Issuu on Google+

Uma certa Bahia ao acaso

Parte da exposição “Los caminos del cacau”. Fundación La Casa Amarilla - Barcelona - Es / Imagens cedidas temporariamente ao restaurante Origami Nouveau Avignon.


Há tempos que eu gostaria de conhecer partes do Brasil por intermédio de alguém que lá vivesse ou mantivesse vínculos fortes com suas origens. Ao desenvolver um projeto de identidade visual e ambientação de um sushi bar em Avignon França para um amigo baiano que viveu até sua pré adolescência num vilarejo no sertão baiano, pude experimentar de forma muito interessante a união dos serviços que presto em design gráfico com uma viagem ao fundo da alma, onde traduzi em imagens, as histórias que há muito tempo conhecia sobre os moradores de Umbuzeiro. Não quero identificar essa experiência como um trabalho de pesquisa etnográfica de teores antropográficos ou defender qualquer tese pseudo acadêmica a tentar explicar ou valorizar com discursos o que de fato ocorreu. Eu gostaria que as imagens falassem por elas mesmas e que pudessem despertar um pouco do sentimento de alegria que vivenciei e compartilho com os que tenham acesso a elas, quem seja nesse espaço, quer seja no restaurante na França onde estão expostas, quer seja em Barcelona onde fizeram parte de uma exposição sobre o Brasil, ou em qualquer lugar onde elas possam, por ventura, chegar. A verdade é que viajei sim a trabalho, para captar imagens no interior baiano com o propósito único de decorar o sushi bar desse meu amigo (Jenelson dos Santos) e lá as coisas aconteceram de forma surpreendente. Os valores foram colocados a prova e o resultado foi no mínimo incrível, pelo simples fato de saber que se pode captar alegria em qualquer parte do mundo sem vínculos estereotipados de uma indústria e de uma estética da miséria.



UMBUZEIRO "Uma certa Bahia ao acaso"