{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1


Jornal PontoemComum

Esperança que atravessa gerações

PALAVRA DO PRESIDENTE

“O envolvimento da maioria da igreja é o segredo para uma igreja pronta para a festa”. xatamente nesta época do ano passado lançaE mos a ideia da visão “Cada um salvando um” aqui na Associação Sul-rio-grandense (ASR). Em uma reunião com os pastores apresentamos a proposta, depois de mais de um ano de estudo dos livros Serviço Cristão e Conselhos Sobre a Escola Sabatina da autora Ellen White. A conclusão de que a maioria da igreja precisa envolver-se em um ministério segundo os dons ficou latente. A empolgação era clara. Os pastores levaram a ideia para os líderes e juntos nas capacitações do início deste ano, lançamos a visão. O sonho já era uma realidade. Ver a igreja realizar o trabalho de conduzir pessoas para o reavivamento e reforma já não era mais um sonho. A expectativa ao longo do ano aumentou, ao passo que a visão ia se espalhando em meio à liderança da igreja local. Por outro lado o medo de não alcançarmos os perdidos rondava nossa mente. Não podemos perder o foco, era um pensamento que constantemente vinha a minha mente. Nossas ações precisam ser intencionais, nosso objetivo não mudou. Fomos chamados para SALVAR pessoas. Por vezes incansáveis tenho lido ao logo deste ano esta citação: “O grande derramamento do Espírito de Deus, o qual ilumina a Terra toda com Sua glória, não ocorrerá sem que tenhamos um povo esclarecido, que conheça por experiência o que representa ser cooperador de Deus. Quando tivermos uma consagração completa, de todo o coração, ao serviço de Cristo, Deus reconhecerá esse fato mediante um derramamento, sem medida, de Seu Espírito; mas isso não acontecerá enquanto a maior parte dos membros da igreja não forem cooperadores de Deus” (Serviço Cristão, 253). O desafio é evidente, MOBILIZAR. Quando questionado sobre o porquê da demora da volta de Jesus, muitas vezes a resposta é a mesma que muitos têm repetido: - Em razão de que o evangelho ainda não foi pregado a todo o mundo. É conhecida a afirmação de Cristo registrada em Mateus 24:14 de

Jornal Ponto em Comum Associação Sul-rio-grandense Av Caí, Nº 82 - Bairro Cristal CEP 90810-120 - Porto Alegre - RS Fone: (51) 3245-7000 Web Site: asr.adventistas.org

2

que quando o evangelho for pregado a todo mundo o fim virá. O problema é que, segundo a Escatologia (estudo dos últimos acontecimentos) bíblica, outro evento servirá como “mola propulsora” para que a mensagem da verdade se espalhe pelo globo terrestre, este evento é a CHUVA SERÔDIA. Esta é uma expressão técnica que denota um poder sobrenatural que será dado por Deus àqueles filhos fiéis que estarão dispostos a ser instrumentos de salvação. E de acordo com o texto inspirado acima, as condições para que recebamos este poder são: 1. Povo esclarecido: Isto acontece pelo contato com a Bíblia. 2. Experiência cristã: Uma vida onde atitudes são coerentes com os ensinos de Cristo. 3. Consagração completa: Total dependência de Deus. 4. Maior parte dos membros das igrejas como cooperadores de Deus: Quando a maioria dos membros desenvolver seus dons para salvar pessoas e não apenas para realizar belas programações. Igreja Adventista do Sétimo Dia já está passando por um momento de reforma. Alguns já estão acordando para a realidade que este mundo é passageiro e estão convergindo para uma vida de consagração e dependência plena de Deus. Já podemos ver pessoas nas igrejas da ASR se levantando para cooperar com Deus, abandonando a crítica, perdoando mais, amando o próximo com ações, agindo mais e falando menos. Teremos bem claro o quadro da parábola das 10 virgens, relatada em Mateus 25:1-13, sendo desenhado em nossas igrejas. Se cada um salvar um, preocupar-se mais com a salvação de outras pessoas, receberemos em breve este poder para pregar. E você de que lado está? Está ativo na salvação de pessoas? Pense Nisto! E lembre-se seguir a palavra de Deus é sempre a melhor escolha.

A

Produção Executiva: Marcos Oliveira Júnior, Milton Andrade e Harlei Queiroga

Revisão: Carlos Henrique Nunes

Diretor de Comunicação: Vinícius Cardoso

Distribuição Gratuita Equipe ASR: Adilson Silva Gonçalves, Elvia Andrade, Copyright by ASR Douglas Pino, João Lorini, Leonardo Preuss Associação Sul-rio-gradense Garcia, Luizélia Pinzon Alva, Marlon Alves, da Igreja Adventista do Sétimo Dia Rosinha Oliveira, Rodrigo Machado e Vinícius Cardoso.

Jornalista Responsável: Bianca Lorini

Arte/Diagramação: Diego Soares

Edição Trimestral Tiragem: 6 mil exemplares


Jornal PontoemComum

EDITORIAL

ÍNDICE Dias atrás exercitando-me com alguns colegas de ministério, um deles machucou a mão e teve que engessá-la, aliás, não só a mão como também o braço. Demonstrando um bom estado de espírito o mesmo disse “eu já posso dizer que fui um dos que literalmente caiu antes da quadrienal”. Brincadeira à parte, ainda pode-se ouvir por aí essa frase entre alguns irmãos e pastores quando por diferentes motivos e circunstâncias um administrador ou um departamental não é escolhido em uma assembleia para continuar como tal. Em primeiro lugar precisamos entender, como dizia um saudoso professor de teologia, que, “a glória de um pastor é ser pastor”. Num contexto político talvez até poderíamos usar tais termos, entretanto, no contexto administrativo da igreja precisamos entender que as coisas são diferentes. No princípio da nossa história como igreja, não existia esse tipo de visão. Os líderes de responsabilidades mais abrangentes eram escolhidos num contexto de oração, de súplicas a Deus, de humildade diante da responsabilidade a ser assumida (Atos 6:1-7). Por 21 anos fui pastor distrital e nos últimos 6 anos estou atuando na área administrativa e com essas duas experiências posso afirmar que tanto na área pastoral distrital como na área pastoral administrativa as tarefas são árduas em termos de dedicação, sacrifícios, viagens, desafios e resolução de problemas. Também afirmo que em ambas as áreas, as alegrias, compensações, vitórias e recompensas estão sim, muito presentes. Talvez o “cair” e o “subir” num contexto de quadrienal seja mais uma questão de falta de uma visão correta sobre liderança cristã da parte de alguns do que uma realidade, se não vejamos; a liderança cristã, entre outras, é marcada por três qualidades distintas, isto é: Primeiro, o líder cristão é chamado por Deus. É chamado para o serviço. É alguém que serve liderando. Os ministros de Deus não se devem considerar “autoconvocados”. Como ocorreu com o Apóstolo Paulo, a iniciativa não é do indivíduo, mas do Senhor. Paulo não optou pelo ministério evangélico, mas Deus o escolheu para essa tarefa. A escolha de Paulo era atender ou não ao chamado divino. Um chamado para o ministério evangélico é uma convocação para tornar-se embaixador de Cristo e Ele, Cristo, exige comprometimento pleno do indivíduo com sua alta vocação. Quer no distrito, quer na área administrativa. Segundo, o líder cristão é uma pessoa com um caráter semelhante ao de Cristo. Porque a função principal do líder é capacitar as pessoas a conhecer, amar e servir a Deus com todo o coração, mente e forças. Viver como Cristo viveu significa servir como Ele serviu. Jesus viveu para abençoar os outros. Ele viveu para amar. Pastores devem seguir na mesma linha. Terceiro, o líder cristão possui aptidões funcionais que permitem a ele desemp enhar tarefas e guiar pessoas no sentido de cumprir os objetivos dos servos de Deus. Inspirar pessoas, dirigir sua energia e recursos, lançar a visão, formar equipes, delegar autoridade, tomar decisões, desenvolver estratégias, aceitar responsabilidades pelos resultados, etc. Liderar na igreja ou para a igreja é mais uma questão de preparar um povo para uma santidade superior e para a verdade espiritual do que para uma lucratividade mais alta ou maior eficiência. Assim sendo, que nós pastores, sejamos esses líderes, quer a frente de um distrito quer a frente de um departamento ou uma área administrativa. O que muda é a abrangência da tarefa, o que não muda é a tarefa ... salvar pessoas do pecado e conduzi-las ao Reino Celestial.

2 Palavra do Presidente “Um ano da visão Cada Um Salvando Um”

3 Editorial “Quadrienal... O fulano caiu, o ciclano subiu...”

4 Expandir o reino nas cidades “Para atingir a sua geração, jovens se reúnem para aprender sobre a essência do cristianismo”

6 Capa: 43ª Quadrienal

9 Artigo: Natal. Uma data para honrar a Deus.

10 Giro pelos Pampas 12 Entrevista 3


Jornal PontoemComum

Esperança que atravessa gerações

REPORTAGEM

F

requentar a igreja e distribuir livros e DVDs. Essas são boas formas de viver o cristianismo, mas existem outras. Para estudar esse assunto, os jovens da igreja adventista Central de Porto Alegre se reuniram em junho e setembro de 2014, nas duas edições do tradicional “Findi Jovem”. Eles foram levados a refletir sobre como viver o reino de Deus e expandi-lo no contexto urbano em que vivem. Depois de assistirem a entrevistas com a população nas ruas, eles também descobriram o que a sociedade pensa sobre Jesus, os cristãos e a igreja. E a reputação destes dois últimos não anda muito boa. Nos dois eventos, o programa de sexta à noite e sábado de manhã aconteceu na igreja, mas no sábado a noite todos se encontraram em um ambiente que favorecia as dinâmicas, o Nós Coworking, um escritório compartilhado em um shopping da capital. A publicitária Rhaíssa Mattiello conta que a organização apostou em novo local e formato de discurso para atrair os jovens. “O formato que foca a atenção apenas no palestrante é eficiente para alguns públicos, mas muitas vezes não funciona para a nova geração, que já nasceu sendo estimulada por diversos meios de informação 4

ao mesmo tempo”, explica. O I Findi Jovem foi comandado pelo capelão do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (Iacs), pastor Isaac Malheiros. Para ajudar a contar o que é viver o reino de Deus na prática, ele trouxe dois rapazes que foram missionários voluntários no Uruguai e com índios na Amazônia. “A expressão ‘viver o reino’ ganhou significado especial. Não precisamos de grandes eventos para falar de Deus, podemos refletir o amor e caráter de Cristo com pequenos gestos. E mais, podemos fazer isso em todos os lugares”, lembra a líder dos jovens, Rafaela Almeida. O objetivo era despertar nos participantes o sentimento de inquietude, sair da zona de conforto e sede de compreender o mundo em que vivem. O estudante de Fisioterapia, Wagner Severo, já começou a colocar em prática o que aprendeu com os exemplos que ouviu no programa. “Meu conceito de missão mudou muito. Comecei a organizar ações missionárias com o coral, direcionando as atividades conforme a necessidade de cada público que trabalhamos”, afirma.


Jornal PontoemComum

Para Paulo Hasse, analista de sistemas, ficou mais claro que o melhor método para aproximar as pessoas é relacionamento e estudo da Bíblia. “A nova geração não precisa de sofismas, discursos vagos. Ela anseia por exemplos, modelos a seguir, e a mídia estimula a isso”, completa. Contrastes

N

o programa realizado em setembro os participantes depararam com uma dura realidade: as pessoas sem vínculo religioso entrevistadas nas ruas apreciam Jesus Cristo, porém depreciam os cristãos e a igreja. O pastor pós-graduado em missiologia urbana, Bruno Pereira, reforçou aos jovens que o real significado de ser cristão é ser um discípulo de Cristo, e não apenas ir à igreja ou cumprir uma série de rituais. “Com relação à igreja, descobrimos que ela é o instrumento apontado por Deus para a salvação de pessoas. Sendo assim, ela é um meio e não um fim”, explica o pastor. Ele lembrou que a igreja foi chamada para abalar o mundo, assim como os discípulos da igreja primitiva. Porém eles abalaram o mundo fora das quatro paredes. “Não desmerecemos a importância de nos reunirmos em uma congregação, contudo entendemos que nosso maior dever é fora dela." Para o analista de sistemas, Lucas Timm, ficou claro que expandir o reino é uma necessidade real e urgente. “Sempre que se fala em evangelismo, nossa tendência é focar em pessoas e locais mais humildes. Por muito tempo esquecemos que existem pessoas mais perto de nós, que também não conhecem a Jesus”. Lucas acredita que é preciso deixar o formalismo em segundo plano e partir para o contato pessoal, sem julgamentos, principalmente com os mais jovens. Por Cristiane Lüscher

5


Jornal PontoemComum

Esperança que atravessa gerações

CAPA

Neste ano, em que a Associação Sul-rio-grandense (ASR), sede administrativa da Igreja Adventista no leste do Rio Grande do Sul, completou 110 anos aconteceu também a 43ª Assembleia Quadrienal. Evento, que como o próprio nome já diz, acontece a cada quatro anos, cujo objetivo é definir a liderança na Igreja Adventista para essa região para o próximo quadriênio. Participaram deste encontro, que aconteceu no dia 17 de novembro, membros representantes de todas as igrejas adventistas que fazem parte ASR, escolhidos pela comissão de sua igreja local. Eles foram os delegados durante a quadrienal, assim como todos os pastores da região e os administradores da Igreja Adventista no Sul do Brasil, que são o presidente, secretário e tesoureiro da União Sul-Brasileira (USB), bem como os diretores de departamento da USB. Um diferencial nessa eleição é que o Ministério Jovem está dividido entre dois departamentos: Jovens e Desbravadores/Aventureiros. Veja a lista dos administradores e diretores de departamentos eleitos:

Presidente: Formado em Teologia educacional e pastoral pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho, em 1995, e Mestre em Teologia pela mesma instituição. Atuou na Missão Ocidental Sul-rio-grandense dos anos de 1995 a 2003, quatro desses anos como pastor distrital e nos outros anos atuou como diretor dos departamentos do Ministério Jovem, Desbravadores, Aventureiros, Música, Ministério da Família, Mordomia, Saúde e também foi secretário e ministerial nesta mesma região. Em 2003 e 2004 trabalhou no Instituto Adventistas Paranaense como professor nos cursos de Administração e Fonoaudiologia e também dirigiu o departamento de Marketing desta mesma instituição. Em 2005 trabalhou na Associação Sulrio-grandense (ASR) em distritos da grande Porto Alegre. Também foi distrital na Associação Central Sul-rio-grandense. Atuou por dois anos nas áreas de Mordomia, Saúde e Lar e Família na Associação Catarinense. Em 2010 assumiu como secretário da Associação Sul-rio-grandense e desde 2012 é presidente da ASR.

Secretário: Formado em teologia em 1986, pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho e, em 2005, se tornou mestre em Prática Pastoral pela mesma instituição. Também é mestre em Liderança formado pela Andrews e Unasp em 2014. De 1987 até 2008 atuou como pastor distrital na Missão Mato-grossense, na Missão Ocidental Sul-rio-grandense, na Associação Sul-rio-grandense e na Associação Central Sul-rio-grandense. De 2009 a 2014, como diretor de departamentos e administração. Foi departamental de Lar e Família, ASA, Secretário Ministerial e Secretário de Campo na Associação Norte Paranaense. Atualmente ocupa as funções de Secretário do Campo e Secretário Ministerial da Associação Sul-rio-grandense.

Diretor Financeiro: Formado em Administração de Empresas em 2009, com MBA em Finanças pela FAP. Iniciou suas atividades na organização no ano de 1995 em Santa Catarina. Atuou em várias atividades dentro das nossas instituições em diversas funções nesse período. Trabalhou na Associação Catarinense, Associação Norte Paranaense, Associação Central Sul-rio-grandense. Em novembro de 2011 foi nomeado como tesoureiro da Associação Sul-rio-grandense, sua função atual. 6


Jornal PontoemComum

Evangelista e Missão Global: Formado em teologia pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, em 1994, e mestre em Crescimento de Igreja, em 2013, pelo mesmo campus. Atuou como distrital de 1995 a 2001, e 2002 a 2004 nos departamentos de Ministério Pessoal, Escola Sabatina, Jovens e Evangelismo na Missão Ocidental Sul rio-grandense. Na Associação Norte Paranaense, trabalhou como departamental do ministério Jovem de 2005 a 2007. De 2008 a 2010, esteve à frente do distrito Sete de Setembro na cidade de Taquara, Associação Sul Rio-grandense(ASR). Na Associação Central Paranaense, em 2011, atuou no departamento de Ministério pessoal e Escola Sabatina. Desde 2012 é o Evangelista da ASR, cargo em que foi reeleito hoje.

Desbravadores e Aventureiros: É natural de São Paulo. Se formou em Teologia no Unasp, campus Engenheiro Coelho. Já atuou como distrital em Charqueadas, Tapes e por último em Gravataí, no distrito de Monte Belo. É casado com Daniele Pino, que é enfermeira.

Ministério da Criança e do Adolescente: Enfermeira, graduada em bacharel e licenciatura pelo Unasp, campus São Paulo. Trabalhou no Hospital Adventista Silvestre. Ao lado de seu esposo, esteve por 21 anos em distritos pastorais nos estados do Mato Grosso e Rio Grande do Sul como casal pastoral. De 2009 a 2011 liderou os Ministérios da Mulher e Ministério da Criança e do Adolescente na sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia no norte do Paraná. Desde 2012 lidera o Ministério da Criança e do Adolescente na sede administrativa da Igreja Adventista no leste do Rio Grande do Sul.

Ministério Pessoal, Escola Sabatina e Ação Solidária Adventista: Formado em Teologia pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho, em 2005, aluno do Mestrado em Teologia na mesma instituição, já atuou como auxiliar de evangelismo em Santa Catarina, auxiliar da IASD Central de Florianópolis e distrital de Fraiburgo, SC. Desde 2012 lidera as áreas do Ministério Pessoal, Escola Sabatina e ASA na Igreja Adventista no leste do Rio Grande do Sul.

Mordomia, Saúde, e Lar e Família: Formado em Teologia pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho, aluno do Mestrado em Teologia na mesma instituição, já atuou como auxiliar da Igreja Adventista Central de Porto Alegre e pastor distrital de Monte Belo, na cidade de Gravataí, RS. Desde 2013 lidera as áreas do Mordomia, Ministério da Família e Saúde na Igreja Adventista no leste do Rio Grande do Sul. 7


Jornal PontoemComum

CAPA

Educação e Liberdade Religiosa: Nascida em Viamão, RS, estudou magistério no Instituto Adventista Cruzeiro do Sul, o Iacs, é formada em pedagogia, pósgraduada em administração escolar e aconselhamento familiar. Já atuou como professora de educação infantil, coordenadora pedagógica, orientadora educacional, diretora de colégio, diretora acadêmica e coordenadora pedagógica do departamento de educação. Ao todo atua há 30 anos na Educação Adventista. Já trabalhou nas Associações Catarinense, Sul Paranaense e Sul-rio-grandense, onde atualmente é diretora do Departamento de Educação. Publicações/Literatura Denominacional e Espírito de Profecia: Com 14 anos, no Mato Grosso do Sul, começou a vida dele na colportagem, o que o possibilitou a estudar o Ensino Médio no Instituto Adventista Paranaense. Aos 16 anos começou a liderar equipes de Colportagem nos Estados do Paraná e Santa Catarina. Foram mais de mil jovens que passaram por sua liderança e conseguiram realizar o sonho de também se formarem numa faculdade. Em 2011, se formou em teologia no UNASP e começou o seu ministério como Departamental Associado de Publicações da Associação Catarinense. Em 2014 foi nomeado como o Departamental de Publicações da Associação Sul-rio-grandense.

Ministério Jovem/Ministério da Música: Formado em teologia pelo Unasp em 2007. Concluiu o curso técnico em comunicação em Rádio e TV em 2003. Já atuou nos distritos de Tapes, Bagé e por último Sete de Setembro, em Taquara. É casado com a professora Karen Reis, eles possuem um filho, o Pedro e esperam o João.

Ministério da Mulher/Afam: É formada em Ciências Biológicas e pósgraduada em Terapia Familiar. Trabalha na Igreja Adventista do Sétimo há 22 anos, desses, 14 anos atuou na Educação Adventista, como professora, diretora e coordenadora educacional. Há oito anos lidera o departamento do Ministério da Mulher e Afam, cargo que exerce desde 2011 na sede administrativa da Igreja Adventista no leste do Rio Grande do Sul.

Comunicação/Associado Ministério Pessoal e Escola Sabatina: É natural de Porto Alegre, tem 31 anos, formado em Teologia pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho, em 2004, no mesmo período cursou Comunicação Social, habilitação em Publicidade e Propaganda por dois anos, é aluno do Mestrado em Teologia na mesma instituição. Já atuou como auxiliar de evangelismo em Santa Catarina, auxiliar do distrito de Xanxerê, capelão do Colégio Adventista Central de Florianópolis e distrital de Lages e Tubarão. É casado com Daniela Moraes e tem dois filhos, Davi e Lara. 8


Jornal PontoemComum

Artigo

A

data natalina – 25 de dezembro – tem gerado calorosas discussões dentro da igreja. Questões como a veracidade da data, sua utilização e a montagem da árvore de natal têm estado no centro do debate. Neste breve artigo, pretende-se elucidar tais questionamentos e salientar o verdadeiro propósito da festividade. Data – Não há nada na Escritura que revele o dia do nascimento de Cristo. Apenas esparsas informações sobre o período da mesma. Historiadores cristãos a situam entre os anos 6 a.C. e 4 a.C.. O que, na prática, significa afirmar que Jesus nasceu antes de Cristo – pelo menos como a data foi definida pelo calendário Gregoriano, infelizmente de modo equivocado. Utilização – Embora o dia, a princípio, fosse utilizado para comemorar o nascimento do deus persa Mitra e depois o Festival do Sol invicto, hoje ele relembra o nascimento de Jesus. Por tal razão Ellen White declara que, será difícil passá-lo por alto, todavia ele pode e deve ser utilizado para um bom propósito (LA, 478). Esse, certamente, envolve levar a mente dos filhos e suas ofertas ao Salvador. Além disso, não há problemas em dar presentes a queridos (livros cristãos são os mais indicados), entretanto Cristo deve ser lembrado (Idem, 479). Árvore de Natal - O problema não está ligado a árvore em si, mas a sua utilização. Podemos usá-la como o faz o mundo ou de modo diferente. Ela pode ser uma grande benção e portanto é recomendável para a promoção da beneficência (Lar Adventista, 482). Por tais razões não há problema algum em utilizar esse momento para o que é importante. Aproveite a data para fortalecer a comunhão, o relacionamento e a missão. A comunhão pelo presente da salvação na pessoa de Cristo e a entrega de ofertas que refletem esse sentimento, o relacionamento pelo auxílio aos necessitados e a missão de anunciá-Lo aos que ainda não O conhecem! Um Feliz Natal!

DEZEMBRO - Batismo de gratidão 13 – Cerimônia de Ordenação ao Ministério (ASR) 15 – Culto de Gratidão/Pastores (ASR) 20 – Encerramento do Mutirão de Natal VEJA TAMBÉM AS DATAS DAS CAPACITAÇÕES DE LÍDERES PARA 2015: 24/01 – Capacitação Pelotas 25/01 – Capacitação Rio Grande 31/01 – Capacitação Taquara e Litoral/Osório 01/02 – Capacitação Região Viamão 07/02 – Capacitação Região Leste (Gravataí) - Monte Belo 21/02 – Capacitação Porto Alegre 9


Esperança que atravessa gerações

“Caravana Novo Tempo reúne 18 mil pessoas no RS” Cerca de 18 mil pessoas das regiões central e sul do Estado do Rio Grande do Sul lotaram o Parque de Exposições Assis Brasil para a Caravana Novo Tempo, que aconteceu no sábado, dia 27 de setembro. As comemorações envolveram a entrega de certificados para mais de 1.500 pessoas que concluíram estudos bíblicos através Rede Novo Tempo. O evento contou com a apresentação dos programas Caixa de Música, Conexão Jovem, Lugar de Paz, Saldo Extra, Anjos da Esperança e Bíblia Fácil, ao vivo, com seus respectivos apresentadores. Para finalizar, o pastor Luís Gonçalves apresentou o programa Arena do Futuro, convidando os amigos para que “chegassem mais perto”. As mensagens musicais ficaram por conta do Art’Trio e Melissa Barcelos.

“90 mulheres de Igrejinha (RS) se envolvem com o projeto MEL” No sábado, dia 23 de agosto, 90 mulheres do distrito de Igrejinha, se reuniram no centro de eventos da cidade de Três Coroas para participar do treinamento do projeto MEL, Mulheres Evangelizadoras Levando Luz. Essa reunião tem por objetivo motivar as mulheres adventistas a se envolver no trabalho missionário. Essa atividade acontece através da oração intercessora, duplas missionárias, classes bíblicas e pequenos grupos. Neste dia as mulheres ouviram palestras relacionadas à comunhão, relacionamento e missão, mensagens dadas por professores, pastores e colportores.

10


Jornal PontoemComum

“Igreja adventista da Fazenda Passos comemora 19ª Festa dos Pioneiros” No sábado, 4 de outubro, mais de mil pessoas compareceram à Igreja Adventista da Fazenda Passos, para comemorar a 19ª Festa dos Pioneiros. Neste ano foi celebrado os 110 anos de existência de atividades da igreja e os 107 desde a fundação da escola adventista local. Desde 1996 a igreja adventista da Fazenda Passos realiza programações especiais para celebrar a data. Um dos descendentes de pioneiros, pastor Paulo Reis, foi o responsável por realizar uma semana de oração que foi iniciada no dia 27 de setembro e encerrada no sábado, dia 4 de outubro, durante a festa dos pioneiros. Além dele, participaram com mensagens musicais o Trio Schabach, Grupo Advoz e, durante o final de semana, o quarteto Cânticos Vocal.

“Alunos são desafiados a estudar a Bíblia com os seus pais” Em outubro foram concluídas as classes bíblicas no Colégio Adventista de Gravataí. Os alunos do quarto e quinto ano encerraram o último assunto do guia de estudos e foram desafiados a não parar de estudar a Bíblia. O incentivo é continuar o estudo dentro de seus lares. O capelão do Colégio Adventista de Gravataí, pastor Israel Cavalli, explica que após os estudos o trabalho continua em casa. “Eles estão levando o guia de estudos para casa, e agora, o desafio feito à eles é que estudem a Bíblia com seus pais para que eles também possam entender a verdade que eles conheceram”, afirmou o pastor.

“Retiro espiritual reúne mais de 400 mulheres na serra gaúcha” No dia 3 de outubro, às 20 horas, aconteceu a abertura do Retiro Espiritual para mulheres, em Bento Gonçalves, região serrana do Rio Grande do Sul. Mais de 400 mulheres vindas de várias cidades do leste do RS estiveram reunidas para esta programação. Rosinha Oliveira, diretora do Ministério da Mulher nesta região, é a responsável por este evento que se encerrou no domingo, dia 5. O tema do evento foi “Seu Balde Está Cheio? ” e teve por objetivo fazer com que as mulheres fiquem cheias do Espírito de Deus, já que a programação é destinada às mulheres que desejam se retirar das suas atividades diárias e se encontrar mais profundamente com Deus.

“Instituto Adventista Cruzeiro do Sul Completa 86 anos” De 14 a 16 de novembro aconteceram as comemorações do aniversário de 86 anos do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul, o Iacs, que fica em Taquara. Além da comemoração do aniversário da instituição, aconteceu também a Casa Aberta. O evento contou com louvor e adoração do grupo Prisma Brasil e da turma do Nosso Amiguinho. Todos os que passaram pelo Iacs nesses dias puderam comprar produtos cristãos para toda a família e alimentos naturais da linha Superbom com desconto. E mais assinaturas da lição da Escola Sabatina, revista Nosso Amiguinho e Vida e Saúde.

11


Lucy Teresinha Medeiros de Oliveira tem 63 anos e há 30 é adventista do sétimo dia, religião que conheceu através de seu esposo, Almiro Mendes de Oliveira. Ela é aposentada e possui três filhos. É membro atuante na Igreja Adventista Central de Gravataí, onde exerce os cargos de tesoureira, diaconisa e recepcionista. momento do lançamento eu fiz meus pedidos, dentre eles a revisão da aposentadoria do meu para tesoureira, achei que não poderia assumir esposo, pois o valor estava incorreto, houve devido a labirintite, pensei que por causa da uma audiência e o pedido foi negado. Porém, doença teria dificuldade em fazer os cálculos naquele sábado fiz o pacto em aumentar as matemáticos. Mas, aceitei o desafio, como teste ofertas e em 60 dias houve nova audiência por três meses. Já se passaram nove anos e a causa foi ganha para o meu esposo, que sou tesoureira e não tive mais crises de não com o aumento da aposentadoria em labirintite. Outro desafio foi fazer a tesouraria 30% como esperávamos, mas em 65%. informatizada, mas também consegui aprender. Outro milagre, foi que por erro do contador de anos atrás, o mesmo fez a declaração de imposto de renda Em quais oportunidades você do meu esposo de forma errada testemunha sobre sua fé em Deus? Em todas as e recebemos uma notificação Em todas as oportunidades que da receita federal com uma aparecem, falo o que Deus fez e continua fazendo em minha vida. oportunidades multa de R$ 136.000,00. O não pagamento desta dívida levaria a penhora dos bens, entramos com Como sua fidelidade a Deus que aparecem, processo judicial para revisão fez diferença em sua vida diária? dos cálculos desta multa e após Muita diferença, desde que fiz falo o que Deus três meses de oração houve a aliança de fé com Deus, não e a multa foi reduzida. somente na vida financeira, mas fez e continua audiência Por último, tenho habilitação nas pequenas coisas, Deus tem há 20 anos e sempre tive muito mudado a maneira de ver as coisas fazendo em medo de dirigir, em uma semana e tenho mais confiança em Deus. de oração com o Pastor João minha vida. Lorini, ele chamou à frente Como você sente a presença de pessoas que tinham “pedidos Deus em sua vida? A presença de impossíveis” a fazer a Deus. Deus em minha vida é muito real. Pedi que Deus tirasse esse medo O primeiro milagre foi quando li a Bíblia pela de dirigir, pois minha mãe estava enferma primeira vez, o livro de Mateus capítulo 7 versículo e eu precisava todas as segundas ir para 7, orei a Deus em um momento de dificuldade Taquara cuidar dela. Mais uma vez Deus me e ele me atendeu. Aqui vou relatar alguns dos abençoou e não tenho mais medo de dirigir. últimos milagres que ocorreram em minha vida: O milagre mais marcante, foi recentemente, Ao ver todos esses milagres em sua vida, no sábado que foi lançado o projeto “Aliança qual seu sentimento? Deus é maravilhoso, de Fé”, com o pastor Leonardo Preuss Garcia, sinto uma paz no coração que nunca tive departamental de mordomia da Associação Sul- antes, agradeço a Deus todos os dias, todas as rio-grandense, na igreja central de Gravataí. No horas de minha vida pelas bênçãos recebidas. Você já enfrentou alguma dificuldade depois que assumiu essa função? Quando fui indicada

12


Jornal PontoemComum


Jornal PontoemComum

Esperança que atravessa gerações

Patricia Moreira Oliveira Paulo Messias Romeiro Rosa Paulo Sergio Colovini Renilda Fenske Ricardo Nauzaks Raphaelli Robert Douglas Pereira Correia Roberta Santana Barbosa Rolison Vieira de Deus Rosi da Silva Blanck Rosinei da Silveira Machado Sandra Geni de Almeida Sandra Ilesqui Tutenhage Sarah Pereira Correa Silvio Luis Isquierdo Dias Suzana Teixeira Vidal Tabita Santos de Almeida Teonas Gerson Saueressig Conhecendo alguém da lista entre em contato: (51) 3245-7037 / E-mail: secretaria.asr@adventistas.org.br

Amapá (G) Alessandra Mello Santos Donatilho Silva dos Santos Elizandro da Cunha Cirne Fatima Regina Aquino Goncalves

Joao Jose Carvalho Jucimar da Silva Lea dos Santos Har Luis Carlos dos Santos Machado

Marli da Cunha Marlon Mello Silva Alves Paula Angelica Hoesel Associação Sul Rio-Grandense

Nara Luciana Alves Barbosa

Cleni dos Santos Braga Cristiane de Lima Colovini Daniel Romeiro Nunes Daniele Nunes Dias Derci Martins Diego Raphaelli Donario Aniversino Soares da Cunha

Fernanda da Cunha Lopes Georgina Orestes Obispo Gilberto Luis Borges Gislaine Picolotto da Rocha Igor Roloff Farias Ilda de Oliveira Jakeline Lucas Fonseca Jeane dos Santos Lucas Jose Alvonir Claro de Lima Jose Clausemar Pacheco de Alencastro

Bagé Central (I) Zeferino Silveira Neto Bairro Bom Jesus (I) Gabriel Silveira Rodeski Maria Goncalves Borba Vera Lúcia de Oliveira Belém Velho (G) Giliane Silveira Rodeski Bom Pastor (G)

Jose Miguel Dias Martins Julia Lopes Rodrigues Kevin Alves de Lima Leandro Meireles da Rocha Leane Schwalm de Souza Leonora Silva Luciana Boeira de Lima Luciano Vurdel Fonseca Luis Eduardo Azevedo Meireles Luis Fernando Godoy Aires Mara Nubia da Silva Silveira Marcio Elias da Silva Vareira Maria Cristina Rosales Jacques Maria Elci Delgado de Lima Maria Garcia dos Santos Maria Josema de Souza

Sheila Ataíde Alves

Maria Madalena Romeiro da Silva Maria Neuza Santos dos Santos

Camaquã (I)

Maria Rosa Dornel Mariluz da Silva Lima

Alda Martins Leal Alvani de Alencastro Andre de Souza Rodrigues Andreia Jovane Braga Fondalk Bianca Lucas Fonseca Carla Jaqueline Martins Nacarte

14

Mariula Vanice da Cunha Lopes

Matheus Vargas Martins Moises Dias Silveira Nadiane Rodrigues Silva Nilso Antonio Ferreira Vidal Pâmela N. Moreira

Loteamento Vila Rica (G) Ildomar Oliveira Reis Mauricio Coelho Muniz Pedro Maria da Silva Wagner Rafael Engeroff Mampituba (G) Alex dos Santos Rocha Moradas da Colina (I) Zanira Bettoni de Oliveira Souza Padilha (G)

Thamires Vitoria Lacerda da Silva

Thereza Paula Weber Coelho Valdomiro Duarte Vania Goncalves de Oliveira Vera da Silva Vitalina Borges dos Santos Vitor Pereira dos Santos Vitoria Broqua Do Amarante

Adriana Jesus de Oliveira Bruna Machado Lacerda Fabiano Correa da Rosa Fabricio Jesus de Oliveira Guilherme Lauck Leci Terezinha Arnhold Simone Terezinha da Silva Honemann

Capão Do Leão (G) Parque dos Eucaliptos (I) Selma Kems de Carvalho Tiago Machado da Silva Vania Ferreira de Souza Veronica Furtado de Borba Zilá Goncalves Grundemann

Thomas Goncalves Rodrigues Vagner Ferreira Passo Dorneles (I)

Caravágio (I)

Suely Gonçalves

Eugenio Gonçalves Dutra

Restinga 2 (I)

Concórdia (G)

Protacio Jose de Oliveira Ruth Plucani VIeira

Allanis da Silva Stradoline Bruna Marya Lucas Carvalho Elaine Quadros de Castro Fabio Luiz Quadros de castro Luiz Fabiano Paz dos Santos Vanessa Alves dos Santos Willian de Oliveira Wagner Yasmim Oliveira Marques

Glorinha (G)

Retovado (I)

Diego Rodrigues Flor Maria Elena Osio Nery Ventura Tatiane Fernandes Neinas

Jose Machado da Rocha

Yago Porto Fermiano Glória (I)

Gravataí (I)

Santa Isabel (I) Gisele Nascente Yasmin Brasil Duarte

Samuel Dias da Rocha Vitória Dias da Rocha Laranjeiras (I) Jair da Silva Oliveira Loteamento Panorâmico (I) Viviane Francisco Mendes

Santo Antônio da Patrulha (I) Adelurdes Rosa dos Santos Andrei Barth Antonio Ribeiro da Silva Augusta Fraga Machado


Jornal PontoemComum

Catarina Oliveira de Fraga Celia Oliveira da Silva Cristina Martins Braga Daiana Cardoso da Silveira Deci Maria dos Santos Dienifer da Silva Andrade Dinora Maria de Lurdes Leao Elena Cunha da Silva Eliani Terezinha Fraga Elisandra Martins da Silva Elizandra R. de Leão Enedina Antonia da Luz Silva Francelina da Silva Barth Geni Portal Santos Gessi Maria da Silva Melo Indiara Buhler Jaime Jose Viana Jaqueline Schmitt Joao Marcos Oliveira Santos Joaquina Valim Leandro de Oliveira Silva Leonardo Souza Teixeira Manuel Antonio Gomes Marcos Aurelio dos Santos

Paulo Ramos dos Reis Pedro Braga da Silveira Quelim Gomes Pereira Rita do Amaral Fernandes Rosa Muniz dos Santos Rosalina Maria S. Machado Rosane Gomes Inacio Rute Padilha Pillar Salvador Batista dos Santos Santino Alberto Tedesco Sergio dos Santos Silva Sergio Dutra da Silva Silvia de Andrade Muniz Ribeiro Silvia Mara Garcia Viana Silvia Oliveira Tatiana Robalski dos Reis Tereza Dutra da Silva Terezinha Bernardo dos Santos Vanise Tavares da Silva Zeli Terezinha Robalski dos Reis Zenaide Pereira Ramos Zenidia Reis dos Santos

Cleuza Terezinha Nascimento Torres Delma Francisca de Almeida Souza

Mariana Heinz dos Santos Silveira

Luciana dos Santos

Rute Zamelia de Souza Silvia Alves da Cunha

São Lourenço Do Sul (I)

Vila Aimoré (G)

Luis Roberto Borba Pamela Tamires Rocha da Silva Paola Rocha Rosa Maria Silva de Souza Suelem Miranda da Silva Terezinha de Fatima

Eni Wieguts

Matheus Soares da Silva Mauricio Fernandos Sprenger Michel Carvalho Bonetto Paulo Roberto de Quadros Renan Carvalho Bonetto Rosane Hahn Roseli de Fatima da Rosa Carvalho

Vila Augusta (I)

Tuane Hartwig Soares

Adao Eronildo Erling Iago Meneses dos Santos Karina Almeida Dorensbach Luiz Fernando Flores Borges Monique Barroso da Silva Veronica Lemos Borges

Viamão (I)

Vila Elisa (I)

Turuçu (G)

Alice dos Santos Almiro Conceicao Dias Ana Janete de Assis Andre Luiz C. da Rosa Carlos Renato Loutert

Douglas da Silva Silva Eberson Itamar Rosa de Oliveira Tiago Alexsander da Silva Quevedo Edison da Silva Meirelles Umbelina B. Soares Edson Carvalho Azambuja Valdir Silveira de Moura Eleni de Moraes Puhales Vanessa Darcila Pereira Ribeiro Gerson Luiz da Silva Hahn Vera Lucia Barbosa Ivone Terezinha Puchalski da Silva Vera Regina Cidade Felix Jonatan Carvalho Bonetto Vera Regina Rocha Oliveira Jonathan Fernandes de Mesquita Veridiani Ribeiro Coelho Jorge Aldori Lopes Puhales Willian Luiz Costa Poerari Leonardo Domingos da Silva Zelia Dal Pont Formigoni Luana Eduarda dos Santos Soares Zeno Henrique Seeger da Rosa Luana Magaim Nunes Zulmird de Araujo Lucas de Siqueira Bitencurt Lucia Geraldo Cardoso Viamópolis (I) Maria Jose dos Santos

São Francisco de Paula (I)

Margarete Silva dos Santos da Rocha

Maria Dutra da Silva Maria Enilda Consul de Oliveira Maria Geralda da Silveira Maria Inez Nazario da Silva Maria Olivia dos Santos Mariana Santos Oliveia Marina da Silva Assis Marli Portal Santos Marli Souza Dias Miriam Domingos da Silva Moacir Collione dos Santos Nilia de Lima Coelho Odete Portal Santos Odina Borba da Silva Olinda Gil Pereira Ondina Dutra da Silva Ondina Machado Gomes Osvaldo Dutra da Silva Otilia Fraga Machado Paulo Cesar Alves Padilha

Seleu Laiane Rosa de Souza Simone Silveira Assenheimer Soeli Thiel Solange de Avila Bitencourt Talis Fernando Pereira Ferreira Tanira Dias Caiel de Lima Taniva de Oliveira Oldani Tereza Benita Vargas de Lima Terezinha Aresta Assumpcao

Sergio Rodrigues Simone de Moraes Puhales Sueli Silva Caitano Teresa da Silva Thais da Avila Mendes Tiago Lee de Oliveira Trinedi Sheron da Silva Fux Vera Maria Pereira Vinicius Azeredo

Rogerio Passos Monteiro Afonso Valandro Sandra Medianeira Stock Vargas Aldair Correa de Oliveira Saturnino de Antoni Fraga Alexsandro Queiroz de Santana

15


Profile for MCENTER ASR

Revista Ponto em Comum ASR - Dez  

Jornal do Campo

Revista Ponto em Comum ASR - Dez  

Jornal do Campo

Advertisement