Page 1

Clipping Vendas fevereiro 8187953 - BEM PARANÁ - Curitiba - PR - 14/03/2019

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), fevereiro fechou com a venda de 189.850 unidades entre carros e comerciais leves – os dois segmentos com maior volume de emplacamentos no país – representando aumento de 25,20% em relação ao mesmo mês do ano passado e queda de 0,42% em comparação naturalmente, ao segundo mês ter três dias a menos. Esse foi o melhor resultado em fevereiro desde 2015. No primeiro bimestre do ano, o crescimento foi de 16,31% ante o mesmo período de 2018, com 380.652 unidades comercializadas. No “Top Ten” dos modelos, o Chevrolet Onix manteve a liderança dos últimos quatro anos, com 18.392 exemplares emplacados, seguido pelo Hyundai HB20 (8.055), pelo Ford Ka (7.633), pelos Fiat Argo (6.674), que pela primeira vez aparece entre os cinco primeiros colocados, e Strada (6.553), pelo Chevrolet Prisma (6.499), pelo Mobi (4.885), pelo Volkswagen Polo (4.813), pelo Jeep Renegade (4.706) e pelo Volkswagen Gol (4.565). Entre as fabricantes, a General Motors permaneceu em primeiro, com 19,10% de participação de mercado, à frente da Volkswagen (13,11%), da Fiat (10,70%), da Hyundai (9,26%), da Renault (8,80%), da Ford (8,69%), da Toyota (6,97%), da Honda (6,90%), da Jeep (5,59%) e da Nissan (3,95%), completando as 10 mais bem posicionadas. a janeiro de 2019. O ínfimo recuo foi devido, http://s3.amazonaws.com/static.resources/original_page/00004061d072e3c09aa8a1b431132 c62?AWSAccessKeyId=AKIAJSAB234AEOZ3QMUQ&Expires=1555555846&Signature=YWc yXmsbdQ59SbMbVG7vj4%2FryCE%3D Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Estado: PR Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: Curitiba País: Tipo Veículo: Jornal


Clipping Tudo Auto Vendas fevereiro 8187952 - BEM PARANÁ - Curitiba - PR - 13/03/2019

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), fevereiro fechou com a venda de 189.850 unidades entre carros e comerciais leves – os dois segmentos com maior volume de emplacamentos no país – representando aumento de 25,20% em relação ao mesmo mês do ano passado e queda de 0,42% em comparação a janeiro de 2019. O ínfimo recuo foi devido, naturalmente, ao segundo mês ter três dias a menos. Esse foi o melhor resultado em fevereiro desde 2015. No primeiro bimestre do ano, o crescimento foi de 16,31% ante o mesmo período de 2018, com 380.652 unidades comercializadas. No “Top Ten” dos modelos, o Chevrolet Onix manteve a liderança dos últimos quatro anos, com 18.392 exemplares emplacados, seguido pelo Hyundai HB20 (8.055), pelo Ford Ka (7.633), pelos Fiat Argo (6.674), que pela primeira vez aparece entre os cinco primeiros colocados, e Strada (6.553), pelo Chevrolet Prisma (6.499), pelo Mobi (4.885), pelo Volkswagen Polo (4.813), pelo Jeep Renegade (4.706) e pelo Volkswagen Gol (4.565). Entre as fabricantes, a General Motors permaneceu em primeiro, com 19,10% de participação de mercado, à frente da Volkswagen (13,11%), da Fiat (10,70%), da Hyundai (9,26%), da Renault (8,80%), da Ford (8,69%), da Toyota (6,97%), da Honda (6,90%), da Jeep (5,59%) e da Nissan (3,95%), completando as 10 mais bem posicionadas. TRX DAYS O TRX DAYS que acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de maio e é uma nova maneira de proprietários de motos interagir com a Triumph em Curitiba. Serão promoções no Triumph Service, Curso de Pilotagem On Road, Curso de Pilotagem Off Road, Curso de Planejamento de Viagens e Mecânica, palestra, Test Ride guiado, passeios, para você viver um final de semana incrível e ter uma experiência única com a marca. Faça já sua reserva, pois as vagas são limitadas. Limite de 180km/h A Volvo percebeu que é impossível evitar mortes apenas com tecnologias embarcadas, e vai limitar em 180 km/h a velocidade máxima de seus carros a partir do ano-modelo 2021. A empresa propôs como meta que ninguém mais morra ou sofra ferimentos graves dentro de seus novos carros, mas percebeu que nem mesmo as tecnologias de segurança mais avançadas serão suficientes para atingir esse objetivo se ainda houver excesso de velocidade. Pesquisas da empresa identificaram três pontos relacionados à segurança que servem de obstáculo à meta de zerar as mortes ou ferimentos graves. O excesso de velocidade é um deles. Além de limitar a velocidade máxima em estradas, a empresa também está investigando como combinar no futuro um controle inteligente da velocidade do automóvel, reduzindo-a nas proximidades de escolas e hospitais. Os outros dois obstáculos encontrados pela Volvo em sua meta de zerar as mortes e ferimentos graves dentro de seus carros são a intoxicação (por álcool ou drogas) e a distração, especialmente aquela causada pelo uso de smartphones. https://www.bemparana.com.br/noticia/vendas-fevereiro Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Estado: PR Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: Curitiba País: Tipo Veículo: Site


Clipping Varejo tem início de ano com alta modesta, projetam analistas 8187946 - VALOR ECONÔMICO - BRASIL - São Paulo - SP - 14/03/2019 - Pág A12

As vendas do varejo abriram o ano de 2019 praticamente no mesmo patamar registrado em dezembro, na avaliação dos economistas. A estimativa média para a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) de janeiro aponta para uma alta de apenas 0,1%, no cálculo já dessazonalizado, segundo 23 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data. No caso do varejo ampliado, que inclui ainda automóveis e material de construção, a estimativa média em relação a janeiro é de expansão de 0,3%. http://s3.amazonaws.com/static.resources/original_page/f9bcb4c66fc19a00ac344ed23e2a05 13?AWSAccessKeyId=AKIAJSAB234AEOZ3QMUQ&Expires=1555574178&Signature=wCpy iZuaEejNTCLyHsbQNAcWFMU%3D Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Estado: SP Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: São Paulo País: Tipo Veículo: Jornal


Clipping Expectativa de boa safra impulsiona venda de picapes na Expodireto 8187941 - ZERO HORA - Porto Alegre - RS - 14/03/2019

Sem conexão Omar Freitas Nem só de tratores, colheitadeiras e lavouras vive a Expodireto-Cotrijal, uma das principais feiras do agronegócio do Brasil, realizada em Não-Me-Toque, no norte do Estado. Com tração 4x4, movidas a diesel e cada vez com mais tecnologia, picapes são exibidas e testadas pelos visitantes – embalando um segmento alimentado pelo agronegócio. Além da necessidade para a lida diária, em estradas de chão batido, o estímulo para o investimento nesses veículos vem dos descontos oferecidos pelas montadoras aos produtores rurais. – O agricultor é a única pessoa física que consegue comprar caminhonetes diretamente das fábricas, condição que possibilita o preço menor – explica Ambrósio Pesce, vice-presidente do Sindicato dos Concessionários de Veículos no Estado (Sincodiv/Fenabrave-RS). A decisão de compra do produtor, destaca o dirigente, é influenciada pelo resultado da safra e pela tecnologia das máquinas agrícolas. – Ele busca nos carros o que ele vivencia nos equipamentos da lavoura, como câmbio automático e painel eletrônico – diz Pesce. Produtor em Liberato Salzano, Lido Dalsanto foi à Expodireto para trocar a caminhonete atual de câmbio manual, do ano 2011, por uma zero quilômetro, com câmbio automático, central multimídia e câmera de estacionamento de ré. Após comparar marcas, conseguiu 14% de desconto no valor original da Hilux, da Toyota. – Esse modelo é muito mais avançado, já estava na hora de trocar a antiga – disse Dalsanto. Com estande na Expodireto desde a primeira edição, a Augustin Veículos, concessionária da Ford, tem nos produtores os principais clientes durante o ano todo. – A nossa região é muito dependente da agricultura. Quando a safra vai bem, como nesse e nos últimos anos, reflete diretamente nos negócios – conta Daniel Augustin, diretor da revenda. A empresa oferece na feira teste drive da Ranger, principal modelo da marca no segmento, em uma área com obstáculos de buracos e declive de 35 graus. A picape é oferecida no evento com 18% de desconto do preço original. O valor reduzido faz com que as vendas concretizadas e prospectadas na feira respondam por mais da metade da comercialização durante o ano. Para a concessionária Salwipa, da Volkswagen, a Expodireto é o alavancador de negócios e de relacionamento com clientes. – Em uma semana, recebemos em média 50 pessoas nas lojas de Carazinho e Sarandi. Na feira, mais de 10 mil potenciais clientes visitam nosso estande – compara Marcio Scoz, gerente geral da revenda, que oferece 24% de desconto em picapes, o dobro do percentual praticado ao longo do ano. Há pouco menos de 10 anos, as vendas relacionadas ao agronegócio representavam 30% das comercializações da concessionária. Hoje, a proporção inverteu, com os produtores rurais representando quase 70% dos negócios. https://gauchazh.clicrbs.com.br/economia/campo-e-lavoura/amp/2019/03/expectativa-de-boasafra-impulsiona-venda-de-picapes-na-expodireto-cjt7vt4xy01m001k0aedbxagl.html Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Estado: RS Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: Porto Alegre País: Tipo Veículo: Site


Clipping Com Lander, Yamaha já tem 4 das 10 motos mais vendidas 8187939 - EVENTOS MOTOCICLÍSTICOS - 13/03/2019

Feito que não é visto há anos foi garantido também pelo fim da produção da Honda CG 125, que caiu no rank Apesar da dominância das motocicletas da Honda entre as mais vendidas, a Yamaha vem mês a mês galgando mais participação no ranking. Os números de vendas do mês de fevereiro mostraram a Lander 250 em sétimo e a Yamaha agora tem quatro modelos entre as 10 mais vendidas. Os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) mostraram também a Honda CG 125 amargando a 11ª colocação, uma vez que a moto foi tirada de linha no início do mês de fevereiro pela Honda. A Honda CG 160, no entanto, permanece vendendo praticamente o dobro da segunda colocada. Completando as motos Yamaha entre as 10 mais vendidas estão a Yamaha Crosser 150, Yamaha Fazer 150 e, fechando na décima posição, a YBR 150 da Yamaha. Veja as 20 motos mais vendidas de fevereiro 1) Honda CG 160 – 24.084 unidades 2) Honda Biz – 12.623 unidades 3) Honda NXR 160 Bros – 8.926 unidades 4) Honda Pop 110i – 8.304 unidades 5) Honda CB 250F Twister – 2.812 unidades 6) Yamaha XTZ 150 Crosser – 2.237 unidades 7) Yamaha XTZ 250 Lander – 1.643 unidades 8) Yamaha Fazer 250 – 1.626 unidades 9) Honda PCX 150 – 1.568 unidades 10) Yamaha YBR 150 – 1.536 unidades 11) Honda CG 125 – 1.482 unidades 12) Honda XRE 190 – 1.452 unidades 13) Honda XRE 300 – 1.415 unidades 14) Shineray XY 50 – 1.205 unidades 15) Yamaha NMAX – 1.202 unidades 16) Honda Elite 125 – 1.174 unidades 17) Yamaha YBR 125 – 1.013 unidades 18) Yamaha NEO 125 – 958 unidades 19) Yamaha YS150 Fazer – 860 unidades 20) Yamaha MT03 – 621 unidades O post Com Lander, Yamaha já tem 4 das 10 motos mais vendidas apareceu primeiro em Eventos Motociclisticos. http://eventosmotociclisticos.com.br/noticias/com-lander-yamaha-ja-tem-4-das-10-motosmais-vendidas/ Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE

Categoria: Fenabrave


Autor: Tony Cavalcanti Estado: Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Cidade: País: Tipo Veículo: Blog


Clipping Entre CUBs e scooters, veja quais foram as motos mais vendidas desse segmento no fechamento do mês de fevereiro 8187938 - EVENTOS MOTOCICLÍSTICOS - 13/03/2019

Honda Biz lidera, mas NEO e Elite brigam entre scooters Scooters e CUBs (também conhecidas como motonetas) estão entre os estilos de motocicletas que mais crescem em interesse do público brasileiro nos últimos anos. De acordo com dados da Fenabrave, esse mercado também foi dominado por motos da Honda. A Honda Biz aparece na primeira colocação como sempre, unindo as versões 110 e 125. Interessante notar que a Fenabrave junta as CUBs com os scooters no mesmo segmento, mas a segunda colocada é outra CUB, a Pop 110i, moto mais barata da Honda no Brasil. A Honda também detém o scooter mais vendido em fevereiro. Trata-se do PCX 150, que vendeu mais que seu rival direto, o Yamaha NMAX 160. Entre eles aparece a misteriosa motoneta da Shineray, o XY 50. A Yamaha NEO 125 conseguiu segurar o avanço do Honda Elite 125 no mês de janeiro. Mas passado um mês do lançamento da novidade da Honda, o jogo virou. O modelo da Yamaha ficou na 7ª posição e a 6ª colocação foi ocupada pela Honda Elite 125. Veja as CUBs e scooters mais vendidas de fevereiro 1) Honda Biz – 12.623 unidades 2) Honda Pop 110i – 8.304 unidades 3) Honda PCX 150 – 1.568 unidades 4) Shineray XY 50 – 1.205 unidades 5) Yamaha NMAX 160 – 1.202 unidades 6) Honda Elite 125 – 1.174 unidades 7) Yamaha NEO 125 – 958 unidades 8) Honda SH 150 – 471 unidades 9) Dafra Citycom 300i – 177 unidades 10) Haojue Lindy 125 – 113 unidades O post Entre CUBs e scooters, veja quais foram as motos mais vendidas desse segmento no fechamento do mês de fevereiro apareceu primeiro em Eventos Motociclisticos. http://eventosmotociclisticos.com.br/noticias/entre-cubs-e-scooters-veja-quais-foram-asmotos-mais-vendidas-desse-segmento-no-fechamento-do-mes-de-fevereiro/ Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Tony Cavalcanti Estado: Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: País: Tipo Veículo: Blog


Clipping Lander nova passa XRE 300 e 190 em vendas e entra no pódio 8187937 - ICARROS - 13/03/2019

A Yamaha conseguiu em fevereiro colocar quatro de suas motos entre as 10 mais vendidas do Brasil no mês de fevereiro. Os dados são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Parte do resultado se deve ao sucesso d a nova Yamaha Lander 2020. Confira a lista completa das motos mais vendidas de ferreiro Veja o que mudou na Yamaha Lander 250 2020 A Yamaha Lander XTZ 250 emplacou 1.643 unidades em fevereiro, deixando-a à frente não só de sua arquirrival Honda XRE 300, como também da Honda XRE 190. Os números de emplacamentos foram, respectivamente, de 1.415 e 1.453 unidades para as trails da Honda. Honda para de produzir a CG 125 após 42 anos A Honda NXR Bros 160, no entanto, continua sendo a líder do segmento “Trail/Fun”, que emplacou 8.926 unidades no mês passado. O número é mais de quatro vezes maior que o registrado pela segunda colocada (2.237 unidades), a Yamaha Crosser XTZ 150. Entre as “Maxitrails”, trails de cilindrada superior a 300 cm³, a Triumph Tiger 800 tomou a liderança da BMW R 1200 GS, mas o destaque fica para a quarta colocada. Em seu primeiro mês completo de vendas, a posição foi ocupada pela Royal Enfield Himalayan. Royal Enfield Himalayan: tudo o que você precisa saber aqui Vejas 10 “Trail/Fun” mais vendidas de fevereiro 1) Honda NXR 160 Bros – 8.926 unidades 2) Yamaha XTZ 150 Crosser – 2.237 unidades 3) Yamaha XTZ 250 Lander – 1.643 unidades 4) Honda XRE 190 – 1.453 unidades 5) Honda XRE 300 – 1.415 unidades 6) Honda CB 500 – 308 unidades 7) Honda NC 750 X – 197 unidades 8) BMW G310 GS – 182 unidades 9) Kawasaki Versys-X 300 – 60 unidades 10) Honda NXR 150 – 43 unidades Veja as 10 “Maxtrails” mais vendidas de fevereiro 1) Triumph Tiger 800 – 245 unidades 2) BMW R 1200 GS – 189 unidades 3) BMW F 850 GS – 76 unidades 4) Royal Enfield Himalayan – 62 unidades 5) Triumph Tiger 1200 – 57 unidades 6) BMW F 750 GS – 54 unidades 7) Kawasaki Versys – 45 unidades 8) Suzuki VStrom 1000 – 31 unidades 9) Suzuki VStrom 650 – 31 unidades


10) BMW S 1000 XR – 21 unidades Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no: Facebook (facebook.com/iCarros) Instagram (instagram.com/icarros_oficial) YouTube (youtube.com/icarros) https://www.icarros.com.br/noticias/top-10/lander-nova-passa-xre-300-e-190-em-vendas-eentra-no-podio/26170.html Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Estado: Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: País: Tipo Veículo: Site


Clipping Produção de veículos subiu 8187936 - JORNAL IBIÁ - 13/03/2019

A produção brasileira de veículos subiu 20,5% em fevereiro de 2019, se comparada ao mesmo mês de 2018, segundo dados da associação das montadoras, a Anfavea. A indústria produziu 257,2 mil carros, comerciais leves (picapes e furgões), caminhões e ônibus. Há um ano, foram 213,5 mil. Na comparação de fevereiro com janeiro deste ano, a produção também teve alta, de 29,9%, informou a Anfavea. O presidente da associação, Antonio Megale, lembrou que, como o Carnaval deste ano foi em março, o mês de fevereiro teve mais dias úteis do que no ano passado. O desempenho aconteceu apesar de a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) estar parada desde que a montadora norte-americana anunciou, em 19 de fevereiro, que vai fechar a unidade até o final deste ano. Foram vendidos, no mês, 198.641 veículos novos, alta de 26,6% em relação ao ano passado, conforme adiantado pela federação dos concessionários, a Fenabrave, no último dia 1º. Foi o melhor resultado para fevereiro desde 2014. Apesar do aumento na produção em fevereiro, as exportações recuaram quase 39% na comparação anual. https://jornalibia.com.br/cadernos/ibiamotores/producao-de-veiculos-subiu/ Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Ibiá Estado: Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: País: Tipo Veículo: Site


Clipping Saiba como comprar e vender carros usados através de dicas do Detran para não cair em golpe 8187935 - MIX VALE - 14/03/2019

Benefícios By Redação Mix Vale Posted on 14 de março de 2019 Saiba como comprar e vender carros usados através de dicas do Detran para não cair em golpe. A procura por carros usados é quase cinco vezes maior do que por zero km. A relação entre automóvel usado para cada carro novo comercializado no Brasil ficou em 4,7 no mês de janeiro de 2019, segundo relatório divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Apesar de mais atrativo pelo custo-benefício, é preciso tomar alguns cuidados ao comprar um veículo usado. Para ajudar os motoristas a evitarem dor de cabeça futura, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran.SP) listou dez dicas importantes na hora de fechar o negócio. Confira abaixo: 1) Antes de fechar negócio, faça uma consulta sobre possíveis débitos, bloqueios, restrições e histórico de vistorias do veículo no site do Detran.SP (www.detran.sp.gov.br). Basta inserir a placa e o número do Renavam. Não precisa de cadastro prévio. Não aceite relatório ou laudo apresentado em papel, pois não terá como confirmar a autenticidade do documento; 2) Desconfie de “ofertas imperdíveis” e “preços muito baixos”. Golpes são aplicados, principalmente pela internet, atraindo compradores com preços bem abaixo do praticado no mercado. Consulte a tabela Fipe para verificar valores atuais de veículos; 3) Não finalize a compra apenas por fotos na internet nem pague qualquer quantia sem antes ver pessoalmente o veículo. É aconselhável ainda levar o carro a um mecânico de confiança para verificar o funcionamento do motor, do sistema de iluminação, entre outros itens no veículo; 4) Ao vender, não entregue o documento de transferência do veículo em branco. Colha a assinatura e os dados do comprador no Certificado de Registro de Veículo (CRV) e faça a comunicação de venda no cartório de registros da sua cidade. Isso evitará problemas futuros com cobranças de débitos ou mesmo responsabilidade civil e criminal após a venda; 5) Após a comunicação de venda, fique com uma cópia autenticada e entregue o CRV original ao novo proprietário do veículo. É necessário o reconhecimento da assinatura do vendedor e do comprador por autenticidade no documento. O prazo para providenciar a transferência de propriedade é de 30 dias corridos. Se for transferido depois, o novo dono será multado em R$ 195,23 e receberá cinco pontos na CNH (infração grave); 6) Em até cinco dias da data de ida ao cartório, o antigo dono do veículo pode acompanhar no site do Detran.SP se a comunicação de venda foi efetiva pelo cartório. Em caso negativo, o cidadão pode notificar a venda ao departamento por meio do site ou então pessoalmente numa unidade, apresentando a cópia autenticada do CRV; 7) Se o veículo foi vendido sem a comunicação de venda e não foi transferido pelo novo proprietário, o antigo dono pode solicitar no Detran.SP um bloqueio administrativo que permitirá a remoção do veículo ao pátio quando for parado numa blitz; 8) Para a transferência do veículo, é necessário que o comprador submeta o carro a uma vistoria de identificação veicular. Há empresas credenciadas pelo Detran.SP em todo o Estado (veja endereços no site do Detran.SP). Procure a melhor opção; 9) Preste atenção nos principais documentos solicitados na hora da transferência: cópia e original da CNH atualizada, comprovante de residência atualizado (por exemplo, água ou luz) e os documentos do veículo (CRV e CRLV, documento de compra e venda e o licenciamento anual, respectivamente); 10) Se o proprietário do veículo não puder comparecer nas unidades do Detran.SP, um parente próximo (mãe, pai ou irmão) pode representá-lo, desde que apresente o original e cópia simples de um documento que comprove o parentesco, além de uma cópia do documento do dono do veículo;


[yuzo_related] No site do Detran.SP (www.detran.sp.gov.br), você também encontra todo o passo a passo para compra ou venda de um veículo, além de localizar endereços e horários de atendimento das unidades, e de empresas credenciadas para serviços. Ranking dos usados De acordo com a Fenabrave, em janeiro de 2019 foram comercializados 1.157.775 veículos (todos os tipos) usados no país. O número representa alta de 1,5% nas vendas se comparado com o mesmo mês do ano passado, quando foram registradas 1.40.134 compras de usados. A entidade divulgou, ainda, a relação dos automóveis mais negociados neste mês de janeiro: 1. Gol 2. Pálio 3. Uno 4. Celta 5. Fox 6. Fiesta 7. Corsa 8. Siena 9. Corolla 10. Ka Conheça as regras que geram cancelamento no pente-fino do INSS 3 milhões de benefícios serão revisados no INSS em 2019 Regra atualizadas no Pente-Fino do INSS no Auxílio-Doença e na aposentadoria por invalidez em 2019 para cancelamento https://www.mixvale.com.br/2019/03/14/saiba-como-comprar-e-vender-carros-usadosatraves-de-dicas-do-detran-para-nao-cair-em-golpe/ Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Estado: Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: País: Tipo Veículo: Site


Clipping Varejo tem início de ano com alta modesta, projetam analistas 8187933 - VALOR ECONÔMICO - São Paulo - SP - 14/03/2019

As vendas do varejo abriram o ano de 2019 praticamente no mesmo patamar registrado em dezembro, na avaliação dos economistas. A estimativa média para a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) de janeiro aponta para uma alta de apenas 0,1%, no cálculo já dessazonalizado, segundo 23 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data. No caso do varejo ampliado, que inclui ainda automóveis e material de construção, a estimativa média em relação a janeiro é de expansão de 0,3%. O comércio aparenta estar "sem fôlego neste começo de ano", diz Giulia Coelho, economista da 4E Consultoria. Entre novembro e dezembro, as vendas do varejo restrito caíram 2,2%. Para janeiro, cujo resultado será divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a 4E calcula estabilidade para o varejo restrito e queda de 0,6% para o ampliado. Segundo Giulia, uma série de indicadores antecedentes mostra a fraqueza do comércio no primeiro mês deste ano. As vendas da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), por exemplo, cresceram 3,1% na comparação com janeiro do ano passado. Em dezembro, entretanto, a alta havia sido maior (3,9%) no mesmo tipo de comparação. O crescimento das vendas da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) também ficou mais lento na comparação interanual, passando de 13,7% em dezembro para 12,8% em janeiro. Já a atividade do comércio medida pela Serasa teve queda de 5,4% entre janeiro do ano passado e 2019. Na avaliação da 4E, parte das dificuldades enfrentadas pelo comércio pode ser explicada pelo desempenho igualmente fraco da indústria -a produção industrial recuou 0,8% em janeiro, mostrou ontem o IBGE. Para Giulia, o desempenho das fábricas vem sendo influenciado pela crise argentina e pelas incertezas ligadas à reforma da Previdência. As estimativas da consultoria para o varejo restrito em 2019 é de crescimento de 3,5%, aceleração em relação aos 2,3% do ano passado. Já para o varejo ampliado a projeção é de 3,8%. O número representa um crescimento menor do que a alta de 5% registrada 2018, fortemente influenciada pela venda de veículos. "A base fraca de comparação [da indústria automobilística] que havia em 2017 não existe mais", diz. O Santander calcula queda de 0,4% do varejo restrito em janeiro. Para o ampliado, no entanto, a estimativa é positiva em 0,8%. O banco se diz otimista com as perspectivas para o consumo neste ano, o que deve levar "à aceleração do crescimento econômico". https://www.valor.com.br/brasil/6159785/varejo-tem-inicio-de-ano-com-alta-modestaprojetam-analistas Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Estevão Taiar Estado: SP Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: São Paulo País: Tipo Veículo: Site


Clipping Honda CG 125 fica fora do Top 10 pela primeira vez 8187932 - MSN - São Paulo - SP - 13/03/2019

A Honda CG 125 era fabricada no Brasil desde 1976 e iniciou a fabricação nacional de motocicletas da marca em nosso país. No entanto, no início de fevereiro de 2019, a moto foi retirada após 42 anos de serviços prestados por conta de uma decisão da Honda Motos. Leia mais: Os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) mostraram também a Honda CG 125 amargando a 11ª colocação, uma vez que a moto foi tirada de linha no início do mês de fevereiro pela Honda. A Honda diz que a intenção agora é focar apenas na linha 160 da moto. Motivos não faltam, pois, em 2018, a CG 125 acumulou 28.401 unidades vendidas, pouco mais de 10% das 258.244 unidades emplacadas pela CG 160. Veja as motos mais vendidas de fevereiro 1) Honda CG 160 - 24.084 unidades 2) Honda Biz - 12.623 unidades 3) Honda NXR 160 Bros - 8.926 unidades 4) Honda Pop 110i - 8.304 unidades 5) Honda CB 250F Twister - 2.812 unidades 6) Yamaha XTZ 150 Crosser - 2.237 unidades 7) Yamaha XTZ 250 Lander - 1.643 unidades 8) Yamaha Fazer 250 - 1.626 unidades 9) Honda PCX 150 - 1.568 unidades 10) Yamaha YBR 150 - 1.536 unidades 11) Honda CG 125 - 1.482 unidades Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no: Facebook () Instagram () YouTube () __________________________________________________________ Vídeo: (Via TV Cultura) Veja as notícias mais importantes do dia no seu celular com o app Microsoft Notícias. . https://www.msn.com/pt-br/carros/motos/honda-cg-125-fica-fora-do-top-10-pela-primeiravez/ar-BBUI9io?li=AAggNbk Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Texto e Foto: Thiago Moreno Estado: SP Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: São Paulo País: Tipo Veículo: Site


Clipping Os preços dos seguros dos carros mais vendidos do país 233 8187931 - JRS COMUNICAÇÃO - Rio Grande - RS - 14/03/2019

Levantamento da corretora de seguros online Minuto Seguros simulou preços médios das apólices para cinco capitais. Veja a diferença Os preços dos seguros dos carros mais vendidos do país podem partir de R$ 1.472, valor médio do seguro do Chevrolet Prisma em Belo Horizonte, e podem chegar a até R$ 4.622, preço médio do seguro do Jeep Renegade no Rio de Janeiro. Essas informações fazem parte de um levantamento realizado pela corretora de seguros online Minuto Seguros, que simulou os preços médios das apólices dos veículos líderes de venda para cinco capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Recife). Para fazer a simulação, foi considerado o perfil de cliente homem de 35 anos e casado. O valor da cobertura contra terceiros contratada seria de R$ 100 mil e as cotações foram feitas nas seguintes seguradoras: Azul, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine e SulAmérica. As informações sobre os carros mais vendidos são da Federação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Fenabrave), referentes ao mês de fevereiro de 2019. Confira abaixo os valores médios dos seguros dos carros mais vendidos do país. 1. Chevrolet Onix Região Preço médio São Paulo R$ 1.882,38 Rio de Janeiro R$ 2.112,31 Curitiba R$ 2.237,05 Belo Horizonte R$ 1.693,00 Recife R$ 1.845,71 Versão: Onix Hatch Joy 1.0 8V Flex Manual 4P (2019/2019) 2. Hyundai HB20 Região Preço médio São Paulo R$ 2.235,11 Rio de Janeiro R$ 3.894,93 Curitiba R$ 2.738,23 Belo Horizonte R$ 1.958,09 Recife R$ 2.134,00 Versão: HB20 Unique 1.0 12V Flex Manual 4P (2019/2019) 3. Ford Ka Região Preço médio São Paulo R$ 1.776,76 Rio de Janeiro R$ 2.244,90 Curitiba R$ 2.217,60 Belo Horizonte R$ 1.671,93 Recife R$ 1.806,37 Versão: Novo Ka S 1.0 Ticvt Flex 4P (2019/2019


4. Fiat Argo Região Preço médio São Paulo R$ 1.979,77 Rio de Janeiro R$ 2.366,59 Curitiba R$ 2.402,56 Belo Horizonte R$ 1.801,07 Recife R$ 1.935,10 Versão: Argo 1.0 6V Flex Manual 4P (2019/2019) 5. Chevrolet Prisma Região Preço médio São Paulo R$ 1.892,66 Rio de Janeiro R$ 2.672,07 Curitiba R$ 2.173,66 Belo Horizonte R$ 1.472,63 Recife R$ 1.984,32 Versão: Novo Prisma Sedan Joy 1.0 8V Ecoflex Manual 4P (2019/2019 6. Renault Kwid Região Preço médio São Paulo R$ 1.867,66 Rio de Janeiro R$ 2.102,90 Curitiba R$ 2.156,75 Belo Horizonte R$ 1.823,78 Recife R$ 1.957,35 Versão: Kwid Life 1.0 12V Flex Manual 4P (2019/2019) 7. Fiat Mobi Região Preço médio São Paulo R$ 1.867,46 Rio de Janeiro R$ 1.937,40 Curitiba R$ 2.155,71 Belo Horizonte R$ 1.593,37 Recife R$ 1.783,06 Versão: Mobi Easy 1.0 8V Flex Manual 4P (2019/2019) 8. Volkswagen Polo Região Preço médio São Paulo R$ 1.996,67 Rio de Janeiro R$ 3.938,25 Curitiba R$ 2.514,77 Belo Horizonte R$ 1.891,01


Recife R$ 1.973,61 Versão: Novo Polo 1.0 12V Flex Manual 4P (2019/2019) 9. Jeep Renegade Região Preço médio São Paulo R$ 2.583,08 Rio de Janeiro R$ 4.622,94 Curitiba R$ 2.905,16 Belo Horizonte R$ 2.106,51 Recife R$ 3.233,94 Versão: Renegade Custom 1.8 16V 4×2 Flex Manual 4P (2018/2018) 10. Volkswagen Gol Região Preço médio São Paulo R$ 2.508,03 Rio de Janeiro R$ 3.489,91 Curitiba R$ 2.905,90 Belo Horizonte R$ 1.961,56 Recife R$ 2.269,76 Versão: Novo Gol 1.0 12V Flex Manual 4P (2019/2019) https://jrs.digital/2019/03/14/os-precos-dos-seguros-dos-carros-mais-vendidos-do-pais/ Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Redação Estado: RS Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: Rio Grande País: Tipo Veículo: Site


Clipping Honda CG 125 fica fora do Top 10 8187930 - EVENTOS MOTOCICLÍSTICOS - 13/03/2019

Com fim da produção e venda apenas das unidades em estoque, pioneira da marca começa a sair do ranking A Honda CG 125 era fabricada no Brasil desde 1976 e iniciou a fabricação nacional de motocicletas da marca em nosso país. No entanto, no início de fevereiro de 2019, a moto foi retirada após 42 anos de serviços prestados por conta de uma decisão da Honda Motos. Os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) mostraram também a Honda CG 125 amargando a 11ª colocação, uma vez que a moto foi tirada de linha no início do mês de fevereiro pela Honda. A Honda diz que a intenção agora é focar apenas na linha 160 da moto. Motivos não faltam, pois, em 2018, a CG 125 acumulou 28.401 unidades vendidas, pouco mais de 10% das 258.244 unidades emplacadas pela CG 160. Veja as motos mais vendidas de fevereiro 1) Honda CG 160 – 24.084 unidades 2) Honda Biz – 12.623 unidades 3) Honda NXR 160 Bros – 8.926 unidades 4) Honda Pop 110i – 8.304 unidades 5) Honda CB 250F Twister – 2.812 unidades 6) Yamaha XTZ 150 Crosser – 2.237 unidades 7) Yamaha XTZ 250 Lander – 1.643 unidades 8) Yamaha Fazer 250 – 1.626 unidades 9) Honda PCX 150 – 1.568 unidades 10) Yamaha YBR 150 – 1.536 unidades 11) Honda CG 125 – 1.482 unidades O post Honda CG 125 fica fora do Top 10 apareceu primeiro em Eventos Motociclisticos. http://eventosmotociclisticos.com.br/noticias/honda-cg-125-fica-fora-do-top-10/ Ficha Técnica Empresa: FENABRAVE Autor: Tony Cavalcanti Estado: Disponibilização: 14/03/2019 Palavra Chave: FENABRAVE Arquivo Interno:

Categoria: Fenabrave Cidade: País: Tipo Veículo: Blog

Profile for MCE Comunicação

Clipping FENABRAVE 14.03.2019  

Clipping FENABRAVE 14.03.2019

Clipping FENABRAVE 14.03.2019  

Clipping FENABRAVE 14.03.2019

Profile for mcepress
Advertisement