Page 1

1


Disponibilização : Ana Rosa Tradução : Mara Revisão Inicial : Maia Revisão Final : Duca Leitura Final : Priscialla, Adrielli Formatação : Mirella

2


Sinopse Nunca julgue uma pessoa por seu status. Rimmel Hudson não é uma garota comum. Ela não se preocupa com o seu cabelo , roupas oua cor de seu brilho labial. Ela é voluntária no abrigo animal local e gasta mais tempo com seus amigos peludos do que com qualquer um com duas pernas. As pessoas são muito críticas , mas os animais amam incondicionalmente. Seu tempo no abrigo é cortado quando ela é avisada que ela tem que começar a tutoriar no campus para manter sua bolsa de estudos em medicina veterinária. Ela diz para si mesma que é tudo parte do caminho para chegar onde ela quer estar na vida. E então ela conhece a pessoa de quem ela tem que ser tutora. Roman " Romeo " Anderson é provavelmente, o aluno mais bem conhecido em toda a faculdade. Ele é praticamente um deus do futebol, vindo de uma família de prestígio, correndo na mais popular fratenidade no campus ... e ele não tem nenhuma idéia de sua existência. Rimmel e Romeo são de mundos completamente diferentes. Mundos que normalmente não correm paralelos e nunca se cruzam. 3


Até agora. Romeo não conseguiu o seu nome por ficar em casa na noite de sábado. Quando as mulheres bonitas se atiram em você, você faz acoisa honrosa e dá-lhes um bom tempo. Passar por um tutor era apenas algo que ele tinha que fazer para permanecer na equipe até que ele fosse convocado pela NFL. Romeo nunca pensou que ele ficaria totalmente encantado por Rimmel. Ele nunca pensou que uma menina como ela poderia intrigá-lo como ninguém. Mas ele não pode namorar uma nerd? ...Pode? Ele acha que talvez possa. São os outros que têm uma idéia diferente . Com as probabilidades empilhadas contra eles, podem Romeo e Rimmel encontrar uma maneira de trazer os seusdois mundos completamente diferentes juntos, ou a condição de #nerd da Rimmel, vai ficar em seu caminho?

4


Capítulo Um A temporada de futebol está a toda aqui na ALPHA U. Backle Up, senhoras, #24 está prestes a dar um passeio nela ...Alpha BuzzFeed

Rimmel

Estar nervosa era estúpido . Eu não era uma pessoa estúpida, mesmo assim eunão poderia abalar os nervos de enrolamento na boca do meu estômago como uma cobra venenosa encurralada. O papel que eu apertava na minha mão tremia comoas folhas coloridas que pontilhavam as árvores la forano ar fresco do outono. Eu não queria estar aqui. Eu provavelmente preferia estar em qualquer outro lugar . Mas a escolha não estava em minhas mãos hoje. Na realidade, ela estará nas minhas mãos por um futuro

5


próximo em todas as segundas, quartas e sextas-feiras das 05 às 07 horas. Dizer não, não era uma opção. Este “trabalho" foi apresentado a mim como algo que eu tinha que fazer para manter minha bolsa de estudos. Considerando que nenhum dos outros bolsistas (que eu sabia) haviam sido praticamente obrigados para ser tutor de estudantes em conflito, eu me perguntava se isso realmente era um requisito. Não que eu diria qualquer coisa, no entanto. Eu odiava confronto, isso fazia o meu estômago doer. E eu certamente não iria discutir com o reitor sobre o que eu precisava fazer paramanter a minha bolsa. Então eu concordei. Eram só algumas horas por semana, certo? E eu ganharia pontos por fazer uma boa ação. Interiormente, eu me encolhi. Todo mundo sabe que o cara legal sempre termina por último. Uma vez que eu era boa e comprometida com a tutoria, foi me dada uma folha de papel, a mesma folha que eu estava esmagando agora nervosamente com as minhas mãos, no qual continha uma lista dos assuntos com os quais estudantee precisavam de ajuda. Matemática, Inglês e História.

6


Nossa, era quase como a metade da programação desta pessoa. Será que eles não estudam por conta própria? Então eu vi o nome. Lá estava, digitado no topo da página, ali mesmo em preto e branco. Parecia tão simples, apenas letras, dispostas em uma fila. Lembro-me de estar um pouco chocada e surpresa que no segundo que eu li seu nome, fogos de artifício não apareceram em cima de mim e a banda não invadiu pelo corredor, tocando o hino de guerra de luta da universidade. "Você quer que eu seja tutora de Roman Anderson?" Minha voz guinchou, e o som patético lembrou-me do apelido que minha voz nervosamente alta tinha ganhado no colégio. Rato. Mas este não era o ensino médio, e eu não guinchava mais. Ok, não muito. "Existe um problema com isso?", o reitor perguntou, optando por ignorar o meu choque. Sim! Ele está tipo fora do meu alcance. Eu limpei minha garganta novamente apenas para ter certeza de que minha voz estava normal quando eu falava. "Eu acho que eu estava apenas surpresa que ele precisasse de um tutor. Não houve nenhuma razão para fingir que eu não sabia exatamente quem ele era.

7


Todo mundo conhecia Romeo. "Sendo o atleta incrível que ele é, o futebol ocupa uma grande parte do seu tempo. Nós pensamos que seria melhor se ele tivesse alguma ajuda adicional com suas matérias", o reitor respondeu. "Nós?" Perguntei. "Eu e o treinador." Ahhh. Então, basicamente, o Sr. Perfeito estava falhando, e a escola estava pirando porque era temporada de futebol e eles precisavam de seu melhor jogador e levantador de multidões no campo. E quem melhor para ficar com o trabalho? A garota da bolsa de estudos com a média perfeita. Agarota sem vida. E aqui eu estava sentada em uma mesa na biblioteca da universidade, à espera do Sr. Perfeito. Eu olhei para o relógio preso em volta do meu pulso. Então eu verifiquei o tempo contra o grande relógio pendurado na parede. As horas passavam. Romeo estava atrasado. Romeo, Romeo, por que és assim? 1,Romeo ...

Frase do livro Romeu e Julieta

1

8


Eu bufei. Foi tão alto que assustou uma menina em uma mesa próxima. Ela empurrou de volta em seu assento, fazendo com que a cadeira balançasse perigosamente para trás e pairasse sobre o chão. Eu assisti enquanto ela lutava na borda da mesa, com as mãos agarrando, ao invés disso, o livro grosso aberto em sua frente. O livro não foi uma boa âncora. Ela empurrou-o pra longe da mesa enquanto sua cadeira caía no chão. A cadeira, a menina, e o livro fizeram muito

barulho

quando bateram no chão. Todos na área ao redor se viraram para olhar. Você sabe que você é uma pessoa desajeitada quando outras pessoas caem por sua causa. Comecei a levantar-me, para ajudá-la, mas os punhais que ela me atirou para fora de seus olhos me congelaram no lugar. Senteime de volta. Seu rosto estava vermelho flamejante quando ela bufou de pé e empacotou suas coisas. Antes de ir em direção da saída, elapegou o livro grande, e eu tive uma súbita visão dela lançando-o na minha cabeça. Em vez disso, ela colocou os braços em torno dela e olhou para mim novamente. " Desculpe, " eu sussurrei. 9


Se as suas passadas para o outro lado da biblioteca fossem alguma indicação, eu tinha certeza que não havia sido perdoada. Bem, isso foi agitado. E um desperdício de tempo. Olhei para o meu relógio novamente e me perguntei se eu iria sair da tutoria se ele não se incomodou em aparecer. Desde que eu já estava aqui, eu percebi que eu poderia pelo menos fazer um pouco do meu trabalho, então eu abaixei para recuperar o meu notebook da minha bolsa . Quando me sentei, eu o vi. Ele estava justamente de pé dentro das portas de vidro que levavam para fora. Seu cabelo loiro desgrenhado estava mais escuro do que o habitual porque parecia úmido. As extremidades de seu cabelo enrolado na base do pescoço, acima da gola do casaco.Uma mochila azul-marinho foi atirada sobre um de seus ombros e sua insanamente grande mão estava enrolada em torno da alça, segurando-a no lugar. Romeo era alto, bem mais de 1,80m, comombros largos que afilavam em uma estreitacintura. Ele não era um cara volumoso, ele jogou esportes demais para isso. Mas, mesmo assim, era óbvio que seu corpo era todo músculos.

10


Ele estava olhando ao redor, seus olhos azuis varrendo a sala, provavelmente à procura de seu tutor. Senti meu rosto queimar quando ele olhou em minha direção, eu abaixei minha cabeça. Mas então eu percebi que este não era o momento de ser tímida . Eu precisava dizer a ele que eu era sua tutora. Santo inferno, eu ia começar a falar com ele! Embaraço queimou minha garganta. Conversar com caras não era algo que eu fazia muito frequentemente. Eu olhei de volta para acenar para ele, mas Romeo já tinha desviado o olhar. Eu não estava surpresa. Eu não era muito perceptível. Eu não era o tipo de garota que atraia os olhos e sustentava o olhar. Eu o observei mais um minuto como eleolhou por cima do ombro para as mesas no outro lado da sala. A menina que caiude sua cadeira estava olhando para ele, comendo-o com os olhos. Ela poderia ser mais óbvia? Romeo captou seu olhar e puxou sua boca em um sorriso lento. Mordi o interior do meu lábio, enquanto pequenas borboletas esvoaçavam em torno de meu estômago. Ele não estava nem mesmo olhando para mim com aquele meio sorriso encantador e eu estava abalada. Ugh . 11


Eu não tinha tempo para isso. Peguei o papel com o nome dele e informações para fora da mesa e marchei em sua direção. No meio do caminho, eu colidi com o canto de uma mesa vazia e a implacável borda afundou em meu osso ilíaco. No centro da mesa estava um pote cheio de as canetas e lápis que foram derrubados devido a força do impacto. Utensílios de escrita rolaram pela superfície de madeira e alguns despencaram no chão. Uma dor cortante queimou meu quadril e eu recuei, lutando contra o desejo de me dobrar, enquanto eu esfregava o local dolorido. Que estava indo para deixar um hematoma. Fazendo o meu melhor para ignorar a dor, eu caminhei ao redor da mesa para onde os lápis estavam espalhados no chão. Curvando-me , eu comecei a escavá -los com a minha mão. Um lápis tinha rolado mais longe do que os outros, e eu tive que esticar meu braço todoo caminho para alcançá-lo. Quando eu estava prestes a arrebatá-la para cima, dois pés excessivamente grandes vestindo um par de Nikes apareceram ao lado. Eu empurrei meus óculos no meu nariz e segui um par de pernas vestidas de jeans todo o caminho para cima, além do casaco familiar, para lábios carnudos e uma face cinzelada.

12


"Precisa de ajuda?", Disse ele, inclinando o canto dos lábios. Divertimento faiscaram em seus olhos azuis como joias. Eu abri minha boca para responder, mas nenhum som saiu. Eu tentei novamente. Um pequeno grito escapou em vez de palavras. Eu pressionei meus lábios juntos e voltei para recolher os lápis. E foi por isso que eu preferia animais a pessoas. Muito mais fácil para conversar. Uma risada rica flutuava sobre a minha cabeça e minhas bochechas aqueceram ainda mais. Neste ponto, eu não ficaria surpresa se o meu cabelo pegasse fogo com a força do meu embaraço. Ele se agachou e pegou o lápis atrevido ao mesmo tempo que eu. Nossos dedos colidiram. Electricidade sacudiu através de minha mão e espalhou-se pelo meu braço. Chocada, eu fiquei ofegante e caí de costas. Todos os lápis na minha mão bateram no chão em minha volta. Romeo me deu um olhar estranho e em seguida, pegou tudo em tipo, três segundos. Eu acho que ter mãos grandes como estas é útil .

13


Quando eu percebi que estava apenas sentada no chão como uma completa esquisita, eu mexi meus pés e olhei para ele. Ele já estava se virando. "Espere", eu disse. Ele olhou para mim novamente. Eu levantei o papel severamente enrugado."Eu sou a sua tutora." A dúvida em seus olhos me deu raiva. Será que ele pensa que eu não era inteligente o suficiente paraensiná-lo? " Veja", eu exigi , empurrando o papel no espaço entre nós . Aquela coisa do meio sorriso ressurgiu, e ele pegou o papel para fora do meu alcance. "O que esse papel já fez para você?", Disse ele, observando sua aparência amarrotada. Eu fiz uma carranca. Para começar, ele estava me forçando a falar com ele. Ele suspirou e eu pensei que ele murmurou algo baixinho, mas eu não podia ouvir o que era. " Tudo bem, então , me ensine" ele disse, apontando para mim para assumir a liderança. "Vamos acabar com isso." Obviamente, ele não queria estar aqui. 14


Éramos dois.

Capítulo Dois A elite está escolhendo novos membros! Preparem-se para a corrida! #festasnafraternidade #preparemseparaacorrida ...Alpha Buzz Feed

Romeo

Os sons do vestiário eram sempre os mesmos. Risos, vaias e os homens caçoando uns dos outros subiu acima do som dos chuveiros correndo na parte de trás. O ar era úmido a partir da constante água corrente, e o cheiro de camisas suadas permeou o quarto. 15


Basicamente, eu estava em casa. Eu era um dos últimos fora do campo hoje à noite e a maioria já estava fora de seu uniforme enquanto eu caminhava através da sala em direção a meu armário. Um par de toalhas úmidas bateu na minha bunda enquanto eu passava, e eu prometi vingança mais tarde. Rindo, eu abri a minha porta do armário e me virei bem a tempo de ver algo caindo perto de meus pés. Que diabos? Os sons da sala desapareceu ao fundo enquanto eu pegava o envelope cor de creme com um selo de cera preto na parte de trás. Meu pulso acelerou quando eu reconheci a crista no selo. Dentro havia um cartão cor de creme combinando, completamente em branco do lado de fora. Levanteia parte inferior para revelar o interior. HOJE À NOITE . Isso é tudo que dizia. Nenhuma assinatura. Nenhuma outra escrita. Apenas uma palavra. Mas eu sabia o que significava.

16


Eu sorri e dei um grito alto. Alguns dos caras fizeram coro. Ao meu lado, meu companheiro e amigo Braeden inclinou-se para olhar o cartão. " Aww, merda", ele disse e me deu um tapa nas minhas costas. "Você está dentro, cara." Eu levantei minha mão para que pudéssemos bater. "Diabos, sim" eu disse. "Você sabe Alpha Omega é tipo a fraternidade mais exclusiva neste campus", disse ele, enfiando a mão no armário para tirar uma T -shirt. Todo mundo sabia disso. É um das razões que eu queria tanto isso. Eu não achava que iria acontecer, porque no ano passado, quando era calouro, eu não consegui. Isso tinha sido uma pílula amarga para engolir, porque ambos meu pai e avô tinham sido membros. Eu nunca consegui descobrir por que eles nunca tinham me deixado entrar, mas obviamente, o que quer que fosse não importava agora. Esta era a abertura que eu precisava. A partir daqui eu sabia que poderia conseguir. "Parabéns , cara", disse Braeden, batendo na porta do seu armário fechado. 17


"Anderson !" Treinador gritou da portade seu escritório. "Obtenha sua bunda doce aqui!" Os oohs habituais e awws me seguiram enquanto eu entrava no escritório e o treinador batia a porta. "Algum problema,Treinador?", Perguntei. "Suas notas são uma droga, Anderson" disse ele, direto. "É apenas o primeiro mês do semestre", argumentei , mesmo que sim, minhas notas eram uma droga. "No ano passado você você esteve próximo de ser expulso da equipe." Ele me nivelou com um olhar severo. "Eu já falei com seus professores. Você já está indo para o mesmo caminho neste semestre." Sentei-me na cadeira perto de sua mesa. "É difícil encontrar tempo para estudar com todo o treino que faço", eu tento compensar. Não era exatamente uma mentira. Eu levanto cedo para trabalhar, então abasteço o tanque, vou para as aulas, e em seguida, faço o treino de futebol por várias horas por dia. E alguns dias nós tivemos mais de um treino. "Eu ouvi que você está concorrendo a Alpha Omega." Como diabos ele descobriu isso tão rápido? Eu só tinha acabado de receber a nota. Ele parecia como se tivesse cheirado um peido

18


fétido. "Você é meu jogador estrela . Eu sei exatamente o que você está fazendo." "Eu.." Eu comecei a dizer alguma desculpa ,mas ele levantou a mão e suspirou. "Eu entendo, Anderson. A escola é uma droga. Você está aqui para jogar futebol e perseguir mulheres." Eu sorri. "Eu tive a sua idade uma vez. Mas a dura verdade é que você não pode jogar, se suas notas não subirem.” aquilo varreu o sorriso do meu rosto. " Mas, treinador." Eu sentei em frente na minha cadeira, pronto para mendigar. O futebol era a minha vida. "Relaxe", ele entoou "Você ainda está na equipe. Você ainda está começando, e tenho a intenção de mantê-lo dessa maneira." Eu não gostei do som disso. "Agora você tem um tutor pessoal. Você vai se encontrar com ele na biblioteca toda segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira durante duas horas logo após o treino. " "Duas horas!" Puta merda, isso foi brutal.

19


"Estou falando sério, Anderson. A equipe precisa de você. Você é o melhor jogador que temos e o Dean quer o campeonato deste ano" . Eu queria o campeonato também . Isso poderia atrair os olheiros da NFL. A NFL era minha jogada final. Inferno, ela era meu único jogo. "Tudo bem", eu murmurei . Isso ia ser uma chatice. "Você começa hoje à noite," O treinador acrescentou, em seguida, apontou para a porta para eu sair. O vestiário estava esvaziando quando eu abri meu armário novamente. Braeden sentou lá com sua mochila a seus pés, a minha espera. "O que treinador disse?" perguntou. "Eu tenho que conseguir um tutor," eu murmurei. Braeden riu. " Divirta-se com isso" ele disse e se levantou. Sua risada flutuava atrás dele, enquanto ele saía . Diversão? Okay, certo. Não provavelmente. Até o momento eu tinha tomado banho e me trocado, todo mundo tinha ido embora. Eu joguei tudo em meu armário e peguei minha mochila, indo para a biblioteca. Eu estava morrendo de fome e enquanto eu caminhava, eu comi uma barra de proteina. 20


A biblioteca não era um lugar que eu visitava com frequencia, e quando eu entrei , percebi que o treinador ainda não tinha me dito o nome do meu tutor. Olhei em volta procurando alguém com aparência de uma pessoa que estivesse buscando algo, e os meus olhos pousaram sobre uma garota quente sentada perto da parte traseira. Seu cabelo loiro escovado, o corte baixo na gola da sua blusa. Quando me viu olhando, ela inclinou-se um pouco mais e me deu a visão perfeita de seu decote. Bom. Talvez ela fosse minha tutora. Talvez duas horas na biblioteca não seria tão ruim. Eu estava prestes a ir até lá e perguntar a elase ela estava esperando por mim quando eu ouvi uma comoção atrás de mim. Um porta lápis tinha caído de uma mesa próxima e uma garota estava se apressando em volta para buscá-las. Eu não podia sequer ver seu rosto por causa da bagunça de cabelo escuro caindo em torno dele. Ela não parecia muito grande e estava vestida com um suéter folgado que fazia impossível conferir seu corpo. O jeito que ela subiu ao redor e manteve a cabeça para baixo me disse que ela provavelmente passou muito tempo neste lugar.

21


Voltei a olhar para a menina com os peitos impressionantes, e ela sorriu. Mas quando movi meus pés não foi em sua direção. Em vez disso, encontrei-me elevando-me sobre a menina dos lápis. Quando ela me viu, seu corpo inteiro acalmou. Vi quando ela pegou nas minhas pernas e inclinou a cabeça todo o caminho de volta para olhar meu rosto. Emaranhados de cabelo escuro escondiam a maioria de suas características e cobriam seus ombros. Eu me perguntava se ela o tinha penteado nesta semana. Sua pele estava pálida e ela estava usando um par de óculos de cor preta que poderiam ter sido da minha avó. Seu rosto estava claramente sem maquiagem e seus lábios rosados não tinham qualquer tipo de brilho. "Você precisa de ajuda?", perguntei. Tudo o que ela estava precisando era um pouco da fita branca no centro de seus óculos. Suas bochechas ficaram rosa brilhante esom irrompeu entre os lábios. Pobremenina . Ela era tão incrivelmente estranha. Eu não pude deixar de rir ao ver a expressão em seu rosto. Era quase como se ela nunca tinha tido uma conversa com ninguém antes. Chegamos para o lápis nos meus pés ao mesmo tempo. Nossos dedos bateram juntos, e ela recuou como se tivesse levado um tiro. Ela caiu para trás em seu bumbum , e os lápis que ela estava reunindo espalhados por todo o chão mais uma vez.

22


Nossa, essa garota era um desastre. Peguei tudo que pude encontrar e endireitei para despejá-los todos no copo. Eu pensei em me curvar para ajudá-la, mas a julgar por sua reação quando tínhamos acidentalmente tocado, eu percebi que não era uma boa idéia. Além disso, eu tinha uma tutora quente à espera demim. "Espere. " Sua voz era pequena quando ela gritou atrás de mim. Algo sobre ela espetou meu peito, e eu me virei . "Eu sou seu tutor", disse ela . O quê? Não. Não havia nenhuma maneira no inferno que o treinador iria contratar esta pequena frágil... nerd para ser minha tutora. Ah, sim , ele o faria, uma voz na parte de trásminha cabeça provocou. "Veja", a menina empurrou um papel amassado para mim. Era a minha agenda e os cursos que eu precisava de ajuda. No topo estava o meu nome . "O que esse papel já fez para você? " Eubrinquei com ela. Ela fez uma careta . Eu acho que nerds não gostavam de brincadeiras. Isso ia ser pior do que eu pensei. "Muitissimo obrigado, treinador" Eu murmurei. 23


Voltei a olhar para a menina. Ela era pequena nem sequer alcançava o meu ombro. O cabelo dela escondia a maior parte dela, e o que ele não cobria, o suéter horrososo que ela usava o fez. Ele pendurava todo o caminho até os joelhos e era marrom, fazendo parecer um saco. Ela empurrou os óculos em seu nariz novamente, seus dedos ligeiros cutucando as longas mangas. Eu acho que poderia ser pior. Ela podia cheirar mal. "Tudo bem, então, para ensinar" eu disse, resolvido para a minha futura tutoria, e apontei para ela me levar à sua mesa. "Vamos acabar logo com isso . " Ser tutelado por ela era o que eu tinha que fazer para permanecer na equipe, então isso é exatamenteo que eu ia fazer .

24


Capítulo Três Reunião já! Sexta à noite, quando a escuridão cair. Ver e ser visto. #BYOB ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Romeo teve a atenção de uma fatia de pão. O que é nenhuma. Toda vez que eu comecei a explicar algo, é como se não apenas seus olhos vidrados acabaram, mas também todo o seu corpo. Em um ponto , eu me perguntei se era possível para ele estar dormindo com os olhos abertos. E Deus, ele cheirava bem .

25


Era um aroma limpo, como o sabão, o tipo de sabão que provavelmente custa cinco dólares uma barra. Era um aroma de espessura, mas não era pesado. Toda vez que ele se remexeu na cadeira, uma nuvem dele iria pairar sobre mim e eu gostaria de inalar apenas um pouco mais profundo. A forma como as pontas de seu cabelo úmido enrolado em torno da gola do casaco tornou difícil manter meus olhos treinados no papel. Claramente, ele tinha acabado de tomar banho. Ele provavelmente nem sempre cheirava tão bem. A maioria dos caras eram fedorentos ... não eram? A verdade era que eu não tinha idéia. Este foi o mais próximo que eu tinha chegado a um cara desde a escola e mesmo assim, foi limitado principalmente para os caras que sentavam a minha volta naclasse e Nick, meu amigo de infância . Nick nunca cheirou assim. Concentre-se, Rimmel. Eu me repreendi. Eu não poderia muito bem criticá-lo por sua falta de atenção, quando eu estava sentada aqui fungando o ar. "Hey," eu disse, batendo meu lápis no caderno na nossa frente. "Você deveria estar prestando atenção." Romeo estava fazendo algum tipo de truque ou algo com a caneta na mão direita, alguma forma de passá-lo através de todos os seus dedos. E para trás e para frente, para trás e para frente.

26


Agarrei-o e dei um tapa na mesa."Eu acho que esse pequeno truque está tomando toda a sua concentração." Ele riu, os dentes brancos retos piscando para mim. "Desculpe." Seu tom era tímido e ele se inclinou para frente, colocando seus cotovelos sobre a mesa, e olhou para o caderno. "Estou ouvindo." Quando se mudou, com o braço escovado contra o meu, e eu empurrei de volta, sentindo minhas bochechas esquentarem. Ele me deu um olhar estranho , mas eu o ignorei e me concentrei de volta no papel. "Ok, então para esta tarefa..." eu comecei . Ele interrompeu, deslizando a cadeira para trás a partir da tabela . "Espere um segundo", disse ele, não realmente olhando para ver se eu iria de fato esperar. Romeo começou a atravessar a sala onde a menina que caiu de sua cadeira antes estava de pé na saída , a bolsa pendurada no seu ombro. Ela estava girando o fim de seus longos cabelos loiros em torno de seu dedo e sorrindo para ele timidamente. Revirei os olhos e empurrei meus óculos. Romeo parou na frente dela e deslizou ambas as mãos nos bolsos da frente de sua calça jeans. A ação puxou o material mais apertadona sua bunda – que era bem dura. Eu desviei o olhar, envergonhada. 27


Eu ouvi a menina rindo e em seguida, uma risada mais profunda. Eu dei furtivamente uma olhada de volta em sua direção, em tempo de vê-los se afastando, com a mão na parte inferior das costas dela, guiando-a ao virar da esquina. Aborrecimento bateu em mim. Eu pensei que a menina estava saindo. Onde eles estavam indo de qualquer maneira? Ele deveria estar aqui aprendendo! Eu pensei em arrumar minhas coisas e sair logo em seguida. Eu poderia deixar -lhe uma nota sobre a mesa com uma palavra nela: Perdedor. Eu bufei ligeiramente porque a idéia era totalmente divertida. Mesmo assim, eu não faria isso. Ele ia ficar louco e dizer ao seu treinador. O Treinado chamaria o reitor, e então minha nota engraçada de vingança ia me meter em encrenca . Não obrigado. Mas eu não estava apenas indo sentar-me aqui como uma pateta e esperar. Eu faria minha lição de casa. Eu ia fazer tudo e então talvez eu poderia parar no abrigo depois de tutoria apenas algus minutos antes de fecharem para a noite. Apenas a idéia daque lacurta visita fez este dia parecer um pouco menos lixo.

28


Rapidamente, peguei meus cadernos e textos. Eu tinha um teste de livro aberto que o professor na minha aula de história nos deu, então eu decidi começar com ele. Depois disso, eu poderia verificar um par de livros de referência para um trabalho de Inglês. Eu tinha prazo de duas semanas. Eu estava a meio de concluir o teste quando eu olhei para os livros e caderno de Romeu ao meu lado. Sua cadeira ainda estava vazia e ele ainda tinha que voltar. Olhei para cima, soprando alguns fios de cabelo da minha visão. O que no mundo ele estava fazendo? Nós estavamos em uma biblioteca para sair gritando. Eu afastei meus livros e notas e para ir até a esquina, para onde Romeo a menina tinham se dirigido. A fila desapareceua parte de trás da biblioteca, entre asprateleiras. Eu parei através das prateleiras lentamente, parcialmente à procura dele e de olho nos livros ao mesmo tempo. O mais fundo das prateleiras que eu fui, mas o ar estava impregnado com o cheiro de livros antigos, uma cruz entre o papel e poeira. Eu gostei da fragrância. Cheirava como conforto para mim. Havia algo de reconfortante sobre estar cercada por livros. Isso também me lembrou da minha mãe e dos contos de fadas que ela costumava ler para mim quando eu era garotinha. Eu não leio mais contos de fadas. 29


Eu leio não-ficção. Um profundo, suspiro gutural puxou minha atenção de volta para o presente e parou os meus passos. Eu inclinei a cabeça para o lado e ouvi, mas isso não aconteceu novamente. Ele veio da direita, então eu virei a esquina para entrar noutra prateleira de livros. Claramente, esta secção da a biblioteca não era visitada muitas vezes . Até mesmo a iluminação de volta aqui era mais fraca do que em qualquer outro lugar do espaço. Ouvi outro gemido baixo seguido por um som mais leve, mais feminino. Meu estômago apertou. Esses tipos de ruídos não vinham a partir da leitura. Bem, pelo menos nada que eu já tinha lido me fez fazer isso. Eu sabia que deveria virar-me e voltar do jeito que eu vim, mas não o fiz. Os gemidos vinham justamente do outro lado do corredor que eu estava. Devagar e com cuidado, eu subi e puxei um livro realmente pesado da prateleira na minha frente, exatamente no nível do meu olhar. Meus dedos se apertaram dolorosamente ao redor do livro encadernado quando meus olhos pousaram sobre eles. Eram definitivamente Romeo e a menina. 30


Ele estava encostado numa prateleira de frente para mim, mas eu sabia que ele não iria me ver porque sua cabeça estava inclinada para trás e seus olhos estavam fechados. Uma de suas mãos estava espalhada na prateleira ao lado dele. E a outramão ... Ela estava emaranhada no cabelo da loira , na partede trás da cabeça dela . Ela estava de joelhos diante dele, e pelo movimento de balanço da sua cabeça e o modo como sua mão agarrou seu couro cabeludo, eu sabia exatamente o que ela estava fazendo. O fundo caiu fora do meu estômago, e eu reprimi um suspiro . Caramba! Romeo estava totalmente recebendo um boquete na biblioteca! E se alguém viu? E se alguém ouviu? Será que eles não se envergonhavam? Incapaz de desviar o olhar, eu olhava um pouco mais perto. Seus músculos da mandíbula estavam cerrados apertado e seus olhos permaneceram fechados. Seus quadris se projetavam a distância a partir da prateleira, dando à menina todo o acesso que ela precisava. Ela bloqueou a parte mais íntima dele, graças a Deus , mas eu podia ver o extremidades do cinto e a parte aberta de seu jeans em torno dela.

31


Meu rosto aqueceu enquanto eu os assistia descaradamente. Eu nunca tinha dado um boquete em ninguém antes .Ele com certeza parecia que estava gostando. E a menina, ela parecia que ela gostou também porque ela continuou fazendo este suave som de ronronar. Romeo gemeu e murmurou:"Mais rápido…" A menina fez o que quis e sua cabeça começou a sacudir-se muito mais rápido do que antes. Romeo trouxe a outra mão para trás da cabeça dela e empurrou seus quadris mais perto. Eu empurrei de volta, sentindo-me como uma pervertida completa por assistir . Enfiei o livro de volta na prateleira e virou-me para fugir. Devo ter calculado mal onde o livro pertencia porque eu o ouvicair no chão atrás de mim com um baque . Eu não parei. Eu continuei. "O que foi isso?" A menina engasgou . "Nada." A voz de Romeo estava rouca. "Não pare." Eu caí para fora das fileiras de livros e para a sala principal da biblioteca como se eu estivessesendo perseguida por um demônio. Meu coração estava batendo furiosamente quando me sentei na minha cadeira e olhei para o trabalho inacabado. Eu não poderia distinguir qualquer uma das palavra. Minha visão estava embaçada e eu estava completamente perturbada e envergonhada. Tomei uma profunda respiração. 32


Que tipo de cara aparece para sua primeira noite de tutoria e depois desaparece para trás por um boquete? Eu não podia ficar aqui. Eu não poderia ensinar–lhe. Eu só tenho que rezar que eu não ficasse em apuros com o reitor . Arrumei minhas coisas o mais rápido que pude, não tomando o tempo para organizá-lo ordenadamente em ordem de assunto. Quando isso foi feito, eu fechei o zíper da bolsa e saí correndo para fora da cadeira. Eu dei talvez uns três passos quando eu bati emalgo duro e me recuperei. " Whoaa ", disse Romeo, chegando a me firmar . Suas mãos eram tão grandes que cobriram completamente meus ombros. Apenas há momentos atrás, elas estavam segurandoo rosto de uma menina ... na sua virilha . "Onde você vai com tanta pressa?", Eleperguntou. Eu me afastei dele e dei um passo para trás. "Eu estou indo embora", eu disse, e levantei meu queixo . Por que Deus tem que fazer todos esses caras bonitos burros completos? Ele franziu a testa , uma pequena ruga aparecendo emsua testa. "Terminamos?"

33


Irritação me fez esquecer sobre o que eu acabei de ver. Eu ri , soando como um alce sendo atropelado por um carro. "Você deixou bem claro que não está realmente a fim de estudar." Ele trouxe o seu polegar para cima e enxugou o lábio inferior cheio. Eu me perguntava se aquela garota o tinha beijado também. "Ei, eu sinto muito." Ele realmente parecia sincero. "Eu estava apenas..." Ele olhou para mim , e eu levantei minhas sobrancelhas, esperando por sua explicação . Ele suspirou . "Eu não pedi por um tutor. Isto foi tipo empurrado em mim." Cruzei os braços sobre o peito, o movimento tornando a alça da minha mochila cair do meu braço, eo fundo da bolsa me atingiu na perna. Eu ignorei. "Bem , eu não me inscrevi para isso também." Suas sobrancelhas subiram até a linha do cabelo. "Sério?" "Você acha que eu não tenho coisas melhores para fazer do que sentar-me em torno deste lugar?" Seu rosto ficou envergonhado. "Bem não." Rosnei um pouco, porque sua resposta foi idiota .

34


Ele riu e estendeu a mão para a minha bolsa, que estava começando a cortar a circulaçãono meu braço inferior. Antes que eu pudesse dizer-lhe que não, ele deslizou a mão sob a alça e levantou isso do meu braço. O alívio da pressão foi muito bom , então eu não o impedi de ficar balançando-o por cima do ombro . "Então o que eles tem em você?", Perguntou ele, tomando a minha bolsa de volta para a mesa. "O quê? " Eu respondi, girando em torno para encará-lo. "Você sabe ... Por que você tem que serminha tutora?" Ele sentouse e colocou minha bolsa bem entre as pernas no chão. " O reitor disse que era uma exigência da minha bolsa de estudos." "Você tem uma bolsa de estudos ? " Duh . " Eu não acabei de dizer isso?" Eu bati. Eu estava imediatamente arrependida , mas Romeo sorriu. "Sim." Porra, se eu não notei a forma como seus olhos azuis brilhavam quando ele olhou para mim. " Talvez pudéssemos tentar isso de novo ?", Eleperguntou, virando ao charme. "Você nem sequer perguntou meu nome, " Eu soltei. 35


Tanta coisa para pensar que eu era imune ao seu charme. Claramente, isso me fez ingênua . "Eu acho que não." Ele concordou e puxou a cadeira ao lado dele para me para sentar."Qual o seu nome?" " Rimmel." Eu sentei . Mas só porque isso me deixou um passo mais perto de minha bolsa. " Hey, Rimmel." Ele começou, falando o meu nome como ele tivesse dito uma centena de vezes antes."Eu sou" "Eu sei quem você é, Romeo." Seus lábios se curvaram . "Minha agenda diz Roman . "Ele apontou para o papel que tinham me dado. "Ninguém te chama assim." E agora eu sei porque, eu acrescentei silenciosamente. Quero dizer, claro, ele era tipo super popular e grande no futebol , mas eu não tinha percebido o quão longe o seu charme se extendia. Eu o segui até profundamente nas estantes . Ele se inclinou para frente, trazendo seu rostoperto do meu. "Minha mãe chama." " Sua mãe sabe o que você faz em bibliotecas?", retruquei . Meus lábios estalaram fechados, e eu abaixei minha cabeça. Oh meu Deus,e se ele sabe que eu vi ? 36


Sua risada quente espalhou o ar ao nosso redor. "Você quer dizer estudar?" Ele sabia muito bem que eu não estava falando sobre estudar . "Eu tenho que ir." Eu comecei a subir. Ele colocou a mão no meu ombro eme empurrou de volta para o banco. "Fique. Eu realmente preciso de ajuda ou eu vou ser jogado fora do time." " Por que eu deveria me importar?", Perguntei despreocupadamente . Ele puxou as longas pontas do meu cabelo. "Porque se eu fizer isso, vai ser conhecido como a tutora que não poderia ajudar o jogador estrela permanecer no time." "O que faz você pensar que eu ligo para o queas pessoas pensam de mim?" "Todo mundo se importa." Eu olhei para ele por debaixo das bordas pretas de meus óculos. "Bem, eu não sei. Mas eu quero manter a minha bolsa." Ele sorriu como se ele tivesse ganhado. "Nós provavelmente devemos definir algumas regras." Eu continuei . 37


Ele caiu para trás contra a cadeira, cruzando os braços sobre o peito. "Você quer fazer regras para a tutoria." Eu balancei a cabeça . "E se você não segui-las, eu desisto." Ele me estudou por um longo momento. Isto fez-me contorcer no meu lugar. Romeo tinha um olhar muito intenso. "Ok, Rimmel" ele demorou . " Vamos ouvir essas regras." Engoli em seco . Toda vez que ele disse meu nome, a saliva na minha boca parecia engrossar. "Ok." Eu concordei . Endireitei meus ombros e levantei a minha mão para contaras regras enquanto isso. "Um: não se atrase. É grosseiro. Se você atrasar outra vez, eu não vou esperar." Seus lábios tremeram , o que me trouxe paraa próxima regra . "Dois: Não se incomode tentando me encantar pra fazer o seu trabalho para você. Eunão vou." Ele levou a mão ao peito como se ele foi ofendido. "Você acha tão baixo de mim." Ele engasgou . Revirei os olhos. "Três: não há meninas durante a tutoria. Sem desaparecer." "Mas você é uma menina" disse ele, sentando-se para a frente rapidamente e colocando um monte de cabelo atrás da minha orelha. A parte de trás do meu pescoço eclodiu arrepiada e se

38


espalharam pela minha coluna vertebral, e os meus dedos dos pés curvados no Converse que eu estava usando. "Regra quatro", eu disse , ignorando o jeito engraçado que ele me fez sentir. "Sem nenhuma gracinha. " "Eu não posso evitar, Rimmie." Seus intensos olhos azuis percorriam meu rosto como se ele estivesse olhando para mim pela primeira vez . "É tão fácil para fazer você se envergonhar." Eu bati afastado sua mão. "Regra cinco: Não me chame de Rimmie." Ugh , ele era irritante! Ele riu e sentou-se . "Certo. Agora,podemos começar a trabalhar?", ele perguntou, apontando paraseu papel. " Não", eu bati . "A aula acabou por hoje." " Mas e sobre esta tarefa?", Ele lamentou. " Aqui está um pensamento, " eu disse enquanto arrebatava minha bolsa e me levantri. " Sente-se aqui e faça isso." Eu comecei a me afastar, quase tropeçando sobre meu cadarço meio-desatado . Ele riu baixinho , e eu pensei sobre chutá-lo . " Rimmel" disse ele. Parei e me virei. "Vejo você depois de amanhã." 39


Eu corri fora para o ar frio do outono e puxei grandes goles da atmosfera fresca. Ele era absolutamente irritante! Cheio de si mesmo. Arrogante. Bonito demais. Ele foi terrível! Isso ia ser uma tortura ! Por que então eu já estava antecipando a próxima aula?

40


Capítulo Quatro #Sexo numa vara .Obrigado pelo show ontem à noite, Romeo. Nós não vimos seu rosto, mas reconheceríamos aqueles músculos em qualquer lugar...AlphaBuzzFeed

Romeo

O brilho perturbador de uma luz muito brilhante entrou no meu sono profundo. Irritado, eu peguei um travesseiro e puxei-o sobre a minha cabeça . " Levante-se", disse alguém de cima e me cutucou nas costelas. Eu saltei da cama; o travesseiro arremessado para fora. O intenso feixe de uma lanterna focou nos meus olhos pesados de sono e eu coloquei minha mão para proteger meu rosto. "Que diabos ? " , Eu murmurei.

41


As cobertas emaranhadas em torno de minhas pernas estavam rasgadas forae o ar livre e fresco correu na minha pele nua. Antes que eu soubesse o que estava acontecendo, um saco de algum tipo foi atirado sobre minha cabeça e mãos me puxaram para fora da cama. A adrenalina subiu pelo meu corpo, fazendo o meu ritmo cardíaco acelerar dez vezes. Todos os meus músculos tensos e a pessoa ainda agarrando o meu braço fez uma pausa. "Você tem a nota, certo?" , Ele sussurrou. Algumas outras vozes irromperam atrás do cara que falou, dizendo-lhe para calar a boca e que nenhuma conversa era permitida. Alívio derramou através do meu sistema. Isto era a fraternidade. Eu deveria ter sabido imediatamente. Eu balancei a cabeça, e a mão no meu braço me empurrou para a frente. "Eu preciso de roupas!" Eu gritei quando passamos pela porta da minha casa e saimos para o ar frio da noite. Todo mundo estava rindo . "Não onde você está indo", disse alguém. Eu estava vestido com nada além de um par de cueca boxer. Às vezes eu dormia nu. Graças a Deus eu não tinha feito isso na noite passada. A última coisa que eu precisava era de minhas 42


bolas batendo neste ar no caminho para alguma localização reservada. "Boas escavações", alguém disse atrás de mim, enquanto eu era levado ao quintal da casa dos meus pais em direção a onde quer que eles estavam estacionados . Foi bom , melhor do que bom de fato, e foi também o motivo exato porque eu morava em casa e não no campus. Bem, tecnicamente, eu morava em casa, mas não com os meus pais . Eu morava na casa da piscina atrás da casa principal. Era um edifício de um andar que minha mãe projetou para olhar como uma casa de campo do lado de fora. O tapume era branco, as persianas pretas e a porta da frente vermelha, com um batedor de ouro na frente . A casa da piscina era basicamente um espaçoso apartamento de um quarto. Ele tinha uma cozinha completa, uma grande sala de estar e um ginásio para que eu pudesse treinar . Havia arbustos e roseiras plantados ao longo da frente e várias janelas que davam para a enorme piscina. A piscinada casa poderia ter sido projeto de minha mãe, mas a piscina era do meu pai. Ela era enorme e parecia uma lagoa. Ela tinha grandes pedras importadas de que o inferno sabia de onde, a iluminação subaquática para fazer a água colorida brilhar. Era o tipo de 43


piscina que você poderia andar dentro dela; a água era tão superficial quanto seus tornozelos , mas diminuia gradualmente todo o caminho até dois metros e meio de fundura. Havia também uma pequena cachoeira no fundo do poço. Nós morávamos apenas a cerca de 15 minutos do campus e eles não me faziam pagar o aluguel. Isto era um negócio doce. Eu ouvi o ranger do portão na cerca e então meus pés descalços afundaram na fria e úmida grama. Minha pele se arrepiou com penas de ganso e dentro do saco de estopa, eu sorri porque pelo menos eu não teria que me preocupar em ostentar uma ereção matinal. Eu me perguntei que horas eram quando eles me empurraram para a parte de trás de um carro e tiraram descendo a rua. Eu não conseguia ver nada além do saco , mas ainda parecia escuro. O tecido marrom ficaria mais claro se o sol estivesse alto. E claro, eles não teriam precisado de uma lanterna no meu quarto. O carro passou por cima de uma enorme colisão na estrada e fui jogado para o lado, meu braço nu batendo contra alguém cujo braço também estava nu . Eu empurrei na vertical enquanto a pessoa ao lado endureceu e todos ao nosso redor riram. Eu assumi,então, quem era outra promessa. 44


Não demorou muito para chegar onde eles estavam nos levando e nós fomos empilhados para fora do carro e levados através de uma grama mais fria e úmida . Soou como um outro portão estava sendo aberto , e então eu estava sendo empurrado em minhas costas. "É melhor ver por onde anda", disse um cara com clara diversão. Meus pés deixaram a grama e econtraram algo duro , como concreto, e o cara que tinha tipo me ajudado mais cedo me dizendo quem eles eram, inclinou-se para sussurrar baixo, "Degraus." Eu não reconheci que ele disse alguma coisa porque eu percebi que ele não deviame dizer. Minhas suspeitas foram comprovadas quando ouvio que soou como alguém caindo e um bando de caras rindo. "Temos um desajeitado em nossas mãos! " Meus passos diminuiram e eu cautelosamente me movi adiante, antecipando o primeiro passo. Um dedo me cutucou nas costas no momento que meu pé encontrou o ar. Desci e concentrei-me em descer as escadas, que parecia realmente muito íngreme. Enquanto ia, eu os contei . Havia Sete. O ar aqui estava frio, talvez mais frio do que do lado de fora, e o chão ainda era feito de algum material duro, áspero como o concreto. 45


Cerca de trinta passos para denro do quarto, uma voz ordenou para parar.. Eu parei e virei-me para onde eu ouvio som. "O passado é apenas isso" a voz entoou . "Está no passado; agora é irrelevante. Você renasce hoje à noite, começando um novo capítulo na sua vida!" Alguns dos rapazes gritou o seu acordo. Eu fiquei em silêncio . "E então você vai começar essa nova vida da maneira que você foi trazido para ela!", disse. O que diabos isso significava? Depois de algumas batidas de silêncio, ele gritou:"Faixa! Vamos, peladão! " Rosnados dos meus dois lados encheram o ar, mas eu sorri e alcancei o cós da minha cueca. Assim que a tirei, segurei-os na frente do meu pau , quase como um escudo, mas ficou casualmente . Segundos depois, o saco na minha cabeça era rasgado fora e eu pisquei, com foco noquarto. A única iluminação vinha do que tinha de ser, pelo menos, cinquenta grandes velas acesas em torno do quarto. Havia cerca de dez apostas á minha direita e esquerda, todos nós nus. Olhei o melhor. 46


Claro. Diante de nós estava o presidente da fraternidade Alpha Omega, e é claro que ele estava completamente vestido. Alguns dos outros membros da frat estavam atrás de nós em uma fila, e eu olhei em volta para ver quem estava atrás de mim. Meus olhos estão conectados com um dos running backs na equipe, e ele me fez umgesto muito sutil de “e aí?”. Eu sabia que era ele que tinha me ajudado com as escadas . Nós éramos companheiros de equipe. Irmãos. Cuidamos um do outro. E eu cair e me machucar ia chatear seriamenteo treinador. "Para alguns de vocês perdedores..." O cara que nos ordenou ficar nus falou. Ele era o presidente da fraternidade, Zach Bettinger . Ele estava no último ano aqui. Alguns diziam que ele ia um dia para a Casa Branca. "Este é o mais perto que você vai chegar a esta fraternidade. Alguns de vocês simplesmente não vão fazer o corte. Não deixe isso te derrubar, rapazes. Alguns de vocês simplesmente não são bons o suficiente." Que banho de água fria . "Estar aqui não significa que você está dentro." Ele continuou, seus olhos colidindo com os meus. Até na baixa iluminação das velas, eu vi aemoção que brilhou quando ele olhou para mim. Esse cara não gostava de mim .

47


Anotado. "Isso significa que foi dada a você uma chance. Uma oração, se você quiser." Ele estendeu as mãos. "Para juntar-se a mais exclusiva, a fraternidade mais épica." Elogios subiram atrás de mim. Eu sorri . "O que você faz em seguida irá determinar se você tem o que é preciso para entrar." "O que nós temos que fazer ? " O cara ao lado perguntou-me . Zach parou e olhou para ele. "Vocês acham que vocês podem cortá-lo?" "Eu sei que posso." Ele sorriu . " Tudo bem." Zach fez um sinal na linha de promessas . " Dêem uma boa olhada, rapazes. Este aqui é a sua concorrência para o próximo mês." Um mês de promessas? Isso foi insano. Todos nós olhamos ao redor. Eu notei alguns olhares persistentes enviados em minha direção. Eu estava acostumado com isso. Meus conhecimentos do futebol , as conexões dos meus pais, e a minha aparência me deram uma espécie de status de celebridade campus. Foi uma das razões que me fez surpreso de que eu não tinha permissaõ de concorrer no ano passado. 48


"Durante as próximas semanas, serão enviadas tarefas tanto por nota ou um texto que você vai precisar completar. Você não precisa nos dizer que você os completou. Nós saberemos." Zach olhou para mim novamente. "Estamos sempre assistindo." Eu olhei para ele. Ele não me intimidava, e eu tinha certeza que ele estava tentando. Ele desviou o olhar, andando na frente das velas tremeluzentes. Vislumbrei ao redor. Parecia que estávamos em uma caverna de algum tipo. Mas não era um lugar inusitado. As paredes não estavam acabadas, mas houve lance de tapetes no chão, poltronas de couro e mobiliário por aí. Por trás das velas , eu poderiaperceber o que parecia ser uma mesa de bilhar . Talvez isso fosse algum tipo de clube ouum lugar muito frequentado da fraternidade. "Você tem vinte e quatro horas para concluir uma tarefa, uma vez que lhe for dada. Se você não fizer isso, você está fora. Sem excessões." Isso não parece tão ruim . Eu poderia lidar com isso , sem problema. "Há uma outra coisa ", Zach chamado,de volta a nossa atenção. "Você vai ter o mês todo, até que você seja introduzido na fraternidade." 49


Os caras atrás de nós riram . "Levar uma garota para a cama - fazer sexo com ela." Eu sorri com desdém. Ele pensou que eu precisava de um mês para isso? Eu acho que alguns dos outros caras pensaram que ia ser fácil, porque Zach sorriu e levantou a mão para silenciar toda a ostentação por aí. "Mas não qualquer menina . Nós vamos escolher para você." Ah , bem, isto não era interessante? Ainda assim, eu não estava preocupado. Eu ainda não tinha conhecido uma menina eu não podia encantar. Debaixo da linha, alguém disse: "Parece que alguns de nós pode ter uma vantagem injusta." Todos os olhos se voltaram para mim. Eu sorri e dei de ombros. Eu senti o olhar de Zach então eu olhei para ele."Não se preocupe. Este será um desafio para todo o mundo." Eu sorri mais amplo. Pode vir.

50


" Uma outra coisa. Obter prova uma vez que é feito. Uma foto. Vão mandar para você um número para onde você vai enviar a foto." O saco que eu estava usando quando eu entrei no quarto foi empurrado para trás por cima da minha cabeça. " Dê o fora daqui", disse Zach como se a visão de nós subordinados estivesse fazendo-o doente. Nós todos nos embaralhamos para voltar a subir as escadas íngremes e para o ar frio. Assim, para o próximo mês,eu ia completar desafios aleatórios, dormir com uma mulher que eles selecionaram, e tirar uma foto como prova . Eu pensei que entrar numa fraternidade deveria ser difícil . Os caras me trouxeram de volta para o meu lugar e me guiaram pelo quintal. Eu tinha certeza que este não era o mesmo cara de antes (meu companheiro de equipe ), porque ele era muito mais rude e silencioso. Poucos passos depois do portão, ele agarrou-me duramente, fazendo-me tropeçar ante sque eu me endireitasse. Ele agarrou o saco sobre a minha cabeça e puxou-o fora. Eu tive dois segundos para perceber o símbolo pintado com spray da fraternidade na minha porta da frente antes que eu fosse empurrado para a frente.

51


O chão sob meus pés desapareceu e eu senti meus olhos se arregalam quando a cristalino água da piscina chegou mais perto. Porra! Meu corpo mergulhou nas profundezas e o choque deixou meus pulmões congelados. Meu corpo inteiro com a baixa temperatura. O aquecedor da piscina não estava ligado no momento, então eu fui deixado com os dedos gelados da raspagem da água em mim todo o caminho até os meus ossos. Meu pé bateu no fundo da piscina e me empurrou para cima, correndo em direção à superfície escura. Minha cabeça limpou a água e minha respiração pesada. Estava tão frio que doía respirar. Virei-me para foder com quem me empurrou aqui, mas o pátio estava vazio. Eu puxei para fora da piscina e rapidamente corri para dentro, passei o cruamente símbolo pintado sobre a porta, e para o banheiro, onde eu liguei o chuveiro no mais quente que podia. Eu olhei no espelho enquanto eu esperava a água aquecer. Minha pele estava vermelha e manchada do frio e meus lábios estavam quase incolores, assim como meus dedos. Vai começar a iniciação.

52


Capítulo Cinco #Alerta de Soneca Notas do meio termo postadas na próxima semana. Se você já estiver sendo reprovado, agora é uma boa hora para implorar. ...AlphaBuzzFeed

Rimmel

Eu apareci cedo e fiquei até tarde . Havia apenas algo sobre esse lugar que eu precisava de extra hoje.

53


Bem, eu sabia o que era. A consistência, o fato de que eu sabia o que esperar aqui. Eu sabia o que eu ia receber quando eu entrasse pela porta . Os animais eram muito melhores do que aspessoas. Eles não esperavam nada, eles não julgavam e eles eram reais o tempo todo. Eu amava a honestidade com que os animais viviam. Nenhuma coisa sobre eles era falso. Eles mostraram como eles estavam se sentindo, sem desculpas. Foi por isso que eu queria me tornar uma veterinária.Eu queria dar de volta tudo o que me tinha sido dado. Eu queria ser a sua voz quando eles não podiam falar. Eu queria ser o amigo que eles sempre foram. Eu queria a capacidade de fazê-los se sentir melhor quando estavam doentes . Eu não era boa com as pessoas ... mas os animais ...animais eram a minha paixão. Uma vez que eu tinha acabado de limpar a parte de trás do quarto, eu esvaziei o balde e coloquei tudo no lugar para secar. Eu desliguei as luzes e entrei na sala onde nós mantinhamos todos os gatos. Caixas de metal cobriam as paredes, algumas empilhadas em conjunto. Os pisos eram feitos de azulejo branco e as paredes eram pintadas de branco também. Posters de animais cobriam as paredes juntamente com algumas outras imagens de celebridades 54


que apoiavam resgate de animais. Na parede oposta estavam um bando de armários que guardava comida e suprimentos para os gatos. Gatos não eram tão abertos com sua afeição como cães, mas era algo que eu entendia. Os gatos permaneciam distantes e reservados; eles eram muito independente. Eles gostavam de estudar as pessoas; eles gostavam de realmente saber com quem eles estavam lidando antes de chegar muito perto. Alguns gatos nunca se preocupavam em ficar muito perto de ninguém. A vida me ensinou a ser da mesma maneira. Na pilha de gaiolas, estava Murphy. Ele estava encolhido no canto da sua casa com seu rosto enfiado na curva de seu corpo. Eu afundei para o chão em frente da porta, destravando-a e balançando-a aberta. Ele se eegueu a cabeça e olhou para mim, a luz verde do seu olho sempre foi o foco contra o seu pelo de meia-noite. Foi ainda mais um ponto focal porque havia apenas um. Murphy veio para o abrigo gravemente ferido e desnutrido. Ele perdeu seu olho esquerdo um pouco depois. Ninguém jamais teve certeza do que aconteceu com ele. Isso foi há um ano atrás. Ele já não era mais muito magro e frágil. Seu pelo não era sem graça e opaco, mas lustroso e brilhante. 55


O lado esquerdo de seu rosto estava intacto, mas onde devia haver um grande olho verde, não existia. A pele e pêlo tinha sido costurado juntos, onde ele curou. E em lugar de seuolho era uma espécie curva da linha, uma cicatriz , mas estava coberta de pêlos . "Hey, Murphy" eu disse suavemente, estendendo minha mão para ele cheirar . Ele tocou a ponta do seu nariz fresco no meu dedo e eu sorri. Mantendo minhas ações deliberada, eu deslizei meus dedos para cima sobre a cabeça e coçei atrás de sua orelha. O som de ronronar profundo encheu o espaço ao nosso redor e eu sorri. "Desculpe eu não vir aqui ontem", eu disse a ele. "Eu tenho que ensinar alguém na escola. Ele vai ser uma verdadeira dor na bunda." Murphy bocejou e se afastou de meus alisados. Eu sorri. Ele estava tão entediado com Romeo como eu estava. Claro, se eu fosse honesta, Romeo não me aborreceu realmente. Essa foi uma das razões que eu tinha temido em ir lá. A gaiola acima de Murphy estava vazia."Parece que o seu vizinho foi adotado" eu disse. Michelle , uma das funcionárias do abrigo,veio atrás de mim.

56


"Sim, hoje cedo." "Isso é ótimo", eu disse. Era o objetivo fundamental deste abrigo para cuidar de animais, mas em última análise, encontrar para eles casas permanentes e acolhedoras. Mas ninguém nunca quis Murphy. Talvez fosse por isso que eu o amava tanto. Eu senti uma espécie de conexão estranha com o gato que ninguém queria. Ele não se encaixava na imagem de um bom gato de família. Ele era mais negro que preto, o que tornou mais difícil para ele em primeiro lugar. Animais pretos eram sempre os últimos a ser adotados.Talvez porque eles não aparentavam ser amigáveis e fofinhos como os outros. Talvez porque eles parecessem um pouco perigosos... e talvez fosse por causa do estigma que gatos pretos traziam má sorte. Mas mesmo quando alguém tivesse deixado passar a cor de seu pelo, eles notariam a cicatriz e o olho faltando. Ele parecia danificado. Ele parecia ter tido uma vida difícil (que, sim, talvez ele tinha tido), e ninguém queria lidar com coisas danificadas. Isso os fazia desconfortáveis. Assim Murphy foi continuamente deixado para trás. Ele foi ignorado. Tinha vivido naquela jaula no último ano, enquanto todos os outros gatos vieram e foram.

57


Se eu não vivesse em um dormitório, eu já o teria levado para casa comigo. "O que você ainda está fazendo aqui?" Michelle perguntou enquanto se movimentava ao redor da sala. Eu dei aMurphy um última carícia e em seguida, tranquei a porta e parei . "Eu queria passar algum tempo extra de limpeza na parte de trás. Está uma bagunça. " Michelle sorriu. "Você é a única estudante de faculdade que eu conheço que prefere limpar do que sair com seus amigos." Isso é porque eu não tinha amigos . "Sarah te disse que eu não estaria aqui às segundas, quartas e sextas-feiras por um tempo?", perguntei, ignorando sua declaração e o sentimento de vazio que isso me deu. Michelle virou a partir do que ela estava fazendo e me deu um sorriso. "Você está na tutoria de um cara? " Sorri um pouco com o tom em fofoqueiro a voz dela. "Sim." "Diga-me que ele é super quente." Eu ri, mas dei de ombros. "Ele é bom." Michelle gemeu. "Aquele bom?" Senti meu enrugamento da testa com a resposta dela . 58


Ela balançou a cabeça . "Eu conheço você, Rimmel. Você minimiza tudo. Então, se você está dizendo que ele é bom, então eu sei que você está babando por dentro." Eu ri. "Eu não babo." Michelle ficou séria. "Divirta-se. Vá conhecê-lo. Talvez" Eu levantei minha mão e interrompi suas palavras. "É só tutoria." "Não tem que ser," "Sim, é verdade." Se ela soubesse que eu estava na tutoria de uma celebridade do campus, então iria compreender. Michelle suspirou. "Rimmel", disse ela e veio para ficar diante de mim. "Você não se dá crédito suficiente." "Huh?" Eu empurrei os óculos para cima do meu nariz."Você é uma pessoa tão boa. Você tem muito a oferecer. Deixe-o conhecê-la." Um nó se formou na minha garganta. Ela estava apenas falando, apenas palavras. Ela estava apenas tentando ser legal. Michelle não sabia o que eu fiz. Ou talvez ela soubesse. Talvez ela estivesse apenas tentando me fazer sentir bem. Ela só me fez sentir pior . 59


Voltei a olhar para Murphy. Meu parente deespírito. Por baixo, ele era um bom gato. Leal e amoroso. Mas ninguém nunca se preocupou em olhar o passado de seu exterior áspero, porque, na realidade, olhares significavam mais do que todo mundo queria admitir. Romeo era igual a todo mundo. Meu exterior iria mantê-lo no comprimento do braço, exatamente como deveria. Eu não pertencia a ao mundo de Romeo. Eu era como um pino redondo para buraco do tamanho de uma praça. "Eu deveria ir" eu disse, agarrando a minha bolsa da mesa. "Vejo você no sábado de manhã." Corri para fora do abrigo antes que ela dissesse qualquer outra coisa. O ar estava frio e fresco . Eu parei na calçada, olhei para o céu noturno manchado de tinta, e estremeci. Eu ainda não estava acostumada com todas estas mudanças sazonais. Na Flórida, era sempre quente. Eu realmente precisava me lembrar de uma jaqueta. Minha lambreta estava estacionada do lado de fora do abrigo. Eu não tinha um carro e isso me fez me locomover, por vezes, um pouco mais fácil, mas não era uma maneira muito quente para viajar. Assim que eu subi no assento e amarrei meu 60


capacete, eu sabia que logo eu estava indo ter que estacionar esta coisa para o inverno. Meu dormitório era no segundo andar do edifício, e eu tive que usar minha ID pra entrar. Meninas circulavam , os corredores cheios com risinhos e o cheiro de perfume. Eu podia ouvir algumas TVs por trás de portas e algumas com a música tocando. Meu dormitório era um dos que estavam com música. Eu entrei e o som do Bruno Mars ficou mais alto. Joguei minha bolsa nos pés da minha cama bem arrumada enquanto Ivy , minha companheira de quarto, se virou do seu espelho . "Ugh!", Ela explodiu . "Não tenho nada para vestir!" Sua cama estava coberta de tops e jeans. O chão estava cheio de botas e sapatilhas. Não era nada de novo. Ela estava sempre procurando a roupa perfeita e era raro o seu lado da sala estar sempre limpo. "O que há de errado com o que você tem?" eu perguntei, afundando na cama. "Isso!", Ela perguntou, apontando para um par de calças de yoga e um top solto. "Este é roupa comum!"

61


Eu não me importava com roupas. Parecia um tipo de desperdício de energia ... e também algo que faz você ser notada. Às vezes, ser invisível era melhor. "Tenho certeza de que o que quer que você escolher será fabuloso" Eu respondi e carreguei minhas coisas de chuveiro com tudo o que eu precisava para tomar banho antes de ir para a cama. "Ei, Então, como foi a tutoria?" ela perguntou . Ivy e eu não éramos realmente amigas, mas nós éramos companheiras de quarto que viviam juntas há tempos. Ela não era o tipo silencioso; ela era borbulhante e faladora e ela fazia um monte de perguntas. Era mais fácil responder a ela do que tentar fugir . Além disso, eu meio que gostava de conversar com ela. Revirei os olhos. "Ele é um completo idiota". "Ele é quente, pelo menos?" Meus lábios se curvaram em um sorriso. Eu me perguntava o que ela diria se eu lhe disse que era Romeo. Ela provavelmente ia fazer xixi nas calças. Antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, Ivy virou-sede volta para o espelho. "Esquece. Claro que ele não é quente. Que 62


gostosão vai e se sentar na biblioteca três dias por semana para ser tutelado?Um aleijado ". Eu engoli o nome de Romeo na minha língua. Eu sabia que ela não quis dizer isso como um insulto, mas ainda ardiam. Eu ia na biblioteca o tempo todo. Eu saí da sala e fui pelo corredor até o banheiro. De repente, eu estava muito cansada.

63


Capítulo Seis Procurando por Romeo? Siga a trilha de corpos. As garotas estavam caindo ao seu lado como moscas. #Matador de mulheres # Exibicionista ...AlphaBuzzFeed

Romeo

Acordei com a visão de minha mãe de pé em cima de mim, desaprovação em seus lábios e segurando uma caneca de café em suas mãos. Com um gemido, eu rolei e agarrei os cobertores ao redor da minha cintura. A últimacoisa que eu queria era dar a minha mãe uma visão da minha dureza matinal. "O quê? " Eu meio que rosnei. 64


"Não fale assim comigo", ela entoou, nem mesmo voltando atrás uma polegada . Valerie Anderson não era facilmente intimidada. Na verdade, ela era a intimidante. Eu sabia pelaforma como suas sobrancelhas perfeitamente arqueadas se juntaram que ela estava tentando me intimidar. Isto não iria funcionar. Nunca funcionou. Eu tenho o mesmo tipo de atitude Nunca Voltar Atrás em meus genes. "Por que você está me encarando?" Parei para olhar para o relógio e me encolhi. Era o louco raiar do dia. "O sol nem sequer nasceu" Eu terminei com um gemido. Eu não dormi graças ao meu pequeno seqüestro e natação na noite passada, e agora isso. "Eu gostaria de uma explicação para o graffiti na sua porta da frente", disse ela friamente. Porra. Minha mãe podia ser intimidante, mas ela era ainda mais que uma perfeccionista. Em cima de que, a "bagunça" foi na porta da frente, onde - suspiro - os vizinhos podiam ver. "Foi uma brincadeira, mãe." Eu esfreguei uma mão sobre meu rosto. 65


"Sim. Bem, você sabe como me sinto sobre a aparência de nossa casa. Limpe." "Não é possível o jardineiro fazer isso?" Eu gemi. "Não é o seu trabalho para limpar por causa de seus amigos." "Tudo bem" eu murmurei e sentei enquanto meu pai entrava no meu quarto atrás dela.Que diabos foi isso? Eles nunca vieram aqui, no entanto, aqui ambos estavam. "Valerie, dê ao menino uma pausa. Você não podever que era o Omegas?" Seus olhos se voltaram afiados e ela olhou sobre seu ombro. "Você quer dizer a fraternidade exclusivada qual você e seu pai foram ambos membros, Anthony?" "A primeira e única." Ele respondeu, em seguida,olhou em volta de mim. "Parabéns, filho. Eu sabia que eles iam te apressar." "Pai." Eu suspirei enquanto meu intestino apertados. "Você tem algo a ver com isso? " Ele poderia estar agindo como se este fosse uma ocorrência esperado agora, mas no ano passado , ele foi extremamente amargo que eu não tinha sido apressado por Alpha Omega . Ele pode não ter dito muito, mas ele pensou que era minha culpa. Por semanas , ele olhou para mim como se eu estivesse faltando algo. 66


Senti meu olhar achatar, enquanto eu olhava para ele, à espera de sua resposta. "Você está me perguntando se eu tive que fazer uma ligação?" Como em chamar o seu velho amigo o reitor para reclamar por isso gostaria de obter um ponto? "Sim." "Claro que não. Você tem um lugar porque você a ganhou. " Eu vi seu rosto, enquanto ele falava. Aprendi há muito tempo atrás como ler meu pai e ler entre as palavras dele para ouvir a mentira. Meu estômago deu um nó quando eu vi que ele estava dizendo averdade. Eu soltei um suspiro, aliviado . A verdade era que eu queria esse lugar em Omega. Mas eu só o queria que ele se fosse real- se eu realmente o ganhei. Eu não queria algo que meu pai teve que comprar . "Vamos lá, Valerie, dê-lhe algum espaço. Tenho certeza de que Roman tem treinamento para fazer antes aulas", disse meu pai. "Claro ", disse ela, olhando paraa mim. Eu tenho o meu cabelo loiro dela e meus olhos azuis do meu pai. Mesmo que fosse quase de manhã, ela já estava vestida com umpar de jeans sob medida e um suéter de cashmere. Seu cabelo era liso e cortado na altura do queixo. Sua maquiagem era 67


perfeita. Na verdade, naõ havia uma vez que eu poderia lembrar de vê-la sem maquiagem. Meu pai colocou seu braço ao redor de seus ombros e guiou-a para a porta do quarto. Ele estava vestido com um terno de grife de três peças. Ele tinha cabelo curto e escuro que estava grisalho nas têmporas. Ele era um homem grande, com mais de 1,80m de altura com uma construção ampla. Ao longo dos anos, ele tinha perdido um pouco de sua massa muscular, mas ele ainda era grande o suficiente para não parecer magro. Meu pai tinha o tipo de sorriso que poderia fazer as pessoas comerem merda fora de sua mão e acharem que era caviar. Ele era naturalmente nascido pra ser líder, mas nunca teve de usar a força para conseguir o que queria. Encanto era uma arma bem melhor. Isso fez dele um advogado de grande sucesso . "Roman " Mamãe disse, voltando-se . "Não tenha pressa em limpar fora da porta. Apenas se concentre em treinamento e o jogo de amanhã." "Obrigado", eu disse. Em outras palavras , agora que ela sabia que era o símbolo exclusivo dos Alpha Omega, ela queria que todos vissem. Eu não me incomodei em lembrá-la de que não importava se ele estava lá ou não, a casa principal era tão grande

68


que escondia este de vista. Já para não falar , havia uma privacidade gigante em torno de toda a propriedade. Vesti uma calça de moletom e ignorei o ar fresco da manhã contra o meu peito nu. Dentro do ginásio da minha casa, liguei a música, o tipo que poderia vir a bombear-me cheio de energia, e depois levantei os pesos. Após cerca de uma hora e meia de treinamento, meus músculos estavam tremendo e minhas pernas pareciam gelatina . Tomei banho e bati um shake de proteína rápido para ir. Eu tinha uma manhã cheia de aulas, uma esta tarde, em seguida, praticar até o início da noite . Então eu tinha que ir para a tutoria. Eu ri para mim mesmo, enquanto eu atravessava a propriedade para a entrada de automóveis e meu carro . Minha tutora era uma bagunça. Eu meio que senti pena dela. Eu pensei sobre todas as regras que ela me deu e eu ri novamente. Ela e minha mãe iriam se dar gloriosamente bem. Todos os pensamentos de minha tutora tensa fugiram quando me aproximei meu passeio de merda e admirei o corpo. Quando terminei o colégio, meus pais compraram-me um Dodge Challenger Hellcat .

69


Era verde com laterais pretas, uma listra preta no telhado, e um capuz preto. O interior era de couro preto com riscas verde-limão no volante. O motor era um V8 supercharged (que é o que fez dele um hellcat ), e tinha um sistema de aparelho de som que sacudia as janelas. Era um ímã para mulheres. Se havia uma menina que tivesse uma espécie de hesitação em abandoná-lo naquela noite, tudo o que eu tinha que fazer era colocar a mão na alavanca de mudanças entre os assentos , envolver minha mão sobre a dela , e "Mostrar a ela" como mudar. Ele selava o acordo . Cada. Bendita. Vez. Eu deslizei no couro amanteigado e virei a chave, deixando o ronronar do motor para a vida. Esta noite era a fogueira antes do jogo. Não poderia realmente chamá-lo de uma reunião de vitalidade, porque era apenas um grupo de estudantes se embebedando em nome do futebol. Poucos minutos depois, eu cheguei em um grande estacionamento e me dirigi para o meu lugar regular. Ninguém nunca tinha estacionado aqui, apenas eu. Por alguma regra não dita, esse era o meu lugar .

70


O caminhão levantado de Braeden estava estacionado próximo ao meu carro. Os pneus levantados faziam o meu Challenger olhar minúsculo ao lado dele. Quando saí, ele veio em torno de seu capuz, sorrindo e estendeu o punho. Bati o meu contra o dele na hora que ele perguntou ,"Como foi?" Eu sorri . "A Iniciação começou." "Então," ele pressionou quando começamos a andar. Eu levantei minha mochila sobre meus ombros e ajeitei no lugar. "Que tipo de merda que você tem que fazer? Quão dura é que vai ser? " "Nada que eu não possa resolver, homem." Passamos por um grupo de meninas risonhas de pé ao lado de um carrinho de café. Braeden me deu um tapa no peito. "Você conseguiu algumas admiradoras." Eu sorri e dei-lhes o gesto e aí? com o meu queixo. "garotas ", eu disse. "Vocês vão para a fogueira hoje à noite? Vão apoiar os lobos?" Várias das meninas abaixaram a cabeça timidamente, mas um par de meninas mais ousadas levantaramo queixo e olharam diretamente para nós. Uma delas que eu tinha certeza que eu

71


tinha tido relações sexuais no último fim de semana se separou e caminhou em nossa direção. Eu diminuí meus passos e deixei meus olhos varrerem sobre seu jeans apertados e top decotado."Bem frio aqui fora esta manhã" ela disse. Seu olhar caiu para o meu revestimento azul e dourado do time do colégio . Eu ignorei a dica e passei um braço através de seus ombros . "Parecendo muito quente paramim", eu disse lentamente . Ela se mexeu um pouco mais perto . "Eu vou estar torcendo das arquibancadas amanhã à noite." "Eu gosto de ver o espírito de equipe." Braeden riu. "Oh , eu tenho espírito", ela ronronou e tocou a borda da minha jaqueta. Eu me afastei. Ela estava desesperada. Eu pegueiem seu rosto e confiei na memória para que euficasse longe dessa. Se eu dormisse com ela novamente, ela provavelmente pensaria que estávamos em um relacionamento. Ela deu um pequeno puxão no meu pulso e eu deixei ela me puxar para trás e dei-lhe um dos meus sorrisos de gotejamento de charme. "É melhor que você tire essa bunda sexy desse frio e vá 72


para a aula." Enquanto eu falava , eu me habilmente me desengatei dela e coloquei alguma distância entre nós antes que ela sequer percebesse o que estava acontecendo. Na hora que ela percebeu, eu já estava me virando e indo embora. "Cara ", disse Braeden e mordeu os nós dos dedos." Você tem que pegar essa. " Eu ri. "Já fui lá, já fiz isso." "Então eu tenho que pegar. " Nós dois rimos e viramos a esquina em torno do edifício. Algo bateu ema mim. Eu estendi a mão e automaticamente agarrei a pessoa saltando para trás, enquanto um livro voou para o lado e caiu na calçada. Um corte de som estrangulado através da comoção, e eu apertei minha bolsa e olhei para baixo. Cabelos escuros, emaranhados estava em toda parte. Minha mão ultrapassou completamente seu ombro, e ela cambaleou em seus pés para se equilíbrar . "Whoa" eu disse como um sorriso curvou meus lábios. "Olhe onde você está indo . " A menina olhou para cima rapidamente por baixo dos óculos de armação preta . O reconhecimento iluminou dentro de mim. " Hey , professora" eu disse. 73


"Hey," ela guinchou , sem fôlego . Ela se virou para trás para curvar-se e obter o seu livro. Quando ela se curvou , sua bolsa de grandes dimensões deslizou ao redor e bateu na parte de trás dos joelhos e ela tropeçou. Eu peguei -a pela cintura eendireitei -a em seguida, inclinou-me e peguei o livro. Era um livro de texto. Nossa, esta menina nunca parava de estudar ? Eu entreguei de volta para ela e ela rapidamente colocou os braços em torno dela, abraçando–a em seu peito. "Obrigada." Ela olhou para Braeden e em seguida para longe . "Tenho que ir." Ela correu para longe, mas eu não evitei de chamar seu nome. "Rimmel." Ela parou . Seu corpo quase congelou como se estivesse chocada que eu me lembrava do nome dela. Ela espiou em torno de sua cortina de cabelo e olhou para mim . Eu sorri . "Eu vou te ver hoje à noite." Braeden endireitou -se ao meu lado e eu senti seu olhar mudar para o interesse. Rimmel corou profundamente , enquanto seus olhos se arregalavam.

74


"E não se preocupe", eu acrescentei , só porque eu sabia que ela ia odiar. "Eu não vou me atrasar . Eu sei como você odeia isso." "Cara", disse Braeden do meu lado . Rimmel fez um som de pequeno chiado e depois saiu correndo sem olhar para trás . Se eu não tivesse uma boa auto-estima, eu ficaria ofendido. "Ela não se parece com o seu tipo" Braeden disse. Eu ri. " Ela não é. Essa é a tutora que o treinador me atribuíu." Braeden riu. "Merda, cara. Isso é péssimo." "O que você quer dizer?" perguntei, olhando para ele enquanto caminhávamos. "Você jogar com as emoções dela desse jeito.Essa pobre menina não tem uma chance no inferno com você." Algo dentro de mim recuou . "Eu estava apenas brincando com ela. Eu não estava dando em cima dela." Ele estava certo. Rimmel não era o meu tipo. Longe disto. Eu nem estava flertando com ela. Eu apenas gostei de vê-la nervosa. "É melhor você ter cuidado, cara. Uma garota como esta, ela não entende a diferença."

75


Eu grunhi em resposta . Ele estava errado. Eu não conhecia Rimmel muito bem em tudo. Mas eu sabia que ela não era estúpida. Meio que me deixou aborrecido que ele deixou implícito que ela era. Mas então alguém do outro lado do gramado gritou o meu nome , e eu gritei de volta.Várias pessoas começaram a cantar o meu nome e eu ri. Rapidamente, os pensamentos sobre minha tutora desbotada desapareceram.

76


Capítulo Sete Seu Diário #411 Dos sons que podem ser ouvidos de muitos banheiros ...deve ser melhor ter o seu rango fora do campus hoje ...AlphaBuzzFeed

Rimmel

Eu soube quando ele entrou na biblioteca. Eu nem sequer tive que olhar . Eu senti a mudança. Eu senti as pessoas realmente virarem e olharem para seu lado . Como ele fazia isso? Como ele comandava tanta atenção... tanta energia apenas andando em uma sala?

77


Eu mantive meus olhos para baixo sobre o papel na minha frente. O cara não precisa de mais atenção. Fiquei surpresa que ele poderia até andar na posição vertical com a cabeça grande e gorda. Ouvi sua risada profunda. Sua voz baixa encheu a sala, enquanto falava com os outros, enquanto ele atravessava a biblioteca. Sentei-me na parte de trás hoje à noite. Imaginei que quanto menos pessoas ao nosso redor, menor a chance dele vagando na volta dos corredores com alguma garota aleatória. Apenas a memória de como eu o encontrei aúltima vez que estivemos aqui foi o suficiente para me fazer contorcer no meu lugar. Eu ainda podia ver o olhar de prazer no rosto, a forma como o seus cílios se espalharam através de suas bochechas. Eu lembro a forma como a menina se mexeu, os sons que ela fez na parte traseira de sua garganta. Ela parecia gostar. Eu me perguntei se isso era algo que eu iria gostar. Sua mochila de cor escura atingiu o topo da mesa, e eu estremeci surpresa. "Você está sonhando acordada?" ele brincou, quando eu olhei para cima. Olhei para o meu relógio. "Você está no tempo."

78


"Eu disse que eu estaria." Romeo utilizou uma grande mão para girar a mochila em direção a ele para que ele pudesse retirar seus livros e caderno. Segundos depois, uma menina com cabelo escuro longo e um grande peito aproximou-se da mesa. Se ela sabia que eu estava sentada aqui, ela não deu nenhuma indicação. "Ei, Romeu. " " Hey" disse ele, oferecendo um sorriso fácil . "Você está indo para a fogueira hoje à noite?" "Não perderia", disse ele . "E você?" Observei-a puxar um fio de cabelo de distância de seu ombro e girar ao redor de seu dedo. Revirei os olhos e puxei um papel fora de seu livro com suas atribuições escritas nele. Ele tinha uma tarefa de história para terça feira. " Onde está o seu esboço para seu papel? " Eu disse, interrompendo seu flerte. Ela não estava muito feliz com a interrupção e olhou, e me deu um olhar sujo. Eu desviei o olhar. " Talvez eu te veja hoje à noite" disse ele , virando-se. Ela murmurou alguma resposta boba e saiu. "Seu esboço?", Perguntei novamente. 79


Ele me deu um olhar tímido . " Oh meu Deus." Eu gemi . "Por favor, diga que você tem um esboço." Ele deu de ombros . " Um tópico? Recursos?" eu tentei . "Eu estive muito ocupado no treino. O treinador tem nos exigido muito." "Essas desculpas podem funcionar em todos neste prédio, mas não comigo" eu rebati . Seus olhos azuis pecaminosamente se estreitaram. "Desculpa?" "Eu disse que não ia fazer suas atribuições." "Eu não pedi para você", ele mordeu fora. Eu soltei um suspiro. "Não, você não fez. Desculpe." Eu me virei para pegar uma caneta para fora da minha bolsa. Eu realmente não quero entrar em algum tipo de discussão com ele . Ele já estava ganhando a atenção o suficiente para não fazer nada mesmo. Romeo ficou em silêncio. Ele estava olhando para mim, e meu estômago deu uma pequena cambalhota. “Você acabou de pedir desculpas?" ele pareceu surpreso. 80


" Umm..." "As meninas nunca pedem desculpas." Eu bufei. Quando eu percebi o que eu tinha feito, bati a mão sobre minha boca e nariz. Quando eu olhei para cima pelo meu cabelo, eu vi o largo sorriso esticado no rosto de Romeo. Ele estava rindo de mim. Eu me virei. "Você tem uma lista dos tópicos aprovados? " O papel apareceu debaixo do meu nariz. Eu observei rapidamente e encontrei um tópico com o qual eu estava familiarizada. "Faça este" eu disse, apontando-o. Eu não esperei por ele para responder . Eu empurrei minha cadeira para trás e me levantei. "Vamos pegar alguns livros de referência . Então vamos começar o esboço." Andei por um corredor que eu sabia que tinhao que seria necessário e não me incomodei em ver se ele estava seguindo. A verdade era que eu , provavelmente,faria a sua missão se isto me tirasse daqui mais rápido . Vi uma fileira de livros que parecia ser útil e olhei para eles, ponderando os títulos. Romeo subiu ao meu lado com graça tranquila. Eu percebi que era um benefício de ser tão atlético. A maioria dos caras do tamanho dele não eram tão graciosos. Ele se

81


moveu tão perto que eu podia sentir o calor que irradia de seu corpo. Seu calor era delicioso, e eu lutei contra o desejo de me inclinar mais perto. Ser uma garota da Florida fazia realmente difícil de se acostumar com as mudanças sazonais aqui em Maryland . Cadavez que eu pisei fora do meu dormitório e ar torrado do outono encontrava a minha pele, fiquei chocada. Mas em pé aqui nesta fila silenciosa e estreita como calor do corpo de Romeu ameaçando me envolver para manter fora o frio, eu não estava chocada. Eu era algo completamente diferente. Limpei a garganta e cegamente alcançei um dos livros. Neste ponto, qualquer livro serviria. Claro, os livros que eu queria estavam acima da minha cabeça, zombando da minha baixa estatura. As pontas dos meus dedos tocaram o da frente da prateleira e me levantei muito na ponta dos pés para tentar obter um pouco mais alto. Em meu desespero, eu perdi o equilíbrio e oscilei . Eu provavelmente teria desembarcado em uma pilha no chão, mas um braço sólido acondicionado em torno da minha cintura me segurou por trás. Romeo me ancorou contra seu peito, me segurando lá enquanto ele estendeu a mão com o outro braço e pegou o livro. 82


Ele não soltou . Deixando seu braço em volta da minha cintura, ele baixou o livro na frente dos meus olhos . "É este o que você queria?" Sua voz estava um pouco acima da minha orelha, a pergunta um mero sussurro contra o meu cabelo . Eu tremi. Seu braço apertou em torno de mim. Meus olhos tentaram pender fechados. Ele cheirava bem novamente hoje. Limpo, profundamente e meus olhos saltaram para trás, abertos. O que diabos eu estava fazendo! Eu endireitei-me e peguei o livro . "Sim, obrigada." Ele deixou cair o braço , mas não se mexeu para trás. Eu respirei e apontou para outro livro na prateleira alta. "pegue aquele também. " Ele fez e eu me afastei para o corredor e de volta para o outro lado. Ele seguiu, mas desta vez ele não me pressionou . Depois de escolhermos mais alguns livros e artigos, nós nos acomodamos na mesa e começamos o trabalho. Era fácil

83


esquecer o efeito que ele parecia ter mesmo em mim quando nós partimos para a tarefa. O tempo voou enquanto nós trabalhamos. Romeo era surpreendentemente inteligente e ele não apenas sentou lá e faz-me dar-lhe todas as respostas. Antes que eu percebesse , tivemos um esboço completo e sua introdução. Minhas costas estavam duras de estar na implacável cadeira da biblioteca, e eu empurrei para trás dos papéis e me estiquei um pouco. O relógio pendurado acima da saída estava piscando. Nós tínhamos estado sentados aqui por pouco mais de duas horas. O tempo acabou. "Se você seguir o esboço e escrever algumas frases sobre cada ponto da lista, o seu papel não deve ser problema para terminar até o fim de semana", disse eu . " Você faz outra coisa senão estudo e trabalhos de casa?", perguntou. A voz delenão foi condescendente ou mesmo sarcástica, então eu tentei não me irritar . "O que faz você pensar que tudo que faço é lição de casa?" O canto de seus lábios inclinou-se para cima. "Porque você sabia onde estavam os livros de referência que eram necessários. Porque você é realmente boa em lição de casa."

84


"Eu fiz um trabalho sobre este tema no último ano. Eu usei esses livros." Eu me defendi , curvando-me para prender minha bolsa no chão. " E sim, eu tenho uma vida fora do trabalho de escola." "Você está indo para a fogueira hoje à noite? "ele perguntou , empurrando seus papéis em sua bolsa . Ele não tinha nenhuma organização. "Não." Ele olhou para cima, surpreso. "Não? " Em seguida,ele sorriu. " É divertido, não é sua coisa? " Eu estiquei a minha língua. "Eu não sabia que um fogo no meio de um campo era considerado divertido." Ele já estava de pé, elevando-se sobre mim , mas uma vez que eu falava, ele caiu de volta para a cadeira e girou para que seu corpo virasse pra mim . "Não é necessariamente o que você está fazendo. É com quem você está fazendo." Ele piscou-me um de seus sorrisos que iluminavam toda a sala .

85


Não era difícil de ser afetada por ele. Especialmente quando esse sorriso era dirigido a você e como eram incrivelmente claro os olhos azuis. De repente, entendi por que tantas meninas caíram a seus pés. Ele tinha uma incrível capacidade de fazer quem quer que ele estava focado em seu universo inteiro . Eu nunca tinha sido o centro do universo de ninguém antes. Ok, talvez eu tinha , mas era diferente e tinha sido há muito tempo . E depois houve a outra vez que eu me senti assim… Eu me afastei de sua atenção, meu cotovelo deslizando sobre a mesa e batendo em minha garrafa de água. Ela caiu para o lado e a tampa bateu fora . Água jorrou sobrea superfície da madeira, e eu gritei. Minha cadeira caiu ruidosamente contra o chão enquanto eu pulava para os meus pés e puxava meus livros fora do caminho. Romeo também parou, mas era um fluido, em movimento silencioso. Como eu me atrapalhei em torno à procura desesperadamente por algo para parar a água de cobrir tudo, Romeo reagiu . Em um movimento suave , ele alcançou atrás dele, apalpando a parte de trás de sua camisa de algodão, e a deslizou por cima de sua volta até que estava livre de sua cabeça. Ele jogou a camisa para a água, e como ele embebeu- a , ele pegou de volta minha garrafa agora vazia. 86


Murmúrios excitados encheram a uma vez silenciosa sala à nossa volta . Risos e altos suspiros flutuavam em nossa direção. O livro na minha mão parecia que pesava um milhão de toneladas, enquanto meu olhar prendeu-se a Romeo. Ele estava de pé lá sem uma camisa. Completamente sem camisa . Seu corpo era incrivelmente afiado eesculpido. Se ele não estivesse respirando bem na minha fente, eu teria pensado que ele era uma escultura. Cada músculo em seu torso e no peito era definido com precisão. Os feixes de músculos em seus braços eram elegantes e longos, estendendo-se através de seus amplosombros e encontrando com seu amplo, sólido peito. Sua cintura afunilava para baixo em um V eele tinha esses músculos ... Engoli em seco . Estes músculos que se destacaram acima da calça jeans de cintura baixa. Era como recortes em ambos os lados de seus quadris . Minha boca ficou seca, enquanto eu olhava para aquelesdentes ocos .

87


"Quanto do seu material ficou molhado?" ele perguntou, seu tom calmo invadindo meu transe induzido pelos músculos.. "Umm , o quê?" eu disse , tirando meus olhos do seu rosto. Ele riu e eu senti meu rosto em chamas. Ele totalmente sabia que eu estava verificando -o. " Seu material está em ruínas ? " "Oh," eu disse , arrancando os olhos de sua pele dourada e para baixo para as minhas coisas. “Não, está tudo bem ", eu murmurei. Olhei para a mesa onde sua camisa estava completamente encharcada. Sua mão grande espalmou o tecido e esfregou o que restava do líquido. A forma como seus músculos das costas se moveram enquanto ele se inclinou sobre a mesa roubou minha atenção. Forcei meus olhos para longe. Não somente, eu deveria estar envergonhada com a bagunça, mas também por estar olhando dessa forma. "Sinto muito" eu disse , estendendo a mão para ajudá-lo. Ele jogou um sorriso por cima do ombro . "Eu tenho isto. Não se preocupe." A bibliotecária cortou através da pequena multidão que havia se reunido em torno de nossa mesa ( todas meninas ) e nos deu um olhar raivoso. "Oque está acontecendo aqui?" 88


Romeo endireitou-se na mesa,agarrando sua camisa encharcada . "Nós tivemos um derrame" , explicou. "Mas já foi cuidado." "Oh," ela disse . A irritação nos olhos rapidamente se transformou em algo mais ...algo como admiração. Oh , nojento. A bibliotecária estava totalmenteverificando -o. " Desculpem a interrupção ", disse ele e deu-lhe um sorriso torto . Ele totalmente sabia que tipo de efeito que ele tinha e ele estava desfrutando. "Bem", disse ela, ainda olhando para ele. "Como tudo está limpo." "É", eu disse, de repente, irritada. A bibliotecária transferiu seu olhar para mime endureceu . "Rimmel." Ela suspirou. "Eu deveria ter sabido que a comoção era causada por você " . Constrangimento me doeu com as risadas das pessoas. Eu comecei a empacotar, enquanto Romeo entretinha sua audiência. . Virei-me para sair, pronta para desaparecer na multidão , mas eu não cheguei muito longe. Romeo envolveu sua mão ao redor do meu pulso e me puxou ao redor. Ele estava usando seu casaco do time do colégio sobre seu peito nu. A frente estava aberta e

89


mostrou o travessão do seu abdomentodo o caminho para sua calça jeans . "Vejo você na segunda-feira? ", Perguntou. "Claro", eu murmurei . A multidão se afastou e me deixou passar,me engolindo enquanto eu ia. O riso rico de Romeo encheu o fundo da biblioteca enquanto eu me mexia em direção à porta. "Esta é minha tutora. Ordens do treinador" eu o ouvi dizer . Algo dentro de mim murchou só um pouqinho. Sim, eu era o sua tutora e sim, eu não estava mais feliz com este arranjo do que ele estava. Mas, ouvi-lo explicar sua associação comigo como se tivesse sido forçado em cima dele, feriu meus sentimentos . Eu percebi que não estava em seu círculo. Eu estava tão distante que estávamos em CEPs diferentes. Ainda doía de qualquer maneira.

90


Capítulo Oito O que acontece na fogueira, fica na fogueira. Você #Chefe Buzz vai ter um relatório completo amanhã. ...Alpha BuzzFeeed

Romeo Eu podia ouvir a música e ver o brilho laranja de uma fogueira maciçamente grande assolando à distância. Olhe iBraeden no banco do passageiro e ele sorriu. Fogueiras durante a temporada de futebol eram uma tradição aqui no Alpha U. Eles aconteciam quase todo fim de semana. Havia este local perfeito no campus - longe de todos os edifícios, fora do olhar atento da equipe. Embora , todos sabiam que faziamos festa aqui. Era uma espécie de uma regra tácita que desde que ninguém causasse nenhum problema grave, os adultos fingiriam não saber. 91


Eu diminuí o Hellcat quando me virei para a estrada de terra estreita que serpenteava através das árvores com folhas e galhos que atingiram toda océu para criar um efeito de túnel. As janelas estavam abertas, então nossa música alta competiu com a música estridente na festa. Isto bombeou através de meu sistema e vibrou o volante sob minhas mãos. Eu já podia sentir a energia da noite girando em torno e um pouco de choque de adrenalina lançou -se em minha corrente sanguínea. Nós nos curvamos ao redor da curva final na sujeira e toneladas de carros estacionados ao acaso na longa grama vieram à tona. Além deles, um grande campo aberto, uma clareira no centro de todas as árvores. Havia um lugar vazio ao lado da sujeira no caminho e eu deslizei o Hellcat nela com facilidade. Eu desliguei o motor e guardei as chaves no bolso. Braeden estava olhando para mim, sacudindo acabeça. "Você é o único cara que eu já conheci que recebe o seu próprio local de estacionamento em festas num campo." Revirei minha cabeça em direção a ele e sorri. Quando eu abri a porta, a música bombeando ainda mais alto, e eu joguei meus braços no ar e soltei um grito alto. "Lobos !" Eu gritei .

92


Todos se juntaram, e logo todos estavam uivando para a lua. Eu ri quando uma cerveja cheia foi colocada em minha mão em menos de um minuto. A equipe estava em uma localização privilegiada perto do fogo. Braeden e eu tomamos posição com eles. Tudo aqui fora estava com um brilho vermelho -alaranjado que se estendia pelo chão até que dava lugar à escuridão. As árvores se agigantavam em uma distância próxima, a coloração das folhas balançandolevemente no ar da noite. Eu tomei um gole de cerveja e assisti algumas das meninas que estavam dançando em carros abertos.Uma das meninas tinha longos cabelos loiros, shorts decotados, um top cortado, e um par debotas de cowboy. Ela estava balançando a bunda como se fosse uma fina arte. Ao lado dela estavam várias outras meninas, todas fazendo um trabalho impressionante de mostrar suas habilidades de dança. Inferno, sim. A vista daqui era boa. Era uma boa festa. A cerveja estava fluindo, a equipe estava em alto astral, e as garotas estavam maduras para a colheita. Eu estava em minha terceira cerveja da noite, quando meu celular vibrou no meu bolso. Depois de outro gole rápido, eu pesquei-o para fora e a tela se iluminou. BEIJE UM CARA

93


" Que porra é essa?", Eu murmurei e olhei em torno de qualquer um que estivesse de pegadinha comigo. Ninguém parecia se divertir com o texto Apenas li. Apertei o botão e enviei a tela escura assim eu poderia empurrá-lo de volta no bolso. Sobre a borda do meu copo SOLO, Trent captou meu olhar. Nossos olhares se encontraram por um segundo e ele me deu um olhar compreensivo . Merda . Aquele texto não era uma piada. Ele era uma fodida verdade. Era parte da corrida para o Omegas. Eles tinham dito na outra noite que eu receberia certas tarefas que eu tinha que completar . Que tipo de pervertido queria me assistir beijar um cara? Engoli o resto da minha cerveja e tentei pensar em um jeito de sair dela. Voltei a olhar para Trent. Ele estava na equipe comigo. Ele também era um Omega e o cara que me ajudou com as escadas na noite que fui levado para a reunião da corrida. Ele deve ter sabido que eu iria receber uma mensagem hoje à noite. Eu me perguntei se ele sabia o que eles me pediram para 94


fazer. Merda, eles iriam querer fazer isso em uma grande festa onde todos me veriam. Eu pensei sobre Zach e a maneira como ele olhou para mim naquela primeira noite. Eu não ia deixá-lo vencer. Nenhuma maneira no inferno. Se eles queriam que eu beijasse um cara, então eu beijaria. Mas primeiro eu ia pegar outra cerveja. Eu não estava bêbado o suficiente para esta merda ainda. Eu fui para o barril e enchi minha caneca e engoli metade dela ali mesmo. Enquanto eu bebia, uma mão fina enrolou em volta de mim por trás e achatou contra o meu peito. Eu olhei para baixo, meus lábios se enrolando em um sorriso. Eu cobri sua mão com a minha e girei para ver quem estava lá. Era a menina com o shorts e botas. Seus olhos estavam com as pálpebras pesadas e ela lambeu os lábios quando eu peguei seu olhar. "Eu estou com sede " ela ronronou, acariciando meupeito. Eu era mais alto que ela, então quando eu olhei para baixo, eu fui proporcionado com uma visão de primeira classe da frente de seu top . "Nós não podemos ter isso" eu disse e entreguei-lhe a minha cerveja . "Segure isso." Eu me virei e bombeei um outro copo cheio do líquido cor de âmbar e voltei. Ela estava bebendo da minha caneca .

95


Dei de ombros e comecei a beber da que eu tinha pegado para ela. Ela não era tão quente de perto quanto parecia do outro lado do campo, mas essas botas estavam fazendo isso para mim e ela tinha uma bela bunda . Pendurei meu braço através de seus ombros. "Saia comigo." Ela riu e se inclinou para o meu lado . Quando chegamos de volta à equipe, eu estava sentindo o zumbido. Eu geralmente bebia mais devagar,no meu ritmo, mas, dado o texto que recebi , eu tive motivação extra para ficar esmagado . Trent estava me olhando e eu sabia que provavelmente ele ia ficar me olhando até eu fazer isto. Olhei em torno de todas as multidões de pessoas, mas não vi mais ninguém assistindo. Claro, que não significava que eles não estavam. Havia uma tonelada de pessoas aqui , e eu sabia que muitos- senão todos - os Omegas estavam aqui. " Yo! " Eu gritei . "Eu tenho algo para dizer! " O rugido da multidão que nos cerca reduzidopara um zumbido suave e alguns companheiros lobos gritaram: "Fala!"

96


Eu sorri e levantei a minha cerveja. "Um brinde!" Eu gritei, balançando um pouco para me fazer parecer ainda mais bêbado do que eu estava. "Para os lobos, todos os nossos apoiadores, e a esses pobres perdedores que têm de ser abatidos por nós amanhã à noite!" Gritos de acordo e aplausos levantados sobre o fogo e flutuaram pelo céu . Todo mundo bebeu para o brinde e depois se aquietaram devolta para baixo, olhando para mim com expectativa de novo. "Um último grito para meus irmãos, meus companheiros de equipe, os defensores de linha, como o meu companheiro Braeden aqui." Eu soltei a menina com as botas e joguei o braço em volta dos ombros de Braeden e puxei-o para dentro. Um pouco da minha cerveja espirrou sobre a borda da minha caneca e em cima dele . "Quem mantém os idiotas na baía para que eu possa jogar alguns passes sah - weet !" Todos aplaudiram de novo e começaram a beber. Eu balançava, fingindo estar super bêbado, e olhei para Braeden. Ele ia, provavelmente, me bater por causa disso. "Eu te amo, cara", eu rugi e , em seguida,pressionei meus lábios nos dele .

97


Foi mais em dois segundos . Longos o suficiente para mim para pressionar os nossos lábios juntos e em seguida, empurrar de volta . Todo mundo que nos rodeava rugiu com risos e assobios cortaram a música. Eu levantei minha cerveja e uivei para a lua." Lobos! " Então eu bebi o resto do copo . Braeden estava olhando um pouco chocado, e eu lhe dei um curto, o olhar de olhos claros , esperando que ele me deixasse explicar mais tarde. Um batimento cardíaco passou e em seguida, ele levantou a cerveja e seguiu minhas ações. Eu encontrei Trent na multidão embriagado. Ele me deu um leve aceno de cabeça com um meio- sorriso no seus lábios . Feito. Eu joguei meu braço para trás em torno de botas e puxei-a . "Eu só beijei um cara", eu disse em voz alta. As pessoas em torno de nós riram . "Eu vou precisar de você para apagar isso da minha memória ". Ela arqueou as costas para o meu lado e apertou seus seios fartos contra mim. "Com prazer " ela ronronou .

98


Ela tinha uma amiga de cabelos escuros que estava logo atrás dela. Olhei para cima e dei-lhe meu sorriso encantador. Ela deu um passo para a frente. "Vá transar com meu amigo Braeden" Eu disse a ela. "Ele precisa de um pouco de sorte para o jogo de amanhã à noite. " Ela riu e correu para onde Braeden estava em pé e jogou os braços em volta do pescoço dele . Ele mal teve tempo de olhar antes que ela estivesse fechando sobre os seus lábios. "Vamos lá, " eu disse e levei Botas para o caminhão onde ela tinha estado dançando. Eu a levantei para a bagageira, em seguida, pulei ao seu lado. Vários outros casais já estavam lá em cima,transando , e eu me inclinei para trás para o lado enquanto ela montava meu colo e se sentou. Os lábios dela tinham gosto de cerveja e ela estava um pouco ansiosa demais . Três segundos do beijo e ela começou a moer -se contra mim. Eu agarrei seus quadris e a deixei ir para um passeio. Mal tive de fazer um esforço, porque ela estava fazendo o suficiente para nós dois . Seus dedos passaram por meu cabelo e suas mãos percorriam todos os lugares que podiam alcançar. Não foi o pior beijo que eu já tive, mas certo como o diabo não era o melhor. Algumas 99


meninas ficavam muito ansiosas para me excitar e isto trabalhava contra elas. Eu não sei quanto tempo nós transamos , maseu estava começando a ficar entediado quando uma voz profunda falou ao nosso lado. " Você vai vir à tona para respirar , cara?" Eu puxei a menina longe e olhei paraTrent . Sem nenhum esforço, eu levantei Botas do meu colo e sentei-a de lado. "Obrigado pela diversão", eu disse e pulei para fora docaminhão. Ouvi-a irritada Huff como eu andei afastado com Trent , mas eu não me incomodei em olhar para trás. "Cara, agradecimentos pelo salvamento. Ela beijava como um peixe morto." Trent sorriu e me entregou sua cerveja. Levei-o de bom grado . " Hey , eu nunca consegui dizer obrigado pela outra noite ", eu disse calmamente. "Nós somos lobos ", disse ele com um encolher de ombros . Isto era tão simples. Ele sempre seria. " Você ficar em apuros?" , Perguntei. " Nah . " Ele colocou as mãos em seus bolsos frontais e olhou para fora sobre o fogo.

100


Eu sabia que ele tinha algo a dizer, então eu esperei por ele para dizer isso. "Eu normalmente não faria isso . " Ele começou, ainda sem olhar o meu caminho . Tomei um gole da cerveja."Mas ..." "Nós somos lobos ", eu repeti . "Sim , nós somos. E você é um cara decente.Mas você não ouviu isso de mim . " "Ouvi o quê?" Eu repeti .Um fantasma de um sorriso brincou em seus lábios antes que ambos nos virássemospara olhar a multidão. " Zach não gosta de você, Romeo. Na verdade, eu acho que ele te odeia. " "Eu meio que entendi na outra noite." "Ele não quer você na Omega. Ele conseguiu mantê-lo fora no ano passado, mas ele não podia este ano, não sem ter reação." Então foi por isso que não corri no ano passado . Filho da puta. " Eu posso lidar com ele", eu disse, minha voz caindo porque eu estava com raiva.

101


Trent olhou para mim . "Ele vai tornar difícil pra você. Ele quer ver você falhar. Ele é levado para selecionar seus desafios pessoalmente, e posso garantir que eles não serão fáceis." Minha coluna endureceu e minha mandíbula endureceucom determinação. "Manda." Trent assentiu. " Achei que você dizer isso." " Você sabe que eu não posso correr", eu disse . Eu não fui criado assim. "Sim, eu sei. Você fez um nome para você no ano de calouro . Ninguém faz isso. Zach sabe disso também . Ele quer derrubá-lo para baixo um par de estacas . " "Obrigado pelo incentivo, cara. " Eu segureio meu punho e ele bateu com o dele no meu. "Eu vou ajudá-lo tanto quanto eu posso..." Su avoz sumiu . " Não ficar no lado ruim de Zach . Entendi." "Yo , Barnes ! " Trent gritou, e o running back da equipe de corrida virou-se do barril e olhou em nossa direção. "Sirva um para mim! " Trent olhou de volta para mim antes de se afastar. " Eu nunca vi um cara sair tão fácil por beijar outro cara assim."

102


Eu sorri e ergui a taça SOLO. "Não sabe? Muita cerveja sempre traz o amor fraternal." Trent riu. "Boa jogada", comentou e depois fui pegar a sua cerveja. Braeden ainda estava ficando quente e pesado com a garota de cabelo escuro, então eu voltei para a multidão na festa. Eu me perguntava o que mais Zach ia me puxar durante a corrida. O que ele não sabia era que eu poderia sorrir e fazer charme para todos, mas eu não consegui meu representante ao ser empurrado ao redor. Eu não recuei. Nunca. E eu com certeza não estava prestes a começar agora.

103


Capítulo Nove Amor fraternal bêbado ou iniciação de romeo? #CoisasQueFazemVocêIrHmm ...AlphaBuzzFeed

Rimmel

Eu estava morta dormindo quando meu telefone tocou. E minha felicidade é cortada assim como a árvore de natal por uma serra elétrica. Eu não me incomodei em levantar minha cabeça; em vez disso, joguei fora meu braço e movi minha mão ao redor até que ela pousou no celular. "Olá?" Eu disse sonolenta na linha . Eu tenho um outro toque alto como resposta . 104


Eu estremeci e puxei-o para longe do meu ouvido e olhei para a tela, certificando-me de bater o botão de resposta neste momento. "Sim ?" Eu disse e cai de volta no meu travesseiro . " Rimmel? " Uma voz familiar cortado em meu metade sono. Era Ivy . "Por favor, me diga que você não está bêbada." Eu gemi. Ela riu , e eu revirei os olhos. " Você se importaria de vir para nos pegar? Nossa carona acabou-se debaixo de uma árvore." Eu deveria dizer a ela para caminhar de volta para o dormitório . Talvez da próxima vez que ela pensasse duas vezes sobre ficar tão bêbada . Olhei para o relógio sobre a mesa perto da cama. Era depois de duas da manhã. Tudo bem, eu murmurei e joguei fora as cobertas. Ar frio da noite roçou minhas pernas e eu tremi. "Vai ficar me devendo", eu murmurei . "Vejo você daqui a pouco!", ela arrastada, e em seguida, a linha ficou muda . Vesti um suéter, o primeiro que minha mão pegou na gaveta. Ele era muito longo e muito grande, mas eu não me incomodei em trocar. 105


Eu só amarrei o cordão um pouco apertado. Eu vasculhei e encontrei um moletom com capuz e puxei-o sobre a parte superior da camiseta regata que eu tinha ido para a cama. Uma vez que afundei meus pés em alguns sapatos, eu pesquei as chaves do carro em torno da mesa de Ivy. Eu não tinha um carro, apenas a minha lambreta , e eu não acho que Ivy gostaria de ser pega nela. Esta não foi a primeira vez que eu tinha que ir buscá-la depois de uma festa. Ela não chamou muita frequência, mas quando o fez, eu sempre fui e a peguei. Nós não éramos exatamente amigas, mas ela era a coisa mais próxima que eu tinha de uma. Além disso, eu não podia deixá-la vagar em torno no escuro, bêbada. Se algo acontecesse com ela , eu nunca me perdoaria por não ter ido. Seu Corolla estava estacionado em frente ao dormitório, e eu subi e puxei para fora. Eu sabia para onde ir. Mesmo que eu nunca tivesse ido para uma das festas da fogueira, eu já tinha ido buscar Ivy antes. Foi apenas questão de cinco minutos eem seguida, o carro mergulhou na estrada de terra que levava ao campo. Eu podia ouvir a música altae o burburinho das pessoas. Eu me perguntava se Romeo estava lá. Claro que ele estaria. Ele é praticamente a festa.

106


Atrás dos meus óculos, meus olhos inchados de sono, eu pisquei para limpar a minha visão. Uma vez que os veículos entraram em vista, eu não me preocupei em encontrar um lugar para estacionar . Eu só parei bem no centro do terreno e abri a porta . Procurei ao redor por Ivy , mas não a vi em qualquer lugar nas proximidades. Murmurei para mim mesma porque o mínimo que ela poderia ter feito era esperar na estrada por mim. Com um suspiro, eu alcancei as chaves e as puxei da ignição. Eu andei entre os carros e ouvi as risadas e a cantoria fora de tom. Meu estômago revirou um pouco; esta realmente não era a minha cena. Eu podia sentir olhares perdidos na medida em que as pessoas me notavam. As garotas riram quando eu passei, mas eu segurei meu queixo para cima e cotinuei em movimento. Eu parei e examinei a multidão procurando Ivy .Demorou um minuto para encontrá-la, mas então a encontrei. Ela estava na parte de trás de algum caminhão, dançando. Sua bunda estava praticamente pendurada para fora de seus shorts, e eu me perguntava como diabos ela não estava congelando aqui fora com tão pouca roupa. Claro, talvez por isso ela acrescentou as botas. Às duas horas da manhã, o sol já tinha se posto há muito e o frio de uma noite de outono estava em pleno vigor. Meus dedos

107


estavam quase entorpecidos conforme eles estavam apertados em torno das chaves. Eu andei um pouco em direção a ela, observando-a jogar seu cabelo e sacudi-lo como sucata enquanto se movimentava. Eu finalmente consegui captar seu olhar e acenei . Ela me deu um sorriso brilhante e pulou fora do caminhão , caindo um pouco e rindo de sua própria embriaguez. "Rimmel", ela disse com entusiasmo , ligando seu braço no meu . "Você veio para a festa!" "Você me chamou." Eu lembrei. "Para te dar carona." Ela riu. "Eu tenho que achar Missy ". Ela me puxou junto através do campo, tropeçando enquanto nós íamos em busca de sua amiga Missy . Poucos minutos depois, o calor do fogo estava próximo e o sentimento em meus dedos era de novo de formigamento. Foi um fogo enorme. Facilmente dez pés de altura e provavelmente tão grande quanto. Ivy viu sua amiga, gritou o nome dela e correu para buscá-la. Eu conhecia Missy de quando ela ficava no dormitório, então eu reconheci a parte de trás de sua cabeça escura. Ela foi rebocada por um cara e as coisas pareciam que estavam à beira de ir de quente a indecente bem aqui na abertura. 108


Ivy puxou de volta apenas um pouco, mas o cara manteve seu braço ao redor dela. Ivy apontou para mim e três pares de olhos giraram para me encarar. Eu levantei meus dedos em uma onda conforme minhas bochechas aqueciam . Todos os três deles começaram em meu caminho. Eu mordium gemido . "É você ", disse o cara , chegando ao meu lado. Meus olhos quebraram nos dele e eu o reconheci. Eu sabia quem ele era. Bem, mais ou menos. Ele tinha estado comRomeo quando me encontrei com ele no campus.As pessoas nunca me reconheceiam, e foi examente isso que o cara fez. Aqui, agora. " Você o conhece? ", Perguntou Ivy, virando-se paraolhar para mim. "Ele está bêbado e confuso" eu disse . "Podemos ir agora? " "Eu não estou pronta para sair ", disse Missy ,largando -se toda no amigo de Romeu. "Vamos ficar!" Gritou Ivy . " Oh não, você não ", eu disse , agarrando seubraço. "Você me chamou para vir te pegar. " "Eu mudei de idéia. " Ela fez beicinho .

109


" Muito ruim ", eu disse e comecei a puxá-la. Ela cavou em seus calcanhares. Eu suspirei . "Eu tenho biscoitos no carro," eu menti . Seu rosto se iluminou. Meninas bêbadas eram idiotas . Eu nunca ia a agir assim. Voltei-me para subornar Missy. Braeden colocou os braços ao redor dela por trás e me olhou por cima do ombro . Por alguma razão, suas ações fizeram o meu estômago apertar. Eu me perguntava o que seria a sensação de ter alguém envolvido em torno de mim assim. "Eu vou ter certeza que ela vai chegar em casa", disse ele . Eu não discuti . Eu queria como o inferno dar fora daqui. Ivy passou o braço pelo meu novamente e levou para onde eu deixei o carro. Conforme nós andamos , alguns gritos e berros quebraram sobre os sons da festa, e eu olhei em torno para o que estava acontecendo. Além do outro lado do fogo, duas meninas estavam na beira do que parecia ser uma luta. Eu não podia deixar de olhar, porque eu estava tão surpresa. Uma das meninas estendeu a mão e puxou umpunhado de cabelos da outra. A partir daí foi tudo ladeira abaixo.

110


Ao meu lado, Ivy riu. " Isso é o que ela ganha por tentar roubar o homem de alguém." Eu rasguei meus olhos fora da luta e olhei para Ivy. "Sério?" " As cadelas são cray-cray (totalmente loucas) ", ela disse. Eu não entendia o que isso significava , mas eu ri porque soava ridículo. Ivy riu ao meu lado e começamos aandar novamente . Foi quando eu o vi. Romeo não estava mais do que dez metros distante. A combustão lenta do fogo só aumentou sua boa aparência já superior . Ele parecia mais sarado, mais tonificado. As sombras pesadas lançadas pelas chamas deram às maçãs do seu rosto uma aparência mais esculpida. Seus lábios pareciam mais definidos e seu corpo pareceu maior contra o pano de fundo negro da noite . Ele estava usando um boné de baseball virado para trás na cabeça. A borda do material parecia cortar na testa, logo acima das sobrancelhas arqueadas naturalmente, e chamava ainda mais atenção para os seus olhos incrivelmente azuis. Em sua mão estava um copo SOLO , e as pessoas se aglomeravam em torno dele, rindo e batendo uns aos outros nos ombros . Havia uma menina com longos cabelos crespos 111


pendurados até a metade das costas que havia se fixado ao seu lado, e ele não parecia importar-se nem um pouco. Nossos olhares se encontraram. Reconhecimento queimou através de seu corpo. Eu sabia pela forma como ele endureceu ligeiramente até mesmo conforme seu corpo se virou para nós . Por favor, não venha aqui , eu orei para mim mesma. A última coisa que eu queria era ouvi-lo lembrar a todos que eu era alguém que ele foi obrigado a conhecer. Eu me virei abruptamente , rompendo o contato do olhar e apertando o meu domínio sobre Ivy. " Vamos lá, " eu disse a ela , meu tom mais duro do que o habitual . " Eu me perguntei onde ele foi", disse ela, arrastando os pés e esticando o pescoço para olhar para trás. "Solte. Eu vou ficar." " Nós estamos saindo", disse eu , tentando segurar aa minha paciência . Ela cavou no calcanhar da bota e enraizou-se na sujeira . "Não." Com um suspiro de frustração , me virei para encará-la, certificando-me de meus olhos ficaram evitando onde Romeo estava de pé . "Você me chamou para uma carona. Eu vim. Nós estamos saindo." 112


"Você não é minha mãe!", Ela retrucou e puxou o braço com força. Eu tropecei e dei um passo para me equilibrar, mas as calças que eu estava vestindo, muito estúpidas e muito grandes, ficaram no meu caminho. Meu pé se enroscou no tecido e eu caí . Fiquei ali atordoada alguns segundos enquanto pessoas ao meu redor riram. Ivy ficou em cima de mim, olhando com a boca em um pequeno O. Eu não sei por que ela parecia tão surpreso. Isto era culpa dela. Meu pulso estava ardendo porque eu tinha tentado estupidamente me segurar quando eu caí. Tudo que resultou foi em eu me atolando no chão duro debaixo de todo o meu peso . Sentei e puxei minha mão no meu peito, esfregando um pouco a área dolorida. "Você está bem ?", Perguntou Ivy , estendendo a mãopara me ajudar. Eu me afastei e subi nos meus pés sozinha. "Estou bem." Senti os olhares de milhares de olhos . Eu odiei. " Olha ... " eu comecei . "Se você quiser ficar , tudo bem. Mas não me chame em uma hora para voltar." Ela não respondeu . Ela nem sequer olhou para mim.

113


Seu olhar era fixo para o lado, sua atenção focada em outra pessoa. "Meninas", disse Romeo . As pessoas em pé em torno assistindo a nossa pequena cena se afastaram e ele entrou. Ivy estendeu seu peito um pouco e jogou o cabelo sobre o ombro. "Eu tenho procurado por você", disse ela . " Você me encontrou , " Romeo respondeu , segurando os braços. Oh . Então ele veio para cá para ela. Bem, aquilo fazia sentido. Eu realmente não deveria ter pensado que ele viria até aqui para me ver . "Eu precisava de uma carona." Ela continuou, rebolando para o seu lado . "Eu vou levá-la para o seu carro ", disse ele , deixando cair um braço sobre seus ombros e dirigindo-se para mim. Nossos olhos se encontraram brevemente antes de me virar eli derou o caminho para onde eu deixei o Corolla. Ivy não lutou com ele nenhuma vez. Idiota.

114


No carro , eu abri a porta dos fundos e fiz sinal para ele para despejar Ivy no banco de trás .Ela provavelmente desmaiaria antes mesmo de voltarmos para o dormitório. Quando ela estava no carro com a porta fechada atrás dela, respirei de alívio e virei-me para subir para o assento do motorista. " Hey " Sua voz passou por cima de mim . Estava incrivelmente perto. Tão perto que eu podia sentir o cheiro de cerveja em seu hálito . Parei em abrir a porta e virei minha cabeça ligeiramente para olhá-lo pelo canto do meu olho. Romeo estava de pé atrás de mim, assim como antes na biblioteca."Sim?" Eu perguntei, minha voz um pouco rouca . " Você está bem? " A preocupação em sua voz fazendo-me girar. Ele deu um leve passo para frente e eu me afastei . Minhas costas bateram no lado do carro e eu estava efetivamente presa. " O- o quê?" . Eu perguntei. Romeo alcançou entre nós e levantou meu pulso. "Você estava segurando isso como se doesse." Minha respiração ficou presa quando ele empurrou a manga comprida para trás para revelar o meu pulso. Seus dedos roçaram a pele no interior e eu tremi . Meus olhos dispararam para ver se 115


ele notou . Ele não disse nada , mas o leve sorriso nos lábios falou mais alto do que palavras . Tentei puxar meu braço para trás, mas ele cercou meu antebraço com o polegar e o dedo indicador . "Parece ok, mas talvez você devesse colocar gelo, por precaução." Ele me soltou e eu corri para deixar amanga cair de volta no lugar como se fosse algum tipo de armadura. "Eu vou. " Eu menti . Ele não se moveu . Ele não disse nada .Ele apenas ficou lá. "É melhor você não estar pronto para desmaiar" Eu disse-lhe. "Você é muito grande para segurar." Ele inclinou a cabeça para o lado e olhou para mim. "E o que você faria, Rimmel?" A maneira como ele disse meu nome escovado sobre mim como uma delicada carícia. "Se eu desmaiasse aqui mesmo?" Ele se inclinou na altura dos joelhos , enquanto falava para que ele Ficasse mais próximo do nível dos meus olhos. Eu vi o divertimento em suas profundezas. Eu sabia que ele estava provavelmente bêbado e não iria lembrar disso amanhã. Eu disse a mim mesma que a cerveja fazia as pessoas fazerem coisas loucas . 116


Eu levantei meu queixo e retornei o olhar."Bem", eu disse , molhando os lábios com a ponta da minha língua. "Eu só iria ter que passar por cima de você na saída. " Os brancos de seus olhos ficaram maiores quando se arregalaram de surpresa. Então ele jogou a cabeça para trás e riu. Eu usei a oportunidade para puxar a porta aberta. Eu deslizei e me mexi para fechar a porta, mas Romeo foi mais rápido . Ele pegou o batente da porta e a manteve aberta . Seus ombros amplos encheram a abertura conforme ele se inclinou. "Eu diria a você que atente para motoristas loucos, mas eu tenho um sentimento que você é um deles." " De onde foi que você tirou essa idéia ? " Eu perguntei, batendo meus olhos inocentemente.

Ele riu e se mudou de volta para que eu pudesse fechar a porta. Atrás de mim, Ivy já estava roncando no banco de trás. Pelo menos o passeio para casa seria tranquilo. Romeo ficou lá e viu quando eu executei uma volta de três pontos e dirigi de voltado jeito que eu vim . Antes que eu desaparecesse na curva, olhei no espelho retrovisor. Ele ainda estava de pé no mesmo lugar, mas elenão estava sozinho. As pessoas já se aglomeravam ao redor dele. 117


Somente uma vez, eu meio que desejava Ivy não tivesse desmaiado e estivesse na parte de trás rindo como uma idiota. O silêncio era um pouco alto demais . Eu tive muitas oportunidades para repetir a curta conversa que acabara de ter com Romeo. Ele realmente não tinha dito nada incomum, mas eu tinha . Lá, por um momento, eu tinha, efetivamente, paquerado.

118


Capítulo Dez #PalavrasBuzz de misericórdia Balance o que sua mamãe lhe deu. Mas não para o homem de outra pessoa. Procure pelos hematomas nas brigas das garotas na sexta feira à noite. Cerveja e presas saõ coisas perigosas. ...Alpha BuzzFeed

Romeo Os caras estavam correndo nus pelo campus. Desafios de comer iniciaram no refitório. As meninas estavam correndo em torno fazendo selfies de si beijando cada indivíduo que viram. A corrida estava em pleno andamento . Foi divertido como o inferno. 119


Foi-me dado um par de tarefas ao longo da semana, mas eles eram quase deprimentes. Depois da fogueira e dos alertas do Trent, eu estava esperando muito pior. Parte de mim pensava que era a calmaria antes da tempestade de merda . Tudo bem. Eu estava pronto. Eu também estava ficando meio irritado. A maior parte das promessas Omega tinham suas tarefas de com quem eles precisavam dormir. Mas eu não. Nem uma palavra, nem um nome tinha sido enviado para mim. Eu estava começando a pensar que Zach estava à espera, deixando o relógio correr, então eu teria menos tempo para fechar o negócio com quem ele escolhesse. Talvez tenha sido sua forma de tentar nivelar o campo de jogo. Mas isso não importava . Este era um jogo que eu sabia como jogar e eu estava indopara ganhar , não importa quanto tempo ele me desse. O treinador vai nos colocar através do toque na prática esta noite, e eu estava cansado como um cão. Meus músculos esravam triturados, e eu realmente queria escorregar em um banho de gelo e deixar o frio gélido resolver alguns dos piores. Mas eu não podia. 120


Eu tinha que estar na biblioteca. E ainda por cima, eu estava atrasado. Rimmel disse que ela não iria esperar se eu alguma vez chegasse atrasado . Parte de mim estava feliz porque eu queria ir para casa. Nuvens negras enchiam o céu e o ar cheirava a chuva, enquanto eu caminhava para a biblioteca. Onde diabos estava a chuva de uma hora atrás quando estávamos nos matando no campo? Eu adorava futebol, era a minha vida, mas às vezes até mesmo eu queria uma pausa. Assim que eu pisei pelas portas de vidro, eu olhei para a parte traseira onde Rimmelsempre se sentava . Ela escolheu lá atrás porque ela pensou que as pessoas não nos veriam; ela pensou que se misturaria entre os livros e toda a atmosfera abafada. Isso nunca funcionou e era sempre divertido observá-la se perturbando quando as pessoas paravam na mesa para conversar merda . Eu não sei por que isso a incomodava tanto. Ninguém nunca falou com ela. Não era como se ela fosse forçada a ter uma conversa. Ela olhou para cima e franziu a testa para mim conforme eu fiz o meu caminho em direção à mesa. Eu sorri , porque ela ainda estava aqui. Seu cabelo estava selvagem como sempre. Nós tínhamos nos encontrado para tutoria por quase duas semanas agora, e eu ainda tinha que ver seu rosto completo. Seus óculos 121


eram empoleirados em seu nariz e ela parecia pequena sentada na cadeira de madeira com uma camisa de grandes dimensões ocultando a sua metade superior . " Você está atrasado", disse ela quando me sentei. Debrucei-me sobre a mesa e falei em seu ouvido. " Você esperou. " Ela abaixou a cabeça e me afastei . Eu amei receber uma reação fora dela. Foi assim malditamente fácil. Ela estendeu a mão e deslizou um alto copo de isopor com uma tampa de plástico na minha direção. "Eu peguei um café para você." Havia uma xícara idêntica ainda na frente dela. Eu gemi um pouco e estendi a mão para ele."Como você sabia que eu precisava disso?" Ela me deu um olhar de soslaio enquanto eu sorvia a bebida doce. "Eu não sabia. Mas eu pensei que seria rude trazer um para mim e não para você." "Bem obrigado. O exercício hoje era uma cadela." Ela virou seu olhar todo para mim. Não era a primeira vez que eu percebia como seus olhos ficavam arregalados sob os óculos. Eles eram castanhos, mas havia um anel de avelã em torno de sua íris. Alguns dias o centro parecia mais verde e alguns dias, eram 122


dourados. Hoje eles estavam verde-escuro, como uma bola de futebol de campo recém-cortada. "Seja bem vindo." Eu coloquei o café de lado e peguei meu notebook e o liguei. Eu podia não sentir como se estivesse aqui, mas minhas notas estavam melhores e o treinador não estava pegando no meu pé todos os dias sobre estar à beira de ser suspenso da equipe. "Eu tenho essa tarefa de ciência. É um papel de uma página sobre hipótese vs. teoria. Você se importaria de dar uma olhada no que eu tenho até agora?" O documento brilhou na tela e eu inclinei-me para ela. Rimmel empurrou seus óculos para cima e inclinou-se para ler. O cabelo dela caiu para a frente e roçou meu braço , mas eu não me preocupei em me afastar . Ela cheirava bem. Uma combinação de baunilha e maçã. Geralmente ela ficava presa a seu lado da mesa como cola . Esta foi a primeira vez que ela se inclinou sobre meu espaço pessoal. Eu descansava para trás na cadeira e chutou para fora meu pé e bebeu o café, enquanto lia. Ela parecia absorta no computador , então eu levei um minuto para estudá-la sem que ela soubesse. Sua pele estava pálida e 123


suave. Seus olhos eram enquadrados com cílios escuros e grossos, seus lábios cheios eram uma pálida sombra de rosa. A vontade de chegar e empurrar para trás seus cabelos para que eu pudesse estudar o resto dela veio em cima de mim, e minha mão flexionou em torno do copo . Ela deve ter sentido a mudança no ar, porque seu corpo ficou tenso. Ela olhou para mim e seus olhos se arregalaram quando ela percebeu apenas quão perto estava. Eu não me incomodei em me mover. Sorri preguiçosamente."O que você acha?" " So- sobre o quê?", Ela se atrapalhou. Sem pensar, estendi a mão e peguei uma mecha de seu cabelo. Era sedoso e suave. "O papel." Ela empurrou de volta como se eu tivesse tentado golpeá-la. "Está bom. Você não precisa mudá-lo. Só terminar a conclusão e vai ficar tudo bem." Eu não estava acostumado a meninas tentando fugir do meu toque . "Você é lésbica?" Atirei fora, sentando-me. Ela fez um pequeno som de chiado e sua boca se abriu. "O quê?" "Você é?", Perguntei . 124


"Não!" Eu resmunguei. "Então por que você se veste desse jeito?" Sua boca se fechou , em seguida, abriu mais uma vez. Dor brilhou em seus olhos, mas rapidamente desapareceu. O que diabos eu estava dizendo? O que importava como ela se vestia ? "Você sabe o quê?" , Ela disse. "Eu tenho tido tutoria suficiente por hoje." "Acabei de chegar." "E eu já tive o suficiente de você", ela retrucou e empacotou suas coisas. O jeito que ela jogou-as em sua bolsa atraiu alguns olhares . Quando ela terminou , ela se afastou da mesa e caminhou em direção a uma fileira de livros e desapareceu entre eles. Meu celular tocou. Apanhei-o e olhei para a mensagem. ELA É A SUA GAROTA. Eu realmente não estava com disposição para essa merda enigmática. 125


O QUÊ? Um segundo de espera e então eu tenho uma resposta . SEU DESAFIO É A NERD Eu respirei fundo e olhei em volta para olhar atento. Eu não vi ninguém. Zach com certeza sabia como pegá-los. E no perfeito momento também. É como se ele sabia que ela era um completo desastre e ela estava chateada comigo . Ela era a única garota no campus que não parecia ser afetada pelo meu charme. E eu tinha acabado de insultá-la. Merda. Eu não daria a Zach a satisfação de minha derrota . Peguei meu telefone e mandei uma mensagem de volta. O JOGO COMEÇOU.

126


Capítulo Onze O tráfego triplicou na biblioteca porque Romeo anda por lá agora. Fontes contaram ao #BuzzFeed que até as bibliotecárias apreciam a visão. #Alpha BuzzFeed

Rimmel

Meu telefone soou com outra notificação do #BuzzBoss . Eu estremeci e coloquei a campainha para vibrar. Aquele cara não tinha nada melhor para fazer do que enviar textos a cada cinco minutos ? Ainda assim, eu olhei para ver o que ele postou . Lamentei imediatamente. É claro que tinha que ser sobre Romeo . Eu afundei de volta contra uma fileira de livros e respirei fundo . Geralmente as pessoas não chegavam até mim. Normalmente eu nunca lhes dei muita atenção. 127


Mas não com ele . Romeo chegou até mim. Não importava que eu o empurrei , que eu mantive minha distância. Ele era apenas um estudante. Eu estava na tutoria. Isso é tudo. Mas ele não estava . Às vezes ... às vezes apenas sentado ao lado, fazia o meu estômago dar pequenas cambalhotas Às vezes, quando eu peguei a curva deseu sorriso torto , eu queria sorrir de volta. Quando entrava para a aula no período da manhã, meus olhos às vezes procuravam por ele. À noite quando eu estava deitada na cama , eu pensava sobre a noite da fogueira e da maneira como ele acariciou delicadamente meu pulso dolorido. Eu não queria isso. Eu não queria nada disso. Mas é como se eu não pudesse parar o amolecimento de minhas entranhas. Era como dirigir rápido demais e sabendo que ia bater, mas seu pé ficava no acelerador. Eu trouxe café para ele. Ele me insultou . Eu inclinei minha cabeça contra uma prateleira e olhei para as luzes feias no teto. Caras como ele eram perigosos. Eu sabia em 128


primeira mão. Eles pegavam o que queriam, destruiam o seu interior, e se afastavam enquanto você estava no centro do caos, sem ninguém para puxá-la de volta. Era por isso que eu preferia animais. Desde que eu tinha acabado a tutoria cedo, eu ainda tinha algum tempo.Ver Murphy era exatamente o que eu precisava agora. Seu amor incondicional poderia curar qualquer coisa, inclusive um insulto estúpido de Romeo . Quando cheguei ao fim da linha eu espiei em direção à mesa para ver se ele ainda estava lá. Ele não estava, e eu deixei escapar um suspiro. Um rugido alto de trovão sacudiu o prédio, e eu fiz uma careta. Claro que ia chover agora. Eu havia deixado meu guardachuva e minha lambreta no dormitório e andei até aqui. Eu debati sobre correr de volta para o meu quarto e ficar lá , mas o desejo de ver Murphy estava me puxando. Eu decidi apenas ir pegar meu guarda-chuva e uma capa de chuva, em seguida, caminhar umas poucas quadras até o abrigo. Montar em uma scooter era inútil na chuva. Através das portas de vidro que eu pude ver os salpicos de chuva contra a calçada , e eu me preparei para as gotas frias quando eu saísse. Romeo estava estacionado no meio fio , numa zona de estacionamento proibido, inclinando –se contra um carro verde-limão . 129


Ele tinha um boné de baseball puxado sobre seu rosto e seus braços estavam cruzados sobre o peito. Porque no mundo que ele estava de pé aqui fora aqui na chuva? " Vamos lá", ele me chamou e fez sinal em seu carro. Olhei para trás para ver se ele estava falando com outra pessoa. Sua risada flutuou através da chuva."Sim. Você. Vamos." Ele queria me dar uma carona ? "Não,obrigada! " , gritei . Ele se moveu rápido. Claro que não foi uma surpresa. Mas a forma como ele afundou baixo e passou os braços em volta de mim era. Eu gritei quando ele me levantou do chão e me carregou até seu carro. Quando eu estava em meus pés de novo, ele abriu o lado do passageiro e olhou para mim por debaixo da aba do boné. "Você não está caminhando para casa na chuva." Seu olhar era firme , e desde que eu estava ficando úmida a cada minuto , eu desisti e deslizei no assento de couro quente. Eu coloquei minha bolsa entre os meus pés enquanto ele correu ao redor da frente do carro e entrou. Os assentos eram arredondados e laterais altas, então eu mal podia ver através do pára-brisa , mas ele se encaixou bem atrás do volante.

130


Ele jogou o boné para o banco traseiro e passou a mão pelo cabelo. "Em qual dormitório você está?” "Por que você está fazendo isso?", perguntei. Ele olhou para mim . "Porque eu fui um imbecil." Eu mexia com a barra muito longa do meu pulôver tipo lésbica. "Você é totalmente um imbecil. " "Veja. Sinto muito. Eu tive um dia longo e estou cansado." "Eu não ia voltar para o meu dormitório" eu respondi , sem saber o que fazer com o seu pedido de desculpas. Senti-me amolecer novamente. "Para onde?" ele disse e ligou o motor. " O abrigo de animais em Barnes Street? " Eu pedi.. Ele balançou a cabeça e soltou o freio . Eu olhei para fora da janela enquanto passávamos através do campus. A chuva pesada estava derrubando parte das folhas douradas e polidas das árvores que ladeavam as ruas. Elas se espalhavam pelo chão como flocos sobre um sundae . Um pouco de névoa estava se formando e o dia estava virando escuro. Eu tremi um pouco coma minha camiseta molhada pressionada contra mim. Uma explosão quente de ar escovado 131


em cima de mim, e eu olhei para baixo paraver Romeo ajustando as aberturas para que eu tivesse a maior parte do calor . Eu não disse nada porque isto não iria compensar os seus modos estúpidos anteriores. "Então por que você está indo para o abrigo?", eleperguntou. " Sou voluntária vários dias por semana . " "Você vai todas as noites depois da tutoria?" ele questionou . "Não, mas desde que terminei cedo, eu tenho tempo hoje à noite." Houve um momento de silêncio quando viramos para a estrada principal longe do campus."Você gosta de animais, hein?" Eu inclinei minha têmpora contra o vidro da janela. Estava frio. "eu amo." "Você disse que tinha uma bolsa de estudos . É para isso que serve?" Ele não estava cheio de perguntas ? "Sim, eu estou estudando para ser uma veterinária." Alguns momentos depois , o carro deslizou atéo meio-fio em frente ao abrigo. Eu pude ver que as luzes ainda estavam acesas, e eu sorri . "Obrigada pela carona." 132


Minha mão se deteve sobre a alça quando ele desligou o motor. "O que você está fazendo?" eu perguntei cautelosamente . "Eu vou levá-la para dentro . " " Isso não é realmente necessário" Corri para fora. Eu não o queria aqui. Este era o meu lugar. Meu santuário. Ele abriu a porta, e eu me apressei para dizer: " Mas você vai ficar molhado." Seu braço desapareceu no banco de trás e voltou com seu bné. "Ja estou molhado." Seu sorriso era triste. Eu não tinha escolha a não ser sair e correr em direção à porta. Romeo já estava lá, e ele a manteve aberta, enquanto eu corria por ele para dentro. Michelle estava na recepção e elaolhou com surpresa . " Rimmel! Eu não esperava você esta noite." Então seu olhar foi para Romeo conforme ele veio atrás de mim. Os olhos dela se arregalaram e ela olhou para mim com uma pergunta em seus olhos. "Eu tive um pouco de tempo extra hoje à noite e pensei que eu iria parar para ver se havia alguma coisa em que eu poderia ajudar."Orei para que ela me dissesse para limpar cocô ou algo que amedrontasse Romeo.

133


"Tudo foi feito. Estamos fechandoem uma hora . " "Oh" eu disse, me sentindo desanimada . "Bem , eu vou só dizer oi para Murphy. " Michelle sorriu. "Eu estarei de volta ao escritório, arquivando papelada." Então ela olhou para Romeo novamente. Ele deu um passo em volta de mim e estendeu a mão. "Eu sou Roman. Eu estudo com Rimmel . " Michelle apertou sua mão e sorriu. "Que bom, finalmente conhecer um amigo de Rimmel!" Eu queria gemer em voz alta. Em vez disso, caminhei de volta para a sala onde os gatos eram mantidos. Tudo estava arrumado como Michelle disse e realmente não havia qualquer coisa que precisava fazer. Falei olá para alguns dos gatos que olharam para mim, enquanto eu vagava na direção do canto onde Murphy estava. Quando eu me afundei no chão em frente à sua jaula , ele olhou para cima e viu que era eu. Isso me aqueceu por dentro quando ele se levantou e caminhou até a porta. Quando a porta se abriu , ele saiu para o meu colo. Eu ri. "Ei você aí, Murphy." Eu acariciei sua pele aveludada e ele começou a ronronar. "Eu senti sua falta hoje", eu disse a ele enquanto ele empurrou o nariz contra minha mão. 134


Eu me senti antes de ver alguém pairando atrás de mim, e Murphy olhou por cima do meu ombro. Eu me inclinei para trás e olhei para cima.Romeo estava pairando na porta, observandome com olhos ilegíveis. Eu suspirei . "Quer conhecer Murphy ?" Ele entrou na sala e Murphy disparou de volta em seu abrigo. Os passos de Romeo vacilaram, e eu acenei para a frente. "Está tudo bem.Você é apenas novo." Muitos dos outros gatos se levantaram e foram para as portas, olhando para ele com interesse, mas não Murphy. Murphy estava muito acostumado a ser ignorado e rirem dele às vezes. Isto me fez sentir triste por ele, mas parte de mim também se identificou. Eu me inclinei para a abertura e segurei a minha mão para ele. Ele esfregou o nariz contra ela, mas eu não me mexi para agarrálo. Isso só iria assustá-lo mais. "Sente-se ", disse a Romeo. Ele olhou em volta como se ele não tivesse certeza do que fazer e eu ri . Ele sorriu e em seguida, afundou-se atrás de mim na telha. "Você gosta daqui , hein?"

135


"É o meu lugar favorito ", eu respondi honestamente. Eu não me sentia tipo vigiada, como se uma porta para meu interior se abrisse quando eu estava aqui e eu senti que estava tudo bem para deixá-lo ver apenas um pouco. Murphy se arrastou um pouco mais perto da porta , mas eu não deixei que eu soubesse. Em vez disso, comecei a coçar atrás da orelha dele. " Esse gato soa como um cortador de grama " Romeo brincou. Eu ri novamente. "Sim, ele meio que faz." Meu cabelo estava molhado e estava pesado contra minhas costas, fazendo minha camisa mais úmida do que ela estava . Eu afastei minha mão e levantei a massa pesada para cima e longe dos meus ombros e rosto , usando um laço de cabelo em torno de meu pulso para prendê-lo em um coque bagunçado no topo da minha cabeça . O ar escovou contra o meu pescoço e eu estremeci. " Sua camisa está encharcada ", disse Romeo . Dei de ombros e me inclinou para trás para ficar com Murphy um pouco mais.

136


" Rimmel", disse ele em voz baixa. O que quer que eu tenha ouvido em sua voz mexeu comigo.Eu me virei para ele, meu corpo respondendoà chamada em seu tom. Ele não disse nada . Ele só olhou para mim. Seus olhos percorriam meu rosto como se nunca tivesse visto isso antes. Senti o rubor a partir do fundo do meu pescoço e trabalhar seu caminho para cima até que meu rosto estava quente . "O quê? ", Eu disse , minha voz saindo mais como um sussurro . "Nada. Eu só queria olhar para você sem o seu cabelo no caminho." Ele continuoua olhar, sem remorso. Quando eu não podia aguentar mais, eu abaixei minha cabeça, fazendo cair uma mecha de cabelo solto contra a minha bochecha . Romeo se inclinou para frente e levantou meu queixo com os dedos. Meus olhos se conectaram com os seus e esta ... esta corrente atravessou a sala. Seus dedos deslizaram por baixo do meu queixo e enfiou o cabelo atrás da minha orelha. " Você é linda" disse ele, uma pitada de surpresa em seu tom. A onda de calor encheu meu peito, mas então a realidade desabou para trás e eu bufei. " Você está tentando me convencer a fazer o seu trabalho de novo?" Ele estremeceu e sua mão caiu de volta no seu colo. "Eu quero dizer isto." 137


Fui salva de ter que responder quando Murphy rastejou de volta para o meu colo. Eu sorri e acariciei suas costas e virei-me para enfrentar Romeo . "Este é Murphy. " O carinho era claro na minha voz. "Ele é seu? " Romeo perguntou , estendendo a mão para o gato. Murphy o cheirou timidamente. "Ele seria se eu não vivesse em um dormitório. " Romeo se movia lentamente , deslizando a mão de volta para esfregar o gato atrás das orelhas . O alto ronronar começou a subir novamente. "Então, todos estes gatos são desabrigados?" "Eles estão para adoção. " " Há quanto tempo Murphy tem estado aqui?" Eu abaixei meu olhar e meu estômago embrulhou . "Ele veio logo depois que eu comecei o voluntariado mais de um ano atrás." Ele fez uma pausa em carícias e olhou para cima."Esse tempo todo?" Eu balancei a cabeça e limpei minha garganta. " Pessoas tendem a ignorá-lo. " "Seu olho", ele murmurou .

138


Emoção entupiu minha garganta,então não pude falar. Ficamos ali sentados em silêncio por longos momentos.E , em seguida, Murphy subiu do meu colo para o de Romeo . Ele parecia tomado de surpresa com a fácil afeição do gato. " Ele gosta de você", eu disse , minha voz grossa . "Ele é muito legal." Levantei-me, incapaz de se sentar aqui desse jeito com ele mais. Ele estava me afetando muito.Eu lembrei a mim mesma não me deixar levar pelo seu sorriso e do fato de que Murphy gostava dele. Peguei um saco de guloseimas de gato fora do armário e passei entre os gatos. Então eu segurei um para Murphy, que estava contente no colo de Romeo . Ele se animou e se levantou, arqueando as costas de volta enquanto cheirava a comida. "É o seu favorito, " eu disse a ele . Ele tomou-a em uma mordida e em seguida, lambeu os lábios como se elequisesse mais. " Oh não, você não " eu disse a ele . "Um é suficiente.” Eu senti o olhar de Romeo e olhei para cima. Às vezes eu esquecia o quão azul eram seus olhos e então eu iria perceber tudo de novo e faria meu estômago dar cambalhotas.

139


O som do latido abafado veioatravés das paredes , e Romeo piscou . "Vocês tem cães aqui também? " Eu balancei a cabeça . "Podemos vê-los? " "Claro", eu disse e levantei Murphy fora do meu colo. Tentei não notar como meu braço escovou contra seu peito enquanto eu levantei o gato. " Vejo você amanhã, Murph ," eu disse e coloquei-o de volta em seu abrigo. Imediatamente,ele foi para a parte de trás e enrolou-se numa bola. Levei-o para o quarto depois do salão onde os cães eram mantidos , mas antes que eu pudesse abrir a porta, a voz dele atrás de mim me parou. "Aqui." Eu olhei e ele estava tirando seu casaco do time do colégio e estendendo-o para mim. Ele poderia muito bem ter vindo a crescer outra cabeça, porque sua ação era totalmente estranho . "Você está molhada e congelando , " ele disse quando eu simplesmente olhei . "Eu estou bem ", argumentei . Ele olhou para o meu peito e os olhos ficaram um pouco pesados . Segui seu olhar e queria morrer. 140


OK. Então, talvez eu estava com um pouco de frio. Ou muito frio. Meus mamilos estavam desenhadoscomo pedras que você poderia totalmente ver através da minha camisa molhada. " Uhhh ", eu gaguejei . Eu precisava pegar ajaqueta. Eu estava dando um show para ele. Mas eu não podia. Minha camisa estava tão molhada que apenasiria molhar o interior do casaco também. Romeo limpou a garganta e gesticulou para o casaco novamente . "É apenas um casaco, Rimmel . " Eu me virei, colocando-me de costas para ele, e puxei a camisa enorme sobre a minha cabeça. Eu estava usando um top por baixo, e como ele estava úmido , não estava molhado como minha camiseta. Joguei o top de lado e alcancei o casaco para mim. Ele deslizou-o na minha mão com uma risada quente. Puxei-o em torno de mim e reprimi um gemido porque era como estar envolvida em um cobertor elétrico. O material me envolveu toda. Eu não precisava me preocupar em mostrar demais, pois era muito tecido e eu estava totalmente escondida. Ele caiu bem e passava das minhas mãos e quase dos joelhos. Ele sorriu quando me virei. "Você vai se perder naquela coisa." 141


Era tão quente e cheirava como ele. Qualquer que fosse o que eu ia dizer de volta, morreu em meus lábios. Mostrei-lhe os cães e passamos algum tempo brincando com eles. Não me surpreendeu que Romeo gostasse deles. Eles eram todos de alta energia e selvagem como ele. Depois de um tempo, Michelle enfiou a cabeça e disse que ia fechar. "Vamos, " Romeo disse: "Vou levá -la de volta ao campus. " " Você não tem que fazer isso", eu corri para dizer. " Michelle normalmente me dá uma carona." "Mas eu estou aqui agora." E o que dizer quando você não está ? O pensamento era como uma faca no meu peito. Eu disse a mim mesma para pendurar sobre esse sentimento, porque viria um tempo, provavelmente em dez minutos, quando ele teria ido e a vida seria do jeito que sempre foi. Ele parecia ter o meu silêncio como algum tipo de concordância e voltamos para a saída da sala principal, onde eu juntei minhas coisas, inclusive a minha camisa. Os olhos de Michelle foram direto para o casaco que eu estava estava usando e em seguida, seu olhar saltou entre mim e Romeo. 142


Eu peguei seu olhoe balancei a cabeça ligeiramente, querendo que ela tirasse essa idéia da cabeça imediatamente. " Vejo você amanhã ", disse ela abrindo a porta para nós . Quando eu estava na calçada, Michelle chamou Romeo . Quando ele se virou, ela disse: "Você é bem-vindo de volta a qualquer hora, Roman. " Eu dei-lhe um olhar de morte, e esperei que isso a fizese ter pesadelos. A julgar pelo sorriso em seu rosto, ela não iria. A viagem de volta para o campus foi curta e silenciosa. Eu não pude evitar de afundar no assento macio,quente e respirar o cheiro do seu casaco. Quando nós chegamos na frente do meu dormitório, meus olhos estavam pesados e ameaçando adormecer. "Como você sabia em qual eu estava? " Eu perguntei sonolenta . "Palpite de sorte." " Oh. Bem, obrigado pela carona." Eu comecei a subir. " Rimmel ? " "Sim?"

143


"Eu realmente sinto muito sobre antes. Obrigado por me deixar ficar com você esta noite. " Ficar? É o que a gente tinha feito ? Eu saí e levantei minha bolsa no meu ombro . Então me lembrei de sua jaqueta. Eu acenei meus braços quando ele recuou, e ele pisou nos freios . Eu corri em torno da frente docarro, os faróis me cegando e deixei cair minha bolsa no meu pé para que eu pudesse tirar a jaqueta. "Aqui", eu disse, entregando a ele através da janela. "Obrigado", ele disse , sem olhar para o meu rosto, mas em vez disso para a pequena camiseta regata que eu estava vestindo. Peguei minha bolsa e segurei-a na minha frente como um escudo e me afastei da carro . Ele sentou-se no terreno e me observou até que eu desapareci no interior . Eu podia ouvir o ronronar aveludado do seu motor todo o caminho até as escadas enquanto eu caminhava para meu quarto.

144


Capítulo Doze Exatamente quem era a garota misteriosa em um conhecido Hellcat hoje à noite? ...Alpha BuzzFeed

Romeo

Chuva cortando meus faróis, fazendo marcas cortantes no ar enquanto eu dirigia para casa.A imagem da Rimmel sentada estilo indiano no piso de cerâmica com o gato no colo e ela com o cabelo preso em sua cabeça se recusou a ir embora. Sim, eu tinha tido o desejo de verificá-la antes. Quero dizer, merda, eu verifiquei cada mulher que eu vi. Mas eu realmente nunca pensei que veria aquela. Eu me sentia como se fosse a primeira vez que eu olhei para alguém e realmente vi. Isto me deixou abalado. 145


Eu só estava cansado, isso é tudo. Meu corpo estava acabado e meu cérebro estava tentando ter uma folga. Amanhã isto já era, e eu certamente não iria ser assombrado pela imagem da Rimmel e um gato. Eu só tinha esperado por ela por causa da mensagem. O desafio. Sim, foi o início para o Omegas. Mas eu senti quase como uma espécie de desafio pessoal não falado entre Zach e eu. Um desafio. Eu levantei minha boca um pouco com o pensamento porque isso não era a escola primária. Inferno, isso não era nem mesmo o ensino médio. Isso era a faculdade. Tecnicamente, nós éramos adultos. Nós não desafiamos uns aos outros. Mas ainda assim, eu não iria recuar. Zach pensava estar jogando uma boa mão. Ele pensava que eu era inexperiente. Eu precisava admitir, sim eu era bastante deficiente. Eu quero dizer, merda, ela era tipo socialmente inepta. Ela ficava nervosa quando alguém apenas olhava para ela por muito tempo. E ela estava sempre caindo. As roupas dela pareciam sacos, ela pirando e bufando quando ela ria, e seu cabelo...

146


Ela é bonita. O pensamento veio do nada e me chocou durante a próxima semana. O carro fez uma parada na calçada, e eu me sentei lá, o motor ocioso e olhei para a chuva deslizando para baixo do párabrisa . Mesmo que eu quisesse negar, minha mente se recusou. Não era a primeira vez que eu pensava também. Eu não tinha apenas dito a ela a mesma coisa? Mas isso realmente nunca me ocorreu. Talvez eu não tivesse ouvido minhas próprias palavras. Elas eram altas e claras agora. Eu balancei minha cabeça. Eu realmente não podia entender.Ela não era bonita . Mas ela é . Ela levantou o cabelo do rosto e o quarto literalmente parou. Era como se houvesseum vácuo repentino me sugando até que a única coisa que eu podia ver era ela. O rosto de Rimmel tinha a forma de um coração. Ela tinha maçãs do rosto salientes, olhos arregalados, e um queixo que se reduzia gradualmente. Seus lábios eram cheios e carnudos, e se ela alguma vez retirasse os óculos, o impacto de seus olhos seria 147


espantoso. Isto feito, eles eram deslumbrantes por trás dos óculos. Ela tinha um nariz pequeno, quase atrevido e sua pele era tão cremosa que parecia quase com o creme que minha mãe gostava de colocar no seu café. E a curva de seu pescoço ... Eu nunca tinha notado uma coisa daquelas antes. Mas quando ela se voltou para o gato , eu poderia vê-la. Ela era tão pequena de aparência . Delicada e esguia. Seu pescoço estava inclinado suavemente e curvado para fora para dar lugar a seus ombros. Eu quis - não, eu me coçei para arrastar os meus dedos ao longo daquele local .Flertar com o cabelo na nuca e levar os meus dentes e morder a pele perfeitamente macia. Quando ela se levantou para me mostrar os cães, eu não conseguia tirar os olhos dela . Sua camiseta estava ensopada e colada ao seu corpo. O frio fez seus mamilos eretos e eu mal podia vê-los sem ter permissão para tocar. Então eu ofereci-lhe o meu casaco. Para cobri-la, para me deixar colocar minha cabeça no lugar. Mas o tiro saiu pela culatra . Ela foi e tirou a camiseta. Puta merda, meu pau deu sinal de vida quandoela tirou essa peça. Mesmo ela tendo se mantido de costas, eu ainda tinha bastante 148


visão. Seus braços eram esbeltos, sua cintura estreita e bem feita, dando lugar a ancas suavemente largas. Honestamente, ela não era de todo o meu tipo habitual. Eu gostava de uma menina com curvas, uma garota que eu poderia pegar. Rimmel não era cheia de curvas, mas havia algo sobre ela que eu não conseguia parar de olhar. Calor queimando no meu estômago e se espalhou como se eu tivesse bebido um tiro gigante de uísque e a queima do álcool estava se espalhando através de meus membros . Meu casaco do time do colégio escondeu a maior parte de seu corpo, mas não fez desaparecer minha reação. Ele a devorou e a única coisa que eu conseguia pensar era estar em cima dela, meu corpo cobrindo-a, engolindo-a completamente. Eu acho que foi uma coisa boa que eu de re pentea achava atraente. Eu tinha que dormir com ela. Certamente seria mais fácil. Eu não esperava gostar dela, não genuinamente . Eu tinha um monte de amigos, mas não muitos deles eu consideraria genuínos. A maioria deles gostava de mim por causa da minha condição. Por causa do jogo . Porque estar em torno de mim deu-lhes alguma coisa. Eu joguei junto. Inferno, eu gostei. Mas no fundo eu sabia onde a linha foi desenhada . 149


Braeden era o amigo mais próximo que eu tinha. E eu contaria Trent nessa lista. Junto com um punhado de outros caras do time. Mas era isso. Nunca tinha havido uma garota antes. A garota com quem eu realmente estava intrigado. Uma menina sobre quem eu queria aprender mais. Eu aprendi alguma coisa hoje à noite. Aprendi algo que eu não acho que ninguém nunca tem que ver. Sua vulnerabilidade. Sua suavidade . O jeito que ela olhou para os animais , a forma como ela agia com eles, que me fez um pouco ciumento. Claro, todo mundo gostava de mim, mas ninguém nunca olhou para mim do jeito que ela fez com aquele gato. Enquanto eu a assitia com ele, percebi que ela se identificava com ele.. Ele era uma espécie de pária do abrigo . Ninguém o queria porque ele parecia diferente, porque talvez eles achassem que ele não era tão bom como os outros gatos. Mas quando ele mostrou afeição, ele ronronou mais alto do que qualquer gato que eu já ouvi. Ele viraria seu olho verde em você e realmente olharia. Quando ele viu que eu seria gentil com ele, ele me aceitou imediatamente. Era assim que se sentia Rimmel? Ela se sentia negligenciada ? Como um pária? 150


O trovão rolou em cima, e eu percebi que ainda estava sentado no meu carro em marcha lenta. Eu o desliguei e corri através da chuva para dentro da minha casa, acendendo as luzes enquanto entrava. Eu sabia que poderia levá-la para a cama. Especialmente depois de vê-la esta noite. Tudo que eu tinha que fazer era atraíla, notá-la , fazê-la sentir –se especial . Seria quase sem esforço. Eu deveria estar feliz, presunçoso e sorrindo como o Gato de Cheshire. Mas eu não estava .

151


Capítulo Treze A conversa no campus é que Romeo está procurando a sua Julieta. ...Alpha BuzzFeed

Rimmel

A biblioteca parecia muito mais movimentada do que o habitual e isso me fez um pouco desconfortável. Uma das grandes coisas sobre a biblioteca era a atmosfera tranquila e pacífica. Sim, ainda era calmo aqui (na maioria da vezes), mas o ar no edifício era qualquer coisa, menos pacífico. Eu peguei um lugar na parte de trás, a última mesa à esquerda, e afundei-me na cadeira. Eu estava vestida de um par de jeans soltas, um Converse roxo e umaT -shirt branca solta, coberta 152


com um cardigan longo roxo que eu comprei dois tamanhos maiores. As mangas eram longas e eu as puxei sobre minhas mãos quando eu sentei lá enrolando meus dedos no material extra . Eu tinha usado o meu cabelo até hoje. Eu normalmente só o prendia quando eu estava no meu quarto ou na limpeza do abrigo. Meu cabelo era escuro e indisciplinado . Eu sabia que se eu cortasse um pouco do comprimento fora, provavelmente seria mais gerenciável, mas então eu não teria isso para me proteger. Mas a forma como Romeo olhou para mim... A outra noite no abrigo, eu não tinha realmente pensado duas vezes antes de prender o meucabelo. Estava molhado, pesado e me deixando nervosa . Eu acho que olhando para trás agora, foi um pouco surpreendente que eu não pensava em estar na mesma sala com ele e como prender meu cabelo podia me deixar me sentindo exposta. Talvez eu tivesse pensado que se ele não tinha olhado para mim dessa maneira. Mas ele olhou. A mudança em seus olhos era definitiva. O azul estava incrível como sempre, o tipo de azul que você não vê frequentemente. Ele escureceu conforme seu olhar se fixou no meu rosto e não deixou ir.

153


Normalmente , eu teria abaixado a minha cabeça,mas eu não podia. Eu me senti como se ele estivesse me vendo, como o meu verdadeiro eu . E eu senti como que talvez ele gostou. Ele me chamou de bonita.. A única pessoa que sempre me chamou de bonita foi o meu pai . Exceto por vários anos atrás... mas eu não pensaria sobre isso. Então, quando eu me vesti hoje, eu puxei-me em um topete confuso. Como eu tinha passado o dia , um par de fios havia caídofora no meu pescoço e, ocasionalmente, um tinhaescovado minha bochecha, mas eu não mexi com isso. Ivy ficou surpresa. Eu poderia dizer pela maneira como seus olhos se arregalaram quando eu entrei para pegar meu casaco. Ela até me disse que parecia bom, quase na moda . No início desta manhã, eu passei pelo amigo de Romeo, o do outro dia. Ele fez uma tomada dupla, em seguida, levantou a mão em uma onda. " Tá bonita hoje, menina tutora!" ele gritou. As pessoas se viraram para olhar . Eu quase corri para o banheiro e puxei meu cabelo para baixo. Mas não o fiz. Talvez fosse hora de eu parar de ficar me escondendo o tempo todo. Eu tinha quase dezenove anos. Eu não 154


era uma criança. Eu sabia como lidar com as pessoas e determinadas situações. Eu não devia deixar que o passado me definisse mais. Mas alguns hábitos eram difíceis de quebrar. Algumas meninas caminharam por onde eu estava sentada e começaram a sussurrar e correram. Estranho. Olhei em volta e algo tornou-se claro . Essas pessoas não estavam aqui para estudar. Eles estavam aqui porque ele estava vindo. Romeo . Muito mais do que a metade das pessoas aqui eram meninas. Elas estavam todas vestidas para impressionar e algumas exagerando com seus cabelos e brilho labial. Lembrei-me de um zumbido recente que veio através da Alpha App. Algo sobreRomeo estar na biblioteca e como a biblioteca estava ficando cada vez mais agitada . Bem. Essa notificaçãoapenas aumentou o tráfego. Eu também vi o burburinho sobre o mistério da menina no Hellcat. Não era um mistério, porém. Fui eu. Fiquei imaginando o que todas essas meninas diriam se elas soubessem disso.

155


Elas estavam aqui porque elas estavam curiosas e esperavam ver algum menina em seu braço? Ou elas estavam esperando para vir aqui chamar a atenção dele e ser essa garota? Ao meu lado, alguém limpou suagarganta. Eu pulei cerca de uma milha fora do meu assento e joguei meus braços para fora na surpresa. O braçoonde a pessoa estava de pé se chocou contra seu meio, e eu ouvi um Uau.. "Sinto muito ", eu me apressei. " Você me assustou." "Que diabos ? " A menina estalou, e eu virei toda a volta para olhar para ela.Ela tinha olhos azuis gelados, cabelo longo cor de mel, e um rosto cheio de maquiagem impecável . Ela estava esfregando a palma da mão sobre seu meio, onde eu bati nela. " Você não deve esgueirar-se sobre as pessoas " eu disse. Um olhar incrédulo cruzou sua feição. "Eu não estava me esgueirando ". "Bem, eu não a ouvi." eu comentei. Ela largou a mão da barrigae me olhou com um olhar escrutinador . Eu vi a maneira como seus lábios zombaram do meu rosto sem maquiagem, meus óculos e minha roupa fora de moda. E em seguida, seu olhar mudou, quase como se ela tivesse

156


me avaliado e decidido que eu não era qualquer coisa para ela se preocupar. Isso meio que me irritou . "Você é a tutora de Romeu?", Ela perguntou . Eu deveria saber que isto era sobre ele . "Sim." "Bem, onde ele está? " Ela empoleirou uma mão sobre seu quadril. Será que ela acha que eu era o seu guarda-redes? "Eu suponho que ele está a caminho." "Bem, quando ele chegar aqui , você deve ir. "Ela olhou atrás de mim, e eu sabia que seus amigos estavam, provavelmente, por perto, escutando. "E por que isto?" "Porque ele vai estar ocupado comigo. " "Ele está vindo aqui para estudar." Eu ressaltei. Esta menina era irritante . Seus olhos se estreitaram e sua boca afinou. "Você não tem uma chance no inferno com ele."

157


"Eu nunca disse que queria", eu respondi . Essa garota estava, na verdade, insinuando que eu estava aqui para algo diferente de tutoria ? Eu estava aqui porque eu tinha que estar, não porque eu escolhi isso, e, certamente, não porque eu queria Romeo . "Escute aqui , nerd ", disse ela , elevando-se sobre mim, usando o fato de que eu estava sentada para tentar me intimidar. Isto era uma espécie de trabalho, mas eu não queria mostrar. "Ele nunca vai gostar de uma garota como você." " Desculpe , estou atrasado de novo", disse Romeo enquanto caminhava em direção à mesa. Eu me virei e olhei para ele, mas ele não olhou para mim. Ele estava olhando para a menina . Ele tinha escutado o que estávamos dizendo? Deus, eu esperava que não. "Romeu ... " A voz da garota estava pingando com mel. "Você está aqui para estudar? Eu também. Talvez possamos fazer isso juntos. " Suas amigas tinham chegado mais perto da mesa agora. Todo mundo estava olhando para ele , pendurando em cada palavra sua , mesmo os que ele ainda tinha para ver. Ele olhou para as poucas meninas exatamentea seu lado e deulhes um sorriso encantador . Elas todas praticamente se

158


derreteram em uma poça. Depois ele sevoltou. "Desculpa. Não posso. Ordens do treinador." Senti meus ombros relaxarem um pouco. Por um momento, eu pensei que ele poderia me abandonar para ir com essas meninas . Essa ideia realmente não deveria ter me incomodado, mas incomodou. "Eu não vou dizer se você não quiser", ela riu .Revirei os olhos . Ela viu minha reação e olhou para mim . Eu podia ver algo ruim formando na pontade sua língua. Romeo deslizou certo entre nós, colocando-se de costas para a menina e bloqueando-a da minha vista. "Está realmente cheio aqui esta noite " , disse ele, olhando para mim. Eu balancei a cabeça . " Quer ir para outro lugar para estudar? " Eu não podia ver a garota atrás dele, mas eu com certeza ouvi a ingestão aguda da sua respiração. Um pouco de mal-intencionado saiu dentro de mim e eusorriu. "Sim, isso seria ótimo." Ele esperou eu reunir minhas coisas e em seguida, mudou-se de volta para me deixar ficar de pé. Quando eu estava pronta para ir , ele se virou para a menina atrás dele e sorriu. "Mais tarde."

159


Ela murmurou algo que eu não ouvi enquanto Romeo passou o braço sobre meus ombros e me guiou até a porta. Aproximadamente todos os olhos em toda a biblioteca pararam para nos olhar. Meu rosto parecia que estava pegando fogo, porque queimava seriamente de embaraço. Romeo não parecia se importar ou até mesmo notar que estávamos conseguindo mais olhares do que um homem vestido de drag queen. . Ele nem parecia desconfortávelpor ser visto comigo. Quando ele me liberou para abrir a porta e fez sinal para eu ir, eu praticamente corri para fora . O Hellcat estava estacionado a poucos pés de distância, mas os meus passos vacilaram. Será que ele realmentequeria ir para outro lugar para estudar? Ou ele só tinha me dito isso porque ele estava tentando me ajudar com essas garotas ? Ele não notou, mas quando chegou ao seu carro, ele percebeu que eu não estava seguindo atrás . "Vamos lá", disse ele , gesticulando com sua cabeça enquanto ele deslizava para o banco do condutor e do motor rugia para a vida. Vá, uma voz dentro de mim disse . Eu ouvi.

160


Capítulo Quatorze ALPHA U 101 Fique grudado no seu círculo. ... Alpha BuzzFeed

Romeo Assim que ela entrou no carro, meu celular vibrou. Em seguida, ele vibrou de novo, e o de Rimmel em seguida. Ela levantou o dela de seu colo , olhou para baixo,e murmurou, "Estúpido BuzzFeed . " Eu sorri . "Você tem o Alpha App?" "Eles nos encorajaram a fazer o download quando éramos calouros. Obter atualizações importantes da universidade, disseram. Fique no saber, eles disseram . " Ela zombou . "Okay, certo. É umalinha de fofocas pirada. "

161


Eu ri. "Ah, vamos lá, o#BuzzBoss sempre nos deixa entrar nas festas boas." Ela bufou . Porra, se eu não achava que era fofo . Ela manteve os olhos voltados para fora do pára-brisa, e isso me deu a oportunidade deolhar para o lado de seu pescoço e os cabelos que acariciavam sua pele. Quando entrei na biblioteca e vi o cabelo de novo, meu peito apertou um pouco. Mas então eu vi o que mais estava acontecendoem torno dela. Os urubus estavam circulando . Eu vio olhar de escárnio sendo lançado nela, e eu sabia que eles estavam tentando intimidá-la. Elanão estava encolhida, o que foi surpreendente, mas eu poderia dizer que estava mexendo com ela. Não admira que ela odiasse o #BuzzBoss. Ele é o único que disse a todos que eu estava sendotutelado na biblioteca. Ele é o único que espalhou interesse em minha vida amorosa eagarota " desconhecida " no Hellcat na outra noite . Nunca me incomodou ser objeto deBuzz antes. Eu estava acostumado a isso. Masme incomodou que ele estava de alguma forma vindo em torno em Rimmel . Como diabos eu deveria dormir com ela e completar a corrida se as outras garotas estavam tentando assustá-la ? 162


" Você realmente quer ir estudar ?", Ela perguntou, me trazendo de volta para o momento. Meu telefone soou de novo, eu me lembrando não tinha olhado para ele ainda. "Sim ", eu respondi . "Eu tenho uma tonelada de lição de casa." "Onde você quer ir? ", Ela perguntou . Eu já estava iluminando a tela do meu telefone. A primeira coisa a aparecer foi a mais nova notificação do BuzzFeed . Fique grudado no seu círculo. Eu balancei a cabeça e excluí isto. Quando apaguei, um texto apareceu. ROUBAR ALGO DO ESCRITÓRIO DO REITOR. TRAZER PARA A FESTA NA SEXTA ÀNOITE . Eu encarei o desafio por longos momentos, cerrando os maxilares. Zach queria que eu roubasse o reitor. Não só isso, mas eu tinha que guardar até sexta-feira ? Se eu fosse pego, eu poderia ser chutado para fora da escola. Minhas chances na NFL estariam acabadas antes mesmo de terem começado. " Romeo ? " Rimmel disse do outrolado do carro . Olhei para cima . " Há algo errado? " Sua voz estava verdadeiramente preocupada . 163


" Nah . " Eu menti . " Só verificando minhas mensagens ". "Nós podemos cancelar a sessão de hoje, se você quiser." Eu não podia. Eu precisava de um tempo para chegar mais perto dela. Eu só tenho que cuidar desta outra coisa mais tarde esta noite. "Está tudo bem." Eu deixei cair o telefone no porta-copos e puxei para a rua . "Para onde estamos indo?", Ela perguntou . Eu dei-lhe um dos meus sorrisos encantadores. "Meu lugar." Seus olhos quase caíram de sua cabeça, e eu ri. " Talvez devêssemos voltar para a biblioteca." " Você prefere voltar para lá com aqueles abutres do que ir para o meu lugar? ", perguntei , um pouco do meu sorriso desaparecendo. Será que ela realmente não gosta de ficar comigo tanto assim? Ela inclinou a cabeça para o lado e olhou para mim. "Você tem algum companheiro de quarto?" "Não." Ela engoliu visivelmente . "Nós vamos ficar sozinhos? "

164


Eu diminuí o carro e me inclinei em seu espaço pessoal. " Qual é o problema, Rimmel? "Eu sussurrei. " Você tem medo de ficar sozinha comigo? " Ela apertou os lábios . "Claro que não." " Bom . " Eu voltei para o meu lugar e apertei o acelerador. Ela fez um som sibilante e eu ri.Eu a tinha. Ela estava presa . Silêncio decorreu por alguns minutos conforme ela se virou para olhar pela janela . "Posso perguntar uma coisa?" ela disse, com voz hesitantee baixa. "Sim." Ela manteve o rosto virado , e eusabia o que ela queria perguntar era algo que ela não tinha certeza se deveria. "Por que você não está lá atrás com aquelas garotas ? " "O que faz você pensar que eu quero estar ? " Eu devolvi. A vulnerabilidade, mas também a subjacente confusão fez realmente algo dentro cavar um em mim. Ela bufou . "Todo mundo te chama de Romeo por uma razão." Eu abri minha boca , mas ela ergueu a mão para dizer : "E não é porque é uma variação do seu nome real . " Eu sorri . " Você notou isso, hein?"

165


Rimmel revirou os olhos e voltou-se para a janela . " Talvez eu quisesse estar aqui com você", eu respondi. Ela endureceu no banco. Os seus pequenos dedos se enroscaram em torno da borda do couro. Talvez tenha sido a coisa errada a dizer. Talvez isso soasse muito parecido com uma cantada. Eu vi a descrença na armação de seus ombros, na tensão de sua mandíbula . Eu queria que ela acreditasse em mim. Não porque eu queria dormir com ela. Porque era verdade . " Essas meninas lá atrás , inferno, os caras também ... eles só queriam algo de mim." Eu disse. Ela não disse nada, mas eu sabia que eu tinha chamado sua atenção. Eu sabia que ela estava escutando atentamente, então eu continuei . "Às vezes eu me pergunto se é realmente de mim que eles gostam, ou se é a estrela de futebol, o cara com o bom carro, ou o cara que pode levá-los para as festas. " Fiquei em silêncio. Eu não quis dizer tudo isso.Eu só queria fazê-la acreditar em mim. Eu não tinha a intenção de derramar os pensamentos enterradosno fundo da minha mente. Minhas mãos apertaram em torno da direção,flexionando um pouco contra o couro. Eu estava ciente da Rimmel ao meu lado, assim quando ela se mudou, eu soube imediatamente. 166


Ela virou a cabeça contra o assento de modo que ela estava olhando para mim , em vez de fora da janela. "São os olhos azuis." Demorou um minuto para eu perceber o que ela queria dizer. Eu joguei minha cabeça para trás e ri. " Você está dizendo que gosta dos meus olhos , Rimmel ? " Ela virou-se novamente, mas ela sussurrou: " Talvez." Algo dentro de mim aliviou. O pânico que eu tinha sentido momentos atrás sobre minha confissão acidental não parecia ser um problema. Sua reação, ou falta dela , foi exatamente o que eu precisava. Isso me fez sentir como se talvez estas preocupações, aquelas guardadas de modo profundo, não fossem tão ruins quanto eu pensei que elas eram. E ela gostava dos meus olhos. Realmente, eu não estava surpreso. Meus olhos eram malditamente incríveis. Virei-me na longa curva da calçada que levava ao redor do lado da casa, e Rimmel se endireitou em seu assento. Uma energia nervosa parecia vibrar imediatamente dela, e eu reprimi um sorriso. Ela era tão expressiva. Eu nunca notei até que eu comecei a realmente prestar atenção a ela .A maioria das pessoas eu tinha 167


certeza de que não percebiam porque você tinha que realmente olhar para ela para notar. Mas eu estava começando a gostar. Eu estava começando a não querer fazer nada, a não ser vê-la . Toda vez que seu humor mudava ( que era como a cada cinco minutos), era uma experiência nova. Eu sentia como se estivesse vendo esta casa pela primeira vezatravés dos olhos de outra pessoa. E ela intimidava. A maioria das pessoas que eu trouxe aqui fizeram oooh e ahhh sobre a calçada intocada, as colunas que alinhavam a casa principal, o pitoresco paisagismo, e o quintal incrível.Era uma casa impressionante e impressionava as pessoas. Mas não Rimmel . Ela não se importava sobre todas as coisas que todos os outros fizeram . Quando muito, ela era contra isso. "Minha mãe é uma perfeccionista ", expliquei ,querendo distraíla. " Ela gosta que tudo pareça perfeito o tempo todo. " " É lindo ", disse ela educadamente . Eu estacionei o carro e apontei através dopára-brisa para a casa de hóspedes . "Aquele é o meu lugar. Eu vivo sozinho lá . "

168


" Deve ser bom não ter de partilhar um banheiro. " Ela mostrou a língua . Uma chama de desejo inflamou baixo nas minhas entranhas . Limpei a garganta e saí do carro . Rimmel seguiu junto atrás de mim enquanto nós caminhamos ao redor da piscina. Notei o grande arco que ela fez em torno da borda e a desconfiança em seus olhos . " Não gosta de nadar ? " " Não", ela disse firmemente , e em seguida uma parede se fechou sobre suas feições. " Quer um refrigerante ?", Perguntei , caminhando pela sala e a cozinha. "Claro", respondeu ela , parando na ilha e soltando a bolsa no chão. Peguei duas latas de Coca-Cola fora da geladeira e me virei. "Segura , " Eu chamei e joguei-as para ela. Ela ergueu as mãos e se abaixou . O refrigerante atingiu a traseira da banqueta e ricocheteou no chão. " Você deveria pegar isso", Comentei quando ela descruzou os braços a partir de sua cabeça. " Você deveria entregá-lo a mim. " Ela olhou .

169


Eu balancei a cabeça e dei a volta na ilha para pegar a lata . Segurei -o na frente do rosto dela e flertei com a tampa . " Acha que vai explodir se eu abrir?" Eu levantei minhas sobrancelhas . Ela recuou um passo . " Não se atreva." Eu levantei a aba na parte superior apenas ligeiramente. Ela gritou e se correu de mim, segurando os braços para proteger o rosto do pulverizador . Eu ri e peguei-a pela cintura,arrastando-a para trás enquanto colocava a lata no balcão. "Eu não estou limpando a bagunça que fizer." " Idiota !", Ela disse, e levantou o braço para me bater . Enrolei meu outro braço ao redor dela,pressionando suas mãos para baixo contra seus lados . Ela lutou por um segundo. Em seguida, ela pareceu perceber o quão perto estávamos e seu corpo ficou imóvel . Eu podia sentir o cheiro do xampu do cabelo dela , sentir o rápido batimento de seu coração contra seu peito, e ouvir as respirações instáveis arrastando em seus pulmões . Uma das minhas mãos achatada contra ela Por trás e deslizei para baixo para que elas descansassem no vão da sua cintura, logo acima de sua bunda. Meus dedos flexionados

170


e com a cabeça inclinada para trás para que ela pudesseolhar para o meu rosto . Porra, ela era pequena . Ela nem sequer chegava no meu ombro. Eu imaginei naquele momento que parecia muito como quando ela estava na outra noite com a minha jaqueta. Engolida. Possuída. Reivindicada. Mas desta vez não foi por minha jaqueta . Foi por meus braços. Seus olhos mostraram surpresa, mas sob a emoção eu vi algo mais. Eu vi desejo e necessidade. Eu vi atração. A vontade de beijá-la bateu em mim de modo tão forte que meus braços a puxaram para mais perto. Sua respiração sibilou fora dela e seus olhos ficaram arredondados. Lentamente, eu abaixei a cabeça, tomando o meu tempo e antecipando o momento . Meu olhar fixo em seus lábios cheios e imaginei sugando-os em minha boca e esfregando minha língua sobre a sua suavidade. Apenas respirando longe de nosso primeiro contato, ela chupou com força e abaixou a cabeça. O cabelo preso no alto da cabeça me golpeou na boca, e eu recuei um pouco . A testa de Rimmel caiu para meu peito , e sua mão subiu para torcer no algodão da minha camiseta . 171


Por que ela se afastou ? Eu podia sentir seu desejo. Eu praticamente podia sentir o gosto. O momento se foi assim que eu tirei meusbraços longe dela e dei um passo atrás . "Eu voupegar um outro refrigerante para você ", eu disse , observando aqualidade da minha voz rouca . No meu caminho , euagarrei o meu próprio refrigerante, estalo a tampa,e tomei um gole saudável. A cafeína gelada, espetou, arrepiou o fundo da minha garganta e apagou um pouco do feitiço que ela tinha acabado de lançar sobre mim. " Então, que tipo de lição de casa que você precisa de ajuda? ", ela perguntou , sentada no bar na cozinha e colocando as pernas em baixo dela . Suas bochechas estavam vermelhas e os óculos foram deslizando para baixo de seu nariz . Se fosse qualquer outra pessoa, eu a teria na cama agora . E se ela fosse virgem ? O pensamento era tão abrupto e assim quebrado que eu me virei e segurei as bordas da pia. Eu apertei o granito arredondado e olhei para fora da pequena janela que dava para algumas árvores atrás da casa.

172


Ela provavelmente era virgem. Quero dizer, olhe para ela. Não era como se eu nunca tivesse tirado a virgindade de uma menina antes. Francamente , nunca pareceu como um grande negócio. Até agora. Eu ia ser capaz de tirar sua virgindade por causa de um desafio? Uma iniciação ? Eu precisava. Minha reputação . Meu status. Meu orgulho estava todo na linha. " Romeo?" Uma pequena mão tocou de leve aparte inferior das minhas costas. Todos os músculos na região apertaram e meus olhos se fecharam . Quando eu não me afastei , seu toque cresceu um pouco mais ousado e as pontas dos dedos pressionaram em minha camisa. "Você está doente?" Ela estava tão perto que seu suéter escovou contra o meu lado . Preocupação irradiava dela conforme ela se inclinou ao redor para tentar e capturar um vislumbre do meu rosto. Virei a cabeça e olhei para ela. Nossos olhos colidiram e todo o meu mundo pareceu realinhar . Ahh , foda-se . 173


Capítulo Quinze #Aleatoriamente Você preferiria beijar um macaco ou uma cabra?

Rimmel Eu pensei que ele ia me beijar. Por um segundo, eu vi isso em seus olhos . Eu perguntava se aquela mesma expressão tinha sido refletida de volta para ele. Mas quando ele se inclinou, eu arruinei. Meu cérebro estúpido ficou no caminho e o parou. Eu queria que não tivesse. Eu queria saber como seria beijar Romeo . Eu tinha imaginado isso mais do que uma vez. Eu também queria saber como seria estar em seus braços. Eu sabia agora.

174


Era a mesma sensação que eu tinha quando euassistia meu filme favorito pela centésima vez. A mesma sensação que eu tinha quando euestava cansada e irritadiça e não queria nada mais do que ir para casa e colocar meu moletom favoritocom capuz esfarrapado . Era esse sentimento que eu tinha quando eu finalmente fui capaz de curtir. Alívio. Conforto. Familiar. Mesmo que ele fosse quase inteiramente músculos, estar enrolada nele não era rígido, houve suavidade suficiente nele para me fazer querer enrolar mais perto, para correr minhas mãos em torno dele e puxar -lhe apenas um pouquinho mais perto. Mas ele deixou ir e me afastei . Eu não sei quanto tempo levou para minha freqüência cardíaca voltar ao normal, mas quando voltou, eu o notei se curvando sobre a pia como se ele de repente estivesse doente. Eu não tinha simplesmente descoberto? Eu praticamente me derreti nos braços desse cara e ele ficou doente. Maneira de fazê-lo querer você , Rimmel . Eu balancei minha cabeça . Havia tantas coisas de errado com esse simples pensamento que me assustou. Eu o empurrei de lado e me mudei para a cozinha atrás Romeo . Minha mão pairou 175


sobre suas costas por longos segundos antes de eu ter nervos suficiente para realmente tocá-lo . Quando ele não se afastou, eu aumentei a pressão da minha mão. Falei com ele . Eu não me lembro o que eu disse . Ele olhou para mim. Sim , ele olhou para mim muitas vezes antes.Mas nunca desse jeito. Eu senti como se uma mão desse um soco no meu peito e apertou. O olhar desnudado em seus brilhantes olhos azuis era cru e intenso. Isto despertou em mim sentimentos que eu pensei que tinha enterrado um longo, longo tempo atrás. Romeo virou da pia. Uma das suas mãos curvou-se em torno do meu quadril e me puxou apenas um pouco mais perto. Minhas pernas ficaram pesadas, como se eu estivesse afundando em um poço de areia. Ele se inclinoupara baixo e eu me estiquei para cima. Desta vez eu não estava indo me afastar. "Romeo." Uma voz desconhecida invadiu a cortina pesada de desejo entre nós. "Oh!" a mulher exclamou em surpresa quando ela viu que ele não estava sozinho. Nós nos separamos como se um raio atingiu entre nós. 176


"Mãe, " Romeo disse , com a voz ligeiramente tensa. Eu virei meus olhos em sua mãe enquanto ela ficou ali olhando para nós. Claramente ela estava surpresa . Eu não conseguia entender porque. Certamente eu não era a primeira garota a estar em seu apartamento. E nós não estávamos mesmo ... bem, estávamos estudando . Bem, mais ou menos. "Eu vi o seu carro e pensei em vir ver se você queria se juntar a seu pai e eu para o jantar", disse ela , dedilhando um colar de ouro em torno de sua garganta. Ela era uma mulher bonita com cabelo louro, um rosto perfeito , uma nova manicure com os dedos vermelhos, e vestida com um vestido vermelho para combinar. Seus olhos não eram azuis como os de Romeo, e eu me perguntei se ele tinha puxado a seu pai. Ela era mais alta do que eu por várias polegadas e parecia que ela malhava de forma regular , porque ela não era apenas fina; ela era tonificada. Eu lembrei o que Romeo disse sobre ela ser perfeccionista sobre a forma como a casa parecia . Claramente que o perfeccionismo se extendia à sua própria aparência . " Estou um pouco ocupado agora , mãe" Romeo respondeu . "Mas obrigado." 177


"Quem é você?", Disse sua mãe, francamente,me olhando sem desculpas. eu queria me encolher, mas não o fiz. Se esta mulher pensou que aparência era tudo, então ela deve estar morrendo por dentro quando ela olhou para mim. Eu dei um passo para frente e estendi minha mão. Ela estava coberta pelo material roxo do meu suéter . Eu fiz uma careta e o empurrou, oferecendo minha mão mais uma vez. "Eu sou Rimmel . " Por um breve momento , eu pensei que ela poderia recusar a minha mão , mas , em seguida, ela estendeu a mão e levemente agarrou meus dedos. "Eu sou Victoria, a mãe de Roman." "Prazer em conhecê -la, senhora . " Seus olhos se estreitaram ligeiramente quando ela puxou de volta. Ela não gostou de mim. Era dolorosamente óbvio. Meu estômago se apertou um pouco. Eu sabia que eu não deveria me importar com a sua opinião sobre mim, mas eu fiz. Esta foi uma das razões que eu escolhi animais sobre as pessoas. Eu me importava muito. Isso me fez sentir mal por dentro quando as pessoas olhavam para mim do jeito que ela estava neste momento. Eu não conseguia entender por que as pessoas eram tão críticas umas com as outras. Eu estava totalmente muito sensível e seria mais fácil apenas me misturar fundo e passar despercebida. 178


"Você faz faculdade com meu filho ?", Elaperguntou. Romeo deu um passo adiante para que eu pudesse sentira parede sólida de seu peito logo atrás de mim .Eu disse a mim mesma para não desfrutar da sensação, para perceber que ele não estava ali para mim, mas porque a sua mãe estava falando . " Obrigado pela oferta , mamãe. Guarda um prato pra mim? Eu vou entrar e comer mais tarde . " Só assim, ela me dispensou . Seus olhos foram atrás de mim para se estabelecer em Romeo. "Falaremos quando você entrar." Ele concordou e , em seguida, depois de outro momento tenso, ela se virou e saiu . Deixei escapar arespiração que eu não tinha percebido que eu estava segurando eme virei . " Uau, ela é ... " " Intimidante ? " Ele terminou , o canto de sua boca virando para cima. " Ela não é tão ruim quando você começa a conhecê-la . " Dor perfurou meu coração e uma pequena nuvem de tristeza tomou conta de mim . Eu me virei para minha bolsa para pegar um lápis e caderno . "Hey," Romeo disse em voz baixa. Ele pegou minha mão e me puxou ao redor. Olhei para baixo para onde nós tocamos e olhei para a diferença no tamanho de nossas mãos. " Eu disse algo?"

179


Eu balancei minha cabeça . "Talvez devêssemos começar a trabalhar." Seus dedos apertaram os meus antes dele soltar. Por um segundo, eu esperei que ele me empurrasse para ele e me desse aquele beijo que eu tinha perdido por duas vezes agora. Mas ele não o fez. Passamos a próxima hora e meia estudando.Era difícil se concentrar aqui em sua casa.A única luz vinha de dois pingentes que pairavam sobre a ilha onde estávamos sentados. As luzes no resto da casa estavam apagadas. Quanto mais escuro ficou do lado de fora , mais definitiva a bolha de luz onde nós estávamos sentados ficou. Como se estivéssemos em nosso próprio pequeno mundo e além disso não existisse nada, só escuridão. Em um ponto, eu apontei para algo em seu papel e as nossas mãos roçaram juntas. Nossos olhos se encontraram e mais um daqueles momentos pesados passou entre nós. Até o momento, eu estava arrumando minhas coisas, meus nervos estavam um pouco desgastados e minha pele estava zumbindo. Eu não sabia que ficar sozinha com ele iria me afetar dessa maneira. Nós terminamos mais tarde do que o habitual porque começamos mais tarde. Bem, isto e eu não acho que qualquer um de nós olhou no relógio uma vez .

180


" Vou levá-la de volta ao campus ", disse ele , empurrando seu notebook de lado e ficando em pé para se esticar. Quando alcançou os braços sobre a cabeça, a bainha de sua camiseta subiu e eu podia ver uma extensão de pele esticada através da sua cintura. Os músculos de cada lado de seus quadris eram visíveis novamente, criando uma forma de V profundo que desaparecia em seus jeans. Mordi meu lábio inferior quando um calor floresceu em meu centro. Ele deve ter notado minha reação porque seus olhos escureceram e ele lentamente baixou os braços . Seu celular começou a tocar de algum lugar no bolso e quebrou o momento . Ele xingou levemente e puxou-o para fora para olharpara a tela. "É Braeden ", disse ele antes de responder. " Ei, cara ", disse ele . Peguei minha bolsa e atirei-a por cima do meu ombro e apontei para a porta . "Eu vou esperar lá fora." Ele balançou a cabeça e voltou para a sua chamada. Eu me movi lentamente pela sala escura até que cheguei na porta. Estava frio lá fora .

181


Nunca foi esse frio na Flórida em outubro. Minha respiração soprou para fora na frente do meu rosto e eu passei meus braços em minha volta para adicionar calor. Eu realmente precisava começar a lembrar de um casaco. Eu só não tinha pensado ainda sobre isso porque na Flórida eu nunca precisei. Eu olhei para a piscina. Havia luzes brilhantes dentro da água, fazendo com que parecesse uma lagoa convidativa. Eu fiquei para trás, longe dela e me mudeiao redor em direção à calçada. Havia árvores que alinhando sua propriedade e pontilhando vários pontos na paisagem. Todas as folhas eram laranja dourada e polido. Uma brisa fresca soprava na noite e algumas folhas caíram e flutuaram silenciosamente para o chão. Esta casa era linda. Parecia austera e bem mantida, mas tão fria quanto era hostil. Eu cresci em uma pequena casa de três quartos, onde a única árvore no nosso quintal era uma palmeira e a grama estava marrom a maior parte do ano porque era sempre tão incrivelmente quente. Maryland era um belo estado . As árvores, o ar. Um barulho de batida atrás de mim me fez girar. Eu olhei para a casa, pensando que Romeo tinha acabado a sua chamada, mas não era ele. 182


Era sua mãe. Ela estava vindo em minha direção desde a porta dos fundos da casa principal. A luz derramava para fora sobre o concreto da porta que ela tinha deixado parcialmente aberta. "Eu estou apenas esperando por Romeo para me levar de volta ao campus. Ele está no telefone" eu disse quando ela parou na minha frente . Eu não queria que ela pensasse que eu estava aqui fora fazendo algo que eu não devia. " Por que você está aqui? ", Perguntou ela friamente. Sua pergunta me pegou um pouco desprevenida." Umm , estávamos estudando . " Seu rosto ficou azedo, como se ela tivesse chupado um limão inteiro. "Eu não sou estúpida , você sabe. " Eu dei-lhe um olhar vazio . O quê? "Eu sei que meu filho é muito popular. eu sei que ele namora." Um poço se formou no meu estômago. Ela não poderia pensar que eu estava namorando Romeo . Eu não precisei dizer nada porque ela apenascontinuou a falar . "Você não é a primeira garota que ele trouxe para casa. " Ela cruzou os braços sobre o peito."Ele normalmente as esgueira para dentro e para fora e acha que seu pai e eu não vemos . " Ela 183


revirouos olhos. "Ele tem quase vinte anos, ele é um adulto ,e ele mantém suas relações tranquilas ... então eu nunca digo uma palavra. " "Eu não entendo por que você está me dizendo isso." Meu estômago estava se sentindo torcido e eu não quero ouvir sobre todas as meninas que Romeo trouxe para casa . "Você é a primeira que eu vi realmente .A primeira que ele não tentou esconder. "Obviamente, ela pensou que eu estava mentindo sobre estudar. Eu queria rir . Eu queria segurar meus braços e dizer olha para mim! Mas não o fiz. Eu tinha orgulho e eu também sabia que Romeo não achava que eu parecia terrível . Se ele achasse, eu não teria visto aquele olhar em seus olhos antes. "Eu não vou deixar você " - ela fez uma pausa para olhar para mim de cima a baixo - "ou qualquer outra menina de classe baixa entrar em minha casa e tentar tirar proveitodo meu filho. Ele tem um futuro brilhanteà sua frente, importante , e eu não vou permitir que ninguém o distraia disso. " Engoli em seco . Ela pensou que eu era uma caçadora de ouro? Ela pensou que eu queria de alguma forma me beneficiar de Romeo ? Eu ri. Eu ri tanto que bufei. 184


Ela olhou para mim como se eu tivesse cinco cabeças . "Não se preocupe ", eu disse , elaborando minha estatura magra e alta. "Seu filho está seguro da classe baixa como eu " . Ela endureceu . Voltei a olhar para a casa de Romeo. O que diabos eu estava fazendo aqui? Eu quero dizer, realmente. Eu não devia ter vindo. Eu não deveria estar aqui. Eu não deveria estar sentindo coisas por um cara que nunca poderia retribuir. Isto era errado. Era tudo tão errado. Isto não ia acontecer de novo . Eu não podia deixar. Lágrimas queimaram meus olhos e eu pisquei para afastá-las. Sua mãe ainda estava ali me estudando. Parecia como se um pouco da luta tivesse deixado seu rosto. Mas eu não liguei. Eu não me importava. " Diga a Romeo ", eu disse, não me preocupando em me corrigir e usar seu nome completo . "Que eu encontrei o meu próprio caminho para casa." Eu me virei e fui embora, mantendo minha cabeça erguida e os ombros para trás . Eu caminhei assim até que desaparecina curva na entrada de automóveis ao longo da casa. Uma vez que eu pisei na escuridão, eu permiti que meus ombros caíssem . 185


Uma lágrima solitária teimava em cair além do meu piscar furioso e arrastou sobre minha bochecha. Eu alimpei e saí correndo. Corri para o final do caminho e por fora para a rua sem olhar para trás .

186


Capítulo Dezesseis #Drama no dormitório Alguém foi pego trapaceando na noite passada. O relacionamento dele não foi a única coisa que virou fumaça. #Fogueira #Tenho marshmellows ...Alpha BuzzFeed

Romeo Quando eu fui para encontrar Rimmel, ela não estavaem qualquer lugar à vista. Mas minha mãe estava de pé na calçada perto do Hellcat , olhando para baixo na calçada vazia. "Onde está Rimmel ?", Perguntei , apalpando minhaschaves . Ela se virou para mim. Havia uma sombra de lamento em seus olhos. 187


"Mamãe?" Ela piscou e ela estava no seu normal, se auto compôs instantaneamente. "Ela se foi. Disse pra dizer que encontraria seu próprio caminho de volta . " A preocupação bateu em mim . Era a mesma sensação que eu tinha quando um running back encontrava uma abertura e me botava pra baixo no campo." Para onde ela foi ?", Perguntei asperamente. Os olhos de mamãe se arregalaram. "Desceu pela estrada." Corri em direção ao meu carro, atrapalhado com o trinco para entrar. " Basta deixá-la ir , " Mamãe chamou atrás de mim. Eu me acalmei enquanto a raiva superou a preocupação. Em segundos , eu estava me elevando sobre ela com um olhar duro em meus olhos. " O que diabos você disse para ela?" Ela ergueu o queixo . "Você não fala comigo desse jeito." " Então me ajude , " Eu resmunguei, e ela me virou as costas.. " Você a deixou fugir no escuro, em um bairro que ela não conhece , por si mesma? "Cuspi . "É melhor você rezar para que nada aconteça com ela." " Você se importa com ela . " 188


Ela estava tão chocada com suas palavras quanto eu estava. " Sim", eu disse , voltando-me para o Hellcat . "Talvez eu me importe." "Ela não é boa o suficiente, " Mamãe apelou. Meus punhos cerrados e eu me virei naporta aberta do meu carro. "Você nem sequer a conhece . Ela é a única pessoa que eu conheci em anos que não queria uma única coisade mim." " Ela quer algo , " Mamãe prometeu como se soubesse. Eu dei-lhe um olhar triste , porque eu não podia acreditar que ela iria agir dessa maneira. "Ela não tem ninguém, mãe. Nem um amigo. Eu pensei que uma pessoa como você - uma mulher com tanto - , poderia, pelo menos, ter proporcionado uma pequena quantidade de bondade. " Um olhar aflito empalideceu seu rosto, mas eu ignorei isto e me virei. Ela ainda estava lá quando os meus faróis saltaram sobre ela enquanto eu me virei e acelerei para dirigir. Encontrei-a na próxima rua , dirigindo-se no sentido do campus . Isto poderia ser engraçado se não me assustasse pra caralho. Sim, eu morava em um bairro agradável , mas isso não significa que essas ruas estavam isentas de crime.

189


Qualquer um poderia ter passado e tê-la visto. Rimmel não era páreo para qualquer um . Ela era muito pequena, muito gentil e inocente demais para proteger-se. Eu ia ter que fazer isso por ela . Ela não olhou quando meus faróis brilharam diretamente atrás dela , mas seus passos aceleraram quando ela percebeu que eu não estava simplesmente passando. Estava congelando do lado de fora e tudo o que ela era estava usando era aquele estúpido e demasiado grande suéter e camiseta. Ele se pendurava passando da sua bunda e suaspernas finas quase pareciam galhos por debaixo dele. A bolsa em seu ombro provavelmente pesava mais do que ela, e eu agarrei o volante com o súbito surto de raiva que me acendeu dentro. Ela tinha que saber que eu estava atrás dela. O motor do Hellcat tinha o ronronar mais suave que eu já tinha ouvido. Mas, ainda assim , ela não se virou. Ela estava com raiva. Eu acho que não poderia culpá-la . Minha mãe era um pedaço maldito de trabalho. Eu desviei para fora em torno dela e pisei no pedal para atirar para a frente. Mais à frente , eu puxei para o lado da estrada e bati

190


com ele no parque . Eu abri a porta e pulei para fora , mas então eu me recostei no banco de trás para procurar algo. Quando a minha mão se fechou sobre ele , eu me endireitei e me virei para Rimmel . Ela estava descendo a rua olhando para mim através da escuridão . Elanão fez nenhum movimento para chegar mais perto , e a forma como ela arrastou os pés me disse que ela não estava certa sobre o que fazer. Mas, diabos, eu com certeza estava. Saí do carro correndo , a porta aberta, e os faróis acesos . Andei em direção a ela para baixo na rua, não tirando meus olhos dela nem uma vez. Eu parei apenas tímido de topar com ela. Eu estava tão perto que ela teve de inclinar a cabeça todo o caminho para trás para olhar para mim. Eu não disse uma palavra quando eu estendi a mão e a aliviou da bolsa e coloquei-a na estrada ao meu lado.Mesmo na escuridão , eu podia ver quão pálida suas bochechas estavam , como seu lábio inferior tremeu apenas um pouco de frio. Eu levantei o item em meus braços e trabalhei minhas mãos nele . Então eu deslizei para baixo sobre sua cabeça. "Pra cima ", murmurei , e ela levantou para empurrar os braços pelas mangas tamanho grande de meu capuz Alpha.

191


O tecido macio , de espessura caiu sobre ela , e eu senti seu suspiro contra o calor . " Nunca mais faça isso de novo, " eu pedi , mas as palavras saíram roucas e baixas. Ela inclinou -se para olhar para mim de novo, seus olhos arregalados sob aqueles malditos óculos. Eu não iria esperar mais um segundo. Nenhum. Eu segurei o queixo , meus dedos tocando contra os lados de sua cabeça , e então euesmaguei minha boca na dela.

192


Capítulo Dezessete O amor está no ar hoje à noite The #BuzzBoss pode sentir isso. Você sente? ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Oh, meu Deus Ele me beijou

193


Capítulo Dezoito #Beije e conte Quem você tem beijado ultimamente? Retornar para @BuzzBoss ...Alpha BuzzFeed

Romeo Se você beijou uma menina, você beijou todas. Não é verdade. No segundo em que meus lábios tocaram os dela,tudo o mais se dissipou . A rua, meu carro, a iniciação. Tudo. Sua boca era suave e convidativa. Eu estava exigindo, quase desesperado, mas ela não pareceu se importar. Ela abriu para mim instantaneamente,e minha língua varreu dentro, sustentando 194


sua reivindicação. Segurei os lados de seu rosto como se ela fosse a minha tábua de salvação enquanto eu inclinava minha boca sobre a dela de novo e de novo. As mãos de Rimmel vieram para embrulhar ao redor dos meus braços como se quisesse me manter no lugar enquanto o beijo durava e durava. A plenitude de sua boca implorou para ser mordiscada, o que eu fiz tão faminto em seu lábio inferior. Seus dedos cavaram em minha pele e ela estendeu-se na ponta dos péspara que ela pudesse ficar um pouco mais perto. Nunca em um milhão de anos eu teria adivinhado a quantidade de paixão que seu pequeno corpo poderia segurar . Mas agora eu sabia . E eu estava egoísta. Eu queria tudo. Eu queria tudo para mim mesmo. Nossos lábios se encontraram novamente , esmagando um contra o outro, enquanto eu liberei o rosto dela e tranquei meus braços ao redor de suas costas. Seu corpo derreteu contra o meu, mas não foi o suficiente. Eu queria mais. Eu espalmei os lados de sua cintura e a levantei. Ela veio de bom grado , envolvendo suas pernas em volta da minha cintura e atirando os braçosem volta do meu pescoço. O calor de seu núcleo pressionado contra o meumeio forçou meu pau contra minhas calças de brim enquanto a necessidade

195


martelava minha corrente sanguíneaaté que eu pensei que eu poderia estourar. Eu rasguei minha boca longe e olho paraela. Seus olhos estavam pesados e atordoados, seus lábios inchados e rosa. Meu Deus, ela era linda. Mais bonita do que qualquer uma que eu já vi. Eu apertei meus braços em torno dela, segurando-a apertado. Possessão era como um conjunto de algemas impenetráveis que se fechavam em torno de mim. Ela deixou escapar um pequeno suspiro e balançou o bumbum, de modo que ela estava mais perto. A ação apertou meu estômago e o desejo de levá-laem torno do capô do meu carro e me enterrar profundamente dentro dela aqui na ruatomou conta de mim. Eu comecei a andar antes mesmo de perceber o que eu estava fazendo. Um carro passou, desacelerando um pouco quando passou ao nosso redor. A realidade desabou para trás e eu percebi que estávamos na rua. Rimmel não era uma transa que eu poderia apenas fazer no meu carro aqui fora no aberto. Ela merecia mais do que isto.

196


"Porra", eu murmurei e, em seguida, inverti meus passos. Ela começou a deslizar para baixo do meu corpo,de volta a seus pés, mas eu me abaixei para pegá-la de volta para cima. Rosnei um pouco no fundo da minha garganta eagarrei-a para mim. Suas pernas voltaram em torno de mim tão confortável como antes, e eu carregueiela e a bolsa para o Hellcat. Quando ela estava sentada no lado do passageiro, cheguei em torno dela e puxei o cinto de segurança na frente. A parte de trás de sua cabeça estava descansando contra o banco e suas mãos estavam perdidas no meu moletom. Uma vez que o cinto clicou no lugar, eu puxei para trás e olhei para ela,varrendo os olhos sobre seu rosto. Antes de ir me sentar no lado do motorista, deixei cair um rápido beijo em seus lábios. Nenhum de nós disse uma palavra sobre acurta viagem de volta ao campus. Quando seu dormitório entrou em vista, meu estômago apertou um pouco. Eu não estava pronto para deixá-la ir . Quando eu estacionei , ela começou a puxar o braço para fora do moletom. Estendi a mão e a detive. "Não, não tire. " Ela olhou para mim com uma pergunta em seus olhos . "Fica com isso. Vista-o para o jogo de sábado à noite. " 197


"O jogo?" , Perguntou ela. Eu enrosquei meus dedos nos dela e levantei a mão nos meus lábios. "Você vai me ver jogar , não é? " " Uhhh ", ela gaguejou . Eu lhe dei um dos meus sorrisos encantadores.Ela suspirou . "Sim, talvez." Eu sabia que ela estaria lá . Apenas o pensamento de saber que ela estaria assistindo me fez querer jogar melhor do que nunca . Ela olhou para o moletom. Eram as cores do time de futebol , azul marinho profundo e amarelo dourado . Dizia Propriedade de Alpha Futebol na frente. "Você tem certeza que quer que eu fique com isso? " Sua voz era cautelosa. "Tenho certeza ", eu disse definitivamente. " Estou começandoa pensar que você não possui um casaco. " Ela deu uma risadinha . "Eu tenho. Eu sempre esqueço. Nunca foi necessário um na Flórida. " Eu coloquei uma mecha do cabelo dela atrás da orelha . "Você é da Flórida? " Ela assentiu com a cabeça. 198


"Sua mãe , provavelmente, não é um pedaço de trabalho como a minha." Eu quis dizer isso como uma brincadeira, alguma coisa para fazê-la sorrir . Tristeza envolveu em torno dela como um cobertor grosso. "Minha mãe morreu . " " Oh , baby ", eu murmurei , inclinando-me para perto para encostar minha testa contra a dela . "Sinto muito." "Foi há muito tempo atrás ", ela sussurrou . "Eu tinha onze anos. " " Merda," eu praguejei sob a minha respiração . Ela cresceu sem uma mãe . Eu não poderia mesmo imaginar como deve ter sido . Eu senti seu olhar em mim, então eu levantei meu olhar para encontrar o dela . Nossos rostos estavam tão perto que parecia que ela tinha um grande olho em vez de dois. " Eu não quero sua piedade . " Sua voz era firme. Eu não pude deixar de sorrir . Ela tinha um pouco deHellcat enterrado debaixo de seu capuz. "Sem pena aqui." Eu recuei e beijei sua testa . Rimmel sentou e empurrou os óculos em seu nariz ." Romeo, o que aconteceu? "ela sussurrou. 199


Eu sabia que ela queria dizer entre nós. Inferno, eu estava meio que imaginando isso eu mesmo.Tudo que eu sabia era que eu não podia negar a maneira queela me afetou . "Algo", murmurei . "Algo", ela repetiu . Ela se afastou e começou a sair do carro. Eu peguei a manga do moletom com capuz e puxei . " Diga-me você não está indo para se afastar ", eu disse. Uma parte de mim estava preocupado com o minuto em que ela deixasse o carro, a bolha de o que quer que houvesse entre nós romperia, ela iria ficar com medo e fugir. Seus dentes afundaram em seu lábio inferior e ela me olhava . Eu podia ver a dúvida já rastejando em torno de seus olhos. " Diga-me, Rimmel" eu exigi . Eu não iria deixá-la para fora do carro até que ouvisse de seus lábios. "Eu prometo." Eu mal ouvi as palavras , mas ela as disse.. Algo dentro de mim aliviou um pouco. "Eu vou esperar até que você esteja dentro do prédio ", disse a ela. Ela olhou para trás em seu caminho para dentro do dormitório . Meu capuz ofuscou totalmente seu pequeno enquadrar e eu gostei. Somente vê-la nele me fez sentir triunfante. 200


Eu me perguntei quanto tempo levaria para ela descobrir que tinha meu nome e número nas costas. Eu sorri para mim mesmo. Eu esperava que ela não percebesse até que ela usasse em algum lugar que todos pudessem ver . Em seguida, eles saberiam que ela era minha. Meu telefone soou e eu olhei para ele enquanto ela desaparecia dentro. ESTOU AQUI. ONDE ESTÁ VOCÊ? Merda , eu esqueci que tinha dito a Braeden para me encontrar. Estarei aí em poucos minutos. Eu não dirigi de volta para casa. Eu apenas fui pelo campus . Eu tinha um roubo para realizar.

201


Capítulo Dezenove #Alerta de chilique Se Romeo aparecesse na sua janela, você o deixaria entrar? NotíciasDeRomanceForaDoDormitório ...Alpha BuzzFeed

Rimmel O que diabos aconteceu ? Eu me senti esfiapada e bêbada, só que eu não tinha bebido uma gota . Beijá-lo era o que eu imaginava que uma bomba atômica seria. Seus lábios completamente obliteraram tudo à sua volta.

202


Um minuto eu estava de pé na rua, sentindo raiva e mágoa , e no próximo ... no próximo eu estava usando seu agasalho prometendo não fugir . Eu nem sabia que poderia ser assim. Tão intenso . Tão eletrizante . Minha cabeça ainda nadava e meus joelhos estavam fracos . O que isso significou? Além de que ele era tipo o melhor beijador do mundo. Romeo agiu como se fosse acontecer de novo. Ele me pediu para vestir seu agasalho para o jogo. Ele me queria lá. Ele me fez prometer que não ia fugir . Mas e quanto a ele? Eu não acho que ele entendeu onde estava se metendo . Ele tinha sido preso no momento, naquele beijo incrível. Ele estava provavelmente dirigindo para casa agora e agitandoa sua cabeça. Ele provavelmente já estava lamentandoo que aconteceu. Eu abri a porta do meu quarto e rastejei para dentro , fechando a porta silenciosamente atrás de mim. Quando me virei , eu solteium suspiro . Ivy não estava em casa. Obrigado, Senhor. Ela daria uma olhada para mim e saberia que algo aconteceu. Então ela iria exigir saber o que era até eu ceder.

203


Eu não estava pronta para contar a ninguém. eu queria manter esta noite para mim mesmaainda que por um pouquinho mais. A manhã viria. Devo manter aquela promessa? Devo acreditar que haviaalgo entre Romeu e eu? E se eu acreditasse e ele me machucasse? E se ele riu ? Eu não queria passar por isso. Doeu demais. Depois que eu deixei minha bolsa de lado, eu puxei para baixoas cobertas da cama e apaguei a luz. Vesti um par de boxers de algodão e uma camiseta branca para dormir , hesitando um momento antes de puxar fora o agasalho com capuz de Romeu. Eu o coloquei nos pés da minha cama antes de subir e me deitar. Eu desejei que eu soubesse o que ele estava pensando agora. Eu não sabia o que fazer. Se apenasminha mãe ainda estivesse aqui, eu poderia chamar e pedir um conselho. Eu sentia falta dela. Eu sentia falta dela todos os dias. Eu me preocupei com Romeo por um tempo antes de começar a reviver aquele beijo, o modo como ele me seguravaem seus braços e me levou para o carro. Eu pensei que estava muito tensa para dormir , mas euadormeci com os lábios formigando . Eu não sei quanto tempo depois eu fui despertada por um som . Era provavelmente Ivy se esgueirando depois do toque de 204


recolher e tentando não fazer barulho. Eu me enterrei em meus cobertores um pouco mais e voltei a dormir. Tink , tink , tink . Meus olhos se abriram. Isso não era qualquer som que Ivy já tivesse feito esgueirando-se antes. Tink , tink , tink . Rolei na cama e ouvi alguns mais. Soou como algo batendo contra o vidro. Quando não parou, eu me empurrei e acendi uma pequena lâmpada ao lado da minha cama . Eu olhei através do quarto para a cama de Ivy e notei que ela ainda não estava em casa . Olhei para o relógio. Era depois de duas da manhã.Ela não devia estar voltando para casa . O barulho continuou , desta vez mais alto. Isto estava vindo de cima da janela. Levantei-me e rastejei e olhei para baixona grama. Eu não estava usando meus óculos , que estava ao lado da cama, de modo que minha visão estava um pouco embaçada, mas eu conheceria Romeo em qualquer lugar. Que diabos ele estava fazendo?

205


Eu destravei as fechaduras da janela e empurrei o vidro para cima. "Rimmel", ele sussurrou, gritou lá de baixo. "O que você está fazendo?", Eu sussurei,gritei de volta. "Estou subindo!", Ele disse e começou se apoiando como se fosse saltar. Eu sei que não estava usando meus óculos, mas minha visão não era tão ruim. Como é que ele achou que estava indo para fazê-lo até aqui? Umfarfalhar abaixo chamou a minha atençãolonge de Romeo. Braeden estava lá embaixo também. Ele estava de pé embaixo da janela como se ele estivesse pronto para dar Romeo um impulso. Eles eram loucos. Eles deviam estar bêbados. Antes que eu pudesse dizer-lhes para parar, Romeo lançou-se para a frente e usou Braeden como uma espécie de plataforma de lançamento. Sua mão apenas limpou o parapeito da janela e ele balançou de volta e para trás como se fosse cair. "Romeo!" Engoli em seco e corri para a frente para pegar sua mão. Sua outra mão montou e seguro na borda, dando-lhe um apoio muito mais sólido. Ele olhou para mim com cabelo lourocaindo sobre a testa e travessuras em seuolhar . " Oi . "

206


Eu ri . " Oi . " "Onde estão seus óculos ? " "Eu não os uso na cama. " Ele sorriu. "Mova para trás para que eu possa entrar." Eu soltei a mão e voltei. Segundos mais tarde, ele virou -se para o quarto com facilidade e se endireitou. "Dia -um ." Ele assobiou, mantendo a voz baixa enquanto ele olhou para cima e para baixo o meu corpo. Os minúsculos shorts e a camiseta deixavam muito pouco à imaginação. "Você está quente ", ele rosnou e veio em mim. Eu recuei um passo e ele me pegou pela cintura . Nós dois caímos para trás e pousamos na minha cama. Eu ri e olhei para cima. Mas ele não estava rindo ou sorrindo. Seu olhar era intenso e isso fez meu coração saltar uma batida . "O quê? " , Eu sussurrei. Talvez ele tivesse vindo para me dizer o quanto ele lamentou mais cedo. " Alguém já te disse o quanto você é bonita?"Ele respirou.

207


O fundo caiu fora do meu estômago e eu balancei a cabeça. "Isso é uma vergonha", ele murmurou e baixou a cabeça para capturar meus lábios. Eu me rendi a ele imediatamente. O sentimento dele em cima de mim era tão delicioso que eu tremi. Sua mão deslizou até meu quadrile me puxou mais firmemente sob ele enquanto explorou minha boca preguiçosamente . Não era o mesmo tipo de beijo desesperadocomo antes, mas ele balançou meu mundo do mesmo jeito. Ele me beijou tão completamente que minhas pernas começaram a tremer e o centro de minhacalcinha estava úmido. Eu podia sentir o rígidocomprimento dele pressionando contra a frente dacalça jeans , e isso me fez tremer mais. Quando ele se afastou , ele olhou com olhos suaves e um pequeno sorriso em seus lábios. " Você está bêbado?", Eu disparei. Então eu estremeci. Maneira de jogar com calma , Rimmel . Ele riu baixo . "Não." "Então você está realmente apenas me beijando porque você quer? " perguntei,mais uma vez, com a boca grande. Quando é que eu iria aprender?

208


" Ah ", disse ele , sentando-se e colocando suas costas contra a parede . Suas pernas eram tão longas que seus pés ainda penduravam do lado de fora do colchão. "Já tendo dúvidas do dia seguinte e ainda não é nem de manhã. " " Tecnicamente, é . " Eu retruquei . Ele riu e estendeu a mão para mim. Eu não afastei. Eu não podia. Eu era impotente para a necessidade que ele criou em mim. Romeo me estabeleceu em seu colo e colocou um braço em volta de mim . "Eu gosto de beijar você." Ele estendeu a mão e tocou seu capuz em cima da cama. "Você dorme com isso? " Sua voz ficou rouca . Eu dei de ombros . "Pode ser." Ele rosnou , envolveu-me em seus braços, e enterrou seu rosto no meu ombro. "Você realmente testa os meus limites " , disse ele. Então eu ouviele murmurar : " Já ". " Os seus limites ? " Perguntei, puxando para trás para olhar para ele. "Se você fosse qualquer outra garota , eu já a teria nua e debaixo de mim." Suas palavras deveriam ter me chocado. Talvez me deixassem com raiva . 209


Elas não o fizeram. Elas me deixaram excitada. Eu tremi com desejo recémdescoberto. Ele gemeu e me sentou de lado e levantou da cama. " Você está me matando, Smalls." " Smalls ? " Eu ri . Ele sorriu. "Isso é como chamamos os pequenos jogadores na equipe . " "Eu não estou em sua equipe. " Eu apontei.

"Não. Mas você é minha." A posse nessa declaração fez meu sangue correr quente . Isso estava se movendo rápido. Tipo muito rápido . Ele deve ter visto o medo em meu rosto porque seus olhos suavizaram e ele caiu ao meu lado e pegou minha mão. "Eu posso ser intenso, às vezes" ele permitiu. "Eu não quero te assustar. " "Está tudo bem ", eu murmurei , olhando para as nossas mãos unidas . 210


"Quando eu fixo minhas visões em algo , eu tenho a tendência de apenas ir para ele, a toda velocidade." Ele escovou a ponta de seu polegar em toda apalma da minha mão . "Nós vamos levá-lo lento , ok?" " Você e eu? " Eu disse, ainda sem acreditar muito que isso estava acontecendo . "Sim . " Ele sorriu . Eu deveria ter dito não . Eu não queria . Eu nunca tinha querido tanto algo desde, bem , nunca. "OK." Ele me deu um beijo entusiasmado e em seguida,subiu na cama. "Eu vim aqui para beijá-la novamente. " Ele começou . " Mas isso não é a única razão pela qual eu estou aqui " . Eu ainda estava tentando me recuperar do fato deque pode haver um nós. "Tudo bem ?", Perguntei timidamente . "Eu preciso de um favor."

211


Capítulo Vinte #IndagaçõesNoturnas Se você mandar sms de sexo, você é um fone-dido? ...Alpha BuzzFeed

Romeo Braeden estava esperando por mim exatamente onde nós dissemos pra encontrar. Puxei o Hellcat lentamente pela estrada de terra que levou à fogueirana festa local . Ninguém nunca veio aqui durante a semana. Ele estava encostado em seu enorme caminhão quando eu estacionei ao lado. " Desculpe o atraso, homem ", eu disse . "Tudo bem? ", Ele perguntou , olhando-mede sua posição confortável contra o caminhão.

212


"Sim, isso é legal. " Normalmente, se eu estava atrasado por causa de uma trepada, gostaria de me gabar e nósririamos . Mas eu não queria dizer a ele com quem eu tinha estado. Eu senti como se eu quisesse manter para mim mesmo apenas um pouco mais. "Então o que aconteceu? ", Perguntou Braeden , nãome pressionando para os detalhes. " Por que você quis encontrar aqui fora? " "Eu não queria que ninguém nos visse, " Eu respondi . Ele se endireitou do caminhão , o seu interesse aguçado. "Eu tenho que fazer alguma coisa. Algo que eu poderia ficar em apuros para se eu for pego . " " Para a corrida? " Braeden presumiu.Eu balancei a cabeça sim , ao mesmo tempo , eu disse," Eu não deveria dizer . " " Entendi ", ele respondeu imediatamente. "Você precisa de ajuda?" "Preciso de um vigia. " Ele assentiu. "Cara, se formos apanhados , não haverá muito que eu possa dizer para ajudar a qualquer um de nós . "

213


Ele sorriu. "Ainda melhor." Essa é uma das razões que eu gostava muito de Braeden. Ele era louco como o inferno. "A cerveja é comigo neste fim de semana , " eu prometi. Ele ergueu o punho no ar . "Doce ! " "Precisamos ir para o corpo docente e o prédio da administração. Eu preciso entar no escritório do reitor."Eu comecei a dizer mais, mas parei porqueBraeden começou a rir. O brilho malicioso em seus olhos me fez rir também . "Cara, você precisa conseguir uma fraternidade. Você comeria a merda que eles fazem você fazer. " " Eu gosto da minha liberdade ", ele demorou . "Eu sou um garanhão selvagem , não pode ser amarrado a nada.Nem mesmo uma fraternidade fodida. " "E quanto a Missy ? " Eu provoquei Um lento sorriso em seu rosto e ele passou a mão pelo seu grosso, e eternamente bagunçado cabelo escuro. "Cara, ela é gostosa . " Então ele estendeu as mãos como se estivesse espremendo alguma coisa. " E ela é tão boa na cama. " Eu lhe deu um tapa nas costas. "Você está totalmente tomado. " 214


Ele bateu minha mão . "Merda , como o inferno que estou. " Eu poderia ter ficado aqui e feito piadatoda a noite, mas tinhamos merda pra fazer , e quanto mais eu me arrastava, mais ansioso ficava. "Ok, então vamos levar o seu caminhão para a frente do campus e estacionar em um terreno perto do edifício,mas não muito perto . Nós podemos correr mais . Eu apenas preciso de você para ficar de vigia no caso de alguém chegar. Apenas me mande mensagem ou algo para me deixar saber que tenho que sair de lá. " Levou apenas alguns minutos de carro para um terreno vazio e estacionar. Levou ainda menos tempo para correr para o edifício. Eu deixei minha jaqueta do time do colégio no caminhão e Braeden fez o mesmo. Nós dois estavam vestidos com calças de brim e de camisetas de cor escura para nos misturarmos bem na noite quando ficássemos parados no prédio. O bom foi que as luzes da rua deste lado do campus eram em menor quantidade e mais separadas , porque as aulas não eram realizadas aqui e ali não havia dormitórios. Alunos não teriam qualquer razão para vir ao longo deste caminho à noite . A menos é claro que você precisasse roubar algo. Quando chegamos ao edifício , nós tentamosa porta dos fundos , a que ficava em frente ao terreno. Estava trancada . Adrenalina bombeou pelas minhas veias como se nós tivéssemos escalado em 215


torno doperímetro, procurando uma maneira de entrar . Quando todas as portas pareciam estar trancadas, comecei a suar. Eu tinha que entrar. " Psiu ", Braeden chamou de vários metros de distância. Ele fez sinal para mim, e quando eu chegei ao seu lado, eu vi que ele tinha conseguido abrir uma janela. Não era enorme , mas eu poderia remexer. " Que porra você fez? " , Eu sussurrei,apontando para a forma como a estrutura de metal em tornoda janela velha foi dobrada eo bloqueio surgiude alguma forma do lado de dentro . Ele sorriu. "Eu tenho habilidades. " Eu levantei meu punho bem perto. Falei: "Espere aqui. " Levantei -me para cima da janela e empurrei meus pés em primeiro lugar. Eu tive que mexer um pouco para obter os meus ombros para passar através da abertura , mas depois de algumas tentativas , eu deixei cairpara o chão com um baque suave . Eu estava no escritório de alguém, mas eu sabia que não era o do reitor. Não era quase grandesuficiente ou bom o suficiente para o cabeça daUniversidade. Andei furtivamente pela sala e olhei para o corredor . Estava escuro e vazio. Eu deslizei ao longo das paredes . Estava estranhamente silencioso e ainda dentro. Não havia luz em tudo , então eu usei 216


meu celular para fornecer o suficiente para ver. Tudo cheirava a chão polido com talvez um toque de limão. Só que não tornava o cheiro fresco. Cheirava a limpeza como se os faxineiros tivessem acabado de adicionar o limão para tirar o cheiro forte dos limpadores . Não funcionou . Talvez quando partíssemos, deixaríamos essa janela aberta em uma pobre tentativa de ventilar o lugar antes que todos apareceram para trabalhar em algumas horas. Pobre gente. Não admira que a metade do corpo docente nesta escola estivesse adoentado como o inferno. Eles estavam provavelmente drogados pelo fedor dos vapores de limpeza. Um dos corredores alargados no final para criar um quadrado, sala aberta , como uma espécie deporta de entrada . A parede à minha esquerda estava forrada comcadeiras e que parecia ser uma falsa planta triste de se olhar. Do outro lado, estava uma mesa de madeira cheia de diversos materiais de escritório . Esta deve ser a secretária pessoal do reitor. Olhei em frente à grandes portas duplas de madeira com uma placa na frente . Eu iluminei com meu telefone eo ouro polido refletiu de volta para mim. REITOR.

217


Bingo. Eu tentei a maçaneta e ela não se virou. Que porra ele poderia ter em seu escritório que justificasse bloqueio na porta ? Eu inclinei minha testa contra a madeira e desliguei a luz no meu telefone. Depois de alguns momentos de debate, eu fui e procurei a mesa da secretária, pensando que talvez ela tivesse uma chave . Ela não tinha. Mas ela tinha uma gaveta cheia de clipes de papel .Eu roubei um e dobrei-o em torno de modo que era reto como um fio. Então eu voltei paraa porta do escritório e utilizei o meu telefone para brilhar na maçaneta da porta . Segundos depois, o som de uma fechadura abrindo livre ecoou pelo corredor. Eu olhei atrás de mim para me certificar de que ninguém estava lá e , em seguida, entrei na sala , fechando a porta atrás de mim. O gabinete do reitor era grande, o que não era uma surpresa. A coisa mais dominante no quarto era a mesa enorme sentado no centro. Atrás dela havia uma parede de janelas cobertascom cortinas fechadas. Eu não estava prestes a fazer um tour do lugar . Eu só queria dar o fora de lá. Eu avancei e iluminei a sua mesa, olhando para 218


algo que eu pudesse pegar. Meu olhar pousou em sua placa de identificação, que era basicamenteum longo bloco de madeira com seu nome gravado nele . Eu agarrei -o como meu celular vibrou na minha mão. Olhei para baixo . GUARDA ! Merda . O som de passos ecoando pelo hall, aproximando , fez meu coração saltar na minha garganta. Eu corri em torno do outro lado da mesa e deslizei para baixo. Segundos depois, a alça da porta sacolejou e abriu . O único som que eu podia ouvir era o barulho do meu pulso . Eu nem respirei, apenas me pressionei abaixo da mesa e esperei que o cara não entrasse todo o caminho . Ele não entrou, mas o feixe luminoso desua alta e potente lanterna vagavam na sala , inspecionando os cantos , desconfiado . Depois do que pareceu uma eternidade , a luz desligou , a porta fechou, e o som de passos desapareceu. Deixei escapar um suspiro , mas sentei-me lá por um tempo apenas para garantir que o guarda não ia voltar.

219


Quando eu tive certeza de que ele se foi, eu rastejei para a porta e saí. Enfiei aplaca de identificação no cós da minha calça jeans e corri de volta para o escritório de onde eu tinha vindo através da janela. Braeden não estava lá quando eu caí no chão . Corri ao redor do lado do edifício e quase fui pego no feixe de faróis do segurança. Eu caí no chão e rolei para as sombras. O segurança foi embora. O som do riso abafado estourou por trás. Dei um pulo e me virei. Braeden saiu de trás de uma paisagem os dentes brancos piscando no escuro . "Cara, você devia ter visto seu rosto." " Foda-se ", eu disse com um sorriso. "Você pegou?" "Sim, vamos embora. " Uma vez que estávamos na segurança do caminhão Braeden, ele se virou para mim. "E agora?" Agora eu tinha que segurar isso até que a festa da fraternidadena sexta-feira à noite, mas eu não queria isso naminha casa. Eu não confiava em Zach . Eu não colocaria para depois ele passar alguma dica suja ao Reitor sobre o item em falta do seu 220


escritório.A próxima coisa que eu sei , as pessoas estariam batendo na minha porta e procurando por este pedaço estúpido de madeira. Sim , não. Eu não estava indo para baixo assim. Eu precisava de um lugar para mantê-lo . Em algum lugar ninguém pensaria para olhar. Revirei minha cabeça para Braeden . " Vamos ir para Cypress Hall. " Ele me deu um olhar estranho . " O dormitório das meninas? " Eu sorri.

221


Capítulo Vinte e Um #Flagra Um doce Hellcat foi visto do lado de fora do dormitório das garotas #AlguémEstáComSorte ...Alpha BuzzFeed

Rimmel " Você roubou aquilo do escritório do reitor! " Eu me ouvi gritar , e eu olhava para aplaca de identificação que ele estendeu para eu ver . Eu pulei da cama e caminhei pelo pequeno espaço à frente de Romeo . Ele era absolutamente louco . "Por que diabos você faria isso?", eu perguntei. 222


Então eu arranquei meu dedo do pé na borda da minha escrivaninha. " Ow ! " Eu assobiei e me dobrei saltando ao redor em um pé. " Você é como um show de uma mulher, " Romeo observou atrás de mim. Sua voz eraclaramente divertida. "Eu preciso de meus óculos ", eu murmurei , pulando ao redor e os alcançando em algum lugar perto da minha cama. Bati em algo e eles cairam no chão. "Calma aí, graciosa ", disse Romeo e me recolheu em seus braços. Deixei escapar um pequeno grito de surpresa. "Ponha-me para baixo. " " Não", ele disse suavemente . " Você é um perigo para si mesma." Eu fiz um som hmph e ele riu . A cama cedeu sob seu peso quando ele se sentou. Eu me mudei para embaralhar fora de seu colo , mas ele trancou seus braços em volta de mim e não deixou ir. "Eu estou concorrendo a uma fraternidade. O Alpha Omegas", ele disse. 223


Olhei para cima nossos rostos estavam tão perto que eupodia sentir sua respiração se misturando com a minha. "Você deveria me dizer isso ? ", Perguntei. "Não." " Então você está dizendo que você tomou isso como parte de uma corrida?" "Sim." " Por que eles fazem você fazer algo que poderia deixá-lo em sérios problemas? ", perguntei. Isso só parecia estúpido. " Porque é uma fraternidade ", disse ele , como se fosse óbvio. Então eu percebi que estava lidando com um bando de homens . "Certo." "De qualquer forma , eu só preciso de algum lugar para manter isso até sexta-feira. " "O que tem sexta-feira? ", Perguntei, desconfiada. " A festa da fraternidade . " " Oh” Eu pensei sobre isso quando fui para pegar Ivy na fogueira e as pessoas lotavam em torno dele. Algo em meu estômago revirou , e eu torci para fora de seu colo para ficar de pé

224


De alguma forma, durante tudo o queaconteceu esta noite , eu esqueci quem era Romeo. Ele era popular. Ele badalava. Ele jogava futebol. Ele tinha meninas que disputavam sua atenção. Não havia nenhuma maneira que eu poderia competir com isso . Eu era apenas uma fase. Uma maneira de passar o tempo enquanto ele estava sendo forçado a estudar. Eu precisava me lembrar disso. Eu não podia deixá--lo entrar. Bem, não mais longe do que ele já tinha conseguido. "Hey," Romeo disse em voz baixa e chegou atrás de mim. Eu não me incomodei em me virar. "Tudo bem?" "Eu estou bem ", eu disse . Eu certamente não estava a ponto de admitir que por pouco tempo , eu estava deixando meu coração assumir por minha cabeça. " Alô-ôaí em cima ! " A voz de Braeden flutuou através da janela ainda aberta . Romeo aproximou-se e olhou paraele. " Estou indo! " Ele se afastou da janela e pegou meu celular que estava na mesa da minha cama . Com meus óculos. Eu cruzei para buscá-los e ele os entregou para mim. Tudo entrou em foco quando eu os deslizei no lugar. 225


"O que você está fazendo? " Eu disse, notando meu telefone na mão de Romeo . "Colocando o meu número aqui. " Eu o assisti digitar habilmente. " No caso de você precisar de mim." "Eu não vou precisar de você . " Ele sorriu e olhou para cima. "Ok, então .No caso de você me querer. " Em seguida, ele operou seu telefone e o estendeu. " Coloque o seu número. " Bem, eu acho que isto não poderia machucar. E se ele precisasse cancelar as aulas particulares? Eu era um péssima mentirosa . Eu totalmente queria dar meu número para ele. Assim como eu queria totalmente que ele me beijasse de novo. Eu estava em tantos problemas. Eu o soquei e entreguei o telefone de volta. "Dê-me a placa de identificação ", eu disse e estendi minha mão . Seu sorriso iluminou o quarto inteiro , e eu me encontrei sorrindo de volta . Depois que ele me entregou, ele deu um passo tão perto que quase nenhumespaço nos separava.

226


Ele me beijou lentamente. Seus lábios eram suaves quando tomaram os meus. Ele me beijou até que meus joelhos ficaram moles e tudo na minhacabeça ficou em branco. "Eu te vejo mais tarde ", ele sussurrou contra meus lábios. Ele saltou para fora da minha janela como se ele fosse algum tipo de gato. O som abafado derisada flutuou enquanto ele e Braeden saíram. Eu fechei a janela e escondi a placa de identificaçãosob meu colchão . Então eu voltei para acama . Seu perfume estava em meus cobertores. Eu sabia que não deveria. Eu sabia que ele não era nada além de problemas. Mas eu ainda adormeci com um sorriso nos lábios . Ivy tropeçou na porta pouco antes das sete da manhã. Sua camisa estava abotoado torta e seus sapatos estavam nos pés errados . O cabelo dela parecia que ela tinha rolado cerca de metade da noite, na cama ... Que ela provavelmente fez. Não apenas sua cama. De outra pessoa."Eu estou tão cansada. " Ela gemeu e desabou em sua cama. Eu estava em pé na frente do meu armário, à procura de algo para vestir. Pela primeira vez vez em um longo, longo tempo , eu

227


não estava agarrandoa primeira coisa que minha mão se fechou ao redor . Eu não tenho certeza o que isso significava . Ok, sim, eu tenho. Eu simplesmente não estava pronta para admitir para mim mesma. "Você conseguiu dormir na noite passada? " Eu perguntei a ela. "Ugh. Não o suficiente . " Ela gemeu e enrolou-se em torno de seucobertor . "Eu não posso nem mesmo faltar, porque eu tenho um teste esta manhã. " "Quer que eu te faça um café? " Eu ofereci. "Eu te amo", ela gemeu . Eu sabia que ela estava somente caçoando e grata pelo café , mas mesmo assim, suas palavras me fizeram sentir uma pontada . Durante anos eu disse a mim mesma que estava tudo bem ser uma solitária . Que eu não precisava de amigos, porque eles só machucam você de qualquer maneira. Mas no fundo, às vezes eu pensei que seria bom ter um. Eu afastei os pensamentos e fui para a pequena cafeteira no canto do quarto. Era uma Keurig , então tudo que eu tinha que fazer era adicionar um pouco de pó e apertar um botão .

228


Segundos depois, o cheiro de café encheu o quarto. Ele cheirava bem, e eu decidi ter um também . Peguei uma garrafa de creme fora do mini-frigorífico e servi uma generosa porção em ambas as canecas , em seguida, levei uma para Ivy. "Você é minha heroína ", disse ela ,pegando ocopo e engolindo um pouco. Voltei até meu armário e me sorvendo do meu copo , ponderando sobre meu guarda-roupa escasso. " Você está tentando decidir o que vestir ? "Sua voz era uma espécie de temor Eu suspirei . Ela apareceu ao meu lado e procurou no fundo da gaveta e tirou um par de jeans escuro com as etiquetas ainda sobre eles. Eu olhei para eles com curiosidade. Eu lembrava que tinha aqueles . "Como você sabia que eles estava lá? " Eu perguntei. Ela revirou os olhos injetados de sangue. "Eu experimentei suas roupas. " Fiquei de boca aberta. Ela encolheu os ombros."Por favor", disse ela, se eu estivesse tipo surpresa."Você sabe que eu tinha que ver se você tinha alguma coisa que valesse a pena tomar emprestado" 229


"Tenho certeza de que encontrou muito", eu disse e sorri. Ela se encolheu. "Você precisa de uma séria revisão no guardaroupa. " Aparentemente, ela não é a única que pensa assim, eu disse a mim mesma enquanto eu pegava a calça jeans. Minha avó a enviou para mim tipo um ano atrás. Ela sempre estava tentando me enviar roupas da moda, bonitas,e eu nunca usava qualquer uma delas. Eu arranquei a etiqueta fora das calças e as deslizei até as minhas pernas nuas e sob a grande camiseta que eu estava. "Ugh, elas estão muito apertadas", eu disse uma vez que foram abotoadas. Ivy riu. "Eles são jeans skinny.Eles deveriam caber assim ". Eu fui para o espelho de corpo inteiro e levantei a camisa para estudar o meu reflexo. Não parecia muito ruim. Pelo menos com estes, eu não iria tropeçar e cair sobre a bainha muito grande. "Voce é tão magra," Ivy disse da cama dela. "Eu pareço um menino," eu murmurei. Eu não tinha muitas curvas. Eu tinha sido pequna toda a minha vida. "Há uma camisa que vai com o jeans lá também ", disse ela. Foi muito triste que ela sabia mais sobre o que estava em minhas gavetas do que eu. 230


Eu vasculhei a gaveta novamente ecom certeza, lá na parte de trás estava top de algodão de manga comprida . Era pecaminosamente macio ao toque e num tom de azul que me lembrava dos olhos de Romeo. Tirei a camisa que eu tinha vestido depois do banho e acrescentei uma camiseta regata por cima do meu sutiã . A camisa azul não era apertada, graças a Deus, mas não era excessivamente grande também. Isto deslizou sobre meu corpo e terminou nos meus quadris . As mangas eram muito longas ( como de costume)e aquilo que me fez sentir um pouco mais confortávelporque eu era capaz de dobrar minhas mãos dentro como eu fiz com tudo o que eu usava. "Legal ", Ivy disse com um bocejo. Eu decidi que ficar aqui me preocupando com minhas roupas era um desperdício de tempo e eu virei longe do espelho e pegou meu protetor labial para passar sobre meus lábios . lembrei-me do frio que fazia na noite passada e pesquei ao redor debaixo da minha cama por um par de botas confortáveis que realmente parecia mais chinelos para mim do que sapatos. Mas um monte de gente as usava por aqui , e eu tive que admitir que afastavam meus dedos do congelamento. Puxei-os, desfrutando a maneira como meu jeans se encaixavam para baixo dentro deles com facilidade. Normalmente , eu tinha que tocar minhas calças lá em baixo e era desconfortável e bobo. 231


Ivy estava me olhando com um olhar curioso , e eu reprimi o desejo de corar como uma mulher louca. Ela se levantou e pegou uma grande escova do seu armário e veio em minha direção . Sem dizer nada , ela começou a escovar através da massa grossa que ainda estava parcialmente úmida do banho. Demorava muito para secar tudo completamente , então eu raramente fazia . " Você sabe que seu cabelo seria lindo se você gastasse um pouco de tempo com isso", disse ela enquanto trabalhava. "Eu não tenho tempo para mexer com o meu cabelo,"eu disse sem jeito . " Toda menina tem tempo para mexer com seu cabelo ", Ivy rebateu.. " Talvez eu não ligue para o que as pessoas pensam." "Não é sobre o que as outras pessoas pensam" ela disse. "É sobre a forma como você se sente. Estando preparada do lado de fora faz você se sentir melhor no interior . " Eu realmente não podia discutir com ela porque eu não sabia se ela estava certa. Eu não tinha me incomodado com a minha aparência em tanto tempo que eu não sabia o que seria a sensação de realmenteexperimentar. Ivy andou até o lado dela doquarto e borrifou algo em suas mãose , em seguida, trabalhou no meu cabelo, ela o dividiu em duas seções e começou a trançar o comprimento do mesmo . Isso 232


me fez pensar em quando eu era uma menina e minha mãe costumava trançar meu cabelo. Um caroço grosso formou na minha garganta e eu tomei um gole de meu café, tentando fazê-lo dissolver . Quando Ivy foi terminou, ela deu um passo atráse olhou para sua obra . "Bem melhor." Levantei-me e fui para o espelho. Era umpouco inquietante para mim me ver desta forma. Ela penteou o meu cabelo em tranças mas isso não pareceu juvenil. Ela de alguma forma conseguiu fazê-los parecer grossos e animados. A trança terminava enrolada ao redor dos lados do cabelo e caiu contra o meu peito . O topo estava repartido e tinha um pouco de altura em cima, e algumas partes curtas do meu cabelo enrolado contra minha testa. O estilo parecia chamar a atenção para a forma do meu rosto, e meus óculos não tomavam os meus olhos . Adicionado com as roupas que cabem realmente e um par de botas que não parecem estúpidas, Na verdade, eu parecia com toda as outras garotas da faculdade que caminhavam pelo campus . Sem a maquiagem , é claro. Eu não estava mesmo indo para se preocupar com essas coisas. Não hoje de qualquer maneira. " Obrigado", eu disse a Ivy , ainda olhando para o meu cabelo transformado .

233


Ela não respondeu , e foi aí que notei o silêncio absoluto . Ivy estava lá ao lado da minha cama com o agasalho Alpha em suas mãos . Eu devo ter sentado sobre ele equando me levantei , ele chamou sua atenção. Ela estava segurando-o para fora e olhando para algo. Sua reação era um pouco estranha. Eu quero dizer, era apenas um agasalho. Ela não poderia possivelmente saber de onde tirei isso. Ainda segurando o moletom em suas mãos , Ivy olhou para cima. "Como você conseguiu o agasalho do futebol de Romeo ? " Sua voz era abafada, como se eu tivesse cometido algum crime hediondo. " Como você sabia que era de Romeo? " Eu perguntei, um pouco desconfortável . Ela estendeu- me para que eu pudesse ver as costas, seu nome e número em plena vista. Oh . Teria sido bom se eu tivesse notado aquilo. Um pouco de choque percorreu–me também. Quero dizer, ele obviamente sabia que tinha o seunome e número nas costas , mas ele aindame disse para mantê-lo . Ele me disse para usá-lo. Eleagiu como se ele quisesse que as pessoas vissem. " Rimmel ! " Ivy exigiu. Olhei para cima . "O quê?" 234


"Você tem o agasalho de futebol de Romeo emsua cama. Explique!" " Oh . Hum, eu estava com frio na tutoria. "Não era exatamente uma mentira. Eu tive. Além disso, eu não tinha idéia do que dizer . " O idiota que você está na tutoria é Romeo Anderson ? " , Exclamou ela. "Por que você não me disse!", ela explodiu . Eu comecei a responder, mas ela estava andando e depois parou com um solavanco e me cortou dizendo" , Isso explica o BuzzFeed e porquê Romeo está subitamente passando um tempo na biblioteca . " Em seguida, ela engasgou . Eu empurrei porque aquilo era tão dramático. " Ai meu Deus !", Ela correu para fora em uma respiração. " Você é a menina mistério no Hellcat . " BuzzFeed maldita . "Bem !", Ela exigiu novamente. Todos os vestígios de sua completa exaustão desapareceram. " Diga alguma coisa!" " Oh , eu não sabia que eu era parte da conversa," eu murmurei. 235


" Rimmel . " Seus olhos se estreitaram . Depois eles arregalaram novamente. " É por isso que você estava se preocupando sobre suas roupas? Você gosta dele!" Eu comecei a tremer minha cabeça furiosamente. " Sim !", Ela exigiu. Então ela olhou para baixo o capuz dele que ainda segurava em suas garras. Eu tive a súbita vontade de arrancar isso dela. " Será que ele gosta de você também?" Eu suspirei enquanto meu estômago virou . Eu pensei nos beijos, sobre como ele escalou pela janela apenas horas antes. Se Ivy soubesse que ele tinha estado aqui neste quarto, ela provavelmente iria entrar em colapso. "Eu altamente duvido, " eu disse e gentilmente puxei o capuz de suas mãos . "E as roupas são só porque eu cansei de tropeçar e cair nas minhas coisas folgadas" Ela me deu um olhar triste . " É chato gostar de alguém que não gosta de você de volta. " " Sim", eu disse , suas palavras penetrantes em meu coração . Eu gostaria que elas não machucassem , mas elas machucaram. E assim fez o olhar em seus olhos. Ela sentiu pena de mim. Como se ela soubesse que não havia nenhuma maneira no inferno que ele poderia gostar de mim. É como se ela pensasse que ele tinha me dado seu capuz por piedade . 236


Ivy estava me observando de perto. Eu podia sentir seu olhar penetrante. Eu me virei e peguei minha bolsa . Ainda era um pouco cedo para a aula, mas eu não me importei . Este quarto estava sufocante. "Ei," ela gritou enquanto eu alcançava a porta . Minhas mãos apertaram ao redor do agasalho de Romeo. Eu não tinha planejado para trazê-lo comigo,mas a idéia de deixá -lo aqui com elame deixou doente . "Sim?" " Você vai para o jogo de sábado à noite ? " "Eu alguma vez vou? ", Perguntei. A verdade era que eu planejava ir porque Romeo me pediu. Eu apenas planejei para me sentar onde ninguém me notaria. "Você deveria vir. Eu e Missy estamos indo." Seus olhos brilhavam . "Ela está namorando Braeden . Ele está na equipe também. " Eu balancei a cabeça . " Você o conhece?" Ela parecia toda surpresa de novo. "Eu me encontrei com ele. "

237


Ela assentiu com a cabeça facilmente. "Bem, sim , definitivamente venha. Você pode sentar com a gente. Vai ser divertido . " A suspeita bateu em mim . Eu não gostei de me sentir daquela maneira , mas eu não podia ignorar. "Por que você quer que eu vá com você ? " A pergunta a pegou de surpresa e ela olhou para cima . "Eu pensei que nós éramos amigas. " Amigas.. " Sim", eu disse , colocando para baixo a inesperada emoção que queimou a parte de trás minha garganta. "Certo. Eu vou sentar com você no jogo ". Ela me deu um grande sorriso e acenou. "Fantástico. Agora é melhor eu tomar banho . Vai levar um longo tempo para corrigir tudo isso . " Ela apontou para si mesma e mostrou a língua . Estava mais frio do lado de fora do que eu esperava . Eu tinha certeza de que uma vez que o sol estava acima dele iria afugentar o pior do frio do outono. Parecia que tinha caído mais folhas para o chão durante a noite e as pessoas embaralhadasatravés delas nas calçadas , sons farfalhando enchendo o ar . Minhas 238


bochechas arderam um pouco quando a brisa soprou e as mordeu. Olhei ansiosamente para o capuzem meus braços e pensei em colocá-lo. Mas eu não fiz. Eu o ajustei para que o nome de Romeo não aparecesse e puxei-o um pouco mais perto de meu peito. A julgar pela reação que eu tive de Ivy quando o viu na minha cama, eu só podia imaginar o que todo mundo diria se eu andasse através campus com seu nome estampado em minhas costas. Eu certamente não queria ver o mesmo olhar de piedade Ivy me deu cem vezes sobre isso.

239


Capítulo Vinte e Dois Tem informação? Mantenha o #BuzzBossinformado Contate-me através do Alpha App ...Alpha BuzzFeed

Romeo Eram quase três horas da manhã quando eu coloquei a minha chave na porta de minha casa. Eu estava pirando de tão cansado . Entre a prática cansativa, aulas , invadindo o gabinete do reitor, etudo o que aconteceu com Rimmel , eu queria desmaiar por uma semana. Entrei e não me incomodei comas luzes. Joguei minha mochila no chão e lancei as minhas chaves em algum lugar na vizinhança do sofá. Eu ia faltar ao meu treino de manhã. A 240


última coisa que eu queria era estar muito desgastado para jogar no sábado. Eu contornei a cozinha e me dirigi direto para o meu quarto. De repente , um sentimento de desconforto rastejou até a volta do meu pescoço e me fez pausar . Assim que eu estava prestes a virar , algo bateu em mim e eu foi abordado ao chão. Não doeu , porque a minha formação bateu imediatamente e eu sabia como tomar a queda . Imediatamente , meus braços deram a volta na cintura do meu atacante e eu o abracei , lançando nós dois para que eu estivesse em cima . Eu o tinha apanhado desprevenido , e o cara embaixo de mim olhou com surpresa . Eu joguei meu punho para baixo, colocando todo o meu peso por trás dele , e o peguei no maxilar. Ele gemeu e tentou recuar. Eu levantei a mão novamente , adrenalina e raivame deixando louco. Quando eu desci,algo me parou de ligar . Uma mão agarrou meu pulso e o torceu atrás das minhas costas. " Fácil ! " Alguém gritou . "Imagine Sábado ! " Que porra ... ? As mãos que me agarrando soltaram, mas eu estava sendo dominado agora por todos os lados . Eu comecei a lutar , mas eu estava severamente em desvantagem numérica . Eu fui 241


empurrado para baixo no chão, minhas mãos estavam algemadas, e um saco foi amarrado sobre a minha cabeça . " Que porra é essa ! ", Eu exigi, lutando quando eles me trouxeram para os meus pés . Eu bati e conectei com alguma coisa. Uma satisfação doente me encheu por fazer alguém ferido. Eu queria fazer esses filhos da puta sangrarem. "O que se arrastou até sua bunda e morreu ? " alguém disse . Todos riram . Eles estavam fodendo Omegas . Alguns da luta me deixaram, mas não todos. Que tipo de idiotas atacam alguém em sua própria casa? Zach provavelmente os colocou nisso. "Examinem ele, " alguém ordenou. Eles cumpriram a sua voz baixa e sussurrando. Eunão podia ver, mas eu realmente pensei que era Zach . Mãos me deram um tapinha para baixo e verificando meus bolsos. Eles estavam procurando a placa de identificação.Eu sorri, porque eles não iriam encontrá-la . " Não está aqui", alguém disse . " Verifique a bolsa ", o cara que eu pensei que era Zach ordenou. 242


Ouvi todas as minhas merdas sendo despejadas por todoo lugar , e minhas mãos apertadas atrás de minhas costas. Após vários minutos de minha casa estar sacudida, eles determinaram que o que eles queriamnão estava aqui . " Procurando algo específico ?" Eu disse através do saco na minha cabeça. " Traga-o e vamos embora ", Zach ordenou. " Não o machuquem, porra," Alguém disse proximo. " Ele tem de jogar no sábado. " " Não esquente a cabeça Trent "murmurou alguém atrás de mim " Cala a boca " Zach exigiu. Este foi alguma merda levantada. Eu só podia supor que eu estava sendo levado parao mesmo lugar onde eu estava na noite em que fomos introduzidos na corrida. Eu não me incomodei em combatê-los. Eu queria saber o que estava acontecendo. Quando finalmente chegamos onde quer que eles me trouxeram,o saco foi arrancado minha cabeça e eu pisquei para olhar ao meu redor . Todos os outros concorrentes estavam aqui também. Uma parte de mim relaxou porque pelo menos eu não estava sendo trazido para este lugar sozinho. Nós estávamos no mesmo espaço com a mesma aparência de antes, só que desta vez não havia toneladas 243


develas acesas . Em seu lugar estavam lâmpadas e luzes penduradas acima dealgumas mesas de sinuca na parte de trás. " Companheiros Alphas," Zach disse, espalhandoos braços largos quando ele olhou para os membros da fraternidade ao lado. Em seguida, ele examinou os concorrentes. " Presunçosos . Eu trouxe todos vocês aqui esta noite para um pouco check-in. E para alguns de vocês, um check-out." Ele olhou para nós e sorriu. "Estamos em um pouco mais da metade da corrida deste ano, e, como previsto , alguns de vocês são feitos para isto e outros ... bem, você são uma merda! ", ele gritou a última palavra e todos os membros riram. Esse cara era como um idiota. Como diabos se tornou presidente ? Olhei em volta para os membros , meus olhos parando em Trent . Ele olhou para mim e eu vi a irritação nos seus olhos. É evidente que ele estava imaginandoa mesma coisa. "A todos vocês foram dados desafios e a maioria de vocês cumpriram. Branneman ! ", Ele gritou e olhou para o fim da linha onde um homem de cabelos escuros estava. "Sim?" , Ele respondeu. " Você não completou o último desafio que nós lhe demos. Você está fora . " Seu corpo estremeceu e sua mandíbula se endureceu. 244


" Mas... " Ele começou, mas Zach o cortou. " Não há desculpas ! " Ele apontou para alguns dos membros e eles enfiaram um saco sobre cabeça e de Branneman e o escoltaram para fora. Zach fechou os olhos em mim. Eu segurei seu olhar e me recusei a desviar o olhar. "Cox , também! " Zach estalou. Dois indivíduos abaixo de mim, um outro saco foi recheado em uma supresa cabeça e ele foi escoltado para fora também. "Max foi escoltado para fora do grupo da promessa na semana passada," Zach adicionou e, em seguida,olhou para o resto de nós . "E vocês todos permanecem . " Ele estava indo para chegar ao ponto de já?Eu estava exausto, e pelo tempo que eu cheguei em casa, o dia já ia amanhecer. "Eu sei que alguns de vocês já levaram a mulher destinada para a cama. Eu espero que vocês tenham fotos, perdedores, porque se você não tiverem, o mesmo destino que aqueles homens suportaram espera por vocês." Meus ombros endureceram com a lembrançadesta "missão." Eu queria ter Rimmel na cama mais do que eu já quis qualquer uma, mas eu não queria fazê-lo assim . Eu nunca fui o tipo de cara que estava incomodado por um caso de uma noite, sexo casual, ou trepadas bêbadas . Desde que fosse consensual, eu 245


estava dentro. Mas ter que dormir com uma mulher para entrar em um clube exclusivo, uma mulher que tinha sido escolhida para mim, uma mulher que eu tinha essencialmente, que usar, deixou um gosto ruim na minha boca. Eu não sei por que não me incomodou antes, mas de repente o fez agora. Aguardar. Sim, eu sabia. Rimmel .

"Levantem as mãos", Zach chamado. "Quem é que terminou este desafio? " Várias mãos se levantaram . Todos olharam ao redor. Um monte de olhares pousaram em mim . Eu não vacilei. Inferno, eu não estava nem mesmo envergonhado que não era o primeiro . "Bem , bem, bem ... ", disse Zach, andando até ficar na minha frente. "Parece que Romeo pode estar perdendo seu toque.." Eu dei-lhe um olhar que disse que eu estava entediado.

246


" Qual é o problema , Romeo ? " Zach provocou. "A nerd é um desafio muito grande? " Senti meu lábio encrespar quando ele mencionou Rimmel. " O tempo está passando . " Zach levantou-se na minha cara." Menos de duas semanas para selar o negócio." Eu não disse uma palavra. Eu só o olhava fixamente. "Eu tenho que te dizer ", vangloriou-se, afastando-se de mim e abordando todos os outros."Eu não acho que você pode fazê-lo . Ela é , provavelmente,fria como gelo." Uma. Mais. Tudo o que ele precisava dizer era mais uma porra de uma palavra sobre ela e eu gostaria muito de socá-lo, Alguns concorrentes riram. Provavelmente não porque era engraçado, mas porque eles queriam beijar a bunda de Zach . " Amanhã à noite nós estamos tendo uma festa no Omega . Estejam lá. Vejam como vai ser a vida quando vocês forem um de nós." Zach olhoupara mim novamente. "Você conseguiu o que você deveria?" "Claro ", eu respondi . "Cadê?" 247


"Em algum lugar você não vai encontrá-lo ", eu dissesuavemente. " Você deveria tê-lo trazido ", Zach desafiou. " Para a festa de amanhã , não aqui. Não agora." "Você tem quando eu digo que você tem! " Zach estalou. O cara precisava de uma cerveja. Ele precisava para resfriar. " Vamos lá, Zach . Todos vimos o texto . Você disse na festa ". Um dos membros , que não era Trent falou. Zach lhe lançou um olhar irritado , mas não disse nada. " Na noite anterior das induções em Omega , vocês serão trazidos uma última vez. Ter a sua prova de que você dormiu com a sua mulher destinada. Se você conseguiu . Você está dentro.” "Ele olhou para mim . "Se você não fez? Você está fora." Sacos foram empurrados em todas as nossas cabeças mais uma vez. Mãos me agarraram e me empurraram para a frente. " Rick , " Zach disse atrás de nós.

248


As mãos me orientando pararam. A bolsa foi arrancada da minha cabeça novamente , e eu me encontrei olhando nos olhos de Zach . "Traga a menina amanhã à noite " , disse ele. A última coisa que eu queria fazer era levar Rimmel em uma sala cheia desses idiotas. "Para que, porra ? " Ele sorriu. Parecia mais como um sorriso de escárnio. "Eu gostaria de encontrar a nerd. Ouvi dizer que você está bastante apaixonado. " Quanto mais ele falava sobre ela, mais ele deixou implícito que a conhecia, mais chateado que eu ficava. Eu pulei para a frente e empurrei meu rosto no seu. Satisfação me espetou quando seus olhos se arregalaram apenas uma fração. Ele não era tão duro como ele achava que era . " Bem, já que você parece saber de tudo", eu disse, sereno "então você também deve saber que eu cuido do que é meu. Você pode ser presidente desta fraternidade , mas o campus é meu. Não. Me. Empurre." Um braço atrás em volta de mim me rebocou de volta . "Você disse que precisava dizer, cara", disse Trent . "Vamos lá." " Traga-a", Zach chamado depois de nós. "Eu quero dizer isto."

249


O saco foi recheado de volta na minha cabeça, e eu fiquei rígido. " Relaxe, " Trent murmurou e me levou do prédio. Assim que o ar frio me atingiu , eu tentei alcançar e rasguei o saco da minha cabeça e me virei. Trent e três outros Omegas estavam ali olhando para mim. " Esse cara é um porra total", eu cuspi . Ninguém discordou. " Você deveria aguentar", Trent disse. Eu o ignorei. "Então ele é tão imbecil assim com todos ou só comigo? " Os caras todos olharam em volta. Trent suspirou."Vou levá-lo para casa", disse ele aos outros. Eles todos assentiram e sairam . " Esta merda não vale a pena o aborrecimento ", eu disse a Trent quando olhei ao redor . A casa Omega apareceu na frente de nós . Nós estávamos no quintal perto do que parecia ser um velho barracão.Afastado para o lado estava uma daquelas portas com aparência velha que se levantavam do chão. Lembrou-me o Mágico de Oz e do abrigo para onde eles correram durante o tornado. Isso deve ser de onde nós tínhamos vindo..Esse deve ser o ponto de encontro dos Omegas . 250


" Vamos lá ", disse Trent , e eu caí em passo ao lado dele enquanto caminhávamos em direção a um SUV preto estacionado nas proximidades . Quando estávamos no carro, Trent virou sobre o motor e disse: "Eu nunca o vi odiar tanto alguém " . "Sim, bem , o sentimento é mútuo . " Trent abanou a cabeça. "Ele está forçando a barra com você. Todos nós já o avisamos. Ele mantém isso e é trote pessoal. " "Ninguém vai dizer ", eu disse . E não foi como se eu fosse o tipo de correr e tagarelar também. Eupoderia lidar com Zach . Eu poderia lidar com qualquer trote que ele pudesse decidir repartir. O que eu não podia aguentar era ele mexer com Rimmel porque ele sabia que ia chegar a mim. " Você ficaria surpreso ", disse Trent eatraiu meu olhar . "O que você quer dizer?" "Eu quero dizer os Omegas não têm estado muito felizes com sua liderança por um tempo. " Eu resmunguei. "Que surpresa." "Olhe, todos nós vemos que ele está saindo de seu caminho para torná-lo difícil para você. Você tem mais amigos aqui do que Zach . Ele só não imagina." 251


"Eu não vou tê-lo brincando com ela," eu disse. Não houve ceder em minhas palavras. Eu senti seu olhar de soslaio enquanto nós dirigimos em silênciopor alguns minutos. Depois ele suspirou. "Sim. Eu pensei que poderia ser o caso . " Nós chegamos em minha casa não muito mais tarde. O céu ia começar em breve a se iluminar com o sol nascente . Trent colocou no parque e olhou para mim. "Olha, vamos passar a corrida. Quando estiver introduzido, nós vamos cuidar de Zach . " "O que você quer dizer?" "Eu quero dizer que a razão que ele não queria você no ano passado, é porque ele sabia que uma vez que você conseguisse entrar, nós todos votariamos contra ele como presidente ". Olhei para ele . "Você me quer como presidente? " "Cara, você é tipo o cara mais popular no campus. O partido segue você . Para não mencionar que você é o quarterback dos Lobos, e se você tomar a presidência agora, o Omega terá um líder constante para os próximos dois anos . "

252


Basicamente, ele estava dizendo que se eu me tornar presidente do Omegas, a já popular, exclusiva fraternidade só iria tornar-se mais ainda. Talvez ele pudesse sentir minha hesitação. Ou talvez ele só saiba que eu estou realmente chateado,porque ele disse: " Você sabe que Omegas tem conexões com a NFL . Alguns de nossos alunos, Omegas aposentados, são veteranos da NFL . " Eu sabia. É o principal motivo que eu queria entrar. A NFL era o meu objetivo final , e esta era uma maneira de entrar. "Tudo bem ", eu disse e abri a porta. "Eu vou ver você na festa de amanhã". "Eu estarei lá." Eu me inclinei para trás antes de fechar a porta. " Obrigado por ter a minha volta . Eu não vou esquecer isto." "Eu sei ", ele respondeu . Ele dirigiu para descer a calçada , e eu entrei. Eu andei através da bagunça que eles tinham feito em minha casa, arranquei meus sapatos , e caí na cama . Eu tinha aulas em algumas horas e eu tinha que estar lá. O treinador não era muito leniente com jogadores que as perdia durante a temporada. 253


Mas o último pensamento que passou por minha cabeça antes de adormecer foi de Rimmel .

254


Capítulo Vinte e Três Aviso de Utilidade Pública Depois do que o BuzzBoss viu hoje, é seguro dizer que calças cor de carne NUNCA estão na moda #Errado #Alguém ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Na hora do almoço, não estava mais quente do que tinha sido esta manhã. Eu estava grata pelas botas nos meus pés porque se eu estivesse se não as estivesse usando meus dedos dos pés estariam congelados. O céu estava escuro e cinza, o sol só aparecia de vez em quando. O ar era tempestuoso, o vento chicoteava acima e escovava sua promessa de inverno contra minhas bochechas . Folhas brilhantemente coloridas espalhavam pelo no chão e davam uma 255


cambalhota pelo campus enquanto todos se moviam de classe em classe . Eu pulei o café da manhã e estava morrendo de fome na hora da minha pausa para o almoço. As aulas pareciam intermináveis hoje, então eu preenchi algum do meu tempo trabalhando em atribuições enquanto os professores eram pura monotonia. O salão de comer ( ou assim que eu chamava) ficava quase no centro do campus. O edifício tinha dois níveis maciços, lojinhas no andar inferior e o salão de comer no topo. Eu acho que era realmente mais uma praça de alimentação do que um salão de comer , como o tipo você pode encontrar em um shopping agradável . Eu subi as escadas e olhei ao redor, tentando decidir o que eu teria vontade de comer.Em torno do perímetro da sala havia vários tipos de restaurantes e lanchonetes . Havia um lugar de pizza, um lugar de taco, uma delicatessen que fazia sanduíches e oferecia uma variedade de batatas fritas. Havia um lugar chamado The Market que oferecia saladas e frutas, barras de granola , e águas engarrafadas extravagantes. Havia também a lanchonete típica e um lugar que tinha frango. Ao longo do outro lado era um smoothiebar que tinha uma linha sem fim. Havia até mesmo um café-bar , que também estava sempre lotado.

256


Eu resolvi comer uma salada Cobb deO Market, uma xícara de frutas frescas da estação , e uma barra de granola ( para mais tarde) . Uma vez que tive tudo isso, eu entrei na fila do bar café e esperei dez minutos para obter um café com leite com sabor de abóbora.Eles não eram muito populares na Flórida, mas aqui no Norte, eles eram praticamente ouro. O frio, eu estava tendo dificuldade em me ajustar mas o latte da abóbora? Sim, sem problema com isso. Quando finalmente me foi entregue meu café , eu envolvi minha mão livre em torno dele e suspirei com o calor que se infiltrou em meus dedos . Era agitado aqui, como sempre , e eupensava com saudade de voltar para o meu quartopara comer, mas eu estava com muita fome para andar todo ocaminho até lá em primeiro lugar. Eu comecei procurando um espaço com um assento calmo, quando eu vi alguém acenando em minha direção - Ivy. Quando ela viu que eu notei, ela fez sinal para eu acompanhá-la e sua amiga Missy (que estava na fogueira no último fim de semana) . Eu não pude deixar de notar os olhares curiosos que recebi enquanto eu caminhava pelo salão. Isto vinha acontecendo durante todo o dia . Eu sabia que era por causa da minha aparência. Não havia nada espetacular sobre ela , mas era melhor do que eu costumo aparecer . Na minha primeira aula, uma 257


menina com que eu nunca falei antes até me disse que gostava do meu cabelo. Enquanto eu caminhava , olhei para a minha bolsa e o agasalho que eu dobrei no topo, certificando-me que não estava escorregando livre e o nome de Romeo não estava de repente visível. " Rimmel , oi", Ivy disse, dando -me um sorriso quando me aproximei. " Olá, Ivy , " eu disse e então me virei para sua amiga de cabelos escuros . "Oi, Missy . " Eu mal conhecia Missy, somente a partir das poucas vezes que eu tinha apanhado Ivy e ela estava junto. " Oi, " ela disse e me deu um pequeno aceno e um olhar curioso. " Sente-se !", Disse Ivy , gesticulando em direção a uma cadeira vazia na mesa delas . Pousei a minha comida e café e levantei minha bolsa dos meus ombros e coloquei sobre a parte de trás da cadeira . Eu vi Ivy olhar para o agasalho, e eu o enfiei no meu colo quando me sentei.. Eu não queria que ele caísse no chão se alguém passasse. Depois de tudo, não era meu agasalho e eu não queria que fosse danificado. 258


Sim, e os porcos poderiam voar . A verdade era que eu não queria Ivy colocando as mãos sobre ele. Ou acenando-o ao redor para todos verem. "Como foi o seu teste?", Perguntei , lembrando que ela disse que tinha um esta manhã. "Maldição, eu espero que eu passei ", disse ela e pegou um café gigante para saborear. Seja qual for a "mágica", ela trabalhou esta manhã para fazerse olhar mais desperta, funcionou . Ela estava vestida com um par de jeans escuro e justo, uma camiseta branca e um lenço com um padrão da viga vermelho. Antes de sentar, notei que ela estava vestindo suas botas favoritas de cowboy. Seu cabelo estava puxado para cima em um rabo de cavalo alto que saltava quando ela falava e sua maquiagem era cuidadosamente aplicada para esconder as olheiras sob os olhos e dar-lhe um ar refrescante, bem acordado. Missy era igualmente bela. Seu cabelo escuro era longo e fino , e eu não poderia evitar de me perguntar como ela os conseguia tão perfeitos. Seusgrandes olhos cinzentos eram feitos com bom gosto, e elaestava vestida com jeans, um top branco e um blazer de veludo com estampa de leopardo. Eu não gostava de estampas de animais, mas aquele blazer era totalmente lindo.

259


"Eu amo o seu top, " eu disse a ela . Ela sorriu . "Obrigada." "Então, Rimmel ", Ivy disse enquanto eu atavaca minha salada e começava a comer ", você o viu hoje? " Eu perguntei "Quem?" . " Romeo ", disse ela , como se fosse óbvio . "Eu não dou aulas às quintas-feiras", eu disse. "Apenas segunda-feira, quarta-feira, e sexta-feira . " " Oh, bem, isso é ainda três dias por semana", ela disse. "Eu desejava ser inteligente para poder dar aulas para ele." Eu ri e assim o fez Missy . Ivy sorriu e deu uma mordida em seu sanduíche. "Você ainda vem para o jogo com a gente? " "Claro", eu disse. "Eu gosto do seu cabelo ", Missy me disse . Senti-me corar. " Obrigado, Ivy fez isto." " Você totalmente precisa fazer o meu cabelo assim, " Missy disse a ela e lançou um Cheetos do outro lado da mesa. Ivy pegou e comeu. 260


Uma bandeja com metade como uma pizza sobre ela e umrefrigerante gigante sentou na mesa ao lado de Missy , e eu olhei para cima . "Senhoras", Braeden disse, pegando a última cadeira vazia na mesa. Se ele ficou surpreso ao me ver sentado lá, ele nãodemonstrou. " Oi ", disse Missy , dando-lhe um sorriso. Ele inclinou-se e beijou-a. "Então, como, vocês dois estão namorando ou o quê?" Ivy disse . Missy engasgou . " Ivy!" Braeden riu. "Estamos nos divertindo." Missy acenou com a cabeça , mas eu tinha que saber o que ela achava do "se divertindo" como rótulo. A julgar pela forma como ela olhou para ele, ela realmente gostava de Braeden . Braeden tomou um gole de seu refrigerante monstro e olhou para mim. " Menina tutora", disse ele . " Menino do futebol ", eu respondi . Ele sorriu. " Eu não sabia que vocês conheciam umas as outras", disse ele, gesticulando entre nós três. "Nós não sabíamos que você conhecia Rimmel", Ivy disse.

261


Braeden empurrou uma enorme mordida de pizza na boca e disse algo que ninguém entendeu. " Ivy e eu somos companheiras de quarto", Eu disse enquanto ele mastigava ruidosamente. Ele me deu um polegar para cima e continuou comendo. Todos as três de nós sentamos lá e assistimoscom temor como ele devorava sua comida. Quando eu estava suficientemente horrrorizada, voltei-me para a minha salada. "Vocês senhoras vão para a festa Omega amanhã à noite?", perguntou ele poucos minutos mais tarde."Claro!" Ivy e Missy responderam ao mesmo tempo. Quando a conversa não continuou , eu percebi que eles estavam esperando por mim para responder. " Uhh, eu acho que não. " Ninguém tentou me convencer a ir, então eu percebi que eles também concordaram que eu e uma festa de fraternidade não se misturavam . Eu terminei a minha salada e mastiguei uma fruta . Braeden era realmente divertido e praticamente manteve todas nós rindo.Eu estava feliz porque eu não era boa em conversa. Estávamos sentados perto de uma janela que parecia muito fina e cada vez que o vento soprava do lado de fora , um pouco 262


do ar frio se infiltrava e envolvia-se em torno de mim . Eu terminei de comer e estendi a mão para o meu café, agradecida que ainda estava quente o suficiente para aquecer meus dedos . O telefone de Braeden tocou e ele agarrou--se e respondeu . Meu estômago vibrou um pouco, perguntando se era Romeo . "Onde você está, cara? ", disse Braeden no telefone. Ele escutou por alguns minutos e fez alguns sons que eu não tinha idéia do que eles significavam. Depois de alguns minutos , seus olhos deslizaram paramim. Engraçado você perguntar", disse ele . "Ela está realmente sentada bem aqui. " Ivy e Missy, ambas olharam para mim . Eu encolhi os ombros. Sob meu peito, me senti como se houvesse uma bola quicando dentro de mim, fazendo com que tudo debaixo da minha pele vibrasse. Havia apenas uma pessoa que Braeden e eu conhecíamos que poderia estar perguntando sobre mim. " Uhh." Ele olhou para mim novamente e, em seguida disse: "Não." Ele ouviu o que pareceu uma eternidade, e eu sabia que Ivy e Missy estavam tão curiosas quanto eu sobre o que estava dizendo Romeo na outra extremidade da linha . Braeden inclinou-se de sua cadeira e olhou para mim. 263


Ele sorriu. "Sim." Os olhos de Braeden estreitaram-se ligeiramente enquanto ele escutou um pouco mais. "Sim, entendi. OK. Mais tarde." " Rome quer que você ligue o seu telefone", disse ele, pousando seu celular. Eu tinha esquecido completamente que eu desliguei antes das aulas esta manhã. Eu o pesquei para fora da minha bolsa e o liguei, colocando na mesa ao lado da minha xícara . Poucos minutos depois, ele tocou com uma notificação Buzz e um texto. Apanhei-o e olhei para o texto. VOLTANDO PARA CASA DEPOIS DA SEGUNDA AULA DA MANHÃ.MANDO MENSAGEM MAIS TARDE Senti todo mundo me olhando e eu sabia eles viram o pequeno sorriso nos meus lábios e a vermelhidão no meu rosto. Limpei a garganta . "Eu preciso ir para a aula . " Eu me levantei da minha cadeira, e, ao mesmo tempo, Braeden o fez . Ele veio ao redor da mesa e pegou o casaco com capuz fora das minhas mãos. "O que você está fazendo? ", perguntei. Ele o sacudiu e o enfiou para baixo sobre minha cabeça. Engoli em seco, mas foi abafado por todo o tecido passando por cima da 264


minha cabeça. Quando meu rosto finalmente saiu , eu fiquei boquiaberta para ele. "O que diabos você está fazendo ?! " " Romeo disse que ele falou para você usá-lo”, Braeden disse com uma cara séria . " Para o jogo", eu protestei. Ivy engasgou . "Você não me disse isso!" Eu dei Braeden um olhar maligno, prometendo o retorno . Ele sorriu. Eu comecei a tirá-lo , mas ele balançou a cabeça. "Ele só me disse para garantir que você colocasse. " "Para que, diabos ? " Eu exigi , colocando minhas mãos em meus quadris. As mangas eram demasiado longas e elas cobriram minhas mãos e a camisa caiu muito além da minha bunda . " Está frio lá fora”. Ele estava falando sério agora? "Eu não quero usar isso", resmunguei. Ele sorriu. "Eu sei". Ele hesitou, em seguida,chegou a dizer, " Louco respeito por isso. "

265


Eu não estava inteiramente certo o que isso significava, mas ele não deu mais detalhes. " Basta usá-lo. " Ele suspirou . " Você não entende ", eu disse tão baixo que só ele podia ouvir . Seus olhos brilharam com compreensão eoutra coisa que eu realmente não sabia . "Compreendo mais do que você pensa", ele respondeu igualmente baixo . Então, em uma voz mais alta, ele disse: "Se Rome quer que você use, então você deve." Ivy inclinou-se em torno de Braeden a dizer. "E sevocê não usar isso, vou bater em você . " Revirei os olhos . As pessoas estavam olhando . Um casal passou, e eu ouvi o nome de Romeo em seus lábios. Todo mundo viu . Este lugar não era melhor do que uma escola . Estaria provavelmente no Buzz mais tarde . "Tudo bem", eu murmurei . Eu não estava prestes a chamar ainda mais a atenção para mim , fazendo uma cena e me recusando a usá-lo. Braeden sorriu.

266


Levantei minha bolsa para cima e sobre o meu ombro e fui colocar minha bandeja vazia no lixo. Ivy balançou a cabeça. "Eu vou pegar. " "Está bem." Ela tocou no meu braço , e eu olhei para cima. " Isso é o que os amigos fazem . " Eu balancei a cabeça . "Obrigado." " Vejo você mais tarde ", disse Missy . Eu rrodiei a mesa e , em seguida, deixei o prédio. As pessoas realmente olharam fixamente quando eu saía. Eu estava grata pelo ar frio quando cheguei lá fora , embora ele não estivesse tão frio agora para eu estar vestindo este moletom. Pena que eu ia ter que tirá-lo . Meu telefone soou e eu puxei -o para fora e olhei para baixo. CONTINUE USANDO Eu queria rir . Como diabos ele sabe que eu estava indo para tirá-lo assim que eu saísse da vista de Braeden ? Eu rapidamente digitei a minha respostae cliquei em ENVIAR : TEM SEU NOME NELE. 267


SIM, EU SEI. Imaginei seu sorriso torto quando li o que ele disse. MAS AS PESSOAS VÃO PENSAR QUE ESTAMOS JUNTOS. ESSA É A QUESTÃO. Sua última resposta quase me fez largar o meu telefone. Olhei a tela escura e coloquei no bolso da frente do agasalho. Por que Romeo queria que todos achassem que nós estávamos juntos ?

268


Capítulo Vinte e Quatro #Buzz está #Oagasalho24estavaandandopelocampushoje mas ele não era o que estava usando. ...Alpha BuzzFeed

Romeo O treinador me tirou de minha aula à tarde. Eu fui ao seu escritório para "falar" sobre o próximo jogo , quando na verdade tudo que eu queria era que ele olhasse para mim e exigisse que eu fosse para casa dormir. Funcionou. Ele declarou que eu parecia com um cão de merda e então me mandou para casa . Ele iria se certificar de que não eu fosse penalizado por perder uma aula, e eu sabia que ele ainda ia me deixar jogar. 269


Não me tirou do treino, porém. Quando muito, ele me treinou mais duro do que o habitual . Mas pelo menos eu tinha conseguido algumas horas de sono de antemão . Uma vez que o treino tinha acabado e todos tínhamos tomado banho, a maioria dos caras saiu para uma pizza, mas eu fiquei para trás . Braeden fez mesmo, prometendo que ele iria alcançá-los daí a pouco. Eu estava jogando as coisas no meu armário e Braeden inclinou-se mais perto, me observando. "Você sabe que sua companheira de quarto é aquela garota com quem você transou há algumas semanas na fogueira", ele disse. "Eu meio que percebi , mas eu não tinha certeza." Eu fiz uma careta. De todas as meninas no campus, por que eu tinha que transar justamente com a colega de quarto de Rimmel? "Nós apenas brincamos um pouco. Eu não transei com ela." " Ei, cara , eu não me importo se você tivesse um ménage na mesa do reitor", disse Braeden. "Mas você sabe que ela está farejando Rimmel agora. Isso poderia ser um problema. " Eu disse a Braeden sobre a corrida e como eu deveria dormir com Rimmel . Eu não deveria, mas fodam-se as regras de Zach. 270


Aquele cara era um babaca . Eu também disse a ele sobre o fato de que Zach queria que ela fosse na festa amanhã à noite e como eu sabia que ele a escolheu para fazer uma corrida difícil para mim . Eu estava preocupado que tipo de merdaele ia puxar na festa para incitar uma briga entre mim e ela. Eu não contei a ele sobre a conversa que tive comTrent. Sobre eu possivelmente sendo eleito presidente da Omega depois de ser convocado e todos irem contra Zach . Parecia que eu deveria lidar com um problema de cada vez. Eu sentia o peso do olhar de Braeden enquanto eu fechava o meu armário e vestia a minha jaqueta. "Obviamente você tem algo a dizer", Eu disse a ele , olhando para cima . " Ela não queria usar aquele agasalho hoje", afirmou, olhando para mim. Havia um pouco de desafio em seus olhos ? Que diabos foi isso? "E eu disse a você que queria que as pessoas soubessem ela estava comigo . Nós dois sabemos que Zach não vai ser capaz de mexer com ela tanto se as pessoas acharem que ela é minha. Eles vão cuidar dela . " " Ou ele vai colocar um alvo maior sobre ela de volta", Braeden brincou .

271


Ele estava falando sobre Ivy ou alguma outra? Meus olhos se estreitaram e algo muito perto de raiva surgiu logo abaixo da superfície . "Eu não tenho certeza se eu gosto do seu tom, " Eu mordi fora , pisando um pouco maisperto . Braeden saiu do armário em que estava encostado e chamou toda a sua altura, de frente para mim . Ele era um cara grande, mas eu era mais alto . "Você é meu melhor amigo, Romeo. Eu sou leal a você. Mas eu gosto daquela garota . Há alguma coisa sobre ela ... Ela é inocente e real. Ela é a única garota que eu conheci no campus que não mastigaria fora seu próprio braço só para reclamaralgum tipo de conexão com você . Eu não quero vê-la se machucar porque você está em uma guerra de mijo com o cabeça idiota da Omega." " Que porra é essa que você quer dizer que você gosta dela? " Rosnei . Seus olhos se arregalaram apenas uma fração . "Você está a fim dela. " "O quê? ", Eu disse, a maior parte da minha luta indo embora. "Eu pensei que você estava apenas usando ela para entrar na Omega. Eu percebi que você estava tendo um bom tempo com o desafio de conseguir umanerd. " 272


"Ela não é uma nerd. " Eu rosnei de novo , toda a minha raiva ressurgindo em um segundo plano. Braeden sorriu. Ele me deu um tapa no ombro, mas eu bati afastando sua mão."Relaxe ", disse ele . "Eu vejo agora que eu estava errado. Você está a fim dela. " " Foda-se! " Eu cuspi e meus ombros caíram. Eu estava a fim dela e isso estava criandoalgum tipo de guerra dentro de mim. Uma guerra entre o cara que eu era e o cara e todos queriam que eu fosse. Isso não costumava ser uma competição. Eu estava feliz de ser aquele cara. O jogador, a estrela de futebol, o encantador . Eu era essas coisas. Mas eu era mais. Talvez eu não tenha percebido até que Rimmel começou a me dar aulas particulares semanas atrás. "Não se preocupe, cara", disse Braeden . "Você escolheu bem. " Olhei para ele. "Como você pode dizer isso? Você tem alguma idéia de como eu estou preso agora?" "Olha, talvez ela não seja o tipo que todos esperam que você fique, mas eu por um lado estou contente. Você precisa de alguém para trazê-lo para baixo fora de seu trono um pouco " . Eu dei-lhe um olhar duro. Ele sorriu. "É verdade, além disso, podemos trazê-la para dentro. Vamos atentar por ela. " 273


Braeden não entendia. Isto não foi apenas, o cara conhece uma garota de diferentes círculos sociais e se apaixona . Inferno, eu não estava apaixonado por dela. Mas eu gostava dela . Eu gostava muito dela, mas ela deveria ser a garota que eu ia usar para entrar na Omega . Omega era o meu atalho para asconexões, o meu caminho para a NFL . Braeden não entendia isso. Ele não percebeu que agora parecia que eu tinha de escolher. Eu tinha que escolher entre a única coisa que eusempre quis, a NFL, ou uma menina que de alguma forma contornou me código “mantenha a no comprimento dos braços”. Quando eu não concorei com ele , quando eunão disse nada, ele franziu a testa . "Ei cara.Você sabe que eu não gosto dela como ela. Não deste jeito. Eu só quis dizer que ela era muito legal para uma menina . Em um jeito de amigo. " . Ele pensou que eu era ciumento e ainda estava bravo sobre o que ele disse . Eu não me incomodei em corrigir-lo. Forcei a mais pesada das minhas preocupações profundamente para baixo e sorri. "Isso é bom para ouvir ", eu disse . " Eu não quero ter que bater no seu rosto. " "Como você poderia”, Braeden disparou, Nós dois sorrimos e saímos do vestiario.

274


"Você vem para pizza?”, Ele perguntou no estacionamento. Eu balancei minha cabeça . " Nah , eu tenho algo para fazer." Braeden me deu um sorriso . "Diga para a garota tutora que eu disse oi. " Eu dei-lhe o dedo e joguei toda a minha merda na parte de trás do Hellcat . Eu não queria ficar com todos os caras esta noite. De repente, ser tão popular parecia como uma dor na bunda. Deixei o campus e dirigi poucas quadras para o abrigo de animais. Eu sabia que é onde ela deveria estar. Talvez uma vez que a visse, a guerra dentro de mim iria aquietar .

275


CapítuloVinte e Cinco Até os #Nerds precisam de amor. A palavra no campus é que existe uma certa #Nerd procurando pontuar alto. Fiquem ligados no show. ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Mesmo depois de todo o trabalho feito e do abrigo inteiro estar limpo , eu não estava pronta para ir. A atmosfera não-caótica tranqüila era exatamente o que eu precisava hoje à noite. Michelle estava na parte de trás , cuidando de alguns papéis e as outras garotas já tinham ido embora. Eu decidi sair um pouco com Murphy. Parecia uma eternidade desde a última vez que eu o tinha visto . Eu ainda vinha aqui quase todos os dias , então tecnicamente, não tinha sido por muito tempo em tudo, mas eu acho que todas as coisas acontecendo ultimamente faziam meus dias parecem mais cheios. Eu não tinha mais certeza do que sentir. As últimas semanas tinham mudado as coisas para mim de maneira que eu realmente não entendo . Eu costumava estar focada na escola. Em animais 276


e apenas manter minha cabeça para baixo . Eu ainda estava completamente dedicada a me tornar uma veterinária , e a escola ainda era muito importante para mim ... mas parecia que ultimamente ela podia não ser suficiente . Emoções suscitadas em mim, emoções que eu pensei que eu tinha enfiado para baixo tão profundo que elas tinham desaprecido. Algumas semanas com Romeo, alguns beijos de derreter os ossos, e um almoço com duas meninas , e eu percebi que tinham estado lá durante todo esse tempo. Esperando. À espreita. Assistindo. Eu gostava de Romeo . Mais do que eu queria . Quanto tempo mais eu poderia lutar contra isso? No minuto em que ele me tocava, eu parecia me transformar em mingau. É como se tudo que minha cabeça sabia ser verdade foi posto de lado pelo meu coração sobreaquecido. Romeo era perigoso para mim. Não em qualquer sentido físico , nem mesmo uma ameaça para o meu futuro. Eu iria ver o meu sonho de se tornar uma veterinária vir à vida. Nada me impediria. Mas em um nível emocional , Romeo era possivelmente uma bomba atômica. Ele me assustou. Ele me assustou mais do que qualquer cara que eu já conheci, mesmo o de anos atrás. Talvez porque desta vez eu sabia que qualquer parte de mim que eu o deixei ter, que eu nunca, nunca iria recuperar. Como eu poderia render qualquer parte de mim para ele? Pendurado aqui diante de mim estava uma vida inteira. Os amigos. Um cara. Algo mais que apenas eu, eu mesma e eu. Eu queria isso. Como eu poderia saber que podia confiar nele? Como eu poderia confiar em algum deles?

277


Suspirei e olhei para longe do livro aberto na minha frente , sem sequer me preocupar para tentar ler mais. Murphy estava enrolado no meu colo , e eu acariciava seu pelo aveludado e inclinei a cabeça para trás contra a parede. " Eu gostaria de saber o que fazer, Murphy, " Eu sussurrei. Fechei os olhos e me concentrei nas vibrações contra minhas pernas do ronronar tipo motor de Murphy e tentei limpar a minha mente. Alguns momentos depois , Murphy parou de ronronar e eu senti ele erguer a cabeça. Abri os olhos e olhou para a sala. Romeo estava de pé na porta, me assistindo. Nossos olhos colidiram. Olhamos um no outro por um longo tempo . Eu realmente não sei o que ele estava procurando, mas eu estava procurando por algo , qualquer coisa que iria me dizer como ele realmente se sentia . Ele estava usando um par de jeans lavado que pendia perigosamente baixo em seus quadris estreitos. A sua jaqueta azul profunda e amarelo dourada Estava aberta para revelar uma camiseta preta com algum tipo de logotipo desvanecido na frente . Seu cabelo estava molhado como se tivesse acabado de chegar de um chuveiro e estava despenteado e desarrumado em cima como se tivesse sido correndo os dedos através dele. Seus ombros eram a mesma largura de sempre, mas sob seus cativantes olhos azuis estava uma sugestão da escuridão , dandolhe um olhar um pouco cansado. "Hey," eu finalmente disse , quebrando o silêncio. "Hey," ele respondeu , chegando mais para dentro da sala. Nenhum de nós disse qualquer outra coisa qundo ele caiu na minha frente , espelhando minha pose de estilo indiano. Seus 278


joelhos colidiram contra os meus , ele sentou-se tão perto, e meu estômago capotou com o toque casual. Murphy abandonou meu colo e subiu no de Romeu . Ele olhou para baixo , levantou metade da sua boca, e o alisou por trás das orelhas . " Achei que você estaria aqui ", disse ele . " Apenas terminando alguns estudos. Sair com Murph ", eu respondi . "Posso sair também? ", Perguntou. "Claro." Eu não sei por que as coisas de repente pareciam estranhas entre nós. Eu não sabia o que dizer ou como agir. Só porque nós nos beijamos algumas vezes não significava que estávamos namorando ou juntos. Ele beijou muitas meninas . Eu sabia que eu não era ninguém especial. O que eu não entendi foi o agasalho. Por que ele queria tanto que eu usasse. Eu ouvi os sussurros essa tarde. Ninguém nunca tinha sido marcado usando aquilo daquele jeito. " Você não está usando minha camisa ", disse ele , como se ele soubesse onde minha mente tinha ido. "Eu não queria ficar com pelo em todo lugar. " Eu gesticulei para Murphy. "Eu só tenho feito com a prática ", disse ele, e parecia que era mais para preencher o silêncio do que qualquer outra coisa. " Você parece cansado , " eu disse honestamente . Ele me deu um olhar tímido . " Eu estou exausto pra caralho. " Em seguida, seus olhos brilhavam . " Mas não conte isto a ninguém. Eu tenho uma reputação para proteger . " 279


Eu sorri, mas não durou muito tempo . Ele tinha uma reputação para proteger . Era exatamente por isso que eu não conseguia entender que ele estava aqui comigo. Meu telefone tocou ao meu lado. Segundos depois, o de Romeu também. Peguei o meu e olhei para o mais recente Buzz. Senti o sangue drenar da minha cabeça. Era sobre mim. O BuzzBoss me chamou de nerd. Não, pior ... uma hashtag nerd .Muito em breve eu estaria popular em toda as redes sociais da Alpha. Todos achavam que eu estava indo atrás de Romeo. Eu suspirei porque estava pirando ridícula. O som alto fez Murphy procurar a mão de Romeo. Ele estava olhando para sua tela também. Eu sabia que ele estava vendo a mesma notificação que eu estava. Seus olhos se levantaram para os meus. Eu pulei , levando meu livro comigo, e caminhei para onde minha bolsa estava e comecei a arrumar tudo. Quando me virei , ele estava ao meu lado, Murphy em seus braços. "É apenas o estúpido BuzzFeed ", ele murmurou. " Ninguém presta atenção nele de qualquer maneira. " Eu ri. " Você ainda acredita nisso? " Seu olhar era ilegível quando cheguei para Murphy e puxei-o contra o peito . "Você deveria ir." "Você está louco."

280


" Sim, talvez eu esteja. " " Eu não escrevi aquele Buzz ", disse ele . "Não é o estúpido Buzz! " Eu chorei. Então me arrependi. Suspirei e levou Murphy ao seu abrigo e coloquei-o suavemente para dentro. Depois de me certificar que tudo estava fechado , eu peguei minhas coisas fora da mesa, seu moletom com capuz, um desses itens. " Vou levá-la de volta ao campus ", disse ele . "Eu não acho que é uma boa idéia. " Seus olhos se estreitaram. Michelle veio e nos viu em pé fora da sala dos gatos. " Romeo ", disse ela com um sorriso largo. " Você veio para dar uma carona a Rimmel?" " Sim", ele disse suavemente , olhando para mim com um desafio em seus olhos. " Bom , eu não vou me sentir mal que eu tenho queficar até mais tarde . " " Está tudo bem? ", Perguntei. " Está tudo bem ", disse ela . "Nós temos um animal vindo de outro município e ele não vai estar aqui até tarde. " "Eu deveria ficar. " Eu comecei . " Você pode precisar de ajuda." Ela já estava balançando a cabeça. "Eu posso lidar com isso. Além disso, você tem aula amanhã ".

281


"Vou levá-la para casa", disse Romeo , colocando a palma da mão na parte inferior das minhas costas. Minha pele formigavam debaixo da minha camisa, e eu senti como ele estava me marcando. "Vejo você no sábado ! " Michelle me deu um aceno e desapareceu. "Vamos, " Romeo disse suavemente, me guiando em direção à porta . Fui com ele , porque eu não me sentia como andando . Lá fora, o ar estava amargo e eu cerrei meus dentes contra ele. " Você não gosta muito do frio, não é ? " ele disse , olhando para mim. "Eu sou da Florida. Frio como este apenas não é natural ". Ele riu . " Você poderia colocar isso, você sabe ", ele disse , apontando para o seu agasalho. "Eu estou bem", eu respondi e fui até subir em seu Hellcat . O interior ainda estava quente a partir de quando ele passou por cima , e eu suspirei quando eu me inclinei para trás. " Está com fome? ", Romeo perguntou quando entrou. "Eu estou morrendo de fome . " "Claro", eu disse. Ele levou para o mais próximo drive-thru e pedimos alguns hambúrgueres , algumas batatas fritas , e dois milkshakes . "A sua companheira de quarto está no dormitório ? ", perguntou. "Eu duvido. Ela nunca está ", eu respondi . 282


"Bom. Nós podemos comer lá. " Ele queria ir lá pra cima? " Eu não tenho certeza ", eu disse, trazendo de volta todas as minhas dúvidas . "Nós precisamos conversar, Rimmel ", disse ele suavemente. " Você está chateada e eu quero saber porque." Eu suspirei e empurrei meus óculos no meu nariz. "Você sabe porque." "Pode ser. Mas eu quero ouvir isso de você . " Não havia ninguém na sala quando fomos para o meu quarto . Graças a Deus , porque eu só podia imaginar o tipo de agitação que criaria . Eu me apressei para nós entrarmos e segurei minha respiração , rezando para que Ivy não estivesse aqui . Ela não estava, e eu relaxei quando a porta se fechou atrás de nós. Romeo tirou os sapatos , atirou a jaqueta sobre os pés da minha cama, e praticamente mergulhou sobre o colchão . Parecia pequena, com ele no centro. " Sinta-se confortável ", eu disse sarcasticamente. Ele sorriu e deu uma mordida enorme em um dos hambúrgueres. Enquanto mastigava, ele deu um tapinha no colchão ao lado dele. Eu hesitei , mas concordei e me sentei porque ele tinha a comida. Depois de esfregar um pouco de desinfetante perfumado para as mãos em minhas mão , eu desembrulhei um hamburger e dei uma pequena mordida . Romeo já estava em seu segundo hambúrguer.

283


"Essas calças jeans que você está vestindo são quentes ", ele disse depois de uma mordida. Olhei para cima e notei seu olhar aquecido e eu o senti embaixo no meu núcleo . Algo agitou dentro de mim e senti um desejo enorme. Eu suguei um puxão do shake de chocolate , esperando que isso fosse arrefecer as chamas. Isso não pareceu ajudar, porque ele viu meu lábios envolverem em torno do canudo e seus olhos escureceram até que fossem piscinas de safira . Eu tremi. Ele sentou-se e pôs de costas para a parede e mudou o saco de comida para o outro lado. Ele estendeu o braço como se quisesse que eu chegasse mais perto . Mudei-me apenas uma polegada , mas foi o suficiente. Ele me agarrou e me arrastou para o seu lado debaixo da dobra do braço dele. Minhas pernas esticaram ao lado das suas sobre a cama . Meus pés não chegavam nem mesmo no fim do colchão e sua ressaca. Ele parecia tão mais poderoso do que eu como eu comparei nossos corpos. Isso me fez desconfiar e um pouco louca tudo de novo. " Diga-me o que está comendo", disse Romeo, estendendo a mão para outro hambúrguer. Eu debati e então eu pensei , por que não? Esta era a maneira que eu estava me sentindo. Não ia desaparecer. Eu precisava me defender de mim mesma, porque se eu não o fizesse, ninguém mais o faria . Além disso, talvez fosse assustá-lo . Se o fizesse, eu não teria mais que me sentir assim. 284


"Eu usei sua camisa em torno do campus esta tarde ", eu disse. "Continuei usando, como você pediu " " Você provavelmente parecia fofa como o inferno ", ele murmurou. "Bem, eu com certeza recebi um monte de olhares e sussurros ". " É isso que você está chateada?", Ele perguntou, ainda comendo. "Quando eu terminei as aulas, eu parei de volta pela praça de alimentação. "Eu comecei. " Para pegar alguma coisa para mais tarde, e alguém me parou. " Ele fez uma pausa na comida e seu corpo ficou tenso ao lado do meu. "Foi uma garota ", eu disse , e ele relaxou imediatamente. Me deixou curiosa e parcialmente alarmada que ele pensou que poderia ser alguém. " Ela tinha longos cabelos negros e era muito mais alta do que eu. " "Poderia ser qualquer uma ", disse ele . Eu o cutuquei nas costelas . " Está dizendo que eu sou baixa?" " Chamando como eu a vejo, Smalls ", ele brincou. Eu disse a mim mesma não me encantar. " Ela tinha visto a camisa. Seu nome, "eu disse, o charme evaporando como água em um dia quente. " Ela me disse que você ia ficar entediado, que você sempre fica entediado, e quando você ficasse, eu seria apenas mais um entalhe no seu cinto . " 285


" Rimmel . " Romeo disse meu nome com um suspiro. Ele abandonou o hambúrguer de seu invólucro e colocou o braço livre em torno de mim para me puxar mais perto. Meu corpo derreteu nele até que eu percebi que não poderia deixá-lo me abraçar . Não agora. Eu deixaria tudo e qualquer coisa que ele dissesse se tornar verdade . Eu me afastei e ele me deixou ir. Eu escorreguei para fora da cama e me levantei. Eu senti seu olhar , mas não me virei para olhar para ele. Eu não podia. Seus olhos azuis me enfraqueceriam. "As meninas vão ficar com ciúmes . Aquelas com quem transei e as que querem transar," ele disse. Olhei para ele, então. "Você transou com um monte de garotas ", eu disse. " Sim, eu fiz ." Ele olhou diretamente para mim. Eu não estava esperando isso. Eu não estava esperando uma resposta tão simples, honesta. Ele disse isso, sem tentar dourar a pílula . Ele disse isso sem tentar suavizar o golpe com seu sorriso. A parede que eu estava segurando entre nós rachou. Eu respirei e continuei. "Isso é a coisa , Romeo . Você poderia ter qualquer garota que quisesse. Por que você está aqui agora ? Por que você insistiu que eu vestisse seu nome hoje? " Seus olhos se estreitaram como algo que eu disse o irritou . " Você está dizendo que não é boa o bastante?" Eu ri e espalhei meus braços bem abertos. "Sério ?" Eu disse . "Olhe para mim! Eu não sou alta e de pernas longas . Eu não gosto de festa . Eu não 286


tenho modelo perfeito de cabelo ou roupas de grife . Eu não uso maquiagem . Eu ronco quando eu rio e eu uso óculos." "Então você acha que eu sou superficial? ", Disse ele, o músculo em sua mandíbula assinalando enquanto olhava ausente. "Não. Sim ", eu disse , confusa. "Eu não sei ! "Eu gritei . " Então deixe-me ver se entendi ", disse ele. "Você está chateada porque as meninas estão sendo mesquinho, o BuzzBoss está te chamando de nerd, e porque apesar de tudo isso, eu ainda estou aqui ? " "Sim!" Eu atirei para fora . Por que você ainda está aqui ? Ele esfregou a mão no rosto como se estivesse cansado. Eu estava cansada demais . De repente , eu estava tão cansada demais. Ele se materializou atrás de mim. eu senti seu calor contra minhas costas . Seus braços sólidos enrolaram em volta da minha cintura e me puxaram para seu peito e ele baixou o queixo no meu ombro. "O que você quer de mim? " Eu sussurrei. Ele virou a cabeça e deu um beijo na curva do meu pescoço. Meus olhos deslizaram fechados. "Agora ?", Ele respirou, suas palavras ventilando para fora toda a minha pele . " Agora eu quero te beijar." Excitação correu pela minha espinha e meus dedos se curvaram contra o chão. "Posso te beijar agora, Rimmel? "

287


Eu balancei a cabeça . Talvez eu não devesse deixá-lo me tocar ou me beijar, mas eu o queria desesperadamente. Ele se afastou e me guiou ao redor. Ele não se moveu como se estivesse apressado; ao invés, ele se aproximou o mais próximo que pôde. nossos dedos saltaram juntos e ele lentamente colocou seus braços em minha volta, me puxando, assim fiquei arqueada, e empurrou minha cintura mais longe. Uma de suas mãos deslizou pelas minhas costas e segurou a parte de trás do meu pescoço , inclinando minha cabeça para trás , então eu estava totalmente aberta para ele . Eu fui pega na onda azul de seus olhos. Eu me enrolei apenas na sensação dele contra mim , e uma nuvem de desejo se instalou no quarto. " Você me perguntou por que eu estou aqui", ele murmurou, inclinando-se de modo que ele estava tão perto que seus lábios escovaram os meus enquanto ele falava. " É por isso que estou aqui , Rimmel . Você não pode sentir isso também? " Meus olhos se fecharam e eu assenti. O pequeno movimento colidiu nossos lábios totalmente juntos e nenhum de nós se afastou. Uma vez conectados, nós estávmos fundidos juntos. Meus braços se envolveram em torno de seu pescoço, e eu me inclinei na ponta dos pés para ter melhor acesso à sua boca. Romeo gemeu profundamente em sua garganta e aprofundou o beijo . Faíscas de eletricidade me queimaram e calor reuniu em meu centro. A língua dele deslizou entre meus lábios e acariciaram sobre os meus dentes para se enroscar com a minha língua também disposta. Meu cérebro cresceu distorcido e meus membros pesados enaquanto ele continuou a trabalhar a minha boca como se ele 288


soubesse exatamente como fazer o meu corpo sucumbir a ele. Quando senti que meus pulmões iriam estourar , ele quebrou o contato , mas não se afastou. Conforme eu puxei em respirações profundas de ar, seus lábios deslizaram em toda a minha mandíbula e para minha orelha, onde elepuxou meu lobo com os dentes e enviou calafrios de prazer correndo através da minha pele . Meus braços caíram de seu pescoço e agarrei seus bíceps enquanto ele explorava no meu pescoço, lambendo e mordendo. Eu gemi quando ele deslizou de volta, e eu virei a cabeça para beijá-lo novamente . Romeo me levantou assim que meus pés não estavam tocando o chão e me colocou do outro lado da cama, chegando em cima de mim com seu tamanho considerável . Olhei para ele com olhos atados de paixão e ele sorriu para mim com os lábios ligeiramente inchados. Estendi a mão para ele e ele me encontrou a meio caminho , acariciando a minha língua com a dele enquanto sua mão mão encontrou a barra da minha camisa e deslizou para cima através do meu estômago. Eu sosseguei porque a sensação era nova, e ele recuou um pouco para olhar para baixo. "Eu não vai fazer nada que você não queira " . Levou um momento para suas palavras penetrarem no meu cérebro nebuloso, e eu assenti. "Eu só quero tocar em você , baby ", ele murmurou, sua voz rouca . "Tudo bem?" Eu me arqueei contra sua mão , dando-lhe a minha resposta e melhor acesso a minha pele ao mesmo tempo. Meu corpo estava em chamas embaixo dele e seu toque era como a água fria que acalmava as chamas. Seus lábios se fundiram com os meus uma

289


vez mais e nós nos beijamos indefinidamente enquanto as pontas dos dedos dele arrastaram pelo meu estômago e provocaram o cós da minha calça jeans. A mão dele era tão grande que, quando ele deitou sua palma da mão sobre minha barriga, ele quase cobria todo meu abdômen. Ele murmurou algo ininteligível contra a minha boca enquanto explorava para cima até que as pontas de seus dedos acariciaram a parte inferior da minha mandíbula. O resto de seu corpo estava ao lado de meu, nós tocamos meus pés todo o caminho . Ele se inclinou sobre mim para que eu pudesse sentir o seu peso, mas o suficiente dele estava no colchão para que eu não fosse esmagada. No segundo em que seus dedos roçaram o tecido do meu sutiã , as chamas que ele estava mantendo sob controle se enfureceram . O desejo em meu sangue triplicou e eu fiz um pequeno ruído na parte de trás da minha garganta. Eu queria mais. Eu queria tanto muito mais. Romeo se afastou para olhar para baixo, mas manteve uma mão onde estava. Com a outra mão, ele alcançou e puxou suavemente meus óculos, e cuidadosamente os colocou para o lado. Em seguida, ele se inclinou e apertou beijos ultra-macios em cada uma das minhas pálpebras trêmulas. Um suspiro suave expulsou de meus lábios e seus dedos se contraíram contra mim como se estivesse tentando se conter . "Tudo bem ? ", Ele perguntou , avançando um pouquinho. Meus seios estavam inchados com a necessidade e eu sussurrei : "Sim, " enquanto eu enfiava os dedos através de seu cabelo e o puxava de volta para baixo para mim. Sua mão deslizou todo o caminho até em cima e segurou meu peito pequeno . Ele o 290


espalmou inteiramente, dando-lhe um aperto suave e fazendo doer meu mamilo duro. A pressão de seu beijo aumentou , e eu apertei meus dedos em seu espesso cabelo loiro . Eu amei a forma como ele se sentiu entre meus dedos . Eu me alegrava com a suavidade . As sensações correndo pelo meu corpo foram quase esmagadoras. Meus dedos e joelhos tremiam com a necessidade e meu estômago pulou até mesmo como se outra parte de mim pedisse mais. As mãos de Romeo eram gentis, mas deram tanto prazer. Ele massageava meu peito e passou o dedo sob a alça do meu sutiã contra a pele lisa do meu ombro . O ar frio roçou meu abdome exposto, e o beijo que nós compartilhamos continuou. Eu me mexi embaixo dele, querendo ainda mais, e minhas mãos deixaram seu cabelo para pegar sua mandíbula. Ele se afastou e olhou para mim. O quarto estava escuro , mas mesmo na luz desbotada, vi o quanto eu o afetava. Ele estava atraído por mim; isso era dolorosamente claro . Se eu não podia ver isso em seus olhos, eu certamente poderia sentilo contra o meu quadril. Ele balançava contra mim inquieto enquanto ele olhava para o meu rosto. Eu não conseguia desviar o olhar. Eu estava cativa dele. Enquanto me observava , seus dedos mergulharam nas bordas do meu sutiã e puxaram o tecido para baixo . Ele cedeu, e sua palma cobriu meu peito nu e apertou. Meus olhos se fecharam e minha cabeça caiu para o lado. Ele acariciou meu pescoço enquanto seus dedos encontraram meu mamilo e o rolou entre os dedos. Minhas mãos não mais o seguraram. Elas caírram ao meu lado , mas quando ele mais uma vez se moveu contra mim , agarrei seus quadris e meus lábios alcançaram os seus mais uma vez. 291


Seu beijo era todo o meu universo, tanto de modo que eu não ouvi a porta abrir. Eu não ouvi o suspiro surpreso de Ivy . Eu o teria beijado se ele não tivesse levantado a cabeça. Ele olhou para cima, seu corpo só endurecendo um pouco , e eu olhei para ver o que chamou sua atenção. "Merda ! " , Disse Ivy , seu corpo congelado na porta e surpresa escrita em todo o seu rosto. Abaixei meu rosto no espaço entre o ombro e o queixo de Romeo , escondendo porque ela nos pegou, mas também porque eu ainda estava tremendo de necessidade e não queria que ela visse. " Hey ", disse Romeo . "E aí?" "Uh , um ... " Ivy gaguejou . Eu sorri em seu pescoço porque Ivy ficava sem palavras. "Eu posso simplesmente voltar. " "Tudo bem ", disse Romeo , sua voz ainda um pouco profunda com paixão. "Você pode ficar." Decepção queimou em mim, mas então eu percebi que era o melhor. Eu estava me deixando levar muito longe. Romeo ajustou meu sutiã sob meu top e puxou sua mão livre. Minha pele já doía por ele, sentindo falta do seu toque. Eu ainda estava me escondendo contra ele, e ele riu e envolveu um braço em volta da minha cintura para me arrastar junto com ele enquanto ele se sentava contra a parede. Olhei para Ivy e vi que ela estava debatendo sobre o que fazer . Notei algumas meninas que andavam no corredor, tentando ver o que ela estava olhando. 292


" Feche a porta , Ivy. " Eu lembrei. "Certo. " Ela fez e , em seguida, entrou em no quarto. Seu olhar ficava voltando para trás e adiante entre Romeu e eu como se ela quase não pudesse acreditar em seus olhos. Um sentimento engraçado se arrastou em meu estômago, e algumas das coisas com as quais eu tinha me preocupado antes de começarmos a ficar elevaram suas cabeças feias. Então me lembrei que na noite na fogueira Romeo tinha andado com Ivy para o carro. "Vocês dois se conhecem? "Eu disse, sentando-me um pouco. Romeo manteve seu braço em torno da minha cintura. Ivy abriu a boca, mas Romeo falou antes que ela pudesse. " Vamos para as mesmas festas. Ficamos juntos há algumas semanas, não foi? " Ivy corou. Ela olhou para mim. Eu estava surpresa também. Surpresa que ele só falou isso assim. Era quase como se ele estivesse apenas colocando pra fora, então isto não estaria entre nós. A parede dentro de mim rachou novamente. " Hum, sim ", disse Ivy. "Na fogueira. " Romeo assentiu. " Missy está namorando Braeden . " "Eles estão apenas se divertindo ", Ivy e eu respondemos no mesmo exato momento. Nós dois nos entreolhamos e rimos. Romeo sorriu. " Ah , sim. Isso parece com Braeden . " 293


" Eu pensei que era o seu lema também?" Ivy disse, levantando a sobrancelha esculpida para ele. " Isso é o que eles dizem. " Ele não confirmou ou negou, e isso me frustrou. Hoje à noite a única coisa que eu aprendi foi que meu corpo queimava por ele. Ele deslizou para fora da cama e ajeitou as roupas. Ele parecia preencher o pequeno espaço. Ivy clicou em uma lâmpada em seu lado da sala e caiu sobre a cama para nos assistir. Os olhos de Romeo deslizaram até meu peito e ele sorriu lentamente. Em seguida, ele levantou seu capuz do chão e o jogou para mim. "Está frio. Você deve colocar isso. " Olhei para o meu peito e fiz uma careta. Ambos os meus mamilos estavam tão duros que você podia vê-los através das minhas roupas. Eu peguei a camisa e atirei os olhos para Ivy , mas ela não podia ver. Sua visão estava Bloqueada por Romeo. "Me leva lá fora?", Ele disse, encolhendo os ombros dentro da jaqueta. "Claro", eu disse. Depois de colocar na camisa, eu agarrei o saco de comida que que tínhamos comido apenas a metade e peguei seu shake e o entreguei a ele. " Aqui . " Corei . " Você realmente não chegou a comer." " Engraçado ", disse ele , aproximando-se. " Eu não estou mais com fome . " Do outro lado da sala, eu pensei que Ivy iria morrer .

294


"Eu já volto , " eu disse a ela , colocando meus óculos de volta . Ela balançou a cabeça e moveu a boca , Oh meu Deus . Eu sorri . Eu não pude evitar. Saímos no hall e tudo ficou em silêncio . Vários conjuntos de olhos, todos se viraram e se prenderam em Romeo. "Senhoras ", disse ele e deu-lhes todo seu sorriso megawatt. Em seguida, ele passou o braço em volta dos meus ombros e me levou para a escada. Quando a porta da escada fechou atrás de nós, todo o corredor explodiu em vibração.

295


CapítuloVinte e Seis #VocêSoube? #ANerdÉaNovaSexy ...Alpha BuzzFeed

Romeo " Então, você e Ivy? " Rimmel perguntou quando nós saímos do prédio para a calçada. Eu mencionei isso de propósito lá em cima. Eu queria que ela perguntar sobre isso . Eu estava preocupado que Ivy poderia usála para chegar até mim. Arrogante ? Sim. Impossível? Não. Eu sentia uma necessidade gritante de proteger Rimmel. Além disso, tentando esconder minha ficada de uma vez com sua colega de quarto ou alguma menina em este campus era estúpido . Notícia se espalhava muito rápido. A última coisa que eu precisava era de alguma cadela para encurralar Rimmel no campus e derramar um monte de detalhes que elas embelezaram só para irritá-la . Merda, isso já aconteceu hoje .

296


Quando eu a encontrei primeiro hoje à noite , eu podia sentir o espaço entre nós. Eu não tinha gostado. Isto fez alguma coisa em mim me sentir oco. " Não existe eu e Ivy. Nunca existirá . " " Mas vocês dois transaram? " "Nós ficamos. Eu fiz mais com você hoje à noite do que eu fiz com ela " . Ela abaixou a cabeça no meu peito, e eu sorri. Ela trouxe esses sentimentos ternos em mim que eu nunca tinha experimentado com ninguém antes. Eu usei a mão que já estava envolta em seu ombro e puxei sua trança. " Algumas meninas vão provavelmente vai dizer merda, Rim ", eu disse . "Algumas cadelas serão desonestas. " Ela riu e olhou para mim quando nós paramos ao lado do Hellcat . " Algumas cadelas?" Eu sorri . "Só mantendo real. " Ela balançou a cabeça . Eu deixei cair meu braço em torno dela e peguei o queixo dela com minha mão e olhei em seus olhos. " Quando isso acontecer, venha até mim . Eu vou te dizer a verdade, mesmo que eu ache que é algo que você não queira ouvir . " Ela procurou meus olhos, procurando algo. Eu não sei o quê. Eu vi a dúvida em seu olhar, a cautela. Isto fez o meu estômago apertar. Mas, novamente, as palavras que eu acabei de falar me fizeram sentir assim também. Eu estava me pintando em um canto . Eu era um imbecil. Aqui estava eu dizendo a ela que eu ia ser honesto quando eu não estava inteiramente. Sim, eu seria honesto sobre todas as mulheres com quem eu tinha estado. Mas 297


como eu poderia contar a ela sobre a fraternidade ? Sobre o que eu precisava fazer para proteger a minha promessa? Ela nunca falaria comigo novamente. "Ok", ela respondeu baixinho, me puxando fora da minha própria cabeça. " Você ainda está brava comigo ?", Perguntei , liberando seu queixo. Ela inclinou a cabeça para o lado. "Brava? Não. Confusa? Sim." " Eu posso trabalhar com isso", eu disse. Ela sorriu. " Eu tenho que ir para a festa Omega amanhã à noite . Venha comigo." Seu sorriso caiu fora. "Isso não é minha coisa. " "Eu sou sua coisa? " Eu lhe dei um sorriso. "Eu ainda não tenho certeza." Eu coloquei a mão sobre o meu coração como se eu estivesse ferido . Na realidade, isso me fez respeitá-la. A maioria das meninas caiu toda sobre me dar a resposta que eu queria ouvir. Se eu tivesse perguntado a qualquer uma outra para ir comigo, elas teriam disse que sim antes que eu terminasse de perguntar. E ela não estava nem mesmo jogando duro para conseguir. Ela estava apenas sendo ela mesma. " Vamos lá, você pode se divertir. " Ela fez uma careta. "Eu duvido." 298


"Eu estarei lá." "E cinquenta de suas conquistas ", ela murmurou. Eu sorri . "Alguém está com ciúmes. " Ela me deu uma olhada. "Talvez cinqüenta dos meus vão estar lá também. " Eu sabia que ela estava brincando, mas apenas as palavras me fizeram agitar com um sentimento que eu não gostei. Foi tão rápido que eu fiquei em silêncio, chocado. " Romeo ?", Ela perguntou quando eu apenas fiquei lá. "Eu estava apenas brincando. Você poderia ter pelo menos fingido estar horrorizado. " Eu agarrei a mão dela e a trouxe até meus lábios para pressionar um beijo em sua palma . "Eu não gosto da idéia de alguém tocar em você . " Seus olhos caíram para a mão dela. " Venha comigo amanhã", eu disse, deixando os meus lábios escovarem contra ela quando eu falava. "Se eu não gostar, você vai me trazer para casa?" " Sim. " Mas eu ia me certificar que ela se divertisse. "Ok, " ela concordou provisoriamente. Quando eu puxei a mão dela, ela caiu no meu peito. Inclineime e tomei meu tempo, beijando-a..

299


Quando eu puxei para trás, ela estava sem fôlego. "As pessoas provavelmente estão nos observando através das janelas." "E daí?" Ela balançou a cabeça e me deu um olhar desnorteado. " Lembre-se do que eu disse . Se alguém incomodar você, venha até mim. Se você não pode me encontrar, vá até Braeden . " "Eu posso cuidar de mim mesma." "Eu sei. Mas eu quero." " Vejo você amanhã ", disse ela , não concordando ou discordando . " Hey , nós podemos pular a tutoria ? Eu quero ir para casa depois do treino e ficar pronto. Nós podemos estudar depois no fim de semana. " "Claro." Observei-a andar para a calçada, longe do Hellcat . Suas pernas finas presas debaixo da camisa de tamanho grande e a escrita era enorme nas costas . Meu peito inchou um pouco quando vi meu nome praticamente marcando-a. "Ei," eu disse, e ela se voltou. Corri para a frente e peguei-a pela cintura , levantando-a do chão para que ela eesrivesse no mesmo nível com o meu rosto. Ela riu e o som me encheu por dentro . "Me beija." Rimmel estendeu a mão e a deslizou lentamente sobre meu ombro e a parte de trás do meu pescoço. Seus pequenos dedos 300


mergulharam no cabelo na base da minha cabeça e me puxaram mais perto. Ela deslizou seus lábios macios, gostosos nos meus e mergulhou provisoriamente sua língua onde eles se separaram . Eu abri para ela de bom grado e logo nós dois estávamos respirando com dificuldade, arfando. Eu amaldiçoei minha respiraçao quando eu percebi que estávamos fora. Devia ser apenas um beijo. Claramente, eu não podia beijá-la sem perdê-la. Eu a coloquei para baixo na calçada e a segurei até que eu sabia que ela estava firme em seus pés. "Eu vou esperar até que você esteja lá dentro", eu disse. Ela foi e eu fui para casa. No caminho, eu percebi uma coisa. Vê-la não acalmou a guerra interior em mim. Só fez piorar.

301


CapítuloVinte e Sete #Notícia de última hora Romeo e Julieta é tããão século passado Agora é Romeo e Rimmel #(desenho de coração) ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Ivy estava me esperando em nosso quarto como eu sabia que ela estaria. Quando entrei, ela praticamente me atacou. " Aimeudeus", ela se emocionou, passando as palavras juntas . " Você tem escondido de mim!" Eu dei-lhe um olhar. "O que você quer dizer?" "Ele não te deu aquele agasalho porque você estava com frio . " Eu suspirei . "Olha, eu não sei o que está acontecendo entre nós, se alguma coisa. " " Não parecia " alguma coisa ” para mim. " Ela pegou o telefone e segurou a tela para fora para eu ver . "Mesmo o mais recente Buzz é sobre vocês dois." Hashtag coração? Isso foi totalmente charmoso. 302


Mas eu precisava lembrar que não estávamos juntos, não oficialmente. "Provavelmente não parecia assim quando você ficou com ele na fogueira ", Eu disse friamente. Ela fechou a boca. Procurei em torno para obter alguns PJs . Uma vez que eu os encontrei, eu agarrei o meu pequeno saco cheio de coisas do meu banheiro e fui para o banheiro compartilhado escovar os dentes e me preparar para dormir. Eu usava a camisa de Romeo no banheiro, então eu a coloquei novamente uma vez que eu tinha vestido o meu shorts de dormir e a camiseta. Todas olharam para mim. Eu ignorei todas elas. A questão era que eu era melhor fazer isso do que me esconder no meu quarto. Eu tinha me escondido durante os últimos quase seis anos de minha vida. Eu estava cansado disso. Algumas meninas sorriram para mim no caminho e eu sorri de volta . Eu não poderia evitar, mas pergunto-me se elas estavam apenas sendo legal por causa de Romeo. Ivy estava de pijama quando voltei para o quarto. Pus as minhas coisas de lado e agarrei meu livro e fui para a cama. " Sobre Romeo ... " , ela disse. Eu olhei para cima . " É por isso que de repente você está sendo boa ? Porque você acha que estar perto de mim vai lhe dar outra chance com ele? " Ela foi surpreendida pela minha franqueza . Eu meio que estava também.

303


Mas Romeo parecia preocupado com as meninas e como elas iriam me tratar. E parte de mim se perguntava com quem mais ele estava tão preocupado que ele sentiu a necessidade de chapar seu nome em mim como se eu fosse um pedaço de propriedade. " Eu sempre fui boa para você ." Sua voz estava levemente ferida, e eu tinha uma pontada de dúvida. "Sim . " Eu concordei . "Você foi. Mas você nunca quis se sentar comigo no almoço ou convidou-me para ir a um jogo de futebol " . Ela olhou para baixo em seu colo. "Honestamente ? " " Isso seria ótimo ", eu disse . "Quando eu vi pela primeira vez a camisa em sua cama e você disse que estava tutoria ele, o pensamento correu pela minha mente. " Eu balancei a cabeça. " Mas isso foi antes que eu o vi com você. Ele está totalmente na sua " . " Não fique tão surpresa", eu murmurei. Ela me deu uma olhada. "Nós dois sabemos que você não é o seu tipo usual . " Ela estava certa. Era a mesma coisa que eu continuava dizendo a mim mesma. "Eu realmente não entendo também. " Eu admiti.

304


Seu rosto se suavizou. " Seu guarda-roupa poderia fazer uso de alguma ajuda séria. E uma escova definitivamente ajudaria o seu cabelo ", disse ela , e eu ri. "Mas você é uma pessoa muito boa , Rimmel . Você só precisa deixar pessoas entrarem. " Eu fiz uma careta. " Você meio que estive fechada. Você não torna fácil para as pessoas conhecerem você ou ser sua amiga. " Eu não podia discutir com isso porque eu era fechada. Eu tinha sido por muitos anos. A razão pela qual eu não tinha amigos era porque eu nunca deixei ninguém perto o suficiente . " Romeu meio que tem sido o quebra-gelo. Ele faz você um pouco mais acessível. " Isso me surpreendeu . "Ele faz?" "Bem , dã . " Ela revirou os olhos . "Ele é tão totalmente lindo ." Eu ri . " Ele é realmente quente. " Nós duas rimos . " Eu não vou mentir . Você estar com Romeo e sermos amigas vai totalmente ajudar na minha vida social ", disse ela depois que se acalmou . " Mas mesmo se você não estivesse com ele - ou o que quer que vocês sejam - eu ainda iria sair com você . " "Sério?" Eu perguntei, olhando-a nos olhos. "Sério." Eu acreditei nela . Ela não tentou me alimentar com alguma história deprimente sobre como ela estava feliz para mim e como 305


nós sempre tínhamos sido melhores amigas. Eu senti que ela disse a verdade. Além disso, seria bom ter uma amiga. " Obrigado, Ivy ", eu disse . Ela sorriu. " Então você está vindo para o Partido Omega agora? " "Ele me pediu. " Ela gritou . "Boa! Agora vou ter alguém com quem sair quando Missy quando ficar quente e pegar pesado com Braeden . " "Ela realmente gosta dele, hein ? " Ivy balançou a cabeça . " Ah, sim, mais do que ela vai admitir, mas eu sei . " "Sim. Notei também. " "Eu só espero que ela não se machuque. Caras como ele não ficam sempre. " Suas palavras me espetaram. Eu sabia que estávamos falando de Braeden , mas Romeo era seu melhor amigo. Eles eram certamente muito parecidos. Meu rosto deve ter revelado meus pensamentos, porque ela imediatamente disse: "Eu sinto muito. Eu não deveria ter dito isso. " Eu sorri. "Não. Está tudo bem . É verdade. Eu espero que Missy não se machuque . " 306


E eu também esperava que eu também não. O dia seguinte parecia se arrastar por até que as aulas acabaram e eu fui para o abrigo. Quando eu estava lá , o tempo sempre parecia voar. Ivy me mandou uma mensagem no início da noite ... e continuou mandando até que eu disse a ela que eu chegaria em casa e ia ajudá-la a escolher uma roupa. Ela não poderia querer minha ajuda. Nós duas sabíamos que eu era uma vítima total de moda. Eu estava ficando nervosa para esta noite. Eu nunca tinha ido a uma festa da fraternidade antes. Eu tinha certeza do que esperar realmente. Eu disse a mim mesma que era, provavelmente, um pouco como a fogueira quando Ivy me chamou para vir buscá-la. Aquilo não pareceu muito ruim. Parecia que havia um monte de lugares que eu poderia encontrar para me esconder. Depois que eu passei algum tempo com Murphy e alguns dos outros gatos, eu voltei para o dormitório. Ivy tinha roupas por toda a sua cama e empilhadas no chão. Ela tinha facilmente o triplo da quantidade que eu tinha. "Por que demorou tanto ?", Ela disse quando eu entrei. "Não tenho nada para vestir! " " Parece que você tem metade do departamento de uma loja ", observei. "Eu não estou vestindo shorts ", disse ela , olhando sobre as coisas dela . " Eu congelei minha bunda da pultima vez. " "Então, use jeans ", eu disse e me sentei na cama. Meu estômago vibrou com a ansiedade e eu olhei para o relógio . Eu 307


não tinha certeza da hora que Romeo estava vindo para me pegar, mas eu sabia que não seria por um tempo ainda. Eu não tinha falado com ele durante todo o dia. Eu meio que gostei da pausa. Não que eu não quizesse falar com ele, eu fiz. Eu pensava nele constantemente. Mas foi bom ter um respiro e, na verdade, ser capaz de pensar por um tempo sem ser levado por seus convincentes olhos de safira. Ivy tirou um par de jeans estrategicamente rasgados em um tom azul e desbotados e os deslizou. Ela tinha muito mais curvas do que eu e preenchia seus jeans em todos os lugares certos. "Eu gosto desses, " eu disse. "Você parece bem." "Sim? ", Ela perguntou e olhou no espelho. Eu balancei a cabeça. Então ela foi vasculhar através de seus tops e experimentou cerca de cinco - tudo parecia bom - antes que ela decidisse em um que era apertado, decotado , e preto. Em seguida , ela acrescentou cerca de vinte pulseiras em seu pulso, um par de brincos de argola de ouro , e um par de botas pretas. Ela fazia a boa aparência parecer sem esforço . "O que você vai vestir? ", Ela perguntou enquanto se sentava na frente de um espelho de maquiagem e pegava sua base. "Este ? ", Perguntei. Ela girou em seu assento. "Não. Absolutamente não." " O que há de errado com ele? ", Perguntei. " Você está vestindo moletom ", disse ela como se fosse óbvio.

308


"Está frio lá fora ... " , eu disse. Ela murmurou algo sob sua respiração e pegou o telefone e bateu em um monte de botões . Então ela virou-se para o espelho e começou a maquiar o rosto. "Coloque essas leggings pretas que você tem. " "Que leggings preta? ", Perguntei. Ela revirou os olhos . " Aquelas com que você dorme." " Você quer que eu vista pijamas ? " Eu estava boquiaberta. Isso era pior do que o moletom. " Leggings não são roupa de dormir. " Ela fez uma pausa, em seguida, acrescentou: " Bem, para ninguém além de você . " Eu lhe dei um olhar. " Você os comprou na seção de pijama da loja?" " Não", eu disse e suspirei. " Coloque-os ", ela ordenou . " Em seguida, coloque uma camiseta branca.. A menos folgada que você tiver." Eu não discuti , porque eu realmente não me importava com o que eu usava. Eu me preocupei como ia ser o frio apenas em uma camiseta, no entanto. Ela terminou a maquiagem poucos minutos depois, parecendo linda como sempre. " Sente-se ", disse ela , apontando para a cadeira que ela inha acabdo de desocupar. "Eu não vou usar maquiagem ", eu disse . Eu não tinha nenhuma idéia de como aplicá-la ou onde nada disso ia.

309


"Eu vou fazer o seu cabelo ", disse ela . Eu estava bem com isso . Eu sentei e ela puxou-o para fora do rabo de cavalo e começou escovando-o para fora . Fazia tanto tempo que caia a meio caminho pelas minhas costas . Estava escuro, a cor de castanho , e uma vez que ela tinha tudo escovado, ele brilhou na luz. Ivy produziu uma grande coisa que parecia uma varinha que estava plugada na parede e começou a enrolar o meu cabelo em torno dela. "Sério, " ela disse enquanto trabalhava, " se eu tivesse o cabelo como este, eu iria totalmente sacudir todos os dias. " " Você iria estar totalmente irritada por todos os dia. " Eu corrigi . "É tudo sobre os produtos ", disse ela e lançou-se em alguma lição sobre shampoo e condicionador. Eu só ouvi a metade . No meio de enrolar o meu cabelo , houve uma batida na porta , e meu estômago desistiu. Aquele já era Romeo? " Entre! " Ivy chamou, e Missy escorregou para dentro do quarto . Ela tinha uma pequena bolsa sobre seu ombro. "Hey," Ivy chamou. " Olhe para o cabelo dessa vadia. ", disse ela , dando um passo para trás e apontando para mim com aquela coisa na mão. Missy balançou a cabeça e suspirou. "É uma vergonha . " " Será que vai ficar ruim? " Eu me preocupava , tentando esticar meu pescoço para ver no espelho. Ivy me empurrou de volta no assento. "Inferno, não. É incrivel. É por isso que é uma vergonha . Vocês nem sequer

310


aprecia isso. " Missy fez um som na parte de trás de sua garganta enquanto concordava. " Você o trouxe? " Ivy perguntou a ela. "Está na minha bolsa. " Ela assentiu com a cabeça e continuei trabalhando. Elas tagarelaram sobre Braeden e outras pessoas que nem eles sabiam que eu não fiz, e eu totalmente me desliguei. Fiquei contente que Ivy tinha alguém para conversar além de mim pra variar. Eu realmente gostava dela, mas ela falva muito. Depois do que pareceu uma eternidade , ela colocou a coisa de enrolar para baixo e me fez virar minha cabeça de cabeça para baixo. Ela correu os dedos através dos fechamentos , bagunçou tudo que ela tinha acabado de fazer . Não fazia sentido para mim. Quando eu o lancei de volta , ela e Missy fizeram sons de apreço e acrescentou algum tipo de material claro , escorregadio para os dedos e trabalhou nele . Em seguida, ela vaporizou com um monte de spray de cabelo prometeu que não deixar meu cabelo parecer careta. Eu não lhe disse que esta foi a primeira vez que eu tinha deixado alguém me pentear (exceto o dia em que ela fez uma trança) . Eu quase nunca fui para cortá-lo. É por isso que era tão comprido. Quando eu fiz , eu só deixei o local com ele ainda molhado e deixei-o secar ao vento . "Estou morrendo de inveja ", Ivy disse, levantando-se para trás para admirar seu trabalho.

311


" Obrigado por fazer isso", eu disse, eu orando que eu não estivesse parecendo com um animal de estimação Chia ou algo assim. Levantei-me para ir olhar no espelho . "Espere!" Missy disse e pulou de minha cama. Ela estava usando um par de jeans skinny preto , saltos altíssimos e top vermelho com uma faixa preta fina que prendeu logo abaixo de seus seios . Ela chegou na bolsa que ela trouxe e retirou o blazer leopardo de veludo que ela tinha no outro dia. " Aqui , vista este " , disse ela. Olhei para o casaco e depois de volta para ela. " Você quer que eu use isso? " "Você disse que você gostou ", ela respondeu. "Eu gosto." Ela assentiu com a cabeça . " Você pode totalmente pegar emprestado. Isso vai combinar. " "Obrigada", eu disse, controlando-me um pouco. Todo esse tempo de garota estava me fazendo emocional. Eu escorreguei o blazer. Era tão suave no o interior como era do lado de fora. "Parece tão bom. " Missy sorriu. "Aqui", disse Ivy e entregou as minhas botas marrons forradas de pele . " Será que combinam ? ", Perguntei. "Sim", ambas as meninas disseram simultaneamente.

312


Eu as enfiei, grata pelo calor. Então eu fui para o espelho para ver . Eu fiz uma dupla tomada no meu próprio reflexo . Parecia impossível que fosse eu. Mas era. Eu só estive lá e olhei, incapaz de dizer qualquer coisa. Ivy e Missy tocaram as mãos e depois forvoltaram a falar sobre o qualquer coisa. Meu cabelo nunca pareceu tão bonito. Ele pendurava em cachos soltos sobre os ombros e para baixo nas minhas costas. Se dividia para o lado e parecia brilhante e elegante , assim como eu sempre quis ( mas nunca foi). Pela primeira vez, os meus óculos de aro preto não pareciam tomar ao longo de todo o meu rosto , mas parecia ter um pouco de equilíbrio. Virei-me um pouco para admirar a maneira que os cachos brilhantes caiam nas minhas costas e captavam a luz . As leggings pretas funcionavam totalmente como um equipamento real . Elas eram confortáveis e não me faziam sentir como eu estava tentando ser alguém que eu não era. Elas abraçaram meu corpo porque é isso que fazem as leggings , mas as botas cor de bronze vinham até a metade minhas panturrilhas e a camiseta branca estava solta o suficiente para que cobrisse a maior parte da minha bunda. O blazer era um pouco mais solto em mim do que em Missy, mas ainda parecia agradável . Parecia me fazer parecer que eu tinha mais de uma forma que eu realmente tinha. Ele terminava acima dos meus quadris e o marrom quente e preto parecia finalizar meu cabelo e botas.

313


Meu rosto estava sem maquiagem , mas eu fui para minha bolsa e tirei algum protetor labial de baunilha e o passei para dar aos meus lábios um ligeiro brilho. É incrível como um penteado e uma bela roupa podiam me fazer sentir . Eu desejei que minha mãe pudesse me ver. Eu me perguntei se ela teria ficado orgulhosa. Só de pensar nela me fez lembrar de algo que eu tinha guardado na gaveta de cima da minha cômoda, escondido por anos. Eu fui para ele agora e puxei -o para fora com cuidado, deslizando-o sobre a minha cabeça, tomando cuidado para colocá-lo sob todo o meu cabelo . Virei-me para Ivy e perguntou: " Será que combina? " Ela se virou e sorriu. "Está perfeito." Missy assentiu. Era um pingente em uma corrente de ouro, feito para parecer um camafeu. Era grande e oval , com um fundo preto e um quadro dourado ornamentado . No centro, havia a silhueta de uma mulher esculpida em branco . Os detalhes sobre a senhora era incrível. A peça tinha sido a minha mãe. Eu ainda me lembrava dela usando-a. Hoje à noite seria a primeira vez que eu me permitiria usá-lo em qualquer lugar que não fosse meu quarto. Poucos minutos depois , houve uma batida na porta. Meu pulso saltou e meu estômago caiu. Eu sabia que era Romeo . Eu podia sentir. Ivy me deu uma olhada e saltou para a porta para responder. " Hey ", disse 314


ela , ainda segurando a porta apenas parcialmente aberta. Ouvi sua voz mais profunda do outro lado e meus dentes afundaram em meu lábio inferior. " Ela está ali ", disse Ivy e abriu a porta todo o caminho. Minhas mãos ficaram suadas e eu resisti à necessidade de para limpá-las nas minhas coxas . Meus olhos colaram em seu rosto no segundo que ele apareceu e meus nervos aumentaram dez vezes enquanto eu me perguntava o que ele iria pensar sobre a maneira que eu parecia. Seus olhos me viram, em seguida, continuou, totalmente passando pela direita. Meu ego picado um pouco, porque eu não tinha ganhado um pouco de um olhar mais demorado. Mas então ele pareceu sacudir e seus olhos voaram de volta para onde eu estava. Eu sorri. Seus olhos se arregalaram e o reconhecimento bateu nele . Ele não tinha percebido que era eu. Mas agora ele percebeu. Ele deu um passo um pouco mais perto enquanto Ivy ria , e seu olhar comeu meu rosto e cabelo. Então seu olhar viajou para baixo no meu corpo todo o caminho de volta para os meus dedos , inverteu , e viajou de volta para cima novamente. "Puta merda ", ele respirou . Depois ele pareceu pegar a si mesmo e se apressou em dizer, "Você está bonita." Eu ri. "Obrigada." "Bem, meu trabalho aqui está feito ", disse Ivy. " Quando você chegar na festa, Rimmel, venha nos encontrar."

315


"Você não vai com a gente ?" Eu disse nervosamente. Romeo franziu a testa , mas , em seguida, virou-se para as meninas e disse: " Vocês podem , se quiserem. " Eu me preocupei que os olhos de Missy pudessem cair fora da sua cabeça. E quando o olhar de Romeo pareceu se estabelecer sobre ela, só piorou . " Braeden vem pegar vocês? " "Não", respondeu ela. " Eu estou indo de carro com Ivy. " " Tudo bem ", disse ele , apontando para todas nós. "Vamos lá." "Eu não me importo de dirigir ", apressou-se a dizer Ivy. " Vocês dois podem ficar sozinhos. " Ele parecia debater e olhou para mim. Seus olhos percorriam meu corpo novamente, e ele franziu a testa. " Não", ele finalmente disse . " Venham comigo. Então Rimmel não terá que tentar encontrar vocês no meio da multidão " . Ivy olhou para mim como se a perguntar se estava OK. Eu balancei a cabeça . " Vamos nos encontrar lá embaixo ", disse ela , e ela e Missy saíram da sala. Romeo olhou para mim e esfregou a mão sobre a parte traseira de seu pescoço. "Eu sabia que você era bonita, mas porra , Rimmel , " ele murmurou. "Eu meio que estou tendo segundos pensamentos sobre levá-la em torno de todos esses caras bêbados da fraternidade " . Eu realmente pareço tão diferente ? ", Perguntei.

316


Ele inclinou a cabeça para o lado. "Na realidade, você parece mais com você do que eu jamais vi . " Eu enruguei meu nariz. Aquilo não fazia sentido. "Quero dizer, o seu exterior corresponde ao seu interior." " Obrigada", eu disse, tocada pela afirmação. " Então, tudo com bem você e Ivy ?", Ele perguntou. "Está realmente bem." Ele assentiu. Mudei-me para passar por ele , e ele me pegou pela cintura . seus lábios esmagaram contra os meus instantaneamente, beijando-me ferozmente . Eu derreti contra ele e beijei volta com tudo que eu tinha . Suas mãos subiram até enterrar-se no meu cabelo e ele gemeu baixo em sua garganta . Eu alcancei entre o paletó e camisa para envolver meus braços em volta de sua cintura. Depois de alguns minutos de intenso beijo , ele me liberou e me pôs à distância. " Se não sair agora , nós nunca iremos." Na porta, ele parou e se virou . "Eu preciso da coisa que eu lhe dei para guardar " . Cavei-lo de debaixo do meu colchão e o estendi. Ele sorriu e estendeu a mão para ele , mas eu hesitei, depois olhei dentro da frente do meu blazer. Havia um bolso , então eu deslizei a plaqueta dentro. " Eu vou segurar isso até chegarmos lá."

317


"Tem certeza? ", Perguntou. Eu balancei a cabeça . Ele estendeu a mão e eu coloquei a minha na dele. "Você está pronta para a sua primeira festa da fraternidade ?", Ele perguntou. Pronta ou não, aí vou eu.

318


CapítuloVinte e Oito Pára... A #Nerd ficou gostosa ...Alpha BuzzFeed

Romeo A casa Omega era uma das maiores propriedades da fraternidade no campus. Estava instalada meio que atrás da estrada e um quintal muito verde Se estendia ao lado e por trás dela. Grandes, árvores maduras preenchiam o espaço em torno da casa, dando -lhe uma sensação mais privada, muito embora ela era localizada na borda do campus. A Casa Omega era um grande edifício de pedra . Só de olhar para ele, você sabia que estava cheia de história. Havia uma placa na parede da porta dupla ampla da frente indicando que era um dos edifícios mais antigos no campus. Parecia uma caixa gigante com janelas retangulares que corriam ao longo de toda a frente em ambos os primeiro e segundo andares . A pedra não era o tipo feito pelo homem perfeitamente cortados ; ao invés disso, era em vários tons de castanho e marrom e arredondado , fazendo parecer que era literalmente cavada na terra e usada para construir uma casa formidável. A porta da frente era uma sombra desgastada de azul marinho e em cada porta larga estava um sinal com o símbolo Omega no 319


centro. Grandes, largos passos concretos levaram , dando lugar a uma grande pátio de concreto. A paisagem era excepcionalmente bonita considerando que um bando de caras vivia aqui . Era óbvio que o campus pagava para a manutenção do exterior . Grandes arbustos sempre verdes ladeando as extremidades das plantas de construção em variados tons de verde cresciam ao longo da frente . Na parte de trás do prédio, lembrei de antes, aquele com o clube secreto embaixo. Eu não podia vê-lo agora enquanto nós entrávamos no terreno do estacionamento e eu encontrei um ponto , mas eu sabia que era lá. Música estava bombeando através da noite, quando eu abri a porta e pulei fora do meuHellcat . O assento do motorista foi empurrado para a frente , e Ivy e Missy se desdobraram da parte de trás . Eu assisti Ivy de perto , tomando sua reação ao conseguir uma carona com a gente. Depois que ela ajeitou o seu top , ela olhou para mim e sorriu. "Obrigada pela carona, Romeo . " Não havia nenhuma agenda brilhando em seus olhos , e isso me fez sentir melhor. "A qualquer hora. " As duas meninas se moveram para ficar na extremidade do carro e já estavam tagarelando, mas naõ me escapou que Rimmel ainda estava escondida no banco do passageiro. Dei a volta e abri a porta. Com olhos grandes e escuros , ela olhou para mim através de seus óculos. Meu coração quase parou quando a vi pela primeira vez esta noite . Na verdade, meus olhos tinham pulado sobre ela , descartando o fato de que era ela. Eu nunca a tinha visto tão bonita. Talvez sua amizade com Ivy não fosse uma coisa tão ruim, afinal. Ela estava radiante, e eu sabia que não era só porque alguém tinha enrolado seu cabelo.

320


Eu queria ver mais deste lado dela. Não só porque ela parecia malditamente quente, mas porque ela parecia tão feliz . Eu podia sentir os nervos saindo dela, e me inclinei dentro da porta aberta e sorri. Eu estava um pouco nervoso também. Eu não tinha certeza sobre o que esperar esta noite quando eu entrasse com ela. Eu estava muito orgulhoso de tê-la em meu braço , mas eu também não quero mais ninguém olhando para ela. " Quer segurar a minha mão ?" Eu perguntei e sorri. Ela bufou e bateu nos meus dedos estendidos. " Deixe-me sair ." Quando ela estava ao meu lado , eu alcancei sua mão , entrelaçando os dedos juntos, e bati a porta do carro. Ela olhou para baixo, para onde eu a segurei . " Você não tem que fazer isso." "Eu sei . " Meus dedos apertaram ao redor dos seus. Os quatro de nós caminhamos através do terreno e para a calçada que descia para a casa. Eu podia ouvir as pessoas rindo e aplaudindo . Uma multidão se materializou fora para o lado, mas eu não lhes dei muita atenção porque havia pessoas em todo o lugar. Eles se espalhavam para fora da porta da frente e para a varanda da casa. Rimmel tropeçou um pouco enquanto caminhava, e eu soltei sua mão para embrulhar um braço em torno de sua cintura . Ela bateu no meu estômago. " Romeo ", ela sussurrou. Olhei por cima e tudo em mim acalmou. 321


O reitor estava caminhando em nossa direção com dois agentes de segurança do campus . "Senhor. Anderson , " o reitor disse com um olhar apertado em sua cara. " Há algum problema ?" Eu disse , liberando Rimmel e pisando ligeiramente na frente dela. Ivy e Missy pararam de andar e ficaram para o lado , olhando com os olhos arregalados. Eu queria dizer a eles para sair, mas eu segurei minha língua. Se as coisas corressem mal, eu precisaria de alguém aqui com Rimmel. “ Estou muito triste de me aproximar de você desse jeito ", disse o reitor , e nossos olhos se encontraram. Eu vi que ele não queria estar aqui , mas ele estava. " Sei que isso é exatamente um insulto a tal estudante ativo e promissor aqui na Alpha U, mas uma questão foi chamada para a polícia do campus e é dever deste universidade acompanhar. " Ah . Entendo. Então, quem os mandou aqui foi até o reitor e direto para a polícia do campus porque eles sabiam que o reitor não ia se divertir causando problemas para seu atleta estrela. Porra Zach . "Não é um problema ", eu disse facilmente , totalmente relaxado. "Você tem uma para defender . " "Recebemos um telefonema anônimo sobre um roubo no escritório do reitor " , disse um oficial, dando um passo à frente . "É claro que fomos ao seu escritório para confirmar que algo estava realmente faltando. Parece que sua placa de identificação despareceu " .

322


A mão de Rimmel alcançou sob o meu casaco e enrolou contra minhas costas. Eu sabia que ela estava pensando no objeto que eles estavam atrás e sua presença em sua jaqueta. " Como eu disse ... " O reitor falou com os oficiais. "Eu não tenho certeza do que aconteceu com ele . O serviço de limpeza poderia tê-lo batido fora da mesa e quebrado . " "Temos de dar seguimento a todas as derivações da questão de roubo " , respondeu o oficial . "Claro . " O reitor fez sinal para mim. " O que isso tem a ver comigo ? " Eu perguntei como se estivesse entediado. " Temos razões para acreditar que você é aquele que pegou. " Eu ri. "Como se eu não tivesse nada melhor para fazer do que roubar merda do reitor ? " O oficial que não tinha dito nada até agora parecia envergonhado . Seu amigo , no entanto, não seria dissuadido . Eu apostaria dinheiro que Zach lhe pagou para fazer isso aqui e agora. Uma pequena multidão se reuniu não muito longe de onde estávamos e assistia com atenção apropriada. Zach não só estava tentando me manter fora do Omegas, mas ele também estava tentando destruir a minha reputação. Bastardo dissimulado. "Por favor, esvazie os bolsos ", o oficial disse.

323


" Você está falando sério ?" Eu perguntei bruscamente. Todos olharam para o reitor , que parecia como se ele tivesse um caso grave de diarreia. "Temo que ele esteja." Eu dei de ombros . "Certo. Não tem problema . "Eu me virei ligeiramente para Rimmel e curvei minha mão em torno de seu cotovelo para conduzi-la a poucos passos para ficar ao lado de Ivy. "Fique aqui." Seus olhos estavam ansiosos quando ela olhou para mim. Eu pisquei . Eu fiz um show alcançando os bolsos da jaqueta do meu time , mostrando que eles estavam vazios. Então eu a deslizei para fora dos meus ombros e Joguei-a para o oficial. " Sinta-se livre para verificar dentro ", eu disse a ele. Enquanto ele fazia isso , eu entreguei meu celular para Rimmel e tirei os bolsos dos meus jeans. Então eu tirei os sapatos e os segurei de cabeça para baixo e levantei os tornozelos do meu jeans para mostrar que eu não tinha nada em minhas meias. "Roman ", disse o reitor , a preocupação em seu tom, " você não tem que ir tão longe. " " Sim, eu sei ", eu disse . "Eu quero ter certeza de que todo mundo aqui sabe que eu não sou ladrão. "Eu disse alto o suficiente para que sussurros irrompessem através da multidão assistindo. Então eu alcancei a barra da minha camisa e puxei-a sobre a minha cabeça em um fluido movimento. Algumas meninas na varanda assobiaram e vaiaram . Eu acenei para elas.

324


Estendi meus braços e girei, deixando a camisa pendurar nos meus dedos. "Eu acho que é bastante óbvio que eu não estou escondendo nenhum bloco de madeira. " Então eu parei e sorri. Eu alcancei para a fivela do meu jeans . "Devo tomar estes fora também? " Eu dirigi a questão ao oficial com o meu casaco. Ele corou . "Isso não será necessário. " Todo mundo ficou em silêncio quando eu coloquei meus sapatos e camisa de volta . Quando cheguei para a minha jaqueta, o oficial disse: "Eu vou precisar revistar o seu veículo " . Eu ri e atirei-lhe as chaves. " Fique à vontade . É o Challenger verde ali adiante." "Nós sabemos qual deles é , " o oficial tranquilo murmurou. Olhei para Rimmel e seus amigos. " Vocês, senhoras, vão na frente . Eu vou assistir Barney e Fife aqui para me certificar de que não vão arranhar a minha pintura. " Ivy e Missy olharam para os policiais antes de se virar para ir embora. Rimmel hesitou, seus olhos nunca me deixando. " Está tudo bem ", eu disse . "Eu estarei bem atrás de vocês." " Quem é essa? ", Disse o oficial , pisando mais perto para olhar Rimmel. Meu nível de irritação disparou. Girei, impedindo-a de ser vista. "Ninguém com que você precisa se preocupar ". "Bem, se ela está com você" 325


"Ela não está ", eu disse, com força. O reitor entrou em cena . " Nós não viemos aqui para assediar os nossos alunos . " Olhei para baixo até que o oficial lamentou e se virou para o meu carro. É claro que eles não encontraram nada. Ttudo o que eles fizeram foi parecer um bando de idiotas . Quando o líder da caça às bruxas mencionou procurar no meu quarto, eu ri . "Eu moro em uma propriedade privada, não no campus. Se você quiser procurar no meu lugar, você vai precisar ligar para o meu pai, Anthony Anderson . Você deve conhecê-lo? ", Perguntei. "Ele é um advogado. " " Isso não será necessário ", disse o reitor imediatamente. " Senhores, eu acho que é óbvio que a dica que receberam foi um desperdício de rempo de todo mundo." Os oficiais saíram e antes de o reitor os seguir, ele olhou para mim se desculpando. "Eu sinto muito sobre isso, Roman. " "Obrigado", eu respondi. Três passos para a festa, ouvi o oficial dizer: " Isso é uma festa da fraternidade ? Talvez nós devessemos-" "Não", o reitor disse em voz alta . "Você já nos fez parecer como grandes idiotas o suficiente por uma noite. Vamos lá." No meu caminho para dentro, a multidão se reuniu em torno enquanto eu passava. Passei um tempão apertando as mãos, 326


rindo , e jogando conversa fora com pessoas com quem eu realmente não queria falar. Eu queria ficar com Rimmel. E então eu queria bater em Zach. No interior, a multidão era considerável, mas não foi difícil encontrá-la. Meus olhos pareciam saber exatamente para onde olhar. Ela estava de pé sobre o barril entre Ivy e Missy com uma cerveja na mão. Ela parecia totalmente fora de seu elemento. Quando ela me viu caminhando em sua direção, o alívio em seus olhos era claro. "O que aconteceu ?", Ela disse acima da música alta, batendo. "Nada . " Eu agarrei a cerveja fora da sua mão e peguei uma bebida saudável. "Éstá tudo bem." Eu entreguei a taça de volta para ela e ela tomou um pequeno gole e fez uma careta . "Como você bebe essas coisas ? É desagradável. " Eu sorri e bebi o resto. " Vamos lá, " Eu disse, colocando um braço sobre seu ombro. " Eu vou pegar algo menos desagradável para você. " As pessoas a olharam quando nós fomos em frente ao espaço para um tonel gigante cheio de gelo e garrafas de bebidas. Tirei alguma bebida frutado de menina e estalei o topo antes de entregá-la. Ela provou e me deu um sorriso. "Isso é melhor. " " Rome", Braeden chamou, materializando-se fora da multidão e chegando ao nosso lado. " O que é isso sobre o confronto po-po do lado de fora?" " Policiais do caralho ", eu disse e peguei uma cerveja.

327


"Eles o revistaram", disse Rimmel, tomando mais um gole de sua bebida. Braeden pareceu notá-la neste momento, e quando ele percebeu quem era, seus olhos se arregalaram. " Caramba, Rimmel . Garota, você arrasou ". Um dos caras que está atrás de Braeden se virou e olhou para ela sobre seu ombro . "Eu comeria ela", ele gritou, e todos os seus companheiros riram. Agarrei-o pela parte de trás do pescoço e arrastei-o para trás , jogando -o contra o balcão . " Que porra você acabou de dizer? " Rosnei . Minha reação atraiu alguns olhares, porque eu geralmente jogava tão legal. "Eu n-não significa nada, Romeo . Eu estou b-bêbado " , o cara gaguejou. " Romeo ", disse Rimmel do meu lado, mas a voz dela só piorava . Nós só estávamos aqui há cinco minutos e os caras já estavam verificando-a. Braeden envolveu um braço em volta da minha cintura e me rebocou de volta . "Cara, relaxe. " Fiquei olhando para o idiota enquanto eu bebia minha cerveja e tentei acalmar minha raiva súbita. Ele não se moveu, apenas ficou lá e me assistiu cautelosamente. " Saiam da minha frente ", eu cuspi. Ele decolou e desapareceu na multidão.

328


Mesmo depois que ele se foi, a raiva parecia pressionar abaixo da superfície da minha pele. Zach estava começando a chegar em mim. Inferno, esteve toda esta noite. Trent se aproximou do barril, e eu me juntei ele. " Você precisa controlar Zach ," eu disse a ele. " O que ele fez agora? " " Tentou me prender. " Trent engasgou com a cerveja. "Ele o quê?" "Ele precisa ter alguns pinos derrubados. " "Cara, eu sinto muito. Ninguém sabia que ele ira tão longe " , disse Trent . Como se ele soubesse que nós estávamos falando sobre ele, sua voz ecoou pela sala . " Omegas governar! ", ele gritou . Todos aplaudiram e levantaram suas bebidas. Encontrei-o no meio da multidão e o vi pegar um assento em um sofá na sala ao lado enquanto seus companheiros se estabeleciam em torno dele. Virei-me para Rimmel, que estava conversando com Ivy , Missy , e Braeden. "Eu preciso da placa, " eu disse no seu ouvido. Ela enfiou a mão no casaco e puxou-a para fora. Levei-a e comecei a atravessar a sala. " Romeo ! " Braeden chamou, mas eu continuei indo.

329


A multidão se abriu para mim, enquanto eu ia, e logo eu estava de pé em frente a Zach , que olhou para cima e sorriu. " Romeo . Você conseguiu." Joguei a placa de identificação para ele. Ela bateu no peito dele e saltou para cima , derrubando a cerveja fora de sua mão. Ela capotou e espirrou tudo sobre ele, molhando a camisa e parte da menina colada ao seu lado. Ela gritou e se levantou, escovando rapidamente suas roupas. "Que diabos é o seu problema , cara? " Zach rosnou. "Nada. Apenas seguindo ordens . Dar a você o que você pediu . "Eu zombei. " E só um aviso, se eu afundar por algo que você pedir , eu vou levá-lo comigo, e será uma fodida de uma queda. " Zach empurrou seus pés e me encarou. " Omegas têm honra. " Eu sorri . " Você não sabia ? Não há honra entre ladrões " . Os olhos de Zach se estreitaram. "Eu não faço ideia do que você está falando. " " Você está jogando estúpido agora? " Eu disse casualmente. "Eu honestamente pensei que você fosse melhor do que isso. " Eu balancei a cabeça e me virei. "Reunião de bebidas! " Eu gritei e levantei minha cerveja. A casa inteira irrompeu em aplausos e gritos. Copos e garrafas encheram o ar. As pessoas começaram a cantar o meu número. Vinte e quatro, vinte e quatro , vinte e quatro !

330


Eu me virei para Zach e sorri. Os olhos dele ficaram escuros , e eu fiquei um pouco satisfeito em aparentemente receber o voto popular em sua própria sala de estar. Rimmel estava olhando um pouco de verde ao redor quando eu voltei para o lado dela . Eu olhei para a bebida em sua mão, mas ainda estava cheio. "Você precisa de um pouco de ar? ", Perguntei. Ela assentiu com entusiasmo. Peguei sua mão e nós nos enredamos através da casa para a porta de trás , saindo para um pátio de pedra velha com grama crescendo entre o asfalto. O ar estava frio e o vento estava pegando. " Ah, por uma vez eu sou grata com o frio" ela disse, respirando fundo . "Você tá bem?" Ela assentiu com a cabeça e virou o rosto. Algumas pessoas correram por mim, rindo, e eu tomei seu cotovelo e me mudei para a borda do pátio. "Ei," eu disse e inclinei o queixo para cima para fazê-la olhar para mim. " Estamos aqui há uns dez minutos e você quase foi preso e esteve em uma briga duas vezes. Estou com medo de saber como vai ser o resto da noite. " Senti minha expressão amolecer. O medo em seus olhos era real. "Você estava preocupada comigo?" " Duh, " ela disse e revirou os olhos. "Você é a minha carona. " Minha boca se abriu , e ela explodiu rindo. "Você deveria ver o olhar no seu 331


rosto." Eu sorri e a puxei para mais perto , ancorando um braço ao redor dela. "Isso não foi engraçado. " " Sim -huh . " Ela sorriu e inclinou sua cabeça para trás . Os longos fios de seu cabelo caíram sobre meu braço. "Você estava preocupada porque você gosta de mim, " eu disse, baixo . Mesmo na luz abafada, eu podia ver o corar nas bochechas. " Diga, " eu sussurrei. Seus olhos focaram em algo atrás de mim. "As pessoas estão olhando ", ela murmurou. "E ... ? " "E isso é-" Cortei suas palavras com um beijo. Era pra ser um inocente, rápido toque de lábios, mas no segundo que eu entrei em contato com sua boca macia e senti o sabor de morango em sua língua, tudo o mais desabou. A necessidade bateu em mim com tanta força que quase me derrubou . Os sons da festa caíram e tudo que eu conseguia pensar era o que ela sentia em meus braços. Eu ouvi meu telefone tocar no meu bolso. O de Rimmel fez o mesmo. Em seguida, lá atrás na minha mente, eu ouvi o som de uma quantidade infinita de smartphones. Ignorei tudo.

332


Eu só me separei dela quando alguém esbarrou em mim por trás, forçandome puxar para trás para manter o nosso equilíbrio. " Desculpe, " alguém arrastou e continuou. Rimmel estava atordoada, e eu ri . A porta dos fundos bateu contra a casa com um estalo e alguém gritou. " Onde diabos está a nerd que, de repente, ficou gostosa? " Eu endureci. Os olhos de Rimmel limparam e ficaram repletos de confusão . Seu telefone tocou novamente, e ela o puxou para fora de seu blazer e olhou para a tela. Ela bufou alto e balançou a cabeça. "O quê? ", Perguntei. Ela virou o telefone para que eu pudesse ver o mais recente Buzz. Era sobre ela. Eu jurei sob minha respiração. " Ouvi dizer que ela estava aqui fora, dando uns amassos no número de vinte e quatro! " o cara gritou novamente. Alguns caras riram e alguém entrou na conversa para acrescentar: " Você sabe que aquela bunda tem que ser boa para chamar a atenção dele. " As pessoas riram, e eu fiquei rígido e me virei. Meus olhos pousaram em vários caras vagando perto da grama. Claro que eram seguidores de Zach e um deles era um companheiro Omega. Ele olhou por cima e me viu; a cara dele apertada em um sorriso. Ele se gabou mais ainda, provavelmente pensando que ele era bacana enquanto ele realmente parecia cheio de merda.

333


"Eu tenho que entregá-lo a você, " disse ele. "Você conseguiu algum jogo . " "Você precisa se afastar ", eu disse , minha voz em calmaria. Alguns dos meus amigos e pessoas que eu conhecia se adiantaram como se para mostrar que eu não estava sozinho. Eu dei a todos um grato, aceno sutil. " Por que você não se afasta e dá a todos nós um olhar para ela ? ", ele disse, ignorando a minha advertência. Eu mantive meu corpo firmemente plantados em frente de Rimmel e cruzei os braços sobre meu peito. Braeden materializou-se ao meu lado, tomando a mesma posição. " O que parece ser o problema? ", perguntou. "Sem problema. Só vim para ver a nerd que ficou gostosa ", respondeu o rapaz . Penso que o seu nome era Jack. " Não existem nerds aqui fora" Braeden rebateu . Ivy saiu pela porta dos fundos , seguida por Missy . Ambas estavam segurando seus telefones . Quando me viram, correram em torno de mim e de Rimmel . " O BuzzBoss está totalmente falando de você ! " Ivy disse como se estivesse impressionada. " Tudo que fiz foi me pentear, " Rimmel comentou. Eu queria rir. Zach materializou-se atrás de seu grupo e eles se separaram para deixá-lo vir para a frente. "Eu estaria interessado em conhecer seu encontro de hoje à noite também, Romeo . Afinal, eu a convidei . " "Ele convidou? " Ivy perguntou a Rimmel atrás de mim. 334


Esse cara estava pedindo por isso a sério. Ele estava fazendo tudo humanamente possível para estragar as coisas para mim. Então eu liguei para seu blefe. Eu dei um passo para o lado e estendi a mão para Rimmel, puxando-a para a frente. " Rimmel, este é Zach . Ele é o presidente da Omegas ". Os olhos de Zach fecharam nela e um pouquinho de surpresa faiscaram através deles. Então seus lábios se curvaram em um sorriso que eu instantaneamente queria limpar do seu rosto. Ele veio para a frente, seu olhar nenhuma vez sequer deixando Rimmel. "Eu tenho apenas uma pergunta ", disse ele. "O quê? " , Ela respondeu. Meus ânimos se crisparam apenas porque ele estava falando com ela. " Você já deu pra ele? " Atrás dele, seu grupo riu. Rimmel não disse nada; ela apenas ficou aqui com bochechas rosadas. " Porque você sabe , quando você fizer isso, ele vai embora. " terminou Zach. Eu nem sequer tive a chance de me eximir disso. Inferno, eu mal pensei nisso . Eu apenas ouvi as palavras dele e vi o cálculo e o olhar desagradável em seus olhos, e eu estava feito. Mesmo que eu estava além de zangado, eu saí com Rimmel com cuidado,

335


colocando-a ao lado de Braeden, e , em seguida, eu girei, lavrando meu punho para o lado da mandíbula de Zach. Ele desceu imediatamente, como um espantalho ao vento. Eu estava em cima dele enquanto ele rolou para o lado e agarrou sua mandíbula. Meu peito arfava, e tudo o que vi era vermelho. Zach olhou para mim com puro ódio, lançando-se até ao largo do chão, e me apressando. Eu estava pronto, e nós bloqueamos juntos quando ele tentou me derrubar. Eu não estava caindo. Eu era facilmente vinte quilos mais pesado que ele e eu era uma cabeça mais alto. Ele recuou o braço e deu um tiro barato em meu rim . Foi o suficiente para eu deixá-lo ir, mas isso não ajudou a sua causa. Ele jogou o punho em mim, e eu o peguei. Segurando seu braço suspenso no ar, eu trouxe meu braço livre ao redor e o peguei na cara novamente. Ele caiu e não se mexeu. Voltei-me para Rimmel, que tinha um olhar horrorizado, golpeado, em seu rosto . Peguei as chaves do carro do bolso e as coloquei em sua mão. " Pegue o Hellcat e vá para o meu lugar. Eu te encontro lá. " " Mas," Ela começou. "Vai, " Rosnei enquanto a comoção irrompeu atrás de mim. Alguém bateu em mim por trás, e eu tropecei . Cheguei ao redor e puxei Jack e o joguei em alguns de seus companheiros.

336


"Agora! ", Gritei, e ela pulou. "Romeu ... " Braeden me avisou, e eu me afastei dela. Zach estava de pé e se aproximando de mim mais uma vez. Ele atirou seu punho e eu me esquivei, mas ele continuou se lançando . Seu lábio inferior Estava cortado preso e sangrando e sua mandíbula já tinha hematomas. Eu não estava orgulhoso de mim mesmo, mas tenho certeza como o inferno que não estava arrependido. "Chega! " Trent gritou, e um bando de Omegas fervilhavam através da multidão. Zach e eu fomos contidos e separados. Eu os sacudi todos fora e ajeitei minha camisa. " Que porra é essa, cara? ", disse Trent , virando-se para mim. " Pergunte ao seu presidente", eu cuspi . "Eu posso ser apenas uma promessa ... "Eu rosnei, sem me importar que não era para anunciar. "Mas eu não vou rolar e tomar mais sua merda. Ele cruzou a linha. " Todo mundo olhou para Zach, que estava ali de pé sangrando por toda a parte. " Quero-o fora daqui! ", Ele gritou , sua voz ligeiramente grossa de seu lábio inchado. Eu levantei minhas mãos. " Oh, eu vou embora. Omega pode beijar minha bunda. " Trent olhou para mim bruscamente. Eu vi a advertência em seus olhos, a lembrança de que nós estávamos indo para se livrar de Zach juntos. Eu balancei a cabeça. "Estou fora." 337


Ele franziu a testa um pouco, mas acenou com a compreensão. Braeden me deu um tapinha nas costas. "Eu acho que nós deveríamos ir. " Depois de dar Zach outro logo olhar, calculado, eu me virei para sair. " Esta festa é deprimente! " Disse Braeden em voz alta. " LOBOS , festa no meu dormitório !", Ele gritou. As pessoas aplaudiram. "Cara, como diabos é que você vai fazer caber todas essas pessoas em seu quarto minúsculo? " Ele sorriu. " Com certeza vai ser divertido experimentar." Para fora na frente da casa Omega, não havia quase ninguém ao redor; todos eles estavam muito ocupados na parte de trás , verificando o drama. Ficamos em silêncio por um momento. Então Braeden disse: "Você não precisa deles . Você tem mais do que talento suficiente para entrar na NFL por si próprio." "Foda-se ", eu murmurei. "Quando tudo ficou tão malditamente complicado? " " Quando sua vida tornou-se muito mais do que apenas futebol. " " Você soa como Yoda . " Eu sorri. "É a cerveja. " 338


Nós dois rimos e saímos para o estacionamento. Eu brinquei e estava rindo , mas realmente, ele estava certo. Por muito tempo , a minha vida não tinha sido nada além do futebol ... Mas agora havia algo mais.

339


CapítuloVinte e Nove #BrigaBuzz Punhos estavam voando na Sexta à noite na Omega. A palavra é que a guerra não terminou. Você aposta em quem? ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Eu me senti estúpida ficando aqui. Eu não queria deixar Romeo. Mas parecia que a minha presença só fazia piorar as coisas. Então eu peguei as chaves e saí. Eu esperava que poria fim à luta Claramente, havia muita tensão ali, e eu realmente queria saber a história toda. E o que havia com aquele cara, Zach? Que imbecil. Até aquele momento, a festa tinha sido muito divertida. Foi bem legal ver como o outro lado vivia. Era muito mais interessante por aqui. Olhei para a casa e me perguntei sobre Romeo . Onde ele estava? E se ele tinha se machucado? Devo voltar e encontrá-lo? Peguei meu celular. Mandei mensagem pra Ivy. 340


Só então eu ouvi cascalho triturando sob pés e um par de vozes masculinas flutuaram no meu caminho. Uma delas era muito familiar. " Romeo ? " Eu gritei. Os passos aumentaram e ele veio em torno de um dos SUVs estacionados nas proximidades. Seus olhos estavam arregalados e ele soltou uma série de palavrões. Braeden estava logo atrás e me deu um sorriso. " Rimmel ?", Disse Romeo . " Eu disse para você ir embora." Olhei -o, tentando ver se ele estava ferido. Ele não parecia estar e um pouco da tensão deixou meus ombros. Dei de ombros e levantei as chaves do Hellcat . "Eu não posso conduzir uma vara. " Braeden riu. "Maldição, garota. você tem que aprender. " Ele olhou para Romeo . "É melhor você ensinar a sua menina . " Romeo passou a mão pelo rosto. "Nós estamos fora daqui. " Braeden assentiu. "Vou levar Missy e Ivy para casa." " Você promete? " , Eu disse. Ele fez um grande X sobre o coração e acenou com a cabeça. Eu mandei uma mensagem para Ivy rapidamente para deixá-la saber que Braeden era sua nova carona. "Obrigada." Romeo arrancou as chaves da minha mão, guiando-me para o lado do passageiro e abrindo a porta. Ele se inclinou e apertou o cinto de segurança em volta de mim, e eu não poderia evitar de

341


estudar seu perfil forte no escuro. Eu senti pena que ele tinha chegado em uma briga por causa minha causa hoje à noite. "Você não o corrigiu ", eu disse quando ele tinha puxado para fora da estrada. Ele olhou para mim rapidamente antes de virar de volta para a estrada . " Corrijir o quê? " " Ele me chamou de sua garota. " Ele pausou. " Talvez eu quero que você seja . " Algo dentro de mim doía . "Certamente depois desta noite você sabe que nós nunca vamos funcionar. " Ele balançou a cabeça lentamente e a dor se intensificou. "Sim. Eu sei . " Ele virou o Hellcat na estrada principal que levava pra longe do campus. " Para onde estamos indo ? ", Perguntei. "Meu lugar." " Mas você acabou de dizer ... " Minha voz se desvaneceu enquanto a confusão tomou conta. Confusão e dor não se misturavam bem. "Eu sei o que eu disse , " Romeo respondeu: mantendo os olhos treinados na estrada. "Eu não me importo. " Um pouco daquela dor foi embora , mas eu não ia me permitir ter esperança. " Esta noite foi apenas o começo. Os últimos dias foram apenas um vislumbre do que está por vir, se você não me levar para casa."

342


O carro desviou abruptamente enquanto Romeo puxou para o lado da Estrada. Estava quase no estacionamento quando ele surgiu através do assento e pegou meu rosto em suas mãos. "Eu não posso te levar para casa agora." Sua voz era grossa e rouca . "Por favor, não me peça para fazer isso. " "Romeu ", eu sussurrei . Eu não consigo nem explicar o tipo de emoção que eclodiu no ar e nos cercou naquele momento. Ele me beijou como se eu fosse a respiração em seu corpo, como se eu fosse o sangue em suas veias. Eu o beijei de volta tão ferozmente, como se seus lábios fossem a cura para a dor em meu peito. Agarrei seus pulsos e os apertei, segurando-o perto enquanto nossos lábios se fundiram juntos. Meu coração bateu no meu peito e tudo entre as minhas coxas pulsava com necessidade. Os dedos de Romeo mordeu as costas do meu pescoço, mas não doeu, e eu o estimulei para mais perto. Quando nos separamos , ele descansou sua testa contra a minha enquanto nós dois puxamos pesados suspiros de ar . "Baby ", ele murmurou , sua voz rompendo na palavra. "Você está me deixando louco ". "O que aconteceu lá ? ", Perguntei. " Não traga aquilo para este momento", sussurrou. " Este momento pertence a mim e a você." Eu alcancei seu rosto e ele inclinou sua bochecha em minha palma. "Fique comigo esta noite."

343


Eu realmente não tinha que pensar sobre isso. Eu já sabia. Meu corpo o queria tanto que quase machucava. A necessidade, o desejo, os sentimentos nadando dentro de mim, todos eclipsaram o pouco do medo que sentia em me dar para ele. Eu escovei as costas dos meus dedos em sua bochecha. "Sim", eu sussurrei. Seus olhos se levantaram para os meus, me encarando no escuro , procurando a confirmação do que eu disse. Ele viu. Ele me beijou novamente. E então ele colocou o carro para andar. No momento em que ele estacionou perto de sua casa, meus joelhos tremiam. Não era porque eu estava tendo dúvidas , mas eu estava nervosa. Eu estava prestes a ter relações sexuais com Romeo . Eu estava indo fazer algo que faria dele uma parte de mim para sempre. A maioria das meninas da faculdade provavelmente não pensavam dessa forma, mas eu sim. Eu sabia que era o tipo de pessoa que não poderia fazer algo assim sem me alterar, pelo menos de alguma forma para sempre. Quando o carro foi desligado, ele se virou e olhou para mim através da escuridão . "Se você mudou de idéia , eu vou te levar para casa agora." "Eu não mudei. " Ele veio para o meu lado do carro quando eu estava saindo. Seu corpo era um bom escudo contra o ar frio enquanto ele passou o braço em volta da minha cintura e nós entramos no 344


interior. A única luz que ele ligou foi a do corredor levando de volta para seu quarto. Ela filtrava para dentro do espaço grande, dando ao quarto um brilho suave . No centro, havia uma gigantesca cama. Ele fez a minha cama no dormitório parecer como se pertencesse a uma casa de bonecas. O edredom era branco e estava lançado como se fosse um esforço de última hora para fazer a cama. Perto da cabeceira de madeira escura, estavam travesseiros forrando o colchão, fazendo com que a parte superior dos cobertores parecessem irregulares. Havia um conjunto de janelas para o meu lado, mas elas estavam cobertas com cortinas. Havia mais algumas peças tradicionais de móveis, como aparadores e mesinhas de cabeceira. Pendurado na parede em frente à cama estava uma grande televisão de tela plana e abaixo dela havia uma lareira . Sorri quando vi isso porque eu poderia imaginar Romeo assistindo jogos de futebol na cama. Mas realmente não importava o que estava no quarto. O que importava era quem estava aqui comigo. Sua mão pressionou levemente para o pequeno nas minhas costas, e eu me virei . Seu braço deslizou ao meu redor e fui levada contra ele. " Você está tremendo ", disse ele , uma carranca laçando seu tom. "Eu sei." "Nós não temos que... ", disse ele . "Eu sou um homem paciente." "Você é mesmo?", Perguntei, meu tom um pouco triste.

345


Seus dentes brancos brilharam. " Por você, eu seria. " A sinceridade em sua voz foi a minha ruína. " Sem mais conversa , " eu sussurrei. Ele gemeu e levantou-me fora de meus pés. Minhas pernas enroladas em torno de sua cintura, e eu suspirei quando meu centro entrou em contato com seu corpo musculoso. Ele não me levou para a cama como eu suspeitava que ele faria. Em vez disso, ele me levou através do quarto e se sentou em uma cadeira de couro que eu nem tinha notado. Meus pés estavam presos entre as costas e a almofada, e eu balançava um pouco em sua volta para me aproximar. Um rosnado baixo encheu a sala e ele estendeu a mão para tirar o blazer do meu corpo e descascá-lo pelos meus braços. Quando ele se foi, ele se inclinou e me beijou, espalmando as mãos nas minhas costelas. Ele me beijou como se ele não estivesse com pressa, embora eu senti a necessidade persistente entre suas pernas . Eu não poderia deixar de balançar contra ele a cada minuto e, em seguida, engasgo com as sensações que o movimento enviou através de mim. Suas mãos estavam em cima de mim. Através de meu estômago, pelas minhas costas, e ele encheu suas mãos com meus seios mais de uma vez. Eventualmente, ele tirou minha camiseta e estendeu a mão para o colar. "Isso é importante" eu sussurrei e ele concordou. Colocou o colar suavemente sobre a mesinha ao lado da cadeira e, em seguida, alcaçou ao meu redor para o fecho do meu sutiã. Ele cedeu facilmente, e o tecido se abriu na parte de trás. 346


Antes que ele o puxasse, olhou para mim, apenas para se certificar de que estava tudo bem. Eu segurei seu olhar enquanto eu estendi a mão e puxei cada tira para baixo, uma por uma e , em seguida, joguei a coisa toda para a escuridão. Seus lábios apertaram em um dos meus mamilos imediatamente. Eu arqueei para ele e gritei. Senti-me tão bem. Meus dedos cavaram suas costas, e eu percebi que ele ainda estava vestindo sua camisa. Puxei-a, querendo que ela desaparecesse, querendo sentir sua pele sob meus dedos. Ele deixou meu peito para retirá-la e lançá-la de lado e , em seguida, voltou, esbanjando ainda mais atenção em minha carne necessitada. Eu deixei minha cabeça cair para trás, e ele chegou atrás de mim para enredar os dedos nas longas mechas do meu cabelo. Fechei os olhos e me dei às sensações balançando meu corpo, e ele chupou e puxou em cada mama. Quando eu comecei a me mover sem descanso contra ele, ele se afastou e eu bati meus lábios nos dele. Eu arrastei minhas unhas para baixo nos lados de sua coluna vertebral e o beijei com toda a paixão que eu tinha dentro de mim. Sem quebrar o beijo, ele se levantou comigo ainda em seus braços e me carregou do outro lado da sala para a cama. Em vez de me colocar através dela, ele me deixou deslizar para baixo de seu corpo até que meus pés tocaram o chão. Eu chutei para fora das minhas botas e ele fez o mesmo. Meus olhos foram apresentados com a ampla extensão de seu peito . Ele era tão esculpido e 347


suave. As cristas de cada músculo de seu corpo eram incrivelmente definidas. Sem pensar, tracei as linhas com a minha língua. Sua mão encontrou seu caminho para o meu cabelo e me segurou para ele enquanto eu biejava seu peito e abdome. Quando eu me inclinei para beijar seus ombros , meus dedos encontraram o cós da calça jeans e mergulharam dentro dela. Ele murmurou meu nome, que soou mais como uma oração, e eu me alegrava com o poder que eu parecia ter sobre ele . Naquele momento, ele pareceu tão vulnerável quanto eu era, e isso nos fez totalmente igual. Eu não era mais a #nerd sem amigos. Ele não era mais o atleta popular com um milhão de conquistas em seu currículo. Eu era apenas uma menina. Ele era apenas um cara. E havia apenas um milhão de emoções diferentes espiralando ao redor da sala com a gente. Estendi a mão para o botão de sua calça jeans e o deixei livre . Então eu beijei ao longo desse músculo em forma de V que sempre chamou a minha atenção. Ele gemeu e me puxou para cima para travar a boca sobre a minha e mergulhou sua língua profundamente em minha boca. A forma como o meu cabelo sedoso roçou minhas costas nuas só aumentou os meus sentidos, e eu empurrei contra ele mais longe, amando sentir nossos peitos nus se encontrando. Romeo me pegou em seus braços e me beijou de novo, então me colocou do outro lado da cama. Ele me deixou tempo 348


suficiente para remover seu jeans, e , em seguida, ele estendeu a mão para o cós da minha legging. Elas se juntaram à calça jeans em segundos sem reação. "Foda-se ", ele amaldiçoou quando ele arrastou seus dedos até o interior das minhas pernas. Eu tremia tanto agora que eu não poderia fazê-lo parar . Quando ele chegou ao meu centro, ele curvou suas mãos para deslizar sobre meus quadris e , em seguida, até os meus seios mais uma vez. Ele se ajoelhou na cama entre minhas pernas para olhar para baixo para mim antes de me pressionar no colchão com o seu corpo . Ele estava tão quente e tão deliciosa a sensação que eu lambi meus lábios. Nós nos beijamos um pouco mais, nossas mãos vagando, um sobre o outro, s , aprendendo tudo o que podíamos. Seus quadris balançaram em mim de forma constante, e eventualmente, o meu corpo entrou no ritmo. Logo estávamos balançando juntos, os movimentos cada vez mais desesperados com cada empuxo. "Romeu ", eu choraminguei quando eu senti que não aguentava mais. "Eu tenho você ", ele sussurrou e deslizou para baixo do meu corpo, arrastando beijos enquanto seguia. Ele enganchou dois polegares no cós da minha calcinha e puxou o tecido livre . Ele alisou as mãos sobre minha área raspada e respirou fundo. Dois dedos mergulhados até o meu centro e reuniu-se com sucos de seda . " Merda, Rimmel ", ele gemeu. " Você está tão molhada. " Eu estava além de falar. Na verdade, eu mal ouvi o que ele disse . Eu estava tão longe no cúspide da paixão que nada mais importava. 349


Um de seus dedos escorregou em minha abertura e deslizou dentro e fora . Meu gemido encheu a escuridão. Um outro dedo se juntou, e por longos momentos felizes, ele bombeou seus dedos dentro e fora , esticando minhas paredes e fazendo-me ofegar. "Eu não aguento mais ", ele finalmente gemeu e puxou para fora. Eu engasguei com a perda de suas mãos, e ele riu. Eu ouvi uma gaveta sendo aberta e o rasgo distinta de um pacote de alumínio. Romeo estava de volta na cama entre as minhas pernas em questão de momentos. Usando suas mãos, ele espalhou minhas coxas abertas e se estabeleceu entre eles. Eu fiquei tensa ligeiramente, pronta para ele para empurrar dentro de mim, mas ele não o fez . Em vez disso, ele descansou seus braços em ambos os lados da minha cabeça e segurou meu rosto . "Você é tão bonita " , ele sussurrou. " Você é porra perfeita. " Ele me beijou no momento exato em que ele mergulhou em meu corpo. Eu gritei , e ele engoliu o som . Eu era apertada e ele se sentiu grande. Meu corpo ardia um pouco enquanto se estendia em torno de sua cintura , e ele se manteve parado, tentando não me machucar. Não demorou muito para o meu corpo se ajustar ao seu tamanho, e eu me agitei contra ele. Ele me beijou novamente e começou a se mover. Eu não conseguia manter meus olhos abertos; eles rolaram na parte de trás da minha cabeça. Cada impulso sentia como pura

350


felicidade , como se meu corpo pudesse quebrar além de pura alegria. Seu corpo encheu minha visão quando eu abri meus olhos , as linhas fortes de seus ombros, e a largura sólida de seu peito. Ele estava em mim, em torno de mim, sobre mim. Seus impulsos se tornaram mais rápidos e mais difíceis, até que eu estava segurando seus quadris e correspondendo a ele na velocidade. Eu estava ali no pico do orgasmo, e eu sabia da tensão em seu corpo que ele estava também. Ele olhou para mim enquanto nos movíamos, e nossos olhos se encontraram . Com um grande impulso, difícil, ele enterrou-se todo o caminho dentro de mim. Meus olhos se abriram e eu gritei embora não fizesse nenhum som. Explosão de luz atrás dos meus olhos como o mais intenso sentimento que eu já tinha conhecido rasgado através de mim. Onda após onda de êxtase rolou em cima de mim. Vagamente eu ouvi seu grito e senti seu pau bombeamento dentro de mim. Eu sabia que ele estava também, mas eu não conseguia pensar além do meu próprio prazer insano. Quando acabou, ele desabou na cama ao meu lado e me puxou para o seu peito. De vez em quando, meu corpo empurrava com os tremores de seu ato de amor de especialista. Meu corpo inteiro estava desossado e satisfeito. Eu rezei para que ele sentisse o mesmo. Nenhum de nós disse uma palavra; não podíamos falar. Em vez disso, nós ficamos lá no escuro e ele desenhou círculos preguiçosos sobre a minha parte inferior das costas enquanto a minha bochecha estava apoiada em seu peito.

351


Eventualmente, ele se levantou e foi para o banheiro adjacente . Eu ainda não podia me mover. Quando ele voltou, o colchão afundou sob o seu peso enquanto ele colocou o edredom macio em torno de mim e me puxou de volta para seus braços. Ele beijou minha testa e meu rosto, depois meus lábios. Se eu pudesse ficar embrulhada como presente com ele para sempre , eu absolutamente ficaria.

352


CapítuloTrinta ALPHA U 101: Fique grudado no seu meio (riscado) Namore quem diabos você quiser. #NovasRegras #RomeoDizQueSim ...Alpha BuzzFeed

Romeo A guerra dentro de mim havia terminado. A tensão que me atormentava tinha ido embora. Rimmel estava enrolada ao meu lado. Seu pequeno corpo se ajustava contra o meu como se ela fosse a parte que faltava no quebra-cabeça que era Roman Anderson . Sua respiração era estável e seu corpo estava tão relaxado que eu sabia que ela estava dormindo. Mais e mais, eu arrastei meus dedos pelo comprimento de seu cabelo , amando o jeito que ela se sentia em meus braços. Normalmente, uma vez que eu dormi com uma garota, eu as conduzia para fora da minha cama. Muito raramente alguma ficava, a menos que eu estivesse bêbado e desmaiado antes de eu lhes dizer para sair.

353


Eu não queria que ela fosse. Eu a queria mais uma vez. Meu corpo ansiava por ela como uma droga ilícita. Estar dentro de Rimmel foi o suficiente. Eu sabia onde eu caí entre ela, a fraternidade, e meus sonhos NFL . Algo que Braeden disse antes reverberou pela minha cabeça como um mantra. Você não precisa deles. Você tem mais do que talento suficiente para entrar na NFL por si mesmo. Ele estava totalmente certo. Eu podia. Eu estava jogando futebol por mais de metade da minha vida . Eu treinei duro e eu joguei mais difícil. Eu não tinha me tornado quarterback no meu segundo ano na Alpha U porque eu tinha um bom sorriso. Os Omegas eram obscuros . Zach era um merda. Tornando-se um deles era quase um rebaixamento. Sim, eles levavam uma reputação de prestígio e eles definitivamente exerciam o poder no campus. Mas simplesmente não era mais suficiente. Eu tinha estado no interior. Eu vi o jeito que eles tratavam um ao outro , a competição entre eles. Pensei que as fraternidades deveriam ser assim uma família alargada, uma equipe. Elas não eram. E eu já tinha uma equipe . Os lobos eram minha família. Nós guardávamos as costas um do outro e nós não tentávamos quebrar um dos nossospor causa de um ciúme mesquinho de merda. Essa merda era para as mulheres. Rimmel suspirou contra mim e apertou um pouco mais perto. Virei a cabeça e toquei os meus lábios na sua testa. Talvez se ela

354


não tivesse vindo, eu teria aguentado a merda e dançado direto na Omega . Eu gostaria de derrubar Zach . Mas eu não podia ter tudo, e eu queria Rimmel. Não havia nenhuma maneira no inferno que eu a sujeitaria para os Omegas . Meus pensamentos foram interrompidos quando uma pequena mão trabalhou seu caminho através de meus músculos abdominais e curvou-se em minha volta. Minha mão apertou em seu quadril , e eu a senti sorrir. Sua mão se mudou de volta para o meu estômago e os músculos apertaram em resposta. Ela permanecia sobre eles antes de lentamente viajar mais para baixo, mergulhando a ponta dos dedos nos músculos que levaram para baixo para o meu pacote. Meus quadris giraram por vontade própria, e deixei escapar um gemido baixo . Sua mão continuou mais para baixo, sua pele sedosa causando arrepios na trilha ao longo de seu toque. Quando ela encontrou o cabelo curto, rijo, logo acima do meu pau, ela fez uma pausa. Eu não disse nada ou a instiguei para a frente. Eu queria que ela se movesse em seu próprio ritmo. Meu coração estava batendo tão duro que eu sabia que ela provavelmente poderia ouvi-lo contra sua orelha, e minha respiração ficou fraca. Ela começou a se mover novamente, empurrando para o ninho de cachos e deslizando para baixo para onde eu estava já dolorosamente duro. Seu toque era cauteloso no início, e ele me deixou louco de desejo. A palma da mão em concha no meu saco , testando o peso e explorando a pele fina que se estendia através dele. O toque dos dedos pastavam em toda a parte interna das minhas coxas até que eu cerrei os músculos da mandíbula contra o desejo de pedir por mais. 355


Lentamente, ela tornou-se mais ousada, e então ela envolveu a mão ao redor da base da minha haste. Meu peito retumbou com prazer enquanto ela acariciava o comprimento. Seus dedos cercaram minha cabeça inchada e ela balançou para trás e para frente. Chupei uma respiração profunda , enquanto ela continuava a sentir e me acariciar. Seus óculos estavam no colchão ao nosso lado, por isso, quando ela levantou a cabeça e olhou para mim, tudo o que eu vi foi seus redondas, olhos castanhos. Estava escuro demais para ver que cor estava o centro esta noite, mas isso não importava. Sua língua disparou para fora e molhou seu lábio inferior enquanto olhava, ainda me acariciando debaixo do cobertor. "Posso provar você ?", Ela sussurrou. "Baby , você pode fazer o que diabos você quiser, "Eu retumbei. Ela se deslizou pelo meu corpo, sua cabeça escura desaparecendo debaixo das cobertas enquanto ela se estabelecia entre as minhas coxas. A antecipação do que ela estava prestes a fazer era tão intensa que eu empunhei os lençóis nas minhas mãos. Sua mão deslizou até a base do meu pau que se projetava para cima, provavelmente apontando direto para ela. A textura molhada, ligeiramente áspera de sua língua deslizou na minha cabeça, e todos os músculos do meu corpo apertaram. Ela hesitou um pouco no movimento repuxado do meu corpo, mas quando eu não disse nada, ela colocou os lábios em torno de mim e me chupou em sua boca. 356


Meus olhos rolaram de volta na minha cabeça e eu deixei escapar um gemido . Ela começou a mergulhar com movimentos rítmicos, deslizando para cima e para baixo, e seus dedos acariciaram a parte interna das minhas coxas. Foi quase uma sobrecarga de sensação. Eu tinha recebido um monte de boquetes durante os últimos poucos anos, e eles foram todos basicamente o mesmo. Mas este era diferente. Tudo no meu mundo condensou para baixo de sua boca e mãos. Os pequenos sons que ela fazia enquanto me provava me fizeram ficar ainda mais duro. Rimmel lambeu e brincou até que meu pau começou a empurrar e eu sabia que eu ia gozar. Cheguei debaixo das cobertas e emaranhei meus dedos em seu cabelo. " Venha aqui", eu disse, minha voz tão profunda e grossa que eu nem sequer a reconheci. Quando seu rosto se livrou do cobertor, eu pude ver a necessidade em seus olhos também. Atirei uma mão para a cômoda e peguei um preservativo. "Quer ajudar? ", Perguntei. Seus olhos foram para o pacote e ela balançou a cabeça. Ela ainda estava sentada em seus joelhos entre as minhas coxas enquanto eu o abri e o alisei sobre minha cabeça. Eu peguei a mão dela e guiei-a para baixo enquanto nós dois rolamos o látex sobre o meu comprimento. Liguei minhas mãos debaixo de seus braços e a levantei para que ela ficasse escarranchada na minha cintura. Eu podia sentir o calor escorregadio de seu núcleo e eu sabia que ela já estava pronta para mim. 357


" Eu nunca ... " A voz dela caiu quando meu pau balançava contra seu centro. "Eu sei ", eu sussurrei . "Confie em mim." Ela assentiu com a cabeça e levantou um pouco enquanto eu me posicionei em sua entrada . Eu espalmei sua cintura fina e lentamente a guiei para baixo, polegada por polegada. " Ohh , " ela ronronou. Satisfação presunçosa estourou no meu peito quando eu peguei o olhar feliz em seu rosto. Ela começou a balançar, sem qualquer tipo de instrução. Seus quadris rolaram e se moveram em perfeita cadência com o meu. Seu corpo acima de mim estava em plena exibição, e eu corri minhas mãos sobre suas curvas e amassei seus seios enquanto ela me montava. " Romeo ", ela sussurrou , seu cabelo caindo sobre os ombros e os lábios inchados de meus beijos. Eu me empurrei em uma posição sentada e envolvi meus braços em torno de sua cintura. Suas pernas automaticamente foram ao meu redor, e o ângulo do meu pau dentro dela mudou e se aprofundou. Seus seios pressionaram contra o meu peito e sua testa caiu no meu ombro. Suas unhas cortaram minhas costas enquanto nós sacudimos juntos. Segurei-a tão apertado como eu podia. Eu queria tão perto dela quanto possível. A tensão acumulou dentro de mim até que meus movimentos ficaram quase desesperados.

358


Ela gemeu e fez um som , esfregando contra mim. Eu rolei, fixando-a debaixo de mim, e empurrei profundamente . Ela se estilhaçou naquele segundo, seu grito enchendo a sala. Eu segui bem atrás dela enaquanto eu derramei a minha semente. Uma vez que eu podia pensar de novo, meus braços estavam tremendo com o esforço para não esmagá-la, então eu rolei para fora e para as minhas costas . "Porra, Rimmel. " Ela ficou em silêncio por um momento, e eu virei minha cabeça. Ela estava mordendo o lábio inferior. "Eu fiz algo errado? " Um gemido arrancado de mim, e eu rolei para o meu lado e joguei meu braço sobre sua cintura. " Nenhuma coisa maldita. Eu só espero que isto não foi demais para sua primeira vez. " O ar ao nosso redor mudou . Algo intrometeu-se em nosso momento . Algo escuro. Algo que eu não gostei. " Rimmel? " Ela desviou o olhar. "Esta não foi a minha primeira vez." Eu senti como se fosse chutado no intestino, e um aperto agarrou meu peito. Eu empurrei afastando-o por causa do arrependimento que eu ouvi em sua voz. Talvez ela pensasse que eu não a quisesse tanto se eu soubesse que outra pessoa a tinha tido primeiro. Me deixava louco pensar em alguém mais a tocando, mas eu não estava prestes a atirar pedras. Seria o roto falando do esfarrapado.

359


"Ei , está tudo bem ", eu disse suavemente, puxando-a contra mim. Eu beijei o topo de sua cabeça sem sequer pensar nisso . "Eu não estou chateado." Ela escondeu o rosto no meu peito e que aquela sensação no ar pressionou sobre nós . Pareceu um pouco estranho que esta não era a sua primeira vez. Eu me fixei nela sendo virgem quase desde o momento que nos conhecemos . Ela era tão malditamente tímida e inocente às vezes. Ela escondeu-se em roupas muito grandes, ela mal olhava as pessoas e animais eram sua companhia preferida. Quando eu deslizei em seu corpo, ela era apertada, tão apertado e pequena eu não pensei duas vezes sobre ela ser inexperiente. E quando eu a puxei em cima de mim , ela disse que nunca ... Uma sensação de mal estar me torcia por dentro. Minha mão em seu quadril empunhada e minha respiração tornou-se um pouco difícil. Ela deve ter sentido a doença e raiva irradiando de meus poros , porque ela olhou. Estendi a mão e agarrei seus óculos do lado do colchão e suavemente deslizei-os em seu rosto. Eu queria que ela me visse claramente . Eu queria vê-la claramente. " Rimmel . " Eu comecei , odiando os pensamentos na minha cabeça, as suspeitas que me manteriam à noite. Ela tentou mergulhar de volta para a segurança dos meus braços, mas eu puxei para trás, sem quere deixá-la ter o que queria até que eu soubesse.

360


Eu peguei seu rosto em minhas mãos e a forçei a olhar para mim. Olhei em seus olhos, que tinham se tornado cautelosos e um pouco envergonhados. "Será que alguém ... ? " Comecei forçando as palavras além do nó na minha garganta. "Será que alguém machucou você?" Seus cílios varreram suas bochechas quando ela fechou os olhos. Eu fiz um som e a balancei um pouco, e seus olhos se abriram mais uma vez. "Será que alguém estuprou você? Eu explodi, duro e baixo. Ela endureceu e os olhos dela se arregalaram. "Não!" Meu corpo inteiro ficou fraco. Eu caí contra os travesseiros e soltei um suspiro. " Merda, foda, Rimmel. Eu já estava planejando assassinato daquele babaca. " "Sinto muito ", ela sussurrou, sua mão em meu peito. Apanhei-a e beijei seus dedos. Ela desviou o olhar e depois voltou. "Eu não fui forçada a qualquer coisa que eu não queria fazer. Mas se aproveitaram, e isso me machucou." Eu afastei o cabelo do seu rosto e bati a ponta do meu polegar ao longo da parte inferior de seu lábio. "Conte-me." "Foi há muito tempo atrás. " Ela encurtou. "No entanto, eu ainda vejo as sombras em seus olhos agora, " eu murmurei. Ela fugiu para cima e deitou a cabeça no meu peito. Isso me assustou quão bem eu me sentia em tê-la contra mim assim. Como eu me sentia completo.

361


Coloquei meus braços em torno dela e descansei meu queixo no topo sua cabeça. "Eu disse que minha mãe morreu quando eu tinha onze anos, " ela disse. "Sim ", eu respondi . " Ela se afogou ." Sua voz era calma . "Nós tínhamos uma piscina. Todos na Flórida têm uma piscina, parece. Um dia, quando eu estava na escola, ela deve ter ido no quintal fazer algo e ela de alguma forma caiu, bateu com a cabeça, e caiu na piscina. Ninguém estava em casa para ajudá-la . " E isso explica por que ela contornou em volta da piscina no quintal e olhou para ele com medo claro e com ódio. "Quando eu saí do ônibus, ela não estava esperando. Então eu caminhava para casa sozinha. Eu procurei por ela através da casa. Eu estava gritando seu nome e ela não respondeu. Eu pensei que ela estava jogando algum tipo de jogo comigo " . Eu senti suas palavras como uma faca no coração. Eu imaginei-a aos onze anos, menor do que ela era mesmo agora, com todo aquele cabelo escuro e largos olhos, chamando por sua mãe. "Eu fui no quintal ..." Ela fez uma pausa. "Ela estava flutuando na piscina. A água tinha virado cor-de-rosa por causa de todo o sangue ". "Baby ", eu murmurei, reunindo-a mais perto. Sua mão enrolou em volta do meu bíceps, e este sentimento possessivo feroz rasgou através do meu peito. Era perigoso quão forte era o desejo de protegê-la de tudo. 362


" Eu não me lembro mutio o que aconteceu por algumas semanas depois disso. Houve um funeral e uma investigação. Meu pai destruiu a piscina e preencheu com terra. Minha avó ficou conosco por um tempo, mas eventualmente, ela teve que voltar ao seu trabalho, o meu avô ". "Tenho certeza que foi muito difícil para a sua família inteira. " "Sim, e eu não o tornei mais fácil. " " Você era uma garota. " Eu defendi. "Depois de cerca de um ano de nada, além de tristeza, a vida tipo que teve que seguir em frente. Pelo menos isso é o que que parecia. Eu estava com tanta raiva que esperavam que eu apenas seguisse em frente e deixasse mamãe no passado. Meu pai trabalhava em tempo integral. Ele trabalhou muito para cobrir as contas e eu acho que porque isso o ajudou a lidar com tudo. Mas isso me deixou meio que por mim mesma. Eu gastei um monte de tempo com a minha avó nos fins de semana, mas depois da escola, eu estava sozinha até que ele chegasse em casa . " Eu não sabia o que dizer , então eu só continuei a abraçá-la e escutar. Eu nunca esperei nada disso. Eu nunca teria sabido por olhar para ela que tipo de dor que ela tinha tido que suportar. "Eu comecei a me rebelar . Eu tinha apenas doze anos, mas eu agia como se fosse muito mais velha . Eu comecei a usar toda essa maquiagem e obcessão com o meu cabelo. Eu cortei meus shorts super curtos. "Ela tomou uma respiração profunda. Senti seus pulmões se expandirem contra meu peito. "Meu pai não sabia o que fazer. Eu quero dizer, eu era uma adolescente que estava atuando. Eu tinha um monte de raiva e fúria. Nós lutamos o tempo todo. Ele iria jogar fora minhas roupas curtas e se recusou a me comprar maquiagem. Eu tinha que encontrar 363


maneiras de obtê-las de qualquer maneira, e eu esconderia. Eu tinha que esperar até que ele saísse e curtir. " " Você era tão jovem, " eu murmurei . " Jovem demais para perceber que o que estava fazendo iria me afetar para os próximos anos . " Rimmel concordou. "Eu me senti incrivelmente sozinha. Havia este buraco onde minha mãe costumava estar, e meu pai só tipo que desapareceu. Eu acho que parte de mim queria sua atenção e foi assim que eu entendi. Havia estes garotos mais velhos que viviam mais abaixo da minha quadra ... alguns caras e uma menina. Eles costumavam sair o tempo todo , então eu comecei a sair com eles também. " Meu estômago se apertou. Eu sabia onde isso ia chegar. " Um dos caras estava interessado em mim. Ele me deu um monte de atenção. Me fez sentir boa. Menos sozinha. " " Você dormiu com ele ", eu disse. Eu apenas queria tirá-lo de lá . Eu queria superar isto. "Sim, eu fiz. Ele me pressionou , e eu cedi. Ele disse que me amava " A mágoa em sua voz me fez chateado tudo de novo. "Ele não me forçou . Eu tinha treze anos e eu lhe dei a minha virgindade. " " Quantos anos ele tinha ? ", Perguntei. Eu precisava saber. " Dezessete". Eu jurei sob a minha respiração . Aquele garoto sabia melhor. Ele sabia muito bem melhor. " Depois, ele me ignorou totalmente. Eu estava confusa e não entendia o porquê. Eu quero dizer, eles tinham sido meus amigos e ele foi meu namorado. Em seguida, todos eles simplesmente 364


pararam de falar comigo. Eles me evitaram e se recusaram a sair comigo. Basicamente, ele me usou . Ele era agradável e amigável. Ele disse as coisas que eu queria ouvir para que ele pudesse dormir comigo. Uma vez que eu lhe dei essa parte de mim, ele virou as costas. Ele não queria nada ver comigo " . Como eu poderia agir aqui? O que eu deveria dizer ? Porque o que eu realmente queria fazer era gritar e esmurrar alguma coisa, bater para baixo um par de cervejas para aliviar a dor que eu sentia por ela. Mas isso era egoísta. Ela não precisa disso. Ela se abriupara mim, deixou-me entrar. "Depois disso, eu parei de me vestir de forma vulgar e usar maquiagem. Comecei me cobrindo e mantendo a mim mesma. Eu estava envergonhada. Uma vez que eu parei de atuar, meu pai e meu relacionamento ficou muito melhor. Ele começou a voltar para casa antes do jantar, e nos instalamos em uma vida normal. Eu estudei o tempo todo e passei muito tempo voluntariando no abrigo local. Eu sabia que queria me tornar uma veterinária, e porque eu estudei muito e tinha boas notas, eu consegui uma bolsa para Alpha. Meu pai não queria que eu me mudasse para tão longe, mas esta foi a única bolsa que me foi oferecida e eu não queria sobrecarregá-lo com minhas contas da faculdade. Além disso, parte de mim queria sair. Eu só queria fugir." Isto explicava muito sobre ela. Antes, eu só tinha metade de um retrato dela , mas suas palavras pintaram o resto. Rimmel atingiu o fundo do poço em uma idade que nenhuma pessoa deveria. O que foi ainda mais notável foi ela saltou para trás, e ela fez isso tão bem. "Eu preciso te beijar ", eu sussurrei e arrastei-a até que ela estava deitada em meu peito. Ela se deua mim sem a menor hesitação.

365


Beijei-a lenta e cuidadosamente, até que meu corpo começou a doer mais. Quando eu olhei em seus olhos, eles estavam confusos e sem foco. Eu puxei os óculos do rosto dela e escovei outro beijo em seus lábios. "Quão dolorida você está? "Eu disse asperamente. " Nunca muito dolorida para você ", ela respondeu. Eu rolei para cima dela, apertei cada uma de suas mãos nas minhas, e levantei-as acima das nossas cabeças. Então eu fiz amor com ela com toda a ternura que ela merecia.

366


CapítuloTrinta e Um Vai, Lobos! Mostrem o espírito de equipe usando azul e dourado hoje! ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Eu encontrei algo para gostar como resultado deste ar frio do outono. Sidra de maçã quente. Um vendedor foi vendê-lo nas arquibancadas assim que o Wolves minimizou no campo. Um copo de papel alto com uma tampa de plástico estava confortável em minhas mãos, e o doce, picante aroma flutuava através da parte aberta e fez cócegas meu nariz. Eu não achei que eu gostaria dela, mas meus dedos e nariz estavam tão frios que eu comprei apenas pelo calor. No segundo que o doce líquido de canela estourou sobre minha língua, eu estava apaixonada. Era tipo como suco de maçã, mas melhor. Era mais espesso e tinha mais de uma mordida por causa das especiarias misturadas. Eu levei o meu tempo saboreando-a, desfrutando o prazer de estar aquecido de dentro para fora. Ao meu lado, Ivy estava bebendo chocolate quente e Missy tinha cidra

367


também . Eu estava enrolada no agasalho de Romeu, mostrando o meu apoio exatamente como ele queria. Basta recordar a forma como seus olhos de safira aprofundaram quando eu pisei fora com o meu par solitário de calça jeans skinny, botas e seu capuz fizeram meu estômago dar um salto mortal. Eu sabia que era possessivo e, provavelmente, alguma forma de chauvinismo que ele queria que seu nome estampado nas minhas costas, mas não não me importei. Eu gostei. Eu gostava de ser reivindicada por Romeo. A multidão aplaudiu completa em torno de nós e gritou, e eu me concentrei de volta no campo, meus olhos indo direito para o número vinte e quatro assim que ele lançou a bola e enviou-a em espiral para a grama. Um dos outros homens em sua equipe arrebatou-a fora do ar , se esquivou de um defensor, e correu todo o caminho para a zone final . Todo mundo ficou louco e saltou em seus pés. As pessoas estavam cantando o nome de Romeo e os caras em campo comemoraram o gol. Eu fiquei ali no centro da entusiasmada multidão, segurando minha sidra e envolto em sua camisa, tão cheio de alegria. Ivy agarrou meu braço e me balançou. " Você viu isso? " , ela exclamou. Eu sorri e aplaudi. Eu nunca pensei que eu seria alguém para desfrutar de futebol . Mas a energia aqui na multidão, a intensidade no campo ... isto me fez ver porque Romeu amava tanto isso. Isto era definitivamente algo que eu poderia me acostumar.

368


O jogo continuou, e Ivy e Missy, ambas se inclinaram para me dar sorrisos conhecidos. " Onde você estava noite passada e todo o dia hoje? ", perguntou Ivy. Eu apertei os lábios e sorri. Os olhos de Ivy se arregalaram. " Eu sabia! " Ela olhou para Missy . " Eu não o chamei? " " Ela chamou. " Missy concordou. "Chamou o quê? ", Eu perguntei inocentemente , bebericando a bebida. " Vá em frente e jogue tímido tudo que você quiser, Rimmel ", Ivy disse , me dando uma cotovelada . " Mas todos nós sabemos o que você passou a noite toda fazendo. " Eu sorri de novo e senti um rubor varrendo minhas bochechas. Ivy deu uma risadinha. Missy se levantou e gritou para Braeden e deu-lhe um pouco de aplausos. Passei toda a noite nos braços de Romeo. Em sua cama. Mas era ele que estava sob minha pele. Eu me sentia consumida por ele. Minhas entranhas estavam agitadas da emoção de estar com ele. Era quase como se eu bebesse cinqüenta xícaras de café e meu corpo estava tão tenso que poderia correr dezesseis quilômetros. Quando eu admiti não ser virgem, a idade que eu tinha quando eu a perdi , eu pensei que ele poderia olhar de forma diferente para mim. Eu pensei que talvez isso fosse mandá-lo embora. Mas isso não aconteceu. Expor essa parte de mim para ele - para ninguém - pela primeira vez na história puxou-o para mais perto.

369


A pura felicidade eu senti nos braços e sob seu toque era algo que eu nunca nem mesmo sonhei. Ele fez amor comigo tantas vezes que eu perdi a conta . De manhã quando procurei por ele, ele estava lá, e ele fez amor comigo novamente. Eu cochilava na cama enquanto ele treinava na outra sala. Ele me acordou me levando para o chuveiro com ele, porque ele " precisava de ajuda para lavar suas costas. " Depois fomos para panquecas e ele segurou minha mão por baixo da mesa. Quando ele me levou de volta para o dormitório antes de ir se preparar para o jogo, ele me fez prometer que ia vestir a sua camisa. E então ele me pediu para ser sua. Eu disse que sim, claro . Não havia nada que eu quisesse mais. E agora aqui estava eu, rastreando seus movimentos para baixo no campo e rindo com minhas amigas nas arquibancadas. Eu sabia que eu iria vê-lo mais tarde e eu sabia que eu ia acabar em seus braços novamente. "Ele realmente é o melhor jogador do time ", disse Ivy. Eu segui os olhos dela para Romeo a esgotar-se no campo. Ela estava certa. Ele parecia tão em casa lá. Como a grama estava em seu sangue. Todos os caras respondiam a ele, olhavam para ele por direção. Ele era, basicamente, a espinha dorsal do time, a cola que mantinha todas as peças unidas. Ele era tanta coisa para tanta gente. Um pequeno poço de preocupação formou-se no fundo do meu estômago . Tentei afastá-lo. Eu tentei ignorá-lo, mas não era para ser ignorado. Romeo tinha uma vida muito cheia, uma vida muito exigente, e assim como eu, ele tinha seus próprios sonhos. Este fim de semana tinha sido maravilhoso ...

370


E se fosse bom demais para ser verdade? E se ele decidiu que não queria uma namorada afinal? E se depois o brilho de uma nova relação desapareceu, assim ele fez? Eu balancei a cabeça contra os pensamentos. Meu cérebro estava dizendo uma coisa, mas meu coração estava dizendo outra coisa. Ele se preocupa com você . Eu ouvi isso com cada batida do meu pulso. Eu estava indo para focar nisso, porque ouvir a minha cabeça doía muito. Quase como se Ivy ouviu a luta dentro de mim, ela se inclinou e sussurrou: "Eu nunca o vi desse jeito antes." Eu dei-lhe um olhar de soslaio. "Quem?" " Romeo ", ela respondeu . " Temos ido para as mesmas festas e eu tenho vindo a todos os jogos desde o primeiro ano . Ele nunca mostrou tanto interesse em ninguém antes." "Sério?" Eu perguntei, realmente querendo a verdade. Ela colocou o braço em volta dos meus ombros e me deu um abraço de um braço. "Realmente." Eu soltei um suspiro ansioso enquanto alguma da minha preocupação ia embora. Voltamos para aplaudir os lobos, juntamente com o resto da multidão. Um pouco mais tarde, levantei-me para acenar para o vendedor com a sidra de maçã. A minha já tinha terminado há tempos e eu desesperadamente queria outra (o início de uma nova obsessão? Possivelmente). Ele acenou de volta e fez um gesto que ele estaria acima, então me mudei para me sentar. Uma arrepiante sensação rastejou 371


sobre a palma do meu pescoço, e eu mexia com os óculos descansando no meu nariz. Meu cabelo ondulado estava em um rabo de cavalo alto – Ivy disse que parecia perfeito para o jogo - , e eu resisti ao impulso de puxar para baixo e esconder. Olhei em volta, tentando descobrir o que iria causar-me sentir assim ... fora subitamente. E então eu o vi. Zach estava sentado na arquibancada, várias filas mais e acima. Eu conheci o seu olhar e algo se passou entre nós. Algo que eu não gostei. Ele realmente odiava Romeo e agora por extensão ele me odiava. Ele tinha um grande hematoma no lado de sua mandíbula e seu lábio inferior estava inchado com uma separação vermelha no lado. Ele não fez nada realmente. Ele não falou da boca pra fora nenhuma palavra chula, ou rosnou e mostrou seus dentes. Ele apenas ficou lá e olhou... seus olhos vazios e frios. Um frio trabalhou seu caminho até minha espinha e rastejou lentamente sobre o resto de mim. "Tudo bem? ", Perguntou Ivy , quebrando o feitiço que ele parecia lançar. Eu me afastei e pisquei, tentando escovar fora o terrível sentimento de mau presságio que envolveu meu pescoço. Eu fingi um sorriso para Ivy e balancei a cabeça. "Ótimo." O vendedor parou ao meu lado e eu paguei por outro copo de sidra, e então ele foi embora. A multidão aplaudiu e eu gritei 372


junto com eles, sem ter realmente certeza do que aconteceu no campo. Eu resisti Ă vontade de virar e olhar para Zach novamente . Quando eu nĂŁo podia mais, eu espiei por cima do meu ombro, onde ele estava sentado. Ele se foi.

373


CapítuloTrinta e Dois Aviso da Faculdade O professor Wiggly gostaria de ter sua peruca de volta. O grupo culpado deve devolvê-la imediatamente para evitar punição. #EuNãoEstouRindo #SimEuEstou ...Alpha BuzzFeed

Romeo Eu era o pior tipo de idiota que existia. Eu a levei para fora para panquecas. Eu segurei sua mão por baixo da mesa . Eu fiz amor com ela. Mais do que uma vez. Nada disso era mentira. Mas isso não começa dessa maneira? Eu não a procurei. Eu fui mandado para ser tutelado por ela. Então eu fui desafiado para dormir com ela. Eu não achei que era grande coisa. Quero dizer, era apenas sexo. Então eu fiz um esforço para conhecê-la. E isso é quando as coisas ficaram complicadas. 374


Meu mundo parecia se chocar com o dela. Nós éramos duas pessoas com vidas completamente diferentes, mas ela me puxou para dentro de qualquer maneira. E agora aqui estava eu, pego. Enlaçado por uma situação essencialmente de minha própria autoria. Como eu poderia contar a ela sobre a iniciação? Depois de tudo o que ela me disse, depois de tudo o que ela sofreu em uma idade tão jovem? Isso fez mal ao meu estômago que não havia qualquer tipo de semelhança entre mim e aquele pumk de dezessete anos de idade que levou sua virgindade. Mas lá não tinha que ser. Eu já tinha me decidido. Eu a escolhi. A decisão estava tomada, embora eu sabia que poderia me custar muito. Gostaria de fazer direito por Rimmel. E eu faria direito por mim. Começando agora. Cheguei cedo no vestiário para me aprontar para o jogo. Ninguém mais estava aqui ainda, e eu queria tirar vantagem disso para ter uma conversa com o treinador. Ele olhou por cima de tudo o que ele estava fazendo para eu pairando na porta e fez sinal no assento na frente de sua mesa. " Parece que você tem algo em sua mente. " "Eu estou fora da Omega ", eu disse, decidindo não medir as palavras . Seus olhos brilharam com surpresa e ele jogou de lado a caneta . "Você sabe que o seu caminho para a NFL seria um inferno de muito mais fácil se você não estivesse. " "Sim", eu disse. "É por isso que estou aqui. " Ele esperou por mim para continuar. 375


"Eu vou fazê-lo sem Omega ", eu disse. "Eu acho que eu sou um jogador bastante bom. Eu quero saber se você vai me ajudar a conseguir recrutadores aqui quando chegar a hora " . Ele me estudou por muito tempo, momentos medidos. Eu não recuei, nenhuma polegada. "Isto é sobre uma garota ? " "Não", eu disse. Porque, na realidade, realmente não era . Sim, Rimmel desempenhou um fator em mim não querendo estar associado com Omega, mas era mais do que isso. Isto era sobre mim brilhando um caminho para o que eu queria, para a minha meta final nos meus próprios termos. Quando chegasse à NFL, não seria porque eu me curvei e puxei o saco de algum idiota por alguns anos na faculdade então ele faria algumas chamadas telefônicas. Eu era melhor do que isso. "O que eu estou ouvindo é que pode haver algumas rachaduras na fundação da Omega. " "Sim ", eu concordei . " Pode ser. " E seu nome é Zach. " Você mantém o nariz limpo ?", Ele perguntou. "Sim, senhor ", eu disse. Por agora. Ele grunhiu como se ele ouviu meu pensamento implícito. " É preciso um homem com bolas pesadas para afastar de algo que poderia lhe dar tudo o que ele quer. " Fiquei lá sentado, inflexível sob seu olhar. Minha decisão estava tomada. Ele não ia mudá-la. 376


"Eu vou fazer as chamadas. Eu tenho alguns favores no meu bolso " , disse ele finalmente. Levantei-me e estendi a mão para apertar a dele. "Obrigado, treinador. Eu não vou lhe decepcionar." " Romeo ", disse ele quando eu teria dado um passo para fora da porta . "Sim ?" Eu perguntei , virando-me para trás. "Este tipo de rachadura na fundação, é algo que eu preciso que a universidade entre e tenha que lidar? " "Não", eu disse. "Eu dou conta disso." " Os Lobos estão com você, filho. " Eu sorri . Eu sabia que eles estavam. É por isso que eu era capaz de me afastar de tal estragada fraternidade. Eu já tinha uma família. E esta família aceitaria Rimmel sem luta. "E , Romeo ! ", Ele gritou depois de eu ter saido de sua vista. " Não seja pego ! " Foi uma bênção muito bonita do treinador para lidar com o meu negócio.

377


CapítuloTrinta e Três #TGIF Não faça nada que eu não faria. #QueÉNada ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Eu não gosto de filmes de terror. Eu não achava que fosse divertido ter medo. Devido a isso, o Dia das Bruxas nunca foi meu feriado favorito. Eu preferiria muito mais ficar em casa e distribuir doces quando algo não assustador esrivesse passando ao fundo na TV. Aqui na Alpha U, Halloween era apenas mais uma razão para festa. Todos os anos, as casas das fraternidade se revezaram para montar uma casa mal-assombrada, e estudantes fervilhavam o lugar para uma noite de assombração e beber cerveja. Eu nunca fui no ano passado. Eu fiquei dentro e estudei, que era precisamente o que eu planejejava fazer este ano. Até que Romeo apareceu na minha sala. Ele sorriu aquele sorriso encantador, beijou-me tonto, e a próxima coisa que eu sabia era que eu estava no Hellcat levando uma espingarda no caminho para a casa Assombrada.

378


Braeden e Missy estavam ainda "se divertindo " e estavam atualmente no banco de trás, transando. Claramente ela não tinha um problema com casas assombradas ... ou PDA. Romeo estendeu a mão sobre o assento e enredou os dedos com os meus . Seu sorriso era realçado pelo brilho do traço. "Vai ser divertido. Você vai ver." Eu lhe dei um olhar que disse que eu conhecia melhor, mas seu sorriso só ficou maior. " Você pode se segurar em mim tudo o que quiser . " Revirei os olhos . "Se você me queria para saltar em você, você poderia apenas ter pedido , "Eu murmurei. " Você não precisa me fazer querer fazer xixi minhas calças para me pegar em seus braços. " Ele riu, mas ele ainda não voltou. Resignei-me ao meu futuro imediato. Eu realmente esperava que eu não embaraçasse a mim mesma. A casa assombrada foi organizada pela Casa Beta este ano, e tivemos que passar pela Casa Omega para chegar lá. Eu tremi um pouco pensando sobre a semana anterior, quando eu vi Zach no jogo. Eu não o tinha visto desde então, e eu nunca disse Romeo sobre a forma estranha que ele me fez sentir . Romeo já odiava o cara o suficiente sem eu adicionando mais gás para o fogo. Toda a semana tinha sido livre de drama. Claro, eu ainda tenho olhares fulminantes de algumas meninas ciumentas, mas eu as ignorei. Eu nunca dei importância ao que as pessoas pensavam antes e eu não estava prestes a começar agora. Passamos algum tempo estudando e até mesmo mais tempo transando. 379


Ivy, Missy, e eu tínhamos pizza e refrigerante uma noite, enquanto Ivy tentou dar sentido ao meu guarda-roupa e coloquei algumas roupas que ela gostava. Ela desistiu depois de dez minutos e me contou que tínhamos de ir às compras. Até agora, shopping não estava no topo da minha lista de prioridades. Claro, dado onde Romeo estava me arrastando, eu meio que desejei que eu tinha feito planos para ir com ela e que estávamos lá hoje à noite. "Eu realmente não gosto de Dia das Bruxas, " eu disse, meu estômago torcendo um pouco quando ele estacionou o Hellcat. Música assustadora e gritos altos perfuravam o ar. " Vai ser divertido ", disse Missy ao lado do carro . " A coisa mais assustadora que você verá lá dentro será que há alguém recebendo-a no canto porque eles acham que ninguém pode ver . " Braeden e Romeo riu. "Cara," Braeden disse . "Você se lembra do ano passado quando aquele cara de Phi K estava fazendo sexo com uma das meninas supostamente trabalhando a casa?" Todo mundo riu, exceto eu . "O que aconteceu? ", perguntei. " Seu braço falso caiu e ele começou a gritar e fugiu com seu pau batendo ao vento." Eu ri . Missy sorriu. " Aposto que ele não vai voltar este ano " . Romeo passou o braço em volta de mim e me puxou para o seu corpo. Eu aconcheguei mais perto só porque eu podia. Quanto mais próximo os quatro de nós nos arrastamos para a casa, mais nervoasa eu fiquei.

380


Braeden e Missy passaram à nossa frente e aproximaram-se da linha, mas Romeo me arrastou de volta e virou-se, logo ele estava em pé na minha frente. "Podemos esperar aqui fora. Não temos que entrar. " " Não é por isso que você queria vir ? Para entrar? ", perguntei. Ele sorriu. " Sim, mas eu realmente apenas queria estar com você . E aqui está você " , ele disse, inclinando-se para me beijar. Dentro da casa, alguém gritou e uma risada ecoou. Recuei e tomei uma respiração. "Vamos entrar." Ele ergueu as sobrancelhas. "Sério?" Eu mordi meu lábio inferior e , em seguida, assenti. A faculdade era suposto ser um momento para se divertir e fazer coisas malucas. Além disso, eu sabia que Romeo realmente queria entrar. "Sim . Mas só se você segurar minha mão." "Eu não vou soltar. " Ele prometeu. Claro, no segundo que Romeo pisou na linha, ele acenou para a frente . Parte de mim estava realmente irritada porque eu não tinha certeza de que eu estava pronta, mas a outra parte estava feliz porque pelo menos eu não teria tempo para ficar lá e duvidar de mim. O primeiro quarto que nós entramos estava completamente escuro com apenas uma luz estroboscópica com configurar off para o lado. Ela disparava aleatoriamente, iluminando o espaço com estroboscópios rápidos brilhantes de intensa luz. A forma como ela disparava tornou quase impossível de se ver . A sala estava cheia com teias de aranha e material de fio tipo seda envolto em torno da sala, pendurado em cada canto e recanto.

381


Enquanto a gente entrava, o fino material tipo cabelo pegou em nosso cabelo e roupas e escovou contra a nossa pele. Música cheia de gemidos e tremores altos encheu meus ouvidos, e arrepios completos irromperam em meus braços e pernas. Minha mão apertou em torno de Romeo e eu gritei enquanto andava para a direita em uma teia de espessura. Romeo riu e me chamou de volta contra seu peito. Seus braços vieram ao meu redor por trás e eu senti seu hálito quente contra a minha orelha. "Tenho você." Continuamos para a próxima sala, que estava cheia de zombies que vieram perigosamente perto e cheiravam estranhamente a carne podre. Romeo riu. Eu mantive meus olhos fechados. Houve um pouco de gritaria nos quartos à nossa frente, e eu comecei a me perguntar se talvez esta foi a minha pior idéia de sempre. Como se ele soubesse, os braços de Romeu apertaram ao meu redor e os ombros curvados para baixo, fazendo-me sentir protegida e segura. Suspirei um pouco e me apoiei nele enquanto passamos para a próxima sala . alguém pulou em cima, aterrissando com um baque surpreendente . Eu gritei e caí de costas. O homem estava vestido com um ceifador deroupa, e quando ele levantou a cabeça, o seu rosto estava coberto por uma horrível máscara. Ele nos apressou e eu gritei de novo, virando nos braços de Romeo e praticamente subindo o seu peito. Ele pegou meu peso com facilidade, ainda que eu lutei O ceifeiro coisinha passou correndo por nós com um guincho agudo e bateu no ombro de Romeo enquanto ele andava.

382


Embora ele balançou em seus pés um pouco, ele conseguiu tomar a batida, o meu peso, e me carregar, tudo de uma vez. Abaixei meu rosto em seu pescoço e estremeci. "Isso foi muito, muito bom", ele retumbou no meu ouvido. Meus dedos se enroscaram no cabelo na base de seu pescoço e ele deu um beijo na minha cabeça e começou a andar, carregando-me através do quarto seguinte. Eu não tenho nenhuma idéia do que estava nele. Eu não ousei olhar. " Só mais uma sala", ele sussurrou em meu ouvido enquanto ele continuou a andar. Eu puxei minha cabeça de volta e pisquei contra a luz verde- neon e névoa contínua, que eu assumi que era o resultado de alguma máquina escondida. Música esquisita e estridente perfurou meus ouvidos. Inclinei-me e falei em seu ouvido. "Ponha-me no chão." Ele olhou para mim . "Eu gosto de carregar você. " Eu estava tentada a resolver me voltar contra ele, mas em vez disso eu balancei minha cabeça. " Não, se Braeden vir tudo isso , ele nunca vai me deixar viver assim. " Os dentes brancos de Romeo refletiam o verde da sala. Ele me colocou no chão e começamos a andar novamente. Eu colada ao seu lado. O quarto era algum tipo de configuração de autópsia alienígena. Havia sangue espalhado por toda parte, deixando manchas escuras no verde. A névoa era grossa e ela fez a parte de trás da minha garganta arder. Para os lados da sala, mãos longas se estendiam para fora da névoa. Eles eram três dedos e tinham nós dos dedos extremamente grandes.

383


Contra a parede, havia uma mesa de aço de grandes dimensões com um corpo definido e cientistas loucos e médicos de pé ao redor com todos os tipos de instrumentos hediondos e tortuosos. Meu estômago revirou um pouco, porque tudo parecia tão doente e tão real. Eu pressionei contra Romeo e foquei em SAÍDA neonlaranja, a poucos passos de distância. Eu tropecei e tropecei, me pegando antes que eu caísse. Romeo estendeu a mão para me firmar. " Calças estúpidas ", eu murmurei. Eu realmente preciso ir às compras com Ivy. Cair por causa das minhas roupas era irritante. Eu dei um passo para a frente, de volta para o lado de Romeo, mas eu senti resistência novamente. Eu fiz um som frustrado som e olhei para a perna da minha calça, pensando que a bainha larga tinha ficado presa em alguma coisa. Ela não estava presa em algo. Ela estava presa em alguém. Uma grande mão de aparência deformada estava enrolada no meu tornozelo. Eu puxei a minha perna, como para me livrar dela, mas ela só pegou mais duramente. Eu chutei para fora e gritei, mas não foi o suficiente para desalojar o domínio. O pânico invadiu meu sistema como água congelada, e eu estendi a mão para Romeo, que foi se virando para ajudar. Algo parecia se materializar do forte nevoeiro. Algo coberto da cabeça aos pés em algum assustador como o inferno traje alienígena. Isto tinha grandes olhos negros, uma cabeça calva e um assustadora boca sorridente.

384


Ele se lançou assim que eu gritei para avisá-lo. Ele estremeceu de surpresa, uma vez que, basicamente, pulei em suas costas. A mão no meu tornozelo arrancou, e eu caí no chão. Gritei de dor quando o meu quadril bateu no chão e tomou o peso da minha queda. Eu risquei no chão, tentando sair engatinhando. O que quer que estava no nevoeiro me tinha por ambos os tornozelos agora. " Romeo!" Eu gritei . " Rimmel", ele chamou de volta. Olhei para cima enquanto eu estava sendo arrastada e o nevoeiro me engolido inteira. "Não!" Eu gritei e comecei a chutar e lutar com tudo que eu tinha. Eu ouvi quem me segurava grunhindo de dor, e eu lutei ainda mais difícil. Uma das mãos me arrastando desapareceu, e eu ouvi alguém gritar : "Peguem-na! " Eu abri minha boca para gritar assassinato sangrento, mas algo foi enfiado entre os meus lábios, um pano de algum tipo. Mãos me agarraram pelos pulsos e os ligavam para o chão enquanto mais mãos faziam o mesmo com meus pés. O pânico era de pleno direito agora, enquanto eu era mantida pressionada no chão, perdida em meio a um mar de neblina em um quarto escuro, barulhento. Eu usei a minha língua para tentar forçar o pano da minha boca, lutando e trabalhando minha mandíbula e virando a cabeça para desalojá-lo.

385


Uma figura escura apareceu em cima de mim, montou minha cintura, e se inclinou assim nós ficamos face a face. Meus olhos se arregalaram e meu coração a ponto de explodir quando vi que era a pessoa no traje do ceifador, aquele com a máscara assustadora como merda. Ele riu, uma gargalhada do mal agudo, e meus joelhos começaram a tremer . Ele estava praticamente deitando sobre mim enquanto eu lutava e era pressionada. A máscara estranha zombou para mim mesmo enquanto ele mantinha seu corpo baixo, como se estivesse com medo que, se se mexesse muito, o nevoeiro não iria nos esconder. " Pergunte ao seu namorado porque ele está realmente com você. Pergunte a ele sobre a iniciação. " Eu parei de lutar e olhei para cima, não entendendo o que diabos estava acontecendo. "Um cara como ele não sai com uma nerd como você a menos que tenha uma razão. Talvez você devesse perguntar a ele qual é a razão. " Eu queria gritar com ele, mas o estúpido pano na minha boca tornou impossível. " Rimmel! " Romeo rugiu em algum lugar por perto. Meus olhos rolaram na direção do som de sua voz, e a coisa assustadora em cima de mim pegou minha mão e apertou minha mandíbula até que gritei silenciosamente. " Pergunte a ele sobre a iniciação. Sobre a corrida. Ele só está te usando " , a pessoa mascarada rosnou. 386


E, em seguida, o peso no meu peito se foi. As mãos que seguravam meus tornozelos e pulsos não estavam mais lá. Eu atirei para os meus pés e arranquei o pano para fora da minha boca. Engoli em seco e caí para o lado, batendo em alguma decoração ao meu lado. Isto fez um som alto, mas eu quase não notei. Eu tremia tanto que eu mal podia ficar de pé. Minha garganta estava queimando e meus olhos lacrimejavam. Meu queixo doía onde ele me apertou e meu pulso estava ferido. " Jesus! " Romeo gritou e me recolheu contra ele. Eu desmaiei nos seus braços e dei-lhe cada gota de meu peso . "O que diabos aconteceu ? " , perguntou ele. Eu passei meus braços em volta do pescoço e estremeci. Eu estava consciente dele andando rapidamente, mas eu não percebi que tínhamos deixado a casa até que eu senti o ar frio da noite contra a minha pele. Eu levantei minha cabeça e respirei agradecida. Braeden e Missy correram para o lado de Romeu. " O que está acontecendo ? " Braeden perguntou, sua voz preocupada. " Eu não tenho certeza ", disse Romeo rapidamente. "Nós nos separamos. Um cara me deu um salto. " " Que porra é essa ? " Braeden explodiu. " Rimmel foi puxada para dentro de todo aquele fog ", ele disse. Então eu senti sua inclinação da cabeça em minha direção. "Você está machucada? Você caiu? "

387


Eu olhei para ele através dos olhos queimando, ardendo. "Eu quero ir para casa." Seu corpo inteiro ficou tenso, mas ele só assentiu com a cabeça. Eu afundei de volta para ele assim que nós fomos para o carro. Ninguém falou durante o caminho de volta para o dormitórios, nem uma única palavra. Eu podia sentir o olhar preocupado de Romeo em mim enquanto nós dirigimos pelas ruas escuras. Eu só olhava para fora da janela, meus olhos não vendo absolutamente nada. Mas eu ainda podia ouvir aquela voz me dizendo para perguntar a Romeo, para perguntar sobre a iniciação. Eu tinha uma sensação muito ruim de que eu não ia gostar da resposta.

388


CapítuloTrinta e Quatro ALPHA U 101 Nunca fique entre um cara e sua menina. Especialmente se você for um imbecil. ...Alpha BuzzFeed

Romeo Um minuto ela estava colada ao meu lado e no outro ela se afastou. Eu não pensei muito no início. Quer dizer, eu apenas percebi que era ela sendo adoravelmente desajeitada como de costumel. Mas quando me virei para ajudá-la, eu fui empurrado. Atacado por trás. Ele quase me derrubou de pura surpresa, mas no final, eu me segurei no chão. Ele não era tão grande. Devo têlo superado por um lote. Ele agarrou a minha volta como um macaco aranha estúpido, e eu quase ri porque era óbvio que ele não tinha idéia de que ele não seria capaz de derrubar alguém dobro do seu tamanho. Cheguei em torno de minhas costas e enchi meu punho com seu traje . Com um puxão forte , eu o puxei por cima do meu ombro e derrubei-o no chão. Ele rolou e gemeu, mas ele não levantou.

389


Voltei-me para pegar Rimmel, sabendo que ela provavelmente estava se borrando de medo e eu nunca tinha que levá-la em uma dessas malditas casas novamente, mas ela se foi. No começo eu não entrei em pânico. Eu sabia que o nevoeiro tornava difícil de enxergar. Mas então os segundos esticaram por mais tempo e eu ainda não a via. Eu ainda não a ouvia. Eu senti a bomba de adrenalina através do meu corpo mais vezes do que eu poderia contar. Eu estava acostumado com corrida, o ritmo acelerado do futebol ... mas isso era diferente . Eu não tinha sentido isso antes. Medo, escuro e pegajoso, envolveu em torno do meu peito enquanto eu procurei e procurei e meus olhos vieram vazios. Quando ela não chamou por mim, eu fiquei com medo. Eu dei um soco em alguns caras e joguei alguém na parede enquanto procurava por ela através da névoa. E, de repente, ela estava lá, tropeçando em torno, abalada e atordoada . Quando eu coloquei meus braços em torno dela, ela tremia tanto que eu sabia que ela não seria capaz de suportar. Ela mal disse duas palavras. Esse medo escuro e pegajoso ainda se agarrava a mim. Ele parecia ficar mais difícil de abalar o quão calma ela ficou . Eu esperei até que eu deixei Missy e Braeden em seu caminhão perto do dormitório dela antes de eu puxasse perto da parte traseira do terreno e desligasse o carro. "Ei," eu disse suave . "Eles te assustaram pra valer, né?" Ela assentiu com a cabeça.

390


"Eu sinto muito, baby. " Cheguei através do assento e coloquei um braço ao redor dela. Ela enrijeceu . Algo frio desfraldou no fundo do meu peito. " Rimmel? ", Perguntei. Ela se virou para mim, então. O luar refletido fora de seus óculos e seus olhos estavam amplos por trás das lentes. " O que aconteceu com a iniciação? " ela disse. A pergunta aleatória me atirou na primeira. Eu não conseguia entender por que ela traria isso. " Iniciação ? ", Perguntei. "Sim. A fraternidade que você estava correndo. Você entrou? " "Não", eu disse, precaução em meu tom . "Por que você está perguntando sobre isso? " "Eles me arrastaram para dentro do nevoeiro ", ela disse, com a voz embargada. "Eles me prenderam para baixo no chão . " "Quem?" Rosnei enquanto as bordas da minha visão começaram a tingir de vermelho. "Eles estavam usando máscaras", disse ela . "Eu não podia ver. Ele se sentou em mim. Aquele com a máscara assustadora, aquele que tentou derrubá-lo." "Ele se sentou em você? " Eu repeti. Raiva tão calma se levantou em mim que se eu estivesse pensando em linha reta, eu teria ficado com medo. Ela assentiu com a cabeça. " Ele me disse para lhe perguntar sobre a iniciação. Sobre a corrida. Sobre por que você está comigo . " 391


Que. Porra. É essa. Foi tudo quase demais para processar de uma vez. Eu fui de pensar que ela era a vítima de alguma brincadeira estúpida para ela perceber que ela foi alvejada e, basicamente, atacada. Ela estava claramente além de assustada, e agora ela estava olhando para mim como se ela não me conhecesse. " Por que ele disse isso? ", Ela perguntou, sua voz pequena. Porque ele queria chegar até mim. Pegar algo que ele sabia que eu queria . Eu apostaria meu Hellcat que era Zach atrás dessa máscara hoje à noite. " Eu não sei . " Eu menti quando um novo tipo de medo tomou conta de mim. Eu ainda não tinha contado a ela sobre a iniciação e que ela era a garota escolhida para mim para levar para a cama. Depois ela me contou sobre a perda da virgindade, depois de tudo que ela passou que fez dela quem ela era, eu não podia. Eu estava com medo. Com medo do que me custaria a verdade. Com medo de que ela iria perceber que eu não era melhor do que o cara que roubou sua virgindade. Eu sabia que tinha que dizer a ela. Eu queria esperar a iniciação passar então eu poderia lhe revelar que ela não era apenas algum desafio. Imaginei que uma vez que ela visse que eu não era um membro da Omega, ela iria acreditar em mim. A indução no fraternidade era amanhã à noite . Zach me bateu para o soco.

392


" Romeo ", disse ela , puxando os joelhos em seu peito e parecendo tão pequena de estar lá no assento de couro . "Eu era uma espécie de iniciação para Omega? " Fechei os olhos. Foi uma questão direta. "Lembra quando você me disse há algum tempo atrás que eu poderia lhe pedir qualquer coisa e você daria para mim em linha reta, mesmo se a resposta fosse algo que eu não gostasse? " Oh, eu me lembrava. Lamentei aquelas palavras agora. Eu abri meus olhos e olhei para ela. "Sim", eu sussurrei. " Sim, você se lembra, ou sim, eu era algum tipo de iniciação? " " Rimm- " " A verdade ", disse ela, me cortando. " Ambos. " Eu admiti. Sua ingestão aguda da respiração era como uma faca no coração. " Então, o que foi? " Sua voz era plana, desprovida de emoção. Foi o pior som que eu já tinha ouvido. "Você tinha que namorar comigo? " "Isso não importa, porque eu saí da fraternidade ", eu disse . "O que era? " Ela apertou. Minha mão enrolou em torno da direcção e apertou. " Para dormir com você . "

393


O corpo dela estremeceu como se eu tivesse lhe dado um tapa . "Você tem que entender. Foi antes de eu conhecer você. Eu saí. Disse-lhes que não faria isso . " " Mas você fez. " Sua voz era tão calma e a calma era arrepiante. " Você dormiu comigo." " Não por cau- " " Você me usou , " ela sussurrou, a dor enchendo sua voz. "Será que você riu com seus amigos nas minhas costas ? ", ela acusou . "Você lhes deu um relato de tudo que nós fizemos? Eu compartilhei parte de mim com você que nunca compartilhei com ninguém. " "Eu sinto muito." Isso foi a coisa mais patética de se dizer, mas eu não sabia o que faria o que eu fiz parecer certo. Nenhuma coisa. Nada faria isso certo. "Por favor, me escute , Rimmel, " eu disse, atingindo a mão dela. Ela se afastou. "Por favor." Ela apenas olhou para mim. Eu podia ver as não derramadas lágrimas brilhando em seus olhos. "Eu me importo com você. Eu abandonei a corrida. Você é mais importante para mim. " O silêncio se estendeu entre nós. E então ela falou . " Eu gostaria de poder acreditar em você. " Ela alcançou a maçaneta e abriu a porta.

394


" Espere", eu disse. Ela fez uma pausa , mas não se virou. "Eu juro por Deus, tudo o que eu alguma vez disse que eu sinto por você é real. Por favor, acredite em mim." Seus ombros caíram como ela se ela estivesse carregando um peso tão pesado que estava esmagando-a. "Eu preciso de tempo para pensar. " "Eu posso te dar isso. " Eu prometi , mesmo embora tudo em mim estava gritando que não. Ela escorregou do carro e correu para o dormitório. Eu sentei lá por um longo tempo, mesmo depois que ela entrou. Eu sabia que deveria estar com raiva . Eu deveria estar cheio de raiva por Zach e o que ele pode ter me custado. Mas eu não podia convocar a raiva. Tudo o que eu sentia era a dor .

395


CapítuloTrinta e Cinco Alguém mais pode sentir o problema no ar? #AlgumaCoisaEstáAfundando ...Alpha BuzzFeed

Rimmel Eu chorei até adormecer naquela noite. Ele me machucou.

396


CapítuloTrinta e Seis Um roubo no escritório do reitor? Conte... ...Alpha BuzzFeed

Romeo

Ela não iria responder às minhas chamadas. Dois dias sem ouvir a voz dela me parecia uma eternidade. O sentimento de vazio em meu peito era constante, mas mesmo assim, a raiva veio . Ele me iluminou de dentro para fora . Como fogos de artifício explodindo em um céu noturno . Eu perguntei ao redor, pedi favores. O rumor era que foi Zach que atacou Rimmel, mas os rumores não poderia ser provados. Mas mesmo se eu não podia provar o que ele fez, ele ainda tinha que pagar. Eu simplemente não iria virar meu rosto e deixá-lo ferir Rimmel e tentar me atingir. Eu disse ao Treinador que eu não iria lidar com o comportamento corrupto sujando o nome de sua própria

397


fraternidade. Eu ia deixá-lo cair para segundo plano porque eu estava sido muito preso a Rimmel. Mas era hora de acabar com isso. Era hora de mostrar a Zack que não deviam foder comigo. Usando alguns dos amigos que eu tinha em lugares convenientes, eu defini um plano em movimento. E então eu fui para o reitor. Ele estava muito disposto a ouvir as novas informações que tinham vindo à tona. Ele estava mesmo extremamente desapontado ao saber de tal desrespeito gritante vindo daqueles que ainda considerava seus irmãos. Não mais de uma hora mais tarde, eu me encontrava à porta da Omega, à espera de deixarem eu entrar. O choque que estava registrado no rosto de Jack quando ele abriu a porta me fez sorrir presunçosamente. "Posso entrar?" "Somente membros ", disse ele com um sorriso de escárnio. Eu achatei a palma da minha mão na porta e empurrei, balançando as redes. Ele bateu contra a parede, sacudindo a janelha velha próxima. Passos soaram na escada enquanto vários membros vieram correndo para ver de onde vinha o som. Todos pararam quando eles me viram. Zach apareceu a partir da parte de trás da casa, e quando nossos olhos se encontraram, ele sorriu.

398


Eu queria bater para fora seus dentes tão ruim que eu realmente dei um passo ameaçador para a frente . " O que você está fazendo aqui ?", Ele cuspiu. " Veio rastejar por um lugar na casa? Lamentar por aquilo que você desistiu? " A porra da arrogância deste cara era incomparável. Andei em direção a ele e ele contornou contra a parede. Enfiei-me para cima contra ele, prendendo-o com o meu peito duro. " Como se sente ao ser preso e indefeso? " Eu sussurrei. Seus olhos se arregalaram e ele balançou a cabeça. " Eu sei que foi você", rugi. "Isto é o seu retorno . " " Você não pode provar merda ", ele atirou para fora, mas seus olhos tinham medo. "Você está certo. Eu não posso provar que você era o cara na máscara na outra noite. Mas eu posso provar outra coisa. " A confusão encheu seu rosto e ele enrolou o lábio para mim. Eu levantei meu punho, desesperado para agredi-lo, e o olhar apagado seu rosto. " Toque-a novamente e hoje vai parecer olhar como uma viagem de campo do jardim de infância. " Eu empurrei para longe dele, e ele se encolhia mais uma vez na parede . Os membros se reuniram todos juntos e estavam assistindo o desdobramento da cena em silêncio. Olhei para a porta e, na hora certa, o reitor entrou. " Zachary ", disse ele , sua voz cheia de autoridade.

399


" Reitor ", disse ele, endireitando-se da parede. " Romeo irrompeu aqui e me ameaçou." " Eu não ouvi qualquer ameaça ", disse ele e se dirigiu à multidão . " Será que alguém mais ouviu Romeo ameaçar o seu presidente? " Ninguém disse uma palavra. O rosto de Zach ficou vermelho de raiva. "Eu estou aqui hoje por causa de uma dica recente que foi levada à polícia do campus , " o Reitor continuou e , em seguida, acenou para alguém de fora . Dois policiais uniformizados entraram no saguão. "Que tipo de dica?", Disse Zach. " Posso assegurar-lhe que é uma mentira. " " Sim , bem, eu concordo", disse o reitor. "Eu quero dizer, é totalmente absurdo que o presidente da fraternidade de maior prestígio na Alpha U iria roubar algo de mim, um ex-aluno Omega, de todas as pessoas . " " Exatamente", disse Zach , relaxando um pouco, porque ele pensou que o reitor acreditou nele. " Mas eu ainda tenho que acompanhar a questão. O Campus manda, você entende. " "É claro ", disse Zach e acenou para ele desligado. " Faça o que o sr. precisar fazer. " " Cavalheiros ". O reitor fez um gesto para os policiais, e os caras nas escadas se separaram deles à medida que subiam.

400


Zach zombou de mim quando eles tinham ido, empurrando a parede e chegando a ficar na minha frente. " Você vai pagar por isso." Eu sorri. Não foi uma exibição amigável de dentes. "Nós veremos." Não demorou muito para que a polícia e o reitor para descessem as escadas , olhando solene. " Reitor, " Zach disse e deu um passo adiante. "Sinto muito por ter feito o sr. perder o seu tempo hoje. " O reitor suspirou e estendeu a placa de identificação que tinha vindo de seu escritório. Ele assentiu para o oficial à sua direita, e ele produziu um par de algemas . " Você está preso por roubo de propriedade do campus " , disse ele enquanto ele batia o metal em torno dos pulsos de um muito chocado Zach. Zach explodiu em uma onda de movimento. Ele tentou bater o oficial de longe o tempo todo gritando que tinha sido armação. "Foi Romeo!", Ele gritou, chutando e lutando. "Ele é a pessoa que fez isso! " O reitor olhou para ele com calma. "Como você explicaria como minha placa de identificação entrou em seu quarto, em seu armário então? " Os olhos de Zach incharam. " Ele deve ter colocado lá! ", ele gritou. " Como eu poderia ter feito isso?", Perguntei com calma. " Eu não vivo aqui. Eu não sou um Omega. Eu não tenho acesso a esta casa. "

401


Zach começou a gritar sobre um traidor na casa e traição e lealdade. Eu realmente não sabia. Eu parei de ouvir enquanto os policiais o puxaram para longe e empurraram-no na parte de trás do carro da polícia. Quando ele se foi, eu encarei o reitor. "Sinto muito sobre isso, senhor. Eu esperava que eu não estivesse certo." "Sim. Eu também. Obrigado, Roman, por fazer a coisa certa." Apertamos as mãos e ele saiu, fechando a porta da frente atrás dele. O silêncio atordoado na sala foi como música para meus ouvidos. Mas não durou muito tempo. Todo mundo começou a bater palmas. Depois de alguns momentos, eu levantei a minha mão e o grupo acalmou. " Omega costumava ser a melhor fraternidade neste campus. Era exclusiva e legal. Tragam de volta. O lixo foi retirado. "Eu vi um monte de gente acenando de acordo. Trent estava por perto, observando o desdobramento da cena. "Eu acho que um bom lugar para começar é com um novo presidente. Alguém que, na verdade, traz um bom representante para esta casa. " Todo mundo estava ouvindo, então eu apontei para Trent . "Eu sei que não sou um membro, mas se eu fosse, gostaria de nomear Trent Mask. Quem melhor para liderar esta fraternidade para um novo começo, senão um dos nossos próprios lobos? "

402


Trent olhou surpreso, mas se recuperou rapidamente e sorriu. Ele deu um passo para frente e estendeu a mão. Eu apertei. " Eu não acho que ninguém se oporia a você que está sendo introduzido em Omega ", disse ele. Todos aplaudiram. Eu sorri. " Obrigado, mas eu acho que vou passar. " "Achei que você ia dizer isso. " Ele balançou a cabeça. Eu disse minhas despedidas e bati em alguns punhos no meu caminho para fora da porta. Foi um dia bom. Zach teve o que merecia. Agora, tudo o que eu precisava era de obter o que era meu.

403


CapítuloTrinta e Sete #Relato policial Oh, como os poderosos caíram. #OmegaPrecisaDeUmNovoPresidente #karma #Algemas

Rimmel Quatro dias. Eu tenho existido por quatro dias. Romeo ligou. Ele mandou mensagem. Ele deixou mensagens. Eu ignorei todos elas. Eu fui para a aula. Eu me escondi em meu dormitório. Voltei a não pentear meu cabelo e usar calças que me faziam tropeçar cada vez que dava um passo. Ivy tentou me animar, ela tentou falar comigo, mas eu a empurrei para longe também. Eu estava além de miserável. Eu só queria ele de volta. Mas eu estava com medo. Com medo de me machucar de novo. Com medo de amar alguém tanto que isso lhes desse poder sobre mim. No quarto dia, Michelle ligou. Ela estava preocupada que eu não tinha aparecido. Não era do meu feitio simplesmente não 404


aparecer. Instantaneamente, senti-me culpada. Não era culpa de Murphy ou qualquer um dos animais que eu era uma bagunça quente. Eu menti e disse a ela que eu tinha estado doente. Então eu prometi que iria passar por lá mais tarde. Eu tinha estado relutante em ir, mas uma vez eu estava em pé na calçada , olhando para a construção familiar, algo dentro de mim aliviou. Murphy me faria sentir melhor. Murphy sempre me fazia sentir melhor. Eu estava indo dever a ele arranhões extras para compensar por não estar aqui ultimamente. Entrei na sala dos gatos, a intenção de ver Murphy e apenas estar com alguém que não tivesse alguma agenda escondida. Assim que entrei, alguns dos gatos vieram na porta de seus abrigos e eu parei para coçar atrás de suas orelhas. Lágrimas picaram nas costas dos meus olhos, porque às vezes dói ver todos estas almas inocentes engaioladas. Na maioria das vezes eu fui capaz de me concentrar no fato de estes gatos tinham um lugar quente e seco para viver com abundância de alimentos para comer. E, honestamente, a maioria deles aqui nunca passou mais de um mês antes de ser adotado em lares amorosos. Talvez fosse por isso eu me sentia tão conectada a Murphy. Ele nunca foi adotado. Uma vez ele chegou perto , mas eles decidiram levar outro gato para casa. É assim que eu me sentia. Eu tinha estado tão perto de ter alguma coisa com Romeo. Algo real. Ou assim eu pensei. Eu fui até a esquina e me inclinei para o abrigo de Murphy, espiando . "Murphy , " eu disse suavemente. A gaiola estava vazia. Ele não estava enrolado nas costas como sempre. 405


Eu caí para trás na minha bunda enaquanto eu pisquei e olhei para o espaço vazio . Depois de um momento, eu subi e verifiquei as outras gaiolas , pensando que alguém acidentalmente o colocou no lugar errado. Ele não estava em qualquer lugar nesta sala. Michelle entrou e sorriu. "Ei, Rimmel . Portanto, fico feliz em vê-la hoje. " "Onde está Murphy ?" Eu disse, sem me preocupar com brincadeiras. Ela franziu a testa. O fundo do meu estômago escavou e uma dor começou no meu peito. "Eu pensei que você soubesse ... " Ela parou quando tornou-se dolorosamente óbvio pelo olhar no meu rosto que eu não tinha idéia. "Murphy ", eu disse novamente. " Ele foi adotado. " Eu oscilei um pouco em meus pés e atingi fora para me equilibrar contra a parede. " Rimmel . " Michelle veio para a frente. Eu estendi minha mão com a palma para fora, para pará-la. "Quando?" " Ainda no outro dia. " Ela parecia aflita.

406


Ela devia estar. Alguém devia ter me dito. Alguém deveria ter dito algo. Ele era o meu gato. E agora ele se foi. " Rimmel , querida, eu pensei que você soubesse quando uma boa casa o encontrasse, ele iria. Nós não podíamos mantê-lo aqui até você se formar. " Eu sabia disso. Eu fiz. Era lógico. Eu não estava me sentindo muito lógica agora. Lágrimas queimaram meus olhos e minha garganta doía a partir do esforço de engolir. "Eu entendo," eu disse, minha voz rouca. Eu olhei para cima para ela. " Ele foi para uma boa casa? " " Ah, sim, ele foi. " Eu balancei a cabeça. " Acabei de me lembrar de algo que eu tenho que fazer no campus. Eu não posso ficar. "Eu não esperei por ela para dizer qualquer coisa. Uma vez que eu estava fora na sala principal sozinha, corri em direção a porta e eu a abri. O ar frio em volta de mim, mas eu ignorei. Pela primeira vez, eu não sentia seu ferrão. Tudo tinha sido muito bem antes. A vida era boa ... Era constante. E então eu conheci Romeo. Eu me apaixonei por seus olhos brilhantes e fáceis de sorrir. Eu fiz alguns amigos e eu comecei a construir uma vida, uma vida que eu queria. Uma vida que eu gostava. E então tudo mudou. Eu deixei tudo ser arrancado.

407


Sim, eu ainda tinha Ivy e Missy, mas se eu fosse honesta comigo mesma, eu admito que estava com medo que uma vez que elas percebessem que Romeo não ia voltar, elas não gostariam mais de ser minhas amigas. Romeo tinha ido embora. Murphy tinha ido embora. Debrucei-me contra o tijolo do edifício e abaixei minha cabeça até que ela quase tocou meu peito. Silenciosas, grossas lágrimas escorriam dos meus olhos e caiam contra a minha camisa. Isso doía. Doía mais do que eu lembrava que poderia, mais do que eu jamais pensei que seria. Esta não foi a primeira vez que eu tinha sido usada. Ao menos desta vez eu era mais velha, mais sábia, e eu tinha minha vida junta. Então, por que, por que me sinto pior ainda? Porque eu o amava. Porque ele não tinha me usado. Na verdade, não. Talvez no início ele se propôs a isso, mas depois mudou. Nós dois mudamos. E agora nós dois estávamos sendo punidos. Eu chorava mais, profundos, baixos soluços rasgando da minha garganta. Eu caí contra o edifício porque eu não sabia mais para onde ir. Braços fortes familiares encontraram seu caminho em torno de mim e me aliviaram longe da parede. Eu fui puxada contra um peito amplo, sólido, que irradiava calor. Eu sabia quem era. Eu conheceria a sensação dele em qualquer lugar. Eu fiquei rígida e minhas lágrimas fizeram uma pausa. 408


Ele colocou a mão contra a palma da minha cabeça e colocou meu rosto mais longe em seu peito. Algo quebrou dentro de mim. Comecei a chorar de novo, mais forte dessa vez, enquanto meus braços enrolavam em torno de sua cintura. Ele era o único que eu poderia mostrar o quão vulnerável eu me sentia no momento. Ele era o único que eu queria. Ele era a razão pela qual eu estava chorando, mas ele estava aqui. Ele tinha vindo aqui, porque talvez ele sabia o quão ruim eu me machuco. Eu me afastei e seus polegares escovaram as lágrimas do meu rosto. Eu funguei e ele inclinou minha cabeça para cima, agarrando-a firmemente entre ssuas palmas. Seus olhos de safira queimaram nos meus. Eu vi. Eu vi que ele realmente sabia. Ele sabia exatamente como eu me sentia , porque foi espelhado de volta para mim em seu olhar. Ainda segurando meu rosto, ele alegou minha boca. Ele me beijou lentamente, mantendo os lábios firmemente nos meus. Emoção tão intensa rodopiou em nossa volta que mais lágrimas vazaram dos meus olhos e se misturaram com o nosso beijo. "Por favor ", disse ele, rouco, seus lábios ainda contra os meus. "Apenas fale comigo. Por favor." Eu estava fraca demais naquele momento para dizer a ele que não. Eu balancei a cabeça. Ele me beijou novamente antes de me aconchegar ao seu lado e me depositando em seu carro estacionado no meio-fio.

409


Nós dirigimos em silêncio para o seu lugar. Olhei para fora da janela e não olhei para ele nem uma vez. Eu queria desesperadamente chegar e tocá-lo. Para ligar os dedos juntos, sentir seu calor. Eu me neguei, porque eu não sabia o que estava por vir. Ele já possuía muito de mim. Como eu poderia lhe dar mais? Esperei atrás dele enquanto abria a porta. Quando estava aberta, ele gesticulou para mim para ir em primeiro lugar. Passei por ele com firmeza, evitando qualquer tipo de contato acidental. Luz solar derramava-se através das cortinas. Isto era brilhante e convidativo e isso me fez doer mais. Eu contornei a sala e fui para a cozinha, esperando que não estivesse tão malditamente ensolarado e alegre. Quando passei pelo sofá, meus olhos passou à minha frente para a ilha da cozinha. Meus pés gaguejaram. Eu parei e olhei. Eu pisquei e olhei novamente. Romeo estava logo atrás de mim, e olhei em volta com uma pergunta em meus olhos. Ele sorriu. Novas lágrimas brotaram enquanto eu avançava em direção ao gato preto de um olho sentado na ilha, balançando o rabo para trás e para frente. "Murphy . " Engasguei e peguei-o para cima e contra o meu peito. Eu enterrei meu rosto em seu pelo sedoso quando ele começou a ronronar. Eu o levei para o sofá e me sentei. Ele enrolou-se no meu colo como se ele soubesse que era onde ele pertencia . 410


" Você o adotou ", eu disse quando Romeo sentou-se na mesa de café na minha frente. " Você o ama , " ele disse simplesmente. Como se aquilo fosse tudo o que precisava saber. " Mas você vai ter que cuidar dele. Alimentá-lo. Dê-lhe água. Altere a caixa de areia " . " Pensei que talvez você gostaria de ajudar. " Eu olhei para cima. Nossos olhos se encontraram. " E se eu disser não? ", Perguntei. "O que acontece para Murphy , então? " Ele deu de ombros. "Ele é um gato legal . Eu o manterei. Ele pode assistir futebol comigo aos domingos." Eu não podia deixar de sorrir para a imagem que se formou na minha cabeça. "Você realmente faria isso? " , Eu sussurrei. Ele se inclinou para frente, apoiando os cotovelos nos joelhos . " Sim . " Então seus olhos estóicos viraram divertidos e seu sorriso saiu. "Você quer assistir futebol comigo aos domingos também? " Suspirei pesadamente e sentou-me ao lado de Murphy. "Não é tão simples assim ", eu disse, levantando-me e andando pela sala. "Por quê?" Eu vacilei.

411


"Porque eu usei você ?", ele disse, de pé. "Eu não usei. Na verdade, não. No minuto que eu conheci você, no minuto que eu comecei a ter reais sentimentos por você, eu fiz uma escolha. Poderia ter me levado algum tempo para realmente admitir que esta escolha e para agir sobre ela, mas ela estava feita. " Olhei para ele, para a forma como os músculos se moviam quando ele falava. "Eu não estou na fraternidade , Rimmel. Eu lhes disse para enfiá-la. Eu nunca tirei uma foto de nós na cama juntos, o que eles queriam. Inferno, tanto quanto todo mundo sabe, nunca tivemos sexo. Eu tenho sido leal a você. Eu ainda quero você." Eu respirei fundo . Eu não esperava por isto. O gato. A luta. Ele estava lutando para me manter. " Você sabe o que eu acho? ", Perguntou ele, empurrando uma mão frustrada pelo cabelo. "Eu acho que você está com medo. Eu acho que você está com medo de me amar." Eu estremeci. Suas palavras fizeram seu ponto. " Você está com medo que eu vou desaparecer. Como sua mãe, como idiotas em seu passado, inferno, até mesmo o seu pai. "Ele avançou e me agarrou pelos ombros. "Eu não vou a qualquer lugar. Você pode me afastar tudo o que você quer, mas não vai me impedir de te amar. " Eu respirei fundo. Sua voz suavizou e seu toque tornou-se mais como uma carícia. "Eu te amo ", ele sussurrou. "Romeo ... " 412


"Eu amo seus óculos, sua falta de jeito, seu cabelo selvagem, até mesmo a maneira como você ronca quando você ri. " Ele sorriu . "Eu te amo, apesar de você mesma, Rim. Não é possível você me amar, apesar de mim mesmo? " Eu não poderia evitar. Eu sorri. "Você vem com um monte de bagagem. " Eu suspirei. "Você é incrivelmente bonito, terrível em matemática, e você gosta de beber que Swill* (marca de cerveja) você chama de cerveja. "Eu zombei estremecendo. Ele sorriu, mas eu vi o alívio em seus olhos. " Eu ser bonito é uma coisa ruim ? " ele brincou. "Você tem um monte de opções ", eu disse a sério. "Eu não sou a melhor. " " Não. " Ele concordou . "Você não é." Nossa, ele poderia ter dito um pouco mais agradável. "Você é a única." Oh, bem, isso foi muito melhor. "Eu sinto muito por não ter contado sobre a corrida Imediatamente. Sinto muito por tudo o que fiz para machucar você. Agora, por favor me coloque para fora da minha miséria, Rim. Diga-me que você vai ser minha. Para sempre. " " Para sempre? " Eu sussurrei. Ele acenou com a cabeça uma vez. "Sem devolução. "

413


Eu escorreguei meus braços em volta do pescoço dele e sorri. "Sem devolução. " Ele gemeu, me pegou fora de meus pés, e me levou para o quarto. Ele era a fantasia de cada # nerd. Mas ele não era uma fantasia. Ele era meu.

#TheEnd ...Alpha buzzFeed Sidra de Maçã – Fogo Baixo Rimmel aprovou! Ingredientes - 1 garrafa de cidra de maçã - 3 pauzinhos de canela - 1 colher de chá de pimenta da jamaica - 1 colher de chá de cravos - 1/3 de xícara de açucar mascavo Modo de Fazer Junte a cidra, a canela e o açúcar mascavo em fogo baixo Enrole o cravo e a pimenta da Jamaica em gaze e coloque dentro. Leve para ferver, em seguida, reduza o fogo e cozinhe em fogo baixo por uma hora. Decore com fatias de maçã, paus de canela e chantilly. 414


415

Nerd the hashtag 01 cambria hebert  
Nerd the hashtag 01 cambria hebert  
Advertisement