Page 1

Título: Corolla é o carro que mais satisfaz seus donos, diz estudo Autor: Luiz Nemer Coluna: MOTOR Nome do Veículo: A GAZETA Cidade: VITÓRIA País: BRASIL Data de Capa: 24/08/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: 7 Estado: ES Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


MOTOR7 SÁBADO, 24 DE AGOSTO DE 2013 A GAZETA

FENABRAVE

JAGUAR

Corolla é o carro que mais satisfaz seus donos, diz estudo

F-Type chega ao Brasil a partir de R$ 419 mil

FOTO: DIVULGAÇÃO / TOYOTA

Carro alcançou a maior pontuação entre todos os modelos analisados pelo VOSS Brasil LUIZ NEMER lnemer@redegazeta.com.br

O Toyota Corolla é o automóvel que mais satisfaz os seusdonos.Omodeloalcançou a maior pontuação entretodososveículosanalisados pelo VOSS Brasil 2013 Vehicle Ownership Satisfaction Study ou estudo de satisfação do proprietário de automóvel -, divulgado neste mês no XXIII Congresso Fenabrave, em São Paulo, pela J.D. Power Brasil. Para chegar ao resultado, mais de oito mil donos de carros novos comprados entre 12 e 36 meses atrás foram entrevistados sobre quatro quesitos: “qualidade do veículo”; “design e desempenho”; “experiência pós-venda” e “custo de propriedade”, este é o mais influente na satisfação dos brasileiros, com 42%. Em 2013, a média geral de satisfação dos proprietários ficou em 733 pontos, em uma escala que vai até 1.000. Na categoria “carro médio”, o Corolla marcou 816 pontos (a melhor entre todas as outras categorias). Na categoria “compacto su-

perior”, o premiado foi o Volkswagen Polo, com 777 pontos e na “subcompacto” foi o Fiat Palio Fire, com 741 pontos. Dois modelos dividiram o pódio no segmento de “carro compacto de entrada”, o Renault Logan e o Volkswagen Voyage, ambos com 740 pontos. MARCAS ASIÁTICAS Pelo terceiro ano consecutivoaToyotaatingiuomelhor índice de satisfação entre os proprietários, com umamédiade816pontosde um total de 1.000. A segundacolocaçãofoiocupadapela Honda (778 pontos), seguida da Hyundai-CAOA (771), da Nissan (770) e da Kia (768). O resultado consolidaasmarcasasiáticascomo as que mais agradam os seus clientes no Brasil. “Essasmarcasestãoprestando muita atenção na qualidade do veículo e dos serviços prestados”, afirmou diretor nacional da J.D.PowerdoBrasil,JonSederstrom, durante a apresentação dos resultados na Fenabrave. Duas outras marcas superaram a média de 733 pontos do índice VOSS de satisfação geral, a Citroën, com 739 pontos, e a Chevrolet, com 735.

Na categoria “carro médio”, o Corolla marcou 816 pontos, a melhor pontuação

CARROS QUE MAIS SATISFAZEM SEUS DONOS Carro médio t 1º

- Toyota Corolla (816 pontos) t 2º - Honda Civic (807 pontos) t 3º - Chevrolet Astra (779 pontos)

t 2º

- Ford New Fiesta (772 pontos) t 3º - Honda City (748 pontos)

t 1º

- Volkswagen Polo (777 pontos)

- Chevrolet Classic (729 pontos)

Subcompacto t 1º

Compacto de entrada t 1º

Compacto superior

t 3º

- Renault Logan (740 pontos) t 1º - Volkswagen Voyage (740 pontos)

- Fiat Palio Fire (741 pontos) t 2º - Fiat Uno (735 pontos) t 3º - Renault Clio (731 pontos)

O superesportivo F-Type, da Jaguar, desembarca no país neste mês em três versões (F-Type, F-Type S e F-Type V8 S), com preços que vão de R$ 419.900 a R$ 559.900. A supermáquina tem a missão de desbancar o Porsche Boxster no mercado nacional. O charme do modelo de dois lugares ganha muito mais potência com propulsor 3.0 V6 Supercharged, de 340 cv ou 380 cv nos modelos F-Type, F-Type S, respectivamente, - e motor 5.0 V8 Supercharged, de 495 cavalos de potência, no modelo topo de linha. A versão V8 S acelera de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos e chega à velocidade máxima de 300 km/h. Já o S V6 de 380 cv faz de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e atinge 275 km/h; enquanto que os valores para o F-Type são 5,3 segundos e 260 km/h. (Com agências)


Título: Hora do contra-ataque Autor: Manuela Piscini Coluna: SEGREDOS Nome do Veículo: MOTOR SHOW Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 366 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 24 A 29 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Participação das marcas em julho/2013 (em %) Autor: Coluna: MERCADO E SERVIÇOS Nome do Veículo: MOTOR SHOW Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 366 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 73 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: 50 carros mais vendidos Autor: Coluna: MERCADO Nome do Veículo: MOTOR SHOW Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 366 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 74 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Ranking Fenabrave de vendas por segmento Autor: Coluna: MERCADO Nome do Veículo: MOTOR SHOW Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 366 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 75 E 76 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Mercado em crescimento Autor: Coluna: WHAT CAR? RANKING FENABRAVE Nome do Veículo: CARRO Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 239 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 88 A 90 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Toyota Etios continua sua escalada Autor: Coluna: AUTOMÓVEIS E UTILITÁRIOS Nome do Veículo: MOTOR SHOW Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 366 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 86 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Land Rover Freelander 2 retrai nas vendas Autor: Coluna: AUTOMÓVEIS E UTILITÁRIOS Nome do Veículo: MOTOR SHOW Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 366 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 90 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Honda Civic mantém a primeira posição Autor: Coluna: AUTOMÓVEIS E UTILITÁRIOS Nome do Veículo: MOTOR SHOW Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: SET/2013 - Nº 366 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: REVISTA Página: 92 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: Cautela e pessimismo nas avaliações para o PIB dos próximos dois trimestres Autor: Aline Salgado Coluna: BRASIL Nome do Veículo: BRASIL ECONÔMICO Cidade: SÃO PAULO País: BRASIL Data de Capa: 02/09/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: 08 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


8 Brasil Econômico Segunda-feira, 2 de setembro, 2013

BRASIL

Eduardo Naddar

Cautela e pessimismo nas avaliações para o PIB dos próximos dois trimestres Analistas do Top 5 preveem crescimento negativo ou próximo a zero já na próxima taxa Aline Salgado aline.salgado@brasileconomico.com.br

Roberto Olinto, coordenador do IBGE: esforço será para desagregar os dados produzidos atualmente

IBGE irá calcular o conhecimento como um ativo Contas nacionais acompanharão recomendações de manual da ONU a partir de 2014 . A previsão é de alta da FBCF retroativa a 1995 Fernanda Nunes fernanda.nunes@brasileconomico.com.br

O cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) sofrerá revisões para acompanhar recomendações da Organização das Nações Unidas (ONU) e a expectativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é que o principal impacto seja sobre os resultados da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF). As taxas, inclusive as divulgadas desde 1995, tendem a ser elevadas, segundo o coordenador das Contas Nacionais do Instituto, Roberto Olinto. O trabalho será concluído até o fim de 2014 ou início de 2015 e trará como mudança relevante a incorporação do conhecimento como ativo das empresas. Algumas atividades de geração de conhecimento que até então eram desconsideradas no cálculo do PIB passarão a merecer a atenção do IBGE. É o caso, por exemplo, dos gastos com pesquisa e desenvolvimento, de prospecção mi-

Na prospecção de petróleo e gás, mesmo informações sobre o investimento em poços perfurados sem resultado produtivo terão que ser transmitidas pelas empresa

neral (nas atividades de petróleo e gás e mineração), dos gastos militares, das marcas e patentes, de softwares e bancos de dados. No segmento de prospecção de petróleo e gás, mesmo informações sobre investimento em poços perfurados sem resultado produtivo terão que ser transmitidas pelas empresas e contabilizadas no PIB. O impacto, entretanto, será não só sobre as contas nacionais, mas também nas pesquisas setoriais, como a de produção industrial anual.

“O grande desafio é identificar o valor de um ativo de informação. Há empresas que vivem de vender dados. Queremos entender como esse serviço funciona. É um trabalho que levará anos, que não será encerrado em 2014. E tudo entrará como Formação Bruta de Capital Fixo. A perspectiva é de revisão para cima da FBCF, mas sem grandes expectativas”, afirma o coordenador do IBGE. Para seguir o manual da ONU, serão detalhados também os dados de instituições financeiras e as informações sobre contribuições sociais. Além disso, afirma Olinto, o novo manual traz uma definição mais clara para os países do que é o setor público e da economia informal. “Em geral, será um trabalho maior para evitar dados tão agregados, como ocorre atualmente. Ter um capítulo sobre a informalidade, por exemplo, é aceitar o fenômeno como importante e não marginal por todos os países”, destaca.

O resultado positivo de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre surpreendeu analistas, mas não convenceu. Segundo especialistas das instituições que frequentam o Top 5 da pesquisa de expectativas de mercado do Boletim Focus, do Banco Central, a economia brasileira deve apresentar um crescimento tímido nos próximos dois trimestres, tendendo a zero ou até mesmo a níveis negativos. Dentre os segmentos que devem puxar o PIB para baixo estão a indústria e a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), ligados aos investimentos. Inflação alta, aumento no endividamento das famílias e baixa confiança dos empresários, em função das manifestações nas capitais, ajudam a explicar o pessimismo das previsões. “A produção de veículos já se mostra ruim, como se vê nos dados de julho da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) e da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Ao mesmo tempo, temos a retração do consumo doméstico, em função da inflação e do endividamento das famílias. Já os empresários, estão investindo menos diante da instabilidade política”, avalia o economista-chefe do Banco Sicred, Alexandre Barbosa. Para o analista, o PIB no terceiro semestre deve ficar em

A indústria e a FBCF devem puxar o PIB para baixo no terceiro trimestre, impactados pela desaceleração do consumo e da confiança dos empresários

DESTAQUES

6,9% Taxa de crescimento registrada no segundo trimestre deste ano nas exportações de bens e serviços.

2,0% Crescimento da indústria no segundo trimestre de 2013. Os setores que puxaram a alta foram máquinas e equipamentos, indústria automotiva, aparelhos elétricos e equipamentos médico-hospitalares.

0,1%. “Fecharemos no limite, com dedos cruzados”, prevê Barbosa. Já o quarto trimestre deve registrar um crescimento, segundo ele, um pouco maior — de 0,4 %, o que levaria o Brasil a fechar o ano com um PIB de 2,7%. Economista-chefe da América Latina do BNP Paribas, Marcelo Carvalho vê os números com ainda mais pessimismo. Segundo ele, depois de um surpreendente salto, a produção interna vai mergulhar em uma grande queda. “O crescimento real do PIB superou as expectativas no segundo trimestre, ao saltar de 0,6%, no primeiro trimestre, para 1,5%, bem acima da projeção consenso do mercado, que era de 0,9%. Muito provavelmente este PIB será o mais alto do ano, porque entraremos numa queda que vai resultar num crescimento negativo de 0,5% no terceiro trimestre”, analisa Carvalho. De acordo com o executivo, as exportações, que representaram 6,9%, puxando a alta do PIB, guardam uma distorção técnica, que não se sustentará no próximo trimestre. “O IBGE considerou as exportações de plataformas nos números. Uma contribuição anormal que elevou a taxa”, critica. Economista-sênior do Banco Espírito Santo, Flávio Serrano é mais cauteloso. Ele diz que só os dados da produção de agosto no comércio e na indústria trarão uma sensação mais realista sobre o PIB dos próximos meses. “A tendência não é tão boa, mas vamos guardar o pessimismo por mais alguns dias”, afirma.


Título: Com Pirelli e Comolatti, a Campneus vira rede nacional Autor: Adriana Leite Coluna: ECONOMIA Nome do Veículo: CORREIO POPULAR Cidade: CAMPINAS País: BRASIL Data de Capa: 31/08/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: JORNAL Página: B10 Estado: SP Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Título: O que importa na agenda do investidor na segunda-feira Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: EXAME Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 02/09/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


O que importa na agenda do investidor na segunda-feira - EXAME.com

Veja

Info

Quatro Rodas

Alfa

Runners

Bravo!

http://exame.abril.com.br/mercados/noticias/o-que-importa-na-agenda-...

Revistas e sites

Assine

Loja

SAC

Grupo A

Login

Home Negócios Mercados Economia Brasil Mundo Tecnologia Marketing Carreira Seu Dinheiro PME Mais Notícias | Cotações Bovespa | BM&FBovespa Ibovespa Maiores altas Maiores baixas Maiores volumes Todos os índices PETR4 VALE5 ITUB4 Bolsas no Mundo | Câmbio | IPOs | Análises de Ações | Fundos | Direto da Bolsa | Glossário

Ações

Câmbio

Comissão

Nova carteira do Ibovespa começa a valer hoje

Dólar abre em queda ante real, após dados fortes da China

CVM quer novas regras para classificação de fundos

Imprimir

Home / Mercados

AAA

Comentários Views (645)

Destaques | 02/09/2013 05:40

Salvar notícia

O que importa na agenda do investidor na segunda-feira No Brasil, Alemanha e Europa, é divulgado o PMI industrial

As + de Mercados 60 minutos

24 horas

7 dias

Últimas

Beatriz Olivon , de

10 notícias para lidar com os mercados nesta segunda-feira As 10 ações que mais subiram e caíram em agosto

Tweetar

0

Share

1

15 frases de Warren Buffett sobre o mercado de ações Elza Fiúza/Agência Brasil

Reunião do Copom: ata da reunião será divulgada nesta semana São Paulo - No Brasil, além da divulgação semanal do Boletim Focus – que pode refletir a elevação da taxa de juros na semana passada e a surpresa com o PIB do segundo trimestre – também serão divulgados o IPC-S, o PMI industrial, a balança comercial mensal e os dados da Fenabrave sobre a venda de veículos.

1 de 5

O que importa na agenda do investidor na segunda-feira OGX tem valor de mercado que tende a zero, segundo analistas

2/9/2013 10:02


O que importa na agenda do investidor na segunda-feira - EXAME.com

http://exame.abril.com.br/mercados/noticias/o-que-importa-na-agenda-...

O PMI da Europa e da Alemanha também é divulgado hoje. O PMI (sigla em inglês para índice de gerentes de compras) mede a atividade econômica de um setor e é divulgado mensalmente, no primeiro dia de útil de cada mês. Na China será divulgado o PMI dos setores não-industriais referente a agosto.

Todas as notícias

Assine alertas sobre seus assuntos favoritos e receba na hora as notícias sobre eles no seu e-mail! Siga os tópicos de EXAME.com! As notícias ficam automaticamente armazenadas num HD virtual só seu Tags: Bolsas, Bolsas agora, Bovespa

Solicitar reprint

Imprimir

Nome:

Nasc.:

E-mail:

CEP:

Apenas 12x R$ 34,45

Comentários

Termômetro do Mercado

Para deixar um comentário você precisa se identificar. Escolha um dos tipos de identificação abaixo:

Mais Votadas

Termos de uso | Comentários sujeitos a moderação

Tendência

OGXP3

33%

67%

PETR4

36%

64%

BBTG11

17%

83%

OSXB3

45%

55%

VALE5

64%

36%

Fornecido por: Investmania

Tópicos Sugestões dos Editores Ações Bolsas asiáticas fecham em alta após dados da China Bolsa de Tóquio fecha em alta com dólar mais forte Piso para ação é proposta mais madura do novo Ibovespa

Bolsas de valores 10 notícias para lidar com os mercados nesta segunda-feira

Kit básico

40 apps imperdíveis para Android

Um fundo imobiliário pode desvalorizar ao estrear na bolsa? OGX confirma que contratou consultorias

Home Office

A vez dos sem-mesa, da Stiefel à Unilever

IDH

As 50 melhores cidades do Brasil para viver, segundo a ONU

2 de 5

2/9/2013 10:02


Título: Moto mais vendida do Brasil tem nova rival por R$ 7.390 Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: TERRA Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 02/09/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Moto mais vendida do Brasil tem nova rival por R$ 7.390 - Terra Brasil

http://economia.terra.com.br/carros-motos/moto-mais-vendida-do-brasil...

Futebol Internacional

Assista ao vivo Real Madrid apresenta

Veículos 02 de Setembro de 2013 • 07h32

A YS150 Fazer é o primeiro modelo de 150 cc que a Yamaha comercializa no território nacional

(thumbsprev)

(thumbsnext)

1

33

Yamaha YS150 Fazer Foto: Divulgação

A Yamaha finalmente mostrou a sua aposta para roubar mercado da Honda CG Titan – o veículo mais vendido no Brasil, com 204 mil unidades entre janeiro a julho deste ano, segundo dados da Fenabrave. A YS150 Fazer é o primeiro modelo de 150 cc que a fabricante comercializa no território nacional e estará disponível a partir de outubro, a partir de R$ 7.390.

1 de 2

2/9/2013 10:00


Moto mais vendida do Brasil tem nova rival por R$ 7.390 - Terra Brasil

http://economia.terra.com.br/carros-motos/moto-mais-vendida-do-brasil...

PUBLICIDADE (javascript:closePd(false))

Desenvolvida especialmente para o mercado brasileiro, a motocicleta tem motor de quatro tempos que desenvolve até 12,2 cavalos de potência. A novidade chega em duas versões, ED e SED, que terão preços sugeridos de R$ 7.390 e R$ 7.850, respectivamente. Também em duas versões, a CG Titan ainda é um pouco mais barata, por R$ 7.120 e R$ 7.630. A YS150 Fazer SED se difere da versão de entrada por ter cavalete central, pintura e grafismo diferenciados, piscas com lente cristal, acabamento do banco com textura especial e molas amortecedoras traseiras na cor vermelha. Além disso, a mais cara tem opções de cores mais chamativas como azul, branco e laranja, enquanto a ED será preta ou vermelha.

Guia das motos 0 Km Confira o guia completo dos todas as motos 0 Km disponíveis para compra no Brasil divididas por faixa de preço

Terra

2 de 2

9

2/9/2013 10:00


Título: Peugeot 408 troca de câmbio para tentar encostar nos rivais Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: UOL Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 01/09/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Peugeot 408 troca de câmbio para tentar encostar nos rivais - Ultimas N...

1 de 2

André Deliberato Do UOL, em São Paulo (SP) 02/09/2013

http://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2013/09/02/peugeot-408-troc...

00h01

Não dá para chamar de fracasso. Mas a Peugeot não está -- e nunca esteve -- feliz com as vendas do 408, seu sedã médio, lançado no Brasil no começo de 2011 (foram 7.712 carros vendidos no ano passado inteiro e apenas 2.653 unidades comercializadas entre janeiro e julho de 2013). A marca sabe que é difícil fazer um

PEUGEOT 408 2014

modelo engrenar em terra de Honda Civic e Toyota Corolla, sedãs que dominam a categoria (cada um com cerca de 5.000 unidades/mês, de acordo com a Fenabrave), mas está propensa a tentar. Para isso, trocou o câmbio automático da versão Allure. Antes equipado com transmissão automática de quatro marchas, agora o 408 Allure 2.0 usa a caixa AT6, também automática, de seis

FICHA TÉCNICA (http://download.uol.com.br/carros /ficha_408_2014.pdf) LISTA DE EQUIPAMENTOS (http://download.uol.com.br/carros /equipamentos_408_2014.pdf) ÁLBUM DE FOTOS (http://carros.uol.com.br/album/2013/08 /27/408-allure-at6-2014.htm)

velocidades (a mesma que equipa a versão THP, topo de gama). Os preços da linha 2014 do sedã são quase os mesmos: R$ 59.990 para a versão Allure manual; R$ 65.990 para o Allure A/T (R$ 2 mil mais cara); e R$ 73.990 para a configuração THP, com motor 1.6 turbo. BUCHAS E PNEUS Não foi só o câmbio que mudou. De acordo com a Peugeot, as buchas da suspensão traseira (que usa um eixo deformável) são novas e garantem um rodar mais suave e macio. Além disso, os antigos pneus foram substituídos por novos Pirelli Cinturato P7 (aro 16 na versão Allure com câmbio manual e 17" nas demais configurações) "verdes", já que possuem banda de rodagem voltada ao consumo de combustível. As novidades param por aí. O Peugeot 408 continua oferecendo pacotes recheados, desde a versão de entrada: airbag duplo, freios com sistema ABS (antitravamento), faróis e lanterna de neblina, vidros e travas elétricos, ar-condicionado digital de duas zonas, banco do motorista com regulagem de altura, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, computador de bordo, direção eletro-hidráulica, controlador automático de velocidade, rádio CD-Player com MP3, USB, Bluetooth e entrada auxiliar, rodas de liga leve e volante multifuncional são equipamentos de série. Apenas a versão THP, topo de gama, possui opcionais: faróis de xenônio autodirecionais e sensor de estacionamento dianteiro (sensor traseiro passa a ser de série neste versão). Para visualizar a lista completa de equipamentos e a diferença entre cada versão, clique aqui (http://download.uol.com.br/carros /equipamentos_408_2014.pdf). MOTORES Apesar das alterações no câmbio, não houve mudança nos motores: a versão Allure continua sendo equipada com o propulsor EW10, de 2 litros, 151 cavalos e 22 kgfm de torque com etanol (143 cv e 20 kgfm com gasolina), enquanto o 408 THP utiliza o moderno motor 1.6 turbo de 165 cv e 24,5 kgfm de torque (somente a gasolina).

2/9/2013 10:04


Peugeot 408 troca de câmbio para tentar encostar nos rivais - Ultimas N...

2 de 2

http://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2013/09/02/peugeot-408-troc...

A linha 2014 do Peugeot 408 chega às lojas em outubro, com três anos de garantia. Carro será oferecido nas cores azul, branco, preto e em cinco tipos de cinza -- segundo a Peugeot, os planos de manutenção terão preços nivelados e abaixo dos que são praticados pelos concorrentes.

408 tem 4,69 m de comprimento, 2,71 m de entre-eixos, 1,82 m de largura e 1,52 m de altura

IMPRESSÕES UOL Carros rodou por cerca de 120 quilômetros com a novidade, a versão Allure com câmbio automático. De fato, o câmbio de seis marchas dá ânimo ao 408 2.0, algo que faltava com defasada e lenta transmissão de quatro velocidades. As retomadas de velocidade realmente são mais ágeis (0,6 segundo de 80 km/h a 120 km/h, de acordo com a Peugeot). Acelerar de 0 a 100 km/h, segundo a marca, está 1,4 segundo mais rápido. Não foi possível medir tempo, mas a impressão tirada por UOL Carros acompanha a informação da fabricante. As tais buchas da suspensão também fazem diferença: rodar com o sedã (em bom asfalto. diga-se) está mais suave. O silêncio da cabine impressiona. A marca afirma que as mudanças fizeram com o que o carro ficasse até 5% mais econômico. Os números de consumo apontados no painel realmente melhoraram: com etanol, o sedã registrou a média de 9,6 km/litro (em trajeto predominantemente rodoviário). Com 60 litros de capacidade no tanque de combustível, o sedã conseguiria rodar 576 quilômetros com apenas um abastecimento.

© 1996-2013 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Hospedagem: UOL Host

2/9/2013 10:04


Título: Ford New Fiesta está mais caro Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: MOTOR CLUBE Cidade: WEB Data de Capa: 31/08/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Ford New Fiesta está mais caro - MotorClube

1 de 2

Principal Matérias e Dicas Galeria de Fotos Vídeos Papéis de Parede Preços de Carros Cadastre-se Quem Somos RSS Privacidade Categorias Marcas e Modelos Manutenção Direção Segura Novas Tecnologias Peças e Acessórios Vender e Comprar Diversão e Esportes

http://www.motorclube.com.br/materias/ford-new-fiesta-esta-mais-caro...

Matérias sobre Marcas e Modelos - Ford

Ford Ecosport

Fiat Fiorino

VW Gol

A PARTIR DE

A PARTIR DE

A PARTIR DE

R$ 25.000

R$ 8.000

R$ 11.000

Ford New Fiesta está mais caro publicado em 31/08/2013 A Ford aproveitou as boa saída do New Fiesta hatch das lojas e reajustou seu preço de tabela. A versão de entrada New Fiesta S do hatch equipado com motor 1.5 de 107/111 cv teve preço aumentado em R$ 1 mil, custando agora R$ 38.890. Ford New Fiesta 2014 brasileiro 1024x768 1280x1024 1600x1200

New Fiesta Sedan 2014

1024x768 1280x1024 1600x1200

Novo Ford New Fiesta (papel1) 1024x768 1280x1024 1600x1200

Novo Ford New Fiesta (papel2) 1024x768 1280x1024 1600x1200

A versão intermediária SE também equiada com motor 1.5 litros teve um aumento de preço, só que menor, de R$ 100, saindo agora por R$ 42.590. As versões do New Fiesta hatch mais caras, a SE e a Titanium estão custando nessa nova tabela R$ 46.340 e R$ 52.340, respectivamente; um acréscimo de R$ 850.

Dados da Fenabrave divulgados no mês de julho registraram o Ford Fiesta na 4ª posição do automóvel de passeio mais comercialziado do mês. Foram 14.375 unidades vendidas, entre as quais também estão contadas unidades do Fiesta Rocam.

Dicas Importantes Combustível Exterior Interior Motor Preventiva Crianças no Carro Leis de Trânsito Na Estrada Mais Procurados Citroen C3 Picasso 2012 Celta 2012 Chevrolet Camaro Tuning Chevrolet Cruze 2012 Chevrolet S10 2012 Corolla 2012 Fiat Bravo T-Jet 2012 Fiat Palio 2012 Fiat Grand Siena Ford EcoSport 2013 Ford Ka 2012

Ford reajusta preço do New Fiesta hatch

2/9/2013 10:08


Título: Região participa de megafeirão Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: DIÁRIO DE SANTA MARIA Cidade: PORTO ALEGRE País: BRASIL Data de Capa: 31/08/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: JORNAL

Estado: RS Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


Região participa de megafeirão | VEÍCULOS | Economia - Diário de San...

1 de 1

http://www.clicrbs.com.br/dsm/rs/impressa/4,40,4252970,22668

31/08/2013 | N° 11778 VEÍCULOS

Região participa de megafeirão Até domingo, o Pense Carros realiza a Megafeira de Seminovos, com mais de 5 mil ofertas para quem quer comprar carro ou moto. Participam 200 concessionárias e revendas do Estado e Santa Catarina, 11 de Santa Maria e uma de Cruz Alta. O Pense Carros é a plataforma de classificados online do Grupo RBS. A megafeira promete preços de liquidação, taxas abaixo do mercado e primeiro pagamento só a partir de outubro. Para ver as ofertas, acesse www.megafeirapensecarros.com.br. Segundo dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o Volkswagen Gol e os Fiat Uno e Palio foram os três carros mais negociados no segmento dos seminovos e usados em julho, com movimentação de 98,42 mil, 58,16 mil e 54,12 mil unidades, respectivamente.

2/9/2013 10:10


Título: Salão Duas Rodas: Kasinski vai ser ausência no evento Autor: Redação Coluna: Nome do Veículo: MOTO.COM.BR Cidade: WEB País: BRASIL Data de Capa: 30/08/2013 Nome do Cliente: FENABRAVE Categoria: Fenabrave Disponibilização: 02/09/2013

Tipo de Veículo: SITE

Estado: WEB Origem: On Line Palavra Chave: FENABRAVE


< Voltar

Salão Duas Rodas: Kasinski vai ser ausência no evento 30 de Agosto de 2013

Salão Duas Rodas: Kasinski vai ser ausência no evento

1/3

Slide show : Iniciar Parar

O nome da marca de motos Kasinski, empresa do grupo CR Zongshen, não aparece na lista de expositores da edição 2013 do Salão Duas Rodas e tudo leva a crer que empresa não vai participar do evento brasileiro, considerado uma das maiores vitrines do setor de motos do mundo. Na edição anterior em 2011 a empresa já havia feito o anúncio de motocicletas apresentadas como novidades futuras, mas que acabaram não sendo lançadas no país, como a Comet 150 SR (carenada). Em 2013 o Salão Duas Rodas chega à sua 12ª edição com a previsão de receber mais de 400 empresas expositoras e um público superior a 250 mil pessoas, fãs e amantes do motociclismo, entre os dias 8 e 13 de outubro no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo (SP). Segundo números da Fenabrave (federação das concessionárias), a Kasinski apresenta uma queda nas vendas de mais de 50%, numa comparação entre os meses de janeiro e maio de 2012 e 2013. Para suprir a ausência na feira a Kasinski programa sua participação em outros eventos de motos. Serviço Data: 8 a 13 de outubro de 2013 Horário: De 8 a 13 de outubro – das 14h às 22h e no dia 13 de outubro – das 11h às 19h Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi Av. Olavo Fontoura, 1.209 – São Paulo-SP


Mais informações no site salaoduasrodas.com.br Fique Ligado! Confira a cobertura do Salão Duas Rodas no MOTO.com.br com as principais notícias, fotos e vídeos do maior evento de motocicletas do Brasil. Fotos: Divulgação


Clipping Fenabrave 02.09.2013  

Clipping Fenabrave 02.09.2013

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you