Page 1

Distribuição gratuita - venda proibida

Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

Abril de 2014

Edição 27 - Ano 4 Publicação Mensal

www.folhadecampinas.com.br

/folhadecampinas

FOTO: ARQUIVO DAESP

Plano de concessão do Aeroporto dos Amarais segue suspenso O plano de concessão do Aeroporto Estadual Campo dos Amarais, à iniciativa privada, previa o investimento de R$14,6 milhões em melhorias no aeródromo de Campinas. Os projetos e estudos para as concessões, que previam melhorar a infraestrutura aeroportuária e alavancar novos negócios para os aeroportos paulistas, foram devidamente aprovados pela Secretaria de Aviação Civil (SAC). Segundo informações do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), ainda não houve nenhuma explicação do Governo Federal sobre a suspensão da concessão. A revogação se estendeu também aos aeroportos paulistas: Comandante Rolim Adolfo Amaro (Jundiaí), Arthur Siqueira (Bragança Paulista), Gastão Madeira (Ubatuba) e Antônio Ribeiro Nogueira Júnior (Itanhaém). Foto aérea do Aeroporto dos Amarais, em Campinas, na época em que a obra de ampliação da pista estava sendo realizada

Epidemia Dengue Páscoa Cara

CAPA | PÁGINA 5

Dignidade Humana

Campinas confirma a primeira morte pela Procon de Campinas, divulga a pesquisa de Crimes de tráfico humano, também conhecido doença e agora traça mega operação para variação de preços dos ovos de páscoa. A como tráfico de pessoas, é o tema abordado variação chega ser de até 160% de um mesmo na Campanha da Fraternidade de 2014. combater o mosquito transmissor. intem pesquisado. ECONOMIA | PÁGINA 3

Reforma Convivência Compromisso de parceria para reforma do Centro de Convivência Cultural de Campinas é assinado com a construtora Rossi Residencial. Previsão é de que o projeto de reforma fique pronto em 6 meses.

ARQUIVO / PMC

DIREITOS HUMANOS | PÁGINA 4

Exposição Ciesp-Campinas DIVA - RELEITURA

SAÚDE | PÁGINA 4

CULTURA | PÁGINA 9

EDUFIN

Número de golpes que envolvem clonagem de cartões de crédito ou roubo de contas bancárias cresceu aproximadamente 17% na cidade. Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) e Procon Campinas dão dicas de como não cair nas armações dos golpistas.

Visitantes poderão apreciar as pinturas, de quadros em óleo sobre tela, do artista plástico Pedro Guedes. Mostra traz trabalhos inéditos como “Fernando de Noronha”, “Rua de Paraty” e “O Barco”.

ECONOMIA | PÁGINA 6

Imposto de Renda 2014

CULTURA | PÁGINA 11

DIVULGAÇÃO

Receita Federal divulga calendário com as datas de restituição do Imposto de Renda. O prazo para a entrega da Declaração termina no dia 30 deste mês.

ECONOMIA | PÁGINA 6

Big Bands Caipiras DIVULGAÇÃO SESC-CAMPINAS

Clonagem bancária

Sesc Campinas realiza exposição que resgata a história das grandes Orquestras de Bailes, conhecidas como Big Bands, que foram um fenômeno cultural na “Era de Ouro”. CULTURA | PÁGINA 9


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

02

Editorial Brasil: o país da piada pronta No dia 27 de março, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), órgão do Governo, divulgou uma pesquisa intitulada 'Tolerância social à violência contra as mulheres'. O resultado apontado, em uma das questões, mostrava que 65,1% da população concordava inteiramente ou parcialmente com a frase "Se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros". Oito dias depois (mais especificamente no dia 4 de abril), após a repercussão negativa e a onda de manifestações geradas em todo

país, o Instituto veio à público informar que havia errado nos resultados das pesquisas. Assim que o erro foi detectado, o diretor de Estudos e Políticas Sociais do Ipea pediu sua exoneração. Agora veja, essa retificação apresentada pelo Instituto de Pesquisa do Governo, dias depois da polêmica repercussão da pesquisa, deixou muitos dos brasileiros incrédulos quanto a veracidade das duas versões divulgadas. Afinal, teria o Instituto realmente errado nessa pesquisa ou apenas voltado atrás

para evitar impactos maiores? E como fica a sua credibilidade diante desse episódio? De fato, temos de concordar que essa se tornou uma situação passível de questionamentos – presentes e futuros. Outro assunto que vem causando discussão e protestos são os preparativos para a Copa do Mundo de 2014. A novidade dessa vez foi a admissão por parte da Fifa, por meio do secretário-geral da entidade que controla o futebol mundial, Jérôme Valcke. Em uma declaração na África do Sul, Valcke admitiu que,

a poucas semanas da Copa, o Brasil não está totalmente pronto para o evento – se referindo aos dois estádios brasileiros que ainda não estão prontos: o Beira-Rio, em Porto Alegre, e o Itaquerão, em São Paulo. Esse, no entanto, não é o ponto que mais choca em sua declaração. O secretário-geral da Fifa ainda informou que nem todas as coisas estarão totalmente prontas no começo da Copa, mas os CTs e campos – o mais importante para os 32 times, segundo ele – estarão lá para garantir que teremos futebol.

Diante desse fato, o questionamento que fica é se os demais setores, como o sistema de saúde, segurança e mobilidade – condições indispensáveis de uma sociedade ou organização, ainda mais se tratando da recepção de um evento mundial – não deveriam possuir o mesmo grau de importância ou até maior do que os estádios e CTs? A saúde mesmo é um problema que necessita de solução urgente. Há muito tempo se fala que o sistema de saúde no país está defasado, mas parece que agora chegamos ao fun-

do do poço. A falta de médicos, somada com a demanda de casos (confirmados ou em fase de suspeita) de dengue tem deixado a população sem alternativas e os hospitais com superlotação. Agora que a situação se alarmou, ações e megaoperações vêm sendo traçadas e colocadas em prática para que a situação se normalize; as campanhas estão sendo intensificadas visando a conscientização dos moradores e prevenção de novos casos. Essa pode não ser a solução ideal, mas por hora, torçamos para que seja a mais eficaz.

Artigo Crianças pedem socorro A crescente violência no Brasil e no mundo tem chamado a atenção de todos. A cada dia aumentam os casos tristes e lamentáveis noticiados pela mídia. Se ela hoje nos bate à porta, comecemos ontem, como muitos já o fazem, a luta pelos direitos da criança e do adolescente, contra a fome, as desigualdades e em prol da sustentabilidade. Empreendamos hercúleo combate à pior das carências, que atravanca o êxito de qualquer tentativa de transformação benéfica na Terra: a falta de solidariedade, de fraternidade, de misericórdia, de justiça;

por conseguinte, a aridez do Espírito, do coração. Em 2013, destacada pesquisa global, divulgada pela ONU, nos traz uma informação alarmante: "Todos os anos, entre 500 milhões e 1,5 bilhão de crianças sofrem algum tipo de violência no mundo. Mesmo com as estimativas mais conservadoras, grande número de crianças sofre seus efeitos físicos, mentais e emocionais, e outros milhões estão em risco". Aqui temos apenas estatísticas oficiais e que desafiam a dignidade humana. Isso significa que o quadro deva ser ainda mais crítico e demande ação decidida

e conscientização a partir das famílias, nas quais também ocorre a violência doméstica. O Dr. Cláudio Pita, formado em Direito pela Universidade Anhanguera, relatou à Boa Vontade TV que na infância e na adolescência vivenciou essa problemática. Mas soube, com o devido amparo, superar tudo isso. Hoje é diretor do Lar Nefesh, em São Paulo/SP, fundado por ele e que presta apoio às crianças e às famílias que passam por esses dramas. No seu entender, a sociedade tem papel indispensável na identificação dos casos de violência: "Às vezes, a

Expediente

coisa não está acontecendo na minha casa, ou na minha família, mas acontece ao lado. E a criança que está sofrendo tem medo de pedir socorro, tem receio de que o pai ou a mãe sejam presos e não quer desintegrar a família. Então, ela mesma acaba não pedindo ajuda. E é importante que as pessoas que estão ao redor estejam atentas, possam encaminhar ao conhecimento do poder público, ao Conselho Tutelar, na própria Vara da Infância e da Juventude, às autoridades policiais, para que eles tomem providência". Recorro ao ilustre recifense Josué de Castro

(1908-1973) — médico, pirituais ecumênicos. A jovem escritora juprofessor, cientista social, político e ativista brasi- dia-alemã Anne Frank leiro, autor dos famosos (1929-1945) registrou em "Geografia da fome" e seu diário ideais pacíficos, "Geopolítica da fome" —, mesmo sofrendo a punque dedicou sua vida ao gência da Segunda Guercombate à miséria huma- ra Mundial. Seu corajoso testemunho afasta o pesna. Certa vez, afirmou: — "Os ingredientes da simismo que só aumenta Paz são o Pão e o Amor". as enfermidades sociais Tenho dito que a esta- dos povos: — "Apesar de todos e bilidade do mundo começa no coração da criança. de tudo, eu ainda creio na Protegê-la é acreditar no bondade humana". Façamos, pois, a nossa futuro. Por isso, na rede de ensino da LBV, há parte em prol de tempos tantos anos aplicamos a melhores. Pedagogia do Afeto e a José de Paiva Netto Pedagogia do Cidadão Jornalista, radialista, escritor, Ecumênico, um esforço compositor e poeta. É diretor/preside Boa Vontade para aliar dente da Legião da Boa Vontade a Educação aos valores es-

Bronca do Leitor Conta de Luz

Vagas em creche

O jornal Folha de Campinas recebeu algumas reclamações, de leitores, com relação ao aumento repentino da conta de luz, referente ao mês de fevereiro, e como resultado essas pessoas acabaram pagando quase o dobro do que normalmente pagam. Procuramos a assessoria da empresa CPFL para esclarecer o assunto que respondeu: “Ressaltamos que não se trata

“Quero fazer uma reclamação sobre as vagas nas creches da cidade. Tenho uma filha de cinco anos que no momento está na escola e para meu filho de dois anos preciso pagar escola particular pois não consigo vaga para ele na creche que fica na rua da minha casa (creche Cemei Dr. Eduardo Pereira de Almeida - Jardim Nova Europa). Não consigo vaga porque

de aumento das tarifas, e sim, no consumo de energia elétrica e para esclarecer mais o assunto, precisamos de mais detalhes do cliente: nome, endereço e nº do código do cliente que está na conta de energia.”. Orientamos aos leitores que desejam esclarecimentos detalhados, sobre a referente conta, que entrem em contato com a empresa, munidos dos documentos necessários.

na frente do meu filho ainda tem 200 crianças na fila de espera. Sou mãe solteira e não tenho condições de ficar pagando escola, já fui no Conselho Tutelar e também não consegui nada, acho um absurdo as mães que precisam trabalhar não conseguirem vagas (...)”. Marcela Prado – Aux. de cobrança A assessoria de imprensa da secretaria

municipal de educação informou que Campinas está com um déficit de 6.500 vagas atualmente e que pretende construir oito naves mães até dezembro deste ano – Jd. Bassoli, Jd. Campos Eliseos, Jd. Ibirapuera, Vila Esperança, Loteamento Gleba B, Loteamento Porto Seguro, Residencial São José e Residencial San Martin – gerando um total de duas mil vagas.

As opiniões publicadas são recebidas por e-mails de leitores. Elas não expressam a opinião do jornal e não seguem qualquer padrão de linha editorial. Envie também sua “bronca” ou entre em contato com a redação do jornal Folha de Campinas, pelo e-mail: broncadoleitor@folhadecampinas.com.br.

Expediente Diretor Executivo Márcio Carvalho Editora Responsável Ana Carolina Menani MTB/SP: 72644 Jornalistas Ana Letícia Azevedo

Colunistas Angélica J. Carvalho Carmen Janssen José Paiva Netto Juliana Mori J. Petermann Ronald Santiago Rui Tomás

Colaborador Futebol Interior Criação e Diagramação Letícia Araújo Cartunista Fabiano Carriero

Gerente Comercial e Administrativo Antônio Medeiros

O Folha de Campinas é uma publicação mensal. Tiragem dessa edição 10 mil exemplares

Contato com a redação redacao@folhadecampinas.com.br Anuncie no Jornal comercial@folhadecampinas.com.br

Redação e Publicação MCJ Editora e Distribuidora Ltda Av. Bueno de Miranda n° 89 Vila Industrial - Campinas/SP F: (19) 3272-3684

www.folhadecampinas.com.br


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

03

Artigo O poder de contar histórias

O homem sempre foi um contador de histórias. São milênios de prática da narração. Desde o tempo das cavernas o homem já se agrupava em volta de fogueiras para compartilhar experiências, alegrias e tristezas. Contar histórias é um ato genuinamente humano e atemporal, que mexe com o coração e com o intelecto das pessoas. É uma viagem que conecta o passado ao futuro e preserva as memórias e fatos que

ocorreram. Mas o que isso tem a ver com o mundo dos negócios? Tudo! Dos grandes guerreiros do passado aos tubarões modernos do mundo corporativo, existe algo em comum: o desejo de serem lembrados. Histórias são fundamentais para a construção da imagem das empresas, marcas, produtos, serviços e pessoas. Grandes empreendedores possuem histórias maravilhosas para

contar. No mundo, essa prática é conhecida como “Storytelling”, técnica de comunicação muito utilizada por departamentos de marketing para atingir um objetivo mercadológico ou posicionamento de mercado. Contar histórias gera perguntas e gera comunicação. Comunicar é ter uma história melhor do que a concorrência. Quanto mais ela for interessante, engajadora e envolven-

te, mais atenção você terá. Quem conta a melhor história, vende melhor. A história pode ser real ou fictícia, mas nunca mentirosa. O protagonista não precisa ser um herói, mas precisa ser transparente e respeitoso com os seus ouvintes, no caso, os clientes. Ele precisa ser persistente para superar os desafios da jornada. As pessoas, na sua maioria, adoram um drama. Toda história atraente

Crédito: Divulgação

tem um começo, meio, clímax e fim. Tem um personagem, seu mundo, uma quebra de rotina, um desafio e uma luta para a superação. Tem ainda momentos de tensão e de alivio, conflito entre sucesso, fracasso e segue uma linha de raciocínio coerente. Palavras mágicas são essenciais na arte de contar histórias. Por isso, alguns filmes fazem tanto sucesso; pois possuem uma ótima narrativa. Walt Disney criou um mundo de histórias maravilhosas, de fantasias e possibilidades. Steve Jobs, fundador da empresa Apple, contava histórias sedutoras de seus produtos inovadores. Ele despertava a curiosidade das pessoas e as convidava para “pensar fora da caixa”. Muita gente comprou a ideia. Grandes líderes são ótimos contadores de histórias. Eles possuem uma naturalidade em captar dados de gráficos e situações do cotidiano e apresentá-los com clareza e inspiração. Assim prendem o interesse dos liderados, contam uma boa história

Cena do filme “300” na qual um guerreiro espartano conta uma história para motivar a tropa a lutar contra os inimigos Persas

sem o uso do PowerPoint e nos levam para outro universo, muito mais atraente do que uma planilha de Excel. Veja o caso do presidente Barack Obama, o primeiro presidente negro dos E.U.A, que contou uma grande história para ser eleito, além do uso de outras ferramentas de comunicação. As ferramentas se reinventam constantemente e os comportamentos humanos mudam também, mas os anseios por histórias são os mesmos. Repare nas mídias digitais como Facebook, YouTube, WhatsApp, LinkedIn, etc, as pessoas compartilham ¨coisas¨ a todo instante – e isso só tem aumentado. Histórias geram mais histórias. E, com as novas mídias, espalham-se rapidamente. Histórias transformam o mundo, que está repleto de histórias aguardando para serem contadas. Para marcas cativantes, a história já está escrita, basta mostrar para o mundo. O que você deseja contar? Ronald Santiago é empreendedor e estudioso de vendas e marketing

Violência sexual – choque de realidade para brasileiros Após toda a repercussão negativa causada logo da primeira divulgação dos resultados da pesquisa “Tolerância social à violência contra as mulheres”, feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que dizia que 65% dos brasileiros concordavam com a afirmação, "mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas”, o Instituto reconhece o erro e faz uma errata, divulgando que o número correto é 26%. Porém, se por um lado o resultado correto divulgado não chega a ser um escândalo, como o número anterior apresentado, por outro lado, também não temos motivos para comemorar, pois se considerarmos as respostas daqueles que discordam parcialmente dessa afirmação, esse número sobe

para 37,6%. Ou seja, quase 40% dos entrevistados! Vale ressaltar que grande parte das pessoas que responderam às questões são mulheres! Embora a pesquisa não tenha sido feita em todo o território nacional, essa foi uma boa amostra que requer um olhar atento da população para a questão de todos os tipos de violência contra a mulher. O machismo ainda é a tônica neste país, haja vista os resultados das pesquisas feitas pela séria Instituição Fundação Perseu Abramo, nos últimos anos. A luta contra a violência sexual contra mulheres, crianças e adolescentes continua sendo um desafio gigante que o governo brasileiro e a população mais esclarecida têm pela frente. Será preciso muito investimento e tempo em educação para transfor-

mar uma cultura machista que permite que mulheres sejam violentadas, espancadas e assassinadas. Além de punições mais efetivas para os espancadores e estupradores. O Brasil precisa urgentemente de educação para que esse quadro um dia possa se reverter. Daí a necessidade da interferência do governo em promover políticas públicas mais eficientes que sensibilizem a população para uma convivência de não violência e de equidade de gênero, dentro das escolas e a partir dos meios de

comunicação, através de campanhas constantes de conscientização. É preciso também reforçar a educação sexual nas escolas que tem um papel fundamental na formação da personalidade da criança, pois ao contrário do que muitas pessoas pensam, a educação sexual vai muito além de promover o conhecimento da fisiologia da sexualidade e da prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e aids. Seu princípio básico é contribuir para aumentar a autoestima e a autono-

O DIREITO À AUTONOMIA SEXUAL, INTEGRIDADE SEXUAL E A SEGURANÇA DO CORPO SEXUAL Este direito envolve a habilidade de uma pessoa em tomar decisões autônomas sobre a própria vida sexual num contexto de ética pessoal e social. Também inclui o controle e o prazer de nossos corpos livres de tortura, mutilação e violência de qualquer tipo.

mia do indivíduo e, principalmente, promover a cultura de não violência, ou seja, o respeito mútuo que deve haver entre todos os cidadãos, fazendo valer, inclusive os seus direitos sexuais que, aliás, são desconhecidos pela população. Vale ressaltar que a maneira deturpada que boa parte da população brasileira encara o comportamento do homem e da mulher, bem como os seus direitos na sociedade, muito contribui para o estupro, não somente de mulheres, mas sobretudo de crianças e adolescentes que são, em sua maioria, meninas que têm menos de 13 anos. Convido o leitor(a) a fazer uma reflexão crítica sobre a sua responsabilidade na educação dos seus filhos. Meninos e meninas são diferentes, mas devem

ser educados com direitos iguais, caso contrário, essa cultura machista e violenta não vai mudar! Procure na internet pela Declaração dos Direitos Sexuais, instituídos pela Associação Mundial para a Saúde Sexual. São direitos humanos universais baseados na liberdade inerente, dignidade e igualdade para todos os seres humanos. Finalizo este artigo apresentando o Direito Sexual número 2 e na esperança de que cada cidadão possa ter a consciência de sua responsabilidade, individual, na prevenção deste grave problema de saúde pública que afeta a todos nós, sem exceção. Carmen Janssen Sexóloga, escritora, psicoterapeuta e conferencista internacional www.carmenjanssen.com.br

Variação de até 160% nos preços de ovos de Páscoa O consumidor deve ficar atento e pesquisar preços na hora de comprar ovos de Páscoa em Campinas. A variação de preços de um mesmo item em estabelecimentos diferentes pode chegar a até 160,84%, conforme constatou a pesquisa realizada pelo Procon Campinas em parceria com a Fundação Procon. A pesquisa foi realizada entre os dias 1º e 2 de abril em dez estabelecimentos comerciais da cidade. Os técnicos do Procon pesquisaram 139 itens, entre ovos de chocolate e colomba pascal. Entre as colombas, a pesquisa apontou

que a maior diferença foi de 104%. Entre os 139 itens pesquisados, o Carrefour foi o estabelecimento com maior itens igual ou menor que o preço médio 105 itens de 128 encontrados (82,03%); A pesquisa é um guia de referência para o consumidor comparar os preços e está disponível na página principal do órgão, no endereço www.procon. campinas.sp.gov.br A diretora do órgão, Lúcia Helena Magalhães, aconselha que o consumidor compare preços, leia as informações do rótu-

lo, verifique as condições de armazenamento desse produto, que não deve ser acomodado próximo de produtos de limpeza, de fonte de calor e de odor forte, observe se o produto está na validade, se o rótulo apresenta a identificação do fabricante ou importador e se há recomendações de restrição quanto à saúde e segurança do consumidor, especialmente nos casos em que há brinquedos, cuja embalagem deve informar a idade mínima recomendável. Lembrando que os ovos de chocolates que contiverem brinquedos devem

possuir o selo de identificação do Inmetro. Além da pesquisa, o Procon realizou uma operação fiscalizatória, entre os dias 8 e 9 de abril, em 15 estabelecimentos comerciais, e atuou dois por comercializarem produtos que não informam se há ou não glúten no produto e por comercializar brinquedos sem mensagem de advertência, respectivamente. O órgão ainda disponibiliza duas cartilhas para auxiliar os consumidores na hora da compra de chocolate e pescados. As cartilhas e o relatório

da fiscalização estão disponíveis, em formato digital, na página principal do órgão. O consumidor que detectar qualquer descumprimento da lei da relação de consumo deve denunciar ao fone 151. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 20h e sábado das 8h às 14h. Os cidadãos também podem se dirigir a uma das unidades instaladas na cidade: - Poupatempo Centro(orientações, registro de reclamações e denúncias) - Av. Francisco Glicério, 935, 1º andar - atendimen-

to de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e sábados das 7h às 13h. - Agiliza Campinas- Barão Geraldo (orientações, registro de reclamações e denúncias) - Rua Luiz Vicentim, 195, ao lado da Subprefeitura de Barão Geraldo -atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. - Poupatempo Campinas Shopping (orientações, registro de reclamações e denúncias) - Rua Jacy Teixeira de Camargo, 940, Jardim do Lago atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h e sábado das 8h às 14h.


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

04

Direitos Humanos Campanha da Fraternidade aborda o Tráfico Humano

Conduzida há 50 anos pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a Campanha discute a questão do tráfico de pessoas, para os mais diversos fins, principalmente para exploração sexual A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abriu oficialmente a Campanha da Fraternidade de 2014 no dia 5 de março, em sua sede em Brasília (DF). Este ano, a campanha aborda o tema “Fraternidade e Tráfico Humano” e o lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1). Representantes do governo e entidades da sociedade civil marcaram presença na solenidade, entre eles: o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso; o representan-

te da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcello Laverene Machado; e a secretária executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), pastora Romi Márcia Bencke. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, disse que o governo se une à CNBB e às demais entidades na luta contra o tráfico de pessoas. Para o ministro, o Estado deve reagir frente a essa realidade. “É inaceitável um crime como o tráfico humano e que pessoas sejam tratadas como ob-

jetos, como escravos. Não importa a modalidade deste crime. Ele tem que ser objeto de uma reação muito forte da sociedade moderna, do Estado moderno”, disse. Mensagem do papa O papa Francisco enviou mensagem por ocasião da abertura da campanha no Brasil. O texto foi lido pelo secretário executivo da CF 2014, padre Luiz Carlos Dias. De acordo com o papa, não é possível ficar impassível, sabendo que existem seres humanos tratados como mercado-

ria. “Pense-se em adoções de criança para remoção de órgãos, em mulheres enganadas e obrigadas a prostituir-se, em trabalhadores explorados, sem direitos nem voz, etc”, disse. O papa se dirigiu aos fiéis, exortando sobre a problemática do tráfico de pessoas. “Queridos brasileiros, tenhamos a certeza: Eu só ofendo a dignidade humana do outro, porque antes vendi a minha”, lembrou o papa. Dignidade humana Para a secretária executiva do Conselho Na-

cional de Igrejas Cristãs (Conic), pastora Romi Márcia Bencke, é necessário debater a temática do tráfico humano de forma aberta e coerente. “A Campanha da Fraternidade nos coloca um grande desafio de falar honestamente das hierarquias econômicas, sociais e culturais, que acabam legitimando esse tipo de exploração humana”, apontou a pastora. O representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcello Laverene Machado, destacou que a OAB reco-

nhece a CNBB como uma parceira de lutas em defesa da dignidade humana. “A Campanha da Fraternidade vai chamar a atenção para essa grande chaga que é a opressão, o abandono, em uma sociedade estruturada sob bases injustas, visando apenas o consumismo e o capitalismo. Que cada brasileiro nesta campanha, lute pelo desaparecimento do tráfico humano”, concluiu. Informações: CNBB Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Significado do cartaz A Campanha da Fraternidade 2014 tem como tema "Fraternidade e Tráfico Humano" e lema "É para a liberdade que Cristo nos libertou" (GL 5,1). As mãos acorrentadas e estendidas simbolizam a situação de dominação e exploração dos traficados e o seu sentimento de impotência perante os traficantes. A mão que sustenta as correntes representa a força coercitiva do tráfico, que explora vítimas que estão distantes de sua terra, de sua família e de sua gente. A sombra na parte superior do cartaz expressa as violações do tráfico humano, que ferem a fraternidade e a solidariedade, que empobrecem e desumanizam a sociedade. As correntes rompidas e envoltas em luz revigoram a vida sofrida das pessoas dominadas por esse crime e apontam para a esperança de libertação do tráfico humano. A maioria das pessoas traficadas é pobre ou está em situação de grande vulnerabilidade. As redes criminosas do tráfico valem-se dessa condição, que facilita o aliciamento com enganosas promessas de vida mais digna. Uma vez nas mãos dos traficantes, mulheres, homens e crianças, adolescentes e jovens são explorados em atividades contra a própria vontade e por meios violentos. (Fonte: CF 2014).

Saúde Campinas recebe ações de combate à dengue Megaoperação contra o mosquito da dengue será intensificada. Cidade teve a primeira morte pela doença confirmada e outras seis estão sendo investigadas. O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, e o secretário municipal de Saúde, Carmino Antônio de Souza, anunciaram reforço nas medidas para o controle da epidemia de dengue na cidade. As novas medidas focalizam principalmente a assistência à saúde da população. “Vamos dar atenção às pessoas que estão manifestando sintomas de dengue”, afirmou o prefeito. Entre as medidas, está a determinação de manter atualizados os números da dengue para que a cidade possa entender o quanto é importante a colaboração de todos no sentido de enfrentar a epidemia. Mais de 30% dos casos que a rede de saúde de Campinas vem atendendo são de pessoas oriundas de municípios limítrofes. Por isso, o prefeito participou da 148ª Reunião do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano da Região Metropolitana (RMC), com o intuito de pedir o empenho aos prefeitos da região para uma ação conjunta visando enfrentar a epidemia de dengue. Na área de assistência, está sendo proposta uma

classificação especial da dengue - (estuda-se um crachá) - que identificará a pessoa com possíveis sintomas da dengue e faça o acolhimento e seja assistida. “A maior preocupação é cuidar da pessoas. Estamos no pico da epidemia, em que os casos vêm em grande quantidade nas unidades e, nesse momento, nosso maior compromisso é assistencial”, ratificou o secretário de Saúde. O prefeito também disse que autorizou Ordem de Serviço delegando ao secretário de Saúde a convocação de profissionais que atuam na gestão para auxiliar a rede no atendimento aos pacientes. Jonas Donizette aproveitou para fazer um agradecimento especial aos profissionais de saúde “que estão se desdobrando para combater a questão da dengue que está assolando o nosso município e nossa região”. Força Nacional e Exército O prefeito também pediu apoio à Força Nacional do SUS. Jonas Donizette já obteve uma resposta que Campinas receberá a visita de dois dias de técnicos do Ministério da Saúde,

que vão fazer uma avaliação do quadro de dengue no município. A visita está marcada para os dias 22 e 23 de abril, mas o prefeito vai tentar antecipar a data. A ajuda da Força Nacional pode vir em três etapas: pode ser o apoio técnico, o apoio de profissionais ou também a questão da montagem de alguns hospitais tendas. Quem vai determinar o que será feito é o Ministério da Saúde por meio dessa visita técnica. O Exército disponibilizou 54 homens que vão colaborar com a colocação de telas em caixas d´água. O treinamento foi na segunda-feira, dia 14, e as ações em campo já iniciaram na terça-feira. O primeiro bairro a receber os soldados será o Jardim Cosmos, na região do Jardim Florence, região Noroeste. Soro e mutirões A Prefeitura organizou uma megaoperação com medidas que incluem adaptações de unidades de saúde para garantir atendimento rápido e diagnóstico precoce. As medidas são o aumento de cadeiras para aplicação de soro, reforço da

equipe, criação de novas salas para hidratação, reforço no estoque de soro e de medicamentos para os sintomas da dengue. Também estão sendo organizadas equipes complementares de orientação sobre a dengue. O horário do laboratório municipal para recebimento de hemogramas foi ampliado e os exames podem ser levados até 19h30 (anteriormente o horário limite era 16h30). Neste final de semana foi realizado o mutirão de limpeza na região Noroeste. Além disso, foram intensificados os mutirões de cata-treco, limpeza de áreas públicas e beiras de córregos, a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) disponibilizou veículos para nebulização na região do Centro de Saúde Florence, área com maior número de casos. A nebulização começou na semana passada e se estenderá por um mês nos bairros Itajaí, Santa Rosa, Florence 1, Rossin, Florence II, Satélite Íris II e Satélite Íris III. Barão Geraldo Na última sexta-feira, 11 de abril, a Prefeitura

obteve de uma forma inédita uma liminar da Justiça, que permite a entrada de agentes de saúde em imóveis fechados, desabitados, abandonados ou com acesso não permitido pelo morador. A Prefeitura vai planejar as ações para trabalhar de acordo com a liminar e ter acesso a esses imóveis. As ações preveem primeiro a notificação dos proprietários, depois o trabalho conjunto de agentes com apoio da Guarda Municipal e também a participação de equipe de filmagem e profissionais para abrirem o imóvel quando necessário. Essa ação começará pelo distrito de Barão Geraldo, no bairro Santa Isabel e na região da Cidade Universitária. Essa região é a segunda que mais preocupa a administração. A primeira região, e a mais afetada pela dengue, continua sendo a região Noroeste. Todas as medidas serão coordenadas pela Secretaria de Saúde com apoio das demais secretarias para acompanhar e facilitar as ações. “São medidas para aumentar e implementar para reforçar

ainda mais o atendimento à população”, disse o prefeito. São 5.016 casos confirmados de dengue. Esse número pode, a princípio, chegar a 7 mil porque 2 mil casos ainda não foram catalogados. A Secretaria investiga seis óbitos – são quatro de Campinas e dois da região (Santa Bárbara d´Oeste e Hortolândia). No dia 9 de abril a Secretaria de Saúde de Campinas confirmou a primeira morte por dengue no município. A vítima foi uma mulher de 69 anos, residente no bairro Paranapanema, região Sul de Campinas.

Recomendações Aos primeiros sintomas de dengue (febre, dor de cabeça, dores nas articulações e no fundo dos olhos), a recomendação do Ministério da Saúde é procurar o serviço de saúde mais próximo e não se automedicar. Quem usa remédio por conta própria pode mascarar sintomas e, com isso, dificultar o diagnóstico.


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

05

Capa Aeroporto dos Amarais aguarda decisão sobre futura administração

Concessão de cinco aeroportos paulistas para a iniciativa privada, inclusive o Campo dos Amarais, foi interrompida e processo está parado; reformas milionárias melhorariam a infraestrutura aeroportuária pliação do pátio de aeronaves, de 4.480 m² para 10.160 m²; alargamento das pistas de rolamento, de 10m para 16 m; ampliação da pista de táxi paralela em 450 m; ampliação da via de acesso aos hangares e construção das vias de serviço para veículos operacionais; implantação de infraestrutura para novos hangares e ampliação da iluminação do pátio e balizamento noturno”, aponta. As obras foram concluídas em abril de 2013. Amarais tem grande potencial de crescimento Segundo o professor da faculdade de economia da PUC-Campinas e Diretor Técnico do Conselho de Infraestrutura e Logística do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP/ Campinas), Josmar Cappa, o Aeroporto dos Amarais tem potencial pra crescer, seja pela sua localização ou pela sua disponibilidade de áreas, ainda a serem ocupadas, dentro do sítio aeroportuário. “Os aeroportos regionais atuam de forma complementar aos grandes aeroportos. A proximidade entre Amarais e Viracopos permite ao aeroclube um grande potencial de crescimento e de vantagem em relação a outros aeroportos regionais, que estão distantes de grandes aeroportos”, aponta Cappa. O professor explica que existe a possibilidade de grandes aeronaves que, no caso, operam em Viracopos, fazerem manutenção nos Amarais. “Além disso, toda aviação geral desenvolvida em Viracopos, pode passar a ser desenvolvida nos Amarais. Pequenas aeronaves, aviões executivos e táxis aéreos são atividades que, em Viracopos, competiriam com as grandes aeronaves. Portanto, quando há a possibilidade de transferir isso para um aeroporto regional, não só o custo será mais baixo, como também haverá uma eficiência de tempo, porque não estarão competindo pelo mesmo espaço físico usado pelas grandes aeronaves”, completa. Concessão pode ser benéfica Na opinião de Josmar Cappa, a concessão dos aeroportos paulistas para a iniciativa privada tende a ser benéfica. “Ao participar do processo de concessão, a iniciativa privada irá,

Rogério Capela/PMC

O plano de concessão do Aeroporto Estadual Campo dos Amarais, em Campinas, para à iniciativa privada – que previa o investimento de R$14,6 milhões em melhorias no aeródromo – está, por hora, suspenso. A Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República revogou a portaria que autorizava o governo de São Paulo a fazer a concessão do Aeroporto dos Amarais. A revogação se estendeu também aos aeroportos paulistas Comandante Rolim Adolfo Amaro (Jundiaí), Arthur Siqueira (Bragança Paulista), Gastão Madeira (Ubatuba) e Antônio Ribeiro Nogueira Júnior (Itanhaém). A discussão sobre a concessão à iniciativa privada mostra-se um grande impasse para o futuro do Campo dos Amarais, e o desentendimento entre os governos estadual e federal demonstra a falta de planejamento da questão aeroportuária do país. Projetos foram aprovados, mas processo está parado A intenção do governo estadual era conceder os cinco aeroportos para um mesmo administrador por 30 anos. Os vencedores deveriam realizar obras e investimentos, além da adequação da estrutura existente e gestão. Segundo Ricardo Volpi, superintendente do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), “foram elaborados todos os projetos e estudos para as concessões que foram devidamente aprovados pela Secretaria de Aviação Civil. O ministro Wellington Moreira Franco autorizou a concessão em nove de janeiro de 2014 e, cinco dias depois, o Governo Federal a revogou. Não há, até agora, nenhuma explicação do Governo Federal sobre a suspensão da concessão”. De acordo com o Daesp, a concessão irá melhorar ainda mais a infraestrutura aeroportuária e alavancar novos negócios para os aeroportos paulistas. Segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), “o processo de concessão de cinco aeroportos regionais do Estado de São Paulo está parado, pois a Secretaria de Aviação Civil não concedeu a carta de anuência necessária para o andamento do processo”, afirmou

a assessoria de imprensa à nossa redação. De acordo com a agência, o processo estava concluído e sem nenhuma pendência.“Não houve nenhuma justificativa oficial da SAC para a Artesp”. Plano nacional deve definir regras A Secretaria Nacional de Aviação informou à redação do jornal Folha de Campinas que, no último dia 18 de março, colocou em consulta pública um plano nacional de outorga para os aeroportos regionais. O documento estabelecerá as regras para administração dos 270 aeroportos do país contemplados no plano de aviação regional, que serão reformados ou construídos, para que todos os estados e municípios sigam os mesmos parâmetros. Através do plano, a SAC irá propor diferentes modalidades de gestão para estes aeroportos e traçará as regras para as concessões à iniciativa privada. A minuta permanecerá por 30 dias em audiência pública e o plano não tem data para ser concluído, pois dependerá da especificidade de cada sugestão recebida. “Somente a partir de quando estas regras forem definidas, será possível retomar a situação dos Amarais”, declarou a SAC. Aeroclube receberia reforma milionária Com a concessão para a iniciativa privada, o aeroclube de Campinas deveria passar por uma série de reformas. “Para o Amarais estão previstos investimentos de R$ 14,6 milhões na reforma e ampliação do terminal de passageiros, recuperação da sinalização vertical, recapeamento dos sistemas de pistas e pátios, obras de infraestruturas para hangares, inserção do PAPI (Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão), instrumentalização para auxílio da operação de pouso das aeronaves na rampa de aproximação e sinalização diurna”, detalha a Artesp. Ricardo Volpi, do Daesp enfatiza que, mesmo sem a concessão, o Estado continuará investindo na infraestrutura necessária para a operação dos aeroportos, incluindo o Campo dos Amarais. “Em 2012/2013 o Amarais recebeu R$ 7,9 milhões para obras de ampliação da pista de pouso, que passou de 1.200m x 30m para 1.650m x 30m; am-

Foto: Ana Carolina Menani

Por Ana Letícia Azevedo

Foto da fachada do Aeroporto dos Amarais, em Campinas

por obrigação contratual, desencadear diversos investimentos no aeroporto. Por isso, o que hoje pode ser um problema para o setor público, que é investir nos aeroportos regionais, ao fazer a concessão, todo um processo de inves-

timentos que alavanca o aeroporto será desencadeado”, confirma. A concessão é benéfica, pois viabiliza mais uma alternativa de transporte, no caso, o transporte aéreo regional. “A criação de mais uma alternativa de deslocamento

com eficiência e rapidez, a um custo inferior ao de Viracopos, permite mais transportes de mercadorias, de pessoas e mais eficiência na questão do deslocamento, seja para aviação executiva, seja para a aviação geral”, pondera.


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

06

Economia Número de clonagem de cartões de crédito e roubo a contas bancárias crescem em Campinas Aplicação deste tipo de golpe teve um aumento de cerca de 17%. Saiba como se defender nessa situação Por Ana Letícia Azevedo

O número de reclamações de pessoas que foram vítimas de saques e transferências indevidas na conta bancária, em razão de clonagens de cartões de crédito e apropriações de senha, cresceu mais de 17% em Campinas, segundo a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). Além disso, casos de clonagem de contas bancárias tiveram um aumento de 16,66% entre janeiro e março deste ano, quando comparado ao mesmo período do ano passado. A clonagem de contas acontece quando a pessoa tenta entrar no site do seu banco e é redirecionada para uma página clonada, que é idêntica à do banco. Ao informar agência, conta e fornecer a senha para a página falsa, o usuário cai no golpe. Mas, apesar do aumento deste tipo de crimes, que ocorre em sua maioria, através da internet, muitas pessoas só percebem que foram vítimas de um golpe após alguns dias ou até mesmo semanas. É o caso da estudante de psicologia Elesiane Primon, que teve seu cartão clonado em dezembro de 2013 e só percebeu o golpe semanas depois, quando recebeu a fatura

Imagem: Divulgação

referente aquele mês. “Eu descobri quando o limite que já não era alto estourou. Só percebi quando olhei na fatura”, explica. Ela disse que entrou em contato diretamente com o banco pelo telefone. “Eles questionaram se eu havia passado o cartão em algum lugar suspeito, mas eu não tinha passado em nenhum lugar diferente. Perguntaram se eu havia feito compras pela internet, pois, na fatura constava uma compra em uma loja de eletrônicos em Maringá-PR, cidade onde nunca estive. Falei que não conhecia a loja e que não havia feito compras pela internet, mas o banco não soube explicar onde e como o meu cartão foi clonado”, conta. Elesiane comenta que pagou a fatura e o valor da compra, de R$220,00 foi estornado no mês seguinte. “A sorte é que o limite do meu cartão era de somente R$400,00, pois sou universitária”. Segundo ela, a parte mais burocrática foi o cancelamento do cartão. “O banco demorou cerca de 20 dias para enviar um cartão novo. Isso me prejudicou bastante, pois, a maioria das minhas compras é paga com ocartão”, ressalta. Não caia no golpe

Segundo a Diretoria de Comunicação da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), os bancos brasileiros investem anualmente bilhões de reais em sistemas de segurança física e eletrônica para garantir a tranquilidade de seus clientes e colaboradores. Também atuam em estreita parceria com governos, polícia e com o Poder Judiciário, para combater os crimes e propor novos padrões de proteção. “Entretanto, os próprios usuários devem ficar atentos e adotar, sempre que possível, medidas de segurança.

São procedimentos simples, mas que garantem sua tranquilidade, seja na hora de acessar o internet banking, de realizar uma operação pelo telefone ou pelo celular ou, ainda, de realizar uma transação no guichê de uma agência ou num caixa eletrônico”. A FEBRABAN informa que os bancos são responsáveis pela preservação da integridade, da legitimidade, da confiabilidade, da segurança e do sigilo das transações realizadas nos serviços que oferecem, mas sua ação protetora não consegue garantir isso nas

ações e atitudes que dependem exclusivamente dos clientes. “Os clientes devem estar sempre atentos. Devem levar em consideração os alertas e informações fornecidos na aquisição do produto, divulgados nos cartazes e nos vídeos dos terminais de autoatendimento. Na dúvida, pergunte aos funcionários do banco. Nunca aceite ajuda de estranhos, de pessoas não autorizadas ou não identificadas”. Se você for vítima de um destes golpes, a FEBRABAN indica o contato imediato com o gerente do seu banco.

O Procon Campinas afirma que em casos de irregularidades com cartões de crédito ou com a conta bancária, deve-se registrar um Boletim de Ocorrência e protocolar uma cópia do BO na instituição bancária onde possui conta e nos órgãos de proteção ao crédito (SCPC e SERASA). Além disso, o Procon orienta: “nunca forneça seus dados pessoais a desconhecidos; não forneça números de documentos em cupons e sites para participar de sorteios ou promoções; tenha cuidado com sites de oferta de emprego ou promoções; verifique se o site é confiável antes de realizar qualquer operação; tenha cuidado com dados pessoais nas redes sociais; mantenha atualizado o antivírus do seu computador. Em casos de compras pela internet, verifique se o site onde realizará suas compras possui um estabelecimento comercial físico, ou seja, se possui alguma loja física para eventuais problemas; anote o endereço e os telefones para contato; contate o SAC do site e peça, previamente, os dados cadastrais da empresa, como por exemplo: telefone fixo, endereço e CNPJ”.

Receita divulga calendário de restituição do IR 2014

Os contribuintes que entregaram a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2014 no início do prazo vão saber se receberão a restituição no primeiro lote daqui a dois meses, quando será liberada a consulta pela Receita Federal. O calendário para a liberação da restituição foi publicado no Diário Oficial da União. A restituição do imposto sobre a renda da pessoa física, referente ao exercício de 2014, ano-calendário de 2013, será efetuada em sete lotes no período de junho a dezembro de 2014. O valor restituído será depositado ao contri-

buinte na agência bancária indicada na Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF) 2014, de acordo com o cronograma apresentado. As restituições obedecem à ordem de entrega das declarações, mas têm prioridade as pessoas a partir de 60 anos, como determina o Estatuto do Idoso e os portadores de deficiência, física ou mental, conforme a Lei nº 9.784, de 29 de janeiro de 1999. O calendário de restituição publicado não se aplica às declarações de 2014 retidas na malha fina para análise, em decorrência de inconsistên-

cias nas informações. Entrega da Declaração Termina, no dia 30 de abril, o prazo para a entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) à Receita Federal. O programa gerador está disponível na página da Receita Federal na internet desde 26 de fevereiro, mas a transmissão dos formulários começou em 6 de março, assim como a liberação do aplicativo que permite o preenchimento da declaração em tablets e smartphones. Neste ano, os contribuintes com certificação digital ou representantes com procuração eletrônica recebem, pela primeira

vez, a declaração pré-preenchida. Por meio do Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC), eles têm acesso ao documento preenchido com antecedência pelo fisco e só precisam confirmar as informações para enviar a declaração. As regras para o preenchimento da declaração foram divulgadas em 21 de fevereiro no Diário Oficial da União. Como nos outros anos, o contribuinte que enviar a declaração no início do prazo deverá receber a restituição nos primeiros lotes, a menos que haja inconsistências, erros ou omissões no preenchimento. Também terão priorida-

Diretório Partido Solidariedade

O evento que marcou a inauguração da sede do Diretório Municipal do Solidariedade Campinas, na noite do dia 08 de abril, reuniu aproximadamente 300 pessoas, entre lideranças políticas e de Entidades de Classe de Campinas e Região. Em janeiro de 2014, durante o lançamento oficial do partido na cidade, na Câmara Municipal, ocorreu também a eleição e posse dos membros da diretoria

do partido. À cerimônia, compareceram cerca de 400 pessoas. Segundo o presidente da legenda em Campinas, o médico Dário Saadi, o partido já conta com mais de 500 filiados na cidade. A bancada parlamentar do Solidariedade Campinas é formada pelos vereadores Zé Carlos, Cid Ferreira, Tico Costa e Jaírson Canário (Licenciado), atual Secretário de Trabalho e Renda de Campinas. O Solidariedade tem como

principais bandeiras de lutas o Fim do Fator Previdenciário, a Redução da Carga Tributária e a Defesa da Educação

e Saúde de qualidade. O diretório do partido em Campinas fica na Rua Barata Ribeiro, no bairro Guanabara. Foto: Vip Virtual

Dário Saadi em inauguração do diretório do partido Solidariedade

de no recebimento das restituições os Calendário de Restituição contribuintes com do Imposto de Renda mais de 60 anos, LOTE DATA conforme previsto 16 de junho no Estatuto do Ido- 1º Lote so, além de pesso- 2º Lote 15 de julho as com doença gra15 de agosto ve ou deficiência 3º Lote física ou mental. 4º Lote 15 de setembro O contribuinte 5º Lote 15 de outubro pode tirar dúvidas 15 de novembro sobre o Imposto 6º Lote de Renda pela in- 7º Lote 15 de dezembro ternet. Está disponível no canal da Receita Federal no Informações: Agência Brasil Youtube um vídeo com explicações sobre as novidades da declaração deste ano e com Informações: dicas para evitar erros no Wellton Máximo e Daniel preenchimento das infor- Lima – Agência Brasil mações.

Convenção PMDB

O PMDB Campinas realiza, no dia 26 de abril, a eleição do Diretório Municipal do partido na Câmara Municipal de Campinas, que fica na Avenida da Saudade, nº 1004 (entrada para o Plenário pela lateral do prédio, à Avenida Engenheiro Roberto Monge, 66). A abertura será às 9h e contará com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer. Também estarão presentes na eleição

o presidente da Fiesp e pré-candidato do PMDB ao Governo de São Paulo, Paulo Skaf, deputados estaduais e federais do PMDB. A eleição é aberta ao público e o convite se estende a toda população de Campinas.

Convite Convenção PMDB Dia 26 de abril - 9h Local: Câmara Municipal de Campinas


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

07

Meio Ambiente Árvores de nova praça no Planalto de Viracopos terão identificação digital suprimidas para implantação do empreendimento. Então, de acordo com a legislação, a construtora ficou obrigada a recompor a vegetação arbórea de uma área equivalente a 20% da edificação (6,85 mil m²). Todas as mudas plantadas deverão apresentar um sistema de identificação informando o nome científico e popular das árvores, número do TAC e o nome da empresa que assumiu o compromisso. O sistema de identificação digital deverá ser acessível por meio de aplicativos gratuitos para smartphones e tablets conectados à internet. A lei municipal nº 11.571/2003 prevê a identificação de todas as árvores plantadas na cidade. De acordo com Rogério Menezes, titular da Secretaria do Verde, nos próximos três anos, 350 mil mudas devem ser plantadas no município, todas resultados de compen-

sações ambientais. Praça O plantio das mais de mil mudas será feito na Praça 4 do bairro Jardim Planalto de Viracopos e integra um programa de recuperação ambiental e de urbanização de uma área tomada pelo mato e lixo. O projeto, orçado em R$ 880 mil, será executado por uma empresa contratada pela construtora, que ficará responsável pelo manutenção do espaço e das plantas pelo período de dois anos (capina, coroamento, tutoramento, controle de doenças e pragas, irrigação, adubação e outros atos necessários ao sucesso do plantio). De acordo com o projeto elaborado pelo BAV a praça, que é cortada pelo Ribeirão Viracopos, terá duas frentes de obras: a primeira de recuperação ambiental da Área de Preservação Permanente (APP) e do curso d'água,

e a outra, de adequação do espaço para atividades de lazer, esporte e convivência. A área de convivência da praça deverá ter bancos de concreto a cada 30 metros; lixeiras, a cada 1,5 metro; acesso e equipamentos adaptados para deficientes. Com pista de

caminhada e um playground infantil de 80m², com brinquedos diversos, o espaço contará, ainda, com equipamentos de ginástica para a terceira idade (em mais 80 m²) e placas indicativas sobre o uso dos mesmos; iluminação adequada, duas pistas de skate e quadra de areia,

entre outros itens. Segundo a presidente da Associação de Moradores do Jardim Planalto de Viracopos, Ivonete Bortolozzo, esta será a primeira área de lazer da região. “Esta região é muito grande e muito carente de estruturas de lazer”, afirmou Ivonete. Foto: Arquivo PMC

Mais 1.025 mudas de árvores com identificação digital (sistema QR Code) serão plantadas em Campinas, no Jardim Planalto de Viracopos, nos próximos três meses. O plantio é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta (Tac) assinado por uma construtora perante a Prefeitura de Campinas face ao processo de licenciamento ambiental de um empreendimento habitacional localizado na Avenida das Amoreiras. O sistema digital é uma exigência do Banco de Áreas Verdes (BAV), setor da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvovimento Sustentável (SVDS) onde são assinados os Termos de Compromisso Ambiental (TCAs). Esses documentos determinam de que maneira as compensações ambientais serão executadas pelo particular. Neste caso específico, 44 árvores adultas foram

No detalhe: cartão com código de identificação digital implantado em árvore

Esporte

Bugre contrata Sérgio do Prado e Walter Gama O Guarani anunciou oficialmente a contratação de dois profissionais para o departamento de futebol. O Bugre confirmou as chegadas de Sérgio Prado como diretor de futebol e Walter Gama na superintendência do profissional e das categorias de base. A dupla faz parte da reestruturação prometida pelo novo

Conselho de Administração do Guarani. Sérgio do Prado exerceu por 16 anos cargos diretivos no Santo André, participando de momentos históricos do clube, como o título da Copa do Brasil de 2004 sobre o Flamengo e a participação da Libertadores no ano seguinte. Em 2009, ele foi contratado pelo Palmei-

ras, onde trabalhou por mais de dois anos. Seu último trabalho aconteceu no Rio Claro, que teve bom desempenho no Paulistão deste ano. Contratado como superintendente do futebol profissional e das categorias de base, Walter Gama chega para integrar os dois departamentos. No currículo, Gama traz va-

riadas experiências no mundo da bola. Ex-atleta profissional, ele foi preparador físico, treinador da seleção de Antígua e Barbuda, fez parte da comissão técnica da Jamaica ao lado de Renê Simões, além de ter atuado em outros clubes do futebol paulista. No Guarani, ele assumirá a função criada após a reforma do Estatu-

to Social. “São profissionais experientes e gabaritados para nos ajudar na reformulação do futebol do Guarani, da categoria de base ao profissional”, destacou o presidente bugrino Álvaro Negrão. Novos comandos Com a chegada deles, o Guarani oficializou a formação de seu novo quadro diretivo no fute-

bol. Além da nova dupla, o departamento profissional mantém Leandro Spínola como gerente de futebol. Nas categorias de base, como já anunciado há alguns dias, o ex-craque Amoroso é o diretor do departamento, tendo o apoio dos diretores-adjuntos Roberto Constantino e Roni Márcio Agustinho.

Dado Cavalcanti chega confiante para a disputa do nacional A estreia da Ponte Preta na Série B será contra o Icasa, em Campinas

Recém-contratado pela Ponte Preta, o técnico Dado Cavalcanti foi apresentado na tarde desta segunda-feira no clube. O comandante já chegou animado e espera contar com o apoio dos jogadoresmais experientes para conseguir levar a Ponte de volta à elite do futebolbrasileiro. “É mais facil lidar com atletas rodados e experientes. Muitas vezes a fama e o dinheiro atrapalham o mais jovem, e com os experientes não tem

Foto: Futebol Interior

esse problema. E aqui na Ponte preta sei que vários jogadores já se destacaram pela liderança, como o Adrianinho e o Roberto, o que ajuda na hora de preparar a equipe. Temos que ter consciência que o objetivo é conquistar o acesso”, comentou o treinador. Além disso, Dado Cavalcanti comentou sobre o bom ambiente encontrado no clube. Visando o acesso, Dado Cavalcanti, novo técnico da Ponte Preta o novo comandante deve estreia da Macaca na Série onde o clima está ruim, utilizar o mesmo time que B do Brasileiro. atrapalha, e aqui na Ponte foi usado nas últimas ro“Quando você chega o clima está bom, o pessodadas do Paulistão para a em um ambiente hostil, al ta animado. Eu vou dar

sequência ao trabalho do Vadão no início, e com o decorrer do tempo, fazer as alterações para melhorar a equipe. Quem estiver melhor vai ter mais oportunidades de jogar”, finali-

zou Dado Cavalcanti. A estreia da Ponte Preta na Série B do Campeonato Brasileiro será no dia 18, às 21h50, no Moisés Lucarelli, contra a equipe do Icasa.

Confira a ficha de Dado Cavalcanti: Nome: Luis Eduardo Barros Cavalcanti (Dado Cavalcanti) Data de Nascimento: 09/07/1981 Local: Arcoverde – PE Times que comandou profissionalmente: Ulbra-RO, Brazat-DF, Santa Cruz-PE, América-RN, Central-PE, Icasa-CE, Ypiranga-PE, Luverdense-MT, Mogi Mirim, Paraná e Coritiba Informações: Futebol Interior

O dia 6 de abril de 2014 ficará para marcado na história do Red Bull Brasil. Após três anos na briga por uma vaga na Série A1 do Campeonato Paulista, o Toro Loko pôde, soltar a voz e comemorar o tão esperado acesso. A vaga veio após uma vitória por 3 x 1 sobre o Grêmio Osasco, na casa do adversário.

O nervosismo e o excesso de faltas do time da casa, deixou o jogo truncado. O Red Bull, no entanto, manteve a cabeça no lugar e conseguiu impor o seu ritmo de jogo. O gol que inaugurou o placar veio aos 17 minutos com Raul, que recebeu passe na direita e chutou cruzado, sem chances para o goleiro Jeferson.

Já o segundo tempo começou com um susto para o Red Bull. Logo aos sete minutos, o Geninho acertou um belo chute de longe e empatou a partida. O placar por 1 x 1 durou apenas dois minutos. Após cobrança de falta de Éder, a bola sobrou para Anderson Marques, que venceu a concorrência da defesa

adversária e colocou o Toro Loko novamente em vantagem. O gol que definiu o placar e deu números finais à partida veio já no final, aos 37 minutos. O lateral-direito Mizael arrancou e tocou para Allan Dias, que recebeu de frente pra área e chutou com categoria para o fundo das redes.

Foto: Reprodução/FutebolInterior

Red Bull Brasil faz história e conquista Futebol Paulista

Felicidade dos atletas do Red Bull Brasil, ao chegar a elite


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

Divulgação

08

Lazer Foto: Rui Tomás

SOPA DE LETRINHAS Meus agradecimentos ao mestre e ilustre jornalista Luiz Roberto Saviani Rey, pelas duas belas obras "O Retiro Antes da Laguna" e "Eternos Domingos sem Dérby", de sua autoria e que acabo de receber.

BODAS Tudo pronto para a celebração das bodas de ouro do simpático casal português Adelino e Idalina G. da Ponte, leia-se Nico Panificadora, no próximo dia 12. A cerimônia religiosa acontece na Paróquia Divino Salvador e a Casa de Portugal será palco para a recepção dos convidados. Foto: Rui Tomás

NOBREZA Dom Bertrand de Orleans e Bragança, Príncipe Imperial do Brasil, estará em Campinas no próximo dia 23 de abril, no Tênis Clube, ocasião em que fará brilhante palestra sob o tema "O Brasil, Uma Nação Predestinada a Um Futuro Glorioso". O convite a este escriba foi feito pelo presidente do Instituto Histórico e Genealógico de Campinas, Dr. Jorge Alves De Lima, e na pessoa da Doutora Maria Letícia de Barros Gonçalves, diretora do Depto. Cultural do Tênis Clube. Maiores informações pelo fone: (19) 3721-6880. A entrada é gratuita. Imperdível!!!

Foto: Rui Tomás

Os primos Maurício Tonin e Henrique Trefiglio, no almoço em celebração ao batizado da pequena Isabella

TALHERES O buffet Royal Campinas foi criado para atender clientes exigentes em qualidade e preço. Com um atendimento diferenciado para todos os tipos de eventos sociais e empresariais, o Royal é uma referencia em buffet. Edmarize Campagnone e Eliana Araujo são as proprietárias. Maiores informações pelos fones: (19) 3254-0709 / 3254-1336. Vale a pena conferir!

Adelino da Ponte e Idalina da Ponte

Foto: Rui Tomás

Fernando Garnero, Mariza Aparecida Martinelli e Euclides Netto

EM BAIXA O ex-milionário Eike Batista com o propósito de fazer caixa, acaba de leiloar 700 itens de seu antigo endereço da OGX. Computadores, tablets, fragmentadoras, impressoras e scanners e até xícaras. Eike, que um dia disse que seria um dos homens mais ricos do mundo, amarga a ideia de dispor de bens para cumprir seus compromissos com os credores. Tadinho!

Vera Graça, Priscila Fantin e Edécio Roncon

QUATRO RODAS Este colunista teve o prazer de participar da Mitsubishi Cup, que é o rali cross-country de velocidade que chega à 15ª temporada em 2014 e conta com cinco categorias: L200 Triton ER, L200 Triton RS, Pajero TR4 ER Master, Pajero TR4 ER e Pajero TR4R. Os competidores correm em busca do menor tempo em um circuito fechado, sempre disputando segundo a segundo, já que o evento conta com as melhores duplas do Brasil. A prova aconteceu no último dia 29 de março, na Fazenda Meia Lua em Jaguariúna. Já no próximo dia 12 terá a estréia do Lancer RS e sete etapas no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçú, com a presença do multicampeão Ingo Hofmann. Adrenalina pura!!!


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

09

Cultura Prefeito assina parceria para projeto de reforma do Centro de Convivência

O prefeito Jonas Donizette assinou o compromisso de parceria para projeto de reforma do Centro de Convivência Cultural de Campinas com a construtora Rossi Residencial. A construtora irá custear a avaliação das condições (serviços técnicos) e o projeto de reforma do teatro, como parte de compensação de obras na cidade. A Secretaria Municipal de Infraestrutura é a responsável por passar todas as diretrizes das necessidades e acompanhamento do projeto. Serão dois documentos: um para a avaliação e outro para o projeto executivo de reforma. juntos, devem somar até R$ 1 milhão. Para os serviços técnicos, será até R$ 600 mil e para o projeto de reforma, R$ 400 mil. A construtora irá contra-

tar empresas especializadas para avaliar as condições do teatro do Centro de Convivência e elaborar o projeto executivo que irá apontar as necessidades de reforma. Com esse projeto em mãos, a Prefeitura de campinas terá noção de quanto realmente irá custar a reforma, e então poderá abrir o processo licitatório para contratar a empresa e recorrer a recursos em outras esferas de governo. O objetivo é de que o projeto de reforma esteja pronto em 6 meses. “Queremos que esta obra realmente atenda às expectativas da população e dos artistas, que não seja somente uma maquiagem. Por isso precisamos desse projeto detalhado. Com o projeto executivo em mãos, poderemos recorrer a recursos em

Foto: Arquivo PMC

outras esferas ou parcerias”, disse o prefeito. CCC O Centro de Convivência Cultural de Campinas é um espaço multiuso para a apresentação de espetáculos de teatro, de dança, palestras, simpósios, conferências, exposições artísticas, entre outras. Conta com o teatro de arena, salas de espetáculos e galerias de arte. É tombado pelo Condepacc (Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Campinas) e pelo Condephat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo). Por ser um prédio tombado como patrimônio, as intervenções precisam seguir critérios de acordo com normas dos conselhos.

Praça e fachada do Centro de Convivência Cultural durante a noite

História das Big Bands do interior é tema de exposição A partir de um recorte de doze Orquestras de Baile originárias no interior paulista, exposição resgata a história e reaviva a memória das tradicionais bandas de bailes. A clássica cena, eternizada pela televisão e pelo cinema, das grandes Orquestras embalando os bailes das décadas de 20 a 50 compõe o imaginário não só daqueles que viveram a época, mas também dos apaixonados pela música e pela dança. Aqui no Brasil a história não foi diferente. As Orquestras de Baile, ou Big Bands como eram conhecidas, tornaram-se um fenômeno cultural na “Era de Ouro”, marcando a vida de muitos jovens e caracterizando-se por um espaço de convívio social de gran-

de importância nas décadas passadas. Apesar da concentração das grandes bandas na capital, com a ajuda do rádio, o fenômeno difundiu-se no estado chegando a cidades do interior paulista. Porém, devido as grandes distâncias entre uma cidade e outra, além do alto custo para se transportar o grande número de músicos, geralmente entre 15 a 25, os grupos não se deslocavam com frequência. Esse fenômeno contribuiu para o surgimento das primeiras Big Bands no interior do

estado, tendo como destaque grupos dos municípios de Catanduva, Franca, Rio Claro, Jaú, Jaboticabal, Guararapes, Espírito Santo do Pinhal, Tupã e São José do Rio Preto. A partir da necessidade de resgatar e documentar a história desse período musical no Brasil e das orquestras no interior, pois pouco se sabe sobre essa época devido ao raro acervo existente, o Sesc Campinas realiza a exposição Big Bands Caipira, que apresenta um recorte de doze orquestras de bailes originárias no inFoto: Arley Mazzuia

As Big Bands tornaram-se um fenômeno cultural na “Era de Ouro”

terior do Estado, que marcaram a produção musical da época. Com curadoria de José Ildefonso Martins e realização do Sesc Campinas, a exposição leva o público ao passado da história das Big Bands, por meio de registros fotográficos, sonoros e textos históricos, reavivando a memória daqueles que vivenciaram o período ou oferecendo ao público mais jovem a oportunidade de conhecer mais acerca dessa formação singular nos dias atuais. A exposição fica aberta até o dia 1 de junho e têm como programação paralela apresentações musicais com grandes orquestras que marcaram a história musical no país. O público também pode apreciar as Big Bands: Arley e Sua Orquestra e Orquestra Sul América de Jaboticabal. A exposição, assim como os shows, são gratuitos.

Exposição “Big Bands Caipiras” Visitação De 2 de abril a 1 de junho. Espaço Expositivo. Terça a sexta das 8h às 21h30. Sábados, domingos e feriados das 9h30 às 18h. Grátis. Livre. Apresentações Musicais -Arley e sua Orquestra Dia 15/04, às 17h, no Ginásio - Gratuito Retirada de ingressos na Central de Atendimento no dia da atividade. Uma das mais tradicionais orquestras de baile do estado de São Paulo, com sólido gabarito de especialização e experiência, projetando assim, um verdadeiro estilo de interpretação, executando um vasto repertório. -Orquestra Sul América de Jaboticabal Dia 29/04, às 17h, no Ginásio – Gratuito Retirada de ingressos na Central de Atendimento no dia da atividade. No ano de 1940, nascia em Jaboticabal a Orquestra Sul América. Em abril de 2012, o grupo completou 72 anos de existência, figurando entre as orquestras mais antigas do Brasil ainda em atividade.

SESI Campinas Santos Dumont recebe inscrições para edital de seleção de projetos culturais 2014 Serão selecionadas propostas nas áreas de música e artes cênicas, devem ser enviadas pelo correio O Sesi Campinas Santos Dumont recebe, até o dia 17 de abril de 2014, inscrições para o Edital Local de Chamamento 2014 - Seleção de Projetos Culturais. Serão selecionadas propostas nas áreas de música e artes cênicas (incluindo teatro, circo, dança e teatro de animação e formas animadas). Os trabalhos selecionados integrarão a programação cultural 2014 do Sesi Campinas Santos Dumont. A iniciativa visa estimular a produção cultural da cidade por meio da escolha

de projetos de grupos e artistas sediados a no máximo 150 km do Sesi Campinas Santos Dumont. Dessa forma, o edital busca identificar propostas que estejam alinhadas com os objetivos do Sesi-SP – voltados à formação de plateias para as linguagens de artes cênicas e música. Os interessados devem encaminhar as propostas pelo correio para o endereço da unidade com a especificação Edital Local de Chamamento 2014 – Modalidade (artes cênicas ou música) descrita no

campo do destinatário. O edital completo e a ficha de inscrição estão disponíveis em www.sesisp.org. br/campinas2, e o resultado será publicado no mesmo site a partir do dia 2 de junho de 2014. Observações:

SERVIÇO Edital Local Chamamento 2014 – Seleção de Projetos Culturais /Inscrições: de 17 de março a 17 de abril de 2014/Resultados: a partir de 2 de junho pelo site www.sesisp.org.br/campinas2 Mais informações: (19) 3765-9224 ou (19) 3225-7580 ramal 212 ou pelos e-mails: caccampinas2@ sesisp.org.br e divulgacaocampinas2@sesisp.org.br O envio de projetos deve ser realizado pelos Correios para o seguinte endereço: Avenida Ary Rodriguez, nº 200 – Bairro Bacuri - CEP: 13052-550 – Campinas – SP

•A documentação dos inscritos não será devolvida aos proponentes; •Serão desconsideradas as inscrições postadas fora do prazo. A data no carimbo de postagem dos Correios será considerada como data de envio; •Serão excluídos os projetos cuja documentação estiver incompleta; •Não serão aceitas inscrições via e-mail ou outro meio que não o descrito no edital; •O resultado da seleção dos projetos será publicado única e exclusivamente no site www.sesisp.org.br/campinas2 a partir do dia 2 de Junho de 2014.


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

10

Cultura Poesia, Violões e um muro que cai Abrimos o ano e as coisas começarão a acontecer! Em pouco tempo este país estará repleto de estrangeiros torcedores, torcedores estranhos e até os apenas torcedores. E o que você vai fazer? E quem sabe o que faz e vai continuar fazendo é o Rafa @poetante, que segue com seus Papos de Versos no Sesc Campinas, toda quarta-feira 19h #grátis, com poesia sem qualquer contra indicação. É chegar e deglutir. Dia 16/04, o Papo de

Versos faz um Sarau para Hilda, direto da Casa do Sol, com mediação de Rafa Carvalho, Jurandy Valença e Mariela Mei. Veja como chegar em www.hildahilst.com.br. E no dia 11 de maio, o Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, abre o palco para o Duo Catrumano, às 11 horas da manhã de um domingo de outono, também #grátis. O artista plástico João Bosco ilustra o site Carta Campinas, no Projeto “Carta Campinas Visuais”, com a obra O Poeta 1, feita em tinta acrílica

sobre tela. Começou sua relação com a arte quando ainda era criança em Redenção da Serra, interior de São Paulo. Faça uma visita em www. cartacampinas.com.br – acompanhe também pelo twitter @cartacampinas. O Sesc Campinas está com inscrições abertas para o VII Fórum Internacional de Ginástica Geral, que ocorrerá de 15 a 18 de outubro e tem como principais objetivos criar um espaço de informação, capacitação e discussão sobre a Ginástica, divulgar pesqui-

sas e trabalhos realizados na área, além de abrir possibilidades de disseminação dessa prática no âmbito escolar e comunitário. O evento recebe inscrições para trabalhos científicos até 15/4. Agende-se o violonista Ricardo Pauletti toca em Campinas no dia 27/04 às 16 horas. É um domingo e não tem desculpas pra não conhecer o show e o disco “Variações Brasileiras”. J. Petermann é jornalista e escritor @jpetermann1 Foto: Divulgação

TOME NOTÍCIAS - As unidades do SESI SP estão com inscrições abertas para projetos de música e teatro. - E o Muro caiu há 25 anos, marcando o fim da guerra fria e do patrocínio yanque e bolchevite das ditaduras pelo mundo. Por aqui ainda ninguém falou, estão ocupados em remover o limbo da dentadura de 21 anos e com a bola da Copa. - A Sé abre suas portas, no dia 5 de abril de 2014, com a primeira exposição individual do artista goiano Dalton Paula. A Sé é uma parceria entre o empresário Marcelo Tilkian Maia e a curadora independente, diretora e fundadora do Phosphorus, Maria Montero e surge como desdobramento de uma experiência adquirida no contexto de um espaço independente, que privilegia o pensamento crítico e o experimentalismo. https://www.facebook.com/segaleria.

Violonista Ricardo Pauletti apresenta o show e o disco “Variações Brasileiras”, em Campinas

Detalhe do fragmento do muro de Berlim

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Vendedor Dia 17/04, às 19h30, Teatro Sesc Campinas – Gratuito*

vem crescendo gradualmente. Novas maneiras de encarar este momento da vida colocam-se às pessoas, mostrando que envelhecer é um processo cheio de significados e possibilidades. Neste cenário o Sesc Campinas propõe exibições de filmes que ajudam a compreender esses novos significados, pontuando algumas das várias pos-

Marcel é um vendedor de carros, conhecido principalmente por bater as metas de venda há dezesseis anos em uma das cidades mais frias do Canadá. Conforme a sua aposentadoria se aproxima, alguns eventos farão com que Marcel repense, talvez tarde demais, sobre as decisões que Exibição do filme “O vencedor" acontece na quinta - feira, dia 17 tomou na vida.

sibilidades do envelhecer. Após passar por reforma no sistema de som, recebendo a tecnologia de Áudio Digital Surround 5.1, que permite uma ambientação sonora igual às salas de projeção, o Teatro do Sesc Campinas recebe uma programação especial de cinema e vídeo que faz um recorte sobre as questões relacionadas a terceira idade.

E se Vivêssemos Todos Juntos? Dia 15/04, às 19h30, Teatro Sesc Campinas – Gratuito*

Claude é um idoso que, após sofrer um ataque cardíaco, passa por uma situação inusitada: ao invés de ser enviado a um asilo para se recuperar, ele e mais dois casais de amigos da mesma idade decidem viver juntos, cada um com uma razão para topar a nova empreitada. Aos cinco amigos, junta-se Dirk, jovem pesquisador que estuda o envelheci- Filme “E se vivêssemos todos junmento da população francesa, para essa nova experiência. tos” também será exibido no Sesc Cena de “Amor”, vencedor do Oscar 2013 de melhor filme estrangeiro

O Exótico Hotel Marigold Dia 23/04, às 19h30, Teatro Sesc Campinas – Gratuito* Sete idosos, cada um com seus motivos, decidem viajar ao mesmo tempo para o Hotel Marigold, na Índia. O hotel servirá para que eles conheçam melhor seus colegas e comecem a traçar planos para resolverem suas dúvidas e problemas. Foto: Divulgação

Cena do filme “O Exótico Hotel Marigold” com a atriz britância Judi Dench

Amor Dia 29/04, às 19h30, Teatro Sesc Campinas – Gratuito* Anne e Georges são um casal de professores de piano vivendo juntos há mais de 50 anos. Após Anne sofrer um derrame e exigir atenção e cuidados de George o tempo inteiro, o amor do casal será posto à prova pelas exigências cotidianas que a nova condição de Anne coloca aos dois. *Os ingressos deverão ser retirados na Central de Atendimento no dia da atividade Para mais informações: (19) 3737-1500

Foto: Divulgação

Os filmes serão exibidos no teatro do Sesc Campinas, com entrada gratuita. Ingressos deverão ser retirados na Central de Atendimento no dia da atividade Tema presente em diversas discussões, o envelhecimento é um processo da vida que, atualmente, recebe grande foco, tendo em vista que a população mundial nessa faixa etária

Foto: Divulgação

Programação de cinema faz recorte sobre envelhecimento


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

11

Moda

A calça jogging é uma aposta de sucesso no inverno

Foto: Divulgação

T-shirt Copa 2014, criação da estilista Juliana Mori Juliana Mori - designer, artista plástica e especialista em Moda

Foto: Divulgação

dia com a moda ao longo dos meses do outono e do inverno. Mas ainda há um desdobramento bastante interessante. A calça de moletom não é apenas do tecido moletom. Explicando melhor, isso quer dizer que tecidos mais nobres fazem das peças no estilo moletom um hit da estação. São as calças chamadas de jogging feitas de rayon, chambray e até veludo. Elas entraram nas coleções de inverno, também com barras mais justas e com diferentes variações e detalhes no cós. As cores são bem variadas, mas o cinza chumbo e as estampadas predominam. Na minha coleção outono/inverno criei calças de chambray e de veludo com punho, misturando tecidos mais nobres com acabamento esportivo. Nos pés, não são apenas os tênis que caem bem. As calças jogging combinam com sapatênis, sapatos fechados de salto grosso, botas de cano baixo e galochas. Há uma enorme gama de possibilidades e uma certeza: estas peças caem bem para todos os estilos e biótipos e surpreenderão no cenário urbano.

Foto: Divulgação

Até o inverno passado, ele era apenas uma peça muito confortável, que caía perfeitamente bem para aquecer adultos e crianças em dias frios, mas casualmente. Combinava bem com caminhadas, um churrasco com a família ou para ficar em casa. Significava até que quem o usava estava meio largado. Também costumava figurar nas academias e uniformes escolares. Um look mais arrumadinho para um passeio, um almoço ou para ir ao trabalho não era “papo” pra ele. Agora, tudo mudou e o moletom ganhou ares mais sofisticados. De sportwear ele migrou para o fashion. As calças ganharam novos caimentos e detalhes no cós, que continua com elástico, mas de um jeitinho muito especial. Já nas blusas aparecem estampas diferenciadas, paetês e também brilhos. Fazendo com que ele possa ser usado em produções mais caprichadas. Há ainda as saias e casacos feitos de moletom e que já vêm sendo usados inclusive por famosas como Carolina Dieckmann. Com esse novo status, o moletom será fundamental para quem quer estar em

As calças jogging combinam com sapatênis, sapatos fechados de salto grosso, botas de cano baixo e galochas

A Copa fashion de Juliana Mori A estilista Juliana Mori criou uma estampa especial de camiseta estilizada para mães e filhas torcerem juntas para o Brasil na Copa do Mundo de Futebol, que começa em junho.

E para divulgar a novidade, ela está promovendo um concurso para escolher mãe e filha que serão as garotas-propaganda da peça fashion. As duplas participan-

tes foram fotografadas no Atelier Ju Mori na última sexta-feira, 28, e as fotos estarão na fan page (www. facebook.com/jumorikids) para votação. A foto de mãe e filha que tiver maior número de curtidas, comentários e compartilha-

mentos indicará quem serão as modelos da campanha da T-shirt Copa 2014. A votação é aberta ao público em geral e acontecerá entre 2 e 17 de abril. Já o lançamento da T-shirt está previsto para a segunda quinzena de abril.

Pedro Guedes leva cenas do Brasil para o Espaço das Artes no Ciesp-Campinas Exposição fica aberta ao público de 1° a 30 de abril de 2014, sempre de segunda a sexta Unidade Taquaral e posteriormente no Teatro do Centro Kennedy, ambas em Campinas. Atualmente, ele está aperfeiçoando a sua técnica na Escola de Artes Plásticas do Sesi Amoreiras. Nesta exposição, o artista apresenta suas principais obras, algumas reproduções, releituras e as inéditas Fernando de Noronha, Rua de Paratye O Barco.

Crédito: Divulgação

trando grande interesse e habilidade em desenho a mão livre. Com o apoio da família, em 2001, Guedes iniciou seu trabalho de pintura em óleo sobre tela retratando paisagens que fizeram parte de sua infância no sul de Minas e de outras regiões brasileiras que admira. O artista Pedro Guedes realizou em 2010, a sua primeira exposição na Wizard

Crédito: Divulgação

O artista plástico Pedro Guedes apresenta no Espaço das Artes do Ciesp-Campinas, a sua exposição de quadros em óleo sobre tela, que ficará aberta ao público de 1º a 30 de abril, sempre de segunda a sexta-feira. As obras retratam cenas do Brasil. Mineiro, nascido em Carmo do Rio Claro, Pedro Guedes iniciou as suas atividades artísticas ainda jovem, demons-

Praia de Fernando de Noronha retratada pelo artista plástico

Serviço Exposição do artista plástico Pedro Guedes Período: de 1°a 30 de abril de 2014, das 8h30 às 17h30, de segunda a sexta Local: Espaço das artes do Ciesp-Campinas - sede da entidade à Rua Padre Camargo Lacerda, 37 - bairro Bonfim, em Campinas Informações: (19) 3743-2200 Entrada gratuita

Artista apresenta releitura da obra “Bailarina”


Campinas - Abril de 2014 - Edição 27 - ano 4

12

Entretenimento Horóscopo - Abril

Libra (23/09 – 22/10) Câncer (22/06 – 22/07)

Áries (21/03 – 19/04) Em você nascerá de um vento de revolta interior contra tudo, o que pode dificultar seus esforços, sua vontade de progresso.

O tempo de consolidar seus laços se anuncia e você terá os meios para fazer isso se aceitar sair de seu pudor natural, de sua modéstia. Cuidado para não cometer excessos e nem sacrificar seus interesses.

Escorpião (23/10 – 21/11)

Leão (23/07 – 22/08)

Touro (20/04 – 20/05) Os solteiros deste signo serão bem aconselhados a não fugir de situações que podem levar a encontros. Sua vida financeira será muito agitada neste mês, você deve agir rapidamente para entrar no ritmo certo de seus interesses.

Você vai ter mais facilidade para criar laços afetivos e reforçar aqueles que já existem graças aos influxos de Marte em sextil com o seu signo e, é claro, ao Sol em trígono com seu signo. Virgem (23/08 – 22/09)

Gêmeos (21/05 – 21/06) Você sentirá seus valores profundos ainda mais vivamente. A sorte está do seu lado para resolver situações problemáticas. Você controlará as coisas na esfera profissional com tato e firmeza.

© Revistas COQUETEL

Valor recebido pelo funcionário demitido sem justa causa De altura reduzida (pl.)

Autor da frase O viking de Dick "Um país se faz com Browne homens e livros" (HQ) Gás de letreiros

Manga-(?), raça de cavalos

Ondas Tropicais (sigla)

Conselho Regional de Medicina Agrupa

Fibra (?), material de cabos de telefonia Máquinas da indústria de ponta

O mais curto do ano é fevereiro Pequeno cilindro para fios de linha

Pavão (?), figura lendária do Cordel Os exames que dificultam a "cola" Profissional que vigia torres luminosas

Orifício da pele Negro; escuro

Roedor comum em capinzais (bras.)

Pão de (?): massa delicada de bolo (?) Batista, locutor Iodo (símbolo)

(?) puro, atrativo do turismo ecológico Edinanci Silva, judoca paraibana

Tonalidade Davi e Salomão (Bíb.)

Instalação para lavagem de louças

Remanescente de membro amputado

Humor A forma do anel Cessar de chover

Também (abrev.) Página (abrev.)

Oliver Evans, inventor americano

3/cor — crm — mês. 4/atro. 9/faroleiro. 10/misterioso. 14/hagar o horrível.

39

Solução M S U L O T A R M E S C M I S O R I F A

B M A R I C X O B S P A R T E R A O L R O

H A G A R O H O R R I V E L

O E

I

R I N A E O E U N S I C O R O E T E I O S S T P I A R

M O N T E I R O L O B A T O

BANCO

Se você estiver solteiro, os novos encontros serão revigorantes e ricos de possibilidades de evolução no plano da vida a dois. Em compensação, você tenderá a atrair pessoas que procuram a sua energia.

Jogo dos Sete Erros

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Veículo como o "Nautilus"

Sua vida amorosa pede uma pausa! Na verdade, sua vida sentimental terá tendência a pegar um ritmo mais rápido, que faz com que você submerja plenamente no presente. Sagitário (22/11 – 21/12)

Sua vida afetiva e seus laços com as pessoas próximas encontrarão tensões, vindas de você ou do outro, como divergências de pontos de vista que podem ameaçar a expressão de sua afeição.

www.coquetel.com.br

Seja prudente no plano financeiro, há algumas iscas em seu caminho que deverão ser identificadas antes de mordidas. Em contrapartida, você terá tendência a criar relações de poder entre você e seu parceiro.

Resposta

Capricórnio (22/12 – 19/01) Você instintivamente terá tendência a dar um passo para trás diante das tentativas de influência de seu parceiro, ou daquilo que pode parecer ser uma tentativa. Na verdade, você terá tendência a desconfiar demais. Aquário (20/01 – 18/02) O trânsito de Vênus em seu setor destaca o fato de que você terá facilidade para se libertar de laços doentios e rapidamente se envolver em outros na sequência. Peixes (19/03 – 20/03) Neste mês, você terá mais necessidade do que o comum de se dedicar a questões profundas para que você se liberte em definitivo. O trânsito do Sol a partir do dia 21 de Abril reviverá sua vida amorosa.

folha27edicao  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you