Page 41

Notícias do Mar

MESA Nº5- INTERACÇÃO DA NAVEGAÇÃO COM OUTROS USOS DA ÁGUA Fauna e flora, qualidade da água e estruturas verdes; Paisagens ribeirinhas. Rosário Oliveira – Observatório da Paisagem do Tejo, desafios e oportunidades. Susana Rosa – Fauna e Flora e qualidade da água do Tejo.

com o seu rio, tornando-o mais vivo e vivido. Um canal navegável desde a foz até à fronteira será o ideal, permitindo uma navegabilidade com multiusos, mas devido aos custos consideráveis de uma obra de tal monta, carece previamente de um estudo sério que permita avaliar e ponderar a relação entre o custo e o benefício, mas tecnicamente não é impossivel. Contudo, não há razão para ficarmos de braços cruzados porque o rio Tejo tem lanços com alguma extensão onde ainda se pode navegar, e mediante algumas obras de regularização não muito onerosas, que são também indispen-

sáveis para o equilíbrio do ecossistema, pode e deve ser incrementada a navegação de transporte de mercadorias, pessoas e bens adaptada às condições de navegabilidade de cada um dos seguintes

Rosário Oliveira

lanços: o lanço desde a foz até Valada/Santarém; de Vila Nova da Barquinha até Constância; o Açude de Abrantes até Ortiga; a Albufeira de Belver; a Albufeira do Fratel e a Albufeira do Tejo Internacional,

Mesa de Encerramento

Susana Rosa

que é partilhada por Portugal e por Espanha. A revitalização das tradicionais barcas de passagem entre margens, será outra forma interessante de dar vida ao rio e animar o turismo.

Fernando Paulo, Vice-Presidente CMVFXira

Debate e Esclarecimentos 2015 Dezembro 348

41

Profile for Media 4U

Notícias do Mar n.º 348  

Jornal Notícias do Mar Online, n.º 348, Dezembro de 2015.

Notícias do Mar n.º 348  

Jornal Notícias do Mar Online, n.º 348, Dezembro de 2015.

Profile for media4u
Advertisement