeira revista Melhor de Natal, mas já são 8 edições e 4 anos de muito trabalho, para proporcionar o Melhor que Natal e esse estado maravilhoso tem para você! A Barra do Cunhaú e os encantos da Amazônia potiguar e da praia da restinga são os destaques desta edição. Mas como sempre trazemos as principais opções de hospedagem, restaurantes, passeios e muito mais. Agradeço a Deus, minha família, a equipe da redação e a todos os parceiros que fazem parte desta 8ª edição. E não esqueçam, aproveitem o Melhor de Natal! Aguardem 9ª Edição Especial Rumo à Copa .

Índice

Tiragem 20.000 exemplares Contato contato@melhordenatal.com.br www.melhordenatal.com.br - (84) 3208.4541 Os artigos assinados por nossos anunciantes não refletem, necessariamente, a opinião da diretoria ou do editor, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.

Capa: Barra de Cunhaú - Canguaretama/RN Foto: Iraktan Ramos

Informações......................2 Matéria da capa................4 Barra do Cunhaú............10 Natal...............................16 Mapa Natal.....................32 Mapa Litoral....................34

Gastronomia...................38 Beleza.............................48 Saúde..............................50 Educação........................54 Serviços..........................56 Pipa.................................62


INFORMAÇÕES · 2 Telefones úteis - Aeroporto Internacional ..................................................3087-1200 - Auxílio a lista..............................................................................102 - Caern (Água e Esgotos) ............................................08000 84 0195 - Central de Transplantes de Órgãos do RN ..................0800 281 8500 - Central do Cidadão p/ Turista (Praia Shopping)................3232-7234 - Código do Estado (DDD)............................................................... 84 - Código do País (DDI).....................................................................55 - Consulado dos Estados Unidos..................................(81) 3416-3050 - Consulado Honorário da Alemanha...................................3222-3595 - Consulado Honorário da Espanha..................................... 3219-0132 - Consulado Honorário da França........................................3217-4558 - Consulado Honorário da Itália..........................................3222-6674 - Consulado Honorário da Noruega..................................... 3211-6800 - Consulado Honorário de Portugal.....................................3215-0809 - Consulado Honorário do Chile........................................... 3211-4243 - Consulado H. do Reino dos Países Baixos (Holanda).........3219-0459 - COOPERTÁXI – Aeroporto Augusto Severo........................ 3643-1183 - Corpo de Bombeiros ...................................................................193 - Correios .................................................................... 0800 725 0100 - Cosern (Energia) ......................................................0800 701 0800 - Defesa Civil ............................................................ 199 / 3232-1762 - Delegacia da Mulher ....................................3232-2526 / 3232-2530 - Delegacia do Meio Ambiente ............................................3232-7402 - Delegacia do Turista (Praia Shopping)..............................3232-7404 - Denúncia Exploração Sexual Infanto-Juvenil ...............................100 - Detran - RN ................................................................ 0800 84 1514 - Disque-Denúncia - Polícia Civil ...................................0800 84 2999 - DRT - Delegacia Regional do Trabalho .............................3220-2000 - Drogaria Globo (24 horas)............................................... 3215-1658 - GOL Linhas Aéreas............................................................3087-1468 - Hospital Walfredo Gurgel.................................................3232-7500 - Polícia Civil ................................................................................197 - Polícia Federal ............................................................................194 - Policia Militar 24 Hs ...................................................................190

- Polícia Rodoviária Estadual ........................................................198 - Polícia Rodoviária Federal ...................................... 191 / 3203-1550 - Procon .....................................3232-6869 / 3232-9050 / 3232-6775 - Receita Federal .......................................3220-2241 / 0300 78 0300 - SAMU 24 Hs ................................................................................192 - SECTUR (Secretaria Municipal de Turismo – Natal)..........3232-9072 - SETUR (www.setur.rn.gov.br)............................................3232-2484 - SINE/RN - Banco de Empregos .................................. 0800 281 4646 - SOS Criança ................................................................0800 84 2020 - SOS Mulher ...................................................... 180 / 0800 281 2336 - STTU (Trânsito Local) ......................................................3232-9144 - TAM – Linhas Aéreas........................................................3087-1303 - TAP (a partir das 16h)..................................................... 4006-4545 - TRIP.................................................................................3087-1329 - WEBJET............................................................................3087-1333 - Tele Passagens .................................................................3205-2428 - Terminal Rodoviário .................................... 3232-7312 / 3316-4080 - Transportes Urbanos .................................................0800 281 4050 - Vigilância Sanitária - Covisa ......................................0800 281 4031

Informações gerais Estado: Rio Grande do Norte População: 3.121.451 habitantes (C.D. 2010 – IBGE) Gentílico: Potiguar ou Norte-riograndense Governadora: Rosalba Ciarlini Rosado Capital: Natal População: 785.722 habitantes (C.D. 2010 – IBGE) Data Fundação: 25 de Dezembro de 1599 Fundador: Capitão-Mor Manuel Mascarenhas Homem Gentílico: Natalense Prefeito: Carlos Eduardo Alves ( 2013 a 2016)


CAPA · BARRA DO CUNHAÚ · 5

Fotos: Paulo Francisco

Lazer e Preservação ecológica

I

magine um passeio de barco que te proporciona um cenário deslumbrante e a ligeira sensação de estar navegando pelo rio amazonas com toda aquela vegetação ao redor. Pensou? Mas você não imaginou que esse passeio pode ser feito aqui mesmo no Rio Grande do Norte, mais especificamente a 90 km da capital, na praia da Barra do Cunhaú.

O roteiro conhecido como “Amazônia Potiguar” realizado pela NaturezaTur é um passeio ecológico ideal para ir em família ou simplesmente para curtir momentos a dois. As águas claras do mar se encontram com o verde do rio com tal sintonia, que a calmaria deixa imperceptível o balanço do barco.


Fotos: Paulo Francisco

CAPA · BARRA DO CUNHAÚ · 6

C

om saída do deck NaturezaTur aos poucos a praia da barra vai se distanciando e ficando para trás. Logo nos vemos sobre águas escuras e rodeado pela restinga e os manguezais que desenham o roteiro que espera o turista. A semelhança com o cenário visto na região norte do país batizou o Rio Estrela de Amazônia Potiguar. Ao longo do percurso é possível ter uma aula de curiosidades e informações sobre a importância para o ecossistema local. Entre uma explicação e outra a animação poderá ficar por conta de trios sanfoneiros animando os grupos de 60 a 100 passageiros, que são servidos das melhores iguarias da cozinha regional, e que ao mesmo tempo desfrutam de um cenário ímpar. Um dos momentos mais esperados é o aparecimento da Garça-azul, uma espécie rara e típica daquela região, que pode aparecer ou não durante a visita do turista. Outro momento especial do passeio é a pesca do caranguejo. O barco para, os passa-


Fotos: Paulo Francisco

geiros descem e com o guia são levados até dentro do mangue para conhecer a vegetação e as diversas espécies do animal encontradas ali. Nessa hora qualquer passageiro pode se aventurar a tentar pescar o crustáceo, se tornando o corajoso do grupo. Após a pesca o animal é devolvido ao seu habitat. Mas o passeio não para por aí. Nos despedimos da Amazônia Potiguar para desfrutar da famosa praia da restinga, que só é possível visitar em dias de maré baixa. As águas tranqüilas convidam para um banho relaxante nas piscinas naturais e enseadas. De kaiak o visitante pode visitar as gamboas e observar a variedade de seres neste ambiente e ver de perto o local de onde se extraem as ostras. É tanta riqueza e beleza natural que as três horas de duração do roteiro passam voando, e quando você vê já está na hora de voltar as terras firmes. Os que aqui visitam jamais esquecerão os bons momentos, e sempre se despedem com a única certeza de voltar um dia.


CAPA · BARRA DO CUNHAÚ · 8

Lugar onde as moças bebem água

S

obre a sua origem, conta-se que a Barra do Cunhaú originou-se com a construção de um Fortim por marinheiros que aqui se demoraram pelo encalhe do seu navio, para se abrigarem e se protegerem enquanto aguardavam o resgate. Esse reduto foi atacado duas vezes, sendo a primeira em abril de 1634 e o segundo em outubro do mesmo ano. Os atacantes empreenderam uma ofensiva rápida e violenta, tomando o forte na noite de 21 de outubro. Houve crueldades inomináveis e os despojos foram transportados para um barco que foi a pique ao sair da barra. As ruínas do Fortim foram destruídas completamente pela ação do tempo e as águas do Atlântico. Barra do Cunhaú pertence ao município de Canguaretama, sendo seu primeiro núcleo de colonização, a aldeia Gramació, hoje o município de Vila Flor. Cunhã significa “mulher” e Ú significa “rio”, “Mulher do Rio” em Tupi Guarani.

Ainda é possível o turista fazer o banho de argila. Uma tradição do passeio que traz benefícios a pele pelas suas propriedades antiinflamatórias.


C

Caminho das pedras

anindé Soares deixou São Bento do Trairi e veio morar em Natal, ainda na infância. Nos primeiros anos na capital costumava andar a pé de sua casa na Avenida 6, no Alecrim, até o Baldo todos os dias para ir à escola. Aos dez anos, acompanhava o pai todos os dias à feira, carregando duas bacias cheias de carne de bode para vender. Foi por volta dos 17 anos, quando passou a trabalhar entregando fotografias em um estúdio no centro da cidade, que a vida do então adolescente Canindé começou a mudar. O interesse pelas câmeras o tomou de assalto e em pouco tempo já ensaiava os primeiros cliques. “Mas eu não tinha noção de nada naquela época. Cruzei com a fotografia por acidente; só fui aprender mesmo depois, quando passei a trabalhar em jornal”, diz. Das fotografias de batizados, casamentos e outros eventos sociais, Canindé passou às redações do extinto Dois Pontos, da revista RN Eco-

nômico e, mais tarde da Tribuna do Norte, onde chegou a ser sub-editor de fotografia. Como free-lancer, teve fotos publicadas em veículos de circulação nacional como Veja, IstoÉ, Folha de São Paulo, Jornal do Comércio, entre outros. “A fotografia entrou na minha vida por acaso. Mas precisei de dez anos percorrendo o caminho das pedras, aprendendo, para me assumir como profissional”, diz. CANINDÉ SOARES - Repórter-fotográfico Celular – 084 9994.2841 fotografia@canindesoares.com | www.canindesoares.com Texto extraído da matéria publicada no dia 17 de novembro de 2010, quarta-feira - NOVO JORNAL.

Foto: Miguel Weber

FOTOGRAFIA · 14


NATAL · 16

Fotos: Canindé Soares

Venha conhecer os encantos de Natal!

E

scolher um destino entre tantos pelo Brasil é uma tarefa um tanto difícil. Mas para escolher Natal, o turista não perde tanto tempo assim. Logo que as companhias exibem as fotos e as opções de hospedagem, passeios e cenários, bingo! Não há quem não se apaixone pelo lugar. Quem vem a Natal se impressiona pela tranquilidade, hospitalidade de seu povo e a culinária típica do estado. Sol, praias, belezas naturais, são inúmeros os atrativos que aguardam os turistas. Apesar de ser uma cidade de médio porte, a capital do RN é uma grande potência do turismo brasileiro. O astro rei abençoa a capital mais de 300 dias por ano, por isso é conhecida mundialmente como Cidade do Sol. A fama de que

é verão o ano inteiro permite que o turista aproveite as atrações a qualquer época, inclusive na baixa estação. A sua localização estratégica – próximo a Europa e África - faz da cidade, a anfitriã das Américas. Natal ainda é conhecida como Capital Mundial do Buggy,


Fotos: Canindé Soares

Capital Espacial do Brasil, terra do Camarão e cidade onde nasceu o ritmo forró – For All. O turista que chega a Natal pode escolher pelas famosas praias da orla urbana. Partindo de Ponta Negra, os quatro quilômetros de extensão têm alternativas para todos os gostos, seja para caminhar no calçadão, surfar, ou desfrutar da vista do “morro do careca”. A praia leva o nome do bairro, que abriga um dos principais polos gastronômicos e hoteleiros da região, além de reunir bares, boates e feiras de artesanato. A Via Costeira reserva 10 km de uma exuberante paisagem entre o Oceano Atlântico e areia branca do Parque das Dunas, perfeita opção para quem deseja praticar corrida, pedalar ou esportes radicais. A praia é tranquila

e geralmente frequentada pelos hóspedes dos luxuosos hotéis quatro e cinco estrelas que à beira mar, ligam as Zonas Sul e Leste da cidade. As praias de Areia Preta, dos Artistas, do Meio e do Forte, são bem movimentadas pela população local e reúnem diversas opções de bares e restaurantes.


Artesanato e lazer no Shopping Mãos de Arte

U

ma coisa que não pode faltar durante a visita a cidade do sol é conhecer o artesanato local. A dica da Melhor de Natal é: Mãos de Arte Shopping do Artesanato. Você vai encontrar o melhor do artesanato local, cachaçaria, artes plásticas, moda praia, além de eventos culturais com apresentações diariamente de grupos populares e trios sanfoneiros, que animam com o famoso forró pé-de-serra. Uma estrutura com estacionamento amplo e coberto, elevadores além de uma praça de ali-

mentação com o melhor para você degustar. Quem vem ao Mãos de Arte não pode deixar de conhecer o mirante e ser presenteado com uma vista espetacular da orla urbana de Natal, compreendendo a praia dos Artistas à praia do Forte. Não deixe de conhecer o Shopping Mãos de Arte, que fica localizado na avenida Presidente Café Filho, 1750, praia dos Artistas. Mais informações acesse o site: www.shoppingdoartesanato.com.br ou ligue (84) 3202-9191.


GASTRONOMIA · 38

Pesquisa revela que a massa é o prato favorito em todo o mundo Foto: Divulgação

E

m 2012, uma pesquisa encomendada pela ONG contra a pobreza Oxfam revela que as massas são o alimento número um numa lista dos mais apreciados em todo o mundo. O levantamento feito pela consultoria GlobeScan ouviu mais de 16 mil pessoas em 17 países, entre eles o Brasil. Em cada um deles, as pessoas falaram que tipo de comida preferem. A pesquisa aponta que, além de serem populares em países europeus, as massas em geral também são muito procuradas em países como Filipinas, Guatemala e África do Sul, de cultura tão díspares. Em mais da metade (nove) dos países pesquisados, as pizzas e massas aparecem como um dos três pratos favoritos dos entrevistados. Uma exceção foram os países africanos, em que pratos tradicionais foram frequentemente citados. As vendas de massas no mundo aumentaram

de US$ 13 bilhões (cerca de R$ 20,5 bilhões) em 2003 para US$ 16 bilhões em 2010 e, segundo o instituto de análise mercadológica Datamonitor, deverão chegar a US$ 19 bilhões até 2015. Sem nenhuma surpresa, a Itália é o maior consumidor mundial. O país que consagrou a criação consome 26 kg de massas por pessoa por ano, de acordo com a Organização Internacional das Massas.


GASTRONOMIA · 40

B

Os segredos do Saquê

Preparo Do arroz é extraído o koji, uma subtância líquida que serve de matéria prima, cujo seu teor de ácool gira em torno de 16%. Logo após ele é mesclado a uma determinada quantidade de água e de arroz sem vapor, constituindo uma pasta de grãos conhecida como shubo, que é depositado em um tanque e fermentado durante um mês, com o acréscimo de koji e de mais arroz vaporizado. Após outros procedimentos, ele é preservado em seu recipiente por pelo menos dois anos. O saquê é idealmente ingerido quando é mantido a 35º C, porque nestas condições é mais fácil identificar as qualidades apuradas deste produto.

Fotos: Divulgação

ebida produzida a partir da fermentação natural do arroz, o saquê é a sensação nos restaurantes da culinária japonesa. O saquê é igualmente utilizado como acompanhamento das comidas diárias; aquecido ao lado de iguarias em baixa temperatura e gelado com refeições quentes. No Brasil a bebida é tradicionalmente servida no formato da célebre Caipirinha de Saquê, também intitulada Saiquirinha, podendo ser consumida também quente em festas como o Ano Novo e casamentos xintoístas. Mas para virar saquê, o arroz japonês passa por várias etapas até chegar a versão conhecida no mercado.

Sushi Se o saquê já caiu na graça do brasileiro, o que dizer do sushi? há 30 anos ninguém poderia imaginar que comer peixe cru viesse a virar moda. E o que causava estranheza entre os brasileiros, hoje é o prato preferido de muitos. Composto por vinagre de arroz, algas nori, legumes e peixe, o sushi é composto com ingredientes saudáveis. Tradicionalmente, o sushi é um prato de baixa calorias como as suas porções e rica em fibras, vitaminas e ômega-3. O nori é uma alga marinha e contém vitaminas A e B, além de um alto nível de iodo, mineral essencial que ajuda a prevenir o hipotireoidismo ou hipertireoidismo. Então, tá esperando o que para conhecer restaurantes da culinária japonesa em Natal?


ENTREVISTA · 50

Ortorio 30 anos: Acessibilidade e Reabilitação Social

E

xcelência em reabilitação ortopédica há 30 anos no mercado natalense, a Ortorio nos presenteia nesta edição da Melhor de Natal com uma entrevista com o Diretor Técnico Leonardo Vasconcelos, que nos conta sobre a história da empresa e a responsabilidade social que a equipe mantém com associações relacionadas com deficiência física. Melhor de Natal: Em que data nasceu a ORTORIO? ORTORIO: A Ortorio nasceu em Janeiro de 1983, na Av. Bernardo Vieira em frente a antiga escola Guararapes. MN: Que formação garante a qualidade técnica da ORTORIO? ORTORIO: A capacidade técnica da ORTORIO é garantida pela minha formação em ortopedia técnica na AACD e diversas especializações na área de reabilitação e acessibilidade, como também do Leonardo Dantas, em fisioterapia e ortopedia técnica pela universidade de Dom Bosco, El salvador.

Fotos: Ortorio

MN: Quais os serviços que vocês oferecem aos seus clientes? ORTORIO: A ORTORIO oferece desde uma simples palmilha de compensação as mais diversas necessidades de adaptação para uma reabilitação e ou acessibilidade de uma pessoa, como também vendas de prótese, órteses, cadeiras de rodas, meias compressivas, malhas compressivas para queimados, imobilizações ortopédicas, materiais médicos hospitalares, entre outros equipamentos sob encomendas tipo macas, camas hospitalares, muletas axilares e canadenses, dispositivos para terceira idade. MN: O Que faz a ORTORIO líder no mercado por três décadas? ORTORIO: Acredito que nossas atualizações técnicas constantes, atendimento humanizado, e melhores preços sempre, e muito respeito pelos nossos clientes. MN: Sabe-se da razão social que a Ortorio está releacionada. O que você pode falar sobre isso?


nho de mar, esportes diversos e total apoio da ORTORIO para os deficientes físicos e familiares, um projeto sensacional só vendo para crê, sem cobrar nada MN: Quantos funcionários trabalham na ORTORIO? ORTORIO: Hoje a ORTORIO com trinta e cinco excelentes colaboradores que amam o que fazem, e fazem com responsabilidade.

ORTORIO: Claro que sim! Porque entendemos que para para ser uma razão social, teríamos que ter responsabilidades sociais com nosso publico alvo. O principal projeto social da Ortorio está em apoiar todas as associações relacionadas com deficiência física. Mas temos outros como o projeto rolando a bola basquete sobre rodas, hoje colecionando títulos com o nome América Tigres; apoio ao grupo de dança Roda viva; patrocínio a Cia de dança Gira Dança; patrocínio ao fórum de mulheres com deficiência de Mossoró, que realizamos a primeira quadrilha junina inclusiva do Brasil. Iniciamos e patrocinamos o futebol de amputados, primeiro no Rio Grande do Norte, além do projeto mais ambicioso que é o ORTORIO na Praia que acontece no final de cada mês, independente e sem apoio de governos municipais ou estadual, levando acessibilidade a praia de ponta negra, com Barraca para apoio e cadeiras anfíbias para ba-

MN: Como é o relacionamento dos colaboradores entre eles, e com os clientes? ORTORIO: Veja bem! Quando falei excelentes, foi justamente por existir um ótimo relacionamento entre nós ao longo desses trinta anos, e consequentemente repercutindo aos cliente que de tão alto grau de satisfação, nos contempla com indicação a outros, muitas vezes trazendo pessoalmente até nós. MN: O Que representa a ortorio para você? ORTORIO: A ORTORIO representa o meu desejo de servir com amor, carinho e responsabilidade ao meu semelhante, na sua necessidade de reabilitação, inclusão e realização.

Serviço: Av. Prudente de Morais, 5142 Lagoa Nova, Natal-RN Fone: (84) 3223- 5952 e (84) 3213-6802 www.ortorio.com.br Facebook: ortopedia ortorio


SAÚDE · 52

E

Doutor, minha “tendinite” tem cura?

sta é uma pergunta freqüente nos consultórios médicos e freqüentemente mal respondida ou mesmo ignorada por muitos. Talvez a queixa mais comum em relação as doenças do punho e da mão; as tenossinovites, nome correto ao invés de “tendinites”, englobam um grupo de doenças de causas variadas e portanto de tratamento individualizado e especifico. As tenossinovites são caracterizadas por um processo inflamatório na bainha sinovial, capa que reveste os tendões, levando a um quadro de dor local ou irradiada no trajeto do tendão ou músculo e edema local. Diversas causas levam a esse quadro clinico, desde doenças sistêmicas como gota, lúpus, artrite reumatóide... como causas anatômicas (presença de tendões em maior numero ou anômalos), causas mecânicas com as síndromes de excesso de uso e/ou posturas inadequadas e até mesmo como uma predisposição individual hereditária. A avaliação clínica é de suma importância para um diagnóstico preciso para que se possa oferecer o tratamento correto que traga maior chance de cura para o paciente.

Deve-se inicialmente descartar doenças mais graves e que possam trazer prejuízo a outros órgãos e sistemas do paciente. O questionamento relacionado às condições de trabalho e de como o paciente se prepara pra executá-lo deve ser levado em consideração; algumas atividades profissionais exigem músculos e tendões saudáveis, fortes e alongados para seu desempenho sem dor ou qualquer limitação. O tratamento necessita de medidas associadas na maioria dos casos, usam-se medicações, imobilizações por curto período, acupuntura, fisioterapia, orientações ergonômicas, técnicas de relaxamento, trabalho de fortalecimento muscular além de outras. Não há dúvida de que o aspecto psicológico também influencia tanto na causa como no tratamento. Respondendo agora diretamente a sua pergunta; a grande maioria das tenossinovites tem cura SIM, tendo o restante delas controle clínico bem satisfatório quando se seguem as orientações adequadas. Dr. Márcio D´Angelo Rodrigues Barreto Ortopedia e Cirurgia da Mão CRM 4546/RN


EDUCAÇÃO · 54

Brasileiros investem em um segundo idioma para a Copa 2014

D

esde que o Brasil foi anunciado como país sede da Copa do Mundo de 2014 que os brasileiros se preocuparam ainda mais em aperfeiçoar um segundo idioma. E em Natal não foi diferente, a capital potiguar será uma das 12 cidades-sede da competição. São esperados 600 mil visitantes estrangeiros que viajarão pelo país ao longo do torneio, o que vai exigir ainda mais do brasileiro uma segunda opção de dialeto. Em Natal, as escolas de idiomas tem se adaptado ao calendário da competição, proporcionando turmas especiais para o evento com o objetivo de habilitar o aluno o mais rápido à conversação. Essa estratégia tem atraído cada vez mais adeptos entre eles, profissionais da mídia, comerciantes, atendentes, guias turísticos, profissionais da rede hoteleira além de pessoas que

pretendem trabalhar durante o evento. O inglês é o idioma mais procurado, seguido do espanhol, mas para eventos deste porte é necessário saber além do tradicional. Aprender alemão, francês, italiano, mandarim e até o japonês, são ótimos diferenciais.


LITORAL SUL - 62 Foto: Canindé Soares

S

e o destino é o Litoral Sul do Rio Grande do Norte, prepare-se para conhecer paisagens deslumbrantes, que vão te convencer que o paraíso é aqui. Partindo das falésias da calma praia de Cotovelo, até a praia de Sagi - no extremo sul do estado - são 97 km de um roteiro que reserva belezas naturais entre praias, corais, mangues e trilhas pela mata atlântica. A praia de Pirangi do Norte, distante 24 km da capital abriga “o maior cajueiro do mundo” (8.400 m²), reconhecido pelo livro dos recordes, o guinness book. Durante o dia a pedida é fazer um passeio de escuna até as piscinas naturais e parrachos. Já quando chega a noite, restaurantes e bares ficam lotados e as casas de show contam com uma vasta programação com artistas nacionais e locais durante o verão. Partindo para o município de Tibau do Sul, a 78 km de Natal, as opções de praias agradam tanto quem quer aproveitar a tranqüilidade, presente nas praias de Canela, Madeiro e praia Amor, como também reserva a praia mais badalada de todo o Estado e uma das mais bonitas do mundo: Pipa. Moradia de tartarugas marinhas e golfinhos, a Praia de Pipa é conhecida por suas paisagens, falésias alaranjadas, seu povo acolhedor e sua noite alucinante. A praia ficou famosa na década de 80 com a prática do surfe, mas também oferece

Praia da Pipa - Foto: Marcelo Lopes

Litoral Sul, um verdadeiro paraíso

passeios de barco, caiaque, cavalgadas, caminhas e rally pelas trilhas da mata atlântica. Mas o potencial turístico da praia não está presente só nas maravilhas naturais, atraindo também os amantes da boa culinária. É possível encontrar em Pipa, restaurantes servindo desde a comida regional, como frutos do mar com diversos temperos nordestinos, até mesmo requintados pratos da cozinha Francesa, Italiana, Japonesa e Espanhola. Cosmopolita e agitada, a noite em Pipa é freqüentada por turistas do mundo inteiro e também é ponto de encontro de natalenses, paraibanos e pernambucanos, que se entregam do molejo do forró regional às batidas da música eletrônica. Estar em Pipa é certeza de desfrutar dias inesquecíveis de lazer e entretenimento ou simplesmente descanso e paz junto à natureza.



Revista Melhor de Natal 8a. Edição