Issuu on Google+

surgi news

Setembro - Dezembro 2010

Número 41 Edita:

Aesthetic Medecine & Cosmetic Surgery News

Distribução exclusiva a médicos

Laser diodo Remodelação tecidular Ablação cutânea Incisão precisa Coagulação

SUMÁRIO

5

AcuPulse Fractional CO Laser 2

A inovação tecnológica do líder na tecnologia laser CO2. AcuPulse é um equipamento médico de laser SuperPulse mais avançado. Com uma alta potência de pico emitido num pulso de muito curta duração, permite o controlo térmico das áreas tratadas e não tratadas, para assegurar a ablação com a mínima afectação térmica das áreas circundantes.

8

Modelis Nova fórmula de gel de AH monofásico polidensificado reticulado de origem sintética de alta concentração (26 mg/m), com uma estrutura interna de matriz plástica híbrida (HPM). Modelis é um gel de preenchimento que se infiltra em planos profundos da pele e que apresenta a capacidade de ser formado, reformado e deformado numa nova forma.

10

Cytocare

O agente activo básico nas diferentes apresentações de Cytocare e no Revitacare Bio, é o ácido hialurónico linear, de efeito hidratante, e o meio ideal para o equilíbrio dos sistemas metabólicos, anabólicos e catabólicos. Além disso, veicula o grupo de substâncias antioxidantes – vitaminas e percursores biológicos, aminoácidos e minerais.


LINHA IMAGEM MÉDICA

Pág. 2 VeinViewer VV3: Tecnologia revolucionária para visualizar veias

Pág. 4 VivaScope 1500 Multilaser: Biopsia óptica não invasiva em tempo real

Pág. 5 Acupulse Superpulsado: Tecnología laser fraccional CO2 automatizada

Pág. 6 Novo Fox: Laser diodo 980 nm com 11 watts de potência

Pág. 8 Mesolis Plus: 4ª geração de injectáveis de AH para re-hidratação cutânea

Pág. 10 Programa antiaging de revitalização cutânea: bioestimulação+ hidratação+ antioxidantes

Pág. 12 Conjonctyl: Silício orgânico para normalizar o metabolismo celular no tratamento do síndrome celulítico

Pág. 14 Método não invasivo Body Sculpting: Ultrassons Focalizados de Alta Intensidade (HIFU)

2

VeinViewer VV3, revoluciona a atenção, o conforto e a segurança na venopunção ®

SUMÁRIO

setembro-dezembro 2010

VEINVIEWER®, SISTEMA DE VISÃO INSTANTÂNEA DO MAPA VASCULAR SUBCUTÂNEO DE TODO O TIPO DE PACIENTES, SEM EXCLUSÃO POR IDADE, SEXO, TIPO CORPORAL E/OU TEXTURA DA PELE. Um novo modelo de VeinViewer, o sistema de detecção de veias, em tempo real, não invasivo, baseado na tecnologia laser no espectro mais próximo do infravermelho, foi desenhado para aumentar a sua ergonomia e facilidade de transporte, ao ser de menor peso e menor tamanho. O novo VeinViewer, chamado VV3, permite detectar as nossas veias e ajustar a posição da agulha às mesmas, de forma que a punção seja o, mais rápida e indolor possível. A luz emitida no espectro dos infravermelhos, é reflectida nos tecidos, mas não pelo sangue das veias; e é captada pelo sistema, o qual desenhará com luz verde sobre a área do corpo, a localização das veias, facilitando o trabalho a quem tenha que realizar a punção. Com apenas 23 Kg de peso, e menor altura em relação ao sistema VeinViewer tradicional e com alimentação por bateria de 5 horas de autonomia, o novo VeinViewer VV3 está a converter-se num equipamento indispensável em numerosos tratamentos médicos de hospitais e centros de ajuda. O VeinViewer iniciou a sua presença no mercado norte-americano, no qual os profissionais médicos contribuíram com as suas opiniões e experiências para o desenho do novo sistema VeinViewer VV3. Segundo o ranking realizado pela US News&World Report’s Best Hospital 2010-2011, actualmente, 9 dos 14 melhores hospitais dos Estados Unidos contam com o VeinViewer. Os estudos realizados mostram que os pacientes consideram a punção venosa como um dos procedimentos mais dolorosos e invasivos, geralmente efectuado por parte das enfermeiras. São múltiplos os factores que podem contribuir para que o procedimento seja problemático:

• A alta frequência de tratamento ou a duração da percussão • O estado do paciente • Desidratação do paciente • Os estados de hipertensão • Tamanho e fragilidade dos vasos • O tónus da pele • Presença de edema ou tecido gordo abundante O não obter acesso a uma via periférica pode, em muitas ocasiões, dar lugar a graves consequências: especialmente indicado na inserção IV, venopunções de rotina e inserção de PICC.


LINHA IMAGEM MÉDICA

VivaScope 1500 Multilaser: Diagnóstico por biopsia óptica não invasiva em tempo real ®

AS MICROESTRUTURAS CELULARES E SUBCEULARES OBSERVASE IN VIVO A TEMPO REAL, COMBINANDO OS FENÓMENOS E REFLEXÃO CONFOCAL PELOS DIFERENTES INDICES DE REFRACÇÃO DAS ESTRUTURAS E DE FLUORESCÊNCIA. O VivaScope® Multilaser integra aplicações diferenciadas nas suas funções dinâmicas de diagnóstico sobre o tecido de forma in vivo. O VivaScope® 1500 Multilaser combina o fenómeno de reflexão do laser confocal com sistema de varrimento, com a microscopia fluorescente a longitudes de onda de 785nm (próximo do infravermelho), 658nm (vermelho) ou 445nm (azul). Este sistema é análogo ao equipamento básico VivaScope® 1500, com o qual se podem visionar áreas da pele in vivo na gama do infravermelho (830nm). Mas o O VivaScope® 1500 Multilaser integra longitudes de onda de 785nm (próximo do infravermelho), 658nm (vermelho) ou 445nm (azul) num único dispositivo. Para utilizar o sistema VivaScope® 1500 Multilaser é necessário um colorante fluorescente compatível com o organismo, que se aplicará sobre a pele a examinar antes de usar o microscópio. A luz do laser excita o fluoróforo

que emite em forma de fluorescência mediante uma alteração no processo de impressão de imagens, que ajuda a visualizar a estrutura histológica do tecido, pela diferente distribuição do colorante. O VivaScope® 1500 Multilaser pode diferenciar os diversos aspectos funcionais do tecido cutâneo in vivo e de forma dinâmica em secções transversais, a diferentes profundidades da pele. O equipamento VivaScope® 1500 Multilaser está disponível em dois modelos distintos, cada um deles com três fontes de laser O tecido vivo pode-se observar e examinar com todas as longitudes de onda aplicadas de diferentes forma sequencial, ou só com um tipo ou dois • VivaScope® 1500 Multilaser “Vermelho” de laser. com emissão laser de longitudes de onda Segundo o modelo, o equipamento vem com de 830nm (infravermelho), 785nm (próximo os diferentes filtros standard para os fluoróforos do infravermelho) e 658nm (vermelho). correspondentes à luz laser de cada sistema: • VivaScope® 1500 Multilaser “Azul” com verde de indocianina (laser próximo do infraverlongitudes de onda de 830nm (infra- melho), azul de metileno e azul de toluidina vermelho), 658nm (vermelho) e 445nm (laser vermelho), assim como fluoresceína de sódio (laser azul). (azul).

Amostra de um estrato córneo observado com VivaScope 1500 Multilaser. Reflectância vs. fluorescência

445nm reflectância

445nm excitação do fluoróforo aplicado via tópica

Correlação entre a visão das imagens observadas por RCM (canal vermelho) e FCM (canal verde)

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Laser

Aplicação

Nº de filtro

Posição filtro aberto

Banda baixa (Reflectância)

Banda alta (Fluorescência)

445 nm

Fluoresceína sódio e reflectante

1

Não

435-455 nm

468,4–668,4 nm

658 nm

Azul de metileno e reflectante

2

Não

640-670 nm

679,3–1490,7 nm

785 nm

Verde de indocianina e reflectante

3

Não

775-795 nm

803,1–1770,7 nm

setembro-dezembro 2010

3


LINHA LASER E EQUIPAMENTOS

AcuPulse Laser Fraccional CO SuperPulsado: Tecnología laser CO automatizada ™

2

2

ACUPULSE É A SOLUÇÃO NÃO CIRURGICA PARA OS TRATAMENTOS DE REJUVENESCIMENTO. OS PACIENTES QUEREM ELIMINAR AS RUGAS E MELHORAR O TENSADO CUTÂNEO COM TERAPIAS NÃO INVASIVAS, SEGURAS E SEM PERÍODO DE BAIXA. Com o slogan “Super Inteligente. Super Simples. Super Pulso”, o sistema Acupulse™ de tecnologia laser CO2 fraccionado supera os benefícios básicos de onda contínua (CW) e da tecnologia fraccional standard, conseguindo um valor acrescentado pela sua tecnologia com liberação de energia em picos de muito alta potência e duração de pulso muito curtos: SuperPulse.

Potência de pulso Os lasers de CW standard têm grandes durações de pulso devido ao seu perfil de baixa potência constante. Estes pulsos amplos provocam a condução do calor pelo tecido, fenómeno que tem como resultado danos térmicos na superfície da pele. Ainda que os lasers de CW permitam a máxima intervenção nos tecidos, também oferecem maior risco a efeitos secundários e incómodo para o paciente.

IMPACTO DO MODO PULSO NOS RESULTADOS DO TRATAMENTO

Acupulse™ é o laser mais avançado de tecnologia SuperPulse. Tem uma potência de pico alto com durações muito breves de pulso que oferece um calor consistente dentro da área dérmica tratada. O limite de ablação é alcançado muito rapidamente e o tecido objectivo separa-se com o dano térmico limitado, de forma confortável para o paciente que necessita de um curto período de baixa. A evolução tecnológica mais sofisticada da tecnologia de laser fraccionado de CO2 levounos também aos sistemas ultrapulsados com potência sustentável de pulsos altos e com potência 6 vezes superiores à maioria de lasers contínuos. Graças às durações de pulso extremamente rápidas – as mais curtas do mercado actual - Ultrapulse® separa o tecido rapidamente, provocando danos térmicos muito estreitos e controlados, segundo o conceito de Bridge Therapy® e pela sua potência de 240 watts de média por pulso, pode actuar em maior profundidade.

IMPACTO DA LARGURA DO PULSO NOS RESULTADOS DO TRATAMENTO

SuperPulso

UltraPulso

Amplitude de pulso Longo

Curto

Mais curto

Zona térmica

Ampla

Reduzida

Mais reduzida

Desconforto

Alto

Médio

Baixo

Recuperação

Longa

Curta

Mais curta

Resultado da emissão de laser CO2 fraccionado sobre a pele segundo o tipo de pulso utilizado. A emissão SuperPulse de Acupulse apresenta um efeito em profundidade, superior à emissão em modo contínuo, e de controlo térmico superior; mas inferior à emissão ultrapulsada Ultrapulse®, tanto em profundidade como na difusão do efeito térmico. Por isso, existe um menor risco de efeitos secundários em relação à emissão em modo contínuo.

4

setembro-dezembro 2010

Complicações

do tecido hidratado

Muito desconforto Tempo de relaxamento térmico

MODO DO PULSO CW

DISCONFORTO

Menor desconforto Desconforto

PROFUNDIDADE DO PULSO

À medida que os tempos de paragem superam o tempo de relaxamento térmico o tempo de espera, o incómodo e o risco de complicações aumentam. Referência: Dr. E. Victor Ross, Dr. Joseph R. MacKinlay, Dr. R. Rox Anderson. – Why does carbon dioxide resurfacing work? – Arch of Dermatology, Vol. 135, Apr. 1999.


LINHA LASER E EQUIPAMENTOS

Tratamento de estrias. O número de sessões é variável segundo a resposta Tratamento de uma cicatriz com Acupulse com uma única sessão. Neste dos pacientes. A estria a tratar deverá estar parcialmente vascularizada e de caso, a cicatriz é de cor avermelhada e encontra-se parcialmente vasculacoloração avermelhada. Imagens cedidas pelo Dr. Mateo Tretti. Itália. rizada; condições nas quais os resultados estéticos obtidos são positivos. Imagens cedidas pelo Dr. Mateo Tretti. Itália

Também é importante conhecer o grau de hidratação da pele do paciente a tratar. Peles mais hidratadas desfrutam de tempos de relaxamento mais curtos, portanto, é aconselhado hidratar ao máximo a pele a tratar mediante os sistemas de hidratação dérmica conhecidos, para obter melhores resultados, e uma maior comodidade de tratamento.

Vantagems de Acupulse™ • Dano térmico adaptável à zona a tratar

Tratamento de estrias. Neste caso, as estrias são de cor praticamente esbranquiçada, escassamente vascularizadas, e os resultados estéticos a obter não são previsíveis. Não obstante, como mostram as imagens, existe uma melhoria de textura e coloração da pele e as estrias diminuem de tamanho. Imagens cedidas pelo Dr. Mateo Tretti. Itália

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AcuPulse (modelos)

40 AES-R, AES-F, AES-A

Longitude de onda

10.600nm

Tipo de laser Tipos de emissão

CO2 sealedoff, DC excited Super pulsado, pulsado, contínuo (CV)

Pico de potência máxima no tecido

200W

Potência média

40W

Tamanho de spot

120nm

Percentagem de cobertura por passe

5-25%

Profundidade de penetração

Mais de 1000m por pulso

Feixe guia

Feixe diodo vermelho de 5mW,635nm. Intensidade ajustável

Feixe de emissão

Fibra de carbono, 7-join, braço equilibrado, 120cm de alcance, 360º de rotação

Sistema de memória Sistema de frio Sistema eléctrico Dimensões Peso

Min. 100 Autónomo, de ciclo fechado 10-40 VAC, 10ª (Max), 50/60 Hz

• Controlo da profundidade variável de afectação térmica da derme • Durações de pulso de menos de meio milissegundo • Scanner de quadrícula para a aplicação exacta de pulsos. Maior fiabilidade de tratamento. • Menor tempo de recuperação e maior comodidade de tratamento. • Variedade de feixes do scanner, com 5 formas diferentes, 9 tamanhos possíveis e 5 ajustes de densidade. • Sistema de armazenamento de dados do tratamento laser personalizado. • Vídeos tutoriais que mostram o conjunto das diferentes partes do equipamento e dos seus acessórios • Equipamento multiaplicação com mais de 100 aplicações médicas aprovadas, de diferentes sectores da medicina. • Múltiplos acessórios especializados adaptáveis a diferentes especialidades médicas.

73x40x119 cm 49 Kg

setembro-dezembro 2010

5


LINHA LASER E EQUIPAMENTOS

Novo Fox: Laser diodo 980nm com 11 watts de potência FOX, SISTEMA LASER PORTÁTIL, VERSÁTIL E POTENTE ENTRE OS DA SUA GAMA. OFERECE UM VALOR INIGUALÁVEL PELA SUA AMPLA GAMA DE APLICAÇÕES E INDICAÇÕES. As dimensões reduzidas do equipamento Fox, tornam o mesmo portátil e muito manejável.

Ecrã de tratamento táctil de rápida e fácil selecção de parâmetros, altamente intuitivo.

Novas peças de mão, de emissão com feixe guia de luz verde, para uma maior precisão de tratamento.

O fabricante alemão A.R.C. Laser lança ao mercado um novo modelo do equipamento FOX de maior potência (11 watts) e diversas melhorias para aumentar a eficácia e segurança dos tratamentos laser nos âmbitos da dermatologia e medicina estética e vascular, mediante procedimentos não invasivos, transcutâneos e/ou invasivos. O novo Fox oferece uma série de vantagens em relação ao modelo anterior:

• Maior potência de emissão com um máximo de 11 watts. Procedimentos invasivos Os procedimentos invasivos de Fox, com • Conexão directa mediante um sensor aplicação directa da fibra óptica de emissão de calibração e verificação da potência de energia na área de tratamento, podem do laser mediante uma entrada USB realizar-se com fibras de 200µm, 300µm, • Novas peças de mão de emissão com 400µm e 600µm de diâmetro. A grossura feixe guia de luz verde para uma maior da fibra escolhida incide na fluência libeprecisão de tratamento. rada; para um menor diâmetro de fibra, maior fluência para uma mesma potência • Baterias de grande autonomia para de saída. As indicações invasivas são prinaumentar o conceito de equipamento cipalmente o procedimento de: portátil, ao não precisar de uma fonte de energia central. • Laser lipólise para a eliminação de tecido gordo e tensado da pele, dado o • Ecrã de tratamento táctil de rápida e efeito térmico que provoca retracção e fácil selecção de parâmetros, altamennova síntese de fibras na área tratada. te intuitivo. Para realizar este procedimento é • Protecção do botão de parametrização necessário o LipoSet, um conjunto de estéril para se poder utilizar em campo cânula de introdução e fibra óptica inteestéril. grada, de uso único. • Acesso a vídeos de formação em diferentes aplicações do equipamento FOX.

Maior potência de emissão com um máximo de 11 watts com dispositivo de calibração.

6

setembro-dezembro 2010

cor: azul e vermelho respectivamente. A escolha da peça focalizadora é fundamental para determinar a fluência de energia do tratamento. Com menor diâmetro, maior concentração de energia em superfície e maior fluência para uma mesma potência de saída. As aplicações são várias, desde o tratamento de aranhas vasculares, telangiectasias ou hemangiomas, à vaporização, corte e coagulação cutânea.

Procedimento não invasivo Os procedimentos não invasivos e/ou transcutâneos realizam-se mediante peças de emissão focalizada que concentram a energia na área de tratamento e cuja energia se transmite por fibra óptica. Existem 2 tipos diferentes de peças focalizadoras de emissão de 0,3mm e 0,6mm de diâmetro que se diferenciam pela sua

• Endovascular para a esclerose de vasos, que se realizam mediante a liberação de energia directamente nas paredes internas do vaso, mediante efeito térmico. Este procedimento clínico é conhecido como EVA. Para dar resposta a ambas as aplicações invasivas, A.R.C. laser, fabricante do equipamento Fox apresenta o equipamento com composições diferentes e especificas para cada indicação, sob os nomes de Fox Laser Lipólise e Fox Endovascular.


LINHA LASER E EQUIPAMENTOS EMISSÃO LASER FOX COM SISTEMA TRANSCUTÂNEO NÃO INVASIVO

Coagulação de vasos Lente focalizada

Raio laser

Superficie da pele

Nas aplicações transcutâneas, a segurança da emissão sobre a superfície da pele nas aplicações mais invasivas, como podem ser a vaporização e coagulação cutânea, o feixe de luz laser emitido pelo Fox, concentrado pela peça de mão, em áreas cada vez menores em superfície, e quanto mais em profundidade chega a sua emissão.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Laser Longitude de onda Potência Longitude de pulso Intervalo de pulso Feixe guia Dimensões Peso Fonte de energia

Diodo 980nm 11watts 1ms- contínuo De 4ms a 1s Verde 532nm,<2mW 12x21x10cm 1,2Kg Baterias recarregáveis

Fox Laser Lipólise Fox Laser Lipólise conta na sua composição com o chamado Liposet, que é um conjunto de cânula de introdução com fibra óptica, emissora de energia, no seu interior, que estará em contacto com o tecido gordo a eliminar durante o procedimento, provocando o efeito térmico de destruição da gordura, e sobre os septos fibrosos de tecido colectivo, provocando a contracção de

Para efeitos práticos, para uma emissão de energia, a fluência real de Fox é distinta segundo o plano escolhido. Por isso, na epiderme a dita fluência é menor que a correspondente à mesma emissão na derme, com a qual, permite concentrar mais calor em profundidade, que se aproveitará para a coagulação térmica dos vasos e a salvaguarda da integridade da epiderme.

fibras colágenas, e a posterior indução de nova síntese de ditas fibras. Apresenta-se em bolsas estéreis de uso único para ser utilizado de forma rápida e segura. O sistema FOX Laser Lipólise pode eliminar tecido gordo localizado, lipomas, e/ou como complemento às lipossucções tradicionais, para conseguir a retracção cutânea nas áreas de especial flacidez e/ou depois de uma lipossucção para o tratamento de zonas especialmente difíceis com a lipossucção tradicional, como é a eliminação de tecido gordo nos joelhos.

Fox Laser Endovascular Fox Laser Endovascular tem como elemento principal na sua composição o chamado EndoSet, conjunto de cânula de introdução, cateter introdutor endovascular com a fibra óptica no seu interior, e sistema de bloqueio, tudo apresentado estéril e de uso único, para aplicar rápida e eficazmente no procedimento vascular EVA. Existem duas apresentações distintas cuja única diferença está na sua longitude de 55cm e 110cmm em função dos vasos a tratarr.

Acessórios: imagem do novo Liposet no centro, e do sistema de corte de À direita, imagem tirada durante um procedimento Fox Laser Lipólise, safira na parte superior, e o acessório para ORL na parte inferior. onde se observa a emissão de energia em forma de luz, através da pele. Imagem cedida pelo Dr. Jaime Tufet. Barcelona.

setembro-dezembro 2010

7


LINHA DERMOCOSMÉTICA

Mesolis Plus: 4ª geração de injectáveis de AH para a reidratação cutânea ®

A COMBINAÇÃO DE AH E GLICEROL NO MESOLIS PLUS APRESENTA UM FORTE EFEITO SINÉRGICO NA HIDRATAÇÃO CUTÂNEA A LONGO PRAZO E UMA ACÇÃO ANTIOXIDANTE E ANTI RADICAIS LIVRES para reparar a pele antes de uma sessão de fillers, para os proteger dos factores externos e aumentar a sua duração. Outra das suas utilizações é o tratamento da celulite em combinação com outras técnicas. A falta de AH e glicerol altera o conteúdo aquoso da pele. Sabemos que, em média, o conteúdo de AH da pele diminui para metade, entre os 20 e os 60 anos. Isto pode calcular-se detectando a concentração de Características de Mesolis® Plus ácido urónico (mg) na pele húmida (g), por • Concentração de AH: 18 mg/ml ser um componente hidratante do AH. O • AH não reticulado + glicerol • Seringa de 1.0ml em caixas de 1 unidade glicerol graças à sua acção anti-radical livre protege o AH de se deteriorar. ou de 3 unidades • Agulhas de 30G1/2: 2 unidades em cada caixa • Área de injecção: derme superficial e na Idade Ácido urónico em união dermo-epidérmica Mesolis® Plus é uma solução estéril de AH não reticulado, de origem sintética, formulada em associação com glicerol. As moléculas de AH de Mesolis® Plus têm um peso molecular muito alto e numa concentração que é a maior dos produtos existentes na actualidade em dermatologia estética, para o procedimento de hidratação cutânea.

Novo Modélis Modélis é um gel de AH monofásico polidensificado reticulado de origem sintética de alta concentração (26 mg/ml), cuja estrutura interna obedece ao conceito de uma matriz plástica híbrida (HPM). O conceito de plasticidade num gel de preenchimento é a capacidade de ser formado, reformado e/ou deformado numa nova forma. Para isso, o gel tem de ter um alto poder voluminizador e grande elasticidade. De facto, a plasticidade expressa-se como o estado dos materiais para além da sua elasticidade. Modélis foi desenhado para ser colocado na derme profunda, tecidos subcutâneos e/ou em cima do periósteo. Especialmente recomendado para aumento da área malar, temporal, mentoniana e no projectado e perfilado dos contornos faciais. Modélis apresenta-se numa seringa de vidro de 2 ml e com 2 agulhas de 21G e 25G.

8

setembro-dezembro 2010

(anos)

Indicações principais • Reidratação cutânea superficial e de rugas térmicas • Restauração cutânea provocada pelos desequilíbrios hormonais sobre a pele. • Efeito estético”flash” (1 sessão) • Prevenção de rugas e envelhecimento geral da pele. Os resultados estéticos de Mesolis® Plus, fazem do dito produto médico, o ideal para obter uma pele elástica e suave, já que minimiza a profundidade das rugas e linhas de expressão, e restaura o tónus e resplendor da pele, devolvendo-lhe as condições próprias da juventude. Mesolis® Plus também se aplica, pela sua acção preventiva, para combater os sinais de envelhecimento cutâneo graças às propriedades do AH e às do glicerol, que é uma molécula da família dos polialcoois, presente no corpo humano, como parte integrante das moléculas de triglicéridos. Com a sua hidrólise, o glicerol fica livre no meio e é sensível de ser transportado mediante o sistema cutâneo de canal proteico AQP3-transporter até à epiderme, onde manifesta o seu carácter antioxidante. Por tudo isso, utiliza-se

pele húmida (mg)

20

_ 50 300+

60

_ 30 150+

75

_ 10 70 +

1ª Vantagem: Componentes com extraordinário poder de retenção de água. Porque é que o AH de Mesolis® Plus é o agente chave no processo de reidratação cutânea? • Pela sua extraordinária capacidade de reter água numa proporção notável, aproximadamente de 1000 vezes à do seu próprio peso. • O seu peso molecular é de 2,5 milhões de Daltons, ou seja, são cadeias de AH muito compridas. A vantagem está, em que com o tempo, o polímero degradase pela acção dos radicais livres, e da hialuronidase em cadeias de menor tamanho, que continuam retendo água, e o processo de hidratação mantém-se e prolonga-se ao logo do tempo.


LINHA DERMOCOSMÉTICA • Mesolis® Plus possui a maior das concentrações de AH (18mg/ml) não reticulado. Oferece um poder máximo de retenção e água em comparação com outros geles de AH, também, formulados para rejuvenescimento cutâneo

3ª Vantagem: Máxima segurança de Mesolis® Plus, todos os seus componentes estão presentes no corpo humano. • O Mesolis® Plus é totalmente biocompatível e biodegradável. Os AH e glicerol são de grau farmacêutico altamente purificados e biocompatíveis com o corpo humano. • Mesolis® Plus está desenhado com um pH fisiológico e uma osmolaridade em perfeita harmonia com a derme, para a sua melhor tolerância.

Esquema das uniões entre o glicerol e as diferentes cadeias de AH criando uma rede mais estável à acção das agressões externas, e para uma maior duração do gel na pele

.2ª Vantagem: Fórmula única que inclui glicerol na sua composição • O glicerol combinado com AH cria um efeito sinérgico para uma maior hidratação a longo prazo. O glicerol cria pontes de união ente a diferentes cadeias do polímero do AH, formando uma rede mais estável e mais resistente aos efeitos dos radicais livres e ao efeito hidrolítico da enzima hialuronidase própria do organismo. • O glicerol reforça a hidratação própria do AH, somando ao seu próprio poder hidratante como molécula polialcool, e pelo efeito barreira à perda de água, com o “manto protector” que cria em redor da rede de AH. Este manto protege contra a degradação, não só a provocada pela presença de radicais livres, mas também pelo efeito mecânico e pelas variações térmicas. .

4º Vantagem: Um reconhecido protocolo e uma seringa ergonómica para efeitos a longo prazo, e injecções confortáveis para o paciente e para o médico. • 3 sessões iniciais a intervalos de 2 a 3 semanas. Logo a 2 meses e finalmente uma sessão de seguimento a cada 6 meses (protocolo standard em função de cada paciente).

Gel baseado em AH com glicerol

• A seringa vem montada e não necessita de manipulação prévia à sua utilização.

Gel baseado em AH sem glicerol

Esquema da degradação do gel de AH com e sem glicerol, com o passar do tempo

• Desenho ergonómico, de uso cómodo para o profissional.

MESOLIS+

MESOLIS

Concentração de AH

18 ng/ml

14 mg/ml

PH

6.8 - 7.6

6.8-7.6

280-330 mOsm/kg

280-330 mOsm/kg

Componentes adicionais

Glicerol

-

Peso molecular

2-3 MDa

2-3 MDa

Osmolaridade

setembro-dezembro 2010

9


LINHA DERMOCOSMÉTICA

Programas anti-aging de revitalização cutânea: Bioestimulação + Hidratação + Antioxidantes CYTOCARE & REVITACARE: A BIOESTIMULAÇÃO DOS PROCESSOS ANABÓLICOS CELULARES DA PELE MEDIANTE PERCURSORES CELULARES, NUM MEIO ALTAMENTE HIDRATANTE E COM AGENTES ANTIOXIDANTES, SÃO A BASE DOS TRATAMENTOS ANTI-AGING. Os programas de tratamento para combater o envelhecimento cutâneo e o seu principal sintoma externo, o aparecimento progressivo de rugas, podem ser abordados desde diferentes tecnologias e procedimentos que oferece o mercado da medicina estética. Na actualidade, os injectáveis estéreis compostos por substâncias activas hidratantes – antioxidantes e percursores biológicos para os sistemas metabólicos regenerativos da pele - são os preparados anti-idade de maior difusão no sector médico-estético. Aplicam-se de forma local, com frequência intensiva e a nível intradérmico. Tradicionalmente, as causas às quais se atribui o envelhecimento cutâneo dividem-se em dois grandes grupos: intrínseco e extrínseco. O envelhecimento intrínseco ou cronológico aparece como o passar do tempo, e traduz-se no aparecimento de rugas finas e várias alterações funcionais, como um aumento da secura da pele, flacidez cutânea, emagrecimento e fragilidade da epiderme, e alterações vasculares principalmente telangiectasias.

Envelhecimento intrínseco

FACTOR FATOR GENÉTICO GENÉTICO

Envelhecimento extrínseco

A pele

RADIACIÓN RADIAÇÃO UV UV

Epiderme fina

Estrato córneo

Secura cutânea

Pele seca

Rugas finas

Rugas profundas

Flacidez

Discromias

Telangiectasias

Queratoses

Quando falamos de envelhecimento extrínseco, referimo-nos às causas que provocam um envelhecimento prematuro da pele, como os hábitos de vida, a poluição ou dietas desequilibradas, mas a causa principal são os efeitos produzidos pelas radiações ultravioletas ou fotoenvelhecimento. Os sinais desta degradação são o aparecimento de rugas profundas, alteração com engrossamento do estrato córneo, discromias e queratoses actínicas. Não obstante, o maior problema reside em que as radiações UV actuam sobre a derme profunda, alterando a estrutura e síntese de fibras e reduzindo o conteúdo aquoso da pele.

Programas anti-aging Entre as diferentes tecnologias e procedimentos clínicos para paliar os efeitos do envelhecimento cutâneo, contamos com

10

setembro-dezembro 2010

Agentes contaminantes Radicais

Partículas CO2 Metais pesados

Efeitos nocivos

A pele

Envelhecimento prematuro Elastose cutânea Melanomas

Vermelhidão e irritação

ferramentas como o laser, IPL, peelings, dietas, terapias orais ou RF, entre outros. Desde o sector médico-estético promovese também, o uso dos injectáveis estéreis de aplicação local, com agentes hidratantes, antioxidantes e percursores biológicos de forma maioritária e extensiva, tanto como o elemento único de tratamento, sendo combinado com outros procedimentos, geralmente de tecnologia mais sofisticada. Os tratamentos injectáveis de efeito hidratante, à base ácido hialurónico linear, mais agentes antioxidantes e percursores biológicos, formam um grupo de terapias muito aceite pelo profissional médico-estético, pela sua facilidade de utilização, a escassa manipulação do produto e a rapidez de tratamento. Os pacientes, por seu lado, valorizam positivamente os resultados obtidos, a confortabilidade do procedimento, e o praticamente nulo aparecimento de efeitos secundários. O tratamento de hidratação mediante ácido hialurónico de áreas fotoenvelhecidas – cara, pescoço, decote e mãos – e a protecção dos sistemas fisiológicos da pele mediante agentes antioxidantes e percursores biológicos, permite resistir, de forma local, o efeito das substâncias pró-oxidantes que dão lugar ao aparecimento do stress oxidativo e que reduzem a peroxidação dos lípidos da membrana. Estes processos provocam uma reacção em cadeia, que se traduz na degradação da matriz extracelular, um aumento da actividade das metal proteínas e o aparecimento de rugas, discromias e outros sinais e envelhecimento. O agente activo básico na solução estéril é o ácido hialurónico linear, pela sua acção hidratante e por manter o meio ideal para o equilíbrio dos sistemas metabólicos, anabólicos e catabólicos da pele. Além disso, veicula o grupo de substâncias anti oxidantes – vitaminas e percursores biológicos, como


LINHA DERMOCOSMÉTICA

Cytocare 502: efeito preventivo ao aparecimento das primeiras rugas, atrasa o aparecimento de linhas finas e mantém a hidratação da pele.

Cytocare 516: efeito de preenchimento em pequenas rugas e linhas finas, restitui o tónus cutâneo e restabelece a sua hidratação.

Cytocare 532: trata as linhas finas e reduz a profundidade das linhas médias e profundas, restaura volumes e corrige os sinais de envelhecimento.

os aminoácidos – cuja acção procura um restabelecimento da actividade de síntese. Nas preparações de Cytocare 532, 516 e 502 estas substâncias denominam-se como meio nutritivo, e no Revitacare são o complexo multivitamìnico contido nos frascos de 10 ml de solução transparente e amarela. Não obstante, a eficácia dos tratamentos com injectáveis cutâneos antioxidantes com vitaminas (Revitacare) e/ou com vitaminas mais percursores biológicos com aminoácidos, e oligoelementos, (Cytocare 532/516/502), está em função do grau de envelhecimento que apresenta o paciente e do protocolo clínico a seguir. Existe uma certa variabilidade enquanto aos tempos ou frequência de sessão, número de sessões e combinação com outros tratamentos estéticos de indicação similar na procura de um efeito sinérgico. Se consideramos o tratamento só com ácido hialurónico + vitaminas (Revitacare) ou com ácido hialurónico + vitaminas + percursores biológicos (Cytocare 532 – 516 – 502) podemos basear-nos nos protocolos de tratamento dos programas A, B, C e D.

PROTOCOLOS DE TRATAMENTO PROGRAMA A TIPO DE PELE: JOVEM < 35 ANOS PRODUTO: CYTOCARE® 502 + CYTOCARE ®516

PROGRAMA B TIPO DE PELE: NORMAL DE 35 A 45 ANOS PRODUTO: CYTOCARE® 516 + CYTOCARE ®532

PROGRAMA C TIPO DE PELE: NORMAL DE 46 A 60 ANOS PRODUTO: CYTOCARE® 516 + CYTOCARE ®532+REVITACARE®

PROGRAMA D TIPO DE PELE: NORMAL > 60 ANOS PRODUTO: CYTOCARE® 516 + CYTOCARE ®532+REVITACARE®

Os protocolos são orientativos e foram clinicamente testados. Os pacientes classificaram-se segundo períodos de idade e por sinais de envelhecimento que se podem mostrar nas fases das idades escolhidas. O profissional médico, com o seu diagnóstico, poderá adaptar a proposta de protocolo clínico ao seu paciente, personalizando o tratamento e combinando-o com outros procedimentos que considere mais adequados.

Revitacare ilumina intensamente, restaura o tónus da epiderme, alisa e preenche depressões cutâneas, linhas e rugas leves e médias

setembro-dezembro 2010

11


LINHA DERMOCOSMÉTICA

Conjonctyl®: Silício orgânico para normalizar o metabolismo celular no tratamento do síndrome celulítico OS SILANÓIS RESTAURAM O TECIDO CONECTIVO E POSSUEM ACTIVIDADE LIPOLÍTICA E HIDROLIZADORA DOS TRIGLICÉRIDOS DO TECIDO GORDO SUBCUTÂNEO, MAS SEM PERTURBAR O METABOLISMO CELULAR. A grande diversidade de tratamentos para a celulite ou paniculopatia edemato fibro esclerótida, protagonista tradicional cada primavera das publicações paramédicas e da imprensa feminina, propõe técnicas e cocktails milagrosos para perder peso e volume, melhorar a textura da pele e eliminar adiposidades inestéticas em tempos recorde. Mas a realidade do tratamento médico e efectivo da celulite é muito diferente. Cremos que não se pode circunscrever no período prévio às férias do verão, ainda que seja o momento em que o paciente sente mais necessidade do seu tratamento. Seja qual for a fase de instauração da síndrome celulítica, o período de tratamento excede o período pré-vacacional e inclui procedimentos multi-sessão e alterações de hábitos na vida do paciente, por vezes difíceis de instaurar e manter no tempo.

Síndrome celulítico O tratamento da celulite ou lipodistrofia é o de um círculo vicioso com bloqueio do metabolismo lipolítico das células gordas que se manifesta como uma sobrecarga gorda com estancamento venoso e linfático. A afectação do fluxo normal do sangue no sistema de retorno venoso torna-se enlentecido ou detido, e a drenagem fisiológica do sistema linfático fica muito diminuída, ou incluso, eliminada causando, no seu conjunto, edema e esclerose intersticial. O resultado do implante evolutivo do síndrome celulítico consiste numa asfixia celular generalizada dos tecidos gordo e conjuntivo, que sofrem uma transformação fibrinóide. Em ditas alterações, as fibras aumentam o seu volume por alterações bioquímicas que desorganizam a sua estrutura formando blocos amorfos de colagénio, mas diminui em número e paralelamente, existe um aumento de tiroxina e de fibrina de origem plasmática. Na última fase evolutiva da celulite, os adipócitos – que estão cheios de triglicéridos e são responsáveis pelo aspecto clínico visual da “pele de laranja” – são incapazes de realizar os intercâmbios vasculares necessários para a manutenção fisiológica do tecido. Há acumulação de toxinas e as fibras reticulares transformam-se em colagénio, facilitando a formação de cápsulas que envolvem e compactam os adipócitos, dando origem à formação de micromódulos. Para a celulite, silício orgânico Apesar dos múltiplos estudos realizados, a etiologia da síndrome celulítica continua a ser pouco clara, e impede-nos de instaurar um tratamento geral eficaz e seguro. Perante este facto, os tratamentos devem ser locais, com substâncias de efeito geral mínimo e controlado, que revertam o processo de formação da celulite.

12

setembro-dezembro 2010

Conjonctyl apresenta-se em caixas de 10 embalagens de plástico BFS (Blow Fill Seal) de grande estabilidade físico-química de 5 ml de volume. Os frascos que contém o Conjonctyl caracterizam-se por serem de plástico, dado que os de vidro também são compostos de silício que interactua com o silício orgânico da solução. Devem-se rejeitar as apresentações de silício orgânico em frascos de vidro para uso intradérmico.

Os tratamentos intradérmicos (alopatia mini dosificada) são uma terapia local eficaz, associável ao tratamento dos factores predisponentes (hormonais, psíquicos, tóxicos, circulatórios, etc.). O tratamento do tecido conjuntivo alterado na síndrome celulítica mediante silício orgânico estéril, é seguro, eficaz e fácil de administrar. O silício orgânico (Conjonctyl®) actua de seguinte forma: • Normaliza o metabolismo alterado do tecido conjuntivo e adiposo. • Regenera as fibras elásticas e colagénicas. • Inibe a formação de radicais livres na membrana celular, segundo estudos in vitro. • Protege as células da glicosilação não enzimática. • Estimula a lipólise. Os silanóis são elementos constitutivos dos tecidos conjuntivos e necessários para a conservação das estruturas elásticas. Aportes de silício, acarretam um aumento da elastogénese e, pelo contrário, o seu deficit comporta a desorganização do tecido conjuntivo., uma diminuição do número de fibroblastos, fibro síntese mais lenta, etc. Tudo isto, coloca em evidência o rol indispensável dos silanóis para a conservação das estruturas de tecido conjuntivo. A nível dérmico, estas acções fazem com que o silício orgânico (Conjonctyl®) provoque: • Neocolagenogénese com instauração da elasticidade fisiológica do tecido, com regressão das alterações dérmicas causadas pela celulite. • Reequilíbrio dos sistemas metabólicos por contenção das desordens causadas pela glicosidação proteica e pela peroxidação lípidica.


LINHA DERMOCOSMÉTICA • Diminuição dos índices de ácidos gordos insaturados e de radicais livres. Diminuição do grau de glicosidação proteica não enzimática consistente nas uniões formadas entre os grupos hidroxilados dos aminoácidos presentes nas fibras e moléculas glucídicas. Enquanto que a glicosidação proteica enzimática é um processo reversível, a não enzi-

mática é permanente, e enrijece as estruturas fibrosas, provocando endurecimento e perda de elasticidade. O silício orgânico protege os resíduos hidroxilos dos aminoácidos, unindose a eles mediante uniões químicas e com isso protege-os da glicosidação e diminui o grau de esclerose dos tecidos térmicos.

O SILICIO, COMPONENTE FUNCIONAL DA PELE

Esquema da interacção dos átomos de silício formando pontes entre as diferentes cadeias de proteoglicanos que se insertam unindo as moléculas de fibronectina na matriz de colagénio extracelular e as membranas celulares, formando parte das macromoléculas de elastina, colagénio, proteoglicanos e glicoproteínas estruturais. Quando estes espaços são ocupados por moléculas glucídicas sucede a oxidação os glucídios, não enzimática, que é irreversível, e se manifesta por um aumento da rigidez das estruturas e uma alteração na textura da pele.

1. À esquerda, imagem histológica de pele de rato jovem (6 meses) não tratada e sem pêlo. À direita, imagem histológica de pele de rato adulto (17 meses) não tratada e sem pêlo.

2. À esquerda, imagem histológica de pele de rato adulto (17 meses) não tratada e sem pêlo. À direita, imagem histológica de pele de rato adulto (17 meses) tratada com 3 sessões de Conjonctyl.

3. À esquerda, imagem histológica de pele de rato jovem (6 meses) não tratada e sem pêlo. À direita, imagem histológica de pele de rato adulto (17 meses) tratada com 3 sessões de Conjonctyl. Observa-se uma grande semelhança entre ambas as histologias, quase não se diferencia.

• Aumento da actividade celular por estimulo AMP cíclico intracelular que normaliza a actividade metabólica, segundo recentes estudos in vitro, que explica o aumento da actividade lipolítica com hidrólise dos triglicéridos. A diferença de outros lipolíticos (cafeína, teofilina, etc.), o silício orgânico (Conjonctyl®) não bloqueia o metabolismo celular.

Histologia dos tecidos tratados com silício orgânico Conjonctyl® conta com numerosos estudos histológicos, muitos dos quais realizados pela sua homologação como dispositivo médico injectável estéril composto de silício orgânico. Nas provas histológicas observa-se a reorganização da matriz extracelular e supamolecular do tecido dérmico com aumento da presença de fibras de colagénio, elastina e a manutenção dos espaços na estrutura dérmica e com maior grau de hidratação. (Ver imagens 1, 2 e 3). Técnicas de aplicação Conjonctyl® foi formulado como solução estéril para ser utilizado mediante diferentes técnicas de injecção intradérmica. Por isso, o seu pH é levemente ácido, compatível com o pH dérmico e a sua osmolaridade está em harmonia com a pele. Conjonctyl® é a única solução de silício orgânico homologado como dispositivo médico, classe III para uso exclusivo médico, que existe na actualidade no mercado europeu. Em termos de segurança, desde que o Conjonctyl® é distribuído no mercado europeu, com mais de 24 milhões de unidades comercializadas, não se detectou caso algum de materiovigilância, prova inequívoca da sua grande biocompatibilidade. A procura por parte dos pacientes, de técnicas cada vez menos invasivas em indicações estéticas e como parte dos programas anti-aging, diversificaram as possibilidades de utilização do Conjonctyl®. Agora, o Conjonctyl ® também se aplica mediante sistemas de transporte molecular transdérmico, como a hidroelectroforese, iontoforese, electroporação, e também por via tópica com o concurso do sistema roller que facilita a absorção da solução de silício orgânico, criando microlesões na superfície da pele, por donde o Conjonctyl ® pode penetrar e ser absorvido com facilidade, dadas as suas características físico-químicas.

setembro-dezembro 2010

13


LINHA LASER E EQUIPAMENTOS

Método não invasivo Body Sculpting: Ultrassons Focalizados de Alta Intensidade LIPOSONIX ELIMINA TECIDO GORDO LOCAL DE FORMA NÃO INVASIVA E SEGURA, SEM ALTERAR OS INDICES SANGUINEOS E O PAINEL METABÓLICO DO PACIENTE EM FASE AGUDA, NEM A LONGO PRAZO. Drs. Meter B. Fodor, MD, Bruce R. Smoller, MD, Kathryn A. Stecco, MD, MA, and Charles S. Desilets, PhD Objectivo Os Ultrassons Focalizados de Alta Frequência (HIFU) foram clinicamente comprovados desde finais da década dos anos 1940. Desde então, a melhoria da tecnologia tem permitido a utilização dos HIFU numa ampla gama de aplicações clínicas, desde a neurocirurgia até ao tratamento de tumores intra abdominais. Os HIFU produzem dano tecidular dos tecidos tratados mediante os mecanismos: térmico e mecânico. O primeiro destes mecanismos consiste no aumento da temperatura que se produz como acção secundária à absorção directa da energia liberada em forma de ultrassons. O segundo mecanismo é uma combinação entre o processo mecânico de stress e as forças de cisalhamento geradas a partir dos níveis de alta pressão, criadas pelo tecido tratado, mais os efeitos térmicos inerentes. Esta energia concentrada focaliza-se de forma específica sobre a área a tratar e é, nestas condições, capaz de causar necroses das células através da coagulação térmica, sem afectar nem intervir nos tecidos que rodeiam a área de tratamento. O tecido adiposo metaboliza-se depois através das vias normais fisiológicas, nas quais intervêm as células inflamatórias, principalmente os macrófagos. O propósito deste estudo foi documentar a facilidade de utilização dos HIFU no tratamento corporal não invasivo Body Sculping.. Materiais e métodos A terapia transcutânea com HIFU (Liposonix Prototype System, LipoSonix, Inc., Bothell, WA), foi utilizada para o tratamento do tecido gordo subcutâneo abdominal em 33 pacientes. Destes, 30 receberam um único tratamento, e os 3 pacientes restantes, dos tratamentos na mesma zona com um intervalo de tempo de um mês. O estudo clínico

2010 14

setembro-dezembro

Das amostras analisadas estudaram-se as alterações dos índices lipídicos, ácidos gordos livres e a actividade funcional de órgãos diana. Além disso, realizaramse tomografias computorizadas (CT) e ressonância magnética (MRI) sobre o tecido tratado, tanto antes da sessão, como de forma prévia à abdominoplastia.

humano levou-se a cabo entre Julho de 2003 e Julho de 2005 no Hospital de Santa Mónica, na cidade do México e contou com a aprovação do Comité Ético e do Ministério da Saúde. Em 4 pacientes praticaram-se abdominoplastias nos tecidos tratados com HIFU, horas depois do tratamento. Em 11 pacientes realizou-se a mesma intervenção passados de 4 a 7 dias, e 2 semanas depois a mais um paciente. No resto dos indivíduos também se praticou uma abdominoplastia na área tratada em diferentes momentos: após 4 semanas a 2 pacientes, ente 56 – 59 dias depois a 6, aos 84 – 86 dias em 6 casos, às 14 semanas a outro paciente, e às 18 semanas nos 2 casos restantes. Tiraram-se amostras de cada abdominoplastia com o objectivo de examinar as alterações microscópicas e histológicas do tecido, induzidos por HIFU. A cada paciente tratado foi extraído sangue em diferentes intervalos de tempo: antes da sessão de tratamento; às 24horas, 48 horas, 72 horas, a uma semana, e entre 1 a 4,5 meses depois do tratamento, segundo o tempo de permanência.

Resultado Não se registaram alterações clinicamente significativas nos resultados das análises realizadas em cada um dos 33 pacientes em relação à amostra de controlo (extracção de sangue antes da sessão de tratamento), relativamente aos índices lipídicos, incluindo os ácidos gordos livres, o colesterol total, lipoproteínas de muito baixa intensidade (VLDL), lipoproteínas de alta intensidade (HDL), lipoproteínas de baixa intensidade (LDL), e os níveis de triglicéridos. Além disso, quando se examinam os dados a diferentes intervalos depois da terapia com HIFU nenhum dos pacientes apresentou alterações clínicas significativas no seu painel metabólico integral, amilasa, lipasa, e hemograma completo. As provas CT e MRI realizadas demonstraram que as zonas tratadas com HIFU, que foram especificamente o tecido gordo subcutâneo da área abdominal, não apresentaram, em nenhum caso, danos na pele ou nos órgãos internos. A patologia demonstrou concordância com os estudos realizados com TC e MRI, e revelou áreas discretas de necrose coagulativa do tecido adiposo na área focal onde não aparece dano algum, nem em seu redor. A profundidade de cada lesão foi limitada ao tecido adiposo, e não se estendeu à derme, músculo recto ou fascia. A histologia na fase peri-aguda (horas) e aguda (7 dias) revelou uma zona bem demarcada de adipócitos danificados com rotura das


LINHA LASER E EQUIPAMENTOS Tecido não tratado

Adipócitos em degeneração

Um exame in visu mostra com precisão as áreas tratadas claramente delimitadas e diferenciadas vs. As áreas não tratadas

Macrófagos espumosos

Histologia de uma semana depois, 100X, mostra os adipócitos danificados com uma maior presença de macrófagos

Macrófagos espumosos

Macrófagos macrófagos eliminando eliminando los os resíduos residuos celulares celulares

Macrófagos carregados de lípidos

Membranas de plasma Histologia, 100X, mostra a necrose coagulativa térmica no tecido subcutâneo tratado, um mês depois da sessão com HIFU

Histologia um mês depois, 100X, mostra o colapso dos adipócitos danificados, a degeneração das membranas plasmáticas, e a actividade fagocitária dos macrófagos, eliminando os detritos celulares.

Histologia a um mês, 200X, que mostra um maior fluxo de macrófagos carregados de lípidos (espumoso), que fagocitaram adipócitos danificados.

Epiderme

Derme

Dissipação de adipócitos

A observação in visu aos 4 a 5 meses depois da sessão mostra uma cura fisiológica com uma presença mínima de fibrose da área tratada, e sem danos nas áreas adjacentes.

membranas plasmáticas, com núcleos picnóticos e mostrou uma resposta inflamatória mínima, mediada maioritariamente pela acção dos macrófagos. Às 2, 4 e 8 semanas depois da sessão de tratamento com HIFU realizaram-se histologias seriadas que revelaram a acção fagocitária das células macrófagas com abundante citoplasma espumoso e colapso do estroma tecidular na zona tratada.

Pele intacta depois do tratamento com HIFU

A maioria das zonas tratadas apresentou reabsorção do tecido às 8 – 12 semanas. 95% da reabsorção ocorreu nas 18 primeiras semanas depois do tratamento. Não houve evidencia de calcificação distrófica, abcessos e/ou fistulas.

de tecido gordo oferecem um método não invasivo para o tratamento do Body Sculping que pode ser utilizado como alternativa ou complemento à cirurgia de lipossucção. Os dados clínicos mostram que os HIFU são um sistema seguro para a eliminação do tecido gordo e não Conclusão apresentam problemas metabólicos locais Os Ultrassons Focalizados de Alta e/ou sistémicos em fase aguda ou a longo Intensidade (HIFU) para a eliminação prazo

setembro-dezembro 2010

15


w

ES

Te Fa inf

PO

Te Fa inf

FR

Te Fa inf


EDITORIAL EDITORIAL

PORTFOLIO DE PRODUCTOS

w w. m e d i f o r m . c o m

Tratamentos cirúrgicos

SPANHA

Tratamentos dermo estéticos de rejuvenescimento facial

el.: (34) 93 225 65 00 ax: (34) 93 225 65 10

REVITACARE® Bio-Revitalisation

formacion@mediform.com

®

Tecnologia laser, IPL e radiofreqûencia

ORTUGAL

Tratamento do tecido gordo e remodelação corporal

el.: (351) 217 541 582 ax: (351) 217 580 073

formacao@mediform.com

Cirurgia minimamente invasiva

Instrumental cirúrgico e dispositivos para Medicina Autóloga Regenerativa

RANÇA

Diagnóstico e imagem médica

el.: +33 (0) 146 948 039 ax: +33 (0) 146 205 647

®

formation@mediform.com

EDITA: Mediform Group. Departamento Médico e de Aplicações Clínicas Clínicas Coordenação: J. Outumuro Redacção: Javier Azqueta Maqueta: Susana Díaz

Doctor Trueta, 46 local 08005 Barcelona surginews@mediform.com D. L.: B-43.607/2005 B-33.599/2005

Edição online.

2

Surginews não se responsabiliza pelas opiniões das pessoas que subscrevem os artigos. É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos da revista sem a autorização expressa do editor.

enero-marzo 2009

RS E061038/16

Escritórios centrais:


Surginews 41 Portugués