Page 1

Nº 116 - ANO XXIII - 2010 Nº116 116- -ANO ANOXXIII XXIII- -2010 2010 Nº

AM AT UT PRAT, SE DOLUMMOD ETUMSAN ULLAMET UT AM, VEL UT LA FEUIS

~~~

S A L AO d o a u tomove l

LEIA NESTA EDIÇÃO:

A ELEIÇÃO DO NOVO CONSELHO, ENTREVISTA COM DAVID SHILING TSAI E VIAGEM PARA O RIO DE JANEIRO


PARA QUEM PROCURA BONS ARGUMENTOS, O BANCO FIAT SURPREENDE O TEMPO TODO

Ninguém Financia Fiat como o Banco Fiat


Para sua concessionária faturar mais e ainda fidelizar os clientes, o Banco Fiat oferece o PLANO COMPRA CONSCIENTE. O seu grande argumento é que o cliente paga parcelas

50% menores nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril de cada ano, enquanto durar o financiamento. Essa foi uma forma inovadora que o Banco Fiat encontrou para minimizar as despesas de todo início de ano (IPTU, matrículas, IPVA, etc.).

FATTO STAMPA

Aproveite e transforme esse argumento em número de vendas.


ABRACAF CONTÉM

14

Entrevista Aprenda tudo sobre a Nota Verde e como usá-la a favor na hora das vendas com o engenheiro químico David Tsai, do Iema

18

Salão do Automóvel Confira os principais destaques da Fiat e da concorrência, na visão dos dealers e da imprensa especializada

26

Maratona do bem Conheça os Psicólogos do Trânsito, trupe de teatro que anda animando os motoristas no engarrafado trânsito paulistano

30

Galeria - Gima (RO) aposta em feirões diferenciados

32

Vip - Bike chic

36

Turismo - Um fim de semana no Rio de Janeiro

EXPEDIENTE Associação Brasileira dos Concessionários de Automóveis Fiat Rua Itápolis, 543 Cep: 01245-000 - São Paulo - SP Fone: 11 3661-9922 Fax: 11 36618666 - DDG: 0800 159922 Presidente: Luiz Romero C. Farias. Vice-presidentes: Guido Benedito Viviani, Arthur Bruno O. Schwambach, Adriano Ruston Capucci, Ivan Ribeiro Costa e Ivo Luiz Roveda. Diretores: Augusto Dias Brandão, Carlos Milton Buffoni Filho, Celso Antonio Menegaz, Elton Doeler, Fernando Pontes, Hélcio Cardoso de Matos Sobrinho, Henrique B. Menezes Jr., José Carlos Dourado A. Jr., João Maurício Martins Normanha, Marcelo Pizzani, Marco Aurélio Leta, Mário Sérgio Moreira Franco, Maurício de Souza Queiroz e Paulo Fernando Q. Figueiredo Jr. Conselho de ex-presidentes: Edmo Mendonça Pinheiro, Rubens da Silva Carvalho, Flávio Antonio Meneghetti, José Maurício Andreta Jr. Diretor executivo: Márcio Cardoso Consultor editorial: Enio Lins REVISTA UNA - Projeto, criação e execução: Fatto Comunicação 360º - www.fattostampa.com.br - 11 55075590. Coordenação Geral: Márcio Cardoso. Diretor de Conteúdo: Rogério Nottoli (Jornalista responsável - MTB: 31056) - r.nottoli@fattostampa. com.br. Editor de Arte: Renato Prado. Repórter: Silvia Herrera. Copydesk: Juliana Nottoli. Fotos: Alan Vechi, George Gargiulo, Paulo Roberto Almeida e Shutterstock. Assistentes de Arte: Bruno Nottoli, Érica Igue e George Gargiulo. A Revista UNA não se responsabiliza pelas opiniões emitidas nos artigos assinados. Permitida a reprodução das matérias desde que citada a fonte.

REVISTA UNA - 6


PALAVRA

DO PRESIDENTE

Encerrando uma etapa,

iniciando outra POR LUIZ ROMERO FARIAS

N

este dezembro de 2010 a ABRACAF realiza sua reunião do Conselho Nacional. Em pauta, uma série de deliberações importantes, como a posse do novo conselho e

a eleição da nova diretoria para o biênio 2011/2012.

Além dos pontos específicos de avaliação sobre a realidade brasileira,

os resultados de uma gestão que se encerra e as perspectivas do futuro próximo para a ABRACAF, nosso evento também marca a tradicional confraternização dos concessionários Fiat.

Encerramos mais um ano com muitas realizações, várias dificuldades superadas,

e muita luta para manter o melhor desempenho para nossos negócios. pelo

Registramos também, neste momento, a marca da inovação Fiat, retratada lançamento

de

seu

mais

novo

produto,

que

chega

para

ampliar

nossa

competitividade com um modelo hatch cobiçado pelo seu apuro estético e sofisticação tecnológica: Bravo!

Nós, os concessionários Fiat, temos razões para comemorar, afinal mantivemos

a liderança na venda de automóveis e comerciais leves no Brasil por mais um ano. O nono ano, como campeões, numa década!

Nossa entidade ampliou a representatividade atingindo 99,6% de filiação em

toda a base de concessionárias.

Avançamos ainda mais na capacidade de negociação, o que pode ser conferido

pela recente construção do sétimo Plano de Suporte, o maior já obtido, num único acordo, dentre todos fechados até hoje.

Se por um lado esse sétimo Plano de Suporte revela, em sua extensão, uma

perda de rentabilidade significativa de nossa rede, daí sua imperiosa necessidade, como consequência direta da selvagem guerra de preços que tem sido travada pela concorrência – por outro lado reafirma a capacidade de agirmos juntos, fábrica e rede, mesmo na condição de “reparo”.

Estamos convictos que a partir de 2011, deveremos, Fiat e ABRACAF, ajustar

mais ainda nosso time e iniciar o ano mostrando à concorrência as travas de nossas chuteiras – além de nossa característica habilidade com a bola, evidentemente. REVISTA UNA - 7


ABRACAF EXPRESS Chile UNO PERSONALIZADO Para promover as mais de 11 milhões de possibilidades de personalização do Uno Way, a Fiat pediu aos internautas do Chile que mandassem fotos por meio de uma campanha no seu canal oficial do Facebook. Em pouco mais de 40 horas, mais de mil pessoas enviaram suas imagens que estamparam o modelo exposto no estande da marca no Salão do Automóvel de Santiago, em outubro no Espacio Riesco. O Novo Uno começará a ser vendido no Chile no próximo ano. Outro destaque da marca no Salão chileno foi a Strada Cabine Dupla, que já é um sucesso nas vendas da empresa em toda a América Latina.

social CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL O Programa Árvore da Vida Capacitação Profissional, oferecidido pela Fiat e parceiros, acaba de formar 101 jovens de cinco Estados – Betim (MG), Recife (PE), Brasília (DF), Curitiba (PR) e São Paulo (SP) -, em capotaria e eletromecânica. Os formandos têm muito que comemorar, pois desde o primeiro dia de aula foram também contratados para trabalhar nas 35 concessionárias parceiras como aprendizes. “Nossa expectativa é a melhor possível com os resultados desse programa”, diz Antônio Rizerio da CVP.

REVISTA UNA - 10

eleição RECOFIATS Região I - Recofiat Belo Horizonte: presidente - Manoel Costa; vice-presidente - Mariana Normanha; e diretores: André Augusto de Paiva Brandão, Gustavo Mascarenhas de Paula, Guilherme Laender Reis. Região III - Recofiat Anhanguera: presidente - Antônio Simão Stefano Jr.; e vice-presidente - Alexandre José Franzini. Recofiat Bauru: presidente - André Luiz E. Mendonça Recofiat Vale: presidente - Thiago Madureira Marotta Região IV - Recofiat Rio: presidente - Marcus Vinicius Gomes Teixeira; e vice-presidente - Carlos Augusto M. Costa. Recofiat Espírito Santo: vice-presidente - Juliana Cardoso Scarton; e vice-presidente Augusto Giuberti. Região V - Recofiat RS: presidente- Emerson Soca da Silva; e vice-presidente - Paulo Ricardo I.Siqueira. Recofiat SC: presidente - Ademir Saorin e diretor - Jaime Dal Farra Região VI - Recofiat BA: presidente - Edmundo C. de Souza Filho; vice-presidente - Hélcio Cardoso de M. Sobrinho; e diretor - Alberto Jorge P. G. Figueiredo Filho. Região VII - Recofiat: presidente - Luiz Umberto da Silva; vice-presidente - José Trindade Souza; e diretor Ildeumar A. Fernandes. Região VIII - Recofiat PR: presidente - Domingos Antonio André Jr.; vice-presidente - Murilo Daura Jorge Boss; diretores André Fuck e Marcelo de Paula Schmidt.


novos conselhos Em setembro, foram eleitos nas Assembleias Regionais das oito regiões os novos Conselheiros Nacionais e Regionais para o biênio 2011/2012 da ABRACAF. Em dezembro eles elegem o presidente, o 1° e 2° vice-presidentes, além de referendar os nomes dos demais três vice-presidentes e a diretoria indicada pelo presidente eleito.

Região III Conselho Nacional: Adriano Ruston Capucci, Maurício de Souza Queiroz, André Luiz Espanhol Mendonça, Carlos Alberto de Oliveira e Guido Benedito Viviani. Conselho Regional: presidente - Júlio Tadeu Joly.

Região VI Conselho Nacional: Fernando Pontes, Edmundo Cardoso de Souza Filho, Porcino Fernandes da Costa Jr., Paulo Fernando Q. de Figueiredo Jr. e Arthur Bruno O. Schwambach. Conselho Regional: presidente - Abílio Machado de Araújo; vice-presidente Alberto Jorge P. G.Figueiredo Filho; e diretor - Marcony Sobral Mendonça.

Região I Conselho Nacional: Augusto Dias Brandão, Carlos Milton Buffoni Filho e Jayme Batista Gonçalves Filho. Conselho Regional: presidente - Luiz Flávio Pentagna Guimarães; vicepresidente - Paulo Cesar Bontempo Silva; e diretora Gislaine Rosa.

Região IV Conselho Nacional: Marco Aurélio Leta, João Ricardo A. Jacob Ribeiro e Milena Mota Ceolin. Conselho Regional: presidente - João Carlos Werneck Burgos; vicepresidente Vander Gean Casagrande; e diretor Luciano Pianna.

Região VII Conselho Nacional: José Carlos Dourado Azevedo Junior, João Maurício Martins Normanha, Bernardino Costa Resende e Adelio Barofaldi. Conselho Regional: presidente - Jorge Wady Cecílio Filho; vice-presidente - Leonardo José Silveira; e diretor - Reinaldo José Zucatelli.

Região II Conselho Nacional: Alexandre Zalcman, João Paulo Moreira Franco, Ana Maria Viana Aran Jallas e Márcia Dahruj. Conselho Regional: presidente - Claudio Baida.

Região V Conselho Nacional: Celso Antonio Menegaz, Elton Doeler e Fábio Fontes Philippi. Conselho Regional: presidente - Alvanir Fernando Zuse; vice-presidente - Paulo Ricardo I.Siqueira; diretores Mário Antonio dos Santos Junior e Leonardo Carboni.

Região VIII Conselho Nacional: Antônio Luiz Dequech Seleme, Luiz Antonio de Oliveira e Marcelo Pizani. Conselho Regional: presidente - Celso de Souza Schmidt; vicepresidente - Fernando Mistrorigo Barbosa; e diretor - Wagner de Godoi.

REVISTA UNA - 11


A B R A C A F express

Buenos Aires

a

Reunião Regional das Concessionárias Fiat da região VII presidida por Luiz Umberto Silva, aconteceu em clima de muita cordialidade em terras portenhas. Este é o nono ano da Fiat na liderança de venda de automóveis e comerciais leves no mercado brasileiro e, para continuar à frente, muitos aspectos foram discutidos. Em outubro, os emplacamentos Fiat somaram 62.946 e no acumulado do ano, 610.986. Na reunião foram amplamente detalhados todos aos ajustes estratégicos

REVISTA UNA - 12

RECOF

necessários para o próximo ano. Também participaram da reunião representantes do Banco Fiat, da diretoria comercial da Fiat e do Escritório Regional Fiat de Brasília, que apresentaram seus principais indicadores de desempenho e as perspectivas para o ano vindouro. Um dos destaques foi a apresentação do ex-presidente da ABRACAF Flávio Meneghetti (foto) sobre a Missão Step Ahead (próximo passo em inglês), importante visita técnica realizada na Califórnia, nos Estados Unidos.


FIATS E

ntre os dias 18 e 21 de novembro foi realizada em Trancoso, sul da Bahia, a Reunião Regional das Concessionárias Fiat da Região VI. Hélcio de Matos Sobrinho, da Cavepe, presidente dessa Recofiat, explicou que a reunião de trabalho tomou toda a manhã do dia 19. “A grande maioria dos Dealers da região estava presente e prevaleceu o clima de entendimento e união.” Assuntos de relevante interesse

Trancoso

Prevaleceu o clima de amizade entre todos os participantes Hélcio de Matos Sobrinho

estratégico foram debatidos com a Diretoria Comercial da Fiat e Banco Fiat, para que as vendas em 2011 continuem aquecidas mesmo com o aumento expressivo do número de players no mercado. “As montadoras chinesas vêm por aí com modelos muito baratos”, disse Sobrinho. No dia 20, os participantes puderam conhecer os encantos dessa região privilegiada.

REVISTA UNA - 13


A B R A C A F entre v ist a

NOTA

VERDE

Os carros ecológicos, classificados pela Nota Verde, são hoje um trunfo das montadoras

O

engenheiro químico David Shiling Tsai, coordenador de projetos em emissões veiculares do Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema), participou da criação desta norma, um estímulo ao investimento em tecnologias verdes. UNA - De uma forma simples, o que é a Nota Verde, para que foi criada? David Shiling Tsai - A Nota Verde é uma ferramenta de orientação ao consumidor, você passa informação para que ele, dentre os vários modelos de veículos que são comercializados, possa escolher o que tem melhor de-

REVISTA UNA - 14

sempenho ambiental. A nosso ver é uma iniciativa bem-vinda. Para se vender um veículo no Brasil, ele precisa ser certificado, precisa que atenda certos limites de emissão de gases, que são estabelecidos pelo Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), coordenado pelo Ibama e no qual a Cetesb tem um papel importante como agente técnico. Como funciona na prática? O veículo é testado para saber quantos gramas de poluente ele emite por quilômetro rodado. E, a partir de uma metodologia, são aplicadas as cinco estrelas, para que se possa comparar os veículos quanto ao seu desempenho ambiental.

A ferramenta digital mostra detalhes das emissões de quatro poluentes


E

Qual é a vantagem da Nota Verde? Há três anos não havia nenhum tipo de comparação, ou informação de emissão de poluentes por veículos. Agora temos pelo menos um banco de informações acessível publicamente, qualquer pessoa pode acessar o site do Ibama (www.ibama.gov.br) e comparar os veículos. As informações são claras? Não é qualquer pessoa que consegue entender o ranking, que consegue usar todas essas informações para ter uma decisão rápida. As pessoas ainda desconhecem e não é uma ferramenta fácil de usar. Ela é um pouco etérea, quase todos os carros têm três estrelas. Há vários campeões com cinco estrelas? Sim. O ranking nem sempre foi do mesmo jeito que está agora. Teve uma primeira proposta do Ministério do Meio Ambiente, com outra metodologia em 2008, e nessa classificação o Ford Focus (2008, motor 2,0 DOHC I-4 SFI) ganhou. Depois foi feita uma revisão da metodologia que gerou as cinco estrelas. E nessa revisão, a diferenciação é menos óbvia. Não tem mais um campeão, têm vários. Além da Fiat com seis veículos empatados, há oito da GM e um da Ford, o Ka (Focus caiu para 4 estrelas). Se você checar os detalhes vai ver que são veículos muito diferentes em termos de emissão de todos os poluentes.

59

modelos 2010 da Fiat estão disponíveis para pesquisa no site do Ibama. Seis destes modelos receberam 5 estrelas.

modelos 2010 da GM foram avaliados pela Nota Verde, oito deles receberam pontuação máxima. É a montadora mais estrelada.

68

Como pesquisar no site? Basta clicar no ícone da Nota Verde e, abaixo do resumo da metodologia, há a área de busca. Ela contempla o ano passado e este. É possível refinar a pesquisa por marca e por modelo. A Fiat tem 59 opções. Por exemplo, o Palio Fire Economy tem três estrelas. O bacana é entrar em detalhes, que traz os dados do ensaio. Ele mostra a emissão de quatro poluentes: NMHC (hidrocarbonetos não metano), CO (monóxido de carbono), NOX (óxidos de nitrogênio) e CO² (dióxido de carbono), que é o principal gás de efeito estufa. Os três primeiros são gases tóxicos ou que também contribuem para a formação do Ozônio, um dos principais problemas da qualidade do ar das cidades brasileiras. Ele não é emitido pelo carro, ele é um poluente secundário, formado em reações químicas na atmosfera desencadeado pelo NMHC e o NOX.

REVISTA UNA - 15


ABRACAF ENTREVISTA

Qual é o critério de avaliação das estrelas, três indicaria bom? Na nossa avaliação, este modelo tem muito a melhorar. Os critérios ainda deixam um pouco a desejar. No total são cinco estrelas: as três primeiras são referentes aos poluentes tóxicos, que afetam a qualidade no nosso ar. As duas últimas ao CO2 (veja quadro). O aldeído (CHO), também um poluente, não entrou nesta ponderação e seria um ponto a ser melhorado. O papel do CO também poderia ser discutido, já que está controlado nas cidades, raramente tem ultrapassagens no padrão de qualidade do ar. E por isso o MNGH e o NOX teriam de ter mais peso na avaliação. E os dados de consumo? São dados do Inmetro e são de inscrição voluntária. As montadoras escolhem se querem participar e selecionam os modelos com os quais vão participar. No caso, a Nota Verde engloba todos os modelos de veículos novos comercializados no Brasil, inclusive os importados. Isso é uma vantagem da Nota Verde em relação a etiquetagem (Programa de Eficiência Energética do Inmetro). A Inspeção Veicular tem a ver com a Nota Verde? Não, são programas separados com metodologias distintas. A Inspeção Veicular é feita em um ensaio diferente do da Nota Verde, que é feito em teste em dinamômetro.

REVISTA UNA - 16

campeão foi o Ford Focus, em 2008, depois a Nota Verde sofreu vários ajustes e o modelo perdeu uma estrela. Um motor mais potente é mais poluente? É possível você ter um 2.0 e um 1.0 com as mesmas emissões. O catalisador é determinante, por isso você pode ter um veículo grande com um catalisador melhor que pode emitir menos gases que um veículo pequeno que tem um pior.

o equipamento que define as emissões é o catalisador e ele deve ser sempre verificado nas revisões. A legislação obriga que ele dure cinco anos ou 80 mil quilômetros. Para manter as cinco estrelas o cliente tem de fazer todas as revisões? Sim. Mas por trás dessas cinco estrelas há muita coisa. São poluentes diferentes, inclusive as emissões delas vão se deteriorar de forma diferente na atmosfera.

Depois de alguns anos um carro cinco estrelas pode virar uma estrela? Exatamente, isso é um ponto. Por que

Que tipo de ações uma concessionária de carros poderia fazer em prol da melhora da qualidade do ar? Por exemplo, divulgar o próprio ranking seria uma maneira bacana. Ele é uma ferramenta para melhor informar o consumidor.

Primeira estrela: o carro que atende ao Programa de Controle de Poluição (Proconve). É o Ibama que gerencia o ranking da Nota Verde, criado em 2009.

Segunda estrela: o carro com emissões abaixo de 80% do limite para CO, NMHC e NOX. É uma média aritmética das emissões desses três gases poluentes.


O catalizador do veículo é o fator determinante para as emissões

Terceira estrela: carro que está 60% abaixo do limite para CO, NMHC e NOX. É uma média aritmética. O ideal seria diferenciar os gases, que têm toxidades diferentes, é um ponto a ser melhorado no ranking.

Quarta estrela: se ganha se o veículo for flex, híbrido ou elétrico; ou se dedicado à gasolina emitir menos do que 80 gramas de CO2 por km (descontando-se a parcela de etanol anidro presente na gasolina).

Quinta estrela: também se for flex, híbrido ou elétrico. No ranking não é possível enxergar da onde vieram as estrelas, mas se for um dos três tipos acima, ele já tem garantido duas delas.

REVISTA UNA - 17


ABRACAF SALÃO

A FESTA DO AUTOMÓVEL DE BEM COM A NATUREZA

Lagos com carpas em leds à sombra de árvores brancas compunham o cenário da précomemoração dos 35 anos da Fiat no Brasil, em 2011. Era a celebração da total harmonia da tecnologia e da natureza. Entre os 30 carros exibidos no estande de 3 mil metros quadrados no 26º Salão do Automóvel de São Paulo, a grande estrela da Fiat era o Mio, um projeto inédito na história do setor automotivo, elaborado com a ajuda de 10 mil internautas, dos dois milhões que visitaram o site. Outros dois carros conceitos também chamaram muito a atenção, o Uno Cabrio e o Uno Ecology, 100% etanol, com muitas novidades. Suas peças plásticas utilizam bagaço de cana; os bancos foram moldados em fibra de coco e látex; e teto solar fotovoltaico foi projetado para gerar uma potência elétrica de 35W, considerando uma exposição de oito horas diárias ao sol durante 30 dias.

REVISTA UNA - 18

A 20 MIL MÃOS

Sempre na vanguarda, a Fiat pediu a colaboração dos consumidores em seu novo concept car. Dois milhões de pessoas de 160 países visitaram o site do projeto, 17 mil se cadastraram e 10 mil deixaram sugestões. “Teve todo o tipo de pedido, eles opinaram em quase tudo”, conta o designer Fábio Bastos. A seta em led em cima da calota se destaca. Assim como os desenhos das lanternas. O chefe dos designers Daniel Vicentini Lelis explica que as luzes podem ser configuradas pelo motorista, que pode fazer o desenho que quiser. “O internauta queria um carro compacto, com zero emissão de gases e que fosse único.” O projeto continua e suas tecnologias inovadoras são inspiração para outros modelos.

FAMILY FEELING

O novo Bravo era um dos lançamentos mais esperados. Com seu desenho caracterizado pelo “family feeling” Fiat, ele reafirma a marca como referência mundial em design. Esportividade, conforto e segurança são algumas de suas características. Sem falar do excelente desempenho dos motores E.TorQ 1.8 16V Flex e 1.4 16V Turbo, o conceito Downsizing, que hoje equipa os Fiat Punto e Linea. Outra novidade é o Uno Sporting, sinônimo de esportividade. Equipado com o motor Fire 1.4 Evo, ele tem de série computador de bordo, volante em couro e bancos em tecido exclusivo com costuras estilizadas.


UNO SPORTING

UNO CABRIO

C. BELINI - PRESIDENTE DA FIAT AUTOMÓVEIS

O etanol é a aposta da Fiat com o Uno Ecology, já que o Brasil tem a maior matriz desse combustível no mundo e falta infraestura para os elétricos. Sobre a vinda da Alfa Romeu, Belini diz que por enquanto é ainda só um desejo.

Se ligar uma termoelétrica vai poluir mais do que se utilizar o etanol

FIAT BRAVO

LUIZ ROMERO FARIAS - PRESIDENTE DA ABRACAF

O estande da Fiat era o mais moderno, abrilhantado pela presença do Bravo Para Farias, é inegável que o 26º Salão foi o melhor e maior de todos da história, fato que se deve pelo grande interesse do mundo pelo mercado brasileiro. Ele também destaca a presença de vários players chineses, um fato inédito.


ABRACAF SALÃO

imprensa

A pujança da indústria automotiva brasileira foi um dos destaques no aniversário dos 50 anos do Salão do Automóvel de São Paulo, que registrou recorde de público: 750 mil pessoas foram até o Anhembi conferir os 450 modelos das 42 marcas. Com a palavra, a imprensa especializada.

Daniel Messeder Editor da Revista Auto Esporte

FIAT: O ESTANDE É BEM BACANA, AREJADO, DESTACO AS TRÊS VERSÕES DO BRAVO E O MIO. SALÃO: O destaque do salão são as marcas coreanas. Antes elas só focavam custo-benefício, agora ofereceram uma gama ampla premium até melhor que as japonesas. A Kia está com o Cadenza sedã (1), que vai brigar com o Bravo, o Optima e Cerato (2). E também os chineses que estão com os preços bem agressivos, o problema é a qualidade duvidosa.

1

2

Tião Oliveira Editor do Jornal do Carro - JT

FIAT – COMO SEMPRE, FEZ UM DOS ESTANDES MAIS BACANAS DO SALÃO COM MUITAS NOVIDADES. É MUITO INTERESSANTE O PROJETO MIO, QUE CONTOU COM A COLABORAÇÃO DOS INTERNAUTAS E COM CERTEZA ELE VAI INFLUENCIAR OS MODELOS FUTUROS DA MARCA.

3

4

SALÃO: O que mais me chamou a atenção é a grande quantidade de importados. São os supercarros como Aston Martin (4), Lanborghini (5) e Bentley (3), todas marcas de muito prestígio, que enxergaram no Brasil um mercado promissor para eles. A Aston vendeu 15 carros de cara. REVISTA UNA - 20

5


No que você está pensando agora?

A parceria Abracaf e Itaú sempre inova e cria excelentes condições para aumentar ainda mais suas vendas! t Ofereça o Plano Primeiro 0km, em 36 e 48 meses, que coloca os clientes mais próximos da conquista do carro novo. t Os clientes ainda contam com planos para o Linea, que têm ofertas com e sem entrada e o Plano Promocional Linea. Temos ainda o Plano Comemoração Total, válido para novos e seminovos, com parcelas reduzidas durante o primeiro ano do financiamento. Muitas pessoas curtiram isto.

UMA EMPRESA DOS CONCESSIONÁRIOS FIAT

REVISTA UNA - 21

FATTO STAMPA

!


ABRACAF SALテグ

citroテォn c5

MUSTANG SHELBY

WRX

3008

REVISTA UNA - 22

FLUENCE


RECORDE: 98 ESTREIAS DE 42 MONTADORAS

evoque

kyron

O MAIS BARATO DO SALÃO

A grande festa do automóvel, que celebrou os 50 anos de idade do Salão paulista, teve lançamentos para todos os gostos e bolsos. O mais caro superesportivo, a R$ 10 milhões, é brasileiro. Só foram feitas 20 unidades do Pagani Zonda R: motor 6.0 de 12 cilindros, que atinge 350 km/h. E o mais barato é o compacto chinês Chery QQ: R$ 22.900,00.

QQ

Zonda R

O MAIS CARO DO SALÃO REVISTA UNA - 23


ABRACAF SALÃO

concessionários

COQUETEL DA MARCA

Em grande estilo, na abertura ao público do 26º Salão do Automóvel de São Paulo, a Fiat realizou uma festa para os Dealers, que puderam conferir em primeira mão todos os lançamentos. “Somos uma companhia dinâmica, e oferecemos uma gama cada vez mais completa e inovadora”, disse o diretor comercial da Fiat Lélio Ramos, que apresentou direto do futuro o terceiro Concept Car, o Mio. “A Fiat lança uma moda com o Mio, pela primeira vez um carro é projetado por nossos clientes, uma plataforma colaborativa.” A Fiat fez o pré-lançamento do Bravo, que deve chegar às lojas em breve, e lançou o Uno Sporting, uma escolha diferencial para os clientes. A marca festejou com os concessionários o nono ano na liderança e o extraordinário sucesso do Novo Uno, que recebeu quatro prêmios, o TOP Car TV e da Associação Brasileira da Imprensa Automotiva (Abiauto).

Todos saíram atualizados e encantados, principalmente com o Mio CELSO MENEGAZ DIRETOR DA ABRACAF

Adorei as Ferraris, sempre maravilhosas JORGE FILHO - CEVEL VEÍCULOS (GO)

REVISTA UNA - 24


As marcas chinesas mostraram que vão mexer com o mercado HÉLCIO CARDOSO DE MATOS SOBRINHO - CAVEPE (BA)

Fui a Paris e posso dizer, o Salão de SP é o melhor de todos

RUBENS CARVALHO TOTAL FIAT (SP)

ELTON DOELER - FELICI AUTOMÓVEIS (RS)

O Salão mostrou que os elétricos e híbridos são um caminho a seguir

REVISTA UNA - 25


ABRACAF comportamento

Maratona do bem

O

semáforo fecha, mas não tem importância, há mais de cinco minutos nenhum carro se mexe. É nesse momento que quatro palhaços invadem a faixa de pedestre. Eles não querem esmola, mas sim descontrair o mais mal-humorado dos motoristas. E até os carrancudos se rendem. Eles são os Psicólogos do Trânsito, que duas vezes por semana, às 19h30, levam um santo remédio para os motoristas. Durante quatro minutos, Dr. Bilé (Thiago Velloso), Dr. Cucuti (Guilherme Brandão), Dr. Tchubiruba (Marcos Bordenalli) e Dra. Fofuxa (Déa Brandão) levam mensagens positivas aos condutores em cartazes utilizando a arte clown, com mágica, malabarismo, mímica, improvisação e música. “Quem nos vê pela primeira vez, sempre pensa que somos ambulantes”, conta o idealizador da trupe o gerente administrativo Guilherme Brandão, de 24 anos. Receosos, os motoristas param antes da faixa de segurança, fecham os vidros e olham para o lado. “Mas isso é só até termi-

REVISTA UNA - 26

narmos a apresentação, agradecer a todos pela atenção e gritar: ‘Tchau gente bonita, vão com Deeeuus!’. Aí eles se libertam daquele medo inicial e aplaudem, buzinam e soltam aquele lindo sorriso”, conta. Nenhum deles é formado em psicologia, são gerentes, profissionais liberais e administradores de empresa. “Estamos conquistando, a cada farol, muitas buzinas, aplausos e sorrisos”. Em uma noite de depressão, Brandão começou a procurar vídeos de autaajuda. “Foi aí que encontrei o documentário ‘Os Doutores da Alegria’ (direção de Mara Mourão), quando terminei de ver eu estava chorando muito e pensando: ‘ É isso que quero fazer na minha vida’.” Os Doutores levam doses de alegrias às crianças hospitalizadas. Tudo começou timidamente com o ator Wellington Nogueira, que participou do programa “Clown Care Unit” de Nova York (EUA), lançado em 1986 pelo ator Michael Christensen. Em 19 anos, os Doutores da Alegria já visitaram mais de 652 mil crianças e adolescentes hospitalizados, atingindo também cerca de 600 mil familiares e envolvendo mais de 13 mil profissionais de saúde.


Hoje, essa ideia vigora em 14 hospitais no Brasil e inspirou cerca de 200 iniciativas similares em todo País, motivando uma série de parcerias que incluem o Ministério da Saúde e a iniciativa privada. Tudo isso possibilitou outras conquistas importantes, como a criação de um Núcleo de Pesquisa e Formação próprio - o primeiro entre organizações desta natureza. “Conhe-

PARA CHARLES CHAPLIN, “UM DIA SEM SORRIR É UM DIA DESPERDIÇADO”

cimento, quanto mais você aprofunda, mais fascinante se torna e atrai o interesse de mais gente. Daí os desdobramentos em oficinas, livros, peças, palestras e mais uma série de ações para dar acesso à experiência da alegria. Aprofundar, desvendar, organizar e disseminar”, diz Nogueira. Para ser um desses palhaços, os candidatos passam por um criterioso processo seletivo. “Por que não abrir um novo campo de trabalho para que mais artistas possam levar alegria a mais instituições e assim, aprendermos um novo jeito de olhar o mundo e se relacionar com ele?”, argumenta Nogueira. SONHO - Brandão se informou e descobriu que para ser um deles precisaria ser ator com DRT e ter curso de clown. Para a sorte dos motoristas estressados, o jovem teve a ideia de entreter os condutores, sem ganhar nada em troca, quando viu um menino fazendo malabar em via pública. “Só que ninguém estava prestando atenção

nele e comecei a pensar em um jeito de usar a arte do palhaço na faixa de pedestre. Pensei em me vestir de bailarina e tentar alegrar os motoristas!”. Ele conversou com os amigos do curso de teatro e com a ajuda do pai (Paulo Jorge) e da irmã (Déa Brandão), tirou a ideia do papel em 2 de agosto. Quanto mais casca grossa for o motorista que se divertir, mais felizes ficam os Psicólogos do Trânsito.

Estamos conquistando, a cada farol, muitas buzinas, aplausos e sorrisos

REVISTA UNA - 27


ABRACAF comportamento

Durante o farol vermelho dá tempo de apresentar um esquete. “Fazemos reuniões semanais na sede, para elaborar novos números”, conta o fundador. Ele explica que é um processo demorado de criação. “Sempre temos de fazer alguns testes antes de levarmos para o farol.” No total já são cinco tipos diferentes de apresentações, dais quais reservam uma para estrear no Natal, época em que o trânsito é infernal. Além dos Doutores da Alegria, a trupe também se inspira no eterno Carlitos, que dizia: “Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado”. As reações dos condutores quando se deparam com o grupo são das mais diversas. Sempre que os carros buzinam, eles dão tchau e gritam:“Aeeeeeeeee”. Uma vez, um motoqueiro buzinou, mas eles não gritaram. “Então ele não pensou duas vezes, fez o retorno, parou do nosso lado e disse: ‘Poxa, eu buzinei e vocês não gritaram Aeeeeeee’. Nós rimos muito e fomos dar um abraço nele. Ele caiu na gargalhada, agradeceu e foi embora todo feliz!” E quem paga as contas? “Não temos nenhum tipo de patrocínio. Mas fazemos o possível para levar esse projeto para o trânsito”, diz

REVISTA UNA - 28

Brandão. A cada 15 dias, cada um do quarteto dá uma porcentagem para bancar as despesas do projeto. “Pagamos o aluguel da sede, as maquiagens, faixas, gasolina, roupas, jalecos e por aí vai”. Em seis meses, eles já gastaram cerca de R$ 13 mil.” NAS ESTRADAS - os motoristas também contam com a generosidade do próximo nas rodovias. São os Anjos do Asfalto e das Estradas, que atuam nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, respectivamente. Criado por um pequeno grupo de amigos belo-horizontinos em fevereiro de 2004, os anjos mineiros se desdobram com muita garra, compromisso e responsabilidade para socorrer vítimas de traumas causados por acidentes na rodovia BR 381, considerada a mais perigosa de Minas Gerais. Nos fins de semana e feriados, eles ajudam a Polícia Rodoviária Federal. As despesas são bancadas por eles, que dão amparo e sustento aos acidentados até que chegue uma unidade de atendimento com suporte para recebê-los. Os Anjos da Estrada nasceu do desejo de ajudar de amigos, profissionais da área de saúde do Pronto Atendimento Municipal de Ibatiba, no Espírito Santo.


Situada à margem da BR 262, no sul do Espírito Santo, a via é entrada e saída para vários Estados e apresenta um grande número de acidentes. A região não possui serviço de remoção adequada para transporte de pacientes graves ou mesmo o resgate de vítimas por acidentes. E o Corpo de Bombeiros mais próximo, fica a 110 km, em Marechal Floriano (ES). Foi pensando em auxiliar no socorro às essas vítimas que a Associação Anjos da Estrada começou a atuar em 14 de Janeiro de 2009, com sede às margens da BR 262. Foi fundada por Célio Lucas Cardoso e Denner do Carmo Fernandes, que apresentaram um projeto e conseguiram o aval das autoridades do município, como as Polícias Civil e Militar, Rodoviária Federal, Prefeito Municipal de Ibatiba e Secretaria de Saúde.

Sempre teremos algo a oferecer e a receber A ONG conta com equipe médica qualificada e treinada; atendimento 24 horas; atendimento móvel com ambulâncias simples, UTI adultopediátrico de urgência à população da região e atendimento qualificado no socorro às vítimas de acidentes nas estradas. Também prestam socorro em

situação causada por fenômenos naturais, realizam campanhas de conscientização, cursos, palestras e projetos sociais com a população carentes. Também os moradores de rua na capital paulista têm seus anjos. São os Anjos da Noite, que desde 1989 servem refeições todos os sábados. A ONG foi criada por Antenor Ferreira, o Kaká, do Núcleo Assistencial a Caminho da Luz, quando eram servidas apenas sopas aos mendigos que moravam sob os viadutos do centro. Hoje levam marmitas com batata, salsicha, carne moída, arroz e feijão, acompanhados por suco ou água. Visitam os moradores ao redor da Estação Bresser do Metrô, Mercado Municipal, Rua 25 de Março e Praça São Luís. Aceitam doação de alimentos. O lema desses anjos é: “Sempre teremos algo a oferecer e a receber”.

COMO DAR O PRIMEIRO PASSO: • Pense no que quer fazer, o importante é que o trabalho voluntário seja prazeroso. E atenção, leve sempre em conta as suas habilidades. •

Não é todo mundo que consegue trabalhar com pacientes infantis em hospitais, moradores de rua ou vítimas de trânsito, ou que tenha talento para divertir. Há espaço para voluntários na parte administrativa também. •

Calcule o tempo que realmente vai poder dispor para se dedicar à atividade. Algumas ONGs têm horários mais flexíveis que outras. •

O voluntário deve assinar um termo declarando estar ciente que se trata de atividade não remunerada, previsto na Lei 9.608/98.

REVISTA UNA - 29


G A L ER I A A B R A C A F - G I L B E R T O M I R A N D A

GALERIA O Grupo Gilberto Miranda construiu um grande patrimônio humano em suas lojas, principalmente na mais antiga, a Fiat Gima, em Ariquemes (RO). O sucesso desta empresa está intimamente ligado aos trabalhos comunitários, de responsabilidade social e de integração com a sociedade, como por exemplo, o Gima na Praça: ações culturais e de saúde, além de um grande e moderno feirão de automóveis.


O Gima na Praça tornouse um evento tradicional e já faz parte do calendário dos municípios de Rondônia. A grande satisfação é contribuir levando mais saúde, cultura e principalmente mais cidadania

Gilberto Miranda iniciou suas atividades como empresário há 33 anos, em Ariquemes. Eram sete funcionários, e ele era um deles. A cidade crescia de maneira fabulosa, como todo o Estado de Rondônia. A empresa se transformou no Grupo Gilberto Miranda, hoje com seis concessionárias: Fiat Gima em Ariquemes, Jaru e Ouro Preto, Jirauto em Ji-Paraná e PSV em Cacoal e Rolim de Moura.


ABRACAF VIP

CYCLE CHIC em Copenhague, a BICICLETA JÁ é usada diariamente por 40% da população, prática QUE vêm aumentando em outrAs CAPITAIS. CONFIRA OS MELHORES MODELOS E ACESSÓRIOS PARA PEDALAR COM MUITA CLASSE.

A MAIS CARA “The Gold Bike Crystal Edition” é da Aurumania é custa 80 mil euros. Apenas sete delas foram vendidas. A empresa faz vendas online para todo o planeta.

REVISTA UNA - 32


VINTAGE Leve e clássica, a Aerostream, da GT, não tem marchas. Fácil de conduzir, o conforto é seu diferencial. Disponível nos tamanhos P., M e G.

MTB Para àquelas trilhas no campo nos fins de semana, esta Mountain Bike Full Suspension X99 da Trek não tem adversários. Ela encara qualquer tipo de ladeira e terreno.

LEVEZA Seu quadro pesa só 790g e é a favorita dos ciclistas do pelotão de elite. Prepare-se, a Addict R15 da Scott voa nas subidas e desaparece nos sprints. Ela venceu cinco etapas do Tour de France deste ano.

REVISTA UNA - 33


ABRACAF VIP

MULTIUSO Em aço forçado, este Compact Multi Tool da Giant tem oito tipos de ferramentas, desde a tradicional chave de fenda à alavanca de pneus.

LEDS Com este sinalizador noturno TL-LD150, pedalar à noite fica muito mais seguro. Muito rápido, ele oferece três modos de flashes e funciona com duas lanternas AAA.

WIRELESS Temperatura, velocidade, distância a percorrer, horário. Com o Commuter você tem todas essas informações juntas, via wireless, no guidão da bike.

REVISTA UNA - 34

SEMPRE GELADO A caramanhola da Polar Bottle reflete os raios solares e tem dupla camada térmica, que não deixa o calor entrar. Feita em ABP-livre, ela muda o sabor do líquido.


HI-TECH Mais avançado e ventilado capacete da Giro, o Ionos tem 21 aberturas que criam túneis de ventos. É o preferido de Lance Armstrong.

DURABILIDADE Este farol Cateye HL-EL530, que pode ser colocado no capacete, é muito resistente à água, tem autonomia de 90 horas e funciona com quatro pilhas AA. Destaque para o incrível interruptor magnético.

TOP Uma das melhores do mundo, a sapatilha da Shimano TR50 tem solado de carbono, ou seja, é superleve e um ótimo sistema de ventilação.

REVISTA UNA - 35


A B R A C A F vi a g e m

RIO

EM

48 HORAS Cantinhos imperdíveis para você conhecer em um fim de semana

REVISTA UNA - 36

P

ara aproveitar ao máximo, valem algumas sugestões de passeio que dão uma ideia do que o Rio pode oferecer. Mas claro, sempre ficará um sabor de quero mais. A noite do Rio tem um charme especial e, para sentir isso, nada melhor que o Barretto Londra, dentro do Hotel Fasano (Av. Vieira Souto, 80 – tel.: 21 3202-4000) em Ipanema. Melhor bar de hotel do mundo segundo a revista “Wallpaper”. O Londra, Londres em italiano, tem alma rock’n’roll com ares de pub inglês. Outro local charmoso é o Venga (Rua Dias Ferreira, 113 B, Leblon, tel.: 21 2234-1050), um bar de Tapas no Leblon, queridinho dos melhores chefs de cozinha da cidade. CULINÁRIA - Rio é um dos melhores destinos quando o assunto é alta gastronomia. Vá conferir o Roberta Sudbrack. Ela foi a

primeira chef de cozinha civil a trabalhar no Palácio da Alvorada, isso no Governo Fernando Henrique Cardoso. Depois ela se estabilizou no Jardim Botânico (Rua Lineu de Paula Machado, 916; tel.: 21 3874-0139). Já em 2007 era considerado um dos dez melhores restaurantes do mundo pela revista americana “Food & Wine”. Para quem prefere a culinária vegetariana moderna, vale conhecer o Celeiro (Rua Dias Ferreira, 199; tel.: 21 2274-7843) no sábado das 11 às 17h. Há sempre atores globais por lá. Para se refrescar, nada melhor que um sorvete delicioso da Milfrutas no Shopping Leblon (Tel.: 21 3875-1830). Preparese, vai ser difícil escolher um dos sabores, tem até de canjica. E para experimentar o melhor suco do ano, segundo o jornal “O Globo”, conheça a Bibi Sucos (Leblon e Ipanema; tel.: 21 3874-400).


(

Passeios: Sexta-feira: Bondinho do Pão de Açúcar, sempre está mais vazio na tarde de sexta-feira e o pôr de sol é incrível dela.

Sábado: faça um café da manhã na Confeitaria Colombo do Forte de Copacabana. Não deixe de pedir as tradicionais torradas Petrópolis do cardápio da confeitaria, fundada em 1894 na Rua Gonçalves Dias, no centro.

Domingo: Vá ao Corcovado de manhã, que abre às 8h30. Para chegar até ele conte com táxis, vans e o próprio Trem do Corcovado, que parte da estação na Rua Cosme Velho.

REVISTA UNA - 37


A B R A C A F A L MANA Q U E

PARA DOIS Vieras frescas, robalo levemente defumado, paleta de cordeiro, entre outros saborosos pratos fazem parte do menu primavera criado pela maison Perrier-Jouët e Helena Rizzo, premiada chef do Maní (Rua Joaquim Antunes, 210 - SP). De tão sofisticado, só é servido para um casal por ano, até dezembro. Os pratos são servidos na hora certa, acompanhados por champanhe Jouët Blason Rosé (R$ 780) ou com a safra Belle Epoque Rosé 2002 (R$ 2.710).

objeto do desejo Nem o cineasta Steven Spielberg poderia imaginar o valor em dólares de uma chicotada de Indiana Jones, o caçador de tesouros vivido pelo ator Harrison Ford. É que o chicote usado nos três primeiro filmes foi comprado por um fã por US$57.500. Anos depois, só o chicote usado em “A Última Cruzada” foi arrematado por outro fã por US$ 50 mil. Haja coragem!

PLANTA CIBERNÉTICA A Midori-San é uma planta japonesa totalmente cibernética. Ela consegue fazer posts em seu blog por meio de sensores localizados em suas folhas. Ela relata no blog se precisa de mais ou menos água, ou de mais luz solar, por exemplo. Ela mora na Cafeteria Donburi, em Kamakura. É um projeto dos pesquisadores da Universidade Keio.

nas nuvens Um dos aviões comerciais mais modernos do mundo, o Boeing 787 Dreamliner, é produzido com 50% de materiais compostos, 20% de alumínio, 15% de titânio e 10% de aço. Ele custa cerca de US$ 145 bilhões e é 60% mais silencioso que qualquer jato e só precisar parar para revisão completa a cada 12 anos.

REVISTA UNA - 38


REVISTA UNA - 39


INFORME PUBLICITÁRIO

banco fiat Rota de crescimento

O

s ventos estão a favor do crescimento econômico no Brasil. O cenário é otimista e as previsões para 2011 indicam que continuaremos nessa trajetória desenvolvimentista, com inflação sob controle, contas públicas ajustadas e a taxa de juros estabilizada. Soma-se a isso, a contínua expansão e apetite do mercado, estimulados pela disponibilidade de crédito e crescimento da confiança do consumidor. A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Anfavea) revisou para cima a estimativa da produção para este ano: de 3,39 milhões para 3,60 milhões, alta de 13%. Até 2015 este número deve saltar para 5 milhões de unidades. Superando a média mundial, a economia brasileira deve crescer 4,5% em 2011 e 5% em 2012 e os países emergentes, incluído o Brasil, vão se consolidar como os principais motores da atividade global. Nós, do Banco Fiat, vamos continuar acompanhando este forte ritmo do mercado, inovando em produtos e promovendo condições que facilitam o acesso do crédito ao consumidor, por meio da Rede Fiat. Enxergamos nessa sólida parceria entre o Banco Fiat, a Abracaf e a Fiat Automóveis, um forte combustível para o aumento das vendas, a sustentabilidade na liderança do mercado de veículos e a oferta de produtos diferenciados que atendam a todos os tipos de clientes. Desejo a todos, um excelente 2011! Forte Abraço, Marco Bonomi Diretor Presidente do Banco Fiat

REVISTA UNA - 40

SALÃO DO AUTOMÓVEL

N

a maior festa do setor automotivo no Brasil, o Banco Fiat recebeu os Dealers da Rede em um coquetel exclusivo no estande da Fiat na noite de abertura do 26º Salão do Automóvel em São Paulo (leia mais na pág. 22). A equipe comercial do Banco Fiat esteve presente, reforçando o relacionamento em momentos de descontração com os parceiros comerciais da Rede. No mesmo espaço, foi montando um balcão de atendimento com operadores de financiamento e consórcio, que recebeu os clientes interessados em adquirir seu novo Fiat durante o evento no Pavilhão do Anhembi, que teve recorde de público. Sempre ao lado da Rede, o Banco Fiat oferece planos diferenciados, para seduzir aos mais variados perfis de cliente da ampla gama de produtos da marca. Trinta modelos estavam expostos no estande da fábrica este ano, com destaque especial para o lançamento do Bravo, do Uno Sporting e do aguardado Concept Car III, Mio - pela primeira vez no mundo um automóvel foi desenvolvido com a ajuda de 10 mil internautas. O Banco Fiat acompanhou a Rede neste lançamento conceitual de mais uma tendência inovadora!


GANHA PRÊMIO DE R$ no 1 MILHÃO marca presença anhembi

Concessionários participaram de happy hour na abertura do Salão

Espaço Banco Fiat O Banco Fiat montou um balcão de atendimento, com operadores de financiamento e consórcio, para receber os clientes interessados em adquirir seu Fiat zero quilômetro

REVISTA UNA - 41


INFORME PUBLICITÁRIO

Feirão iCarros aumenta contatos C

om pouco mais de dois anos de existência, o iCarros - portal de compra e venda de automóveis do Itaú – se consolidou entre os líderes do segmento. Com diversas ferramentas que facilitam a navegação, novas parcerias, e produtos exclusivos sendo lançados em 2010, o iCarros superou a marca mensal de mais de 7 milhões de visitantes, e disponibiliza em seu estoque mais de 100 mil ofertas para todo o território nacional. As concessionárias Fiat podem contar agora com mais um produto para alavancar as vendas.

Trata-se do Feirão iCarros para as concessionárias, que aumenta em até cinco vezes o número de contatos. Com grande exposição de mídia da concessionária no site iCarros e prioridade total das suas ofertas na lista de resultados, além do valor e imagem de qualidade que o produto traz, o Feirão iCarros gera muito mais negócios. “A concessionária ficou tão motivada que já reservou datas para os novos Feirões iCarros até dezembro de 2011”, confirma Rogerio Mariano, gerente Fiat de Belo Horizonte.

histórias que podem mudar o futuro

C

riar ações para as novas gerações é uma das preocupações do programa Itaú Criança, promovido pela Fundação Itaú Social. Este ano, mais uma página deste livro está sendo escrita, agora também por parceiros convidados pelo Itaú Unibanco, que vão se tornar contadores de histórias. Os Dealers também estão participando. O Itaú enviou em outubro um kit com quatro

livros infantis, um folheto com dicas de leituras e um adesivo. A ideia é que todos se tornem agentes de transformação na sociedade, contando as histórias desses livros para crianças de até 6 anos. O Itaú acredita que o hábito da leitura é um bom caminho para o desenvolvimento pleno da criança. E convida você para fazer parte dessa aventura!


UMA NOVA GERAÇÃO, UM NOVO PERFIL DE CLIENTE E OUTRO JEITO DE ATENDER MERCADO

E

conomia estável, mercado aquecido, produção crescente e um cliente ávido pelo consumo. A média diária de produção e venda de veículos está equalizada e bate recordes, o que representa um ótimo panorama do que vem por aí. Em entrevista à Revista Una, Luís Otávio Matias, diretor executivo do Banco Fiat, destaca com entusiasmo as oportunidades de trabalhar no Brasil com um mercado estável e revela ainda que, nesse cenário positivo, novos desafios se apresentam e indicam que algumas mudanças serão necessárias para manter os resultados nessa curva ascendente.

“A marca Fiat traz consigo um conjunto de vantagens competitivas que foram construídas ao longo dos anos de sua atividade no mercado brasileiro, instalando um sistema de distribuição de destaque e ofertando um produto com reconhecimento de qualidade e durabilidade. Esse conjunto confere posição privilegiada em relação aos players que estão chegando. Há espaço para todos e o que vai fazer a diferença é a competência e a consciência sobre o valor que você vai entregar para o novo perfil de cliente, que entrará nas concessionárias em 2015, para comprar seu primeiro zero quilômetro financiado”.

NOVA GERAÇÃO

REDES SOCIAIS

“O Banco Fiat já está se preparando para seduzir essa nova geração de clientes, que nada tem a ver com o modelo que conhecemos. Essa geração, que é a mesma dos novos sucessores, é extremamente exigente e volátil. Ela não se contenta em ter um momento único de relacionamento durante a compra. Por isso, precisaremos criar mecanismos para manter esta relação e ampliar a capacidade de gerar resultado a médio e a longo prazos, trazendo uma eficiência maior do que é praticado hoje em dia. Além da venda de acessórios, seguros, cartões e outros insumos, que de fato rentabilizam o negócio do concessionário, o novo cliente quer mais. Precisamos construir uma cadeia de valores para que esse cliente continue orbitando em volta do distribuidor.”

BEM DE CONSUMO “O cliente não fica mais quatro ou cinco anos com o veículo, que é o período dos prazos dos financiamentos. Hoje, ele antecipa a liquidação do financiamento e faz a troca por um carro zero. Ele deixa de ver o carro como um bem de capital e passa a olhá-lo muito mais como um bem de consumo; e a dinâmica dos bens de consumo é muito mais rápida.”

“O novo cliente tem como instrumento de pesquisa a internet e você tem de ir onde ele está, por isso investimos no iCarros. O jovem de 20 anos não para na banca para comprar jornal e procurar um carro, ele faz essa busca na internet e nas redes sociais. Temos muito a aprender sobre isso, mas será uma mudança rápida e quem se antecipar e começar a agir sob essa ótica terá uma vantagem competitiva muito grande.”

CRÉDITO “A expectativa de crescimento do crédito é ainda mais otimista do que a do mercado automotivo. Um exemplo disso são os planos longos, com 48 e 60 meses, que correspondem a 64% de todo negócio de financiamento. Também estamos capitalizando muitos dos distribuidores para que eles possam acompanhar este crescimento. Hoje temos várias linhas de crédito próprias para os Dealers, com os mais diversos tipos de instrumentos.”

O executivo reforça que os indicadores são favoráveis para o desenvolvimento do mercado. “Trabalhar em um Brasil com mercado estável é muito bom e, com o crescimento que estamos observando, é ainda melhor. Estamos extremamente otimistas para 2011. É empolgante observar o número de oportunidades que aparecem”, afirma.

CANAIS DE ATENDIMENTO ATENDIMENTO AO DEALER AO CLIENTE

CENTRAIS TELEFÔNICAS

INTERNET

Banco Fiat (Financiamento e leasing)

Consórcio Fiat

Serviços On-line

(11) 3017-3283

(11) 2618-6309

Disponíveis no sistema Credline

4004-4224* (capitais e regiões metropolitanas) 0800 723-4224* (demais localidades)

Das 7h30 às 22h, em dias úteis, e aos sábados, das 7h30 às 15h. Aos domingos, atendimento eletrônico.

www.bancofiat.com.br www.fiatconsorcio.com.br


TECNOLOGIA, O MOTOR DO SEU CARRO JÁ TEM. COMPLETE COM PROTEÇÃO E O MELHOR DESEMPENHO.

100% SINTÉTICO

TOP QUALITY PERFORMANCE

FUEL ECONOMY 8 4

6 9

A

2

10 5 11

B

3 1 12

Selènia K Pure Energy é o único lubrificante testado e aprovado para os novos motores Fiat E-Torq. Sua fórmula inovadora proporciona maior proteção antidesgaste, prolonga a vida útil do catalisador e contribui para a redução do consumo de combustível. 7

HEXACAMPEÃ PRÊMIO QUALITAS

MOTOR E.TORQ 1.8L (FIAT PUNTO | IDEA)

IGINAL OR

T FIA

Faça revisões em seu veículo regularmente.

abracaf_116  

abracaf_116