Page 1

Clipping Vendas de veículos novos caem 20,29% em 2016 6487527 - O DIA SÃO PAULO - NACIONAL - São Paulo - SP - 05/01/2017 - Pág 5 http://iportal.oficinadeclipping.com.br/Login.aspx?id=dc8SAfPG4odOzPx9WzkM/MNpL6URowCDjzNG6hVyf1bbhjRCx8N+1A==

Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Agência Brasil Estado: SP Disponibilização: 12/01/2017 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: São Paulo País: Tipo Veículo: Jornal


Clipping Venda de veículos usados fica estável em 2016 6487531 - O DIA SÃO PAULO - NACIONAL - São Paulo - SP - 05/01/2017 - Pág 4 http://iportal.oficinadeclipping.com.br/Login.aspx?id=dc8SAfPG4oc2vkG+vbGoOMNpL6URowCDjzNG6hVyf1bbhjRCx8N+1A==

Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Agência Brasil Estado: SP Disponibilização: 12/01/2017 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: São Paulo País: Tipo Veículo: Jornal


Clipping Onix é carro mais vendido em 2016 6486406 - A TRIBUNA - JORNAL MOTOR - Santos - SP - 11/01/2017 - Pág 2 http://iportal.oficinadeclipping.com.br/Login.aspx?id=HzsvwmUBFV977oOtwwV7WsNpL6URowCDjzNG6hVyf1bbhjRCx8N+1A==

Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Auto Press Estado: SP Disponibilização: 12/01/2017 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: Santos País: Tipo Veículo: Jornal


Clipping Fiat tem as duas picapes mais vendidas 6489366 - A TRIBUNA - SOBRE RODAS - Vitória - ES - 12/01/2017 - Pág 08

Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Estado: ES Disponibilização: 12/01/2017 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: Vitória País: Tipo Veículo: Jornal


Clipping Tracker mais potente e econômico 6489381 - A TRIBUNA - SOBRE RODAS - Vitória - ES - 12/01/2017 - Pág 01 http://iportal.oficinadeclipping.com.br/Login.aspx?id=z9Te7pxOZEmE2Kdm4QFtV8NpL6URowCDjzNG6hVyf1bbhjRCx8N+1A==

Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Estado: ES Disponibilização: 12/01/2017 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: Vitória País: Tipo Veículo: Jornal


SOBRE RODAS VITÓRIA, ES | QUINTA-FEIRA, 12 DE JANEIRO DE 2017

Tracker mais potente e econômico FOTOS: ASSESSORIA GENERAL MOTORS

Utilitário esportivo da GM ganha visual mais moderno e motor 1.4 turbo flex para encarar rivais como Honda HR-V e Jeep Renegade á está à venda nas concessionárias General Motors de todo o País as primeiras unidades do Tracker reestilizado. A novidade chega com visual mais moderno e novo motor 1.4 turbo flex, 15% mais econômico. Tudo isso sem aumentos significativos de preço em relação ao modelo anterior. A versão de entrada LT teve o preço fixado em R$ 79.990 enquanto a LTZ, mais completa, sai a R$ 92.990 na CVC, revenda GM no Estado. Uma das principais alterações promovidas no utilitário compacto é a adoção do motor 1.4 turbo flex, já presente no Cruze e no hatch Cruze Sport6. Ele rende 153 cv de potência e 24,5 kgfm de torque com álcool contra 144 cv e 18,9 kgm do propulsor 1.8 anterior. Além do ganho nos dados de desempenho, o SUV ficou mais econômico, fazendo 7,3 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada com álcool ou 10,6 km/l e 11,7 km/l, respectivamente, com gasolina. Os dados são do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do Inmetro. A transmissão segue a automática de seis marchas, com trocas manuais apenas na alavanca por meio de um botão na lateral. Também está mantida a única opção de tração dianteira, já que a proposta do Tracker é ser um SUV urbano, feito para as cidades. Já a suspensão recebeu um novo acerto para o mercado nacional, minimizando a incômoda rolagem da carroceria em curvas de alta velocidade, deixando-o mais firme, e absorvendo mais suavemente as imperfeições das ruas brasileiras. O porta-malas, por sua vez, não mudou: são 306 litros ou 735 litros

J

A DIANTEIRA do Tracker é uma das mudanças mais marcantes. Destaque para a linha de leds sob o projetor dos faróis e a entrada de ar estilo “bocão” com os bancos traseiros rebatidos. Os destaques do novo Tracker são a direção elétrica, o novo quadro de instrumentos, novas rodas, partida por botão, luz diurna de led, alerta de ponto cego, sistema OnStar e central multimídia MyLink com espelhamento de smartphones via Android Auto e Apple CarPlay. O SUV peca, porém, por não oferecer controles de tração e estabilidade. Com as mudanças, a empresa espera dobrar as vendas do modelo – em 2016, foram 8.558 unidades emplacadas, segundo a Fenabrave. Para isso, a fabricante aposta no crescimento desse segmento, que era de 4,5% do mercado brasileiro em 2014 e passou para 10% em 2016. Fabricado no México, o modelo tem como principais concorrentes Honda HR-V, Jeep Renegade e o recém-lançado Hyundai Creta.

O MODELO traz bom acabamento e ampla lista de equipamentos de série

Conforto e tecnologia a bordo do utilitário

PORTA-MALAS: são 306 litros ou 735 com os bancos traseiros rebatidos

OS PREÇOS E AS VERSÕES

LT - R$ 79.990

LTZ - R$ 92.990

Direção elétrica multifuncional, Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, luz de condução diurna, de milha e de neblina; grade frontal e maçanetas internas cromadas, rack de teto, rodas de alumínio aro 16, ar-condicionado, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, computador de bordo, controlador de velocidade de cruzeiro, retrovisores elétricos, travas e vidros elétricos com controle remoto pela chave, sistema start-stop, multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, OnStar com pacote Exclusive (Concierge, Segurança, Emergência, App, Diagnóstico, Navegação) e conjunto de seis alto-falantes com tweeters.

Agrega retrovisores laterais com aquecimento e alerta de ponto cego, câmera de ré com alerta de movimentação traseira, sensor de estacionamento, faróis e lanternas em led, acabamento externo cromado do friso das janelas, maçanetas das portas e da tampa do porta-malas; teto solar elétrico, rodas aro 18, chave eletrônica com sensor de presença (keyless), computador de bordo com opção de mostrador digital da velocidade, descansa-braço para o motorista e passageiros traseiros, bancos e volante com revestimento premium, banco do motorista com ajuste elétrico lombar, banco do carona rebatível e com porta-objeto na parte de baixo.

Por dentro, o novo Tracker também evoluiu para conquistar os clientes até então desinteressados pelo carro. Acabamento novo e mais refinado, com partes emborrachadas, e a melhora de 11% no isolamento acústico melhoraram a vida a bordo. O painel de instrumentos perdeu o velocímetro digital com aspecto de videogame, vindo do Agile, e ganhou um cluster mais sóbrio, com mostradores analógicos dividindo espaço com uma tela de LCD com informações do computador de bordo. A conectividade é outro destaque do veículo. O novo Tracker conta com a segunda geração do multimídia MyLink, compatível com Apple CarPlay e Android Auto, e com tela de 7 polegadas. Outro “mi mo” que agrada a clientela é a tecnologia OnStar. Por meio dela é possível comandar diversas funções do veículo via smartphone, além de ter acesso a serviços de segurança, concierge, emergência e navegação. O modelo oferece ainda o Diagnóstico Avançado, que permite ao usuário fazer um check-up dos principais sistemas do veículo de maneira remota. É uma ajuda e tanto para os motoristas.


Clipping Participação das vendas diretas é a maior dos últimos dez anos 6488956 - BOLETIM AUTODATA - MERCADO - São Paulo - SP - 12/01/2017 - Pág 4 à 6 http://iportal.oficinadeclipping.com.br/Login.aspx?id=Rh3ICXEeGAIrDptNvo35jsNpL6URowCDjzNG6hVyf1bbhjRCx8N+1A==

Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Décio Costa Estado: SP Disponibilização: 12/01/2017 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: São Paulo País: Tipo Veículo: Revista


Mercado

Participação das vendas diretas é a maior dos últimos dez anos Em 2016 o índice foi superior a 34%, no entanto, o volume ao longo do período permaneceu estável Décio Costa | decio@autodata.com.br

N

o ano passado a participação das vendas diretas nos emplacamentos de automóveis e comerciais leves chegou a 34,17%, o maior índice dos últimos dez anos, segundo a Fenabrave. Das 1 milhões 986 mil 389 unidades licenciadas dos segmentos em 2016, 678.750 foram negócios provenientes da modalidade. De acordo com Alarico Assumpção Jr., presidente da entidade que representa a distribuição de veículos no País, o porcentual é alto, mas não em quantidade. “O volume médio no período foi de 526 mil unidades/ ano. Cabe fazer a leitura que não foram as vendas diretas que cresceram, mas o varejo que caiu drasticamente.” As contas do representante da Fenabrave justificam a maneira de enxergar o mercado. Nos últimos quatro anos as vendas no varejo de automóveis e comerciais leves passaram de 2,7 milhões unidades para 1,3 milhão, queda de 52%, enquanto na modalidade jurídica de 916,6 mil para 678,7, encolhimento

Divulgação

Alarico Assumpção Jr.

12.1.2017 4


Participação de vendas direta e varejo 2016 Automóveis e comerciais leves

Ranking por marca – venda direta 2016 Automóveis e comerciais leves

Ranking por marca – Varejo 2016 Automóveis e comerciais leves

12.1.2017 5


Mercado

de 26%. “O índice das vendas diretas cresce, porque o varejo cai”, reforça. “De qualquer maneira não se trata uma participação saudável para o nosso negócio. Não sou contra a modalidade, mas temos de trabalhar para colocar as vendas diretas em patamares mais baixos.” Na comparação com 2015, porém, a fatia das vendas diretas nos licenciamentos cresceu 15 pontos porcentuais. Na ocasião a modalidade de negócios para pessoas jurídicas e frotistas fechou com índice de 28,78%, com 712,8 mil unidades dos 2,4 milhões de automóveis e comerciais leves licenciados naquele período. Por montadora, a Fiat foi a empresa que mais participou com os negócios por vendas diretas de automóveis e comerciais leves

em 2016. No ano passado sua participação foi de 23,48%, seguida pela General Motors, com 18,97%, Renault (11,89%), Volkswagen (11,37%) e Ford (7,24%). Já no ranking por marca no varejo é a GM a líder, com fatia de 16,6%. Atrás dela vem a Volkswagen com 11,57%, a Hyundai e a Fiat bem perto com 11,37% e 11,13%, respectivamente, e a Toyota (10,86%). O modelo mais emplacado por vendas diretas foi a Fiat Strada, com 45.277 unidades licenciadas pela modalidade do total de 59.449 emplacamentos. Volume considerável também registrou o líder de vendas Chevrolet Onix, das pouco mais de 153 mil unidades emplacadas do Chevrolet Onix, 44.779 delas foram via modalidade para pessoas jurídicas.

Os cinco mais emplacados por venda direta em 2016

Os cinco mais emplacados no varejo 2016

Automóveis e comerciais leves

Automóveis e comerciais leves

Fonte: Fenabrave

1º 2º 3º 4º 5º

Fiat Strada Chevrolet Onix Renault Sandero Hyundai HB20 Fiat Palio

Fonte: Fenabrave

45.277 44.779 32.474 30.068 29.898

1º 2º 3º 4º 5º

12.1.2017 6

Chevrolet Onix Hyundai HB20 Honda HR-V Ford Ka Chevrolet Prisma

108.593 91.548 53.296 50.533 48.346

Clipping Fenabrave 12.01.2017  

Clipping Fenabrave 12.01.2017

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you