Issuu on Google+

A HORA DO “SIM” SAIBA MAIS SOBRE OS CASAMENTOS REALIZADOS NA IGREJA ADVENTISTA

IMPACTO PORTO ALEGRE EM MAIO COM O PR. LUIZ GONÇALVES

MEGA MISSÃO QUANDO A MISSÃO É TÃO GRANDE, TODOS VÊM PARA AJUDAR! E VOCÊ ESTÁ JUNTO NESTE DESAFIO?


Palavra do Presidente

ÍNDICE

EMBAIXADORES “A grande responsabilidade de um embaixador é a de recomendar seu país entre as pessoas que o rodeiam”

Paulo escreveu: De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo... Paulo viveu no período em que o império Romano dominava o mundo, e a maneira como o império Embaixadores romano estava estruturado, ajuda na compreensão da mensagem paulina. As províncias romanas estavam divididas em duas formas. Uma parte estava sob o controle direto do 03 Editorial senado, a outra sob o controle direto do imperador. A distinção se fazia na seguinte base: Impacto Porto Alegre as províncias pacíficas, nas quais não havia tropas, dependiam do senado; as perigosas, 04 Mega Missão que eram sede de tropas, eram imperiais. Nelas o EMBAIXADOR, ou em grego presbeutes, “Quando a missão é tão grande todos era o representante direto do imperador, aquele que administrava a província a favor vêm para ajudar” dele. De modo que, em primeiro lugar, a palavra nos dá a ideia de um homem que cumpre uma missão direta do imperador. Paulo considerava-se como comissionado por 06 CAPA Jesus Cristo para a tarefa da Igreja. No pensamento de Paulo, o embaixador representa a Impacto Porto Alegre própria imagem do imperador. Com isto em mente, ele compara o cristão à figura deste profissional. O embaixador deve representar bem a sua pátria. Apesar de viver entre pes08 A hora do “sim” soas que normalmente falam um idioma diferente, que tem uma tradição diferente e um Saiba mais sobre os casamentos realizaestilo de vida diferente, não pode perder sua identidade. Embora sendo um estranho, um dos na Igreja Adventista embaixador fala por seu próprio país e quando o faz, sua voz é a de sua pátria. A honra de seu país está em suas mãos. Julga-se o seu país através dele. Não pode acostumar-se 10 Missão Calebe com os costumes do local onde vive, pois corre o risco de perder sua cidadania original. Ser Calebe é ser solidário, ser Calebe é Não há nenhum outro profissional que tenha mais responsabilidades que o embaixador¨. salvar vidas Como cristãos, somos EMBAIXADORES da pátria celeste. Representamos o céu, pois aqui estamos apenas de passagem. Nossas palavras devem ser diferentes, nossos cos11 Agenda de Atividades tumes também. Vejamos um exemplo: Um embaixador de Cristo não frequenta deterAgenda do segundo trimestre de 2013 minados lugares como cinemas e jogos de futebol. Sobre isso Ellen White escreveu: “O verdadeiro cristão não desejará entrar em nenhum lugar de diversão nem se entregar a 12 Giro pelos pampas Veja como foi o início de ano na ASR nenhum entretenimento sobre que não possa pedir a bênção divina”. Não será encontrado no teatro, e nos salões de jogos. Não se unirá aos alegres valsistas, nem contemporizará com nenhum outro enfeitiçante prazer que lhe venha banir a Cristo do espírito. (The Adventist Home, 516. MM – Fé pela qual eu vivo. 28/08/1959). Quando ele se refere a teatro, ela se refere a sessões de cinema que já eram comuns em sua época. Cinema e shows teatrais se identificaram de tal maneira que, mesmo anos depois do seu início, falar de um era falar do outro. Teatro é o nome comum para os cinemas até hoje em alguns lugares do mundo. (Enc. Britânica, “cinema”). Em alguns lugares o cinema ainda é chamado de teatro elétrico. Um outro aspecto é que como embaixadores de Cristo precisamos ser leais a MISSÃO que Ele nos confiou. Paulo ao fazer a analogia do cristão com a figura do embaixador tinha em mente algumas atividades do EMBAIXADOR romano (presbeutes). Quando o senado romano dizia que uma região devia converter-se em província enviavam a ela dez EMBAIXADORES que juntos com o general vitorioso resolviam os termos da paz com os derrotados, determinavam os limites da nova província e redigiam uma constituição para sua nova administração. Também apresentavam tudo o que tinham feito para que o senado pudesse aprovar ou não. Eram as pessoas responsáveis por atrair os homens à família do Império Romano. De modo que Paulo se considera como o escolhido que leva as pessoas a Deus, pelas quais eles podem converter-se em cidadãos do império de Deus e membros de sua família. (Comentário NT, Willian Barclay, 54,55). O Cristão deve atrair pessoas a sua ¨Pátria¨, bem como tem como missão abrir novas províncias designadas IGREJAS. Analisando dentro deste contexto, fica fácil entender por que Paulo abriu tantas igrejas no período em que desenvolveu o trabalho missionário no oriente. Ele tinha em mente que a responsabilidade de um embaixador é a de recomendar a seu país entre as pessoas que o rodeiam. A honra de Cristo e de sua Igreja está em suas mãos. Por meio de cada uma de suas palavras e ações, pode fazer com que os homens pensem mais ou menos da igreja da qual é membro e de seu Mestre. Querido irmão da ASR, quero convidá-lo a juntos vivermos como “EMBAIXADORES DE CRISTO”. Tarefa esta, que só será possível com a ajuda de nosso Deus. Ao invés de buscarmos nossa própria verdade, por que não fundamentar nossa vida no “Assim diz o Senhor”? Viver como Ele quer, cumprir a missão que nos designou é a tarefa de um embaixador ou embaixatriz de Cristo. Você aceita o desafio? Pense Nisso! E lembre-se que seguir a palavra de Deus é sempre a melhor escolha.

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

02 Palavra do Presidente

Pastor Marcos Oliveira Junior - Presidente da Associação Sul-rio-grandense da Igreja Adventista do Sétimo Dia

2 Revista PontoemComum • www.asr.org.br


Editorial

IMPACTO PORTO ALEGRE Desde o ano e 2008, quando foram distribuídas 21 milhões de revistas no território da Divisão Sul-Americana, marcando assim a primeira campanha continental de distribuição em massa de uma mesma literatura com a nossa mensagem, o termo impacto, tem sido bem explorado no meio adventista por expressar o que realmente acontece em eventos dessa magnitude. E aqui em nosso território, mais uma vez a palavra impacto será usada para o evento que acontecerá nos dias 28 de abril a 5 de maio em Porto Alegre, denominado: “Impacto Porto Alegre”. O Impacto começará no evento “Mega Missão”, no dia 28 de abril. Quando vamos ocupar uma das áreas da capital gaúcha, o Anfiteatro Pôr do sol, com o único propósito de mostrar de forma bem visível o que nós, adventistas, cremos, como vivemos e o que podemos oferecer as nossas comunidades para terem uma qualidade de vida melhor. Nós iremos convidar toda a comunidade para o evangelismo do pastor Luis Gonçalves, que será o grande evento do Impacto Porto Alegre. Você, membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia da ASR, sinta-se convocado a estar lá, tanto na Mega Missão, para somar forças e multiplicar oportunidades de salvação,

Produção Executiva

como no Impacto Porto Alegre, conduzindo interessados à ouvir a mensagem da

Marcos Oliveira Junior, Milton Andrade e Harlei Queiroga

Volta de Jesus. Voltando ao termo impacto, tenho observado que a ideia de se usar esse termo tem surgido mais pela envergadura do evento em si do que pelo que real-

Diretor de Comunicação

mente deveria acontecer de forma mais pessoal e prática na vida daqueles que

Elton Junior

deverão passar por lá e que ainda não são praticantes dos princípios do Evangelho de Cristo. Seguindo nesta linha, nós Adventistas do Sétimo Dia devemos estar

Jornalista Responsável

cientes de que o nosso estilo de vida deve realmente causar um impacto positivo

Bianca Lorini

nas pessoas com as quais conviemos e/ou nos relacionamos. A nossa postura de confiança e de equilíbrio emocional diante de situações adversas, deve sim, impactar os nossos semelhantes. A sinceridade com amor em nossas palavras deve impactar. O interesse em ouvir as pessoas, deveria impactar.

Arte/Diagramação Diego Soares

A maneira como conduzimos nossa família, deve impactar. O cumprimento de

Revisão

nossas palavras e compromissos profissionais deve impactar. O testemunho na

Roseli Aguero

sala de aula deve impactar. O relacionamento cristão no namoro deve impactar. O comportamento na quadra de esportes deve impactar. A maneira como nos

Equipe ASR

alimentamos e nos vestimos, deve impactar. Uma visão otimista e esperançosa da

Anderson Voos, Elton Junior, Ericson Danese, Evandro Vargas, João Lorini, Paulo Lopes, Rosinha Oliveira e Solange Lopes

vida, deve impactar. E aí? Vamos impactar Porto Alegre?

Edição Bimestral Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

Tiragem 7 mil exemplares

Distribuição Gratuita Pastor Milton Andrade Secretário da Associação Sul-rio-grandense da Igreja Adventista do Sétimo Dia

Copyright by ASR - Associação Sulrio-grandense da Igreja Adventista do Sétimo Dia

Revista PontoemComum •

www.asr.org.br

3


ASSOCIAÇÃO SUL-RIO-GRANDENSE SE REÚNE PARA A MEGA MISSÃO NO ANFITEATRO PÔR DO SOL

“Quando a Missão é tão grande todos vêm para ajudar.”

Em todo o território da Divisão Sul-Americana o foco missionário está direcionado para as grandes cidades. Porto Alegre entra no roteiro das capitais que passarão por um impacto evangelístico em 2013. Por isso, todos os membros da Associação Sul-rio-grandense estão convocados para participarem da Mega Missão, no domingo, dia 28 de abril, que chamará a atenção da população portoAssociação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

alegrense para grande o evangelismo realizado pelo pastor Luis Gonçalves no Impacto Porto Alegre que será nos dias 28 de abril a 5 de maio. O evento que será realizado no dia 28 de abril começa suas atividades a partir das 10:00 horas no Anfiteatro Pôr do Sol. Lá todos os departamentos da igreja atuarão com suas principais frentes missionárias. Por isso, é essencial, que você, membro da Igreja Adventista esteja presente para trabalhar juntamente com todos os outros amigos da Associação Sul-rio-grandense a fim de espalhar a mensagem da Grande Esperança. Será um dia cheio de ações comunitárias e evangelísticas que visa mostrar à

4

Revista PontoemComum • www.asr.org.br


Faça parte da Força Missionária da Associação Sulrio-grandense!”

população quem são os Adventistas do Sétimo Dia. Os desbravadores, aventureiros e a Educação Adventista estarão juntos em grandes feiras de eventos e especialidades. A força missionária feminina estará unida na campanha “Quebrando o Silêncio”. A Escola Cristã de Férias trabalhará em parceria com a Ação Solidária Adventista (ASA), em uma grande aventura social com o objetivo de arrecadar alimentos neste mega encontro. O projeto “Vida por vidas” marcará presença através do levantamento de cadastro de doadores de sangue e

tecerá da seguinte maneira, cada caravana que chegar ao local deve doar um quilo de alimento não perecível por pessoa para participarem do evento. E lá, os membros da igreja receberão convites para o Impacto Porto Alegre, folhetos, livros e DVDs do pastor Luiz Gonçalves, tudo isso para ser distribuído à população porto-alegrense durante as horas do evento. No dia será organizada a forma de distribuição. Além disso, o evento terá o foco evangelístico e é muito importante que as igrejas levem seus interessados para participarem da Mega Missão.

a mensagem impressa para todos os

Cada igreja deve providenciar a ali-

gaúchos que passarem pelo local do

mentação para passarem o dia no evento.

evento. E, além disso, será um dia de

Organize as caravanas de sua igreja para

muito louvor com o quarteto Cânticos

participar da Mega Missão, faça parte da

Vocal e os Corais da Associação Sul-rio-

Força Missionária da Associação Sul-rio-

grandense.

grandense!

A Associação Sul-rio-grandense for-

O Impacto Porto Alegre terá início no

necerá o material missionário a ser dis-

mesmo dia da Mega Missão, por isso, os

tribuído durante o dia. O evento acon-

que desejarem devem organizar as cara-

Alegre para esses dois grandes eventos. O Mega Missão acontecerá no dia 28 de abril a partir das 10 horas, no Anfiteatro Pôr do Sol e tem por objetivo convidar a população de Porto Alegre para participar do evangelismo com o pastor Luis Gonçalves a noite. “Todas as Igrejas Adventistas, e todos os departamentos estarão juntos no Anfiteatro Pôr do Sol para o maior programa do ano! Venha para a Mega Missão!”, convida o Líder do Ministério Jovem da Associação Sul-rio-grandense, pastor Ericson Danese.

Revista PontoemComum •

www.asr.org.br

5

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

medula óssea. Os colportores espalharão

vanas para passar o dia inteiro em Porto


Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

O sucesso deste evangelismo depende diretamente do trabalho dos membros da igreja.”

6

Revista PontoemComum • www.asr.org.br


ESTE SERÁ O MAIOR EVANGELSIMO NOS ÚLTIMOS ANOS. POR ISSO, EMPENHEMSE EM PARTICIPAR E CONTRIBUIR PARA QUE A MENSAGEM DO EVANGELHO CHEGUE A TODO MUNDO.

D

bíblicos da Associação Sul-rio-grandense também participarão deste trabalho de visitação. O sucesso deste evangelismo depende diretamente do trabalho dos membros da igreja. Este será o maior evangelismo nos últimos anos, por isso, empenhem-se em participar e contribuir para que a mensagem do evangelho chegue a todo mundo. Como posso participar do Impacto Porto Alegre? - Ore! Desde já ore pelas pessoas que ouvirão as mensagens e as que você pretende evangelizar. - Esteja Presente! Participe da Mega Missão e de todas as noites da programação em Porto Alegre. - Leve Interessados! Ex-adventistas, pessoas que já estudaram a Bíblia e ainda não tomaram a decisão ao batismo, alunos de estudos bíblicos, amigos da Escola Sabatina e Pequenos Grupos, pessoas cadastradas pelo ministério da recepção, alunos das classes bíblicas, interessados dos desbravadores, ASA e TV Novo Tempo, parentes. Os líderes do Trabalho Missionário e Evangelismo da Associação Sul-riograndense estão unidos para a realização deste trabalho, porém a sua colaboração será imprescindível no Impacto Porto Alegre. “Em grandes cidades existe muito pre-

conceito com a igreja e este momento em que a igreja sai para o contato direto com a população mostra o real intuito que possui que é o de salvar pessoas, quebrando paradigmas entre a sociedade. Esse evento mostra quem são os adventistas do sétimo dia como um só povo, com uma linguagem universal”. Pastor Adilson Gonçalves, Departamental de Evangelismo. “Você pode participar de eventos evangelísticos durante todo o ano, mas neste momento, que o foco da igreja mundial está em alcançar as grandes cidades, nós vamos mostrar o tamanho e a força da Igreja Adventista do Sétimo Dia para conduzir pessoas a um relacionamento firme com Jesus. Faça a diferença!”. – Pastor João Lorini, Departamental do Ministério Pessoal e Escola Sabatina da ASR. “Ellen White diz em Mensagens Escolhidas, volume 1 página 101 que: ‘É chegado o tempo em que podemos esperar que o Senhor faça grande coisas por nós. Nossos esforços não devem afrouxar nem enfraquecer. Devemos crescer na graça e no conhecimento do Senhor’ portanto faça o seu melhor e conte com os milagres de Deus ”. – Pastor Elton Junior, Departamental Associado do Ministério Pessoal e Escola Sabatina.

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

Dos dias 28 de abril a 5 maio acontecerá o maior evangelismo da história de Porto Alegre, o Impacto Porto Alegre com pastor Luiz Gonçalves. Serão quatro noites evangelísticas, no Ginásio Municipal Osmar Fortes Barcellos, mais conhecido como Ginásio Tesourinha, localizado na Avenida Érico Veríssimo - Menino Deus, Porto Alegre - RS, as programações se iniciarão às 19:30 horas. O evento será para toda região de Porto Alegre, Gravataí, Viamão, Alvorada e Guaíba. Os pastores distritais da Grande Porto Alegre irão organizar caravanas para o transporte das pessoas até o local do evento. O objetivo é impactar a cidade com a mensagem da Grande Esperança e também levar pessoas que já estudam a Bíblia tomarem a decisão de entregar a vida a Jesus através do batismo. Paralelamente ao impacto Porto Alegre acontecerá a Escola de Evangelismo para os pastores. Que receberão aulas de Evangelismo público, participarão pastores representantes de todas as sedes administrativas da Igreja Adventista que pertencem à União Sul Brasileira. No período da manhã estes pastores terão aulas de capacitação para o evangelismo público e no período da tarde, eles irão visitar e atender questionamentos bíblicos dos interessados. Todos os obreiros

Revista PontoemComum •

www.asr.org.br

7


A HORA DO “SIM”

Saiba mais sobre os casamentos realizados na Igreja Adventista

C

hega “o grande dia”, o

do homem devido ao mundo de pecado,

o divórcio pelas razões citadas acima,

sonho de toda a mulher,

várias questões têm sido levantadas den-

as pessoas devem fazer esforços para a

o dia tão esperado para

tro da igreja em relação a esse assunto.

reconciliação e a igreja deve ajudar neste

o casal de apaixonados, o

O Manual da Igreja Adventista – Edição

processo. Na eventualidade de não se

casamento. Instituído na

2010, PP 153 a 162, apresenta algumas

conseguir a reconciliação, o cônjuge que

orientações sobre o casamento:

permaneceu fiel ao que violou os votos

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

criação, “...portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua

O divórcio e o novo casamento – O

matrimoniais tem o direito bíblico de um

mulher, e serão ambos uma só carne”

divórcio é contrário aos planos de Deus.

novo casamento. Já, uma separação em

(Gênesis 2:23-24), o casamento passou

A Bíblia procura enaltecer o matrimônio

que não está envolvida a infidelidade ao

por grandes transformações, de lá pra cá,

e desencorajar o divórcio. Porém, quando

voto matrimonial não dá a nenhum dos

devido ao pecado.

os princípios do casamento são violados,

cônjuges o direito bíblico de se casar novamente.

O plano de Deus é que o casamento

as Escrituras reconhecem as trágicas

seja monogâmico e heterossexual, ou

consequências que podem destruir um

Casais Amasiados (que em relação

seja, um homem e uma mulher que se

casamento. A Bíblia reconhece o adulté-

estável sem registro) – Embora o casa-

mantiveram puros sexualmente e deci-

rio, a fornicação (Mt 5:32) e o abandono

mento tenha sido realizado primeira-

dem se casar vão até o altar de Deus e

por parte do cônjuge incrédulo (I Co

mente por Deus, sabe-se que as pessoas

pedem a bênção para esta união que é

7:10-15), como motivos para o divorcio.

vivem sob, governo civis; portanto, casa-

feita unicamente por um pastor orde-

Mesmo em meio a esta situação, existe a

mento implica em dois aspectos: o divino

nado. Assim, até que a morte os separem,

graça divina que é o único remédio para

e o civil. O aspecto divino e regido pelas

um viverá somente para o outro. Porém,

os males e Deus provê conforto para

leis de Deus e o civil pelas leis do País.

com o passar o tempo e a degradação

os feridos. Sendo que a Bíblia permite

No Brasil uma pessoa só é considera-

8

Revista PontoemComum • www.asr.org.br


“Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma só carne” (Gênesis 2:23-24).”

da casada mediante a uma certidão de

Viúvos – Podem ter novo casamento,

casamento. Por isso, quando um casal já

mantendo os princípios de pureza sexual

mora junto e possuiu uma união consid-

antes da bênção matrimonial

erada estável, para ser batizado na Igreja O apoio pastoral é vital nessa área de

conformidade com os princípios bíblicos

instrução, orientação ao novo casamento,

é preciso que submeta-se ao casamento

cura e restauração no caso de divórcio.

civil para regularizar a situação perante

Por isso, caso existam mais dúvidas ou

o País. Jesus disse, “Daí a César o que é

até mesmo seja necessário aconselha-

de César e a Deus o que é Deus” (Mt 22,

mento nesta área, procure seu pastor

21; Mc 12,17 e Lc 20, 25). A cerimônia de

distrital. E fique atento, nas próximas

casamento não será realizada na igreja,

edições do Ponto em Comum teremos

pelo fato do casal já ter coabitado.

mais conteúdo sobre este assunto.

Revista PontoemComum •

www.asr.org.br

9

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

Adventista do Sétimo Dia e estar em


MISSÃO CALEBE

Gostaríamos de agradecer os Calebes que vieram aqui para esta doação e a parceria da Igreja Adventista.”

SER CALEBE É SER SOLIDÁRIO, SER CALEBE É SALVAR VIDAS

D

ecidir dedicar uma parte das férias para trabalhar

que estava em campanha no Bairro Hípica, Porto Alegre, decidiu

voluntariamente em prol das pessoas, seja através

que doaria mais do que o próprio sangue, seria voluntária.

do serviço social ou evangelístico não é assim tão

Quando ela optou for fazer o curso técnico de enfermagem, sem

simples como parece. Porém jovens de todos os

dúvidas, pensou que com esse trabalho poderia ajudar muitas

cantos do Rio Grande do Sul fizeram esta escolha, só na região

pessoas. Este desejo não ficou restrito a escolha de sua profissão,

leste do Estado foram mais de 750 Calebes, divididos em 35

o voluntariado já fazia parte de sua própria índole. “Eu já havia

localidades. Dentre estes, a grande Porto Alegre, foi campo de 13

escolhido dedicar minhas férias para ser Calebe neste ano, agora

equipes da Missão Calebe. Os jovens iniciaram a primeira sema-

com essa tragédia que aconteceu em Santa Maria escolhi aju-

na animados, com cursos de como deixar de fumar, ações comu-

dar não só doando meu sangue, mas também como voluntária

nitárias, visitas nas casas,

na área de saúde”,

pesquisas bíblicas e cul-

destaca. Ela se vol-

tos nas igrejas e auditóri-

untariou no próprio

os dos Bairros. Porém, o

hemocentro

que nenhum deles espe-

realizou a doação

rava é que além de doar as

de sangue, pois a

férias iriam dar um pouco

população gaúcha

de si mesmos para seus

foi muito receptiva

semelhantes. Da primeira

ao pedido das auto-

semana para a reta final

ridades e os hemo-

do trabalho dos Calebes,

centros da capital

o incêndio na Boate Kiss

ficaram lotados.

de Santa Maria, RS, aba-

Devido

lou o País e comoveu os

grande demanda de

Calebes de todo o Estado.

doares, algumas das

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

Imediatamente os jovens

a

onde

esta

equipes esperaram

Calebes se uniram para ajudarem no que fosse necessário.

mais de cinco horas para finalizarem todas as doações. “O tempo

Em Santa Maria, as equipes deram todo o apoio à comunidade,

de espera não teve nenhuma importância, se comparado a sen-

principalmente através do conforto dos abraços e distribuição

sação maravilhosa de poder ajudar alguém com uma atitude tão

de mensagens de esperança. Em Porto Alegre, o primeiro pedido

simples”, ressalta Cláudia Loiola, uma das doadoras. No final das

das autoridades veio através da convocação de doadores de

contas este é o sentimento que invade o coração dos Calebes: a

sangue para as vítimas que foram transferidas para sete hospi-

sensação única de salvar vidas.

tais da capital e um de Canoas. Até o dia 28 de janeiro, 129 paci-

“Gostaríamos de agradecer aos Calebes que vieram aqui para

entes foram internados: 76 em estado grave e 53 em observação.

esta doação e também a parceria da Igreja Adventista”, declara

E, lá estavam os Calebes prontos para doarem vida a jovens que

Maria de Lourdes Peck, Assistente Social e Coordenadora da

como eles que estão no início de concretizar muitos planos para

Capitação de Doares de Sangue do Hemocentro Estadual do Rio

o futuro, como estudo, primeiro emprego, etc.

Grande do Sul.

Uma das jovens da equipe do Bairro Camaquã, Nastasha Plucani


Batismo dos Desb

01-02 - PASTORI

ravadores

05-07 – Especializ

ação de Líderes de Desbravadores (A SR) ionário do MIPES 07 – Início dos Do mingos Especiais 08 - Evangelismo Escola (EE) para pa stores 12-14 – Especializ ação de Líderes de Aventureiros – (A 13 – Encontro de SR) Secretários – Taqu ar a e Litoral 13 – Projeto “Na Presença de Deus ” – (Min. da Mulh Região/Pelotas er) – 20 – Impacto Espe rança – (dvd) 20 – Sábado de Re avivamento e Refo rma (Mordomia 27 – Dia do Desb local) ravador 28 – Projeto “Meg a Missão” - ASR 28 - 30 – Impacto Porto Alegre 06 – Sábado Miss

AGENDA DE ATIVIDADES

Batismo do obreiro

Lançamento das

01-05 – Impacto

01 a 05 – Evange

voluntário Classes Bíblicas pa

ra a Primavera

Porto Alegre(Conti

nuação)

lismo Escola (EE) para pastores• 11 do Amigo da Esco – Dia la Sabatina 11 – Projeto “ Na Presença de Deus ” – (Min. da Mulher 11- Lançamento ) – Viamão das Classes Bíblica s – Pr im av er a 11- 18 – Semana da Família 11 – 18 – Metropo litana e Impacto Gravataí 18 – Sábado de Reavivamento e Reforma (Ênfase Familiar - local) no Culto 19 – Trimestral MC A – IACS (manhã) – Osório (tarde) 25 – 31 – Impacto Viamão 25 – Dia dos Aven tureiros 26 – Trimestral MC A – POA (tarde)

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

is e MM Especia s o g in Dom MAR os dos SR) - CA Batism o C ã A m R ia S (A pacto V icação ntista 01 – Im Comun e d o er Adve s s lh e r u g M n a o d 01 – C sionário ado Mis b á S – R e 01 AL - AS eres PG MP GER élite Líd t a S 06 – PA ia nto V einame 07 – Tr igos Bento listas le (USB)C C E Evange e ro d s – POA Encont Esposa – e 9 s 0 o 7 0 Pelotas Anciã tro de posas – n s o E c e n E s ião 08 de) de Anc tas (tar contro n lo e E P – – 9 0 l MCA ) imestra M (USB 09 – Tr a da AFA io íl c Reform n o –C ento e m a iv 13 a 16 v e Rea bado d 15 – Sá al) mia loc R iva - AS ( Mordo o Diret ã s is m 20 – Co ncião ia do A OA 22 – D ntro” - P ã olEnco d CS “A ão crist 2 a 2 os) – IA educ ç a A d o Membr d a s b o er) – PO v á o S u 29 – da M lh IPES (N . M in o (M s ” s ngre Deus nça de 29 – Co a Prese N “ o t je 9 – Pro

Revista PontoemComum •

www.asr.org.br

11


GIRO PELOS PAMPAS

2012 foi um ano de muitas bênçãos para a Associação Sul-rio-grandense e

ASSOCIAÇÃO SUL-RIO-GRANDENSE BATIZA a maior delas foi a confirmação da entrega da vida de mais de 2.500 pes2.545 PESSOAS EM 2013 soas a Jesus através do batismo. Comparado a 2011 houve um crescimento de aproximadamente 11%, com 251 conversões a mais do que no ano anterior. A Bíblia é clara em dizer que “Há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende” (Lucas 15:10), por isso há também alegria entre os membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia pelas pessoas que tomaram a decisão de serem batizadas em 2012. E para 2013, a igreja mantém o foco missionário com um alvo ainda maior, para que mais pessoas conheçam a mensagem da volta de Jesus, o objetivo é alcançar 2.800 pessoas neste ano.

Em 2012 o trabalho das Duplas Missionárias foi destaque no distrito de Torres, mais especificamente na cidade de Capão da Canoa com o início do projeto “Duplas de Esperança”. E em 2013 o mesmo projeto será implantado em outras igrejas do distrito. No sábado, dia 19 de janeiro, foi o lançamento do projeto na Igreja Central de Torres para as igrejas: Vila São João, Guarita, Mampituba, Arroio do Sal e a sede, Torres. Neste encontro foram cadastradas 37 Duplas de Esperança para atuarem no trabalho missionário. O objetivo é envolver grande parte da igreja no trabalho missionário para que pessoas sejam alcançadas com a mensagem da Volta de Jesus. E, além disso, envolver os recém conversos neste trabalho de evangelização, conhecido como discipulado.

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

TORRES LANÇA DUPLAS DE ESPERANÇA PARA 2013

12

Revista PontoemComum • www.asr.org.br


Dos dias 21 a 23 de janeiro em Bento Gonçalves cada pastor da Associação Sul-rio-grandense (ASR), juntamente com sua esposa e filhos participaram ASR PROMOVE CONCÍLIO PARA FAMÍLIAS MINISTERIAIS do Concílio das Famílias Ministeriais “Juntos na Esperança”. O objetivo foi promover o envolvimento da família pastoral com o ministério e a missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia. O pastor responsável pela organização do concílio foi o ministerial da ASR, pastor Paulo Lopes. Durante os dias de concílio os pastores, esposas e filhos receberam palestras com dois convidados especiais, pastor Jean Zukowski, doutor em teologia pela Andrews University e Dilene Ebinger, terapeuta familiar, com palestras direcionadas ao público feminino. Os pastores também receberam suas metas para o trabalho pastoral no ano de 2013, bem como as agendas dos pastores departamentais durante o ano.

Em fevereiro, Aurélia Sampaio, Luiz Carlos Sampaio, André Sampaio e Aline Sampaio decidiram tornar pública a decisão de entregar a vida a Jesus na Igreja Adventista de Monte Bonito, em Pelotas, RS, após leitura do livro “A Grande Esperança”. O primeiro contato com a Igreja Adventista aconteceu ainda em 2012, ano da distribuição do livro missionário em todo território da Divisão Sul Americana. A mensagem impressionou toda a família Sampaio que realizou uma busca pela internet usando a palavra esperança para saber mais sobre o assunto. O site de busca os levou até o site do canal da esperança, a TV Novo Tempo. E assim, eles começaram a fazer estudos bíblicos online. O pastor, Adalmiro Andrade ao visitar a família Sampaio e conhecer a história de conversão o apelou: “o que falta para vocês serem batizados?”. E a resposta de Aurélia em nome de sua família veio também em forma de pergunta, “quando será o próximo batismo?”. E mesmo sem ter um batismo programado, as providencias foram tomadas para que no sábado seguinte a família fosse batizada. E alegres afirmaram que estavam esperando este convite há muito tempo.

FAMÍLIA MUDA DE VIDA APÓS LEITURA DO LIVRO A GRANDE ESPERANÇA

Os líderes locais das Igrejas Adventistas do território da Associação Sulrio-grandense (ASR) se reuniram para a capacitação de 2013 nos meses de janeiro e fevereiro. Todos os anos a Igrejas participam desses grandes encontros cujo objetivo é passar as principais atribuições para o trabalho voluntário nas igrejas e ainda motivar os membros a participarem dos projetos missionários da Igreja Adventista. As capacitações da ASR acontecem por regiões para atender o maior número de líderes cada uma das reuniões. Em uma plenária, os principais projetos da Igreja Adventista do Sétimo Dia em toda a Divisão Sul Americana e na Associação Sul-rio-grandense foram lançados. Os membros foram desafiados a participarem dos grandes desafios evangelísticos do ano. Tais como a Semana Santa em Pequenos Grupos (Embaixadas do Céu), Mega Missão, entre outros projetos específicos de cada área. Todos os departamentais puderam apresentar suas metas para 2013.

LIDERES DA ASR SÃO CAPACITADOS PARA 2013

MINISTÉRIO DOS SURDOS ADVENTISTAS OFERECE CURSOS ÀS IGREJAS

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

Ministério dos Surdos Adventistas (MAS) começou suas atividades em 2011. No Estado do Rio Grande do Sul este ministério já está em algumas igrejas e o objetivo é que mais igrejas sejam adeptas do MAS no Estado. Por isso, Rejane Plinsk e Leila Wivien Araújo intérpretes de Taquara, da Igreja do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (Iacs), promovem o curso da Língua Brasileira de Sinais (Libras) nas Igrejas Adventistas da região. O curso para as igrejas é especificamente para o evangelismo, para conhecimento da palavra de Deus para pessoas surdas. Aqueles que desejarem ter o curso em sua igreja devem entrar em contato com Leila Wivien Araújo através do telefone (51) 81738016 ou Rejane Plinski (51) 91096197. O curso dura em média três meses e deve acontecer aos finais de semana na igreja que solicitar as aulas.

Revista PontoemComum •

www.asr.org.br

13


14

Revista PontoemComum • www.asr.org.br

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013


Se você conhece alguém da lista abaixo informe para: 1. Secretário (a) da sua igreja ou grupo. 2. Associação Sul-rio-grandense, departamento de cadastro de igrejas. Telefone: (51) 35457037 ou pelo e-mail: juceli.bergamo@adventistas.org.br . ARCO-IRIS (G) NILO SOARES DA ROSA PERY GABRIEL DIAS DA ROSA TAINARA STEFANI MENDES DOMESQUI TEREZINHA SMODIS AREAL (I) EDUARDO FIALHO DE OLIVEIRA EDUARDO REZENDE MENDES BAIRRO LAJEADO (G)

GUAÍBA (I) ALOISIO BASILEWISCZ JOAO FELIPE DAS NEVES LENIR MARIA VAREREA MARIA OLIVEIRA ROSANE SILVA DO VAL TRZUSKOVSKI SÉRGIO SANTOS DA COSTA INDIO JARI (I)

ALMIR ROGERIO DA SILVA HENKEL ALVORINA CAMBRAIA CARLIANA LARGHER DOS SANTOS GILDO FURQUIM JESSICA CAROLINE DE OLIVEIRA CAMARGO KAROLINE BARRETO MASSOCO KEVIN BARRETO MASSOCO LEONARDO RODRIGUES LOPES LUIS HENRIQUE VASCONCELLOS LIMA SARMENTO MARCELINO CASE DA ROCHA NELCY MATTOS FURQUIM PAULO JOSE TRINDADE DA SILVA SILVANA DE SOUZA CHAVES SUELEN GOULART FLORES SUELI DENISE OSORIO MOTA

ALTEMIR MACHADO CACILDA DA COSTA DÉBORA SOUZA DE ANDRADE DENISE REGINA D`ÁVILA DERONILDA VIEIRA MACHADO GABRIELA GONCALVES CASTILHOS HELOISA HELENA HENRIQUE DA ROSA JACI JACQUES DE MACEDO JOSÉ DIMER DA ROCHA JOSE DO NASCIMENTO LEANDRO JACQUES DE MACEDO MARINA ZONE GRANDINI MATHEUS DE SOUZA GOMES NEUZA TERESINHA BATISTA SANTOS ROSANE DE SOUZA DIAS SHEILA DA SILVA BENTO SILVANA DA SILVA BENTO RODRIGUES WAGNER MACIEL

BAIRRO SÃO LUCAS (G)

LOTEAMENTO PANORÂMICO(I)

ANDERSON MARTINS RODRIGUES BRUNO FERREIRA ALMEIDA CLEUSA ISABEL RODRIGUES DO AMARAL DORALINA SILVA DOS SANTOS FLAVIA AMANDA DIAS DE MOURA KEROLYN FARIAS MARQUES LUIS HENRIQUE PACHECO MATHEUS NASCIMENTO DOS SANTOS MIGUEL FERREIRA DE OLIVEIRA NATANAEL DA CUNHA NATIELLLE QUERUBIM HERBER SELI SOLANGE FARIAS SHEILA FERREIRA DE OLIVEIRA SILVANA DE MELO FERREIRA THAMIRES QUERUBIM HERBER VERA LUCIA DA SILVA CARVALHO VILSON DA SILVA VINICIUS PERES FLORES

DARCI JOSE COELHO

CAMPO DOS QUEVEDOS (I)

OSÓRIO (I)

BERNARDO REINALDO WESPHAL CAMILA FABIANE MEIZER RODRIGUES ENEIDA LOPES BORBA

CLAUDETE LEMOS VIANA DORALICE TEIXEIRA MATOS HALLAN FELTENS MARIA CECILIA TISSOT NUNES WILLIAM RODRIGO VIANA DA SILVEIRA

CANGUÇU (I) ANELIO DUARTE DE ALMEIDA DALILA FURTADO FONSECA IZOLDA DUTRA BANDEIRA LUCIMERI DA ROSA BORGES LUIS ANTONIO LISBOA DA FONSECA LUIS DUTRA BANDEIRA MARCIA OTTO OLIVEIRA MARIA DE LOURDES SÓRIA ÁLVARO PATRICK GOMES MESQUITA SANTA CATARINA DE CASTRO WILLIAM FERRAO FAGUNDES CAPÃO DA CANOA (I) ANDREIA LUIZA DA FONTOURA GALEGO CASSIO EDUARDO DA FONTOURA GALEGO JONAS GIL DIAS PINTO THIAGO HENRIQUE DA FONTOURA GALEGO CAPÃO DO LEÃO (G) FRANCISCO JOSÉ FONSECA DA SILVA JOSE LUIZ MACEDO FILHO CERRO GRANDE DO SUL (G)

ANA CRISTINA SOUZA BARBOSA MONTE BELO (I) JULIA PEREIRA LUDTKE NOVA PETRÓPOLIS (G) CELESTE RUDTKE BAIERLE EDJANE DA SILVA QUADROS KEILA DA SILVA MARTINS DE QUADROS RAFAEL FONTES PORTAL REJANE DA SILVA MARTINS DE QUADROS SANDRA REGINA FONSECA PORTAL

PIRATINI (G) ELOI CUNHA DA SILVA ONDINA DOS ANJOS RODRIGUES ROSELAINE DE FATIMA DA ROCHA RIO GRANDE (I) BRENNER LEITZKE PEREIRA CINTIA KARINA DA SILVA VILA NOVA CRISLAINE ROSCA DA COSTA FILIPE BIRTH GALVAO FREIRE IEDA MARIA DA COSTA TAVARES IRACEMA DE ALMEIDA JUCEMARA FRANCA DOS REIS LARISSA LIMA BORGES MARCELO SILVEIRA DA SILVEIRA MARCOS ANOREI AVILA PINTO MARIA DO CARMO BALTAZAR VIEIRA MARISA RAMOS ROSCA DA COSTA NARA SUZANA DA SILVA PEDRO VASCONCELOS RONALDO DE FREITAS TAINA ROSCA DE FARIAS VIAMÓPOLIS (I) RENATA FERNANDES DE AGUIAR VILA NOVA (I)

Associação Sul-rio-grandense . Nº 9 :: Ano 4 . mar/2013

CHARLES ESPINDOLA DOS SANTOS DELMA SILVEIRA DA COSTA JACOBSEN ELIANE BRAZ BORGES GERSON BRAZ BORGES GERSON JAIR DA ROSA BORGES GILMAR DOMINGUES SALES GILSON DA SILVA MACHADO GUILHERME KONFLANZ DA COSTA JEFERSON BRAZ BORGES JOSITA LOPES DA SILVA MARCELINO CASE DA ROCHA MARCELO MIGUEL BIELASKI MARIA HELENA DA SILVA SALES MARIA RODRIGUES DA SILVA NOELCI DA SILVA MEDEIROS OLAVO DIAS MACHADO PATRICK MEDEIROS PEREIRA RODRIGO SILVA FORTES VAGNER SILVA FORTES

LOTEAMENTO TEJADA (G)

MARIA EVA SEVERO DA ROSA NATIELLE CABREIRA DOS SANTOS XANGRI-LÁ (I) ADILIO DE SOUZA VIEIRA CAMILA MACHADO GUEDES CARINA DOS SANTOS RIBEIRO PRESTES HELEODORO DE SOUZA VIEIRA JAQUELINE CAMARGO ALCARAZ LÚCIA LAURINDO VIEIRA LUIS AILTON DE MATOS PRESTES VICTOR LOURENÇO DE AVILA COSTA

COXILHA DOS CAVALEIROS (G) ELOAH CARDOSO RODRIGUES MARINA BILHALVA SILVEIRA

Revista PontoemComum • www.asr.org.br

15



Revista Ponto em Comum - Março 2013